Editorial EDITORIAL. Olá amigos,

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Editorial EDITORIAL. Olá amigos,"

Transcrição

1

2

3 EDITORIAL Editorial THE CLUB Av. Profº Celso Ferreira da Silva, 190 Jd. Europa - Avaré - SP - CEP Informações: (14) Suporte: (14) Fax: (14) Internet Cadastro: Suporte: Informações: Dúvidas Correspondência ou fax com dúvidas devem ser enviados ao - THE CLUB, indicando "Suporte". Opinião Se você quer dar a sua opinião sobre o clube em geral, mande a sua correspondência para a seção "Tire sua dúvida". Reprodução A utilização, reprodução, apropriação, armazenamento em banco de dados, sob qualquer forma ou meio, de textos, fotos e outras criações intelectuais em cada publicação da revista The Club Megazine são terminantemente proibidos sem autorização escrita dos titulares dos direitos autorais. Impressão e acabamento: GRAFILAR Tel.: (14) Fax: (14) Rua Cel. Amando Simôes, 779 Cep São Manuel - SP Tiragem: exemplares Olá amigos, Vocês estão recebendo mais uma edição da revista The Club Megazine. Neste edição estamos trazendo informações muito interessantes. O nosso colaborador Alexandre Tarifa está trazendo uma matéria que fala sobre como podemos personalizar aplicações Windows Forms. O nosso consultor Marcos César Silva traz uma matéria que fala sobre uma solução que é procurada por diversos programadores. A replicação de dados. Com o lançamento das versões express dos banco de dados, o nosso consultor Claudinei Rodrigues nos mostra nesta edição como instalar o SQL Server 2005 Express e também como criar uma aplicação simples de acesso a este banco de dados. E como não poderia faltar estamos trazendo a seção de Perguntas e Respostas com algumas das solicitações feitas ao nosso suporte técnico e também estamos trazendo a seção de Dicas e Truques que informações bem interessantes. Tenham todos uma boa leitura e até a próxima. Copyright The Club Megazine 2006 Diretor Técnico Mauro Sant Anna Colaboradores Alexandre Tarifa Delphi é marca registrada da Borland International, as demais marcas citadas são registradas pelos seus respectivos proprietários. Editorial Personalizando aplicações Windows Forms IBReplicator - Uma visão prática e objetiva Instalando a versão gratuita do SQL Server Perguntas & Respostas Dicas & Truques

4 Visual Studio.NET Personalizando aplicações Windows Forms Sobre o autor por Alexandre Tarifa Ministra palestras e treinamentos, MVP (Most Valuable Professional), MCAD (Microsoft Certified Application Developer) e MCT (Microsoft Certified Trainer). Bacharel pela UMESP e pós-graduando pela Universidade Federal de São Carlos em Ciência da Computação. Analista de Sistemas e Líder do grupo de usuários Codificando.net São Paulo (sp.codificando.net). Escreve artigos para a revista MSDN Magazine e para os sites Linha de Código, MSDN Brasil e Enterpriseguys. Personalização é a palavra da moda principalmente em aplicações Web, onde é feito um esforço tremendo para conseguir agradar a todos que utilizam uma determinada aplicação. As aplicações Windows não poderiam ficar de fora e por isso que foram adicionados no Windows Forms 2.0 recursos que facilitam o armazenamento de informações personalizadas de acordo com o usuário. Temos a opção de armazenar estes valores no que chamamos e Settings, que são chaves armazenadas no arquivo de configuração app.config que podem ser tipadas e o principal: categorizada por escopo. São dois tipos de escopos: User: pode ser alterado por usuário Application: fixo durante a execução da aplicação. Para personalizarmos as aplicações devemos então sempre utilizar o escopo como User. Na prática Crie um novo projeto no Visual Studio 2005 com o template Windows Forms e a linguagem de programação VB.Net. Vamos montar um exemplo simples no formulário Form1 já adicionado no projeto. No Form1 adicione os controles conforme a imagem abaixo: Figura 1 No Solution Explorer dê um duplo clique em My Project e selecione a aba Settings. (figura 2) Adicione 3 settings: (figura 3) São os valores que vamos exibir no formulário criado, o código é muito simples. Adicione no Form Load o código abaixo: Me.txtAplicacao.Text = My.Settings.Aplicacao Me.txtCor.Text = My.Settings.CorFundo.ToString Me.txtNome.Text = My.Settings.Nome Com isso recuperamos os valores através da classe My. Para atribuir os valores, funciona da mesma forma, no botão gravar adicione o código atribuindo um novo nome: My.Settings.Nome = Me.txtNome.Text My.Settings.Save() Note que o evento Save é responsável por alterar os valores no arquivo de configuração. Como testar? O Visual Studio toda vez que executamos uma aplicação é gerado um novo executável e um novo arquivo de configuração. Por isso se testarmos diretamente pelo Visual Studio dá a impressão de que os valores não foram alterados. Entre na pasta que você criou o projeto: (figura 4) 4

5 Visual Studio.NET Figura 2 Figura 3 Figura 4 5

6 Visual Studio.NET Em seguida entre no diretório Bin/Debug (Figura 5) Figura 5 Rode então o executável e altere o nome e clique no botão gravar. Ver figura 6. Abra então o arquivo Personalização.exe.config no notepad, e veja o resultado da alteração do valor. Conclusão Figura 6 Criar uma aplicação personalizável é uma tarefa muito simples, com isso podemos criar aplicações mais criativas e com um resultado mais interessante ao usuário. 6

7 Interbase IBReplicator Uma visão prática e objetiva Por Marcos César Silva Diversas vezes vi meus caros colegas desenvolvedores quebrando a cabeça para replicarem ou sincronizarem seus bancos de dados, esta necessidade de replicação pode ocorrer em diversos casos, como empresas que possuem filiais e deseja que os dados cadastrados na filial sejam refletidos na matriz, ou que a atualização de cadastros da matriz seja também feita na filial, ou em uma situação mais simples ainda, quando se tem a necessidade de atualizar uma tabela de preço disponível no site da empresa a partir do banco local na empresa. Para estes casos vi diversas soluções, como criação de WebServices, Exportação e Importação de arquivo.txt entre outras complicação. No caso do banco Interbase/Firebird a solução prática encontrada para estes casos é a utilização do IBReplicator, uma ferramenta apropriada para realizar de forma bastante simples a tarefa de sincronização entre banco de dados. Instalação e características O IBReplicator pode ser baixado no site encontrando se até este momento na versão Após sua instalação observamos que três ferramentas foram instaladas em Iniciar -> Programas -> IBReplicator, sendo elas: Configure Services: responsável por instalar e dar manutenção o para Servidor de Replicação e para o Agendador de Replicação como serviço do Windows; Replication Server: sendo este o gatilho para a replicação manual ou agendada em intervalos de tempos; Replicator Manager: Ferramenta onde toda configuração de replicação entre os bancos são feitas; Nosso exemplo Consideraremos a situação de termos que atualizar o banco de dados onde fica a tabela de preços de nossa empresa, este banco é utilizado para consulta de preços no Website da empresa, que se encontra em outro servidor que não o da empresa, e possui ainda uma estrutura diferente do banco de produção da empresa, mas podemos considerar que seria o mesmo que uma matriz (banco local) e a sua filial (banco no servidor web). Vamos criar agora os dois bancos, o banco local da empresa e o banco de preços de produtos para consulta no site, assim iremos executar os dois Scripts abaixo em qualquer ferramenta de manutenção de banco como no IBconsole ou IBExpert: a) Banco da empresa SET SQL DIALECT 3; CREATE DATABASE D:\Loja.gdb USER SYSDBA PASSWORD masterkey PAGE_SIZE 4096 DEFAULT CHARACTER SET WIN1251; /* Tables definitions */ CREATE TABLE PRODUTOS ( ID_PRODUTO INTEGER NOT NULL, COD_BARRAS VARCHAR (15), DESCRICAO VARCHAR (255), PERC_IPI NUMERIC (6, 2), PERC_ICMS NUMERIC (6, 2), PRECO_CUSTO NUMERIC (18, 2), PRECO_VENDA NUMERIC (18, 2)); /* Primary keys definition */ ALTER TABLE PRODUTOS ADD CONSTRAINT PK_PRODUTOS PRIMARY KEY (ID_PRODUTO); 7

8 Interbase b) Registros Registros que serão inseridos na tabela de produtos do banco da loja, onde serão replicados posteriormente no banco de tabela de preços: INSERT INTO PRODUTOS (ID_PRODUTO,COD_BARRAS,DESCRICAO, PERC_IPI,PERC_ICMS,PRECO_CUSTO,PRECO_VENDA) VALUES (1, ', CAMISETA REGATA SPORT,0,18,22.4,NULL); INSERT INTO PRODUTOS (ID_PRODUTO,COD_BARRAS,DESCRICAO, PERC_IPI,PERC_ICMS,PRECO_CUSTO,PRECO_VENDA) VALUES (2, ', BERMUDA SOCIAL,0,18,35,NULL); INSERT INTO PRODUTOS (ID_PRODUTO,COD_BARRAS,DESCRICAO, PERC_IPI,PERC_ICMS,PRECO_CUSTO,PRECO_VENDA) VALUES (3, ', CALÇA JEANS,0,18,43,NULL); INSERT INTO PRODUTOS (ID_PRODUTO,COD_BARRAS,DESCRICAO, PERC_IPI,PERC_ICMS,PRECO_CUSTO,PRECO_VENDA) VALUES (4, ', CAMISA SOCIAL,0,18,38.9,4); c) Banco para Consulta de Preços SET SQL DIALECT 3; CREATE DATABASE D:\TABELA_PRECO.gdb USER SYSDBA PASSWORD masterkey PAGE_SIZE 4096 DEFAULT CHARACTER SET WIN1251; /* Tables definitions */ CREATE TABLE PRODUTOS ( ID_PRODUTO INTEGER NOT NULL, DESCRICAO VARCHAR (255), PRECO_CUSTO NUMERIC (18, 2)); /* Primary keys definition */ Com os bancos Tabela_Precos.gdb e Loja.gdb criados o e IBreplicator instalado no mesmo servidor onde está o Loja.gdb, iremos agora configurar o Replication Manager, para isto vamos abrí-lo e selecionar no menu File a opção New Configuration, a janela Create a new Configuration Database será exibida. Esta tela tem a finalidade que criar o banco de dados que irá armazenar as configurações da replicação que deseja realizar, assim configure-a com mostro na Imagem 1: Imagem 1 Uma observação importante é que esta versão da ferramenta é trial, assim para utilizá-la deveremos informar a chave de registro para esta avaliação. Informe então em Tools Licence Manager Add o valor Eval em Licence ID, e verá que será criada uma Licence Key valida por 14 dias a partir deste registro. Registrando os Bancos Agora iremos registrar na ferramenta os dois bancos que irão fazer parte da replicação, na aba Databases do Replication Manager clique com o botão direito na opção Registered databases e selecione a opção Add, para as propriedades (Imagem 2) do novo database que será registrado, informe os seguintes valores (Tabela 1), salve e repita o procedimento para o banco de tabela de preços onde os dados serão replicados: Propriedades Descriptive name Server Administrative user name Valor Lojaz :D:\LOJA.GDB sysdba ALTER TABLE PRODUTOS ADD CONSTRAINT PK_PRODUTOS PRIMARY KEY (ID_PRODUTO); Administrative password Masterkey Tabela 1 8

9 Interbase Imagem 2 Definindo o Schema da replicação Devemos agora definir como será feito esta replicação a partir de um esquema onde serão configurados quais tabelas e campos serão replicados, assim na aba Replications clique com o botão direito em Defined Replication Schemata e selecione a opção New, e em Schema Name daremos um nome para o esquema, onde em nosso exemplo chamará Loja_TabelaPrecos. Em nossa Treeview do esquema observaremos dois nós, sendo o primeiro o Source Database, ou seja, o banco de dados de origem dos dados, podendo ser apenas um por esquema, e o segundo o Target databases, onde poderá ter definidos vários bancos que receberão os dados. Clique com o botão direito Source Database e selecione a opção Add para registrarmos o banco de origem, na aba connection na propriedade Registered database selecione o banco Loja, informe o usuário e senha (Imagem 3), não há necessidade de alterar outras propriedades podendo manter os valores padrão. Repetiremos o procedimento para o Target databases Imagem 3 9

10 Interbase ferramentas do Replication Server, caso deseje agendar as replicações clique no botão Replication Timer, que executará a replicação nos intervalos de tempo definido na propriedade Timer Interval. Conclusão Vimos neste artigo que a replicação de dados em banco de dados Interbase/Firebird pode ser bastante simples de ser implementado, sem a necessidade da criação de procedimentos trabalhosos, rebuscados e de difícil manutenção. Imagem 4 informando o banco Tabela de Preços. O próximo passo será mapear as tabelas e campos que serão replicados, embora em nosso exemplo os bancos não tenham a mesma estrutura, a tabela e os campos que desejamos replicar existem tanto na banco origem como no destino, assim selecionado Replicated Table and Procedures do banco destino poderemos criar automaticamente o mapeamento clicando em Generate Tables, Keys and Fields (Imagem 4). Veja que foi criado todo o mapeamento da tabela e banco que coexistem tanto na origem como nos destino (Imagem 5). Agora para que a replicação funcione deverão ser criados no banco os objetos responsáveis pela replicação, estes objetos nada mais são do que tabelas de controles que serão criados no banco. Desta forma selecione o banco origem e clique na opção Create System Objects. Ao longo deste artigo o leitor deve ter observado inúmeros recursos adicionais que a ferramenta oferece e que não mencionei neste artigo para não fugir da simplicidade do exemplo, mas acredito que tenha ficado claro o potencial e a flexibilidade da ferramenta para outros tipos de situações que poderemos nos deparar cotidianamente. Aquele abraço a todos e bons projetos. Sobre o autor Marcos César Silva, Consultor de Sistemas e Consultor Técnico do The Club, Bacharel em Ciência da Computação, MCAD (Microsoft Certified Application Developer) e MCSD.NET (Microsoft Certified Solution Developer.NET) A Replicação Primeiramente vamos definir que este esquema de replicação que criamos será padrão, defina isto em Configuration Set as Default no menu do próprio Replication Manager. Agora sim podemos abrir o Replication Server, para que possamos fazer a replicação de forma manual ou através de um agendamento. Para executarmos de forma manual basta clicar no botão Replicate na barra de Imagem 5 10

11 Instalando a versão gratuita do SQL Server 2005 SQL Por Claudinei Rodrigues Para quem ainda não sabe a Microsoft lançou no final do ano passado o SQL Server Existem várias versões deste banco de dados, mas nesta matéria eu vou falar sobre a versão Express, ou seja, a versão gratuíta. Como eu já havia adiantado em Julho de 2004 nesta mesma revista, o SQL Server Express é uma versão light e gratuíta do SQL Server 2005 que veio para substituir o MSDE e é destinada à construção de aplicações simples e dinâmicas. Esta nova versão é bem mais leve e bem mais fácil de usar. O SQL Server Express é gratuíto para download, gratuíto para ser redistribuído. Mas não é por ele ser uma versão light do SQL Server que ele é menos seguro que qualquer outro banco de dados. Segundo a Microsoft esta versão foi projetada para dar maior escalabilidade, disponibilidade e segurança para as aplicações e também tornar mais fáceis de serem criadas, implementadas e gerenciadas. O SQL Server Express é baseado no SQL Server Ele tem suporte completo a T-SQL e integração com o CLR (Common Language RunTime) e você pode criar stored procedures, views, triggers e cursores. Suporta dados XML, dados estruturados e semi-estruturados e esquemas XML. Antes de proceder a instalação Antes de começarmos a instalação do SQL Server 2005 Express, vamos baixar o pacote de componentes redistribuíveis Microsoft.NET Framework versão 2.0. Para baixá-lo acesse o link, details.aspx?displaylang=pt-br&familyid=0856eacb b0d-8edd-aab15c5e04f5. Esta versão que estamos instalando é a versão em português. Não é possível instalar duas versões de idioma diferentes do.net Framework no mesmo computador. Se você tentar instalar uma segunda versão de idioma, o.net Framework exibirá a seguinte mensagem de erro: Não é possível instalar o Microsoft.NET Framework porque já existe uma outra versão do produto instalada. Se você deseja ver os recursos do.net Framework em outro idioma, você deverá baixar a versão do idioma apropriado do pacote de idioma do.net Framework. No link anterior você encontrará informações mais detalhadas sobre o.net Framework. Para fazer o download do SQL Server 2005 Express, acesse o link Eu aconselho que você faça o download do SQL Server 2005 Express Edition with Advanced Services SP1. Neste pacote além do SQL Server 2005 Express você também terá acesso a ferramentas de desenvolvimento adicionais, como: SQL Server Management Studio Express: Esta é uma ferramenta de gerenciamento gráfico que torna muito mais fácil o gerenciamento e manutenção da sua base de dados. Reporting Services: Um ambiente de design para a criação de relatórios Full-Text Search: Uma poderosa ferramenta para pesquisa de textos. Você ainda pode baixar o Microsoft SQL Server 2005 Express Edition Toolkit SP1, ele fornece ferramentas e recursos para gerenciar o SQL Server 2005 Express, como criar relatórios usando o SQL Server 2005 Reporting Services. Este toolkit inclui ainda componentes de conectividade, o Business Intelligence Development Studio com o qual você pode criar relatórios no Reporting Services. Mas não vamos neste momento nos aprofundar muito. Vamos trabalhar em cima do próprio SQL Server Express Instalando Para iniciar a instalação do SQL Server 2005 Express, execute o arquivo SQLEXPR_ADV.EXE. Feito isto você terá acesso a tela de licença. Como mostrado na figura 1. 11

12 SQL Installation Wizard clique no botão Next para prosseguir. Feito isto SQL Express apresenta uma tela System Configuration Check, como mostrado na figura 3. Ele faz uma verificação em busca de possíveis problemas, verifica requisitos mínimos de hardware e software que possam impedir a instalação do SQL Server Express. Caso algum problema seja encontrado você terá a opção de visualizar o relatório sobre o problema encontrado e uma possível solução. Figura1: Tela de licença O SQL Server Component Update é executado, como mostrado na figura 2, e instala os requisitos necessários para a instalação do SQL Server 2005 Express como o Microsoft SQL Native Client e Microsoft SQL Server 2005 Setup Support Files. Figura 3: Checando configuração Agora clique no botão Next. Na janela Registration Information, figura 4, entre com as informações solicitadas. Muita atenção! Neste ponto existe uma observação muito importante. Se você selecionar a opção Hide advanced configuration options, o SQL Server Express será instalado com sua configuração padrão. Mas neste caso nós vamos desmarcar esta opção. (figura 4) Figura 2: Instalação de pré-requisitos Agora clique no botão Next. Agora na janela Welcome to the Microsoft SQL Server Clique em Next. Na próxima tela, figura 5, selecione todas as opções disponíveis. Vamos instalar a ferramenta completa. E depois clique em Next. (figura 5) A próxima janela é a Instance Name. Esta janela permite que você selecione uma Instancia Default ou uma Instancia Nomeada para a instalação do SQL Server. Quando o SQL Server 2005 Express é instalado como Default 12

13 SQL Por padrão, o SQL Server é instalado como Default Instance a menos que você especifique um nome de instância durante a instalação. Ao contrário do SQL Server, o SQL Server Express é por default instalado como Named Instance, tendo como nome padrão para a instância o nome SQLExpress. Se você não informar um nome para a instância durante a instalação ou não desmarcar a opção Hide Advanced configuration options, o nome padrão será usado. Neste caso, você deverá acessar o SQL Express como NomedoComputador\SQLExpress. Você também pode instalar o SQL Express como Default Instance permitindo que apenas o nome do servidor seja informado durante a conexão se nenhuma outra versão do SQL Server já estiver instalada no servidor como default instance. Para fazer isto, instale o SQL Express como named instance usando como nome para a instância o nome MSSQLSERVER. Figura 4: Informações para registro Figura 6: Nome das instâncias. Figura 5: Opções de instalação Instance ele não solicita que o cliente especifique o nome da instância para fazer a conexão. O cliente apenas precisa saber o nome do servidor SQL ao qual deseja se conectar. Um Named Instance é formado pelo nome do servidor mais o nome da instância que você informou durante a instalação. O cliente precisa conhecer o nome do servidor e o nome da instância para se conectar. No nosso caso eu estou usando o Named instance porque eu já tenho o SQL Server 2000 instalado no meu computador. Agora clique no botão Next. Agora estamos na janela Service Account. Esta janela nos permite definir qual conta de usuário que será usada para iniciar o servidor SQL Server Express. É através dela que podemos atribuir a conta local system (local system account) ou uma conta de usuário de domínio (domain user account) para iniciar os serviços SQL Server Express. Por padrão o SQL Server Express é instalado tendo a conta de sistema Network Service como conta para a inicialização dos serviços. Mas é recomendado 13

14 SQL que se use uma conta de domínio ou então criar uma conta local específica para a inicialização dos serviços. Neste caso vamos utilizar uma conta local como mostrada na figura 7. Depois de selecionar a conta local clique em Next. Figura 8: Modo de autenticação Figura 7: Configurando contas A próxima janela, figura 8, é a Authentication Mode. Informe nesta janela o modo de segurança que deverá ser utilizado para se conectar ao SQL Express. Eu aconselho que você clique na opção Mixed Mode. Pois neste caso você poderá acessar o SQL Server Express tanto pela sua conta local, quanto pelo o usuário sa e a senha que você informar nesta janela. Depois de digitar a senha, clique em Next. (figura 8) A próxima janela, figura 9, é a Collation Settings. Esta janela permite informar qual Collation e Code Page que o SQL Server Express irá utilizar. Por padrão o SQL Server Express é instalado como case-insensitive, accent-sensitive. Ou seja, não faz restrição a maiúsculas e minúsculas, mas faz restrição a acentuação. Com isso, durante uma pesquisa, José e josé são a mesma coisa mas José e Jose ou josé e jose não são. Para evitar futuros problemas com acentuação ou caracteres maiúsculos e minúsculos, eu recomendo que você selecione o Collate conforme está sendo mostrado na figura 9. A não ser que você precise manter a compatibilidade de Collate com outros servidores. Neste caso, selecione o Collate conforme sua necessidade. Figura 9: Informações do collation Clique no botão Next também na próxima tela que é a User Instances. Deixe a opção Enable User Instances habilitada. A próxima janela é do Report Service. Deixe como está. Apenas clique no botão Next. A próxima janela é a Error and Usage Report Settings, 14

15 SQL selecione se você deseja reportar erros do SQL Server Express e seus componentes para a Microsoft. Depois clique em Next. Na próxima janela, figura 10, clique em Install. TCP/IP. Entretanto, se o SQL Server Express é instalado no mesmo computador que uma versão anterior ao SP3 do MSDE ou SQL Server 2000, pode ocorrer alguns conflitos. Como eu já disse anteriormente, os protocolos de rede são desabilitados por padrão. Isto faz com que após a instalação o SQL Server Express não aceite conexões vindas de outras estações de uma rede. Apenas a conexão local (na própria máquina onde o SQL Server Express foi instalado) será permitida. Para permitir que o SQL Server Express se comunique com suas aplicações através da rede, você deve primeiro habilitar um dos protocolos de rede e então reiniciar o serviço SQL Browser. O SQL Express suporta os seguintes protocolos de rede. (ver tabela abaixo) Figura 10: Iniciar a instalação. Pronto, agora o seu SQL Server Express será instalado. Configurando o SQL Server Express para rodar na Rede Para se conectar a uma instância do SQL Express através da rede, existem algumas considerações que você deve estar ciente: 1 - Por razões de segurança, os protocolos de rede são desabilitados por padrão. Você pode habilitar os protocolos individualmente durante a instalação ou após a instalação, que é o que vamos fazer daqui a pouco. 2 - O SQL Express é instalado como named instance por padrão. 3 - O serviço SQL Browser é usado por alguns protocolos de rede para associar instâncias nomeadas com números de portas Habilitando os protocolos de Rede Vamos ver agora como habilitar e configurar o protocolo TCP/ IP no SQL Server Express usando o utilitário SQL Server Configuration Manager. Atenção! Você deverá reiniciar o serviço do SQL Server Express após fazer alterações para os protocolos de rede. Também é recomendado a reinicialização do serviço SQL Browser. Para habilitar o protocolo TCP/IP siga os passos abaixo: 1- No menu Iniciar, selecione Programas, depois Microsoft SQL Server 2005, depois em Configuration Tools e então clique em SQL Server Configuration Manager. 2- Expanda SQL Server 2005 Network Configuration e clique sobre Protocols for SQLExpress (ou o nome da sua instância). No painel do lado direito, clique com o botão direito sobre o protocolo TCP/IP e selecione Enable. Como está sendo mostrado na figura 11 (próxima página). Protocolo de rede Descrição Padrão Shared Memory TCP/IP Named Pipes Permite conectar a uma instância do SQL Server Express rodando no mesmo computador. Não pode ser usado para acesso de outras estações da rede. Permite que outras estações se conectem ao SQL Server Express por especificar o nome do servidor e o nome da instância (default SQLExpress) ou o endereço IP e o nome da instância Permite que outras estações se conectem ao SQL Server Express por suportar vários protocolos de rede, incluindo NetBEUI, TCP/IP e IPX/SPX. Ele seleciona o protocolo de rede automaticamente baseado na configuração do cliente. Habilitado Desabilitado Desabilitado 15

16 SQL Figura 11: SQL Server Configuration Manager. Configurando o protocolo TCP/IP 1 - No SQL Server Configuration Manager, clique com o botão direito sobre TCP/IP e selecione Propriedades. 2 - Na guia IP Addresses, vá até a opção IPAll que fica no final da tela e coloque 1433 em TCP Port. Como mostrado na figura 12. Mas muita atenção. Se você já tiver instalado qualquer outra versão do SQL Server, altere este numero para Clique em OK para fechar a janela e salvar as alterações. (figura 12) O procedimento que acabamos de realizar configurou a porta 1433 para todos os IPs configurados em sua máquina. Caso você deseje configurar uma porta apenas para um IP específico, localize o IP desejado (IP1, IP2...) e siga o mesmo procedimento. Reiniciando o serviço SQL Browser Para reiniciar o serviço SQL Browser, estando ainda no SQL Server Configuration Manager faça o seguinte: 1 - Selecione SQL Server 2005 Services 2 - No painel da direita, clique com o botão direito sobre o serviço SQL Server Browser e selecione Restart 3 - Para fazer com que o serviço seja iniciado automaticamente, clique com o botão direito e selecione Propriedades 4 - Na guia Services, em Start Mode selecione Automatic 5 - Clique em OK para fechar a janela e salvar as alterações. Figura 12: Propriedades do TCP/IP. Bom pessoal, até aqui já temos o nosso banco de dados instalado. Agora vamos criar um banco de dados. Criando um banco de dados Para criar um banco de dados, vamos utilizar a ferramenta SQL Server Management Studio Express que eu comentei no início desta matéria. Para executá-lo, vá até o menu Iniciar do 16

17 SQL Windows, depois em Microsoft SQL Server 2005, depois em SQL Server Management Studio Express. NOME, CIDADE e ESTADO, como mostrado na figura 15. Dê o nome Tabela1 para esta tabela. Figura 15: Tabela do banco de dados. Figura 13: Conectando ao servidor Feito isto você terá acesso a uma tela semelhante a mostrada na figura 13. Existem duas formas de se conectar desde que você tenha escolhido a opção Mixed Mode na janela Authentication Mode conforme eu havia mencionado anteriormente. Basta agora que você clique no botão Connect. Como todo mundo sabe, deve-se criar uma chave primária para cada tabela. Para isto selecione o campo código, vá até as propriedades da coluna que fica na parte de baixo da tela. Expanda a propriedade Identity Specification e altere a propriedade Is Identity para True. Como está sendo mostrada na figura 16. Você verá no lado direito, o Object Explorer. Clique com o botão direito do mouse em Databases e depois New Database... Como está sendo mostrado na figura 14. Figura 16: Configurando o auto preenchimento. Figura 14: Criando um banco de dados. Na próxima tela informe no campo Database name o nome do seu banco de dados. Por exemplo, EXEMPLOREVISTA. Agora clique no botão Ok. Volte ao Object Explorer e expanda o ítem EXEMPLOREVISTA e depois clique com o botão direito em Tables. No menu clique em NewTable... Vamos criar uma tabela simples com os campos CODIGO, Isto vai fazer com que o campo receba um auto preenchimento incremental. Depois disto clique no botão. Isto fará com que o campo seja uma chave primária. Não esqueça de salvar a tabela, através do menu File Save... Agora com a nossa tabela pronta, vamos criar um exemplo. Criando um exemplo Agora que já temos um banco de dados pronto, vamos montar uma aplicação bem simples que irá acessar esta base de dados. Para isto vamos utilizar os componentes da palheta ADO. Chame o seu Delphi 7 e crie uma nova aplicação. Vá até a palheta de componentes na aba ADO e arraste um componente ADOConnection e um componente ADODataSet. Vamos 17

18 SQL configurar o acesso ao banco de dados, para isto dê um duplo clique no componente ADOConnection. Feito isto você terá uma tela igual a tela mostrada na figura 17. Clique no botão Build. Na próxima tela nós vamos configurar a nossa conexão. Selecione no item 1 o nome do seu servidor. No meu caso você está vendo que aparece o nome da minha máquina e em seguida o nome do meu SQL Server Express. Conforme eu já expliquei anteriormente eu tenho uma versão do SQL Server anterior instalada e por isto está aparecendo o nome da minha máquina seguida do nome do meu servidor. Se eu não tivesse outra versão instalada no meu computador, apareceria apenas o nome da minha máquina. No item 2 selecione Usar a segurança integrada do Windows NT. Figura 17: Configurando conexão Após clicar no botão Build... você terá acesso a próxima tela. Na aba Provedor selecione o item Microsoft OLE DB Provider for SQL Server e depois clique no botão Next >>, como mostrado na figura 18. Se você quiser, você pode informar o nome de usuário e senha, mas aqui vamos montar da forma mais simples. No item 3 vamos selecionar o nosso banco de dados. Figura 19: Configurando a conexão Figura 18: Selecionado provedor de acesso Agora você pode testar a conexão, para isto você deve clicar no botão Testar conexão. Se tudo estiver ok, você receberá uma tela 18

19 SQL de mensagem informando que a conexão com o banco foi feita com sucesso. Clique no botão OK, vá até o Object Inpector e altere a propriedade Login Prompt para False e altere a propriedade Connected para True. Agora vamos acessar a nossa tabela. Vá até ao componente ADODataSet e clique na propriedade Connection e informe o nome do componente de conexão com o banco de dados, ou seja, o ADOConnection1. Agora acesse a propriedade CommandText. Quando você acessar esta propriedade, você verá que ao acessá-la aparecerá um botão com três pontinhos. Clique neste botão e você terá acesso a uma tela semelhante a mostrada na figura 20. Como você pode ver, esta tela nos está mostrando a tabela que temos em nosso banco de dados e os campos da tabela. No campo SQL digite a instrução igual a que está sendo mostrada na figura. Obviamente partindo do princípio que você tenha feito tudo exatamente como foi descrito anteriormente. Depois disto clique em OK. Altere a propriedade Active do componente ADODataSet para True. A nossa conexão com o banco de dados já está pronta. Agora inclua um componente DataSource que está na aba Data Access e ligue a propriedade DataSet deste componente ao componente ADODataSet1. Agora vá até a aba Data Controls e inclua um componente DBGrid e um componente DBNavigator. Ligue estes componentes ao componente DataSource1. Feito isto o nosso exemplo está pronto. Você terá uma tela na figura 21. Conclusão Neste artigo eu mostrei a forma correta de se instalar o Microsoft SQL Server Express, que é a versão gratuíta do SQL Server 2005, e também um exemplo bem simples de como podemos acessar o banco de dados. Um forte abraço a todos e até a próxima. Download do exemplo em : download/exsqlexpress.zip Sobre o autor Figura 20: Configurando a tabela a ser acessada. Claudinei Rodrigues, Consultor Técnico do The Club Figura 21 19

20 Perguntas & Respostas Pergunta: Como faço para criar um arquivo XML a partir do DBExpress? Resposta: A forma mais simples é utilizando o componente ClientDataSet. Depois que o ClientDataSet estiver aberto com os dados que você precisa, basta que você utilize o seguinte comando: procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject); ClientDataSet1.SaveToFile( c:\novoarquivo.xml,dfxml); Dúvida enviada por Roberto, São Paulo - SP Pergunta: Eu quero saber como fazer o pack em uma tabela Paradox. Resposta: Para dar um pack ou seja remover os registros deletados de uma tabela paradox você terá que utilizar APIs da BDE. Veja abaixo a rotina que faz este tipo de trabalho. Você deve declarar a Unit BDE procedure PackTable(Table: TTable); var Props: CURProps; hdb: hdbidb; TableDesc: CRTblDesc; if Table.Active = False then raise EDatabaseError.Create ( Tabela precisa estar aberta para executar o pack ); if Table.Exclusive = False then raise EDatabaseError.Create ( Tabela precisa estar aberta em modo exclusivo ); // Pega as propriedades da tabela // para determinar o seu tipo Check(DbiGetCursorProps (Table.Handle, Props)); // Se a tabela é do tipo Paradox, // você tem que chamar DbiDoRestructure... if Props.szTableType = szparadox then // Em branco fora a estrutura... FillChar(TableDesc, sizeof (TableDesc), 0); // Obtem o handle do banco de // dados da tabela Check(DbiGetObjFromObj(hDBIObj (Table.Handle), objdatabase, hdbiobj(hdb))); // Põe o nome da tabela na // descrição da tabela... StrPCopy(TableDesc.szTblName, Table.TableName); // Põe o tipo da tabela na // descrição da tabela... StrPCopy(TableDesc.szTblType, Props.szTableType); 20

Print Audit 6 - SQL Server 2005 Express Edition Installation Guide

Print Audit 6 - SQL Server 2005 Express Edition Installation Guide Print Audit 6 - SQL Server 2005 Express Edition Installation Guide Resumo Este é um guia passo a passo para instalar o SQL Server 2005 Express Edition como base de dados para o Print Audit 6. Pré-Requisitos

Leia mais

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop

Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Microsoft Visual Studio Express 2012 for Windows Desktop Apresentação da ferramenta Professor: Danilo Giacobo Página pessoal: www.danilogiacobo.eti.br E-mail: danilogiacobo@gmail.com 1 Introdução Visual

Leia mais

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox.

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. - Construção do Banco de Dados: Para podermos inserir algo em um banco precisaremos de um Banco de Dados, para isto iremos montar um utilizando o Programa Database

Leia mais

INSTALANDO SQL SERVER 2008

INSTALANDO SQL SERVER 2008 VERSÃO 2 INSTALANDO SQL SERVER 2008 Pré-requisitos para instalação do SQL SERVER 2008 Antes de iniciar o instalador do SQL SERVER 2008 é necessário instalar os seguintes componentes: Microsoft Windows

Leia mais

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase.

Prof. Omero, pág. 63. Banco de Dados InterBase. Prof. Omero, pág. 63 O que é o InterBase? O InterBase é um SGBDR - Sistema Gerenciador de Banco de Dados Cliente/Servidor Relacional 1 que está baseado no padrão SQL ANSI-9, de alta performance, independente

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2005 EXPRESS

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2005 EXPRESS MANUAL DE INSTALAÇÃO DO MICROSOFT SQL SERVER 2005 EXPRESS Instalação do Microsoft.Net Framework 2.0 Execute o dotnetfx.exe ; Clique em avançar; Leia o Contrato de Licença de Usuário Final; o Se concordar

Leia mais

C&S Informática Ltda (55-11) 2682-7045 2023-1587 http://www.cisinformatica.com.br/

C&S Informática Ltda (55-11) 2682-7045 2023-1587 http://www.cisinformatica.com.br/ SQL Server Express Escrito por - José Ricardo Ribeiro Microsoft - Marcelo Colla MVP em SQL Server - Nilton Pinheiro MVP em SQL Server Publicação: Maio de 2006 Aplicável a: SQL Server 2005 Express Edition

Leia mais

Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005

Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005 Nome Número: Série Aula Extra Conexão ODBC para aplicações Delphi 7 que usam SQL Server 2005 Proposta do projeto: Competências: Compreender a orientação a objetos e arquitetura cliente-servidor, aplicando-as

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

SQL Server Express Instalação e Configuração

SQL Server Express Instalação e Configuração SQL Server Express Instalação e Configuração Escrito por: - José Ricardo Ribeiro Microsoft - Marcelo Colla MVP em SQL Server - Nilton Pinheiro MVP em SQL Server Publicação: Maio de 2006 Aplicável a: SQL

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Print Audit 6 - Instalação do SQL Server 2008 express R2

Print Audit 6 - Instalação do SQL Server 2008 express R2 Print Audit 6 - Instalação do SQL Server 2008 express R2 Este tutorial mostra a instalação e configuração passo a passo do SQLServer 2008 express R2. Antes de instalar o SQL Server 2008 Express R2 Antes

Leia mais

ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO

ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO ESUS SAMU V. 1.3 - INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO O sistema Esus-SAMU, é o sistema que permite a regulação de solicitantes/pacientes, gravando históricos de procedimentos médicos tomados, veículos enviados

Leia mais

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 4 O Componente Trabalhando com conexão ao banco de dados MySQL no Lazarus Ano: 03/2011

Leia mais

Criação de uma base de dados em MS SQL Server e acesso com VB 6. Professor Sérgio Furgeri

Criação de uma base de dados em MS SQL Server e acesso com VB 6. Professor Sérgio Furgeri OBJETIVOS DA AULA: Criação de uma base de dados em MS SQL Server e acesso com VB 6. Fazer uma breve introdução a respeito do MS SQL Server 7.0; Criar uma pequena base de dados no MS SQL Server 7.0; Elaborar

Leia mais

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10 Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212

Leia mais

PROJECT 1 Delphi Project (Extensão. DPR)

PROJECT 1 Delphi Project (Extensão. DPR) CAPÍTULO2 1. A ESTRUTURA DE UM APLICATIVO Quando iniciamos uma aplicação em Delphi ele interpreta que iremos desenvolver um projeto. Este gerencia um conjunto de recursos como Forms, Units, objetos, funções

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO. LSoft Ponto Eletrônico

MANUAL DE INSTALAÇÃO. LSoft Ponto Eletrônico MANUAL DE INSTALAÇÃO LSoft Ponto Eletrônico SUPORTE TÉCNICO AO USUÁRIO: Atendimento On-line: www.lsoft.com.br E-Mail: suporte@lsoft.com.br (37) 3237-8900 Versão 1.0-2014. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Índice. Tutorial para Desenvolvimento de Conduits em Delphi

Índice. Tutorial para Desenvolvimento de Conduits em Delphi Índice Índice...1 Desenvolvendo Conduits...2 (Passo a Passo)...2 Criando um Arquivo.mdb... 2 Arquivos...6 Instalando os componentes... 7 Recompilando os Comonentes do Delphi...13 Configurando a Conexão

Leia mais

Manual de Instalação de SQL Server (2005, 2008, 2012).

Manual de Instalação de SQL Server (2005, 2008, 2012). Manual de Instalação de SQL Server (2005, 2008, 2012). Instalação do SQL 2005. - Primeiro baixo o instalador do SQL nesse link: http://www.microsoft.com/pt-br/download/details.aspx?id=184 - Execute o arquivo

Leia mais

Conteúdo O que é?... 4 Histórico... 4 Onde Baixar?... 4 Diferença entre Firebird e o Interbase... 4 Como instalar?... 4 Instalando o Ibexpert...

Conteúdo O que é?... 4 Histórico... 4 Onde Baixar?... 4 Diferença entre Firebird e o Interbase... 4 Como instalar?... 4 Instalando o Ibexpert... Apostila FIREBIRD 1 Firebird Equipe: BARBARA CAROLINE SOUZA DE OLIVEIRA Nº 04 GUILHERME ROBERTO PINTO DE SOUZA Nº 16 JOSÉ ROSA MARTINS NETO Nº 22 RAFAEL ALVES DE SOUSA Nº 36 WELLINGTON COSTA SANTOS OLIVEIRA

Leia mais

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I PROFESSOR RAFAEL BARRETO

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I PROFESSOR RAFAEL BARRETO ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I PROFESSOR RAFAEL BARRETO DELPHI - UTILIZANDO OPENDIALOG PARA ARMAZENAR IMAGENS EM BANCO DE DADOS Criaremos uma solução simples para criar

Leia mais

Interface para Regras de Negócios em Multi-Banco

Interface para Regras de Negócios em Multi-Banco 1 Interface para Regras de Negócios em Multi-Banco MARCELO JALOTO (marcelo@jaloto.net) é graduado no curso superior Projetos e Gestão de Redes de Computadores e formado no curso Técnico em Processamento

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL

INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL INSTALANDO E CONFIGURANDO O MY SQL Este tutorial tem como objetivo mostrar como instalar o banco de dados My SQL em ambiente Windows e é destinado aqueles que ainda não tiveram um contato com a ferramenta.

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO. Plataforma Windows. Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes da Silva, Tiago França Melo de Lima

GUIA DE INSTALAÇÃO. Plataforma Windows. Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes da Silva, Tiago França Melo de Lima Laboratório de Engenharia e Desenvolvimento de Sistemas LEDS/UFOP Universidade Federal de Ouro Preto UFOP GUIA DE INSTALAÇÃO Plataforma Windows Relatório Técnico Versão 0.1 (201305032030) Leandro Gomes

Leia mais

Sistema básico de cadastro em Delphi com banco de dados InterBase.

Sistema básico de cadastro em Delphi com banco de dados InterBase. Sistema básico de cadastro em Delphi com banco de dados InterBase. Nesta apostila vamos abordar o uso do banco de dados Interbase e o acesso nativo com os componentes da paleta InterBase do Delphi, eu

Leia mais

Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1

Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Guia: Manual de instalação do Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Data do Documento: novembro de 2012 1 Conteúdo 1. Sobre este manual... 3 2. Requisitos de Sistema...

Leia mais

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL.

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2012 Edição 7 Listando e Gravando Listando itens em ComboBox e gravando os dados no

Leia mais

Projeto Supermercado - Produtos

Projeto Supermercado - Produtos OBJETIVO: Este projeto possibilitará fazer a manutenção dos dados da tabela de Produtos. Didaticamente, ele permite ao programador iniciante ter os primeiros contatos com os objetos de visualização individual

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

CRIANDO UM BANCO DE DADOS

CRIANDO UM BANCO DE DADOS CRIANDO UM BANCO DE DADOS Bem, antes de iniciarmos propriamente no delphi, devemos aprender a usar sua ferramentas, sendo uma das mais importantes o Database Desktop, pois é com esta que construímos nossos

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

AMBIENTE. FORMULÁRIO: é a janela do aplicativo apresentada ao usuário. Considere o formulário como a sua prancheta de trabalho.

AMBIENTE. FORMULÁRIO: é a janela do aplicativo apresentada ao usuário. Considere o formulário como a sua prancheta de trabalho. DELPHI BÁSICO VANTAGENS Ambiente de desenvolvimento fácil de usar; 1. Grande Biblioteca de Componentes Visuais (VCL - Visual Component Library), que são botões, campos, gráficos, caixas de diálogo e acesso

Leia mais

Iniciando o MySQL Query Brower

Iniciando o MySQL Query Brower MySQL Query Brower O MySQL Query Browser é uma ferramenta gráfica fornecida pela MySQL AB para criar, executar e otimizar solicitações SQL em um ambiente gráfico. Assim como o MySQL Administrator foi criado

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 Em qualquer profissão é importante que se conheça bem as ferramentas que serão usadas para executar o trabalho proposto. No desenvolvimento de software não é

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Alternate Technologies Fevereiro/2013. FórmulaCerta Procedimentos para Atualização Versão 5.8 (Fevereiro/2013)

Alternate Technologies Fevereiro/2013. FórmulaCerta Procedimentos para Atualização Versão 5.8 (Fevereiro/2013) FórmulaCerta Procedimentos para Atualização Versão 5.8 () 1 Sumário: PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO VERSÃO 5.8... 4 ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA VIA CD... 6 1º Passo Atualizações e Alterações da Versão 5.8...

Leia mais

END OF FILE: Tutorial Chat Em Delphi

END OF FILE: Tutorial Chat Em Delphi END OF FILE: Tutorial Chat Em Delphi fórum: http://offile.umforum.net site: http://fts315.xp3.biz autor: kõdo no kami (www.facebook.com/hacker.fts315) - skype: hackefts315 greetz: mmxm, sir.rafiki, suspeit0@virtual,

Leia mais

Configurando DDNS no Stand Alone

Configurando DDNS no Stand Alone Configurando DDNS no Stand Alone Abra o seu navegador de internet e acesse o endereço http://www.advr.com.tw(ou, http://59.124.143.151 ). Clique em Register para efetuar o cadastro de um novo grupo.(foto

Leia mais

MA001. 01 de 28. Responsável. Revisão Q de 26/06/2015. Cantú & Stange Software. Página

MA001. 01 de 28. Responsável. Revisão Q de 26/06/2015. Cantú & Stange Software. Página Manual de instalação do Zada 5 MA001 Responsável Revisão Q de 26/06/2015 FL Página 01 de 28 Página 1 de 33 Revisão Q de 26/06/2015 MA001 Responsável: FL Manual de instalação do Zada 5 Este manual consiste

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. Guia de Instalação do SolidWorks 2009 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2009. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: n-client MSI Versão: 4.2.3 Versão do Doc.: 1.0 Autor: Aline Della Justina Data: 19/11/2010 Documento destinado à: Clientes e Parceiros Alterado por: Release Note: Detalhamento

Leia mais

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação Índice 1. Introdução... 3 2. Funcionamento básico dos componentes do NetEye...... 3 3. Requisitos mínimos para a instalação dos componentes do NetEye... 4 4.

Leia mais

Com criar relatório no Report Services do Microsoft SQL Server 2008 R2 integrado com o

Com criar relatório no Report Services do Microsoft SQL Server 2008 R2 integrado com o Com criar relatório no Report Services do Microsoft SQL Server 2008 R2 integrado com o SisMoura Objetivo Configurar o Reporting Services Como criar relatórios Como publicar relatórios Como acessar os relatórios

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Sistema Click Principais Comandos

Sistema Click Principais Comandos Sistema Click Principais Comandos Sumário Sumário... 1 1. Principais Funções:... 2 2. Inserção de Registro (F6):... 3 3. Pesquisar Registro (F7):... 4 3.1 Pesquisa por letras:... 5 3.2 Pesquisa por números:...

Leia mais

Guia de informações sobre os pré-requisitos para implantação do sistema Varuna

Guia de informações sobre os pré-requisitos para implantação do sistema Varuna Guia de informações sobre os pré-requisitos para implantação do sistema Varuna Varuna Tecnologia Ltda. Av. Antônio Olímpio de Morais, 545 - Sala 1305. Centro. Divinópolis, MG. suporte@varuna.com.br 37

Leia mais

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO DELPHI CRIANDO UMA AUTENTICAÇÃO DE USUÁRIO UTILIZANDO O COMPONENTE QUERY A autenticação de usuários serve para

Leia mais

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian)

INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR. (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) INSTALAR O SQL SERVER NO SERVIDOR QUANDO JÁ EXISTE UM OUTRO SERVIDOR (É o caso da Zervan, que existe o servidor da Fernanda e queremos instalar um outro na máquina de Lilian) 1) No servidor novo, máquina

Leia mais

Guia de Instalação do SARA Portal Web TOTVS [06/2015]

Guia de Instalação do SARA Portal Web TOTVS [06/2015] Guia de Instalação do SARA Portal Web TOTVS [06/2015] Sumário 1. Instalação do Portal WEB SARA... 3 2. Instalação do Protheus... 4 3. Atualização do Binário do Protheus... 5 4. Atualização do RPO... 6

Leia mais

Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br

Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br 1. Abordagem geral Structure Query Language SQL Guilherme Pontes lf.pontes.sites.uol.com.br Em primeiro plano, deve-se escolher com qual banco de dados iremos trabalhar. Cada banco possui suas vantagens,

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

Roteiro de Uso do InstallShield

Roteiro de Uso do InstallShield Roteiro de Uso do InstallShield Ao iniciar o InstallShield, a janela Welcome to InstallShield será exibida: Selecione a opção Create New Setup Project, para criar um novo modelo de instalação. A janela

Leia mais

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 2 Pedreiros da Informação Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL

Leia mais

Delphi IDE. Jocélio Passos joceliodpassos@bol.com.br. Delphi - IDE. Integrad Development Enviroment Ambiente de Desenvolvimento Integrado

Delphi IDE. Jocélio Passos joceliodpassos@bol.com.br. Delphi - IDE. Integrad Development Enviroment Ambiente de Desenvolvimento Integrado Delphi Integrad Development Enviroment Ambiente de Desenvolvimento Integrado IDE Jocélio Passos joceliodpassos@bol.com.br Iniciar Programas Borland Delphi X Delphi X 2/2/2007 2 Primeiro Projeto Menu File

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300

LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300 LEIA-ME PRIMEIRO Instalação do Fiery WorkCentre Série 7300 Este documento descreve como instalar e configurar o Controlador de rede Fiery para WorkCentre Série 7300. Complete as etapas que correspondem

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye 1. Introdução Esse guia foi criado com o propósito de ajudar na instalação do Neteye. Para ajuda na utilização do Software, solicitamos que consulte os manuais da Console [http://www.neteye.com.br/help/doku.php?id=ajuda]

Leia mais

Veja abaixo um exemplo de como os dados são mostrados quando usamos o

Veja abaixo um exemplo de como os dados são mostrados quando usamos o Objeto DataGridView O controle DataGridView é um dos objetos utilizados para exibir dados de tabelas de um banco de dados. Ele está disponível na guia de objetos Data na janela de objetos do vb.net. Será

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Índice 1) Passo: Instalação do MySQL Server... 2 2) Passo: Instalação do MySQL Query Browser... 9 3) Passo: Instalação do Dotnetfx 2.0 ou versão superior.... 13 4) Passo: Instalação

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

Define o campo ID com chave primaria com gerator de auto incremento ALTER TABLE CONTATO ADD CONSTRAINT PK_CONTATO PRIMARY KEY (ID);

Define o campo ID com chave primaria com gerator de auto incremento ALTER TABLE CONTATO ADD CONSTRAINT PK_CONTATO PRIMARY KEY (ID); Agenda 1 IBDatabase (Paleta Interbase) 1 IBTransaction (Paleta Interbase) 2 IBQuery (Paleta Interbase) 1 IBUpdateSQL (Paleta Interbase) 1 DataSource (Paleta Interbase) 4 Bitbnt (Paleta Addicional) 1 Dbgrid

Leia mais

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010.

INTRODUÇÃO. A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. Guia de Instalação do SolidWorks 2010 INTRODUÇÃO A SKA preparou este documento técnico com o objetivo de auxiliar seus clientes a realizar a instalação do SolidWorks 2010. O SolidWorks pode ser instalado

Leia mais

Este STK mostrara como configurar o client Sitekiosk para que o mesmo possa ser implementado no servidor de monitoramento.

Este STK mostrara como configurar o client Sitekiosk para que o mesmo possa ser implementado no servidor de monitoramento. Este STK mostrara como configurar o client Sitekiosk para que o mesmo possa ser implementado no servidor de monitoramento. Premissias: Possuir um kiosk com no minino: Windows XP (32 bits), Vista, Seven

Leia mais

MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012

MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012 MANUAL DE SOFTWARE ARKITOOL 2012 Editado por: Idéias e programas, S.L. San Román de los Montes 25-Março-2012. ARKITool, Arkiplan, Além disso ARKITool são marcas comerciais de idéias e programas, S.L. REQUISITOS

Leia mais

Kerio Exchange Migration Tool

Kerio Exchange Migration Tool Kerio Exchange Migration Tool Versão: 7.3 2012 Kerio Technologies, Inc. Todos os direitos reservados. 1 Introdução Documento fornece orientações para a migração de contas de usuário e as pastas públicas

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10

Sumário. 1. Instalação GVcollege... 4. 1.1. GVsetup... 4. 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6. 1.2. Configurações... 10 Sumário 1. Instalação GVcollege... 4 1.1. GVsetup... 4 1.1.1. Instalação com Banco de dados... 6 1.2. Configurações... 10 1.2.1. APS Licence Service... 11 1.2.2. APS Licence File... 11 1.2.3. DBXconfig...

Leia mais

ATENÇÃO. Leitura Indispensável

ATENÇÃO. Leitura Indispensável ATENÇÃO Leitura Indispensável O Guia Rápido do Asure ID 2009 foi criado com base na versão Exchange, ou seja, a versão mais completa da linha Asure ID 2009, portanto, os usuários de outras versões ao utilizarem

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

http://www.activedelphi.com.br/print.php?sid=439

http://www.activedelphi.com.br/print.php?sid=439 Page 1 of 9 Criando Instaladores Com Inno Setup e ISTool Data: Monday, November 27 @ 17:30:54 Tópico Artigos A maioria dos programadores gosta de ter uma aplicação bonita e fácil de instalar, ao invés

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO

MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO MANUAL DO ADMINISTRADOR DO MÓDULO ÍNDICE Relatórios Dinâmicos... 3 Requisitos de Sistema... 4 Estrutura de Dados... 5 Operadores... 6 Tabelas... 7 Tabelas x Campos... 9 Temas... 13 Hierarquia Relacionamento...

Leia mais

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android

Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Cadastro de Orçamento Utilizando Tablet Android Instalação, configuração e manual 1 Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS

Leia mais

3.16 MANUAL DE INSTALAÇÃO E SUPORTE

3.16 MANUAL DE INSTALAÇÃO E SUPORTE 3.16 MANUAL DE INSTALAÇÃO E SUPORTE PASSWORD INTERATIVA SISTEMAS LTDA. - www.pwi.com.br - pwi@pwi.com.br R. Prof. Carlos Reis, 39 - São Paulo SP 05424-020 Tel: - 2127-7676 - Fax: 11-3097-0042 1 Índice

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS

INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS INSTALAÇÃO DO SISTEMA CONTROLGÁS 1) Clique duas vezes no arquivo ControlGasSetup.exe. Será exibida a tela de boas vindas do instalador: 2) Clique em avançar e aparecerá a tela a seguir: Manual de Instalação

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS)

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS) Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 Sumário... 2 Criando as Unidades Organizacionais... 16 Criando Grupos... 17 Criação de Usuários.... 20 Habilitando a Lixeira do AD DS.... 24

Leia mais

PostgreSQL 9.4 Primeiros Passos no Microsoft Windows

PostgreSQL 9.4 Primeiros Passos no Microsoft Windows www.masiena.com.br marcio@masiena.com.br masiena@hotmail.com PostgreSQL 9.4 Primeiros Passos no Microsoft Windows Uma das maiores dificuldades quando se começa a trabalhar com qualquer software é dar os

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

Instalando e Ativando o Smaart 7

Instalando e Ativando o Smaart 7 Instalando e Ativando o Smaart 7 A Instalação do Smaart 7 da Rational Acoustics consiste em instalar o software e depois registrar e ativar a sua instalação. Abaixo explicaremos estes passos. Instalação

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Instalação, configuração e manual

Instalação, configuração e manual Cardápio Moura Instalação, configuração e manual Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS no WINDOWS 8... 15 Windows 7...

Leia mais

Manual de Solicitação e Instalação de Certificado Digital A3 e-cpf/e-cnpj AC-Correios no dispositivo criptográfico e-token PRO USB Aladdin.

Manual de Solicitação e Instalação de Certificado Digital A3 e-cpf/e-cnpj AC-Correios no dispositivo criptográfico e-token PRO USB Aladdin. Manual de Solicitação e Instalação de Certificado Digital A3 e-cpf/e-cnpj AC-Correios no dispositivo criptográfico e-token PRO USB Aladdin. Download do Dispositivo Criptográfico e-token PRO USB Aladdin:

Leia mais

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário MANUAL DO USUÁRIO 2 ÍNDICE 1. PRÉ REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB 04 2. PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA 04 3. INSTALANDO O SIGEP WEB 07 4. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA 09 COMPARTILHANDO O BANCO

Leia mais

Usando o evento OnFilterRecord para filtrar ClientDataSets

Usando o evento OnFilterRecord para filtrar ClientDataSets Usando o evento OnFilterRecord para filtrar ClientDataSets O objetivo mais importante no desenvolvimento de um programa é fornecer ao cliente maior liberdade para usar as interfaces e ao mesmo tempo tornar

Leia mais

Manual do Software. HP SimpleSave. Software de Backup Manual do Usuário. SimpleSave

Manual do Software. HP SimpleSave. Software de Backup Manual do Usuário. SimpleSave HP SimpleSave Software de Backup Manual do Usuário Manual do Software SimpleSave Para obter Ajuda Para mais ajuda com o seu drive, sua instalação e o software, entre em contato com: Suporte Web de Atendimento

Leia mais

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha

Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Manual de instalação, configuração e utilização do Assinador Betha Versão 1.5 Histórico de revisões Revisão Data Descrição da alteração 1.0 18/09/2015 Criação deste manual 1.1 22/09/2015 Incluído novas

Leia mais

Projeto Supermercado - Manutenção

Projeto Supermercado - Manutenção OBJETIVO: Este projeto possibilitará fazer a manutenção dos dados das tabelas que compõem todo o Sistema. Didaticamente, ele permite ao programador iniciante ter os primeiros contatos com os objetos de

Leia mais

Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14

Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14 Manual de Instalação START PREMIUM V 3.2.14 1/48 Este documento possui 46 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2013. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS DIRETIVAS DE GRUPO (GPO) Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS DIRETIVAS DE GRUPO (GPO) Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS O que é GPO? Quando falamos sobre GPO (Group Policy Object) devemos pensar em diretiva de grupo. Diretiva de grupo é um conjunto de regras que podemos utilizar a

Leia mais

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais são programas que como o próprio nome diz tem a função de colocar o computador em operação. O sistema Operacional

Leia mais