PERGUNTAS FREQUENTES PS 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERGUNTAS FREQUENTES PS 2014"

Transcrição

1 1) Como funciona o vestibular da UFPA? PERGUNTAS FREQUENTES PS 2014 A partir do Processo Seletivo 2014 (PS 2014), a UFPA passa a adotar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) como única fase do vestibular. Além disso, até o correspondente de 20% das vagas serão ofertadas pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU). 2) Como fica a distribuição das vagas da UFPA? Cerca de 80% das vagas da UFPA continuam a ser ofertadas pelo Processo Seletivo 2014 (PS 2014) e os demais 20% pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU). Cada concurso possui edital próprio e é preciso se inscrever para se candidatar as vagas. Os institutos e campi responsáveis pela graduação definirão o percentual exato, entre 10% e 20% de vagas a serem ofertadas no SISU, por cada curso. 3) Como posso me candidatar às vagas da UFPA? O primeiro passo é realizar a inscrição para o Enem, que este ano (2013) aconteceu no mês de maio. Depois, os candidatos devem aguardar a publicação do edital do Processo Seletivo 2014 (PS 2014) no segundo semestre de 2013 e se inscrever no concurso. Também é possível aguardar a publicação do edital do SISU 2014 e, novamente, se candidatar as vagas da UFPA e de outras instituições de ensino superior disponibilizadas por meio do sistema nacional. 4) Posso me candidatar duas vezes para disputar as vagas da UFPA? Sim. Como o PS 2014 e o SISU 2014 são processos seletivos diferentes e com regras, prazos e vagas distintas, os candidatos podem se inscrever para participar de ambos, ao mesmo tempo. 5) A UFPA espera um aumento no número de inscritos com a adoção apenas do Enem? Sim. Em 2013 cerca de 78 mil candidatos se inscreveram para disputar as vagas na UFPA. Para 2014, são esperados cerca de 110 mil estudantes. 6) A UFPA espera um aumento no número de estudantes paraenses que concorrem as vagas da UFPA, após a adoção apenas do Enem? Sim. Em 2013, 220 mil estudantes paraenses se inscreveram no Enem, mas apenas 78 mil deles, na UFPA. Como a segunda fase da UFPA era aplicada apenas em 16 municípios e a prova do Enem, este ano, terá exame em 69 cidades paraenses, mais alunos que vivem fora da capital do Pará poderão se candidatar as vagas da UFPA. Para 2014, já há registro de um aumento do número de estudantes paraenses inscritos no Enem, em relação ao ano passado. Aproximadamente 355 mil estudantes do Pará se inscreveram no Enem e podem também disputar as vagas da UFPA realizando a prova mais próximo de sua residência.

2 7) A UFPA espera um aumento no número de inscritos de outros estados com a adoção apenas do Enem? Ao poder realizar a prova do Enem na sua cidade de residência e realizar a inscrição para o PS 2014 da UFPA e para o SISU 2014 online, é possível que mais estudantes de outros estados se candidatem para os cursos da federal do Pará. 8) Antes a UFPA já recebia estudantes de outros estados? Sim. Tradicionalmente, os cursos com maior demanda de candidatos recebem inscritos de outros estados e até de outros países. Cursos como Medicina, Odontologia e Direito recebem candidatos vindos de outros estados. Para dar um exemplo: cerca de um terço das 150 vagas ofertadas em Medicina em 2013 foram ocupadas por candidatos de fora do Pará, principalmente de Goiás. 9) Os estudantes do Pará terão alguma vantagem na disputa pelas vagas da UFPA? Sim. A partir deste ano a UFPA adotará o sistema de bônus para estudantes que tenham cursado o Ensino Médio em escolas da rede pública ou privada da Região Amazônica. Assim, estudantes destes estados, inclusive do Pará, receberão um acréscimo de 10% de pontos em relação à nota obtida no Enem. Ou seja, um estudante que tenha obtido nota 700 no Enem, disputará as vagas no PS 2014 da UFPA com a pontuação de 770 pontos. 10) Como este percentual foi definido? A UFPA analisou as notas médias dos estudantes dos estados da região, inclusive do Pará, no Enem e comparou com a média nacional dos estudantes que realizam o Exame. A diferença percentual entre as notas dos estudantes da Amazônia em relação aos estudantes de fora da região que apresentaram alto desempenho foi de cerca de 7% a 10%, daí a adoção deste percentual. A UFPA reforça que constatou que há alunos do Pará que possuem alto desempenho no Enem. 11) Quanto custará a inscrição no vestibular da UFPA? A partir deste ano, a UFPA obedece a Lei nº sobre isenção das taxas de inscrição em processos seletivos de ingresso no ensino superior. 12) Quando serão lançados os editais que ofertam vagas da UFPA? A previsão da UFPA é que o edital do PS 2014 seja lançado em agosto de Já o edital do SISU geralmente é publicado nos meses de dezembro ou janeiro, após a realização do Enem. 13) Posso concorrer às vagas da UFPA sem fazer o Enem? Não. Como a única prova utilizada é a do Enem, sem esta inscrição o estudante não tem como se candidatar as vagas da UFPA, nem pelo PS 2014, nem pelo SISU. Ao efetivar sua inscrição nos dois processos seletivos os candidatos precisarão fornecer seu número de inscrição do Enem.

3 14) Todos os cursos da UFPA funcionarão apenas com o Enem? Não. Os cursos da área de artes que necessitam de habilidades específicas manterão o processo seletivo com duas etapas: O Enem e o Exame de Habilidades. Os cursos nesta condição são: Artes Visuais, Dança, Música e Teatro. Estes cursos não ofertarão vagas pelo SISU, sendo todas as suas vagas ofertadas pelo PS ) Os candidatos aos cursos de artes ainda terão a segunda opção de curso? Sim. Os estudantes que se candidatarem aos cursos de Artes Visuais, Dança, Música e Teatro da UFPA, no momento de sua inscrição, poderão indicar uma segunda opção de curso. Caso os candidatos não sejam aprovados no Exame de Habilidades, irão automaticamente ser realocados para concorrer pela segunda opção indicada, como já acontecia nos anos anteriores. 16) A mudança no sistema altera o sistema de cotas da UFPA? Não. O preenchimento de todas as vagas ofertadas pelo PS 2014 da UFPA (cerca de 80% do total) continua mantendo os percentuais previstos pelas reservas de vagas. Já as vagas da UFPA disponibilizadas pelo SISU, também preservarão as regras do atual modelo de cotas adotado pela UFPA. O Sistema prevê a descrição destas regras pelas universidades, antes da oferta no sistema nacional. 17) O fim da prova específica da UFPA causa prejuízo aos conteúdos e à cultura local? Não. Mais de 110 professores da UFPA são integrantes do Banco Nacional de Itens (BNI) do Enem e produzem questões sobre a Amazônia para a prova nacional. Muitas delas, inclusive, são selecionadas para o Enem e para outros concursos realizados a partir do banco de dados. 18) Com o término da prova específica da UFPA, a universidade ainda inscreverá ficais? Não. Como a única prova realizada será a do Enem e o exame é totalmente organizado e executado sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a UFPA já não contratará pessoal próprio para a realização do PS ) Porque a UFPA mudou seu sistema de seleção? A realização do Vestibular da UFPA sempre foi auto-suficiente, ou seja, os custos da seleção eram pagos a partir dos recursos arrecadados com as taxas de inscrição no concurso. No dia 11 de abril, a presidenta Dilma Rousseff sancionou a Lei nº , que assegura a isenção total do pagamento da taxa de inscrição em vestibulares de instituições federais a estudantes de baixa renda. Como cerca de 60% dos candidatos inscritos anualmente no vestibular da UFPA, esses candidatos precisariam participar da seleção gratuitamente, portanto a UFPA não teria como arcar com as despesas da realização de uma prova específica e optou por adotar apenas o Enem.

4 20) Como foi tomada a decisão pela mudança? Os temas ligados ao vestibular são debatidos e definidos pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPA (Consepe). O conselho é formado por representantes da administração superior, institutos, núcleos, campi, além de representantes da categoria discentes, docentes e de técnico-administrativos da Universidade. Os conselheiros ponderaram e decidiram sobre as novas regras. 21) A UFPA poderia ter decidido sobre a alteração no PS 2014 antes de junho? Não. A Lei nº foi publicada em Abril e, desde então, a Comissão Permanente de Processos Seletivos (Coperps), o Centro de Processos Seletivos da UFPA (Ceps) e as câmaras do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) analisaram a situação, realizaram pesquisas sobre os impactos de eventuais alterações e levaram o caso para votação o mais breve possível, no início do mês de junho. 22) É a primeira vez que a UFPA usa o Enem? Não. O Exame Nacional já era usado como a 1ª fase do processo seletivo da universidade desde E apenas candidatos inscritos no Enem podiam se candidatar à UFPA. 23) Há algum problema no anúncio das alterações do PS 2014 após o fim das inscrições para o Enem? Não. Desde 2011, apenas estudantes inscritos no Enem podem se candidatar as vagas na UFPA. A partir de 2014, a diferença é que os candidatos farão uma única prova: a do Enem. 24) Há alguma alteração de conteúdo programático da UFPA após a adoção exclusiva do Enem como critério de ingresso na UFPA? Sim, mas não há acréscimo de conteúdos, apenas eliminação de algumas opções. Desde a adoção do Enem em 2011, o conteúdo programático da UFPA era a Matriz de Referência do Enem, logo, os conteúdos cobrados no vestibular deste ano se mantêm inalterados em relação aos do ano passado. O diferencial está no fim das leituras recomendadas da parte de Literatura e no fim da oferta de prova de Língua Estrangeira em Alemão, Francês e Italiano, uma vez que o Enem oferta apenas as provas de Inglês e Espanhol. No entanto, menos de 5% dos candidatos da UFPA optavam por uma destas provas de Língua Estrangeira e em sua maioria estes candidatos têm familiaridade com a Língua Inglesa ou Língua Espanhola. 25) A UFPA irá divulgar um Listão do PS 2014? Sim. Como 80% das vagas serão ofertadas em processo seletivo próprio, a UFPA irá receber as notas dos candidatos inscritos no PS 2014 por meio do Centro de Processos Seletivos (CEPS), processar os dados e divulgar o Listão de Aprovados, como nos anos anteriores.

5 26) Quantas cotas a UFPA possui? A política de ações afirmativas da UFPA inclui dois tipos de cotas. Há cotas que envolvem reserva e outras que se referem à criação de vagas nos cursos de graduação. Desde 2008, 50% das vagas ofertadas anualmente são voltadas para alunos que cursaram todo o ensino médio na rede pública de ensino (cota escola) e, destas, 40% são específicas para candidatos que no ato da inscrição se autodeclaram negros ou pardos (cota cor). A partir de 2013, 25% destes dois tipos de cotas serão ainda reservadas para estudantes de famílias com baixa renda. Esse cálculo é feito em cada curso (Cota escola renda e cota cor renda). No outro grupo, há a possibilidade de criação de vagas a mais em todos os cursos de graduação da UFPA voltadas especificamente para candidatos indígenas (Cota indígena - duas por curso), pessoas com deficiência (Cota PcD - uma por curso) e, agora, também para quilombolas (Cota quilombo - duas por curso). Assim, a UFPA possui seis grupos de cotas ou reserva de vagas e sete tipos de cotistas. 27) Como fica, então, a distribuição de vagas, por meio das cotas? Em relação ao cálculo para o preenchimento das vagas a partir do Sistema de Cotas, a única novidade para este ano é que os percentuais previstos serão aplicados sob duas metades das vagas (80% do PS 2014 e 20% do SISU). Todas as vagas da UFPA, ofertadas este ano serão assim distribuídas: Sem reserva de vagas 50% Vagas em geral ofertadas a todos os candidatos inscritos no processo seletivo anual da UFPA. Cota escola Cerca de 22% Alunos que cursaram todo o ensino médio na rede pública de ensino. Cota cor Cerca de 15% Alunos que cursaram todo o ensino médio na rede pública de ensino e que, no momento da inscrição, se autodeclaram negros ou pardos. Cota escola renda Cerca de 8% Alunos que cursaram todo o ensino médio na rede pública de ensino e que possuem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo. Cota cor renda Cerca de 5% Alunos que cursaram todo o ensino médio na rede pública de ensino e que, no momento da inscrição, se autodeclaram negros ou pardos e ainda que possuem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo. Cota indígena Duas vagas a mais Cota quilombola Duas vagas a mais Estudantes de origem indígena que apresentem documento comprovando seu pertencimento às comunidades. Há edital próprio para o preenchimento destas vagas, que quando não possuem candidatos inscritos e/ou aprovados, são extintas. Estudantes de origem quilombola que apresentem documento comprovando seu

6 Cota Pessoas com Deficiência (PCD) pertencimento às comunidades. Há edital próprio para o preenchimento destas vagas, que quando não possuem candidatos inscritos e/ou aprovados, são extintas. Uma vaga a mais Estudantes que são portadores de necessidades especiais e o comprovem por meio de laudos médicos sua condição. Estes estudantes podem solicitar auxílios diversos durante a realização da prova, mas fazem as mesmas provas dos demais candidatos. 28) Há cursos exclusivos para cotistas? Sim. Os cursos de Educação do Campo, ofertado em Abaetetuba e Altamira, e o curso de Etnodesenvolvimento ofertado em Altamira, são específicos para determinados públicos como quilombolas, indígenas, pessoas que vivem em assentamentos ou ribeirinhos. A seleção para estes cursos é feita por edital específico. 29) Como escolho à qual cota me candidatar? A UFPA orienta os candidatos a se inscreverem no tipo de cota que melhor descreve sua realidade. Já que um dos objetivos das cotas é justamente estabelecer igualdade de concorrência e cada tipo de reserva de vagas assegura que os estudantes nela inscritos disputem vagas apenas entre si. Além disso, depois de classificados, os candidatos precisam apresentar documentos comprobatórios, que mudam segundo o tipo de reserva de vaga solicitada. Quem não cumprir essas exigências previstas no edital perde a vaga. O mesmo vale aos candidatos que solicitam isenção da taxa de inscrição na UFPA e não comprovam pertencer a rede publicar, possuir bolsa integral ou ser de baixa renda. 30) Há quantas vagas alunos da rede privada de ensino concorrem? Inicialmente, os alunos da rede privada disputam 50% das vagas ofertadas a cada ano. Em 2013, este número foi de vagas. Na verdade, preenchem essas vagas os candidatos inscritos que apresentam a maior nota. Ou seja, se um candidato cotista obtiver nota maior que um não-cotista, um cotista preencherá esta vaga. 31) Já há alguma definição sobre o número de vagas ofertadas para 2014? Não. A UFPA ainda está em meio ao processo de coleta de informações junto às unidades acadêmicas sobre número de vagas ofertadas em cada curso, propostas de criação ou expansão de cursos de graduação e, ainda, o percentual de vagas a serem ofertadas pelo SISU em cada graduação. Esses dados estarão coletados e divulgados pelo edital do PS ) Já há previsão de criação de novos cursos para 2014? Ainda não. A UFPA ainda aguarda informações das Faculdades sobre a oferta de cursos inéditos ou expansão de cursos para cidades onde eles ainda não existem.

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1 M a n u a l d o S i s u 2 0 1 4 P á g i n a 1 O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) consiste num ambiente virtual criado e gerenciado pelo Ministério da Educação desde 2010. Funciona com um processo seletivo

Leia mais

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 6 P á g i n a 1

M a n u a l d o S i s u 2 0 1 6 P á g i n a 1 M a n u a l d o S i s u 2 0 1 6 P á g i n a 1 O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) consiste num ambiente virtual criado e gerenciado pelo Ministério da Educação desde 2010. Funciona com um processo seletivo

Leia mais

PROUNI. Desde 2007, o Prouni - e sua articulação com o FIES - é uma das ações integrantes do Plano de Desenvolvimento da Educação PDE.

PROUNI. Desde 2007, o Prouni - e sua articulação com o FIES - é uma das ações integrantes do Plano de Desenvolvimento da Educação PDE. PROUNI O Programa O Prouni - Programa Universidade para Todos tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2015 O Reitor da Universidade Federal da Bahia, no uso das suas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2016

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2016 O Reitor da Universidade Federal da Bahia, no uso das suas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO UFBA - SISU 2015 GRADUAÇÃO, MODALIDADE PRESENCIAL, DOS CANDIDATOS SELECIONADOS PELO SISU, COM BASE

Leia mais

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU

Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU Programas de Bolsa de Estudos ENEM PROUNI FIES - SISU O ENEM Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade básica. Podem

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR TERMO DE REFERÊNCIA. NOVO ENEM E SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR TERMO DE REFERÊNCIA. NOVO ENEM E SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SUPERIOR TERMO DE REFERÊNCIA. NOVO ENEM E SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA I. NOVO ENEM. POSSIBILIDADES DE UTILIZAÇÃO PARA SELEÇÃO DE INGRESSANTES NA EDUCAÇÃO

Leia mais

Passo a passo para inscrição no Processo Seletivo UFES 2016

Passo a passo para inscrição no Processo Seletivo UFES 2016 Passo a passo para inscrição no Processo Seletivo UFES 2016 A UFES torna público que estão abertas no período de 22/08 a 22/09 as inscrições para o PS UFES 2016. Leia atentamente o Edital Nº 08/2015- CCV/UFES,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de Ingresso Seriado para acesso aos Cursos de Graduação de

Leia mais

M a n u a l d o P r o U n i 2014 P á g i n a 1

M a n u a l d o P r o U n i 2014 P á g i n a 1 M a n u a l d o P r o U n i 2014 P á g i n a 1 O Programa Universidade para Todos (Prouni) foi criado pelo Governo Federal em 2004 e tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais

Leia mais

1. Destinação das Bolsas de Estudo. 2. Da Distribuição de Bolsas de Estudo

1. Destinação das Bolsas de Estudo. 2. Da Distribuição de Bolsas de Estudo O presente edital tem por objetivo determinar o lançamento do Programa de Concessão de Bolsas de Estudo para o Campus Tijuca, Campus Cabo Frio, Campus Barra da Tijuca e Campus Centro, aos candidatos a

Leia mais

SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADO - SISU

SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADO - SISU SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADO - SISU Nádina Aparecida Moreno nadina@uel.br Pró-reitora de Planejamento Martha Ap. Santana Marcondes marthamarcondes@uel.br Diretora de Avaliação e Acompanhamento Institucional

Leia mais

ENEM - EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO

ENEM - EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO ENEM - EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO INSCRIÇÕES DE 23 DE MAIO A 10 DE JUNHO EXCLUSIVAMENTE NO SITE: http://sistemasenem2.inep.gov.br/inscricao PROVAS 22 E 23 DE OUTUBRO; INÍCIO DAS PROVAS 13h00 DURAÇÃO:

Leia mais

CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2011 3º ANO DO ENSINO MÉDIO

CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2011 3º ANO DO ENSINO MÉDIO CALENDÁRIO 2º SEMESTRE 2011 3º ANO DO ENSINO MÉDIO DATA ATIVIDADE AGOSTO 01 Início das aulas-2º Semestre 1/8 à 15/9 Inscrições no ITA 8/8 à 12/8 Início da Apostila 01 13/8 à 15/10 A Hora do Vestibular-Biblioteca

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PROCESSOS SELETIVOS PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS NA UFG 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PROCESSOS SELETIVOS PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS NA UFG 2015 PROCESSOS SELETIVOS PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS NA UFG 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA SISU-2015 Total de vagas oferecidas 6285 Goiânia 3925 86 cursos Jataí 1080 25 cursos Catalão 990 21 cursos Goiás 290

Leia mais

Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior

Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA EDITAL Nº 5, DE 25 DE JUNHO DE 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SISUTEC INSCRIÇÕES PARA

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS Gabinete da Reitora EDITAL Nº 27/2009 A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO AMAZONAS torna público que o Processo Seletivo para preenchimento de

Leia mais

UnB adota SiSU como forma de ingresso

UnB adota SiSU como forma de ingresso UnB adota SiSU como forma de ingresso No total, 88 cursos de graduação foram ofertados. Medicina foi o mais concorrido do País Neste ano, a Universidade de Brasília (UnB) adotou, pela primeira vez, ao

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO. EDITAL N o 21/2014-PREG

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO. EDITAL N o 21/2014-PREG UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL N o 21/2014-PREG PROCESSO DE SELEÇAO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA PARA A SEGUNDA ENTRADA DO

Leia mais

VESTIBULAR DE LICENCIATURA EM MÚSICA

VESTIBULAR DE LICENCIATURA EM MÚSICA 1. ABERTURA O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SERTÃO PERNAMBUCANO - IF SERTÃO-PE, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com a Lei nº 9.394/96 (LDB), a Portaria

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Serviço Público Federal

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Serviço Público Federal EDITAL 11/2015 ISENÇÃO DE PAGAMENTO DA TAXA DE INSCRIÇÃO PARA O VESTIBULAR UNIFESP 2016 - CURSOS QUE OPTARAM PELO SISTEMA MISTO A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições

Leia mais

EDITAL 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

EDITAL 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES EDITAL PROCESSO SELETIVO UFPE SiSU 2015 CURSOS DE GRADUAÇÃO, MODALIDADE PRESENCIAL, DOS CANDIDATOS SELECIONADOS PELO SiSU, COM BASE NO RESULTADO DO ENEM 2014. - UNIDADES ACADÊMICAS DE RECIFE, VITÓRIA E

Leia mais

Edição Número 214 de 06/11/2012. Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012

Edição Número 214 de 06/11/2012. Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012 Edição Número 214 de 06/11/2012 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 21, DE 5 DE NOVEMBRO DE 2012 Dispõe sobre o Sistema de Seleção Unificada - Sisu. O MINISTRO DE ESTADO DA

Leia mais

EDITAL Nº 12, DE 03 DE JUNHO DE 2015 2º SEMESTRE 2015

EDITAL Nº 12, DE 03 DE JUNHO DE 2015 2º SEMESTRE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 12, DE 03 DE JUNHO DE 2015 2º SEMESTRE 2015

Leia mais

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Aditivo nº 6 Define as normas específicas do Vestibular TOP 2016.1 (Aprovado pela Resolução nº 074/2015, de

Leia mais

SISTEMA DE COTAS NO VESTIBULAR

SISTEMA DE COTAS NO VESTIBULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO SERVIÇO DE SELEÇÃO, ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO SISTEMA DE COTAS NO VESTIBULAR 2005 ANÁLISE DOS RESULTADOS SALVADOR, JUNHO DE 2005 VESTIBULAR

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2014

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO 2014 A Reitora da Universidade Federal da Bahia, no uso das suas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1º edição de 2013 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

ENEM, o que é, o que objetiva?

ENEM, o que é, o que objetiva? ENEM, o que é, o que objetiva? Enem Exame Nacional do Ensino Médio Criado em 1998 com o objetivo de diagnosticar a qualidade do ensino médio no país. Em 2009, o exame ganhou uma nova função: selecionar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 São Luís - Maranhão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 São Luís - Maranhão Fundação Instituída nos termos da Lei 5 152 de 2111011966 RESOLUÇÃO No 487-CONSEPE, de 29 de agosto de 2006. Regulamenta procedimentos e critérios do Processo Seletivo Vestibular Especial para ingresso

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL N. 02/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL N. 02/2015 EDITAL N. 02/2015 CONCURSO VESTIBULAR 2015 - CAMPUS GOVERNADOR VALADARES A Pró-Reitoria de Graduação, no uso de suas atribuições regulamentares, Considerando o que consta da Portaria nº 57 de 16 de janeiro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES COMPROV

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES COMPROV SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMISSÃO DE PROCESSOS VESTIBULARES COMPROV EDITAL PRE Nº 021/2015 Processo Seletivo SiSU 2015.2 A Universidade Federal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. EDITAL N o 25/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. EDITAL N o 25/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL N o 25/2015 PROCESSO DE SELEÇAO PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA PARA O SEGUNDO SEMESTRE DO ANO DE 2015 UTILIZANDO AS NOTAS OBTIDAS

Leia mais

As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM

As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM As Formas de Ingresso em Universidades Públicas e Privadas através do ENEM Prof. Ph. D. João Benedito dos Santos Jr. Prof. M. Sc. Will Ricardo dos Santos Machado Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Leia mais

PROCESSOS SELETIVOS 2016/1 NO IFG DÚVIDAS FREQUENTES

PROCESSOS SELETIVOS 2016/1 NO IFG DÚVIDAS FREQUENTES PROCESSOS SELETIVOS 2016/1 NO IFG DÚVIDAS FREQUENTES QUAL A DIFERENÇA ENTRE O VESTIBULAR E O TÉCNICO INTEGRADO? O Vestibular seleciona candidatos para os diversos cursos superiores oferecidos pelo IFG.

Leia mais

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015

Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Processos Seletivos 2016 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de setembro de 2015 Aditivo nº 1 Define as normas específicas do Vestibular Seleção 2016.1 (Aprovado pela Resolução nº 061/2015,

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2

EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2 EDITAL COMPLEMENTAR N 05/2014 COVEST CONCURSO VESTIBULAR 2014/2 O REITOR da Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, no uso de suas atribuições legais, torna pública as alterações no Edital n. 001/2014

Leia mais

igualdade e inclusão na universidade um guia rápido para ingressar, permanecer e concluir o Ensino Superior

igualdade e inclusão na universidade um guia rápido para ingressar, permanecer e concluir o Ensino Superior i gual dadeei ncl us ãona uni v er s i dade um gui ar ápi dopar ai ngr es s ar,per manecereconcl ui roens i nosuper i or igualdade e inclusão na universidade um guia rápido para ingressar, permanecer e

Leia mais

Processos Seletivos 2015 Graduação Presencial e a Distância Edital de Vestibular de 26 de setembro de 2014

Processos Seletivos 2015 Graduação Presencial e a Distância Edital de Vestibular de 26 de setembro de 2014 Processos Seletivos 2015 Graduação Presencial e a Distância Edital de Vestibular de 26 de setembro de 2014 Aditamento nº 08 Define as normas específicas do Processo Seletivo Time ENEM UnP 2015.1 da graduação,

Leia mais

Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem?

Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem? SAIBA TUDO SOBRE O ENEM 2009 Qual a principal diferença entre o Enem tradicional e o novo Enem? Até 2008, o Enem era uma prova clássica com 63 questões interdisciplinares, sem articulação direta com os

Leia mais

Processos Seletivos 2014 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de outubro de 2013

Processos Seletivos 2014 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de outubro de 2013 Processos Seletivos 2014 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 02 de outubro de 2013 Aditamento nº 10 Define as normas específicas do Vestibular Seleção RN 2014.2 da graduação presencial (Aprovado

Leia mais

CAPÍTULO II DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

CAPÍTULO II DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA E INTEGRAÇÃO ESTUDANTIL EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA PROGRAMA DE ACESSO A CURSOS DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS EDITAL N 04 /2014/PROEX

Leia mais

FAQ EDITAL PROVAB - JANEIRO 2014

FAQ EDITAL PROVAB - JANEIRO 2014 FAQ EDITAL PROVAB - JANEIRO 2014 1. O que é o Provab e qual o perfil de profissional que costuma se inscrever no programa? O Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) é uma iniciativa

Leia mais

1. Natureza das Bolsas de Estudo. 2. Da Distribuição de Bolsas de Estudo

1. Natureza das Bolsas de Estudo. 2. Da Distribuição de Bolsas de Estudo O presente edital tem por objetivo determinar o lançamento do Programa de Concessão de Bolsas de Estudo para o Campus Tijuca, Campus Cabo Frio, Campus Barra da Tijuca e Campus Centro, aos candidatos a

Leia mais

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro de Ciências Sociais Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro de Ciências Sociais Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social Universidade do Estado do Rio de Janeiro Centro de Ciências Sociais Faculdade de Serviço Social Programa de Pós-Graduação em Serviço Social EDITAL DOUTORADO ACADÊMICO TURMA 2015 A Faculdade de Serviço

Leia mais

Processos Seletivos 2015 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 26 de setembro de 2014

Processos Seletivos 2015 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 26 de setembro de 2014 Processos Seletivos 2015 Graduação Presencial Edital de Vestibular de 26 de setembro de 2014 Aditamento nº 13 Define as normas específicas do Vestibular TOP RN julho 2015.2 (Aprovado pela Resolução nº

Leia mais

1 DA RETIFICAÇÃO DO SUBITEM 3.6 DO EDITAL Nº 1 2º VESTIBULAR 2013, DE 3 DE ABRIL DE 2013

1 DA RETIFICAÇÃO DO SUBITEM 3.6 DO EDITAL Nº 1 2º VESTIBULAR 2013, DE 3 DE ABRIL DE 2013 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE) 2º VESTIBULAR DE 2013 EDITAL Nº 2 2º VESTIBULAR 2013, DE 25 DE ABRIL DE 2013 A Universidade de Brasília torna públicas

Leia mais

M a n u a l E n e m 2 0 1 5 P á g i n a 1. Manual do Enem 2015

M a n u a l E n e m 2 0 1 5 P á g i n a 1. Manual do Enem 2015 M a n u a l E n e m 2 0 1 5 P á g i n a 1 Manual do Enem 2015 Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), segundo o INEP, tinha o objetivo de avaliar o desempenho do aluno ao término da escolaridade

Leia mais

SISTEMA SERIADO DE AVALIAÇÃO SSA 2015 (TRIÊNIO 2012/2014 1ª FASE)

SISTEMA SERIADO DE AVALIAÇÃO SSA 2015 (TRIÊNIO 2012/2014 1ª FASE) SISTEMA SERIADO DE AVALIAÇÃO SSA 2015 (TRIÊNIO 2012/2014 1ª FASE) O Sistema Seriado Avaliação da Avaliação da Universidade de Pernambuco (SSA/UPE) objetiva o preenchimento de 40% das (quarenta por cento)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS. EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015 UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROCESSOS SELETIVOS EDITAL Nº 203 - DIPS/UFLA, de 19 de maio de 2015 SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - SISU VERSÃO 2015/2 A Pró-Reitoria

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL PROCESSO SELETIVO ESPECIAL PARA CANDIDATOS INDÍGENAS ALDEADOS OU REMANESCENTES DE COMUNIDADES QUILOMBOLAS

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2016

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2016 1. DA ABERTURA FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2016 O Diretor da Faculdade de Engenharia de Sorocaba FACENS, mantida pela Associação Cultural de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

EDITAL N.º 7 COPERPS, DE 15 DE OUTUBRO DE 2014

EDITAL N.º 7 COPERPS, DE 15 DE OUTUBRO DE 2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COMISSÃO PERMANENTE DE PROCESSOS SELETIVOS PROCESSO SELETIVO 2015 PS UFPA 2015 EDITAL N.º 7 COPERPS, DE 15 DE OUTUBRO

Leia mais

EDITAL Nº. 009, DE 19 DE JANEIRO DE 2015. CONCURSO VESTIBULAR 2015-1º Semestre - ENEM FASE ÚNICA

EDITAL Nº. 009, DE 19 DE JANEIRO DE 2015. CONCURSO VESTIBULAR 2015-1º Semestre - ENEM FASE ÚNICA O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA, considerando o disposto na Portaria Normativa MEC nº 21, de 5 de novembro de 2012, torna público que a seleção de estudantes para provimento

Leia mais

3. Do Curso, Local, Tempo de Duração e Número de Vagas. As vagas disponíveis e a duração do curso estão listadas na tabela a seguir:

3. Do Curso, Local, Tempo de Duração e Número de Vagas. As vagas disponíveis e a duração do curso estão listadas na tabela a seguir: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS OURO PRETO Rua Pandiá Calógeras, 898 Bairro Bauxita Ouro

Leia mais

EDITAL N 32/2015. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol. para Servidores do IFSULDEMINAS

EDITAL N 32/2015. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol. para Servidores do IFSULDEMINAS EDITAL N 32/2015 Processo Seletivo Programa e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol para Servidores do IFSULDEMINAS REDE e-tec BRASIL Setembro /2015 Edital do processo seletivo para

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior Diretoria de Políticas e Programas de Graduação. Sistema de Seleção Unificada - SISU

Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior Diretoria de Políticas e Programas de Graduação. Sistema de Seleção Unificada - SISU Perguntas Frequentes Ministério da Educação Secretaria de Educação Superior Diretoria de Políticas e Programas de Graduação Sistema de Seleção Unificada - SISU 1 - O que é o Sistema de Seleção Unificada

Leia mais

EDITAL Nº 20/2015 DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS OFERTADOS PELA FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FAPCOM

EDITAL Nº 20/2015 DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS OFERTADOS PELA FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FAPCOM EDITAL Nº 20/2015 DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NOS CURSOS OFERTADOS PELA FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO FAPCOM A Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação- FAPCOM, credenciada pela

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. EDITAL COMPLEMENTAR N o 29/2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO. EDITAL COMPLEMENTAR N o 29/2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL COMPLEMENTAR N o 29/2015 CONVOCAÇÃO DE CANDIDATOS INSCRITOS NA LISTA DE ESPERA DO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA (SiSU) PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

AÇÃO AFIRMATIVA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: PASSADO E FUTURO

AÇÃO AFIRMATIVA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: PASSADO E FUTURO Grupo de Estudos Multidisciplinares da Ação Afirmativa AÇÃO AFIRMATIVA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: PASSADO E FUTURO João Feres Júnior IESP-UERJ Veronica Toste Daflon IESP-UERJ Passado A distribuição nacional

Leia mais

EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2

EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2 EDITAL Nº 04/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2014/2 A Comissão Coordenadora do Processo Seletivo das Faculdades Integradas de Vitória FDV, para conhecimento de todos os interessados, torna público

Leia mais

O Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais CESCAGE

O Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais CESCAGE CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DOS CAMPOS GERAIS CESCAGE FACULDADES INTEGRADAS DOS CAMPOS GERAIS COMISSÃO CENTRAL DE VESTIBULAR CCV PROCESSO SELETIVO COMPLEMENTAR DO CONCURSO VESTIBULAR DE INVERNO 2015 EDITAL

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010

PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010 Edição Número 18 de 27/01/2010 Ministério da Educação Gabinete do Ministro PORTARIA NORMATIVA Nº 2, DE 26 DE JANEIRO DE 2010 Institui e regulamenta o Sistema de Seleção Unificada, sistema informatizado

Leia mais

Boletim Informativo 0

Boletim Informativo 0 Boletim Informativo 0 ADMISSÃO 25.570 inscritos no 1º Vestibular de 2012 UnB ofereceu 2.343 vagas em 96 cursos nos quatro campi. Provas foram aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro de 2011 No dia 7 de

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Eugênio Rondini Trivinho Vice-Coordenador: Prof. Dr. José Luiz Aidar Prado Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U, as

Leia mais

EDITAL N 31/2015. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol

EDITAL N 31/2015. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol EDITAL N 31/2015 Processo Seletivo Programa e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol para Alunos do Ensino Médio da Rede Pública de MG REDE e-tec BRASIL Setembro /2015 Edital do processo

Leia mais

EDITAL N 36/2014. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol

EDITAL N 36/2014. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol EDITAL N 36/2014 Processo Seletivo Programa e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol para Alunos do Ensino Médio da Rede Pública de MG REDE e-tec BRASIL Outubro /2014 Edital do processo

Leia mais

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas.

A matrícula será realizada nos dias 8 e 9 de dezembro de 2015, no horário das 8 às 16 horas. Perguntas frequentes: 1) Quais os dias de prova do Vestibular Univale 2016? Você pode escolher qual o melhor dia para fazer as provas do Vestibular Univale 2016. 28 de novembro de 2015 (sábado), das 15

Leia mais

SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA SISU ESCOLHA DO CURSO, NOTA DE CORTE PARA A APROVAÇÃO, LISTAS DE ESPERA, RECLASSIFICAÇÕES E PROCEDIMENTOS DE MATRÍCULA

SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA SISU ESCOLHA DO CURSO, NOTA DE CORTE PARA A APROVAÇÃO, LISTAS DE ESPERA, RECLASSIFICAÇÕES E PROCEDIMENTOS DE MATRÍCULA SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA SISU ESCOLHA DO CURSO, NOTA DE CORTE PARA A APROVAÇÃO, LISTAS DE ESPERA, RECLASSIFICAÇÕES E PROCEDIMENTOS DE MATRÍCULA Olá, Caro Aluno do PVS! Para começar, vamos lembrar que,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 O reitor em exercício da reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 07/2012 - PROEN (Processo Seletivo de Vagas Ociosas para Ingresso nos Cursos de Graduação em 1º/2012) A UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO, por intermédio da Pró- Reitoria de Ensino (PROEN), com base

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2014 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

Faculdade Ibmec-MG Processo Seletivo 2012-2 / 2013-1 EDITAL

Faculdade Ibmec-MG Processo Seletivo 2012-2 / 2013-1 EDITAL Faculdade Ibmec-MG Processo Seletivo 2012-2 / 2013-1 EDITAL I - DO PROCESSO SELETIVO De ordem do Senhor Diretor e para conhecimento de todos os interessados, torno público que, no período indicado neste

Leia mais

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã)

Turno de funcionamento. integral (noite/manhã) CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES EDITAL DE 31 DE AGOSTO DE 2015 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR PARA O ANO DE 2016 (Processo Seletivo Vestibular 2016, Processo Seletivo Vestibular Complementar 2016/A e Processo

Leia mais

EDITAL N 35/2014. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol. para Servidores do IFSULDEMINAS

EDITAL N 35/2014. Processo Seletivo Programa. e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol. para Servidores do IFSULDEMINAS EDITAL N 35/2014 Processo Seletivo Programa e-tec Idiomas Sem Fonteiras para as áreas de Inglês e Espanhol para Servidores do IFSULDEMINAS REDE e-tec BRASIL Outubro /2014 Edital do processo seletivo para

Leia mais

Vestibular IFPE. Inscrições serão realizadas de º a de outubro. Isenção da taxa de inscrição deve ser solicitada a partir desta quarta ( )

Vestibular IFPE. Inscrições serão realizadas de º a de outubro. Isenção da taxa de inscrição deve ser solicitada a partir desta quarta ( ) Vest i IFPE bular 2015 Seu fu t uro ma is pert o de vo cê IFPE oferece. vagas em Vestibular Inscrições serão realizadas de º a de outubro. Isenção da taxa de inscrição deve ser solicitada a partir desta

Leia mais

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1

FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 FACULDADE ARI DE SÁ EDITAL Nº 2, DE 6 DE NOVEMBRO DE 2015, PROCESSO SELETIVO 2016.1 Em conformidade com as Portarias do MEC nº 1.120 de 16/07/1999 e nº 391 de 07/02/2002 e da Portaria nº 1449 de 23/12/1999

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DISCENTE PARA O PROGRAMA MESTRADO EM DIREITO, RELAÇÕES INTERNACIONAIS E DESENVOLVIMENTO/UCGO - 2º SEMESTRE DE

PROCESSO DE SELEÇÃO DISCENTE PARA O PROGRAMA MESTRADO EM DIREITO, RELAÇÕES INTERNACIONAIS E DESENVOLVIMENTO/UCGO - 2º SEMESTRE DE EDITAL N o 04/2009-PROPE PROCESSO DE SELEÇÃO DISCENTE PARA O PROGRAMA MESTRADO EM DIREITO, RELAÇÕES INTERNACIONAIS E DESENVOLVIMENTO/UCGO - 2º SEMESTRE DE 2009 A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa,

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES PROCESSOS SELETIVOS - FAETEC

DÚVIDAS FREQUENTES PROCESSOS SELETIVOS - FAETEC 1 - Qual o valor da taxa de inscrição? É de R$ 33,50 2 - Para todos os concursos há cobrança de taxa de inscrição? Não. Para alguns Processos Seletivos não há cobrança de taxa de inscrição. Que são os

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução 01/02 Estabelece normas para o Vestibular da UFBA e dá outras providências.

Leia mais

EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no uso de suas atribuições, considerando:

EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, no uso de suas atribuições, considerando: EDITAL Nº 021/2015-PROGRAD ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES PARA INGRESSO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE, PARA O ANO LETIVO DE 2015. A Pró-Reitora de Graduação da Universidade

Leia mais

REITORIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO, em 22 de maio de 2015. Prof. Sílvio Romero de Barros Marques Vice-Reitor

REITORIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO, em 22 de maio de 2015. Prof. Sílvio Romero de Barros Marques Vice-Reitor O Magnífico Vice-Reitor da Universidade Federal de Pernambuco no uso das atribuições que lhe confere o artigo 33, alínea p do Estatuto da Universidade e, CONSIDERANDO - que a criação do Curso de Comunicação

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE INVERNO 2015 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2013/1 e 2013/2

GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2013/1 e 2013/2 1 GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2013/1 e 2013/2 O Diretor Presidente do Grupo Ibmec Educacional SA, mantenedor das Faculdades de Economia e Finanças Ibmec e Faculdade de Ciências

Leia mais

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia -UESB

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia -UESB Dispõe sobre o sistema de reserva de vagas e quotas adicionais no processo seletivo para os cursos de graduação da UESB e dá outras providencias. O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE,

Leia mais

SELEÇÃO DE MONITORES PARA O PROJETO DE EXTENSÃO CURSOS DE LINGUAS ESTRANGEIRAS/NCL

SELEÇÃO DE MONITORES PARA O PROJETO DE EXTENSÃO CURSOS DE LINGUAS ESTRANGEIRAS/NCL EDITAL 019/2014 SELEÇÃO DE MONITORES PARA O PROJETO DE EXTENSÃO CURSOS DE LINGUAS ESTRANGEIRAS/NCL A Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Maranhão UFMA, torna público, a todos os interessados,

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 Ministério da Educação - MEC Secretaria de Educação Superior - SESu Sistema de Seleção Unificada - Sisu Termo de Adesão - 1ª edição de 2015 1 - Dados cadastrais da Instituição de Educação Superior - IES

Leia mais

Crédito Estudantil Ibmec

Crédito Estudantil Ibmec Crédito Estudantil Ibmec Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que ter uma

Leia mais

EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015

EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015 EDITAL Nº 35/2014 EDITAL DE ABERTURA DO VESTIBULAR 2015 A Comissão Coordenadora do Processo Seletivo das Faculdades Integradas de Vitória FDV, para conhecimento de todos os interessados, torna público

Leia mais

ENEM - o caminho mais democrático para o Ensino Superior

ENEM - o caminho mais democrático para o Ensino Superior Diretoria de Ensino Região Sul 3 Núcleo Pedagógico - Linguagens Orientação Técnica ENEM - o caminho mais democrático para o Ensino Superior 29/05/2015 Prof. Coordenadores do Ensino Médio Profª Me. Ana

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE INTERIORIZAÇÃO E EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - NIEAD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE INTERIORIZAÇÃO E EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - NIEAD MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE NÚCLEO DE INTERIORIZAÇÃO E EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - NIEAD EDITAL Nº 01 /2013 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO ONLINE DE FORMAÇÃO EM TUTORIA DA

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Educação DAS BOLSAS Será concedida 1 (uma) bolsa integral em cada um dos cursos de graduação ofertados nas unidades do IBMEC do Centro e Barra

Leia mais