Crédito de Carbono - Bens de consumo - Bens duráveis - Imóveis. Job Março / 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Crédito de Carbono - Bens de consumo - Bens duráveis - Imóveis. Job 15-0163 Março / 2015"

Transcrição

1 Crédito de Carbono - Bens de consumo - Bens duráveis - Imóveis Job Março / 2015

2 Especificações técnicas Objetivo Identificar e quantificar o apelo da ideia de comprar imóveis ou outros bens duráveis/consumo de empresas que façam compensação financeira sobre a emissão de dióxido de carbono, tanto considerando as empresas desses segmentos quanto levando em conta o público internauta. Local Brasil Coleta de dados Entrevistas via web/ on-line Datas de campo De 23 de fevereiro a 6 de março de 2015 Seleção da amostra A amostra de 502 casos foi desenhada de acordo com dados internos do Ibope considerando incidência da população internauta. Com base nesses dados foram definidos segmentos a serem obtidos conforme tabela abaixo, visando um mínimo de consonância com o universo estimado: Total Sexo Idade Classe Masculino Feminino 20 a a e + A B C Sudeste 52% 25% 27% 9% 38% 5% 3% 22% 27% Nordeste 18% 8% 10% 3% 14% 1% 1% 5% 12% Sul 16% 8% 8% 3% 12% 1% 1% 8% 8% Centro-Oeste 8% 4% 4% 1% 6% 1% 0% 3% 5% Norte 6% 3% 3% 1% 4% 1% 0% 2% 3% Total 100% 47% 53% 18% 74% 8% 5% 40% 55% 2

3 Especificações técnicas Margem de erro A margem de erro é de quatro pontos percentuais. % de verificação dos dados 100% dos questionários foram submetidos a um teste eletrônico de consistência para verificação de coerência das respostas. Cópias dos instrumentos de coleta de dados O questionário foi enviado para aprovação por parte do cliente antes do início dos trabalhos de campo e fazem parte do relatório/ apresentação de pesquisa. As atividades do IBOPE Inteligência são regidas por padrões éticos da Associação Brasileira das Empresas de Pesquisa (ABEP) e da World Research Association (ESOMAR). Além disso, os nossos procedimentos estão em conformidade com a Norma Internacional de Qualidade em Pesquisa de Mercado e Opinião ISO e a Norma Internacional de Gestão de Qualidade ISO Os arquivos ora enviados não podem ser alterados em nenhuma hipótese sem a prévia autorização do IBOPE Inteligência 3

4 Perfil do Respondente 4

5 Perfil dos respondentes Sexo Idade Classe % Feminino 53% Masculino 47% 20 a a e mais A/B 45% C 55% Escolaridade Até a 4º série do Ensino Fundamental De 5º a 8º série do Ensino Fundamental Ensino Médio Superior MBA/ Pós graduação/ Mestrado/ Doutorado Região 52% Sudeste 16% Sul 18% Nordeste 14% Centro-Oeste / Norte Base: Amostra (502) 1) Sexo: / 2) Qual é a sua idade? / 3) Qual é o seu grau de instrução / Classe / 5) Em qual região do Brasil o(a) sr(a) reside? Proporções baseadas em informações levantadas pelo IBOPE

6 Perfil dos respondentes % Renda Pessoal Renda Familiar Média R$ 2.994,40 Média R$ 3.816,60 7 Mais de 10 SM Mais de 5 SM até 10 SM Mais de 2 SM até 5 SM Mais de 1 SM até 2 SM Até 1 SM Não tem rendimento pessoal 4 6 * SM = salário mínimo Não respondeu Base: Amostra (502) 7 REND1) Em qual das faixas listadas abaixo está a sua renda individual do mês passado? REND2) E em qual das faixas listadas abaixo está a renda total da sua família no mês passado, somando as rendas de todas as pessoas que moram com o(a) sr(a), inclusive a sua? Proporções baseadas em informações levantadas pelo IBOPE

7 Resultados 7

8 Preocupações ambientais 8

9 Nível de interesse nas questões relacionadas ao meio ambiente 64% % Muito interessado no assunto 31% 4% Mais ou menos interessado no assunto Pouco interessado no assunto 1% Nada interessado no assunto 1% Não sei Base: Amostra (502) P01) Vamos falar de questões relacionadas ao meio ambiente. Considerando este assunto o(a) sr(a) diria que, pessoalmente, é: (RU) 9

10 Preocupações relacionadas ao meio ambiente % Poluição da água/ Água suja/ Problemas de abastecimento de água/ Falta de água no planeta/ Poluição dos rios e do mar Desmatamento (da Amazônia, da Mata Atlântica e de outras florestas)/ Derrubada e corte de árvores ou + anos: 48% Aquecimento global/ Mudança climática/ Aquecimento da Terra/ Aumento da temperatura da Terra/ Aquecimento do planeta 39 Tratamento do lixo/ Acúmulo de lixo Tratamento de esgoto/ Falta de tratamento de esgotos/ Saneamento básico/ Falta de saneamento básico Poluição do ar/ Emissão de gases tóxicos e poluentes no ar ou + anos: 43% Região N/CO: 42% 55 ou + anos: 40% Proteção e cuidado com os animais/ Proteção às espécies ameaçadas de extinção 18 Poluição provocada pelos carros/ ônibus/ caminhões/ veículos automotores 14 Transgênicos/ Alimentos e remédios geneticamente modificados/ Efeitos colaterais que possam ser causados por alimentos transgênicos Produção de energia nuclear/ Construção de usinas nucleares Outra preocupação Índice de Multiplicidade 2,8 Não sei 1 Base: Amostra (502) P02) Quais as suas TRÊS maiores preocupações com relação ao meio ambiente? (RM) 10

11 Atitudes adotadas como forma de contribuir para a preservação do meio ambiente % Não jogo lixo nas ruas 83 Evito o desperdício de água/ Não deixo torneiras abertas desnecessariamente/ Controlo o tempo do banho Evito o desperdício de energia/ Não deixo luzes acesas e aparelhos eletrônicos como TV e rádio ligados se não estiver usando Separo o lixo, permitindo que plásticos, garrafas e papéis possam ser reaproveitados ou reciclados Consumo apenas o essencial, evitando o desperdício e a geração de lixo 41 Compro produtos com embalagens recicláveis, biodegradáveis ou retornáveis 34 Planto/ Já plantei árvores 30 Dou preferência a produtos e serviços de empresas com preocupação e ações de conservação ambiental 27 Deixo de comprar produtos que afetem o meio ambiente 25 Contribuo financeiramente (mesmo que eventualmente) para entidades de proteção do meio ambiente Atuo como voluntário em entidades de proteção ambiental Não contribuo de forma alguma Índice de Multiplicidade 4,5 Nenhuma destas/ Outras 1 Não sei 2 Base: Amostra (502) P03) O(A) sr(a) adota algumas dessas atitudes como forma de contribuir para a conservação do meio ambiente? (RM) 11

12 Atitudes adotadas como forma de contribuir para a preservação do meio ambiente Destaques positivos: Total 55 ou + anos Região Sul Índice de multiplicidade 4,5 5,5 5,1 35 a 54 anos: 54% Classe AB: 58% Separo o lixo, permitindo que plásticos, garrafas e papéis possam ser reaproveitados ou reciclados 45% 81% 73% Consumo apenas o essencial, evitando o desperdício e a geração de lixo 41% 55% 40% Planto/ Já plantei árvores 30% 43% 43% Deixo de comprar produtos que afetem o meio ambiente 25% 48% 18% Destaques negativos: Total Região N/CO 20 a 34 anos: 34% Classe C: 35% Índice de multiplicidade 4,5 3,7 Evito o desperdício de água/ Não deixo torneiras abertas desnecessariamente/ Controlo o tempo do banho Separo o lixo, permitindo que plásticos, garrafas e papéis possam ser reaproveitados ou reciclados Dou preferência a produtos e serviços de empresas com preocupação e ações de conservação ambiental 80% 66% 45% 30% 27% 18% Deixo de comprar produtos que afetem o meio ambiente 25% 14% P03) O(A) sr(a) adota algumas dessas atitudes como forma de contribuir para a conservação do meio ambiente? (RM) 12

13 Aquecimento global Sabe-se que nas últimas décadas a temperatura média da Terra tem aumentado. O aquecimento global é uma questão: Um problema imediato, que deve ser combatido urgentemente 71 % 71 Muito grave Grave Pouco grave Um problema que ocorrerá daqui a alguns anos, mas é preciso ser enfrentado agora Um problema que ocorrerá em um futuro muito distante, mas é preciso ser enfrentado agora ou + anos: 33% 25 Nada grave Não sei O aquecimento global não é um problema Não sei 1 Base: Amostra (502) P04) Sabe-se que nas últimas décadas a temperatura média da Terra tem aumentado. Na sua opinião, o aquecimento global é uma questão: (RU) P05) Ainda considerando o que o(a) sr(a) sabe ou ouve falar, o aquecimento global é: (RU) 13

14 Aquecimento global Maiores responsáveis pela emissão de gases poluentes % Indústrias 80% Ônibus/ Caminhões Automóveis/ Motocicletas 65% 60% Região Sul: 59% 70% Queimadas 55 ou + anos: 69% População em geral/ Cidadãos Lixo/ Resíduos sólidos Criação de gado/ Agropecuária/ Granjas Construção Civil 38% 37% 21% 10% 55 ou + anos: 31% Outros 2% Não sei 1% Índice de Multiplicidade 3,7 Base: Amostra (502) P06) Na sua opinião, quais são os maiores responsáveis pela emissão de gases poluentes? (RM) 14

15 Empresas divulgam impactos ao meio ambiente e procedimentos visando reduzi-los? % Impactos causados Procedimentos adotados 2 6 Divulgam apropriadamente 3 11 Não divulgam apropriadamente 91 Não sei 86 Base: Amostra (502) P08A) Na sua opinião, as empresas em geral divulgam ou não divulgam apropriadamente os impactos causados no meio ambiente pela fabricação de seus produtos? (RU) // P08B) E na sua opinião, as empresas em geral divulgam ou não divulgam apropriadamente os procedimentos que elas adotam para prejudicar o menos possível e colaborar com a preservação do meio ambiente? (RU) 15

16 Concordância com aspectos de produção x preocupação com meio ambiente Os fabricantes têm obrigação de prevenir os problemas que podem causar ao meio ambiente Saldo * 65 % Deixo de comprar minha marca preferida se souber que seu fabricante fez algo prejudicial à sociedade ou ao meio ambiente Vale a pena pagar mais caro por um produto que não agrida o meio ambiente Só compro produtos de fabricantes que não agridem o meio ambiente, ainda que sejam mais caros As marcas que fazem algo pela sociedade e pelo meio ambiente, o fazem somente como ação de marketing Só a classe alta pode se dar ao luxo de comprar produtos que não agridam o meio ambiente Empresas que não preservam o meio ambiente lucram menos que as outras Apenas empresas muito lucrativas podem se preocupar com ação social A maioria das empresas monitora o impacto ambiental de suas atividades *Saldo: Concordo Totalmente (Nem concordo, nem discordo + Discordo em parte + Discordo Totalmente) Base: Amostra (502) 7 P17) Considerando as frases abaixo gostaríamos de saber o quanto o(a) sr(a) concorda ou não com cada uma delas. (RODÍZIO DOS ATRIBUTOS) (RU POR LINHA) Concordo totalmente Concordo em parte Nem concordo, nem discordo Discordo em parte Discordo totalmente Não sei

17 Percepção do ambientalmente correto 17

18 Produtos e serviços ambientalmente corretos Levam em conta ou não se a forma de produção ambientalmente correta % 55 ou + anos: 62% Região N/CO: 37% Geralmente observa Não leva em conta Raramente observa Não sei Região NE: 33% Disposição para pagar mais caro por um produto sabendo que sua produção é ambientalmente correta 2 Disposição para pagar mais caro por um imóvel sabendo que sua construção é ambientalmente correta Estaria disposto Não estaria disposto Depende do quanto mais caro Não sei Região Sul: 56% Base: Amostra (502) Região Sul: 56% P07) Ao adquirir um produto ou serviço, independentemente do valor, o(a) sr(a) diria que geralmente observa, raramente observa ou não leva em conta se a forma como é produzido é ambientalmente correta, ou seja, se a produção adota procedimentos para prejudicar o menos possível o meio ambiente (produzido com baixas emissões de poluentes e de resíduos, por exemplo)? (RU) // P09) O(a) sr(a) estaria ou não estaria disposto a pagar mais caro por um produto, se soubesse que a sua produção é ambientalmente correta, ou seja, adota procedimentos para prejudicar o menos possível o meio ambiente (orgânico/ produzido com baixas emissões de poluentes e de resíduos, por exemplo)? (RU) // P10) Supondo que o(a) sr(a) fosse comprar um imóvel, o(a) sr(a) estaria disposto a pagar mais caro se soubesse que a sua construção é ambientalmente correta, ou seja, adota procedimentos para prejudicar 18 o menos possível o meio ambiente (com baixas emissões de poluentes e de resíduos, por exemplo)? (RU)

19 Produtos e serviços ambientalmente corretos % Geralmente Observam 48% Raramente Observam 43% Não levam em conta 7% Disposto a pagar mais caro Produtos - 29% Imóveis 27% Disposto a pagar mais caro Produtos - 11% Imóveis 15% Disposto a pagar mais caro Produtos - 1% Imóveis 2% Não disposto a pagar mais caro Produtos - 2% Imóveis 2% Depende do Quanto mais caro Produtos - 16% Imóveis 19% Não disposto a pagar mais caro Produtos - 6% Imóveis 4% Depende do Quanto mais caro Produtos - 25% Imóveis 23% Não disposto a pagar mais caro Produtos - 1% Imóveis 2% Depende do Quanto mais caro Produtos - 4% Imóveis 4% P07) Ao adquirir um produto ou serviço, independentemente do valor, o(a) sr(a) diria que geralmente observa, raramente observa ou não leva em conta se a forma como é produzido é ambientalmente correta, ou seja, se a produção adota procedimentos para prejudicar o menos possível o meio ambiente (produzido com baixas emissões de poluentes e de resíduos, por exemplo)? (RU) // P09) O(a) sr(a) estaria ou não estaria disposto a pagar mais caro por um produto, se soubesse que a sua produção é ambientalmente correta, ou seja, adota procedimentos para prejudicar o menos possível o meio ambiente (orgânico/ produzido com baixas emissões de poluentes e de resíduos, por exemplo)? (RU) // P10) Supondo que o(a) sr(a) fosse comprar um imóvel, o(a) sr(a) estaria disposto a pagar mais caro se soubesse que a sua construção é ambientalmente correta, ou seja, adota procedimentos para prejudicar 19 o menos possível o meio ambiente (com baixas emissões de poluentes e de resíduos, por exemplo)? (RU)

20 Créditos de carbono 20

21 Grau de conhecimento sobre créditos de Carbono % As atividades produtivas no setor industrial e de construção civil emitem gases poluentes como, por exemplo, o dióxido de carbono, que causa o efeito estufa. Porém, é possível compensar isso através do incentivo a projetos ambientais que reduzem a emissão desses gases. Esse mecanismo é simples: as empresas desenvolvem projetos que reduzem a emissão de poluição de suas atividades, gerando créditos de Carbono que podem ser vendidos no mercado nacional e internacional para empresas que queiram compensar suas próprias emissões de poluição. 55 ou + anos: 60% Conheço muito 8% Conheço mais ou menos 40% Conheço pouco 34% Não conheço 17% Base: Amostra (502) Não sei 1% P11) O quanto o(a) sr(a) conhece sobre o assunto acima? (RU). 21

22 Interesse no processo de compensação de créditos de Carbono % As atividades produtivas no setor industrial e de construção civil emitem gases poluentes como, por exemplo, o dióxido de carbono, que causa o efeito estufa. Porém, é possível compensar isso através do incentivo a projetos ambientais que reduzem a emissão desses gases. Esse mecanismo é simples: as empresas desenvolvem projetos que reduzem a emissão de poluição de suas atividades, gerando créditos de Carbono que podem ser vendidos no mercado nacional e internacional para empresas que queiram compensar suas próprias emissões de poluição. 82% 15% ou + anos: 95% 20 a 34 anos: 20% Muito interessado Mais ou menos interessado Pouco interessado Nada interessado Não sei Base: Amostra (502) P12) Considerando o assunto acima, qual é o seu grau de interesse em relação ao processo de compensação de créditos de Carbono a partir da emissão de gases das atividades produtivas no setor industrial e de construção civil? (RU) 22

23 Interesse na inserção do valor ao preço final do produto % As atividades produtivas no setor industrial e de construção civil emitem gases poluentes como, por exemplo, o dióxido de carbono, que causa o efeito estufa. Porém, é possível compensar isso através do incentivo a projetos ambientais que reduzem a emissão desses gases. Esse mecanismo é simples: as empresas desenvolvem projetos que reduzem a emissão de poluição de suas atividades, gerando créditos de Carbono que podem ser vendidos no mercado nacional e internacional para empresas que queiram compensar suas próprias emissões de poluição. 86% 87% % 32 Muito interessado Mais ou menos interessado % 7 20% Bens de consumo Bens duráveis Imóvel 11% 45 Pouco interessado Nada interessado Não sei Base: Amostra (502) P13) Sabendo que um valor específico será acrescido ao preço final, qual o seu grau de interesse em adquirir produtos, caso o setor industrial compensasse com créditos de Carbono a emissão de gases produzidos na produção de bens de consumo, como: alimentos, bebidas, etc e bens duráveis, como geladeira, freezer, fogão, microondas, etc.? (RU por linha) P14) Sabendo que um valor específico será acrescido ao preço final, qual o seu grau de interesse na aquisição de um imóvel, caso o setor de construção civil compensasse com créditos de Carbono a emissão de gases produzidos na construção de imóveis, empreendimentos, etc? (RU) 23

24 Alto interesse no processo de compensação de créditos de Carbono Os grupos de alto interesse consideram os respondentes que declararam-se muito interessado ou mais ou menos interessado tanto no processo de compensação de crédito de Carbono, quanto na aquisição de bens de consumo/duráveis e imóveis sabendo que um valor específico seria acrescido ao valor final de venda. Dessa forma temos: Bens de consumo Bens duráveis Imóveis Base: (375) (380) (355) % 24

25 Perfil de alto interesse no processo de compensação de créditos de Carbono Total Bens de Consumo Bens Duráveis Imóveis Base (502) (375) (380) (355) Sexo Masculino 47% 46% 46% 45% Feminino 53% 54% 54% 55% Faixas Etárias 20 a 34 anos 53% 50% 51% 51% 35 a 54 anos 39% 40% 39% 40% 55 anos ou mais 8% 10% 10% 9% Regiões do Brasil Sudeste 52% 52% 52% 54% Sul 16% 17% 17% 15% Nordeste 18% 19% 19% 18% Centro Oeste + Norte 14% 12% 13% 13% Escolaridade Até a 4º série do Ensino Fundamental 0% 0% 0% 0% (antigo primário) De 5º a 8º série do Ensino Fundamental (antigo ginásio) 4% 4% 4% 4% Ensino Médio (antigo colegial) 51% 50% 51% 50% Superior 34% 36% 37% 37% MBA/ Pós-graduação/ Mestrado/ 10% 10% 9% 9% Doutorado Classe sócio demográfica Classe A/B 45% 45% 45% 46% Classe C 55% 55% 55% 54% Faixas de Renda Familiar Mais de R$ 7.880,01 12% 13% 13% 12% Mais de R$ 3.940,01 até r$ 7.880,00 23% 22% 22% 22% Mais de R$ 1.576,01 até r$ 3.940,00 35% 38% 38% 39% Mais de R$ 788,01 até r$ 1.576,00 19% 19% 19% 19% Até R$ 788,00 4% 3% 3% 4% Não respondeu 7% 5% 5% 4% É semelhante ao total da amostra o perfil dos internautas que mostram interesse no processo de compensação de créditos de Carbono em relação a bens de consumo e duráveis e imóveis. 25

26 Como a compensação com créditos de Carbono influenciaria na imagem de uma empresa % 55 ou + anos: 81% Região Sul: 81% 73% 4% 13% 10% Melhoraria Pioraria Ficaria igual Não sei Base: Amostra (502) P15) Caso uma empresa passasse a oferecer a compensação com créditos de Carbono, o(a) sr(a) diria que a imagem que tem sobre ela melhoraria, pioraria ou ficaria igual? (RU) 26

27 Características associadas a empresas que ofereçam a compensação com créditos de Carbono % Preocupada com o meio ambiente ou + anos: 64% Região Sul: 68% Preocupada com a comunidade/ sociedade 37 Região Sul: 45% Moderna 29 Só quer melhorar sua imagem 24 Preocupada com o cliente 20 Índice de Multiplicidade 2,2 À frente de seu tempo Dinâmica ou + anos: 26% Interesseira, só quer saber de ganhar dinheiro Não associaria a nenhuma dessas características 6 12 P16) Considerando que uma empresa ofereça a compensação com créditos de Carbono, o(a) sr(a) associaria essa empresa a quais das características abaixo por ela oferecer esse serviço? (RM) 27

28 Principais destaques por características demográficas 28

29 Destaques 55 anos de idade ou mais Mais interessados nas questões relacionadas ao meio ambiente; Maior preocupação com tratamento do lixo e tratamento de esgoto, porém menor preocupação com poluição/não abastecimento da água; Afirmam, em maior grau que... separam o lixo, consomem apenas o essencial, fazem o plantio de árvores e deixam de comprar produtos que afetam o meio ambiente; o aquecimento global, embora deva ser enfrentado agora, ocorrerá somente daqui alguns anos; as queimadas e a criação de gado são responsáveis pela emissão de gases poluentes. Levam mais em conta se a forma de produção é ambientalmente correta; Afirmam conhecer, em maior grau, sobre os créditos de carbono; também manifestam maior interesse no processo de compensação, além de afirmarem com maior contundência que uma empresa que faz a compensação teria melhor imagem, ligando muito fortemente à noção de preocupação com o meio ambiente. Devido a base deste público, os destaques devem ser considerados como tendências 29

30 Destaques Região Sul Afirmam, em maior grau que... separam o lixo e fazem o plantio de árvores; o aquecimento global, embora deva ser enfrentado agora, vai ocorrer somente daqui alguns anos; os automóveis/motocicletas são responsáveis pela emissão de gases poluentes. São mais indecisos sobre pagar mais caro em relação a produtos ambientalmente corretos: depende do quão mais caro ficar... mesmo assim, manifestam maior interesse na compra de bens duráveis; Afirmam em maior grau que teriam uma melhor imagem de uma empresa que faz a compensação de créditos de carbono, ligando-a muito fortemente à noção de ser preocupada com o meio ambiente e em ser uma empresa preocupada com a comunidade / sociedade. Devido a base deste público, os destaques devem ser considerados como tendências 30

31 Destaques Regiões Norte / Centro-Oeste Afirmam, em maior grau, que são mais preocupados com o tratamento e o acúmulo de lixo; Comparativamente ao total da amostra, são menos assertivos em evitar o desperdício de água, separar o lixo, dar preferência a empresas que tenham preocupações e ações de conservação ambiental e deixar de comprar produtos que afetam o meio ambiente; Na hora de comprar um produto, levam menos em conta se a forma de produção foi ambientalmente correta. Devido a base deste público, os destaques devem ser considerados como tendências 31

32 Segmentação Nível de interesse em créditos de carbono 32

33 Nível de interesse em créditos de carbono Há cinco perguntas indagando sobre o grau de interesse em questões ambientais. Os pontos são: Interesse em questões relacionadas ao meio ambiente; Interesse em compensação de créditos de carbono a partir da emissão de gases das atividades produtivas do setor industrial e de construção civil; Interesse em compensação de créditos de carbono a partir da emissão de gases na produção de bens de consumo; Interesse em compensação de créditos de carbono a partir da emissão de gases na produção de bens duráveis; Interesse em compensação de créditos de carbono a partir da emissão de gases na produção de imóveis e empreendimentos. Para cada uma das perguntas com escala de Muito interessado, mais ou menos interessado, pouco interessado e nada interessado, foram segmentados aqueles que declararam-se muito interessado da seguinte forma: Nenhuma ou uma vez nas cinco perguntas Interesse Pontual 38% Duas ou três vezes nas cinco perguntas Interesse Significativo 32% Quatro ou cinco vezes nas cinco perguntas Interesse Extremo 30% 33

34 Total Segmentação - Nível de Interesse Pontual Significativo Extremo Base (502) (190) (159) (153) Sexo Masculino 47% 56% 40% 44% Feminino 53% 44% 60% 56% Faixas Etárias 20 a 34 anos 53% 56% 54% 47% 35 a 54 anos 39% 37% 35% 45% 55 anos ou mais 8% 7% 11% 8% Regiões do Brasil Sudeste 52% 52% 53% 50% Sul 16% 17% 14% 16% Nordeste 18% 16% 18% 20% Centro Oeste + Norte 14% 15% 14% 13% Escolaridade Até a 4º série do Ensino Fundamental (antigo primário) 0% 0% 1% 0% De 5º a 8º série do Ensino Fundamental (antigo ginásio) 4% 6% 3% 3% Ensino Médio (antigo colegial) 51% 48% 58% 48% Superior 34% 34% 28% 41% MBA/ Pós-graduação/ Mestrado/ Doutorado 10% 13% 10% 8% Classe sócio demográfica Classe A/B 45% 48% 38% 49% Classe C 55% 52% 62% 51% Faixas de Renda Familiar Mais de R$ 7.880,01 12% 14% 13% 10% Mais de R$ 3.940,01 até R$ 7.880,00 23% 25% 23% 20% Mais de R$ 1.576,01 até R$ 3.940,00 35% 29% 35% 42% Mais de R$ 788,01 até R$ 1.576,00 19% 17% 21% 20% Até R$ 788,00 4% 3% 5% 3% Não respondeu 7% 12% 4% 5% continua... 34

35 Total Segmentação - Nível de Interesse Pontual Significativo Extremo Base Conhecimento sobre Créditos de Carbono Conhece muito + Conhece mais ou menos 48% 40% 50% 57% Conhece pouco + Não conhece 52% 60% 50% 43% Base Compensação créditos de carbono - Bens de consumo Alto interesse 75% 52% 80% 98% Médio/baixo interesse 25% 48% 20% 2% Compensação créditos de carbono - Bens duráveis Alto interesse 76% 54% 81% 98% Médio/baixo interesse 24% 46% 19% 2% Compensação créditos de carbono - Imóveis Alto interesse 71% 45% 77% 96% Médio/baixo interesse 29% 55% 23% 4%...continuação 35

36 Principais características por segmento Pontual Significativo Homens Mulheres Conhece pouco ou não conhece o conceito de Crédito de Carbono Ensino médio Classe C Extremo Ensino Superior Renda entre 2 e 5 Salários Mínimos Declaram maior conhecimento sobre o assunto Créditos de Carbono Demonstram maior interesse em compensação de créditos de carbono bens de consumo, bens duráveis e Imóveis 36

37 Principais aprendizados e Conclusões 37

38 Principais aprendizados Os entrevistados declaram grande interesse nas questões relacionadas ao meio ambiente. As principais preocupações ambientais são relativas à agua (poluição, problemas de abastecimento), os desmatamentos e também ao aquecimento global. Em um segundo patamar há a preocupação com o tratamento do lixo, tratamento de esgoto e a poluição do ar. Visando diminuir os impactos que o estilo de vida atual traz ao meio ambiente, a maior parte dos entrevistados afirma contribuir para a conservação ambiental não jogando lixo nas ruas, além de evitar o desperdício de água e também de energia elétrica. Especificamente em relação ao aquecimento global, é quase unânime entre os respondentes que o aumento da temperatura média da Terra é um fato grave, e a maior parte entende que é um problema imediato, que deve ser combatido urgentemente. Indústrias, os ônibus/caminhões, os automóveis/motocicletas e as queimadas são apontados como os maiores responsáveis pela emissão de gases poluentes. 38

39 Principais aprendizados Há uma ampla percepção de que as empresas não declaram de forma apropriada tanto os impactos causados no meio ambiente para a fabricação de seus produtos, quanto os procedimentos adotados para minimizar os prejuízos ambientais. Quando questionados sobre aspectos de produção em relação à preocupação com o meio ambiente, a grande maioria concorda com a afirmação de que os fabricantes têm obrigação de prevenir os problemas que podem causar ao meio ambiente. Por sua vez, há ampla discordância com as seguintes frases: Apenas empresas muito lucrativas podem se preocupar com ação social ; Empresas que não preservam o meio ambiente lucram menos que as outras ; A maioria das empresas monitora o impacto ambiental de suas atividades ; Só a classe alta pode se dar ao luxo de comprar produtos que não agridam ao meio ambiente. Há uma maior disposição dos respondentes em observar se a forma de produção é ambientalmente correta e, ao mesmo tempo, estarem dispostos a pagar mais caro por esse produto/imóvel: 29% tem essa disposição para a compra de produtos, e 27% para a compra de imóveis. 39

40 Principais aprendizados Em compensação, há também uma parcela significativa que raramente observa a questão da produção ambientalmente correta. Para esses respondentes, a disposição para pagar mais vai depender do quanto mais caro é o produto/imóvel: 25% tem esse comportamento para produtos, e 23% para a compra de imóveis. Um pouco menos de metade da amostra afirma conhecer bem ou mais ou menos sobre os créditos de carbono; há grande interesse no processo de compensação, principalmente quando relacionados à compra de bens de consumo e de bens duráveis. A compensação financeira sobre a emissão de dióxido de carbono certamente seria positiva para a imagem de uma empresa, ligando-a ao fato de ser preocupada com o meio ambiente e com a sociedade. É importante ressaltar que há alguns perfis que tendem a se destacar nas preocupações e ações em relação ao meio ambiente e aos créditos de carbono: as pessoas com 55 anos de idade ou mais e as que residem na Região Sul são as que declaram maior ligação com o assunto. Em contrapartida, respondentes que residem nas regiões Norte e Centro-Oeste tendem a se distanciar um pouco mais dos tópicos abordados no estudo. 40

41 Principais aprendizados A amostra foi segmentada de acordo com o grau de interesse em questões ambientais, incluindo o processo de compensação de créditos de Carbono a partir da emissão de gases na produção de bens de consumo, de bens duráveis e também na produção de imóveis e empreendimentos. O menor interesse demonstrado (pontual) caracteriza-se por uma maior concentração de homens e também de pessoas que conhecem pouco sobre créditos de carbono. Por sua vez, o interesse significativo tem como destaque a maior presença de mulheres, de pessoas com ensino médio e também da classe C. Já o segmento de interesse extremo é composto por mais pessoas com escolaridade superior, com renda mensal familiar entre 2 e 5 salários mínimos e também de pessoas que afirmam conhecer muito ou mais ou menos sobre créditos de carbono. Há também maior incidência entre os que manifestam alto interesse na compensação de créditos de carbono em bens de consumo, bens duráveis e imóveis/ empreendimentos. 41

42 Conclusões A ideia de comprar bens de consumo, bens duráveis e imóveis de empresas que façam compensação financeira sobre a emissão de dióxido de carbono tem apelo significativo para a população internauta. Entretanto, para esse apelo se converter em negócios é necessária uma comunicação dirigida que, em primeiro lugar, explique melhor sobre o assunto créditos de carbono, uma vez que ele não é ainda de amplo domínio público. O presente estudo também não considera cenários de preços, promoções, condições de pagamento e qualidade, fatores esses que são importantes no processo de decisão de compra e que podem interferir na viabilidade da compensação financeira sobre a emissão de dióxido de carbono. Além disso, o caminho será ainda mais viável se a empresa divulgar de forma contundente tanto os impactos que a produção traz ao meio ambiente quanto as ações que a empresa realiza para diminuir o impacto ambiental (que é onde a compensação com créditos de carbono pode ser inserida). 42

43 Conclusões Esse apelo pode ser demonstrado pelo interesse declarado dos respondentes, reforçada pelos seguintes indicadores: Alto grau de interesse nas questões relacionadas ao meio ambiente; Preocupação demonstrada quanto ao aquecimento da Terra; Alta demanda na exigência das empresas se preocuparem com os impactos ambientais que causam; Percepção de que a compra de produtos ambientalmente corretos não é um privilégio das classes ricas ; Percepção de que a preocupação com o meio ambiente não é monopólio das empresas lucrativas ; Alto interesse na inserção dos créditos de carbono no processo de compra de bens de consumo, bens duráveis e imóveis. Os respondentes da Região Sul e os com maior idade tendem a ser mais receptivos ao assunto, enquanto os situados nas regiões Norte e Centro-Oeste tendem a ser um pouco mais distantes. 43

44 Obrigado!

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE MAIO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE MAIO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE MAIO/2012 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade DIRETORIA DE POLÍTICAS E ESTRATÉGIA José Augusto

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE DEZEMBRO/2010

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE DEZEMBRO/2010 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: MEIO AMBIENTE DEZEMBRO/2010 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade Diretoria Executiva - DIREX Diretor: José Augusto

Leia mais

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Reforma Política Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Introdução 2 Objetivos Abrangência Geográfica Método de coleta Datas

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros O que o brasileiro pensa sobre a conservação e o uso da água no Brasil METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para subsidiar o planejamento

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

Jus>fica>va. Obje>vos

Jus>fica>va. Obje>vos Jus>fica>va O Brasil está entre os dez maiores emissores de gases de efeito estufa do mundo e a cada ano os brasileiros de Norte a Sul do país são mais afetados pelas consequências das mudanças climá>cas

Leia mais

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011

Pesquisa IBOPE Ambiental. Setembro de 2011 Pesquisa IBOPE Ambiental Setembro de 2011 Com quem falamos? Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo geral Identificar

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil CONSELHO DE CLASSE A visão dos professores sobre educação no Brasil INTRODUÇÃO Especificações Técnicas Data do Campo 19/06 a 14/10 de 2014 Metodologia Técnica de coleta de dados Abrangência geográfica

Leia mais

O BRASILEIRO E AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

O BRASILEIRO E AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL O BRASILEIRO E AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS Novembro/2009 2 O brasileiro e as mudanças climáticas O DataSenado realizou pesquisa de opinião pública de abrangência nacional

Leia mais

1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL. IBOPE Opinião

1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL. IBOPE Opinião 1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas

Leia mais

Job: 11/1217 PROJETO ÁGUA

Job: 11/1217 PROJETO ÁGUA Job: 11/1217 PROJETO ÁGUA Introdução Introdução Com objetivo de compreender melhor o uso da água e o nível de consciência da população em relação aos problemas relativos ao tema, o WWF solicitou ao Ibope

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Julho de 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Perfil do Consumidor Brasileiro Brasileiros barganham e esperam promoções para adquirir bens de maior valor 64% Esperam por promoções para ir às compras

Leia mais

Pesquisa Pantanal. Job: 13/0528

Pesquisa Pantanal. Job: 13/0528 Pesquisa Pantanal Job: 13/0528 Objetivo, metodologia e amostra Com objetivo de mensurar o conhecimento da população sobre o Pantanal, o WWF solicitou ao Ibope um estudo nacional para subsidiar as iniciativas

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil Junho de 2014

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil Junho de 2014 Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Junho de 2014 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Especificações Técnicas Universo População brasileira

Leia mais

Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante

Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante Simone Cardoso O aquecimento global, tema tão recorrente na mídia e na mente de ambientalistas e estudiosos, é assunto do último levantamento

Leia mais

Aquecimento Global e Desastres Naturais

Aquecimento Global e Desastres Naturais Aquecimento Global e Desastres Naturais Tyago Hoffmann Tema constante na mídia nos últimos, o aquecimento global foi o tema da presente pesquisa da Futura, realizada com os capixabas da Grande Vitória.

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO MARÇO DE 2012 JOB2178 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Entender como a população brasileira percebe questões relacionadas

Leia mais

LEVANTAMENTO SOCIOECONÔMICO E AMBIENTAL

LEVANTAMENTO SOCIOECONÔMICO E AMBIENTAL LEVANTAMENTO SOCIOECONÔMICO E AMBIENTAL Resultado dos questionários aplicados Julho/2011 Índice 1. DADOS PESSOAIS... 3 2. DADOS SOCIOECONÔMICOS E CULTURAIS... 4 3. QUALIDADE DE VIDA... 5 ANEXO A QUESTIONÁRIO

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ONG WWF MAIO 2003 OPP 065 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar informações para subsidiar o planejamento e avaliação da comunicação da WWF e

Leia mais

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável

Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Os brasileiros diante da microgeração de energia renovável Contexto Em abril de 2012, o governo através da diretoria da agência reguladora de energia elétrica (ANEEL) aprovou regras destinadas a reduzir

Leia mais

METODOLOGIA E AMOSTRA

METODOLOGIA E AMOSTRA SOBRE A PESQUISA METODOLOGIA E AMOSTRA Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral O projeto tem por objetivo geral mapear as percepções,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA SETEMBRO DE 2008 JOB796 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas à Ilhabela. Ilhabela

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE TRANSGÊNICOS JULHO 2001 OPP 081 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar junto a população da área em estudo opiniões sobre os transgênicos. - Brasil.

Leia mais

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable Previdência Privada no Mercado Brasileiro Nobody s Unpredictable Objetivos e Características 2 Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL WWF Brasil Maio/ 2003 OBJETIVOS: Levantar informações para subsidiar o planejamento e a avaliação da comunicação da WWF Brasil. Gerar conhecimentos relevantes

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E TRIBUTAÇÃO MARÇO/2011

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E TRIBUTAÇÃO MARÇO/2011 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E TRIBUTAÇÃO MARÇO/2011 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade Diretoria Executiva

Leia mais

Tema: O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender. tomada de decisão do jovem na hora da compra.

Tema: O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender. tomada de decisão do jovem na hora da compra. Radar Jovem 2015 Tema: Já sabemos que o jovem é um dos consumidores que mais possui poder aquisitivo do país*. O que, como, quando e quanto compra é o que precisamos entender agora. Nesse estudo iremos

Leia mais

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto

Capítulo 21 Meio Ambiente Global. Geografia - 1ª Série. O Tratado de Kyoto Capítulo 21 Meio Ambiente Global Geografia - 1ª Série O Tratado de Kyoto Acordo na Cidade de Kyoto - Japão (Dezembro 1997): Redução global de emissões de 6 Gases do Efeito Estufa em 5,2% no período de

Leia mais

Apresentação. Soluções para resolv. Legislação penal. Conclusão

Apresentação. Soluções para resolv. Legislação penal. Conclusão SUMÁRIO Apresentação Introdução Soluções para resolv esolver er a violência e a criminalidade Popularidade de possíveis soluções Políticas sociais x políticas de segurança Redução da maioridade penal Legislação

Leia mais

METODOLOGIA. Realização

METODOLOGIA. Realização // METODOLOGIA OBJETIVOS DA PESQUISA Produzir um painel de informações públicas sobre consciência ambiental no país; Continuar uma série histórica iniciada em 1991 sobre o tema; Conhecer os hábitos de

Leia mais

ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL

ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL ENSINO DE QUÍMICA: VIVÊNCIA DOCENTE E ESTUDO DA RECICLAGEM COMO TEMA TRANSVERSAL MENDONÇA, Ana Maria Gonçalves Duarte. Universidade Federal de Campina Grande. E-mail: Ana.duartemendonca@gmail.com RESUMO

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Outubro/ 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar o nível de satisfação dos estudantes com relação às FATECs

Leia mais

Anexo III da Resolução n o 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima

Anexo III da Resolução n o 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima Anexo III da Resolução n o 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável I Introdução O Projeto Granja São Roque de redução

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

DICAS PARA UM MUNDO MELHOR

DICAS PARA UM MUNDO MELHOR DICAS PARA UM MUNDO MELHOR Cartilha do Meio Ambiente Mobilização Energia Transporte Água CUIDANDO DO FUTURO Desenvolvimento sustentável define-se como aquele que atende às necessidades do presente sem

Leia mais

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 Este encarte Tendências aborda as manifestações populares que tomaram as grandes cidades brasileiras em junho

Leia mais

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo.

Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade IV Natureza sociedade: questões ambientais. Aula 19 Conteúdo O homem e o meio ambiente. Principais problemas ambientais do mundo. 2 CONTEÚDO

Leia mais

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007 População brasileira Música - Internet Propaganda Outubro/ 00 Objetivo Este estudo têm como objetivo identificar entre a população brasileira os seguintes aspectos: Música estilo musical mais ouvido; Internet

Leia mais

Módulo 12 Segmentando mercados

Módulo 12 Segmentando mercados Módulo 12 Segmentando mercados Há alguns anos que os profissionais de marketing perceberam que não se pode atender todo o mercado com um único composto de produto. Nem todos os consumidores querem um carro

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O USO DA ÁGUA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O USO DA ÁGUA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O USO DA ÁGUA FEVEREIRO DE 2011 JOB087 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral mapear as percepções, opiniões e atitudes da

Leia mais

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2. Entrevistador: Nome do entrevistado: Telefone: (xx)xxxxxxxx N : Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.Rural Estado: AC AP DF MA MT PE RJ RR SE AL BA ES MG PA PI RN RS SP AM CE GO MS PB PR

Leia mais

Perfil das empresas. Porte da Empresa. Tipo de indústria. (NA) (%) Média 84 55 De 100 a 499 funcionários Grande 69 45 500 ou mais funcionários

Perfil das empresas. Porte da Empresa. Tipo de indústria. (NA) (%) Média 84 55 De 100 a 499 funcionários Grande 69 45 500 ou mais funcionários Perfil das empresas Porte da Empresa (NA) Média 84 De 00 a 499 funcionários Grande 69 4 00 ou mais funcionários 3 00 Tipo de indústria (NA) Indústria/agência de embalagens 33 Usuária de embalagens 02 67

Leia mais

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO MULHER NO MERCADO DE TRABALHO Tâmara Freitas Barros A mulher continua a ser discriminada no mercado de trabalho. Foi o que 53,2% dos moradores da Grande Vitória afirmaram em recente pesquisa da Futura,

Leia mais

CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO

CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO CAPÍTULO 3 PROTOCOLO DE KIOTO Medidas estão sendo tomadas... Serão suficientes? Estaremos, nós, seres pensantes, usando nossa casa, com consciência? O Protocolo de Kioto é um acordo internacional, proposto

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENSINO BÁSICO JULHO DE 2006 OPP165 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas ao ensino básico.

Leia mais

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa

Meio Ambiente PROJETOS CULTURAIS. 4 0 a O - fu dame tal. Cuidar da vida também é coisa de criança. Justificativa Meio Ambiente 4 0 a O - fu dame tal Cuidar da vida também é coisa de criança Justificativa PROJETOS CULTURAIS Na idade escolar, as crianças estão conhecendo o mundo (Freire, 1992), sentindo, observando,

Leia mais

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1 Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015 Perspectivas da economia / Comprometimento de renda Novembro/2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: Pesquisa para

Leia mais

SIPS. Paulo Corbucci

SIPS. Paulo Corbucci SIPS Educação Paulo Corbucci Brasília lia,, 28 de fevereiro de 2011 SOBRE O SIPS O Sistema de Indicadores de Percepção Social (SIPS), elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), é uma

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO SOBRE A REDE PARTICULAR DE ENSINO FEDERAÇÃO NACIONAL DAS ESCOLAS PARTICULARES DEZEMBRO - 2005 DIVULGAÇÃO JANEIRO

PESQUISA DE OPINIÃO SOBRE A REDE PARTICULAR DE ENSINO FEDERAÇÃO NACIONAL DAS ESCOLAS PARTICULARES DEZEMBRO - 2005 DIVULGAÇÃO JANEIRO IBOPE PESQUISA DE OPINIÃO SOBRE A REDE PARTICULAR DE ENSINO FEDERAÇÃO NACIONAL DAS ESCOLAS PARTICULARES DEZEMBRO - 2005 DIVULGAÇÃO JANEIRO - 2006 Proibida reprodução total ou parcial sem autorização expressa

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Rio de Janeiro, 21/09/2012 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS?

REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? REFLEXÕES SOBRE A VIDA NO PLANETA: SOMOS CONSUMIDORES RESPONSÁVEIS? Ensino Fundamental II e Ensino Médio O sistema capitalista move a nossa sociedade, sendo um modelo econômico atual que pressupõe uma

Leia mais

Ciências Contábeis. O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos:

Ciências Contábeis. O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos: Ciências Contábeis Padrão de Resposta O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos: A A ideia de que desenvolvimento sustentável pode ser entendido como proposta ou processo

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Consulta Pública Ambiental. Experiências e resultados CICLO 2014

Consulta Pública Ambiental. Experiências e resultados CICLO 2014 Consulta Pública Ambiental Experiências e resultados CICLO 2014 www.sosma.org.br São Paulo/Brasil www.ipm.org.br São Paulo/Brasil Consulta Pública Ambiental Apresentação da metodologia A Consulta Pública

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

1. Fundamentos da Economia do Meio Ambiente. 2. Política Ambiental e Instrumentos Econômicos. 3. Economia dos Recursos Naturais

1. Fundamentos da Economia do Meio Ambiente. 2. Política Ambiental e Instrumentos Econômicos. 3. Economia dos Recursos Naturais 1. Fundamentos da Economia do Meio Ambiente 2. Política Ambiental e Instrumentos Econômicos 3. Economia dos Recursos Naturais 4. Métodos de Valoração Econômica Ambiental 5. Indicadores e Contabilidade

Leia mais

A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO

A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO A CARTA DE BANGKOK PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE EM UM MUNDO GLOBALIZADO Introdução Escopo A Carta de Bangkok identifica ações, compromissos e promessas necessários para abordar os determinantes da saúde em

Leia mais

MERCADO DE CIRURGIA PLÁSTICA NO BRASIL 2009

MERCADO DE CIRURGIA PLÁSTICA NO BRASIL 2009 MERCADO DE CIRURGIA PLÁSTICA NO BRASIL 2009 Metodologia e Amostra Ficha Técnica Objetivos Traçar um diagnóstico do mercado brasileiro de cirurgia plástica, através do levantamento e informações referentes

Leia mais

CST Marketing. O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos:

CST Marketing. O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos: CST Marketing Padrão de Resposta O estudante deve redigir texto dissertativo, abordando os seguintes tópicos: A A ideia de que desenvolvimento sustentável pode ser entendido como proposta ou processo que

Leia mais

Consultando a população de sete capitais sobre meio ambiente e qualidade de vida Realização:

Consultando a população de sete capitais sobre meio ambiente e qualidade de vida Realização: Consultando a população de sete capitais sobre meio ambiente e qualidade de vida Realização: PRINCIPAL OBJETIVO PESQUISA QUANTITATIVA Fornecer informações sobre o conhecimento acerca do GREENPEACE e suas

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO

01/12/2012 MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL. Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO MEIO AMBIENTE E RESPONSABILIDADE SOCIAL Guarantã do Norte/MT A SOCIEDADE ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO TAREFAS ESTRUTURA PESSOAS AMBIENTE TECNOLOGIA ÊNFASE NAS TAREFAS Novos mercados e novos conhecimentos ÊNFASE

Leia mais

Magazine Meio Ambiente

Magazine Meio Ambiente Página 1 de 5 Magazine Meio Ambiente MEIO AMBIENTE Dez atitudes domésticas ecologicamente corretas Publicado a 28 Janeiro 2011 por Danielrox01 Substituir sacolas de plástico A sacola de plástico é a atual

Leia mais

ANOTE RESPOSTA NO QUADRO ABAIXO

ANOTE RESPOSTA NO QUADRO ABAIXO ALAMEDA SANTOS, Nº 2.101 SÃO PAULO CÓDIGO FORNECEDOR: INÍCIO: : TÉRMINO: : NÚMERO DO QUESTIONÁRIO: JOB Nº 10_192-16 BRASIL 2.002 ENTREVISTAS 24/09/2010 FOLHA DE AMOSTRA: DISTRITO: SETOR IBGE: SETOR IBOPE:

Leia mais

Ideal Qualificação Profissional

Ideal Qualificação Profissional 2 0 1 1 Finalista Estadual - SP Categoria Serviços de Educação 2 0 1 2 Vencedora Estadual - SP Categoria Serviços de Educação 2 0 1 2 Finalista Nacional Categoria Serviços de Educação Apresentação O desenvolvimento

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE

INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE 12:43 Page 1 INSTRUÇÕES PARA A COLETA SELETIVA DO LIXO E DICAS DE CONSUMO CONSCIENTE Jardins é Page 2 LIXO UM PROBLEMA DE TODOS Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso de todos. Uma pessoa é capaz

Leia mais

Maioria das empresas já adota ou pretende adotar medidas que contribuem para o controle das emissões

Maioria das empresas já adota ou pretende adotar medidas que contribuem para o controle das emissões Ano 7 Número 05 dezembro de 2009 www.cni.org.br Mudança Climática Maioria das empresas já adota ou pretende adotar medidas que contribuem para o controle das emissões 97% das empresas industriais têm conhecimento

Leia mais

A NovaSB desenvolveu um estudo proprietário com metodologia inovadora que teve como objetivo mapear o comportamento e valores dos brasileiros.

A NovaSB desenvolveu um estudo proprietário com metodologia inovadora que teve como objetivo mapear o comportamento e valores dos brasileiros. Strategic Communication Seminar Enviroment and Sanitation Media Channels Identification of Power and Interest : targeting strategies Inova A NovaSB desenvolveu um estudo proprietário com metodologia inovadora

Leia mais

PESQUISA SOBRE HÁBITOS RELACIONADOS AO MEIO-AMBIENTE ABES-RS. INSTITUTO METHODUS www.methodus.srv.br methodus@methodus.srv.

PESQUISA SOBRE HÁBITOS RELACIONADOS AO MEIO-AMBIENTE ABES-RS. INSTITUTO METHODUS www.methodus.srv.br methodus@methodus.srv. PESQUISA SOBRE HÁBITOS RELACIOADOS AO MEIO-AMBIETE ABES-RS ISTITUTO METHODUS www.methodus.srv.br methodus@methodus.srv.br (51) 32212582 Porto Alegre/ julho de 2006 1 1- APRESETAÇÃO Realizada pelo Instituto

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro 1 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro Roberta Atherton Magalhães Dias No ano de 2005, a Futura realizou uma pesquisa que avaliava, na percepção dos capixabas,

Leia mais

PROJETO Manifestações de Março/2015

PROJETO Manifestações de Março/2015 PROJETO Manifestações de Março/2015 NOTA METODOLÓGICA Tipo de pesquisa: Quantitativa, realizada face a face, com aplicação de questionário estruturado, de cerca de 10 minutos de duração, composto por questões

Leia mais

*O segmento é constituído de cerca de 138 mil lojas em todo o Brasil, dos quais 77% são pequenos e médios estabelecimentos.

*O segmento é constituído de cerca de 138 mil lojas em todo o Brasil, dos quais 77% são pequenos e médios estabelecimentos. Fonte: A Construção do Desenvolvimento Sustentado, UNC, 2006 *O segmento é constituído de cerca de 138 mil lojas em todo o Brasil, dos quais 77% são pequenos e médios estabelecimentos. *A cadeia da Construção

Leia mais

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1

Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Unidade IV Ser Humano e saúde. Aula 17.1 Conteúdo: O efeito estufa. Habilidade: Demonstrar uma postura crítica diante do uso do petróleo. REVISÃO Reações de aldeídos e cetonas. A redução de um composto

Leia mais

3º Congresso Internacional de Tecnologias para o Meio Ambiente

3º Congresso Internacional de Tecnologias para o Meio Ambiente Pegada Ecológica dos Diferentes Grupos Sociais que compõem a Comunidade Acadêmica da Universidade Federal do Rio Grande FURG Anaí Fontoura Lessa 1, Thaís Antolini Veçozzi 2 1 Curso de Tecnologia em Gestão

Leia mais

PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP INFLAÇÃO JUNHO/2015 SUMÁRIO

PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP INFLAÇÃO JUNHO/2015 SUMÁRIO PESQUISA PULSO BRASIL FIESP/CIESP INFLAÇÃO JUNHO/2015 SUMÁRIO A pesquisa revela que a inflação está alterando o consumo das pessoas. A maioria dos entrevistados vem percebendo grandes aumentos de preços

Leia mais

Pesquisa de opinião Profissional de comunicação e sustentabilidade

Pesquisa de opinião Profissional de comunicação e sustentabilidade Pesquisa de opinião Profissional de comunicação e sustentabilidade O Instituto ABERJE de Pesquisas (DATABERJE) realizou uma pesquisa de opinião sobre sustentabilidade com mulheres da área de comunicação,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS JULHO DE 2013 JOB2726-8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Trata-se de uma pesquisa de acompanhamento da opinião pública

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese 2014 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese Dieese Subseção Força Sindical 19/09/2014 PESQUISA NACIONAL POR AMOSTRA DE DOMICILIOS - PNAD 2013 Síntese dos Indicadores POPULAÇÃO A Pesquisa

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição

Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição TIC DOMICÍLIOS 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição PESQUISA SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2008 NIC.BR

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

Estudo realizado pela Toledo & Associados com exclusividade para. São Paulo Janeiro de de 2010

Estudo realizado pela Toledo & Associados com exclusividade para. São Paulo Janeiro de de 2010 Estudo realizado pela Toledo & Associados com exclusividade para São Paulo Janeiro de de 2010 Back Ground A Pesquisa de Imagem dos Transportes na Região Metropolitana de São Paulo vem sendo realizada anualmente,

Leia mais

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS EM CONDOMINIOS Miguel Tadeu Campos Morata Engenheiro Químico Pós Graduado em Gestão Ambiental Considerações Iniciais Meta - A sobrevivência e perpetuação do seres humanos no Planeta. Para garantir a sobrevivência

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015 Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA Janeiro/2015 OBJETIVOS Objetivo Principal: Esta estudo teve como objetivo principal verificar e quantificar a opinião pública brasileira quanto ao tema Segurança

Leia mais

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015 Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis Agosto de 2015 2 A Lei nº 15.374 de 2011 proíbe a disponibilização de sacolas plásticas descartáveis nos estabelecimentos comerciais

Leia mais

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil

Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Pesquisa Nacional Fiesp/IBOPE sobre o Perfil do Consumo de Alimentos no Brasil Introdução e objetivo Para avaliar o grau de aderência do consumidor brasileiro às tendências internacionais, a Fiesp encomendou

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

Bingo das atitudes sustentáveis

Bingo das atitudes sustentáveis de educação ambie s e d a ntal id Ativ Bingo das atitudes sustentáveis 4º a no do tal n e Ensino Fundam Autora: Alessandra M. Cavichia Atanazio Atividades de educação ambiental Bingo das Atitudes Sustentáveis

Leia mais

Objetivo construção de um cenário

Objetivo construção de um cenário Objetivo Levantar informações junto aos professores de Educação Física e aos diretores / vice diretores das escolas públicas brasileiras, de modo a permitir o mapeamento e a construção de um cenário sobre

Leia mais

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros 1 of 5 11/26/2010 2:57 PM Comunicação Social 26 de novembro de 2010 PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009 Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros O número de domicílios

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Previdência 20 Maioria dos brasileiros apoia mudanças na previdência Sete em cada dez brasileiros reconhecem que o sistema previdenciário brasileiro apresenta

Leia mais

ENERGIA X MEIO AMBIENTE: O QUE DIZ O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DE FURNAS?

ENERGIA X MEIO AMBIENTE: O QUE DIZ O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DE FURNAS? ENERGIA X MEIO AMBIENTE: O QUE DIZ O RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE DE FURNAS? Maranhão, R.A. 1 1 PECE/POLI/USP, MBA em Gestão e Tecnologias Ambientais, Biológo e Mestre em Geografia, romeroalbuquerque@bol.com.br

Leia mais

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012

Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 Uso do Crédito (consumidores) Setembro 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Consumidores de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 623 casos, gerando um erro máximo de 3,9%

Leia mais