A faculdade de Life Sciences. Ciencias aplicadas de Hamburgo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A faculdade de Life Sciences. Ciencias aplicadas de Hamburgo"

Transcrição

1 A faculdade de Life Sciences da universidade de Ciencias aplicadas de Hamburgo

2 Hamburgo - vista típica Mais a faculdade não é aqui

3 Bergedorf o prédio

4 Bergedorf o prédio A faculdade de ciências de vida no A faculdade de ciências de vida no Campus de Bergedorf

5 Oq que signifca g Life Sciences? Biologia molecular biologia Bi Bioquimica i i Assistencia em casos de emergencia Produção ecologica S úd Saúde Pharmacologia Homen e Meio ambiente medicina nutrição Economia domestica

6 Oq que signifca g Life Sciences? g Engenharia de Tecnica medicinal Engenharia de processos

7 Nossas sagradas salas uma faculdade 7 departamentos 15 cursos 71 professores, 72 empregados cerca estudantes

8 Uma sala típica

9 Ökotrophologie - nutrição e economia o doméstica O laboratório de nutrição

10 Curso de gradução em nutrição e economia domestica Curso de mestrado em ciências c de alimentação ação Laboratório de analíse sensorica

11 Curso de gradução em nutrição e economia domestica Curso de mestrado em ciências c de alimentação ação alimentos-nutrientes-processosnutrientes de catering consulta nutricional produção industrial de alimentos

12 Novos produtos

13 Produção de novos alimentos

14 Sistemas e têcnica de casa Agua quente climatização iluminaçao segurança Casa intelligente

15

16 Ciências de saúde prevenção e promoção de saúde epidemiologia Besonders hoher Grad der Internationalisierung protecção do consumidor, do trabalhador e do meio ambiente

17 Graduação e mestrado Ciências de saúde Curso de Mestrado de Saúde pública Correr é saudavel O laboratório de ergonomia

18 Ciencias de saúde Contatos intensivos com a Australia e futuramento com o Brasil?!

19 Biotecnologia

20 Curso de Graduação de biotecnologia Mestrado em biotecnologia pharmaceutical Sra. Prof. Dr. Cornelissen

21 Curso de Graduação de biotecnologia Mestrado em biotecnologia pharmaceutical Biología molecular tecnica de cultura de cellulas energía verde de biogaz tecnica de processos biologicos e automatização

22 Engenharia de aparelhos medicinais

23 Curso de Graduação em engenharia medicinal Mestrado em Biomedical Engineering i tecnica de aparelhos medicinais e métodos de medição Biomecânica sistemas de dados medicinais

24 Curso de Graduação em engenharia medicinal Mestrado em Biomedical Engineering

25 Curso de graduação em Rescue engineering Salvação em caso de emergência e transporte de patientes prevenção de catástrofes projetos de ajuda internacional

26 Curso de graduação em Hazard Control prevenção de riscos, prevenção de fogos Management de segurança, saneamento Técnica de segurança e de saneamento

27 Engenharia do meio ambiente

28 Umwelttechnik Energía renovavel Eficiência de energía, balanços de energía Monitorando o meio ambiente, analítica instrumental

29 Curso de mestrado em energías renovaveis Wind Turbines Biofuels Biogas Engineering Plant Engineering Solar Cells Fuel Cells Energy Practice

30 Energía renovavel e eficiência de energía HAW Hamburg Tecnica e Informatica Life Sciences Economia e Ciencias sociais Design, meios e informação Coordenação de varías competências Desenvolvimento de um centro de competência no norte da Alemanha em cooperação com outras universidades da região

31 Engenharía de processos engenharia para muitas industrias diferentes espezialização em aspectos do meio ambiente, dos alimentos e de diversos métodos planejamento, calculo e implementação Das neue verfahrenstechnische Labor

32 Engenharia de processos Area de pesquisa: gasolina de biomassa gasolina

33 Curso de Graduação e de Mestrado em Engenharia industrial Posição entre economia e engenharia Cooperação de tres universidades de Hamburgo muitas possibilidades para escolher areas de interesse especial Exkursion zum Kernkraftwerk Krümmel

34 após as provas finais Abschlussball 2007 (Dipl. Ingenieure)

35 Pesquisa aplicada (1) FTZ Applications of Life Sciences (ALS) FTZ Bioprozess- und Analysentechnik FTZ Regenerative Energien und Verfahrenseffizienz (REEVE)

36 Pesquisa aplicada (2) Ciência de alimentação Saúde pública 4 áreas de Pesquisa especiais Sistemas biomedicas e Networks em therapia e diagnose Analítica do meio ambiente e toxicología

37 Life Sciences - por que somos bons? trabalho em team team, objetivos coletivos e objetivos concretos como internacionalização e o direto de promoção t simpatía para os nossos estudantes e um bom tratamento deles

38 Muito obrigada pela atenção!

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 1 SEMESTRE DISCIPLINA TEORICA PRÁTICA C/H CR 1. Ecologia e Manejo Ambiental 60-60 04 2. Informática Básica 30-30 02 3. Sociologia Rural

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção Administração Financeira Administração Mercadológica II Análise das Demonstrações Financeiras Auditoria Comércio Exterior e Economia Internacional

Leia mais

RESULTADO PRELIMINAR - Edital FAPERGS 14/2013 - MESTRADO

RESULTADO PRELIMINAR - Edital FAPERGS 14/2013 - MESTRADO RESULTADO PRELIMINAR - Edital FAPERGS 14/2013 - MESTRADO IES PPG Concedidas Mestrado em Processos e Manifestações Culturais 3 Programa de Pós- Graduação em Qualidade Ambiental-Mestrado FEEVALE Acadêmico

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 54 TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36

Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 54 TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36 1 de 6 Nível:BACHARELADO 01 VET101 - Anatomia Veterinária I - Ativa VET102 - Biologia Celular - Ativa desde: VET103 - Bioquímica e Biofísica - Ativa VET104 - Técnica Hospitalar - Ativa desde: VET105 -

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

Agente Comunitário em Saúde

Agente Comunitário em Saúde Agente Comunitário em Saúde Introdução a Informática Ações de Promoção do ambiente saudável A sociedade em que vivemos Construção de Redes Comunitárias e Promoção à Saúde Introdução à Profissão de Agente

Leia mais

Ciência sem Fronteiras Alemanha (CsF) Oferta curricular para bolsistas CsF. Programa de Engenharia de Processos Resumo

Ciência sem Fronteiras Alemanha (CsF) Oferta curricular para bolsistas CsF. Programa de Engenharia de Processos Resumo Bernburg Dessau Köthen Hochschule Anhalt Fachbereich Angewandte Biowissenschaften und Prozesstechnik Ciência sem Fronteiras Alemanha (CsF) Oferta curricular para bolsistas CsF Departamento de Biociências

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira FACULDADE DO SUL DA BAHIA SEMESTRE DE 2014 PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO segunda-feira quarta-feira quinta-feira Horário 1ª AULA 18:50 às 20:30 2ª AULA 20:50 às 22:30 OBS.: NÃO HÁ SEGUNDA CHAMADA DE

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 30-30 02 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 30 30 60 04-2. Bioestatística Geral 30-30 02-3. Bioética 30-30 02-4. Biofísica 60-60 04-5. Citologia, Histologia e Embriologia

Leia mais

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica.

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica. Campus Governador Valadares Concurso 106: Departamento de Economia Proc. nº 23071.009825/2013-25 Vaga(s): 01(uma) Classe A: Professor Assistente A a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Econometria. DAS PROVAS:

Leia mais

Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia

Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia Matriz Curricular Bacharelado em Farmácia Semestre 1 01 Introdução às Ciências Farmacêuticas 30 30-2 - 02 Anatomia 75 30 45 5-03 Biologia Celular e Molecular 60 30 30 4-04 Química Geral e Inorgânica 75

Leia mais

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista INSTITUIÇÃO CURSO NOTA DA CAPES CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE (UNIANDRADE)

Leia mais

OS 10 ANOS DE GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Francisco Nunes Navarro Gabriel Gasparini

OS 10 ANOS DE GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Francisco Nunes Navarro Gabriel Gasparini OS 10 ANOS DE GRADUAÇÃO EM INFORMÁTICA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Francisco Nunes Navarro Gabriel Gasparini Os autores Francisco Nunes Navarro Graduando em Informática Biomédica na Universidade

Leia mais

MAPEAMENTO DE ÁREAS PRIORITÁRIAS

MAPEAMENTO DE ÁREAS PRIORITÁRIAS MAPEAMENTO DE ÁREAS PRIORITÁRIAS Ambiente Externo Ambiente Externo - Internacional Fonte/Instituição Burril & Co. Life Sciences: Venture Capital, Private Equity, Merchant Banking, Media Documento Biotech

Leia mais

Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária Licenciatura em Engenharia Biológica e Alimentar

Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária Licenciatura em Engenharia Biológica e Alimentar Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior Agrária Licenciatura em Engenharia Biológica e Alimentar http://www.ipcb.pt/esa/index.php/eng-biologica-e-alimentar Objectivos Os licenciados em

Leia mais

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693

Área de Ciências Biologia. Biologia e Geologia. Bioquímica. Ciência Alimentar Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9693 Área de Ciências Biologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9011 Nota do último colocado: 2012: 139,9 2013: 134,0 Biologia e Geologia Código Par Instituição / Curso: 1204 / 9012 Nota do último colocado:

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE CURSO DE PEDAGOGIA Gestão Escolar e Organização do Trabalho Pedagógico I 23.09.13 19horas Fundamentos da Língua Portuguesa: Leitura e Produção de 23.09.13 21horas Textos Psicologia da Educação I 24.09.13

Leia mais

Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas

Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas Dados a serem fornecidos para inclusão de novas bibliotecas Para exemplos, consulte Serviços>Guia> em: http://www.apcisrj.org Nome da instituição/sigla Nome da biblioteca Endereço completo, com CEP Telefone,

Leia mais

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de

Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de Resenha Histórica: O início do ensino farmacêutico na Universidade de Coimbra remonta aos finais do séc. XVI. Finais do séc. XVI: Curso prático de boticários na Universidade de Coimbra. 1772: Reforma da

Leia mais

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014 FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 0/24 ANEXO I QUADRO GERAL DE S E 1. Faculdade de Administração 1.1 Administração Administração ou

Leia mais

Formadora: Bárbara Varela. UFCD 3783 Fases do Projecto

Formadora: Bárbara Varela. UFCD 3783 Fases do Projecto Formadora: Bárbara Varela UFCD 3783 Fases do Projecto Tema e Objectivo específico: Subtema: Seminário: Como minimizar os riscos no Trabalho Prevenção de Riscos Profissionais Objectivos Específicos: Identificar

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração da Enfermagem na Atenção Primária a Saúde Enfermagem Administração de Produção Administração Administração de Produção II Administração Administração de Sistemas de Informação Administração/

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 197 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 198 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Ambiental ATUAÇÃO O curso de Engenharia Ambiental da UFV

Leia mais

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO Administração/Logística Psicologia das Relações Humanas; Liderança e Gestão de Equipes; Professor de Psicologia Doutorado em Psicologia Enfermagem Segurança

Leia mais

FFARM Faculdade de Farmácia

FFARM Faculdade de Farmácia FFARM Faculdade de Farmácia Secretaria: Prédio12 - Bloco A Fone: 3320-3512 E-mail: farmácia@pucrs.br www.pucrs.br/farmacia Departamentos: Análises Clínicas e Toxicológicas n.º 351 Desenvolvimento e Produção

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde. Empresas. www.ccdr-n.

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde. Empresas. www.ccdr-n. Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Empresas www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui

Leia mais

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde SCTR. www.ccdr-n.

Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das Ciências da Vida e Saúde SCTR. www.ccdr-n. Estratégia Regional de Especialização Inteligente Pedido de Contributos no Domínio das SCTR www.ccdr-n.pt/norte2020 O desenvolvimento de Estratégias Regionais de Especialização Inteligente constitui uma

Leia mais

ANEXO III. Domínios e áreas científicas

ANEXO III. Domínios e áreas científicas ANEXO III Domínios e áreas científicas Ciências da Vida e da Saúde Neurociências - Molecular e Celular Neurociências, Envelhecimento e Doenças Degenerativas Imunologia e Infeção Diagnóstico, Terapêutica

Leia mais

Tecnologia em Produção de Grãos

Tecnologia em Produção de Grãos Tecnologia em Produção de Grãos Nível/Grau: Superior/Tecnólogo Vagas: 30 Turno: Matutino Duração: 3 anos mais estágio (7 semestres) Perfil do Egresso O profissional estará capacitado para: Produzir grãos

Leia mais

ANEXO A RESOLUÇÃO Nº. 008/2007. I Departamento de Ciências da Saúde Biológicas e Agrárias - DCSBA:

ANEXO A RESOLUÇÃO Nº. 008/2007. I Departamento de Ciências da Saúde Biológicas e Agrárias - DCSBA: 1/7 ANEXO A RESOLUÇÃO Nº. 008/2007 I Departamento de Ciências da Saúde Biológicas e Agrárias - DCSBA: Área - TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO, Graduação - Engenharia Agronômica (Agronomia), Engenharia Agrícola

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária MATRIZ CURRICULAR No Quadro II está apresentada a estrutura curricular do Curso de Medicina Veterinária da FATENE, distribuída de acordo com os conteúdos essenciais profissionais, definidos pelo Parecer

Leia mais

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 180 Currículos dos Cursos do CCE UFV Currículo do Curso de Engenharia Engenheiro ATUAÇÃO O curso de Engenharia da UFV habilita o futuro profissional

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE DOCENTE PARA O CURSO

EDITAL PARA SELEÇÃO DE DOCENTE PARA O CURSO NÚCLEO DE SAÚDE: BIOMEDICINA, ESTÉTICA E COSMÉTICOS, EDUCAÇÃO FÍSICA, ENFERMAGEM, FARMÁCIA, FISIOTERAPIA, NUTRIÇÃO, PSICOLOGIA, ODONTOLOGIA, MEDICINA VETERINÁRIA E RADIOLOGIA UNIDADE: UNINASSAU - GRAÇAS

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADES Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PALMAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PALMAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CAMPUS DE PALMAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Assunto: equivalência de disciplinas Esta coordenação, visando uma otimização do tempo e da disponibilidade

Leia mais

Matriz curricular do curso de graduação em Engenharia Ambiental campus de Chapecó Turno integral

Matriz curricular do curso de graduação em Engenharia Ambiental campus de Chapecó Turno integral Matriz curricular do curso de graduação em Engenharia Ambiental campus de Chapecó Turno integral 1 a 01 Matemática C 4 60-02 Geometria Analítica 4 60-03 Biologia Geral 3 45-04 Produção Textual Acadêmica

Leia mais

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013

Nome da instituição Nome do curso Grau Vagas iniciais de 2013 Nome da instituição Nome do Grau na 1.ª fase de pelo 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) Prep. Mestrado Integrado 15 15 155,8 0110 8085 Universidade

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 95/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em, Bacharelado, do Centro

Leia mais

ESTUDAR NA UFPE. A Universidade Informações. úteis. Bremen_Jan. 2009 1

ESTUDAR NA UFPE. A Universidade Informações. úteis. Bremen_Jan. 2009 1 ESTUDAR NA UFPE A Universidade Informações úteis Bremen_Jan. 2009 1 Apresentadora Profa. Glícia Maria Torres Calazans Cargo na UFPE : Professor Associado Bremen_Jan. 2009 2 Carreira docente (Professores):

Leia mais

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Pós-Graduação Segurança Alimentar 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Nesta pós-graduação estudam-se os perigos, riscos, metodologias e legislação com que a segurança alimentar é confrontada na atualidade, numa

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS RETIFICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS RETIFICAÇÃO RETIFICAÇÃO DO EDITAL 09/014/CAINT/UFOP, DE 08 DE SETEMBRO DE 014 PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL GRADUAÇÃO Onde se lê:. VAGAS País Universidade Áreas abrangidas Vagas* África do Sul Universidade

Leia mais

CRONOGRAMA DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

CRONOGRAMA DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal FACMED CURSO: Análises Clínicas Período Mód DSCPLNA DATA 01 Metodologia da Pesquisa Científica 17 e 18/03/2012 02 Controle de Qualidade em Laboratório Clínico

Leia mais

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA 1 FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA O PROFISSIONAL FARMACÊUTICO O Farmacêutico é um profissional da

Leia mais

Perspectivas legais de alegações de propriedades funcionais e ou de saúde

Perspectivas legais de alegações de propriedades funcionais e ou de saúde Perspectivas legais de alegações de propriedades funcionais e ou de saúde 4º Simpósio de Segurança Alimentar Gramado/RS, 29 e 30/05/2012 Antonia Maria de Aquino GPESP/GGALI/ANVISA Missão da Anvisa Promover

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE FUNDAÇÃO EZEQUIEL DIAS

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE FUNDAÇÃO EZEQUIEL DIAS Conforme Portaria n 007 de 29 de março de 2007, publicada no Diário Oficial de Minas Gerais de 30/03/2007, que dispõe sobre o pagamento de GIEFS e Portaria n 010 de 04 de março de 2008, publicada no Diário

Leia mais

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD 1 EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD PUBLICAÇÃO DA RELAÇAO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE - PROVOU. A Pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual

Leia mais

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA

CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO-FORMAÇÃO NUTRICIONISTA Coordenaçăo: Profª. MS. Mara Rosana dos Santos E-mail: nutricao@immes.com.br Telefone (96)3223-4244 ramal: 211 Ser Nutricionista É atuar em todas

Leia mais

C:\Documents and Settings\Usuario\Desktop\Júlio\Arquivos finais_esa\grade-eng.sanitária-v.final_17.02.12.doc

C:\Documents and Settings\Usuario\Desktop\Júlio\Arquivos finais_esa\grade-eng.sanitária-v.final_17.02.12.doc 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Curso de Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental Grade Curricular válida a partir de 29/11/2011 Natureza Créditos Horas-aula Disciplinas Obrigatórias 210 3.150

Leia mais

Estrutura Acadêmica e Administrativa da PUC Goiás

Estrutura Acadêmica e Administrativa da PUC Goiás Estrutura Acadêmica e Administrativa da PUC Goiás Estruturas Organizacionais da Instituição: histórico 1950 1960 Universidade de Goiás Incorporadas: - Faculdade de Filosofia (1948) - Faculdade de Ciências

Leia mais

O Futuro da Engenharia Informática em Portugal. A Visão de um Empregador. Ordem Engenheiros - 75 anos. Luis Paupério

O Futuro da Engenharia Informática em Portugal. A Visão de um Empregador. Ordem Engenheiros - 75 anos. Luis Paupério O Futuro da Engenharia Informática em Portugal Ordem Engenheiros - 75 anos A Visão de um Empregador Luis Paupério ENGENHARIA O FUTURO PORTUGAL INFORMATICA Engenharia Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br 114 ENFERMAGEM COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 115 Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta como perfil

Leia mais

GRADE CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS

GRADE CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS GRADE CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOTECNOLOGIA CAMPUS DE ARARAS PERFIL 1 215090 Física para 1 04 220612 Tópicos em Matemática I 04 220663 Introdução a 04 220671 Fundamentos de Química 04 220680

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. N O. DE VAGAS POR PERFIL PERFIL ANEXO I DEMOSTRATIVO DE CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO,, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: TECNOLOGISTA JUNIOR Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE ÁREA 32 Arquitetura 12 Conservação e restauração de conjuntos

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Virtual. Prof. Luiz Nacamura Júnior Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação

Programa de Pós-Graduação Virtual. Prof. Luiz Nacamura Júnior Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-Graduação Virtual Prof. Luiz Nacamura Júnior Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação Contextualização 41 Programas de Pós-Graduação em Funcionamento Praticamente, todos os Câmpus da UTFPR desenvolvem

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS

ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA ÁREAS DE ATUAÇÃO, PERFIL E COMPETÊNCIAS DOS EGRESSOS DOS NOVOS CURSOS 3. CURSO DE NUTRIÇÃO Área de atuação De acordo com a RESOLUÇÃO

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCS650 - PROCESSOS DE APROPRIACAO DA REALIDADE I - Ativa desde: 09/12/2014. Natureza - Atividade Obrigatoria

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCS650 - PROCESSOS DE APROPRIACAO DA REALIDADE I - Ativa desde: 09/12/2014. Natureza - Atividade Obrigatoria 1 de 6 Nível:Graduação Início: 20092 01 - - CCS650 - PROCESSOS DE APROPRIACAO DA REALIDADE I - Ativa desde: UFRB001 - DIVERSIDADES, CULTURA E RELACOES ETNICO-RACIAIS - Ativa desde: 26/02/2015 UFRB002 -

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Tecnologia e Gestão Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16 Escola Superior de Tecnologia e Gestão Administração Pública Introdução à Administração Pública Noções Fundamentais de Direito Ciência

Leia mais

Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência;

Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência; UM PROGRAMA ESPECIAL DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA e INOVAÇÃO Objetivos do Programa Oferecer oportunidade de estudo e estágio a discentes brasileiros em universidades de excelência;

Leia mais

UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA NOTA DE CORTE 1.ª FASE 2.º SEM./2014 NOTA DE CORTE

UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA NOTA DE CORTE 1.ª FASE 2.º SEM./2014 NOTA DE CORTE UFU UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA NOTA DE CORTE 1.ª FASE 2.º SEM./2014 NOTA DE CORTE Modalidade 2 6 36 Modalidade 3 9 40 Modalidade 4 6 41 Modalidade 5 92 47 Modalidade 1 12 43 Modalidade 2 8 40 Modalidade

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 01, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2004.

INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 01, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2004. INSTRUÇÃO NORMATIVA N. 01, DE 17 DE FEVEREIRO DE 2004. Institui o Regimento Interno do Programa Saúde no Serviço Público. O COORDENADOR DO PROGRAMA SAÚDE NO SERVIÇO PÚBLICO, usando das prerrogativas conferidas

Leia mais

GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA CONTABILIDADE CONTABILIDADE 433 Habilitado - Diploma e Histórico Escolar de Curso Superior em Ciências Contábeis, Administração,

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MARKETING Políticas de supply chain management e logística reversa Planejamento estratégico de marketing Marketing de serviço Pesquisa de marketing Marketing

Leia mais

Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas

Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas UNIVERSIDAD DE COIMBRA (PORTUGAL) PROGRAMA DE FARMACIA Mestrado Integrado em Ciências s Ciências s voltar ao curso Plano de Estudos: Nome da Biologia Celular 1 01550003 Física Aplicada 1 01550014 Histologia

Leia mais

Plano do 2º Ciclo (Mestrado) do Curso de Engenharia Alimentar

Plano do 2º Ciclo (Mestrado) do Curso de Engenharia Alimentar Plano do 2º Ciclo (Mestrado) do Curso de Engenharia Alimentar O plano de estudos do Mestrado em Engenharia Alimentar contempla cinco áreas de especialização: Tecnologia dos Produtos Vegetais Tecnologia

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Gabinete do Reitor DESPACHO N.º 014/R/39 1. Nos termos dos Despachos n.ºs 17/007 e 18/007, de 0 de julho, as vagas para os Concursos Especiais de Acesso e para Regimes de Mudança de Curso e Transferência, 1.º ano, 1.º semestre,

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL (540/I Integral 02 e SEM_02) (Para alunos ingressos entre 2006 a 2008) CÓD. D. DEPTOS. DISCIPLINAS 1º 2º 3º 4º 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª C/H 0872/I DEMAT/I Cálculo I 3 51 0873/I

Leia mais

LISTA DE ENTIDADES QUALIFICADAS - VALE INOVAÇÃO

LISTA DE ENTIDADES QUALIFICADAS - VALE INOVAÇÃO ÁREA DE QUALIFICAÇÃO: Organização e Gestão e Tecnologias de Informação e Comunicação 1627 IPN - INSTITUTO PEDRO NUNES - ASSOCIAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1630 CTIC -

Leia mais

DIVULGAÇÃO DO RESULTADO FINAL SELEÇÃO PARA OS PROGRAMAS INTEGRAIS POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFAM 2015/2

DIVULGAÇÃO DO RESULTADO FINAL SELEÇÃO PARA OS PROGRAMAS INTEGRAIS POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFAM 2015/2 DIVULGAÇÃO DO RESULTADO FINAL SELEÇÃO PARA OS PROGRAMAS INTEGRAIS POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFAM 2015/2 A Comissão designada pela Portaria Nº 905-GAB/DG/CMC/IFAM, de 30 de junho de 2015, responsável

Leia mais

Periódicos. [REVISTA ELETRÔNICA] Revista eletrônica de Ciência Administrativa

Periódicos. [REVISTA ELETRÔNICA] Revista eletrônica de Ciência Administrativa Periódicos Administração [REVISTA ELETRÔNICA] Revista Eletrônica de Administração http://seer.ufrgs.br/index.php/read/issue/archive [REVISTA ELETRÔNICA] Revista de Administração das Empresas http://rae.fgv.br/rae/edicoes-anteriores

Leia mais

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado

CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 2012 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado CONCURSO DE PROGRAMAS DE DOUTORAMENTO FCT 202 Resumo de Candidaturas e Financiamentos Recomendado No concurso de 202: 238 candidaturas recebidas: Ciências da Vida e da Saúde 35 propostas Ciências Exatas

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Produção II Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração Financeira e Orçamentária I Administração

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO

ESTRUTURA CURRICULAR - 2012/1º semestre (Aprovada pela Resolução nº 01 CONSEPE, de 09/02/2012). 1º PERÍODO 2º PERÍODO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI INSTITUTO DE CIÊNCIA, ENGENHARIA E TECNOLOGIA - TEÓFILO OTONI CURSO DE GRADUAÇÃO - ENGENHARIA CIVIL ESTRUTURA CURRICULAR

Leia mais

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO CONTABILIDADE CONTABILIDADE 433 DIREITO DIREITO E LEGISLAÇÃO 453 AGRONEGÓCIO ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO SISTEMAS AGROALIMENTARES GESTAO III-

Leia mais

Onde os Biomédicos atuam?

Onde os Biomédicos atuam? Onde os Biomédicos atuam? Os profissionais Biomédicos estão distribuídos por todas as esferas científicas públicas e privadas das universidades, faculdades, centros universitários, institutos de pesquisas,

Leia mais

Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil

Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil Universidade 1 Universidade Federal de UFRR Norte Agronomia http://www.posagro.ufrr.br/ 0 Roraima Desenvolvimento Regional da Amazônia http://www.necar.ufrr.br/index.php?

Leia mais

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO

ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO ANEXO B CONTEXTUALIZAÇÃO DA PROMOÇÃO DA SAÚDE EM MODELO DE GESTÃO ORGANIZACIONAL DE ALTO DESEMPENHO Autoria: Elaine Emar Ribeiro César Fonte: Critérios Compromisso com a Excelência e Rumo à Excelência

Leia mais

CONSIDERANDO: os critérios e os padrões de qualidade estabelecidos pela UFPB para formação de profissionais;

CONSIDERANDO: os critérios e os padrões de qualidade estabelecidos pela UFPB para formação de profissionais; SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N 34/2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Química Industrial, Bacharelado,

Leia mais

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 026/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES SUBSTITUTOS

ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 026/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES SUBSTITUTOS ANEXO I EDITAL DE ABERTURA Nº 026/25 QUADRO I - VAGAS PARA UNIDADES ACADÊMICAS DA CAPITAL Unidade Acadêm. FT Depto. Produção Urbanismo Área de Conhecimento Projeto de Fábrica; Projeto de Produto; Projeto

Leia mais

NOTAS DE CORTE 2014-1

NOTAS DE CORTE 2014-1 BIOMEDICINA NOTAS DE CORTE 2014-1 486,78 471,89 466,93 nº18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas 549,8 Ampla Concorrência 661,83 BIOTECNOLOGIA 451,58 518,75 488,98 nº18/2012),

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO A B C Álgebra Linear Álgebra Linear Computacional Álgebra Linear II Algoritmos e Estrutura de Dados I Algoritmos e Estrutura de Dados II Algoritmos em Bioinformática Alteridade e Diversidade no Brasil

Leia mais

Av. Francisco Samuel Lucchesi Filho, 770 Penha / Bragança Paulista - SP CEP: 12.929-600 Fone/Fax: (11) 4035 7800 / e-mail: faculdade@fesb.edu.

Av. Francisco Samuel Lucchesi Filho, 770 Penha / Bragança Paulista - SP CEP: 12.929-600 Fone/Fax: (11) 4035 7800 / e-mail: faculdade@fesb.edu. MATRIZ CURRICULAR SESTRAL DO CURSO DE NUTRIÇÃO 1º SESTRE CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E ECONÔMICAS Biologia (Genética/Citologia/Evolução) 04 68 Microbiologia e Imunologia 02 34 Anatomia Humana 04 68 Histologia

Leia mais

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS Resumo da Agenda 21 CAPÍTULO 1 - Preâmbulo Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS CAPÍTULO 2 - Cooperação internacional para acelerar o desenvolvimento sustentável dos países em desenvolvimento e políticas

Leia mais

Casa do Futuro. Domótica. Eduardo Santos e Otelo Magalhães. Expressão e Comunicação, 2011-12

Casa do Futuro. Domótica. Eduardo Santos e Otelo Magalhães. Expressão e Comunicação, 2011-12 Casa do Futuro Domótica Departamento de Informática LEI - Licenciatura em Engenharia Informática Faculdade de Ciências e Tecnologiada Universidade Nova de Lisboa Expressão e Comunicação, 2011-12 INTRODUÇÃO

Leia mais

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81 Períodos de inscrições: no sítio http://www.concurso.ufjf.br a) Primeiro período: das 09h do dia 11/05/2009 até as 14h do dia 29/05/2009; b) Segundo período: das 09h do dia 22/06/2009 até as 14h do dia

Leia mais

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE

CONCURSO NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO DE 2013: 1.ª FASE Nome da Nome do Grau 0110 8031 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências Farmacêuticas (Preparatórios) PM 15 11 130,8 4 0110 8085 Universidade dos Açores - Angra do Heroísmo Ciências da Nutrição

Leia mais

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa de Fomento à Pós-Graduação - PROF Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil) Bolsistas

dezembro-2005 janeiro-2005 a Período: Programa de Fomento à Pós-Graduação - PROF Valor (R$ Mil) Valor (R$ Mil) Valor Total (R$ Mil) Bolsistas Ministério da Educação - MEC Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Número de Bolsistas e Valores Pagos (Médias), Segundo os Programas de Pós-Grad. Níveis: Mestrado

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINA UNIDADE PRÉ-REQUISITO CH SEMANAL CH SEMESTRAL TEO PRA TEO PRA 1. Administração Rural EA Economia Rural 2 1 32 16 48

Leia mais

Currículo do Curso de Medicina Veterinária

Currículo do Curso de Medicina Veterinária Currículo do Curso de Medicina Médico Veterinário ATUAÇÃO O(a) Médico(a) Veterinário(a) é o(a) profissional credenciado(a) para desenvolver atividades nas áreas de clínica, cirurgia e obstetrícia veterinárias;

Leia mais

GRADE CURRICULAR. 2.2. Das linhas de pesquisa: 2.2.1. Linha de Pesquisa 1 (Geração e Caracterização de Matéria-Prima):

GRADE CURRICULAR. 2.2. Das linhas de pesquisa: 2.2.1. Linha de Pesquisa 1 (Geração e Caracterização de Matéria-Prima): 1. DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS GRADE CURRICULAR Energia e Bioenergia Combustíveis e Biocombustíveis Seminários I 2 30 Seminários II 2 30 Estágio em Docência 2 30 Total de créditos obrigatórios: 14 créditos,

Leia mais

Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas. Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015

Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas. Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015 Perspectivas para a indústria farmacêutica brasileira, seus investimentos e suas pesquisas Ministério da Saúde Brasília, 12 de agosto de 2015 POLÍTICA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA Define a assistência

Leia mais

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Listagem de UC por curso Semestre * 2013-14 Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Animação Turística Língua Estrangeira II (Espanhol II ou Alemão II) Comunicação e Desenvolvimento Pessoal Imagem

Leia mais

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 132 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO COORDENADOR DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Antônio Cleber Gonçalves Tibiriçá tibirica@mail.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Leia mais

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL /EIXO POR GERED DISCIPLINA/EIXO GERED ARARANGUÁ em Economia ou Administração ou Contabilidade ou Ciências Contábeis com Curso Emergencial de Complementação Pedagógica; ou,

Leia mais

graduação administração linha de formação específica análise de sistemas

graduação administração linha de formação específica análise de sistemas graduação administração linha de formação específica análise de sistemas Características gerais O curso de Análise de Sistemas é o ramo da Administração que qualifica o profissional a gerir as organizações,

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS Cursos de Pós-Graduação a Distância em Administração Pública - EAD Administração de Casas Legislativas Administração de RH no Setor Público Administração Patrimonial em Organizações

Leia mais

EMENTAS DOS COMPONENTES CURRICULARES OPTATIVOS. Função: Básica

EMENTAS DOS COMPONENTES CURRICULARES OPTATIVOS. Função: Básica EMENTAS DOS COMPONENTES CURRICULARES OPTATIVOS INGLES INSTRUMENTAL LET 053 Letras Germânicas 51 teóricas 30 Aplicação de estratégias específicas que levem ao nível inicial de compreensão de textos acadêmicos

Leia mais