INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES."

Transcrição

1 Comunicados RPI 2184 de 13/11/2012 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado em tempo hábil. 2- Não serão aceitas fichas de compensação (guias) com rasuras em qualquer das vias. 3- Fichas de compensação (guias) recolhidas, originalmente, para determinado serviço não poderão ser utilizadas para outra finalidade. O interessado deverá solicitar restituição do valor não utilizado. 4- O pagamento da retribuição deverá ser feito de acordo com a tabela vigente na data da publicação do pedido ou ato a que se referir. 5- Alertamos sobre a mensagem constante nas fichas de compensação (guias) sobre a necessidade de autenticação bancária das 2(duas) vias. 6- Solicitamos aos usuários que façam o recolhimento das guias de pagamento, preferencialmente, nas agências do Banco do Brasil S/A. COMPLEMENTO 7- No caso de Processo em tramitação, é obrigatório a menção do número do processo; data; código da natureza do serviço e nome do interessado na guia de recolhimento A ADMINISTRAÇÃO

2 COMUNICADO Informamos que o novo número de telefone da RENPI/PB é (83)

3 COMUNICADO Informamos a mudança ocorrida no equipamento da EMBRATEL (roteador/switch) do 1º andar para o andar térreo na DIREG/DF. O Protocolo Automatizado Geral PAG - estará inoperante nesta segunda-feira, dia 12/11/2012.

4 COMUNICADO Informamos que no dia 01/11/2012 foi Ponto Facultativo em Campo Grande/MS, por este motivo a REINPI/MS retornou seu atendimento no dia 05/11/2012, conforme Lei anexa.

5 RPI nº 2184 de 13/11/2012. INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL COMISSÃO DE CONDUTA PROFISSIONAL DOS AGENTES DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PORTARIA INPI/PR nº 150, de 16/02/11. Processo nº Denunciados Decisão do Presidente do INPI 0755/2004 MPM MARCAS E PATENTES LTDA. API Nº 1617 (SÓCIOS: MÉRCIA DOS SANTOS FIGUEIRA API Nº 794/PAULO CÉSAR OZÓRIO GOMES OAB/ 48841). ARQUIVADO 0269/2006 MARCOS ANTÔNIO NUNES API Nº 1832 ARQUIVADO 0885/2006 MARCOS ANTÔNIO NUNES API Nº 1832 ARQUIVADO 1700/ /2007 MARCOS ANTÔNIO NUNES API Nº 1832 ARQUIVADO 0262/2010 ALEXANDRE DOS SANTOS COCCIOLITO API Nº ARQUIVADO 56676/2012 GIL MARCAS E PATENTES API Nº 1637 (SÓCIOS: WILSON S. PORTELA API Nº 1037/CLÁUDIO SAMPAIO PORTELA API Nº 1036). ARQUIVADO 2

6 RPI nº 2184 de 13/11/2012. INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL COMISSÃO DE CONDUTA PROFISSIONAL DOS AGENTES DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PORTARIA INPI/PR nº 150, de 16/02/11. Processo nº Denunciados Decisão do Presidente do INPI 0228/2002 JOÃO MONTANUCCI FILHO API Nº ARQUIVADO 3034/2003 AMÂNCIO DA CONCEIÇÃO MACHADO API Nº 1916 ARQUIVADO 0674/2004 MARCOS ANTÔNIO NUNES API Nº 1832 ARQUIVADO 2

7 Instituto Nacional da Propriedade Industrial Comissão de Cadastramento de Agentes da Propriedade Industrial (Portaria INPI/PR 272 de 18/04/2011) RPI 2184 de 13/11/2012 Comunicado Em conformidade com a Resolução n 194/08, de 21/11/08, publicada na RPI 1979, de 09/12/08, ficam os interessados, a seguir relacionados, na data desta publicação, cientes dos despachos e decisões proferidas pela Comissão constituída pela Port. INPI/PR Nº 272 de 18/04/11, junto aos seus requerimentos de Cadastramento como Agente da Propriedade Industrial. Página 1 de 2

8 Instituto Nacional da Propriedade Industrial Comissão de Cadastramento de Agentes da Propriedade Industrial (Portaria INPI/PR 272 de 18/04/2011) RPI 2184 de 13/11/ REPUBLICAÇÃO DO DEFERIMENTO PUBLICADO NA RPI 2166 DE 10/07/2012, TENDO EM VISTA QUE O MESMO DEVERIA TER SIDO PUBLICADO COM O NOME EMPRESARIAL E NÃO COM O NOME DE FANTASIA. PORTANTO, ONDE SE LÊ: 1 - DEFERIMENTO EM CONFORMIDADE COM A RESOLUÇÃO 194/08 DE 21/11/08 (adotado o nº do processo de requerimento como matrícula). Matrícula: 2301 Interessado: Leal Marcas e Patentes LEIA-SE: 1 - DEFERIMENTO EM CONFORMIDADE COM A RESOLUÇÃO 194/08 DE 21/11/08 (adotado o nº do processo de requerimento como matrícula). Matrícula: 2301 Interessado: A M G Leal Marcas Eireli ME Página 2 de 2

9 COMUNICADO Informo que houve alteração do nome da Responsável pela REINPI/PI. A atual chama-se Maria Santa Fé Souza.

10

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado em tempo hábil.

Leia mais

Instituto Nacional da Propriedade Industrial Diretoria de Marcas

Instituto Nacional da Propriedade Industrial Diretoria de Marcas MARCAS RPI 2220 de 23/07/2013 4 Comunicados Diretoria de Marcas Prezado usuário, Você tem em mãos uma nova Revista da Propriedade Industrial Marcas. Esta é a primeira RPI gerada pelo IPAS-Brasil, que veio

Leia mais

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO MARCAS - RPI 2225 de 27/08/2013 5 Comunicados Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO 1. Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha

Leia mais

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO MARCAS - RPI 2345 de 15/12/2015 5 Comunicados Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO 1. Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 1943 de 01/04/2008 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO MARCAS - RPI 2234 de 29/10/2013 5 Comunicados Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO 1. Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 2219 de 16/07/2013 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 1900 de 05/06/2007 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Índice Geral RPI 1516 de 25/01/2000 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 2127 de 11/10/2011 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 1949 de 13/05/2008 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

COMUNICADO. Diretoria de Contratos, Indicações Geográficas e Registros

COMUNICADO. Diretoria de Contratos, Indicações Geográficas e Registros MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR DIRETORIA DE CONTRATOS, INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS E REGISTROS COORDENAÇÃO GERAL DE CONTRATOS DE TECNOLOGIA COMUNICADO Comunicamos a implementação

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 2198 de 19/02/2013 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR. DIRETORIA DE PATENTES COORDENAÇÃO DE SUPORTE ADMINISTRATIVO DE PATENTES COMUNICADO Alertamos aos usuários que em função da troca em empresa

Leia mais

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO MARCAS - RPI 2261 de 06/05/2014 5 Comunicados Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO 1. Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 1903 de 26/06/2007 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO

Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO MARCAS - RPI 2356 de 01/03/2016 5 Comunicados Instruções para os pagamentos e comprovação das retribuições LEIA COM ATENÇÃO 1. Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha

Leia mais

Processos nº s Denunciados Decisão do Presidente do INPI

Processos nº s Denunciados Decisão do Presidente do INPI INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL COMISSÃO DE CONDUTA PROFISSIONAL DOS AGENTES DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PORTARIA INPI/PR nº 150, de 16/02/11. Processos nº s Denunciados Decisão do Presidente

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 1995 de 31/03/2009 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado em tempo hábil.

Leia mais

RPI nº 2227 de 10/09/2013.

RPI nº 2227 de 10/09/2013. RPI nº 2227 de 10/09/2013. INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL COMISSÃO DE CONDUTA PROFISSIONAL DOS AGENTES DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PORTARIA INPI/PR nº 150, de 16/02/11. Processo nº Denunciados

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado em tempo hábil.

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR. DIRETORIA DE PATENTES COORDENAÇÃO DE SUPORTE ADMINISTRATIVO DE PATENTES COMUNICADO A Diretoria de Patentes informa que a partir da RPI 2228

Leia mais

(a) Retribuição por meio eletrônico (*) Retribuição

(a) Retribuição por meio eletrônico (*) Retribuição TABELA DE RETRIBUIÇÕES PELOS SERVIÇOS DO INPI (valores em Reais) Anexo da Resolução INPI/PR Nº 280, de 30 de dezembro de 2011 Código SERVIÇOS DA DIRETORIA DE PATENTES DIRPA INVENÇÃO, CERTIFICADO DE ADIÇÃO

Leia mais

TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais)

TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais) TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais) Anexo da Resolução INPI/PR Nº 129, de 10 de março de 2014. Código 200 201 Descrição do serviço Pedido nacional de invenção; Pedido

Leia mais

TABELA DE RETRIBUIÇÕES PELOS SERVIÇOS DO INPI (valores em Reais)

TABELA DE RETRIBUIÇÕES PELOS SERVIÇOS DO INPI (valores em Reais) TABELA DE RETRIBUIÇÕES PELOS SERVIÇOS DO INPI (valores em Reais) SERVIÇOS DA DIRETORIA DE MARCAS DIRMA (REGISTRO DE MARCAS) FAIXA Nº 1 FAIXA Nº 2 FAIXA Nº 3 Cód. Sub Cód Descrição do Serviço Desmembramento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861

MANUAL DO USUÁRIO. Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861 MANUAL DO USUÁRIO Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861 Rio de Janeiro INPI/CEDIN 2014 BIBLIOTECA DO INPI Vinculada ao Centro de Disseminação da Informação Tecnológica (CEDIN),

Leia mais

Procedimento. Título do Documento: Código: Versão: SUMÁRIO

Procedimento. Título do Documento: Código: Versão: SUMÁRIO DIRPA 1/8 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 2 2. CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA... 2 4. DEFINIÇÕES E SIGLAS... 2 5. PROCEDIMENTO E INSTRUÇÃO... 2 Campo 1 Depositante... 3 Campo 2 Natureza...

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PATENTES: ETAPAS DO PROCESSAMENTO

INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PATENTES: ETAPAS DO PROCESSAMENTO I N PI INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PATENTES: ETAPAS DO PROCESSAMENTO 111 Processamento Administrativo do Pedido de Patente Apresentação do Pedido Apresentação do Pedido Art. 19 Relatório

Leia mais

Guia para o requerimento do Serviço Especial. Opinião Preliminar sobre a Patenteabilidade

Guia para o requerimento do Serviço Especial. Opinião Preliminar sobre a Patenteabilidade INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO DIRETORIA DE PATENTES Guia para o requerimento do Serviço Especial Opinião Preliminar sobre a Patenteabilidade

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 1898 de 22/05/2007 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃO DAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais)

TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais) TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais) Anexo da Resolução INPI/PR Nº 129, de 10 de março de 2014. Código Descrição do serviço SERVIÇOS RELATIVOS A MARCAS Diretoria de

Leia mais

Renovação de Vistos. Estudantes Estrangeiros

Renovação de Vistos. Estudantes Estrangeiros Renovação de Vistos Estudantes Estrangeiros Prorrogação do visto temporário IV (estudante) Requisitos exigidos aos interessados, para solicitação de prorrogação do prazo de estada no Brasil: possuir capacidade

Leia mais

COMUNICADO. Pedido de registro original CL NCL(7) Número(s) atribuído(s) NCL(7)

COMUNICADO. Pedido de registro original CL NCL(7) Número(s) atribuído(s) NCL(7) COMUNICADO Tendo em vista a adequação imposta pela Classificação Internacional de Produtos e Serviços, informamos aos usuários o(s) número(s) que foi(ram) atribuído(s) ao(s) pedido(s) de registro e/ou

Leia mais

ANEXO. TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais)

ANEXO. TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais) ANEXO TABELA DE RETRIBUIÇÕES DOS SERVIÇOS PRESTADOS PELO INPI (valores em Reais) Código 200 201 Descrição do serviço Pedido nacional de invenção; Pedido nacional de modelo de utilidade; Pedido nacional

Leia mais

P1 Custas Judiciais: Redesenho de processos. Bizagi Process Modeler

P1 Custas Judiciais: Redesenho de processos. Bizagi Process Modeler P1 Custas Judiciais: Redesenho de processos Bizagi Process Modeler P 1 C U S TA S J U D I C I AI S 2 ME - MAPA DE ESPECIFICAÇÃO 3 ME1 - MAPA DE ESPECIFICAÇÃO SUB-PROCESSO Pagamento realizado (Cliente)

Leia mais

E-Process para solicitar restituição de indébito do ICMS

E-Process para solicitar restituição de indébito do ICMS E-Process para solicitar restituição de indébito do ICMS O trâmite do processo de Restituição do ICMS é normatizado pelo Regulamento do ICMS-MT (Decreto 2.212/14) em sua Parte Processual Título II, Capítulo

Leia mais

TABELA DE RETRIBUIÇÕES PELOS SERVIÇOS DO INPI (valores em Reais) SERVIÇOS DA DIRETORIA DE MARCAS DIRMA

TABELA DE RETRIBUIÇÕES PELOS SERVIÇOS DO INPI (valores em Reais) SERVIÇOS DA DIRETORIA DE MARCAS DIRMA Anexo da Resolução INPI/PR Nº 274, 24 novembro 2011 TABELA DE RETRIBUIÇÕES PELOS SERVIÇOS DO INPI (valores em Reais) SERVIÇOS DA DIRETORIA DE MARCAS DIRMA pedido registro e petições eletrônicos pedido

Leia mais

PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013

PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013 Assunto: Estabelecer

Leia mais

Pedido de Registro de Marca de Serviço (Mista)

Pedido de Registro de Marca de Serviço (Mista) 17/04/2014 850140071594 15:52 00.000.9.3.14.0271917.1 Pedido de Registro de Marca de Serviço (Mista) Número do Processo: 907589588 Dados do Requerente Nome: 'RONI CESAR SITKO' CPF/CNPJ/Número INPI: 31239697899

Leia mais

Guia Rápido Registro Integrado/ES

Guia Rápido Registro Integrado/ES Guia Rápido Registro Integrado/ES O Registro Integrado/ES, através do sistema REGIN integra os órgãos públicos envolvidos no registro de empresas como Junta Comercial (JUCEES), Receita Federal (RFB), Secretaria

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL C O M U N I C A D O

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL C O M U N I C A D O SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR C O M U N I C A D O Devido ao Feriado Municipal, instituído pela Lei Municipal nº 1.327, de 1967, no dia 08 de dezembro

Leia mais

ANEXO II à Instrução Normativa DNRC nº 118/2011

ANEXO II à Instrução Normativa DNRC nº 118/2011 ANEXO II à Instrução Normativa DNRC nº 118/2011 PROCEDIMENTOS REFERENTES À TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO EM EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA - EIRELI E VICE-VERSA 1 TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Formulário de Requerimento de Averbação e Registro

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS Formulário de Requerimento de Averbação e Registro Formulário de Requerimento de Averbação e Registro Formulário de Requerimento de Averbação e Registro de Contratos e Faturas, em três vias, devidamente preenchido (datilografado, digitado ou manuscrito

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003/ 2013 Dispõe sobre a criação e funcionamento da comissão de avaliação de imóveis para fins de calculo do Imposto sobre transmissão inter-vivos de bens imóveis, e dá outras providências.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA DIRETORIA DE MARCAS: PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS E PETIÇÕES EM PAPEL

MANUAL DO USUÁRIO DA DIRETORIA DE MARCAS: PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS E PETIÇÕES EM PAPEL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL DIRETORIA DE MARCAS MANUAL DO USUÁRIO DA DIRETORIA DE MARCAS: PARA APRESENTAÇÃO DE PEDIDOS E PETIÇÕES

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL P R E S I D Ê N C I A

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL P R E S I D Ê N C I A Ato Normativo 128/97 05/03/1997 ATO NORMATIVO Nº 128 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA, DO COMÉRCIO E DO TURISMO INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL P R E S I D Ê N C I A Assunto: Dispõe sobre aplicação

Leia mais

Perguntas Frequentes Registro Empresarial. 1. Qual a documentação necessária para se fazer o registro de uma empresa?

Perguntas Frequentes Registro Empresarial. 1. Qual a documentação necessária para se fazer o registro de uma empresa? Perguntas Frequentes Registro Empresarial 1. Qual a documentação necessária para se fazer o registro de uma empresa? Empresário: a) Capa de Processo (gerada pelo sistema Integrar disponível no link http://portalservicos.jucepi.pi.gov.br/portal/login.jsp);

Leia mais

ANEXO I PROCEDIMENTOS REFERENTES À TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO EM SOCIEDADE E VICE-VERSA 1 TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO EM SOCIEDADE EMPRESÁRIA

ANEXO I PROCEDIMENTOS REFERENTES À TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO EM SOCIEDADE E VICE-VERSA 1 TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO EM SOCIEDADE EMPRESÁRIA ANEXO I PROCEDIMENTOS REFERENTES À TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO EM SOCIEDADE E VICE-VERSA 1 TRANSFORMAÇÃO DE EMPRESÁRIO EM SOCIEDADE EMPRESÁRIA Deverão ser protocolados na Junta Comercial dois processos,

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 101, DE 12 DE MAIO DE 2009

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 101, DE 12 DE MAIO DE 2009 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 101, DE 12 DE MAIO DE 2009 O MINISTRO DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, no uso das

Leia mais

Procedimentos para solicitação de desenquadramento de Microempreendedor Individual MEI (via capa marrom )

Procedimentos para solicitação de desenquadramento de Microempreendedor Individual MEI (via capa marrom ) Procedimentos para solicitação de desenquadramento de Microempreendedor Individual MEI (via capa marrom ) Sumário Instruções ao usuário... 2 Documentos que devem ser apresentados na Junta Comercial...

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL APRESENTAÇÃO EMENTA

DIREITO EMPRESARIAL APRESENTAÇÃO EMENTA EMPRESARIAL NÍVEL DE ENSINO: Graduação CARGA HORÁRIA: 80h PROFESSORES-AUTORES: Telder Andrade Lage Ana Luisa Coelho Perim Fabiano Eustáquio Zica Silva APRESENTAÇÃO O direito empresarial, ramo do direito

Leia mais

Como registrar sua marca

Como registrar sua marca Como registrar sua marca Neste ebook iremos abordar um passo a passo do registro de marcas no Brasil, apresentando respostas para as dúvidas mais frequentes dos empreendedores. Você conhece qual a autoridade

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL PARA ABERTURA DE EMPRESA

PROPOSTA COMERCIAL PARA ABERTURA DE EMPRESA PROPOSTA COMERCIAL PARA ABERTURA DE EMPRESA PROPOSTA DE ABERTURA DE EMPRESA INDIVIDUAL / SOCIEDADE / EIRELI É com grande satisfação que agradecemos a oportunidade de apresentarmos nossa proposta comercial,

Leia mais

Guia de Tramitação de um Pedido de Patente

Guia de Tramitação de um Pedido de Patente Guia de Tramitação de um Pedido de Patente O objetivo do presente guia é facilitar a compreensão em relação ao trâmite de um pedido de patente, do seu depósito até a concessão da patente em nosso país.

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA STN Nº 02, DE 22 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre a Guia de Recolhimento da União - GRU, e dá outras providências.

INSTRUÇÃO NORMATIVA STN Nº 02, DE 22 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre a Guia de Recolhimento da União - GRU, e dá outras providências. INSTRUÇÃO NORMATIVA STN Nº 02, DE 22 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre a Guia de Recolhimento da União - GRU, e dá outras providências. O SECRETÁRIO DO TESOURO NACIONAL SUBSTITUTO, no exercício das atribuições

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO PROVIMENTO Nº 32/06 CGJ. PROVIMENTO Nº 01/98 CGJ. RELAÇÃO ENTRE O TEXTO DA NOVA CONSOLIDAÇÃO E O TEXTO DA CONSOLIDAÇÃO ANTERIOR.

CONSOLIDAÇÃO PROVIMENTO Nº 32/06 CGJ. PROVIMENTO Nº 01/98 CGJ. RELAÇÃO ENTRE O TEXTO DA NOVA CONSOLIDAÇÃO E O TEXTO DA CONSOLIDAÇÃO ANTERIOR. CONSOLIDAÇÃO PROVIMENTO Nº 32/06 CGJ. PROVIMENTO Nº 01/98 CGJ. RELAÇÃO ENTRE O TEXTO DA NOVA CONSOLIDAÇÃO E O TEXTO DA CONSOLIDAÇÃO ANTERIOR. CONSOLIDAÇÃO JOÃO FIGUEIREDO FERREIRA 2º TABELIONATO DE PROTESTO

Leia mais

PRESIDÊNCIA 06 / 03 / 2014 RESOLUÇÃO Nº 126 / 14

PRESIDÊNCIA 06 / 03 / 2014 RESOLUÇÃO Nº 126 / 14 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PRESIDÊNCIA 06 / 03 / 2014 RESOLUÇÃO Nº 126 / 14 Assunto: Dispõe sobre

Leia mais

Sistema GML Gestão do Mercado Livre de Energia Elétrica

Sistema GML Gestão do Mercado Livre de Energia Elétrica Sistema GML Gestão do Mercado Livre de Energia Elétrica MANUAL DA DEVEC Declaração do Valor de Aquisição da Energia Elétrica em Ambiente de Contratação Livre Versão janeiro de 2016 1. Objetivo do Sistema

Leia mais

Requerimento UNIVERSAL

Requerimento UNIVERSAL Requerimento UNIVERSAL 1 / 10 ÍNDICE ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 ACESSO RESTRITO... 4 CADASTRO... 4 REQUERIMENTO UNIVERSAL... 6 CONSTITUIÇÃO E ALTERAÇÃO... 7 OUTROS SERVIÇOS... 8 REIMPRESSÃO DE DOCUMENTOS...

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS INSTRUÇÕES HSBC Brasil Administradora de Consórcio Ltda. INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E DOCUMENTOS 1- Preencher a Ficha Cadastral em sua totalidade de forma legível, datar e assinar com reconhecimento de

Leia mais

O TRIBUNAL INFORMA A IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS FUNCIONALIDADES NO SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO TRT DA 18ª REGIÃO E-PETIÇÃO.

O TRIBUNAL INFORMA A IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS FUNCIONALIDADES NO SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO TRT DA 18ª REGIÃO E-PETIÇÃO. O TRIBUNAL INFORMA A IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS FUNCIONALIDADES NO SISTEMA DE PETICIONAMENTO ELETRÔNICO DO TRT DA 18ª REGIÃO E-PETIÇÃO. DISTRIBUIÇÃO AUTOMÁTICA NO E-PETIÇÃO A PARTIR DE 5/11/12 clique aqui

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS SUBCOORDENADORIA DE INF. ECONÔMICO-FISCAIS GERÊNCIA DE CADASTRO

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS SUBCOORDENADORIA DE INF. ECONÔMICO-FISCAIS GERÊNCIA DE CADASTRO FIRMA EMPRESARIAL INSCRIÇÃO 1 - PREENCHER A FICHA DE ATUALIZAÇÃO CADASTRAL" (FAC), EM DUAS VIAS, ASSINADO PELO RESPONSÁVEL (TITULAR) - adquirir nas tipografias 2 - DECLARAÇÃO DE FIRMA INDIVIDUAL REGISTRADO

Leia mais

MANUAL DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO DE CONTRATOS DE TECNOLOGIA

MANUAL DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO DE CONTRATOS DE TECNOLOGIA Ministério do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio Exterior Instituto Nacional da Propriedade Industrial INPI MANUAL DO FORMULÁRIO ELETRÔNICO DE CONTRATOS DE TECNOLOGIA DIRETORIA DE CONTRATOS, INDICAÇÕES

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP UNIDADE 2.6.15.1 Atender cliente Atender o cliente e analisar a solicitação para identificar se é restituição por pagamento indevido (erro de leitura, erro de cadastro, faturamento indevido), pagamento

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL Resolução INPI 58/98 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL DIRETORIA DE CONTRATOS DE TECNOLOGIA E OUTROS REGISTROS

Leia mais

SERVIÇOS RELATIVOS A MARCAS Diretoria de Marcas DIRMA. 389 - Por meio eletrônico com especificação pré-aprovada 355,00 142,00

SERVIÇOS RELATIVOS A MARCAS Diretoria de Marcas DIRMA. 389 - Por meio eletrônico com especificação pré-aprovada 355,00 142,00 (I) Pedido de registro de marca Pedido de registro de marca SERVIÇOS RELATIVOS A MARCAS Diretoria de Marcas DIRMA 389 - Por meio eletrônico com especificação pré-aprovada 355,00 142,00 394 - Por meio eletrônico

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA MÓDULO 18 PASSOS PARA DEPOSITAR UMA MARCA NO INPI

ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA MÓDULO 18 PASSOS PARA DEPOSITAR UMA MARCA NO INPI ADMINISTRAÇÃO MERCADOLÓGICA MÓDULO 18 PASSOS PARA DEPOSITAR UMA MARCA NO INPI Índice 1. Passos para depositar uma marca no INPI...3 2 1. PASSOS PARA DEPOSITAR UMA MARCA NO INPI 1) Consulte a Lei de Propriedade

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, RESOLUÇÃO SMF Nº 2.771, DE 29 DE ABRIL DE 2013. [Publicada no D. O. Rio de 30.04.2013] * Estabelece procedimentos a serem adotados para a entrega de prêmios aos tomadores de serviços pessoas naturais titulares

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA ÁREA DE PROTOCOLO E INFORMAÇÃO DO COMÉRCIO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA ÁREA DE PROTOCOLO E INFORMAÇÃO DO COMÉRCIO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, ENERGIA, INDÚSTRIA E SERVIÇOS JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MANUAL DE PROCEDIMENTOS DA ÁREA DE PROTOCOLO

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA No 2, DE 30 DE JANEIRO DE 2013 (*)

INSTRUÇÃO NORMATIVA No 2, DE 30 DE JANEIRO DE 2013 (*) INSTRUÇÃO NORMATIVA No 2, DE 30 DE JANEIRO DE 2013 (*) O PRESIDENTE DO INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS (IBAMA), no uso das atribuições que lhe confere o art. 22º,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PORTARIA JUCESP Nº 06, DE 11 DE MARÇO DE 2013 Disciplina a integração do serviço público de registro empresarial ao processo do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica. O PRESIDENTE DA JUNTA COMERCIAL DO

Leia mais

AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER

AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 16/2012 AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, no uso de suas atribuições deliberadas pela Portaria SE Nº 1495, de 01/03/2011,

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES.

INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Comunicados RPI 1966 de 09/09/2008 INSTRUÇÕES PARA OS PAGAMENTOS E COMPROVAÇÃODAS RETRIBUIÇÕES. Leia com atenção 1- Será desconsiderado qualquer procedimento cujo pagamento em cheque não tenha sido compensado

Leia mais

INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA

INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA INFORMAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE UM PEDIDO DE PATENTE O presente trabalho constitui-se numa síntese da Legislação em vigor, destinandose ao auxílio dos usuários no preparo de um pedido de patente.

Leia mais

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA ESTÁGIO SUPERVISIONADO REGULAMENTO Faculdade Internacional da Paraíba Rua Monsenhor Walfredo Leal nº 512, Tambiá

Leia mais

AUTORIZAÇÃO de EMPREENDIMENTOS de FAUNA SILVESTRE. Passo-a-passo 1.4 - Após 48 horas, como ALTERAR ATIVIDADES no CTF (incluir; encerrar; etc.

AUTORIZAÇÃO de EMPREENDIMENTOS de FAUNA SILVESTRE. Passo-a-passo 1.4 - Após 48 horas, como ALTERAR ATIVIDADES no CTF (incluir; encerrar; etc. AUTORIZAÇÃO de EMPREENDIMENTOS de FAUNA SILVESTRE Passo-a-passo 1.4 - Após 48 horas, como ALTERAR ATIVIDADES no CTF (incluir; encerrar; etc.) No sistema do Cadastro Técnico Federal (CTF), passados 48 horas

Leia mais

Orçamento Padrão. Introdução. Objeto

Orçamento Padrão. Introdução. Objeto Introdução Objeto Orçamento Padrão Nossa base de preços foi elaborada considerando o fato de que os pedidos de registros protocolados à partir de 2007 deverão ser analisados em 3-5 anos. A definição do

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR A Universidade Salvador UNIFACS, em conformidade com seu Regimento Geral, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS PROCEDIMENTOS PARA COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO NA UFPR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS PROCEDIMENTOS PARA COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO NA UFPR UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SISTEMA DE BIBLIOTECAS PROCEDIMENTOS PARA COMPRA DE MATERIAL BIBLIOGRÁFICO NA UFPR Para a compra de materiais bibliográficos, primeiramente o solicitante deve possuir o recurso

Leia mais

CAPÍTULO XVIII 1 DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS

CAPÍTULO XVIII 1 DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS CAPÍTULO XVIII 1 DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS JURÍDICAS SEÇÃO I 2 DA ESCRITURAÇÃO 1. É atribuição dos Oficiais do Registro Civil das Pessoas Jurídicas: a) registrar os atos constitutivos, contratos sociais

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP

RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP Súmula: Estabelece critérios para a concessão de isenção ou desconto no preço público da inscrição no Processo Seletivo de Inverno. CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer

Leia mais

G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS

G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS G N R E CONSIDERAÇÕES INICIAIS O Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais GNRE é um documento para operações de vendas que são feitas para fora do estado de produção do produto, sujeitas à substituição

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA COE COMISSÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE FARMÁCIA COE COMISSÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIOS À Comunidade Acadêmica do Curso de Farmácia da UFPR. A Comissão Orientadora de Estágios (COE) do curso de Farmácia elaborou este documento com o objetivo de esclarecer as dúvidas referentes aos estágios

Leia mais

adota a seguinte Consulta Pública e eu, Diretor-Presidente Substituto, determino a sua publicação:

adota a seguinte Consulta Pública e eu, Diretor-Presidente Substituto, determino a sua publicação: Agência Nacional de Vigilância Sanitária www.anvisa.gov.br Consulta Pública nº 48, de 13 de julho de 2012. D.O.U de 23/07/12 A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da

Leia mais

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA GERAL. a ser realizada em 08 de novembro de 2012. 1) DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO

JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA GERAL. a ser realizada em 08 de novembro de 2012. 1) DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO "ORDEM do DIA" para a SESSÃO PLENÁRIA a ser realizada em 08 de novembro de 2012. (Ordinária 12/12) 1) DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO 1.1) Recurso ao Plenário Colidência de Nome Empresarial Replen: 990.020/12-5

Leia mais

Há apenas uma maneira de se efetuar a solicitação: acesse o site da Receita Federal do Brasil (RFB) através do Coleta Online.

Há apenas uma maneira de se efetuar a solicitação: acesse o site da Receita Federal do Brasil (RFB) através do Coleta Online. DÚVIDAS FREQUENTES SOBRE EMISSÃO DE CNPJ NA JUCESP 1. Quais são as formas disponíveis para solicitação de CNPJ? Há apenas uma maneira de se efetuar a solicitação: acesse o site da Receita Federal do Brasil

Leia mais

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados MARINHA DO BRASIL RO. 03.03 Versão: 38 Exclusivo para Uso Interno RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS Categorias

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO - TELAS E FUNCIONALIDADES...5. Informações da Pessoa Jurídica...6

ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO - TELAS E FUNCIONALIDADES...5. Informações da Pessoa Jurídica...6 Página 1 / 16 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE CONSTITUIÇÃO - TELAS E FUNCIONALIDADES...5 Informações da Pessoa Jurídica...6 Qualificação dos Sócios e Administradores QSA...8 Geração e

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA O REGISTRO DE SOCIEDADE LIMITADA

PROCEDIMENTOS PARA O REGISTRO DE SOCIEDADE LIMITADA PROCEDIMENTOS PARA O REGISTRO DE SOCIEDADE LIMITADA Teotonio Vilela Filho Governador do Estado José Thomaz Nonô Vice-governador do Estado Luiz Otávio Gomes Secretário do Estado do Planejamento e do Desenvolvimento

Leia mais

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF Manual Operacional Certificado CRPF Abril Curitiba - PR 1 Sumário 1 OBJETIVO 6 2 ACESSO INICIAL PARA TODOS OS USUÁRIOS (CAC S) 7 2.1 REALIZANDO O PRIMEIRO CADASTRO. 8 2.1.1 CPF 8 2.1.2 TAPE 8 2.1.3 CÓDIGO

Leia mais

5º Passo: Consultar no site www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/fcpj/consulta.asp a situação do pedido realizado no CadSinc.

5º Passo: Consultar no site www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/fcpj/consulta.asp a situação do pedido realizado no CadSinc. PASSO-A-PASSO Sociedade Limitada Registro de Contrato Social º Passo: Acessar o site da Jucemg (www.jucemg.mg.gov.br) e clicar no link CONSULTA DE VIABILIDADE(). 2º Passo: Clicar em NOVA VIABILIDADE e

Leia mais

DÚVIDAS SOBRE A LEI COMPLEMENTAR N 398/2014. Adriano Gesser adrianog@joinville.sc.gov.br (47)3431-3138

DÚVIDAS SOBRE A LEI COMPLEMENTAR N 398/2014. Adriano Gesser adrianog@joinville.sc.gov.br (47)3431-3138 DÚVIDAS SOBRE A LEI COMPLEMENTAR N 398/2014 Adriano Gesser adrianog@joinville.sc.gov.br (47)3431-3138 1) Efetuando o desenquadramento da estimativa até 20/03/14, a partir de quando o contribuinte irá pagar

Leia mais

Prezado(a) Aluno(a),

Prezado(a) Aluno(a), Prezado(a) Aluno(a), Esta cartilha irá orientar você sobre como proceder para aderir ao FIES e como realizar o aditamento semestralmente até a conclusão de seu curso. As informações são bem objetivas e

Leia mais

Registro de marca pode levar até quatro anos; veja passo a passo Larissa Coldibeli (Do UOL, em São Paulo) e outros sites

Registro de marca pode levar até quatro anos; veja passo a passo Larissa Coldibeli (Do UOL, em São Paulo) e outros sites Registro de marca pode levar até quatro anos; veja passo a passo Larissa Coldibeli (Do UOL, em São Paulo) e outros sites 1. Marca A marca é o que diferencia um produto ou serviço dos seus concorrentes

Leia mais

Brasília, agosto de 2005.

Brasília, agosto de 2005. Brasília, agosto de 2005. A Proteção Legal das Jóias As jóias podem ser protegidas, legalmente, por duas naturezas jurídicas: 1. Registro de Desenho Industrial O desenho industrial protege a forma nova

Leia mais

CURSO INTERMEDIÁRIO DE MARCAS

CURSO INTERMEDIÁRIO DE MARCAS 1 CURSO INTERMEDIÁRIO DE MARCAS 2º SEMESTRE DE 2015 PORTO ALEGRE Local: Escritório Guerra IP Rua São Carlos, 1113 Porto Alegre/RS Datas: De 01 de agosto a 26 de setembro de 2015 Sabados, das 9h às 12h

Leia mais