Treinamento em ACESSO À INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE. 20 de outubro a 15 de dezembro de 2008 A V A L I A Ç Ã O

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Treinamento em ACESSO À INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE. 20 de outubro a 15 de dezembro de 2008 A V A L I A Ç Ã O"

Transcrição

1 Treinamento em ACESSO À INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EM SAÚDE 20 de outubro a 15 de dezembro de 2008 A V A L I A Ç Ã O Ao final do treinamento aplicamos um questionário de avaliação, com o objetivo de coletar as opiniões dos alunos sobre diferentes aspectos do treinamento para que possamos refletir sobre sua qualidade e repensar nossas atividades de forma a favorecer o processo ensino/aprendizagem em realizações futuras. A consolidação dos dados, obtidos com o questionário, é apresentada a seguir. O treinamento Não me proporcionou conhecimentos além dos já possuídos 0 0% Proporcionou-me novos conhecimentos sobre o assunto % Durante o treinamento teve oportunidade de reformular conceitos e pontos de vista que tinha a respeito do assunto? Sim % Não 0 0%

2 Conhecimento a respeito do assunto abordado Vago 2 13% Algum 8 53% Bom 5 33% Amplo 0 0% Conhe cime nto que o aluno de tinha sobre os assuntos abordados 0% 13% 33% 53% Conhecimento vago Algum conhecim ento Bons conhecimentos Am plo conhecim ento

3 O treinamento Trouxe-me orientação segura para a aplicação de novas técnicas (processos) no campo de minha atividade 11 79% Trouxe-me a certeza de que estou utilizando as técnicas mais adequados no campo de minha atividade profissional 3 21% O que o treinamento proporcionou ao aluno 21% 79% Orientação segura para aplicação de novas técnicas Certeza de que estou utilizando as técnicas mais adequadas

4 Assuntos que despertaram maior interesse Tema Menções 1º) Portal CAPES 8 2º) BIREME 6 3º) Editor de textos 4 Assuntos que mais despertaram o interesse dos alunos CAPES Bireme Word Acesso as fontes de informação em saúde Planilha Eletrônica Power Point BVS Pesquisa em bibliotecas virtuais Preservação de acervos Tecnologia da Informação Busca de informação na Internet Base de dados Cochrane Diretórios Fontes de pesquisa Informação para tomada de decisão Pesquisa nas bases de dados estrangeiras PubMed Referencias e suportes de informação 2% 2% 2% 2% 2% 2% 5% 5% 5% Respostas a questão: "Quais os assuntos que lhe despertaram maior interesse?" (Três itens de livre preenchimento) 5% 7% 2% 2% 7% 7% 19% 9% 14%

5 Carga horária Disciplina Insuficiente Razoável Excessivo Biblioteca como fonte de informação em C&T 0% 93% 7% Noções básicas de conservação preventiva de acervos 7% 93% 0% Visita à Preservação de Acervos Bibliográficos 0% 92% 8% Visita à Biblioteca de Ciências Biomédicas 15% 85% 0% Informação no apoio a tomada de decisões em C&T 0% 93% 7% Referências e suportes de informação 0% 100% 0% Acesso às Fontes de Informação em Saúde Base de dados Cochrane 0% 93% 7% BVS, SCAD, COMUT 7% 93% 0% Portal da BIREME 0% 100% 0% Portal de Teses Fiocruz 0% 100% 0% Portal de Periódicos CAPES 7% 93% 0% Tecnologias da Informação Hardware, software e sistema operacional 7% 87% 7% Ferramentas para automação de acervos 7% 87% 7% Internet 20% 73% 7% Correio eletrônico 8% 92% 0% Busca de informação na Internet 7% 93% 0% Editor de texto 7% 93% 0% Planilha eletrônica 7% 93% 0% Software para apresentações de slides 13% 80% 7%

6 Conteúdo Disciplina Adequado Inadequado Biblioteca como fonte de informação em C&T 100% 0% Noções básicas de conservação preventiva de acervos 100% 0% Visita à Preservação de Acervos Bibliográficos 100% 0% Visita à Biblioteca de Ciências Biomédicas 100% 0% Informação no apoio a tomada de decisões em C&T 100% 0% Referências e suportes de informação 100% 0% Acesso às Fontes de Informação em Saúde Base de dados Cochrane 100% 0% BVS, SCAD, COMUT 100% 0% Portal da BIREME 100% 0% Portal de Teses Fiocruz 100% 0% Portal de Periódicos CAPES 100% 0% Tecnologias da Informação Hardware, software e sistema operacional 100% 0% Ferramentas para automação de acervos 93% 7% Internet 100% 0% Correio eletrônico 100% 0% Busca de informação na Internet 100% 0% Editor de texto 100% 0% Planilha eletrônica 100% 0% Software para apresentações de slides 100% 0% Exercícios práticos Os exercícios práticos realizados em sala foram considerados adequados por 100% dos alunos.

7 Local/recursos utilizados (equipamento, organização, etc)? Instituto de Comunicação e Informação Sofrível 0 0% Regular 0 0% Bom 5 28% Muito bom 7 39% Excelente 3 17% Recursos utilizados no treinamento (Salas de aulas, equipamentos, organização, etc.) 0% Sofrível Regular 17% 0% 28% Bom Muito bom Excelente 39%

8 De modo geral, classifico o treinamento como Sofrível 0 0% Regular 0 0% Bom 3 17% Muito bom 7 39% Excelente 5 28% Como os alunos classificam o treinamento 0% 0% Sofrível Regular Bom Muito bom Excelente 28% 17% 39%

9 Algumas das críticas e sugestões apresentadas pelos alunos (Os alunos tinham a opção de não se identificarem) A equipe é muito simpática, receptiva, amigável. Os assuntos abordados foram bons e fiquei com gostinho de quero mais. Parabéns! Carlos Alberto da Silva Gostaria de deixar claro o quão prazerosas foram as aulas. Minhas segundas[-feiras] foram muito proveitosas para meu aprendizado. Obrigada à todos que deram aula no curso! Acho que as aulas poderiam ser do outro lado da Av. Brasil [campus do Castelo]. Mas isso é só uma questão de conforto. Ir até a Expansão também foi proveitoso Marcela Alves Abrunhosa Muito bom. Muitas informações. Preciso de mais cursos e buscas à informação para sedimentar aprendizagens. Faltou apenas Introdução à Organização de Banco de Dados para Digitação de Questionário e Análise dos Resultados. EPI INFO Software da Saúde. O conteúdo da disciplina Ferramentas para automação de acervos é muito extenso para assistentes de pesquisa. Maria Cecília Dias Miranda Gostaria de sugerir que essa avaliação fosse feita ao término de cada aula.

10 Que houvesse uma atenção maior aos alunos que não estejam no mesmo nível da turma, refiro-me aos alunos com pouca experiência em realização de pesquisas. Sandra Sahb Os horários do ônibus para a Expansão dificultam a participação no treinamento. Rosimere de Azevedo Freire O curso poderia ser colocado em 2 módulos distintos. Alguns conceitos e técnicas estavam um pouco avançados para aqueles que não são da área de informação, apesar de serem tópicos excelentes. Anônimo Gostaria que nos próximos cursos fossem abordados aspectos de web-semântica. Anônimo

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO CAPES/BRANETEC R E L A T Ó R I O

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO CAPES/BRANETEC R E L A T Ó R I O PROGRAMA DE COOPERAÇÃO CAPES/BRANETEC R E L A T Ó R I O 1. DADOS PESSOAIS: 1.1 Nome Completo: 1.2. CPF: 1.3. Passaporte/Identidade: 1.4. Sexo: F ( ) M ( ) 1.5. Data de Nascimento: 1.6. Local de Nascimento:

Leia mais

Os equipamentos audiovisuais existentes nas salas de aulas funcionam bem

Os equipamentos audiovisuais existentes nas salas de aulas funcionam bem 106 As salas específicas estão adequadamente apetrechadas para as finalidades de ensino e aprendizagem Muito 29% Pouco Muito Na segunda pergunta, quando questionados sobre se as salas específicas (laboratórios,

Leia mais

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços

Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Curso ISO 9001:2008 Qualidade em Serviços Guia Fundamental para Gestão de Qualidade em Serviços Objetivo Capacitar os participantes a interpretarem os requisitos da Norma ISO 9001:2008, relacionados aos

Leia mais

Análise Matemática II

Análise Matemática II Página Web 1 de 7 Análise Matemática II Nome de utilizador: Arménio Correia. (Sair) LVM AM2_Inf Questionários INQUÉRITO ANÓNIMO» AVALIAÇÃO de AM2 e dos DOCENTES Relatório Ver todas as Respostas View Todas

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito

RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito CARIACICA-ES ABRIL DE 2011 FACULDADE ESPÍRITO SANTENSE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Pesquisa direcionada a alunos egressos dos cursos

Leia mais

Curso Técnico em Informática para Internet. Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis

Curso Técnico em Informática para Internet. Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis Curso Técnico em Informática para Internet Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis Rede Escola Técnica Aberta do Brasil Programa nacional MEC (SEED/SETEC) - Decreto No.6301 de 12/12/2007

Leia mais

METODOLOGIA. 1 Centros de Educação de Jovens e Adultos, criados pela portaria nº 243 de 17 de fevereiro de 2005.

METODOLOGIA. 1 Centros de Educação de Jovens e Adultos, criados pela portaria nº 243 de 17 de fevereiro de 2005. USO DE SITES VISANDO A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA DE FÍSICA NO CURSO SEMIPRESENCIAL DA EJA INTRODUÇÃO Francinaldo Florencio do Nascimento Governo do Estado da Paraíba fran.nice.fisica@gmail.com Vivemos

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO PALMAS/TO Realização: 22 a 2 de novembro de 2010. RELATÓRIO CONSOLIDADO Página 1 de 7/1/2011 1. Dados gerais Município

Leia mais

Resultado da Avaliação das Disciplinas

Resultado da Avaliação das Disciplinas Avaliação Curso Direito Imobiliário Registral Aplicado aos Bens Públicos DISCIPLINAS: 1- Propriedade e demais direitos reais 2- Modos de aquisição e perda da propriedade e demais direitos reais CARGA HORÁRIA:

Leia mais

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ RESULTADOS DA PESQUISA DE PERCEPÇÃO E SATISFAÇÃO DOS CURSOS DE: MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA DOS NEGÓCIOS MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA COM PESSOAS FACULDADE REDENTOR 2012 ITAPERUNA RJ MODELO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO

Leia mais

M A N U A L TREINAMENTO. Mecânica de Veículos Piçarras Ltda. Manual Prático de Procedimento do Treinamento

M A N U A L TREINAMENTO. Mecânica de Veículos Piçarras Ltda. Manual Prático de Procedimento do Treinamento M A N U A L TREINAMENTO 1. Introdução A velocidade das mudanças tecnológicas, o aumento da diversidade nos locais de trabalho e a acentuada mobilidade dos trabalhadores atuais são aspectos do mundo contemporâneo

Leia mais

São Paulo, 22 de novembro de 2005 SES-SP BIREME/OPAS/OMS

São Paulo, 22 de novembro de 2005 SES-SP BIREME/OPAS/OMS Projeto de Gestão de Informação Técnico- Científica para a Secretaria de Estado da Saúde do Estado de São Paulo sob Coordenação da Coordenadoria de Controle de Doenças. São Paulo, 22 de novembro de 2005

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2010. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica de nível médio de técnico em administração

Plano de Trabalho Docente 2010. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica de nível médio de técnico em administração Plano de Trabalho Docente 2010 Ensino Técnico ETEc de Ribeirão Pires Código: 141 Município: Ribeirão Pires/Mauá Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: habilitação Profissional técnica

Leia mais

18 e 19 de agosto no Campus Itapina

18 e 19 de agosto no Campus Itapina 18 e 19 de agosto no Campus Itapina PROGRAMA 18/09 19/09 Os ventos não sopram na direção daqueles que não sabem para onde vão Busca integrada Descritores ISSN ISBN Periódico Base de dados bibliográfica

Leia mais

Instrumento: Docentes

Instrumento: Docentes COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CAMPUS PRESIDENTE EPITÁCIO CURSO: TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Resultado da Autoavaliação Institucional Instrumento: Docentes Presidente Epitácio -

Leia mais

e auxiliares de biblioteca mediada por EAD como modalidade de aprendizagem organizacional

e auxiliares de biblioteca mediada por EAD como modalidade de aprendizagem organizacional Capacitação de técnicos t e auxiliares de biblioteca mediada por EAD como modalidade de aprendizagem organizacional Márcia Elisa Garcia de Grandi,, Alice Mari Miyazaki de Souza, Elenise Maria de Araújo,

Leia mais

http://www.bvs.br Biblioteca Virtual em Saúde Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação BIREME/OPAS/OMS online@bireme.

http://www.bvs.br Biblioteca Virtual em Saúde Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação BIREME/OPAS/OMS online@bireme. http://www.bvs.br Acesso às fontes de informação Serviços Cooperativos de Informação online@bireme.br A BVS como fonte para tomada de decisão em saúde Apresentação e organização Navegação e recursos de

Leia mais

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação 2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

Aprender a Distância na Previdência

Aprender a Distância na Previdência Relatório de Encerramento Aprender a Distância na Previdência (ADP-001-09) Brasília, 05 de março de 2009. 1 1. Identificação: Curso: Aprender a distância na Previdência Descrição do curso: Módulo introdutório

Leia mais

Oficina de Formação. O vídeo como dispositivo pedagógico e possibilidades de utilização didática: produção e edição de conteúdos audiovisuais

Oficina de Formação. O vídeo como dispositivo pedagógico e possibilidades de utilização didática: produção e edição de conteúdos audiovisuais Oficina de Formação O vídeo como dispositivo pedagógico e possibilidades de utilização didática: produção e edição de conteúdos audiovisuais (Data de início: 09/05/2015 - Data de fim: 27/06/2015) I - Autoavaliação

Leia mais

28 respostas. Resumo. 1. Qual sua idade? 2. Onde estuda? 1 of 7 15-06-2015 17:21. Publicar análise. 16 anos

28 respostas. Resumo. 1. Qual sua idade? 2. Onde estuda? 1 of 7 15-06-2015 17:21. Publicar análise. 16 anos opensocialsciences@gmail.com 28 respostas Publicar análise Resumo 1. Qual sua idade? 35 36 33 26 16 anos 19 17 18 16 2. Onde estuda? Escola públ Escola públ Escola priva Faculdade Faculdade 0 5 10 15 20

Leia mais

Apresentação. Como usar a Biblioteca

Apresentação. Como usar a Biblioteca Apresentação A Biblioteca FAAP, constituída pela Biblioteca Central e Salas de Leitura localizadas nas unidades de Ribeirão Preto, São José dos Campos e Centro de Excelência, tem por finalidade fornecer

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DA AMAZONIA - FAMAZ REITORIA

FACULDADE METROPOLITANA DA AMAZONIA - FAMAZ REITORIA Página: 1 de 24 1) Como sua instituição viabiliza o acesso dos estudantes de graduação à Internet para atender às necessidades do curso? Plenamente 36% Parcialmente 62% Não viabiliza para os estudantes

Leia mais

Desenvolvimento de um Aplicativo Visando à Educação Ambiental.

Desenvolvimento de um Aplicativo Visando à Educação Ambiental. Desenvolvimento de um Aplicativo Visando à Educação Ambiental. Guilherme José Vicente Ferbek gui.ferbek10@gmail.com IFES - Alegre Paulicia Sabatini Vila p.sabatini12@gmail.com IFES - Alegre Resumo:O presente

Leia mais

O USO DE INDICADORES DE PRODUÇÃO INTELECTUAL NO PROCESSO DE GESTÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL

O USO DE INDICADORES DE PRODUÇÃO INTELECTUAL NO PROCESSO DE GESTÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL O USO DE INDICADORES DE PRODUÇÃO INTELECTUAL NO PROCESSO DE GESTÃO INSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Janise Silva Borges da Costa, Beatriz Helena de Souza Cestari, Carla Metzler

Leia mais

Relatório da Avaliação pela CPA

Relatório da Avaliação pela CPA 1 Relatório da Avaliação pela CPA 10 de outubro 2011 Visando atender a abrangência necessária no que tange à Avaliação Institucional da AJES, conforme Sistema elaborado pela CPA, este Relatório busca aliar

Leia mais

RELATORIO DA AVALIAÇÃO DO I ENCONTRO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTIFÍCA DO IFCE

RELATORIO DA AVALIAÇÃO DO I ENCONTRO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTIFÍCA DO IFCE RELATORIO DA AVALIAÇÃO DO I ENCONTRO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTIFÍCA DO IFCE I. CAMPUS DE JUAZEIRO DO NORTE O NÚMERO DE BOLSISTAS PARTICIPANTES QUE RESPONDERAM AO QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO: 17 ALUNOS

Leia mais

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO Estudo da proporção e o nível de conhecimento dos alunos de graduação do período vespertino do Campus II da UFG sobre o Programa Coleta Seletiva Solidária 1 Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO

Leia mais

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD.

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. 2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer a opinião

Leia mais

PERSPECTIVAS DO PROJETO DE ENSINO FÁBRICA DE SOFTWARE *

PERSPECTIVAS DO PROJETO DE ENSINO FÁBRICA DE SOFTWARE * PERSPECTIVAS DO PROJETO DE ENSINO FÁBRICA DE SOFTWARE * Hudson Henrique de Souza LOPES 1 ; Wellington Garcia PEREIRA 2 ; Getúlio Antero de DEUS JÚNIOR 3. 1 Bolsista do PET EEEC/UFG hudsonhsl@hotmail.com.

Leia mais

Relatório de Qualidade de Treinamento. Tema: Gerenciamento Ágil com SCRUM

Relatório de Qualidade de Treinamento. Tema: Gerenciamento Ágil com SCRUM Relatório de Qualidade de Treinamento Tema: Gerenciamento Ágil com SCRUM São Paulo, 03 de Agosto de 2009. Prezados Senhores, Segue o resultado da avaliação do treinamento Gerenciamento Ágil com SCRUM realizado

Leia mais

UM ROTEIRO PARA A EXECUÇÃO DE ATIVIDADES EM UM PROJETO DE INCLUSÃO DIGITAL

UM ROTEIRO PARA A EXECUÇÃO DE ATIVIDADES EM UM PROJETO DE INCLUSÃO DIGITAL UM ROTEIRO PARA A EXECUÇÃO DE ATIVIDADES EM UM PROJETO DE INCLUSÃO DIGITAL R.L. Stange *, A. A. Batista*. * Universidade Tecnológica federal do Paraná, Guarapuava, Brasil e-mail: rlgomes@utfpr.edu.br Resumo

Leia mais

Como fazer um levantamento bibliográfico na internet?

Como fazer um levantamento bibliográfico na internet? Como fazer um levantamento bibliográfico na internet? Material de Apoio ao TCC UFMA/SUS Pesquisa na Internet A Web oferece recursos de busca sobre tópicos atuais que seriam difíceis encontrar em bibliotecas

Leia mais

Projeto de ações de capacitação em EAD

Projeto de ações de capacitação em EAD Projeto de ações de capacitação em EAD 1Título: CAPACITAÇÃO DE AUXILIARES DE BIBLIOTECA DO SIBI/UFG 2. Identificação 2.1. Coordenador da ação: Sheila Cristina Frazão 2.2. Período de realização: 11/08/2014

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC)

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FIC) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SERTÃO PERNAMBUCANO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E CULTURA PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA GRADUAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA * TÍTULO I DA NATUREZA

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA GRADUAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA * TÍTULO I DA NATUREZA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DA GRADUAÇÃO DA FACULDADE ARAGUAIA * TÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º. O Trabalho de Conclusão de Curso TCC é exigência obrigatória para integralização curricular

Leia mais

Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Instrumento para a gestão da informação em Saúde

Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Instrumento para a gestão da informação em Saúde Biblioteca Virtual em Saúde (BVS): Instrumento para a gestão da informação em Saúde Objetivo: Apresentar o Modelo da BVS: conceitos, evolução, governabilidade, estágios e indicadores. Conteúdo desta aula

Leia mais

X SEMINÁRIO NACIONAL. Programa ABC na Educação Científica. 08 a 10 de outubro de 2014. Ilhéus - Bahia

X SEMINÁRIO NACIONAL. Programa ABC na Educação Científica. 08 a 10 de outubro de 2014. Ilhéus - Bahia X SEMINÁRIO NACIONAL Programa ABC na Educação Científica 08 a 10 de outubro de 2014 Ilhéus - Bahia O Ensino de Ciências na Bahia I (Sessão 5) Prof. Dr. José Fernando Moura Rocha Instituto de Física - UFBA

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA

INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA Daniele Pinto Andres RESUMO Este artigo aborda uma análise das atividades realizadas na ULBRA de Guaíba sobre os cursos de informática

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO APÊNDICES 182 APÊNDICE A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE MESTRADO EM EDUCAÇÃO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO PESQUISA:

Leia mais

OLIMPIADAS DE MATEMÁTICA E O DESPERTAR PELO PRAZER DE ESTUDAR MATEMÁTICA

OLIMPIADAS DE MATEMÁTICA E O DESPERTAR PELO PRAZER DE ESTUDAR MATEMÁTICA OLIMPIADAS DE MATEMÁTICA E O DESPERTAR PELO PRAZER DE ESTUDAR MATEMÁTICA Luiz Cleber Soares Padilha Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande lcspadilha@hotmail.com Resumo: Neste relato apresentaremos

Leia mais

Indicador 1: Objetivos, organização e relevância do conjunto das unidades curriculares. 1 2 3 4 5 N respostas NOTA 1 2 14 12 4 33 6,2

Indicador 1: Objetivos, organização e relevância do conjunto das unidades curriculares. 1 2 3 4 5 N respostas NOTA 1 2 14 12 4 33 6,2 AVALIAÇÃO DE UCs RESUMO GERAL DOS INDICADORES 2012 LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS(BACHARELADO) - VESPERTINO Indicador 1: Objetivos, organização e relevância do conjunto das unidades curriculares 1 2 14 12 4 33

Leia mais

uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn MABE auscultação em 2013/2014 mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl 19-06-2014

uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn MABE auscultação em 2013/2014 mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl 19-06-2014 qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty Questionário aos docentes uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn

Leia mais

Fique a vontade para responder o questionário, seja o mais verdadeiro possível.

Fique a vontade para responder o questionário, seja o mais verdadeiro possível. MODELO DE PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 1 FICHA DE INSTRUÇÕES A proposta deste questionário é conhecer as pessoas que trabalham na empresa, analisar suas necessidades e insatisfações, e tornar a organização

Leia mais

Questionário HAT-QoL *

Questionário HAT-QoL * Questionário HAT-QoL * (HIV/AIDS Targeted Quality of Life) INSTRUMENTO DE QUALIDADE DE VIDA DIRECIONADO PARA HIV/AIDS, TRADUZIDO, ADAPTADO E VALIDADO PARA PACIENTES HIV NO BRASIL. *Adaptado de HIV/AIDS-Targeted

Leia mais

II Curso de Extensão a Distância: Explorando a Base de Dados da Saúde BVS UFCSPA NEAD CEDUMED UAN Manual do Aluno

II Curso de Extensão a Distância: Explorando a Base de Dados da Saúde BVS UFCSPA NEAD CEDUMED UAN Manual do Aluno Neste guia você encontrará as seguintes orientações: Conteúdo Definição de Educação a Distância... 2 Perfil do Aluno... 2 Os 6 Mandamentos do Aluno Virtual... 4 Objetivos do Curso... 6 Funcionamento do

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA COM3º CICLO DE LOUSADA. Avaliação Interna. Questionário aos Pais Encarregados de Educação

ESCOLA SECUNDÁRIA COM3º CICLO DE LOUSADA. Avaliação Interna. Questionário aos Pais Encarregados de Educação ESCOLA SECUNDÁRIA COM3º CICLO DE LOUSADA Avaliação Interna Questionário aos Pais Encarregados de Educação Reconhece-se a importância da família e da sua colaboração no processo educativo. Com este questionário

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO

CURSO DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO CURSO DE EDUCAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO CURITIBA/PR Realização: 13 a 1 de outubro de 2010. RELATÓRIO CONSOLIDADO Página 1 de 19/1/2011 1. Dados gerais Município sede Curitiba

Leia mais

Plano De Aula da Oficina Como Arrumar Sua Banda

Plano De Aula da Oficina Como Arrumar Sua Banda Plano De Aula da Oficina Como Arrumar Sua Banda 1. Metodologia: Data-show, apostilas, vídeos, dinâmicas, música, questionários. 2. Periodicidade : Quatro dias 13:00 horas às 18:00. 3. Carga Horária: 20

Leia mais

Indicar fontes de imagens. Aumentar muito o texto copiado leva a "sujeira" na imagem... Guilherme Gomes Rolim

Indicar fontes de imagens. Aumentar muito o texto copiado leva a sujeira na imagem... Guilherme Gomes Rolim Indicar fontes de imagens. Aumentar muito o texto copiado leva a "sujeira" na imagem... Postura muito didática, lembrando em vários pontos a discussão da aula anterior. Olhou mais para o professor do que

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA - UNISANTA RELATÓRIO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - CPA NÚCLEO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL NAI É preciso avaliar para aprimorar CONSIDERAÇÕES INICIAIS A UNISANTA desenvolveu,

Leia mais

Regulamento do Trabalho de Conclusão do Curso de Ciências Contábeis

Regulamento do Trabalho de Conclusão do Curso de Ciências Contábeis Regulamento do Trabalho de Conclusão do Curso de Ciências Contábeis O regulamento do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) de Ciências Contábeis do (UNIFEB) utiliza como embasamento a resolução nº 10 de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO PROJETO AÇÕES EM COMUM NA UFPR: UNINDO TALENTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO PROJETO AÇÕES EM COMUM NA UFPR: UNINDO TALENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO PROJETO AÇÕES EM COMUM NA UFPR: UNINDO TALENTOS FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL PROJETO INFORMÁTICA CIDADÃ GRUPO DE PESQUISA INFORMÁTICA

Leia mais

DIFICULDADES NA APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA NA ESCOLA OSVALDO DA COSTA E SILVA: ALGUMAS CAUSAS E POSSÍVESIS SOLUÇÕES

DIFICULDADES NA APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA NA ESCOLA OSVALDO DA COSTA E SILVA: ALGUMAS CAUSAS E POSSÍVESIS SOLUÇÕES DIFICULDADES NA APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA NA ESCOLA OSVALDO DA COSTA E SILVA: ALGUMAS CAUSAS E POSSÍVESIS SOLUÇÕES Rogério Sousa AZEVEDO (1); Iara M Cavalcante NOLETO (2) (1 e 2) Instituto Federal de

Leia mais

imesurvey - Questionário de Caracterização da Amostra (A) 1 de 20 11-07-2011 15:52 Questionário de Caracterização da Amostra (A) Este questionário versa um conjunto de temáticas relativas à utilização

Leia mais

O INCENTIVO DAS AULAS DE CAMPO NO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS

O INCENTIVO DAS AULAS DE CAMPO NO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS Revista Eletrônica Novo Enfoque, ano 2013, v. 17, n. 17, p. 94 99 O INCENTIVO DAS AULAS DE CAMPO NO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS SANTOS, Maria do Carmo Pereira¹ BEZERRA, Hannah Priscilla Alves¹ FIRMINO, Andressa

Leia mais

Projeto Final. APS Luiz Antônio M. Pereira

Projeto Final. APS Luiz Antônio M. Pereira APS Luiz Antônio M. Pereira Seminário: Agenda Objetivo do Projeto O Sistema A Equipe de Projeto Método de Trabalho Padrões para Documentação Próximos Passos Temas Batidos Dicas Desenvolvimento do projeto

Leia mais

EDIFICAÇÕES. Há poucas atividades extracurriculares. Sugere-se reduzir a burocracia da instituição.

EDIFICAÇÕES. Há poucas atividades extracurriculares. Sugere-se reduzir a burocracia da instituição. EDIFICAÇÕES Há poucas atividades extracurriculares. Sugere-se reduzir a burocracia da instituição. Faltam disciplinas práticas e deveria haver mais aulas nos laboratórios. Deveriam ser realizadas mais

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011 Ministério da Educação Secretaria de Educação Média e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE

Leia mais

Capítulo 8. Questionário- Pesquisa. Relatório-Síntese 2000 ANEXO Engenharia Mecânica

Capítulo 8. Questionário- Pesquisa. Relatório-Síntese 2000 ANEXO Engenharia Mecânica Capítulo 8 Questionário- Pesquisa Relatório-Síntese 2000 ANEXO Engenharia Mecânica 121 Relatório- Síntese 2000 ANEXO Engenharia Mecânica 122 EXAME NACIONAL DE CURSOS Esta pesquisa é parte integrante do

Leia mais

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior

Representante da Sociedade Civil Organizada Calixto Nunes da França. Representante Discente Artur da Costa Júnior I DADOS DA INSTITUIÇÃO Nome: Faculdade de Medicina de Juazeiro do Norte Código da IES INEP: 1547 Caracterização da IES: Instituição Privada Sem Fins Lucrativos Estado: Ceará Cidade: Juazeiro do Norte Composição

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NO CONTEXTO ENSINO APRENDIZAGEM REPORTADA POR ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NO CONTEXTO ENSINO APRENDIZAGEM REPORTADA POR ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO A IMPORTÂNCIA DO PIBID NO CONTEXTO ENSINO APRENDIZAGEM REPORTADA POR ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO Rothchild Sousa de Morais Carvalho Filho 1 Naiana Machado Pontes 2 Laiane Viana de Andrade 2 Antonio

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 13 /2015 PPGA/UECE

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 13 /2015 PPGA/UECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 13 /2015 PPGA/UECE O Magnífico Reitor da Universidade Estadual do Ceará, Prof. Dr. José Jackson Coelho Sampaio, no uso de suas atribuições estatutárias

Leia mais

PDI 2014/2017. Sistema de Bibliotecas do IFRS - SiBIFRS

PDI 2014/2017. Sistema de Bibliotecas do IFRS - SiBIFRS PDI 2014/2017 Sistema de Bibliotecas do IFRS - SiBIFRS O Sistema de Bibliotecas do IFRS (SiBIFRS) está em fase de estruturação. Atualmente ele é composto Grupos de Trabalho (GTs) pelas doze Bibliotecas

Leia mais

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos.

Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. Kennya Torres Andrade Brasileira, 27 anos. CEP:242742-140 (21)99535-3287 São Gonçalo-RJ (21)3706-4194 Kennyat@yahoo.com.br OBJETIVO PROFISSIONAL: Tem interesse de aumentar seus conhecimentos e experiências

Leia mais

LUZ, CÂMERA, AÇÃO: NOVAS EXPERIENCIAS, NOVOS APRENDIZADOS

LUZ, CÂMERA, AÇÃO: NOVAS EXPERIENCIAS, NOVOS APRENDIZADOS LUZ, CÂMERA, AÇÃO: NOVAS EXPERIENCIAS, NOVOS APRENDIZADOS Olinson Coutinho Miranda Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (Professor) Universidade do Estado da Bahia (Mestrando) olinsoncoutinho@gmail.com

Leia mais

OS JOGOS DIGITAIS EDUCATIVOS NAS AULAS DE CIÊNCIAS

OS JOGOS DIGITAIS EDUCATIVOS NAS AULAS DE CIÊNCIAS OS JOGOS DIGITAIS EDUCATIVOS NAS AULAS DE CIÊNCIAS SAYONARA RAMOS MARCELINO FERREIRA QUIRINO (UEPB) WILAVIA FERREIRA ALVES (UEPB) RAFAELA CORREIA DOS SANTOS (UEPB) PAULA ALMEIDA DE CASTRO (ORIENTADORA

Leia mais

XX Semana da Química abril de 2012. A Educação e os Espaços Não-Formais. para o Ensino e Aprendizagem de Química

XX Semana da Química abril de 2012. A Educação e os Espaços Não-Formais. para o Ensino e Aprendizagem de Química A Educação e os Espaços Não-Formais para o Ensino e Aprendizagem de Química Estrutura da Apresentação: Educação Formal (EF) Estruturada, Intencional, Regida pelo Sistema Educacional, Subordinada, Controlada,

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 0 2014 RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL FUNDAÇÃO EDUCACIONAL CLAUDINO FRANCIO FACULDADE CENTRO MATO-GROSSENSE SORRISO/MT Portaria Nº 004/2015 Dispõe sobre Relatório Apresentado pela Comissão Própria

Leia mais

CENTRO VIRTUAL DE MODELAGEM: A SINERGIA DA MODELAGEM MATEMÁTICA COM VÍDEOS DIGITAIS

CENTRO VIRTUAL DE MODELAGEM: A SINERGIA DA MODELAGEM MATEMÁTICA COM VÍDEOS DIGITAIS CENTRO VIRTUAL DE MODELAGEM: A SINERGIA DA MODELAGEM MATEMÁTICA COM VÍDEOS DIGITAIS Nilton Silveira Domingues Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Rio Claro) Instituto de Geociências e Ciências

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO REITORIA ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL Nº 06, DE 18 DE AGOSTO DE 2014. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

ENSINO DE FÍSICA EM ANGICAL DO PIAUÍ PI: EM BUSCA DA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E DE METODOLOGIAS EFICAZES

ENSINO DE FÍSICA EM ANGICAL DO PIAUÍ PI: EM BUSCA DA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E DE METODOLOGIAS EFICAZES ENSINO DE FÍSICA EM ANGICAL DO PIAUÍ PI: EM BUSCA DA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES E DE METODOLOGIAS EFICAZES MARCELA NEIVA SOUSA 1 SAMARA MARIA VIANA DA SILVA 2 RESUMO O presente artigo tem como objetivo investigar

Leia mais

Instrumentos de Avaliação

Instrumentos de Avaliação Instrumentos de Avaliação 7 Questionário de expectativas Atendendo à integração do Curso "Formação de eformadores" no Projecto etrainers, que tem como objectivo a testagem de metodologias e ambientes inovadores

Leia mais

QUESTIONÁRIO DO ESTUDANTE

QUESTIONÁRIO DO ESTUDANTE Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Diretoria de Avaliação da Educação Superior Coordenação Geral do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes

Leia mais

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto-avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

OS MAPAS CONCEITUAIS COMO FERRAMENTAS PARA AUXILIAR NA APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO PRÉ-VESTIBULAR SOLIDÁRIO

OS MAPAS CONCEITUAIS COMO FERRAMENTAS PARA AUXILIAR NA APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO PRÉ-VESTIBULAR SOLIDÁRIO OS MAPAS CONCEITUAIS COMO FERRAMENTAS PARA AUXILIAR NA APRENDIZAGEM DE ALUNOS DO PRÉ-VESTIBULAR SOLIDÁRIO José Jailson Lima Bezerra (1); Joseclécio Dutra Dantas (2) (1) Discente. Licenciatura em Ciências

Leia mais

Portefólio Reflexivo de Aprendizagens

Portefólio Reflexivo de Aprendizagens Portefólio Reflexivo de Aprendizagens Validado 07/06/13 Curso EFA-NS-S3 Tipo A Técnico de Informática & Sistemas Luís Caldeira Turma TIS-01/Nrº 19 1 Módulo UC1 25h Arquitetura Interna do Computador 2 Antes

Leia mais

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate )

Roteiro de Áudio. SOM: abertura (Vinheta de abertura do programa Hora do Debate ) 1 Roteiro de Áudio Episódio 1 A língua, a ciência e a produção de efeitos de verdade Programa Hora de Debate. Campanhas de prevenção contra DST: Linguagem em alerta SOM: abertura (Vinheta de abertura do

Leia mais

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert Biodanza Para Crianças e Jovens Manuela Mestre Robert FICHA TÉCNICA: TÍTULO Biodanza para Crianças e Jovens AUTORIA Manuela Mestre Robert Manuela Mestre Robert, 2008 CAPA Crianças do 1º ciclo do Ensino

Leia mais

Lorram Marinho Sampaio Curriculum Vitae

Lorram Marinho Sampaio Curriculum Vitae Lorram Marinho Sampaio Curriculum Vitae Março/2015 Lorram Marinho Sampaio Curriculum Vitae Dados pessoais Nome Lorram Marinho Sampaio Filiação Raimundo Nunes Sampaio e Eliene Marinho Sampaio Nascimento

Leia mais

Psicopedagogia Institucional

Psicopedagogia Institucional Psicopedagogia Institucional Pós-graduação 03 Módulo A: Introdução à Psicopedagogia Teorias da Aprendizagem Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem Desafio Profissional. Enunciado O tema deste

Leia mais

Plano de Utilização do Acervo e Acessos

Plano de Utilização do Acervo e Acessos FACULDADE DE RONDÔNIA INSTITUTO JOÃO NEÓRICO Plano de Utilização do Acervo e Acessos SUMÁRIO 1 OBJETIVO GERAL...2 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS...2 3. ABRANGÊNCIA...2 4. BIBLIOTECA...2 4.1 Espaço Físico...4

Leia mais

EDITAL/PC Nº. 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA PROEXT 2014

EDITAL/PC Nº. 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA PROEXT 2014 EDITAL/PC Nº. 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA PROEXT 2014 INCLUSÃO DIGITAL COM HARDWARE E SOFTWARE LIVRE: AUTOMAÇÃO, ROBÓTICA E INTELIGÊNCIA COMPUTACIONAL. A Universidade Federal do Oeste do

Leia mais

GS Educacional www.gseducacional.com.br

GS Educacional www.gseducacional.com.br Curso: Completo de Importação Henrique, boa noite. Nós que pensamos a Meritocracia e valoramos a quem Realiza, nos vimos na obrigação de dar feedbacks. Em pouco tempo de curso e sem nem receber ainda a

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE SUPERINTENDÊNCIA DE DOCUMENTAÇÃO COORDENAÇÃO DE BIBLIOTECAS PLANO DE METAS 2013/2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 META 1: MELHORIA DOS SERVIÇOS E PRODUTOS... 4 META 2 : EDUCAÇÃO

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2004 Ano Base 2001_2002_2003 SOCIOLOGIA CAPES Período de Avaliação: 2001-2002-2003 Área de Avaliação: SOCIOLOGIA

Leia mais

O cotidiano da gestão educacional e a gestão do cotidiano escolar

O cotidiano da gestão educacional e a gestão do cotidiano escolar 5 CAPÍTULO 5 ESTÁGIO SUPERVISIONADO I: GESTÃO EDUCACIONAL O cotidiano da gestão educacional e a gestão do cotidiano escolar Introdução A compreensão deste capítulo está diretamente relacionada ao entendimento

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Empreendedorismo Administração A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de etapas,

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES.

COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES. COMPARAÇÃO ENTRE O ENSINO REGULAR E O ESPECIALIZADO PARA OS ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL NO MUNICÍPIO DE ALEGRE-ES. Iasmini Nicoli Galter 1, Mayla Gava ¹, Henrique Tabelini ¹, Elias Terra Werner².

Leia mais

GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE Pronatec

GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE Pronatec GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE GUIA DE INFORMAÇÕES AO ESTUDANTE 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 O que é um curso técnico e quais seus benefícios? Quem pode participar? Os cursos são pagos? Tenho

Leia mais

www.periodicos.capes.gov.br Treinamento no uso do Portal de Periódicos UFCG, outubro de 2012

www.periodicos.capes.gov.br Treinamento no uso do Portal de Periódicos UFCG, outubro de 2012 Portal CAPES www.periodicos.capes.gov.br Treinamento no uso do Portal de Periódicos UFCG, outubro de 2012 Estrutura da apresentação 1. Breve histórico 2. Conceitos básicos 3. Finalidade do Portal 4. Informações

Leia mais

Um modelo para construção de materiais didáticos para o ensino de Matemática baseado em Tecnologias de Informação

Um modelo para construção de materiais didáticos para o ensino de Matemática baseado em Tecnologias de Informação Um modelo para construção de materiais didáticos para o ensino de Matemática baseado em Ednilson Luiz Silva Vaz Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, UNESP Brasil ednilson_vaz@hotmail.com

Leia mais

Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Cavalcanti

Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Cavalcanti Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Tipos de Dados em Pesquisa Dados Primários: São aqueles coletados em uma pesquisa de campo, ou seja, são dados originais. Por exemplo, um questionário, formulário,

Leia mais

Lógicas de Supervisão Pedagógica em Contexto de Avaliação de Desempenho Docente ENTREVISTA - Professor Avaliado - E 2

Lógicas de Supervisão Pedagógica em Contexto de Avaliação de Desempenho Docente ENTREVISTA - Professor Avaliado - E 2 Sexo Idade Grupo de docência Feminino 40 Inglês (3º ciclo/secundário) Anos de Escola serviço 20 Distrito do Porto A professora, da disciplina de Inglês, disponibilizou-se para conversar comigo sobre o

Leia mais

POR QUE FAZER ENGENHARIA FÍSICA NO BRASIL? QUEM ESTÁ CURSANDO ENGENHARIA FÍSICA NA UFSCAR?

POR QUE FAZER ENGENHARIA FÍSICA NO BRASIL? QUEM ESTÁ CURSANDO ENGENHARIA FÍSICA NA UFSCAR? POR QUE FAZER ENGENHARIA FÍSICA NO BRASIL? QUEM ESTÁ CURSANDO ENGENHARIA FÍSICA NA UFSCAR? Póvoa, J. M, Ducinei Garcia Departamento de Física - Universidade Federal de São Carlos Via Washington Luiz, Km

Leia mais

Relatório de Intercâmbio

Relatório de Intercâmbio UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI ASSESSORIA PARA ASSUNTOS INTERNACIONAIS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INTERNACIONAL PARA GRADUAÇÃO Relatório de Intercâmbio Aluno(a): VINÍCIUS SANTOS AVELAR

Leia mais

Fatec Cruzeiro Prof. Waldomiro May Coordenação de Cursos

Fatec Cruzeiro Prof. Waldomiro May Coordenação de Cursos . Orientações Gerais Projeto e Trabalho de Graduação Curso: Análise e Desenvolvimento de Sistemas 4º. ao 6º. Período I. Orientações Gerais - 4º. Período No 4º. Período do curso de Análise e Desenvolvimento

Leia mais

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi)

SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi) SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UERGS (SiBi) ATRIBUIÇÕES ANALISTAS: BIBLIOTECÁRIOS - Catalogar e classificar documentos; - Orientar a normalização de trabalhos técnicos e/ou publicações editadas pela Universidade;

Leia mais