Uma bibliografia sobre formação de professores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma bibliografia sobre formação de professores"

Transcrição

1 Uma bibliografia sobre formação de professores - ABRAMOWICZ, A., WAJSKOP, G (1995) Creches. Actividades para crianças de zero a seis anos, S. Paulo: Ed. Moderna - ABRANTES, P.; SERRAZINA, L.; OLIVEIRA, I (1999) A Matemática na Educação Básica, Lisboa: ME/DEB - AFONSO, A. J (1998) Políticas Educativas e avaliação educacional, Braga: Univ. Minho - AINSCOW, M (1996) Necessidades especiais na sala de aula, Lisboa: IIE/UNESCO - ALARCÃO, I. (1996) Formação reflexiva de professores. Estratégias de supervisão, Porto: Porto Editora - ALARCÃO, I. (org.) (2000). Escola Reflexiva e Supervisão Uma escola em desenvolvimento e aprendizagem. Porto: Porto Editora. - ALARCÃO, I.; TAVARES, J. (1985) Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem, Coimbra, Ed. Almedina - ALBARELLO, L e all (1997) Práticas e métodos de Investigação em ciências sociais, Lisboa: Ed. Gradiva - ALMEIDA, L.; TAVARES, J. (org.). (1998) Conhecer, aprender, avaliar. Porto: Porto Editora ALONSO, L. et. Al. (1994). A construção do currículo na escola: Uma proposta de desenvolvimento curricular para o 1º ciclo do ensino básico. Porto: Porto Editora - ALONSO, L.; ROLDÃO, Mª C (Coord.) (2005) Ser Professor do 1º Ciclo: Construindo a Profissão, Coimbra: Ed. Almedina - ANGOTTI, M.(1994) O trabalho docente na pré-escola. Revisitando teorias, descortinando práticas, S. Paulo, Ed. Pioneira - ARIÈS, P.(1988) A criança e a vida familiar no Antigo Regime, Lisboa: Relógio d Água - ARRIBAS, T.L. e all. (2004) Educação Infantil. Desenvolvimento, currículo e organização escolar, Porto Alegre: ArtMed - AVANZINI, G (1978) A Pedagogia do séc. XX, 2 Vol., Lisboa: Ed. Moraes - BADINTER, E. (1985), O amor incerto - história do amor maternal do século VII ao século XX, Lisboa: Ed. Relógio d'água - BAIRRÃO, J. (1990) «Educação pré-escolar em zonas desfavorecidas», Encontro sobre Educação Pré-Escolar, Lisboa: Ed. F.C. Gulbenkian - BAIRRÃO, J.; BARBOSA, M.ª ; BORGES, I. CRUZ, O.; MACEDO- PINTO, I. (1990) Perfil nacional dos cuidados prestados às crianças com idade inferior a seis anos, Lisboa: Ed. Gulbenkian - BANET, J; SARAZANAS, R (1972) A criança e os brinquedos, Lisboa: Ed. Estampa - BARRAL, W. (Org.) (1990) Enfant de droit. La révolution des petits pas, Paris: Lierre & Coudrier/Association La Harpe -Enfant de Droit - BARROS, Mª G.; PALHARES, P. (1997) Emergência da Matemática no Jardim-de-Infância, Porto: Porto Ed. 1

2 - BARROSO, J.; CANÁRIO, R. (1999) Centros de Formação das Associações de Escolas. Das expectativas às realidades, Lisboa: IIE - BASSEDAS, E:; HUGUET, T; SOLÈ, I (1999) Aprender e ensinar na educação infantil, Porto Alegre: Artmed - BECCHI, E. JULIA, D. (Org.) (1996) Histoire de l enfance en Occident. De l Antiquité au XVII éme Siècle, 2Vol., Paris: Ed. Seuil - BENAVENTE, A. (1990) Escola, professores e processos de mudança, Lisboa: L. Horizonte - BERRYMAN, J. C.; HARGREAVES, D.; HERBERT, M.; TAYLOR, A ( 2002) A psicologia do desenvolvimento humano, Lisboa: Ed. Piaget - BERTRAND, Y ( 1991) Teorias contemporâneas da educação, Lisboa: Ed. Piaget - BERTRAND, Y.; VALOIS, P. ( 1994) Paradigmas educacionais. Escola e sociedades, Lisboa: Ed. Piaget BIGGE, M. L. (1977). Teorias da aprendizagem para professores. São Paulo:E.P.U./E.D.U.S.P. - BOURDIEU, P. ; PASSERON, J.-C. (1970) A Reprodução. Elementos para uma teoria do sistema de ensino, Lisboa: Ed. Vega - BRANDÃO, M. (1999) Modos de ser professor, Lisboa: Educa - BRAZELTON, T.B.(1988) Dar atenção à criança, Lisboa, Terramar - BRAZELTON, T.B.(1995) O grande livro da criança.o desenvovimento emocional e do comportamento durante os primeiros anos, Lisboa, Ed. Presença - BRAZELTON, T.B.; CRAMER, B.G.(1989) A relação mais precoce, Lisboa: Terramar - BRAZELTON, T.B.; GREENSPAN, S.I. (2002) A criança e o seu mundo. Requisitos essenciais para o crescimento e aprendizagem, Lisboa, Ed. Presença - BRICKMAN, N.; LYNN, S.T. (1996) Aprendizagem activa, Lisboa: F.C. Gulbenkian - BRITO, C. (1991). Gestão escolar participada. Lisboa: Texto Editora - CAETANO, A. P ( 2004) A complexidade dos processos de formação e a mudança dos professores. Um estudo comparativo entre situações de formação pela investigação-acção, Porto: Porto Ed. - CAMPOS, B.P. (1995) Formação de professores em Portugal, Lisboa: IIE - CAMPOS, B. P. (2002) Políticas de Formação de Profissionais de ensino em Escolas Autónomas, S.ta Mª da Feira: Ed. Afrontamento - CAMPOS, B. P. (2003) Quem pode ensinar. Garantia da qualidade das habilitações para a docência, Porto: Porto Ed. - CANÁRIO, R. (1992) (org) Inovação e Projecto Educativo de Escola. Lisboa: Educa. - CANÁRIO, R. (Org.) (1997) Formação e situações de trabalho, Porto: Porto Ed. 2

3 - CANÁRIO, R.( 2005) O que é a Escola? Um olhar sociológico, Porto: Porto Ed. - CARDONA, Mª J. (1997) Para a história da educação de infância em Portugal. O discurso oficial( ), Porto: Porto Ed. - CARDONA, Mª J. (2006) Educação de Infância. Formação e desenvolvimento profissional, Chamusca: Ed. Cosmos - CARDOSO, C. M. (2005) Educação Multicultural. Percursos para práticas reflexivas, Lisboa: Texto Ed. - CARIA, T. H. (2000) A cultura profissional dos professores, Lisboa: F.C. Gulbenkian - CASTRO, L.B.; RICARDO, M.M. (1993). Gerir o Trabalho de Projecto. Lisboa: Texto Editora. - CAUTERMAN, M. ; D LY, L. ; SUFFYS, S. ; SULLEROT, N. (1999) La formation continue des enseignants est-elle utile?, Paris :PUF - CAVACO, M.ª H. (1993) Ser professor em Portugal, Lisboa: Ed. Teorema - COHEN, S. (1995). De la créche à l école. Paris: Nathan. - COMISSÃO EUROPEIA (1995) Ensinar e aprender. Rumo à sociedade cognitiva, Bruxelas: Comissão Europeia - COMISSÃO EUROPEIA (1995a) A importância da educação préescolar na União Europeia. Ponto da situação, Bruxelas, Luxemburgo : Comissão Europeia - CORREIA, L. M (1997) Alunos com necessidades educativas especiais nas classes regulares, Porto: Porto Ed. - COSTA, J. A. (1992) Gestão escolar. Participação. Autonomia. Projecto Educativo da Escola, Lisboa: Texto Editora - CRESAS (1985). Ouvertures: l'école, la crèche, les familles. Paris: L'Harmattan / INRP. - CRESAS (1991). Accueillir à la crèche, à l'école. Il ne suffit pas d'ouvrir la porte!. Paris: L'Harmattan / INRP - CHATEAU, J. (org.) (1956) Os grandes pedagogos, Lisboa, Ed. Livros do Brasil - CHRISTENSEN, P.; JAMES, A (2005) Investigação com crianças. Perspectivas e Práticas, Porto: ESE P. Frassinetti - DAHLBERG, G ; MOSS, P. e PENCE, A (2003), Qualidade na educação da primeira infância. Perspectivas pós-modernas, Porto Alegre : Artmed - DAJEZ, F. (1994) Les origines de l école maternelle, Paris : PUF - DANY, E. e all (1990). L école maternelle premiére école. Paris: Armand Colin. - DOMINGO, J. C. ( 2003) A autonomia da classe docente, Porto : Porto Ed. - DUBAR, C. (1991), La Socialisation, Construction des identités sociales et professionnelles, Paris: Armand Colin - DURIF, D. (1989). Concevoir sa classe, une aide aux apprentissages. Paris: Armand Colin. 3

4 - ESTEVE, J. M. (1991) O mal-estar docente, Lisboa: Escher/Fim de Século Ed. Lda - ESTEVES, L M (1997) Da teoria à Prática: Educação Ambiental com as crianças pequenas. O fio da história, Porto: Porto Ed. - ESTRELA, A. (1986). Teoria e prática de observação de classes. Lisboa. INIC. - ESTRELA, A. (Org.) (1990) Formação de professores por competências-projecto FOCO. Uma experiência de Formação Contínua, Lisboa: F.C. Gulbenkian, p ESTRELA, Mª.T. (1997) (Org.) Viver e construir a profissão docente, Porto: Porto Ed. - ESTRELA, Mª.T. (2002) Relação pedagógica, disciplina e indisciplina na aula, Porto: Porto Ed. - EURYDICE (1994) A educação pré-escolar e o ensino primário na União Europeia, Bruxelas: Eurydice - FABRE, M. (1994) Penser la formation, Paris : PUF - FÈLIX, N. (1998) A História na Educação Básica, Lisboa: ME/DEB - FERNANDES, M.R (2000) Mudança e Inovação na Pós- Modernidade. Perspectivas curriculares, Porto: Porto Ed. - FERREIRA, M (1989) O fio da meada, Porto: Ed. ASA - FERREIRA, M L (2004) A gente gosta é de brincar com os outros meninos. Relações sociais entre crianças num Jardim de Infância, Porto: Editora Afrontamento - FERREIRO, E; PALACIO, M.G. (2003), Os processos de leitura e escrita. Novas perspectivas, Porto Alegre: ArtMed - FERRY, G. (1983) Le Trajet de la Formation. Les enseignants entre la théorie et la pratique, Paris: Dunod - FINGER, M.; JOSSO, C. (Org.) (1985) Pratiques du récit de vie et théories de la formation, Cahier 44, Genève : FPSE/Université de Genève, p Fonseca, A. (1990). Guia dos direitos da criança. Lisboa: Ed. IAC. - FORMOSINHO, J. (1998) O ensino primário. De ciclo único do ensino básico a ciclo intermédio de educação básica, Cadernos PEPT 2000, 21, Lisboa: ME - FORMOSINHO, J. (org.) (1996) Modelos curriculares para a Educação de Infância, Porto, Porto Ed. - FREINET (1973) As técnicas Freinet na escola moderna, Lisboa, Ed. Estampa - FREIRE, P ( 1970) Pedagogia do oprimido, S. Paulo: Ed. Paz e Terra - GADOTTI, M (2000) Perspectivas actuais da educação, S. Paulo: Ed. Artmed - GARCIA, C. M. (1999) Formação de Professores. Para uma mudança educativa, Porto: Porto Ed. - GASPAR, F. (2004) Projecto Mais-Pais. Factores socioculturais e Interpessoais do Desenvolvimento numérico d crianças em idade pré-escolar: O nome dos números e o envolvimento dos pais, Lisboa: FCT/FCG 4

5 - GAYET, D. (1995) Modèles Éducatifs & Relations Pédagogiques, Paris : Armand Colin - GEP (1986) Sistemas de formação de Professores. Contributo para a sua análise, Lisboa: GEP, p GIDDENS, A. (1998) Consequências da modernidade, Lisboa: Ed. CELTA - GOMES, J. F. (1986) A educação infantil em Portugal, Coimbra: Ed. INIC - GOTTMAN, J.; DeClaire, J. (1999) A inteligência emocional na educação, Lisboa: Ed. Pergaminho - GRÁCIO, R. (org) (1988) Integração de serviços para a infância. Metodologia de projectos(seminário. Sesimbra, Dezembro/1986), Lisboa: F.C.Gulbenkian/F. Agakhan - GRÁCIO, S; STOER, S. (Org) (1982) Sociologia da educação II, Lisboa: L. Horizonte, p GRAUE, M. E.; WALSH, D. J. (2002) Investigação etnográfica com crianças: teorias, métodos e ética, Lisboa: Ed. F. C. Gulbenkian - GUILBERT, M. (1992). L évaluation en maternelle. Paris: Bordas - HAMIDO, G.; Luís, H.; ROLDÃO, Mª C.; MARQUES, R. (Org.)(2006) Transversalidade em educação e saúde, Porto: CIDINE/Porto Ed. - HARGREAVES, A. (1998) Os professores em tempos de mudança. O trabalho e a cultura na idade pós-moderna, Lisboa: McGrawHill - HARLAN, J. D.; RIVKIN, M.S (2002) Ciências na educação Infantil. Uma abordagem integrada, Porto Alegre: Artmed - HOHMANN, M.; BANET, B.; WEIKART, D.P. (1984) A criança em acção. Lisboa: F.C. Gulbenkian. - HOHMANN, M.; WEIKART, D.P. (1996) Educar a criança, Lisboa: F.C. Gulbenkian - HOMEM, L F (2002) O jardim de infância e a família. As fronteiras da cooperação, Lisboa: IIE/ME - KAIL, R. V. (2004) A criança, S. Paulo: Ed. PEARSON/Prentice Hall - KAMII, C (1986) A criança e o número, Campinas: Ed. Papirus - KATZ, L.; CHARD, S. (1997). A abordagem de Projecto na Educação de infância. Lisboa: F.C. Gulbenkian - Kincheloe, J. ( 2006) Construtivismo crítico, Mangualde: Ed. Pedago - LACEY, C. (1977) The socialization of the teachers, Londres, Methuen - LANG,V. (1999) La professionnalisation des enseignants, Paris: PUF - LAPIERRE, G. (Ed.) (1996) Qui forme les enseignants en France aujourd hui?, Grenoble : Université Pierre Mendés - LENTIN, L (1984) A criança e a linguagem oral, Lisboa: L. Horizonte - LEZINE, I. (1982) Psicopedagogia da Primeira Infância, Lisboa, ed. D.Quixote - LOUREIRO, C ( 2001) A docência como profissão, Porto: Ed. ASA 5

6 - LOPES, A; SOUSA, C.; PEREIRA, F.; TORMENTA, R.; ROCHA, R ( 2006) Uma revolução na formação inicial de professores, Porto: Profedições - LIMA, L.; ALMERINDO, J. A (2002) Reformas da Educação Pública. Democratização, Modernização, Neoliberalismo, S.ta Mª da Feira: Ed. Afrontamento - LURÇAT, L. (1976) La maternelle: une école différente, Paris : Les Éditions du CERF - LURÇAT, L. (1982). Uma escola pré-primária. Lisboa: Livros Horizonte. - LURÇAT, L. (1995). Tempos cativos: as crianças TV. Lisboa: Edições MACHADO, F. GONÇALVES, M. F. (ed.) (1991) Currículo e desenvolvimento Curricular, Porto: Edições ASA. - MARMOZ, L. (1987) Outils pour les Sciences de l Éducation. Réformes et politiques éducatives. Notions de base, Caen: CERSE - MARQUES, A M; VILAR, D; FORRETA (2002) Os afectos e a sexualidade na educação pré-escolar, Lisboa: Texto Editora - MARQUES, R. (1985) Modelos de ensino para a escola básica, Lisboa: L. Horizonte - MARQUES, R (1986) Ensinar a ler, aprender a ler, Lisboa: Texto Ed. - MARQUES, R. (1988). A Prática Pedagógica no Jardim de Infância. Lisboa: Livros Horizonte. - MARQUES, R. (1989). A escola e os pais: como colaborar? Lisboa: Texto Editora - MARQUES, R ( 2001) História Concisa da Pedagogia, Lisboa: Plátano Ed. - ME/DEB (1997) Legislação, Lisboa: M.E./DEB- NEPE - ME/DEB (1997) Orientações Curriculares para a educação préescolar, Lisboa: M.E./DEB- NEPE - ME/DEB (1998) Qualidade e Projecto na Educação pré-escolar, Lisboa: M.E. /DEB- NEPE - ME/DEB (2000) A educação pré-escolar e os cuidados para a infância em Portugal, Lisboa: ME/DEB - ME/NEPE (1994). Jardim de Infância / Família. Uma abordagem interactiva. Lisboa: Departamento da Educação Básica / M.E. - MENDES, Mª L. S. (2001) Currículo Nacional do Ensino Básico. Competências Essenciais, Lisboa: ME/DEB - MENDONÇA, M (1999) Ensinar e aprender por projectos, Porto: Ed. ASA - MIALARET, G (1976) A aprendizagem da leitura, Lisboa: Ed. Estampa - MIALARET, G. (1981) A formação dos professores, Coimbra: Livraria Almedina - MICHELET, A (1972) Les outils de l'enfance (2 Vol.) Neuchâtel, Ed. Delachaux et Niestlé - MOLLO, S. (1979) A escola na sociedade, Lisboa: Ed. 70 6

7 - MOREIRA, D.; OLIVEIRA, I (2003) Iniciação à Matemática no Jardim de infância, Lisboa: Universidade Aberta - MORGADO, J. (1997). A relação pedagógica. Editorial Presença: Lisboa. - NETO, C F (1995) Motricidade e jogo na infância, Rio de Janeiro: Ed. Sprint - NEVES, M C; MARTINS, M A (1994) Descobrindo a linguagem escrita, Lisboa: Escolar Ed. - NIELSEN, L. B (1999) Necessidades educativas especiais na sala de aula. Um guia para professores, Porto: Porto Ed. - NIZA, S. (Coord.) (1998) Criar o gosto pela escrita. Formação de Professores, Lisboa: ME/DEB - NÓVOA A. (Org.) (1992) As organizações escolares em análise, Lisboa: D. Quixote - NÓVOA, A. (coord.)(1992). Os professores e a sua formação. Lisboa: D. Quixote. - NÓVOA, A. (1987) Le temps des professeurs (2 Vol.), Lisboa: Instituto Nacional de Investigação Cientifica - NÓVOA, A. (1989) Os professores: Quem são? Donde vêm? Para onde vão?, Lisboa: ISEF/UTL - NÓVOA, A. (1997) Histoire & Comparaison (Essais sur l Éducation), Lisboa : Educa - NÓVOA, A. (Org.) (1991) Profissão professor, Porto: Porto Ed. - NÓVOA, A. (Org.) (1992) Os professores e a sua formação, Lisboa: D. Quixote - NÓVOA, A. (Org.) (1992) Vidas de professores, Porto: Porto Editora, p NÓVOA, A.(Org.) (1992) As organizações escolares em análise, Lisboa: D. Quixote, p NÓVOA, A.; FINGER, M. (Org.) (1988) O método (auto)biográfico e a formação, Lisboa: Ministério da Saúde/ DRH - OCDE (2000) A educação pré-escolar e os cuidados para a infância em Portugal. Estudo temático da OCDE, ME/DEB (Org.) A educação pré-escolar e os cuidados para a infância em Portugal, Lisboa: ME/DEB, p OLIVEIRA FORMOSINHO, J. (org.) (1996). Educação Pré-escolar. A construção social da moralidade. Lisboa: Texto Editora. - OLIVEIRA FORMOSINHO, J. (org.) (1996). Modelos curriculares para a Educação de Infância. Porto: Porto Editora. - OLIVEIRA, Mª D. R (2005) Consumidores de Palmo e meio. A criança e a Família Perante o Consumo, Vila Nova Famalicão: Ed. Magnólia - OLIVEIRA, Z. (org.) (1994). Educação infantil: muitos olhares. S. Paulo: Cortez Ed. - OLIVEIRA, Z. et al. (1999). Creches: crianças, faz de conta & Cia. Petrópolis: Ed. Vozes. - OLIVEIRA-FORMOSINHO, J (Org.) (1996) Educação Pré-escolar. A construção social da moralidade, Lisboa, Texto Ed. 7

8 - ONOFRE, P (2004) A criança e a sua Psicomotricidade Uma pedagogia livre e aberta em intervenção motora educacional, Lisboa: Ed. Trilhos - PACHECO, J. A. (1995) Formação de Professores. Teoria e Praxis, Braga: Instituto de Educação e Psicologia/Universidade do Minho - PACHECO, J. A (org.) (2000) Políticas Educativas. O neoliberalismo em educação, Porto: Porto Ed. - PACHECO, J. A (2005) Estudos curriculares. Para a compreensão crítica da educação, Porto: Porto Ed. PACHECO, J. (2000). Políticas de integração curricular. Porto: Porto Editora. POPHAM, W. J., e BAKER, E. (1976). Como estabelecer metas de ensino.porto Alegre: Globo. - PEREIRA, S.J.G. (1999) A televisão na familia. Processos de mediação com crianças em idade pré-escolar, Braga: Universidade do Minho - PERRENOUD, P. (1993) Práticas pedagógicas, profissão docente e formação. Perspectivas sociológicas, Lisboa: D. Quixote - PERRENOUD, P. H. (2000). Dez novas competências para ensinar. Editora Artes Médicas Sul: Porto Alegre, Brasil. - PLAISANCE, E. (1986), L'enfant, la maternelle, la société, Paris: Puf - POIRIER, J.; CLAPIER-VALLADON, S.; RAYBAUT, P. (1983) Les Récits de vie: théorie et pratique, Paris: PUF POPHAM, W. J., e BAKER, E. (1976). Como estabelecer metas de ensino. Porto Alegre: Globo. - PORTUGAL, G. (1998) Crianças, famílias e creches uma abordagem ecológica da adaptação do bebé à creche, Col.CIDINE. Porto Ed. - POST, J.; HOHMANN, M. (2003) Educação de bebés em infantários. Cuidados e primeiras Aprendizagens, Lisboa, Ed. Fundação Calouste Gulbenkian. - POURTOIS, J.-P.; DESMET, H. (1988) Épistémologie et instrumentation en sciences humaines, Liege-Bruxelles : Pierre Mardaga Ed. - PREEDy, M ; GLATTER, R. ; LEVACIC, R (2006), Gestão em educação. Estratégia, qualidade e recursos, S. Paulo: Artmed - PRINGLE,M. K. (1983) A criança, Lisboa, Ed. do Instituto de Estudos e Acção Familiar. - PROCEPE (2000) Um estudo sobre a educação de infância no distrito de Santarém, Santarém: ESES, F.C. Gulbenkian - PROJECTO COEDUCAÇÃO/ESE DE SANTARÉM (1999) A narrativa na Promoção da igualdade de género. Contributos para a educação pré-escolar, Lisboa: CIDM - QUIVY, R (1992) Manual de investigação em ciências sociais, Lisboa: Ed. Gradiva - RAMOS, J. D. (1940) A criança em Portugal antes da escola primária, Lisboa: L. Bertrand 8

9 - RAYNA, S.; DAJEZ, F. (Coord.) (1996) Formation, Petite Enfance et Partenariat, Paris : INRP/L Harmattan - REBOUL, O. (1984) Le langage de l'éducation, Paris: PUF - REBOUL, O ( 2000) A filosofia da educação, Lisboa: Ed RELVAS, A. P (1996) O ciclo vital da família. Perspectiva sistémica, S.ta Mª da feira: Ed. Afrontamento - RIGOLET, S (2006) Organizar e gerir reuniões de pais. Como criar parcerias no jardim de infância, Porto: Porto Ed. - RODRIGUES, Mª L. (1997) Sociologia das profissões, Oeiras, Celta - ROLDÃO, M.ª C.; COSTA, F.; REIS, P.; CAMACHO, G.; LUÍS, H.; DUARTE, G. (2000) Avaliação do Impacto da Formação. Centros de Formação da Lezíria e Médio Tejo Santarém : Ed. Colibri/ESE Santarém - ROLDÃO, M.C. (2003). Gestão do curriculo e Avaliação de Competências as questões dos professores.. Lisboa: Editorial Presença. - ROLDÃO, Mª C (1995) O estudo do Meio no 1º ciclo. Fundamentos e estratégias, Lisboa, Texto Editora - ROLDÃO, Mª C. (1997) Gestão Curricular. Fundamentos e Práticas, Lisboa: ME/DEB - ROSA, N. S. R (1989) Educação musical para a pré-escola, S.Paulo: Ed. Ática - ROSALES, C. (1992) Avaliar é reflectir sobre o ensino, Porto: Ed. ASA - SÁ-CHAVES, I. (Org.) (1997) Percursos de formação e desenvolvimento profissional, Porto: Porto Editora - SACRISTAN, J. G. (2000) A educação obrigatória. O seu sentido educativo e social, Porto: Porto Ed. - SÁINZ, Mª C; ARGOS, J (1998) Educación infantil contenidos, procesos y experiencias, Madrid: Narcea Ed. - SANTOMÉ, J. T. ( 1995) O currículo oculto, Porto: Porto Ed. - SANTOMÉ, J. T. (1998) Globalização e Interdisciplinariedade. O currículo integrado, Porto Alegre: artes Médicas - SANTOMÉ, J. T. (2001) A dinâmica dos conflitos ideológicos e culturais na fundamentação do currículo, Porto: Ed. ASA - SANTOS, J. (1983). Ensaios sobre Educação I. Lisboa: L. Horizonte. - SANTOS, J. (1983). Ensaios sobre Educação II. Lisboa: L. Horizonte. - SARMENTO, M. J.; CERISARA, A.B. (Org.) (2003) Crianças e Miúdos. Perspectivas sociopedagógicas da infância e educação, Porto: Ed. ASA - SCHÖN, D. A. (1992) La formación de profesionales reflexivos. Hacia un nuevo diseno de la ensenanza y el aprendizage en las profesiones, Barcelona: Ed. Paidós - SEGALEN, M (1999) Sociologia da família, Lisboa: Ed. Terramar 9

10 - SEIXAS, P.C. (1997) A carreira dos professores. Constrangimentos, oportunidades e estratégias, Porto: Ed. Universidade Fernando Pessoa - SERRA, C (2005) Currículo na educação pré-escolar e articulação curricular com o 1ºciclo do ensino básico, Porto: Porto Ed. - SHORES, E; GRACE, C (s/d) Manual do portfolio. Um guia passo a passo para o professor, Porto Alegre: Artmed - SHORTER, E. (1995) A formação da família moderna, Lisboa: Ed. Terramar - SILVA, A. J. A. ( 2002) Pedagogia crítica e contra-educação, Lisboa: Quarteto Ed. - SILVA, I. L. (1995) Práticas educativas e construção de saberes. Metodologias de investigação-acção, Lisboa: IIE - SILVA, M. I.; MIRANDA, G. (1990). Projecto de Alcácer, Lisboa: F.C. Gulbenkian. - SILVA, M. M. (Coord.) (1998) A Educação escolar em mudança, 2 Vol., Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas - SIM-SIM;, I.; DUARTE, I.; FERRAZ, Mª J. (1999) A Língua Materna na Educação Básica, Lisboa: ME/DEB - SIRAJ-BLATCHFORD, I (Org.) (2004) Manual de desenvolvimento curricular para a educação de infância, Lisboa: Texto Editora - SMOLE, K. C. S. (1996) A Matemática na Educação Infantil. A teoria das inteligências múltiplas na prática escolar, Porto Alegre: Artes Médicas - SPODECK, B. (Org.) (2002) Manual de Investigação em educação de Infância, Lisboa: Fundação C. Gulbenkian - SPODECK, B. SARACHO, O. N. (1998) Ensinando crianças de três a oito anos, Porto Alegre: ARTMED - STAINBACK, S.; STAINBACK, W. (1999), Inclusão. Um guia para educadores, Porto Alegre: Artmed Ed. - STERN, A (S/D) Para uma nova compreensão da arte infantil, Lisboa, L. Horizonte - STERN, D. (1992) Bébé Mãe primeira relação humana, Lisboa,ed. Salamandra - STERN, D.(1990) Diário de um bébé, Lisboa, Difusão Cultural - STOCCO, K C (1996) A matemática na educação infantil. A teoria das inteligências múltiplas na prática escolar, Porto Alegre: Artes Médicas - STOER, S. (1986) Educação e Mudança Social em Portugal, Porto: Ed. Afrontamento - SYLVA, K.; ROY, C.; PAINTER, M. (1980), Childwatching at playgroup and Nursery School, London: Grant Mc Intyre - TARROU, A.-L.H. (1999) Inégalités des cultures professionnelles, techniques et humanistes des enseignants, Paris : PUF - TAVARES EMÍDIO, M. (Coord.) (1993) Colóquio Educação e Sociedade, 4, Lisboa: F.C. Gulbenkian - TAVARES, J. (1996) Uma sociedade que aprende e se desenvolve. Relações interpessoais, Porto: CIDINE/Porto Ed. 10

11 - TEBEROSKY, A; COLOMER, T (2003) Aprender a ler e a escrever. Uma proposta construtivista, Porto Alegre: Artmed - TEIXEIRA, J. T (2004) Mudança de concepções dos professores, Lisboa: Ed. Piaget - TEIXEIRA, M (1995) O professor e a escola. Perspectivas organizacionais, Lisboa: McGrawhill - TISSERON, S (2000) As crianças e a violência nos ecrãs. A influência da televisão, cinema e jogos de computador nas crianças, Porto: Âmbar - TOURRAINE, A ( 1998) Iguais e diferentes. Poderemos viver juntos?, Lisboa. Ed. Jean Piaget - UNESCO (1996). Educação: Um Tesouro a Descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o séc. XXI. Porto: ASA. - UNESCO (1998) Professores e ensino num mundo em mudança. Relatório mundial de educação 1998, Porto: Ed. ASA - UNIVERSIDADE DE AVEIRO (Ed.) (1991) Formação Contínua de professores. Realidades e perspectivas, Aveiro: Universidade de Aveiro - VANISCOTTE, F. (1996) Les écoles de l Europe, Paris: IUFM Toulouse/INRP - VASCONCELOS, T (2004) Das casas de asilo ao Projecto de cidadania. Políticas de expansão da educação de infância em Portugal, Porto: Ed. ASA - VASCONCELOS, T (Coord.); OREY, I; HOMEM, L.; CABRAL, M.(1997) Educação de infância em Portugal. Situação e contextos numa perspectiva de Promoção de Equidade e Combate à exclusão, Lisboa: Conselho Nacional de Educação - VASCONCELOS, T. (1997). Ao redor da Mesa grande. A prática educativa de Ana. Porto: Porto Ed. - VERBA, D. (1993) Le métier d éducateur de jeunes enfants, Paris: Syros - VIEREN, R. (1989) Concept de représentation et analyse des pratiques pédagogiques, Caen : CERSE - VRIES, R; ZAN, B. (1998). A ética na educação infantil. O ambiente sócio-moral na escola. Porto Alegre: Artes Médicas. - VYGOTSKY, L.S. (1977) Psicologia e Pedagogia I, Lisboa: Ed. Estampa - WATZLAWICK, P. FISCH, R. (1975) Changements, paradoxes et psychoterapie, Paris: Ed. Seuil - WINNICOTT, D W (1979) A criança e o seu mundo, Rio de Janeiro: Zahar Ed. - WOOD. D. (2003) Como as crianças pensam e aprendem. Os contextos sociais do desenvolvimento cognitivo, São Paulo: Ed. Loyola - YUS, R. (1998). Temas transversais. Em busca de uma nova escola. Porto Alegre: Artes Médicas. 11

12 - ZABALZA, M. (1994) Diários de Aula. Contributo para o estudo dos dilemas dos professores, Porto: Porto Editora - ZABALZA, M. (Org.) (1996) Calidad en la Educación Infantil, Madrid: Narcea Ed. - ZABALZA, M. A (1991) Didáctica da Educação Infantil, Porto, ed. ASA - ZÃO, M.ª E. (2000) Políticas de educação pré-escolar em Portugal ( ), Lisboa: IIE - ZAZZO, B. (1987). Un grand passage de l école maternelle à l école élémentaire. Paris: PUF. - ZAZZO,B.(1984) L'école maternelle à deux ans:oui ou non?, Paris, Stock/Laurence Pernoud - ZEICHNER, K. M. (1993) A formação reflexiva de Professores: Ideias e Práticas, Lisboa: EDUCA 12

Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação Programa Unidade Curricular: Prática de Ensino Supervisionada Curso do 2º Ciclo Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino

Leia mais

Referências bibliográficas

Referências bibliográficas Referências bibliográficas Barbier, J.-M. (1996). Elaboração de projetos de ação e planificação. Porto: Porto Editora. Bardin, L. (1995). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70. Bertram, T., & Pascal,

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. Abrantes, P. (coord), Precatado, A.; Lopes, A. V.; Baeta, A.; Ferreira, E.; et al. (1998).

BIBLIOGRAFIA. Abrantes, P. (coord), Precatado, A.; Lopes, A. V.; Baeta, A.; Ferreira, E.; et al. (1998). BIBLIOGRAFIA Abrantes, P. (coord), Precatado, A.; Lopes, A. V.; Baeta, A.; Ferreira, E.; et al. (1998). Diagnóstico e Recomendações para o Ensino e Aprendizagem da Matemática. Relatório preliminar. Lisboa:

Leia mais

Mestrado Educação Pré Escolar e Ensino do 1º Ciclo Básico. Ciclo: 2º Ramo: Educação Ano: 1º

Mestrado Educação Pré Escolar e Ensino do 1º Ciclo Básico. Ciclo: 2º Ramo: Educação Ano: 1º Curso: Mestrado Educação Pré Escolar e Ensino do 1º Ciclo Básico Ciclo: 2º Ramo: Educação Ano: 1º Designação: Estágio I Créditos: 12 Departamentos: Ciências da Educação, Línguas, Ciências, Matemática,

Leia mais

BIBLIOGRAFIA DE FORMAÇÃO EM CONTEXTOS DE TRABALHO

BIBLIOGRAFIA DE FORMAÇÃO EM CONTEXTOS DE TRABALHO BIBLIOGRAFIA DE FORMAÇÃO EM CONTEXTOS DE TRABALHO Dossier 1 Índice 1 - ARTIGOS SELECCIONADOS PARA TRABALHOS DE GRUPO (para apresentação em sala de aula) Nunes, Luisa Arsénio. (1995); As dimensões formativas

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CÓDIGO: EDU512 DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM EDUCAÇÃO INFANTIL CARGA HORÁRIA: 105h EMENTA:

Leia mais

Plano de Ensino. Seriação ideal 3

Plano de Ensino. Seriação ideal 3 Curso 1404 - Licenciatura Plena em Educação Artística Ênfase Identificação Disciplina 0003325 - Psicologia da Educação Unidade Faculdade de Ciências Departamento Departamento de Educação Créditos 4 60

Leia mais

Maria João Cardona Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém mjoao.cardona@ese.ipsantarem.pt

Maria João Cardona Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém mjoao.cardona@ese.ipsantarem.pt Da Investigação às Práticas - Estudos de Natureza Educacional 2008 Vol VIII Nº1 PARA UMA PEDAGOGIA DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR: FUNDAMENTOS E CONCEITOS 1 Maria João Cardona Escola Superior de Educação do Instituto

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. ALVES J. M. (2003). Organização, Gestão e Projectos Educativos das Escolas. Cadernos Pedagógicos. 6ª ed. Porto: Ed.

BIBLIOGRAFIA. ALVES J. M. (2003). Organização, Gestão e Projectos Educativos das Escolas. Cadernos Pedagógicos. 6ª ed. Porto: Ed. BIBLIOGRAFIA ALVES J. M. (2003). Organização, Gestão e Projectos Educativos das Escolas. Cadernos Pedagógicos. 6ª ed. Porto: Ed. ASA ALVES P. C.; TORGAL, Luís Reis (1993). A Instrução Pública. In História

Leia mais

Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais

Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais Curso: Alfabetização e Letramento na Ed. Infantil e nas séries iniciais Datas: 11 e 18 de Setembro Horário: 14:00h às 17:40h Carga Horária: 8 horas Vagas: O número mínimo de inscritos será: 20 pessoas

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECIALIZADA CURSO DE VALORIZAÇÃO TÉCNICA ORIENTADA PARA A ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR FICHA DO MÓDULO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CURSO DE FORMAÇÃO ESPECIALIZADA CURSO DE VALORIZAÇÃO TÉCNICA ORIENTADA PARA A ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR FICHA DO MÓDULO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CURSO DE FORMAÇÃO ESPECIALIZADA CURSO DE VALORIZAÇÃO TÉCNICA ORIENTADA PARA A ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR FICHA DO MÓDULO CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS Identificação do Módulo: Projecto: Problemas e Metodologias Técnicas

Leia mais

AS ORIGENS DO PENSAMENTO. e-mail: simoneperes2@yahoo.com.br

AS ORIGENS DO PENSAMENTO. e-mail: simoneperes2@yahoo.com.br AS ORIGENS DO PENSAMENTO CURRICULAR NO BRASIL 1 AS ORIGENS DO PENSAMENTO CURRICULAR NO BRASIL 2 As origens do pensamento curricular no Brasil Pesquisa de Antonio Flavio Moreira (1990): O termo Currículo

Leia mais

Notas Biobibliográficas

Notas Biobibliográficas Guião de educação. Género e cidadania. Notas Biobibliográficas 333 Guião de Educação. Género e Cidadania 3 ciclo 334 Lisboa, CIG, 2009 NOTAS BIOBIBLIOGRÁFICAS Ângela Rodrigues é doutorada em Ciências da

Leia mais

ALMEIDA, João Ferreira e Pinto, José Madureira (1982) A Investigação nas Ciências Sociais, Lisboa: Editorial Presença

ALMEIDA, João Ferreira e Pinto, José Madureira (1982) A Investigação nas Ciências Sociais, Lisboa: Editorial Presença BIBLIOGRAFIA ABREU, M. V. (1987) O perfil do professor no horizonte da Reforma do Sistema Educativo. Comunicação apresentada no Seminário sobre o Estatuto da Carreira Docente e a Avaliação dos Professores,

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO UNIDADE ACADÊMICO-ADMINISTRATIVA DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA PROCESSO DE SELEÇÃO DOCENTE PARA 2010/1 ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: FUNDAMENTOS

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, POLÍTICA, SOCIEDADE

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, POLÍTICA, SOCIEDADE PROJETO DE PESQUISA A VEICULAÇÃO DE CONHECIMENTOS SOBRE A ESCOLA NOS PROGRAMAS ESPECIAIS DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM SERVIÇO Responsável: Profa. Dra. Alda Junqueira Marin Este projeto individual faz

Leia mais

Programa da Unidade Curricular ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA EDUCATIVO

Programa da Unidade Curricular ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA EDUCATIVO CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS Programa da Unidade Curricular ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA EDUCATIVO Licenciatura em Ciências da Educação 3º Ano Carga horária: 60 TP + 3 OT Docente: Prof. Doutor José

Leia mais

Bibliografia (de base)

Bibliografia (de base) Bibliografia (de base) AA. VV., (1983), Estúdios sobre Epistemologia y Pedagogia. Salamanca: Anya. AA.VV., (1985), O que é filosofia para Crianças?, São Paulo: CBFC. AA.VV. (1990), Filosofia de la educación

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08

PLANO DE ENSINO. Mês/ Unidade s. Conteúdos T/P 1 08 PLANO DE ENSINO CURSO: Licenciatura em Matemática MODALIDADE: Presencial DISCIPLINA: Teorias Educacionais e Curriculares CÓDIGO: NPED 03 FASE DO CURSO: 2ª SEMESTRE LETIVO: 2º 2013 CARGA HORARIA SEMESTRAL/

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO 1 INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO UNIDADE CURRICULAR: FUNDAMENTOS SOCIOCULTURAIS DA EDUCAÇÃO Docentes responsáveis pela Unidade Curricular: João Sebastião, Luís Vidigal e

Leia mais

EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA NA PRIMEIRA INFÂNCIA: O CAMPO DAS RESPONSABILIDADES

EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA NA PRIMEIRA INFÂNCIA: O CAMPO DAS RESPONSABILIDADES EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DA CRIANÇA NA PRIMEIRA INFÂNCIA: O CAMPO DAS RESPONSABILIDADES Ao longo de muitos séculos, a educação de crianças pequenas foi entendida como atividade de responsabilidade

Leia mais

Referências Bibliográficas

Referências Bibliográficas Referências Bibliográficas Afonso, N. (2005). Investigação naturalista em educação. Um guia prático e crítico. Porto: Edições ASA. Ainscow, M. (1997). Educação para todos: Torná-la uma realidade. In M.

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina EDU451 Estágio Supervisionado em Educação Infantil

Programa Analítico de Disciplina EDU451 Estágio Supervisionado em Educação Infantil Programa Analítico de Disciplina Departamento de Educação - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 8 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal 2 6 8 Períodos

Leia mais

O papel da prática pedagógica na formação inicial do docente

O papel da prática pedagógica na formação inicial do docente Perspectivas e expectativas em relação à formação inicial e à profissão de educadora de Infância Ana Rita Graciano, Isabel Fialho IPSS Obra de S. José Operário, Évora Universidade de Évora Palavras-chave:

Leia mais

Universidade Aberta. Mestrado em Supervisão Pedagógica 2007/2009. Projecto de Dissertação de Mestrado

Universidade Aberta. Mestrado em Supervisão Pedagógica 2007/2009. Projecto de Dissertação de Mestrado Universidade Aberta Mestrado em Supervisão Pedagógica 2007/2009 Projecto de Dissertação de Mestrado Aprender a «viver juntos»: Que significado curricular no 1º. Ano? 30 de Setembro de 2008 Projecto de

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Curso de Pós-Graduação em Geografia

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. CAMPUS DE PRESIDENTE PRUDENTE FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA Curso de Pós-Graduação em Geografia PROGRAMA DE ENSINO Disciplina Psicologia da Moralidade: Pesquisa, Implicações Educacionais Semestre Ano Letivo Área de Concentração Educação Número de créditos: 8 Números de turmas : Carga Horária:120

Leia mais

Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 426

Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 426 Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 425 Referências Bibliográficas Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas 426 Diagnóstico Social Santo Tirso Referências bibliográficas

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1A 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Prática: 15 h/a Carga Horária: 60 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

Ana Maria da Costa Salazar Braga

Ana Maria da Costa Salazar Braga Alameda Calouste Gulbenkian nº18, 2ºDt. 2770 021 Paço de Arcos P- Portugal 351-214426106/ 912336889 anasalazarbraga@hotmail.com Ana Maria da Costa Salazar Braga 1. Identificação Naturalidade: Freguesia

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2010.2 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 30 h/a Créditos: 4 A biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Orientação para a observação e a coleta de dados das instituições de educação infantil e da sala de aula. Orientações para o planejamento, desenvolvimento e avaliação do trabalho de campo. Reflexão

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PILAR DO SUL / SP EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS N.º 002/2011

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PILAR DO SUL / SP EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS N.º 002/2011 ANEXO I DESCRIÇÃO DO EMPREGO E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E BIBLIOGRÁFICO DESCRIÇÃO DO EMPREGO EMPREGO: 3.01 - PEB I PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA I DESCRIÇÃO DO EMPREGO: São atribuições do Professor de Educação

Leia mais

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Ano Lectivo 2008/2009 SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Cursos: Licenciatura em Sociologia e Licenciatura em Sociologia e Planeamento (1º ciclo) Unidade Curricular: Sociologia Objecto e Método Localização no

Leia mais

Cidadania / Educação / Educação para a cidadania / Ensino Básico--1º ciclo / Género / Igualdade de género

Cidadania / Educação / Educação para a cidadania / Ensino Básico--1º ciclo / Género / Igualdade de género GUIÃO DE EDUCAÇÃO GÉNERO E CIDADANIA Guião de educação género e cidadania : 1º ciclo / coord. Maria João Cardona ; Conceição Nogueira... [et al.]. - Lisboa : Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género,

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO. DIA MUNDIAL DA TELEVISÃO 21 de Novembro

BOLETIM INFORMATIVO. DIA MUNDIAL DA TELEVISÃO 21 de Novembro BOLETIM INFORMATIVO DIA MUNDIAL DA TELEVISÃO 21 de Novembro Mostra Bibliográfica Biblioteca Central Porto, Novembro 2011 1 Ficha Técnica: Teixeira, Rosa Maria Boletim informativo: mostra bibliográfica:

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO DE EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL... 4 02 INVESTIGAÇÃO PEDAGÓGICA: DIVERSIDADE CULTURAL NA APRENDIZAGEM... 4 03 METODOLOGIA CIENTÍFICA...

Leia mais

REFERÊNCIAS DA BMFC. Ciclo de Exposições Documentais Temáticas Leituras sobre Educação pré-escolar: antes e depois das primeiras letras 1 4

REFERÊNCIAS DA BMFC. Ciclo de Exposições Documentais Temáticas Leituras sobre Educação pré-escolar: antes e depois das primeiras letras 1 4 1 4 REFERÊNCIAS DA BMFC ALCUBILLA, Maria Pilar Montoro 44 jogos auditivos: educação musical no ensino pré-primário e básico. Porto: Salesianas, 2005. 125 p. : il + 1 CD-ROM. ISBN 972-690-470-6 Cota: FG

Leia mais

TUTORIA DE ESTÁGIO: CONTRIBUIÇÕES À FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES/AS

TUTORIA DE ESTÁGIO: CONTRIBUIÇÕES À FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES/AS TUTORIA DE ESTÁGIO: CONTRIBUIÇÕES À FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES/AS Gabriella Pizzolante da Silva Universidade Federal de São Carlos gabriellapizzolante@gmail.com Maria José da Silva Rocha - Universidade

Leia mais

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ALARCÃO, l. (1991). Reflexão crítica sobre o pensamento de Shön e os programas de formação. Cadernos CIDnE, 1, 5-22. Reproduzido em I. Alarcão (org.) (1996), Formação reflexiva

Leia mais

Curriculum Vitae. 1. Informação pessoal. 2. Formação Académica. Júlia Maria Brito Lourenço Marcos Viçoso Ferreira. Telemóvel - 96 7060992

Curriculum Vitae. 1. Informação pessoal. 2. Formação Académica. Júlia Maria Brito Lourenço Marcos Viçoso Ferreira. Telemóvel - 96 7060992 Curriculum Vitae 1. Informação pessoal Júlia Maria Brito Lourenço Marcos Viçoso Ferreira Telemóvel - 96 7060992 Correios eletrónicos julia.ferreira@agr-tc.pt; jvferreira@ualg.pt; juliamf@sapo.pt Nacionalidade

Leia mais

CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS

CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Ano Lectivo 2010/2011 Licenciatura em Ciências da Educação Menor em Educação Social 3º ano Unidade Curricular Animação Sociocultural

Leia mais

RELAÇÃO DE LINHAS DE PESQUISA, EMENTAS E TEMAS PARA ORIENTAÇÃO DE TCC PEDAGOGIA

RELAÇÃO DE LINHAS DE PESQUISA, EMENTAS E TEMAS PARA ORIENTAÇÃO DE TCC PEDAGOGIA RELAÇÃO DE LINHAS DE, S E PARA METODOLOGIAS DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DOS PROCESSOS EDUCATIVOS Constituição histórica das metodologias do ensino e as diferentes concepções de ensino

Leia mais

A formação inicial e continuada de professores de crianças pequenas

A formação inicial e continuada de professores de crianças pequenas A formação inicial e continuada de professores de crianças pequenas Linha de Pesquisa: LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS DE ENSINO (LIMAPE) Área de Concentração:

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR

PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR PÓS-GRADUAÇÃO EM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos:

Leia mais

REFERÊNCIAS DA BMFC. Ciclo de Exposições Documentais Temáticas Leituras sobre Alfabetização: Saber não ocupa lugar 1 5

REFERÊNCIAS DA BMFC. Ciclo de Exposições Documentais Temáticas Leituras sobre Alfabetização: Saber não ocupa lugar 1 5 1 5 REFERÊNCIAS DA BMFC Alfabetização: caminho para a liberdade. Lisboa: Base, 1975., 134 p. Cota: FG 37 alf ARLON, Penelope Enciclopédia dos povos. Porto: Livraria Civilização, 2004., 304 p.: fotograf.

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº 02/2009 PARTE I - LÍNGUA PORTUGUESA: COMUM A TODOS OS CARGOS

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº 02/2009 PARTE I - LÍNGUA PORTUGUESA: COMUM A TODOS OS CARGOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº 02/2009 PARTE I - LÍNGUA PORTUGUESA: COMUM A TODOS OS CARGOS Leitura de textos diversos, envolvendo as variedades lingüísticas, interpretação de diferentes gêneros de texto:

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2004.1. Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Disciplinas do Núcleo Comum 01 ANTROPOLOGIA CULTURAL Fase: 1ª Carga Horária: 30 h/a Prática: 10 h/a Créditos: 2 : A Antropologia enquanto ciência e seus principais ramos. Metodologia da pesquisa em Antropologia

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUND. TEÓRICOS METODOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO INFANTIL NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Educação

Leia mais

FASCÍCULO VII BIBLIOGRAFIA E WEBGRAFIA DE REFERÊNCIA

FASCÍCULO VII BIBLIOGRAFIA E WEBGRAFIA DE REFERÊNCIA BIBLIOGRAFIA E WEBGRAFIA DE REFERÊNCIA Com a colaboração de: BIBLIOGRAFIA AMÂNCIO, Lígia, Masculino e feminino: a construção social da diferença. Porto, Edições Afrontamento, 1994 ALMEIDA, Ana Nunes et

Leia mais

CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES

CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES Disciplina de Metodologia de Ensino das Ciências 2003/04 1º Semestre Docente Responsável: Nilza Costa (*) (nilza@dte.ua.pt) Colaboradores: Luís Marques

Leia mais

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1

Ementário do Curso de Pedagogia, habilitações: Educação Infantil e Séries Iniciais 2008.1 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL Fase: 1ª Carga Horária: 60 h Prática: 15 h Créditos: 4 A Biologia e o educador. Herança e meio, a hereditariedade. Reprodução humana. As funções vegetativas (digestão e alimentos,

Leia mais

Comparação entre programas de formação profissional. França e Finlandia

Comparação entre programas de formação profissional. França e Finlandia 1 Comparação entre programas de formação profissional. França e Finlandia Alice Itani Unesp/Senac São Paulo - aliceitani@gmail.com Alcir Vilela Junior Unicamp/Senac São Paulo - alvila@uol.com.br Resumo

Leia mais

PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS

PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS PED PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS Prezado aluno, O maior diferencial deste projeto pedagógico é o desenvolvimento da autonomia do estudante durante sua formação. O currículo acadêmico

Leia mais

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA

CURSO DE PEDAGOGIA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 1 EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA 1 CURSO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) 2015 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 INVESTIGAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE I... 4 02 LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO... 4 03 PROFISSIONALIDADE DOCENTE... 4 04 RESPONSABILIDADE

Leia mais

Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação

Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação Programa 1: O Processo Educacional: Saúde ou Alienação DEPARTAMENTO : Psicologia Social PERÍODO/ANO : 7º/2016 CARGA HORÁRIA : 34 PROFESSORAS : Ana Mercês Bahia Bock OBJETIVOS Produzir visibilidade para

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CONTRIBUTO DE MATERIAIS DIDÁCTICOS PARA A INOVAÇÃO DAS PRÁTICAS

FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CONTRIBUTO DE MATERIAIS DIDÁCTICOS PARA A INOVAÇÃO DAS PRÁTICAS FORMAÇÃO DE PROFESSORES: CONTRIBUTO DE MATERIAIS DIDÁCTICOS PARA A INOVAÇÃO DAS PRÁTICAS REBELO 1,DORINDA;MARQUES 2,EVA;MARQUES 3,LUÍS 1 Escola Secundária de Estarreja Estarreja, Portugal. 2 Escola Secundária

Leia mais

Só a participação activa na definição do projecto educativo pode envolver os diferentes elementos na consecução do êxito do acto educativo.

Só a participação activa na definição do projecto educativo pode envolver os diferentes elementos na consecução do êxito do acto educativo. Nota de Apresentação A escola é um poderoso produtor de sofrimento. Ela é incitada a justificações permanentes. (...) O elo entre aprendizagem e felicidade quebrou-se. José Alberto Correia O sucesso da

Leia mais

A NECESSIDADE DA FORMAÇÃO ESPECÍFICA DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Resumo

A NECESSIDADE DA FORMAÇÃO ESPECÍFICA DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Resumo REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS DA EDUVALE Publicação científica da Faculdade de Ciências Sociais aplicadas do Vale de São Lourenço- Jaciara/MT Ano III, Número 05, outubro de

Leia mais

COMUNICAÇÕES LIVRES TEMA A - CIDADANIA E LITERACIAS

COMUNICAÇÕES LIVRES TEMA A - CIDADANIA E LITERACIAS COMUNICAÇÕES LIVRES TEMA A - CIDADANIA E LITERACIAS EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA E CULTURAS DE FORMAÇÃO 73 PEDAGOGIA DE PROJECTO COMO MOTOR DE INOVAÇÃO E DE PROCESSOS DE PARTICIPAÇÃO DEMOCRÁTICA: PERSPECTIVAS

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO e cultura. Centro de Apoio Psicopedagógico. gico do Funchal

SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO e cultura. Centro de Apoio Psicopedagógico. gico do Funchal SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO e cultura DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO Centro de Apoio Psicopedagógico gico do Funchal Intervenção precoce Medida de apoio integrado, centrado na

Leia mais

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Na Escola Superior de Educação

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Na Escola Superior de Educação IDENTIFICAÇÃO PESSOAL Maria Luísa de Solla Mendes da Fonseca Data de nascimento: 7 de Novembro de 1950 BI nº 6065179 Lisboa Rua Sacadura Cabral, 76, 1ºEsq.- Cruz Quebrada 1495-713 Lisboa Telefone: 965009978

Leia mais

BIOGRAFIA LINGUÍSTICA E SENSIBILIZAÇÃO À DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NOS PRIMEIROS ANOS DE ESCOLARIDADE

BIOGRAFIA LINGUÍSTICA E SENSIBILIZAÇÃO À DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NOS PRIMEIROS ANOS DE ESCOLARIDADE BIOGRAFIA LINGUÍSTICA E SENSIBILIZAÇÃO À DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NOS PRIMEIROS ANOS DE ESCOLARIDADE Filomena Martins Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa Universidade de Aveiro Este trabalho

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Curso: Pedagogia PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO: 2010 Disciplina: Teoria e Planejamento Curricular II Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 6º 1 - Ementa (sumário, resumo) Fundamentos teórico-práticos

Leia mais

RESUMO. Palavras-chave Formação Contínua, Educação Pré-escolar, Fases e Etapas do Desenvolvimento Curricular, Avaliação em Educação Pré-escolar.

RESUMO. Palavras-chave Formação Contínua, Educação Pré-escolar, Fases e Etapas do Desenvolvimento Curricular, Avaliação em Educação Pré-escolar. RESUMO Este Poster pretende divulgar algumas experiências realizadas no âmbito de várias acções de Formação Contínua para Educadores de Infância, realizadas ao longo de seis anos (1996/2002), em torno

Leia mais

Centro de Competência de Ciências Sociais. Departamento de Ciências da Educação. 1.º Ciclo em Educação Básica. Programa. Unidade Curricular

Centro de Competência de Ciências Sociais. Departamento de Ciências da Educação. 1.º Ciclo em Educação Básica. Programa. Unidade Curricular Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação 1.º Ciclo em Educação Básica Programa Unidade Curricular Teoria e Desenvolvimento Curricular Área Científica Educação Regente

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Fundamentos da Ação Educativa em Espaços não Escolares Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 3º 1 - Ementa (sumário, resumo)

Leia mais

PEDAGOGIA. TIPO DE CURSO: 1ª Licenciatura BLOCO: V DISCIPLINA: SEMINÁRIO IV ATIVIDADE COMPLEMENTAR CARGA HORÁRIA: 15h CRÉDITOS: 1.0.

PEDAGOGIA. TIPO DE CURSO: 1ª Licenciatura BLOCO: V DISCIPLINA: SEMINÁRIO IV ATIVIDADE COMPLEMENTAR CARGA HORÁRIA: 15h CRÉDITOS: 1.0. PEDAGOGIA DISCIPLINA: SEMINÁRIO IV ATIVIDADE COMPLEMENTAR CARGA HORÁRIA: 15h CRÉDITOS: 1.0.0 Aspectos da Motricidade e Escola. MEINEL, Kurt. Motricidade I: teoria da motricidade esportiva sob o aspecto

Leia mais

CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (CCCS) Departamento de Ciências da Educação

CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (CCCS) Departamento de Ciências da Educação CENTRO DE COMPETÊNCIA DE CIÊNCIAS SOCIAIS (CCCS) Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Ciências de Educação Menor em Educação Social 2º Ano Ano letivo 2011/2012 2º Semestre PROGRAMA Gestão

Leia mais

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico.

CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL PROGRAMA. 2.1. Francisco da Holanda e a sua perspectiva sobre o ensino artístico. CURSO LIVRE HISTÓRIA DO ENSINO ARTÍSTICO EM PORTUGAL 8 de Abril a 1 de Julho (interrupção no dia 10 de Junho que é feriado) 4ª feira, das 18h 30m às 20h 30m 24h, 12 sessões PROGRAMA 1. A Idade Média 1.1.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO A VEZ DO MESTRE A BUSCA DO INTERESSE NA SALA DE AULA LUCILEIA NAVARRO GARCIA Profª. FABIANE

Leia mais

43. Inovar a supervisão em Enfermagem: um projecto de investigação-intervenção

43. Inovar a supervisão em Enfermagem: um projecto de investigação-intervenção 43. Inovar a supervisão em Enfermagem: um projecto de investigação-intervenção Ana Macedo 1*, Rafaela Rosário 1, Flávia Vieira 2, Maria Silva 1, Fátima Braga 1, Cláudia Augusto 1, Cristins Araújo Martins

Leia mais

Educação das crianças pequenas: a formação dos professores no curso de Pedagogia LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL (LIPIGES)

Educação das crianças pequenas: a formação dos professores no curso de Pedagogia LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL (LIPIGES) Educação das crianças pequenas: a formação dos professores no curso de Pedagogia Linha de Pesquisa: LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO GESTÃO EDUCACIONAL (LIPIGES) Área de Concentração: GESTÃO E PRÁTICAS

Leia mais

IV JORNADAS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA O(s) DesENCONTRO(s) entre a escola e a família 17 e 18 maio 2013

IV JORNADAS DA PRÁTICA PEDAGÓGICA O(s) DesENCONTRO(s) entre a escola e a família 17 e 18 maio 2013 As IV Jornadas da Prática Pedagógica, subordinadas à temática O(s) DesENCONTRO(s) entre a escola e a família, pretendem constituir um espaço de debate e de reflexão sobre os processos de (inter)ação dos

Leia mais

BIBLIOGRAFIA. ABRANTES, Paulo; SERRAZINA, Lurdes; OLIVEIRA, Isolina (1999). A Matemática na Educação Básica. Lisboa: Ministério da Educação.

BIBLIOGRAFIA. ABRANTES, Paulo; SERRAZINA, Lurdes; OLIVEIRA, Isolina (1999). A Matemática na Educação Básica. Lisboa: Ministério da Educação. BIBLIOGRAFIA AAVV (Março 1991). O insucesso em debate. Noesis. Lisboa, número 18, p.18-25. AAVV (1998). Matemática 2001: recomendações para o ensino e aprendizagem da Matemática. Lisboa: Associação de

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Graus Académicos

CURRICULUM VITAE. Graus Académicos 1 CURRICULUM VITAE Identificação Nome: João de Deus Santos Sàágua Nascido em: 24/02/1957, Lisboa Categoria Profissional: Professor Catedrático de Ciências da Comunicação Instituição onde exerce a actividade:

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 31 ANEXO VI EMENTÁRIO EMENTAS: DISCIPLINAS POR PERÍODO RECOMENDADO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRIMEIRO PERÍODO HDI0123 HFC0065 HFC0067 HFE0068 HFE0051 HFE0054 INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS CIENTÍFICOS EM EDUCAÇÃO

Leia mais

ANEXO III REQUERIMENTO DE NOME SOCIAL

ANEXO III REQUERIMENTO DE NOME SOCIAL ANEXO III REQUERIMENTO DE NOME SOCIAL Nos termos do artigo 2º, caput, do Decreto nº 51.180, de 14 de janeiro de 2010, eu (nome civil do interessado), portador de Cédula de Identidade nº e inscrito no CPF

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO Curso: Pedagogia a Distância Departamento: Departamento de Pedagogia a Distância Disciplina:

Leia mais

Boletim. Mostra bibliográfica

Boletim. Mostra bibliográfica Boletim Mostra bibliográfica Porto, Dezembro 2011 1 Ficha Técnica: Teixeira, Rosa Maria Boletim informativo: mostra bibliográfica: Dia Internacional dos Direitos Humanos / Rosa Maria Teixeira. - Porto:

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS

PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS PROGRAMA DE METODOLOGIA DE ENSINO DE INGLÊS 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Ficha Técnica Título Programa de Metodologia de Ensino de Inglês - 11ª Classe Formação de

Leia mais

EMENTA DE DISCIPLINA

EMENTA DE DISCIPLINA Formação de Professores, História e Políticas História e memória dos sujeitos, processos e instituições educativas. Formação, profissionalização e trabalho docente. Políticas de formação docente inicial

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 2 DE ABRANTES CURRICULUM VITAE

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 2 DE ABRANTES CURRICULUM VITAE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS Nº 2 DE ABRANTES CURRICULUM VITAE ALCINO JOSÉ BRÁS HERMÍNIO Curriculum Vitae Alcino José Brás Hermínio Página 1/6 INFORMAÇÃO PESSOAL Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) BRÁS HERMÍNIO,

Leia mais

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar:

3 Cursos de licenciaturas e diplomas de estudos superiores especializados constantes do Despacho n.º 25 156/2002, de 26 de Novembro, a considerar: s previstos no art. 56.º do Estatuto da Carreira Docente que relevam para a aplicação da alínea c) do n.º 1 do art. 14.º do Decreto-Lei n.º35/2003, de 27 de Fevereiro, na redacção dada pelo Decreto-Lei

Leia mais

A constituição do aluno integral: relação da Orientação Educacional com outras áreas do desenvolvimento

A constituição do aluno integral: relação da Orientação Educacional com outras áreas do desenvolvimento A constituição do aluno integral: relação da Orientação Educacional com outras áreas do desenvolvimento O Orientador Educacional em suas atribuições deverá entender que seu aluno é um ser integral, constituído

Leia mais

Curriculum vitae (resumido)

Curriculum vitae (resumido) Curriculum vitae (resumido) 1. Dados pessoais Maria da Encarnação dos Mártires da Silva Morada institucional: Escola Superior de Educação de Lisboa Campus de Benfica do IPL 1549-003 Lisboa Portugal Tel:

Leia mais

Ensino / Aprendizagem / Discurso pedagógico / Métodos educativos / Salas de aula

Ensino / Aprendizagem / Discurso pedagógico / Métodos educativos / Salas de aula ENSINO, APRENDIZAGEM E DISCURSO EM SALA DE AULA Ensino, aprendizagem e discurso em sala de aula : aproximações ao estudo do discurso educacional / org. César Coll [e] Derek Edwards ; trad. Beatriz Affonso

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM PORTUGAL PESQUISA NO CATÁLOGO BIBLIOGRÁFICO Administração pública AND Portugal ALMEIDA, António Henrique Gomes de - A aplicação do balanced scorecard às agências Públicas : um

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Manuel Joaquim Flores Fernandes NOME

CURRICULUM VITAE. Manuel Joaquim Flores Fernandes NOME CURRICULUM VITAE NOME Manuel Joaquim Flores Fernandes Naturalidade: Rossas - Vieira do Minho Data de Nascimento: 31 de Outubro de 1969 Bilhete de Identidade Nº 8423421 - emitido em 04/07/2007 pelo Arquivo

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Formação de professor/pedagogo. Didática. Mediação. Práxis. Introdução

PALAVRAS-CHAVE Formação de professor/pedagogo. Didática. Mediação. Práxis. Introdução 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

ANEXO EDITORA CODIGO LIVRO TITULO ARGVMENTVM EDITORA LTDA 26093L0000 GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I

ANEXO EDITORA CODIGO LIVRO TITULO ARGVMENTVM EDITORA LTDA 26093L0000 GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I ANEXO EDITORA CODIGO LIVRO TITULO ARGVMENTVM EDITORA 26093L0000 GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I ARTMED EDITORA 25664L0000 CADERNOS DO MATHEMA - ENSINO FUNDAMENTAL - JOGOS DE MATEMATICA DE 1 A 5 ANO ARTMED

Leia mais

Lançamento de Livros e Sessão de Autógrafos 12 de Julho - 19h30

Lançamento de Livros e Sessão de Autógrafos 12 de Julho - 19h30 Lançamento de Livros e Sessão de Autógrafos 12 de Julho - 19h30 Ana Isabel Madeira (Apresentação pela autora - sala 1) Referência da Obra: Madeira, A. (2012). A Construção do Saber Comparado em Educação:

Leia mais

Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos. Manuel Portugal

Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos. Manuel Portugal Bibliografia sobre investigação e escrita de trabalhos académicos Bibliografia BELL, J. Como realizar um projecto de investigação: Um guia para a pesquisa em Ciências Sociais e da Educação. Lisboa: Gradiva,

Leia mais

PALAVRAS CHAVES: Educação infantil. Alfabetização. Letramento.

PALAVRAS CHAVES: Educação infantil. Alfabetização. Letramento. PROCESSOS DE LEITURA E ESCRITA NA EDUCAÇÃO INFANTIL À LUZ DO LETRAMENTO: ESTABELECENDO ALGUNS DIÁLOGOS CLÉZIA MEIRE DE CARVALHO 1 MAGDA NUNES GURGEL 2 RESUMO Este artigo centraliza a atenção na investigação

Leia mais

Mestrado em Educação Supervisão Pedagógica

Mestrado em Educação Supervisão Pedagógica Mestrado em Educação Supervisão Pedagógica SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Ano Lectivo : 2012/2013 Docente : Prof.ª Doutora Alice Mendonça E-mail: alice@uma.pt Página pessoal: http://www.uma.pt/alicemendonca/ Caixa

Leia mais

PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS UBC EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PEDAGOGIA

PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS UBC EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PEDAGOGIA PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE BRAZ CUBAS UBC EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CURSO DE PEDAGOGIA Disciplina: BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL Código: Carga Horária: 80 h/a Profª. Lílian Suzuki Objetivos

Leia mais

PERSPETIVAS DE UM ATOR ENTRE DOIS MODELOS DE FORMAÇÃO PRÁTICA DE EDUCADORES DE INFÂNCIA

PERSPETIVAS DE UM ATOR ENTRE DOIS MODELOS DE FORMAÇÃO PRÁTICA DE EDUCADORES DE INFÂNCIA 13 PERSPETIVAS DE UM ATOR ENTRE DOIS MODELOS DE FORMAÇÃO PRÁTICA DE EDUCADORES DE INFÂNCIA Maria Cristina Parente Instituto de Educação- Universidade do Minho Centro de Investigação em Estudos da Criança

Leia mais

OFICINA DE FORMAÇÃO. Educação Sexual em Contexto Escolar: Orientações Actuais. (Maputo, 13 a 24 de Janeiro de 2012) ESCOLA PORTUGUESA DE MOÇAMBIQUE

OFICINA DE FORMAÇÃO. Educação Sexual em Contexto Escolar: Orientações Actuais. (Maputo, 13 a 24 de Janeiro de 2012) ESCOLA PORTUGUESA DE MOÇAMBIQUE OFICINA DE FORMAÇÃO Educação Sexual em Contexto Escolar: Orientações Actuais (Maputo, 13 a 24 de Janeiro de 2012) ESCOLA PORTUGUESA DE MOÇAMBIQUE PROGRAMA 1 1. Introdução Atendendo à constante discussão

Leia mais

Estrutura da Prova. Classificação Final

Estrutura da Prova. Classificação Final Estrutura da Prova 1. A Prova (P) é constituída por duas componentes: a) Cultura Geral e Expressão Escrita (CG) - esta parte (escrita) da prova é comum a todos os candidatos e vale 30% da classificação

Leia mais

7 Referências Bibliográficas

7 Referências Bibliográficas 91 7 Referências Bibliográficas ALTET, M. As competências do professor profissional: entre conhecimentos, esquemas de ação e adaptação, saber analisar. In PAQUAY, L., PERRENOUD, P., ALTET, M e CHARLIER,

Leia mais