CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS ELETROMECÂNICA - OPERAÇÕES

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS ELETROMECÂNICA - OPERAÇÕES"

Transcrição

1 CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS ELETROMECÂNICA - OPERAÇÕES REVISÃO DOS DADOS 03

2 RELAÇÃO DE CARGOS Ajudante Eletromecânico Auxiliar Administrativo Auxiliar de Almoxarife Almoxarife Coordenador de Obras Eletricista Montador Eletricista de Força e Controle Encarregado de Montagem Supervisor Civil Supervisor de Logística Supervisor de Montagem

3 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Ajudante Eletromecânico Departamento/Setor: Operação Subordinação Encarregado/ Supervisor Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Auxiliar nos serviços na montagem eletromecânica, de instalação e de lançamento de cabos para painéis e equipamentos eletromecânicos, de acordo com as orientações de seus superiores e com base nos projetos e diagramas. Auxiliar no transporte e Montagem de armários, painéis, bandejamentos, eletrocalhas, eletrodutos, construção de infraestruturas para, lançamentos e fixação de cabo, fixação e instalação de sinaleiros, instalação de MCH s. Auxiliar o encarregado na realização das atividades em campo e no canteiro de obra. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Receber, ler e interpretar desenho elétrico e mecânico do painel a ser montado. Auxiliar no transporte de equipamentos, ferramentas e materiais para as atividades a serem desenvolvidas seja no campo ou na obra. Auxiliar nos serviços de montagem no Canteiro e em campo. Auxiliar na montagem de armários, painéis, lançamentos de cabos, bandejamentos, infras de eletrodutos e eletrocalhas. Auxiliar nos diversos serviços de montagem em geral. Auxiliar a montagem de infraestrutura para instalação elétrica de MCH s (o que é), na via. Auxiliar no transporte e montagem de suporte e infraestrutura para sinaleiros, contadores de eixos, para equipamentos de sinalização de via e e conexão de equipamentos de bordo dos Trens. Auxiliar a equipe no Lançamento de Cabos em geral. Separar e identificar materiais e componentes para montagem em campo. Realizar a limpeza, conservação e higiene do local de trabalho. Realizar outras tarefas correlatas de acordo com solicitação, instrução e/ou acompanhamento de seu superior imediato, visando contribuir para o seu aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional. Contribuir para a manutenção da certificação ISO 9000 através do acompanhamento e atualização de arquivos de diretrizes da área, bem como sugerindo alterações com vistas à eficácia do processo. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo Ensino Técnico Cursando Ensino Técnico Completo ou Equivalente Ensino Superior Cursando Ensino Superior Completo Pós Graduação Eletricidade básica

4 CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política da Qualidade Política da Segurança da Informação MGI - Manual de Gestão Integrada Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO 020, PO 023, PO 032) Procedimentos Específicos Área (PO 033) Procedimentos Específicos de outras Áreas (PO 08, PO 09, P0 019, PO 031) TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Capacitação em Leitura e interpretação de desenhos eletromecânicos. Capacitação em ferramentas elétricas manuais Capacitação em Equipamentos Eletromecânicos Capacitação nos Fluxograma da empresa EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 1. Saber ler desenhos de instalações eletromecânicos. 2. Conhecer políticas, missões e valores da empresa. 3. Saber cumprir programa de instalações de campo e infraestrutura. 4. Conhecer os diversos tipos de materiais aplicados na montagem de equipamentos. 5. Ter conhecimento geral de montagem de equipamentos no campo. 6. Saber utilizar ferramentas adequadas na montagem de equipamentos. 7. Conhecer instruções de montagem de equipamentos. 8. Saber identificar os cabos de alimentação e controle para lançamento no campo. 9. Conhecer e saber aplicar os princípios básicos de produtividade. 10. Saber identificar materiais para uso nos equipamentos. HABILIDADES GERAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos. 1. Ter capacidade de organização. 2. Ter facilidade para interpretar manual e instruções de trabalho. 3. Saber identificar situações de risco no trabalho.

5 4. Possuir habilidade no manuseio de ferramentas e equipamentos móveis. 5. Ter senso de arrumação e limpeza na execução das tarefas. 6. Saber trabalhar de forma adaptativa e multifuncional 7. Saber trabalhar em equipe. 8. Ter agilidade diante das tarefas que executa. 9. Possuir facilidade na interação com pessoas de diferentes áreas. 10. Possuir capacidade para avaliar riscos em suas atividades. POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Manter boas relações profissionais com setores internos, superiores e clientes. Ser pontual em suas metas e prazos. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Apresentar disposição contínua de aprendizado pessoal e profissional para progressões de carreira. Estar atento ao cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Estar comprometido com a qualidade dos serviços executados. Ser disciplinado e organizado em suas atividades. Ser persistente na busca da melhoria contínua e superação de metas.

6 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Auxiliar Administrativo Departamento/Setor: Operação Subordinação Encarregado/ Supervisor Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Desenvolver atividades administrativas de suporte a área de Obras, manutenção predial e controle de frota efetuando a recepção, atendimento telefônico, conferência física e documental e processamento dos recebimentos de materiais da obra em geral e de documentos fiscais, encaminhando-os às áreas responsáveis para os devidos trâmites, conforme normas e procedimentos estabelecidos. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Receber, ler e interpretar desenho elétrico e mecânico do painel a ser montado. Acompanhar e orientar os serviços de portaria e limpeza do canteiro de obras. Realizar atendimento ao público e telefônico. Realizar as demais rotinas administrativas e operacionais da área como : arquivo, estoques, relatórios, cartas, controle de materiais, etc. Realizar serviços de envio de fax e digitalização de documentos. Receber e remeter malotes e correspondências em geral. Receber e remeter documentos para correios, entregas expressas, etc. Realizar atividades relacionadas a administração em obra ( quais). Organizar a frota de veículos e a distribuição dos materiais conforme o programa de montagem. Separar e identificar materiais e componentes recebidos no canteiro para montagem de equipamentos. Realizar outras tarefas correlatas de acordo com solicitação, instrução e/ou acompanhamento de seu superior imediato, visando contribuir para o seu aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional. Contribuir para a manutenção da certificação ISO 9000 através do acompanhamento e atualização de arquivos de diretrizes da área, bem como sugerindo alterações com vistas à eficácia do processo. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo Ensino Técnico Cursando Ensino Técnico Completo ou Equivalente Ensino Superior Cursando Ensino Superior Completo Pós Graduação Eletricidade básica CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política da Qualidade

7 Política da Segurança da Informação MGI - Manual de Gestão Integrada Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO 020, PO 023, PO 032) Procedimentos Específicos Área (PO 033) Procedimentos Específicos de outras Áreas (PO 08, PO 09, P0 019, PO 031) TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Técnicas de relacionamento interpessoal Rotinas e procedimentos da área de Obras. Técnicas básicas de planejamento, organização e controle. Qualidade na prestação de serviços. EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 1. Conhecer as normas / procedimentos aplicáveis à sua área de atuação. 2. Saber identificar os tipos de materiais utilizados na manutenção predial. 3. Saber identificar avarias, e não conformidades nos materiais recebidos. 4. Conhecer os diversos tipos de materiais aplicados na montagem de equipamentos. 5. Saber realizar controle de arquivos eletrônicos e físicos. 6. Saber organizar e efetuar controles administrativos diversos. 7. Saber efetuar levantamento de dados e de informações, sob supervisão. 8. Saber ser criterioso nas conferências efetuadas na área. 9. Conhecer e saber aplicar os princípios básicos de produtividade. 10. Conhecer os documentos que circulam pela sua área e seus destinos. HABILIDADES GERAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos. 1. Ter capacidade de organização. 2. Possuir flexibilidade e habilidade no trato com as pessoas. 3. Boa capacidade de observação, percepção e discernimento. 4. Saber transmitir informações com clareza e objetividade. 5. Ter senso de arrumação e limpeza na execução das tarefas.

8 6. Saber trabalhar de forma adaptativa e multifuncional 7. Saber trabalhar em equipe. 8. Ter agilidade diante das tarefas que executa. 9. Possuir facilidade na interação com pessoas de diferentes áreas. 10. Saber efetuar conferências de documentos da área de obras. POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Manter boas relações profissionais com setores internos, superiores e clientes. Ser pontual em suas metas e prazos. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Apresentar disposição contínua de aprendizado pessoal e profissional para progressões de carreira. Estar atento ao cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Estar comprometido com a qualidade dos serviços executados. Ser disciplinado e organizado em suas atividades. Ser persistente na busca da melhoria contínua e superação de metas.

9 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Auxiliar de Almoxarife Departamento/Setor: Eletromecânica /Produção Subordinação Supervisor de Almoxarifado Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Realizar atividades na área de Almoxarifado recebendo e armazenando os materiais entregues na unidade, assegurando se está em conformidade com os documentos e normas de recebimento e controle de estoque mantendo-os organizados para a sua conservação e fácil localização. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Receber e conferir as materiais e equipamentos, assegurando se está em conformidade com os documentos e normas de recebimento e controle de estoque. Efetuar a conferência dos documentos fiscais e efetuar baixas no sistema confontando com os materiais recebidos. Organizar o estoque dos materiais e equipamentos, garantindo sua conservação e fácil localização. Realizar a separação de materiais conforme as solicitações de pedidos da área de produção, disponibilizando os materiais requeridos nos prazos solicitados, assegurando a continuidade dos fluxos de produção. Auxiliar no inventário e controle de estoque, garantindo o efetivo registro de entradas e saídas de materiais do setor. Realizar o monitoramento da estocagem para garantir a qualidade do material/produto. Providenciar a identificação com etiqueta de rastreabilidade e o respectivo armazenamento no almoxarifado. Separar e fornecer materiais de aplicação para as equipes, mediante Requisição de Materiais assinada pelo responsável Controlar, através de cautela pessoal assinada, todas as ferramentas de uso pelas equipes ( furadeiras, instrumentos de medição e etc... ) Atuar em conjunto e apoio à Segurança do Trabalho, quanto ao fornecimento de EPI s e EPC s Auxiliar na limpeza da área de materiais, mantendo o local organizado e limpo. Atender o balcão da área do Almoxarifado, atendendo as requisições e entrega dos materiais. Realizar outras tarefas correlatas de acordo com solicitação, instrução e/ou acompanhamento de seu superior imediato, visando contribuir para o seu aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional. Contribuir para a manutenção da certificação ISO 9000 através do acompanhamento e atualização de arquivos de diretrizes da área, bem como sugerindo alterações com vistas à eficácia do processo. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo Ensino Técnico Cursando Ensino Técnico Completo ou Equivalente Ensino Superior Cursando Ensino Superior Completo

10 Pós Graduação CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política da Qualidade Política da Segurança da Informação CATI e SSA MGI - Manual de Gestão Integrada Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO 020, PO 023, PO 032) Procedimentos Específicos da Área (PO 01, PO 05) TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Capacitação Inventário de Almoxarifado Capacitação em Noções de Logística Técnicas básicas de organização e controle Capacitação nos sistemas informatizados da área Curso para CNH categoria B EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 1. Saber auxiliar no processo de inventário de Almoxarifado. 2. Conhecer os materiais e especificações utilizados nos projetos Eletromecânicos. 3. Saber aplicar técnicas de organização e armazenamento de materiais. 4. Saber avaliar se os materiais e ferramentas que entram no almoxarifado estão em conformidade com os pedidos. 5. Saber realizar a conservação do Almoxarifado. 6. Saber separar materiais para garantir a qualidade até a entrega ao cliente. 7. Conhecer e saber avaliar a documentação pertinente ao material recebido e expedido. 8. Saber efetuar cálculos simples de matemática. 9. Conhecer e saber aplicar os princípios básicos das normas de Qualidade. 10. Conhecer as principais vias da grande São Paulo. HABILIDADES GERAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos. 1. Ter capacidade de organizar e controlar movimentação de materiais e equipamentos. 2. Possuir facilidade em assimilar conceitos. 3. Saber trabalhar em equipe.

11 4. Saber ser criterioso nas conferências efetuadas na área. 5. Possuir agilidade no manuseio de materiais e equipamentos. 6. Saber prestar informações com clareza e objetividade. 7. Possuir desenvoltura no manuseio do sistema informatizado. 8. Ter habilidade de relacionamento interpessoal. 9. Possuir habilidade multifuncional na sua área de atuação. 10. Possuir capacidade de análise de riscos nos procedimentos que executa. POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Manter sigilo sobre informações que tem acesso. Manter boas relações profissionais com setores internos, superiores e clientes. Ser pontual em suas metas e prazos. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Apresentar disposição contínua de aprendizado pessoal e profissional para progressões de carreira. Estar atento ao cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Estar comprometido com a qualidade dos serviços executados. Ser disciplinado e organizado em suas atividades. Ser persistente na busca da melhoria contínua e superação de metas.

12 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Almoxarife Departamento/Setor: Eletromecânica /Produção Subordinação Supervisor de Almoxarifado Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Realizar atividades na área de Almoxarifado recebendo e armazenando os materiais entregues na unidade, assegurando se está em conformidade com os documentos e normas de recebimento e controle de estoque mantendo-os organizados para a sua conservação e fácil localização. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Receber e conferir as materiais e equipamentos, assegurando se está em conformidade com os documentos e normas de recebimento e controle de estoque. Efetuar a conferência dos documentos fiscais e efetuar baixas no sistema confontando com os materiais recebidos. Organizar o estoque dos materiais e equipamentos, garantindo sua conservação e fácil localização. Realizar a separação de materiais conforme as solicitações de pedidos da área de produção, disponibilizando os materiais requeridos nos prazos solicitados, assegurando a continuidade dos fluxos de produção. Auxiliar no inventário e controle de estoque, garantindo o efetivo registro de entradas e saídas de materiais do setor. Realizar o monitoramento da estocagem para garantir a qualidade do material/produto. Providenciar a identificação com etiqueta de rastreabilidade e o respectivo armazenamento no almoxarifado. Separar e fornecer materiais de aplicação para as equipes, mediante Requisição de Materiais assinada pelo responsável Controlar, através de cautela pessoal assinada, todas as ferramentas de uso pelas equipes ( furadeiras, instrumentos de medição e etc... ) Atuar em conjunto e apoio à Segurança do Trabalho, quanto ao fornecimento de EPI s e EPC s Auxiliar na limpeza da área de materiais, mantendo o local organizado e limpo. Atender o balcão da área do Almoxarifado, atendendo as requisições e entrega dos materiais. Realizar outras tarefas correlatas de acordo com solicitação, instrução e/ou acompanhamento de seu superior imediato, visando contribuir para o seu aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional. Contribuir para a manutenção da certificação ISO 9000 através do acompanhamento e atualização de arquivos de diretrizes da área, bem como sugerindo alterações com vistas à eficácia do processo. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo Ensino Técnico Cursando Ensino Técnico Completo ou Equivalente Ensino Superior Cursando Ensino Superior Completo

13 Pós Graduação CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política da Qualidade Política da Segurança da Informação CATI e SSA MGI - Manual de Gestão Integrada Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO 020, PO 023, PO 032) Procedimentos Específicos da Área (PO 01, PO 05) TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Capacitação Inventário de Almoxarifado Capacitação em Noções de Logística Técnicas básicas de organização e controle Capacitação nos sistemas informatizados da área Curso para CNH categoria B EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 1. Saber auxiliar no processo de inventário de Almoxarifado. 2. Conhecer os materiais e especificações utilizados nos projetos Eletromecânicos. 3. Saber aplicar técnicas de organização e armazenamento de materiais. 4. Saber avaliar se os materiais e ferramentas que entram no almoxarifado estão em conformidade com os pedidos. 5. Saber realizar a conservação do Almoxarifado. 6. Saber separar materiais para garantir a qualidade até a entrega ao cliente. 7. Conhecer e saber avaliar a documentação pertinente ao material recebido e expedido. 8. Saber efetuar cálculos simples de matemática. 9. Conhecer e saber aplicar os princípios básicos das normas de Qualidade. 10. Conhecer as principais vias da grande São Paulo. HABILIDADES GERAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos. 1. Ter capacidade de organizar e controlar movimentação de materiais e equipamentos. 2. Possuir facilidade em assimilar conceitos. 3. Saber trabalhar em equipe.

14 4. Saber ser criterioso nas conferências efetuadas na área. 5. Possuir agilidade no manuseio de materiais e equipamentos. 6. Saber prestar informações com clareza e objetividade. 7. Possuir desenvoltura no manuseio do sistema informatizado. 8. Ter habilidade de relacionamento interpessoal. 9. Possuir habilidade multifuncional na sua área de atuação. 10. Possuir capacidade de análise de riscos nos procedimentos que executa. POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Manter sigilo sobre informações que tem acesso. Manter boas relações profissionais com setores internos, superiores e clientes. Ser pontual em suas metas e prazos. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Apresentar disposição contínua de aprendizado pessoal e profissional para progressões de carreira. Estar atento ao cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Estar comprometido com a qualidade dos serviços executados. Ser disciplinado e organizado em suas atividades. Ser persistente na busca da melhoria contínua e superação de metas.

15 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Coordenador de Obras Departamento/Setor: Eletromecânica Subordinação Gerente de Operações Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Planejar e coordenar a implantação dos projetos nas obras, avaliando e seguindo de forma criteriosa as especificações de cada empreendimento, a fim de garantir o cumprimento das metas estabelecidas em termos de custo, prazo, qualidade, segurança e satisfação do cliente. Coordenar o desempenho da obra, através da análise crítica das especificações dos empreendimentos, orientando e monitorando e propondo melhorias nos processos de elaboração de orçamentos e negociação com fornecedores. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Planejar e coordenar a implantação dos projetos nas obras, avaliando e seguindo de forma criteriosa as especificações de cada empreendimento, a fim de garantir o cumprimento das metas estabelecidas em termos de custo, prazo, qualidade, segurança e satisfação do cliente. Coordenar as atividades de produção das obras, referente à organização do canteiro, qualidade dos materiais, armazenamento e manuseio eficiente dos materiais, nível de qualidade da execução, níveis de desperdícios de materiais, locação e manutenção de equipamentos de produção e organização do ambiente de trabalho, orientando quanto a sua correta execução e corrigindo as distorções. Coordenar a elaboração de cronogramas físicos e financeiros a partir do planejamento das obras, coniderando os aspectos os recursos disponíveis e o prazo contratado pelo cliente. Coordenar e/ou preparar relatórios técnicos de posicionamento e evolução de obra e apresentar ao cliente e Siner. Conduzir reuniões técnicas e planejamento junto ao cliente e demais áreas envolvidas da Siner. Realizar o diligenciamento junto aos fornecedores negociando a qualidade e prazos de entrega de forma a atender as alterações nos cronogramas. Coordenar a qualidade da execução da obra, através da análise crítica da execução em comparação com os projetos, identificando e/ou aprovando ajustes nos projetos em conformidade com as especificações. Coordenar o desempenho da obra, através da análise de relatórios dos empreendimentos, orientando e monitorando e propondo melhorias nos processos de execução de forma a manter orçamento previsto e negociado com o cliente. Prestar assessoria técnica de forma constante aos clientes através de acompanhamento e controle de todas as etapas do empreendimento, visando o cumprimento das especificações assumidas pela empresa até o término da obra. Coordenar e contribuir no desenvolvimento de projetos executivos considerando os recursos orçados, mediante a identificação de melhorias, adequação de métodos construtivos, possibilidades de racionalização e viabilidade da execução. Coordenar a execução dos serviços técnicos contratados respeitando a programação de datas e horas, orçamento, cronograma de projeto, project charter, Proposta Técnica, Manual Técnico de Service, normas e códigos aplicáveis. Coordenar as informações geradas a partir dos registos das obras, atuando nos desvios junto aos coordenadores responsáveis para garantir que os ressultados previstos sejam alcançados. Analisar realtório de medição de serviços de terceiros contratados e aprovar pagamentos. Analisar e aprovar a conferência de materiais e notas fiscais para pagamento. Analisar as atualizações ocorridas nos projetos e providencias junto a Engenharia realizar o As-Built s dos projetos. Coordenar o comissionamento e Start-up da obra concluida. Realizar o acompanhamento do cronograma financeiro das obras verificando pontos de desvios e providenciar os ajustes necessários. Manter-se atualizado sobre as tendências do mercado do setor Eletromecânico, conhecendo novas tecnologias e sistemas e suas aplicações do segmento SINER, apresentando sugestões e participando de estudos para a viabilização técnica e econômica.

16 Coordenar e desenvolver um quadro de pessoal capacitado, com alto nível de produtividade e condizente com as necessidades específicas de cada obra. Gerenciar reuniões de trabalho para acompanhamento do cronograma da obra/manutenção apresentando sugestões técnicas os administrativas no sentido de melhorar os processos de trabalho e reduzir custos. Garantir a logística da obra, analisando equipamnetos utilizados, os estoques e o transporte de materiais para um adequado abastecimento da produção, a fim de evitar a falta ou a formação de estoques desnecessários. Garantir que os documentos, equipamentos e instrumentos recebidos para a execução dos serviços contratados sejam utilizados de forma consciente e conservados. Garantir que o local e equipamentos de trabalho estejam em excelente estado de higiene e conservação. Garantir que a equipe tenha acesso e esteja atualizada quanto a assuntos ligados a sua gerência, mediante constante processo de pesquisa e leitura, além de identificação de necessidades específicas de treinamento. Usar e promover o uso de EPI - Equipamento de Proteção Individual em sua equipe conforme as exigências do cargo alem dos procedimentos para a preservação do meio ambiente. Manter os colaboradores motivados e integrados através da liderança de equipes e gerenciamento de conflitos, fornecendo condições de trabalho e informações adequadas para atingir os resultados esperados. Pesquisar e promover em sua área o conceito de Redução de Custos bem como a melhoria contínua na relação Custo x Benefício dos processos, produtos e insumos da empresa. Promover ações de melhorias em processos e procedimentos que contribuam para o desenvolvimento e a manutenção das certificações: NBR ISO9001:2008 Sistemas de Gestão de Qualidade, NBR ISO14001:2004 Sistemas de Gestão Ambiental, OHSAS 18001:2007 Sistemas de Gestão de Saúde e Segurança. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo Ensino Técnico Cursando Ensino Técnico Completo ou Equivalente Ensino Superior Cursando Ensino Superior Completo Elétrica, Eletrônica ou equivalente Pós Graduação CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política da Qualidade Política de Segurança da Informação CATI e SSA MGI - Manual de Gestão Integrada Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO 020, PO 023, PO 032) Procedimentos Específicos Área (PO 018) Procedimentos Específicos com outras áreas (PO 01, PO 08, PO 09, PO 021, PO 022) Informática: MS Office, MS Project, Auto Cad e Sistemas informatizados da Empresa. TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Gestão de Pessoas Gestão de Projetos Gestão de fluxo de caixa de obras (cronograma financeiro) Capacitação em Contabilidade e Tributação Atualização em Comissionamento e start up em sistemas eletromecânicos Capacitação em língua estrangeira inglês e espanhol

17 EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos - - acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 1. Saber gerenciar dimensionamento de recursos materiais e de pessoal para diferentes situações. 2. Ter visão de negócio para identificar oportunidades de melhorias e obtenção de resultados. 3. Saber aplicar técnicas modernas de gestão e administração de pessoas e equipes. 4. Saber argumentar requisitos técnicos com fornecedores e clientes sobre produtos e serviços. 5. Saber definir e direcionar ações que contribuam para os resultados do negócio da empresa. 6. Saber realizar gestão técnica de instalações de equipamentos e sistemas elétricos. 7. Conhecer e saber aplicar normas regulamentadoras e procedimentos técnicos sobre elétrica. 8. Saber gerenciar pontos críticos de controle da Obra, buscando melhoria da produtividade. 9. Saber avaliar índices de desempenho, propondo melhorias nos processos. 10. Saber realizar o gerenciamento da qualidade e evolução de serviços realizados na obra. COMPETÊNCIAS GERENCIAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos.. 1. Saber gerenciar os fluxos de comunicação e as relações internas e externas, assegurando a qualidade na execução dos processos. 2. Saber gerenciar integração das atividades em sua gerência com as demais. 3. Saber propor alterações e inovações em políticas e práticas de gestão administrativa. 4. Saber elaborar relatórios precisos e consistentes para subsidiar análise e tomada de decisão. 5. Saber cumprir os planos de objetivos e metas internos e/ou externos. 6. Saber diagnosticar problemas e propor soluções. 7. Saber realizar apresentações de maneira clara, efetiva e concisa. 8. Saber liderar, instruir e orientar pessoas. 9. Saber administrar conflitos dentro da equipe e entre equipes. 10. Saber organizar e aplicar os recursos com racionalidade, senso de economia e qualidade. HABILIDADES GERAIS

18 As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos 1. Facilidade no relacionamento com clientes internos e externos 2. Possuir visão analítica, aliada ao senso crítico. 3. Capacidade de realizar serviços com qualidade, cumprindo prazos e zelando pela consistência dos dados analisados e resultados obtidos. 4. Capacidade para buscar o desenvolvimento contínuo de novos procedimentos, técnicas e ferramentas de trabalho. 5. Habilidade desenvolvida de avaliação, discernimento e julgamento. 6. Saber se antecipar aos problemas. 7. Possuir forte orientação e determinação para inovações e mudanças. 8. Saber assumir riscos necessários. 9. Ter habilidade de negociação, com capacidade de argumentação e persuasão. 10. Facilidade no relacionamento com clientes internos e externos POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Estar comprometido com os objetivos, missões do cargo e metas da empresa. Ter responsabilidade com as políticas e assuntos estratégicos de sua área e da empresa. Contribuir com ações pró-ativas na implementação de melhorias nos processos de sua área. Ser apoiador e incentivador do trabalho em equipe. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Ter idoneidade para lidar com valores, informações estratégicas e assuntos específicos da empresa. Ter disponibilidade e dedicação para o desenvolvimento processos de trabalho.

19 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Eletricista Montador Departamento/Setor: Eletromecânica Subordinação Encarregado/ Supervisor Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Realizar atividades de montagem de infraestrutura eletromecânica, incluindo instalação de bandejamento, eletrocalhas, lançamento e fixação de cabos, instalação de dispositivos e equipamentos de sinalização e controle de trens, na via e a bordo dos trens, nas estações em salas técnicas ou auxiliares, em porões de cabos nos postes de sinaleiros, pórticos de catenárias e regiões de MCH s. Realizar testes de Isolação e Continuidade em cabos metálicos e Testes de continuidade e integridade em cabos ópticos. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Interpretar projetos de montagem e de instalações (plantas, desenhos, esquemas e diagramas elétricos). Montar painéis e bastidores, lançar cabos, montar bandejamentos, eletrocalhas, eletrodutos e infraestrutura para fixação de equipamentos e lançamento de Cabos. Realizar serviços de montagem no Canteiro de Obra e nas Áreas de Implantações de Sistemas. Executar a montagem de infraestrutura para instalação elétrica de MCH s Maquinas Chave, na via. Executar montagem de suporte e infraestrutura para sinaleiros, contadores de eixos e equipamentos de sinalização de via. Realizar testes dos equipamentos e instrumentos na saída e retorno do almoxarifado para campo. Executar a instalação elétrica das MCH S - Máquinas de Chave. Executar a montagem e conexão de equipamentos de bordo nos Trens. Auxiliar a equipe no Lançamento de Cabos. Auxiliar no suporte quanto à utilização de instrumentos de medição. Auxiliar as demais áreas da SINER, quando necessário. Acompanhar o pessoal técnico de campo. Auxiliar na realização e execução de retrofits (reforma de painéis dos clientes). Auxiliar no desenvolvimento de ferramentas para otimização e facilitação das atividades. Acompanhar, realizar e/ou auxiliar na realização de inspeções técnicas e as built. Realizar outras tarefas correlatas de acordo com solicitação, instrução e/ou acompanhamento de seu superior imediato, visando contribuir para o seu aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional. Contribuir para a manutenção da certificação ISO 9000 através do acompanhamento e atualização de arquivos de diretrizes da área, bem como sugerindo alterações com vistas à eficácia do processo. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo Profissionalizante do SENAI ou equivalente Eletrônica, Eletrotécnica ou Eletromecânica. Ensino Técnico Cursando

20 Ensino Técnico Completo ou Equivalente Ensino Superior Cursando Ensino Superior Completo Pós Graduação CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política Integrada - - Política de Segurança da Informação - - CATI /SSA - - Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO020, PO023, PO032) - - Procedimentos Específicos Área (xxxx) Procedimentos Específicos de outras Áreas (xxx) NR 10, NR 33 e NR 35. TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Capacitação em Ferramentas Manuais Elétricas Capacitação sobre manuseio de instrumentos Capacitação nos programas de Inspeção da empresa ISO 9001 EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 11. Saber realizar medições elétricas de acordo com as normas técnicas. 12. Saber realizar ajustes e/ou reparos em painéis conforme necessidade de implantação. 13. Saber utilizar sistemas, instrumentos e ferramentas pertinentes às atividades. 14. Saber executar ensaios básicos em painéis elétricos. 15. Saber diagnosticar falhas em equipamentos, painéis e dispositivos elétricos. 16. Saber selecionar os melhores materiais e componentes elétricos para a montagem de equipamentos. 17. Saber realizar leitura e interpretação de desenhos (eletromecânico layout e diagramas elétricos). 18. Saber executar serviços de infraestrutura para montagem de equipamentos e painéis elétricos e de comando. 19. Saber realizar compilações de dados e informações de projetos de instalações. 20. Saber realizar montagens, desmontagens e substituição de componentes, de equipamentos, dispositivos e equipamentos elétricos. 21. Saber realizar, testes nos equipamentos instalados efetuando os ajustes necessários.

21 HABILIDADES GERAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos. 1. Ter capacidade de planejamento, organização e controle no desenvolvimento das rotinas de trabalho. 2. Possuir facilidade em assimilar conceitos. 3. Saber assumir responsabilidades. 4. Ter habilidade de comunicação, sendo claro ao expor suas ideias e pensamentos. 5. Saber trabalhar em equipe. 6. Cumprir metas e prazos estabelecidos com qualidade 7. Facilidade para identificar nos projetos e nos painéis possíveis pontos falhos 8. Capacidade de avaliar métodos, mantendo-se fiel às normas e procedimentos. 9. Demonstrar confiabilidade no apoio ás áreas de interface. 10. Saber atuar de forma proativa 11. Ser criterioso e detalhista na compilação de dados e informações para ajustes em projetos. POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Manter sigilo sobre informações que tem acesso. Manter boas relações profissionais com setores internos, superiores e clientes. Ser pontual em suas metas e prazos. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Apresentar disposição contínua de aprendizado pessoal e profissional para progressões de carreira. Estar atento ao cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Estar comprometido com a qualidade dos serviços executados. Ser disciplinado e organizado em suas atividades. Ser persistente na busca da melhoria contínua e superação de metas.

22 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Eletricista de Força e Controle Departamento/Setor: Eletromecânica Subordinação Encarregado/ Supervisor Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Realizar atividades de montagem eletromecânica, incluindo instalação, lançamento de cabos, instalação de dispositivos e equipamentos de sinalização e controle de trens, na via e a bordo dos trens, nas estações em salas técnicas ou auxiliares, em porões de cabos nos postes de sinaleiros, pórticos de catenárias e regiões de MCH s. Realizar testes de Isolação e Continuidade em cabos metálicos e Testes de continuidade e integridade em cabos ópticos. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Interpretar projetos (plantas, desenhos, esquemas e diagramas elétricos). Realizar serviços de montagem e instalação no Canteiro de Obras e nas Áreas de Implantações. Realizar a instalação elétrica das MCH S - Máquinas de Chave, na via. Realizar a montagem e conexão elétrica de Sinaleiros, na via. Realizar a instalação e conexões elétricas dos contadores de eixos. Realizar a instalação e conexões elétricas de equipamentos de sinalização de via. Realizar a montagem, instalação e conexão de equipamentos de bordo dos Trens. Realizar testes em cabos metálicos e de FO Fibra Óptica. Auxiliar no suporte quanto à utilização de instrumentos. Auxiliar as demais áreas da SINER, quando necessário. Auxiliar na realização de treinamentos pertinentes a área técnica. Acompanhar o pessoal técnico de implantação no campo. Auxiliar na realização e execução de retrofits (reforma de painéis dos clientes). Auxiliar no desenvolvimento de ferramentas para otimização e facilitação das atividades. Acompanhar, realizar e/ou auxiliar na realização de inspeções técnicas e as built. Realizar outras tarefas correlatas de acordo com solicitação, instrução e/ou acompanhamento de seu superior imediato, visando contribuir para o seu aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional. Contribuir para a manutenção da certificação ISO 9000 através do acompanhamento e atualização de arquivos de diretrizes da área, bem como sugerindo alterações com vistas à eficácia do processo. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo Profissionalizante do SENAI ou equivalente Eletrônica, Eletrotécnica ou Eletromecânica. Ensino Técnico Cursando Ensino Técnico Completo ou Equivalente Ensino Superior Cursando

23 Ensino Superior Completo Pós Graduação CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política Integrada - - Política de Segurança da Informação - - CATI /SSA - - Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO020, PO023, PO032) - - Procedimentos Específicos Área (xxxx) Procedimentos Específicos de outras Áreas (xxx) NR 10, NR 33 e NR 35. TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Capacitação em Ferramentas Manuais Elétricas Capacitação sobre manuseio de instrumentos Capacitação nos programas de Inspeção da empresa ISO 9001 EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 1. Saber realizar medições elétricas de acordo com as normas técnicas. 2. Conhecer políticas, missões e valores da empresa. 3. Saber utilizar sistemas, instrumentos e ferramentas pertinentes às atividades. 4. Saber executar ensaios básicos em painéis elétricos. 5. Saber diagnosticar falhas em equipamentos, painéis e dispositivos elétricos. 6. Saber selecionar os melhores materiais e componentes elétricos para a montagem de equipamentos. 7. Saber realizar leitura e interpretação de desenhos (eletromecânico layout e diagramas elétricos). 8. Saber executar serviços de montagem de equipamentos e painéis elétricos e de comando. 9. Saber realizar compilações de dados e informações de projetos de instalações. 10. Saber realizar montagens, desmontagens e substituição de componentes, de equipamentos, dispositivos e equipamentos elétricos. 11. Saber realizar, testes nos equipamentos instalados efetuando os ajustes necessários. HABILIDADES GERAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades

24 e de aplicar melhor as competências / conhecimentos. 1. Ter capacidade de planejamento, organização e controle no desenvolvimento das rotinas de trabalho. 2. Possuir facilidade em assimilar conceitos. 3. Saber assumir responsabilidades. 4. Ter habilidade de comunicação, sendo claro ao expor suas ideias e pensamentos. 5. Saber trabalhar em equipe. 6. Facilidade em cumprir metas e prazos estabelecidos com qualidade 7. Facilidade para identificar nos projetos e nos painéis possíveis pontos falhos 8. Capacidade de avaliar métodos, mantendo-se fiel às normas e procedimentos. 9. Demonstrar confiabilidade no apoio ás áreas de interface. 10. Saber atuar de forma proativa. 11. Ser criterioso e detalhista na compilação de dados e informações para ajustes em projetos. POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Manter sigilo sobre informações que tem acesso. Manter boas relações profissionais com setores internos, superiores e clientes. Ser pontual em suas metas e prazos. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Apresentar disposição contínua de aprendizado pessoal e profissional para progressões de carreira. Estar atento ao cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Estar comprometido com a qualidade dos serviços executados. Ser disciplinado e organizado em suas atividades. Ser persistente na busca da melhoria contínua e superação de metas.

25 IDENTIFICAÇÃO DO CARGO Título do Cargo: Encarregado de Montagem Departamento/Setor: Eletromecânica Subordinação Supervisor Tipo de Cargo Operacional Administrativo Técnico Gestão Sumário das atividades desenvolvidas pelo cargo. RESUMO DAS ATRIBUIÇÕES Realizar atividades de acompanhamento e liderança de equipes de montagem eletromecânica, incluindo instalação de infraestrutura para lançamento de cabos, instalação de dispositivos e equipamentos de sinalização e controle de trens, na via e a bordo dos trens, nas estações em salas técnicas ou auxiliares, em porões de cabos nos postes de sinaleiros, pórticos de catenárias e regiões de MCH s. Acompanhar e orientar a realização testes de Isolação e Continuidade em cabos metálicos e Testes de continuidade e integridade em cabos ópticos. ATRIBUIÇÃO DETALHADA Atividades e responsabilidades do cargo, com detalhamento para entendimento geral, sempre iniciando a frase com verbo no infinitivo. Interpretar projetos (plantas, desenhos, esquemas e diagramas elétricos). Liderar a realização de serviços de infraestrutura, montagem e instalação no Canteiro de Obras e nas Áreas de Implantações. Liderar a instalação elétrica das MCH S - Máquinas de Chave, a montagem e conexão elétrica de Sinaleiros, a instalação e conexões elétricas dos contadores de eixos, equipamentos de sinalização de via e instalação e conexão de equipamentos de bordo dos Trens. Liderar a realização de testes nos equipamentos e instrumentos na saída e retorno do almoxarifado para campo. Orientar a equipe quanto aos tipos de EPI s e EPC s a serem utilizados nas atividades a serem realizadas acompanhando e controlando o seu uso. Solicitar e programar os materiais/miscelâneas para a execução das atividades diárias a serem realizadas por sua equipe. Solicitar e Controlar Ferramentas a serem utilizadas nas atividades diárias realizadas por sua equipe. Orientar e distribuir tarefas a sua equipe de eletricistas e ajudantes, deacordo com o cronograma de serviços. Auxiliar e orientar a realização e execução de retrofits (reforma de painéis dos clientes). Auxiliar no desenvolvimento de ferramentas para otimização e facilitação de manuseio de bobinas de cabos. Acompanhar e auxiliar na realização de inspeções técnicas e as built. Informar diariamente seu superior sobre todas as atividades e ocorrências desenvolvidas durante a jornada de trabalho. Auxiliar na realização de treinamentos pertinentes a área técnica. Acompanhar o pessoal técnico de implantação no campo. Realizar outras tarefas correlatas de acordo com solicitação, instrução e/ou acompanhamento de seu superior imediato, visando contribuir para o seu aperfeiçoamento e desenvolvimento profissional. Contribuir para a manutenção da certificação ISO 9001, ISO e OHSAS , através do acompanhamento e atualização de arquivos de diretrizes da área, bem como sugerindo alterações com vistas à eficácia do processo. PERFIL DO CARGO ESCOLARIDADE ESPECIALIDADE RECOMENDADA Ensino Médio Cursando Ensino Médio Completo

26 Ensino Técnico Cursando Ensino Técnico Completo ou Equivalente Profissionalizante do SENAI ou equivalente Eletrônica, Eletrotécnica ou Eletromecânica Ensino Superior Cursando Ensino Superior Completo Pós Graduação CURSOS COMPLEMENTARES/TREINAMENTOS Política Integrada - - Política de Segurança da Informação - - CATI /SSA - - Procedimentos Gerais (PO 03, PO 04, PO 06, PO020, PO023, PO032) - - Procedimentos Específicos Área (xxxx) Procedimentos Específicos de outras Áreas (xxx) NR 10, NR 33 e NR 35. TREINAMENTOS DESEJÁVEIS Capacitação em Ferramentas Manuais Elétricas Capacitação sobre manuseio de instrumentos Capacitação nos programas de Inspeção da empresa Liderança de equipes EPERIÊNCIA de 0 a 2 anos de 2 a 5 anos de 5 a 9 anos acima de 9 anos COMPETÊNCIAS TÉCNICAS A competência é capacidade de aplicar nosso potencial com resultado para o desempenho da função, é o saber fazer, saber aplicar. 1. Saber realizar medições elétricas de acordo com as normas técnicas. 2. Conhecer políticas, missões e valores da empresa. 3. Saber utilizar sistemas, instrumentos e ferramentas pertinentes às atividades. 4. Saber executar ensaios básicos em painéis elétricos e de comando. 5. Saber diagnosticar falhas em equipamentos, equipamentos de sinalização e controle de trens. 6. Saber selecionar os melhores materiais e componentes elétricos para a montagem de equipamentos. 7. Saber realizar leitura e interpretação de desenhos (eletromecânico layout e diagramas elétricos). 8. Saber executar serviços de montagem de equipamentos e sistemas Metroferroviário. 9. Saber avaliar de dados e informações de projetos em comparação com as instalações realizadas. 10. Saber realizar montagens, desmontagens e substituição de componentes, de equipamentos, dispositivos e equipamentos elétricos.

27 11. Saber realizar, testes nos equipamentos instalados efetuando os ajustes necessários. HABILIDADES GERAIS As habilidades necessárias para o desempenho da função é maneira de se fazer melhor às atividades e de aplicar melhor as competências / conhecimentos. 1. Ter capacidade de planejamento, organização e controle no desenvolvimento das rotinas de trabalho. 2. Possuir facilidade em assimilar conceitos. 3. Saber assumir responsabilidades. 4. Ter habilidade de comunicação, sendo claro ao expor suas ideias e pensamentos. 5. Saber trabalhar em equipe. 6. Facilidade em cumprir metas e prazos estabelecidos com qualidade 7. Saber ser justo, criterioso e isento no tratamento dado aos colaboradores. 8. Saber aplicar técnicas de liderança na administração de conflitos dentro da equipe e entre equipes. 9. Demonstrar confiabilidade no apoio ás áreas de interface. 10. Saber atuar de forma proativa. 11. Ser criterioso e detalhista na compilação de dados e informações para ajustes em projetos. POSTURAS E ATITUDES ESPERADAS Aqui estão as Posturas e Atitudes que a empresa espera que o ocupante do cargo pratique. Manter sigilo sobre informações que tem acesso. Manter boas relações profissionais com setores internos, superiores e clientes. Ser pontual em suas metas e prazos. Preservar a imagem da empresa interna e externamente. Apresentar disposição contínua de aprendizado pessoal e profissional para progressões de carreira. Estar atento ao cumprimento das normas e procedimentos da empresa. Estar comprometido com a qualidade dos serviços executados. Ser disciplinado e organizado em suas atividades. Ser persistente na busca da melhoria contínua e superação de metas.

CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA

CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA REVISÃO DOS DADOS 04 RELAÇÃO DE CARGOS Auxiliar de Montagem Montador Supervisor de Produção Técnico de Programação da Produção Coordenador de Produção IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades

Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades 1. DESCRIÇÕES DO CARGO - ESPECIALISTA EM DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA NUCLEAR E DEFESA a) Descrição Sumária Geral Desenvolver, projetar, fabricar,

Leia mais

CONTRATA GRANDE POSSIBILIDADE DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL!! CARGO: ELETROTÉCNICO JR. Requisitos e Perfil:

CONTRATA GRANDE POSSIBILIDADE DE CRESCIMENTO PROFISSIONAL!! CARGO: ELETROTÉCNICO JR. Requisitos e Perfil: CARGO: ELETROTÉCNICO JR. Requisitos e Perfil: Curso Técnico em Eletrotécnica, Eletromecânica, Eletroeletrônica ou Automação. Desejável: Conhecimento básico em montagem ou manutenção de painéis de comando

Leia mais

Cód. Doc. TAB-RHU-003

Cód. Doc. TAB-RHU-003 1 de 27 ÁREA: SUPERINTENDÊNCIA CARGO: Diretor Superintendente Garantir o correto funcionamento dos sistemas de informação utilizados pela empresa; Aprovar projetos de melhorias nos equipamentos e sistemas

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS CANOASTEC Institui o Plano de Desenvolvimento de Recursos Humanos criando o Quadro

Leia mais

SERVIÇO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DE OURO PRETO SEMAE-OP CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2007 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

SERVIÇO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DE OURO PRETO SEMAE-OP CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº. 01/2007 ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS CARGO: 100 ADMINISTRADOR ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Reportar-se ao Diretor de Gestão, de quem recebe orientação e supervisão; Redigir documentos e ter domínio de ferramentas de informática; Efetuar

Leia mais

Fatores e Indicadores de Desempenho ADP

Fatores e Indicadores de Desempenho ADP Fatores e Indicadores de Desempenho ADP RESPONSABILIDADE / COMPROMETIMENTO COM A INSTITUIÇÃO - Assumir o compromisso na realização das atribuições - Atuar com disposição para mudanças - Buscar qualidade

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/novos-cursos.html Novos Cursos O SENAI criou 40 novos cursos a distância, sendo 10 cursos

Leia mais

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar MANUAL DO AVALIADOR Parte I 1.1 Liderança Profissional habilitado ou com capacitação compatível. Organograma formalizado, atualizado e disponível. Planejamento

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA 1/10 INFORMAÇÕES SOBRE A EMPRESA... 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE... 3 1. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE:... 4 - MANUAL DA QUALIDADE... 4 Escopo do SGQ e definição dos clientes... 4 Política

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES Das

Leia mais

Isabella relacionados à função. 02 27/08/09 Alterado o Título do cargo. Isabella 03 30/01/10 Alterado item 12. Isabella

Isabella relacionados à função. 02 27/08/09 Alterado o Título do cargo. Isabella 03 30/01/10 Alterado item 12. Isabella FUNÇÃO: Auxiliar Administrativo de Ponto de Venda PÁGINA: 1 de 5 ATRIBUIÇÃO OPERACIONAL AUXILIAR ADMINISTRATIVO I APLICAÇÃO: PONTOS DE VENDA Nº da Revisão Data da revisão Descrição da alteração Responsável

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br)

COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) (Candidaturas serão aceitas até o dia 22/2/2013 envie seu CV para asantos@uniethos.org.br) COORDENADOR SÊNIOR (CONSULTORIAS) DESCRIÇÃO GERAL: O Coordenador Sênior do Uniethos é responsável pelo desenvolvimento de novos projetos, análise de empresas, elaboração, coordenação, gestão e execução

Leia mais

OPORTUNIDADE DE TRABALHO - TOSHIBA EM SUAPE

OPORTUNIDADE DE TRABALHO - TOSHIBA EM SUAPE OPORTUNIDADE DE TRABALHO - TOSHIBA EM SUAPE Se você, ou alguém que conheça, deseja trabalhar na Toshiba está na hora. Empresa Multinacional no ramo de Transmissão e Distribuição de Energia está selecionando

Leia mais

CAERN. Descrição de Perfis

CAERN. Descrição de Perfis Nível: Superior Reporte: Coordenador Sumário Participar do planejamento e desenvolvimento das políticas e práticas de Recursos Humanos da empresa. Desenvolver atividades técnicas de avaliação comportamental

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S.A. COMPETÊNCIAS ATRIBUIÇÕES ORGANIZACIONAIS DIRETORIA DE OPERAÇÃO

CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S.A. COMPETÊNCIAS ATRIBUIÇÕES ORGANIZACIONAIS DIRETORIA DE OPERAÇÃO CENTRAIS ELÉTRICAS DO NORTE DO BRASIL S.A. COMPETÊNCIAS ATRIBUIÇÕES ORGANIZACIONAIS DIRETORIA DE OPERAÇÃO DIRETORIA DE OPERAÇÃO Cabe à Diretoria de Operação a gestão dos negócios geração, transmissão e

Leia mais

CHECK LIST DE AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES Divisão:

CHECK LIST DE AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES Divisão: 4.2.2 Manual da Qualidade Está estabelecido um Manual da Qualidade que inclui o escopo do SGQ, justificativas para exclusões, os procedimentos documentados e a descrição da interação entre os processos

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

Sistema de Gestão de SMS

Sistema de Gestão de SMS DESCRIÇÃO DA EMPRESA Nome SMART EXPRESS TRANSPORTES LTDA EPP CNPJ 12.103.225/0001-52 Insc.Est. 79.477.680 Atividade: transporte rodoviário de carga em geral Código: 206-2 Nº de funcionários (inclusive

Leia mais

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO (Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO... 3 2 ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO Missão: Atuar nas diferentes áreas (administração, planejamento e orientação educacional) com o intuito

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

Pitrez Informática MANUAL DA QUALIDADE. Norma NBR ISO 9001:2008

Pitrez Informática MANUAL DA QUALIDADE. Norma NBR ISO 9001:2008 Título Manual da Qualidade Folha: 1 de 20 Pitrez Informática MANUAL DA QUALIDADE Norma NBR ISO 9001:2008 Título Manual da Qualidade Folha: 2 de 20 Título Manual da Qualidade Folha: 3 de 20 Índice 1. Apresentação...

Leia mais

S ] Striai S indu o SS proce estão para g engenharia e S de S integrada [ Soluçõe nevesdobrasil.com.br

S ] Striai S indu o SS proce estão para g engenharia e S de S integrada [ Soluçõe nevesdobrasil.com.br [ Soluções integradas de Engenharia e Gestão para Processos Industriais ] [ apresentação ] A NEVES DO BRASIL Fundada em 2008 com sua unidade matriz em Americana (SP) a Neves do Brasil busca fornecer soluções

Leia mais

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

EMENTA CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICO-ALVO: Os Cursos Técnicos são destinados a todos que estão cursando o 2º ano ou já completaram o Ensino Médio e que desejam aprender uma profissão, entrar no mercado de trabalho ou buscar uma melhor

Leia mais

COPASA Águas Minerais de Minas S/A

COPASA Águas Minerais de Minas S/A ANEXO I EDITAL 001/2009 CÓDIGOS/DETALHES DE ESPECIALIDADE DO CARGO DE AGENTE INDUSTRIAL Código: 01 Detalhe de Especialidade: Ajudante de Serviços Faixa Salarial: 1 Salário Base (R$): 465,00 Requisitos

Leia mais

Currículo Vitae. Rua Sapiranga, 06 Quadra 24 Boa Vista Recife PE. CEP 50.060-390 e-mail - jbmanutencao@hotmail.com Fone: 81 3231-4532 / 99371916

Currículo Vitae. Rua Sapiranga, 06 Quadra 24 Boa Vista Recife PE. CEP 50.060-390 e-mail - jbmanutencao@hotmail.com Fone: 81 3231-4532 / 99371916 João Bosco Lopes da Silva Currículo Vitae Rua Sapiranga, 06 Quadra 24 Boa Vista Recife PE. CEP 50.060-390 e-mail - jbmanutencao@hotmail.com Fone: 81 3231-4532 / 99371916 Escolaridade Ensino superior gestão

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE Revisão: 07 Data: 05.03.09 Página 1 de 7 Copia controlada MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE José G. Cardoso Diretor Executivo As informações contidas neste Manual são de propriedade da Abadiaço Ind. e Com.

Leia mais

Lista de cargos e funções disponíveis no Consórcio Ipojuca

Lista de cargos e funções disponíveis no Consórcio Ipojuca Lista de cargos e funções disponíveis no Consórcio Ipojuca 1. INSPETOR CONTROLE DE QUALIDADE- Atuar com inspeção de processos / final, ensaios de rotina, controle de qualidade e verificação de falhas na

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTICA REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NÃO OBRIGATÓRIO Das Disposições Gerais O

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES

DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES DESCRITIVO TÉCNICO INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES 39 A, por resolução do seu Comitê Técnico, em acordo com o Estatuto e as Regras da Competição, adotou as exigências mínimas que seguem no tocante a esta

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, BACHARELADO Administração LFE em Administração de Empresas Lajeado 4811 Administração LFE em Administração

Leia mais

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS INTHEGRA TALENTOS HUMANOS OPORTUNIDADES DE TRABALHO Acesse e Cadastre-se: www.inthegrath.com.br RUA GENERAL OSORIO, 97 FUNDINHO 34-3234-6400 Analista Contábil (ITH 3173): Cursando Superior em Ciências

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS PREFEITURA MUNICIPAL CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 001/2013-IPPLAN ANEXO 2 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Cargo de Nível Médio Agente Administrativo Contribuir com o correto fluxo de atividades, informações e materiais

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM ELETROELETRÔNICA REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO TÉCNICO EM ELETROELETRÔNICA Das

Leia mais

ESTRUTURA ISO 9.001:2008

ESTRUTURA ISO 9.001:2008 Sistema de Gestão Qualidade (SGQ) ESTRUTURA ISO 9.001:2008 Objetivos: Melhoria da norma existente; Melhoria do entendimento e facilidade de uso; Compatibilidade com a ISO 14001:2004; Foco Melhorar o entendimento

Leia mais

NORMA DE AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL - NOR 312

NORMA DE AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL - NOR 312 MANUAL DE GESTÃO DE PESSOAS COD. 300 ASSUNTO: AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL COD: NOR 312 APROVAÇÃO: Resolução DIREX Nº 009/2012 de 30/01/2012 NORMA DE AVALIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO 1/17 ÍNDICE

Leia mais

TECNICO EM INFORMATICA PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

TECNICO EM INFORMATICA PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500446 - TECNICO EM INFORMATICA Nivel: Tecnico Area Profissional: 0042 - COMERCIO-TEC Area de Atuacao: 0440 - BANCO DADOS/COMERCIO-TEC

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) A CONCERT Technologies S.A. prioriza a segurança de seus Colaboradores, Fornecedores,

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

Prestar assistencia tecnica no conserto e reparo de equipamentos eletronicos, domesticos, microprocessadores e microcontrolados.

Prestar assistencia tecnica no conserto e reparo de equipamentos eletronicos, domesticos, microprocessadores e microcontrolados. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500702 - ELETROTECNICA - MOD. Nivel: Tecnico Area Profissional: 0047 - ELETRICA-ELETRONICA-TEC Area de Atuacao: 0349 - ASSIST.TEC./ELETR.-TEC

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS E INFORMAÇÃO DA UFRRJ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS E INFORMAÇÃO DA UFRRJ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO REGIMENTO INTERNO DA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE DOCUMENTOS E INFORMAÇÃO DA UFRRJ Art. 1 O presente Regimento Interno estabelece diretrizes

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500090 - TECNICO EM INFORMATICA INTEGRADO AO E.M. Nivel: Tecnico Area Profissional: COMERCIO-TEC Area de Atuacao: BANCO DADOS/COMERCIO-TEC

Leia mais

Excelência. locações e transporte Ltda. www.excelenciaguindastes.com.br

Excelência. locações e transporte Ltda. www.excelenciaguindastes.com.br www.excelenciaguindastes.com.br A Guindastes e uma empresa de Goiânia Goiás QUEM SOMOS que presta serviço em todo território nacional no segmento de Locação de Guindastes, Locação de Munck, Grupo Geradores,

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios Vitória, 22 de Abril de 2012. A Selecta, empresa de Recrutamento e Seleção, divulga as vagas de emprego em aberto, com destaque para: Auxiliar Administrativo, Assistente Financeiro, Coordenador de Recursos

Leia mais

Procedimento Institucional Gestão de EPI

Procedimento Institucional Gestão de EPI Tipo de Documento Procedimento Institucional Título do Documento Equipamento de Proteção Individual Elaborado por Paulo Sérgio Bigoni Área Relacionada Saúde e Segurança do Trabalhador Processo ESTRUTURAÇÃO

Leia mais

DESCRITIVO DE CARGOS. Diretor Presidente

DESCRITIVO DE CARGOS. Diretor Presidente Experiência mínima requerida: Acessor de Departamento Diretor de Departamento Competências Específicas: DESCRITIVO DE CARGOS Diretor Presidente Humildade Respeito Companheirismo Senso de justiça com bases

Leia mais

MANUAL DE DESCRIÇÃO E FUNÇÕES

MANUAL DE DESCRIÇÃO E FUNÇÕES MANUAL DE DESCRIÇÃO E FUNÇÕES TÍTULO DO CARGO: Diretor Comercial Garantir as melhores condições de rentabilidade para a empresa, na prospecção, desenvolvimento, contratação de obras e serviços. Superior

Leia mais

Sistema de Gestão da Qualidade

Sistema de Gestão da Qualidade Sistema de Gestão da Qualidade Coordenadora Responsável Mara Luck Mendes, Jaguariúna, SP, mara@cnpma.embrapa.br RESUMO Em abril de 2003 foi lançado oficialmente pela Chefia da Embrapa Meio Ambiente o Cronograma

Leia mais

CARGOS E FUNÇÕES APEAM

CARGOS E FUNÇÕES APEAM CARGOS E FUNÇÕES APEAM 1. PRESIDÊNCIA A Presidência possui por finalidades a representação oficial e legal da associação, coordenação e integração da Diretoria Executiva, e o acompanhamento, avaliação,

Leia mais

Floricultura Beija-Flor

Floricultura Beija-Flor Floricultura Beija-Flor PLANO DE GERENCIAMENTO DE RECURSOS HUMANOS Preparado Samily Rocha Gois e Francisco Luiz Sobrinho Versão: 101.1 por Aprovado por Samily Rocha Gois Data: 27/11/2012 1.

Leia mais

Presidência. 1. Cargo Diretor-Presidente. 2. Hierarquia 1º Nível. 3. Atividades desenvolvidas:

Presidência. 1. Cargo Diretor-Presidente. 2. Hierarquia 1º Nível. 3. Atividades desenvolvidas: Presidência 1. Cargo Diretor-Presidente 1º Nível : Representar a INOVATECH perante órgãos internos e externos da UEM Coordenar reuniões gerais e de diretoria executiva Coordenar e acompanhar o planejamento

Leia mais

SIMPROS 2001. Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos

SIMPROS 2001. Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos Experiência de implantação da norma ISO 9001:2000 a partir da utilização da ISO/IEC TR 15504 (SPICE) para Melhoria de Processos Adilson Sérgio Nicoletti Blumenau, SC - setembro de 2001 Conteúdo Apresentação

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR

AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DO FORNECEDOR Prezado Fornecedor, A Innova S/A, empresa certificada nas normas ISO 9001:2000, ISO 14001:1996, OHSAS 18001, avalia seus fornecedores no atendimento de requisitos relativos a Qualidade, Meio Ambiente,

Leia mais

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL

FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU - BRASIL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO Nº 10.15 A FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO ITAIPU BRASIL (FPTI-BR) torna público que serão recebidas as inscrições para o Processo Seletivo nº 10.15 sob contratação em regime

Leia mais

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC

Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC Pode Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS DE DIREÇÃO E CHEFIAS DA SETIC 1. Diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenar

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS CARGOS DENOMINAÇÃO DO CARGO: AUXILIAR DE BIBLIOTECA NÍVEL DE CLASSIFICAÇÃO: C DESCRIÇÃO DE ATIVIDADES TÍPICAS DO CARGO: Organizar, manter e disponibilizar os acervos bibliográficos para docentes, técnicos e alunos;

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/lista-de-cursos.html

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/lista-de-cursos.html www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/lista-de-cursos.html Lista de cursos Atualmente, do total de cursos a distância ofertados

Leia mais

Impresso em 27/08/2015 12:17:14 (Sem título)

Impresso em 27/08/2015 12:17:14 (Sem título) Aprovado ' Elaborado por Leonardo Camargo/BRA/VERITAS em 07/08/2013 Verificado por Sidney Santos em 09/12/2013 Aprovado por Sergio Suzuki/BRA/VERITAS em 09/12/2013 ÁREA LNS Tipo Instrução Administrativa

Leia mais

Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu;

Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu; Estamos presentes no mercado de prestação de serviços logísticos há 11 anos; Temos Know-how europeu; Fazemos uma parceria total com o cliente, combinando redução de custos fixos e otimização de recursos

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 014/2006.

ATO NORMATIVO Nº 014/2006. ATO NORMATIVO Nº 014/2006. Dispõe sobre a organização da Superintendência de Gestão Administrativa do Ministério Público do Estado da Bahia e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO

Leia mais

Competências organizacionais

Competências organizacionais GESTÃO DO PROCESSO JUDICIAL Capacidade de coordenar e controlar as atividades processuais, entregando com eficiência e presteza a tutela jurisdicional. EXCELÊNCIA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Capacidade para

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS

SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS SIMPLIFICAÇÃO DE PROCESSOS 1 FINALIDADE DO PROJETO ESTRATÉGICO Simplificar e padronizar os processos internos, incrementando o atendimento ao usuário. Especificamente o projeto tem o objetivo de: Permitir

Leia mais

Ajustar, reparar e instalar peças e equipamentos em conjuntos mecânicos e dispositivos de usinagem e controle de precisão.

Ajustar, reparar e instalar peças e equipamentos em conjuntos mecânicos e dispositivos de usinagem e controle de precisão. CatÁlogo de cursos Eixo tecnológico - Controle e Processos Industriais Ajustador Mecânico Ajustar, reparar e instalar peças e equipamentos em conjuntos mecânicos e dispositivos de usinagem e controle de

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 Dispõe sobre os cargos em comissão do Ministério Público do Estado da Bahia, e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições

Leia mais

Anexo II Descrição da Área/Processo. Cargos de Nível Médio

Anexo II Descrição da Área/Processo. Cargos de Nível Médio Anexo II Descrição da Área/Processo Cargos Cargo Área Pré-requisito Trajetória Processo de Agrimensura de Edificações/ Construção Civil de Edificações de Edificações Agrimensura. Edificações. Edificações.

Leia mais

Planejamento de Manutenção e Fiscalização de Obras Industriais, Gestão de Materiais, Inventário de Estoques e Bens Patrimoniais.

Planejamento de Manutenção e Fiscalização de Obras Industriais, Gestão de Materiais, Inventário de Estoques e Bens Patrimoniais. Planejamento de Manutenção e Fiscalização de Obras Industriais, Gestão de Materiais, Inventário de Estoques e Bens Patrimoniais. Quem Somos A MDS soluções é uma prestadora de serviços que procura apoiar

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO GRANDE DO NORTE ATO NORMATIVO Nº 01, DE 28 DE MARÇO DE 2012. Institui o Normativo de Pessoal EMPREGO DE LIVRE PROVIMENTO E DEMISSÃO DE NÍVEL SUPERIOR, EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL SUPERIOR E EMPREGOS TEMPORÁRIOS DE NÍVEL

Leia mais

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional.

Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Tema 1: Eficiência Operacional Buscar a excelência na gestão de custos operacionais. Garantir a economicidade dos recursos e a melhor alocação dos recursos necessários à prestação jurisdicional. Agilizar

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 12 DE 22 DE OUTUBRO DE 2009

RESOLUÇÃO nº 12 DE 22 DE OUTUBRO DE 2009 Resolução nº 12/2009 fls. 1 RESOLUÇÃO nº 12 DE 22 DE OUTUBRO DE 2009 Altera a Resolução 06/2007 que trata do Regimento do Restaurante Escola da UFPel. O Presidente do Conselho Coordenador do Ensino, da

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA Páginas: 1 de 13 APROVAÇÃO Este Manual de Gestão está aprovado e representa o Sistema de Gestão Integrada implementado na FOX Comércio de Aparas Ltda. Ricardo Militelli Diretor FOX Páginas: 2 de 13 1.

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

Minuta REGIMENTO DO ARQUIVO CENTRAL DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E OBJETIVOS

Minuta REGIMENTO DO ARQUIVO CENTRAL DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E OBJETIVOS Minuta REGIMENTO DO ARQUIVO CENTRAL DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E OBJETIVOS Art. 1.º O ARQUIVO CENTRAL (ACE) é órgão de natureza complementar da Fundação Universidade

Leia mais

Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a

Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a Anexo IV Conhecimento específico Responsável Técnico. Estrutura Curricular do Curso para Responsável Técnico 125h/a Módulo I Conhecimentos Básicos do Setor de Transporte de Cargas O Transporte Rodoviário

Leia mais

INDÚSTRIA CONTRATA: PARA FAXINAL DOS GUEDES

INDÚSTRIA CONTRATA: PARA FAXINAL DOS GUEDES INDÚSTRIA CONTRATA: PARA FAXINAL DOS GUEDES Cargo: Engenheiro mecânico Área de atuação: projetos, fabricação e instalação de equipamento para a manipulação e processamento de produtos sólidos utilizados

Leia mais

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO

TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA SINTESE DAS ATIVIDADES TOTAL DE VAGAS REQUISITO TABELA DE CARGOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO CARGO Assistente Operacional Assistente Administrativo PRÉ- REQUISITO completo completo TOTAL DE VAGAS VENCIMENTO BASE CARGA HORÁRIA 01 R$ 1.813,45 40 horas 02 R$

Leia mais

HORÁRIA Informática básica 20 Inglês instrumental 20 Relações interpessoais 20 Redação e documentação organizacional 20 Subtotal 80 TOTAL 240

HORÁRIA Informática básica 20 Inglês instrumental 20 Relações interpessoais 20 Redação e documentação organizacional 20 Subtotal 80 TOTAL 240 COMPLEMENTAR COMPLEMENT AR AUXILIAR ADMINISTRATIVO Rotinas administrativas 40 Rotinas de recursos humanos 40 Rotinas financeiras 40 Empreendedorismo 40 Informática básica 20 Inglês instrumental 20 Relações

Leia mais

ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - ESPECIALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO/DESENVOLVIMENTO

ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - ESPECIALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO/DESENVOLVIMENTO ESPECIALISTA EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL - ESPECIALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO/DESENVOLVIMENTO Requisitos: graduação em qualquer curso da área de Tecnologia da Informação - Elaborar

Leia mais

Universidade Presidente Antônio Carlos Faculdade de Ciências Humanas e Exatas Curso de Administração Campus VI

Universidade Presidente Antônio Carlos Faculdade de Ciências Humanas e Exatas Curso de Administração Campus VI A) Área de Administração Geral ÁREAS E ATIVIDADES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO O estagiário desta área de interesse deverá participar de atividades essenciais de uma empresa, tais como: marketing, produção,

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

WILLIAM DEN HARTOG 38 anos Holandês Casado 1 Filho

WILLIAM DEN HARTOG 38 anos Holandês Casado 1 Filho WILLIAM DEN HARTOG 38 anos Holandês Casado 1 Filho Tel. 98202-0143 (celular) / 3853-0734 (residencial) E-mail: hartog.william@yahoo.com.br Objetivo Síndico Profissional Formação Acadêmica Graduação: Administração

Leia mais

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR DENOMINAÇÃO DO CARGO: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do

Leia mais

Manual Setorial Gerência de Tecnologias de Gestão (GT) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV

Manual Setorial Gerência de Tecnologias de Gestão (GT) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Manual Setorial Gerência de (GT) Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV Este Manual setorial faz parte do Programa de da Qualidade da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica CENTEV/UFV.

Leia mais

Planejamento Avançado da Qualidade Elementos APQP

Planejamento Avançado da Qualidade Elementos APQP Planejamento Avançado da Qualidade Elementos APQP São descritos a seguir objetivos, expectativas e requisitos relativos à documentação dos elementos individuais do APQP Status Report (ver QSV / S 296001

Leia mais

Diretor de Administração e Finanças Escritório São Paulo

Diretor de Administração e Finanças Escritório São Paulo Diretor de Administração e Finanças Escritório São Paulo Identificação do Cargo Departamento / Área Cargo al que reporta (Chefe direto) Cargos sob sua responsabilidades Administração e Finanças Diretor

Leia mais

Desejável: - Ensino superior em curso: Administração, Marketing, Comunicação ou Publicidade.

Desejável: - Ensino superior em curso: Administração, Marketing, Comunicação ou Publicidade. VAGAS SÃO PAULO - TATUAPÉ ASSISTENTE DE MARKETING - Pacote office intermediário; - Vivência na área comercial; - Ter fácil acesso para TATUAPÉ. Desejável: - Ensino superior em curso: Administração, Marketing,

Leia mais

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios

Cargo Descrição e Requisitos Benefícios Vitória, 25 de Junho de 2012. A Selecta, empresa de Recrutamento e Seleção, divulga as vagas de emprego em aberto, com destaque para: Vendedor Externo, Assistente de Crédito e Cobrança, Auxiliar Administrativo,

Leia mais

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para. Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro. A CRESCER RH dispõe de vagas em diversas áreas Interessando enviar currículo para crescerh@crescerh.com.br e/ou realizar cadastro no site Endereço: Avenida Getulio Dorneles Vargas; 540 N 2ª andar - Centro.

Leia mais

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO

ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO ANEXO II EDITAL 002/2015 - PROEX/IFMS DAS ATRIBUIÇÕES DO ESTAGIÁRIO CÂMPUS AQUIDAUANA CURSO Informática Edificações ATRIBUIÇÕES - Prestar serviço de suporte na área de tecnologia da informação; - Prestar

Leia mais

ISO NAS PRAÇAS. Oficina ISO 9001-2008 Formulação da Política da Qualidade. Julho/2011

ISO NAS PRAÇAS. Oficina ISO 9001-2008 Formulação da Política da Qualidade. Julho/2011 Oficina ISO 9001-2008 Formulação da Política da Qualidade Julho/2011 GESPÚBLICA Perfil do Facilitador Servidor de carreira que tenha credibilidade Bom relacionamento interpessoal Acesso a alta administração

Leia mais

GESTÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

GESTÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL GESTÃO SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS 1. TÍTULO AUXILIAR ADMINISTRATIVO CÓD. CBO 411 Preparar profissionais para prestar serviços de apoio e suporte às atividades administrativas,

Leia mais

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos DOC MQB -02 MQB.pdf 1/5 Cargo: Assistente de Laboratório 1. Planejar o trabalho de apoio do laboratório: Interpretar ordens de serviços programadas, programar o suprimento de materiais, as etapas de trabalho,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 080/2014, DE 25 DE JUNHO DE 2014 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

Tipos de Cargas e Veículos - 10h/a

Tipos de Cargas e Veículos - 10h/a Conhecer a evolução do Transporte no mundo, relacionando as características econômicas, sociais e culturais. Compreender a função social do transporte e o papel da circulação de bens e pessoas. Conhecer

Leia mais

Preparando a Implantação de um Sistema de Gestão da Qualidade

Preparando a Implantação de um Sistema de Gestão da Qualidade Preparando a Implantação de um Projeto Pró-Inova - InovaGusa Ana Júlia Ramos Pesquisadora em Metrologia e Qualidade e Especialista em Sistemas de Gestão da Qualidade 1. Gestão Gestão Atividades coordenadas

Leia mais