EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO"

Transcrição

1 EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º/12.º Anos de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) (Iniciação-bienal) PROVA 317/7 Págs. Duração da prova: 120 minutos ª FASE PROVA ESCRITA DE FRANCÊS Identifique claramente os grupos e os itens a que responde. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta azul ou preta. É interdito o uso de «esferográfica-lápis» e de corrector. As cotações da prova encontram-se na página 7. Pode utilizar dicionários unilingues e bilingues, sem qualquer restrição ou especificação. Nos itens de resposta fechada, se fornecer mais respostas do que as solicitadas, será atribuída cotação 0 ao respectivo item. Deve escrever as suas respostas na folha da prova, de acordo com as instruções constantes do enunciado de cada item. Caso necessite de fazer alterações em qualquer resposta, deve riscar o que pretende anular. A ambiguidade e/ou a ilegibilidade da resposta implica a atribuição de cotação 0. É permitida a utilização de folhas de rascunho. Estas não serão, contudo, recolhidas no final da prova, nem o seu conteúdo avaliado. V.S.F.F. 317/1

2 Partie A Compréhension Observez attentivement les documents qui constituent cette partie. Pour chaque question, choisissez une seule réponse en indiquant sur votre feuille la lettre correspondante. 1. Lisez la note suivante C est un message 1.2. Son objectif est de a. du mari à sa femme. b. de la mère à son fils. c. des parents à leurs enfants. d. du père à ses enfants. a. faire seulement des suggestions. b. donner des indications et des conseils. c. donner des informations et des ordres. d. donner uniquement des ordres. Ce soir, j arrive plus tard que d habitude! Au frigo vous trouverez du riz et du poulet rôti. Débrouillez-vous pour les légumes! N oubliez pas de faire vos devoirs. Ne vous couchez pas après 10 heures. Bisous. 2. Lisez les annonces ci-dessous On trouve ces deux annonces dans la 2.2. L annonce A se destine rubrique a. «Achat/Vente». b. «Offres et demandes». c. «Demande de travail». d. «Location/échange». a. à tous ceux qui veulent faire garder leurs enfants le week-end. b. aux parents qui n ont pas de programme pour le 31 décembre. c. aux personnes qui veulent passer le réveillon chez elles. d. aux parents qui veulent sortir la nuit du 31. A. Je suis une étudiante de 21 ans avec beaucoup d'expérience en baby-sitting et comme, cette année, je n'ai pas de programme pour le réveillon, je vous propose de veiller sur votre/vos enfant(s) toute la nuit si besoin. À bientôt! Sham. B. Bonjour, je cherche un studio à louer sur Paris (dans le 1 er, 2 e, 3 e, 4 e arr.) pour le mois de septembre Loyer max. 700 euros. Vous pouvez me contacter à Merci à tous, Fanny 317/2

3 3. Lisez le texte suivant: Télévision L autre soir, (3.1.), quand mon père s est mis à hurler comme un sauvage: Éteins la télévision! Ça fait quatre heures que tu es planté là devant! File dans ta chambre et va lire un peu ton livre de lecture! Je suis donc allé dans ma chambre et j ai pris mon livre de lecture. Je me suis endormi avant d avoir terminé la deuxième ligne. J ai été réveillé par des cris et des hurlements. En écoutant bien, (3.2.). Je suis allé voir ce qui se passait. Et j ai vu! Un crocodile avait attaqué une cuisse de mon père, deux jaguars se disputaient ma mère Je me suis précipité pour éteindre la télévision et tout est rentré dans l ordre. J ai dit à mon père: Voilà ce qui se passe quand (3.3.)! Mais on voulait juste mettre un documentaire sur les animaux! a-t-il répondu. FRIOT, Bernard, Histoires pressées, Milan Poche Junior, 1999 (adapté) Dans le texte ci-dessus trois expressions ont été supprimées. Indiquez l alinéa qui correspond à chacune d elles a. je lisais une bande dessinée b. je surfais sur Internet c. je regardais un film passionnant d. je téléphonais à un ami a. j ai reconnu les voix de toute la famille b. j ai constaté que tout le monde dormait c. j ai décidé de continuer de lire mon livre d. j ai compris que je ne devais pas me lever a. il y a une grande panne de courant b. on ne reconnaît plus les voix des parents c. on n a pas de respect pour son père d. on ne sait pas se servir d une télévision V.S.F.F. 317/3

4 4. Choisissez les mots qui complètent correctement le texte ci-dessous et copiez-les sur votre feuille. Des jeunes s opposent à la cigarette au cinéma et à la télévision De plus en plus de jeunes québécois prennent position contre le tabac... (a)... (dans la / à la / en la) télévision et au cinéma. Ils demandent aux réalisateurs de réduire le tabac dans... (b)... (leurs / ses / leur) productions. On croit qu... (c)... (il y a / il a / a) une relation entre la présence de la cigarette à l écran et le choix des jeunes de... (d)... (commencé / commencés / commencer) à fumer. En tout cas,... (e)... (aucuns / certains / la plupart) jeunes vont assez loin: ils proposent quelques conseils au gouvernement en matière... (f)... (du / de / de la) tabagisme juvénile et... (g)... (informe / informes / informent) les adolescents des risques du tabac pour la santé. 5. Un nouveau livre sur l écologie vient de paraître en France. Associez les éléments de la colonne de gauche à ceux de la colonne de droite, de façon à obtenir des commentaires cohérents sur l ouvrage. Attention: quelques éléments de la colonne de droite ne sont pas utilisés. a. Une réponse b. Un guide pour la survie c. 512 micro-solutions locales d. Parce que demain se prépare aujourd hui, e. Un livre plein de bonnes idées pour 1. de notre planète. 2. réduire, réparer, recycler. 3. de l état du monde. 4. qui donnent envie d'agir. 5. adoptez-la au quotidien. 6. à une solution claire. 7. retroussez les manches! 8. à un grand défi de l humanité. 317/4

5 Partie B Médiation 6. Lisez le texte suivant. Deux questions à Marie-Laure Frelut, pédiatre, spécialiste en nutrition Phosphore: L obésité touche-t-elle autant les filles que les garçons? Marie-Laure Frelut: Chez les jeunes, les filles semblent plus touchées. Par la prise de kilos en général: la nature fait que les filles sont plus rondes. À la puberté, normalement, elles prennent des fesses et de la poitrine. De plus, vers cette période, elles ont tendance à éviter l activité physique. Un décalage s installe, le garçon fait plus de sport. Phosphore: Pour les filles, c est un peu injuste: elles dépensent moins d énergie et elles fabriquent plus de graisse! Marie-Laure Frelut: Oui, et les garçons ont encore un autre avantage: quand on est musclé, on brûle plus de calories. Concrètement, même quand les garçons ne font rien, ils dépensent davantage de calories que les filles. Vous avez raison, c est vraiment trop injuste! Phosphore, n.º 295, janvier Vous voulez parler de cette interview à un de vos amis. Choisissez la meilleure synthèse pour le faire en indiquant l alinéa correct. a. Les jeunes filles voient à la puberté leur corps se transformer trop rapidement et décident de ne plus faire de l activité physique. D autre part, les garçons admirent les nouvelles formes de leur corps. b. La puberté des jeunes filles est plus difficile que celle des garçons qui continuent de pratiquer de l éducation physique. Ainsi, ils ne prennent pas beaucoup de poids. c. À la puberté, le corps des jeunes filles se modifie plus que celui des garçons. D une part, ils ont une constitution physique qui leur est plus favorable; d autre part, elles n aiment pas tellement faire du sport. d. Les filles et les garçons n ont pas une constitution physique identique. Pendant leur adolescence, l activité physique est abandonnée par beaucoup de filles. V.S.F.F. 317/5

6 Partie C Interaction et Production Écrite 7. Vous n avez pas réussi à réserver un billet sur Internet. Alors vous appelez la billetterie pour réserver votre voyage. Complétez le dialogue entre vous et le fonctionnaire, en vous aidant du document ci-dessous. Vous (a) Fonctionnaire Très bien. Vous voulez un billet composé «Train et hôtel»? Vous (b) Fonctionnaire C est pour quelle date? Vous préférez le matin, l après-midi ou le soir? Vous (c) Fonctionnaire D accord. Quelle classe? Vous voyagez seul(e)? Vous (d) Fonctionnaire C est bon, votre billet est réservé. Vous (e) 8. Rédigez un fait-divers ( mots) à partir des éléments ci-dessous: Découverte lumineuse Qui Des enfants Quoi Découverte de pièces en or Louis XIV Quand... Où Chambéry Comment... Organisez et développez les éléments ci-dessus. 317/6 FIM

7 COTAÇÕES Grupo A pontos pontos pontos pontos pontos 100 pontos Grupo B pontos 20 pontos Grupo C pontos pontos 80 pontos TOTAL pontos 317/7

8 EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º/12.º Anos de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) (Iniciação-bienal) PROVA317/C/4 Págs. Duração da prova: 120 minutos ª FASE PROVA ESCRITA DE FRANCÊS COTAÇÕES Grupo A pontos pontos pontos pontos pontos 100 pontos Grupo B pontos 20 pontos Grupo C pontos pontos 80 pontos TOTAL pontos V.S.F.F. 317/C/1

9 CRITÉRIOS GERAIS DE CLASSIFICAÇÃO Os critérios de classificação estão organizados por níveis de desempenho a que correspondem cotações fixas, não podendo ser atribuídas cotações diferentes das indicadas. Nos itens de escolha múltipla, a indicação de mais do que uma opção para cada item implica a desvalorização total da resposta. Nos itens dos Grupos A, B e C, são enunciados descritores específicos correspondentes aos diferentes níveis. No item de produção longa (Grupo C), são considerados, separadamente, descritores e respectivos níveis (N1, N2 e ) para a competência pragmática e para a competência linguística. Nos itens fechados de resposta curta, se a resposta não for manifestamente inequívoca, deve ser atribuída a cotação de zero pontos. Nos itens que permitem variações nas respostas dos examinandos, prevêem-se níveis intermédios de cotação que não se encontram descritos. No item de produção longa (Grupo C), se o examinando não abordar o tema proposto, a resposta é totalmente desvalorizada. A qualquer resposta que apresente um desempenho inferior ao mais baixo nível descrito é atribuída a cotação de zero pontos. As cotações a atribuir às respostas dos examinandos são expressas obrigatoriamente em números inteiros. CRITÉRIOS ESPECÍFICOS Grupo A Compreensão 1. N2 Indica as alíneas correctas. Chave: 1.1. d. Chave: 1.2. c. 15 N1 Indica apenas uma das alíneas correctas N2 Indica as alíneas correctas. Chave: 2.1. b. Chave: 2.2. d. 15 N1 Indica apenas uma das alíneas correctas /C/2

10 3. Indica correctamente todas as alíneas. Chave: 3.1. c. Chave: 3.2. a. Chave: 3.3. d. N N1 Indica correctamente uma alínea Indica correctamente seis ou sete palavras. Chave: (a) à la Chave: (b) leurs Chave: (c) il y a Chave: (d) commencer Chave: (e) certains Chave: (f) de Chave: (g) informent 20 N2 14 N1 Indica correctamente duas ou três palavras Indica as cinco associações correctas. Chave: a. 8. Chave: b. 1. Chave: c. 4. Chave: d. 7. Chave: e. 2.have: N N1 Indica uma ou duas associações correctas. 6 Grupo B Mediação 6. N1 Indica a síntese mais adequada. Chave: c. 20 V.S.F.F. 317/C/3

11 Grupo C Interacção e Produção Escrita Constrói, de uma forma globalmente correcta, todos os enunciados requeridos, utilizando expressões e estruturas morfossintácticas relativas à situação proposta. Pode cometer alguns erros ortográficos N2 20 N1 Constrói, de uma forma globalmente correcta, dois dos enunciados requeridos, utilizando expressões e estruturas morfossintácticas relativas à situação proposta. Comete erros ortográficos. Ou Constrói três dos enunciados requeridos, mas nem sempre respeita a situação proposta. Comete erros morfossintácticos e ortográficos. 10 COMPETÊNCIA PRAGMÁTICA Redige um texto articulado e simples, em registo adequado, respeitando a matriz discursiva solicitada e as indicações fornecidas. Respeita os limites de palavras indicados N2 20 N1 Redige um texto muito elementar, articulando deficientemente as frases e não respeitando totalmente nem a matriz discursiva solicitada nem as indicações fornecidas. Pode não respeitar os limites de palavras indicados. 10 COMPETÊNCIA LINGUÍSTICA 8. Utiliza uma linguagem corrente e um léxico limitado, relacionado com aspectos do quotidiano. Usa, com correcção, estruturas simples, cometendo alguns erros elementares que, no entanto, não prejudicam a clareza do texto. Pode cometer alguns erros ortográficos. N N1 Revela insuficiente domínio de estruturas lexicais elementares, ocorrendo muitas interferências da língua materna. Comete erros frequentes, prejudicando por vezes a clareza do texto. Revela deficiências no domínio da ortografia /C/4

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 ESCOLA PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 I Lisez attentivement le texte ci-dessous et les questions pour avoir une vision globale de ce qu'on vous demande. Une eau pas très écolo!

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FRANCÊS 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém quatro questões, constituídas de itens e

Leia mais

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E FRANCÊS 12.ºANO NÍVEL DE CONTINUAÇÃO PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 20 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência

Leia mais

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15-20 minutos para cada grupo

Leia mais

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo Questão Internet: . Acesso em: abr. 0. Considerando a figura acima apresentada, redija um texto dissertativo que atenda, necessariamente, ao que se pede a seguir. Identifique a

Leia mais

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Caros pais, A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Esta iniciativa insere-se no âmbito de um projeto

Leia mais

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES 2ª ETAPA SUBPROGRAMA 2011/2014 24 de fevereiro de 2013

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A7

CAFEZINHO BRASILEIRO A7 1 VERBOS REGULARES -ER e -IR Verbes Réguliers -ER et -IR COMER ASSISTIR eu como assisto você come assiste nós comemos assistimos vocês comem assistem BEBER boire DEVER devoir VENDER vendre VIVER vivre

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Francês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 17/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

FRANCÊS INSTRUÇÕES 1 - ESTA PROVA CONTÉM 1 (UM) TEXTO SEGUIDO DE QUESTÕES DE COMPREENSÃO 2 - ESCOLHA E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, SEMPRE DE ACORDO COM O TEXTO EXISTE-T-IL DES RECETTES POUR ÊTRE HEUREUX?

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Francês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 19/2012, de 5 de julho Prova 517/1.ª Fase 7 Páginas Duração da Prova: 120

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A5

CAFEZINHO BRASILEIRO A5 1 PRONOMES (adjetivo) DEMONSTRATIVOS Déterminant Démonstratifs Oi Paulo, esse bola é do seu filho? Salut Paulo, ce balon est à ton fils? Sim, é dele. Oui, c est à lui. Les déterminants démonstratifs (pronomes

Leia mais

Língua Estrangeira: FRANCÊS L alarme intelligente Finis les hurlements intempestifs, elle reconnaît les cambrioleurs Les alarmes, c est bien pratique Sauf quand ça se met à hurler à tout bout de champ

Leia mais

PORTUGUÊS DE VIAGEM PV3 - RESTAURANTE A

PORTUGUÊS DE VIAGEM PV3 - RESTAURANTE A 1 TIPOS DE RESTAURANTES PORTUGUÊS DE VIAGEM Falar sobre a comida é uma delícia! Mas falar sobre a comida no Brasil é assunto extenso! Existem muitas variações entre as regiões brasileiras. Então, vamos

Leia mais

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Ce qui ne change pas O que não se altera entre o pré-escolar e o 1º ano no LFIP L organisation administrative/a organização administrativa -Les contacts

Leia mais

FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016.

FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016. FR Appel à participation : Micro-résidence de production et d affichage, Porto, Portugal 18 Avril-28 Avril 2016. L association In Extenso est historiquement liée aux projets «hors les murs» puisque sa

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março Prova Escrita de Francês 11.º/12.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 517/2.ª fase 10 Páginas Duração da Prova: 120

Leia mais

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado Mateus Geraldo Xavier Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral Dissertação de Mestrado Programa de Pós-graduação em Teologia do Departamento de Teologia

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E)

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) Ano Letivo 2012/2013 Temáticos Unité 0 JE COMMENCE Os pronomes pessoais Os números cardinais (1) ( 0-19) Conteúdos Nº

Leia mais

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 Série L : 3 heures coefficient 4 Série S : 2 heures coefficient 2 Série STG (sauf CGRH) : 2 heures coefficient 2 Série STG

Leia mais

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL

GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL GUIDE DE L ÉTUDIANT INTERNATIONAL Votre arrivée à l UFCSPA demande des procédures administratives nécessaires à votre séjour au Brésil (visa, CPF, RNE) et à votre confort et sécurité (santé et transports),

Leia mais

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Ses objectifs / OBJECTIVOS Éduquer pour vivre ensemble -> Educar para viver juntos Portugais Português Instruire pour comprendre aujourd hui, construire

Leia mais

Parlez-vous européen?

Parlez-vous européen? Parlez-vous européen? A BONECA BRAILLIN 1. Résumé Parece uma boneca normal mas não é. A Braillin possui seis botões em relevo correspondentes aos seis pontos base da linguagem braille (P.) / braile (B.).

Leia mais

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL A: Tous les acteurs de la filière du Commerce Equitable certifiés pour la mangue, la banane, la pulpe d araza / Produtores e Comerciantes certificados da manga, da banana e da polpa de araza de CJ Tous

Leia mais

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica.

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. 2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. Cinq mémoires sur l instruc1on publique (1791). Présenta@on, notes, bi- bliographie et chronologie part Charles Coutel et Catherine

Leia mais

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Pablo Diego Niederauer Bernardi * (UFPel) Isabella Mozzilo (UFPel) Aprender línguas pressupõe o desenvolvimento de

Leia mais

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica da PUC-Rio como requisito

Leia mais

A formação do engenheiro para as próximas décadas

A formação do engenheiro para as próximas décadas Seminário Inovação Pedagógica na Formação do Engenheiro Universidade de São Paulo Maio de 2003 A formação do engenheiro para as próximas décadas Henrique Lindenberg Neto Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE :

MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : - 1 - MERCI DE NOUS RENVOYER VOTRE TEST A : info@soft-formation.com TEST PORTUGAIS SOCIETE : RESPONSABLE FORMATION : TELEPHONE : FAX : NOM DU STAGIAIRE : PRENOM DU STAGIAIRE : TELEPHONE : FAX : DATE DU

Leia mais

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo.

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência

Informação-Prova de Equivalência à Frequência Informação-Prova de Equivalência à Frequência ENSINO SECUNDÁRIO PROVA ESCRITA E ORAL Prova de Equivalência à Frequência de Espanhol, 11º ano (Iniciação) Prova 375 (ter como referência quadro III do Desp.Norm.5/2013)

Leia mais

Informação - Exame a Nível de Escola

Informação - Exame a Nível de Escola Informação - Exame a Nível de Escola Exame a nível de escola de Francês Iniciação bienal Código: 317 Ano de escolaridade: 11º (Despacho n.º 2285/2009, de 16 de janeiro e Despacho n.º 2007-B/2013, de 1

Leia mais

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE AZUL CADERNO DE PROVA 1.ª FASE Francês Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Ano letivo 2014/2015 Ensino Secundário - 1ª e 2ª Fase Disciplina de ESPANHOL (INICIAÇÃO BIENAL) - 375 Informação Prova de Equivalência à Frequência 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames.

Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, na redação atual. Regulamento de Exames. Disciplina Francês II Código: 16 Informação - Prova de Equivalência à Frequência 2014/2015 Francês II Código da prova: 16 9º Ano de Escolaridade / 3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

6 Não será permitido o uso de dicionário.

6 Não será permitido o uso de dicionário. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

CabriWorld 2001-Montréal - Canada

CabriWorld 2001-Montréal - Canada - 1 - Cabri-géomètre à distance via Internet CabriWorld 2001-Montréal - Canada Alexandre Campos Silva alesilva@pucsp.br Vincenzo Bongiovanni vincenzo@atribuna.com.br PUC/SP- Brésil Résumé de l atelier

Leia mais

Espanhol (Prova Escrita + Oral)

Espanhol (Prova Escrita + Oral) Informação-Prova de Equivalência à Frequência Espanhol (Prova Escrita + Oral) Prova 15 2015 9º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos (escrita) 15 minutos (oral) O presente documento visa divulgar

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE D. DINIS TESTE DE FRANCÊS NÍVEL 3 MAIO 2005 9º ANO DE ESCOLARIDADE

ESCOLA SECUNDÁRIA DE D. DINIS TESTE DE FRANCÊS NÍVEL 3 MAIO 2005 9º ANO DE ESCOLARIDADE ESCOLA SECUNDÁRIA DE D. DINIS TESTE DE FRANCÊS NÍVEL 3 MAIO 2005 9º ANO DE ESCOLARIDADE Lisez ce texte attentivement et répondez aux questionnaires qui le suivent: À Paris, l été dernier, la pollution

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015

Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 Agrupamento de Escolas de Samora Correia Informação - Prova de Exame de Equivalência à Frequência de INGLÊS I Data: abril 2015 2ºCiclo - 6º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

Leia mais

HISTÓRIA DE PORTUGAL DE COR

HISTÓRIA DE PORTUGAL DE COR HISTÓRIA DE PORTUGAL DE COR Ilustrada com as cores nacionais por Almada de cor, quer dizer é o coração que se lembra Paris 1919 Dedicatória perpétua: Para Ti, para que não penses que o vou dedicar a uma

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2015 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2015. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 367

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2015. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 367 DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 367 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 11º Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da disciplina

Leia mais

PORTUGUÊS DE VIAGEM PV2 - HOSPEDAGEM

PORTUGUÊS DE VIAGEM PV2 - HOSPEDAGEM Jericoacoara Ceará 1 TIPOS DE HOSPEDAGEM Qual é o melhor tipo de hospedagem? Bom, isso depende do viajante. Hotéis são mais confortáveis e têm mais opções de lazer. Normalmente, grandes hotéis têm quartos

Leia mais

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments QUALIDADE Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments Identificação rápida e confiável de ligas e composições elementares para: Controle

Leia mais

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico

AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade. INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO ESCOLAS DE REDONDO Escola Básica e Secundária Dr. Hernâni Cidade INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INGLÊS Abril de 2015 PROVA 06 2º Ciclo do Ensino Básico I. INTRODUÇÃO

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul 161780 Escola-sede: Escola Secundária de São Pedro do Sul INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 2.º CICLO DO ENSINO BÁSICO ANO LETIVO: 2014/2015 1 ª /

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência

Informação Prova de Equivalência à Frequência Básico Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS (LE I) Prova escrita e oral Prova 21 2015 do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame

Leia mais

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita

Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita Informação-Exame de Equivalência à disciplina de: INGLÊS (LE I) Prova Oral e Prova Escrita 2º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

157 spectrum RESUMO PALAVRAS-CHAVE

157 spectrum RESUMO PALAVRAS-CHAVE 157 DA INADEQUAÇÃO DO TERMO ANALFABETISMO E DA NECESSIDADE DE NOVOS CONCEITOS PARA A COMPREENSÃO DO APRENDIZADO DA LEITURA E DA ESCRITA EM LÍNGUA PORTUGUESA NILCE DA SILVA * RESUMO O presente artigo apresenta

Leia mais

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012 éduscol Annales zéro baccalauréat 2013 Ressources pour la classe de terminale Bac L - LV2 Portugais Ces documents peuvent être utilisés et modifiés librement dans le cadre des activités d'enseignement

Leia mais

SOFIA E SUAS LÍNGUAS. Sophie et ses langues. Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr

SOFIA E SUAS LÍNGUAS. Sophie et ses langues. Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr SOFIA E SUAS LÍNGUAS Sophie et ses langues Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr SOFIA E SUAS LÍNGUAS Sophie et ses langues A associação DULALA foi criada para promover

Leia mais

CAFEZINHO BRASILEIRO A1-A5 REVISÃO

CAFEZINHO BRASILEIRO A1-A5 REVISÃO PRONOMES PESSOAIS je tu il elle on nous vous informel vous formel ils elles eu você ele ela a gente nós vocês o senhor a senhora os senhores as senhoras eles elas mon, ma, mes ton, ta, tes notre, nos votre,

Leia mais

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide Informação-Exame de equivalência à frequência de Francês (prova escrita) Prova 16 2013 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 6/2001, de 18 de janeiro 1. Objeto de avaliação A prova tem por referência

Leia mais

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação

INGLÊS Cont. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO. 11º Ano de Escolaridade. Prova 367 2015. Pág. 1 de 5. 1. Objeto de avaliação Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA A À FREQUÊNCIA INGLÊS Cont. Prova 367 2015 11º Ano de Escolaridade Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

Programação das atividades letivas para 2015/2016 Francês Nível 1 (Iniciação) - 10º Ano - Curso Profissional 123 Horas = 148 tempos letivos

Programação das atividades letivas para 2015/2016 Francês Nível 1 (Iniciação) - 10º Ano - Curso Profissional 123 Horas = 148 tempos letivos Programação das atividades letivas para 2015/2016 Francês Nível 1 (Iniciação) - 10º Ano - Curso Profissional 123 Horas = 148 tempos letivos Competências Essenciais Conteúdos Período Previstas Avaliação

Leia mais

A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras *

A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras * A literatura uma viagem inesgotável e sem fronteiras * Irene de Paula Resumo: O objetivo deste artigo é fazer uma análise dos temas que foram essenciais na elaboração e na trajetória literária do escritor

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO DISCIPLINA: Francês ANO: 7º Nível 1 Curso: Ensino Básico Total de aulas previstas: 99 Manual adotado: Mots Clés Porto Editora 1º PERÍODO - AULAS PREVISTAS: 41 Competências

Leia mais

Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela

Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela Vu de ma fenêtre O que eu vejo da minha janela Jean Foucault Gloria Kirinus Appel à projet d écriture Chamado geral ao projeto de criação literária Août 2012 Agosto 2012 répondre à : Jean Foucault, jean.foucault0@orange.fr

Leia mais

INGLÊS cont. Código 367 abril 2015

INGLÊS cont. Código 367 abril 2015 Direção Regional de Educação do Norte AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PÓVOA DE LANHOSO - 150915 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS cont. Código 367 abril 2015 11º Ano de escolaridade (Decreto Lei 139/

Leia mais

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

(Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Escola Básica 2.º e 3.º Ciclos Roque Gameiro INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova Escrita + oral 2014/201 2º Ciclo do Ensino Básico INGLÊS CÓD. 06 (Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho)

Leia mais

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23

Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Championnat du Monde des Jeunes Eau Douce U14 U18 U23 Organization: Support: Invitation Monsieur le Président, La Fédération Portugaise de Pêche Sportive a l honneur d inviter l équipe nationale de votre

Leia mais

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 367. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 367 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS- continuação 10.º e 11.º Anos (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA [INGLÊS]

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA [INGLÊS] INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS ANO DE ESCOLARIDADE: 10º E 11º ANOS ANO LETIVO: 2012 2013 TIPO DE PROVA: DURAÇÃO: CÓDIGO DA PROVA: MATERIAL NECESSÁRIO/PERMITIDO: ESCRITA 90 MINUTOS

Leia mais

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases

PROVA 358. (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases PROVA 358 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Formação Específica Anual 12.º Ano (Dec.- Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 2014/2015 1.ª e 2.ª Fases Provas Escrita e Oral Cursos Científico-

Leia mais

FRANCÊS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Duração desta prova: TRÊS HORAS. FAÇA LETRA LEGÍVEL.

FRANCÊS. 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS. Duração desta prova: TRÊS HORAS. FAÇA LETRA LEGÍVEL. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FRANCÊS 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém quatro questões, constituídas de itens,

Leia mais

Télécommande standard non polarisée 0 039 01

Télécommande standard non polarisée 0 039 01 01 Télécommande standard non polarisée R Caractéristiques techniques Alimentation...:230 V± 50/60 Hz 10 ma Capacité des bornes : 2 X 1,5 mm 2 Fixation...:surrailoméga Encombrement.... : 4 modules (70 mm)

Leia mais

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS

34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Para: De: FEDERAÇÕES EUROPEIAS PRESIDENTE DO CERH Data: 22 de Março de 2014 Assunto: 34º CAMPEONATO DA EUROPA DE SUB-17 MASCULINOS Exmºs Senhores: Como estabelecido no ponto 4 do meu Comunicado refª FG-005/2014,

Leia mais

Marquês de Pombal, et Restauradores. Avenida da Liberdade

Marquês de Pombal, et Restauradores. Avenida da Liberdade Marquês de Pombal, et Restauradores À voir, à faire 3 Cafés et restos 9 Bars et boîtes de nuit 11 Salles de spectacle et activités culturelles 11 Index 12 À voir, à faire 3 Marquês de Pombal, et Restauradores

Leia mais

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada Desde 2012 que depositamos anualmente 10 000 na conta Small Gestures Big Hopes. Adicionalmente, contamos com os nossos hóspedes

Leia mais

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012

INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PINHEIRO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA INFORMAÇÃO- EXAME EXAME DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 3º CICLO DO ENSINO BÁSICO 2012 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar

Leia mais

Ce document a été mis en ligne par le Canopé de l académie de Bordeaux pour la Base Nationale des Sujets d Examens de l enseignement professionnel.

Ce document a été mis en ligne par le Canopé de l académie de Bordeaux pour la Base Nationale des Sujets d Examens de l enseignement professionnel. Ce document a été mis en ligne par le Canopé de l académie de Bordeaux pour la Base Nationale des Sujets d Examens de l enseignement professionnel. Ce fichier numérique ne peut être reproduit, représenté,

Leia mais

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO O Lycée Français International de Porto, localizado num local excecional, com amplos espaços verdes, não tem parado

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS LE I (2 anos) 2015 Prova 06 / 2015 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 10.º/11.º ou 11.º/12.º Anos de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto Programas novos e Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA712/C/11 Págs. Duração

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2014. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358

Informação Prova de Equivalência à Frequência - 2014. Agrupamento de Escolas de ANTÓNIO NOBRE. DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 DISCIPLINA: Inglês CÓDIGO DA PROVA: 358 CICLO: Secundário ANO DE ESCOLARIDADE: 12º Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de equivalência à frequência da disciplina

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 201 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

PROVA ESCRITA. As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

PROVA ESCRITA. As informações sobre a prova apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL (LE II) Abril de 2015 Prova 15 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90

Leia mais

6 Só será permitido o uso de dicionário FRANCÊS/FRANCÊS.

6 Só será permitido o uso de dicionário FRANCÊS/FRANCÊS. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

Informação-Prova de Equivalência à Frequência COMPONENTE ESCRITA

Informação-Prova de Equivalência à Frequência COMPONENTE ESCRITA Agrupamento de Escolas do Viso Porto Prova de Equivalência à Frequência Espanhol (LE II) Prova 15 3º- Ciclo do Ensino Básico Informação-Prova de Equivalência à Frequência Tipo de Prova: Escrita e Oral

Leia mais

Thomas Piketty e a reforma tributária: Pour une révolutione fiscale Parte 2

Thomas Piketty e a reforma tributária: Pour une révolutione fiscale Parte 2 Thomas Piketty e a reforma tributária: Pour une révolutione fiscale Parte 2 Marcos de Aguiar Villas-Bôas Doutor em Direito Tributário pela PUC-SP, Mestre em Direito Público pela UFBA, Advogado No último

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro

Agrupamento de Escolas de Terras de Bouro Informação Prova de Equivalência à Frequência INGLÊS Abril 2015 2ºCiclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) Prova 06/2015 Tipo de Prova: Escrita e Oral Duração: 90 minutos + 15 minutos

Leia mais

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando *

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * São Domingos, março de 2012 Escrito especialmente para o blog de Sônia Mara: http://www.aventurasdasonia.blogspot.com/2012/03/brasileiro-doseculo-o-homem-livro.html

Leia mais

Le texte multimodal dans les manuels scolaires au Brésil: une approche méthodologique pour la construction et l analyse d un corpus de discours

Le texte multimodal dans les manuels scolaires au Brésil: une approche méthodologique pour la construction et l analyse d un corpus de discours Le texte multimodal dans les manuels scolaires au Brésil: une approche méthodologique pour la construction et l analyse d un corpus de discours Jocenilson Ribeiro Universidade Federal de São Carlos UFSCar-Brasil

Leia mais

Prova Escrita + Oral de Inglês

Prova Escrita + Oral de Inglês Informação-Prova de Equivalência à Frequência Prova Escrita + Oral de Inglês Prova 367 2015 11º Ano de Escolaridade Duração da Prova: 90 minutos (sem tolerância); Oral: 25 minutos Decreto-Lei n.º 139/2012,

Leia mais

Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, Associação Escola 31 de Janeiro

Agrupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, Associação Escola 31 de Janeiro ESCOLS COM ENSINO BÁSICO D P10 grupamentos de Escolas: Carcavelos, Ibn Mucana, Parede, S. João Estoril Escola Salesiana de Manique, ssociação Escola 31 de Janeiro INFORMÇÃO PROV DE EQUIVLÊNCI À FREQUÊNCI

Leia mais

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens et m ont fait partager leurs connaissances et leurs expériences

Leia mais

Mestrado em Tradução. Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES. Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR DOUTOR PIERRE LEJEUNE

Mestrado em Tradução. Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES. Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR DOUTOR PIERRE LEJEUNE Mestrado em Tradução Tradução da primeira parte de Droit de la Famille de Dominique Fenouillet Relatório do Projecto de Tradução ANA CRISTINA LOPES SOARES Trabalho de projecto orientado pelo PROFESSOR

Leia mais

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos

Círculo Fluminense de Estudos Filológicos e Linguísticos APRENDER E ENSINAR A LÍNGUA FRANCESA COM AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO: TIC Julia Simone Ferreira (UFAC) juliasimonef@yahoo.fr Sabe-se que é preciso, para aprender e ensinar uma língua estrangeira,

Leia mais

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)

2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALMANCIL (145142) Prova de equivalência à frequência de Inglês (Prova escrita e oral) 1.ª e 2.ª Fases 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) As informações

Leia mais

(Nos termos do Despacho Normativo 6-A/2015, de 5 de março)

(Nos termos do Despacho Normativo 6-A/2015, de 5 de março) Código: 345921 Escola Básica e Secundária de Melgaço Sede do Agrupamento de Escolas de Melgaço INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 10 E 11º ANOS DE ESCOLARIDADE INGLÊS (Nos termos do Despacho

Leia mais

15 Chave: a. is Chave: b. recreates Chave: c. are N3 Chave: d. impress Chave: e. include Chave: f. can Não é penalizado por erros de grafia.

15 Chave: a. is Chave: b. recreates Chave: c. are N3 Chave: d. impress Chave: e. include Chave: f. can Não é penalizado por erros de grafia. 3. Completa correctamente 5 ou 6 espaços. Chave: a. is Chave: b. recreates Chave: c. are Chave: d. impress Chave: e. include Chave: f. can Não é penalizado por erros de grafia. N2 Completa correctamente

Leia mais

DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013

DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013 Réservé à L Université de Grenoble : Dossier reçu le : // Dossier n : Brésil 2012/ Photo DOSSIER DE CANDIDATURE EN ECHANGE PROGRAMME GRENOBLE-BRESIL 2012-2013 Ce formulaire vous est remis par le service

Leia mais

DS100 Dual Monitor Desk Stand, Vertical

DS100 Dual Monitor Desk Stand, Vertical USA 1-800-888-88 Europe +31 (0)33-600 DS100 Dual Monitor Desk Stand, Vertical ASSEMBLY INSTRUCTIONS INSTRUCCIONES DE INSTALACIÓN NOTICE D ASSEMBLAGE INSTRUÇÕES DE MONTAGEM 1 A B C 1x 2x 2x 8x 8x 7-100mm

Leia mais

Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado

Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado Escola Secundária Dr. João Manuel da Costa Delgado Informação - Prova de Equivalência à Frequência Formação: Específica Inglês (cont.) 12º Ano Código 358 2015 1 - Introdução: O presente documento visa

Leia mais

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 VISTOS PARA MENORES O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 Taxa do visto ( não reembolsável) : Paga em Reais (espece),

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PARA SURDOS NA MODALIDADE ESCRITA, ENFRENTANDO DESAFIOS PARA INCLUIR.

LÍNGUA PORTUGUESA PARA SURDOS NA MODALIDADE ESCRITA, ENFRENTANDO DESAFIOS PARA INCLUIR. LÍNGUA PORTUGUESA PARA SURDOS NA MODALIDADE ESCRITA, ENFRENTANDO DESAFIOS PARA INCLUIR. Sandra Maria de Oliveira Diniz Santos - UFPB sandradinizz@hotmail.com Elizete Olinto Ferreira dos Santos UFPB elizeteolinto@gmail.com

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Prova de equivalência à frequência de Código 365 / 2012 Francês 11º Ano de Escolaridade Modalidade: Prova escrita A realizar em 2012 pelos alunos cujo plano

Leia mais

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS

PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS PEF 367 PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE INGLÊS TIPO DE PROVA DURAÇÃO Teórico/prática 90 Minutos (escrita) +25 Minutos (oral) X Escrita Com tolerância de 30 minutos X Oral X Sem tolerância 11º ANO

Leia mais

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código da Prova: 21 2013 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico

Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código da Prova: 21 2013 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Disciplina INGLÊS - LE I Código - 21 2012/2013 Informação - Prova de Equivalência à Frequência Inglês Código da Prova: 21 2013 9.º Ano de Escolaridade/3º ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012,

Leia mais