REGA ESPAÇOS VERDES - BASE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGA ESPAÇOS VERDES - BASE"

Transcrição

1 Curso: Rega Espaços Verdes - Base Formador: Eng.º Bartolomeu Perestrello Especialista em projeto e instalação de sistemas de rega, tem como objetivo dar a conhecer as melhores técnicas e ferramentas, ensinando na prática a conceber um projeto eficiente. No vasto leque de projetos realizados em Portugal, destacam-se: Jardim de Serralves (Porto); Jardim do Lago (Covilhã); Jardim do Campo Grande (Lisboa); Hotel Sana Falésia, EPC SANA Algarve Hotel, Praia da Falésia (Albufeira); Jardim Botânico do Faial, Faial (Açores). A nível internacional destacam-se: Entreposto do Turismo de Zeralda (Argélia) e os Serviços Presidência (Guiné Equatorial). REGA ESPAÇOS VERDES - BASE ntrodução 1.1. Ciclos e usos da água 1.2. Projetos de jardins eficientes 1.3. Necessidades hídricas dos espaços verdes: Economia de água Evapotranspiração nfluência do vento na eficiência da rega 1.4. Evolução sistemas de rega - espaços verdes Hidráulica Fundamentos para sistemas de rega (princípios básicos) 2.1. Glossário / Termos técnicos 2.2. Mecânica de fluidos - princípios básicos: Volume Caudal Velocidade média Pressão (estática e dinâmica) Conduta principal Cálculo Ramais / Setores Altimetria Perdas de Carga 2.3. Rega (sob pressão) Equipamentos e acessórios 3.1. Rega localizada 3.2. Rega pulverização 3.3. MP Rotator 3.4. Aspersores 3.5. Eletroválvulas 3.6. Programadores 9V e 24V 3.7. Tubagem 3.8. Sistema de bombagem (noções) 3.9. Filtragem (noções) V Projeto 4.1. Regras / projeto 4.2. mplantação dos aspersores 4.3. Pluviometria 4.4. Número de setores 4.5. Tempos de rega 4.6. mplantação eletroválvulas 4.7. Escolha de eletroválvulas 4.8. Cabos elétricos 4.9. Controladores

2 Curso: Rega Espaços Verdes - Profissional Formador: Eng.º Bartolomeu Perestrello Especialista em projeto e instalação de sistemas de rega, tem como objetivo dar a conhecer as melhores técnicas e ferramentas, ensinando na prática a conceber um projeto eficiente. No vasto leque de projetos realizados em Portugal, destacam-se: Jardim de Serralves (Porto); Jardim do Lago (Covilhã); Jardim do Campo Grande (Lisboa); Hotel Sana Falésia, EPC SANA Algarve Hotel, Praia da Falésia (Albufeira); Jardim Botânico do Faial, Faial (Açores). A nível internacional destacam-se: Entreposto do Turismo de Zeralda (Argélia) e os Serviços Presidência (Guiné Equatorial). REGA ESPAÇOS VERDES - PROFSSONAL Hidráulica Fundamentos para sistemas de rega Programação sistema de rega 1.1. Glossário / termos técnicos 1.2. Mecânica de fluidos - princípios básicos: Volume Caudal Velocidade média Pressão (estática e dinâmica) Conduta principal Cálculo Ramais / setores Altimetria Perdas de carga 1.3. Rega (sob pressão) 2.1. Realização de exercícios práticos com programadores V Sistema de rega por descodificadores Sistema de bombagem 3.1. Descodificadores - controlo simples e fiável 3.2. Conceito e instalação de um sistema de rega por descodificadores 3.3. Cabo elétrico para descodificadores 3.4. Vantagens 4.1. Tipos de bombas 4.2. Dados necessários para a escolha da bomba 4.3. nterpretar uma curva da bomba V Sistema de filtragem 5.1. Porquê filtrar? 5.2. Tipos de filtros 5.3. Dimensionamento do sistema de filtragem 5.4. Recomendações V Diagnóstico / resolução de problemas V V Execução de um projeto Gestão de um sistema de rega 7.1. Realização de um projeto de rega de um jardim (moradia)

3 Curso: Rega Agrícola Formador: Eng.º Paulo de Carvalho Engenheiro Agrónomo especialista em sistemas de rega, workaholic assumido e acima de tudo, um apaixonado pelo trabalho. Em 1991, após concluir o Bacharelato em Produção Agrícola, envereda pela temática da rega na empresa Prolavra Lda, que lhe proporcionou entre outros, o curso de irrigation designer em srael. Em 1999, após ter desenvolvido atividade como diretor comercial da Regagest e de ter trabalhado como projetista freelancer de sistemas de rega, licencia-se em Engenharia Agronómica, pela Escola Superior de Castelo Branco. Em 2001 como diretor de vendas da Hubel rrigation Sistems, participa como orador em diversas palestras. Atualmente é acionista e gerente da empresa EngenhariaLiquida - Tecnologias de água unip. Lda. Destaca-se como consultor e projetista de sistemas de rega em Portugal e no estrangeiro. Tem em elaboração o Manual Técnico e Prático de Sistemas de rega a lançar brevemente e que apoiará quem exerce atividade profissional no segmento da rega quer Agrícola quer de Espaços Verdes. REGA AGRÍCOLA Tipos de rega 1.1. Macro irrigação - vantagens / inconvenientes 1.2. Micro irrigação - vantagens / inconvenientes 1.3. Os diferentes tipos de rega por aspersão (pivot / enroladores / coberturas totais fixas e móveis) 1.4. Rega gota a gota / diferentes tipos de gotejadores / noções de rega por impulsos Noções de necessidades hídricas / Evapotranspiração 2.1. Princípios de hidráulica Noções de caudal, pressão, velocidade, perdas de carga, etc. Cálculo básico de perdas de carga e construção de tabelas para apuramento de perdas de carga num sistema de rega Parâmetros de rega V Componentes de um sistema de rega 4.1. Bombagem 4.2. Filtragem 4.3. Emissores 4.4. Condutas 4.5. Fertirrega 4.6. Automatização (tipos de programadores e aprendizagem de programação) 4.7. Equipamentos de controlo e proteção V Projeto 5.1. Execução de projeto de rega

4 Curso: Sistemas de bombagem Formador: Sérgio Alegre Técnico com bastante experiência na montagem de sistemas de bombagem nas mais variadas situações. Tem como objetivo dar a conhecer os diferentes tipos de bomba, assim como todos os acessórios necessários à montagem e correto desempenho do sistema de bombagem. Do vasto leque de instalações, destacam-se: Sistema de Bombagem na Escola Agrícola da Paiã Odivelas; o Sistema de Bombagem do Parque Municipal Lagoa de Santo André e o Sistema de Bombagem do Campo Desportivo MTBA. Trabalha por conta própria e está inscrito na Direção Geral de Energia com o número SSTEMAS DE BOMBAGEM Noções básicas de eletricidade 1.1. Voltagens monofásicas 1.2. Voltagens trifásicas Bombas 2.1. Bombas monofásicas 2.2. Bombas trifásicas Quadros elétricos 3.1. Quadros de nível 3.2. Quadros discontactores 3.3. Quadros digitais 3.4. Aplicações V Pressostatos 4.1. Pressostatos bipolares 4.2. Pressostatos tripolares 4.3. Aplicações V Presscontrol e Autoclave 5.1. Presscontrol 5.2. Autoclave 5.3. Aplicações V Exercícios 6.1. Montagem de bombas

5 Curso: Piscinas - Tratamento e Manutenção Formadora: Eng.ª Lara Oliveira Breve descrição sobre a formadora: Colabora atualmente com a Certikin Portugal SA, empresa especializada no tratamento de Piscinas Públicas, desempenhando atividades comerciais e gestão de contratos e apoio nas áreas técnicas junto dos clientes. Colaborou com a Acquawise Consulting, no âmbito da avaliação e gestão de risco de Legionella em instalações com sistemas de água que promovam condições favoráveis à proliferação e disseminação da bactéria. É licenciada em Engenharia Alimentar pela Universidade do Algarve e pós-graduada em Engenharia Sanitária pela Universidade Nova de Lisboa. A sua atividade profissional tem sido amplamente desenvolvida em instalações industriais (hotéis) e edifícios coletivos (piscinas municipais), contando com know-how e conhecimento operativo das instalações (funcionamento e manutenção), permitindo o desenvolvimento de programas de tratamento, manutenção e de controlo eficientes, capazes de responder às necessidades de cada instalação, de forma sustentável (poupança energética, recursos humanos, etc). PSCNAS - TRATAMENTO E MANUTENÇÃO Qualidade da água 1.1. Doenças hídricas 1.2. Mecanismos de desinfeção 1.3. Monitorização / controlo 1.4. Funções e responsabilidades do operador nstalações gerais e de apoio 2.1. Classificação das piscinas (finalidade, uso e manutenção) 2.2. Layout do circuito (sistema de filtragem, aquecimento de água, desumidificação, sauna, banho turco, jacuzzis, sanitário, etc) 2.3. Descrição e função dos componentes / equipamentos Tratamento da água 3.1. Equilíbrio químico (parâmetros controlo) 3.2. Desinfeção (sistemas, caraterísticas das soluções, funções e doseamento) 3.3. Renovação / reposição de água 3.4. Equipamento, dosagem e controlo, possíveis combinações, operacionalidade / manutenção de sistemas 3.5. Regras de aplicação, manipulação e armazenagem das soluções V Limpeza / higienização e manutenção 4.1. Operações de limpeza diária da piscina e higienização da área circundante 4.2. Desinfeção dos circuitos antes da reabertura das instalações 4.3. Equipamentos de limpeza 4.4. Desenvolvimento do plano de manutenção 4.5. Operações a contemplar no plano V Monitorização e legislação 5.1. Análise de controlo interno 5.2. Análises laboratoriais (bacteriológicas e físico-químicas) 5.3. Verificação e funcionamento das instalações 5.4. Registos e controlo 5.5. Legislação V Plano de contingência 6.1. Correção de irregularidades (água e equipamentos)

6 Curso: Piscinas - Poolcare Formador: Eng.º Mário Silva Mário Silva, 33 anos, Licenciado em Engenharia Civil, Mestre em Gestão comercial com especialização em estratégias de gestão e de relacionamento com o cliente (CRM), e pós-graduado em Higiene e segurança no trabalho. Acumula uma experiência profissional de 16 anos iniciada na área de projeto. Em 2005 iniciou a atividade comercial direta com o cliente onde mais tarde teve a oportunidade de trabalhar como gestor de produto. Trabalhou de forma indireta o mercado das piscinas durante cerca de 7 anos, e diretamente há 6 anos. Representa a Zodiac desde o início da sua atividade em Portugal, em 2010, onde é responsável pela marca no Centro, Norte e lhas, e na implementação das ferramentas de tecnologias de informação de apoio ao negócio. PSCNAS - POOLCARE Aspiradores elétricos e hidráulicos 1.1. Caraterísticas técnicas 1.2. nstalação 1.3. Dimensionamento 1.4. Resolução de problemas 1.5. Demonstração de produtos Eletrólise de Sal 2.1. Caraterísticas técnicas 2.2. nstalação 2.3. Dimensionamento 2.4. Resolução de problemas 2.5. Demonstração de produtos Doseamento e controlo 3.1. Caraterísticas técnicas 3.2. nstalação 3.3. Dimensionamento 3.4. Resolução de problemas 3.5. Demonstração de produtos

7 Curso: Piscinas - Climatização Formador: Eng.º Mário Silva Mário Silva, 33 anos, Licenciado em Engenharia Civil, Mestre em Gestão comercial com especialização em estratégias de gestão e de relacionamento com o cliente (CRM), e pós-graduado em Higiene e segurança no trabalho. Acumula uma experiência profissional de 16 anos iniciada na área de projeto. Em 2005 iniciou a atividade comercial direta com o cliente onde mais tarde teve a oportunidade de trabalhar como gestor de produto. Trabalhou de forma indireta o mercado das piscinas durante cerca de 7 anos, e diretamente há 6 anos. Representa a Zodiac desde o início da sua atividade em Portugal, em 2010, onde é responsável pela marca no Centro, Norte e lhas, e na implementação das ferramentas de tecnologias de informação de apoio ao negócio. PSCNAS - CLMATZAÇÃO Bombas de calor / permutadores 1.1. Caraterísticas técnicas 1.2. nstalação 1.3. Dimensionamento Gama de desumidificação 2.1. Caraterísticas técnicas 2.2. nstalação 2.3. Dimensionamento Bomba de calor (prática) 3.1. Possibilidade de demonstração da bomba de calor

REGA ESPAÇOS VERDES - BASE

REGA ESPAÇOS VERDES - BASE Curso: Rega Espaços Verdes - Base Formador: Eng.º Bartolomeu Perestrello Especialista em projeto e instalação de sistemas de rega, tem como objetivo dar a conhecer as melhores técnicas e ferramentas, ensinando

Leia mais

Controlo de Legionella em Hotelaria

Controlo de Legionella em Hotelaria Controlo de Legionella em Hotelaria Dra. Núria Adroer André Travancas Porto - 24 de outubro de 2013 WORKSHOP Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água Objetivos Problemas das instalações

Leia mais

Colectores Solares para Aquecimento de Água

Colectores Solares para Aquecimento de Água Colectores Solares para Aquecimento de Água Pavilhões Desportivos e Piscinas S. T. Spencer silvino.spencer@adene.pt PORQUÊ A ESCOLHA DE PISCINAS E PAVILHÕES? Porquê a Escolha de Piscinas e Pavilhões?

Leia mais

- Enquadramento Legal Abordagem genérica das questões associadas à QAI; Enquadramento Legal.

- Enquadramento Legal Abordagem genérica das questões associadas à QAI; Enquadramento Legal. Cursos de atualização profissional para revalidação da credenciação técnica (nº 6, art. 22º DL79/2006 de 4 Abril) Referenciais mínimos aprovados pela Comissão Tripartida Revalidação da Credenciação a TIM

Leia mais

-Sistema Eléctrico: Electricidade programador cabos e consequentemente electroválvulas

-Sistema Eléctrico: Electricidade programador cabos e consequentemente electroválvulas Conceitos gerais sobre rega de espaços verdes O que é um sistema de rega automática? - Instalação cujos componentes são totalmente fixos e onde o arranque, funcionamento e a paragem se efectua automaticamente

Leia mais

Soluções de Energia Solar. Março de 2007. www.senso.pt

Soluções de Energia Solar. Março de 2007. www.senso.pt Soluções de Energia Solar Março de 2007 www.senso.pt ENERGIA E CONSTRUÇÃO Crescente aplicação de energias renováveis Mudança do modelo energético Símbolo de distinção para construções de qualidade Resposta

Leia mais

Seminário Uso Eficiente da Água no Sector Residencial

Seminário Uso Eficiente da Água no Sector Residencial Seminário Uso Eficiente da Água no Sector Residencial Aproveitamento de Águas Pluviais Rainwater Harvesting em Portugal Perspectivas, Realidades e Oportunidades Faro, 12 de Outubro de 2009 Castelos, Conventos,

Leia mais

Hotéis Dom Pedro. Lara Lamas de Oliveira (+351) 91 8822798 laralamas@gmail.com

Hotéis Dom Pedro. Lara Lamas de Oliveira (+351) 91 8822798 laralamas@gmail.com Hotéis Dom Pedro (+351) 91 8822798 laralamas@gmail.com 2 Palace Lisboa Marina Baia Garajau Madeira Dom Pedro Algarve Golf Resort Portobelo Meia Praia 3 Pressão /Exigências dos Operadores Turísticos Riscos

Leia mais

FreziPUMP Com Sol, tenha Água!

FreziPUMP Com Sol, tenha Água! FreziPUMP Com Sol, tenha Água! A Frezite apresenta uma vasta gama de equipamentos para captação e gestão da água, o que permite escolher a melhor solução para o seu projeto. Apostamos em soluções autónomas

Leia mais

índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11

índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11 A sua energia solar índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11 A sua energia solar.rigsun. A Rigsun é a nova marca nacional de sistemas solares térmicos.

Leia mais

Fórmula ideal para a economia e alto desempenho. Economia em alta temperatura.

Fórmula ideal para a economia e alto desempenho. Economia em alta temperatura. A FASTERM Economia em alta temperatura. A Fasterm tem uma linha de soluções de aquecimento da água para o banho que garante até 75% de economia. Você instala e testa por 60 dias sem pagar nada por isso.

Leia mais

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar!

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar! GRUPO ROLEAR Porque há coisas que não podem parar! INOVAÇÃO COMO CHAVE DO SUCESSO Desde 1979, com sede no Algarve, a Rolear resulta da oportunidade identificada pelo espírito empreendedor do nosso fundador

Leia mais

ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO

ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO ENERGIA GEOTÉRMICA Definição Recurso geotérmico -Fluidos e formações geológicas do sub-solo, de temperatura elevada, cujo calor seja suscetível de aproveitamento

Leia mais

Rega mais eficiente com bombas de velocidade variável

Rega mais eficiente com bombas de velocidade variável GRUNDFOS REGA Rega mais eficiente com bombas de velocidade variável A pensar na agricultura moderna Quando os tempos assim o exigiram, a agricultura moderna sempre conseguiu adoptar novas técnicas com

Leia mais

Índice. Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores. Aquecimento Central e A.Q.S.

Índice. Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores. Aquecimento Central e A.Q.S. PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 Índice ENTRADA DO CENTRO DE FORMAÇÃO - AVEIRO Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores E1 Águas Quentes Sanitárias 04

Leia mais

DESCRITIVO MODELO BIRDIE

DESCRITIVO MODELO BIRDIE 2010 DESCRITIVO MODELO BIRDIE Processo de Tratamento da Água da Piscina Electrólise do Sal A Electrólise do Sal é o meio mais natural e não agressivo de controlar a quantidade de produção de Cloro, na

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Faculdade de Engenharia Licenciatura Engenharia e Gestão Industrial Unidade Curricular Instalações e Serviços Industriais Semestre: 5 Nº ECTS: 6,0 Regente José

Leia mais

EXAME TEÓRICO. EXAME TIPO e resolução. 1:30:00 início do exame. 0:00:00 fim do exame. Junho 2015 FORMAÇÃO AVANÇADA. marcador de questões a rever

EXAME TEÓRICO. EXAME TIPO e resolução. 1:30:00 início do exame. 0:00:00 fim do exame. Junho 2015 FORMAÇÃO AVANÇADA. marcador de questões a rever EXAME TIPO e resolução 1:30:00 início do exame 0:00:00 fim do exame marcador de questões a rever marcador de questões a rever, assinalado a verde, número de questões já respondidas Pág 1/21 1:28:10 1 /

Leia mais

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada

Pack Tempérys. Tempérys. Ventilação de conforto com regulação integrada > ventilação. caixas com bateria de aquecimento integrada e auto-regulada ventilação Tempérys caixa de insuflação com revestimento duplo e bateria de aquecimento eléctrico Pack Tempérys caixa de insuflação + caixa de extracção com revestimento duplo, sistema de comando e de

Leia mais

Mediar Limpeza e Desinfecção de Sistemas AVAC, Lda. dos edifícios Qualidade do ar interior. Mediar Limpeza e desinfecção de sistemas AVAC, LDA

Mediar Limpeza e Desinfecção de Sistemas AVAC, Lda. dos edifícios Qualidade do ar interior. Mediar Limpeza e desinfecção de sistemas AVAC, LDA Mediar Limpeza e Desinfecção de Sistemas AVAC, Lda. Plano de Manutenção AVAC, segundo o regulamento dos sistemas it energéticos de climatização dos edifícios Qualidade do ar interior Mdid Medidas a serem

Leia mais

Academia Rain Bird Guia de Treinamento para Irrigação 2015

Academia Rain Bird Guia de Treinamento para Irrigação 2015 Academia Rain Bird Guia de Treinamento para Irrigação 2015 Descrição dos Treinamentos BEM-VINDO À ACADEMIA RAIN BIRD A Academia Rain Bird oferece uma diferenciada seleção de cursos profissionalizantes

Leia mais

ESPAÇOS VERDES ECOJARDINAGEM TECNOLOGIAS DE ÁGUA

ESPAÇOS VERDES ECOJARDINAGEM TECNOLOGIAS DE ÁGUA ESPAÇOS VERDES ECOJARDINAGEM TECNOLOGIAS DE ÁGUA A SUBSTRATO e a ENGENHARIALÍQUIDA actuam nas áreas dos espaços verdes e tecnologias da água, numa perspectiva de eficiência e de conservação da natureza.

Leia mais

Série e-svtm Electrobombas verticais multicelulares em aço inoxidável

Série e-svtm Electrobombas verticais multicelulares em aço inoxidável Série e-svtm Electrobombas verticais multicelulares em aço inoxidável Campo de rendimentos hidráulicos extra efficient: extra eficiente A hidráulica recentemente concebida da e-sv TM, combinada com um

Leia mais

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA A CHAVE PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Agenda Enquadramento dos consumos Energéticos nos Edifícios e no ramo Hoteleiro Enerbiz Conceito Geral e explicação funcional Conclusões e Aspetos Gerais Índice Enquadramento

Leia mais

Cursos Sistemas Vapor 2015

Cursos Sistemas Vapor 2015 Cursos Sistemas Vapor 2015 Acção de formação para: Directores de produção Desenhadores de instalações Gerentes de fábrica Engenheiros de processo Engenheiros de projecto Instaladores Gestores de energia

Leia mais

O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com

O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com As Bombas de calor O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com Bomba de calor, a solução ideal Desempenho e economia Hoje a bomba de calor é a solução a mais económica para aquecer eficazmente uma piscina

Leia mais

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015

Projeto Heróis da Água Fase III - 2014/2015 O projeto O Projeto Heróis da Água é promovido pela EMAS de Beja e pela Câmara Municipal de Beja, enquadra-se na área da sensibilização e educação ambiental. O projeto mantem-se pelo 3.º ano e continua

Leia mais

Sistemas térmicos aplicados

Sistemas térmicos aplicados Sistemas térmicos aplicados LNEG 8 Julho 2015 BUILD UP Skills FORESEE IEE/13/BWI 702/SI2.680177 BUILD UP Skills FORESEE September 2014 to February 2017 Temas gerais 1 hora - Teórica Legislação sobre Segurança

Leia mais

LANDLAB WWW.LANDLAB.PT CURSO IMPERMEABILIZAÇÃO PAREDES VERDES COBERTURAS AJARDINADAS. 30 e 31 DE JANEIRO 2013 LISBOA, HOTEL VIP EXECUTIVE ART S 1

LANDLAB WWW.LANDLAB.PT CURSO IMPERMEABILIZAÇÃO PAREDES VERDES COBERTURAS AJARDINADAS. 30 e 31 DE JANEIRO 2013 LISBOA, HOTEL VIP EXECUTIVE ART S 1 LANDLAB CURSO IMPERMEABILIZAÇÃO PAREDES VERDES COBERTURAS AJARDINADAS 30 e 31 DE JANEIRO 2013 LISBOA, HOTEL VIP EXECUTIVE ART S 1 LANDLAB NOTA: A REALIZAÇÃO DESTE CURSO ESTÁ SUJEITO AO NÚMERO DE INSCRITOS

Leia mais

Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água

Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água Medidas de Prevenção de Legionella em Sistemas Prediais o caso da Hotelaria Delfim Filho Director Regional de Operações Norte GRUPO HOTI HOTÉIS AGENDA

Leia mais

a excelência do clima sistemas VRF

a excelência do clima sistemas VRF a excelência do clima VRF UNIDADES INTERIORES 5 MODELOS / 37 VERSÕES UNIDADES EXTERIORES 3 MODELOS / 36 VERSÕES Mural Cassette 4 vias Mini - VRF VRF VRF Plus Parede / Tecto Módulos Básicos Módulos Básicos

Leia mais

Modelo: Índice de nacionalização (mínimo): Em valor: % Em peso: % Descrição técnica: Área irrigada: de a ha/h

Modelo: Índice de nacionalização (mínimo): Em valor: % Em peso: % Descrição técnica: Área irrigada: de a ha/h Sistema de irrigação Pivot Central / Linear /h Constituído de: (Quantidades) Pivot Central de a Torres de a Motoredutores de a Pressão de operação: de a Tubulação de interligação do Pivot a Motobomba do

Leia mais

GRUNDFOS ACADEMIA. Programa de formação Grundfos. A fórmula para o seu Sucesso

GRUNDFOS ACADEMIA. Programa de formação Grundfos. A fórmula para o seu Sucesso GRUNDFOS ACADEMIA Programa de formação Grundfos A fórmula para o seu Sucesso O objectivo dos cursos de formação Grundfos é a valorização dos seus parceiros, apoiando-os com os meios necessários para que

Leia mais

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life

Consultadoria e Serviços Energéticos, lda ENERGIA PARA A VIDA. Energy for life ENERGIA PARA A VIDA Energy for life A GREEN SOLUTIONS A ambição de uma empresa não se reflecte nos seus feitos individuais, mas antes na realização de projectos marcantes para sua indústria. O reconhecimento

Leia mais

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE BOMBAS DE CALOR PARA A.Q.S. AQUASMART AQUASMART SPLIT SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Um novo grau de eficiência Sistemas eficientes de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio

Leia mais

Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades.

Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades. professor Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades. Também serão produzidos, dentro de sala de aula, cartazes

Leia mais

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida

Água Quente. Supraeco W Supraeco W OS. Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. julho 2014. Conforto para a vida Supraeco W Supraeco W OS Bombas de calor Ar - Água para produção de A.Q.S. Água Quente julho 0 Conforto para a vida Bombas de calor SUPRAECO energia água quente ar-água confortopoupança eficiênciacop calor

Leia mais

Ar Condicionado. Tipos de aparelhos

Ar Condicionado. Tipos de aparelhos Ar Condicionado As pessoas passam, porventura, até cerca de 90 % das suas vidas nos espaços confinados, seja nas suas residências, no trabalho, nos transportes ou mesmo em espaços comerciais. A questão

Leia mais

Case Study Boavista Golf. Sistema de Monitorização e Controlo da Produção de Água para Rega de Campos de Golfe.

Case Study Boavista Golf. Sistema de Monitorização e Controlo da Produção de Água para Rega de Campos de Golfe. Case Study Boavista Golf Sistema de Monitorização e Controlo da Produção de Água para Rega de Campos de Golfe. Introdução Portugal é considerado, por muitos especialistas, um dos melhores lugares para

Leia mais

BOMBAS SUBMERSÍVEIS SOLARES

BOMBAS SUBMERSÍVEIS SOLARES BOMBAS SUBMERSÍVEIS SOLARES BOMBA SUBMERSÍVEL SOLAR PS As bombas submersíveis PS são produtos de alta qualidade, concebidos para um abastecimento de água potável mais elevado, água para pecuária, gestão

Leia mais

Engº José Jorge Chaguri Junior A LEI DE AQUECIMENTO SOLAR EM SÃO PAULO

Engº José Jorge Chaguri Junior A LEI DE AQUECIMENTO SOLAR EM SÃO PAULO Engº José Jorge Chaguri Junior Chaguri Engenharia de Projetos Ltda. V Congresso de Tecnologias Limpas e Renováveis para Geração de Energia A LEI DE AQUECIMENTO SOLAR EM SÃO PAULO Estrutura da Apresentação

Leia mais

e-hm AMPLIAÇÃO DE GAMA, MELHOR EFICIÊNCIA DO SEGMENTO E VÁRIAS OPÇÕES DISPONÍVEIS

e-hm AMPLIAÇÃO DE GAMA, MELHOR EFICIÊNCIA DO SEGMENTO E VÁRIAS OPÇÕES DISPONÍVEIS e-hm AMPLIAÇÃO DE GAMA, MELHOR EFICIÊNCIA DO SEGMENTO E VÁRIAS OPÇÕES DISPONÍVEIS Cat_eHM_port.indd 1 29/07/13 10.55 Em casa todos quere Onde está ela? Água? Não, a água! Piscina das crianças Para beber

Leia mais

Comunicado Técnico 08

Comunicado Técnico 08 Comunicado Técnico 08 ISSN 2177-854X Setembro. 2010 Uberaba - MG Automação em Sistemas de Irrigação Responsáveis: Ana Paula P.M.Guirra E-mail: anappmg_irrig@yahoo.com.br Tecnóloga em Irrigação e Drenagem;

Leia mais

APRESENTAÇÃO TDGIWORLD. Crescimento e Progresso. Setores de Atividade. Marcas TDGI. Soluções Tecnológicas. Portfólio. Certificação

APRESENTAÇÃO TDGIWORLD. Crescimento e Progresso. Setores de Atividade. Marcas TDGI. Soluções Tecnológicas. Portfólio. Certificação APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO WORLD Crescimento e Progresso Setores de Atividade Marcas Soluções Tecnológicas Portfólio Certificação WORLD Mercados Operacionais Mercados Grupo Teixeira Duarte Mercados Operacionais

Leia mais

Sistemas de Climatização. » 100% de satisfação nas 2 convocatórias anteriores. Projecto, Exploração, Operação e Manutenção de

Sistemas de Climatização. » 100% de satisfação nas 2 convocatórias anteriores. Projecto, Exploração, Operação e Manutenção de SEMINÁRIOS www.iirangola.com De um modo geral, desde a organização do evento até ao último dia da formação foi tudo excelente. O iir está de parabéns no meu ponto de vista! António Morgado Ferreira. Chefe

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO HOSPITAL DOUTOR MANOEL CONSTÂNCIO INSTALAÇÕES TÉCNICAS. Mestrado em Manutenção Técnica de Edifícios

RELATÓRIO DE ESTÁGIO HOSPITAL DOUTOR MANOEL CONSTÂNCIO INSTALAÇÕES TÉCNICAS. Mestrado em Manutenção Técnica de Edifícios RELATÓRIO DE ESTÁGIO INSTALAÇÕES TÉCNICAS HOSPITAL DOUTOR MANOEL CONSTÂNCIO Mestrado em Manutenção Técnica de Edifícios Fernando Jorge Albino Varela de Oliveira Abrantes Dezembro 2014 ÍNDICE Objectivos

Leia mais

Aquecimento e arrefecimento. Ventilação. Humidificação e desumidificação

Aquecimento e arrefecimento. Ventilação. Humidificação e desumidificação A generalidade das empresas necessitam de controlar o seu ambiente interior, tanto em termos de condições térmicas como de qualidade do ar, por diferentes motivos como bem estar e segurança das pessoas,

Leia mais

Cli l m i ati t z i ação Soluções Eficientes

Cli l m i ati t z i ação Soluções Eficientes Climatização Soluções Eficientes Indíce 1 Energias Renováveis Aerotermia, Energia Solar 2 Eficiência Energética Tecnologias, Regulamento 3 Bombas de Calor Soluções 4 Ar condicionado Gamas, Sistemas 1 Energias

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Vaz, Pedro Miguel Teixeira Morada(s) Rua Eng.º Aboim de Sande Lemos, n.º 1, 1.º Esq, 8000-544 Telefone(s) 963622730 Telemóvel

Leia mais

CENTRO ESCOLAR DAS LAGOAS PONTE DE LIMA

CENTRO ESCOLAR DAS LAGOAS PONTE DE LIMA CENTRO ESCOLAR DAS LAGOAS PONTE DE LIMA Projeto Energia Construção Sustentável www.cezero.pt / www.cezero.com.br CENTRO ESCOLAR DAS LAGOAS PONTE DE LIMA PROJETO Arquitetura e sistemas construtivos Maximização

Leia mais

Eng. José Roberto Muratori

Eng. José Roberto Muratori Eng. José Roberto Muratori OO tema foi escolhido devido a motivação de que cada vez mais percebe-se que os hábitos das pessoas estão em transformação. A alta exigência por conforto e segurança já não é

Leia mais

A NOSSA GAMA DE MOTO-BOMBAS TIPOS DE MOTO-BOMBAS ALTURA DE ELEVAÇÃO

A NOSSA GAMA DE MOTO-BOMBAS TIPOS DE MOTO-BOMBAS ALTURA DE ELEVAÇÃO Moto-Bombas 12 A NOSSA GAMA DE Das moto-bombas portáteis mais pequenas às grandes moto-bombas para resíduos, a Honda tem uma gama concebida para os mais diversos usos. Perfeitas para quem pretende um funcionamento

Leia mais

Projecto e Dimensionamento de Sistemas Geotérmicos Superficiais

Projecto e Dimensionamento de Sistemas Geotérmicos Superficiais Projecto e Dimensionamento de Sistemas Geotérmicos Superficiais BOMBAS DE CALOR GEOTERMICAS e as suas soluções FACTORES DECISIVOS e os seus benefícios POTENCIAL DO SOLO acesso; características; perfuração

Leia mais

Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC

Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC Qualidade do Ar Interior Novas Problemáticas Novas Politicas Novas Práticas Auditorias Ambientais Monitorização e Manutenção de Sistemas AVAC José Luís Alexandre jla@fe.up.pt DEMEGI FEUP Expornor Porto,

Leia mais

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min

ISO 9001 : 2008. De 22/10/2012 a 26/10/2012. Local: Hotel a definir Rio de Janeiro. Carga Horária: 40 horas. Horário: das 8h30min às 17h30min ISO 9001 : 2008 Modernização (Retrofit) de Sistemas de Ar Condicionado De 22/10/2012 a 26/10/2012 Local: Hotel a definir Rio de Janeiro Carga Horária: 40 horas Horário: das 8h30min às 17h30min Objetivo:

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2007 - COTR - CRIAR CONHECIMENTOS E CAPACIDADES

PLANO DE FORMAÇÃO 2007 - COTR - CRIAR CONHECIMENTOS E CAPACIDADES PLANO DE FORMAÇÃO 2007 - COTR - CRIAR CONHECIMENTOS E CAPACIDADES O que é COTR? O Centro Operativo e de Tecnologia de Regadio COTR - é uma Associação de direito privado sem fins lucrativos, criada no dia

Leia mais

WORKSHOP Plano para preservar os Recursos Hídricos da Europa (Blueprint) - Perspetivas para Portugal

WORKSHOP Plano para preservar os Recursos Hídricos da Europa (Blueprint) - Perspetivas para Portugal Eficiência dos sistemas de abastecimento de água para consumo humano WORKSHOP Plano para preservar os Recursos Hídricos da Europa (Blueprint) - Perspetivas para Portugal IPQ, 9 de abril de 2014 Os serviços

Leia mais

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica:

EQUIPAMENTOS. Transferência mecânica: EQUIPAMENTOS Transferência mecânica: Objetivos do equipamento: a) Garantir o acesso seguro à piscina para qualquer pessoa, b) Previnir possíveis riscos de acidente nas transferências ou manipulações, c)

Leia mais

ANEXO I - DOS CENTROS TECNOLÓGICOS, UNIDADES TEMÁTICAS, CARGA-HORÁRIA, NÚMERO DE VAGAS, CURSOS, REQUISITOS MÍNIMOS E TEMAS.

ANEXO I - DOS CENTROS TECNOLÓGICOS, UNIDADES TEMÁTICAS, CARGA-HORÁRIA, NÚMERO DE VAGAS, CURSOS, REQUISITOS MÍNIMOS E TEMAS. ERRATA 001 - EDITAL 013/2013/ITEP/OS Onde lê-se: ANEXO I - DOS CENTROS TECNOLÓGICOS, UNIDADES TEMÁTICAS, CARGA-HORÁRIA, NÚMERO DE VAGAS, CURSOS, REQUISITOS MÍNIMOS E TEMAS. CT CURSO DISCIPLINA CH VAGAS

Leia mais

Corinthia Hotel Lisbon. Hotel Energeticamente Eficiente

Corinthia Hotel Lisbon. Hotel Energeticamente Eficiente Corinthia Hotel Lisbon Hotel Energeticamente Eficiente O CORINTHIA HOTEL LISBON O Maior 5 estrelas em Portugal 27 pisos Área total aproximada de 50 000 m 2 518 quartos no total: 360 quartos superiores

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE (PGRSS)

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE (PGRSS) PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE (PGRSS) 1 1. Apresentação do Projeto O presente documento tem por finalidade apresentar um Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde

Leia mais

Largo Ramos da Costa, 7520 Sines. Responsável pelos sectores de Eletricidade e de Serralharia da Autarquia.

Largo Ramos da Costa, 7520 Sines. Responsável pelos sectores de Eletricidade e de Serralharia da Autarquia. M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Oliveira, José Manuel Santana De Oliveira Morada Praceta Nau Roxo, Lote n.º 5 Sines 7520-268 SINES Telefone 961740416 Fax 269630239 Correio electrónico

Leia mais

A VISÃO DO REGULADOR INDICADORES DE QUALIDADE DE SERVIÇO, GPI E PNUEA

A VISÃO DO REGULADOR INDICADORES DE QUALIDADE DE SERVIÇO, GPI E PNUEA A VISÃO DO REGULADOR INDICADORES DE QUALIDADE DE SERVIÇO, GPI E PNUEA Conferência Alteração do Paradigma nos Serviços de Águas em Portugal - CANTANHEDE Julho de 2013 Centro Empresarial Torres de Lisboa

Leia mais

Especialistas em Agua

Especialistas em Agua Especialistas em Agua Instalações Assistencia Técnica - Manutenção Preventiva Localização GPS W: 7.92724 N: 37.05104 Campicontrol Automatizações Agrícolas e Industriais, Lda Sitio do Chelote - Campinas

Leia mais

PREVENÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DA LEGIONELLA EM PISCINAS E SPAS

PREVENÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DA LEGIONELLA EM PISCINAS E SPAS PREVENÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DA LEGIONELLA EM PISCINAS E SPAS Paulo Diegues Direção-Geral da Saúde Divisão de Saúde Ambiental e Ocupacional CS04 Encontro Legionella Associação Hoteleira do Algarve 16 maio

Leia mais

Despoeiramento industrial Ventilação Ecologia Recuperação de energia Pintura e Acabamento

Despoeiramento industrial Ventilação Ecologia Recuperação de energia Pintura e Acabamento Despoeiramento industrial Ventilação Ecologia Recuperação de energia Pintura e Acabamento A Empresa Sediada na Trofa há mais de 25 anos, somos uma empresa dinâmica que oferece uma gama de soluções que

Leia mais

CDP. Desumidificação de ar para piscinas

CDP. Desumidificação de ar para piscinas CDP Desumidificação de ar para piscinas Desumidificação eficiente para ambientes agressivos Em piscinas, spas, zonas de chuveiros a ginásios onde a humidade relativa é elevada e as condensações podem reduzir

Leia mais

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA*

Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* Acesso ao curso de Licenciatura em ENGENHARIA DO AMBIENTE (ESTGV/IPV) para titulares de CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA* * CETs referenciados pelo Conselho Técnico-Científico da ESTGV para acesso

Leia mais

Colectores Solares para Aquecimento de Água. S. T. Spencer silvino.spencer@adene.pt

Colectores Solares para Aquecimento de Água. S. T. Spencer silvino.spencer@adene.pt Colectores Solares para Aquecimento de Água S. T. Spencer silvino.spencer@adene.pt POTENCIAL DE APLICAÇÃO DE COLECTORES SOLARES PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA Hotéis Apartamento Moteis Pousadas Estalagens

Leia mais

O Reuso da Água no contexto da Política Municipal de Combate às Mudanças Climáticas

O Reuso da Água no contexto da Política Municipal de Combate às Mudanças Climáticas O Reuso da Água no contexto da Política Municipal de Combate às Mudanças Climáticas Weber Coutinho Gerente de Planejamento e Monitoramento Ambiental Secretaria Municipal de Meio Ambiente Junho / 2015 Mudanças

Leia mais

Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo Associação Empresarial das ilhas Terceira, Graciosa e São Jorge

Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo Associação Empresarial das ilhas Terceira, Graciosa e São Jorge Segunda alteração do Decreto Regulamentar Regional n.º 22/2007/A, de 25 de Outubro, que aprova o Subsistema de Apoio ao Desenvolvimento Local Promotores -Empresários em nome individual, estabelecimentos

Leia mais

Compressores de pistão isentos de óleo Série DENTAL

Compressores de pistão isentos de óleo Série DENTAL www.kaeser.com ompressores de pistão isentos de óleo Série DENT audal de 65 a 950 l/min pressão de 10 bar Porquê compressores para clínica dentária KESER? omo utilizador, espera do seu compressor para

Leia mais

Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar Condicionado. TREx Executado=Projectado Total acordo nas alterações

Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar Condicionado. TREx Executado=Projectado Total acordo nas alterações 7 as JORNADAS DE CLIMATIZAÇÃO Verificação do Comissionamento e da Manutenção Certificados Energéticos e da QAI do SCE Ernesto F. Peixeiro Ramos Ordem dos Engenheiros 8 de Novembro de 2008 Associação Portuguesa

Leia mais

REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS

REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS GUIA PARA A REABILITAÇÃO REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS PROJETO Cooperar para Reabilitar da InovaDomus Autoria do Relatório Consultoria

Leia mais

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência

Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Solução de Aquecimento de Águas de Elevada Eficiência Gama 04 Gama de 2013 O que é Therma V? 06 O que é Therma V? Vantagens Therma V 08 Elevada Eficiência Energética 10 Programação Semanal 12 Instalação

Leia mais

Curriculum de Mecânica dos Fluidos

Curriculum de Mecânica dos Fluidos Curriculum de Mecânica dos Fluidos A Nível I Introdução à Mecânica dos Fluidos (30 horas) A.1 - Princípios e grandezas físicas em Mecânica dos Fluidos A1.1 Conceitos físico-matemáticos elementares A.1.1.1

Leia mais

EFICIÊNCIA HÍDRICA. Relatório de experiência realizada no Colégio xxxxxxxxx de Campo de Ourique. Experiência de 13/09 a 09/11 de 2010

EFICIÊNCIA HÍDRICA. Relatório de experiência realizada no Colégio xxxxxxxxx de Campo de Ourique. Experiência de 13/09 a 09/11 de 2010 EFICIÊNCIA HÍDRICA Relatório de experiência realizada no Colégio xxxxxxxxx de Campo de Ourique Experiência de 13/09 a 09/11 de 2010 Novembro de 2010 1. Introdução A água é um bem essencial à vida e indispensável

Leia mais

PROGRAMA DE CURSOS 2012

PROGRAMA DE CURSOS 2012 PROGRAMA DE CURSOS 2012 CENTRO DE FORMAÇÃO CALENDÁRIO PROGRAMA DE CURSOS 2012 CURSOS INSTALAÇÃO DE SOLUÇÕES SOLARES TÉRMICAS DOMÉSTICAS Sistemas autónomos e em circulação forçada: Termossifão STS Autocalor

Leia mais

Amboretto Skids. Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel e água

Amboretto Skids. Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel e água Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, celulose e água 1 Disponível para Locação, Leasing e Cartão Amboretto Skids Soluções e manuseio de fluidos para indústria de óleo, gás, papel

Leia mais

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS

UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS UMA ASSOCIAÇÃO GLOBAL PARA ALIANÇAS ESTRATÉGICAS Presente em mais de 80 países e com mais de 280 escritórios em todos os Continentes, a MGI é uma das maiores

Leia mais

A Renopac Soluções Inteligentes é uma jovem empresa especializada em Energias Renováveis, Climatização e Sistemas Elétricos.

A Renopac Soluções Inteligentes é uma jovem empresa especializada em Energias Renováveis, Climatização e Sistemas Elétricos. A Renopac Soluções Inteligentes é uma jovem empresa especializada em Energias Renováveis, Climatização e Sistemas Elétricos. Tem como principal objetivo proporcionar um serviço eficiente e de extrema qualidade

Leia mais

FACILITY SERVICES. Apresentação

FACILITY SERVICES. Apresentação FACILITY SERVICES Apresentação FACILITY SERVICES A NFH é uma empresa de Facility Services Tem como objetivo, um crescimento sustentável, através de uma prestação de serviços de rigor e transparência.

Leia mais

Quem fabrica o CALMAT? CALMAT é um produto fabricado na Alemanha pela CWT Christiani Wassertechnik GmbH, empresa fundada em 1948, com sede em Berlim.

Quem fabrica o CALMAT? CALMAT é um produto fabricado na Alemanha pela CWT Christiani Wassertechnik GmbH, empresa fundada em 1948, com sede em Berlim. O que é CALMAT? CALMAT é um aparelho para tratamento físico das águas calcárias, que elimina os inconvenientes das incrustações causadas pelos sais de cálcio e magnésio. Além disso, remove as incrustações

Leia mais

PERGUNTA 2. Figura 2. Arade Alcantarilha Quarteira. 0m 5000m 10000m

PERGUNTA 2. Figura 2. Arade Alcantarilha Quarteira. 0m 5000m 10000m PERGUNTA 1 O aquífero de Escusa está localizado no pleno coração do Parque Natural da Serra de S. Mamede, na bacia hidrográfica do rio Tejo, tem uma extensão de cerca de 8 km 2 e é constituído por rochas

Leia mais

SOLUÇÕES DE VENTILAÇÃO E COMPONENTES DE INSTALAÇÃO

SOLUÇÕES DE VENTILAÇÃO E COMPONENTES DE INSTALAÇÃO SOLUÇÕES DE VENTILAÇÃO E COMPONENTES DE INSTALAÇÃO SOLUÇÕES DE VENTILAÇÃO A SODECA PORTUGAL, fazendo parte do Grupo SODECA HOLDING, S.A. concilia os pontos fortes dum grande fabricante de Ventiladores,

Leia mais

Dimensionamento de Solar T. para aquecimento de Piscinas

Dimensionamento de Solar T. para aquecimento de Piscinas Dimensionamento de Solar T. para aquecimento de Piscinas Pedro Miranda Soares Dimensionamento de Sistemas Solares Térmicos para aquecimento de Piscinas No dimensionamento de colectores solares para aquecimento

Leia mais

Dossier Promocional. Empreendimento Vila Sol Quarteira Loulé Algarve

Dossier Promocional. Empreendimento Vila Sol Quarteira Loulé Algarve Dossier Promocional Empreendimento Vila Sol Quarteira Loulé Algarve 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização

Leia mais

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6

Apresentação Wintek.Center... 4. Programa das Ações de Formação... 3. Básico de Refrigeração e Climatização... 6 ÍNDICE Apresentação Wintek.Center... 4 Programa das Ações de Formação... 3 Básico de Refrigeração e Climatização... 6 Automação, Controlo e Instrumentação... 7 Electricidade de Sistemas de Refrigeração

Leia mais

Portugal 2020. CCILC, Junho 2014

Portugal 2020. CCILC, Junho 2014 Portugal 2020 CCILC, Junho 2014 Internacionalização: Quando? Para Quem? PME Organizações Onde? Regiões Como valorizar? + RH +Inovação O Quê? Que Investimentos? Quais? Temas Prioridades Objetivos Internacionalização:

Leia mais

O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com

O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com Aquecedores eléctricos, permutadores de calor O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com Aquecedores eléctricos Applicação : Aquecimento de piscinas, de interior ou spas Princípio de funcionamento :

Leia mais

Tipos de Reuso. . Reuso Industrial

Tipos de Reuso. . Reuso Industrial Cerca de 71% da superfície do planeta Terra é coberta por água. Cerca de 97,5% dessa água é salgada e está nos oceanos, 2,5% é doce sendo que deles, 2% estão nas geleiras, e apenas 0,5% estão disponíveis

Leia mais

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização

Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização Esquema de Certificação Técnicos de Instalação e Manutenção de Sistemas de Climatização 1. Introdução 1.1. O presente documento, descreve os requisitos particulares referentes à certificação de técnicos

Leia mais

II Curso de E-learning

II Curso de E-learning Associação Portuguesa dos Técnicos de Natação Complexo de Piscinas Municipais de Rio Maior Estradas das Marinhas 2040 Rio Maior II Curso de E-learning O Técnico de Manutenção de Piscinas de Uso Colectivo

Leia mais

Série Spektron UV UMA NOVA LUZ NA DESINFECÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL

Série Spektron UV UMA NOVA LUZ NA DESINFECÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL Série Spektron UV UMA NOVA LUZ NA DESINFECÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL Vamos desinfectar a água potável custe o que custar. Resumo das vantagens Processo de desinfecção que não agride o meio ambiente, sem o risco

Leia mais

DIRECÇÃO-GERAL DE GEOLOGIA E ENERGIA PERFIL PROFISSIONAL DE TÉCNICO INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS

DIRECÇÃO-GERAL DE GEOLOGIA E ENERGIA PERFIL PROFISSIONAL DE TÉCNICO INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS DIRECÇÃO-GERAL DE GEOLOGIA E ENERGIA PERFIL PROFISSIONAL DE TÉCNICO INSTALADOR DE SISTEMAS SOLARES TÉRMICOS CÓDIGO - ERG-OO4 ÁREA DE ACTIVIDADE ENERGIA OBJECTIVO GLOBAL - Programar, organizar, coordenar

Leia mais

PRESSEINFORMATION COMUNICADO DE IMPRENSA

PRESSEINFORMATION COMUNICADO DE IMPRENSA PRESSEINFORMATION COMUNICADO DE EcoCWave da Dürr Ecoclean: Qualidade superior, eficiência de custos e confiabilidade de processo na lavagem à base de água Filderstadt/Germany, junho 2014 com sua EcoCWave,

Leia mais

www.setimep.com SETIMEP ENGENHARIA, AMBIENTE E ENERGIA

www.setimep.com SETIMEP ENGENHARIA, AMBIENTE E ENERGIA www.setimep.com SETIMEP ENGENHARIA, AMBIENTE E ENERGIA Certificação ISO 9001:2008 ACTIVIDADE E SERVIÇOS Engenharia, construção e instalação de equipamentos industriais, destacando-se: - Tratamento de efluentes

Leia mais

Erro! ROTEIRO PARA INSPEÇÃO SISTEMAS E SOLUÇÕES ALTERNATIVAS COLETIVAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA COM REDE DE DISTRIBUIÇÃO

Erro! ROTEIRO PARA INSPEÇÃO SISTEMAS E SOLUÇÕES ALTERNATIVAS COLETIVAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA COM REDE DE DISTRIBUIÇÃO Erro! ROTEIRO PARA INSPEÇÃO SISTEMAS E SOLUÇÕES ALTERNATIVAS COLETIVAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA COM REDE DE DISTRIBUIÇÃO Formulário de Entrada de Dados - PARTE A - IDENTIFICAÇÃO DO SISTEMA OU SOLUÇÃO ALTERNATIVA

Leia mais

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Bombas de Calor para A.Q.S. AQUAECO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Uma tecnologia de futuro Sistema eficiente de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio ao Cliente 04 Bomba

Leia mais