CAMPEONATO REGIONAL A Ç O R E S

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAMPEONATO REGIONAL A Ç O R E S 2 0 1 0"

Transcrição

1 Índice 1. Orientações para os júris 2. Orientações para os concorrentes 3. Equipamentos/ferramentas 4. Materiais de consumo 5. Prova 6. Critérios de avaliação 7. Fichas de classificação Web Design 1 / 17

2 1. Orientações para os júris Antes do início da prova: Garantir que os postos de trabalho dos concorrentes dispõem das condições necessárias à realização da prova, nomeadamente ao nível dos materiais de consumo, ferramentas e equipamentos; Confirmar a identificação dos concorrentes; Proceder ao sorteio dos postos de trabalho, assegurando a igualdade de tratamento de todos os concorrentes; Conceder um período de tempo para adaptação dos concorrentes ao posto de trabalho, que não é considerado na duração total da prova; Fazer as recomendações consideradas necessárias e relativas à duração das provas, períodos de trabalho e intervalos; Distribuir as provas em envelopes fechados, devidamente identificados com a designação da profissão a que dizem respeito; Informar os concorrentes sobre os critérios de avaliação; Durante a realização da prova: Estabelecer e manter um clima de respeito e civismo nos locais de realização da prova; Assegurar o sigilo sobre a forma como a prova está a decorrer; Garantir o cumprimento dos horários de realização da prova; Dar resposta a todos os pedidos de esclarecimento por parte dos concorrentes, devendo ter a preocupação de transmitir simultaneamente a todos os concorrentes aqueles que são considerados de interesse comum; Garantir a manutenção das condições necessárias à realização das provas; Responsabilizar-se pela segurança de todos os trabalhos realizados, durante os períodos de intervalo da prova; Autorizar o afastamento temporário do posto de trabalho por parte dos concorrentes, caso se justifique; Após a realização da prova: Receber os trabalhos realizados e proceder à respectiva identificação com o número atribuído a cada concorrente; Web Design 2 / 17

3 1. Orientações para os júris Classificar as provas e os trabalhos realizados de acordo com os critérios de avaliação e calcular a classificação final de cada concorrente; Elaborar e assinar a acta, bem como todos os documentos constituintes do processo de avaliação dos concorrentes. DESENVOLVIMENTO DA PROVA Horário sujeito a alterações, por ordem da organização. Web Design 3 / 17

4 2. Orientações para os concorrentes Antes do início da prova: Antes de iniciar a sua prova leia toda a informação que for disponibilizada, de forma a planear a execução do seu trabalho. Verifique se o seu posto de trabalho se encontra devidamente organizado, isto é, se dispõe das condições necessárias para o desenvolvimento da sua prova, nomeadamente ao nível dos equipamentos, ferramentas e materiais de consumo. Inicie a prova apenas no momento em que receber essa indicação por parte do júri. Durante a realização da prova: Se identificar qualquer aspecto que considere não se encontrar nas devidas condições, alguma situação que se afigure menos clara, ou se subsistirem dúvidas, dirija-se ao júri para que o problema seja resolvido ou esclarecido. Respeite as condições de segurança, higiene e saúde no posto de trabalho. No decurso da prova não pode trocar impressões com nenhum visitante, nem com os outros concorrentes. Todas as suas dúvidas devem ser esclarecidas pelo júri. Se verificar alguma avaria ou defeito, deve solicitar ao júri a respectiva reparação ou substituição. Se no decorrer da prova sentir maior dificuldade na execução de uma determinada tarefa, tente manter o mais possível o grau de concentração e pondere os critérios de avaliação no sentido de obter o melhor resultado possível. Após a realização da prova: No final da prova, percorra as diversas etapas da mesma e confira que nenhuma foi objecto de esquecimento. Finalmente, deve verificar se o número inscrito nos trabalhos que realizou é aquele que lhe foi atribuído pelo júri. Web Design 4 / 17

5 3. Equipamentos/ferramentas HARDWARE POR COMPETIÇÃO 1 Impressora A4 Laser (preferencialmente) 1 Impressora jacto de tinta a cores. HARDWARE POR CONCORRENTE Processador 2GHz ou superior 2 GB Memória RAM Disco Rígido de 120 GB ou superior (preferencialmente 7200 RPM) Teclado, rato e tapete para o rato, se necessário SOFTWARE POR CONCORRENTE Microsoft Windows XP SP 3 Adobe Creative Suite Web Premium o Dreamweaver CS4 o Flash CS4 Professional o Photoshop CS4 Extended o Illustrator CS4 o Fireworks CS4 o Acrobat 9 Pro o Soundbooth CS4 o Contribute CS4 o Adobe Bridge CS4 o Adobe Device Central CS4 o Version Cue CS4 Xampp Server (Última versão) PHP Designer Notepad ++ Microsoft Office 2007 Flash Player (última versão) Shockwave Player Browsers (últimas versões) o Internet Explorer o Firefox o Google Chrome Web Design 5 / 17

6 3. Equipamentos/ferramentas NÃO É PERMITIDO O uso de dispositivos de armazenamento externo Software adicional ao que está instalado HARDWARE POR JÚRI Igual ao dos concorrentes Web Design 6 / 17

7 4. Materiais de consumo POR CONCORRENTE 1 Esferográfica azul 1 Esferográfica preta 1 Esferográfica vermelha 1 Lápis B2 1 Borracha 1 Bloco de papel cavalinho A4 POR COMPETIÇÃO 2 Resmas de folha A4 1 Caixa de 10 DVD-R para gravação das provas Web Design 7 / 17

8 5. Prova INTRODUÇÃO Você trabalha na empresa Soluções Online Lda., que projecta e desenvolve projectos para a Web. O último pedido que chegou às suas mãos, foi criar um site para o Governo Regional, que consiste num Portal (www.portalazores.com), cujo principal objectivo é promover empresas, organizadas por ilha, concelho e categoria. Também haverá uma área de promoção turística de cada ilha, com os pontos de interesse turístico de maior relevância. As empresas estarão organizadas por Concelhos e categorias (i.e. Restaurantes, Bares, Discotecas, Comércio Tradicional, etc) e terão uma página onde poderão inserir o conteúdo da empresa. Terá que desenvolver todas as páginas (templates de páginas de empresas e de promoção turística). Poderá utilizar a Internet para ir buscar todo o conteúdo que necessitar. Tem toda a liberdade de criar aquilo que achar ser uma mais-valia para a promoção das empresas e das ilhas. É livre de criar o site de forma estática ou completamente dinâmico, tendo sempre em atenção os objectivos finais do projecto e dentro do tempo previsto para a elaboração do mesmo (22 horas). O site deverá ser acessível a utilizadores com conhecimentos mínimos de informática e deve seguir as orientações do W3C (XHTML, CSS). INSTRUÇÕES O site deverá ter a estrutura como a apresentada, no Anexo 1. Planeie o seu site e documente tudo o que achar relevante. O seu site deverá ter uma página inicial: o Composta por uma animação criada por si; (Splash screen) Deverá preocupar-se para que o seu site trabalhe numa resolução de 1024x768 no mínimo, pois será com essa resolução que o seu trabalho será avaliado. Deverá criar um painel de administração em PHP/MySQL: o o Criar uma base de dados em MySQL. Criar uma tabela com utilizadores (Empresas e Administração) As empresas poderão gerir a sua informação. O administrador do site poderá gerir informação das empresas e dos pontos turísticos. o Gerir todas as empresas que serão visualizadas nas páginas. Web Design 8 / 17

9 5. Prova ANEXO 1 Home Empresa (Soluções Online, Lda.) Ilhas Administração Contactos Promoção Categorias Empresas Detalhes da empresa Web Design 9 / 17

10 6. Critérios de avaliação Grupo Nome Descrição Esboços e/ou escrita no papel que ilustra o site. Explicação do propósito do site. Definição da estrutura do site. A Planeamento Definição da estrutura de directórios. Explicação dos elementos a serem utilizados. Explicação de como funciona a administração do site. Explicação da estrutura da base de dados. Pontuação Subj. Obj Layout dos elementos gráficos do site. Animação. B Design / Layout Esquema de cores do site. Acessibilidade do site Expansibilidade do site. Interactividade do site. Login de utilizadores Criação da base de dados de suporte ao site. C Gestão de conteúdos (CMS) Inserção de registos Eliminação de registos Modificação de registos Integração da base de dados nas páginas D Apresentação Apresentação do site, depois de concluído, aos elementos do júri TOTAL PARCIAL TOTAL Web Design 10 / 17

11 A Ç O R E S Fichas de classificação Formulário de Avaliação Subjectiva Profissão nº: 17 Profissão: Web Design Concorrente nº: Nome: Critério: A Descrição: Planeamento Item Máximo Descrição O aspecto geral do planeamento conciso e profissional A descrição técnica do site é suficientemente compreensível Esboços com aspecto limpo e profissional O esquema de cores é apropriado ao tema e ao público-alvo. Júris (0 a 10) Obtido 5.00 Máximo de pontos para o item em avaliação Pontuação Obtida Júri da Equipa Data Presidente do Júri ( ) Júris *Máximo Obtido = 10*3 Pont. Obtida = ( Obtido) 1/1 Web Design 11 / 17

12 A Ç O R E S Fichas de classificação Formulário de Avaliação Objectiva Profissão nº: 17 Profissão: Web Design Concorrente nº: Nome: Critério: A Descrição: Planeamento Item Máximo Descrição Desconta Actual Obtido Define e explica o propósito do site Define o público-alvo Define o tema do site. 4 Esboço da estrutura do site: 0.25 As páginas são identificadas 0.25 As páginas estão ligadas 0.25 Nomes das páginas são apropriados 0.25 Áreas pública e de administração são identificadas 5 Esboços da disposição de elementos gráficos (layout) feitos à mão ou imagem impressa 1.00 Esboço do template principal 0.50 Esboço da área de administração 6 Animação 1.00 Propósito e explicação da utilização Esquema de cores explicado (cores e propósito) 8 Descrição Técnica do site tem de incluir a explicação: 0.50 Da navegação do site Da estrutura e organização de pastas Das funcionalidades implementadas para a gestão dos produtos 1.00 Fluxograma de funcionalidades do site Da estrutura da base de dados Calendarização de tarefas Máximo de pontos para o item em avaliação Pontuação Obtida Júri da Equipa Data Presidente do Júri Obtido = Máximo Desconta PontuaçãoO btida = ( Obtido) 1/1 Web Design 12 / 17

13 A Ç O R E S Fichas de classificação Formulário de Avaliação Subjectiva Profissão nº: 17 Profissão: Web Design Concorrente nº: Nome: Critério: B Descrição: Design / Layout Item Máximo Descrição A estética do site é apelativa e apropriada Tamanho dos gráficos, posicionamento e tipo, proporciona uma fácil leitura do texto e navegação É navegação é intuitiva e amiga do utilizador É fácil chegar à informação desejada A interactividade do site é boa. Ligações, botões, caixas de verificação, caixas de texto, etc são utilizados para dar ao utilizador uma maior interacção Os campos de formulário são amigáveis. 7 Animação: 1.00 É apropriada ao tema e ao público-alvo É atractiva Balanço entre imagens e texto é apropriado O esquema de cores do site é apropriado ao público-alvo O design é criativo e original A estrutura de directórios está bem organizada, baseada no tipo de ficheiros. Júris (0 a 10) Obtido Máximo de pontos para o item em avaliação Pontuação Obtida Júri da Equipa Data Presidente do Júri ( ) Júris *Máximo Obtido = 10*3 Pont. Obtida = ( Obtido) 1/1 Web Design 13 / 17

14 A Ç O R E S Fichas de classificação Formulário de Avaliação Objectiva Profissão nº: 17 Profissão: Web Design Concorrente nº: Nome: Critério: B Descrição: Design / Layout Item Máximo Descrição Desconta Actual Obtido Layout do site completo Layout suporta modificações na estrutura do menu Estrutura de directórios 1.00 Os ficheiros estão organizados em pastas A animação está a funcionar [0.50] Tamanho do ficheiro da animação Maior que 500 KBytes [0.50] Tempo da animação Mínimo de 3 segundos [0.50] Navegação está operacional. Cada erro O layout do site está formatado com CSS (sem tabelas) O layout funciona com uma resolução de 1024x Acessibilidade 1.00 Aplica títulos de páginas Aplica o atributo alt [0.50] CSS é validado sem erros. Cada tipo de erro CSS inclui: 1.00 Formatação de texto Formatação de cor Formatação de outros elementos Comentários no ficheiro CSS [0.50] A página principal deverá ser compatível com Cada tipo de múltiplos browsers erro Máximo de pontos para o item em avaliação Pontuação Obtida Júri da Equipa Data Presidente do Júri Obtido = Máximo Desconta PontuaçãoO btida = ( Obtido) 1/1 Web Design 14 / 17

15 A Ç O R E S Fichas de classificação Formulário de Avaliação Subjectiva Profissão nº: 17 Profissão: Web Design Concorrente nº: Nome: Critério: C Descrição: Gestão de conteúdos (CMS) Item Máximo Descrição A base de dados é suficiente para o que foi pedido A base de dados está bem elaborada A aplicação é intuitiva A navegação é amiga do utilizador As mensagens de apoio ao utilizador são suficientes. Júris (0 a 10) Obtido Máximo de pontos para o item em avaliação Pontuação Obtida Júri da Equipa Data Presidente do Júri ( ) Júris *Máximo Obtido = 10*3 Pont. Obtida = ( Obtido) 1/1 Web Design 15 / 17

16 A Ç O R E S Fichas de classificação Formulário de Avaliação Objectiva Profissão nº: 17 Profissão: Web Design Concorrente nº: Nome: Critério: C Descrição: Gestão de conteúdos (CMS) Item Máximo Descrição Desconta Actual Obtido Criação da base de dados em MySQL Palavra-passe de login encriptada Integrou o CMS no design do site Providenciou Login Providenciou Logout CMS 2.00 Adiciona registos Modifica registos Elimina registos Adiciona empresas/concelhos 2.00 Elimina empresas/concelhos 2.00 Modifica empresas/concelhos 2.00 O menu é com recurso à base de dados Código está comentado CSS a controlar o aspecto gráfico dos elementos O código é modular (Funções, classes, includes) Máximo de pontos para o item em avaliação Pontuação Obtida Júri da Equipa Data Presidente do Júri Obtido = Máximo Desconta PontuaçãoO btida = ( Obtido) 1/1 Web Design 16 / 17

17 A Ç O R E S Fichas de classificação Formulário de Avaliação Objectiva Profissão nº: 17 Profissão: Web Design Concorrente nº: Nome: Critério: D Descrição: Apresentação Item Máximo Descrição Desconta Actual Obtido Apresentação do site aos júris 5.00 Máximo de pontos para o item em avaliação Pontuação Obtida Júri da Equipa Data Presidente do Júri Obtido = Máximo Desconta PontuaçãoO btida = ( Obtido) 1/1 Web Design 17 / 17

FAQ S Sistema de Informação da Organização do Estado (SIOE) Registar Recursos Humanos

FAQ S Sistema de Informação da Organização do Estado (SIOE) Registar Recursos Humanos FAQ S Sistema de Informação da Organização do Estado (SIOE) Registar Recursos Humanos Técnicas Junho de 2012 (data da última atualização 30/06/2012) ÍNDICE 1. Quais os pré-requisitos do posto de trabalho

Leia mais

Orientações para a Prova

Orientações para a Prova Orientações para a Prova Desenho Industrial - CAD Prova de Desenho Industrial - CAD 1/ 6 1. Os concorrentes, podem e devem trazer os seguintes materiais e equipamentos: Instrumentos de Desenho: - Utensílios

Leia mais

Anteprojecto. Grupo 2. Projecto Informático do 5º ano. Informática de Gestão

Anteprojecto. Grupo 2. Projecto Informático do 5º ano. Informática de Gestão Grupo 2 Projecto Informático do 5º ano Informática de Gestão Índice Índice ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 2 MISSÃO 3 OBJECTIVOS 4 AMBIENTE DE EXPLORAÇÃO 5 Software 5 Hardware 6 POLÍTICA DE HISTÓRICOS 7 POLÍTICA DE

Leia mais

Requisitos Mínimos para Navegar no Portal Progredir

Requisitos Mínimos para Navegar no Portal Progredir Requisitos Mínimos para Navegar no Portal MT-411-00001-4 Última Atualização : 04/07/2013 Requisitos Mínimos para Navegar no Portal Objetivo: Este documento tem como objetivo disponibilizar informações

Leia mais

Guia de Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia de Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia de Usuário do Gateway do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença será

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU

GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU GUÍA PARA UTILIZAR A WEBNODE EDU Imagina que queres criar o teu próprio site. Normalmente, terías que descarregar e instalar software para começar a programar. Com a Webnode não é preciso instalar nada.

Leia mais

Ajuda para as atividades

Ajuda para as atividades Requisitos do sistema... 2 Requisitos para o PC... 2 Requisitos para o MAC... 2 Perguntas frequentes... 3 Qual hardware ou software eu preciso para executar a Prática Online do Smart Choice??... 3 Como

Leia mais

Ferramentas desenvolvidas internamente não atendem às necessidades de crescimento, pois precisam estar sendo permanentemente aperfeiçoadas;

Ferramentas desenvolvidas internamente não atendem às necessidades de crescimento, pois precisam estar sendo permanentemente aperfeiçoadas; APRESENTAÇÃO O Myself é um sistema de gerenciamento de conteúdo para websites desenvolvido pela Genial Box Propaganda. Seu grande diferencial é permitir que o conteúdo de seu website possa ser modificado

Leia mais

Formalização da proposta do projecto

Formalização da proposta do projecto Formalização da proposta do projecto 1 Nome do projecto: Allgarve Events 2 Nome do produto: EventsBottle 3 Descrição do projecto: Este projecto tem como objectivo criar uma aplicação web, visando esta

Leia mais

Manual de Utilização Portal Petronect MT-212-00061-3

Manual de Utilização Portal Petronect MT-212-00061-3 Manual de Utilização Portal Petronect MT-212-00061-3 Última Atualização 26/05/2015 Portal Petronect Objetivo: Este documento tem como objetivo disponibilizar informações ao fornecedor de modo a auxiliar

Leia mais

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5

Tecnologias de Informação e Comunicação Página 1 de 5 1. Descrição da prova A prova irá abranger várias tarefas de utilização do software do Microsoft Office2007 e software gráfico como o Adobe Photoshop CS4 ou Adobe Fireworks CS4. As principais áreas abrangidas

Leia mais

Os produtos FORMAT constituem-se como banco de recursos, à disposição dos formadores de Mecanização Agrícola.

Os produtos FORMAT constituem-se como banco de recursos, à disposição dos formadores de Mecanização Agrícola. O DOR FORMAT Formação em Máquinas e Tractores O presente Manual de Utilização pretende constituir-se como um apoio ao utilizador dos produtos FORMAT, nas necessidades de ajuda à utilização, através do

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 Domínios de referência Competências Conteúdos Calendarização Conceitos Essenciais e

Leia mais

Manual de Configurações. Atendimento Inteligente EBEJI

Manual de Configurações. Atendimento Inteligente EBEJI Manual de Configurações Atendimento Inteligente EBEJI Prezado (a) aluno (a), Seja bem vindo ao Atendimento Inteligente EBEJI! Neste manual você encontrará informações essenciais de configurações para que

Leia mais

Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2

Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center. Versão 5.4.2 Guia do Usuário do Gateway do Avigilon Control Center Versão 5.4.2 2006-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença é

Leia mais

Microsoft Office FrontPage 2003

Microsoft Office FrontPage 2003 Instituto Politécnico de Tomar Escola Superior de Gestão Área Interdepartamental de Tecnologias de Informação e Comunicação Microsoft Office FrontPage 2003 1 Microsoft Office FrontPage 2003 O Microsoft

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck

Prof. Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Noções de Informática Professor: Ricardo Beck Prof. Ricardo Beck www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 5 Noções de Informática SISTEMA OPERACIONAL Software O hardware consiste nos equipamentos que compõe

Leia mais

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Configuração do computador com o sistema operativo de interface gráfico O Windows permite configurar o computador de várias maneiras, quer através do Painel de controlo

Leia mais

O que é a assinatura digital?... 3

O que é a assinatura digital?... 3 Conteúdo O que é a assinatura digital?... 3 A que entidades posso recorrer para obter o certificado digital e a chave privada que me permitem apor assinaturas eletrónicas avançadas?... 3 Quais são os sistemas

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE

GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE GUIA DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE SISTEMA MULTIFUNÇÕES DIGITAL Página INTRODUÇÃO ANTES DA INSTALAÇÃO INSTALAR O DRIVER DA IMPRESSORA LIGAÇÃO A UM COMPUTADOR 9 CONFIGURAR O CONTROLADOR DA IMPRESSORA 0 COMO

Leia mais

bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt

bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt :: Ruralbit :: http://www.ruralbit.pt :: Índice :: Ruralbit :: http://www.ruralbit.pt :: Pág. 1 Introdução O Pocket Genbeef Base é uma aplicação

Leia mais

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia do utilizador

Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia do utilizador Dell SupportAssist para PCs e Tablets Guia do utilizador Notas, avisos e advertências NOTA: Uma NOTA indica informações importantes para melhor utilizar o computador. AVISO: Um AVISO indica potenciais

Leia mais

Nero ImageDrive Manual

Nero ImageDrive Manual Nero ImageDrive Manual Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ImageDrive e todo o respectivo conteúdo estão protegidos por direitos de autor e são propriedade da Nero AG.

Leia mais

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo.

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo. Impressão em série de cartas de formulário e mailings em grande número Intercalação de correio Base de Dados em Excel Comece por planear o aspecto da sua página final - é uma carta, uma página de etiquetas

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE INFORMAÇÃO FORMAÇÃO CONTÍNUA (Art.21.º do Decreto-Lei n.º22/2014, de 11 de fevereiro) 6 de julho de 2015 Índice 1. ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Objetivo... 5 1.2 Contactos Úteis...

Leia mais

Sumário. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia

Sumário. 1 Tutorial: Blogs no Clickideia 1 Tutorial: Blogs no Clickideia Sumário Introdução... 2 Objetivos... 2 Instruções para utilização do Tutorial... 2 Acesso ao Portal e a Home Blog... 3 Página Inicial da área do Blog... 4 Apresentação da

Leia mais

A BDAP Passo a Passo. www.bdap.min-financas.pt

A BDAP Passo a Passo. www.bdap.min-financas.pt A BDAP Passo a Passo www.bdap.min-financas.pt Versão 1 BDAP passo a passo A BDAP Base de Dados dos Recursos Humanos da Administração Pública - é um repositório de informação sobre os Recursos Humanos da

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO AO MACROMEDIA DREAMWEAVER MX 2004 O Macromedia Dreamweaver MX 2004 é um software que permite a criação de páginas de Internet profissionais, estáticas

Leia mais

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE

PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE REDIVE GUIA LMS PROJ. Nº 528362 LLP-1-2012-1-NL-ERASMUS-ECUE Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02

ArpPrintServer. Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 ArpPrintServer Sistema de Gerenciamento de Impressão By Netsource www.netsource.com.br Rev: 02 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO SISTEMA... 3 REQUISITOS DE SISTEMA... 4 INSTALAÇÃO

Leia mais

Utilizadores Registados Visitantes Subscrição

Utilizadores Registados Visitantes Subscrição Requisitos Funcionais Descrição Utilizadores Registados Visitantes Gestores Subscrição Registo Permite o registo dos utilizadores no site; Log in Permite o acesso à conta dos utilizadores registados; Log

Leia mais

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico de Castelo Branco Departamento de Informática Curso de Engenharia Informática Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais Ano Lectivo de 2005/2006

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal. Projecto Final Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Tecnologia de Setúbal Departamento de Sistemas e Informática Projecto Final Computação na Internet Ano Lectivo 2002/2003 Portal de Jogos Executado por:

Leia mais

Requisitos de sistema

Requisitos de sistema Requisitos de sistema Requisitos para o PC Processador Intel Pentium de GHz ou mais veloz Windows 000, Windows XP with Service Pack ; Windows Vista Home Premium, Business, Ultimate ou Enterprise; Windows

Leia mais

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693

Seu manual do usuário EPSON LQ-630 http://pt.yourpdfguides.com/dref/1120693 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a no manual do usuário (informação,

Leia mais

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente

Servidor de OpenLAB Data Store A.02.01 Lista de Preparação do Local. Objetivo do Procedimento. Responsabilidades do cliente Servidor Lista de Preparação de OpenLAB do Data Local Store A.02.01 Objetivo do Procedimento Assegurar que a instalação do Servidor de OpenLAB Data Store pode ser concluída com sucesso por meio de preparação

Leia mais

FICHEIROS COM EXEMPLOS

FICHEIROS COM EXEMPLOS FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos ficheiros com os exemplos deste livro. Reservados todos

Leia mais

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server

Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Guia do Usuário do Avigilon Control Center Server Versão 4.10 PDF-SERVER-D-Rev1_PT Copyright 2011 Avigilon. Todos os direitos reservados. As informações apresentadas estão sujeitas a modificação sem aviso

Leia mais

PROJECTO ASP - Site MDB.com - Loja Online

PROJECTO ASP - Site MDB.com - Loja Online Microsoft Windows 7 Configuração do IIS e Ligação ODBC Microsoft Access 2007 Criação da Base de Dados, Tabelas e Relações Adobe Photpshop CS4 Manipulação das Imagens utilizadas no site Adobe Illustrator

Leia mais

Software da Impressora

Software da Impressora Software da Impressora Acerca do Software da Impressora O software Epson inclui o controlador de impressão e o EPSON Status Monitor 3. O controlador de impressão é um software que permite controlar a impressora

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 14 1999 27 3 - MANUAL DO UTILIZADOR Diogo Mateus 3.1. REQUISITOS MÍNIMOS * Computador Pessoal com os seguintes Programas * Microsoft Windows 95 * Microsoft Access 97 A InfoMusa

Leia mais

Guia de Prova de Aptidão Profissional

Guia de Prova de Aptidão Profissional Guia de Prova de Aptidão Profissional Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Fábio Alexandre Lemos Ferreira Fábio Cardante Teixeira 2010/2011 Índice I. Apresentação permanente do projecto...

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Índice 1 Introdução...2 2 Acesso ao Sistema...3 3 Funcionamento Básico do Sistema...3 4 Tela Principal...4 4.1 Menu Atendimento...4 4.2 Menu Cadastros...5 4.2.1 Cadastro de Médicos...5

Leia mais

Manual do Utilizador Aluno

Manual do Utilizador Aluno Manual do Utilizador Aluno Escola Virtual Morada: Rua da Restauração, 365 4099-023 Porto PORTUGAL Serviço de Apoio ao Cliente: Telefone: (+351) 707 50 52 02 Fax: (+351) 22 608 83 65 Serviço Comercial:

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

SiDEI. Sistema de Avaliação Automática de Alunos. Gestão e Desenvolvimento de Aplicações Informáticas

SiDEI. Sistema de Avaliação Automática de Alunos. Gestão e Desenvolvimento de Aplicações Informáticas SiDEI Sistema de Avaliação Automática de Alunos Gestão e Desenvolvimento de Aplicações Informáticas Disciplina de Engenharia de Software Instituto Superior de Engenharia do Porto Alunos: André Serafim

Leia mais

Regulamento de utilização Centros Informáticos 2008/2009

Regulamento de utilização Centros Informáticos 2008/2009 REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO INFORMÁTICO SALA 15 E LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA BLOCO 4 1 1 Introdução Este regulamento destina-se a promover uma utilização mais racional, disciplinada e eficiente

Leia mais

Criação de Páginas Web

Criação de Páginas Web MÓDULO 3 Criação de Páginas Web Duração de Referência: 33 horas 1 Apresentação Neste módulo, procura dar-se uma primeira ideia instrumental de como criar, a partir de aplicativos próprios, a organização

Leia mais

Guia de Utilizador. Internet based textile education laboratory

Guia de Utilizador. Internet based textile education laboratory Guia de Utilizador Internet based textile education laboratory Parceria 2 Índice Requisitos; Instalação do software; Interface de Utilizador; Uso da interface para a aprendizagem de um módulo; Utilização

Leia mais

Software Web para: Empresas, Governo, Organizações, Entidades de Classe, Sindicatos, ONG's e Profissionais Liberais

Software Web para: Empresas, Governo, Organizações, Entidades de Classe, Sindicatos, ONG's e Profissionais Liberais MANUAL DO USUÁRIO BITÁVEL GERENCIADOR ONLINE DE NEWSLETTERS (GOLNEWS) Software Web para: Empresas, Governo, Organizações, Entidades de Classe, Sindicatos, ONG's e Profissionais Liberais Versão 1.0 1 Índice

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage

Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Criação de web sites com o Microsoft Frontpage Fernando Ferreira 1. Iniciação do Frontpage Porquê criar páginas web? A World Wide Web é a melhor forma das pessoas comunicarem umas com as outras. É Nos

Leia mais

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1

Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 Nexcode Systems, todos os direitos reservados. Documento versão 15.1.1 1 1 - INTRODUÇÃO NEXCODE NOTE, também conhecido como NEXNOTE, é um conjunto de soluções de software desenvolvidas sob a plataforma

Leia mais

CORPVS SEGURANÇA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CORPVS SEGURANÇA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CORPVS SEGURANÇA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ACESSO GLPI ABERTURA E ACOMPANHAMENTO DE CHAMADOS NO SERVICE DESK DATA: 1 0 /0 9 /201 5 VERSÃO: 1.0 AUTOR: Italo Rocha APROVADOR: Raphael Dantas Introdução

Leia mais

Atualização deixa Java mais seguro, mas ainda é melhor desativar

Atualização deixa Java mais seguro, mas ainda é melhor desativar Atualização deixa Java mais seguro, mas ainda é melhor desativar seg, 21/01/13 por Altieres Rohr Segurança Digital Se você tem alguma dúvida sobre segurança da informação (antivírus, invasões, cibercrime,

Leia mais

ShowPath. Diretório Virtual. Bem-vindo à PARTTEAM

ShowPath. Diretório Virtual. Bem-vindo à PARTTEAM ShowPath Diretório Virtual Solução Global de Hardware e Software para Shoppings, Aeroportos, Museus, Estações de Comboio e outras áreas. Bem-vindo à PARTTEAM ShowPath - Solução Global de Hardware e Software

Leia mais

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração

Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Boot Camp Guia de Instalação e Configuração Conteúdo 3 Introdução 4 Visão geral da instalação 4 Passo 1: Buscar atualizações 4 Passo 2: Preparar o Mac para Windows 4 Passo 3: Instalar o Windows no seu

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

20 Manual Manual do Utilizador Android

20 Manual Manual do Utilizador Android 20 Manual Manual do Utilizador Android Versão 1.1 Conteúdos do Manual do Utilizador A aplicação 20 Manual... 3 I... 3 1. Especificações técnicas... 3 1.1 Especificações mínimas do tablet... 3 1.2 Software

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes 1. COMO ACESSO A PLATAFORMA DE ENSINO?... 2 2. NÃO CONSIGO REALIZAR O MEU CADASTRO NO AMBIENTE VIRTUAL DO MMA.... 4 3. FIZ MEU CADASTRO NO SITE E NÃO RECEBI O E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO

Leia mais

Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1

Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1 Software de monitoramento Módulo CONDOR CFTV V1 R1 Versão 30/06/2014 FOR Segurança Eletrônica Rua dos Lírios, 75 - Chácara Primavera Campinas, SP (19) 3256-0768 1 de 12 Conteúdo A cópia total ou parcial

Leia mais

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6

Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center. Versão 5.6 Guia do Usuário da Matriz Virtual do Avigilon Control Center Versão 5.6 2006-2015 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedida por escrito, nenhuma licença

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Manual de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparativos 2. Opções de 3. 4. 5. 6. 1. Personalizar 2. Sem fios 3.

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Portal Petronect. Objetivo. Requisitos Mínimos - Hardware

Portal Petronect. Objetivo. Requisitos Mínimos - Hardware Requisitos Mínimos Objetivo Este documento tem como objetivo disponibilizar informações ao fornecedor de modo a auxiliar a utilização do Portal Petronect, tornando a Navegação mais rápida e eficiente Requisitos

Leia mais

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico

UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico UNIDADE 2: Sistema Operativo em Ambiente Gráfico Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique

Leia mais

Ano de Escolaridade: 3º Ano Turma: Ano Lectivo: 2011/2012

Ano de Escolaridade: 3º Ano Turma: Ano Lectivo: 2011/2012 L a n g u a g e SSeerrvvi icceess & SSool luut tioonnss Arte das Palavras, Ens. e Trad.,Unip., Lda. PLANIFICAÇÃO ANUAL TIC (TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO) Agrupamento de Escolas de Condeixa-a-Nova

Leia mais

English Anytime Requisitos e Instalações Necessárias

English Anytime Requisitos e Instalações Necessárias English Anytime Requisitos e Instalações Necessárias Documento N.: WSIMIT010007 Fevereiro 2013, Revisão G Wall Street Institute - Iberia http://www.wsi.pt WSIMIT010007-2013 WSI Wall Street Institute -

Leia mais

produção MANUAL APRESENTAÇÃO

produção MANUAL APRESENTAÇÃO MANUALWEB 1 APRESENTAÇÃO MANUAL da produção online Conheça as funções, características e as facilidades para autorizar e faturar os atendimentos realizados aos beneficiários Unimed. Rio MANUALWEB 2 SUMÁRIO

Leia mais

Manual do Usuário Janeiro de 2016

Manual do Usuário Janeiro de 2016 Manual do Usuário Janeiro de 2016 SOBRE CMX CMX é uma interface que dá acesso aos estudantes a milhares de atividades, exercícios e recursos todos posicionados com os padrões e conceitos curriculares.

Leia mais

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação

Leia antes de utilizar. Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados. Guia de Instalação Leia antes de utilizar Sistema de Software de Desenho de Bordados Personalizados Guia de Instalação Leia este guia antes de abrir o pacote do CD-ROM Obrigado por adquirir este software. Antes de abrir

Leia mais

DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação ANO: 9º. Windows 7 Office 2010 Internet Explorer. Cd-roms COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER

DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação ANO: 9º. Windows 7 Office 2010 Internet Explorer. Cd-roms COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER ESCOLA SECUNDÁRIA DE MANUEL DA FONSECA 3º Ciclo Ensino Básico/Secundário PLANIFICAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS GRUPO 550 - Informática ANO LECTIVO 2012/2013 DISCIPLINA: Tecnologias da Informação e Comunicação

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

Request For Proposal (RFP) Desenvolvimento de um Web Site para a Varella Vídeo

Request For Proposal (RFP) Desenvolvimento de um Web Site para a Varella Vídeo Request For Proposal (RFP) Desenvolvimento de um Web Site para a Varella Vídeo OBJETIVO O objetivo deste documento elaborado pela Varella Vídeo é fornecer as informações necessárias para que empresas cuja

Leia mais

Web. Web. Web. Web. Unidade 4. Conceitos básicosb. Publicação. Web: Frontpage Programa de animação gráfica. Programa de edição

Web. Web. Web. Web. Unidade 4. Conceitos básicosb. Publicação. Web: Frontpage Programa de animação gráfica. Programa de edição Criação de páginas p Unidade 4 UNIDADE 4: Criação de Páginas P Conceitos básicosb Técnicas de implantação de páginas p Criação de páginas p Programa de edição : Frontpage Programa de animação gráfica :

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

Sobre o Livro... XV. FCA Editora de Informática

Sobre o Livro... XV. FCA Editora de Informática Índice Sobre o Livro... XV Capítulo 1 Configurar o Excel... 1 1.1 Iniciar o Excel... 1 1.2 Ambiente de trabalho... 3 1.3 Personalização do ambiente de trabalho... 6 1.3.1 Opções da interface do utilizador...

Leia mais

EM4590R1 Repetidor Sem Fios WPS

EM4590R1 Repetidor Sem Fios WPS EM4590R1 Repetidor Sem Fios WPS EM4590R1 Repetidor Sem Fios WPS 2 PORTUGUÊS Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Conteúdo da embalagem... 2 2.0 Onde colocar o repetidor sem fios WPS EM4590?... 3 3.0 Configurar

Leia mais

4.3. Manual de instalação do Libre Office 4.3. Desenvolvido por: Vitor Gabriel Coimbra Farias

4.3. Manual de instalação do Libre Office 4.3. Desenvolvido por: Vitor Gabriel Coimbra Farias 4.3 Manual de instalação do Libre Office 4.3 Desenvolvido por: Vitor Gabriel Coimbra Farias Setembro de 2014 2 Indíce 1. Objetivos Deste Manual...3 2. Pré-Requisitos...3 3. Download...4 4.Instalação...7

Leia mais

FICHEIROS COM EXEMPLOS

FICHEIROS COM EXEMPLOS FICHEIROS COM EXEMPLOS Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para conhecer os endereços de Internet de onde poderá fazer o download dos fichei Reservados todos os direitos por Centro Atlântico,

Leia mais

Leia-me do Adobe Dreamweaver

Leia-me do Adobe Dreamweaver Leia-me do Adobe Dreamweaver Bem-vindo ao Adobe Dreamweaver CS5. Este documento contém informações sobre o produto, atualizações e dicas para solução de problemas recentes que não são abordadas na documentação

Leia mais

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center

Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Guia do Usuário do Servidor do Avigilon Control Center Versão 5.0.2 PDF-SERVER5-A-Rev2_PT Copyright 2013 Avigilon. Todos os direitos reservados. A informação apresentada está sujeita a alteração sem aviso

Leia mais

Tiago Manuel Fragoso Conceição. Computer programmer

Tiago Manuel Fragoso Conceição. Computer programmer Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Rua Alexandre Herculano nº9, 7920-031 Alvito (Portugal) 284485283 965037649 tiago_caza@hotmail.com http://tiagoconceicao.pt/ Sexo Masculino Data de nascimento 24/04/1991

Leia mais

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 2 Continuação do Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 3 Capítulo 2 - Site do Dreamweaver

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação 9º ANO. Escola Básica José Afonso. Professora Marta Caseirito

Tecnologias da Informação e Comunicação 9º ANO. Escola Básica José Afonso. Professora Marta Caseirito Tecnologias da Informação e Comunicação 9º ANO Escola Básica José Afonso Professora Marta Caseirito Grupo 1 1. As questões seguintes são de escolha múltipla. Nas afirmações seguintes assinale com X aquela

Leia mais

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração

Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Boot Camp Manual de Instalação e Configuração Contéudo 3 Introdução 4 Elementos necessários 5 Descrição geral da instalação 5 Passo 1: Verificar se existem actualizações 5 Passo 2: Preparar o computador

Leia mais

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO

www.leitejunior.com.br 10/04/2012 19:30 Leite Júnior QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO QUESTÕES CESGRANRIO 10/04/2012 AO VIVO DE PETRÓLEO E DERIVADOS... QUESTÃO 21 - Um determinado usuário trabalha em uma rede que possui o servidor anpout.gov.br para envio de e-mails e o servidor anpin.gov.br

Leia mais

Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric

Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric Manual de Instalação, Administração e Uso do Sistema Elétric Versão 1.0 Autores Bruna Cirqueira Mariane Dantas Milton Alves Robson Prioli Nova Odessa, 10 de Setembro de 2013 Sumário Apoio 1. Licença deste

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Termos Básicos Pesquisa Registo Fazendo Propostas A Minha Conta Pedindo Cotações Ajuda: Geral Bem-vindo! No texto que se segue iremos transmitir noções básicas sobre os termos e modos

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE A EQUIPA DO PTE 2009/2010 Índice 1. Entrar na plataforma Moodle 3 2. Editar o Perfil 3 3. Configurar disciplina 4 3.1. Alterar definições 4 3.2. Inscrever alunos

Leia mais

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios

Ambiente de trabalho. Configurações. Acessórios Ambiente de trabalho Configurações Acessórios O Sistema Operativo (SO) é o conjunto de programas fundamentais que permitem que o computador funcione e comunique com o exterior. Actualmente, o Windows é

Leia mais

ivan bruno portfolio

ivan bruno portfolio ivan bruno portfolio Curriculum Vitae 1. DADOS PESSOAIS Nome: de Morais José Mutacates Nacionalidade: Moçambicana Morada: Rua John Issa 13, 2 andar, flat 6, Bairro Central C, Maputo Data de Nascimento:

Leia mais

[Digite aqui] [Digite aqui] [Digite aqui] Utilização do LegNet pelo Internet Explorer

[Digite aqui] [Digite aqui] [Digite aqui] Utilização do LegNet pelo Internet Explorer [Digite aqui] [Digite aqui] [Digite aqui] Utilização do LegNet pelo Internet Explorer REVISÃO: 21/01/2015 1 POR QUE O SISTEMA FICA LENTO COM O INTERNET EXPLORER? Um dos motivos que faz com o que o sistema

Leia mais

O curso aborda como criar sistemas com php e mysql utilizando a integração do Dreamweaver, sem a necessidade de programação.

O curso aborda como criar sistemas com php e mysql utilizando a integração do Dreamweaver, sem a necessidade de programação. Descrição do curso O curso aborda como criar sistemas com php e mysql utilizando a integração do Dreamweaver, sem a necessidade de programação. O aluno aprenderá a criar sistemas de cadastro, alteração,

Leia mais

REGULAMENTO. Ação formativa. Mecanismos de Apoio ao Processo de Recuperação da Aprendizagem

REGULAMENTO. Ação formativa. Mecanismos de Apoio ao Processo de Recuperação da Aprendizagem REGULAMENTO Ação formativa São Paulo, setembro de 2014 1 SUMÁRIO A. APRESENTAÇÃO... 3 B. OBJETIVOS... 3 C. PÚBLICO-ALVO... 4 D. HABILIDADES E COMPETÊNCIAS... 4 E. INSCRIÇÕES... 4 F. ESTRUTURA E CRONOGRAMA

Leia mais