As prioridades da Europa em matéria de clima e de energia: o rumo a seguir Apresentação de J.M. Barroso,

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "As prioridades da Europa em matéria de clima e de energia: o rumo a seguir Apresentação de J.M. Barroso,"

Transcrição

1 As prioridades da Europa em matéria de clima e de energia: o rumo a seguir Apresentação de J.M. Barroso, Presidente da Comissão Europeia, ao Conselho Europeu de de março de 2014

2 As prioridades da Europa Os nossos objetivos Porquê agora? Competitividade Previsibilidade para os decisores políticos e investidores Necessidade de soluções comuns e eficazes em termos de custos Segurança do aprovisionamento Sustentabilidade Falar a uma só voz 1

3 A Europa está na via para cumprir os objetivos que fixou para 2020 Reduzir as emissões de gases com efeito de estufa de 20% Aumentar a quota de energias renováveis para 20% Reduzir o consumo de energia de 20% Estimativa para 2020: -24% Estimativa para 2020: 21% Estimativa para 2020: -17% Fonte: Comissão Europeia 2

4 Intensidade de carbono em 2011 (índice UE=1) Progressos visíveis a nível nacional Intensidade de carbono, por país (emissões de gases com efeito de estufa / PIB real) BG 4 EE 3 PL CZ RO 2 1 LT LV SK HR EL US HU CY SI MT JP PT EU BE FI LU ES IE AT NL UK IT DE FR DK SE 0-0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% 40% 45% 50% Diminuição da intensidade de carbono entre 2000 e 2011 (%) Fonte: Comissão Europeia 3

5 As políticas climáticas não são o principal fator de aumento dos preços Preços da eletricidade na UE, discriminados, comparados com o apoio às energias renováveis Aprovisionamento de energia Custos de rede Impostos e taxas* Apoio às energias renováveis (% do total - estimativa) Eurocents / kwh 20 Particulares 19.6 Eurocents / kwh 15 Indústria % % % +30% 5 +8% 5-3% 0 3% % 4% 9% * exclui o IVA e outros impostos recuperáveis no caso da indústria Fonte: Comissão Europeia 4

6 Ambições renovadas para % de redução de GEE 20% de energias renováveis 20% de poupança de energia 40% de redução de GEE Governação específica 2030 Planos nacionais 27% de energias renováveis Eficiência energética: reexame em 2014 Indicadores comuns Monitorização 5

7 1990=100 Um crescimento acompanhado de poupança Dissociar o PIB das emissões de gases com efeito de estufa (GEE), PIB GEE Reduzir a fatura da UE de importação de combustíveis com a nossa proposta para 2030 (despesas de importação, em milhares de milhões de ) Políticas atuais Proposta para Fonte: Comissão Europeia 6

8 Aumentam os custos da energia em todos os cenários até 2030, mas são claros os benefícios da descarbonização Custos da energia, discriminados por componente (média anual em % do PIB) Investimento em infraestruturas 16% 12% ,8 Investimento em eficiência energética Importações de combustíveis ,3 14,1 +2,5 investimento Outras compras energéticas (internas) 8% ,2 importações imports 4% 0% Statu quo Com a proposta para 2030 Com a proposta para 2030 Fonte: Comissão Europeia 7

9 Temos de investir no nosso futuro: 45% da capacidade de produção de eletricidade da UE tem mais de 30 anos de idade Idade das capacidades de produção de eletricidade na UE em 2013 (em anos) 300, MW Carvão Petróleo Gás Nuclear Renováveis (incl. hidroeletricidade) 250, MW 200, MW 150, MW 100, MW 50, MW 0 MW < >50 Anos Fonte: Platts Power Vision 8

10 Reduzir as emissões de forma eficaz em termos de custos RCLE * Objetivo GEE da UE (base 1990) Setor não-rcle * % -20% -10% % -40% -30% COMO? «Limitação e comércio» Reserva de estabilidade do mercado Proteção contra a fuga de carbono Partilha de esforços mediante objetivos nacionais vinculativos Medidas de apoio (p. ex. normas) * em comparação com

11 Todos os setores devem contribuir Quota de emissões de GEE, por setor e por gás CO 2 setor da eletricidade CO 2 aquecimento de edifícios CO 2 indústria CO 2 transportes Outros GEE 100% 80% Políticas atuais 60% 40% 20% 0% Fonte: Comissão Europeia 10

12 mil milhões de A eficiência energética é essencial Estimativa das poupanças decorrentes dos compromissos assumidos em matéria de eficiência energética 700 Investimento necessário Poupanças resultantes Poupanças líquidas/ano (mil milhões de ) Fonte: Comissão Europeia 11

13 Conexão e diversificação Tirar proveito de um mercado da energia plenamente integrado até 2030 Mercado interno: mil milhões de por ano em gás e eletricidade Potencial para as energias renováveis Futuro potencial para as fontes de gás Energia eólica no mar 5 anos do consumo atual de gás da UE Hidroeletricidade Solar Energia eólica terrestre Potencial para o gás de xisto 15 anos do consumo atual de gás da UE 250 anos do consumo atual de gás da UE 12

14 Próximas etapas Hoje: orientações Durante 2014: reexame da situação em matéria de eficiência energética Setembro de 2014: cimeira dos líderes presidida pelo Secretário-Geral das Nações Unidas Acordo sobre um quadro para 2030 a nível da UE Dezembro de 2015 (Paris): conferência mundial sobre o clima 13

15

E U R O P A Apresentação de J.M. Barroso, Presidente da Comissão Europeia, ao Conselho Europeu informal de 11 de Fevereiro de 2010

E U R O P A Apresentação de J.M. Barroso, Presidente da Comissão Europeia, ao Conselho Europeu informal de 11 de Fevereiro de 2010 COMISSÃO EUROPEIA E U R O P A 2 0 2 0 Apresentação de J.M. Barroso, Presidente da Comissão Europeia, ao Conselho Europeu informal de 11 de Fevereiro de 2010 Índice 1. A crise anulou os progressos obtidos

Leia mais

Acordo mundial de luta contra as alterações climáticas: de Paris a Marrakech

Acordo mundial de luta contra as alterações climáticas: de Paris a Marrakech INFORMAÇÃO NOVEMBRO 2016 Acordo mundial de luta contra as alterações climáticas: de Paris a Marrakech ACORDO DE PARIS Na 21.ª Conferência das Partes na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações

Leia mais

O rumo para uma UE mais sustentável, competitiva e de baixo carbono

O rumo para uma UE mais sustentável, competitiva e de baixo carbono O rumo para uma UE mais sustentável, competitiva e de baixo carbono Sines, 2 Junho 2014 Humberto D. ROSA Diretor, DG Ação Climática Comissão Europeia Climate Action 1 súmula Clima e energia: situação atual

Leia mais

Energia: prioridades para a Europa Apresentação de J.M. Barroso,

Energia: prioridades para a Europa Apresentação de J.M. Barroso, Energia: prioridades para a Europa Apresentação de J.M. Barroso, Presidente da Comissão Europeia, ao Conselho Europeu de 22 de maio de 2013 Novas realidades do mercado mundial da energia Impacto da crise

Leia mais

Alterações climáticas: perspetiva e tendências

Alterações climáticas: perspetiva e tendências Alterações climáticas: perspetiva e tendências LIPOR, 28 Setembro 2015 Humberto D. ROSA Diretor, DG Ação Climática Comissão Europeia Climate Action 1 súmula Clima e energia: situação atual e tendências

Leia mais

A PAC pós O Debate Europeu e os Desafios para Portugal

A PAC pós O Debate Europeu e os Desafios para Portugal A PAC pós 2013 - O Debate Europeu e os Desafios para Portugal Nuno Manana Director de Serviços de Assuntos Europeus e Relações Internacionais (MADRP/GPP) ARAB Associação Regional de Agricultores Biológicos

Leia mais

Plano Ferroviário Nacional

Plano Ferroviário Nacional Plano Ferroviário Nacional 2020-2040 Uma proposta para a neutralidade carbónica no setor dos transportes PFN 2040 Plano Ferroviário Nacional 2020-2040 1. DIAGNÓSTICOS SETORIAIS 01 Percentagem da População

Leia mais

AS PESCAS EUROPEIAS EM NÚMEROS

AS PESCAS EUROPEIAS EM NÚMEROS AS PESCAS EUROPEIAS EM NÚMEROS Os quadros abaixo indicados apresentam dados estatísticos de base relativos a várias áreas relacionadas com a Política Agrícola Comum (PAC), nomeadamente: as frotas de pesca

Leia mais

Anexo Estatístico da Parte 1

Anexo Estatístico da Parte 1 Anexo Estatístico da Parte 1 65 A1.1 Emprego na UE15, 1996 e 2002 % da pop. em idade activa 1996 2002 UE15 59,9 64,2 Outros Estados-membros 61,7 65,1 Países da coesão 51,5 60,2 Grécia 54,9 56,9 Espanha

Leia mais

Sondagem de opinião pan-europeia sobre saúde e segurança no trabalho

Sondagem de opinião pan-europeia sobre saúde e segurança no trabalho Sondagem de opinião pan-europeia sobre saúde e segurança no trabalho Resultados representativos nos 2 Estados-membros da União Europeia Pacote incluindo os resultados relativos aos Estados-membros EU2

Leia mais

segurança da circulação em meio urbano 30 de Novembro de 2018

segurança da circulação em meio urbano 30 de Novembro de 2018 2º SEMINÁRIO segurança da circulação em meio urbano 30 de Novembro de 2018 Sinistralidade em meio urbano em Portugal e na UE José Miguel Trigoso -50% -41% -39% -38% -36% -36% -30% -28% -28% -28% -26% -26%

Leia mais

ANEXOS. Proposta de Regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho

ANEXOS. Proposta de Regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho COMISSÃO EUROPEIA Estrasburgo, 12.6.2018 COM(2018) 390 final ANNEXES 1 to 5 ANEXOS da Proposta de Regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho relativo ao Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das

Leia mais

As estatísticas do comércio internacional de serviços e as empresas exportadoras dos Açores

As estatísticas do comércio internacional de serviços e as empresas exportadoras dos Açores As estatísticas do comércio internacional de serviços e as empresas exportadoras dos Açores Margarida Brites Coordenadora da Área das Estatísticas da Balança de Pagamentos e da Posição de Investimento

Leia mais

Idade média das mulheres ao nascimento dos filhos e envelhecimento da população feminina em idade fértil,

Idade média das mulheres ao nascimento dos filhos e envelhecimento da população feminina em idade fértil, «Idade média das mulheres ao nascimento dos filhos e envelhecimento da população feminina em idade fértil, Departamento de Estatísticas Demográficas e Sociais Serviço de Estatísticas Demográficas 07/10/2016

Leia mais

A nova regulação do acesso perspetiva regulatória Novo Código Europeu das Comunicações Eletrónicas

A nova regulação do acesso perspetiva regulatória Novo Código Europeu das Comunicações Eletrónicas A nova regulação do acesso perspetiva regulatória Novo Código Europeu das Comunicações Eletrónicas Luis Manica O B J E T I V O S D E R E G U L A Ç Ã O Promover a concorrência Todos os agregados familiares

Leia mais

Previsões da Primavera para : um ano difícil em 2009, mas a economia da UE deverá estabilizar quando as medidas de apoio produzirem efeitos

Previsões da Primavera para : um ano difícil em 2009, mas a economia da UE deverá estabilizar quando as medidas de apoio produzirem efeitos IP/09/693 Bruxelas, 4 de Maio de 2009 Previsões da Primavera para 2009-2010: um ano difícil em 2009, mas a economia da UE deverá estabilizar quando as medidas de apoio produzirem efeitos As previsões da

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/1941 DA COMISSÃO

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/1941 DA COMISSÃO 5.11.2016 PT L 299/61 DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2016/1941 DA COMISSÃO de 3 de novembro de 2016 que altera a Decisão de Execução 2014/190/UE que estabelece a repartição anual, por Estado- -Membro, dos recursos

Leia mais

CRESCIMENTO E EMPREGO: PRÓXIMOS PASSOS

CRESCIMENTO E EMPREGO: PRÓXIMOS PASSOS CRESCIMENTO E EMPREGO: PRÓXIMOS PASSOS Apresentação de J.M. Durão Barroso, Presidente da Comissão Europeia, ao Conselho Europeu informal de 30 de janeiro de 2012 Quebrar os «círculos viciosos» que afetam

Leia mais

Serviços na Balança de Pagamentos Portuguesa

Serviços na Balança de Pagamentos Portuguesa Serviços na Balança de Pagamentos Portuguesa Margarida Brites Coordenadora da Área da Balança de Pagamentos e da Posição de Investimento Internacional 1 dezembro 2014 Lisboa Balança de Pagamentos Transações

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PAÍS: PORTUGAL

FICHA TÉCNICA DO PAÍS: PORTUGAL Plano de Investimento para a Europa Ponto da situação Março de 2018 FICHA TÉCNICA DO PAÍS: PORTUGAL O PLANO JUNCKER EM PORTUGAL As operações aprovadas em Portugal no âmbito do Fundo Europeu para Investimentos

Leia mais

O Espaço Europeu de Ensino Superior: Impacto no sistema educativo português

O Espaço Europeu de Ensino Superior: Impacto no sistema educativo português José Ferreira Gomes, Universidade do Porto Póvoa do Varzim, 21.Nov.03 1 Os problemas 1. Menor competitividade internacional do sistema europeu 2. Dificuldades de compreensão do sistema europeu de graus

Leia mais

ENERGIA LIMPA PARA TODOS OS EUROPEUS

ENERGIA LIMPA PARA TODOS OS EUROPEUS ENERGIA LIMPA PARA TODOS OS EUROPEUS Green Business Week Lisboa, 15-17 março 2017 Paula Pinho Head of Unit Energy Policy Coordination European Commission DG ENERGY OPORTUNIDADE O SISTEMA ENERGÉTICO DO

Leia mais

Proposta de fiscalidade sustentável para o tabaco Dr. Juan José Marco Jurado Director-Geral de Portugal Director de Assuntos Corporativos de Ibéria

Proposta de fiscalidade sustentável para o tabaco Dr. Juan José Marco Jurado Director-Geral de Portugal Director de Assuntos Corporativos de Ibéria Proposta de fiscalidade sustentável para o tabaco Dr. Juan José Marco Jurado Director-Geral de Portugal Director de Assuntos Corporativos de Ibéria Assembleia da República Comissão de Orçamento, Finanças

Leia mais

Envelhecimento, saúde e despesa em saúde: Portugal no contexto europeu

Envelhecimento, saúde e despesa em saúde: Portugal no contexto europeu Envelhecimento, saúde e despesa em saúde: Portugal no contexto europeu João Estevens (FCSH-UNL IPRI-UNL) jestevens@fcsh.unl.pt V Congresso Português de Demografia Fundação Calouste Gulbenkian 6 de outubro

Leia mais

PROGRAMA QUADRO EUROPEU PARA A INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO HORIZON 2020 ( ) 2020)

PROGRAMA QUADRO EUROPEU PARA A INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO HORIZON 2020 ( ) 2020) PROGRAMA QUADRO EUROPEU PARA A INVESTIGAÇÃO E INOVAÇÃO HORIZON 2020 (2014-2020) 2020) Maria da Graça a Carvalho Centro Jean Monet 5 Abril 2012 Índice Mundo Multipolar na investigação e inovação Horizonte

Leia mais

PT Unida na diversidade PT A8-0341/61. Alteração. Flavio Zanonato em nome do Grupo S&D

PT Unida na diversidade PT A8-0341/61. Alteração. Flavio Zanonato em nome do Grupo S&D 9.12.2015 A8-0341/61 61 N.º 2 2. Insta a Comissão e os Estados-Membros a garantir que todas as propostas legislativas que fazem parte da União da Energia seguem o processo legislativo ordinário, envolvendo

Leia mais

Revisão da PAC pós 2013 Impacto e consequências na Agricultura Portuguesa

Revisão da PAC pós 2013 Impacto e consequências na Agricultura Portuguesa Revisão da PAC pós 2013 Impacto e Seminário O Futuro da Produção de Leite em Portugal 1 Dr. Bruno Dimas Director-Adjunto do GPP MAMAOT Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do

Leia mais

AgroGLOBAL- Feira do Milho e das Grandes Culturas

AgroGLOBAL- Feira do Milho e das Grandes Culturas A PAC pós 2013 - O Debate Europeu e AgroGLOBAL- Feira do Milho e das Grandes Culturas Eduardo Diniz - GPP 9 de Setembro de 2010 Valada do Ribatejo 1 I. Desafios para a agricultura à escala global e europeia

Leia mais

Inquérito Comunitário à Inovação

Inquérito Comunitário à Inovação Inquérito Comunitário à Inovação Principais resultados do CIS 2012 Amaro Vieira - Fórum Estatístico Lisboa, 4 de Dezembro de 2014 Introdução O CIS (Community Innovation Survey) Tipos de Inovação Questionário

Leia mais

Ensino Superior em Portugal Evolução e Resultados: Uma Perspectiva do Mercado

Ensino Superior em Portugal Evolução e Resultados: Uma Perspectiva do Mercado Ensino Superior em Portugal Evolução e Resultados: Uma Perspectiva do Mercado Rogério Carapuça Presidente da Novabase Conferência Parlamentar: O papel do ensino superior no desenvolvimento de Portugal

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/927 DA COMISSÃO

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/927 DA COMISSÃO 31.5.2017 PT L 140/25 DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2017/927 DA COMISSÃO de 29 de maio de 2017 relativa ao apuramento das contas dos organismos pagadores dos Estados-Membros, referentes às despesas financiadas

Leia mais

QREN EXECUÇÃO 2010 E OBJECTIVOS 2011

QREN EXECUÇÃO 2010 E OBJECTIVOS 2011 QREN EXECUÇÃO 20 E OBJECTIVOS 2011 A EXECUÇÃO DO QREN EM 20 Meta de 20% de execução superada 23% de execução no final de 20 3 p.p. acima da meta (+ 642 M de fundos e + 1.000 M de investimento total) 30%

Leia mais

Portugal Orientação para resultados e sistemas estatísticos

Portugal Orientação para resultados e sistemas estatísticos Portugal 2020. Orientação para resultados e sistemas estatísticos Duarte Rodrigues Vogal da Agência para o Desenvolvimento e Coesão SPEBT/CSE, 18 de março de 2015 Tópicos: 1. Matriz estratégica e operacional

Leia mais

O CONTRIBUTO DO IVA PARA AS RECEITAS PÚBLICAS

O CONTRIBUTO DO IVA PARA AS RECEITAS PÚBLICAS CONFERÊNCIA COMEMORATIVA DOS 30 ANOS DO IVA EM PORTUGAL II Painel: O funcionamento do IVA: A experiência do funcionamento do imposto em Portugal O CONTRIBUTO DO IVA PARA AS RECEITAS PÚBLICAS Jorge Oliveira*

Leia mais

Despesa da indústria com atividades de controlo e proteção ambiental atingiu 323,1 milhões de euros em 2014

Despesa da indústria com atividades de controlo e proteção ambiental atingiu 323,1 milhões de euros em 2014 18 de março de 2016 Estatísticas do Ambiente Gestão e Proteção do Ambiente nas Empresas da Indústria 2014 Despesa da indústria com atividades de controlo e proteção ambiental atingiu 323,1 milhões de euros

Leia mais

Ponto Situação das Negociações do Programa LIFE. Isabel Lico APA, 11 Julho 2012

Ponto Situação das Negociações do Programa LIFE. Isabel Lico APA, 11 Julho 2012 Ponto Situação das Negociações do Programa LIFE Isabel Lico APA, 11 Julho 2012 QUESTÕES EM ABERTO ORÇAMENTO PROJETOS INTEGRADOS ALOCAÇÕES NACIONAIS EQUILÍBRIO GEOGRÁFICO CUSTOS E TAXAS COFINANCIAMENTO

Leia mais

Clean Energy Energia Limpa para todos os Europeus A visão da Indústria Petrolífera

Clean Energy Energia Limpa para todos os Europeus A visão da Indústria Petrolífera Clean Energy Energia Limpa para todos os Europeus A visão da Indústria Petrolífera António Comprido Secretário-Geral www.apetro.pt Green Business Week Conferência: Descarbonização da Economia Centro de

Leia mais

PACOTE UNIÃO DA ENERGIA ANEXO ROTEIRO PARA A UNIÃO DA ENERGIA

PACOTE UNIÃO DA ENERGIA ANEXO ROTEIRO PARA A UNIÃO DA ENERGIA COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 25.2.2015 COM(2015) 80 final ANNEX 1 PACOTE UNIÃO DA ENERGIA ANEXO ROTEIRO PARA A UNIÃO DA ENERGIA da COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU, AO CONSELHO, AO COMITÉ ECONÓMICO

Leia mais

Políticas públicas e regulamentação em termos de transformação digital

Políticas públicas e regulamentação em termos de transformação digital Políticas públicas e regulamentação em termos de transformação digital X Seminário TelComp2017 Informação Digital e as Telecomunicações São Paulo Brasil João Cadete de Matos 07.11.2017 1. Atribuições da

Leia mais

Portugal 2020: O foco na Competitividade e Internacionalização

Portugal 2020: O foco na Competitividade e Internacionalização Portugal 2020: O foco na Competitividade e Internacionalização Duarte Rodrigues Vogal da Agência para o Desenvolvimento e Coesão AIP, 5 de março de 2015 Prioridades Europa 2020 Objetivos Europa 2020/ PNR

Leia mais

PT 1 PT ANEXO 1 1. OBJECTIVOS DOS CONTROLOS

PT 1 PT ANEXO 1 1. OBJECTIVOS DOS CONTROLOS ANEXO 1 1. OBJECTIVOS DOS CONTROLOS O controlo da cobrança dos recursos próprios tradicionais pode ser executado segundo diversas modalidades: controlo documental, controlo regulamentar e inspecções no

Leia mais

Fundação Getúlio Vargas Instituto Brasileiro de Economia Centro de Estudos em Regulação e Infraestrutura

Fundação Getúlio Vargas Instituto Brasileiro de Economia Centro de Estudos em Regulação e Infraestrutura Rio de Janeiro, 04/julho/2013 Ministério de Fundação Getúlio Vargas Instituto Brasileiro de Economia Centro de Estudos em Regulação e Infraestrutura III Seminário sobre Matriz e Segurança Energética Brasileira

Leia mais

Workshop Relatório Estratégico do QREN Balanço dos Resultados e de alguns Instrumentos INSTRUMENTOS DE ENGENHARIA FINANCEIRA

Workshop Relatório Estratégico do QREN Balanço dos Resultados e de alguns Instrumentos INSTRUMENTOS DE ENGENHARIA FINANCEIRA Workshop Relatório Estratégico do QREN 2012 - Balanço dos Resultados e de alguns Instrumentos INSTRUMENTOS DE ENGENHARIA FINANCEIRA Carla Leal Instituto Financeiro Desenvolvimento Regional, IP 30 abril

Leia mais

CLEAN ENERGY Energia Limpa para todos os Europeus

CLEAN ENERGY Energia Limpa para todos os Europeus CLEAN ENERGY Energia Limpa para todos os Europeus Conferência Descarbonização da Economia Centro de Congressos de Lisboa, 17 Março 2017 Directivas Regulações O pacote Energia Limpa para todos os Europeus

Leia mais

Erasmus+ Educação e Formação Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação Lisboa Março 2016

Erasmus+ Educação e Formação Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação Lisboa Março 2016 Erasmus+ Educação e Formação 2007-2016 Agência Nacional Erasmus+ Educação e Formação Lisboa Março 2016 2020 Targets PT 2020 Target : 10% early school leaving PT 2020 Target: 75% adults 20-64 years employed

Leia mais

Índice Principais alterações face à edição de Principais resultados da CSES 2013 Por atividade Por grupo de entidades

Índice Principais alterações face à edição de Principais resultados da CSES 2013 Por atividade Por grupo de entidades Índice 1. Principais alterações face à edição de 2010 2. Principais resultados da CSES 2013 - Por atividade - Por grupo de entidades - Por setor institucional - Comparação com a economia nacional - Apuramentos

Leia mais

RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO. de sobre o projeto de plano nacional integrado em matéria de energia e clima de Portugal para o período

RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO. de sobre o projeto de plano nacional integrado em matéria de energia e clima de Portugal para o período COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 18.6.2019 C(2019) 4422 final RECOMENDAÇÃO DA COMISSÃO de 18.6.2019 sobre o projeto de plano nacional integrado em matéria de energia e clima de Portugal para o período 2021-2030

Leia mais

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento COM(2017) 217 final - ANEXO 1.

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento COM(2017) 217 final - ANEXO 1. Conselho da União Europeia Bruxelas, 12 de maio de 2017 (OR. en) 9046/17 ADD 1 EF 97 ECOFIN 351 AGRIFIN 50 NOTA DE ENVIO de: data de receção: 8 de maio de 2017 para: Secretário-Geral da Comissão Europeia,

Leia mais

Comunicação comum sobre a implementação do «IP Translator» v1.2, 20 de fevereiro de 2014

Comunicação comum sobre a implementação do «IP Translator» v1.2, 20 de fevereiro de 2014 1 Comunicação comum sobre a implementação do «IP Translator» v1.2, 20 de fevereiro de 2014 Em 19/06/2012, o Tribunal de Justiça proferiu o seu acórdão no Processo C-307/10 - «IP Translator» e emitiu as

Leia mais

Portugal está no 14º lugar dos países com melhor desempenho climático

Portugal está no 14º lugar dos países com melhor desempenho climático Portugal está no 14º lugar dos países com melhor desempenho climático 2018-12-10 20:02:37 O Índice de Desempenho das Alterações Climáticas (Climate Change Performance Index(CCPI)) é um instrumento destinado

Leia mais

/ / / / PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE NULIDADE DE UMA MARCA DA UNIÃO EUROPEIA. Última atualização: 03/2016

/ / / / PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE NULIDADE DE UMA MARCA DA UNIÃO EUROPEIA. Última atualização: 03/2016 Última atualização: 03/2016 PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE NULIDADE DE UMA Número páginas (incluindo a presente) Referência do requerente/representante (máximo 20 caracteres) Mod.011 Requerente Denominação da

Leia mais

Previsões económicas para : crescimento abranda e inflação preocupa mas, globalmente, a UE resiste bem às turbulências externas

Previsões económicas para : crescimento abranda e inflação preocupa mas, globalmente, a UE resiste bem às turbulências externas IP/08/649 Bruxelas, 28 de Abril de 2008 Previsões económicas para 2008-2009: crescimento abranda e inflação preocupa mas, globalmente, a UE resiste bem às turbulências externas O crescimento económico

Leia mais

Sessão 6 A Economia Portuguesa

Sessão 6 A Economia Portuguesa Sessão 6 A Economia Portuguesa Neves (216) População portuguesa (império e emigração) após 1415 3 25 2 15 1 Africa Emig. PORTUGAL P+Ilhas P+Isl+Asia P+I+As+Brasil P+I+A+B+Afric P+Emp+Emi 5 Brasil continental

Leia mais

Private Debt Dívida Privada. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Conjuntura Económica. Banca e Seguros. Portugal Economy Probe (PE Probe)

Private Debt Dívida Privada. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica. Conjuntura Económica. Banca e Seguros. Portugal Economy Probe (PE Probe) dossiers Economic Outlook Private Debt Dívida Privada Last Update Última Actualização: 12/07/2016 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 2015 Portugal Economy

Leia mais

Política Agrícola Comum

Política Agrícola Comum Política Agrícola Comum Seminário Jovens Aricultores Santarém, 14 de Junho 2017 Joao Almeida da Silva AGRI.F.5 Espanha, Portugal PRODER-Avaliação "ex-post" Disponivel em: http://www.proder.pt/conteudo02ee.html?menuid=1696

Leia mais

INTERLIGAÇÕES & EXPORTAÇÕES

INTERLIGAÇÕES & EXPORTAÇÕES INTERLIGAÇÕES & EXPORTAÇÕES Compromisso para o Crescimento Verde: Energia 2 Dezembro 2014 0 As metas da UE para 2030 3 objectivos de política energética METAS (%) 2030 UE POLÍTICA ENERGÉTICA DA UE OBJECTIVOS

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DIRECTIVA DO CONSELHO

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS. Proposta de DIRECTIVA DO CONSELHO COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 07.02.2005 COM(2005) 38 final Proposta de DIRECTIVA DO CONSELHO que altera o anexo IV da Directiva 2000/29/CE relativa às medidas de protecção contra a introdução

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - FEVEREIRO 2018

Newsletter Informação Mensal - FEVEREIRO 2018 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - FEVEREIRO As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas

Leia mais

Eficiência Energética nos Setores Público e Privado: Balanço dos Apoios no ciclo e Perspetivas

Eficiência Energética nos Setores Público e Privado: Balanço dos Apoios no ciclo e Perspetivas Eficiência Energética Alto Minho 2014-2020 Ponte de Lima, 2014.07.15 Eficiência Energética nos Setores Público e Privado: Balanço dos Apoios no ciclo 2007-2013 e Perspetivas 2014-2020 João Marrana Vogal

Leia mais

X Congresso Nacional do Milho. no âmbito da nova Política Agrícola Comum

X Congresso Nacional do Milho. no âmbito da nova Política Agrícola Comum X Congresso Nacional do Milho A agricultura de regadio no âmbito da nova Política Agrícola Comum 12 de Fevereiro de 2015 Hotel Altis, Lisboa Eduardo Diniz Diretor-Geral GPP Decisões Nacionais 1º Pilar

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - SETEMBRO 2017

Newsletter Informação Mensal - SETEMBRO 2017 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - SETEMBRO As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - MAIO 2017

Newsletter Informação Mensal - MAIO 2017 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - MAIO As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - JUNHO 2017

Newsletter Informação Mensal - JUNHO 2017 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - JUNHO As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas

Leia mais

Estudo sobre o valor económico da distribuição turística em Portugal. XLIII Congresso Nacional APAVT Macau Novembro 2017

Estudo sobre o valor económico da distribuição turística em Portugal. XLIII Congresso Nacional APAVT Macau Novembro 2017 Estudo sobre o valor económico da distribuição turística em Portugal XLIII Congresso Nacional APAVT Macau 22-27 Novembro 2017 Ficha Técnica Título Estudo sobre o valor da distribuição turística em Portugal

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - AGOSTO 2017

Newsletter Informação Mensal - AGOSTO 2017 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - AGOSTO As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - NOVEMBRO 2017

Newsletter Informação Mensal - NOVEMBRO 2017 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - NOVEMBRO As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas

Leia mais

Estudo sobre o valor económico da distribuição turística em Portugal. XLIII Congresso Nacional APAVT Macau Novembro 2017

Estudo sobre o valor económico da distribuição turística em Portugal. XLIII Congresso Nacional APAVT Macau Novembro 2017 Estudo sobre o valor económico da distribuição turística em Portugal XLIII Congresso Nacional APAVT Macau 22-27 Novembro 2017 Ficha Técnica Título Estudo sobre o valor da distribuição turística em Portugal

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - JULHO 2016

Newsletter Informação Mensal - JULHO 2016 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - JULHO As Newsletter do SIMA podem também ser consultadas

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - AGOSTO 2018

Newsletter Informação Mensal - AGOSTO 2018 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - AGOSTO maio As Newsletter do SIMA podem também

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - MARÇO 2018

Newsletter Informação Mensal - MARÇO 2018 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - MARÇO dezembro As Newsletter do SIMA podem

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - DEZEMBRO 2018

Newsletter Informação Mensal - DEZEMBRO 2018 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - DEZEMBRO setembro As Newsletter do SIMA podem

Leia mais

A PAC pós 2013 - O Debate Europeu e os Desafios para Portugal

A PAC pós 2013 - O Debate Europeu e os Desafios para Portugal A PAC pós 2013 - O Debate Europeu e os Desafios para Portugal Francisco Cordovil (Director do GPP) 30 de Abril de 2010 1 I. A agricultura perante a sociedade: compreender os desafios e agir positivamente

Leia mais

O Impacte Económico da Construção Sustentável

O Impacte Económico da Construção Sustentável CONGRESSO LiderA Criar valor com a sustentabilidade O Impacte Económico da Construção Sustentável 1 Os Factores Dinamizadores da Construção Sustentável Maior performance ambiental; Interesse do lado da

Leia mais

REDE DE ESTABELECIMENTOS POSTAIS RELATIVOS AOS CTT CORREIOS DE PORTUGAL, S.A., NO FINAL DO 1.º SEMESTRE DE 2012

REDE DE ESTABELECIMENTOS POSTAIS RELATIVOS AOS CTT CORREIOS DE PORTUGAL, S.A., NO FINAL DO 1.º SEMESTRE DE 2012 REDE DE ESTABELECIMENTOS POSTAIS RELATIVOS AOS CTT CORREIOS DE PORTUGAL, S.A., NO FINAL DO 1.º SEMESTRE DE 2012 ÍNDICE 1. SUMÁRIO EXECUTIVO... 1 2. ENQUADRAMENTO... 3 3. EVOLUÇÃO DA REDE DE ESTABELECIMENTOS

Leia mais

Sessão 6 A Economia Portuguesa

Sessão 6 A Economia Portuguesa Sessão 6 A Economia Portuguesa Neves (216) População portuguesa (império e emigração) após 1415 3 25 2 15 1 Africa Emig. PORTUGAL P+Ilhas P+Isl+Asia P+I+As+Brasil P+I+A+B+Afric P+Emp+Emi 5 Brasil continental

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - ABRIL 2018

Newsletter Informação Mensal - ABRIL 2018 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - ABRIL janeiro As Newsletter do SIMA podem também

Leia mais

o Futuro da PAC pós 2013

o Futuro da PAC pós 2013 O Futuro da PAC pós 2013 Seminário A agricultura no Alentejo: Apoios Financeiros e o Futuro da PAC pós 2013 Dr. Bruno Dimas Director Adjunto Santiago do Cacém 28 Maio 2011 1 I. Desenvolvimento da negociação

Leia mais

A POUPANÇA ENTRE O INVESTIMENTO E A REFORMA ANÁLISE DAS VARIÁVEIS RELEVANTES

A POUPANÇA ENTRE O INVESTIMENTO E A REFORMA ANÁLISE DAS VARIÁVEIS RELEVANTES ANÁLISE DAS VARIÁVEIS RELEVANTES 07-07-2017 A B C ENQUADRAMENTO O PAPEL DA POUPANÇA NO INVESTIMENTO A POUPANÇA DAS FAMÍLIAS C.1 C.2 C.3 C.4 C.5 IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS EXTERNAS CONSUMO E ENDIVIDAMENTO

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - JULHO 2018

Newsletter Informação Mensal - JULHO 2018 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - JULHO abril As Newsletter do SIMA podem também

Leia mais

IX Coloquio Ibérico Internacional de Cooperativismo y Economía Social de CIRIEC «

IX Coloquio Ibérico Internacional de Cooperativismo y Economía Social de CIRIEC « IX Coloquio Ibérico Internacional de Cooperativismo y Economía de CIRIEC Economía y globalización: nuevos desafíos, nuevas oportunidades La experiencia portuguesa en la elaboración de cuentas satélite

Leia mais

ANEXOS. ANEXO III: Avaliação global da adicionalidade ANEXO IV: Calendário de apresentação e adoção dos acordos de parceria e dos programas

ANEXOS. ANEXO III: Avaliação global da adicionalidade ANEXO IV: Calendário de apresentação e adoção dos acordos de parceria e dos programas COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 14.12.2015 COM(2015) 639 final ANNEXES 3 to 4 ANEXOS ANEXO III: Avaliação global da adicionalidade ANEXO IV: Calendário de apresentação e adoção dos acordos de parceria e dos

Leia mais

FACT SHEET. BP Statistical Review of World Energy 2016

FACT SHEET. BP Statistical Review of World Energy 2016 FACT SHEET BP Statistical Review of World Energy 2016 Page 1 Destaques - Desenvolvimentos no setor energético O consumo global de energia primária aumentou apenas 1% em 2015, valor semelhante ao crescimento

Leia mais

Concentrados em 3 agendas temáticas: Concentrado em 8 programas operacionais centrais no continente.

Concentrados em 3 agendas temáticas: Concentrado em 8 programas operacionais centrais no continente. Fernando Medina Elementos da concepção estratégica do QREN Investimento total de 32.850 Milhões de euros entre 2007-2013, com 21.510 Milhões de euros de apoios comunitários; Concentrados em 3 agendas

Leia mais

PAC pós º AGRO Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação 24 março 2017

PAC pós º AGRO Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação 24 março 2017 PAC pós 2020 50.º AGRO Feira Internacional de Agricultura, Pecuária e Alimentação 24 março 2017 PAC PÓS 2020 1. QUADRO ATUAL 2. AGENDA DA NEGOCIAÇÃO PAC PÓS 2020 3. PRINCÍPIOS ESTRATÉGICOS PARA A PAC PÓS

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2019/873 DA COMISSÃO

DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2019/873 DA COMISSÃO 28.5.2019 PT L 140/103 DECISÃO DE EXECUÇÃO (UE) 2019/873 DA COMISSÃO de 22 de maio de 2019 relativa ao apuramento das contas dos organismos pagadores dos Estados-Membros, referentes às despesas financiadas

Leia mais

SIMSTAT. Um modelo para a simplificação das estatísticas do Comércio Internacional. Cristina Neves (JOCLAD, 01/04/2016)

SIMSTAT. Um modelo para a simplificação das estatísticas do Comércio Internacional. Cristina Neves (JOCLAD, 01/04/2016) SIMSTAT Um modelo para a simplificação das estatísticas do Comércio Internacional (JOCLAD, 01/04/2016) Cristina Neves Departamento de Estatísticas Económicas Serviços de Estatísticas do Comércio Internacional

Leia mais

REDUZIR O PROBLEMA - UMA MELHOR EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

REDUZIR O PROBLEMA - UMA MELHOR EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CONFERÊNCIA O FUTURO ENERGÉTICO EM PORTUGAL REDUZIR O PROBLEMA - UMA MELHOR EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NOS EDIFÍCIOS Joaquim Borges Gouveia bgouveia@ua.pt DEGEI UAVEIRO 21 de Abril de 2009 Consumo de Energia

Leia mais

JUVENTUDE E MERCADO DE TRABALHO FACTSHEET

JUVENTUDE E MERCADO DE TRABALHO FACTSHEET JUVENTUDE E MERCADO DE TRABALHO FACTSHEET EM 2017 A TAXA DE DESEMPREGO JOVEM (15-34 ANOS) FICOU ACIMA DA TAXA DE DESEMPREGO REGISTADA A NÍVEL NACIONAL - NÚMERO DE JOVENS QUE NÃO ESTÃO EMPREGADOS E NÃO

Leia mais

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento COM(2017) 554 final.

Envia-se em anexo, à atenção das delegações, o documento COM(2017) 554 final. Conselho da União Europeia Bruxelas, 29 de setembro de 2017 (OR. en) 12680/17 NOTA DE ENVIO de: AGRI 506 AGRIFIN 99 FIN 585 AGRISTR 84 Secretário-Geral da Comissão Europeia, assinado por Jordi AYET PUIGARNAU,

Leia mais

ANEXOS. proposta de Regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho. sobre a iniciativa de cidadania europeia. {SWD(2017) 294 final}

ANEXOS. proposta de Regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho. sobre a iniciativa de cidadania europeia. {SWD(2017) 294 final} COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 13.9.2017 COM(2017) 482 final ANNEXES 1 to 7 ANEXOS da proposta de Regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho sobre a iniciativa de cidadania europeia {SWD(2017) 294 final}

Leia mais

Educação e Formação Europa 2020 e Cooperação Europeia

Educação e Formação Europa 2020 e Cooperação Europeia Educação e Formação Europa 2020 e Cooperação Europeia Parlamento Europeu Bruxelas, 21 de Março 2011 Margarida Gameiro Chefe de Unidade Igualdade de oportunidades e Equidade Europa 2020: 3 prioridades interligadas

Leia mais

ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR Dezembro de 2007

ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR Dezembro de 2007 15 de Janeiro de 2008 ÍNDICE DE PREÇOS NO CONSUMIDOR Dezembro de 2007 EM 2007 A TAXA DE INFLAÇÃO SITUOU-SE EM 2,5% Em 2007, o Índice de Preços no Consumidor (IPC) registou uma taxa de variação média de

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - OUTUBRO 2015

Newsletter Informação Mensal - OUTUBRO 2015 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - OUTUBRO julho As Newsletter do SIMA podem também

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - AGOSTO 2015

Newsletter Informação Mensal - AGOSTO 2015 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - AGOSTO maio As Newsletter do SIMA podem também

Leia mais

Newsletter Informação Mensal - MARÇO 2016

Newsletter Informação Mensal - MARÇO 2016 PREÇOS DO LEITE À PRODUÇÃO - Preços Médios Mensais PRODUTO (Leite de vaca cru com teores reais de matérias gordas e proteínas) Newsletter Informação Mensal - MARÇO dezembro As Newsletter do SIMA podem

Leia mais