tec News Emancipação para Dispositivos de Campo Newsletter de Tecnologia da HARTING 28 Indústria Integrada - Emancipação para Dispositivos de Campo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "tec News Emancipação para Dispositivos de Campo Newsletter de Tecnologia da HARTING 28 Indústria Integrada - Emancipação para Dispositivos de Campo"

Transcrição

1 tec News Abril 2015 Newsletter de Tecnologia da HARTING 28 DR. K. WALTHER, DR. J. REGTMEIER ARTIGO DO CONVIDADO: PROF. DR. W. WAHLSTER CPS Dispositivos de Sistemas Incorporados para a Indústria Integrada Campo da Próxima Geração EDITORIAL: A. HUHMANN, DR. S. MIDDELKAMP Indústria Integrada - Emancipação para Dispositivos de Campo Emancipação para Dispositivos de Campo

2 HARTING Indústria Integrada para você Disponibilizamos a plataforma para o seu dispositivo personalizado da Indústria Integrada.

3 De dispositivos de campo convencionais para dispositivos da Indústria integrada A entrada conveniente e fácil para o mundo cibernético - um passo importante para dispositivos industriais que irão determinar a fabricação e automação do futuro. Graças à integração de funções de TI em dispositivos industriais convencionais, a automação padrão de tecnologia de hoje irá emancipar-se e pavimentar o caminho para redes digitais e maior integração.» Philip Harting, Senior Vice President Connectivity & Networks and personally liable partner Caros Clientes e parceiros de negócios, Você ainda pode se lembrar: Steve Jobs, o fundador, e então CEO da Apple, apresentou o iphone para o público em geral no dia 9 de janeiro de A marcha triunfante que se seguiu foi absolutamente sem precedentes. Mas vamos dar uma olhada mais de perto nessa revolução. Por que o iphone dominou o mercado de celulares existente rapidamente? Você tem uma resposta simples para esta pergunta? Na verdade, há uma resposta concreta? Para muitos, o sucesso do iphone reside na utilização conveniente da Internet. O telefone móvel da Apple é sempre uma parte da rede e, assim, seus usuários também. Outro aspecto digno de nota foi - na época - a tela multi-touch generosa e claramente projetada. As conexões de rede foram forjadas via Quadband, Bluetooth e WLAN, enquanto o dispositivo também oferecia recursos de sensores baseados em: localização e detecção de brilho, bem como uma câmera de alta performance. Em última instância, todos estes são apenas detalhes - na realidade, não há uma característica única, claramente diferenciadora. No ano de 2007, já havia outros telefones móveis oferecendo acesso à Internet, enquanto alguns dos concorrentes destacavam câmeras com melhor desempenho do que aquela que o iphone tinha para oferecer. Será que a chave para o sucesso encontra-se na ideia de aplicativos que deslocam serviços locais para a nuvem? Certamente, esta foi uma novidade absoluta - o que já estava, no entanto, encontrando uso fora do mercado de telefonia. Além disso, o iphone embarcou em sua marcha triunfal antes que o itunes fosse lançado, o que ainda deixa a questão de saber o que realmente desencadeou a revolução do mercado? Não foi uma característica técnica única e distinta -, mas a combinação de todos os recursos e capacidades que são necessários para criar um dispositivo que permite aos usuários se comunicarem convenientemente em todos os momentos. Ou, em termos mais gerais: um dispositivo que leva seus usuários para o mundo cibernético de forma fácil e confortável. O telefone móvel - e, assim, seus usuários - haviam se emancipado. Na última edição do nosso tec.news, convidamos você a vir e se juntar a nós, a fim de abordar precisamente esses conceitos e ideias. Estamos empenhados em encontrar as respostas a respeito de como os dispositivos industriais convencionais se tornarão dispositivos que operam de forma fácil e simples no mundo cibernético. Aqui, a questão também é a integração de funções - as funções de TI corretas - para que possamos nos beneficiar da emancipação de pleno direito de dispositivos de campo. Eu espero que vocês apreciem ler a nossa última edição do tec.news. Atenciosamente 3

4 6 10 Emancipação para Dispositivos de Campo CPS 4.0 Dispositivos de campo da próxima geração Conteúdo Estratégia Soluções 03 EDITORIAL De dispositivos de campo convencionais para Dispositivo da Indústria Integrada 12 SISTEMAS INCORPORADOS PARA INDÚSTRIA INTEGRADA A nova plataforma de produtos como bilhete de entrada para a Indústria Integrada. 06 INDÚSTRIA INTEGRADA - EMANCIPAÇÃO PARA DISPOSITIVOS DE CAMPO Bem equipado para este desenvolvimento com soluções flexíveis, que se baseiam consistentemente em padrões de TI. 10 ARTIGO DO CONVIDADO Prof. Dr. Wolfgang Wahlster CPS Dispositivos de campo da próxima geração 16 PERSONALIZAÇÃO EM MASSA Produção Personalizada conduz a um produto individualmente feito sob medida para a HARTING. 21 NOVOS PADRÕES PARA DISPOSITIVOS Auto-ID Contribuição para a padronização da comunicação RFID via OPC-UA PRODUÇÃO TRANSPARENTE COM PODER DE COMPUTAÇÃO E SENSORES Quadro integrado universal da HARTING que usa a Tecnologia de Análise Preditiva. 18 CAIXA DE INFRA-ESTRUTURA PEQUENA, FORTE, INTELIGENTE HARTING leva o design dos quadros de distribuição do convencional para o altamente integrado. 20 AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL COMO PARTE INTEGRANTE DA TI Tecnologia principal Ethernet: toda a tecnologia de conexão para quase todos os perfis de automação. 22 INTERFACES PARA OS SISTEMAS DE FABRICAÇÃO DO FUTURO Soluções de interface com novas funcionalidades implementáveis. 24 CABOS HÍBRIDOS COMO UMA SOLUÇÃO PARA A INDÚSTRIA INTEGRADA Indústria Integrada: aumento da movimentação de dados em todos os níveis. 26 MODULARIDADE E ALTOS CICLOS DE CONEXÃO Han-Modular HMC cumpre os principais requisitos de fabricação flexível. 28 LUZES AZUIS PISCANTES PARA OS DADOS DE AUTOMAÇÃO DE TEMPO CRÍTICO Ha-VIS FTS: switch Ethernet universal para uma Ethernet determinística em diferentes ambientes de automação.

5 16 26 Personalização em massa Modularidade e altos ciclos de conexão Aplicações Visão global 29 A ÁREA DE TRABALHO DO FUTURO - COM ANTENAS RFID LOCFIELD Ideal para aplicações RFID em que o espaço é extremamente limitado 32 A ENERGIA DO SOL Empresas solares térmicas dependem dos conectores confiáveis e robustos da HARTING 30 Han-Eco - NOVOS TAMANHOS E SOLUÇÕES Benefícios da série Han-Eco agora estão também integrados em invólucros de 10 A e 16 A 33 ROTEÇÃO PERFEITA EM ALTO MAR Han-Eco Outdoor e Produtos Han-Modular para sistemas envolvidos na manutenção de navios transoceânicos 38 MANUAL PARA A INDÚSTRIA FERROVIÁRIA Nova edição exigida por usuários de conectores, tecnologia de conectividade de dispositivos e infraestrutura de rede da HARTING em material circulante. 34 A COMBINAÇÃO PERFEITA PARA REDES ETHERNET Construção de redes de dados confiáveis e à prova de futuro para a tecnologia ferroviária 36 TRANSFORMADOR DE CORRENTE DIFERENCIAL DA HARTING Robusto e preciso: complemento perfeito para sua gama de sensores de corrente 35 SOLUÇÃO INOVADORA DA HARTING PARA TRENS E METRÔS URBANOS Placa de circuito específica do cliente para o sistema de controle de trens indutivos autônomos 38 PESQUISA COM OS LEITORES 39 CALENDÁRIO DE EXPOSIÇÕES 39 DETALHES DA PUBLICAÇÃO 37 CONFIÁVEL CONEXÃO ETHERNET HARTING garante confiáveis viagens de trem. 5

6 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a 6

7 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a Indústria Integrada Emancipação para dispositivos de campo Tecnologia de automação e TI industrial são as principais tecnologias do conceito de Indústria Integrada. No entanto, somente quando o nível de campo está incluído, os benefícios reivindicados serão materializados. A HARTING está bem equipada para esse desenvolvimento com soluções flexíveis, que são constantemente baseadas em normas de TI.» Andreas Huhmann, Strategy Consultant Connectivity & Networks, HARTING Technology Group, Dr. Stephan Middelkamp, Head of Corporate Technology Services, HARTING Technology Group, Dados de automação real, que fornecem uma visão objetiva dos processos de fabricação e que são a base para cada otimização, só estão disponíveis em nível de campo. Todas as camadas de nível superior da pirâmide tradicional de automação só consolidam os dados de nível de campo e, ao fazê-lo, muitas vezes destroem sua ordem cronológica. Como resultado, perde qualquer relação com o processo real, o que é necessário, por exemplo, para observar as condições críticas como parte de um programa de manutenção orientada para o estado ou para otimização da eficiência. A fim de gerenciar o tráfego de dados em diferentes níveis de comunicação, os dados devem estar em uma forma pré-processada. Para a Indústria Integrada ser bem sucedida, é fundamental que avance no nível de campo. Com a introdução de sistemas de bus de campo, o registro de dados do sensor foi, assim, descentralizado quando caixas de sensores com uma conexão de barramento de campo foram deslocadas para o campo. Um sistema de controle central consulta, então, tais caixas periodicamente. O conhecimento da importância dos dados do sensor é armazenado no PLC. Como regra geral, o sensor não é inteligente - limitando-se a medidas. A comunicação permite a troca de um valor digital ou analógico. Portanto, a análise desses dados só é significativa para o sistema de controle. A integração no nível de gestão é difícil de atingir. As regras de barramento de campo tradicionais não mudaram em nada com a introdução de Ethernet, assim como a camada física para o barramento de campo. Para a Indústria Integrada ser bem sucedida, é fundamental que avance no nível de campo. A inclusão do nível de campo em uma indústria totalmente integrada só funciona com base em padrões. Se considerarmos o volume de dispositivos de comunicações via Internet disponíveis hoje, e o relacionarmos a dispositivos de automação, os dispositivos de automação representam menos de um por cento de todos os dispositivos. Portanto, os novos dispositivos de automação totalmente integrados devem ser compatíveis com os padrões de TI existentes, nos quais os 99 por cento restantes dos dispositivos (não relevantes para a automatização) se baseiam. Emancipação para dispositivos de campo será alcançada quando estiverem completamente e igualmente integrados no ambiente de Internet. 7

8 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a Hoje MES ERP Manutenção Arquitetura Orientada a Serviços Ethernet Sistema de controle Ethernet Há uma falata tanto de acesso direto quanto a semântica de informação so sensor Sensor/ Quadro Atuador Produção industrial a nível de campo: Valor analógico Sensor Sensor No entanto, isso não é suficiente para dispositivos de automação, pois mais requisitos específicos da indústria também devem ser cumpridos, e estes também devem ser padronizados. A inclusão do nível de campo em uma indústria totalmente integrada só funciona com base em padrões. Portanto, novos dispositivos de campo são necessários para a integração no ambiente de Internet, que atuem não apenas como escravos de sistemas de controle industrial, mas também tornemse mestres. Isso também altera a comunicação com eles a partir do nível de TI. Não deve ser possível apenas via gateways. E é isso que faz com que o novo dispositivo de campo seja mais capaz que seu antecessor. As bases para isto já foram estabelecidas com a descentralização e modularização de dispositivos de campo, com 8 a computação de alto desempenho disponível em espaços muito pequenos e a integração dos serviços relevantes. Com módulos eletrônicos potentes e compactos, é possível aos dispositivos de campo pré-processar e interpretar as informações em conformidade, sem sobrecarregar a infraestrutura com as quantidades de dados que possam surgir. Não é necessário fornecer informações regulares sobre um sistema que está funcionando corretamente. Informações sobre um desvio das especificações-alvo são muito mais importantes. Apenas a abordagem de computação em névoa (fog computing) e o uso de dispositivos de campo inteligentes permitem monitoramento constante que não irá sobrecarregar a infraestrutura com as quantidades de dados que possam surgir. CONSIDERAÇÕES SOBRE AS SOLUÇÕES DA HARTING RESULTANTES DA DISCUSSÃO ACIMA: Para abrir novos caminhos, a Indústria Integrada deve ser consistente em seu uso de tecnologia de TI padrão. Isso simplifica a integração em aplicações de negócios de TI.

9 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a Indústria Integrada MES ERP Manutenção Arquitetura Orientada a Serviços Física da Ethernet + serviços Física da Ethernet Sistema de controle Sensor/ Quadro Atuador Dispositivo Industrial 4.0 Sensor Produção industrial a nível de campo: Valor analógico O uso de dispositivos de campo em ambientes automatizados requer funcionalidades que vão além da compatibilidade com os padrões de TI. Os vários requisitos em termos de sensores e atuadores utilizados necessitam de uma estrutura flexível e modular. O uso consistente de padrões abertos de TI é, portanto, crucial. O resultado para os clientes é um novo dispositivo de Indústria integrada, que pode ser integrado facilmente em aplicações de TI, tais como ERPs e MES. Além disso, serão fornecidas todas as interfaces top de linha para o objeto inteligente. O novo dispositivo de indústria integrada irá, assim, estabelecer uma ligação entre o objeto e o mundo cibernético e, consequentemente, agir como o componente central, tomando a forma de um sistema de ciber-física. Sensor Sensor Sensor EM RESUMO Emancipação para dispositivos de campo será alcançada quando estiverem completamente e igualmente integrados no ambiente de Internet. Monitoramento constante dos processos por c omputação em névoa (fog computing) com o uso de dispositivos de campo inteligentes Dispositivo de Indústria Integrada: Uso de tecnologia de TI padrão Além disso, preenche os requisitos específicos do setor 9

10 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a CPS 4.0 A próxima geração de dispositivos de campo Artigo do convidado: Na Industria 4.0, dispositivos de campo convencionais serão substituídos por milhares de sistemas ciber-físicos. Em seu papel como agentes inteligentes na Internet das Coisas, eles formam o sistema nervoso de uma fábrica inteligente. Prof. Dr. Wolfgang Wahlster CEO of the German Research Center for Artificial Intelligence (DFKI GmbH) in Saarbrücken, Kaiserslautern and Bremen Em conexão com Industria 4.0, a In- ternet das Coisas e Serviços está entrando na próxima geração de fábricas. Neste processo, os dispositivos de campo convencionais estão sendo gradualmente substituídos por sistemas ciber-físicos (CPS). Estes CPS estão interligados através da Ethernet em tempo real ou protocolos IP sem fio. Fábricas inteligentes implementam CPS que integram um grande número de componentes individuais: além de sensores e atuadores, incluem um processador, memória, um módulo sem fio e módulos de posicionamento, bem como uma fonte de alimentação que é o mais autônoma possível. Tal CPS 4.0 multifuncional deve ser altamente confiável, eficiente em energia e oferecer custos favoráveis, pois milhares de sistemas descentralizados formam o sistema nervoso das fábricas inteligentes na Industria 4.0. E na hora certa, a Hannover Messe 2015 marca o 50º aniversário da Sistemas de microsensor Componentes usados para interpretar os dados do sensor Microprocessador Módulos sem fio para conectividade de internet Transição de estado e de componentes de lógica de processo Interface de comunicação Memória Funções de gerenciamento de memória Atuadores ou elementos de exibição Chips e Sensoriamento de Posição Software de posicionamento Interface do usuario Fornecimento de energia auto-suficiente ou conversão de energia autónoma Componentes de segurança Hardware e Software para o CPS

11 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a App-Store para a atualização de Software de CPS regra de ouro de Gordon Moore (frequentemente referido como Lei de Moore), relacionado à duplicação de desempenho da microeletrônica a cada 18 meses, em conexão com custos dinamicamente decrescentes. Visto por este ângulo, ganhos de desempenho exponenciais contínuos de CPS 4.0 podem ser inferidos até o ano de 2020, ao menos. Isto irá permitir expandir cada CPS individual como um agente inteligente. Estes agentes irão registrar e analisar o seu ambiente por meio de sensores, planejar suas atividades dinamicamente com base em perfis de tarefas pré-definidas, sendo capazes de reconhecer ataques à sua segurança e adotar medidas de defesa em tempo hábil. Por meio da Internet das Coisas e Serviços, CPS 4.0 são capazes de formar coligações ad-hoc, a fim de lidar com tarefas complexas como uma equipe. Como vários CPS também podem agregar para criar unidades maiores do CPS, uma estrutura fractal de hólons surge, a qual, como sistema-de-sistemas-de-sistemas, pode ser combinada para formar uma fábrica inteligente para Industrie 4.0, que é conectada na rede em todos os níveis. Por meio da Internet das Coisas e Serviços, CPS 4.0 são capazes de formar coligações ad-hoc, a fim de lidar com tarefas complexas como uma equipe. Neste contexto, o trabalho em rede e integração no nível puramente técnico para a troca de bits e bytes não cria qualquer valor acrescentado: apenas quando a rede CPS 4.0 também entende as mensagens trocadas, em termos de conteúdo, que as funções inovadoras de fábrica, como Plug&Produção e reconhecimento de anomalia em tempo real estão habilitados. Com a ajuda de relações como subconceito de ou oposto de redes complexas de termos e conceitos são construídos de forma incremental, chamadas de ontologias. Tecnologias de inteligência artificial semântica preenchem a lacuna entre a linguagem técnica de TI e as línguas de tecnologia de automação e seus usuários, pois permitem que diferentes sistemas de conceitos e termos sejam traduzidos um para o outro sem perda de sentido. Sistemas de software inovadores, no entanto, são a condição essencial que permite o comportamento inteligente do CPS 4.0. Assim, no futuro, lojas de aplicativos e acesso à nuvem estarão disponíveis, que servirão para atualizar constantemente plataformas de fábrica definidas por software com base em CPS em rede, como o fundamento da Industria 4.0. EM RESUMO CPS 4.0 transforma os dispositivos de campo em agentes inteligentes na fábrica inteligente. Na Indústria 4.0, dispositivos de rede de campo CPS tornam Plug & Produce possível. Comunicação M2M semântica é a chave para o controle da produção descentralizada. 11

12 tec.news 28: Solução Sistemas Incorporados para a Indústria Integrada desenvolvidos pela HARTING Modular - aberto - seguro: a nova plataforma HARTING incorporada de produtos para a Indústria Integrada. No futuro, os clientes serão capazes de configurar os seus produtos a partir de uma coleção de módulos e, em seguida, melhorá-los com seu próprio hardware e software. A HARTING está oferecendo opções completamente novas aos desenvolvedores e clientes em uma abordagem semelhante à de uma loja de aplicativos.» Dr. Karsten Walther, Team Manager Embedded Development, HARTING Technology Group, Dr. Jan Regtmeier, Team Manager Product Management, HARTING Technology Group, Perceber a visão da indústria integrada requer uma plataforma inovadora de computador que pode ser facilmente integrada em qualquer lugar em um sistema e também ser flexível, simples e com preços razoáveis. A nova plataforma de produtos HARTING representa o bilhete de entrada para a Indústria Integrada. Dispõe de componentes de hardware e software pré-fabricados suportando a integração de sensores, atores e máquinas na Internet das Coisas. A plataforma também pode ser adaptada para as funções especiais, com um mínimo de entrada. Uma comunidade irá se reunir em torno da plataforma de produtos que irá - de forma semelhante a uma loja de aplicativos - oferecer aos clientes e parceiros a oportunidade de se 12 comunicar uns com os outros e oferecer suas soluções para os outros. Isso é ativado por uma arquitetura modular consistente, aberta e segura, que tal como a de smartphones há vários anos, cria oportunidades novas e nunca antes imaginadas. O novo produto da plataforma HARTING é um bilhete de entrada para a Indústria Integrada. MODULAR Os componentes eletrônicos são distribuídos ao longo dos PCBs, que são dedicados a funções individuais, tais como a fonte de alimentação, comunicação IP, uma unidade de computação e a aplicação do usuário, tal como RFID. Mesmo em relação aos volumes unitários pequenos, é possível que um dispositivo aperfeiçoado seja utilizado economicamente. A tecnologia de virtualização também é inovadora, uma nova funcionalidade em sistemas incorporados, e faz uso consistente da tecnologia mais recente. Esta é a melhor maneira de encapsular aplicações e serviços na forma de entidades virtuais separadas. Elas não interferem umas nas outras, e nossos clientes podem desenvolver seus próprios aplicativos com um mínimo de dependência de sistema, de forma muito fácil e conveniente, e utilizá-las fora da plataforma.

13 tec.news 28: Solução MODULAR SEGURA ABERTA ABERTA É evidente que a plataforma HARTING atende normas reconhecidas internacionalmente como, por exemplo, LLRP, ALE 1.1 e OPC-UA. Os produtos baseados na plataforma podem ser facilmente adaptados e utilizados pelos integradores de sistema e clientes. A modularidade em nível de hardware e software oferece aos clientes muitas maneiras diferentes para combinar seus próprios projetos com os fornecidos pela HARTING e, assim, criar várias variantes do produto. As soluções recém-criadas podem também ser disponibilizadas para os outros em uma abordagem semelhante à de uma loja de aplicativos. SEGURA Segurança de TI é um elemento-chave na Indústria Integrada. A segurança começa em nível de hardware com um chip TPM permitindo a autenticação remota confiável do dispositivo. Padrões de código aberto comumente adotados garantem uma comunicação segura, que é apoiada por uma comunidade muito grande. Privilégios de usuário são atribuídos numa base de cargos para permitir o acompanhamento sistemático do tratamento. A nova plataforma de produtos HARTING para a indústria integrada está desbravando novos caminhos e realizando a conexão entre automação e TI, de maneira simples e segura, a partir de sen- sores através do sistema informático adequado. EM RESUMO Arquitetura modular, aberta e segura Uso da tecnologia de virtualização Realização de conexão entre automação e TI 13

14 tec.news 28: Solução Produção transparente com poder de computação e sensores Melhorias na qualidade do produto e eficiência de produção e detecção precoce de fontes de erros e falhas requerem grandes quantidades de dados a partir do processo de produção. A HARTING desenvolveu um quadro integrado universal para obter esses dados. Ele usa a tecnologia de análise preditiva de aquisição de dados no sensor através da análise do sistema ERP.» Dr. Stefan Berlik, Senior Software Engineer, HARTING Technology Group, Claus Hilger, Director of HARTING IT System Integration GmbH & Co. KG, HARTING Technology Group, 14

15 tec.news 28: Solução A plataforma HARTING também oferece soluções para pequenas e médias empresas. A estratégia Industria 4.0 requer a aquisição de volumes de dados crescentes e análise cada vez mais inteligente de quantidades crescentes de dados. Esta é a única maneira de tornar os processos mais eficientes e mais flexíveis - e não pode ser implementada sem sensores inteligentes e tecnologia de medição. Os dados de processo representam a chave para uma compreensão mais completa da produção, a manutenção preventiva e uma produção mais flexível. Estes dados ajudam a revelar conexões, antecipar o comportamento do sistema e garantir a otimização contínua. Os dados do sensor podem ser analisados de forma mais inteligente com a plataforma M2M da HARTING. Os fabricantes de sensores estão respondendo a essa tendência com a miniaturização, processamento de dados local e aumento de integração. Novos desenvolvimentos, tais como sensores independentes de energia e queda de preços não menos importante, permitem que os dados sejam lidos, que não poderiam ter sido lidos até o momento, ou apenas sob custo injustificável. Além disso, muitos sensores devem ser conectados em rede, o que é auxiliado por normas e abstrações, como os fornecidos pela OPC-UA e IO-Link. Isso permite, por exemplo, a operação via plug and play, ou simplifica a identificação de sensores com RFID. O nível de automação também pode ser aumentado se conceitos de descrição semântica, como W3C Semantic Sensor Network Ontology, são usados. No entanto, o grande desafio no caminho para a futura Industria 4.0 se dá na fase após os dados terem entrado no sistema de processamento onde não só são necessários para sincronizar dados de diferentes fontes, mas também interpretá-los de forma significativa. Métodos extraídos das estatísticas, aprendizado de máquina e mineração de dados são utilizados aqui. Ao mesmo tempo, há um crescente entendimento de que as questões de segurança, tais como a confidencialidade, disponibilidade e integridade devem ser consideradas em qualquer processamento centralizado ou descentralizado, armazenamento ou comunicação de dados. Isso vale principalmente para processamento na nuvem. A HARTING agora suporta ambas as pequenas e médias empresas com hardwares como seus produtos RFID e a nova plataforma M2M modular embutida, e com software por meio de projetos de integração de sistemas específicos do cliente em todos os níveis da pirâmide de automação, a partir de sensores para o banco de dados SAP-HANA. Como resultado, processos como monitoramento de condição, análise preditiva, gestão de energia, planejamento de manutenção e informações de ativos não apresentam um problema para este grupo-alvo. EM RESUMO Indicação de futuras alterações de status Recomendações de manutenção Otimização do planejamento da produção 15

16 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a A completa consistência de dados conduz a produtos adaptados individualmente para cada cliente. Personalização em massa entrega produtos HARTING identificáveis A produção personalizada e a rotulagem específica do cliente para produtos permitem uma melhor integração dos processos cliente/fornecedor. Novos serviços estão sendo estabelecidos com base em formatos de dados padronizados para as descrições dos produtos. A HARTING está demonstrando isso por meio de uma aplicação consistente da Indústria Integrada.» Dr. Volker Franke, Director HARTING Applied Technologies GmbH & Co. KG, HARTING Technology Group, Guido Selhorst, Head of Department HARTING Germany, HARTING Technology Group, 16 Muitos clientes do setor B2B demandam produtos cada vez mais personalizados. Para fabricar facilmente tais produtos, é acionada uma nova qualidade de consistência de dados ao longo de toda a cadeia de abastecimento. Um modelo de processo que se mantém consistente em todos os níveis e em todas as etapas do processo e que permite uma descrição completa do processo de produção é um componente decisivo aqui. Com base em equipamentos de demonstração de produção, a HARTING mostra como a experiência e as competências existentes no setor da Indústria Integrada podem ser utilizadas para solicitar, montar e aplicar a rotulagem específica do cliente para inserções individuais do Han-Modular (tamanhos 6, 10, 16 e 24) em lotes individuais. O sistema de produção modular flexível FlexiMon forma a base do processo de produção. Cada módulo de produção tem seu próprio controlador atribuído e se trata de uma etapa da produção. O processo de Conectores se tornam produtos personalizados.

17 te c. N ew s 28: E s t r at ég i a produção é executado através da interação destes módulos autônomos. Estes sistemas são oferecidos pela própria fabricação de equipamentos de engenharia para fins especiais da HARTING. A unidade de produção utilizada aqui, com três células de produção, está conectada ao ambiente de produção por meio de uma solução de infraestrutura inteligente. O conceito modular Plug & Produce é implementado com base no padrão Han-Modular. Os clientes configuram seus próprios conectores sob medida a partir do sistema Han-Modular no eshop. Os dados são transferidos dos módulos de SAP ERP, ME e MII para a máquina, que produz e monta os componentes desejados e os entrega aos clientes, que podem então integrá-los em sua própria instalação, sem qualquer outra conversão de dados. item. Isso funciona bem com formatos de intercâmbio padronizados para os dados de catálogo, como BMEcat. Eles também formam a base para sistemas de classificação de produto, tais como ETIM, e UNSPS. Isso garante uma excelente qualidade de dados, que, por exemplo, permite a identificação de produtos HARTING em um ambiente de cliente e sua incorporação perfeita em sistemas de clientes (por exemplo, manual de montagem adaptado especificamente para o projeto do cliente). Se houver algum problema, os sistemas de serviço podem ativar as ordens sozinhos para o propósito correspondente, graças aos dados personalizados. A vantagem para os clientes aqui é que eles não só recebem produtos pré-fabricados que podem ser usados imediatamente, mas estes produtos podem ser integrados perfeitamente no seu próprio processo de valor agregado, usando a rotulagem que eles mesmos especificaram, por exemplo, os seus próprios números de Com sua abordagem de Indústria Integrada, a HARTING está demonstrando a criação de novas soluções, com vários benefícios estendidos aos clientes, impulsionados pela interação perfeita da experiência na engenharia mecânica, tecnologia de automação, tecnologia da informação e nos setores de robótica. EM RESUMO Os produtos HARTING que podem ser identificados em um ambiente de cliente permitem a incorporação perfeita de dados de produto HARTING nos sistemas dos clientes. O padrão Han-Modular forma a base para as aplicações Plug & Produce. O ambiente do sistema HARTING para coleta e processamento de dados é intrinsecamente consistente e à prova do futuro. A HARTING fornece sistemas turnkey de máquinas para produção em série de lote único personalizado. 17

18 tec.news 28: Soluções Infra-estrutura da Indústria 4.0: Caixa de infra-estrutura pequena, forte, inteligente Na Feira de Comércio de Hanover 2015, a HARTING apresentará uma nova caixa de infraestrutura que conduz o design desde quadros de distribuição convencionais aos dispositivos altamente integrados. A funcionalidade da caixa permite que a infra-estrutura de ligação padronizada de máquinas.» Andreas Huhmann, Strategy Consultant Connectivity & Networks, HARTING Technology Group, John Witt, Sales & Business Development Manager, HARTING Technology Group, Indústria 4.0 irá criar um número crescente de fábricas inteligentes. Elas são caracterizadas por uma estrutura modular que faz com que os processos de produção sejam mais flexíveis. Uma condição essencial para isso é uma poderosa infraestrutura fornecendo aos módulos de automação dados, sinais e energia, e assumindo funções de gerenciamento fundamentais. Isto resulta num elevado grau de flexibilidade e máxima eficiência e disponibilidade, tudo realizado com um mínimo de esforço exercido para rearranjar os sistemas. As funções de infraestrutura essenciais para a fábrica InteligenteKL foram especificadas por um grupo de trabalho dos principais fornecedores de automação e rede, com base na exibição de uma caixa de infraestrutura poderosa pela HARTING na Feira de Comércio de Hanover, em 2014, que foi apresentada como um gabinete de distribuição completo de dispositivos de desempenho elevado da indústria sobre trilhos DIN. Estes gabinetes de distribuição, no entanto, ainda eram muito grandes e pesados para ser considerados como um dispositivo em T inteligente e universal para fábricas inteligentes. Embora o projeto do gabinete contenha provas de sua viabilidade funcional, a miniaturização na forma de um dispositivo integrado 18

19 tec.news 28: Soluções Sistema 1 Sistema 2 Switches Protetores Medição Switches Protetores Controle - Servidor OPC-UA - Interface WEB Medição Potência Potência Medição Espinha Dorsal Espinha Dorsal Switch Comunicação Comunicação A caixa de infraestrutura é a interface universal para máquinas e sistemas da fábrica inteligentekl. é um pré-requisito indispensável para atender os requisitos de instalação e custo dos usuários. Semelhante ao modo com que os smartphones somente começaram a dominar o mercado com a miniaturização e integração de telefones celulares, tablet PCs e câmeras digitais, a integração e miniaturização na indústria é fundamental para o seu sucesso no mercado e fábricas inteligentes. Na Feira de Comércio de Hanover deste ano, a HARTING apresentará uma nova caixa de infraestrutura. Ela estará muito próxima da visão de um dispositivo em T inteligente, além de altamente integrada e equipada com um poderoso hardware e software. ne de dados em Gigabit seja construído através de um switch gerenciável. A unidade pode ser configurada através de uma interface web ou protocolos padrão de gestão como o SNMP. Conectores Han-Modular são utilizados para conexão confiável e padronizada de dados, sinais e energia em ambos os módulos de automação e backbone. EM RESUMO Um sistema ciber-físico pequeno e compacto Inteligente com OPC-UA e funções de gestão A funcionalidade da caixa de infraestrutura permite a conexão padronizada de máquinas e módulos de automação, e o intercâmbio de dados via OPC-UA. A caixa permite que os dados de energia sejam medidos, saídas sejam alteradas e um backbo- Robusto e confiável, com conectores Han-Modular da HARTING 19

20 tec.news 28: Soluções Automação Industrial está se tornando parte integrante da TI A Ethernet é considerada a plataforma de comunicações do futuro, e continuará a ganhar importância conforme taxas de dados subirem. Já como tecnologia-chave na indústria de hoje, é usada em quase todos os perfis de automação. A HARTING fornece toda a tecnologia de conexão necessária.» Rainer Schmidt, Business Development Manager, HARTING Technology Group, A fim de explorar plenamente o potencial da infraestrutura de rede moderna baseada em Ethernet para Industria 4.0, são necessários três fatores: Uma plataforma de comunicações padronizada, produtos de rede robustos, tais como interruptores e cabos para uso industrial, e padrões que garantem a compatibilidade entre a tecnologia de automação e tecnologia da informação, assim como em soluções de hardware e software utilizados em redes de dados. Soluções de acordo com as normas com tecnologia Ha-VIS prelink tornam aplicações de indústria integrada em investimentos seguros As normas para cabeamento estruturado em diferentes áreas de aplicação, tais como escritório e ambientes industriais, centros de informática e tecnologia de construção, são coletadas na terceira edição da ISO/IEC (ver visão geral). A nova seção para a ISO/IEC de indústria enumera as normas que permitirão áreas isoladas de automação se tornarem parte integrante de uma rede corporativa. A fim de que os usuários possam criar um sistema de cabeamento universal, a HARTING desenvolveu um sistema de cabeamento e conexão industrial. Na sua essência, é o bloco de terminais de Ha-VIS prelink que pode ser conectado em uma operação com a ferramenta prelink, proporcionando resultados completamente confiáveis e livres de erros. Todos os componentes estão disponíveis em IP20 ou IP65/67. Conectores flexíveis e intercambiáveis, tomadas e elementos de conexão adequados para uma ampla gama de diferentes dispositivos e interfaces de barramento de campo em tecnologia M12 ou RJ45 asseguram conexões universais entre fábricas e escritórios. Europa Internacional Aplicação até o momento Edição 3 EN ISO/IEC ISO/IEC Geral EN ISO/IEC ISO/IEC Escritorio EN ISO/IEC ISO/IEC Premissas Industriais EN ISO/IEC ISO/IEC Home EN ISO/IEC ISO/IEC Data Center ISO/IEC Serviços de Construção Distribuidos EN ANSI/TIA-862 Normatização de sistemas de cabeamento europeu e internacional 20

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Resumo da solução Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Você deseja uma solução de computação unificada para a sua empresa de médio ou pequeno porte ou para o padrão avançado do seu

Leia mais

FAdC Frauscher Advanced Counter

FAdC Frauscher Advanced Counter FAdC Frauscher Advanced Counter PT FAdC FRAUSCHER Advanced Counter A detecção de via livre do futuro O Frauscher Advanced Counter (FAdC) é a mais nova geração de sistemas de contagem de eixos com base

Leia mais

ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal

ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal PT ACS2000 Sistema de contagem de eixos universal Amigável ao cliente e comprovado Com a implementação do ACS2000 há alguns anos, foram estabelecidos novos

Leia mais

FAdC i Frauscher Advanced Counter i

FAdC i Frauscher Advanced Counter i FAdC i Frauscher Advanced Counter i PT FAdC i FRAUSCHER Advanced Counter i Detecção de via livre para requisitos especiais O FAdCi é uma variante especialmente econômica da mais nova geração de contagem

Leia mais

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria.

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria. Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro Respostas para a indústria. Percepção, previsão, visão ampliada: SIMOCODE pro integrado no SIMATIC PCS7 O sistema flexível de gerenciamento de motores

Leia mais

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Abra as portas para o futuro. Com o Controlador de porta em rede AXIS A1001, estamos introduzindo

Leia mais

HARTING News. Junho, 2003. Do controlo centralizado até à inteligência distribuída. arquitectura de instalação com inteligência distribuída.

HARTING News. Junho, 2003. Do controlo centralizado até à inteligência distribuída. arquitectura de instalação com inteligência distribuída. Neste número: Novos desenvolvimentos HARTING para Industrial Ethernet e PROFInet Durante a passada edição da feira de Hannover, o grupo tecnológico HARTING apresentou diversos desenvolvimentos para o ambiente

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Industry 4.0 Página 1 de 6 Beckhoff na Hanover Messe: Hall 9 Stand F06 Indústria 4.0 Fórum: Controle baseado em PC como base tecnológica para aplicações em fabricas inteligentes Com o Indústria Integrada

Leia mais

Plataforma Sharp OSA VAÇÃO

Plataforma Sharp OSA VAÇÃO Plataforma Sharp OSA VAÇÃO A plataforma Sharp OSA abre sua MFP para se tornar um portal personalizado, localizado estrategicamente dentro do seu negócio. Associado a um amplo potencial de desenvolvimento

Leia mais

Série Connect. Switches e Conversores Industriais. www.altus.com.br

Série Connect. Switches e Conversores Industriais. www.altus.com.br Série Connect Switches e Conversores Industriais www.altus.com.br Conectividade e simplicidade Compacto: design robusto e eficiente para qualquer aplicação Intuitivo: instalação simplificada que possibilita

Leia mais

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado GE Intelligent Platforms Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado Na vanguarda da evolução da automação industrial. Acreditamos que o futuro da automação industrial seguirá o mesmo

Leia mais

Família CJ2. Novos CLPs com alta qualidade comprovada. Controladores Programáveis

Família CJ2. Novos CLPs com alta qualidade comprovada. Controladores Programáveis Controladores Programáveis Família CJ2 Novos CLPs com alta qualidade comprovada. >> Flexibilidade em comunicação >> Desenvolvimento mais rápido de máquinas >> Inovação através da evolução Inovação sem

Leia mais

Para o futuro, padronizado e com plataforma cruzada

Para o futuro, padronizado e com plataforma cruzada Para o futuro, padronizado e com plataforma cruzada Rede é a resposta! O que muitos acreditavam ser uma tendência atual foi padronizado na HEUFT há muito tempo: nós introduzimos uma família de equipamentos

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Interpack 2014 Página 1 de 6 Beckhoff na feira Interpack 2014, em Düsseldorf: ao ar livre FG 15-1 Fórum de Soluções Beckhoff: embalagem com economia de recursos com controle baseado em PC A Beckhoff está

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

Soluções completas de segurança em vídeo IP

Soluções completas de segurança em vídeo IP Soluções completas de segurança em vídeo IP Soluções completas de segurança em vídeo IP www.indigovision.com IndigoVision Visão geral A solução empresarial de segurança IP IndigoVision garante o monitoramento

Leia mais

Anúncio de Novos Produtos: Controladora para uma porta KT-1 e software EntraPass v6.02

Anúncio de Novos Produtos: Controladora para uma porta KT-1 e software EntraPass v6.02 Anúncio de Novos Produtos: Controladora para uma porta KT-1 e software EntraPass v6.02 A Tyco Security Products tem o prazer de anunciar o lançamento da controladora PoE para uma porta KT-1 da Kantech.

Leia mais

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las agility made possible sumário resumo executivo 3 efetivo do servidor: 3 difícil e piorando

Leia mais

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1 Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio slide 1 Objetivos de estudo Quais os principais componentes das redes de telecomunicações e quais as principais tecnologias de rede? Quais os principais

Leia mais

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO

Mude para digital. Sistema de rádio bidirecional digital profissional MOTOTRBO Sistema de rádio bidirecional digital profissional A solução de comunicação em rádios bidirecionais de próxima geração está aqui, com melhor desempenho, produtividade e preço e mais oportunidades para

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

Virtualização de desktop da NComputing

Virtualização de desktop da NComputing Virtualização de desktop da NComputing Resumo Todos nos acostumamos ao modelo PC, que permite que cada usuário tenha a sua própria CPU, disco rígido e memória para executar seus aplicativos. Mas os computadores

Leia mais

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104

UMG 104-Mais do que um simples Multímetro UMG 104 UMG 104 UMG 104-Mais do que um ples Multímetro O UMG 104 equipado com um DSP de 500 MHz (processador de sinal digital) é um analisador de tensão muito rápido e potente. A varredura contínua dos 8 canais

Leia mais

Aula 03 Redes Industriais. Informática Industrial II ENG1023 Profª. Letícia Chaves

Aula 03 Redes Industriais. Informática Industrial II ENG1023 Profª. Letícia Chaves 1 Aula 03 Redes Industriais Informática Industrial II ENG1023 Profª. Letícia Chaves Plano de aula Tópicos da aula: 1 Introdução 2 Benefícios na utilização de redes 3 Dificuldades na utilização de redes

Leia mais

ACCESSNET -T IP Técnica do sistema TETRA da Hytera. www.hytera.de

ACCESSNET -T IP Técnica do sistema TETRA da Hytera. www.hytera.de Técnica do sistema TETRA da Hytera é a solução abrangente e eficiente para todas as aplicações em transmissão móvel profissional. www.hytera.de Num piscar de olhos Para comunicação TETRA profissional TETRA

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

redes, infraestrutura e telecom

redes, infraestrutura e telecom redes, infraestrutura e telecom Integração de soluções, projetos, implementação e manutenção de redes, infraestrutura de TI e telecom para empresas de grande e médio portes. SERVIÇOS redes, infraestrutura

Leia mais

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores SIRIUS 3RM1 Multifuncionais e com apenas 22,5 mm de largura siemens.com/motorstarter/3rm1 Answers for industry. Acionamento de motores

Leia mais

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual?

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? RESUMO DO PARCEIRO: CA VIRTUAL FOUNDATION SUITE Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? O CA Virtual Foundation Suite permite

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S

UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida UMG 96S UMG 96S UMG 96S-Instrumento de medição universal com montagem embutida Os instrumentos de medição universal com montagem embutida da família de produto UMG 96S foram principalmente concebidos para utilização

Leia mais

Jato de tinta contínuo Impressoras Série 1000

Jato de tinta contínuo Impressoras Série 1000 arcação e codificação inteligente produtividade simplificada Jato de tinta contínuo Impressoras Série 1000 Série Videojet 1000 elhorando a produtividade com tecnologia de última geração. As impressoras

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. OneIT A gente trabalha para o seu crescimento. Rua Bento Barbosa, n 155, Chácara Santo

Leia mais

4. Controlador Lógico Programável

4. Controlador Lógico Programável 4. Controlador Lógico Programável INTRODUÇÃO O Controlador Lógico Programável, ou simplesmente PLC (Programmiable Logic Controller), pode ser definido como um dispositivo de estado sólido - um Computador

Leia mais

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas

SYNCHROTACT 5. Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas SYNCHROTACT 5 Sistemas e equipamentos de sincronização e paralelismo para redes e máquinas síncronas Aplicação SYNCHROTACT 5 é a quinta geração dos equipamentos para sincronização produzidos pela ABB Switzerland

Leia mais

ATIVIDADE 1. Definição de redes de computadores

ATIVIDADE 1. Definição de redes de computadores ATIVIDADE 1 Definição de redes de computadores As redes de computadores são criadas para permitir a troca de dados entre diversos dispositivos estações de trabalho, impressoras, redes externas etc. dentro

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla

Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS. Prof. Victor Halla Unidade III FUNDAMENTOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Prof. Victor Halla Conteúdo Arquitetura de Processadores: Modo Operacional; Velocidade; Cache; Barramento; Etc. Virtualização: Maquinas virtuais; Gerenciamento

Leia mais

Soluções de Vídeo de IP Série MAXPRO APRENDA UM, CONHEÇA TODOS. Aberto, flexível e escalável Plataforma de vigilância de vídeo

Soluções de Vídeo de IP Série MAXPRO APRENDA UM, CONHEÇA TODOS. Aberto, flexível e escalável Plataforma de vigilância de vídeo Soluções de Vídeo de IP Série MAXPRO APRENDA UM, CONHEÇA TODOS Aberto, flexível e escalável Plataforma de vigilância de vídeo APRENDA UM, CONHEÇA TODOS Você está procurando... sistemas que são interoperáveis

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011

IBM Software. Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 IBM Software Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Agosto de 2011 2 Otimize seus ambientes de SOA, B2B e nuvem com WebSphere DataPower Destaques Amplie os serviços de negócios

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM DIGITRACE NGC-40 O NGC-40 é um avançado sistema modular

Leia mais

IP Communications Platform

IP Communications Platform IP Communications Platform A Promessa de Convergência, Cumprida As comunicações são essenciais para os negócios mas, em última análise, estas são conduzidas a nível pessoal no ambiente de trabalho e por

Leia mais

DMI. Dispositivo de Monitoramento Inteligente DMI TCR 88ES

DMI. Dispositivo de Monitoramento Inteligente DMI TCR 88ES DMI Dispositivo de Monitoramento Inteligente 1 DMI TCR 88ES Prezado Consumidor, A ISSO atua em diversos projetos envolvendo novas tecnologias, na área de TI, equipamentos elétricos e eletrônicos, equipamentos

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais:

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais: Entrada e Saída Além do processador e da memória, um terceiro elemento fundamental de um sistema de computação é o conjunto de módulos de E/S. Cada módulo se conecta com o barramento do sistema ou com

Leia mais

DEZ RAZÕES PARA MUDAR PARA SISTEMA DE VÍDEO BASEADO EM IP. Ou o que seu vendedor de câmeras analógicas não lhe dirá

DEZ RAZÕES PARA MUDAR PARA SISTEMA DE VÍDEO BASEADO EM IP. Ou o que seu vendedor de câmeras analógicas não lhe dirá DEZ RAZÕES PARA MUDAR PARA SISTEMA DE VÍDEO BASEADO EM IP Ou o que seu vendedor de câmeras analógicas não lhe dirá 1. ALTA RESOLUÇÃO Câmeras baseadas em IP não estão restritas à baixa resolução das câmeras

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM digitrace ngc-30 O DigiTrace NGC-30 é um avançado sistema

Leia mais

+ CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES

+ CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES + CONFIABILIDADE + GRANDE RESISTÊNCIA + PLUG & PRINT + PRODUTIVIDADE + FACILIDADE DE USO + OPÇÕES As soluções de impressão térmica de código de barras da Printronix mantêm sua operação funcionando sem

Leia mais

Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas

Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas White Paper Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas Válvulas avulsas ou terminal de válvulas para controle de equipamentos automatizados pneumáticos?

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Brazil Windpower 2012 Página 1 de 5 Beckhoff na Brazil Windpower 2012: Segundo pavimento, Estande 261, 262 Tecnologia para turbinas: Soluções abertas de automação para energia eólica A Brazil Windpower

Leia mais

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson

Redes Industriais. Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Industriais Centro de Formação Profissional Orlando Chiarini - CFP / OC Pouso Alegre MG Inst.: Anderson Ementa Proposta CAP: 1 - INTRODUÇÃO ÀS REDES INDUSTRIAIS ; CAP: 2 - MEIOS FÍSICOS ; CAP: 3 - REDES

Leia mais

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável Industrial Tools 3 Sistema de montagem avançado Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável More Than Productivity Soluções totalmente integradas para aplicações delicadas

Leia mais

Grid e Gerenciamento Multi-Grid

Grid e Gerenciamento Multi-Grid Principais Benefícios Alta disponibilidade, Escalabilidade Massiva Infoblox Oferece serviços de rede sempre ligados através de uma arquitetura escalável, redundante, confiável e tolerante a falhas Garante

Leia mais

>Proteção de Energia Trifásica

>Proteção de Energia Trifásica Symmetra PX Proteção de Energia Modular, Escalável e de Alta Eficiência para Data Centers Symmetra PX 100kW Escalável de 10kW até 100kW >Proteção de Energia Trifásica Modular de Alta Performance com Tamanho

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Design de Rede Local Design Hierárquico Este design envolve a divisão da rede em camadas discretas. Cada camada fornece funções específicas que definem sua função dentro da rede

Leia mais

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo.

Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Vigilância IP Axis. Infinitas possibilidades para a vigilância por vídeo. Desafios da vigilância por vídeo hoje O mercado de vigilância por vídeo está crescendo, impulsionado por preocupações de segurança

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

Nosso foco é facilitar a videovigilância profissional para todos. Armazenamento de dados seguro e excelente usabilidade

Nosso foco é facilitar a videovigilância profissional para todos. Armazenamento de dados seguro e excelente usabilidade Nosso foco é facilitar a videovigilância profissional para todos Armazenamento de dados seguro e excelente usabilidade 2 Fácil e confiável Frank Moore, proprietário da Keymusic 3 Fácil e confiável Eu não

Leia mais

WirelessHART Manager

WirelessHART Manager Descrição do Produto O uso de tecnologias de comunicação de dados sem fio em sistemas de automação industrial é uma tendência em crescente expansão. As vantagens do uso de tecnologia sem fio são inúmeras

Leia mais

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Um Único Dispositivo para Monitoramento e Controle Há várias formas de melhorar a eficiência e a confiabilidade

Leia mais

Sistema IBM PureApplication

Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistemas de plataforma de aplicativos com conhecimento integrado 2 Sistema IBM PureApplication A TI está vindo para o centro estratégico dos negócios

Leia mais

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias

Semântica para Sharepoint. Busca semântica utilizando ontologias Semântica para Sharepoint Busca semântica utilizando ontologias Índice 1 Introdução... 2 2 Arquitetura... 3 3 Componentes do Produto... 4 3.1 OntoBroker... 4 3.2 OntoStudio... 4 3.3 SemanticCore para SharePoint...

Leia mais

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada.

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. SYSTIMAX Solutions imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. 1 Toda rede deve ser administrada. A questão é COMO? A visão: Conseguir o sucesso comercial a partir de uma melhor administração de

Leia mais

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM?

INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? INFORME PORQUE TELEFÓNIA EM NUVEM? Porque a Voz na Nuvem? 2 Índice Introdução... 3 Baixo Custo... 4 REQUISITOS MÍNIMOS DE CAPITAL... 4 EQUIPAMENTOS GENÉRICOS... 4 UTILIZAÇÃO DE MAIORES RECURSOS... 4 DESPESAS

Leia mais

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes.

Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes. Aquisição planejada do negócio de servidores x86 combinará fortalezas da IBM e da Lenovo para maximizar valor para clientes Abril de 2014 Conteúdo Resumo Executivo 3 Introdução 3 IBM recebe alta pontuação

Leia mais

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços da solução SAP SAP ERP SAP Data Maintenance for ERP by Vistex Objetivos Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços Entregar a manutenção de dados

Leia mais

Introdução à redes de computadores

Introdução à redes de computadores 1/8 Introdução à redes de computadores Faz todo o sentido ligar os computadores em rede. Você não precisa ter uma impressora, um HD de grande capacidade, um gravador de DVDs e conexão via ADSL para cada

Leia mais

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES

SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas. integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES SIMATIC Sistemas de visão Produtividade e qualidade asseguradas integrador certificado: SOLUCOES INTELIGENTES Sistemas de visão Visão geral da linha de produtos Série SIMATIC VS720A - As câmeras inteligentes

Leia mais

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP)

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP) Hardware (Nível 0) Organização O AS/400 isola os usuários das características do hardware através de uma arquitetura de camadas. Vários modelos da família AS/400 de computadores de médio porte estão disponíveis,

Leia mais

Automação Sem Limites

Automação Sem Limites representado por: Automação Sem Limites Você espera mais do seu sistema HMI/SCADA do que uma simples ferramenta tecnológica? Você procura soluções inovadoras e seguras? Então é hora de conhecer o zenon

Leia mais

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo

Migração de sistemas antigos. Avançando para um futuro competitivo Migração de sistemas antigos Avançando para um futuro competitivo A automação e controle é um dos mais importantes investimentos para garantir o sucesso da manufatura de qualquer indústria. Porém, por

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

INFRAESTRUTURA DE TI E TECNOLOGIAS EMERGENTES

INFRAESTRUTURA DE TI E TECNOLOGIAS EMERGENTES Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 5 INFRAESTRUTURA DE TI E TECNOLOGIAS EMERGENTES PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos

Leia mais

Associação Brasileira de Automação GS1 Brasil

Associação Brasileira de Automação GS1 Brasil Associação Brasileira de Automação GS1 Brasil Estudo o uso do código de barras no Brasil 30 de junho de 2015 Consumidor e o Código de Barras 2 Consumidor e o Código de Barras - Perfil 45% - HOMENS 55%

Leia mais

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Procurando reduzir gastos com energia? Por que não aumentar a produtividade ao mesmo tempo? Reduzir os custos operacionais usando a energia com eficiência

Leia mais

Interfaces Homem-Máquina

Interfaces Homem-Máquina Interfaces Homem-Máquina www.altus.com.br Muito mais que IHMs Insuperável: gráficos vetoriais em hardware de alto desempenho Interativa: comunicação com diversos dispositivos de automação Intuitiva: biblioteca

Leia mais

COLABORAÇÃO COMPLETA PARA O MIDMARKET

COLABORAÇÃO COMPLETA PARA O MIDMARKET COLABORAÇÃO COMPLETA PARA O MIDMARKET Você está realmente conectado? Esse é o desafio atual no panorama dos negócios virtuais e móveis, à medida que as empresas se esforçam para ter comunicações consistentes

Leia mais

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos

Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Capítulo VI Telecomunicações: Redes e Aplicativos Uma rede nada mais é do que máquinas que se comunicam. Estas máquinas podem ser computadores, impressoras, telefones, aparelhos de fax, etc. Se interligarmos

Leia mais

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva da solução SAP SAP Technology SAP Afaria Objetivos Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos

Leia mais

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

Peça para um amigo baixar o programa também, e você pode começar a experimentar o VoIP para ver como funciona. Um bom lugar para procurar é

Peça para um amigo baixar o programa também, e você pode começar a experimentar o VoIP para ver como funciona. Um bom lugar para procurar é VOIP Se você nunca ouviu falar do VoIP, prepare-se para mudar sua maneira de pensar sobre ligações de longa distância. VoIP, ou Voz sobre Protocolo de Internet, é um método para pegar sinais de áudio analógico,

Leia mais

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação TOUCH SCREEN Comando de Automação Central de Cenário 54 ÍNDICE DE SEÇÃO 56 A casa como você quer 62 As vantagens de 66 Dispositivos BUS 68 Integração das funções My Home 70 Vantagens da instalação BUS

Leia mais

Nós queremos o seu. Os melhores preços estão aqui. SpeedPRO SYSTIMAX 360 Uniprise

Nós queremos o seu. Os melhores preços estão aqui. SpeedPRO SYSTIMAX 360 Uniprise Nós queremos o seu projeto! Consulte-nos! Os melhores preços estão aqui. imvision InstaPATCH 360 Redwood SpeedPRO SYSTIMAX 360 Uniprise ImVision. Gestão de Infraestrutura. Simplificada O imvision corresponde

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

Controladores Lógicos Programáveis (CLPs)

Controladores Lógicos Programáveis (CLPs) Controladores Lógicos Programáveis (CLPs) A UU L AL A Uma empresa fabrica clipes em três tamanhos: grande, médio e pequeno. Seus clientes consomem os produtos dos três tamanhos, mas a empresa nunca conseguiu

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION. Conheça a nova face do. controle de pista.

SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION. Conheça a nova face do. controle de pista. SISTEMA DE PISTA WAYNE FUSION Conheça a nova face do controle de pista. Controle onde você mais precisa. Controle onde voc O Sistema de Pista Wayne Fusion permite uma interface ininterrupta de suas bombas,

Leia mais

Migrando das clássicas tecnologias Fieldbus

Migrando das clássicas tecnologias Fieldbus EtherCAT simplifica a arquitetura de controle Exemplo: Arquitetura de controle de uma prensa hidráulica, Schuler AG, Alemanha Arquitetura de controle com Fieldbus clássicos Desempenho dos Fieldbus clássicos

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01 Prof. André Lucio Competências do modulo Introdução ao sistema operacional Windows Instalação e configuração do sistema

Leia mais

INOVAÇÕES. Rede de estádio. ION (Rede Óptica Inteligente) Sistemas digitais de antenas distribuídas FlexWave

INOVAÇÕES. Rede de estádio. ION (Rede Óptica Inteligente) Sistemas digitais de antenas distribuídas FlexWave INOVAÇÕES Rede de estádio 1 Sistemas digitais de antenas distribuídas FlexWave Uma plataforma de antenas distribuídas (DAS), digital, multibanda, multioperador, agnóstica em termos tecnológicos. Possui

Leia mais