MANUAL DO SÍNDICO DENGUEIRO EM GOIÁS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO SÍNDICO DENGUEIRO EM GOIÁS"

Transcrição

1 PARA MANTER A SAÚDE PRECISAMOS MANTER A CIDADE LIMPA. MANUAL DO SÍNDICO DENGUEIRO EM GOIÁS

2 Aos Síndicos Dengueiro Analisando as atividades de rotina dos Agentes de Controle de Endemias, as secretarias municipais de saúde constataram que, apesar de fiscalizados, os prédios que abrigam órgãos e entidades públicas vêm sendo um dos maiores responsáveis pela proliferação do mosquito transmissor da dengue, conforme levantamentos realizados junto aos referidos órgãos/entidades. Sendo assim, o Governo do Estado de Goiás instituiu o Decreto de 21 de fevereiro de 2011, criando a figura do Síndico Dengueiro, que deverá ser designado pelo titular do órgão fiscalizado e escolhido entre os servidores voluntários. O Síndico Dengueiro deverá atuar como um agente de vigilância local, promovendo as ações necessárias de prevenção e combate à dengue, com o objetivo de eliminar os criadouros e a transmissão da doença. O trabalho de combate à dengue será planejado e executado em conjunto com os gestores e as equipes das unidades, cabendo ao Síndico Dengueiro a competência e a responsabilidade pelo desenvolvimento das ações implementadas e, também, o encaminhamento de casos de dengue para as unidades de saúde mais próximas do seu local de trabalho. A participação das pessoas para eliminar os criadouros do mosquito é fundamental para prevenir e controlar a dengue. Promover esta mobilização é parte importante do trabalho do Síndico Dengueiro. O Síndico Dengueiro receberá da Secretaria Estadual de saúde, o apoio técnico necessário, de acordo com a solicitação devidamente validada pelo órgão ou entidade em que trabalha. Este manual contém orientações sobre os procedimentos básicos que serão adotados pelo Síndico Dengueiro para evitar a ocorrência da doença em seu local de atuação. As ações referentes à prevenção e controle da doença, por ele cotidianamente executadas, devem fazer parte da rotina e integrar as demais atividades desenvolvidas em sua unidade de trabalho. Ilustração de duas pessoas dialogando

3 ALERTA! O QUE É O SÍNDICO DENGUEIRO? A dengue mata. Todos os municípios goianos são infestados pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue e Febre Amarela Urbana. Em Goiás, a doença continua causando vítimas e sofrimentos a nossa população, apesar de todo o trabalho do governo e da sociedade. Não dá para esperar! É preciso agir agora. Temos que lutar juntos para diminuir o risco de epidemia e vencer esta batalha. Faça parte do grupo dos SÍNDICOS DENGUEIROS EM GOIÁS e prove que você pode lutar pela saúde de sua família, de seus vizinhos, de seu bairro e de sua cidade. Lembre-se: você é muito importante nesse processo. O Síndico Dengueiro é o servidor designado pelo titular do órgão público para desenvolver ações de prevenção e combate aos criadouros do mosquito transmissor da dengue (Aedes aegypti) dentro da sua área de trabalho. Ninguém vence a batalha sozinho. Não basta apenas fazer a sua parte, é preciso combater em conjunto com toda a comunidade. Por isso, em todas as cidades goianas há um grupo mobilizado para atuar com a população nesta luta. São profissionais da saúde, da educação, do meio ambiente, da defesa civil, liderança comunitária, representantes de associações e de órgãos do governo; muita gente lutando para vencer este combate que já começou. Seja um SÍNDICO DENGUEIRO! Comece a batalha pelo prédio onde você trabalha, mas não pare por aí. O perigo mora em sua casa e no local de trabalho. Converse com seus vizinhos, parentes e colegas de trabalho. Ser um SÍNDICO DENGUEIRO não é apenas eliminar a água parada, é entrar em ação coletiva. síndicos dengueiros atuando no combate à dengue. SÍNDICO DENGUEIRO IDENTIFICANDO CRIADOURO DO MOSQUITO.

4 CONVIVER COM O MOSQUITO OU ELIMINÁ-LO? A dengue é uma doença causada por um dos quatro vírus (DEN I, DEN II, DEN III, DEN IV) apresentando manifestações clínicas de forma assintomática até sinais e sintomas de maior gravidade (Complicações cardiorrespiratória, neurológica, hepáticas). Mas para infectar o homem, é preciso que o mosquito Aedes aegypti entre em ação, transmitindo o vírus por meio de sua picada de uma pessoa doente para uma pessoa sadia. E uma simples picada pode significar a morte. Veja como ocorre: Criadouros que predominam no período chuvoso em Goiás. São os lixos descartáveis, plásticos, pets e outros resíduos sólidos (lixo de risco), gargalos de garrafas em muros, ocos em árvores e pedras, plantas que acumulam água, pneus, tambores, calhas, vasos sanitários em desuso, lajes e etc. Ciclo reprodutivo do aedes aegypti OVOS LARVAS PUPAS ADULTO Modo de transmissão O mosquito se desenvolve por meio de metamorfose completa, ou seja, seu ciclo de vida compreende quatro fases: ovo, larva, pupa e adulto. Criadouros que predominam no período de estiagem (seca) em Goiás. São depósitos ou objetos fixos e com características permanentes como: caixas d águas, cisternas, fossas, tambores, tonéis, barris, vasos de plantas e reservatórios com plantas aquáticas etc. Em condições adequadas de temperatura e umidade, conclui-se seu ciclo em média de 7 a 10 dias, porém em condições adversas os ovos podem continuar viáveis por até 450 dias e assim que entra em contato com água inicia-se novo ciclo. Enquanto você está parado, o número de focos (criadouros) cresce, elevando o risco de epidemias. imagem da ocorrência da transmissão da doença (Ilustração) Mosquito aedes aegypti homem doente (1º ao 5º dia de doença) Mosquito aedes aegypti infectado homem sadio A DENGUE MATA! ELIMINE OS CRIADOUROS TODOS OS DIAS, O ANO TODO.

5 ROTEIRO DE ORIENTAÇÃO PREVENTIVA - ROP Durante a prevenção, veja se há a necessidade de acrescentar mais algum item, de acordo com a realidade do local. Depois, você pode utilizá-lo nas atividades realizadas pelos voluntários que participam das ações preventivas. OBSERVAR Locais ou objetos que podem abrigar o Aedes aegipty Caixas d água Cisternas ou poços Lixeiras dentro e fora do prédio Plantas que podem acumular água Tampinhas de garrafa, latinhas, embalagens plástica de cigarros, vidros, copos descartáveis ou qualquer outro objeto que possa acumular água Vasos sanitários Ralos de cozinha, de banheiro ORIENTAR O que fazer para evitar que se tornem criadouros do mosquito Tampar com telas ou usar própria. Tampar, lacrar ou vedar. Fechar bem o saco plástico e manter a lixeira fechada. Retirar a água acumulada nas folhas. Colocar tudo em saco plástico, fechar bem e jogar no lixo. Deixar a sempre fechada. Em banheiros pouco usados, dar descarga uma vez por semana. Verificar se há entupimento. Se houver, providenciar o imediato desentupimento. Se não os estiver utilizando, mantê-los fechados. Bandeja de suporte do aparelho de ar condicionado Bandeijas externas de geladeiras Suportes de garrafões de água mineral Cascatas e espelhos d água decorativos Depósitos d água Calhas de água de chuva Pneus velhos Garrafas PET e de vidro Lajes Cacos de vidro nos muros Baldes e vasos de plantas vazios Entulho e lixo Materiais em uso que possam acumular água Verificar se há acúmulo de água no aparelho de ar condicionado. Retirar sempre a água. Lavar com água e sabão. Lavar bem, sempre que trocar. Manter estes locais limpos. Mantenha a água tratada com cloro ou encha-os com areia. Criar peixes que se alimentam de larvas. Lavar com bucha e sabão as paredes internas. Tampar com telas aqueles que não tenham própria. Verificar se elas não estão entupidas. Remover, semanalmente, as folhas e outros materiais que possam impedir o escoamento da água. Entregá-los ao serviço de limpeza urbana. Caso realmente seja necessário mantê-los, guardar em local coberto. Tampar e jogar no lixo todas que não for usar. Retirar a água acumulada. Colocar areia em todos aqueles que possam acumular água. Guardar de boca para baixo. Evitar que se acumulem. Manter o prédio sempre limpo. Secar tudo e guardar em local coberto.

6 MOBILIZAÇÃO E COMBATE Para todos entenderem a situação a ser enfrentada, faça uma pirâmide de problemas da dengue, conforme abaixo: Agora que você já sabe por que estamos nessa luta e como participar dela, é hora de enfrentar a primeira batalha. Reúna seus colegas de trabalho, vizinhos, parente, lideranças comunitárias e em conjunto crie um plano de ataque ao mosquito vetor da doença. COMBATER A DENGUE É TRABALHAR PELA VIDA, POR ISSO ELABORE SEU PLANO DE AÇÃO E LEMBRE-SE: PELO MENOS UMA VEZ POR SEMANA É HORA DE ELIMINAR O MOSQUITO, DESTRUINDO OS CRIADOUROS (ROP). RECOLHA O LIXO DE RISCO E ASSEGURE DESTINO CORRETO. Como já vimos o ciclo do mosquito é muito curto (em torno de 01 semana no período chuvoso), portanto se você passar várias semanas (ex: férias) sem realizar a rotina de checar a existência de criadouros, quando perceber, o local poderá estar infestado pelo mosquito novamente. EFEITOS PROBLEMAS CAUSAS A partir dos problemas que você encontrar, use a tabela abaixo como exemplo para dar forma ao plano de ação local. Ações O que fazer? Objetivo Para quê? Estratégia Como? Data Quando? Local Onde? Recursos Por que meios? SÍNDICOS DENGUEIROS PLANEJANDO SUAS AÇÕES. Responsável Quem?

7 Pronto! agora é partir para O COMBATE CARA A CARA COM O MOSQUITO. INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS: VERDADES E MENTIRAS SOBRE A DENGUE. Todo SÍNDICO DENGUEIRO contará com kits (informações de prevenção) contendo as ações que devem ser realizadas semanalmente. O Síndico Dengueiro deve conhecer e manter contato com o agente de endemias que atua na região para assegurar o tratamento dos criadouros não removíves e não eliminados. Basta secar os lugares onde tem água parada? Não adianta só secar os reservatórios da água parada, tem que eliminar também os ovos do mosquito nas paredes dos criadouros (escovando-as). Velas de citronela ou andiroba ajudam no combate ao mosquito? Esses recursos têm efeito paliativo, temporário e indeterminado. O inhame e o complexo B ajudam na prevenção da dengue? Não. As pessoas falam que principalmente o complexo B tem um cheiro muito forte e espanta o mosquito, mas não é verdade. Tomar vitamina B para evitar a aproximação do mosquito não se mostra eficaz, uma vez que o efeito varia de acordo com o metabolismo da pessoa, podendo não repelir o mosquito. Aplicar borra de café na água das plantas e sobre a terra ajuda a combater o Aedes aegypti? Não.A eficácia da borra de café não foi comprovada na prática do dia a dia (já foi verificado que água suja de borra de café desenvolve a larva do mosquito), e a sua utilização não simplifica os cuidados atualmente recomendados, que são: a eliminação de pratos ou a utilização de pratos justos aos vasos, a colocação de areia até as bordas dos pratos ou a eliminação da água e a limpeza dos pratos com buchas e sabão semanalmente. Além disso, a borra de café com açúcar pode atrair formigas. Campos de batalha do síndico dengueiro.

8 É verdade que o mosquito se reproduz mais rápido no calor? Que outros hábitos O Aedes aegypti tem? Sim. No calor, o período reprodutivo do mosquito fica mais curto e ele se reproduz com maior velocidade. Isso explica o aumento dos casos de dengue no verão. O mosquito fica onde o homem estiver, prefere picá-lo a qualquer outra espécie de animal e gosta de água acumulada para colocar seus ovos. Água de piscinas pode servir de criadouro para o mosquito? Depende. Se a água estiver bem tratada e com a concentração recomendada de cloro, o mosquito não se desenvolve. Já foi comprovado que água com cloro e água salgada funciona como repelentes. Caso contrário, o mosquito pode se desenvolver sim. No período de inverno a população está livre da doença? Não. Durante o frio, o ciclo de desenvolvimento do mosquito se prolonga por um tempo maior, mas ele continua a se reproduzir. Portanto, o trabalho de vistorias dos prédios, terrenos baldios, estabelecimentos e outros locais, bem como a busca e eliminação de criadouros do mosquito da dengue devem ser constantes. O ideal é usar repelente ou inseticida para evitar as picadas do mosquito? Precisamos ter cuidado com essa atitude! As duas opções podem ser utilizadas: no entanto, temos que lembrar que o uso desses recursos são paliativos, ou seja, são soluções momentâneas que não resolvem realmente o problema da dengue. Estamos minimamente protegidos temporariamente, pois, quando termina o efeito do repelente, por exemplo, estamos novamente expostos ao mosquito que continua nas redondezas e que não teve seus criadouros eliminados. Portanto, o ideal é atuarmos como vigilantes (SÍNDICOS) em nossa casa, no trabalho, na creche e na escola de nossos filhos e em outros locais em que estivermos acesso, como o intuito de eliminarmos os criadouros onde o mosquito deposita seus ovos e se prolifera. O uso de raquete é eficiente? Assim como o uso de repelentes, trata-se de uma solução individual, que não colabora com a comunidade. Não adianta eu querer me proteger sozinho, tenho de colaborar para que toda a comunidade em que estou inserido esteja protegida. É verdade que o mosquito não consegue atingir locais altos? Quanto à capacidade de vôo, sabemos que ele possui possibilidade de acesso a alturas e pode, por exemplo, chegar à caixa d água de sua casa, às calhas e aos terraços. Por sua vez, sua potencialidade de vôo não atingiria andares mais altos. No entanto, ele pode chegar até locais elevados, usando como transporte elevadores, condução de embalagens, de material em geral, brinquedos, caixas de ferramentas e uma infinidade de outros recursos que podem conduzi-lo até a cobertura de qualquer edifício. Mas as preferências do mosquito ainda são as baixas alturas, tendo em vista que, sem fazer muito esforço, consegue alimentar-se e proliferar-se. Todas as pessoas picadas pelo mosquito transmissor irão desenvolver a doença? Não, primeiro é preciso que o mosquito esteja contaminado com vírus. Dengue pode ser contraída mais de uma vez? Ao contrair dengue, a pessoa fica imunizada permanentemente para aquele sorotipo do vírus, mas não para os outros. Dessa forma, uma mesma pessoa pode ter dengue até quatro vezes. A segunda infecção por qualquer sorotipo da dengue é, na maioria das vezes, mais grave do que a primeira, independente dos sorotipos e da sua seqüência. É importante lembrar, porém, que manifestações mais graves da dengue podem ocorrer na primeira infecção.

9 Colocar água sanitária na água ajuda a evitar as larvas? Ajuda. Colocar uma colherzinha de água sanitária nas poças e retenções de água ajuda a evitar as larvas. Porém devemos lembrar que o cloro, principio ativo da água sanitária, se evapora rapidamente; portanto, essa solução é temporária e deve ser repetida periodicamente. A dengue hemorrágica só ocorre nas pessoas que têm a dengue pela segunda vez? Não, isso é mito. Tudo ocorre de acordo com a virulência, ou seja, quando o vírus tem a capacidade de provocar a doença mais forte. Essa virulência mais forte vai depender da própria mutação que os vírus sofrem no ambiente, por causa da seleção natural. SÍNDICO DENGUEIRO: UMA LIÇÃO DE CIDADANIA Nossa causa é a vida. Por isso, como cidadãos goianos, declaramos combater a dengue. Combatê-la significa livrar nosso prédio, nossa rua, nosso bairro, nossa cidade, enfim, livrar Goiás desta doença. Juntos acabaremos com o mosquito Aedes aegypti. A luta não será fácil, todos sabemos, mas vamos agir agora e mostrar que somos vencedores. Algum medicamento cura a dengue? Não. Não existe nenhum antiviral que cure a dengue. Quando a pessoa é diagnosticada com dengue, os sintomas é que são tratados de modo paliativo com analgésico, antitérmico e muita hidratação oral e nas complicações a endovenosa. FAÇA SUA PARTE! GOIÁS ESTÁ UNIDO CONTRA A DENGUE. Hidratação ajuda a curar a dengue? Sim. A hidratação é fundamental para o tratamento da doença, no entanto, não necessariamente com aplicação de soro na veia, pois esse recurso é apenas usado em casos graves. É importante muita ingestão de líquidos por via oral.

10 DISQUE DENGUE ALERTA GERAL Mais uma poderosa ferramenta no combate ao mosquito Aedes aegypti. Denuncie os criadouros potenciais e permanentes do mosquito da dengue. Utilize essa ferramenta com precisão e consciência. DISQUE DENGUE: (SUVISA) (SMS) Em casos suspeitos de dengue (febre alta, dor no corpo, dor abdominal, etc.) procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima de sua casa. Não se auto medique. A sua vida em primeiro lugar. Se você foi mal atendido, ligue para o Disque Dengue e faça sua reclamação. SaúDE SE FAZ COM AMOR. disque dengue: um importante aliado nesse combate. em caso de suspeita de dengue, procurar uma unidade de saúde é a melhor medida.

11 ANEXOS Vistoria em instituição Pública estadual planilha de avaliação Tipos de criadouros encontrados: PELO SÍNDICO DENGUEIRO PELO AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS RELATÓRIO DE VISTORIA RELATÓRIO DE INSPEÇÃO Total de criadouros encontrados: Formas que foram eliminados: ENVIO DE RELATÓRIO ENVIO DE RELATÓRIO Dificuldades encontradas: DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL CHEFIA IMEDIATA Cópia para supervisor distrital Cópia para responsável pela instituição (Preferencialmente por ou via Distrito Sanitário). saudeambiental. Avalie seu desempenho pessoal Observações: Regular Bom Ótimo Elaboração de consolidado e envio a diretoria de vigilância em saúde da sms e para suvisa

12 INSTITUIÇÃO: TIPO DE CRIADOURO 1 Boca de lobo 2 calha 3 caixa d água 4 cano de escoamento 5 CISTERNA / RESERVATÓRIO / TONÉIS 6 CAIXA DE PASSAGEM 7 FOSSA 8 LAGES 9 MARQUISES 10 BROMÉLIAS / BAMBUS 11 TANQUES / PIAS / LAVATÓRIOS 12 VASO SANITÁRIO / DESCARGA 13 MATERIAL DE CONSTRUÇÃO 14 RALOS DE BANHEIRO / PIA DE COZINHA, DE SAUNA, DUCHA 15 PISCINA 16 PNEUS VELHOS / SUCATA 17 PRATINHO DE VASO DE PLANTA OU DE XAXIM 18 LIXEIRA 19 BEBEDOURO DE ANIMAL 20 BANDEJA EXTERNA DE GELADEIRA 21 SUPORTE DE GARRAFÃO DE ÁGUA MINERAL 22 ENTULHO E LIXO 23 BANDEJA EXTERNA DO AR CONDICIONADO TOTAL SÍNDICO DENGUEIRO: FONE DE CONTATO E OBSERVAÇÕES: INSTITUIÇÃO: TIPO DE CRIADOURO 1 Boca de lobo 2 calha 3 caixa d água 4 cano de escoamento 5 CISTERNA / RESERVATÓRIO / TONÉIS 6 CAIXA DE PASSAGEM 7 FOSSA 8 LAGES 9 MARQUISES 10 BROMÉLIAS / BAMBUS 11 TANQUES / PIAS / LAVATÓRIOS 12 VASO SANITÁRIO / DESCARGA 13 MATERIAL DE CONSTRUÇÃO 14 RALOS DE BANHEIRO / PIA DE COZINHA, DE SAUNA, DUCHA 15 PISCINA 16 PNEUS VELHOS / SUCATA 17 PRATINHO DE VASO DE PLANTA OU DE XAXIM 18 LIXEIRA 19 BEBEDOURO DE ANIMAL 20 BANDEJA EXTERNA DE GELADEIRA 21 SUPORTE DE GARRAFÃO DE ÁGUA MINERAL 22 ENTULHO E LIXO 23 BANDEJA EXTERNA DO AR CONDICIONADO TOTAL SÍNDICO DENGUEIRO: FONE DE CONTATO E OBSERVAÇÕES: MONITORAMENTO DE SITUAÇÃO DE RISCO DENGUE (CHECK LIST) ENDEREÇO: Data: / / Data: / / SITUAÇÃO ENCONTRADA SITUAÇÃO ENCONTRADA 0. seco 1. com água 2. água e foco 3. com lixo 4. com ou tela 5. sem 6. outros 0. seco 1. com água 2. água e foco 3. com lixo 4. com ou tela MATRIC. FUNC./C.I: MONITORAMENTO DE SITUAÇÃO DE RISCO DENGUE (CHECK LIST) ENDEREÇO: Data: / / Data: / / SITUAÇÃO ENCONTRADA SITUAÇÃO ENCONTRADA 0. seco 1. com água 2. água e foco 3. com lixo 4. com ou tela 5. sem 6. outros 0. seco 1. com água 2. água e foco 3. com lixo 4. com ou tela MATRIC. FUNC./C.I: 5. sem 5. sem 6. outros 6. outros

13 Governo do Estado de Goiás Marconi Ferreira Perillo Júnior Secretaria de Estado da Saúde Antônio Faleiros Filho Superintendência de Vigilância em Saúde Tânia da Silva Vaz Elaboração Coordenação de Vigilância e Controle de Vetores Coordenação de Vigilância em Saúde de Dengue e Febre Amarela Coordenação de Informação, Educação e Comunicação - Equipe de Educação em Saúde FUNASA/GO Serviço de Saúde Ambiental-SESAM Secretaria Municipal de Saúde do Município de Goiânia-GO - Departamento de Vigilância em Saúde Núcleo de Apoio e Controle de Endemias (NACE de Jataí) Superintendência de Vigilância em Saúde Avenida Anhanguera, 5.195, Setor Coimbra - Goiânia - Goiás CEP: Tel: (62) DENGUE É CASO SÉRIO, COMBATA TODOS OS DIAS, O ANO TODO. Secretaria de Estado da saúde

Agora é guerra! Todos contra a dengue.

Agora é guerra! Todos contra a dengue. Agora é guerra! Todos contra a dengue. Sinal de alerta A dengue mata. Neste ano, em Minas Gerais, a doença já matou quase quatro vezes mais que no ano passado. 768 Municípios 20 Municípios Críticos 65

Leia mais

Para impedir a propagação da dengue, você deve primeiramente impedir a reprodução de seu transmissor, o mosquito Aedes aegypti.

Para impedir a propagação da dengue, você deve primeiramente impedir a reprodução de seu transmissor, o mosquito Aedes aegypti. Cartilha de Dengue Para impedir a propagação da dengue, você deve primeiramente impedir a reprodução de seu transmissor, o mosquito Aedes aegypti. Conhecendo o ciclo biológico do mosquito O Aedes aegypti

Leia mais

Plano de Ação do Agente Comunitário de Saúde para combate ao Aedes aegypti

Plano de Ação do Agente Comunitário de Saúde para combate ao Aedes aegypti SECRETÁRIA ESTADUAL DE SAÚDE DO RIO GRANDE DO SUL UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Plano de Ação do Agente Comunitário de Saúde para combate ao Aedes aegypti Porto Alegre - RS 2016 SECRETÁRIA

Leia mais

Apresentação Mobilização no combate à dengue

Apresentação Mobilização no combate à dengue Apresentação Mobilização no combate à dengue Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública do mundo. Com a temporada de chuvas, os riscos de surtos da doença ficam ainda

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PREFEITURA E DOS VIZINHOS NO COMBATE À DENGUE!

A IMPORTÂNCIA DA PREFEITURA E DOS VIZINHOS NO COMBATE À DENGUE! A IMPORTÂNCIA DA PREFEITURA E DOS VIZINHOS NO COMBATE À DENGUE! O mosquito da Dengue se prolifera em "em silêncio". Gosta de "sombra e água limpa". O melhor jeito de combatê-lo é eliminando os criadouros

Leia mais

Prevenção e controlo do mosquito. Aedes aegypti

Prevenção e controlo do mosquito. Aedes aegypti Prevenção e controlo do mosquito Aedes aegypti Aedes aegypti É um mosquito fácil de reconhecer por ser riscado de branco e preto. 2 Distribuição geográfica O mosquito terá tido origem no continente africano.

Leia mais

DENGUE. PROIBIDO RETORNAR. XXXXXX

DENGUE. PROIBIDO RETORNAR. XXXXXX DENGUE. PROIBIDO RETORNAR. XXXXXX Elimine água empoçada nos pratos de plantas e pneus velhos. Não deixe latas vazias, garrafas, potes plásticos, tampinhas, lixo e entulho expostos à chuva. Com o esforço

Leia mais

Inimigo N 1 AGORA E TODO MUNDO CONTRA O MOSQUITO

Inimigo N 1 AGORA E TODO MUNDO CONTRA O MOSQUITO Inimigo N 1 o AGORA E TODO MUNDO CONTRA O MOSQUITO O mosquito esta muito mais perigoso A Bahia está em alerta com a epidemia de três doenças: Dengue, Chikungunya e Zika. Elas são transmitidas pela picada

Leia mais

Apresentação. O que é Dengue Clássica?

Apresentação. O que é Dengue Clássica? Apresentação É no verão que acontecem as maiores epidemias de dengue devido ao alto volume de chuva. O Santa Casa Saúde, por meio do Programa Saúde Segura, está de olho no mosquito aedes aegypti e na sua

Leia mais

Período de incubação nos seres humanos, varia de 3 a 15 dias, mais comum de 5 a 6 dias, isto significa que o paciente vai sentir os sintomas depois

Período de incubação nos seres humanos, varia de 3 a 15 dias, mais comum de 5 a 6 dias, isto significa que o paciente vai sentir os sintomas depois DENGUE DENGUE : DOENÇA QUE MATA DENGUE FORMAS CLÍNICAS DA DENGUE Assintomática Oligossintomática Dengue clássica Dengue grave Febre hemorrágica Dengue com Complicações transmissão Dengue é transmitida

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA MUNICIPAL DE MARECHAL CANDIDO RONDON. Curso: Introdução à Educação Digital. Cursista: Kátia Janaína Frichs cotica

NÚCLEO DE TECNOLOGIA MUNICIPAL DE MARECHAL CANDIDO RONDON. Curso: Introdução à Educação Digital. Cursista: Kátia Janaína Frichs cotica NÚCLEO DE TECNOLOGIA MUNICIPAL DE MARECHAL CANDIDO RONDON Curso: Introdução à Educação Digital Cursista: Kátia Janaína Frichs cotica Fique de na Dengue! ATENÇÃO: A dengue é uma doença muito dolorosa, deixa

Leia mais

Dengue uma grande ameaça. Mudanças climáticas, chuvas e lixo fazem doença avançar.

Dengue uma grande ameaça. Mudanças climáticas, chuvas e lixo fazem doença avançar. Dengue uma grande ameaça. Mudanças climáticas, chuvas e lixo fazem doença avançar. O verão chega para agravar o pesadelo da dengue. As mortes pela doença aumentaram na estação passada e vem preocupando

Leia mais

Colorir. Vamos Cantar. Querido Amiguinho! Preste atenção! Pinte os espaços pontilhados e descubra o transmissor da dengue!

Colorir. Vamos Cantar. Querido Amiguinho! Preste atenção! Pinte os espaços pontilhados e descubra o transmissor da dengue! Olá, Querido Amiguinho! É com imensa alegria que preparamos esta revista para que você possa aprender mais sobre a Dengue e, assim, ajudar Limeira a combater esta doença. Colorir Pinte os espaços pontilhados

Leia mais

Gincana Estudantil Unidos contra a Dengue

Gincana Estudantil Unidos contra a Dengue Gincana Estudantil Unidos contra a Dengue CAPITULO l - DA FINALIDADE Art. 1. A única forma de enfrentar a dengue é combater o seu vetor, o mosquito Aedes aegypti. A finalidade da Gincana Estudantil Unidos

Leia mais

DENGUE e DENGUE HEMORRÁGICO

DENGUE e DENGUE HEMORRÁGICO DENGUE e DENGUE HEMORRÁGICO Prof. Dr. Rivaldo Venâncio da Cunha Dourados, 08 de fevereiro de 2007 O que é o dengue? O dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus; Este vírus pode ser de quatro

Leia mais

PROJETO DENGUE: VAMOS ACABAR COM ISSO-DIGA SIM A SAÚDE!

PROJETO DENGUE: VAMOS ACABAR COM ISSO-DIGA SIM A SAÚDE! 1 PROJETO DENGUE: VAMOS ACABAR COM ISSO-DIGA SIM A SAÚDE! JUSTIFICATIVA: O ano de 2015 começa com aumento dos casos de dengue, em relação a 2010. Tendo em vista a epidemia que assola muitas cidades do

Leia mais

Escola Municipal de Jacurutu PROJETO: DENGUE:

Escola Municipal de Jacurutu PROJETO: DENGUE: Escola Municipal de Jacurutu PROJETO: DENGUE: JUSTIFICATIVA: O ano de 2013 começa com aumento dos casos de dengue, em relação a 2012. Tendo em vista a epidemia que assola a cidade de salinas/municípios

Leia mais

SUMÁRIO. Informação: a maior aliada na prevenção...4. Cuidados para grávidas e mulheres em idade fértil...5

SUMÁRIO. Informação: a maior aliada na prevenção...4. Cuidados para grávidas e mulheres em idade fértil...5 2 SUMÁRIO Informação: a maior aliada na prevenção...4 Cuidados para grávidas e mulheres em idade fértil...5 Uso de repelentes como medida preventiva e cuidados para toda a população...9 Tipos de repelente...13

Leia mais

PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES DENGUE

PREFEITURA DE FLORIANÓPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES DENGUE DENGUE O que é? A dengue é uma doença febril aguda, causada por vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti (Brasil e Américas) e Aedes albopictus (Ásia). Tem caráter epidêmico, ou seja, atinge um grande

Leia mais

DIVISÃO DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL EM SAÚDE PROGRAMA ESTADUAL DE CONTROLE DA DENGUE

DIVISÃO DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL EM SAÚDE PROGRAMA ESTADUAL DE CONTROLE DA DENGUE DIVISÃO DE VIGILÂNCIA AMBIENTAL EM SAÚDE PROGRAMA ESTADUAL DE CONTROLE DA DENGUE Área de dispersão do vetor Aedes aegypti Originário da África tropical e introduzido nas Américas durante a colonização

Leia mais

MITOS X VERDADES SOBRE A DENGUE

MITOS X VERDADES SOBRE A DENGUE Uma boa alimentação garante imunidade à doença? Mito. Não há algum alimento específico contra a dengue. Porém, uma alimentação incluindo frutas e vegetais, torna o organismo da pessoa mais saudável e o

Leia mais

Aprenda a combater o mosquito e a identificar os sinais e sintomas PASSATEMPOS. l ACHEI l CAÇA-PALAVRA l DOMINOX. l JOGO DOS ERROS E OUTROS JOGOS

Aprenda a combater o mosquito e a identificar os sinais e sintomas PASSATEMPOS. l ACHEI l CAÇA-PALAVRA l DOMINOX. l JOGO DOS ERROS E OUTROS JOGOS a Dengue PASSATEMPOS Aprenda a combater o mosquito e a identificar os sinais e sintomas l ACHEI l CAÇA-PALAVRA l DOMINOX l JOGO DOS ERROS E OUTROS JOGOS Quando se trata da dengue, é preciso ficar atento

Leia mais

Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer.

Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer. Dezembro/2015 Se o mosquito da dengue pode matar, ele não pode nascer. Você sabia que o mosquito da dengue demora, em média, 7 dias para nascer? Além disso, ele está mais forte e também transmite duas

Leia mais

Campanha contra Aedes aegypti

Campanha contra Aedes aegypti Campanha contra Aedes aegypti CONTRIBUIÇÕES DA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO E INFRAESTRUTURA OBSERVAR locais ou objetos que podem ser criadouros do mosquito Aedes aegypti REALIZAR ações para evitar criadouros

Leia mais

Somos os superexterminadores da dengue. missão é combater... ... e eliminar o mosquito. dessa doença. Junte-se ao batalhão de operações

Somos os superexterminadores da dengue. missão é combater... ... e eliminar o mosquito. dessa doença. Junte-se ao batalhão de operações 1 Somos os superexterminadores da dengue. Nossa missão é combater...... e eliminar o mosquito transmissor dessa doença. Junte-se ao batalhão de operações MATA-MOSQUITO. Saiba mais sobre a dengue e torne-se

Leia mais

TODOS CONTRA O A PREVENÇÃO É A MELHOR SOLUÇÃO

TODOS CONTRA O A PREVENÇÃO É A MELHOR SOLUÇÃO TODOS CONTRA O MOSQUITO A PREVENÇÃO É A MELHOR SOLUÇÃO Sobre o Aedes aegypti O mosquito Aedes aegypti é o transmissor da Dengue, Chikungunya e e a infecção acontece após a pessoa receber uma picada do

Leia mais

TODOS CONTRA A DENGUE

TODOS CONTRA A DENGUE TODOS CONTRA A DENGUE A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus da família Flaviridae e transmitida ao homem principalmente pelo mosquito Aedes aegypti. Essa doença afeta milhões de pessoas

Leia mais

TODOS CONTRA A DENGUE

TODOS CONTRA A DENGUE Como se transmite? MOSQUITO SAUDÁVEL PESSOA INFECTADA MOSQUITO INFECTADO PESSOAS SAUDÁVEIS MAIS PESSOAS INFECTADAS A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus da família Flaviridae e transmitida

Leia mais

1.2 RECOMENDAÇÕES PARA O CONTROLE MECÂNICO E ALTERNATIVO (PRODUTOS CASEIROS) E CONCEITO DE RECIPIENTE EXISTENTE ESPECIFICADO PARA CADA TIPO.

1.2 RECOMENDAÇÕES PARA O CONTROLE MECÂNICO E ALTERNATIVO (PRODUTOS CASEIROS) E CONCEITO DE RECIPIENTE EXISTENTE ESPECIFICADO PARA CADA TIPO. 1.2 RECOMENDAÇÕES PARA O CONTROLE MECÂNICO E ALTERNATIVO (PRODUTOS CASEIROS) E CONCEITO DE RECIPIENTE EXISTENTE ESPECIFICADO PARA CADA TIPO. Recipiente existente: Considera-se recipiente existente, todo

Leia mais

Secretaria de Estado da Saúde

Secretaria de Estado da Saúde Aedes aegypti ovos larvas pupas Inseto adulto Aedes aegypti É o mosquito que transmite Dengue Leva em média 7 dias de ovo a adulto; Tem hábitos diurnos; Vive dentro ou próximo de habitações humanas; A

Leia mais

Cartilha de Mobilização Social nas Organizações

Cartilha de Mobilização Social nas Organizações Cartilha de Mobilização Social nas Organizações Contatos: GT FAD/SESAB: Elisabeth França (71) 3115-4217 Akemi Chastinet (71) 3116-0029 João Emanuel Araujo (71) 3116-0024 Agnaldo Orrico (71) 3116-0024 Zilda

Leia mais

15APOSTILA PERCEPÇÃO DE RISCOS E DENGUE

15APOSTILA PERCEPÇÃO DE RISCOS E DENGUE 15APOSTILA PERCEPÇÃO DE RISCOS E DENGUE Caros Colegas, Apresentamos a XV apostila das nossas Olimpíadas da Segurança, cujos temas, são a Percepção de Risco e a Dengue. A Percepção de Risco faz parte do

Leia mais

FEBRE AMARELA: Informações Úteis

FEBRE AMARELA: Informações Úteis FEBRE AMARELA: Informações Úteis Quando aparecem os sintomas? Os sintomas da febre amarela, em geral, aparecem entre o terceiro e o sexto dia após a picada do mosquito. Quais os sintomas? Os sintomas são:

Leia mais

EQUIPE AGENTES DE ENDEMIAS TAILENE RAMBO SCHARDONG - 2641 VIANEI ANTONINO STEIN 2645 LUCAS COSTA DA ROSA 2647 JOSÉ BERWANGER - 2640

EQUIPE AGENTES DE ENDEMIAS TAILENE RAMBO SCHARDONG - 2641 VIANEI ANTONINO STEIN 2645 LUCAS COSTA DA ROSA 2647 JOSÉ BERWANGER - 2640 MUNICÍPIO DE PORTÃO População: 28583 (Censo IBGE 2007) Imóveis: 9981 (Censo IBGE 2007) Agentes de Endemias: 4 agentes Dpt VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL ENDEREÇO: Rua 09 de Outubro, 313 3 Andar TELEFONE:

Leia mais

É MUITO GRAVE! COMBATER O MOSQUITO É DEVER DE TODOS!

É MUITO GRAVE! COMBATER O MOSQUITO É DEVER DE TODOS! Filiado a: Dengue, Chikungunya e Zika Vírus É MUITO GRAVE! COMBATER O MOSQUITO É DEVER DE TODOS! AEDES AEGYPTI Aedes Aegypti e Aedes Albopictus são as duas espécies de mosquito que podem transmitir Dengue,

Leia mais

Moradores denunciam demora no combate à dengue no ABC

Moradores denunciam demora no combate à dengue no ABC 1 de 5 Moradores denunciam demora no combate à dengue no ABC Maria Teresa Orlandi Apesar do risco iminente de uma epidemia de dengue chegar à região, as prefeituras têm demorado para detectar e extirpar

Leia mais

Somos a Patrulha da dengue. Recebemos a missão de combater e eliminar o mosquito transmissor dessa doença. Junte-se a nossa equipe de operações

Somos a Patrulha da dengue. Recebemos a missão de combater e eliminar o mosquito transmissor dessa doença. Junte-se a nossa equipe de operações Educação, para ter excelência e qualidade, não pode ficar limitada ao ensino em sala de aula. Precisamos sair, olhar, captar, sentir e absorver o que acontece no mundo, buscando e expressando necessidades

Leia mais

Trabalhos selecionados

Trabalhos selecionados Trabalhos selecionados 1ª ETAPA DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA DENGUE EM UBERABA: EPIDEMIA NUNCA MAIS E. M. PROFESSOR JOSÉ GERALDO GUIMARÃES - CENTRO INTEGRADO PACAEMBU PROFESSOR CÁSSIA CRISTINA DE SANTANA

Leia mais

Paulo Skaf Presidente

Paulo Skaf Presidente Dengue, Chikungunya e Zika Vírus são doenças graves, que podem atingir qualquer pessoa. Mas, com cuidados simples, podemos evitá-las, preservando a saúde dos trabalhadores da indústria e seus familiares.

Leia mais

INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA

INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA INFORME SEMANAL DE DENGUE, ZIKA E CHIKUNGUNYA Perguntas e respostas sobre a FEBRE CHIKUNGUNYA O que é Chikungunya? É uma doença infecciosa febril, causada pelo vírus Chikungunya (CHIKV), que pode ser transmitida

Leia mais

SMSA divulga resultado do LIRAa de Outubro de 2015

SMSA divulga resultado do LIRAa de Outubro de 2015 SMSA divulga resultado do LIRAa de Outubro de 2015 O Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti LIRAa, de outubro de 2015, demonstra que 0,6% dos imóveis pesquisados em Belo Horizonte conta com a presença

Leia mais

Mosquito da dengue invade bairros nobres da cidade e infestação chega a 20%

Mosquito da dengue invade bairros nobres da cidade e infestação chega a 20% Mosquito da dengue invade bairros nobres da cidade e infestação chega a 20% Volta e meia, o mosquito da dengue dá provas de que pode aparecer em qualquer lugar. E é qualquer mesmo. Na capital baiana, alguns

Leia mais

Levantamento sobre a incidência de dengue e seu controle no município de. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde CCBS

Levantamento sobre a incidência de dengue e seu controle no município de. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde CCBS TÍTULO: LEVANTAMENTO SOBRE A INCIDÊNCIA DE DENGUE E SEU CONTROLE NO MUNICÍPIO DE CAMPINA GRANDE PB.AUTORES: Orientador: Prof. Dr. Teobaldo Gonzaga R. Pereira, Annelise Mota de Alencar Mat. 20112043 Tel.

Leia mais

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas Guia de Soluções Problemas & Soluções Este manual técnico traz exemplos de situações que surgiram durante a instalação e operação dos sistemas URIMAT no país ou no exterior nos últimos anos. A seguir,

Leia mais

Criança feliz, feliz a cantar Sabe que a saúde deve cuidar Não deixa jogadas latas, garrafas, Não quer ver mosquito lhe infectar.

Criança feliz, feliz a cantar Sabe que a saúde deve cuidar Não deixa jogadas latas, garrafas, Não quer ver mosquito lhe infectar. Jardim III - cartaz CRIANÇA FELIZ FELIZ, FELIZ A CANTAR SABE QUE A DEVE CUIDAR. NÂO DEIXA JOGADAS, NÃO QUER VER LHE INFECTAR. Criança feliz, feliz a cantar Sabe que a saúde deve cuidar Não deixa jogadas

Leia mais

Taxa de incidência da dengue, Brasil e regiões, 1998-2001

Taxa de incidência da dengue, Brasil e regiões, 1998-2001 1 reintrodução da dengue no Brasil em 1986 pelo Estado do Rio de Janeiro um sério problema de Saúde Pública, com 8 epidemias associadas aos sorotipos 1, 2 e 3 taxas de incidência: novo aumento a partir

Leia mais

LOPPIANO ENGENHARIA LTDA. Rua dos Andradas, 107 - Centro 13300-170 - Itu SP Fone: (11) 4022-7415 DENGUE

LOPPIANO ENGENHARIA LTDA. Rua dos Andradas, 107 - Centro 13300-170 - Itu SP Fone: (11) 4022-7415 DENGUE DENGUE A palavra dengue tem origem espanhola e quer dizer "melindre", "manha". O nome faz referência ao estado de moleza e prostração em que fica a pessoa contaminada pelo arbovírus (abreviatura do inglês

Leia mais

FÉRIAS ESCOLARES ACIDENTES DOMÉSTICOS

FÉRIAS ESCOLARES ACIDENTES DOMÉSTICOS FÉRIAS ESCOLARES X ACIDENTES DOMÉSTICOS As férias escolares exigem mais cuidados com os acidentes domésticos porque as crianças ficam mais tempo em casa e isso aumenta o risco de ocorrerem acidentes que

Leia mais

Inseticidas aliados contra a dengue

Inseticidas aliados contra a dengue Inseticidas aliados contra a dengue Alguns dos produtos testados deixaram a desejar na eliminação de baratas e moscas. A boa notícia é que todos eles tiveram ótimo desempenho contra o mosquito Aedes aegypti.

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

SENADO FEDERAL. Ciro com você, Por um Piauí sem Dengue Aprenda a combater a dengue. Senador Ciro Nogueira

SENADO FEDERAL. Ciro com você, Por um Piauí sem Dengue Aprenda a combater a dengue. Senador Ciro Nogueira SENADO FEDERAL Ciro com você, Por um Piauí sem Dengue Aprenda a combater a dengue Senador Ciro Nogueira 2011 Amigo e Amiga, A dengue é uma doença grave e tem atingido muitas pessoas no Brasil, principalmente

Leia mais

Boa tarde! Sou Dr. Jose Verissimo Junior Assistente Clínico da Clínica Jorge Jaber

Boa tarde! Sou Dr. Jose Verissimo Junior Assistente Clínico da Clínica Jorge Jaber Boa tarde! Sou Dr. Jose Verissimo Junior Assistente Clínico da Clínica Jorge Jaber Sugiro começarmos desligando os celulares AEDES AEGYPTI DENGUE - nome de origem espanhola que significa manha- que caracteriza

Leia mais

RELATO DAS ATIVIDADES DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE NO COMBATE A DENGUE EM SANTA MARIA

RELATO DAS ATIVIDADES DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE NO COMBATE A DENGUE EM SANTA MARIA RELATO DAS ATIVIDADES DA VIGILÂNCIA EM SAÚDE NO COMBATE A DENGUE EM SANTA MARIA A dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50

Leia mais

[175] a. CONSIDERAÇÕES GERAIS DE AVALIAÇÃO. Parte III P R O T O C O L O S D E D O E N Ç A S I N F E C C I O S A S

[175] a. CONSIDERAÇÕES GERAIS DE AVALIAÇÃO. Parte III P R O T O C O L O S D E D O E N Ç A S I N F E C C I O S A S [175] Geralmente ocorre leucocitose com neutrofilia. A urina contém bile, proteína hemácias e cilindros. Ocorre elevação de CK que não é comum em pacientes com hepatite. Oligúria é comum e pode ocorrer

Leia mais

Programa do curso do Agente de Comunitário de Saúde e Agente de Combate as Endemias

Programa do curso do Agente de Comunitário de Saúde e Agente de Combate as Endemias Programa do curso do Agente de Comunitário de Saúde e Agente de Combate as Endemias Biologia do Aedes Aegypti, O mosquito Aedes aegypti se desenvolve por meio de metamorfose completa e seu ciclo de vida

Leia mais

Polo EAD de Nova Friburgo

Polo EAD de Nova Friburgo Polo EAD de Nova Friburgo CEDERJ UAB Aplicações da Biotecnologia no combate a dengue No sábado 14 de maio, a equipe da disciplina Tópicos em Biotecnologia, do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas,

Leia mais

O Mosquito Aedes aegypti

O Mosquito Aedes aegypti O Mosquito Aedes aegypti MOSQUITO A origem do Aedes aegypti, inseto transmissor da doença ao homem, é africana. Na verdade, quem contamina é a fêmea, pois o macho apenas se alimenta de carboidratos extraídos

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. vírus ZIKA. Informações ao Público

MINISTÉRIO DA SAÚDE. vírus ZIKA. Informações ao Público MINISTÉRIO DA SAÚDE vírus ZIKA Informações ao Público Brasília DF 2016 PÚBLICO EM GERAL Prevenção/Proteção Se o mosquito pode matar, ele não pode nascer. Mantenha-se vigilante quanto à limpeza da sua casa,

Leia mais

PROJETO DENGUE Colégio Santa Clara contra a dengue, apague esse mau

PROJETO DENGUE Colégio Santa Clara contra a dengue, apague esse mau COLÉGIO SANTA CLARA Pré-escola Autorizado por Portaria DRECAP-2 de 29/05/84 Ensino Fundamental Autorizado por Portaria DRECAP-2 de 13/02/85 Ensino Médio Autorizado por Portaria Diretoria de Ensino Região

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE Prefeitura Municipal de Afonso Cláudio Estado do Espírito Santo

SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE Prefeitura Municipal de Afonso Cláudio Estado do Espírito Santo ATA DE REUNIÃO DE ORIENTAÇÃO SOBRE A IMPLANTAÇÃO DA COLETA SELETIVA NO MUNICÍPIO DE AFONSO CLÁUDIO E DIVULGAÇÃO DO MUTIRÃO DE LIMPEZA DE QUINTAIS E TERRENOS, REALIZADA COM OS MORADORES DOS BAIRROS BOA

Leia mais

Porto Alegre, 19 de agosto de 2015

Porto Alegre, 19 de agosto de 2015 Biologia e ecologia do mosquito vetor da dengue Porto Alegre, 19 de agosto de 2015 Biologia do vetor Aedes aegypti macho Aedes aegypti Aedes albopictus Mosquitos do gênero Aedes. Característica Aedes aegypti

Leia mais

Plano de Contingência Contra a Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus

Plano de Contingência Contra a Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus 2016 Plano de Contingência Contra a Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus Sumário 1 DENGUE... 2 2 FEBRE CHIKUNGUNYA... 4 3 ZIKA VÍRUS... 4 4 RESUMO SINTOMÁTICO... 5 5 MÉTODOS PREVENTIVOS... 6 6 ANEXO

Leia mais

Ser humano e saúde / vida e ambiente. Voltadas para procedimentos e atitudes. Voltadas para os conteúdos

Ser humano e saúde / vida e ambiente. Voltadas para procedimentos e atitudes. Voltadas para os conteúdos Atividade de Aprendizagem 10 Dengue: aqui não! Eixo(s) temático(s) Ser humano e saúde / vida e ambiente Tema Água e vida / reprodução e ocupação de novos ambientes / saúde individual e coletiva Conteúdos

Leia mais

Francisco Paz 09/12/2015

Francisco Paz 09/12/2015 Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado de Saúde DENGUE, CHIKUNGUNYA E ZIKA VÍRUS: DESAFIOS PARA A GESTÃO Plano de Intensificação do combate ao Aedes aegypti Francisco Paz 09/12/2015 Ações estaduais

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS ESTADO DE MINAS GERAIS

CÂMARA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS ESTADO DE MINAS GERAIS PROJETO DE LEI N. º 013 /2013. A Câmara Municipal de Bela Vista de Minas decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÃO PRELIMINAR Institui a Política Municipal de Prevenção, Controle e Combate à Dengue, sob a denominação

Leia mais

Vamos combater a Dengue!

Vamos combater a Dengue! Como pôde acontecer? perguntou Marina. Não me lembro de ter tido dengue antes. Talvez os sintomas da primeira dengue que você pegou não tenham sido muito fortes, e você achou que era só uma gripe... explicou

Leia mais

COMISSÃO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR ROTINA DE CONTROLE DE VETORES NO AMBIENTE HOSPITALAR

COMISSÃO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR ROTINA DE CONTROLE DE VETORES NO AMBIENTE HOSPITALAR 1 COMISSÃO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR ROTINA DE CONTROLE DE VETORES NO AMBIENTE HOSPITALAR Flávia Valério de Lima Gomes Enfermeira da CCIH / SCIH Jair

Leia mais

Vigilância em Saúde Ambiental

Vigilância em Saúde Ambiental Vigilância em Saúde Ambiental Informações em Saúde ROEDORES (Rodentia): - Gestão inadequada dos resíduos; - Maus hábitos de higiene; - Descuidos com o armazenamento de alimentos; - Facilidade de acesso

Leia mais

2º Simpósio Brasileiro de Saúde & Ambiente (2ºSIBSA) 19 a 22 de outubro de 2014 MINASCENTRO Belo Horizonte - MG

2º Simpósio Brasileiro de Saúde & Ambiente (2ºSIBSA) 19 a 22 de outubro de 2014 MINASCENTRO Belo Horizonte - MG 2º Simpósio Brasileiro de Saúde & Ambiente (2ºSIBSA) 19 a 22 de outubro de 2014 MINASCENTRO Belo Horizonte - MG Nome do Painel: Manejo Ambiental no Combate à Dengue Eixo 3. Direitos justiça ambiental e

Leia mais

CONFIRA DICAS PARA ENFRENTAR O ALTO ÍNDICE ULTRAVIOLETA

CONFIRA DICAS PARA ENFRENTAR O ALTO ÍNDICE ULTRAVIOLETA PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Edifício Durval Silva, QD. 103 Sul, Rua SO-07, LT. 03, Centro CEP 77.016-010 Telefone: (63) 3218-5210 / E-mail: cievspalmas@gmail.com VIGILÂNCIA

Leia mais

13APOSTILA. Responsabilidade Social na BSM

13APOSTILA. Responsabilidade Social na BSM 13APOSTILA Responsabilidade Social na BSM Caros Colegas, A BSM Engenharia S.A. possui em sua Política de Gestão o comprometimento com a saúde e segurança do trabalhador, atuando de forma consciente para

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS CETAM. Centro de Educação Tecnológica do Amazonas

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS CETAM. Centro de Educação Tecnológica do Amazonas GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS CURSO INTRODUTÓRIO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA PARA AGENTES DE COMBATE AS ENDEMIAS ALUNO (A): PROFESSOR (A): CETAM Centro de Educação Tecnológica do Amazonas SUMÁRIO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 003/2014. Prefeitura Municipal de Bom Despacho AGENTE DE CONTROLE DE ENDEMIAS

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 003/2014. Prefeitura Municipal de Bom Despacho AGENTE DE CONTROLE DE ENDEMIAS 1 - Acerca das doenças de interesse em saúde pública, estão corretas as afirmativas, EXCETO: (A) Dengue é transmitida, geralmente, pela picada do mosquito Aedes Aegypti que inocula na pessoa o vírus da

Leia mais

O mosquito da dengue pode matar. E é ainda mais perigoso para gestantes. Proteja-se.

O mosquito da dengue pode matar. E é ainda mais perigoso para gestantes. Proteja-se. O mosquito da dengue pode matar. E é ainda mais perigoso para gestantes. Proteja-se. 2015 2 Mobilização contra a microcefalia O governo federal está mobilizado para enfrentar o aumento de casos de microcefalia

Leia mais

Mobilização contra a microcefalia

Mobilização contra a microcefalia Mobilização contra a microcefalia O governo federal está mobilizado para enfrentar o aumento de casos de microcefalia no país. Até novembro de 2015, mais de mil bebês nasceram com suspeita deste grave

Leia mais

NOTA TECNICA SAÚDE-N. 26-2015. Título: CNM alerta municípios em áreas de risco do mosquito Aedes aegypti

NOTA TECNICA SAÚDE-N. 26-2015. Título: CNM alerta municípios em áreas de risco do mosquito Aedes aegypti NOTA TECNICA SAÚDE-N. 26-2015 Brasília, 01 de dezembro de 2015. Área: Área Técnica em Saúde Título: CNM alerta municípios em áreas de risco do mosquito Aedes aegypti Fonte: Dab/MS/SAS/CNS 1. Em comunicado

Leia mais

Esta informação reflete o que era conhecido em abril de 2016. Veja o website da Hesperian em http://en.hesperian.org/hhg/zika para atualização.

Esta informação reflete o que era conhecido em abril de 2016. Veja o website da Hesperian em http://en.hesperian.org/hhg/zika para atualização. Esta informação reflete o que era conhecido em abril de 2016. Veja o website da Hesperian em http://en.hesperian.org/hhg/zika para atualização. O Vírus Zika O vírus Zika é transmitido por mosquitos de

Leia mais

39 Por que ferver a água antes de beber?

39 Por que ferver a água antes de beber? A U A UL LA Por que ferver a água antes de beber? Todo ano seu Antônio viaja para o litoral com a família e enfrenta sempre os mesmos problemas: congestionamento na estrada, praias lotadas e sujas que,

Leia mais

1. EIXOS TEMÁTICOS: Educação, Meio Ambiente, Cidadania e Saúde.

1. EIXOS TEMÁTICOS: Educação, Meio Ambiente, Cidadania e Saúde. 1. EIXOS TEMÁTICOS: Educação, Meio Ambiente, Cidadania e Saúde. 2. PÚBLICO ALVO: Alunos, professores, coordenadores, diretores, equipe de apoio e famílias das escolas municipais, estaduais e particulares

Leia mais

Controle do Aedes aegypti e ações intersetoriais

Controle do Aedes aegypti e ações intersetoriais II eminário DENGUE: desafios para políticas integradas de ambiente, atenção e promoção da saúde Controle do Aedes aegypti e ações intersetoriais Instituto Oswaldo Cruz FIOCUZ Laboratório Fisiologia e Controle

Leia mais

PROVA FORMAÇÃO DE AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS Prefeitura Municipal de Ouro Preto 1- Assinale a alternativa que define o que é epidemiologia.

PROVA FORMAÇÃO DE AGENTE DE COMBATE A ENDEMIAS Prefeitura Municipal de Ouro Preto 1- Assinale a alternativa que define o que é epidemiologia. 1- Assinale a alternativa que define o que é epidemiologia. a) Estudo de saúde da população humana e o inter relacionamento com a saúde animal; b) Estudo de saúde em grupos de pacientes hospitalizados;

Leia mais

E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA DENGUE: RESPONSABILIDADE DE TODOS RIBAS DO RIO PARDO/MS

E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA DENGUE: RESPONSABILIDADE DE TODOS RIBAS DO RIO PARDO/MS E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA DENGUE: RESPONSABILIDADE DE TODOS RIBAS DO RIO PARDO/MS MAIO/2015 E. E. DR. JOÃO PONCE DE ARRUDA E.E. DR. João Ponce de Arruda Rua: Conceição do Rio Pardo, Nº: 1997 Centro.

Leia mais

Ministério da Saúde esclarece as principais dúvidas sobre a doença e apresenta recomendações para viajantes internacionais.

Ministério da Saúde esclarece as principais dúvidas sobre a doença e apresenta recomendações para viajantes internacionais. Ministério da Saúde esclarece as principais dúvidas sobre a doença e apresenta recomendações para viajantes internacionais. Fonte: Agência Fiocruz 1. Há casos de influenza A (H1N1) no Brasil? Não. Até

Leia mais

APROVADO EM 30/07/2010

APROVADO EM 30/07/2010 DISTRIBUIDOR PLENÁRIO RECEBEMOS 27/04/2010 às 08:00 hs APROVADO EM 30/07/2010 PROJETO DE LEI Nº 015/10 AUTORA: CHIRLEY DIAS BARRETO SILVA VEREADORA P.P. Dispõe sobre a criação de programa de prevenção

Leia mais

Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau

Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau Passos para se proteger do Ébola enquanto aguarda por assistência Documento para a Guiné-Bissau 1 Lembre-se de três coisas Não tocar Isole a pessoa doente Ligue para a linha de apoio 2 Se pensa que alguém

Leia mais

MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE PARA A COMUNIDADE ESCOLAR. INFLUENZA A H1N1 junho de 2011

MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE PARA A COMUNIDADE ESCOLAR. INFLUENZA A H1N1 junho de 2011 CENTRO ESTADUAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE PARA A COMUNIDADE ESCOLAR INFLUENZA A H1N1 junho de 2011 Medidas de prevenção: Higienizar as mãos com água e sabonete/sabão antes

Leia mais

Combate ao mosquito Aedes aegypti no ambiente de trabalho

Combate ao mosquito Aedes aegypti no ambiente de trabalho Combate ao mosquito Aedes aegypti no ambiente de trabalho Coordenação Geral Programa Nacional de Controle da Dengue, Chikungunya e Zika - CGPNCD Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde dengue@saude.gov.br

Leia mais

Esta é uma história para divertir, ensinar e conscientizar. Boa leitura!

Esta é uma história para divertir, ensinar e conscientizar. Boa leitura! É de pequeno que se aprende, como diz o ditado. Pensando desta forma, as secretarias de Estado de Saúde e Defesa Civil e de Educação decidiram unir forças para combater um inimigo de todos: o mosquito

Leia mais

LEPTOSPIROSE X ENCHENTES

LEPTOSPIROSE X ENCHENTES LEPTOSPIROSE X ENCHENTES Durante os temporais e inundações, a bactéria leptospira, presente na urina do rato, se espalha nas águas, invade as casas e pode contaminar, através da pele, os que entram em

Leia mais

PERÍODO DE INCUBAÇÃO SEIS DIAS INSETICIDAS QUÍMICOS (VENENO) QUALQUER PESSOA VÍRUS

PERÍODO DE INCUBAÇÃO SEIS DIAS INSETICIDAS QUÍMICOS (VENENO) QUALQUER PESSOA VÍRUS VETOR PICAR UMA INFECTADA PERÍODO DE INCUBAÇÃO NÃO EXISTE ELIMINAÇÃO DOS OVO TRINTA DIAS SEIS DIAS INTERIOR DAS CASAS NOTIFICAÇÃO E MULTA DOIS BILHÕES DE REAIS QUÍMICOS (VENENO) Aedes aegypti e Aedes albopictus

Leia mais

DENGUE VERSUS LIXO UMA PROBLEMÁTICA NO JARDIM NOVA ESPERANÇA

DENGUE VERSUS LIXO UMA PROBLEMÁTICA NO JARDIM NOVA ESPERANÇA Goiânia/GO 19 a 22/11/2012 DENGUE VERSUS LIXO UMA PROBLEMÁTICA NO JARDIM NOVA ESPERANÇA Simone Aparecida de Paiva Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Graduando do curso de Gestão Ambiental Sônia Cristina

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE MACHADINHO D OESTE, ESTADO DE RONDÔNIA, no exercício de suas atribuições legais:

O PREFEITO MUNICIPAL DE MACHADINHO D OESTE, ESTADO DE RONDÔNIA, no exercício de suas atribuições legais: LEI MUNICIPAL Nº 864 De 31 de Março de 2.008 Estabelece normas técnicas específicas, visando ao controle e prevenção da proliferação do mosquito Aedes, transmissor da Dengue e Febre Amarela e outros vetores

Leia mais

1. O que é leptospirose? É uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Leptospira presente na urina do rato.

1. O que é leptospirose? É uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Leptospira presente na urina do rato. LEPTOSPIROSE - O que saber e o que fazer 1. O que é leptospirose? É uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Leptospira presente na urina do rato. 2. Como se pega a leptospirose? Em situações

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Saúde do Estado da Bahia Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Saúde do Estado da Bahia Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA Secretaria da Saúde do Estado da Bahia Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde NOTA TÉCNICA Nº 03/2015 DIVEP/LACEN/SUVISA/SESAB Assunto: Casos de ZIKA Vírus e de Doença

Leia mais

NÚCLEO DE GESTÃO AMBIENTAL NGA IFC - CÂMPUS VIDEIRA USO RACIONAL DE RECURSOS NATURAIS E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

NÚCLEO DE GESTÃO AMBIENTAL NGA IFC - CÂMPUS VIDEIRA USO RACIONAL DE RECURSOS NATURAIS E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL NÚCLEO DE GESTÃO AMBIENTAL NGA IFC - CÂMPUS VIDEIRA USO RACIONAL DE RECURSOS NATURAIS E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL USO CONSCIENTE DO APARELHO DE AR CONDICIONADO COM OBJETIVO DE ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA Desligá-lo

Leia mais

Você sabia. As garrafas de PET são 100% recicláveis. Associação Brasileira da Indústria do PET

Você sabia. As garrafas de PET são 100% recicláveis. Associação Brasileira da Indústria do PET Você sabia? As garrafas de PET são 100% recicláveis Associação Brasileira da Indústria do PET O Brasil é um dos maiores recicladores de PET do mundo A reciclagem é uma atividade industrial que gera muitos

Leia mais

RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS PARA O CONTROLE DA DENGUE PELO SISTEMA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA

RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS PARA O CONTROLE DA DENGUE PELO SISTEMA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Sanitária Agência Nacional de Vigilância Título título título Texto em RECOMENDAÇÕES TÉCNICAS PARA O CONTROLE DA DENGUE PELO SISTEMA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA Brasília, Junho de 2008. Agência Nacional

Leia mais

Profa. Ana Luiza Veltri

Profa. Ana Luiza Veltri Profa. Ana Luiza Veltri EJA Educação de Jovens e Adultos Água de beber Como está distribuída a água no mundo? A Terra, assim como o corpo humano, é constituída por dois terços de água; Apenas 1% da quantidade

Leia mais