LANÇAMENTO DE LIVROS: XI CONGRESSO INTERNACIONAL DA APCG. A CRÍTICA GENÉTICA NA AMÉRICA DO SUL: PESQUISAS E PERSPECTIVAS.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LANÇAMENTO DE LIVROS: XI CONGRESSO INTERNACIONAL DA APCG. A CRÍTICA GENÉTICA NA AMÉRICA DO SUL: PESQUISAS E PERSPECTIVAS."

Transcrição

1 LANÇAMENTO DE LIVROS: XI CONGRESSO INTERNACIONAL DA APCG. A CRÍTICA GENÉTICA NA AMÉRICA DO SUL: PESQUISAS E PERSPECTIVAS. 18 A 21 DE JUNHO DE 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS SC Un résumé succinct de Journal d une lycéenne sous l Occupation «En 1944, j avais 17 ans, dit Aline et le sentiment de vivre au cœur de l Histoire, avec un grand «H». Quand on le vit à l adolescence, on le ressent plus fortement. Ça s imprime plus durablement. Je tenais mon journal de manière épisodique. Au départ, il me servait à noter mes dépenses. Ma mère avait elle aussi un carnet dans lequel elle notait les siennes. Avec ma bourse d entretien, je disposais d un peu d argent. Mon père m a encouragée à tenir ce livre de comptes. Il m a donné son agenda. Sur les bords de pages, il y avait des motifs égyptiens. Je m y étais attachée. C était d abord un livre de dépenses puis j y ai rajouté des faits. J étais gamine encore. Je comprenais que nous vivions une période exceptionnelle et qu il fallait noter ces souvenirs. C est probablement Madame Badiou [résistante, enseignante, épouse du Maire de Toulouse à la Libération], ma professeure de Français qui m a conseillé d écrire». Comment ne pas écrire un journal sous l Occupation et la dictature, quand on a 17 ans? Comment ne pas décrire la vie comme elle vient, quand on est une future enseignante, élève à l École Normale des Instituteurs? Comment vivre sous la contrainte lorsque l on rêve de liberté? Aline, décrit les aléas du ravitaillement, les colis destinés aux prisonniers, les collectes pour sinistrés, les vols de vêtements, la cousine de son père déportée à Ravensbrück, les bombardements et les tirs de D.C.A., les sorties au théâtre, au cinéma... C est aussi cela la

2 guerre. Erudite, la pétillante lycéenne se nourrit de Montaigne et d Hugo remparts contre la morosité d une époque où les pourfendeurs de la République et de l esprit laïque tiennent le haut du pavé. Puis, comme les violettes annoncent le printemps, la liberté reprend ses droits. Aline commente les combats du faubourg, la Libération de Toulouse et l arrivée du général de Gaulle au Capitole. Histoire conjuguée des forces démocratiques libératrices. L élève devient enseignante, la ville occupée se libère, la société se modernise, l adolescente devient femme. Au sortir de la guerre, une amie lui confie qu elle avait été repérée par la Résistance pour intégrer les réseaux. Plus de 70 ans après sa rédaction, Aline replonge dans son journal. Le «texte-mère» fait des petits L écrit de 1944 s accompagne du commentaire oral d Aline. Le manuscrit s enrichit d un texte de vulgarisation historique, d un texte de vulgarisation sociologique, des portraits, d extraits de correspondances Ils sont le fruit de rencontres, de réflexions, d une mise au travail. Histoire vivante et transmission.

3 Bernadete Andrade: por entre pinturas e cidades imaginárias trata da vida e da obra desta artista plástica amazonense, que nasceu em Barreirinha, em 1953, e faleceu em Manaus, em Conhecer o seu processo criativo, percorrendo a história de sua vida, acompanhando suas descobertas e experiências, é uma forma de adentrar no seu universo artístico e compartilhar de sua obra. Rico em imagens coloridas, o livro contém texto de Priscila Pinto, palavras da própria artista, além de reportagens e comentários de jornalistas, escritores e artistas. DADOS DA AUTORA/ORGANIZADORA PRISCILA PINTO (Manaus, 1978) é artista visual, ilustradora e poetisa, licenciada em Artes Plásticas e Direito. Atualmente é mestranda no Programa Sociedade e Cultura na Amazônia, e professora do Departamento de Artes da Universidade Federal do Amazonas. Pesquisa sobre processo de criação artística e história das artes visuais no Amazonas. Entre outros, é autora e organizadora do livro Bernadete Andrade por entre pinturas e cidades imaginárias, publicado pela Editora da Universidade Federal do Amazonas; e do livro Bichos da Amazônia, vencedor dos Prêmios Literários Cidade de Manaus 2011, na categoria infantil.

4 DADOS DOS AUTORES: Alícia Duhá Lose é professora adjunta da Universidade Federal da Bahia, Coordenadora Acadêmica da Faculdade São Bento da Bahia e Coordenador Geral de Pesquisa do Centro de Pesquisa e Documentação do Livro Raro Dr. Norberto Odebrecht, do Mosteiro de São Bento da Bahia. É filóloga, especialista em manuscritos. Pós-doutora pela Universidade Federal da Bahia em Letras e Linguística. Jorge Augusto Alves da Silva é professor titular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Doutor em Linguística Histórica. Professor de Latim, Português Afro-Brasileiro e Português Popular. Vanilda Salignac de Sousa Mazzoni é professora da Faculdade São Bento da Bahia. RESUMO: O livro conta como se desenvolveu o processo de revitalização da Biblioteca Monsenhor Manoel de Aquino Barbosa, situada no interior da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia, em Salvador, Bahia. Além da descrição das ações, também traz a história da formação da biblioteca (os impressos e manuscritos), da construção da Igreja, da Irmandade do Santíssimo Sacramento e o inventário que contempla as obras do século XVIII e XIX encontradas no acervo.

5 AUTOR: Carlos Eduardo de Moura, doutorando em Filosofia na UFSCar Sabe-se que Sartre não nos deu a sua moral, mas fez melhor: nos empurrou cada vez mais, à sua maneira, a tomar posições. É neste aspecto que se poderá colocar a importância deste trabalho àqueles que se interessam pelo tema da moral e, especificamente, aos pesquisadores do existencialismo sartriano, posto que o foco central dessa obra é defender um pensamento moral em Sartre que possa ser elaborado por conceitos que percorram desde La transcendance de l ego até o emblemático e pouco estudado Cahiers pour une morale. Com esse trabalho, revelar-se-á, pouco a pouco, aos olhos do leitor, a ampla trajetória de Sartre voltada para questões éticas e políticas compreendidas enquanto problemas existenciais. Longe de ser uma obra infensa às críticas, o que se quer apresentar aqui é o enriquecimento que o tema poderá oferecer ao debate sobre as reflexões acerca da ética, da moral e da filosofia sartriana e, sobretudo, proporcionar indicações teóricas e provocações ao pesquisador de filosofia que se interessa por tais temas.

6 Gênese de um processo tradutório: Sergio Romanelli, neste livro, reconstitui a trilha teórica que guiou seus passos na pesquisa que durou mais de dez anos entre Itália e Brasil e que, talvez, ainda não esteja encerrada, tendo em vista a densidade do material genético disponível. Se, por um lado, o recurso teórico de Gênese de um processo tradutório se embasa nas teorias dos Estudos Descritivos da Tradução e da Teoria dos Polissistemas, por outro lado, o autor adentra um campo novo - o campo da Crítica Genética. Para isso, Romanelli logo reivindica o Novo Paradigma da Ciência, delineado pela especialista em estudos sistêmicos, Maria José Esteves. Eis uma perspectiva instigante, pois se trata de adotar uma nova visão do mundo, o que implica estar disposto a levar a reflexão além dos padrões. Em outras palavras, implica se arriscar, ter coragem de adentrar novas abordagens e propor novos resultados de pesquisa. É o que faz Sergio Romanelli, quando interliga de forma transdisciplinar, Tradução Literária e Crítica Genética.

7

8 Da crítica genérica à tradução literária: Marie-Hélène Paret Passos, neste seu livro de estreia Da crítica genética a tradução literária: uma interdisciplinaridade -, teceu de maneira brilhante e inédita a rede teórica para um processo de tradução que leva em conta a tradução teórica e prática, fundamentalmente aliada a crítica genética, o que permite ao leitor-tradutor-escritor abranger também o processo criativo do original, trazendo para o texto literário a escritura, o estilo, a cultura e a própria singularidade da obra. Todo o aparato teórico elaborado pela autora à aplicado nas Anotações para uma estória de amor, encontradas no acervo de Caio Fernando Abreu, a fim de demonstrar pela crítica genética o processo criativo e escritural do conto inédito Uma estória de amor, o que exigiu ainda maior critério para a compreensão da gênese do texto. Este livro é altamente recomendado para todos os que usam a tradução, a literatura e crítica genética como ferramenta de trabalho e de estudo.

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado

Mateus Geraldo Xavier. Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral. Dissertação de Mestrado Mateus Geraldo Xavier Contribuição do Ensino Religioso no processo de educação da fé: um estudo teológico-pastoral Dissertação de Mestrado Programa de Pós-graduação em Teologia do Departamento de Teologia

Leia mais

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária

Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Bienvenue au Cours Préparatoire Bemvindos à Primária Ce qui ne change pas O que não se altera entre o pré-escolar e o 1º ano no LFIP L organisation administrative/a organização administrativa -Les contacts

Leia mais

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês

Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Interferência do português língua materna vs supergeneralização na escrita em francês Pablo Diego Niederauer Bernardi * (UFPel) Isabella Mozzilo (UFPel) Aprender línguas pressupõe o desenvolvimento de

Leia mais

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França

Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Bienvenue à l'ecole en France Bemvindo à escola em França Ses objectifs / OBJECTIVOS Éduquer pour vivre ensemble -> Educar para viver juntos Portugais Português Instruire pour comprendre aujourd hui, construire

Leia mais

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica.

2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. 2.2. Ensino e a construção da cidadania: da moral religiosa à moral cívica. Cinq mémoires sur l instruc1on publique (1791). Présenta@on, notes, bi- bliographie et chronologie part Charles Coutel et Catherine

Leia mais

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E

PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E FRANCÊS 12.ºANO NÍVEL DE CONTINUAÇÃO PROVA DE EXPRESSÃO ORAL E Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 20 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência

Leia mais

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE

CADERNO DE PROVA 1.ª FASE AZUL CADERNO DE PROVA 1.ª FASE Francês Nome do candidato Nome do curso / Turno Local de oferta do curso N.º de inscrição Assinatura do candidato Coordenação de Exames Vestibulares I N S T R U Ç Õ E S LEIA

Leia mais

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL

FAIRTRADE LABELLING ORGANIZATIONS INTERNATIONAL A: Tous les acteurs de la filière du Commerce Equitable certifiés pour la mangue, la banane, la pulpe d araza / Produtores e Comerciantes certificados da manga, da banana e da polpa de araza de CJ Tous

Leia mais

Índices para catálogo sistemático: Ordens religiosas e igrejas locais 250 Cristianismo 261.7

Índices para catálogo sistemático: Ordens religiosas e igrejas locais 250 Cristianismo 261.7 Conselho Editorial Profa. Dra. Andrea Domingues Prof. Dr. Antônio Carlos Giuliani Prof. Dr. Antonio Cesar Galhardi Profa. Dra. Benedita Cássia Sant anna Prof. Dr. Carlos Bauer Profa. Dra. Cristianne Famer

Leia mais

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire.

A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Caros pais, A Associação de Pais do LFIP tem o prazer de vos anunciar que no dia 29 de Novembro de 2014 irá realizar-se o 3º Marché de Noël Solidaire. Esta iniciativa insere-se no âmbito de um projeto

Leia mais

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014

PAAES/UFU 2ª Etapa Subprograma 2011-2014 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Pró-Reitoria de Graduação Diretoria de Processos Seletivos PAAES 2ª ETAPA SUBPROGRAMA 2011/2014 24 de fevereiro de 2013

Leia mais

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado

Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família. Tese de Doutorado Carolina de Campos Borges PERMANÊNCIAS E MUDANÇAS: Individualismo, trajetórias de vida e família Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica da PUC-Rio como requisito

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E)

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS DISCIPLINA:Francês 7ºAno Nível I (Turmas A/B/C/D/E) Ano Letivo 2012/2013 Temáticos Unité 0 JE COMMENCE Os pronomes pessoais Os números cardinais (1) ( 0-19) Conteúdos Nº

Leia mais

A formação do engenheiro para as próximas décadas

A formação do engenheiro para as próximas décadas Seminário Inovação Pedagógica na Formação do Engenheiro Universidade de São Paulo Maio de 2003 A formação do engenheiro para as próximas décadas Henrique Lindenberg Neto Escola Politécnica da Universidade

Leia mais

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens

Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens Je remercie Mme Narvaez-Goldstein et M. Fourneyron d avoir accepté de suivre ce travail. Je remercie les personnes qui m ont accordé des entretiens et m ont fait partager leurs connaissances et leurs expériences

Leia mais

Língua Estrangeira: FRANCÊS L alarme intelligente Finis les hurlements intempestifs, elle reconnaît les cambrioleurs Les alarmes, c est bien pratique Sauf quand ça se met à hurler à tout bout de champ

Leia mais

Aviso... Esta compilação excombatentes para França nasce da trilogia de 2009 com o mesmo nome. residente na altura da criação destes 3 níveis de pensamento e abordagens musicais diferentes na Avenida comandante

Leia mais

FRANCÊS INSTRUÇÕES 1 - ESTA PROVA CONTÉM 1 (UM) TEXTO SEGUIDO DE QUESTÕES DE COMPREENSÃO 2 - ESCOLHA E ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA, SEMPRE DE ACORDO COM O TEXTO EXISTE-T-IL DES RECETTES POUR ÊTRE HEUREUX?

Leia mais

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL

ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL ARTEBR LIVRO SABORES DO BRASIL A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte e

Leia mais

O FIM DA FILOSOFIA EM M. HEIDEGGER. Universidade Federal da Bahia Programa de Pós-Graduação em Filosofia Mestrado em Filosofia

O FIM DA FILOSOFIA EM M. HEIDEGGER. Universidade Federal da Bahia Programa de Pós-Graduação em Filosofia Mestrado em Filosofia Universidade Federal da Bahia Programa de Pós-Graduação em Filosofia Mestrado em Filosofia Eduardo Boaventura de Souza O FIM DA FILOSOFIA EM M. HEIDEGGER Salvador 2005 Eduardo Boaventura de Souza O FIM

Leia mais

de manuais concebidos segundo a Perspectiva Acional

de manuais concebidos segundo a Perspectiva Acional 1. NOME COMPLETO: HYANNA C. DIAS DE MEDEIROS 2. E-MAIL: hyanna.medeiros@usp.br 3. ALUNO: X EX-ALUNO: 4. PESQUISA : X INICIAÇÃO CIENTÍFICA MESTRADO DOUTORADO 5. ÁREA DE PESQUISA: X LÍNGUA, LINGUÍSTICA E

Leia mais

Parlez-vous européen?

Parlez-vous européen? Parlez-vous européen? A BONECA BRAILLIN 1. Résumé Parece uma boneca normal mas não é. A Braillin possui seis botões em relevo correspondentes aos seis pontos base da linguagem braille (P.) / braile (B.).

Leia mais

PRÉSENTATION DE LA SOCIÉTÉ

PRÉSENTATION DE LA SOCIÉTÉ PRÉSENTATION DE LA SOCIÉTÉ LA SOCIÉTÉ Première société portugaise de traitement et de récupération "in situ" des huiles industrielles ans d'expérience PURIFICADORA avec sa propre technologie de procédé

Leia mais

Cuidar de si, cuidar dos outros: a alteridade no pensamento de Michel Foucault

Cuidar de si, cuidar dos outros: a alteridade no pensamento de Michel Foucault Alina Gontijo de Mendonça Cuidar de si, cuidar dos outros: a alteridade no pensamento de Michel Foucault Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de

Leia mais

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini

Instituto Marista Hoje. Armando Luiz Bortolini Instituto Marista Hoje Armando Luiz Bortolini IRMÃOS MARISTAS HOJE DIMENSÃO EDUCATIVA E MARIAL INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS INSTITUTO DOS IRMÃOS MARISTAS Fundador: S. Marcelino J. B. Champagnat Fundação

Leia mais

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo

Resolução da Questão 1 Texto Definitivo Questão Internet: . Acesso em: abr. 0. Considerando a figura acima apresentada, redija um texto dissertativo que atenda, necessariamente, ao que se pede a seguir. Identifique a

Leia mais

Prova Escrita de Francês

Prova Escrita de Francês Exame Final Nacional do Ensino Secundário Prova Escrita de Francês 11.º Ano de Escolaridade Continuação bienal Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova 17/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

Figura 14 Barão de Viana Autor José Antonio da Cunha Couto Óleo sobre tela, 65 x 54 cm Museu de Arte da Bahia

Figura 14 Barão de Viana Autor José Antonio da Cunha Couto Óleo sobre tela, 65 x 54 cm Museu de Arte da Bahia 42 Couto foi possuidor de uma obra pictórica extensa, sendo o retratista que mais produziu em seu tempo, conhecido pelo colorido e pelas expressões fisionômicas dos seus retratos 12. Em Alves (1976, p.59),

Leia mais

UM TÁXI PARA VIENA D ÁUSTRIA: um réquiem na contramão da cidade

UM TÁXI PARA VIENA D ÁUSTRIA: um réquiem na contramão da cidade UM TÁXI PARA VIENA D ÁUSTRIA: um réquiem na contramão da cidade por Raquel Queiroz de Araújo Fernandes Dissertação apresentada ao programa de Pós-Gradução em Letras da Universidade Federal Fluminense para

Leia mais

284 AUTORES palíndromo Teoria e História da arte 2010 / no3 285

284 AUTORES palíndromo Teoria e História da arte 2010 / no3 285 284 AUTORES apresentação dos autores Almerinda da Silva Lopes é doutora em Comunicação e Semiótica (1997, PUC/SP), com pós-doutorado (2002) na Université Paris 1 (Panthéon-Sorbonne), na área de Linguística,

Leia mais

Dia 7 Local: auditório do prédio anexo do MAST

Dia 7 Local: auditório do prédio anexo do MAST PROGRAMAÇÃO Dia 7 Local: auditório do prédio anexo do MAST 9h - Credenciamento 9h 30min - Solenidade de abertura Maria Margaret Lopes (Diretora do Museu de Astronomia e Ciências Afins) Mesa-redonda de

Leia mais

COOPERATIVA DE TRABALHO DOMÉSTICO: MECANISMO ALTERNATIVO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA OS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DIARISTAS?

COOPERATIVA DE TRABALHO DOMÉSTICO: MECANISMO ALTERNATIVO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA OS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DIARISTAS? COOPERATIVA DE TRABALHO DOMÉSTICO: MECANISMO ALTERNATIVO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA OS TRABALHADORES DOMÉSTICOS DIARISTAS? COOPERATIVE DE TRAVAIL DOMESTIQUE: AUTRE MÉCANISME DE PROTECTION SOCIALE POUR LES

Leia mais

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO

PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO PLUS QU UNE ÉCOLE UN AVENIR MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO MAIS QUE UMA ESCOLA UM FUTURO O Lycée Français International de Porto, localizado num local excecional, com amplos espaços verdes, não tem parado

Leia mais

OUTILS DE CINQUIÈME VOCABULAIRE / ACTES DE PAROLE

OUTILS DE CINQUIÈME VOCABULAIRE / ACTES DE PAROLE OUTILS DE CINQUIÈME / ACTES DE PAROLE L identité Pour tout savoir sur ton identité ou celle d un copain voici ce que tu dois savoir Nom :Sempé Prénom :Nicolas Âge : 12 ans Classe :5 e E Sexe :Masculin

Leia mais

A pedagogia da luz na recriação do cego de nascença Jo 9,1-12

A pedagogia da luz na recriação do cego de nascença Jo 9,1-12 Maria da Conceição Vieira A pedagogia da luz na recriação do cego de nascença Jo 9,1-12 Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao programa de Pós-Graduação em Teologia PUC-Rio, como requisito

Leia mais

Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM. Cabelos de axé: identidade e resistência Raul Lody. Editora SENAC

Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM. Cabelos de axé: identidade e resistência Raul Lody. Editora SENAC ÁFRICA Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM Ricamente ilustrada por fotos e desenhos, esta obra traça um painel detalhado da vida dos habitantes da África do Oeste: sua tradição oral, detalhes

Leia mais

Le maître ignorant : cinq lessons sur l émancipation intellectuelle (1987)

Le maître ignorant : cinq lessons sur l émancipation intellectuelle (1987) Le maître ignorant : cinq lessons sur l émancipation intellectuelle (1987) de Jacques Rancière O mestre ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual, de Jacques Rancière Grupo de leitura em

Leia mais

Língua : Português e Francês Tradução simultânea. Sinopses das Intervenções :

Língua : Português e Francês Tradução simultânea. Sinopses das Intervenções : Encontro - Debate «Jóia, Espelho da Sociedade» Instituto Franco Português 25 de Fevereiro 2010 15h - 18h Parceria : IFP Ar.Co Comissariado e Moderação: Cristina Filipe Língua : Português e Francês Tradução

Leia mais

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens Para pensar o livro de imagens ROTEIROS PARA LEITURA LITERÁRIA Ligia Cademartori Para pensar o Livro de imagens 1 1 Texto visual Há livros compostos predominantemente por imagens que, postas em relação,

Leia mais

Prova F Grupo Porto 11º ano, Nível de Continuação

Prova F Grupo Porto 11º ano, Nível de Continuação Prova F Grupo Porto 11º ano, Nível de Continuação Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15 minutos para cada grupo de dois alunos. Domínios de referência: Information

Leia mais

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015 CURRICULUM VITAE DE José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá Lisboa, Fevereiro de 2015 I - DADOS PESSOAIS NOME - José Carlos Salgueiro de Vasconcelos e Sá MORADA - Rua Prof. Henrique Vilhena 11, 1 - D 1600

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO / LONGO PRAZO DISCIPLINA: Francês ANO: 7º Nível 1 Curso: Ensino Básico Total de aulas previstas: 99 Manual adotado: Mots Clés Porto Editora 1º PERÍODO - AULAS PREVISTAS: 41 Competências

Leia mais

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009

Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Provas orais em Língua Estrangeira Ensino Secundário Francês 11º ano, Nível de Continuação Janeiro 2009 Esta prova desenvolve-se em três partes e tem uma duração aproximada de 15-20 minutos para cada grupo

Leia mais

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2

BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE. Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 BACCALAURÉAT GÉNÉRAL ET TECHNOLOGIQUE Session 2011 PORTUGAIS LANGUE VIVANTE 2 Série L : 3 heures coefficient 4 Série S : 2 heures coefficient 2 Série STG (sauf CGRH) : 2 heures coefficient 2 Série STG

Leia mais

Jambo! Uma Manhã com os Bichos da África

Jambo! Uma Manhã com os Bichos da África elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Jambo! Uma Manhã com os Bichos da África escrito por & ilustrado por Rogério de A. Barbosa Eduardo Engel Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FRANCÊS 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém quatro questões, constituídas de itens e

Leia mais

Os Amigos do Pedrinho

Os Amigos do Pedrinho elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Os Amigos do Pedrinho escrito por & ilustrado por Ruth Rocha Eduardo Rocha Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011

DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 DIÁRIO DE BORDO CONTINGENTE PORTUGUÊS. 22 a 25 de Abril de 2011 2 MENSAGEM DO CHEFE DE CONTINGENTE Meus caros Caminheiros, Companheiros e Dirigentes... Mais uma vez, uns quantos de nós, terão oportunidade

Leia mais

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006

PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 ESCOLA PROVA GLOBAL DE 9º ANO DE ESCOLARIDADE FRANCÊS 3 2005-2006 I Lisez attentivement le texte ci-dessous et les questions pour avoir une vision globale de ce qu'on vous demande. Une eau pas très écolo!

Leia mais

PÚBLIO, Marcelo Abilio

PÚBLIO, Marcelo Abilio PÚBLIO, Marcelo Abilio Né le 10 juin 1975 à Sorocaba-SP (Brésil) m.publio@gmail.com Situation actuelle Depuis 2013 : Enseignant-Chercheur en photographie, audiovisuel et cinéma d animation à l'université

Leia mais

Lisez attentivement le questionnaire et répondez sincèrement aux questions en indiquant la ou les réponses qui conviennent.

Lisez attentivement le questionnaire et répondez sincèrement aux questions en indiquant la ou les réponses qui conviennent. PROTOCOLE D ENQUÊTE DESTINÉ AUX PROFESSEURS DE FRANÇAIS À PRAIA Lisez attentivement le questionnaire et répondez sincèrement aux questions en indiquant la ou les réponses qui conviennent. Première partie

Leia mais

Da Arqueologia à Genealogia a questão do sujeito no percurso filosófico de Michel Foucault

Da Arqueologia à Genealogia a questão do sujeito no percurso filosófico de Michel Foucault Fabiane Marques de Carvalho Souza Da Arqueologia à Genealogia a questão do sujeito no percurso filosófico de Michel Foucault Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós-graduação em Filosofia

Leia mais

SOFIA E SUAS LÍNGUAS. Sophie et ses langues. Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr

SOFIA E SUAS LÍNGUAS. Sophie et ses langues. Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr SOFIA E SUAS LÍNGUAS Sophie et ses langues Texto Christine Hélot Ilustrações Uxue Arbelbide Lete Tradução Eva Gutjahr SOFIA E SUAS LÍNGUAS Sophie et ses langues A associação DULALA foi criada para promover

Leia mais

Maria Ines Saadi de Tozatto. TRANSMISSÃO PSÍQUICA Metamorfoses teórico-clínicas de um campo em movimento

Maria Ines Saadi de Tozatto. TRANSMISSÃO PSÍQUICA Metamorfoses teórico-clínicas de um campo em movimento Maria Ines Saadi de Tozatto TRANSMISSÃO PSÍQUICA Metamorfoses teórico-clínicas de um campo em movimento Tese de Doutorado DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica Rio

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES METODOLOGIA DA PESQUISA EM LETRAS MINISTRANTE : Girlene Lima Portela

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES METODOLOGIA DA PESQUISA EM LETRAS MINISTRANTE : Girlene Lima Portela UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA DEPARTAMENTO DE LETRAS E ARTES METODOLOGIA DA PESQUISA EM LETRAS MINISTRANTE : Girlene Lima Portela ABORDAGENS TEÓRICO-METODOLÓGICAS Pesquisa quantitativa ou qualitativa?

Leia mais

Ciências Sociais Prof. Paulo Barrera

Ciências Sociais Prof. Paulo Barrera Ciências Sociais Prof. Paulo Barrera Fundamentos da Reflexão Sociológica e o pensamento de Augusto Comte Cronograma 1ª Semana: Origens da Sociologia 2ª Semana: O Pensamento de Augusto Comte Origens da

Leia mais

RESUMO ABSTRACT RÉSUMÉ

RESUMO ABSTRACT RÉSUMÉ ACOLHENDO A ALFABETIZAÇÃO NOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA REVISTA ELETRÔNICA ISSN: 1980-7686 Equipe: Grupo Acolhendo Alunos em Situação de Exclusão Social da Faculdade de Educação da Universidade de São

Leia mais

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados escrito por Vários autores Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

Convivência. Revista do PEN Clube do Brasil. 2ª Fase - 1º Semestre 2012 - Número 2 - Rio de Janeiro Brasil / ISSN 1518-9996 ESPECIAL

Convivência. Revista do PEN Clube do Brasil. 2ª Fase - 1º Semestre 2012 - Número 2 - Rio de Janeiro Brasil / ISSN 1518-9996 ESPECIAL Convivência Revista do PEN Clube do Brasil 2ª Fase - 1º Semestre 2012 - Número 2 - Rio de Janeiro Brasil / ISSN 1518-9996 ESPECIAL PEN CLUBE DO BRASIL: 76 ANOS (1936-2012) Cláudio Aguiar O sentido de qualquer

Leia mais

RESUMOS SIMPLES...452 RELATOS DE EXPERIÊNCIAS...454 RESUMOS DE PROJETOS...456

RESUMOS SIMPLES...452 RELATOS DE EXPERIÊNCIAS...454 RESUMOS DE PROJETOS...456 Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 5 a 8 de outubro, 2009 451 RESUMOS SIMPLES...452 RELATOS DE EXPERIÊNCIAS...454 RESUMOS DE PROJETOS...456 Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão,

Leia mais

CHAMADA DE ARTIGOS do SUPLEMENTO TEMÁTICO A EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE

CHAMADA DE ARTIGOS do SUPLEMENTO TEMÁTICO A EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE 1 CHAMADA DE ARTIGOS do SUPLEMENTO TEMÁTICO A EDUCAÇÃO POPULAR EM SAÚDE NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE No dia 16 de novembro último, durante o 10o Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, realizado em Porto

Leia mais

FERNANDO PESSOA [Professor de filosofia da UFES e organizador dos Seminários Internacionais Museu Vale]

FERNANDO PESSOA [Professor de filosofia da UFES e organizador dos Seminários Internacionais Museu Vale] Os Seminários Internacionais Museu Vale FERNANDO PESSOA [Professor de filosofia da UFES e organizador dos Seminários Internacionais Museu Vale] O propósito desta introdução, além de apresentar a oitava

Leia mais

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves

Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves TEMA : BRINCANDO E APRENDENDO NA ESCOLA Coordenadoras: Enalva de Santana Santos e Márcia Soares Ramos Alves Autora: Prof a Cássia de Fátima da S. Souza PÚBLICO ALVO Alunos de 04 anos TEMA: BRINCANDO E

Leia mais

MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY

MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY MODERNISMO NO BRASIL Cap. 1 e 2 - séculos XIX e XX FELIPE HARRISBERGER DE GODOY Os seis passos para a modernidade Chegada da Família Real Portuguesa (1808); Missão Artística Francesa; Academia Imperial

Leia mais

! " # $! % #& & ''(" '')! * +!*, / +!*, -.. 0!

!  # $! % #& & ''( '')! * +!*, / +!*, -.. 0! ! " # $! % #& & ''(" '')! * +!*, -.. + / +!*, -.. 0! !"# #$ % & ' #$ #%# ( #%#)&$ 0 0 3 )& *(& ) 0 0 7 +, # -#". # & &#! /$ " #) 0 ) +0+, 1/ # /)/ "# * -#". # & &# > > ) +0+0+, /. ) & ) * -#". # & &#

Leia mais

O corpo como imagem poética na paisagem urbana

O corpo como imagem poética na paisagem urbana BRITO, Marcelo Sousa. O corpo como imagem poética na paisagem urbana. Salvador: Universidade Federal da Bahia (UFBA); Capes; Bolsa de Doutorado; Doutorando em Artes Cênicas; Orientação: Eliene Benício;

Leia mais

Giseli Barreto da Cruz. O Curso de Pedagogia no Brasil na visão de pedagogos primordiais. Tese de Doutorado

Giseli Barreto da Cruz. O Curso de Pedagogia no Brasil na visão de pedagogos primordiais. Tese de Doutorado Giseli Barreto da Cruz O Curso de Pedagogia no Brasil na visão de pedagogos primordiais Tese de Doutorado Tese apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Educação da PUC-Rio como requisito parcial para

Leia mais

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult JUSTIFICATIVA O estatuto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no Capítulo 1, artigo 3º. define como finalidade

Leia mais

Governo da Paraíba Secretaria de educação do estado Prêmio mestres da educação Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Luiz Neto

Governo da Paraíba Secretaria de educação do estado Prêmio mestres da educação Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Luiz Neto Governo da Paraíba Secretaria de educação do estado Prêmio mestres da educação Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Luiz Neto Maria José Almeida Silva Projeto: A literatura de cordel como

Leia mais

Cotas Pra Quê? 1. PALAVRAS-CHAVE: Documentário; Educação; Sistema de Cotas; Ensino Superior.

Cotas Pra Quê? 1. PALAVRAS-CHAVE: Documentário; Educação; Sistema de Cotas; Ensino Superior. Cotas Pra Quê? 1 Sarah Rocha MARTINS 2 Luan Barbosa OLIVEIRA 3 Camilla Alves Ribeiro PAES LEME 4 Instituto de Ensino Superior de Rio Verde, Rio Verde, Goiás RESUMO Este documentário foi planejado e desenvolvido

Leia mais

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando *

Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * Biblioteca Hilda Hilst (na República Dominicana) Cristiane Grando * São Domingos, março de 2012 Escrito especialmente para o blog de Sônia Mara: http://www.aventurasdasonia.blogspot.com/2012/03/brasileiro-doseculo-o-homem-livro.html

Leia mais

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments

X-MET8000. Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments QUALIDADE Confie, mas verifique: garanta a qualidade do produto com o último analisador de XRF portátil da Oxford Instruments Identificação rápida e confiável de ligas e composições elementares para: Controle

Leia mais

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour

1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada 1 par chambre, par séjour 1 por quarto, por estada Desde 2012 que depositamos anualmente 10 000 na conta Small Gestures Big Hopes. Adicionalmente, contamos com os nossos hóspedes

Leia mais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais

7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL TÍTULO I. Disposições gerais 7114 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-A N. o 241 19 de Dezembro de 2005 Aux fins de l application de l article 6, paragraphe 5, les autorités compétentes sont le commandant en chef de la police («Komendant

Leia mais

MODALIDADES DE FINANCIAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL Como mobilizar os recursos do setor privado?

MODALIDADES DE FINANCIAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL Como mobilizar os recursos do setor privado? MODALIDADES DE FINANCIAMENTO DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL Como mobilizar os recursos do setor privado? Apresentação Marc Ziegler / Instituições e desenvolvimento REFERÊNCIA ÀS PRINCIPAIS FONTES DE FINANCIAMENTO

Leia mais

MÚTUAS IMPLICAÇÕES: PRAZER E INTELECTO NO FILEBO

MÚTUAS IMPLICAÇÕES: PRAZER E INTELECTO NO FILEBO MÚTUAS IMPLICAÇÕES: PRAZER E INTELECTO NO FILEBO Sonia Maria Maciel * 1 Distinções e graus de valor O prazer e o intelecto são dois elementos que perpassam todas as reflexões feitas por Platão no Filebo.

Leia mais

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Artigos: HENRIQUES, Cláudia Heringer. Picadeiro, palco, escola: A evolução do circo na Europa e no Brasil. Revista Digital, Buenos Aires, Ano 11 n. 101, out 2006. Disponível

Leia mais

A cidade como personagem: um estudo sobre passado e vanguarda na Buenos Aires do escritor Jorge Luis Borges

A cidade como personagem: um estudo sobre passado e vanguarda na Buenos Aires do escritor Jorge Luis Borges Alessandro Ventura da Silva A cidade como personagem: um estudo sobre passado e vanguarda na Buenos Aires do escritor Jorge Luis Borges Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Michel Pêcheux e a Análise de Discurso

Michel Pêcheux e a Análise de Discurso Estudos da Língua(gem) Michel Pêcheux e a Análise de Discurso Michel Pêcheux e a Análise de Discurso Michel Pêcheux et l Analyse de Discours Eni P. ORLANDI * UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (Unicamp)

Leia mais

Módulo 4 Criando Exemplos para Aprendizagem

Módulo 4 Criando Exemplos para Aprendizagem Módulo 4 Criando Exemplos para Aprendizagem Este Caderno de Anotações é usado para o do Programa Intel Educar. No decorrer do curso você pode registrar seus pensamentos on-line ou em uma cópia impressa

Leia mais

Um Menino Igual a Todo Mundo

Um Menino Igual a Todo Mundo elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Um Menino Igual a Todo Mundo escrito por & ilustrado por Sandra Saruê Marcelo Boffa Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO PUBLICIDADE E PROPAGANDA GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Brasileira 1º PERÍODO O fenômeno cultural. Cultura(s) no Brasil. Cultura regional e

Leia mais

Resumo. GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP

Resumo. GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP GT Produção Laboratorial Impresso Jornal cultural 2ª Opinião Márcia Eliane Rosa Professora de Jornalismo, doutoranda na ECA/USP Resumo O 2ª Opinião - Espaço cultural é um jornal-laboratório que vem sendo

Leia mais

FÓRUM SOBRE CONHECIMENTO E APRENDIZADO PARA DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL E A REDUÇÃO DA POBREZA NO NORDESTE DO BRASIL.

FÓRUM SOBRE CONHECIMENTO E APRENDIZADO PARA DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL E A REDUÇÃO DA POBREZA NO NORDESTE DO BRASIL. FÓRUM SOBRE CONHECIMENTO E APRENDIZADO PARA DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL E A REDUÇÃO DA POBREZA NO NORDESTE DO BRASIL. Tema 4: A participação e o empoderamento das comunidades locais conduzem a uma

Leia mais

2007 Para Francisco livro em 2008 cinemas em 2015 Hoje Vou Assim 2013, lançou o livro Moda Intuitiva

2007 Para Francisco livro em 2008 cinemas em 2015 Hoje Vou Assim 2013, lançou o livro Moda Intuitiva CR I S G U E R R A p u b l i c i tá r i a, e s c r i to r a e pa l e s t r a N t e PERFIL Começou sua trajetória na internet em 2007, escrevendo o blog Para Francisco, que virou livro em 2008 e irá para

Leia mais

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa G onç alo I v o R io Sã o Fr anc isc o (V is t a de Ib ot ir a ma, BA), 1 99 3, s er ig r afi a Fot o: Fau st o Fleur y O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa Com as proposições didáticas

Leia mais

A arte da sobrevivência ou sobre a vivência da arte *

A arte da sobrevivência ou sobre a vivência da arte * DOI: 10.1590/1807-57622013.0890 A arte da sobrevivência ou sobre a vivência da arte * criação The art of survival or about experience of art El arte de la sobrevivencia o sobre la vivencia del arte Carla

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular CICLO GERAL OU CICLO BÁSICO AR081- FOLCLORE BRASILEIRO OBRIGATÓRIO 1 30 30 60 3 Fórmula: AR280 AR280- FOLCLORE BRASILEIRO FOLCLORE, ORIGENS, CAMPOS DE ATUAÇÃO E INTERLIGAÇÃO COM OUTRAS CIÊNCIAS, INFLUÊNCIA

Leia mais

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147

O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 VISTOS PARA MENORES O formulário de longa duração e o agendamento no seguinte endereço: http://riodejaneiro.ambafrance-br.org/spip.php?rubrique147 Taxa do visto ( não reembolsável) : Paga em Reais (espece),

Leia mais

ÉCOLE D HIVER ESCOLA DE INVERNO 2013 (DES)ENGAGEMENTS POLITIQUES ET CULTURELS PROGRAMME PROGRAMA. De 14 a 18 de Janeiro ORGANISATION ORGANIZAÇÃO

ÉCOLE D HIVER ESCOLA DE INVERNO 2013 (DES)ENGAGEMENTS POLITIQUES ET CULTURELS PROGRAMME PROGRAMA. De 14 a 18 de Janeiro ORGANISATION ORGANIZAÇÃO ÉCOLED HIVER ESCOLADEINVERNO2013 PROGRAMME PROGRAMA De14a18deJaneiro (DES)ENGAGEMENTSPOLITIQUESETCULTURELS ORGANISATION ORGANIZAÇÃO PARTENAIRES PARCEIROS DES)ENGAGEMENTSPOLITIQUESETCULTURELS SCIENCESPO

Leia mais

FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA

FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ARTE-EDUCAÇÃO 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Curso de Especialização Lato Sensu

Leia mais

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo.

As questões de 01 a 05, cujas respostas deverão ser redigidas EM PORTUGUÊS, referem -se ao texto abaixo. 1 2 3 4 5 Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar,

Leia mais

ENTRE NÓS I ENTRE NOUS De Hélène Veiga Gomes & Pauliana Valente Pimentel

ENTRE NÓS I ENTRE NOUS De Hélène Veiga Gomes & Pauliana Valente Pimentel ENTRE NÓS I ENTRE NOUS De 52', cores couleurs, 2014 Partenaires Parceiros DgArtes, Instituto Camões, LARGO Residências, Galeria das Salgadeiras ENTRE NÓS explora a vida urbana de duas ruas : a Rua do Benformoso,

Leia mais

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012

Annales zéro baccalauréat 2013. Bac L - LV2. Ressources pour la classe de terminale. Portugais. Novembre 2012 éduscol Annales zéro baccalauréat 2013 Ressources pour la classe de terminale Bac L - LV2 Portugais Ces documents peuvent être utilisés et modifiés librement dans le cadre des activités d'enseignement

Leia mais

CURRÍCULUM VITAE IRMA BUFFON ZAMBELLI. Endereço Rua Moreira César, 2912 apto 130. Bairro Centro. ibz2912@gmail.com

CURRÍCULUM VITAE IRMA BUFFON ZAMBELLI. Endereço Rua Moreira César, 2912 apto 130. Bairro Centro. ibz2912@gmail.com CURRÍCULUM VITAE Nome IRMA BUFFON ZAMBELLI Endereço Rua Moreira César, 2912 apto 130 Bairro Centro Cep 95034-000 Caxias do Sul (RS) Brasile Tel. 54-3221.3048 cel. 54-9206.6334 e-mail Estado Civil Data

Leia mais

ADMISSION AU COLLEGE UNIVERSITAIRE Samedi 2 mars 2013 PORTUGAIS durée de l épreuve : 1h30 coefficient 1 IMPORTANT PARTIE RESERVEE A LA CORRECTION

ADMISSION AU COLLEGE UNIVERSITAIRE Samedi 2 mars 2013 PORTUGAIS durée de l épreuve : 1h30 coefficient 1 IMPORTANT PARTIE RESERVEE A LA CORRECTION Coller votre code barre ci-dessous ADMISSION AU COLLEGE UNIVERSITAIRE Samedi 2 mars 2013 PORTUGAIS durée de l épreuve : 1h30 coefficient 1 IMPORTANT Le sujet est paginé de 1 à 3. Veuillez vérifier que

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos

Universidade Federal de Uberlândia PRGRA Pró-Reitoria de Graduação DIRPS Diretoria de Processos Seletivos FRANCÊS GABARITO OFICIAL DEFINITIVO Questão 1 - O título se refere ao símbolo da Copa do Mundo, as vuvuzelas, que maltratam os ouvidos daqueles que assistem aos jogos. - O título se refere às vuvuzelas,

Leia mais