Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas"

Transcrição

1 Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas Série 147 Para controle preciso de profundidade e espessura em rebordos de latas. Profundidade de rebordo (profundidade maior que 5 mm) para latas de alumínio para latas spray Capacidade Código Graduação Exatidão Peso mm mm mm g ,01 ±0, ,01 ±0, ,01 ±0, Micrômetros Internos Utilizado para medir entalhes internos, ranhuras, degraus, etc. Série 146 Com fuso rotativo Faces de medição: Metal-duro Catraca: acabamento cromado passo de rosca de 0,5 mm Pode ser usada em ambas direções Capacidade Capacidade Código Graduação Exatidão Diâmetro Espessura Peso externa interna do disco do disco mm mm mm mm mm mm g ,6 26, ,01 ±0,01 6,35 0, ,6 26, ,01 ±0,01 12,70 0, ,5 51, ,01 ±0,01 12,70 0, ,5 76, ,01 ±0,01 12,70 0, ,5 101, ,01 ±0,01 12,70 0,

2 Micrômetros de Profundidades Comprimento da haste: 25 mm Haste: Ø 4 mm passo de rosca de 0,5 mm, com trava Faces de medição: Metal-duro, Base: Aço temperado Planeza: 60 mm: 1,3 µm 100 mm: 2 µm Força de medição: 5 10 N Série 128 Modelo fixo Capacidade Código Graduação Exatidão Base Erro máximo mm mm mm mm µ ,01 ±0, x 16 3 µm ,01 ±0, x 16 3 µm Série 129 Modelo com hastes intercambiáveis de metal duro Graduação: 0,01 mm acabamento cromado Comprimento da haste: 25 mm Haste: Ø 4 mm Faces de medição: Metal duro, Base: Metal-duro Planeza: 60 mm: 1,3 µm 100 mm: 2 µm Força de medição: 5 10 N Capacidade Código Graduação Exatidão Base Número Erro mm mm mm mm de varas máximo ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm ,01 ±0, x µm Comprimento das hastes: 25 mm Haste: Ø 4 mm, com trava Faces de medição: Metal duro, Base: Aço temperado Planeza: 100 mm: 2 µm Força de medição: 5 10 N Inclui estojo, chave e 1 bateria Acessório Opcionais 05CZA662 Cabo de comunicação (1 m) 05CZA663 Cabo de comunicação (2 m) Acessórios de Consumo Bateria SR44 Micrômetros Coolant Proof de profundidade Estes novos micrômetros podem ser usados em meios expostos à fluídos de corte Série 129 Modelo com hastes intercambiáveis de metal duro Capacidade Código Resolução Exatidão Base Número de mm mm mm mm hastes ,001 ±0, x ,001 ±0, x Hastes intercambiáveis (séries ) 53

3 Guia Rápido para Medições Exatas Utilizando Micrômetros Internos Pode ocorrer expansão térmica dos micrômetros internos devido ao aquecimento das mãos (modelos com capacidade de 1000 mm ou mais) Micrômetro interno Erros de medição podem ocorrer devido ao posicionamento incorreto (inclinação) dos micrômetros internos Fig. 1 Máquina de medir comprimento l : Diâmetro interno do tubo L: Comprimento X: Inclinação Erro de medição, l, como é dado l = L l = l 2 + x 2 l 2 Dilatação (µm) (Isolamento do IM) Fig. 2 l : Diâmetro interno do tubo L: Comprimento X: Inclinação Erro de medição, l, como é dado l = L l = l 2 + x 2 l 2 Tempo (Minutos) IMS: IM: IMJ: IMZ: Micrômetro interno com haste intercambiável (Série 141) Micrômetro interno com haste simples (Série 133) Micrômetro interno com extensão tubular (Séries 139, 140, 339) Micrômetro interno com haste de extensão (Séries 137, 337) No caso o micrômetro é inclinado na direção axial do tubo (veja fig 1), o resultado será um erro positivo, como mostrado no gráfico abaixo. No caso o micrômetro é inclinado para o lado (para a lateral) como mostra a figura 2, o resultado será negativo como aproxima o gráfico abaixo Inclinação (mm) 54

4 Escala: com trava Faces de medição: Metal duro, base de exatidão Inclui estojo, e chave Micrômetros Internos Tubulares Design leve devido a construção tubular. Série 133 Construção fixa Capacidade Código Graduação Exatidão L a b Peso mm mm mm mm mm mm g ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , ,01 ±0, , Ø8 SR10 Ø8 SR10 a a L 37 b Ø15 Ø8 SR10 L 37 b Ø15 Ø8 SR10 L a 47 b Ø8 Ø8 SR até Ø18 SR10 Série 133 Em jogos Capacidade Código Conteúdo mm do jogo micrômetros micrômetros 55

5 Micrômetros Internos Série 137 Modelo com haste de extensão Exatidão: Capacidade de medição: Haste prolongadora: (3 + V + 50) L µm; L em mm, V = número de extensões tambor com Ø 15 mm 13 mm Ø 12,5 mm Capacidade Código Graduação Número e tamanho das extensões Peso mm mm g Com faces de medição em metal duro , ,01 3 (13, 25, 50 mm) ,01 5 (13, 25, 50, 50, 100 mm) ,01 6 (13, 25, 50, 50, 100, 200 mm) ,01 8 (13, 25, 50, 50, 100, 200, 200, 300 mm) ,01 10 (13, 25, 50, 50, 100, 200, 200, 200, 300, 300 mm) 1150 Com faces de medição em aço , ,01 3 (13, 25, 50 mm) ,01 5 (13, 25, 50, 50, 100 mm) ,01 6 (13, 25, 50, 50, 100, 200 mm) ,01 8 (13, 25, 50, 50, 100, 200, 200, 300 mm) ,01 10(13, 25, 50, 50, 100, 200, 200, 200, 300, 300 mm) Série 139 Modelo com haste de extensão Capacidade Código Resolução Número e tamanho de extensões Peso mm mm g , ,01 4 (25, 50, 100, 200 mm) ,01 5 (25, 50, 100, 200, 400 mm) ,01 6 (25, 50, 100, 200, 400, 400 mm) ,01 7 (25, 50, 100, 200, 400, 400, 400 mm) ,01 8 (25, 50, 100, 200, 400, 400, 400, 400 mm) ,01 8 (10, 20, 30, 60, 90, 110, 120, 130 mm) ,01 10 (25, 50, 75, 150, 225, 300, 350, 400, 425, 450 mm) Exatidão: Curso do cabeçote: 25 mm (3 + V + 50) L µm; L em mm, V = número de extensões Ø 18 mm Faces de medição: Temperadas, Haste prolongadora: Ø 17 mm Accessórios (Padrão como um jogo): Micrômetro interno para Micrômetro interno para Micrômetro interno para X para / Como acima, mas: Exatidão: (6 + 50) L µm; L em mm Ø 13 mm Curso do cabeçote: 10 mm ( ) 25 mm ( ) Faces de medição: Temperadas, Haste prolongadora: Ø 10 mm 56

6 Micrômetros Tubulares Exatidão: Curso do cabeçote: Faces de medição: (7 + V + 50) L µm; L em mm, V = número de extensões tambor com Ø 21 mm passo de rosca de 0,5 mm 50 mm Metal-duro, Haste prolongadora: Ø 32 mm Série 140 Com grande capacidade de medição. Com haste de extensão Capcidade Código Graduação Número e tamanho de extensões Peso mm mm kg ,01 5 (50, 100, 100, 200, 500 mm) 3, ,01 6 (50, 100, 100, 200, 500, 1000 mm) 5, ,01 7 (50, 100, 100, 200, 500, 1000, 1000 mm) 6, ,01 8 (50, 100, 100, 200, 500, 1000, 1000, 1000 mm) 8,2 Exatidão: (6 + 50) L µm; L em mm com trava Micrômetros série 140 Série 141 Com extensões de batentes intercambiáveis para diferentes capacidades. Cabo prático para medição de furos profundos Capacidade Código Graduação Curso do Extensões Número Acessórios: Peso cabeçote de batentes de pontas micrômetros internos no jogo mm mm mm Código g , ( 12 mm) 1 ( 6 mm) , ( 25 mm) 1 (12 mm) , ( 25 mm) 1 (12 mm) Com faces de metal-duro , ( 12 mm) 1 ( 6 mm) , ( 25 mm) 1 (12 mm) , ( 25 mm) 1 (12 mm) / /

7 Micrômetros Internos Tipo Paquímetro Com 2 pontas de contato. Série 145 Analógico com trava Faces de medição: Metal-duro micro-lapidado Força de medição: 5 10 N Capacidade Código Resolução Exatidão Peso mm mm mm g ,01 ±0, ,01 ±0, ,01 ±0, ,01 ±0, ,01 ±0, ,01 ±0, Capacidade 5 30 mm Capacidade mm Capacidade > 50 mm Micrômetros Coolant Proof Internos Estes novos micrômetros podem ser usados em meios expostos à fluídos de corte Série 345 Tipo DIGIMATIC, com saída de dados Capacidade Código Resolução Exatidão Peso mm mm mm g ,001 0, ,001 0, com trava Faces de medição: Metal-duro, base de exatidão, acabamento micro-lapidado Força de medição: 5 10 N Inclui estojo, chave e bateria Acessórios Opcionais 05CZA662 Cabo de comunicação (1 m) 05CZA663 Cabo de comunicação (2 m) Acessórios de Consumo Bateria SR (Capacidade 5 30 mm) (Capacidade mm) 58

8 Micrômetros Internos Mini-Holtest Para medições rápidas de furos pequenos a Mitutoyo desenvolveu o Mini-Holtest. Contém 2 pontas de medição, usadas para medições exatas de furos extremamente pequenos. Todas as faces de medição são de metal duro protegido contra desgaste. Exatidão: ±0,002 Resolução: 0,001 mm tambor com Ø 17 mm Faces de medição: Metal-duro Força de medição: 5 10 N Individuais Capacidade Código Resolução Exatidão L1 L2 Peso mm mm mm mm mm g 2,0 2, ,001 ±0, ,5 3, ,001 ±0, ,0 4, ,001 ±0, ,0 5, ,001 ±0, ,0 6, ,001 ±0, Em Jogos Capacidade Jogos Contém Anel Padrão Peso mm Código Instrumento Código Código (g) Mola paralela Pino de metal duro Esfera de metal duro Face de medição Caixa Tambor 59

9 Micrômetros Internos de 3 Pontas Holtest O instrumento entra em contato com a parede do furo para medí-lo em 3 pontos. Esse sistema facilita a operação e aumenta a exatidão se comparado aos instrumentos com duas pontas graças aos pinos de medição posicionados a distância de 120. Girando a catraca, o Holtest automaticamente se posiciona no centro do furo, executando uma medição mais rápida e fácil sem perder a exatidão. Séries 368, 468 Ponto de contato Superfície de contato Tipo Standard Analógico Série 468 Tipo DIGIMATIC Cônico Face de medição Tampa 368 1XX Medidas podem ser tomadas perto do fundo do furo (furo cego) XX Capacidade a b c mm mm mm mm , ,3 5,6 3, ,3 8,3 5, , (50-125) 0, , ,8 60

10 Micrômetros Internos de Três Pontas Holtest Para obter a melhor exatidão o sistema requer o máximo de contato das faces de medição. até 12 mm: Tambor Ø 17 mm abaixo 12 mm: Tambor Ø 23 mm Capacidade Código Graduação Exatidão Profundidade Profundidade com Extensão Peso sem extensão extensão (opcional) (opcional) mm mm mm mm mm g ,001 0,002 ± ,001 0,002 ± ,001 0,002 ± ,005 0,002 ± ,005 0,002 ± ,005 0,003 ± ,005 0,003 ± ,005 0,003 ± ,005 0,003 ± ,005 0,003 ± ,005 0,003 ± ,005 0,003 ± ,005 0,003 ± ,005 0,005 ± ,005 0,005 ± ,005 0,005 ± ,005 0,005 ± ,005 0,005 ± ,005 0,005 ± ,005 0,005 ± ,005 0,005 ± Capacidade Código Peso Código da composição Código do anel Anel padrão Código Comprimento Padrão da extensão da extensão mm kg Ø mm mm , / / / / , / As faces de medição assim como as outras partes sujeitas a desgaste são revestidas em titânio 61

11 Micrômetros Internos com Três Pontas Holtest Em jogo Capacidade Código Peso Código da Código do Anel padrão Código Comprimento mm kg composição anel padrão Ø mm da extensão da extensão mm , ~ / / Em jogo Capacidade Código Peso Código da Código do Anel padrão Código Comprimento mm kg composição anel padrão Ø mm da extensão da extensão mm , ~ / / Em jogo Capacidade Código Peso Código da Código do Anel padrão Código Comprimento mm kg composição anel padrão Ø mm da extensão da extensão mm , ~ / / As faces de medição assim como as outras partes sujeitas a desgaste são revestidas em titânio 62

12 Série até até Funções PRESET ZERO DATA/HOLD Alarme de bateria fraca Desligamento automático Micrômetros Internos de Três Pontas DIGIMATIC-Holtest Série 468 Com saída de dados Para obter a melhor exatidão o sistema requer o máximo de contato das faces de medição. Display LCD de 6 dígitos Inclui estojo, chave, 1 bateria e extensão Acessórios Opcionais Cabo de comunicação (1 m) Cabo de comunicação (2 m) Acessórios de Consumo Bateria SR Capacidade Resolução Exatidão Profundidade Profundidade com Peso Código sem extensão extensão (opcional) mm mm mm mm mm g ,001 0, ,001 0, ,001 0, ,001 0, ,001 0, ,001 0, ,001 0, ,001 0, ,001 0, Capacidade Resolução Exatidão Profundidade Profundidade com Peso Código sem extensão extensão (opcional) mm/pol mm/pol mm/pol mm mm g / 2 2, ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / 3 3, ,001/ ,003/ / 3, ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ / ,001/ ,003/ As faces de medição assim como as outras partes sujeitas a desgaste são revestidas em titânio 63

13 Medidor de Diâmetros Internos de Três Contatos ABSOLUTE BOREMATIC Único medidor interno de três contatos eletrônico do mundo com escala "ABSOLUTE". Série 568 Com saída de dados Capacidade Código Resolução Exatidão L a b c Peso mm mm mm mm mm mm mm g ,001 0,005 83,0 58 2,5 2, ,001 0,005 83,0 58 2,5 2, ,001 0,005 83,0 58 2,5 2, ,001 0,005 52,6 58 6,3 0, ,001 0,005 52,6 58 6,3 0, ,001 0,006 58,2 58 8,8 0, ,001 0,006 58,2 58 8,8 0, ,001 0,006 67, ,0 0, ,001 0,006 67, ,0 0,3 610 Série 568 Em jogo Capacidade Código Resolução Peso Anel padrão Anel padrão mm mm kg Código Ø mm As faces de medição assim como outras partes desgastáveis são de metal duro ,001 0, / / ,001 0, / / ,001 1, / / 40 Com pontas de medição intercambiáveis ,001 3, / / 87 64

Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas

Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas Micrômetros para Medições de Rebordos de Latas Série 147 Para controle preciso da profundidade e espessura dos rebordos de latas. 147 103 Profundidade do rebordo (profundidade maior que 5 mm) Exatidão:

Leia mais

CATÁLOGO DE METROLOGIA

CATÁLOGO DE METROLOGIA CATÁLOGO DE METROLOGIA 1 PAQUÍMETRO PAQUÍMETRO UNIVERSAL PAQUÍMETRO UNIVERSAL (MD) capacidade LEITURA 141-112 0-150mm / 0-6 0,02mm / 0,001 141-113 0-150mm / 0-6 0,05mm / 1/128 141-114 0-200mm / 0-8 0,02mm

Leia mais

DESTAQUES. Série 500 Informações detalhadas na página 74. Paquímetros Digitais ABSOLUTE. Informações detalhadas na página 75

DESTAQUES. Série 500 Informações detalhadas na página 74. Paquímetros Digitais ABSOLUTE. Informações detalhadas na página 75 DESTAQUES Paquímetros Digitais Coolant Proof ABSOLUTE Série 500 Informações detalhadas na página 74 Paquímetros Digitais ABSOLUTE Série 500 Informações detalhadas na página 75 Paquímetro Digital Solar

Leia mais

Grupo 16 Instrumentos de medição

Grupo 16 Instrumentos de medição BRALE Grupo 16 Instrumentos de medição Fornecedor: Tipo Descrição Página Instrumentos de medição em geral 00 Paquímetro com leitura analógica 01 Características 01-01 Produtos 01-02 Paquímetro com leitura

Leia mais

Nos sentiremos honrados em atende-los.

Nos sentiremos honrados em atende-los. Presente no mercado brasileiro desde 1941, a PANAMBRA sempre pautou suas atividades por oferecer equipamentos de tecnologia avançada em todos os seus campos de trabalho e foi pioneira na introdução de

Leia mais

Paquimetro Digital especial. (Métrico) 0,01 ± 0,05. (Polegada/Métrico) .0005/0,01 ± 0,05. Paquimetro Digital especial com face em metal duro

Paquimetro Digital especial. (Métrico) 0,01 ± 0,05. (Polegada/Métrico) .0005/0,01 ± 0,05. Paquimetro Digital especial com face em metal duro Paquimetro Digital especial (Métrico) 0,01 ± 0,05 (Polegada/Métrico) pol/.0005/0,01 ± 0,05 Paquimetro Digital especial com face em metal duro 0,01 ± 0,02 Paquimetro Especial Paquimetro com bico tipo Lâmina

Leia mais

Relógios www.internacionalferramentas.com.br

Relógios www.internacionalferramentas.com.br Relógios Relógio Comparador Digital Dígitos grandes, com 9mm de altura Resolução: 0,01mm/.0005. Sete teclas: Liga/desliga, tolerância, set, zero absoluto/incremental,range (congelamento), direção de contagem

Leia mais

Série 331 Micrômetro digital com saída de dados SPC DIN 863 com IP 65. Visor para modelo IP 65

Série 331 Micrômetro digital com saída de dados SPC DIN 863 com IP 65. Visor para modelo IP 65 Micrômetros Externos com Pontas Finas Para medir ranhuras, canais, rebaixos e outros formatos especiais. Exatidão: -1 Faces de medição: Metal duro, 25 mm) e chave. Série 111 111 115 Capacidade Código Graduação

Leia mais

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle

Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle 25/11/2012 1 2012 Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle A disciplina de Metrologia Aplicada e Instrumentação e Controle, com 40 horas/aulas, será dividida em 2 (duas) partes, sendo : Metrologia

Leia mais

Salvi Casagrande Salvi Sul

Salvi Casagrande Salvi Sul 1 Anéis Padrão ANÉIS Usados para calibração de micrômetros internos, comparadores de diâmetros internos, micrômetros tubulares, etc Fabricados em aço temperado, micro lapidados Alta precisão de acordo

Leia mais

Micrômetros Externos

Micrômetros Externos Bainha e tambor com acabamento cromado Passo de rosca de 0,5 mm de fuso Força de medição: 5 10 N Série 102 Design robusto. 102 301 102 305 Tambor de fricção Capacidade Código Graduação Exatidão L a b c

Leia mais

Proteção : IP-40 Display: LCD, 6 dígitos mais sinal ( ) Inclui riscador, grampo e 1 bateria

Proteção : IP-40 Display: LCD, 6 dígitos mais sinal ( ) Inclui riscador, grampo e 1 bateria ZERO/ABS PRESET +/- ON/OFF HOLD Calibradores Traçadores de Altura Digitais Modelo de duas colunas e com ou sem saída de dados para CEP. Ajuste de zero por um simples toque no botão. Através do botão PRESET,

Leia mais

DMS 680 - Inspeção de calibradores

DMS 680 - Inspeção de calibradores DMS 680 - Inspeção de calibradores Banco universal de medida calibrações segundo a norma»iso 9000«JOINT OINT J 2 3 JOINT Banco universal de medida DMS 680 Grande campo de aplicações Calibração de vários

Leia mais

DESTAQUES. Relógios Comparadores Digitais de Alta Exatidão ID-H com entrada e saída de dados RS-232C

DESTAQUES. Relógios Comparadores Digitais de Alta Exatidão ID-H com entrada e saída de dados RS-232C DESTAQUES Relógios Comparadores Digitais de Alta Exatidão ID-H com entrada e saída de dados RS-232C Série 543 Informações detalhadas na página 119 Relógios Comparadores Digitais ABSOLUTE ID-N / ID-B Modelos

Leia mais

Controle de Medidas - Instrumentos de Medição. Prof. Casteletti PAQUÍMETRO UNIVERSAL

Controle de Medidas - Instrumentos de Medição. Prof. Casteletti PAQUÍMETRO UNIVERSAL PAQUÍMETRO UNIVERSAL O paquímetro é um instrumento usado para medir dimensões lineares internas, externas e de profundidade. Consiste em uma régua graduada, com encosto fixo, na qual desliza um cursor.

Leia mais

Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72 Inc. Estadual: 147.257.444.110 www.triak.com.

Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72 Inc. Estadual: 147.257.444.110 www.triak.com. Promoção Válida /janeiro 2011 /fevereiro 2011 das normas internacionais, Garantia de 1 ano Assistência Técnica Própria Tel.: 55 (11) 2814-0790 Fax 55 (11) 4647-6782 E-mail: triak@triak.com.br CNPJ: 08.747.866/0001-72

Leia mais

Mais de 200 soluções com a mais alta tecnologia Japonesa e o suporte da maior e mais completa estrutura de serviços com fábrica no Brasil

Mais de 200 soluções com a mais alta tecnologia Japonesa e o suporte da maior e mais completa estrutura de serviços com fábrica no Brasil 2º semestre 2015 PROMOÇÃO EXCLUSIVA anha camp Mais de 200 soluções com a mais alta tecnologia Japonesa e o suporte da maior e mais completa estrutura de serviços com fábrica no Brasil PROCURE O DISTRIBUIDOR

Leia mais

Funções dos Relógios Comparadores Digitais

Funções dos Relógios Comparadores Digitais Funções dos Relógios Comparadores Digitais Funções dos relógios IDS IDC IDC IDC para IDC IDC IDU IDH comparadores Modelos com baixa força Max/Min micrômetros com com cálculo Modelos com maior força modo

Leia mais

Micrômetros Externos

Micrômetros Externos Exatidão: Bainha e tambor com acabamento cromado Ø 18 mm Passo de rosca de 0,5 mm Esmaltado Inclui estojo, barra padrão (para maiores que 25 mm) e chave. Série 102 Design robusto. 102 301 com catraca 102

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA A REALIZAÇÃO DE CALIBRAÇÕES NO GRUPO DE SERVIÇOS DE CALIBRAÇÃO EM METROLOGIA DIMENSIONAL. Documento de caráter orientativo

ORIENTAÇÃO PARA A REALIZAÇÃO DE CALIBRAÇÕES NO GRUPO DE SERVIÇOS DE CALIBRAÇÃO EM METROLOGIA DIMENSIONAL. Documento de caráter orientativo Coordenação Geral de Acreditação ORIENTAÇÃO PARA A REALIZAÇÃO DE CALIBRAÇÕES NO GRUPO DE SERVIÇOS DE CALIBRAÇÃO EM METROLOGIA DIMENSIONAL Documento de caráter orientativo DOQ-CGCRE-004 Revisão 02 FEV/2010

Leia mais

Relógios Comparadores

Relógios Comparadores 1 Relógios Comparadores Conteúdos Medição por comparação O relógio comparador mecânico Aspectos metrológicos Calibração de relógios comparadores Relógio comparador digital Aplicações: Sistema para medição

Leia mais

Relógio comparador. Como vocês podem perceber, o programa de. Um problema. O relógio comparador

Relógio comparador. Como vocês podem perceber, o programa de. Um problema. O relógio comparador A U A UL LA Relógio comparador Um problema Como vocês podem perceber, o programa de qualidade da empresa envolve todo o pessoal. Na busca constante de melhoria, são necessários instrumentos de controle

Leia mais

Laser de linhas cruzadas LAX 400 O laser profissional para acabamentos de interiores

Laser de linhas cruzadas LAX 400 O laser profissional para acabamentos de interiores ...sets standards NOVO Grande diversidade de funções: Linha horizontal a 360 para abranger uma área na totalidade Ângulo de 90 para trabalhos de layout precisos Prumo para cima e para baixo Laser de linhas

Leia mais

Relógios Comparadores. Prof. Dr. Eng. Gustavo Daniel Donatelli Anderson César Silva

Relógios Comparadores. Prof. Dr. Eng. Gustavo Daniel Donatelli Anderson César Silva Relógios Comparadores Prof. Dr. Eng. Gustavo Daniel Donatelli Anderson César Silva 1 Conteúdos 2 Medição diferencial O relógio comparador mecânico Aspectos metrológicos Calibração de relógios comparadores

Leia mais

Dimensão da peça = Dimensão do padrão ± diferença

Dimensão da peça = Dimensão do padrão ± diferença Relógio comparador Um problema Como vocês podem perceber, o programa de qualidade da empresa envolve todo o pessoal. Na busca constante de melhoria, são necessários instrumentos de controle mais sofisticados

Leia mais

Mandrilamento. determinado pela operação a ser realizada. A figura a seguir mostra um exemplo de barra de mandrilar, também chamada de mandril.

Mandrilamento. determinado pela operação a ser realizada. A figura a seguir mostra um exemplo de barra de mandrilar, também chamada de mandril. A UU L AL A Mandrilamento Nesta aula, você vai tomar contato com o processo de mandrilamento. Conhecerá os tipos de mandrilamento, as ferramentas de mandrilar e as características e funções das mandriladoras.

Leia mais

Série 511 Com saída de dados para CEP. Funções Série 511 ON/OF PRESET Limite de tolerância DATA/HOLD Trava de teclado Saída de dados

Série 511 Com saída de dados para CEP. Funções Série 511 ON/OF PRESET Limite de tolerância DATA/HOLD Trava de teclado Saída de dados Funções ON/OF PRESET Limite de tolerância DATA/HOLD Trava de teclado Saída de dados Comparadores Digitais de Diâmetro Interno ABSOLUTE Comparador de diâmetro interno de alta exatidão BORE GAGE para medição

Leia mais

DURÔMETRO DE BANCADA ROCKWELL CÓDIGO ISH-R150

DURÔMETRO DE BANCADA ROCKWELL CÓDIGO ISH-R150 DURÔMETRO DE BANCADA ROCKWELL CÓDIGO ISH-R150 penetrador Mesa plana Ø60mm uso da mesa Seletor da força de ensaio Mesa plana Ø15Omm Aplicação da força Mesa prismática Escalas de ensaio Rockwell Força de

Leia mais

Tópico 5. Aula Prática: Paquímetro e Micrômetro: Propagação de Incertezas - Determinação Experimental do Volume de um Objeto

Tópico 5. Aula Prática: Paquímetro e Micrômetro: Propagação de Incertezas - Determinação Experimental do Volume de um Objeto Tópico 5. Aula Prática: Paquímetro e Micrômetro: Propagação de Incertezas - Determinação Experimental do Volume de um Objeto 1. INTRODUÇÃO Será calculado o volume de objetos como esferas, cilindros e cubos

Leia mais

Ferramentas especiais e de medição

Ferramentas especiais e de medição Ferramentas especiais e de medição COMPASSOS (INTERNO / EXTERNO / DE PONTA) CAIBRE DE FOGA CAIBRE DE ROSCA IMA PARA ROSCAS PAQUÍMETRO DIGITA ARCOS DE SERRA PARA META PINÇAS (PONTAS CURVAS / RETAS) PINÇA

Leia mais

PROMOÇÃO MITUTOYO 80º ANIVERSÁRIO

PROMOÇÃO MITUTOYO 80º ANIVERSÁRIO Promoção válida entre 1 de Abril e 31 de Maio de 2014. Reservado o direito de efetuar alterações técnicas e desenvolvimentos; estes preços só se aplicam a clientes empresariais; todos os preços são considerados

Leia mais

Os paquímetros distinguem-se pela faixa de indicação, pelo nônio, pelas dimensões e forma dos bicos.

Os paquímetros distinguem-se pela faixa de indicação, pelo nônio, pelas dimensões e forma dos bicos. Capítulo 3 PAQUÍMETRO 3.1 ASPECTOS GERAIS 3.1.1 Definição O Paquímetro (figura 3.1) é o resultado da associação de: uma escala, como padrão de comprimento; dois bicos de medição, como meios de transporte

Leia mais

Série 521 Para relógios comparadores, sensores tipo apalpadores e relógios apalpadores com graduação de 0,001 mm. Especificações

Série 521 Para relógios comparadores, sensores tipo apalpadores e relógios apalpadores com graduação de 0,001 mm. Especificações Calibradores de Relógios Comparadores Para calibração de relógios comparadores digitais e analógicos, relógios apalpadores, sensor tipo apalpador com capacidade máxima de 5 mm. Graduação: 0,0002 mm Série

Leia mais

PROMOÇÃO! MITUTOYO. Primavera 09 Abril Junho 2009* Qualidade e Fiabilidade

PROMOÇÃO! MITUTOYO. Primavera 09 Abril Junho 2009* Qualidade e Fiabilidade PROMOÇÃO! MITUTOYO Mitutoyo Product of the Year 2009 Primavera 09 Abril Junho 2009* Qualidade e Fiabilidade Paquímetros Paquímetros ABSOLUTE DIGIMATIC Paquímetros digitais standard com e sem saída de dados.

Leia mais

Série 521 Para relógios comparadores, sensores tipo apalpadores e relógios apalpadores com graduação de 0,001 mm. Especificações

Série 521 Para relógios comparadores, sensores tipo apalpadores e relógios apalpadores com graduação de 0,001 mm. Especificações Calibradores de Relógios Comparadores Para calibração de relógios comparadores digitais e analógicos, relógios apalpadores, sensor tipo apalpador com capacidade máxima de 5 mm. Graduação: 0,0002 mm Série

Leia mais

Brocas Escalonadas para Telhas Arcos de Pua Garra para Mandril de Arco de Pua Verrumas para Arco de Pua. Verrumas Manuais. Ferros de Pua Mathieson

Brocas Escalonadas para Telhas Arcos de Pua Garra para Mandril de Arco de Pua Verrumas para Arco de Pua. Verrumas Manuais. Ferros de Pua Mathieson Brocas para Madeira Brocas de 3 Pontas Brocas de 3 Pontas para Mourão Brocas para Fibrocimento e Mourão Brocas em Aço Cromo 46 47 48 48 Brocas Escalonadas para Telhas Arcos de Pua Garra para Mandril de

Leia mais

Micrômetros A origem da confiabilidade Mitutoyo em instrumentos de medição

Micrômetros A origem da confiabilidade Mitutoyo em instrumentos de medição Micrômetros A origem da confiabilidade Mitutoyo em instrumentos de medição Jogo de Calibradores Expansíveis Série 154 Calibrador para furos longos e rasos, alojamentos, e características similares. Duas

Leia mais

Buchas. Não se sabe quem inventou a roda. Supõe-se. Bucha

Buchas. Não se sabe quem inventou a roda. Supõe-se. Bucha A U A UL LA Buchas Introdução Não se sabe quem inventou a roda. Supõe-se que a primeira roda tenha sido um tronco cortado em sentido transversal. Com a invenção da roda, surgiu, logo depois, o eixo. O

Leia mais

PROMOÇÃO DIGITAIS MeDIÇÃO MAnuAl e OuTROS

PROMOÇÃO DIGITAIS MeDIÇÃO MAnuAl e OuTROS PROMOÇÃO DIGITAIS Medição Manual e outros De 1 de Setembro a 31 de Outubro de 2014 Medição Manual e Gestão de Dados Medição Manual -Instrumentos Digitais O USB-ITPAK também suporta o sistema sem fios U-WAVE

Leia mais

Relógio Comparador M 2 T. Resolução 0,01 mm Curso 10 mm Ø do mostrador 58 mm Precisão segundo norma DIN 878

Relógio Comparador M 2 T. Resolução 0,01 mm Curso 10 mm Ø do mostrador 58 mm Precisão segundo norma DIN 878 Relógio Comparador M 2 T Relógio Comparador M 2/30 T Curso 30 mm Relógio Comparador KM 4/5 T Curso 5 mm Ø do mostrador 40 mm Relógios Comparadores Um excelente desenho aliado a uma fabricação precisa e

Leia mais

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira

7 FURAÇÃO. 7.1 Furadeira 1 7 FURAÇÃO 7.1 Furadeira A furadeira é a máquina ferramenta empregada, em geral, para abrir furos utilizando-se de uma broca como ferramenta de corte. É considerada uma máquina ferramenta especializada

Leia mais

Acesse: http://fuvestibular.com.br/

Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Esse torno só dá furo! Na aula sobre furação, você aprendeu que os materiais são furados com o uso de furadeiras e brocas. Isso é produtivo e se aplica a peças planas. Quando é preciso furar peças cilíndricas,

Leia mais

Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS

Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS Seção 9 PISTÕES - ANÉIS - BIELAS Índice da seção Página Bielas Montagem da biela no pistão... 4 Verificação Instalação... 7 Remoção Torque... 8 Pistões Montagem do pistão na biela... 4 Verificação do desgaste

Leia mais

Concurso Público Federal Edital 06/2015

Concurso Público Federal Edital 06/2015 PROVA Concurso Público Federal Edital 06/2015 Área: Mecânica/Usinagem QUESTÕES OBJETIVAS Conhecimentos Específicos 01 a 30 Nome do candidato: Nº de Inscrição: INSTRUÇÕES 1º) Verifique se este caderno corresponde

Leia mais

SUMÁRIO 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA

SUMÁRIO 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA RM 53 ORIENTAÇÕES SOBRE DECLARAÇÃO DA INCERTEZA DE MEDIÇÃO EM METROLOGIA DIMENSIONAL PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE REVISÃO: 04 ABR/2015 SUMÁRIO 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS

Leia mais

METROLOGIA NOTAS DE AULA DE CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MECÂNICA E TECNOLOGIA EM MECATRÔNICA INDUSTRIAL. Prof. SÉRGIO VIANA

METROLOGIA NOTAS DE AULA DE CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MECÂNICA E TECNOLOGIA EM MECATRÔNICA INDUSTRIAL. Prof. SÉRGIO VIANA 1 Metrologia Prof. Sérgio Viana NOTAS DE AULA DE METROLOGIA CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MECÂNICA E TECNOLOGIA EM MECATRÔNICA INDUSTRIAL Prof. SÉRGIO VIANA AGOSTO DE 2009 2 Metrologia Prof. Sérgio Viana

Leia mais

Calibrador Escalonado Para ensaiar paquímetros, graminhos e traçadores. Com blocos padrão cerâmicos.

Calibrador Escalonado Para ensaiar paquímetros, graminhos e traçadores. Com blocos padrão cerâmicos. Calibrador Escalonado Para ensaiar paquímetros, graminhos e traçadores. Com blocos padrão cerâmicos. : 0 300 : 5 300 600 : 7 515-555 medição 515-555 0 300 2 20, 50, 100, 150, 200, 250 e 300 4,0 515-556

Leia mais

Uso de ferramentas. Um aprendiz de mecânico de manutenção. Ferramentas de aperto e desaperto

Uso de ferramentas. Um aprendiz de mecânico de manutenção. Ferramentas de aperto e desaperto A U A UL LA Uso de ferramentas Um aprendiz de mecânico de manutenção verificou que uma máquina havia parado porque um parafuso com sextavado interno estava solto. Era preciso fixá-lo novamente para pôr

Leia mais

EXPERIMENTO 1: PROPAGAÇÃO DE INCERTEZAS ( Determinaçãoda massa específica )

EXPERIMENTO 1: PROPAGAÇÃO DE INCERTEZAS ( Determinaçãoda massa específica ) EXPERIMENTO 1: PROPAGAÇÃO DE INCERTEZAS ( Determinaçãoda massa específica ) 1- INTRODUÇÃO Este experimento tem como objetivo o aprendizado no manuseio de instrumentos de medição bem como suas respectivas

Leia mais

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br 81 NOVO Paquímetros tipo Universal Digitais Série 798 0-300mm / 0-12" Mostrador LCD grande de fácil leitura, com 8mm (0,310") de altura Nível de proteção IP67 contra líquidos refrigerantes, umidade, partículas

Leia mais

Mancais. TECNÓLOGO EM MECATRÔNICA Elementos de Máquinas. Professor: André Kühl andre.kuhl@ifsc.edu.br

Mancais. TECNÓLOGO EM MECATRÔNICA Elementos de Máquinas. Professor: André Kühl andre.kuhl@ifsc.edu.br Mancais TECNÓLOGO EM MECATRÔNICA Elementos de Máquinas Professor: André Kühl andre.kuhl@ifsc.edu.br Introdução à Mancais O mancal pode ser definido como suporte ou guia em que se apóia o eixo; No ponto

Leia mais

Uma empresa admitiu três operários para o

Uma empresa admitiu três operários para o A UU L AL A Blocos-padrão Uma empresa admitiu três operários para o setor de ferramentaria. Os operários eram mecânicos com experiência. Mas, de Metrologia, só conheciam o paquímetro e o micrômetro. Por

Leia mais

Sistemas de Medição e Metrologia. Aula 3. Organização da Aula 3. Sistema de Medição e Metrologia. Contextualização. Profa. Rosinda Angela da Silva

Sistemas de Medição e Metrologia. Aula 3. Organização da Aula 3. Sistema de Medição e Metrologia. Contextualização. Profa. Rosinda Angela da Silva Sistemas de Medição e Metrologia Aula 3 Profa. Rosinda Angela da Silva Organização da Aula 3 Equipamentos de medição A importância dos equipamentos Os equipamentos mais conhecidos Uso e cuidados Utilizando

Leia mais

A Mitutoyo comemora e seus clientes ganham as melhores soluções de metrologia com ofertas imperdíveis!

A Mitutoyo comemora e seus clientes ganham as melhores soluções de metrologia com ofertas imperdíveis! campanha A Mitutoyo comemora e seus clientes ganham as melhores soluções de metrologia com ofertas imperdíveis! Não perca esta oportunidade e procure o distribuidor de sua preferência. Produtos com este

Leia mais

Série 530 Com parafuso de fixação e guias com revestimento de titânio. Série 530 Paquímetro com faces de medição de metal duro

Série 530 Com parafuso de fixação e guias com revestimento de titânio. Série 530 Paquímetro com faces de medição de metal duro Funções Série 530 Medição de profundidade Paquímetros Universais Com medidor de profundidade Cursor e impulsor feitos de aço temperado inoxidável. Escala principal e nônio com acabamento cromado. Deslize

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

Catálogo de Produtos. Catálogo PG 905

Catálogo de Produtos. Catálogo PG 905 Catálogo de Produtos Catálogo PG 905 O espírito da Mitutoyo Para tornar-se um homem completo, deve-se adquirir sabedoria, bondade e coragem. Somente sábio, o homem tende a ser frio. Somente bondoso, o

Leia mais

Instruções de montagem e de manutenção

Instruções de montagem e de manutenção Instruções de montagem e de manutenção Acumulador combinado Logalux P750 S Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem e da manutenção 6 720 619 324-03/2001 PT Ficha técnica Para a montagem

Leia mais

Atuadores giratórios 2SC5. Complementação das Instruções de uso SIPOS 5. Sujeito a alterações sem aviso prévio!

Atuadores giratórios 2SC5. Complementação das Instruções de uso SIPOS 5. Sujeito a alterações sem aviso prévio! Atuadores giratórios 2SC5 Complementação das Instruções de uso SIPOS 5 Edição 03.13 Sujeito a alterações sem aviso prévio! Conteúdo Complementação das instruções de uso SIPOS 5 Conteúdo Conteúdo 1 Fundamentos...

Leia mais

CALIBRADOR DE BOCA COM RELÓGIO

CALIBRADOR DE BOCA COM RELÓGIO CALIBRADOR DE BOCA COM RELÓGIO Relógio não está incluso 36 A 2 215-25W batentel Ø15 B 11 14 batente Para medição rápida tipo passa não passa de diâmetros de eixos Curso do batente retrátil: 3mm Força de

Leia mais

TORNO MECÂNICO PARALELO UNIVERSAL

TORNO MECÂNICO PARALELO UNIVERSAL - Foto meramente ilustrativa podendo não conter os mesmos acessórios/cores do orçamento, marca NARDINI, Modelo ND - 220 GOLD, procedência NACIONAL, produzido por Indústrias Nardini S/A, de acordo com normas

Leia mais

METROLOGIA 1 - INTRODUÇÃO

METROLOGIA 1 - INTRODUÇÃO METROLOGIA 1 - INTRODUÇÃO A metrologia é a ciência das medições, abrangendo todos os aspectos teóricos e práticos que asseguram a precisão exigida no processo produtivo, procurando garantir a qualidade

Leia mais

CONTROLE DIMENSIONAL - CALDEIRARIA CALIBRAÇÃO DE TRENA E ESCALA COM ESCALA PADRÃO E TRENA PADRÃO

CONTROLE DIMENSIONAL - CALDEIRARIA CALIBRAÇÃO DE TRENA E ESCALA COM ESCALA PADRÃO E TRENA PADRÃO Página: 1 de 5 1. OBJETIVO Este procedimento tem como objetivo descrever o processo de calibração de trenas de fita de aço e escalas metálicas, utilizando como padrões trenas padrão ou escalas padrão.

Leia mais

MICROSCÓPIO DIGITAL ISM-PM200SA

MICROSCÓPIO DIGITAL ISM-PM200SA MICROSCÓPIO DIGITAL ISM-PM200SA suporte obter foto ajuste de intensidade da iluminação ajuste de foco ajuste de ampliação placa branca/preta Computador não incluso Pode-se obter fotos ou vídeos. Fornecido

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador

DESCRITIVO TÉCNICO. 1 Alimentador DESCRITIVO TÉCNICO Nome Equipamento: Máquina automática para corte de silício 45º e perna central até 400 mm largura Código: MQ-0039-NEP Código Finame: *** Classificação Fiscal: 8462.39.0101 1 Alimentador

Leia mais

Norma Técnica Interna SABESP NTS 051

Norma Técnica Interna SABESP NTS 051 Norma Técnica Interna SABESP NTS 051 Tubos de Polietileno - Determinação das Dimensões Método de Ensaio São Paulo Fevereiro - 1999 NTS 051 : 1999 Norma Técnica Interna SABESP S U M Á R I O 1 OBJETIVO...1

Leia mais

INCOMATOL MÁQUINAS LTDA SOBRE A INCOMATOL

INCOMATOL MÁQUINAS LTDA SOBRE A INCOMATOL FÁBRICA E ESCRITÓRIO Rua José Cardoso da Silva, 300 Centro Rio Bonito RJ Brasil cep 28.800-000 I Cx Postal 112752 T 21 2734.0282 I F 21 2734.0247 www.incomatol.com.br incomatol@incomatol.com.br SOBRE A

Leia mais

QEMM QUADRO DE EQUIPAMENTO DE MONITORAMENTO E MEDIÇÃO

QEMM QUADRO DE EQUIPAMENTO DE MONITORAMENTO E MEDIÇÃO QEMM QUADRO DE EQUIPAMENTO DE MONITORAMENTO E PÁGINA 01 DE 07 Dispositivo: Trena Padrão (30 m) Periodicidade de calibração: A cada dois anos Uso Método de calibração Tolerância Servir de padrão de referência

Leia mais

Testador de dureza de frutas

Testador de dureza de frutas Guia do Usuário Testador de dureza de frutas Modelo FHT200 Introdução Parabéns pela sua compra do Testador de Dureza de Frutas Modelo FHT200 da Extech. O testador é usado para medir a dureza (maturação)

Leia mais

Instruções complementares. Centragem. para VEGAFLEX Série 80. Document ID: 44967

Instruções complementares. Centragem. para VEGAFLEX Série 80. Document ID: 44967 Instruções complementares Centragem para VEGAFLEX Série 80 Document ID: 44967 Índice Índice 1 Descrição do produto 1.1 Vista geral... 3 1.2 Centragens... 3 2 Montagem 2.1 Informações gerais... 10 2.2 Estrelas

Leia mais

Furação e Alargamento

Furação e Alargamento UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville Furação e Alargamento DEPS Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas Visão sistêmica de um processo de usinagem

Leia mais

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO -

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Material elaborado pelo departamento técnico da OfficeBrasil Desenvolvimento de Projetos e Produtos Última atualização: Março de 2013 Belo Horizonte, MG Linha Ohra

Leia mais

S o q u e t e s e A c e s s ó r i o s B e l z e r J o g o s d e s o q u e t e s

S o q u e t e s e A c e s s ó r i o s B e l z e r J o g o s d e s o q u e t e s S o q u e t e s e c e s s ó r i o s e l z e r Os soquetes são ferramentas manuais destinadas ao aperto e desaperto de porcas ou parafusos sextavados, conjugados com um acessório. Os soquetes e acessórios

Leia mais

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br

Rua do Manifesto, 2216 - Ipiranga - São Paulo Fone: +55 (11) 2271-3211 www.internacionalferramentas.com.br 125 Relógios Apalpadores e Suportes Os Relógios Apalpadores são primeiramente utilizados para testar ou verificar peças e para ajustes de máquinas, mas são também freqüentemente usados na produção em geral,

Leia mais

Medidores de Profundidade Uma das ferramentas de medição padrão da indústria

Medidores de Profundidade Uma das ferramentas de medição padrão da indústria Medidores de Profundidade Micrômetro de Profundidade Série 29, 129 com hastes intercambiáveis Este modelo utiliza hastes intercambiáveis para alcançar grandes capacidades de medição. Códigos Nos. 29-250-0,

Leia mais

VÁLVULAS INDUSTRIAIS

VÁLVULAS INDUSTRIAIS VÁLVULAS DE BRONZE VÁLVULAS INDUSTRIAIS Haste Não Ascendente Fig. 601/602 Haste Não Ascendente Fig. 600 Haste Ascendente Fig. 603 Tampa roscada externamente ao corpo até 3 na medida de 4 Corpo, tampa e

Leia mais

Dinamômetro Digital Modelos 475040 e 475044. Manual do Usuário

Dinamômetro Digital Modelos 475040 e 475044. Manual do Usuário Dinamômetro Digital Modelos 475040 e 475044 Manual do Usuário Introdução Parabéns pela sua compra do Dinamômetro Digital Extech. Esse medidor profissional, com os devidos cuidados oferecerá muitos anos

Leia mais

GRSS. Resistance WELDING SOLDAGEM POR RESISTÊNCIA ELÉTRICA

GRSS. Resistance WELDING SOLDAGEM POR RESISTÊNCIA ELÉTRICA SOLDAGEM POR RESISTÊNCIA ELÉTRICA Princípios A soldagem por resistência elétrica representa mais uma modalidade da soldagem por pressão na qual as peças a serem soldadas são ligadas entre si em estado

Leia mais

Medidor de Umidade/Moisture sem Pino com Memória + Termômetro IV

Medidor de Umidade/Moisture sem Pino com Memória + Termômetro IV GUIA DO USUÁRIO Medidor de Umidade/Moisture sem Pino com Memória + Termômetro IV Modelo MO295 mbar GPP RH% 01 MEM STORE MO295 Introdução Parabéns por sua compra do Medidor de Umidade/Moisture Sem Pino

Leia mais

MANUTENÇÃO EM MANCAIS E ROLAMENTOS Atrito É o contato existente entre duas superfícies sólidas que executam movimentos relativos. O atrito provoca calor e desgaste entre as partes móveis. O atrito depende

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR DE ESPESSURA ULTRA-SÔNICO MODELO UT-1200

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR DE ESPESSURA ULTRA-SÔNICO MODELO UT-1200 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR DE ESPESSURA ULTRA-SÔNICO MODELO UT-1200 fevereiro de 2010 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do instrumento ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

USO, MANUTENÇÃO E REGULAGEM DE CASSETES PARA ÁREA DE TREFILAÇÃO

USO, MANUTENÇÃO E REGULAGEM DE CASSETES PARA ÁREA DE TREFILAÇÃO USO, MANUTENÇÃO E REGULAGEM DE CASSETES PARA ÁREA DE TREFILAÇÃO Cassetes Os cassetes laminadores são micro cadeiras de laminação, que substituem as fieiras nas máquinas de trefilação. Seu surgimento no

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva:

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva: Manutenção Preventiva e Corretiva de Rosqueadeiras Manual de Manutenção: Preventivo / Corretivo Preventivo: Toda máquina exige cuidados e manutenção preventiva. Sugerimos aos nossos clientes que treinem

Leia mais

Linha Blindex 3000. Galpão do Vidraceiro. www.torressistemas.com.br Tel: 11 2296 9000 Fax: 11 2295 8973 Rua Candido Vale, 332 Tatuapé-São Paulo - SP

Linha Blindex 3000. Galpão do Vidraceiro. www.torressistemas.com.br Tel: 11 2296 9000 Fax: 11 2295 8973 Rua Candido Vale, 332 Tatuapé-São Paulo - SP CATÁLOGO DE FERRAGENS Linha Blindex 3000 Galpão do Vidraceiro www.torressistemas.com.br Tel: 11 2296 9000 Fax: 11 2295 8973 Rua Candido Vale, 332 Tatuapé-São Paulo - SP Grupo 30 - Suportes 3001 Suporte

Leia mais

Válvulas Industriais

Válvulas Industriais Válvulas de Bronze Válvulas Industriais Haste Não Ascendente Fig. 601/602 Tampa roscada externamente ao corpo na medida de 4 Corpo, tampa e cunha: Bronze (Fig. 601) Haste: Bronze (Fig. 602) Haste Não Ascendente

Leia mais

Método correto de preparação de moedas para contagem

Método correto de preparação de moedas para contagem Apresentação Unimax MX faz contagem de somente um tipo de moeda cada vez, em alta velocidade (ao redor de 1500 moedas/m) enquanto outros modelos de contadora (conhecidas como classificadoras) contam e

Leia mais

INFORMAÇÕES TÉCNICAS MANDRIL DIN 69893 / ISO 12164-1

INFORMAÇÕES TÉCNICAS MANDRIL DIN 69893 / ISO 12164-1 INFORMÇÕES TÉCNICS MNDRI DIN 69893 / ISO 12164-1 Características das diferentes formas FORM 1 Forma : Forma preferencial para centros de usinagem. - Troca automática de ferramentas. - Chavetas de arraste

Leia mais

TREINAMENTO PARA TORNO CNC

TREINAMENTO PARA TORNO CNC TREINAMENTO PARA TORNO CNC COMANDOS FANUC - 1 - Descrição de comandos M Os comandos M são funções de alternância ou adicionais. Os comandos M podem ficar sozinhos ou com outro comando em um bloco de programa.

Leia mais

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR ANEXO V 1600,00 mm 200,00 mm 490,00 mm 400,00 mm 725,00 mm VISTA FRONTAL 580,00 mm VISTA LATERAL MÓDULOS AUDITÓRIO 700,00 mm 03 - Mesas em MDF texturizado estrutura em MDF Cinza Cristal 2 faces de 15mm

Leia mais

TS 55 R. Serrar Serra de incisão TS 55 R. A melhor serra de incisão que alguma vez construímos.

TS 55 R. Serrar Serra de incisão TS 55 R. A melhor serra de incisão que alguma vez construímos. Serra de incisão TS 55 R TS 55 R A melhor serra de incisão que alguma vez construímos. máxima flexibilidade graças à carcaça plana para uma distância mínima à parede (12 mm) ajuste angular com função de

Leia mais

EXPERIMENTO 1 INSTRUMENTOS DE MEDIDA E MEDIDAS FÍSICAS

EXPERIMENTO 1 INSTRUMENTOS DE MEDIDA E MEDIDAS FÍSICAS EXPERIMENTO 1 INSTRUMENTOS DE MEDIDA E MEDIDAS FÍSICAS I - OBJETIVO Operar com algarismos significativos, definir o limite do erro instrumental para instrumentos de medição, definir o desvio avaliado para

Leia mais

Desenho de Placas para Husky Manifold Systems

Desenho de Placas para Husky Manifold Systems Desenho de Placas para Husky Manifold Systems Como utilizar este Guia Este guia foi criado para auxiliar o fabricante de molde a integrar a Câmara Quente Husky Manifold System com as placas e ao molde.

Leia mais

Brocas de Três Pontas Brocas de Três Pontas para Mourão Brocas para Fibrocimento e Mourão Brocas de Aço Cromo Conjuntos de Brocas de Aço Cromo Brocas

Brocas de Três Pontas Brocas de Três Pontas para Mourão Brocas para Fibrocimento e Mourão Brocas de Aço Cromo Conjuntos de Brocas de Aço Cromo Brocas Brocas de Três Pontas Brocas de Três Pontas para Mourão Brocas para Fibrocimento e Mourão Brocas de Aço Cromo Conjuntos de Brocas de Aço Cromo Brocas Chatas Brocas Chatas para Dobradiças Extensão para

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Buchas Guias Mancais de Deslizamento e Rolamento Buchas Redução de Atrito Anel metálico entre eixos e rodas Eixo desliza dentro da bucha, deve-se utilizar lubrificação.

Leia mais

Instruções para uso do peso de bater automático

Instruções para uso do peso de bater automático Este equipamento foi desenvolvido com as finalidades de: 1) Agilizar e otimizar o tempo necessário para os testes de penetração de solo; 2) Melhorar a ergonomia do procedimento, evitando esforços físicos

Leia mais

Site do Inmetro. Clique aqui para mais informações. 21/07/2016

Site do Inmetro. Clique aqui para mais informações. 21/07/2016 BRASIL Acesso à informação Barra GovBr Site do Inmetro Acreditação Nº 3 Data da Acreditação 04/04/1984 ACREDITAÇÃO VIGENTE Última Revisão do Escopo Razão Social Nome do Laboratório Situação Clique aqui

Leia mais

Brocas, buchas e mandris

Brocas, buchas e mandris Brocas, buchas e mandris Para fixação de elementos, cada material exige broca e bucha específicos. Saiba quais são os tipos corretos para cada necessidade Fixações em parede de alvenaria, concreto ou drywall

Leia mais

Medidas de Grandezas Fundamentais - Teoria do Erro

Medidas de Grandezas Fundamentais - Teoria do Erro UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL Medidas de Grandezas Fundamentais - Teoria do Erro Objetivo As práticas que serão trabalhadas nesta aula têm os objetivos de

Leia mais

Introdução. elementos de apoio

Introdução. elementos de apoio Introdução aos elementos de apoio A UU L AL A Esta aula - Introdução aos elementos de apoio - inicia a segunda parte deste primeiro livro que compõe o módulo Elementos de máquinas. De modo geral, os elementos

Leia mais