O Boom Tecnológico dos Últimos 40 Anos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Boom Tecnológico dos Últimos 40 Anos"

Transcrição

1 O Boom Tecnológico Dos Últimos 40 Anos Leonardo Vieira Tomás Rogeiro FCT-UNL 2012

2 O Boom Tecnológico 1 Computadores e Armazenamento

3 Boom Tecnologico 1 Computadores e Armazenamento

4 Computador Invenção do século. Sofreu muitas transformações e evoluções até chegar ao que é nos dias de hoje. Há cerca de 40 anos, computadores apenas mostravam ao utilizador caracteres verdes numa linguagem pouco natural. Hoje em dia, os computador têm ecrãs com biliões de cores e podemos interagir com ele através de um rato, um teclado, ou até mesmo através de um sensor de movimentos.

5 Computador Invenção do século. Sofreu muitas transformações e evoluções até chegar ao que é nos dias de hoje. Há cerca de 40 anos, computadores apenas mostravam ao utilizador caracteres verdes numa linguagem pouco natural. Hoje em dia, os computador têm ecrãs com biliões de cores e podemos interagir com ele através de um rato, um teclado, ou até mesmo através de um sensor de movimentos.

6 Computador Invenção do século. Sofreu muitas transformações e evoluções até chegar ao que é nos dias de hoje. Há cerca de 40 anos, computadores apenas mostravam ao utilizador caracteres verdes numa linguagem pouco natural. Hoje em dia, os computador têm ecrãs com biliões de cores e podemos interagir com ele através de um rato, um teclado, ou até mesmo através de um sensor de movimentos.

7 Computador Invenção do século. Sofreu muitas transformações e evoluções até chegar ao que é nos dias de hoje. Há cerca de 40 anos, computadores apenas mostravam ao utilizador caracteres verdes numa linguagem pouco natural. Hoje em dia, os computador têm ecrãs com biliões de cores e podemos interagir com ele através de um rato, um teclado, ou até mesmo através de um sensor de movimentos.

8 Computador Z1 Computer 1,000 kg Executa as quatro operações matemáticas básicas 5 segundos para adição e subtração e 10 segundos para a multiplicação e divisão UNIVAC 1 Primeiro computador comercial 13 Toneladas, válvulas, 32m2 1,250,000E / 1,500,000E 46 unidades vendidas

9 Computador Z1 Computer 1,000 kg Executa as quatro operações matemáticas básicas 5 segundos para adição e subtração e 10 segundos para a multiplicação e divisão UNIVAC 1 Primeiro computador comercial 13 Toneladas, válvulas, 32m2 1,250,000E / 1,500,000E 46 unidades vendidas

10 Computador Z1 Computer 1,000 kg Executa as quatro operações matemáticas básicas 5 segundos para adição e subtração e 10 segundos para a multiplicação e divisão UNIVAC 1 Primeiro computador comercial 13 Toneladas, válvulas, 32m2 1,250,000E / 1,500,000E 46 unidades vendidas

11 Computador Z1 Computer 1,000 kg Executa as quatro operações matemáticas básicas 5 segundos para adição e subtração e 10 segundos para a multiplicação e divisão UNIVAC 1 Primeiro computador comercial 13 Toneladas, válvulas, 32m2 1,250,000E / 1,500,000E 46 unidades vendidas

12 Computador Z1 Computer 1,000 kg Executa as quatro operações matemáticas básicas 5 segundos para adição e subtração e 10 segundos para a multiplicação e divisão UNIVAC 1 Primeiro computador comercial 13 Toneladas, válvulas, 32m2 1,250,000E / 1,500,000E 46 unidades vendidas

13 Computador Z1 Computer 1,000 kg Executa as quatro operações matemáticas básicas 5 segundos para adição e subtração e 10 segundos para a multiplicação e divisão UNIVAC 1 Primeiro computador comercial 13 Toneladas, válvulas, 32m2 1,250,000E / 1,500,000E 46 unidades vendidas

14 Disco Rígido Lançado pela IBM em MB (5120KB) TB ( KB)

15 Disco Rígido Lançado pela IBM em MB (5120KB) TB ( KB)

16 Disco Rígido Lançado pela IBM em MB (5120KB) TB ( KB)

17 Disquetes Computadores e Armazenamento kb 8 Polegadas MB 3(1/2) Polegadas

18 Disquetes Computadores e Armazenamento kb 8 Polegadas MB 3(1/2) Polegadas

19 CD/DVD/Blu-Ray Compact-Disk (CD) Lançado em Revolução na área do armazenamento 700MB - 80min de áudio DVD Lançado em Ainda utilizado nos dias de hoje 4.7GB - Vídeo em qualidade SD Blu-Ray Lançado em Novo formato da indústria cinematográfica 25GB - Vídeo em qualidade HD

20 CD/DVD/Blu-Ray Compact-Disk (CD) Lançado em Revolução na área do armazenamento 700MB - 80min de áudio DVD Lançado em Ainda utilizado nos dias de hoje 4.7GB - Vídeo em qualidade SD Blu-Ray Lançado em Novo formato da indústria cinematográfica 25GB - Vídeo em qualidade HD

21 CD/DVD/Blu-Ray Compact-Disk (CD) Lançado em Revolução na área do armazenamento 700MB - 80min de áudio DVD Lançado em Ainda utilizado nos dias de hoje 4.7GB - Vídeo em qualidade SD Blu-Ray Lançado em Novo formato da indústria cinematográfica 25GB - Vídeo em qualidade HD

22 CD/DVD/Blu-Ray Compact-Disk (CD) Lançado em Revolução na área do armazenamento 700MB - 80min de áudio DVD Lançado em Ainda utilizado nos dias de hoje 4.7GB - Vídeo em qualidade SD Blu-Ray Lançado em Novo formato da indústria cinematográfica 25GB - Vídeo em qualidade HD

23 CD/DVD/Blu-Ray Compact-Disk (CD) Lançado em Revolução na área do armazenamento 700MB - 80min de áudio DVD Lançado em Ainda utilizado nos dias de hoje 4.7GB - Vídeo em qualidade SD Blu-Ray Lançado em Novo formato da indústria cinematográfica 25GB - Vídeo em qualidade HD

24 CD/DVD/Blu-Ray Compact-Disk (CD) Lançado em Revolução na área do armazenamento 700MB - 80min de áudio DVD Lançado em Ainda utilizado nos dias de hoje 4.7GB - Vídeo em qualidade SD Blu-Ray Lançado em Novo formato da indústria cinematográfica 25GB - Vídeo em qualidade HD

25 Boom Tecnologico 1 Computadores e Armazenamento

26 Computadores e Armazenamento Surgiu no auge da Guerra Fria como uma pesquisa militar. Hoje, a internet é uma fonte rica de informação, quer em texto, imagem ou áudio.

27 Computadores e Armazenamento Surgiu no auge da Guerra Fria como uma pesquisa militar. Hoje, a internet é uma fonte rica de informação, quer em texto, imagem ou áudio.

28 World Wide Web WorldWideWeb é criada em 1991 e foi a mais importante evolução da internet. É um sistema de documentos em que são interligados e executados na A Web já passou por várias mudanças, e já existiram 3 diferentes versões da WEB: WEB 1.0, WEB 2.0, WEB 3.0.

29 World Wide Web WorldWideWeb é criada em 1991 e foi a mais importante evolução da internet. É um sistema de documentos em que são interligados e executados na A Web já passou por várias mudanças, e já existiram 3 diferentes versões da WEB: WEB 1.0, WEB 2.0, WEB 3.0.

30 World Wide Web WorldWideWeb é criada em 1991 e foi a mais importante evolução da internet. É um sistema de documentos em que são interligados e executados na A Web já passou por várias mudanças, e já existiram 3 diferentes versões da WEB: WEB 1.0, WEB 2.0, WEB 3.0.

31 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

32 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

33 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

34 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

35 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

36 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

37 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

38 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

39 WEB Computadores e Armazenamento WEB 1.0 Estática Não existe interacção entre o site e o utilizador. WEB 2.0 Dinâmica Utilzador interage atráves de comentário, envio de ficheiros. WEB 3.0 Ainda em desenvolvimento Será capaz de refinar os termos de pesquisa sozinha, aproximando-se da inteligência artificial.

40 Boom Tecnologico 1 Computadores e Armazenamento

41 O Homem é um ser social. É através da comunicação que adquire cultura e vive em sociedade. Estar conectado e em contacto nunca foi tão fácil como o é hoje em dia, porém tal não aconteceu do dia para a noite. De inicio apenas se partilhavam fotografias, recebiam comentários ou enviavam mensagens. Hoje a internet passou a ser um mundo alternativo onde as pessoas vivem.

42 O Homem é um ser social. É através da comunicação que adquire cultura e vive em sociedade. Estar conectado e em contacto nunca foi tão fácil como o é hoje em dia, porém tal não aconteceu do dia para a noite. De inicio apenas se partilhavam fotografias, recebiam comentários ou enviavam mensagens. Hoje a internet passou a ser um mundo alternativo onde as pessoas vivem.

43 O Homem é um ser social. É através da comunicação que adquire cultura e vive em sociedade. Estar conectado e em contacto nunca foi tão fácil como o é hoje em dia, porém tal não aconteceu do dia para a noite. De inicio apenas se partilhavam fotografias, recebiam comentários ou enviavam mensagens. Hoje a internet passou a ser um mundo alternativo onde as pessoas vivem.

44 O Homem é um ser social. É através da comunicação que adquire cultura e vive em sociedade. Estar conectado e em contacto nunca foi tão fácil como o é hoje em dia, porém tal não aconteceu do dia para a noite. De inicio apenas se partilhavam fotografias, recebiam comentários ou enviavam mensagens. Hoje a internet passou a ser um mundo alternativo onde as pessoas vivem.

45 Boom Tecnologico 1 Computadores e Armazenamento

46 Video Jogos Magnavox Odyssey Atari Primeira com CPU, o que permitia fazer jogos com inteligência artificial NES, lançada em nasceu o Super Mario Sega Saturn - 32bits

47 Video Jogos Magnavox Odyssey Atari Primeira com CPU, o que permitia fazer jogos com inteligência artificial NES, lançada em nasceu o Super Mario Sega Saturn - 32bits

48 Video Jogos Magnavox Odyssey Atari Primeira com CPU, o que permitia fazer jogos com inteligência artificial NES, lançada em nasceu o Super Mario Sega Saturn - 32bits

49 Video Jogos Magnavox Odyssey Atari Primeira com CPU, o que permitia fazer jogos com inteligência artificial NES, lançada em nasceu o Super Mario Sega Saturn - 32bits

50 Video Jogos Playstation - Realidade Virtual por 32bits Nintendo 64-64bits Dreamcast - 128bits Playstation 2-128bits Actualmente - Nintendo Wii, Playstation 3 e Xbox 360.

51 Video Jogos Playstation - Realidade Virtual por 32bits Nintendo 64-64bits Dreamcast - 128bits Playstation 2-128bits Actualmente - Nintendo Wii, Playstation 3 e Xbox 360.

52 Video Jogos Playstation - Realidade Virtual por 32bits Nintendo 64-64bits Dreamcast - 128bits Playstation 2-128bits Actualmente - Nintendo Wii, Playstation 3 e Xbox 360.

53 Video Jogos Playstation - Realidade Virtual por 32bits Nintendo 64-64bits Dreamcast - 128bits Playstation 2-128bits Actualmente - Nintendo Wii, Playstation 3 e Xbox 360.

54 Video Jogos Playstation - Realidade Virtual por 32bits Nintendo 64-64bits Dreamcast - 128bits Playstation 2-128bits Actualmente - Nintendo Wii, Playstation 3 e Xbox 360.

55 Boom Tecnologico 1 Computadores e Armazenamento

56 O telemóvel terá sido inventado em 1947 pelo laboratório Bell, nos EUA. Os primeiros telemóveis tinham dimensões monstruosas. O aparecimento da terceira geração de telemóveis, 3G, deu-se na Europa em 2003.

57 O telemóvel terá sido inventado em 1947 pelo laboratório Bell, nos EUA. Os primeiros telemóveis tinham dimensões monstruosas. O aparecimento da terceira geração de telemóveis, 3G, deu-se na Europa em 2003.

58 O telemóvel terá sido inventado em 1947 pelo laboratório Bell, nos EUA. Os primeiros telemóveis tinham dimensões monstruosas. O aparecimento da terceira geração de telemóveis, 3G, deu-se na Europa em 2003.

59 Boom Tecnologico 1 Computadores e Armazenamento

60 Computadores e Armazenamento Desde o ínicio dos tempos, o Homem queria registar e reproduzir som Fonógrafo de Edison Vinil Cassete Compact Disk Hoje - Revolução Digital

61 Computadores e Armazenamento Desde o ínicio dos tempos, o Homem queria registar e reproduzir som Fonógrafo de Edison Vinil Cassete Compact Disk Hoje - Revolução Digital

62 Computadores e Armazenamento Desde o ínicio dos tempos, o Homem queria registar e reproduzir som Fonógrafo de Edison Vinil Cassete Compact Disk Hoje - Revolução Digital

63 Computadores e Armazenamento Desde o ínicio dos tempos, o Homem queria registar e reproduzir som Fonógrafo de Edison Vinil Cassete Compact Disk Hoje - Revolução Digital

64 Computadores e Armazenamento Desde o ínicio dos tempos, o Homem queria registar e reproduzir som Fonógrafo de Edison Vinil Cassete Compact Disk Hoje - Revolução Digital

65 Computadores e Armazenamento Desde o ínicio dos tempos, o Homem queria registar e reproduzir som Fonógrafo de Edison Vinil Cassete Compact Disk Hoje - Revolução Digital

66 Boom Tecnologico 1 Computadores e Armazenamento

67 Computadores e Armazenamento O aparecimento da televisão deve-se em grande parte a cientistas visionários e homens de ideias muito avançadas para o seu tempo Primeiras verdadeiras transmissões É fundada em Portugal a RTP Da televisão enorme e carrancuda passámos para a finíssima LED com uma imagem magnífica e que ocupa o mínimo de espaço.

68 Computadores e Armazenamento O aparecimento da televisão deve-se em grande parte a cientistas visionários e homens de ideias muito avançadas para o seu tempo Primeiras verdadeiras transmissões É fundada em Portugal a RTP Da televisão enorme e carrancuda passámos para a finíssima LED com uma imagem magnífica e que ocupa o mínimo de espaço.

69 Computadores e Armazenamento O aparecimento da televisão deve-se em grande parte a cientistas visionários e homens de ideias muito avançadas para o seu tempo Primeiras verdadeiras transmissões É fundada em Portugal a RTP Da televisão enorme e carrancuda passámos para a finíssima LED com uma imagem magnífica e que ocupa o mínimo de espaço.

70 Computadores e Armazenamento O aparecimento da televisão deve-se em grande parte a cientistas visionários e homens de ideias muito avançadas para o seu tempo Primeiras verdadeiras transmissões É fundada em Portugal a RTP Da televisão enorme e carrancuda passámos para a finíssima LED com uma imagem magnífica e que ocupa o mínimo de espaço.

Evolução das Consolas de Jogos de Video

Evolução das Consolas de Jogos de Video Evolução das Consolas de Jogos de Video 1 FCT Faculdade Nova de Lisboa Expressão e Comunicação 1 2 º Desde sempre que os jogos acompanham a humanidade. Artefactos encontrados no antigo Egipto provam que

Leia mais

As Tecnologias e o Lazer. Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531

As Tecnologias e o Lazer. Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 As Tecnologias e o Lazer Realizado por: Nuno Barros nº27283 Filipe Gonçalves nº27285 Ângelo Sousa nº28158 André Martins nº28531 Introdução As TSI estão cada vez mais envolvidas na vida humana e tomam conta

Leia mais

Nas novas consolas de jogos

Nas novas consolas de jogos Sistemas Multimédia Proj. 2010 Nas novas consolas de jogos Nas Novas Consolas de Jogos A interactividade nas novas consolas de jogos têm vindo a crescer, e as consolas de jogos deixaram de ser coisas de

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º/12.º Anos de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 703/7 Págs. Duração da prova: 120 minutos 2007 1.ª FASE PROVA PRÁTICA DE APLICAÇÕES INFORMÁTICAS

Leia mais

Desenvolvido por: Pedro Silva Hugo Palminha Hugo Ferreira. Turma: SD-R. Curso: Técnico de Informática Instalação e Gestão de Redes

Desenvolvido por: Pedro Silva Hugo Palminha Hugo Ferreira. Turma: SD-R. Curso: Técnico de Informática Instalação e Gestão de Redes Desenvolvido por: Pedro Silva Hugo Palminha Hugo Ferreira Turma: SD-R Curso: Técnico de Informática Instalação e Gestão de Redes Formador: João Afonso Lisboa, Janeiro de 2012 Do Nascimento à Actualidade

Leia mais

Se ouço esqueço, se vejo recordo, se faço aprendo

Se ouço esqueço, se vejo recordo, se faço aprendo Se ouço o esqueço, se vejo recordo, se faço o aprendo Meios de Armazenamento Secundário Principais Dispositivos de Entrada Principais Dispositivos de Saída Outros Dispositivos de Entrada/Saída Meios de

Leia mais

www.proinfocamamu.com.br

www.proinfocamamu.com.br www.proinfocamamu.com.br Prof. Miquéias Reale - www.proinfocamamu.com.br Professor: Miquéias Reale Diretor de Tecnologia da Reale Tech Telefone: (75) 3641-0056 / 8838-1300 E-mail: miqueias@realetech.com.br

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

DISPOSITIVOS DE BLOCO. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves

DISPOSITIVOS DE BLOCO. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves DISPOSITIVOS DE BLOCO Professor: João Paulo de Brito Gonçalves INTRODUÇÃO Periférico Dispositivo conectado a um computador de forma a possibilitar sua interação com o mundo externo. Conectados ao computador

Leia mais

FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-ROM. Professor Carlos Muniz

FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-ROM. Professor Carlos Muniz FUNDAMENTOS DE HARDWARE CD-Rom Até pouco tempo atrás, as opções mais viáveis para escutar música eram os discos de vinil e as fitas cassete. Porém, a Philips, em associação com outras empresas, desenvolveu

Leia mais

Um computador é um dispositivo capaz de executar cálculos e tomar decisões lógicas milhões de vezes mais rápidas do que podem os seres humanos.

Um computador é um dispositivo capaz de executar cálculos e tomar decisões lógicas milhões de vezes mais rápidas do que podem os seres humanos. Do ábaco ao palmtop. Um computador é um dispositivo capaz de executar cálculos e tomar decisões lógicas milhões de vezes mais rápidas do que podem os seres humanos. O ábaco é um instrumento mecânico usado

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2007/08. Conceitos fundamentais de Hardware

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2007/08. Conceitos fundamentais de Hardware Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2007/08 Conceitos fundamentais de Hardware Prof. Mário Caldeira Profª Ana Lucas Dr. Fernando Naves Engª Winnie Picoto Engº Luis Vaz Henriques Dr. José Camacho

Leia mais

APOSTILA DE INFORMÁTICA - INTRODUÇÃO

APOSTILA DE INFORMÁTICA - INTRODUÇÃO APOSTILA DE INFORMÁTICA - INTRODUÇÃO Profa Responsável Fabiana P. Masson Caravieri SUMÁRIO 1. CONCEITOS BÁSICOS DE INFORMÁTICA... 3 2. PRINCIPAIS COMPONENTES FÍSICOS DO COMPUTADOR... 3 2.1 PERIFÉRICOS...

Leia mais

Prof. Orlando Rocha. Qual o nosso contexto atual?

Prof. Orlando Rocha. Qual o nosso contexto atual? 1 Qual o nosso contexto atual? Atualmente, vivemos em uma sociedade que é movida pela moeda informação! No nosso dia-a-dia, somos bombardeados por inúmeras palavras que na maioria das vezes é do idioma

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

Capítulo 1: Introdução

Capítulo 1: Introdução Capítulo 1: Introdução 1.1 Conteúdo da embalagem Quando receber a sua TVGo A03, certifique-se que os seguintes itens se encontram na embalagem da Mini Super TV USB. TVGo A03 CD do controlador Controlo

Leia mais

História da Informática. Prof. Bruno Crestani Calegaro

História da Informática. Prof. Bruno Crestani Calegaro História da Informática Prof. Bruno Crestani Calegaro Roteiro Introdução Pré-História A evolução dos computadores Cronologia Vídeos Atividade prática Introdução Os computadores estão presentes no dia-a-dia

Leia mais

Evolução dos Computadores. O que é computação? O que é computação? Dados. Processamento. Informações

Evolução dos Computadores. O que é computação? O que é computação? Dados. Processamento. Informações Evolução dos Computadores O que é computação? Dados Processamento Informações O que é computação? PEDIDO PROCESSAMENTO Obter o formulário Posiciona-lo na máquina Ler o pedido Datilografar Retirar o formulário

Leia mais

ENIAC. Introdução aos Computadores e à Programação (Noções Básicas)

ENIAC. Introdução aos Computadores e à Programação (Noções Básicas) ENIAC Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) 1 Introdução aos Computadores e à ção (Noções Básicas) 2 O transistor foi inventado em 1947

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA / PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA A OPTICA E A FOTOGRAFIA DIGITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA / PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA A OPTICA E A FOTOGRAFIA DIGITAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FÍSICA / PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE FÍSICA A OPTICA E A FOTOGRAFIA DIGITAL MESTRANDO PATRESE VIEIRA PORTO ALEGRE / JULHO DE 2013 FISICA

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

Conceitos essenciais

Conceitos essenciais Conceitos essenciais Tecnologias de Informação As Tecnologias de Informação consistem em processos de tratamento e controlo de dados e na disponibilização da informação resultante, fundamentalmente através

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA FONTES PEREIRA DE MELO Aplicações Informáticas B. 2006/2007 Grupo II

ESCOLA SECUNDÁRIA FONTES PEREIRA DE MELO Aplicações Informáticas B. 2006/2007 Grupo II ESCOLA SECUNDÁRIA FONTES PEREIRA DE MELO Aplicações Informáticas B 2006/2007 Grupo II 1. Defina o conceito de multimédia. 2. No quadro1, estabeleça a ligação entre os tipos de media e a sua classificação,

Leia mais

Introdução à Programação 2006/07. Computadores e Programação

Introdução à Programação 2006/07. Computadores e Programação Introdução à Programação 2006/07 Computadores e Programação Objectivos da Aula Noção de computador. Organização Interna de um Computador Noção de Sistema Operativo. Representação digital de informação

Leia mais

Introdução/Histórico da Informática. O Computador

Introdução/Histórico da Informática. O Computador Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Civil Prof.: Maico Petry Introdução/Histórico da Informática O Computador DISCIPLINA: Informática Aplicada para Engenharia Idade da Pedra

Leia mais

Definição : Num mundo altamente competitivo como o de hoje, quem estiver mais bem informado está em vantagem.

Definição : Num mundo altamente competitivo como o de hoje, quem estiver mais bem informado está em vantagem. Definição : Processos de tratamento, controlo e comunicação da informação, através de meios informáticos (computador). Vivemos na era da informação ou sociedade do conhecimento. Num mundo altamente competitivo

Leia mais

História das Consolas de Jogos

História das Consolas de Jogos FCT-UNL Expressao e Comunicação 2011/2012 1 Origem 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Origem Em 1958 Willy Higinbotham e Rovert Dvorak desenvolveram um sistema de simulação de um jogo de ténis virtual ao qual chamaram

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Prof. Edberto Ferneda Hardware: Computador e Periféricos 1 John L. von Neumann (1903-1957) Armazenamento secundário Dispositivos de armazenamento de dados e programas

Leia mais

DISCOS RÍGIDOS. O interior de um disco rígido

DISCOS RÍGIDOS. O interior de um disco rígido Serve para guardarmos os ficheiros de forma aleatória e de grande tamanho São constituídos por discos magnéticos (pratos) de lâminas metálicas extremamente rígidas (daí o nome de disco rígido). Esses discos

Leia mais

Introdução à Organização de Computadores Memória Secundária

Introdução à Organização de Computadores Memória Secundária Introdução à Organização de Computadores Memória Secundária Arquitetura e Organização de Computadores Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2008 Tópicos Processadores Memória Principal Memória

Leia mais

Capítulo 2. Noção de hardware. As componentes de um computador.

Capítulo 2. Noção de hardware. As componentes de um computador. Definição 1 Capítulo 2. Noção de hardware. As componentes de um computador. 1. Definição Hardware : toda a parte física do computador. Ex.: Monitor, caixa, disquetes, impressoras, etc. Hardware (hard =

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 02 Hardware e Software Sistemas de Informação Baseados no Computador - CBIS PROCEDIMENTOS PESSOAS HARDWARE SOFTWARE BANCO DE DADOS TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866

ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 1866 1 Introdução: Um computador é uma máquina (conjunto de partes eletrônicas e eletromecânicas) capaz de sistematicamente coletar, manipular e fornecer resultados da manipulação de dados para um ou mais objetivos.

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

Processamento de Dados

Processamento de Dados Processamento de Dados Evolução da Tecnologia 2000 a.c. -------------------------- 1621 Ábaco Réguas de Cálculo 1642 ------------------------------- 1890 Calculadora mecânica Início da Revolução Industrial

Leia mais

Introdução. Unisinos. Leandro Tonietto ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto ago-08

Introdução. Unisinos. Leandro Tonietto ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto ago-08 Introdução à computação e suas Aplicações Curso de Segurança a da Informação Unisinos Leandro Tonietto ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto ago-08 Sumário Processamento de informações

Leia mais

Estrutura e funcionamento de um sistema informático

Estrutura e funcionamento de um sistema informático Estrutura e funcionamento de um sistema informático 2006/2007 Sumário A constituição de um sistema informático: hardware e software. A placa principal. O processador, o barramento e a base digital. Ficha

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

Interação Humana com Computador

Interação Humana com Computador Interação Humana com Computador Tecnologias de Computadores André Ferraz N.º24881 Jason Costa N.º25231 Ana Pereira N.º25709 IHC Estudo, planeamento e desenho de uma interação entre o utilizador e computadores.

Leia mais

Computadores - Uma história

Computadores - Uma história Computadores Uma história 20130626 09:00:45 Olá pequenos génios! Todos sabemos que a área da informática, mais precisamente, o mundo dos computadores não é essencialmente atual, pois este mundo já tem

Leia mais

Introdução a Informática. Colégio "Serrano Guardia" Módulo I Informática Básica William Andrey de Godoy

Introdução a Informática. Colégio Serrano Guardia Módulo I Informática Básica William Andrey de Godoy Introdução a Informática 1 Colégio "Serrano Guardia" Módulo I Informática Básica Introdução a Informática São conjuntos de métodos e equipamentos através do quais podemos armazenar e manipular informações

Leia mais

Disciplina: Aplicações Informáticas B Ano Letivo: 2011/2012

Disciplina: Aplicações Informáticas B Ano Letivo: 2011/2012 Disciplina: Aplicações Informáticas B Ano Letivo: 2011/2012 Professora: Angélica Vieira Realizado por: Miguel Sandim nº21 e Susana Ribeiro nº24 12ºF Índice Introdução... 3 Resumo... 4 Conceito Multimédia...

Leia mais

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Elementos que constituem o Computador O funcionamento do computador é possível devido aos vários elementos interligados que o constituem:

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO As respostas das atividades deverão ser mais simples e completas possíveis e baseadas nas aulas (vídeo-aula). Acrescentei mais informações para servirem de material de apoio aos estudos para avaliações

Leia mais

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática

Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Trabalho 01 Conceitos básicos de Microinformática Disciplina: Informática. Professor: Denis Henrique Caixeta. Valor: 4 pontos Visto no caderno 1) Quais são as características dos primeiros computadores?

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Aula 1 - Hardware Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari 2 3 HARDWARE Todos os dispositivos físicos que constituem

Leia mais

Evolução dos Microcomputadores PC

Evolução dos Microcomputadores PC Evolução dos Microcomputadores PC O IBM PC, ou Personal Computer (Computador Pessoal), surgiu em 1981 e se tornou um padrão de microcomputador, o qual passou a ter uma evolução muito rápida, e difícil

Leia mais

INFORmação. O que é um Computador?

INFORmação. O que é um Computador? Professor: M. Sc. Luiz Alberto Filho Conceitos básicos Evolução histórica Hardware Sistemas de numeração Periféricos Software Unidades Básicas de Medidas 2 Facilidade de armazenamento e recuperação da

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações Administração dos Recursos de Hardware e Software

Tecnologia e Sistemas de Informações Administração dos Recursos de Hardware e Software Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações Administração dos Recursos de Hardware e Software Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 9 O que é Hardware e Software? Hardware

Leia mais

Estrutura e funcionamento de um sistema informático

Estrutura e funcionamento de um sistema informático Estrutura e funcionamento de um sistema informático 2006/2007 Sumário de trabalho. Memórias principais e memórias secundárias. Ficha 2 Revisão da aula anterior 3 Memórias informáticas Memórias principais,

Leia mais

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing Docente (Teóricas): Eng.º Vitor M. N. Fernandes Contacto: vmnf@yahoo.com Aula 2 Sumário Conceitos Básicos de Informática (1) A Informática

Leia mais

Organização Básica de Computadores. Memória. Memória. Memória. Memória. Memória Parte I. Computador eletrônico digital. Sistema composto por

Organização Básica de Computadores. Memória. Memória. Memória. Memória. Memória Parte I. Computador eletrônico digital. Sistema composto por Ciência da Computação Arq. e Org. de Computadores Parte I Organização Básica de Computadores Computador eletrônico digital Sistema composto por processador memória dispositivos de entrada e saída interligados.

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

Noções básicas sobre sistemas de computação

Noções básicas sobre sistemas de computação Noções básicas sobre sistemas de computação Conceitos e definições Dado: Pode ser qualquer coisa! Não tem sentido nenhum se estiver sozinho; Informação: São dados processados. Um programa determina o que

Leia mais

Prof.Msc Jocênio Marquios Epaminondas. http://www.twitter.com/jocenio

Prof.Msc Jocênio Marquios Epaminondas. http://www.twitter.com/jocenio Prof.Msc Jocênio Marquios Epaminondas http://www.jocenio.pro.br email:prof.jocenio@jocenio.pro.br http://www.twitter.com/jocenio A escrita, os primeiros registos: Os primeiros registos gráficos feitos

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Departamento de Engenharia de Computação e Automação Introdução à Computação DCA0800 - Algoritmos e Lógica de Programação Heitor Medeiros 1 Informática x Computação

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica.

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica. TIC Conceitos Básicos Técnica - Conjunto de processos que constituem uma arte ou um ofício. Aplicação prática do conhecimento científico. Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos

Leia mais

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica

Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Projeto solidário para o ensino de Informática Básica Parte 2 Sistema Operacional MS-Windows XP Créditos de desenvolvimento deste material: Revisão: Prof. MSc. Wagner Siqueira Cavalcante Um Sistema Operacional

Leia mais

Informática. Prof. Macêdo Firmino. Macêdo Firmino (IFRN) Informática Setembro de 2011 1 / 16

Informática. Prof. Macêdo Firmino. Macêdo Firmino (IFRN) Informática Setembro de 2011 1 / 16 Informática Prof. Macêdo Firmino Representação da Informação Macêdo Firmino (IFRN) Informática Setembro de 2011 1 / 16 Introdução Estamos acostumados a pensar nos computadores como mecanismos complexos,

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Entendendo o Computador Componentes do Computador COMPONENTES DO COMPUTADOR Tabela ASCII A sigla ASCII deriva de American Standard Code for Information Interchange, ou seja, Código no Padrão Americano

Leia mais

Computador Máquina que processa uma grande quantidade de dados com rapidez e precisão.

Computador Máquina que processa uma grande quantidade de dados com rapidez e precisão. Introdução à informática - Noções Básicas de Informática; - O que é software / hardware; - Como funciona um computador; - Componentes de um computador; - Tipos de computador; - Periféricos; - Ligar e desligar

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

Anexo A - A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (Questionário)

Anexo A - A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (Questionário) ANEXOS Anexo A - A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (Questionário) 153 A UTILIZAÇÃO DAS TIC PELOS ALUNOS (ESCOLA E.B. 2,3 DE SOURE 7.º Ano de Escolaridade) QUESTIONÁRIO A tua colaboração no preenchimento

Leia mais

05/02/2014 O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? PENSAR EM INFORMÁTICA É PENSAR EM:

05/02/2014 O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? O QUE É UM COMPUTADOR? PENSAR EM INFORMÁTICA É PENSAR EM: Apple I - 1976 1982 O Homem do ano Apple II - 1977 IBM PC - 1981 O QUE É UM COMPUTADOR? É uma máquina que tem a capacidade de realizar o PROCESSAMENTO de dados. É um dispositivo físico que recebe dados

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

Memórias Secundárias. Prof. Rafael Sandim

Memórias Secundárias. Prof. Rafael Sandim Memórias Secundárias Prof. Rafael Sandim Disquete Disco Rígido HD Fitas para Backup CD DVD Blue-ray Pen Drives Cartões de Memória Disco de Estado Sólido - SSD Descrevendo as Memórias Descrevendo as Memórias

Leia mais

Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari. amanda@fcav.unesp.br

Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari. amanda@fcav.unesp.br Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari amanda@fcav.unesp.br Documentário http://www.youtube.com/watch?v=sx1z_mgwds8 Introdução Computadores de primeira geração (1946 1959): A primeira geração

Leia mais

INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES

INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE COMPUTADORES Instalação e Operação de Sistemas Informáticos 2.ºC CEF Operador (a) de Informática Nível II - [2012/2013] Sumário 2 1.ª a 3.ª aula Apresentação alunos e professor

Leia mais

Fundamentos de Hardware

Fundamentos de Hardware Fundamentos de Hardware Unidade 2 Unidades de Medida Curso Técnico em Informática SUMÁRIO UNIDADES DE MEDIDAS DE ARMAZENAMENTO... 3 CONVERTENDO AS UNIDADES DE MEDIDAS... 4 BIBLIOGRAFIA E REFERÊNCIAS...

Leia mais

Introdução à Organização de Computadores Memória Secundária

Introdução à Organização de Computadores Memória Secundária Introdução à Organização de Computadores Memória Secundária Sistemas da Computação Prof. Rossano Pablo Pinto, Msc. rossano at gmail com 2 semestre 2007 Tópicos Processadores Memória Principal Memória Secundária

Leia mais

AULA TEÓRICA 2 Tema 2. Conceitos básicos de informática, computadores e tecnologias de informação. Sistemas de numeração (continuação)

AULA TEÓRICA 2 Tema 2. Conceitos básicos de informática, computadores e tecnologias de informação. Sistemas de numeração (continuação) AULA TEÓRICA 2 Tema 2. Conceitos básicos de informática, computadores e tecnologias de informação. Sistemas de numeração (continuação) Digitalização. Arquitectura básica do hardware. Input, processamento,

Leia mais

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos

Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas. Óbidos Curso EFA Técnico/a de Informática - Sistemas Óbidos MÓDULO 769 Arquitectura interna do computador Carga horária 25 Objectivos No final do módulo, os formandos deverão: i. Identificar os elementos base

Leia mais

02. Um bit é a menor unidade de informação usada pela computação. Abaixo, observe outras unidades:

02. Um bit é a menor unidade de informação usada pela computação. Abaixo, observe outras unidades: Aula n ọ 01 01. Os conjuntos numéricos foram surgindo à medida que certas operações aritméticas não eram fechadas dentro dos conjuntos em que eram realizadas. Assim, por exemplo, oconjunto dos números

Leia mais

Hardware. Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial

Hardware. Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial Hardware Prof. Luiz Carlos Branquinho Informática Básica Gestão Comercial Conteúdo Definição do hardware; Tipo e tamanho dos computadores; Família dos computadores; Elementos do hardware; Portas de comunicação.

Leia mais

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br

Informática. Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Informática Técnico em Agronegócio 1º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Roteiro de Aula Introdução Computador Hardware, Software básico, Software Aplicativo Hardwares

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL 1 O ábaco romano O ábaco chinês Dispositivo de calcular frequentemente construído como um quadro de madeira com contas que deslizam sobre fios. Esteve em uso séculos antes da adoção do sistema de numeração

Leia mais

EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60

EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60 INTRODUÇÃO REDES EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60 Computadores eram máquinas grandes e complexas, operadas por pessoas altamente especializadas; Não havia interação direta entre usuários

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I

INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Surgimento da Informática INFORMÁTICA APLICADA À ADMINISTRAÇÃO I Unidade I Prof Célio Conrado www.celioconrado.com celio.conrado@gmail.com Já nos

Leia mais

Motivação. Sumário. Hierarquia de Memória. Como registramos nossas histórias (num contexto amplo)?

Motivação. Sumário. Hierarquia de Memória. Como registramos nossas histórias (num contexto amplo)? Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências Aplicadas e Educação Departamento de Ciências Exatas Motivação ACII: Armazenamento Secundário Prof. Rafael Marrocos Magalhães professor@rafaelmm.com.br

Leia mais

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Matemática Nome: A EVOLUÇÃO DOS CONSOLES

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Matemática Nome: A EVOLUÇÃO DOS CONSOLES 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de Matemática Nome: Texto I A EVOLUÇÃO DOS CONSOLES Na década de 1960 surgiam os primeiros videogames. De lá para cá, os consoles e plataformas gamers sofreram

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Introdução. Hardware (Parte II) Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação. joseana@computacao.ufcg.edu.

Introdução. Hardware (Parte II) Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação. joseana@computacao.ufcg.edu. Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Introdução à Computação Hardware (Parte II) Prof. a Joseana Macêdo Fechine Régis de Araújo joseana@computacao.ufcg.edu.br Carga

Leia mais

Novos BRAVIA W3000: A Evolução da Qualidade

Novos BRAVIA W3000: A Evolução da Qualidade Lisboa, Setembro de 2007 Novos BRAVIA W3000: A Evolução da Qualidade Full HD 1080p em todos os modelos e rácio de contraste dinâmico 16000:1 Tecnologias avançadas de imagem incluindo x.v.colour e painel

Leia mais

Introdução. à Informática. Wilson A. Cangussu Junior. Escola Técnica Centro Paula Souza Professor:

Introdução. à Informática. Wilson A. Cangussu Junior. Escola Técnica Centro Paula Souza Professor: Introdução à Informática Escola Técnica Centro Paula Souza Professor: Wilson A. Cangussu Junior Vantagens do computador Facilidade de armazenamento e recuperação da informação; Racionalização da rotina,

Leia mais

Arquitectura dos processadores

Arquitectura dos processadores Arquitectura dos processadores Outra arquitectura foi desenvolvida pela Motorola para os Apple Macintosh.(incompativel com o PC - IBM). Passaram a existir duas arquitecturas de processadores: CISC (Complex

Leia mais

Gestão de Sistemas de Informação / Tecnologia da Informação

Gestão de Sistemas de Informação / Tecnologia da Informação Gestão de Sistemas de Informação / Tecnologia da Informação Assuntos O Que é Computação? O Que é Informação? O Que é o Computador? Gerações dos Microcomputadores Dispositivos do Computador Partes que Compõe

Leia mais

Novas Mídias e Relações Sociais.

Novas Mídias e Relações Sociais. Novas Mídias e Relações Sociais. Eduardo Foster 1 1 Caiena Soluções em Gestão do Conhecimento, Av. 34-578, CEP 13504-110 Rio Claro, Brasil foster@caiena.net Resumo. A comunicação é uma disciplina que acompanha

Leia mais

Fundamentos de Informática 1ºSemestre

Fundamentos de Informática 1ºSemestre Fundamentos de Informática 1ºSemestre Aula 1 Prof. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Uma abordagem inicial... o

Leia mais

Princípios de Tecnologia e Sistemas de Informação (PTSI) Eduardo Ribeiro Felipe erfelipe@yahoo.com.br

Princípios de Tecnologia e Sistemas de Informação (PTSI) Eduardo Ribeiro Felipe erfelipe@yahoo.com.br Princípios de Tecnologia e Sistemas de Informação (PTSI) Eduardo Ribeiro Felipe erfelipe@yahoo.com.br Hardware Processo Informação Codificação Armazenamento Decodificação Informação Modelo computacional

Leia mais

Tipos de Computadores. Sediane Carmem Lunardi Hernandes

Tipos de Computadores. Sediane Carmem Lunardi Hernandes Tipos de Computadores Sediane Carmem Lunardi Hernandes 1 Introdução Objetivo Apresentar a Lei de Moore e mostrar os vários tipos de computadores 2 a) Lei de Moore Processadores (maioria) são um conjunto

Leia mais

Dispositivos de Armazenamento

Dispositivos de Armazenamento Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Introdução à Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Dispositivos de Armazenamento A memória do computador

Leia mais

EFA / S13 SIS Ricardo Castanhinha / Nº 21322 STC / Formadoras Alexandra Formosinho & Isabel Carvalho. Sistema Binário

EFA / S13 SIS Ricardo Castanhinha / Nº 21322 STC / Formadoras Alexandra Formosinho & Isabel Carvalho. Sistema Binário EFA / S13 SIS Sistema Binário SISTEMA BINÁRIO Estamos acostumados a utilizar o SISTEMA DECIMAL DE NUMERAÇÃO. Esse sistema usa 10 algarismos para formar todos os números: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, e 9.

Leia mais