FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico"

Transcrição

1 RESOLUÇÃO CONSU Nº. 01/2009 DE 28/01/2009 Aprova o Regulamento das Atividades Complementares Científico-Culturais de Engenharia de Produção da Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas - Facitec. O DIRETOR DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E TECNOLÓGICAS FACITEC, na qualidade de Presidente do Conselho Superior, no uso de suas prerrogativas legais e considerando decisão unânime do colegiado, realizada no dia 28/01/2009, RESOLVE: Art. 1º - Aprovar o Regulamento das Atividades Complementares Científico-Culturais de Engenharia de Produção da Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas Facitec, nos termos abaixo expostos. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 2º - As Atividades Complementares Científico-Culturais do curso de Engenharia de Produção são obrigatórias para todos os alunos que ingressarem na Facitec. Art. 3º - As Atividades Complementares Científico-Culturais terão carga horária total de 360 horas, devendo o seu cumprimento ser distribuído ao longo do curso. Art. 4º - As Atividades Complementares Científico-Culturais serão classificadas em cinco grupos: I. Atividades de Ensino II. Atividades de Pesquisa III. Atividades de Extensão Solidária e Científica IV. Atividades de Estágio Extracurricular V. Representação Estudantil

2 CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 5º - Serão consideradas Atividades de Ensino: I. Freqüência e aproveitamento em disciplinas ou cursos de graduação ou pós-graduação oferecidos dentro ou fora da Facitec compreendendo todas as áreas do conhecimento do curso ou afins ao curso. II. Atividades de monitoria devidamente formalizada pelo docente responsável pela disciplina. A monitoria compreende o exercício de atividades junto ao docente responsável por disciplina ou atividade do currículo dos cursos e tem com objetivo fomentar vocações acadêmicas e estreitar a cooperação no ensino/aprendizagem entre professores e alunos. III. Participação em grupo de estudos dos cursos de graduação ou pós-graduação oferecidos dentro ou fora da Facitec compreendendo todas as áreas do conhecimento do curso ou afins ao curso. Parágrafo único: as atividades do grupo de ensino totalizarão, no máximo, 100 horas. Para as atividades de monitoria serão consideradas até 60 horas. Art. 6º - Serão consideradas Atividades de Pesquisa: I. Participação em projeto de pesquisa de docentes ou em projetos financiados com recursos públicos ou, mediante aprovação da Coordenação, em qualquer outra espécie de projeto, devendo ser apresentada certidão ou declaração do pesquisador respectivo, atestando a participação do aluno. II. Publicação de artigo, ensaio, monografia, livro ou similar, seja a obra individual ou coletiva, devendo ser anexada a respectiva comprovação. III. Participação, como expositor ou debatedor em evento científico. Parágrafo único - As Atividades de Pesquisa sujeitam-se ao regulamento próprio e totalizarão no máximo 100 horas, conforme carga horária estipulada no anexo 01. Art. 7º - Serão consideradas Atividades de Extensão Solidária e Científica: I. Participação ou monitoramento em projetos de extensão e em projetos sociais, abertos à comunidade. II. Comparecimento ou apresentação de trabalhos em eventos culturais, técnicos ou científicos, tais como: seminários, congressos, palestras, defesas de monografias, dissertações e teses, concursos de monografias. Parágrafo único - As atividades de extensão solidária e científica totalizarão no máximo 120 horas. A presença, devidamente comprovada, em defesas de monografias, de dissertações

3 de mestrado ou de teses de doutorado, atribuem-se, respectivamente, duas, três e cinco horas por sessão. As demais atividades estão estabelecidas no anexo 01. Art. 8º - Serão consideradas Atividades de Estágio Extracurricular do corpo discente: I. Realização de estágio extracurricular na área do curso ou em áreas afins. II. Para o cômputo destas atividades, o aluno deverá apresentar os seguintes documentos: a) declaração do profissional responsável pela supervisão direta do estágio, contendo o período, carga horária e análise de desempenho do estagiário. b) relatório das atividades desenvolvidas. Parágrafo único: As atividades previstas no presente artigo totalizarão no máximo 160 horas conforme carga horária estipulada no anexo 01. Art. 9º - Serão consideradas atividades de Representação Estudantil I. Exercício pelo aluno do cargo de representação estudantil em entidade nacional ou estadual, na diretoria do Diretório Acadêmico e ainda em órgãos colegiados da Facitec, computado apenas o período em que estiver efetivamente matriculado no curso. Parágrafo único: As atividades previstas no presente artigo totalizarão no máximo 40 horas conforme carga horária estipulada no anexo 01. Art.10º - Não são consideradas Atividades Complementares Científico-Culturais: a) as atividades profissionais, ainda que exclusivamente voltadas ao ensino; b) as atividades incompatíveis, não interdisciplinares ou não correlatas com o curso; c) as atividades realizadas em períodos anteriores ao ingresso no curso; d) as atividades desenvolvidas nas disciplinas do curso computadas para a integralização da carga horária prevista na matriz curricular. CAPÍTULO III DO ACOMPANHAMENTO E DO CUMPRIMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 11º - É de competência do Coordenador a aprovação nas Atividades Complementares, de acordo com a atribuição de horas dispensadas em tais atividades por aluno, dentro dos tipos e limites fixados neste Regulamento. Art. 12º - O requerimento das Atividades Complementares deverá ser realizado no protocolo da Faculdade em formulário padrão. I. O requerimento deverá ser instruído com as cópias autenticadas dos s, mediante protocolo.

4 II. É de exclusiva responsabilidade do acadêmico toda documentação protocolizada. Em caso de problemas no sistema de dados, ele poderá ser requisitado a qualquer tempo. Art. 13º - A Secretaria Acadêmica encaminhará o processo à Coordenação que analisará a solicitação e emitirá parecer sobre o aproveitamento das atividades apresentadas pelo acadêmico. Art. 14º - O registro no sistema acadêmico das atividades cumprida pelo acadêmico ficará sob a responsabilidade da Secretaria Acadêmica. CAPÍTULO IV DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 15º - As Atividades Complementares Científico-Culturais podem ser desenvolvidas em qualquer semestre ou período letivo, inclusive no período de férias escolares, sem prejuízo para o acadêmico. Art. 16º - O acadêmico é livre para escolher todos ou alguns dos grupos e dos subgrupos de Atividades Complementares Científico-Culturais que deseja desenvolver, para completar a totalidade das horas exigidas pelo curso, vedado o preenchimento da carga horária global mínima com um só tipo de atividade dentre as explicitadas nestas normas. Art. 17º - Os alunos que ingressarem no curso por transferência de outras instituições poderão ter aproveitamento integral da carga horária em Atividades Complementares Científico-Culturais que já tenham sido devidamente computadas em seu histórico ou documento equivalente, segundo as normas vigentes na instituição de origem. Art. 18º - Não serão computadas as atividades ocorridas no período em que o acadêmico estiver com sua matrícula trancada ou cancelada. Art. 19º - Outras atividades não contempladas neste regulamento serão avaliadas por um conselho composto pelo coordenador e dois professores do curso. Art. 20º - O disposto na presente resolução se sujeita às normas previstas no regimento geral de atividades complementares da Facitec. Art.21º - Os casos omissos são resolvidos pela Direção-Geral, ouvida a Direção Acadêmica e as Coordenações de Curso. Art.22º - Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

5 QUADRO ENUNCIATIVO DE VALORES EM HORAS ATRIBUÍDAS A CADA GRUPO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CIENTÍFICO-CULTURAIS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CIENTÍFICO-CULTURAIS - CARGA HORÁRIA MÁXIMA nº Atividades Especificações Disciplinas de outros cursos cursadas pelo aluno para enriquecimento curricular, com aderência ao Curso de Engenharia de Produção Carga horária especificada em Histórico Escolar Limites Máximos por Atividades Grupos Disciplinas do curso excluídas da matriz curricular que não tenham sido aproveitadas em outra disciplina Cursos cujos conteúdos tenham aderência ao Curso de Engenharia de Produção desenvolvidos durante a graduação ofertados pela Facitec ou por instituição por ela aprovada Carga horária da disciplina Monitorias Carga horária da monitoria até 60 horas Cursos de Idiomas Cursos de Informática Projetos e programas de Pesquisa da Facitec, relacionados ao Curso de Engenharia de Produção Publicações de artigos, ensaios, monografias, livros ou similares Participação ou monitoramento de atividades em programas e projetos de extensão ofertados pela Facitec relacionados ao Curso de Engenharia de Produção Eventos técnico-científicos relacionados ao Curso de Engenharia de Produção, promovido ou não pela Facitec (seminários, simpósios, conferências, congressos, jornadas e outros da mesma natureza) Apresentação de trabalhos em seminários, palestras e congressos até 30 horas Comparecimento em apresentação de monografias, dissertações ou defesas de teses Projetos Sociais abertos à comunidade Atividades de Estágio Extracurricular compatíveis com o Curso de Engenharia de Produção 5 Participação em órgãos de representação colegiada Conforme especificado no art.7º Carga horária especificada em declaração CONSU/FACITEC/Taguatinga-DF, 28 de janeiro de Bráulio Pereira Lins Diretor-Geral da Facitec Presidente do Conselho Superior

Art. 1º - Aprovar o Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Turismo da Faculdade de Sinop FASIP, nos termos abaixo expostos.

Art. 1º - Aprovar o Regulamento das Atividades Complementares do Curso de Turismo da Faculdade de Sinop FASIP, nos termos abaixo expostos. FACULDADE DE SINOP FASIP - Faculdade de SINOP Credenciada pela portaria: RESOLUÇÃO CAS Nº. 14/2007 DE 06/04/2007 Aprova o Regulamento das atividades complementares do Curso de Turismo da Faculdade de Sinop

Leia mais

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico

FACITEC - Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas IESST Instituto de Ensino Superior Social e Tecnológico RESOLUÇÃO CONSU Nº. 07/2012 DE 28/08/2012. Aprova o Regulamento Atividades complementares dos cursos de graduação da Faculdade de Ciências Sociais e Tecnológicas - Facitec. O DIRETOR DA FACULDADE DE CIÊNCIAS

Leia mais

Grupo 1: Atividades Complementares de Ensino (Máximo de 120 horas)

Grupo 1: Atividades Complementares de Ensino (Máximo de 120 horas) CENTRO INTEGRADO DE ENSINO SUPERIOR DE FLORIANO FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE FLORIANO - FAESF RUA FÉLIX PACHÊCO, 1206 BAIRRO: MANGUINHA FONE: (89) 3521-6512 ou 3521-2956 CNPJ: 04.899.971/0001-76 E-MAIL:

Leia mais

Grupo 1: Atividades Complementares de Ensino (Máximo de 120 horas)

Grupo 1: Atividades Complementares de Ensino (Máximo de 120 horas) CENTRO INTEGRADO DE ENSINO SUPERIOR DE FLORIANO FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE FLORIANO - FAESF RUA FÉLIX PACHÊCO, 1206 BAIRRO: MANGUINHA FONE: (89) 3521-6512 ou 3521-2956 CNPJ: 04.899.971/0001-76 E-MAIL:

Leia mais

Curso de Pedagogia REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Curso de Pedagogia REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamenta as atividades complementares do curso de Pedagogia da UNINOVA. As atividades complementares previstas pela resolução n. 4 de 13 de julho de 2005, em

Leia mais

Regulamento das. Atividades Complementares

Regulamento das. Atividades Complementares BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Regulamento das Atividades Complementares Osasco 2013 Apresentação Este documento apresenta um conjunto geral de normas e orientações sobre a realização das Atividades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º- A análise e registro das atividades complementares será realizada pela Coordenação das Atividades Complementares

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares. Faculdade de Jussara

Regulamento das Atividades Complementares. Faculdade de Jussara ATIVIDADES COMPLEMENTARES O curso de Administração da Faculdade de Jussara, considerando a importância da existência de outras atividades acadêmicas na formação do profissional, reservará 5% (cinco por

Leia mais

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DO NÚCLEO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ARTIGO 1º - O presente Regulamento tem por finalidade disciplinar as atividades complementares como componentes curriculares obrigatórios para o Curso de Direito,

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES

NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES Art. 1º As Complementares Independentes integram o currículo do curso de graduação de Direito, objetivando sua flexibilização, sendo seu cumprimento

Leia mais

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção.

Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. RESOLUÇÃO Nº 01/2011 Regulamenta a validação e registro das Atividades Complementares dos cursos de Graduação das Faculdades Projeção. O Conselho Superior da Faculdade Projeção, com base nas suas competências

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Capítulo I Das Disposições Gerais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Capítulo I Das Disposições Gerais REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Análise e

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantenedora Faculdade Cenecista de Sinop Facenop/FASIPE Mantida REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS BACHARELADO SINOP / MATO GROSSO

Leia mais

Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC (Resolução CNE/CES nº 9/2004)

Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC (Resolução CNE/CES nº 9/2004) CURSO DE DIREITO DA UniEVANGÉLICA DIREÇÃO DE CURSO Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC (Resolução CNE/CES nº 9/2004) DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. A carga horária da matriz 2009.1

Leia mais

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE DIREITO NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE DIREITO NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES NORMAS ESPECÍFICAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES Art. 1º As Complementares Independentes integram o currículo do curso de graduação de Direito, objetivando sua flexibilização, sendo seu cumprimento

Leia mais

RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA

RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA RESOLUÇÃO FADISA Nº. 005/2006 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO FADISA O Presidente do CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO- FADISA, Professor Dr. ELTON DIAS

Leia mais

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL

Regulamento Atividades Complementares. Faculdade da Cidade de Santa Luzia - FACSAL Regulamento Atividades Complementares Faculdade da Cidade de Santa Luzia - 2014 Regulamento das Atividades Complementares CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Artigo 1º - As Atividades

Leia mais

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES

FACULDADE SANTA TEREZINHA CEST CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES Art. 1º As Complementares Independentes são componente curricular do curso de Administração, objetivando a flexibilização da formação do aluno,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Aprovado pelo Colegiado de Curso em 23/09/2013)

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Aprovado pelo Colegiado de Curso em 23/09/2013) REGULAMENTO DAS S COMPLEMENTARES (Aprovado pelo Colegiado de Curso em 23/09/2013) Art.1º Este Regulamento define, no âmbito da Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense, as atividades complementares

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURRICULO DOS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURRICULO DOS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURRICULO DOS CURSOS DE BACHARELADO E LICENCIATURA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ART.1º -O presente regulamento tem por finalidade normatizar

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E:

RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. R E S O L V E: RESOLUÇÃO nº 177, de 11 de setembro de 2015. O Conselho Universitário CONSUNI, no uso de suas atribuições, em conformidade com Parecer nº 030, de 20 de agosto de 2015, R E S O L V E: Art. 1º - Aprovar

Leia mais

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba

APEC - Associação Piauiense de Educação e Cultura CESVALE - Centro de Ensino Superior do Vale do Parnaíba RESOLUÇÃO Nº 07 DE 20/09/2004 Estabelece normas para a realização das Atividas Complementares nos cursos graduação do CESVALE. Art. 1 - Define como Ativida Complementar toda e qualquer ativida não prevista

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art.1º O presente regulamento tem por finalidade estabelecer normas para a realização e o registro das Atividades Complementares nos

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES APRESENTAÇÃO As Atividades Complementares são componentes curriculares enriquecedores e desenvolvedores do perfil do formando. Possibilitam o reconhecimento, por

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GEOGRAFIAA DISTÂNCIA CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares do Curso de Pedagogia.

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º. As atividades complementares são componentes curriculares que

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO ICSP/FESP CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS 1 FESP ICSP INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DO PARANÁ Mantenedora: Fundação de Estudos Sociais do Paraná CGC/MF: 76.602.895/0001-04 Inscr. Estadual: Isento Rua General Carneiro, 216 Fone/Fax (0xx41) 264-3311

Leia mais

Parágrafo Único. As Atividades Complementares não se confundem com as disciplinas do Curso de Direito.

Parágrafo Único. As Atividades Complementares não se confundem com as disciplinas do Curso de Direito. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO Dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito do Centro Universitário do Cerrado-Patrocínio UNICERP. Capítulo I Das Disposições

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. ATIVIDADES COMPLEMENTARES.

MANUAL DO ALUNO. ATIVIDADES COMPLEMENTARES. MANUAL DO ALUNO. ATIVIDADES COMPLEMENTARES. IDENTIFICAÇÃO DO (A) DISCENTE NOME: ENDEREÇO: CURSO: PERIODO: TURMA: Trabalhar o discente para torná-lo um empreendedor e facilitar sua inclusão no mercado de

Leia mais

Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Regulamento para as Atividades Acadêmicas Científico- Culturais para os Cursos de Licenciatura e Bacharelado* CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1. º - As Atividades Acadêmicas Científico-Culturais

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DE UBERABA - CESUBE CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento disciplina

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Regulamento de Atividades Complementares previstas para o Curso de Administração da Faculdade Del Rey. BELO HORIZONTE 2012 2 Regulamento

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento define, no âmbito da Faculdade INEDI, as atividades complementares, bem como os procedimentos a serem

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I - DA NATUREZA Art. 1º De acordo com a Resolução 5, de 02 de fevereiro de 2004, a qual fundamenta e orienta as Diretrizes Comuns aos Cursos Correlatos,

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2015 SUMÁRIO CAPÍTULO I...4 Disposições preliminares...4 CAPÍTULO II...4 Das atividades complementares...4 Seção I...4 Atividades de iniciação científica...4 Seção

Leia mais

FACULDADE DE CIENCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL COORDENAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

FACULDADE DE CIENCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL COORDENAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA FACULDADE DE CIENCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL COORDENAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA CACOAL 2012 1 ATIVIDADES COMLEMENTARES.

Leia mais

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES MANUAL DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR

FACULDADE PRUDENTE DE MORAES MANUAL DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR FACULDADE PRUDENTE DE MORAES MANUAL DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR DESCRIÇÃO DAS MODALIDADES OFERECIDAS a) ESTÁGIOS NÃO CURRICULARES Exercício de estágios não curriculares deverá ser realizado de acordo com

Leia mais

Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade São Salvador. Capítulo I Das Disposições Preliminares

Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade São Salvador. Capítulo I Das Disposições Preliminares 1 Regulamento de Atividades Complementares do Curso de Direito da Faculdade São Salvador Capítulo I Das Disposições Preliminares Art.1º - As atividades Complementares são componentes curriculares exigidos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA

REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA REGULAMENTO GERAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DO SUL DO MARANHÃO IESMA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente regulamento tem

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2011 SUMÁRIO CAPÍTULO I... 4 Disposições preliminares... 4 CAPÍTULO II... 4 Das atividades complementares... 4 Seção I... 4 Atividades de iniciação científica...

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as atividades complementares que compõem o currículo pleno dos

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS - UNEAL Este Regulamento e a Resolução do Conselho Superior da Uneal (CONSU/UNEAL) que o aprovou foram

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 019/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 019/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 019/07 CONSUNI APROVA O REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JARAGUÁ DO SUL UNERJ. A Presidente do Conselho Universitário CONSUNI do Centro Universitário

Leia mais

Fundação de Ensino Superior de Cajazeiras - FESC Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras - FAFIC

Fundação de Ensino Superior de Cajazeiras - FESC Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Cajazeiras - FAFIC REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA Art. 1º As atividades acadêmico-científico-culturais, denominadas atividades complementares, compreendem

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO MARANHÃO CONSELHO DIRETOR. RESOLUÇÃO Nº. 27/2006, de 14 de julho de 2006.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO MARANHÃO CONSELHO DIRETOR. RESOLUÇÃO Nº. 27/2006, de 14 de julho de 2006. RESOLUÇÃO Nº. 27/2006, de 14 de julho de 2006. Aprova o Regulamento das Atividades Acadêmico-Científico- Culturais dos Cursos de Licenciatura do CEFET-MA. O PRESIDENTE DO DO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

- CURSO DE DIREITO -

- CURSO DE DIREITO - REGULAMENTO AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES - CURSO DE DIREITO - FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC SUMÁRIO... 3 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3... 3 DA CARGA HORÁRIA NO CURSO... 3... 3 DAS ATIVIDADES

Leia mais

Faculdades Integradas de Taquara

Faculdades Integradas de Taquara CONSELHO SUPERIOR ACADÊMICO E ADMINISTRATIVO RESOLUÇÃO CSAA N 04/2015 Regulamenta as Atividades Complementares dos Cursos de Graduação das Faculdades Integradas de Taquara. O Presidente do Conselho Superior

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1. OBJETIVOS O Objetivo das Atividades Complementares é estimular o aluno a participar de experiências diversificadas que contribuam para o seu futuro profissional,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DA FACULDADE DE ENGENHARIA. Capítulo I Disposições Preliminares

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DA FACULDADE DE ENGENHARIA. Capítulo I Disposições Preliminares REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR DA FACULDADE DE ENGENHARIA Disciplina as atividades complementares de integralização curricular, para os alunos da Faculdade de Engenharia,

Leia mais

R E G U L A M E N T O DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

R E G U L A M E N T O DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES R E G U L A M E N T O DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I: DA DEFINIÇÃO, PRÍNCÍPIOS E FINALIDADE Art. 1º. O presente Regulamento disciplina as Atividades Complementares desenvolvidas pelos alunos regularmente

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA BIOMÉDICA I - INTRODUÇÃO Art. 1º Art. 2º O presente regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares do Curso de

Leia mais

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO Faculdade Internacional da Paraíba Rua Monsenhor Walfredo Leal nº 512, Tambiá CEP: 58020-540. João

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Carga Horária Total exigida no curso: 200 LONDRINA/PR 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares do Curso de Ciências Contábeis.

Leia mais

III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE DIREITO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE DIREITO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM III REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE DE DIREITO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM I Das Disposições Preliminares Art. 1º - O presente regulamento tem por

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Faculdade de Alta Floresta - FAF

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Faculdade de Alta Floresta - FAF REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Faculdade de Alta Floresta - FAF 2011 SUMÁRIO CAPITULO I... 3 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 CAPÍTULO II... 3 DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 3 Seção I... 3 Atividades

Leia mais

ATUALIZAÇÃO - REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS

ATUALIZAÇÃO - REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS ATUALIZAÇÃO - REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS Fixa normas para o funcionamento das atividades Complementares no âmbito do Curso de Graduação em Enfermagem da FAKCEN CAPÍTULO I DA

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM. Belo Horizonte MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEME MENTARES CURSO DE ENFERMAGEM Belo Horizonte 2013 ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 FINALIDADE... 3 3 DEVERES DO COORDENADOR EM RELAÇÃO AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 4 4 DEVERES

Leia mais

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FACULDADE DE ARACRUZ FAACZ CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE DE ARACRUZ - FAACZ ARACRUZ 2010 CAPÍTULO 1 DAS DISPOSIÇÕES

Leia mais

NORMAS PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMAS PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente conjunto de normas tem a finalidade de regulamentar as Atividades Complementares para os cursos que as incluem

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NO CURSO DE DIREITO As Atividades complementares serão desenvolvidas especialmente a partir da extensão universitária.

Leia mais

Associação Educativa Evangélica FACULDADE RAÍZES. Plantando Conhecimento para a Vida. Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC

Associação Educativa Evangélica FACULDADE RAÍZES. Plantando Conhecimento para a Vida. Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC Regulamento do Núcleo de Atividades Complementares NAC I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º As atividades complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, mediante comprovação

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - 2014

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - 2014 REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - 2014 O presente regulamento visa a atender os requisitos propostos pela Resolução CNE/CES n 9/2004 normatizando as Atividades Acadêmicas Complementares dos cursos

Leia mais

CURSO DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL REGULAMENTO PARA ACREDITAÇÃO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS INTEGRADORAS

CURSO DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL REGULAMENTO PARA ACREDITAÇÃO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS INTEGRADORAS CURSO DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL REGULAMENTO PARA ACREDITAÇÃO DAS ATIVIDADES FORMATIVAS INTEGRADORAS Este documento regulamenta as atividades Acadêmica Formativas Integradoras do Curso de Tecnologia

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES PRÓ-REITORIA ACADÊMICA BURITIS / CARLOS LUZ / SILVA LOBO ATIVIDADES COMPLEMENTARES As Atividades Complementares, conforme as Diretrizes Curriculares do MEC, são atividades extracurriculares obrigatórias

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Regulamento das Atividades Complementares

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Regulamento das Atividades Complementares 1 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Regulamento das Atividades Complementares 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Regulamento das Atividades Complementares Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade definir as Atividades

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014

ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLA DE NEGÓCIOS ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2014 Rev.: 9 18/09/2014 CURITIBA - PR, 2014 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Designamos atividades complementares o conjunto de eventos oferecidos aos alunos de

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO FLEXÍVEL CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO NÚCLEO FLEXÍVEL CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO NÚCLEO FLEXÍVEL CURSO DE DIREITO Art. 1º O presente conjunto de regras tem por finalidade normatizar as atividades que compõem o núcleo flexível do Currículo de Graduação em Direito e cujo

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES O presente documento destina-se a reger as normas para registro acadêmico das atividades complementares do Curso de Graduação em

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015. Rev.: 10 10/02/2015 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES INSTRUÇÃO NORMATIVA 001/2015 Rev.: 10 10/02/2015 CURITIBA 2015 1 SUMÁRIO CAPITULO I DAS ATIVIDADES... 2 CAPITULO II - DO APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES...

Leia mais

Art. 1. As ATIVIDADES COMPLEMENTARES do Curso de Direito da FFB serão regidas por este Regulamento.

Art. 1. As ATIVIDADES COMPLEMENTARES do Curso de Direito da FFB serão regidas por este Regulamento. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURRÍCULO NOVO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE FARIAS BRITO Dispõe acerca do regime das Atividades Complementares do Currículo Novo (Grade 03) do Curso de

Leia mais

Cursos: Engenharia Elétrica e. Engenharia de Automação e Controle

Cursos: Engenharia Elétrica e. Engenharia de Automação e Controle Regulamento das Atividades Complementares dos Cursos de Graduação em Engenharia Elétrica e Engenharia de Automação e Controle do Centro Universitário Salesiano de São Paulo Unidade Universitária de Americana

Leia mais

REGULAMENTO DE AACC 2011/13

REGULAMENTO DE AACC 2011/13 REGULAMENTO DE AACC 2011/13 1 Apresentação A FESAR - Faculdade de Ensino Superior da Amazônia Reunida apresenta por meio deste Manual, orientações a fim de que os discentes ao longo de sua jornada acadêmica

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA 2013 ATIVIDADES COMPLEMENTARES O que são? São práticas acadêmicas de múltiplos formatos, obrigatórias, que podem ser realizadas dentro ou fora

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LETRAS - Português e Espanhol Bacharelado e Licenciatura

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LETRAS - Português e Espanhol Bacharelado e Licenciatura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura.

ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura. ORIENTAÇOES GERAIS PARA A ORGANIZAÇÃO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) Curso Geografia, modalidade: Licenciatura. Art. 1º - As Atividades Acadêmicas Curriculares (AAC) são todas as atividades

Leia mais

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização

ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Da caracterização ANEXO B REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Regulamento aprovado pela Comissão de Curso em 07 de outubro de 2014 Este anexo regulamenta as Atividades Acadêmica- Científico-Culturais do Curso de Engenharia

Leia mais

Tabela de Conversão MODALIDADE ATIVIDADE CARGA HORÁRIA COMPROVAÇÃO

Tabela de Conversão MODALIDADE ATIVIDADE CARGA HORÁRIA COMPROVAÇÃO Tabela de Conversão MODALIDADE ATIVIDADE COMPROVAÇÃO Atividades de Monitoria em disciplinas pertencentes ao currículo dos Cursos desta IES No máximo de 50% das horas dedicadas por disciplina no semestre

Leia mais

R E S O L V E consolidar as disposições sobre as Atividades Complementares do Curso do Curso de Graduação em Direito, como segue:

R E S O L V E consolidar as disposições sobre as Atividades Complementares do Curso do Curso de Graduação em Direito, como segue: REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA DA ESCOLA DE FORMAÇÃO JURÍDICA DA FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO SUL FADERGS. O Diretor da Escola de Formação Jurídica

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO (Ato de Aprovação: Resolução do Reitor nº

Leia mais

DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA

DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA CACOAL - RO 2011 Considerando as exigências da LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL, no atinente às Atividades Complementares

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACERES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º As Atividades Complementares são componentes curriculares obrigatórios

Leia mais

Curso: Ciências Contábeis

Curso: Ciências Contábeis Mantenedora: Fundação Educacional Fausto Pinto da Fonseca - CNPJ : 04.149.536/0001-24 Av. Dom Cabral, 31 Centro - CEP: 35.519-000 - Nova Serrana - MG Fone: (37) 3226-8200 - Site: www.fanserrana.com.br

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO

Regulamento das Atividades Complementares Obrigatórias ACO Art. 1º. Este Regulamento tem por finalidade regular o aproveitamento e a validação das Atividades Complementares Obrigatórias ACO que compõem a Matriz Curricular do Curso de Graduação em Administração

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Colegiado do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia RESOLUÇÃO Nº.

Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Medicina Colegiado do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia RESOLUÇÃO Nº. RESOLUÇÃO Nº. 002/2011 "Dispõe a respeito das Atividades Complementares Geradoras de Crédito (ACGC) no curso Superior de Tecnologia em Radiologia da UFMG Conforme o disposto na Lei de Diretrizes e Bases

Leia mais

NORMAS PARA REGISTRO ACADÊMICO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMAS PARA REGISTRO ACADÊMICO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS PARA REGISTRO ACADÊMICO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Sorriso-MT, junho de 2009 CAPITULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. O presente conjunto de normas da Faculdade Centro Mato Grossense tem

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO Mantenedora FASIPE CENTRO EDUCACIONAL LTDA. Mantida FACULDADE FASIPE REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO COMUNICAÇÃO SOCIAL, HABILITAÇÃO EM JORNALISMO SINOP / MATO GROSSO Aprovado

Leia mais

Regulamento Geral das Atividades Complementares do CENTRO UNIVERSITÁRIO SANT ANNA

Regulamento Geral das Atividades Complementares do CENTRO UNIVERSITÁRIO SANT ANNA Regulamento Geral das Atividades Complementares do CENTRO UNIVERSITÁRIO SANT ANNA São Paulo - 2010 CAPÍTULO I DA NATUREZA E DEFINIÇÃO Art. 1º As Atividades Complementares, com a sigla ACs, de todos os

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 5/2006 APROVA O REGULAMENTO PARA O

RESOLUÇÃO CONSEPE 5/2006 APROVA O REGULAMENTO PARA O RESOLUÇÃO CONSEPE 5/2006 APROVA O REGULAMENTO PARA O COMPONENTE CURRICULAR ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 15, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 15, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 15, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2014. O COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL DA FACULDADE DE ENGENHARIAS, ARQUITETURA E URBANISMO E GEOGRAFIA da Fundação Universidade Federal de Mato

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO TRIÂNGULO MINEIRO - FCETM CAPÍTULO I

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO TRIÂNGULO MINEIRO - FCETM CAPÍTULO I REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO TRIÂNGULO MINEIRO - FCETM CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES SÃO CARLOS 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2015 Artigo 1 o : As Atividades Complementares (AC) do Curso de Graduação em Administração da Faculdade

Leia mais

FACULDADE DE RIO CLARO SUMÁRIO

FACULDADE DE RIO CLARO SUMÁRIO SUMÁRIO CAPÍTULO I: DA DEFINIÇÃO, PRÍNCÍPIOS E FINALIDADE... 1 CAPÍTULO II: DA ORGANIZAÇÃO...2 CAPÍTULO III: DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES... 3 CAPÍTULO IV: DISPOSIÇÕES FINAIS...5 ANEXO I TABELA AVALIATIVA

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES PRÓ REITORIA ACADÊMICA BURITIS/ FACISA/ SILVA LOBO ATIVIDADES COMPLEMENTARES As Atividades Complementares, conforme as Diretrizes Curriculares do MEC são atividades extracurriculares obrigatórias nos cursos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO. SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 078, DE 05 DE OUTUBRO DE 2007. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO TRIÂNGULO MINEIRO - FCETM CAPÍTULO I

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO TRIÂNGULO MINEIRO - FCETM CAPÍTULO I REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DO TRIÂNGULO MINEIRO - FCETM CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS PAULO AFONSO COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS PAULO AFONSO COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS PAULO AFONSO COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA RESOLUÇÃO Nº 01/2014 Estabelece normas específicas relacionadas às Atividades

Leia mais