Monitor de Temperatura SMS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Monitor de Temperatura SMS"

Transcrição

1 MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x 1. INTRODUÇÃO APLICAÇÕES DESEMBALAGEM ESPECIFICAÇÕES CONEXÕES E INSTALAÇÃO INSTALAÇÃO MECÂNICA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS ALIMENTAÇÃO INTERFACE USB INTERFACE GPRS SINALIZADOR LUMINOSO (LED) CARACTERISTICAS DO DISPLAY TEMPERATURAS MÁXIMAS E MINIMAS: INSTALAÇÃO DO DRIVER USB DETERMINAÇÃO E SELEÇÃO DA PORTA SERIAL (COM) WINDOWS SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO ATUALIZAÇÃO DO SOFTWARE DO EQUIPAMENTO (FIRMWARE) OPERAÇÃO DO MONITOR DE TEMPERATURA SMS OPERAÇÃO FUNCIONAMENTO PROTEÇÃO DA CONFIGURAÇÃO SENHA MESTRA INDICAÇÃO DE ERRO INTERFACE GPRS AUTENTICAÇÃO E OUTROS DETALHES: SEM AUTENTICAÇÃO: AUTENTICAÇÃO ABERTA: NAP: ENTRADAS ANALÓGICAS OU DIGITAIS CANAIS REMOTOS INTERFACE USB ENVIO DE SMS ALARMES E STATUS ALARMES: ALARMES PRÉ-DEFINIDOS: EXEMPLOS DE SMS: GARANTIA NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

2 1. INTRODUÇÃO O equipamento realiza a monitoração constante da temperatura. Conta com sinalização sonora e luminosa para os alarmes configurados através de 2 setpoints limitadores da faixa de temperatura de operação. Na sua configuração padrão, caso as temperaturas ultrapassarem os 8 C ou baixem dos 2 C, alarmes serão disparados de forma sonora, visual e por SMS. Possui ainda conexão com a Nuvem (portal), permitindo alertar, registrar e gerar relatórios através da mesma. 2. APLICAÇÕES Seguem algumas características do Monitor de Temperatura SMS: Monitoração constante da temperatura; Indicação local da temperatura; Sinalização local (sonora e luminosa) de alarme; Envio das notificações de alarme por SMS; Monitoramento mesmo sem energia por até oito horas; Registro histórico da temperatura em sistema web. 2.1 DESEMBALAGEM Monitor de Temperatura SMS; Fonte de alimentação; Antena; Cabo Mini USB; CD com software de configuração; Seis presilhas adesivas. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

3 3. ESPECIFICAÇÕES Alimentação: Carregador 110/220V 12.6 V / 350 ma Bateria 12 VDC Dimensões: Peso: 191 x 237 x 184 mm (com antena) 174 x 197 x 80,4 mm (sem antena) 1020 g Alojamento: ABS IP 40/DIN EN Interface GPRS: Tecnologia GSM/GPRS, classe 8 a 12 (GPRS device classe B) Banda de operação GSM Quadri Band (850 MHz, 900 MHz, 1800 MHz e 1900 MHz) Potência de saída: 1 W (GSM 1800/1900) 2 W (EGSM 850/900) Potência RF Tx: +30 dbm Sensibilidade RF Rx: melhor que -100 dbm Saída para antena GSM: impedância 50 Ω, plugue SMA Interface USB: Conector USB tipo Mini-B. Compatível com USB 3.0, 2.0 e 1.1. Certificações: ANATEL ( ) Isolação de 600 Vrms por 1 minuto entre interface USB e restante do circuito (alimentação, RS485 e entradas analógicas/digitais). Entrada de Sensor (SENSOR INPUT): N322-NTC / PT1000 A escolha do sensor é feita pelo usuário no momento da compra e apresentada na face superior da caixa do controlador. Termistor NTC Faixa de medição: 20 a 85 C 80 a 50 C Precisão da medida: 0,6 C 0,7 C Resolução da medida: 0,1º na faixa de 19,9 a 199,9 º 1 C no restante da faixa Comprimento do cabo do sensor Erro máximo na intercambiabilidade de sensores NTC originais: 2 m 2 m 0,75 C. Este erro pode ser eliminado através do parâmetro offset do controlador. Pt1000 NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

4 4. CONEXÕES E INSTALAÇÃO Neste capítulo são apresentadas as conexões e a execução da instalação padrão do equipamento. 4.1 INSTALAÇÃO MECÂNICA ITENS NECESSÁRIOS: Chip da Operadora (SIM CARD) com plano de dados; Duas chaves Philips. ABERTURA DA CAIXA: Passo 1: Soltar a tampa superior, puxando-a: A Caixa vem semiaberta de fábrica para facilitar a instalação inicial; Somente feche a caixa no final do processo de instalação. PAINEL DE CONEXÕES TRASEIRO: Passo 2: Identificar painel traseiro. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

5 Passo 3: Instalar a Antena. Passo 4: Instalar o SIM Card: Deslizar para trás, levantar aleta e inserir o chip no berço. Passo 5: Conectar a bateria: Encaixar o plugue disponível da bateria (módulo azul) no respectivo conector. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

6 Passo 6: Conectar a Fonte de Alimentação: Alimentar o equipamento em 110 V ou 220 V; Usar somente a fonte original fornecida. Passo 7: Instalar e Configurar Software: Instalar o Software que vem no CD: Arquivo: DigiConfigSetup.exe. Siga as instruções do instalador; O Software roda em computadores com Windows XP, 7 e 8. Passo 8: Instalar cabo USB: Conectar o cabo USB no Monitor e PC; Ver 6. INSTALAÇÃO DO DRIVER usb que contém nesse manual; Preferencialmente manter sempre a mesma porta USB. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

7 CONFIGURAÇÃO E TESTE DO MONITOR DE TEMPERATURA: Passo 9: Executar e configurar o Software. Passo 10: Executar e configurar a interface de comunicação do Software. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

8 Passo 11: Pesquisar pelo Endereço Inicial 255 e clicar no AirGate-GPRS encontrado. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

9 Passo 12: Configurar Mensagens de Alarme SMS: Editar os campos na aba SMS: Telefone Usuário Selecionar Alarmes País = 55 (Brasil) Estão disponíveis até 8 telefones simultâneos. Área = DDD NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

10 Passo 13: Definição dos SMS: Alarme 1 = Temp < SP1 (2 C) Alarme 2 = Temp > SP2 (8 C) Alarme 3 = Queda Energia Alarme 4 = Energia Restabelecida Alarme 5 = Bateria Descarregando Power-On Sistema Ligou Power-On = Sistema Ligou Conexão Perda Sinal GPRS Conexão = Perda Sinal GPRS Status Envio periódico de status de até dois canais selecionados Status = Envio periódico de status de até dois canais selecionados Erro1 Erro2 =Mensagem que indica erro em canal analógico Erro1 e Erro2 =Mensagem que indica erro em canal analógico Selecione os Alarmes que cada usuário deseja ser notificado por SMS Selecione os Alarmes que cada usuário deseja ser notificado por SMS Passo 14: Aba GPRS - Conexão com o Portal de Dados (necessita de plano de dados): Marque a opção: Habilitar Modbus sobre GPRS ; Editar as configurações referentes à Operadora; APN, Usuário e Senha: dados fornecidos pela operadora (Próximo passo). NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

11 Passo 15: Dados de Conexão*: CLARO APN: claro.com.br Usuário: claro Senha: claro TIM APN: tim.br Usuário: tim Senha: tim OI APN: brt.br Usuário: brt Senha: brt VIVO APN: zap.vivo.com.br Usuário: vivo Senha: vivo *Esses parâmetros estão disponíveis no site das operadoras e podem mudar sem aviso prévio. Passo 16: Formulário de acesso ao Portal: Utilizar o site e preencher os dados solicitados; O Número de série do Monitor de Temperatura SMS fica sempre visível na tela do software. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

12 Passo 17: Cadastramento do Monitor de Temperatura SMS: Preencher os campos e clicar em Enviar. Atenção especial para o Número de Série. Passo 18: Portal de Dados: Editar os campos de acordo com o retorno recebido no de confirmação de cadastro. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

13 Passo 19: Diagnóstico: Um erro é gerado se o SIM Card (Chip da operadora) não for encontrado ou estiver inserido de forma incorreta. Passo 20: Diagnóstico: Exibe diagnósticos gerais do equipamento como a Leitura dos Canais e Nível de Sinal GPRS; A mensagem de Status deverá ser Conectado e Autenticado quando comunicando corretamente com o portal. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

14 Passo 21: Diagnóstico: Para testar o funcionamento do envio de SMS, basta selecionar um dos alarmes e clicar Forçar ; O SMS leva cerca de 30 segundos para chegar ao telefone do destinatário, mas depende sempre da operadora. Passo 22: Firmware: Utilizada para a atualização de software. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

15 Passo 23: Fechar a Caixa: Remover parafusos; Uma vez verificado o funcionamento correto do sistema é possível fechar a caixa. 4.2 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS O Monitor de Temperatura SMS possui conectores de alimentação interno para a bateria e externo para a fonte de alimentação. Em caso de reposição, a bateria e a fonte substituídas devem ser as especificadas para o sistema: BATTERY PACK 12 VDC RECHARGEABLE LI-ION 3000 mah CARREGADOR 110/220 V V / 350 ma ALIMENTAÇÃO O Monitor de Temperatura SMS contém uma bateria que mantém o equipamento monitorando por até 8 horas e uma fonte de alimentação que possibilita a operação do sistema e a manutenção da carga da bateria INTERFACE USB O Monitor de Temperatura SMS possui uma interface USB que pode ser utilizada para conexão a um computador para configuração ou monitoramento. O cabo USB é fornecido junto com o equipamento INTERFACE GPRS Essa interface requer uma antena compatível, fornecida com o equipamento, a ser conectada no plugue SMA externo. Internamente, o usuário deve inserir um cartão SIM (SIM Card) de qualquer operadora celular no conector correspondente. NUNCA retire ou coloque um SIM card do Monitor de Temperatura SMS enquanto este estiver energizado, ou seja, o equipamento deverá ter a fonte e a bateria desconectadas. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

16 5. SINALIZADOR LUMINOSO (LED) Sinalizador do Status da Conexão GPRS (painel traseiro): Ao ligar o equipamento, o led permanece apagado até que a inicialização esteja concluída. A sinalização ocorrerá da seguinte forma: O led irá piscar lentamente durante o processo de acesso à rede GSM; O led irá piscar rapidamente quando conseguir acesso à rede GSM; O led irá piscar duas vezes rapidamente quando a conexão com o servidor M2M estiver estabelecida. Ao ser energizado, o led do Monitor de Temperatura SMS poderá levar alguns segundos para começar a piscar! 5.1 CARACTERISTICAS DO DISPLAY O painel frontal apresenta-se com o mostrador de temperatura e quatro teclas de função: Fig. 1 - Painel frontal TEMPERATURAS MÁXIMAS E MINIMAS: Pressionar a tecla P rapidamente vai mostrar as temperaturas Mín (Lo) e Máx (Hi) registradas ao longo do período; Pressionar a tecla por 3 segundos, enquanto estiver na tela de Mín ou Máx, irá resetar os valores de Máx e Min. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

17 6. INSTALAÇÃO DO DRIVER USB Monitor de Temperatura SMS Para utilizar a interface USB do Monitor de Temperatura SMS para permitir, por exemplo, a primeira configuração com o software de configuração, é necessário instalar o driver USB. As etapas de instalação podem variar de computador para computador, entre sistemas operacionais diferentes e mesmo entre uma versão e outra do mesmo sistema operacional. A seguir são apresentados os passos e telas orientativas para a instalação do driver. WINDOWS 8 Passo 1: Conecte o Monitor de Temperatura SMS em uma porta USB do seu computador. O Windows tentará instalar um driver automaticamente e não terá sucesso, pois o driver necessário não está na sua biblioteca padrão. Passo 2: Na tela da Área de Trabalho, clique com o botão direito no canto inferior esquerdo da tela e selecione a opção Painel de Controle. Escolha a opção Sistema e Segurança, depois Sistema e, por fim, Gerenciador de Dispositivos. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

18 Passo 3: Localize o AirGate-GPRS (provavelmente com um ícone com um ponto de exclamação ao lado) e dê um duplo-clique. Passo 4: Clique no botão Atualizar Driver.... NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

19 Passo 5: Peça para Procurar software de driver no computador. Passo 6: Indique o caminho da pasta onde estão os drivers (CD do produto ou pasta onde foi salvo quando baixado do site). NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

20 Passo 7: Aguarde a instalação. Passo 8: O Windows irá questionar a instalação deste driver. Confirme selecionando a opção Instalar. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

21 Passo 9: Aparecerá uma mensagem indicando o sucesso da instalação. Passo 10: Voltando à tela do Gerenciador de Dispositivos, pode-se verificar qual a porta serial virtual alocada ao AirGate-GPRS. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

22 7. DETERMINAÇÃO E SELEÇÃO DA PORTA SERIAL (COM) WINDOWS Monitor de Temperatura SMS A porta serial associada ao Monitor de Temperatura SMS é automaticamente determinada pelo sistema operacional alguns instantes após a conexão do Monitor de Temperatura SMS. O usuário pode facilmente identificar ou alterar a porta COM associada ao Monitor de Temperatura SMS: Painel de Controle / Sistema / Hardware / Gerenciador de Dispositivos / Portas COM & LPT Selecione o dispositivo USB Serial Port correspondente ao AirGate-GPRS e clique em Propriedades. Selecione a aba Definições da porta e clique no botão Avançadas.... Na lista Número de porta COM:, selecione a porta serial que deve ser associada ao Monitor de Temperatura SMS. Algumas portas seriais podem estar marcadas em uso (em utilizado). Somente selecione uma destas portas caso tenha certeza de que a mesma não esteja sendo usada por outro periférico do seu computador. Em algumas situações as portas seriais podem ficar marcadas como em uso mesmo quando o dispositivo associado não está mais instalado no computador. Neste caso é seguro associar esta porta ao Monitor de Temperatura SMS. As Fig. 2 e Fig. 3 a seguir apresentam a visão do gerenciador de dispositivos contendo um AirGate-GPRS, e as telas de propriedades onde pode ser redefinida a porta COM associada. Fig. 2 - Propriedades do sistema Fig. 3 - Gerenciador de dispositivos NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

23 8. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO O software utilizado para a configuração do Monitor de Temperatura SMS é o DigiConfig (versão 1.60 ou superior). Além da configuração, ele permite que sejam verificadas as leituras dos canais de entrada e fornece informações de status. Esse software é fornecido gratuitamente no CD do produto e também pode ser baixado no site do fabricante. Recomenda-se verificar por atualizações de tempos em tempos. O DigiConfig tem um completo arquivo de ajuda, com todas as informações necessárias para sua plena utilização, incluindo a correta configuração dos parâmetros do produto. Para consultá-lo, inicie o aplicativo e selecione o menu de Ajuda, ou pressione a tecla F1. As informações relevantes ao equipamento estão apresentadas no item AirGate-GPRS. Para iniciar a configuração do Monitor de Temperatura SMS, conecte o mesmo no computador (via USB ou RS485) e selecione a opção Comunicação no menu Configurações. Na janela que irá aparecer, selecione a porta serial correta e configure os demais parâmetros de comunicação. Após aplicar a configuração da comunicação, o sistema está apto para ler a configuração do Monitor de Temperatura SMS efetuando a Pesquisa no botão localizado no canto esquerdo inferior da janela principal. Para agilizar a pesquisa, configure corretamente a faixa de endereços Modbus a pesquisar (NÃO use a opção Temporários para o Monitor de Temperatura SMS). Se você souber o endereço Modbus da interface USB a qual você está se conectando, marque apenas o Endereço Inicial e coloque o endereço correto nesse campo (inicialmente estará configurado com o endereço 255). Uma vez que o equipamento seja identificado, ele aparecerá na lista à esquerda. Clicando sobre o AirGate-GPRS encontrado, o DigiConfig fará com que a configuração seja mostrada na parte à direita. A configuração do aparelho é dividida por funcionalidade em várias abas. A escolha de algumas opções pode refletir na limitação ou ausência de outros parâmetros de configuração. Por fim, deve-se aplicar a configuração no equipamento através do botão Aplicar. A utilização do Monitor de Temperatura SMS com todas as suas funcionalidades está detalhada no capítulo9. OPERAÇÃO DO MONITOR DE TEMPERATURA SMS. Fig. 4 - Configurador DigiConfig - (Versão 1.60) 8.1 ATUALIZAÇÃO DO SOFTWARE DO EQUIPAMENTO (FIRMWARE) O Monitor de Temperatura SMS pode ter seu software interno (firmware) atualizado, permitindo que versões com novas características ou com melhorias importantes possam ser usufruídas sem ser necessário o envio do equipamento para a assistência técnica. A última atualização está disponível para download no site do fabricante. O processo de atualização é feito pelo DigiConfig, através da aba relacionada. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

24 9. OPERAÇÃO DO MONITOR DE TEMPERATURA SMS 9.1 OPERAÇÃO O controlador do Monitor de Temperatura SMS sai de fábrica previamente configurado. Estas configurações definem valores para os diversos parâmetros que determinam o modo de funcionamento do equipamento na sua função padrão. Ao ligar o controlador, o display (painel frontal) apresenta o valor de temperatura medida pelo sensor. Para ter acesso configuração dos setpoints deve-se pressionar por 1 segundo até aparecer o a sigla pas. Então a tecla deve ser pressionada até que o password 111 seja apresentado no display. Novamente pressiona-se a tecla para habilitar a modificação do parâmetro SP1 e pressionando a tecla mais uma vez o parâmetro SP2. Para alterar os valores dos parâmetros, atuar sobre as teclas e até obter os valores desejados. Notas: 1 A programação é salva pelo controlador quando este passa de um parâmetro para outro e somente então considerada com válida. A programação é guardada em memória permanente, mesmo na falta de energia elétrica. 2 Se as teclas não são utilizadas por tempo maior que 20 segundos, o controlador retorna ao nível de medição, finalizando e salvando a programação até então feita. Ajuste de Setpoint O parâmetro Setpoint (SP) é apresentado. Ele define o valor de temperatura desejado para o sistema. O valor atual de SP é mostrado alternadamente com o parâmetro. Inicialmente SP1 apresentará 2.0 e o SP2 o valor 8.0. Para programar o valor desejado atuar nas teclas e. SP1 Set Point 1 SP2 Set Point 2 Ajuste da temperatura da saída de controle 1. Esse ajuste é limitado aos valores programados em SPL e SPk no ciclo de Programação. Ajuste da temperatura da saída de controle 2. Esse ajuste é limitado aos valores programados em SPL e SPk no ciclo de Programação. 9.2 FUNCIONAMENTO Na aplicação de monitoração com alarmes, a sirene será acionada e o display irá apresentar P1 ou P2 caso o SP referente seja ultrapassado. Para silenciar o alarme deve-se pressionar qualquer uma das teclas. O controlador apresenta o menor (LO) e o maior (Hi) valor medido ao pressionar a tecla quando estando na tela inicial de apresentação da temperatura atual. Para limpar estes valores e reiniciar os registros dos mesmos deve-se, estando na tela de LO ou Hi, pressionar a tecla por 3 segundos. 9.3 PROTEÇÃO DA CONFIGURAÇÃO O sistema de proteção de configuração tem o objetivo de impedir alterações indevidas nos parâmetro do controlador e, consequentemente, no seu modo de funcionamento. Este sistema é composto por parâmetros que definem qual o grau de proteção adotado, se total ou apenas parcial. Parâmetros de definem a proteção: Pas: Parâmetro onde uma senha deve ser inserida para que sejam permitidas alterações nos demais parâmetros. Prt: Define os níveis de parâmetros que serão protegidos. 1 - Somente o nível de calibração é protegido (opção da configuração de fábrica); 2 - Os níveis de calibração e configuração são protegidos; 3 Todos os níveis são protegidos, calibração, configuração e SP; PA(: Parâmetro que permite a alteração da senha atual. Permite definir como senha um número entre 1 e 999. Funcionamento da proteção de configuração O parâmetro PAS aparece no início do nível que está protegido. Se o usuário inserir a senha corretamente poderá realizar alterações nos parâmetros dos níveis protegidos. Se não inserir a senha corretamente ou simplesmente passar por este parâmetro, os parâmetros dos níveis protegidos poderão ser apenas visualizados e não alterados. Notas importantes: 1- Se o usuário inserir uma senha incorreta por cinco vezes consecutivas, o equipamento impede novas tentativas por 10 minutos. Quando o usuário não lembrar a senha atual, poderá inserir uma senha mestra que permite apenas definir uma nova senha. 2- O equipamento sai de fábrica com a senha 111. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

25 9.4 SENHA MESTRA A senha mestra, que permite ao usuário definir uma nova senha para o controlador, utiliza o número de série deste equipamento. É composta da seguinte forma: [ 1 ] + [ maior nº de SN2 ] + [ maior nº de SN1 ] + [ maior nº de SN0 ] A senha mestra de um equipamento com número de série é: Pois: 1 + sn2 = 987; sn1 = 123; sn0 = 465 = Como utilizar a senha mestra 1- Inserir a senha mestra no parâmetro Pas. 2- No parâmetro PA( inserir uma nova senha, diferente de zero (0). 3- Utilizar a nova senha. 9.5 INDICAÇÃO DE ERRO O controlador apresenta no display mensagens que correspondem a problemas relacionados à medição de temperatura. Temperatura medida ultrapassou limite superior da faixa de medição do sensor. Sensor Pt1000 rompido. Sensor NTC em curto-circuito. Temperatura medida ultrapassou limite inferior da faixa de medição do sensor. Sensor Pt1000. Sensor NTC rompido. 9.6 INTERFACE GPRS O Monitor de Temperatura SMS permite que uma rede RS485/Modbus RTU seja acessada remotamente através da rede celular (GSM Global System for Mobile Communications). Além disso, permite que mensagens de texto (SMS Short Message Service) sejam enviadas para informar condições de alarme e indicar status do equipamento. Assim que o Monitor de Temperatura SMS é ligado, e contanto que exista um SIM Card no conector interno e que o equipamento esteja corretamente configurado, ele tenta se conectar a um servidor remoto (machine-to-machine) para disponibilizar seus registradores a consultas remotas. Essa conexão se dá através de GPRS em redes de telefonia celular que utilizam a tecnologia GSM. A utilização de monitoração remota necessita de um serviço de conectividade na Internet. A NOVUS oferece uma opção de servidor remoto. Procure no website a documentação específica do serviço. No caso de se utilizar outro serviço de conectividade, veja na seção Autenticação e Outros Detalhes os detalhes de conexão para a configuração e aceitação do Monitor de Temperatura SMS no servidor remoto. Uma vez conectado, ele aguarda o recebimento de comandos Modbus através do servidor remoto. Ao receber tais comandos, ele verifica a necessidade de repassá-los aos possíveis escravos da rede RS485/Modbus RTU que estejam ligados a ele e envia a resposta recebida do escravo de volta ao servidor. O Monitor de Temperatura SMS fica constantemente monitorando o estado da conexão. Uma vez que tenha percebido a desconexão com a rede celular ou com o servidor remoto, ele prontamente tenta se reconectar, a fim de deixar sempre o caminho aberto a novas requisições remotas e ao envio de mensagens (SMS) de notificação de alarmes e status. A correta configuração dessa interface é composta por parâmetros de conexão à rede celular, dependentes da operadora utilizada, e também de parâmetros de conexão, autenticação e comunicação com o servidor remoto AUTENTICAÇÃO E OUTROS DETALHES: O Monitor de Temperatura SMS irá se conectar no IP e porta configurados. Se, ao invés do número IP, foi configurada uma URL para o acesso ao servidor remoto, esse nome será resolvido pelo equipamento e a conexão será feita da mesma forma. Pode-se selecionar três níveis de autenticação: sem autenticação, autenticação simples e NAP SEM AUTENTICAÇÃO: Após a conexão, nenhum pacote é transmitido pelo Monitor de Temperatura SMS a não ser os dados da aplicação do usuário AUTENTICAÇÃO ABERTA: Após a conexão, em um tempo de até 5 segundos, o Monitor de Temperatura SMS enviará o pacote de autenticação com o seguinte formato: String NOVUS-. Número de série do Monitor de Temperatura SMS (8 dígitos) em ASCII. Caractere -. Código em ASCII. Versão de firmware do Monitor de Temperatura SMS (4 caracteres). Exemplo: Como exemplo, um Monitor de Temperatura SMS com número de série e versão de firmware 1.03 teria um pacote de autenticação igual a NOVUS NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

26 O Monitor de Temperatura SMS aguarda uma resposta OK (ASCII) do servidor. Se essa resposta não vier em 1 segundo, o pacote de autenticação será reenviado. Os pacotes de keep alive são pacotes enviados aproximadamente a cada 90 segundos em casos onde não haja tráfego Modbus na interface GPRS. Esses pacotes se destinam a manter a conexão aberta para agilizar a comunicação Modbus quando for necessária. O keep alive é um subconjunto do pacote de autenticação, com apenas os dois primeiros campos. Para o exemplo anterior, o pacote de keep alive seria igual a NOVUS A autenticação Aberta é a atualmente usada com o servidor remoto da NOVUS NAP: O NAP é um protocolo de autenticação proprietário da NOVUS previsto apenas para compatibilidade futura. Não deve ser utilizado. 9.7 ENTRADAS ANALÓGICAS OU DIGITAIS O Monitor de Temperatura SMS possui dois canais para a leitura de variáveis analógicas ou digitais. A configuração destes canais está apresentada na aba Canais Analógicos do software de configuração DigiConfig. O Canal 1 deverá estar configurado com o Tipo de Entrada de 0-10 V, pois este canal está medindo a tensão da bateria do sistema. O Canal 2 tem selecionado o Tipo de Entrada Digital com o objetivo de verificar a falta de alimentação proveniente da fonte. A posição correta dos jumpers deve estar conforme a fig CANAIS REMOTOS Fig. 5 Posição correta jumpers O Monitor de Temperatura SMS pode operar como um mestre autônomo de uma rede Modbus RTU (ver configuração das interfaces RS485), sendo capaz de ler até 10 registradores de outros aparelhos (escravos Modbus) e usar estes registradores em alarmes. A cada um desses registradores lidos de outros escravos chamamos canais remotos. O equipamento inicia a leitura dos canais na ordem em que foram criados no momento da configuração. Dessa forma, ele segue lendo todos os canais, respeitando os tempos entre comandos, até que tenha lido todos. Ao passar o intervalo de varredura, ele reinicia as leituras de todos os canais remotos. No caso da leitura dos canais demorar mais tempo do que o intervalo de varredura configurado, ele reinicia a leitura dos canais imediatamente. Se o escravo demorar mais do que o tempo configurado para responder, será considerado um erro de comunicação. Da mesma forma, serão considerados erros de comunicação pacotes de resposta com CRCs inválidos ou com tempos entre bytes maiores que o especificado pela norma. No caso de ocorrer um erro de comunicação na leitura de um canal remoto, ele tenta novamente até que o número configurado de tentativas tenha sido alcançado. Se o erro persistir, o valor de erro configurado para o canal será assumido. Os dados lidos nos canais remotos são apresentados de forma crua, ou seja, não é feita nenhuma consistência no valor lido. Pode-se configurar o número de casas decimais do canal remoto e se o valor será considerado com ou sem sinal para uso dos alarmes. No padrão de fábrica do Monitor de Temperatura SMS a configuração dos Canais Remotos pode ser verificada na aba Canais Remotos do software de configuração DigiConfig. Os registradores retentivos SP1, SP2 e Temperatura são lidos do controlador N322 para efeito de comparação e geração de alarmes. 9.9 INTERFACE USB O Monitor de Temperatura SMS possui uma USB device isolada, utilizada para a configuração e monitoração. O sistema operacional Windows irá reconhecer o equipamento como uma porta serial virtual, o que permite a utilização da mesma por softwares Supervisórios (SCADA). Para acessá-la, deve-se utilizar o cabo USB fornecido. No primeiro acesso, será necessário instalar os drivers USB em seu computador. Para isso, verifique a seção 6. INSTALAÇÃO DO DRIVER USB. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

27 9.10 ENVIO DE SMS ALARMES E STATUS Até 8 destinatários de mensagens de texto (SMS) podem ser configurados para receber informações do equipamento. Essas informações podem ser notificações de alarme ou informações de status (por evento ou periódico). As opções de informações que podem ser recebidas via SMS são: Power on: mensagem que indica que o Monitor de Temperatura SMS foi ligado. Erro no canal analógico: mensagem que indica erro na leitura do canal analógico. Pode ser habilitada individualmente, ou seja, há uma mensagem para indicar erro no canal analógico 1 ( Erro 1 ) e outra para indicar erro no canal analógico 2 ( Erro 2 ). Status: mensagem enviada periodicamente com informações de até 2 canais selecionados pelo usuário. Os canais selecionados devem ter sido habilitados, podendo ser canais analógicos ou remotos. A periodicidade do envio também é configurável. Estado da conexão: mensagem enviada para indicar o estado da conexão do Monitor de Temperatura SMS. Uma mensagem é enviada para informar que conseguiu se conectar ao servidor remoto (mensagem de conexão ) e outra para informar que a conexão foi perdida (mensagem de desconexão ). Alarmes: mensagem enviada sempre que uma condição de alarme configurada for satisfeita. Até 8 alarmes podem ser configurados, cada um com sua própria mensagem de alarme. Alguns telefones celulares podem não reconhecer certos caracteres configurados nas mensagens. Para o cadastro de cada destinatário, deve-se configurar um tag de identificação (contato), o código de país e de área e o número de telefone. Após, deve-se selecionar quais eventos e alarmes serão associados aos contatos, ou seja, quem deve receber cada uma das mensagens. É possível escolher o tipo de cabeçalho que se deseja nas mensagens. O tipo padrão mostra o nome do produto (Monitor de Temperatura SMS) e o número de série do aparelho. Pode-se, ao invés disso, customizar o cabeçalho digitando um texto de até 40 caracteres. A funcionalidade de envio de SMS não depende do serviço de GPRS ALARMES: Estão disponíveis 8 alarmes neste equipamento. Cada um dos alarmes requer que se escolha um canal, uma condição, e um setpoint (que pode ser um valor constate ou outro canal). Além disso, um tempo de debounce para os alarmes (intervalo de tempo no qual uma nova ocorrência de um mesmo alarme não é detectada) deve ser configurado. Quando a condição de alarme for satisfeita (exemplo: Canal_1 > 45,0 ºC), é gerado um evento ao qual pode estar associado o envio de mensagens de texto (SMS) para um ou mais destinatários. Para cada canal escolhido, o valor atual do mesmo é utilizado na comparação. No caso de canais digitais, serão utilizados os dois valores associados aos estados lógicos. Quando um canal estiver em estado de erro, o valor de erro configurado será utilizado no alarme. O valor do canal a ser utilizado será sempre considerando as informações de ponto decimal e sinal configurado. No caso da ocorrência de mais de um alarme, o Monitor de Temperatura SMS enviará todos os alarmes ativos para os destinatários configurados na ordem do 1 até o último, podendo ser percebido pelo usuário um pequeno atraso no recebimento das mensagens entre os números configurados. O tempo mínimo entre o envio de mensagens da ocorrência de um mesmo alarme é configurável em minutos, de forma a evitar que se recebam muitas mensagens relatando a ocorrência de um alarme cuja condição está marginal, ou seja, onde o canal fica oscilando ao redor do setpoint. Além disso, a mensagem de um alarme não poderá ser reenviada antes que a sua condição deixe de ser satisfeita, ou seja, tem que sair da condição de alarme antes de poder entrar de novo. As condições disponíveis são: Maior ( > ): Condição de alarme satisfeita quando o canal selecionado for maior que o setpoint ou que o outro canal configurado. Menor ( < ): Condição de alarme satisfeita quando o canal selecionado for menor que o setpoint ou que o outro canal configurado. A condição de alarme deve permanecer ao menos 100 ms para garantir que seja detectada. Além disso, deve-se lembrar de que os canais analógicos podem ter um atraso na medição do verdadeiro valor de entrada, dependendo do intervalo entre leituras e do filtro configurado, entre outros. Os canais remotos, por sua vez, dependem diretamente do intervalo de varredura configurado. Assim, esses tipos de canais em particular podem oferecer uma latência adicional na detecção da condição de alarme. Ao inicializar o aparelho, não há informações confiáveis nos canais. No caso dos canais analógicos e dos canais remotos, deve-se esperar que a primeira varredura seja finalizada para que os valores dos canais estejam disponíveis. Dessa forma, os alarmes que utilizem esses tipos de canais podem demorar algum tempo até poderem efetuar a comparação com o setpoint configurado. No caso particular dos canais remotos, dependendo da configuração utilizada, uma varredura completa de todos os canais pode levar muitos segundos ALARMES PRÉ-DEFINIDOS: O Monitor de Temperatura SMS sai de fábrica configurado com cinco alarmes pré-definidos. Estes estão expostos na tabela abaixo. ALARMES CANAL CONDIÇÃO SETPOINT TIPOS DE SMS Alarme 1 Temperatura < SP1 Temperatura Fria Demais! Alarme 2 Temperatura > SP2 Temperatura Quente Demais! Alarme 3 Fonte < 12 Queda de Energia! Alarme 4 Fonte > 0 Energia Restabelecida! Alarme 5 Carga Bateria < 9 Bateria Descarregando! NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

28 EXEMPLOS DE SMS: A Fig. 5 ilustra exemplos de mensagens (SMS) recebidos no telefone celular. Tipos de SMS enviados pelo sistema: Alarme1 = Temperatura Fria Demais! Alarme2 = Temperatura Quente Demais! Alarme3 = Queda Energia! Alarme4 = Energia Restabelecida! Alarme5 = Bateria Descarregando! Fig. 6 - Mensagens (SMS) recebidas pelo Monitor de Temperatura SMS. NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

29 10. GARANTIA As condições de garantia encontram-se em nosso web site NOVUS PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA. - FONES RS: (51) SP: (11) Campinas/SP: (19) PR: (41) /29

Monitor de Temperatura SMS

Monitor de Temperatura SMS MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x A 1. INTRODUÇÃO... 2 2. APLICAÇÕES... 2 2.1 DESEMBALAGEM... 2 3. ESPECIFICAÇÕES... 3 4. CONEXÕES E INSTALAÇÃO... 4 4.1 INSTALAÇÃO MECÂNICA... 4 4.2 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS... 12

Leia mais

AirGate-GPRS MANUAL DE INSTRUÇÕES. V1.0x

AirGate-GPRS MANUAL DE INSTRUÇÕES. V1.0x MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x INTRODUÇÃO... 3 APLICAÇÕES TÍPICAS... 4 ESPECIFICAÇÕES... 7 CONEXÕES E INSTALAÇÃO... 8 INSTALAÇÃO MECÂNICA... 8 DIMENSÕES... 8 ABRINDO O AIRGATE-GPRS... 8 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS...

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

DigiRail-VA. MANUAL DE INSTRUÇÕES - V1.0x B

DigiRail-VA. MANUAL DE INSTRUÇÕES - V1.0x B MANUAL DE INSTRUÇÕES - V1.0x B CARACTERÍSTICAS GERAIS... 2 ESPECIFICAÇÕES... 3 INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO... 4 INSTALAÇÃO MECÂNICA... 4 DIMENSÕES... 4 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E OPERAÇÃO... 4 RECOMENDAÇÕES PARA

Leia mais

O Collector GPRS tem a capacidade de armazenar até 50 descargas de Guardus, possibilitando que estas sejam transferidas para um PC.

O Collector GPRS tem a capacidade de armazenar até 50 descargas de Guardus, possibilitando que estas sejam transferidas para um PC. Introdução O Collector GPRS é um equipamento eletrônico portátil, utilizado para a captura, o armazenamento e a transferência dos dados provenientes dos coletores de dados Guardus G3, G5 e G7. Esta transferência

Leia mais

RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040

RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040 RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040 MANUAL DE INSTRUÇÕES TEL: (51) 3323 3600 FAX: (51) 3323 3644 info@novus.com.br INTRODUÇÃO O é um sensor de temperatura (modelo TEMP) ou temperatura

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Wireless Solutions BROCHURE

Wireless Solutions BROCHURE Wireless Solutions BROCHURE JUNHO 203 info@novus.com.br www.novus.com.br REV0803 Produto beneficiado pela Legislação de Informática. Transmissor de Temperatura e Umidade RHT-Air ISO 900 EMPRESA CERTIFICADA

Leia mais

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 -

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - Índice Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 2 - ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 1.1 ACESSÓRIOS

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

Atualização De Mapas GPS Apontador. 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito.

Atualização De Mapas GPS Apontador. 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito. Atualização De Mapas GPS Apontador 1º Acessar site: www.naviextras.com 2º Selecione o Idioma para Português no seu canto direito. 3º Clique na Opção Registrar 4º Selecione o Dispositivo Apontador e o Modelo

Leia mais

mobile PhoneTools Guia do Usuário

mobile PhoneTools Guia do Usuário mobile PhoneTools Guia do Usuário Conteúdo Requisitos...2 Antes da instalação...3 Instalar mobile PhoneTools...4 Instalação e configuração do telefone celular...5 Registro on-line...7 Desinstalar mobile

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Manual Operacional SAT TS-1000

Manual Operacional SAT TS-1000 Manual Operacional SAT TS-1000 APRESENTAÇÃO O TS-1000 é o equipamento SAT da Tanca destinado a emissão de Cupons Fiscais Eletrônicos. Equipado com o que há de mais moderno em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação TCI 322 Conversor de Interface USB para RS422/RS485 Manual de Instalação O conversor de interface TCI 322 é um dispositivo versátil que permite a partir de uma porta USB do computador ter-se uma interface

Leia mais

Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way. Descartável

Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way. Descartável Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way Descartável Conteúdo: 1 - Apresentação 2 - Características 3 - Instalação do sistema 4 - Funcionamento 5 - Especificações 6 - Certificado de Garantia 7 - Certificado

Leia mais

Manual de Instalação. GPRS Universal

Manual de Instalação. GPRS Universal Manual de Instalação GPRS Universal INTRODUÇÃO O módulo GPRS Universal Pináculo é um conversor de comunicação que se conecta a qualquer painel de alarme monitorado que utilize o protocolo de comunicação

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

Manual de Instalação e Operação RECIP

Manual de Instalação e Operação RECIP Manual de Instalação e Operação RECIP AMNNIPC012.00 05/09 Índice 1. RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES...1 2. DESCRIÇÃO DO PRODUTO...1 3. INSTALAÇÃO...1 4. CONFIGURAÇÃO O RECIP...3 4.1 JANELA PRINCIPAL...3 4.2

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 MANUAL DO USUÁRIO Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000 via conexão USB. Através do ITC 4000 Manager, o usuário

Leia mais

ITCELL SOFTWARE SOFTCELL

ITCELL SOFTWARE SOFTCELL ITCELL SOFTWARE SOFTCELL 2.0 1.Sumário 2.1 Instalação do SoftCell...2 2.2 Instalação do driver de comunicação...7 5.1 Abrindo o Software SoftCell...11 5.2 Acessando a interface...12 5.3 Configuração da

Leia mais

Guia do usuário ITC MANAGER

Guia do usuário ITC MANAGER Guia do usuário ITC MANAGER ITC MANAGER Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000i/ ITC

Leia mais

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem

1. Introdução. 2. Conteúdo da embalagem 1 1. Introdução / 2. Conteúdo da embalagem 1. Introdução O Repetidor WiFi Multilaser é a combinação entre uma conexão com e sem fio. Foi projetado especificamente para pequenas empresas, escritórios e

Leia mais

Guia de instalação para conexão GPRS Windows Vista, Windows Seven e Windows 8. CRC 10, CRC 40, CF 4000 e CF 5002

Guia de instalação para conexão GPRS Windows Vista, Windows Seven e Windows 8. CRC 10, CRC 40, CF 4000 e CF 5002 Guia de instalação para conexão GPRS Windows Vista, Windows Seven e Windows 8 CRC 10, CRC 40, CF 4000 e CF 5002 Atenção: para configurar o aparelho CF4000 e CF5002 como modem GPRS, é necessário adquirir

Leia mais

Câmera CFTV Digital Sem Fio

Câmera CFTV Digital Sem Fio Câmera CFTV Digital Sem Fio Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

Central Discadora Celular. ITCell SEG MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO P P B. Empresa Nacional. Processo Produtivo Básico

Central Discadora Celular. ITCell SEG MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO P P B. Empresa Nacional. Processo Produtivo Básico Central Discadora Celular ITCell MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO P P B Processo Produtivo Básico Empresa Nacional 01. INTRODUÇÃO 03 02. FUNCIONAMENTO 03 2.1. SINAIS SONOROS 03 2.2. ESQUEMA DE CONEXÃO 04

Leia mais

Guia de utilização do software. universal GPRS M-300.

Guia de utilização do software. universal GPRS M-300. Guia de utilização do software Programador do módulo universal GPRS M-300. JFL Equipamentos Eletrônicos Ind. e Com. Ltda. Rua: João Mota, 471 - Bairro: Jardim das Palmeiras Santa Rita do Sapucaí - MG CEP:

Leia mais

Figura 1: Interface 3G Identech

Figura 1: Interface 3G Identech Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 INSTALAÇÃO NO WINDOWS XP...5 3 INSTALAÇÃO NO WINDOWS VISTA...12 4 INSTALAÇÃO NO WINDOWS 7...18 5 CADASTRANDO OPERADORA...25 6 CONECTANDO NA INTERNET...27 7 SERVIÇO DE SMS...29

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.4.1 26 de agosto de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Manual do aplicativo Conexão ao telefone

Manual do aplicativo Conexão ao telefone Manual do aplicativo Conexão ao telefone Copyright 2003 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. O logotipo da Palm e HotSync são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo da HotSync e Palm são marcas

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS GPRS STUDIO V3.03 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO 3i Soluções Ind. Com. de Equip. Eletrônicos e Serviços em Materiais Elétricos Ltda. Rua Marcilio Dias, 65 Lapa CEP 05077-120 São Paulo - SP Brasil

Leia mais

TCI 7200-U USB-PPI Cable

TCI 7200-U USB-PPI Cable TCI 7200-U USB-PPI Cable Cabo de Programação USB S7-200 Manual de Instalação O cabo de programação TCI 7200-U USB-PPI Cable foi projetada para atender a necessidade de conectar a uma porta USB do computador

Leia mais

1. Apresentação. Fig. 1 - Rastreador Portátil OnixMiniSpy. Led indicativo de Sinal GSM/GPRS e GPS. LED indicativo de recarga de bateria

1. Apresentação. Fig. 1 - Rastreador Portátil OnixMiniSpy. Led indicativo de Sinal GSM/GPRS e GPS. LED indicativo de recarga de bateria 1. Apresentação O OnixMiniSpy é um rastreador portátil que utiliza a tecnologia de comunicação de dados GPRS (mesma tecnologia de telefone celular) para conectar-se com a central de rastreamento e efetuar

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR PARA ACESSAR O SISTEMA PJE-JT

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR PARA ACESSAR O SISTEMA PJE-JT PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL DE CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR PARA ACESSAR O SISTEMA PJE-JT Sumário 1.Pré-requisitos...2

Leia mais

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0 GPRS Universal Manual do Instalador C209994 - Rev 0 » Introdução: Antes da instalação deste produto, recomendamos a leitura deste manual, que contém todas as informações necessárias para a correta instalação

Leia mais

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados Solução Completa em Automação FieldLogger Registro e Aquisição de Dados Ethernet & USB Até 16GB de memória Conversor A/D 24 bits Até 1000 amostras por segundo Apresentação FieldLogger O FieldLogger é um

Leia mais

Este manual contém instruções para instalação do servidor de Porta Paralela - LPT FX LPT PRT SERV (F7518e)

Este manual contém instruções para instalação do servidor de Porta Paralela - LPT FX LPT PRT SERV (F7518e) Este manual contém instruções para instalação do servidor de Porta Paralela - LPT FX LPT PRT SERV (F7518e) Manual do Usuário Ver. 1.00 Todos os nomes e marcas registradas pertencem a seus respectivos proprietários

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes da instalação Motorola Phone Tools... 3 Instalar Motorola Phone Tools... 4 Instalação e configuração do dispositivo móvel... 5

Leia mais

TCI S5-USB. Cabo de Programação STEP5 - USB. Manual de Instalação

TCI S5-USB. Cabo de Programação STEP5 - USB. Manual de Instalação TCI S5-USB Cabo de Programação STEP5 - USB Manual de Instalação O cabo de programação TCI S5-USB foi projetado para atender a necessidade de conectar a uma porta USB do computador a família de PLC s Siemens

Leia mais

RICS. Remote Integrated Control System Release 2.76. Apresentação do Produto

RICS. Remote Integrated Control System Release 2.76. Apresentação do Produto RICS Remote Integrated Control System Release 2.76 Apresentação do Produto Índice Informações Principais Instalação do RICS Configuração do RICS Introdução Capítulo I Requisitos dos Instrumentos Requisitos

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

SUMÁRIO PlugSec Guardian ST100 PlugSec Guardian ST100

SUMÁRIO PlugSec Guardian ST100 PlugSec Guardian ST100 SUMÁRIO 1. Introdução 3 2. Para sua Segurança 3 3. Conteúdo da Embalagem 3 4. Funcionamento Básico 4 5. Compatibilidade 4 6. Modelos 4 7. Conhecendo o PlugSec Guardian ST100 5 8. Instalando Passo a Passo

Leia mais

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR

Temporizador NT240. TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SAÍDAS DO TEMPORIZADOR TEMPORIZADOR PROGRAMÁVEL - MANUAL DE INSTRUÇÕES V2.0x A INTRODUÇÃO O temporizador programável tem como função básica monitorar o tempo e acionar sua saída de acordo com programação previamente realizada

Leia mais

1. Conhecendo o Pligg

1. Conhecendo o Pligg MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Conhecendo o Pligg....................................................... 1 2. Como instalar o Pligg...................................................... 2 3. Como ativar

Leia mais

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos

Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Tutorial para acesso ao Peticionamento Eletrônico e Visualização de Processos Eletrônicos Este tutorial visa preparar o computador com os softwares necessários para a utilização dos sistemas de visualização

Leia mais

Sagômetro Digital. Manual de Instalação e Operação

Sagômetro Digital. Manual de Instalação e Operação Manual de Instalação e Operação MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO APRESENTAÇÃO: Esse instrumento foi especialmente desenvolvido para realizar medições de Ságitas em Blocos Oftálmicos onde através de software

Leia mais

Guia de instalação para conexão GPRS Windows XP. CRC 10, CRC 40, CF 4000 e CF 5002

Guia de instalação para conexão GPRS Windows XP. CRC 10, CRC 40, CF 4000 e CF 5002 Guia de instalação para conexão GPRS Windows XP CRC 10, CRC 40, CF 4000 e CF 5002 Atenção: para configurar o aparelho CF4000 e CF5002 como modem GPRS, é necessário adquirir o acessório KIT AC401 (vendido

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.2.2 18 de fevereiro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 3 DESEMBALAGEM... 3 ESPECIFICAÇÕES... 4 CONEXÕES... 5 OPERAÇÃO... 7 LIGANDO O MEDIDOR... 8 REALIZANDO AS PRIMEIRAS MEDIDAS... 8 FUNÇÕES ESPECIAIS... 8 CONFIGURAÇÃO... 10 CICLO DE

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

Dedicado. V 3.20 Jul09 r2.00

Dedicado. V 3.20 Jul09 r2.00 Dedicado V 3.20 Jul09 r2.00 Índice Apresentação...2 Instalação...2 Esquema de Ligação...3 Operação...4 Terminal...5 Funções de Programação...6 [007 a 011] Programação da Entrada (Setor Interno)...6 Função

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO TOOLBOX.

GUIA DE INSTALAÇÃO TOOLBOX. GUIA DE INSTALAÇÃO TOOLBOX. Como instalar a ferramenta Naviextras Toolbox? Antes de baixar o instalador da página de Downloads, por favor, verifique se seu computador se encaixa nos requisitos mínimos

Leia mais

Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD

Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD Transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-LCD TRANSMISSOR DE TEMPERATURA E UMIDADE MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x B 1 INTRODUÇÃO Os transmissores RHT-WM-485-LCD, RHT-DM-485-LCD e RHT-P10-485-

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta

Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta Esse documento descreve os passos necessários para a correta instalação e configuração inicial do software Mesa Virtual 2.0 funcionando com uma central PABX Impacta.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. V1.5x. www.fieldlogger.com.br

MANUAL DE INSTRUÇÕES. V1.5x. www.fieldlogger.com.br www.fieldlogger.com.br MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.5x INTRODUÇÃO... 3 CONEXÕES E INSTALAÇÃO... 4 INSTALAÇÃO MECÂNICA... 4 RETIRANDO E INSTALANDO A TAMPA FRONTAL... 8 RETIRANDO E INSTALANDO A IHM... 9 INSTALAÇÕES

Leia mais

Manual de Instalação. BC-2C Módulo GPRS

Manual de Instalação. BC-2C Módulo GPRS Manual de Instalação BC-2C Módulo GPRS INTRODUÇÃO O BC-2C Módulo GPRS Pináculo é um conversor de comunicação que se conecta a qualquer painel de alarme monitorado que utilize o protocolo de comunicação

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

SCD 912. Dispositivo de comunicação e armazenamento. Apresentação. Dados Técnicos. Conexões

SCD 912. Dispositivo de comunicação e armazenamento. Apresentação. Dados Técnicos. Conexões Conv. USB-Serial Baudrate, stop bit e nro de dados programável. Baudrate de 1200 a 38400 bauds. Emula porta COM virtual. Led de indicação de operação como conversor USB-serial. Não possui linhas de controle

Leia mais

Central de alarme Ventura GSM

Central de alarme Ventura GSM Central de alarme Ventura GSM Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação:... 3 2 Características:... 3 3 Características de funcionamento... 3 4- Apresentação da Central... 4 4.1 Parte externa... 4 4.2 Parte

Leia mais

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040

RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040 RUA ÁLVARO CHAVES, 155 PORTO ALEGRE RS BRASIL 90220-040 TEL: (51) 3323 3600 FAX: (51) 3323 3644 info@novus.com.br mypclab MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUÇÃO O mypclab é um módulo de aquisição de variáveis

Leia mais

GerSAT Manual de Usuário

GerSAT Manual de Usuário GerSAT Manual de Usuário Manual do Usuário Ver. 1.1 Junho 2015 Informações importantes Antes de utilizar o equipamento, pedimos para que leia e siga todas as instruções descritas neste manual, pois a utilização

Leia mais

Instalando Sua Multifuncional Wi-Fi

Instalando Sua Multifuncional Wi-Fi Instalando Sua Multifuncional Wi-Fi PIXMA MG2910 MANUAL COMPLETO Windows OS 1 Instalando Sua Multifuncional Wi-Fi PIXMA MG2910 Windows OS Preparando para conectar sua Multifuncional na rede Wi-Fi 3 Instalando

Leia mais

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeSign Standard 3.0.77. (Para MAC OS 10.7) SafeSign Standard 3.0.77 (Para MAC OS 10.7) 2/23 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Hardware Homologado... 4 5 Instruções de Instalação... 5

Leia mais

Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1

Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1 Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1 O Windows 8.1 foi concebido para ser uma atualização para o sistema operacional Windows 8. O processo de atualização mantém configurações

Leia mais

Manual do usuário. ITC 4100 Tools

Manual do usuário. ITC 4100 Tools Manual do usuário ITC 4100 Tools ITC 4100 Tools Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este aplicativo deve ser utilizado em plataforma Windows e comunica-se

Leia mais

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 Recomendações Iniciais SOFTWARE HCS 2005 - VERSÃO 4.2 (Compatível com Guarita Vr4.03 e Vr4.04) Para

Leia mais

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema.

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema. O que é o projeto O PROINFODATA - programa de coleta de dados do projeto ProInfo/MEC de inclusão digital nas escolas públicas brasileiras tem como objetivo acompanhar o estado de funcionamento dos laboratórios

Leia mais

Manual QuotServ Todos os direitos reservados 2006/2007

Manual QuotServ Todos os direitos reservados 2006/2007 Todos os direitos reservados 2006/2007 Índice 1. Descrição 3 2. Instalação 3 3. Configurações 4 4. Usando arquivo texto delimitado 5 5. Usando arquivo texto com posições fixas 7 6. Usando uma conexão MySQL

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário Shop Control 8 Pocket Guia do usuário Abril / 2007 1 Pocket O módulo Pocket permite fazer vendas dos produtos diretamente em handhelds Pocket PC, pelos vendedores externos da empresa. Os cadastros (clientes,

Leia mais

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update Usuários do Windows 7: Tente usar o utilitário de diagnóstico gratuito da HP para ajudá-lo a encontrar o melhor driver! IMPORTANTE: Você deve seguir estas soluções na ordem que são apresentadas para resolver

Leia mais

Software RedeMB5 Manual do Usuário (Ver. 2)

Software RedeMB5 Manual do Usuário (Ver. 2) Manual do Usuário (Ver. 2) 1. Introdução O software RedeMB5 é uma ferramenta que permite monitorar em tempo real 247 medidores de energia ou multitransdutores digitais KRON em uma rede padrão RS-485 com

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7)

Manual de Instalação. SafeNet Authentication Client 8.2 SP1. (Para MAC OS 10.7) SafeNet Authentication Client 8.2 SP1 (Para MAC OS 10.7) 2/28 Sumário 1 Introdução... 3 2 Pré-Requisitos Para Instalação... 3 3 Ambientes Homologados... 4 4 Tokens Homologados... 4 5 Instruções de Instalação...

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0

Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 Manual do Teclado de Satisfação Local Versão 1.6.0 09 de novembro de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação é uma

Leia mais

Atenção! Não está autorizada a reprodução deste material. Direitos reservados a Multilaser.

Atenção! Não está autorizada a reprodução deste material. Direitos reservados a Multilaser. 1 INTRODUÇÃO O Multisync é um programa de recuperação de sistema e atualização de dispositivos, utilizado quando aparelho apresenta lentidão, não liga, travado na inicialização, atualização de mapas, entro

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Versão 1.5 Histórico de revisões Revisão Data Descrição da alteração 1.0 18/09/2015 Criação deste manual 1.1 22/09/2015 Incluído novas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE MENSAGENS DO PAINEL ELETRÔNICO G7

PROGRAMAÇÃO DE MENSAGENS DO PAINEL ELETRÔNICO G7 DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA BOLETIM TÉCNICO INFORMATIVO Nº32 Data Criação: 08/11/10 Data Atualização: 04/05/11 Edição:02 Pág:11 CIRCULAR INFORMAÇÃO PARA: Uso exclusivo de Representantes Representantes,

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

AirGate-Modbus MANUAL DE INSTRUÇÕES. V1.1x INTRODUÇÃO

AirGate-Modbus MANUAL DE INSTRUÇÕES. V1.1x INTRODUÇÃO AirGate-Modbus MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.1x INTRODUÇÃO... 1 ESPECIFICAÇÕES... 2 CONEXÃO E INSTALAÇÃO... 3 OPERAÇÃO... 4 MODOS DE OPERAÇÃO... 5 UTILIZANDO OS MODOS DE OPERAÇÃO... 6 APLICAÇÃO COM LONGO ALCANCE...

Leia mais

MÓDULO UNIVERSAL GPRS GVU10

MÓDULO UNIVERSAL GPRS GVU10 1 Apresentação. MÓDULO UNIVERSAL GPRS GVU10 1.1 Características. - Compatível com todos os softwares de monitoramento do mercado; - Programação simplificada inteiramente por USB via pendrive; - Comunica

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

ARDUINO UNO Guia de Instalação

ARDUINO UNO Guia de Instalação ARDUINO UNO Guia de Instalação Heco Mecatrônica Ltda. e-mail: vendas@hecomecatronica.com.br Visite nosso site: www.hecomecatronica.com.br Loja Virtual: shop.hecomecatronica.com.br Guia de Instalação -

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora?

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? O que será abordado neste SKT: STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? Verificando o papel. Verificando se o ECF está inicializado, caso não esteja como proceder.

Leia mais