LABORATÓRIO DE BANCO DE DADOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LABORATÓRIO DE BANCO DE DADOS"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - FATEC-Faculdade de Ciência e Tecnologia Banco de Dados II Sistema de Informação Analise de Sistemas Prof. Msc. Mauricio Prado Catharino. Aluno: LABORATÓRIO DE BANCO DE DADOS Nesta atividade iremos trabalhar com funções tais como funções de agregação, de data, matemática e de manipulação de strings FUNÇÕES Função é um recurso (ferramenta auxiliar) que facilitam muitas tarefas corriqueiras durante a utilização da linguagem SQL. A linguagem SQL disponibiliza diversas funções dividas em grupos de características operacionais, tais como funções para a manipulação de datas, funções para operações matemáticas, funções de agregação para operações estatísticas, dentre outras. Uma função simplifica e auxilia a elaboração de algumas consultas em uma determinada tabela de banco de dados. Vamos utilizar o bando de dados virtualdc; Para isso acesse o SQL Server Management Studio; Funções De Agregação As funcoes de agregações são destinadas a obter resultados estatísticos sobre os registros de um banco de dados em uso, tais como: Função AVG () COUNT() MAX() MIN() STDEV() SUM() Descrição Retorna a média aritmética Retorna a quantidade de registros Retorna o maior valor Retorna o menor valor Retorna o desvio padrão estatístico Retorna o somatório

2 A forma geral de definição e uso de funções de agregação segue o seguinte formato: NOME_FUNÇÃO ([ALL DISTINCT] expressão) Onde o nome da função é a definição do nome válido de uma função de agregação; o argumento ALL representa o valor padrão de ação quando omitido, sendo responsável por aplicar a função de agregação em todos os valores do argumento expressão. O valor distinct aplica a ação da função apenas uma vez em cada instância exclusiva de um valor, não importa a frequencia de vezes que esse valor ocorra no argumento expressão. O argumento expressão representa o tipo de valor obtido no campo de um registro, podendo ser um valor numérico inteiro real. Os argumentos ALL e DISTINCT não são utilizados com as funções MAX() e MIN(). FUNÇÃO: AVG A função AVG() retorna o valor médio de uma expressão que representa um grupo de valores inteiros ou reais. Na existência de valores do tipo NULL eles são ignorados pela função. Execute os scripts abaixo: select AVG(salário) from cadfun select AVG(salário)[Média Salarial] from cadfun select AVG(distinct salário) from cadfun select AVG(salário) from cadfun where depto ='3' FUNÇÃO: COUNT A função COUNT() retorna o valor numérico inteiro de itens de um campo específico de dados. O script abaixo irá retornar a quantidade de funcionários locados no departamento 3 select COUNT(*) from cadfun where depto = '3' o próximo script irá retornar a quantidade de funcionários que possuem filhos select count(filhos) from cadfun

3 agora iremos visualiza a quantidade de funcionários que recebem salários maiores que R$2.000,00 select count(*) from cadfun where salário > FUNÇÃO: MAX A função MAX() retorna o maior valor numérico de um lista de valores numéricos inteiros ou reais representados por campos numéricos. O script abaixo representa o maior salário existente dentre todos os funcionários da empresa. select max (salário) from cadfun FUNÇÃO: MIN A função MIN() retorna o menor valor numérico de um lista de valores numéricos inteiros ou reais representados por campos numéricos. O script abaixo representa o menor salário existente dentre todos os funcionários da empresa. select min (salário) from cadfun FUNÇÃO: STDEV(ALL DISTINCT expressão) A função STDEV() retorna o valor do desvio padrão estatístico dos valores de um campo numérico indicado como expressão e os valores do tipo NULL são ignorados. O desvio padrão é a medida de dispersão dos valores de uma variável em torno de sua média, dada pela raiz quadrada da variância. O script seguinte apresenta mostra o desvio padrão do número de filhos por funcionários da empresa. select stdev(filhos) from cadfun a próxima consulta apresenta o valor do desvio padrão do número de filhos por funcionários da empresa de forma exclusiva para cada valor de filhos. select stdev(distinct filhos) from cadfun

4 FUNÇÃO: SUM(ALL DISTINCT expressão) A função SUM() retorna o resultado da soma efetuada dos valores de um campo numérico da tabela. Essa função desconsidera na soma os valores do tipo NULL. O script a seguir apresenta a soma de salários a serem pagos mensalmente para os funcionários da empresa. select sum(salário) from cadfun O próximo script apresenta a quantidade de filhos de todos os funcionários. select sum(filhos) from cadfun No script abaixo será exibida a soma dos salários a serem pagos a todos os funcionários do departamento 2. select sum(filhos) from cadfun where depto ='2' Funções De Agregação As funções de data são usadas para obter acesso às caracteristicas de tempo disponibilizadas no SGBD. Função DATEADD() DATADIF() DATEPART() DAY() GETDATE() MONTH() YEAR() Descrição Adiciona um determinado número de dias a uma data específica. Apresenta a diferença de dias entre duas datas fornecidas. Retorna o valor de parte de uma data (ano, trimestre, hora, etc..) Retorna o dia de uma data fornecida. Retorna a data atual. Retorna o mês de uma data informada. Retorna o ano de uma data informada.

5 A forma geral de definição e funções de data do SQL Server é tratada no seguindo formato: Nome_Função (expressão) Onde Nome_Função é a definição do nome válido de uma função de data; o argumento expressão é a representação de argumentos para manipulação das entradas da função. FUNÇÃO: DATEADD (parte, valor, data) A função DATEADD() retorna uma determinada data com base em um valor inteiro de intervalo adicionado à parte especificada dessa parte da data. O script abaixo apresenta a adição de um mês na data apresentada select dateadd (month,1, ' ') no exemplo abaixo será acrecentado 5 dias na data apresentada. select dateadd (day,5, ' ') FUNÇÃO: DATEDIFF (parte, início, fim) A função DATEDIFF() retorna como contagem um valor inteiro relacionado aos limites definidos de uma parte em relação a um início e fim especificados. O script abaixo apresenta o nome do funcionário e o tempo em dias trabalho na empresa pelos funcionários. select nome, datediff(day, admissao, getdate()) from cadfun agora será apresentado a quantidade de anos trabalhados pelos funcionários. select nome, datediff(year, admissao, getdate()) from cadfun FUNÇÃO: DAY (data), MONTH(data) e YEAR(data) As funções Day(), month() e year() retornam como valor inteiro, respectivamente, os números do dia, mês e ano de uma determinada data fornecida como argumento. select nome, day(admissao)dia, month(admissao)mês, year(admissao)ano from cadfun

6 FUNÇÃO: DATENAME (parte, data) A função DATENAME() retorna uma cadeia de caracteres que representa a parte especificada da data informada. O exemplo abaixo retorna o mês de admissão de cada um dos funcionários: select nome, admissao, datename(month, admissao) from cadfun no script abaixo será apresentado o dia da semana da admissão. select nome, admissao, datename(weekday, admissao) from cadfun no script abaixo será apresentado qual a semana da admissão. select nome, admissao, datename(week, admissao) from cadfun FUNÇÃO: DATEPART (parte, data) A função DATENAME() retorna uma valor inteiro que representa a parte especificada da data informada. select nome, admissao, datepart(month, admissao) from cadfun no script abaixo será apresentado o dia da semana da admissão. select nome, admissao, datepart(weekday, admissao) from cadfun no script abaixo será apresentado qual a semana da admissão. select nome, admissao, datepart(weekday, admissao) from cadfun FUNÇÃO: GETDATE() A função GETDATE() retorna a data e hora atuais do sistema de banco de dados, esse valor e oriundo do sistema operacional do computador na qual o SGBD estiver rodando. O exemplo abaixo retorna a data e hora atual do seu banco de dados. select getdate()

7 Funções Matemáticas As funções matemáticas retornam respostas matemáticas para algumas situações, tais como: Função Descrição ABS() Retorna o valor absoluto de um número. ACOS() Retorna o arco cosseno de um número. ASIN() Retorna o arco seno de um número. ATAN() Retorna o arco tangente de um número. COS() Retorna o cosseno de um número. COT() Retorna o cotangente e um número. DEGREES() Retorna o valor em graus de um número informado em radianos EXP() Retorna o exponencial de um número. FLOOR() Retorna a parte inteira de um número. LOG() Retorna o logaritmo natural de um número. PI() Retorna o valor da constante PI POWER() Retorna o valor da potencia de dois valores fornecidos como base e expoente. RADIANS() Retorna o valor em radianos de um número informado em graus. RAND() Retorna um valor aleatório entre 0 e 1. ROUND() Retorna o arredondamento de um número informado. SIN() Retorna o seno de um número. SQRT() Retorna a raiz quadrada de um número. TAN() Retorna a tangente de um número.

8 Funções String As funções string manipulam a estrutura de caracteres alfanuméricos definidos em um banco de dados, sendo as funções: Função Descrição ASCII() Retorna o código ASCII do primeiro caracter de uma string informado. CHAR() Retorna o caracter padrão ASCII de um inteiro fornecido. LEFT() Retorna a parte esquerda de uma string. LEN() Retorna o tamanho de um string informado. LOWER() Retorna em caracteres minúsculos o string informado. LTRIM() Renove de uma string os espaços em branco à esquerda. REPLACE() Substitui todas as ocorrências de uma string por outra. RIGHT() Retorna a parte direita de uma string. SBSTRING() Retorna parte de uma string a partir da delimitação de um ponto inicial e de um ponto final. UPPER() Retorna caracteres maiúsculos os caracteres informados. Algumas das funções string operam seus resultados com base nas colunas de uma tabela em também em valores fornecidos isoladamente como argumentos. A forma geral de definição do uso de funções string é apresentada da seguinte forma: Nome_Função (expressão) Onde o Nome_Função é a definição do nome válido de uma função string. FUNÇÃO: ASCII (expressão) select ascii ('M') select ascii ('m')

9 FUNÇÃO: CHAR (expressão) select char (233) select char (167) FUNÇÃO: LEFT (caracter, posição) A função LEFT() retorna a parte esquerda de uma cadeia de caracteres com o número de caracteres especificado. Veja exemplo a seguir é apresentado: select left('wilson DE MACEDO', 9) select left(nome, 9) from cadfun where depto = '3' FUNÇÃO: LEN (expressão) A função LEN() retorna o número de caracteres da expressão alfanumérica, retornando o número da string excluindo destes os espaços em branco. select len('wilson DE MACEDO') select nome, len(nome) from cadfun where depto='2' FUNÇÃO: LOWER (expressão) A função LOWER() retorna em formato minúsculo a cadeia de caracteres. select lower('wilson DE MACEDO') select lower(nome) from cadfun where depto='2' FUNÇÃO: LTRIM (expressão) Removem de uma cadeia de caracteres os espaços em branco que porventura existam na parte esquerda da cadeia: select ltrim(' WILSON DE MACEDO')

10 FUNÇÃO: REPLACE (cadeia, outra, trecho) A função REPLACE() substitui todas as ocorrências de uma cadeia de caracteres por outra cadeia de caracteres a partir de um trecho dessa cadeia: select replace ('Maurilio', 'l', 'c') select replace ('Pindamonhangoiaba', 'goiaba', 'pera') FUNÇÃO: RIGHT (caractere, posição) A função RIGHT() retorna a parte direita de uma cadeia de caracteres com o número de caracteres especificado. select right('wilson DE MACEDO', 5) select right(nome, 9) from cadfun where depto ='2' FUNÇÃO: RTRIM (expressão) Removem de uma cadeia de caracteres os espaços em branco que porventura existam na parte direita da cadeia: select rtrim('wilson DE MACEDO ') FUNÇÃO: SUBSTRING (cadeia, inicio, tamanho) A função SBSTRING() retorna parte de uma cadeia de caracteres a partir de uma delimitação de um ponto inicial e de um tamanho como ponto final. select substring ('computador', 3, 7) FUNÇÃO: UPPER (expressão) A função UPPER() retorna em formato maiúsculo a cadeia de caracteres. select upper('mauricio prado') select nome, upper(nome) from cadfun where depto ='2'

11 Exercícios propostos fixação 1. Qual é o número médio de filhos da empresa. 2. Qual é o número médio de filhos da empresa que estão lotados no departamento Qual é o valor do salário pago aos funcionários do departamento Qual é a média do salário pago aos funcionários do departamento Quantos funcionários estão lotados no departamento Qual é o maior salário pago aos funcionários do departamento Quanto a empresa paga para todos os analistas? 8. Quais são os funcionários admitidos no dia 21 de qualquer mês? 9. Listar o nome e a data de admissão de todos os funcionários admitidos entre os dias 10 e 25 de qualquer mês? 10. Listar os nomes, data de admissão, e o nome do mês de admissão de todos os funcionários. 11. Apresente o nome de todos os funcionários em minúsculo. 12. Apresente o nome de todos os funcionários em maiúsculo. 13. Listar os nomes, departamentos, funções e as datas de admissão de todos os funcionários admitidos entre os meses de maio e agosto de qualquer ano que ocupem o cargo de analista. 14. Quantos funcionários foram admitidos no mês de julho?

Notas sobre o MySQL: Resumo dos comandos no MySQL linha de comandos:

Notas sobre o MySQL: Resumo dos comandos no MySQL linha de comandos: EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO DE ADULTOS Curso EFA SEC Turma C - 2012 / 2013 Notas sobre o MySQL: 1) A indicação mysql> é o prompt do sistema. 2) Uma instrução, no prompt do MySQL, deve terminar sempre com ponto

Leia mais

Introdução ao SQL Avançado

Introdução ao SQL Avançado Introdução ao SQL Avançado Introdução as consultas, manipulação e a filtragem de dados com a linguagem SQL Prof. MSc. Hugo Vieira L. Souza Este documento está sujeito a copyright. Todos os direitos estão

Leia mais

Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL. www.pedrofcarvalho.com.br contato@pedrofcarvalho.com.br São José do Rio Preto

Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL. www.pedrofcarvalho.com.br contato@pedrofcarvalho.com.br São José do Rio Preto Pedro F. Carvalho OCP Oracle 2008.2 10g LINGUAGEM SQL Objetivos Revisando a sintaxe SQL SELECT, UPDATE, INSERT, DELETE Manipulando expressões Funções matemáticas, etc Condições de Pesquisa Funções de Agregação

Leia mais

AULA 7 FUNÇÕES AGREGADAS. Funções Agregadas

AULA 7 FUNÇÕES AGREGADAS. Funções Agregadas BANCO DE DADOS GERENCIAL 1 AULA 7 FUNÇÕES AGREGADAS Funções Agregadas São funções aquelas que tomam uma coleção (um conjunto ou subconjunto) de valores como entrada, retornando um único valor. O número

Leia mais

Introdução ao SQL Professor Norton B. Glaser

Introdução ao SQL Professor Norton B. Glaser Introdução ao SQL Professor Norton B. Glaser 1- Engenharia da Informação 1.1- Dados de um contexto relacionando-se com as outras palavras a informação resultante e totalmente diferente. O armazenamento

Leia mais

Curso: SQL Básico. Padrão de linguagem de consulta relacional aceito pelos comitês ANSI e ISO.

Curso: SQL Básico. Padrão de linguagem de consulta relacional aceito pelos comitês ANSI e ISO. Curso: SQL Básico Glauco Luiz Rezende de Carvalho glauco.rezende@banese.com.br Este material foi baseado e adaptado pelo material do Prof. MSc. Fábio Soares Silva da Universidade Tiradentes - UNIT SQL

Leia mais

Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa 20º Curso Profissional de Assistente Dentário TIC Prof. Teresa Pereira

Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa 20º Curso Profissional de Assistente Dentário TIC Prof. Teresa Pereira Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa 20º Curso Profissional de Assistente Dentário TIC Prof. Teresa Pereira Ficha de revisão Fórmulas Excel ano lectivo 2006/2007 Introdução As Fórmulas

Leia mais

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Linguagem de Manipulação de Dados. Banco de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Linguagem de Manipulação de Dados Banco de Dados SQL DML SELECT... FROM... WHERE... lista atributos de uma ou mais tabelas de acordo com alguma condição INSERT INTO... insere dados em uma tabela DELETE

Leia mais

Programação de Computadores I

Programação de Computadores I Programação de Computadores I Biblioteca sqrt() / pow() / floor / ceil() Gil Eduardo de Andrade Introdução #include A biblioteca contém várias funções para efetuar cálculos matemáticos;

Leia mais

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML

Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML Linguagem de Consulta Estruturada SQL- DML INTRODUÇÃO A SQL - Structured Query Language, foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation

Leia mais

Introdução ao BrOffice.org Base

Introdução ao BrOffice.org Base Introdução ao BrOffice.org Base Noelson Alves Duarte 18 de março de 2006 Copyright 2006 por Noelson Alves Duarte Licença Este documento está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição- UsoNãoComercial-Compartilhamento

Leia mais

Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados

Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados Tarefa Orientada 13 Agrupamento e sumário de dados Objectivos: Funções de agregação Agrupamento e sumário de dados Funções de agregação Nesta tarefa orientada iremos formular consultas que sumariam os

Leia mais

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Agenda Estrutura Básica de consultas SQL: A cláusula SELECT; A cláusula FROM; A cláusula WHERE. Operação com cadeias

Leia mais

COMANDOS PARA CONSULTA SQL NO SQL

COMANDOS PARA CONSULTA SQL NO SQL COMANDOS PARA CONSULTA SQL NO SQL 1 Introdução ao SQL: SQL (Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada) é uma linguagem desenvolvida para permitir que qualquer pessoa, mesmo não sendo

Leia mais

DML. SQL (Select) Verificando estrutura da tabela

DML. SQL (Select) Verificando estrutura da tabela SISTEMAS DE INFORMAÇÃO BANCO DE DADOS 2 SQL (Select) PROF: EDSON THIZON DML É a parte mais ampla da SQL. Permite pesquisar, alterar, incluir e deletar dados da base de dados. São quatro as sentenças mais

Leia mais

Linguagem C. Programação Estruturada. Funções Matemáticas. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br

Linguagem C. Programação Estruturada. Funções Matemáticas. Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Programação Estruturada Linguagem C Funções Matemáticas Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br Sumário Introdução Funções de Potência Funções de Arredondamento Funções Trigonométricas

Leia mais

AULA 12 FUNÇÕES Disciplina: Algoritmos e POO Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/albalopes

AULA 12 FUNÇÕES Disciplina: Algoritmos e POO Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/albalopes AULA 12 FUNÇÕES Disciplina: Algoritmos e POO Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/albalopes FUNÇÕES E PROCEDIMENTOS Também chamados de subalgoritmos São trechos de algoritmos

Leia mais

Desenvolvido por: Juarez A. Muylaert Filho - jamf@estacio.br Andréa T. Medeiros - andrea@iprj.uerj.br Adriana S. Spallanzani - spallanzani@uol.com.

Desenvolvido por: Juarez A. Muylaert Filho - jamf@estacio.br Andréa T. Medeiros - andrea@iprj.uerj.br Adriana S. Spallanzani - spallanzani@uol.com. UAL é uma linguagem interpretada para descrição de algoritmos em Português. Tem por objetivo auxiliar o aprendizado do aluno iniciante em programação através da execução e visualização das etapas de um

Leia mais

AULA 12 CLASSES DA API JAVA. Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br

AULA 12 CLASSES DA API JAVA. Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br AULA 12 CLASSES DA API JAVA Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br CLASSES DA API JAVA A maioria dos programas de computador que resolvem problemas do

Leia mais

SQL Consultas Básicas

SQL Consultas Básicas SQL Consultas Básicas Consulta a dados de uma tabela select lista_atributos from tabela [where condição] Mapeamento para a álgebra relacional select a 1,..., a n from t where c π a1,..., an (σ c (t)) Exemplos

Leia mais

Structured Query Language (SQL)

Structured Query Language (SQL) SQL Histórico Structured Query Language (SQL) Foi desenvolvido pela IBM em meados dos anos 70 como uma linguagem de manipulação de dados (DML - Data Manipulation Language) para suas primeiras tentativas

Leia mais

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte

Programação SQL. INTRODUÇÃO II parte Programação SQL INTRODUÇÃO II parte Programação SQL SELECT; INSERT; UPDATE; DELETE. Este conjunto de comandos faz parte da sublinguagem denominada por DML Data Manipulation Language (Linguagem de manipulação

Leia mais

Comandos de Manipulação

Comandos de Manipulação SQL - Avançado Inserção de dados; Atualização de dados; Remoção de dados; Projeção; Seleção; Junções; Operadores: aritméticos, de comparação,de agregação e lógicos; Outros comandos relacionados. SQL SQL

Leia mais

Banco de Dados I Linguagem SQL Parte 2. Autor: Prof. Cláudio Baptista Adaptado por: Prof. Ricardo Antonello

Banco de Dados I Linguagem SQL Parte 2. Autor: Prof. Cláudio Baptista Adaptado por: Prof. Ricardo Antonello Banco de Dados I Linguagem SQL Parte 2 Autor: Prof. Cláudio Baptista Adaptado por: Prof. Ricardo Antonello Introdução Como vimos, um SGBD possui duas linguagens: DDL: Linguagem de Definição de Dados. Usada

Leia mais

Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R. Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89, SQL-92, SQL:1999, SQL:2003

Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R. Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89, SQL-92, SQL:1999, SQL:2003 Bases de Dados Introdução à linguagem SQL História Princípio dos anos 70 IBM desenvolve a linguagem Sequel para o System R Renomeada para SQL (Structured Query Language) Standards ISO e ANSI SQL-86, SQL-89,

Leia mais

SQL consulta com operadores

SQL consulta com operadores A empresa Virtual Data Comunication Ltda. Deseja fazer uma simulação de aumento de salário em R$ 100,00 sobre o salário de cada funcionário SELECT NOME, SALARIO + 100 FROM cadfun; Esta forma de apresentação

Leia mais

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] FROM [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda.

SQL comando SELECT. SELECT [DISTINCT] <campos> FROM <tabela> [condição] [ ; ] Paulo Damico - MDK Informática Ltda. SQL comando SELECT Uma das tarefas mais requisitadas em qualquer banco de dados é obter uma listagem de registros armazenados. Estas tarefas são executadas pelo comando SELECT Sintaxe: SELECT [DISTINCT]

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS

ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ADMINISTRAÇÃO DE BANCO DE DADOS ARTEFATO 02 AT02 Diversos I 1 Indice ESQUEMAS NO BANCO DE DADOS... 3 CRIANDO SCHEMA... 3 CRIANDO TABELA EM DETERMINADO ESQUEMA... 4 NOÇÕES BÁSICAS SOBRE CRIAÇÃO E MODIFICAÇÃO

Leia mais

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita:

SQL. SQL (Structured Query Language) Comando CREATE TABLE. SQL é uma linguagem de consulta que possibilita: SQL Tópicos Especiais Modelagem de Dados Prof. Guilherme Tavares de Assis Universidade Federal de Ouro Preto UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas ICEB Mestrado Profissional em Ensino de Ciências

Leia mais

CURSO TÉCNICO EM PROCESSAMENTO DE DADOS

CURSO TÉCNICO EM PROCESSAMENTO DE DADOS CURSO TÉCNICO EM PROCESSAMENTO DE DADOS APOSTILA DE LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO CAP Criação de Algoritmos e Programas PROFESSOR RENATO DA COSTA Não estamos aqui para sobreviver e sim para explorar a oportunidade

Leia mais

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável.

SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. SQL (Structured Query Language) SQL é uma linguagem de consulta que implementa as operações da álgebra relacional de forma bem amigável. Além de permitir a realização de consultas, SQL possibilita: definição

Leia mais

Álgebra Relacional. Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída. Operações básicas:

Álgebra Relacional. Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída. Operações básicas: Álgebra Relacional Conjunto de operações que usa uma ou duas relações como entrada e gera uma relação de saída operação (REL 1 ) REL 2 operação (REL 1,REL 2 ) REL 3 Operações básicas: seleção projeção

Leia mais

Funções. Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL Campus Sapucaia do Sul

Funções. Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL Campus Sapucaia do Sul Funções Professor: Ricardo Luis dos Santos IFSUL 2015 Clash of Students 3I Anular uma questão na prova Grupo Xerife Pontos Brogo Squad Hedo 1 First DBAs Bruno 1 300 FPS Gregory 4??? 2 Clash of Students

Leia mais

Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela

Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela Tarefa Orientada 10 Obter informação a partir de uma tabela Objectivos: Consultar dados de uma tabela Utilizar operadores aritméticos, relacionais, lógicos, de concatenação de cadeias de caracteres, LIKE

Leia mais

COMANDOS PARA CONSULTA VIA SQL NO ACCESS

COMANDOS PARA CONSULTA VIA SQL NO ACCESS COMANDOS PARA CONSULTA VIA SQL NO ACCESS 1 Introdução ao SQL: SQL (Structured Query Language Linguagem de Consulta Estruturada) é uma linguagem desenvolvida para permitir que qualquer pessoa, mesmo não

Leia mais

Programação em Banco de Dados. Dailton Trevisan prof@tontrevisan.com.br

Programação em Banco de Dados. Dailton Trevisan prof@tontrevisan.com.br Programação em Banco de Dados Dailton Trevisan prof@tontrevisan.com.br PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Plano de Ensino e Aprendizagem Objetivos Aplicação da linguagem SQL através de comandos de inserção,

Leia mais

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 1

Bases de Dados. DML Data Manipulation Language Parte 1 Bases de Dados DML Data Manipulation Language Parte 1 DML Data Manipulation Language Diz respeito à manipulação dos dados. É utilizada para: Inserir dados numa tabela(tuplos) Remover dados de uma tabela(tuplos)

Leia mais

CREATE TABLE AUTOR ( cod_autor int not null primary key, nome_autor varchar (60) )

CREATE TABLE AUTOR ( cod_autor int not null primary key, nome_autor varchar (60) ) TADS Exercício Laboratório I Analise o modelo de banco de dados abaixo: MUSICA FAIXA Codigo_Musica: INTEGER Nome_Musica: VARCHAR(60) Duracao: NUMERIC(6,2) Codigo_Musica: INTEGER (FK) Codigo_CD: INTEGER

Leia mais

Introdução aos cálculos de datas

Introdução aos cálculos de datas Page 1 of 7 Windows SharePoint Services Introdução aos cálculos de datas Aplica-se a: Microsoft Office SharePoint Server 2007 Ocultar tudo Você pode usar fórmulas e funções em listas ou bibliotecas para

Leia mais

Ensino Técnico FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec: ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: Habilitação

Leia mais

SQL Server 2008. Ferramenta de administração. SQL Server Management Studio. 1º passo conectar ao banco de dados 2ª Query (consulta) usando SQL

SQL Server 2008. Ferramenta de administração. SQL Server Management Studio. 1º passo conectar ao banco de dados 2ª Query (consulta) usando SQL SQL Server 2008 Ferramenta de administração SQL Server Management Studio Ferramenta de acesso e administração de dados em modo gráfico 1º passo conectar ao banco de dados 2ª Query (consulta) usando SQL

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. A Linguagem C

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. A Linguagem C Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação A Linguagem C Prof. Renato Pimentel 1 Programação Quando queremos criar ou desenvolver um software para realizar determinado tipo de processamento

Leia mais

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL

SQL TGD/JMB 1. Projecto de Bases de Dados. Linguagem SQL SQL TGD/JMB 1 Projecto de Bases de Dados Linguagem SQL SQL TGD/JMB 2 O que é o SQL? SQL ("ess-que-el") significa Structured Query Language. É uma linguagem standard (universal) para comunicação com sistemas

Leia mais

NOME SEXO CPF NASCIMENTO SALARIO

NOME SEXO CPF NASCIMENTO SALARIO Tutorial SQL Fonte: http://www.devmedia.com.br/articles/viewcomp.asp?comp=2973 Para começar Os Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados Relacionais (SGBDr) são o principal mecanismo de suporte ao armazenamento

Leia mais

Estrutura de um programa em linguagem C

Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Estrutura de um programa em linguagem C Exemplo de um programa em linguagem C Directivas de Pré-Processamento #include Declarações Globais Declarações

Leia mais

SQL (Structured Querie Language) Escola Secundária de Emídio Navarro 2001/2002 Estruturas, Tratamento e Organização de Dados

SQL (Structured Querie Language) Escola Secundária de Emídio Navarro 2001/2002 Estruturas, Tratamento e Organização de Dados SQL (Structured Querie Language) SQL é mais que uma linguagem de interrogação estruturada. Inclui características para a definição da estrutura de dados, para alterar os dados de uma base de dados, e para

Leia mais

public void setdata(data d) { data = d;

public void setdata(data d) { data = d; class Data... public class Compromisso private Data data; private int hora; private String descricao; /**java.lang.string*/ public Compromisso() public Compromisso(Data data, int hora, String descricao)

Leia mais

SIMULADOS & TUTORIAIS

SIMULADOS & TUTORIAIS SIMULADOS & TUTORIAIS TUTORIAIS JAVASCRIPT O Objeto Math Copyright 2013 Todos os Direitos Reservados Jorge Eider F. da Silva Proibida a reprodução deste documento no todo ou em parte por quaisquer meios,

Leia mais

1-03/11/03 INTRODUÇÃO

1-03/11/03 INTRODUÇÃO 1-03/11/03 INTRODUÇÃO JavaScript é uma linguagem que permite injetar lógica em páginas escritas em HTML (HiperText Mark-up Language). As páginas HTML podem ser escritas utilizando-se editores de texto,

Leia mais

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127

Descrição Tinyint[(M)] Inteiro pequeno. Varia de 128 até +127 Disciplina: Tópicos Especiais em TI PHP Este material foi produzido com base nos livros e documentos citados abaixo, que possuem direitos autorais sobre o conteúdo. Favor adquiri-los para dar continuidade

Leia mais

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL

SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL SQL - Structured Query Language, ou Linguagem de Consulta Estruturada ou SQL Criar uma base de dados (criar um banco de dados) No mysql: create database locadora; No postgresql: createdb locadora Criar

Leia mais

Escrito por Sex, 14 de Outubro de 2011 23:12 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:33

Escrito por Sex, 14 de Outubro de 2011 23:12 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:33 Preço R$ 129.00 Compre aqui SUPER PACOTÃO 3 EM 1: 186 Vídeoaulas - 3 dvd's - 10.5 Gybabyte. 1) SQL 2) Banco de Dados (Oracle 10g, SQL Server 2005, PostgreSQL 8.2, Firebird 2.0, MySQL5.0) 3) Análise e Modelagem

Leia mais

Linguagem de Banco de Dados DML Exercícios

Linguagem de Banco de Dados DML Exercícios Linguagem de Banco de Dados DML Exercícios 1. A partir do modelo conceitual abaixo e das descrições das tabelas, crie o modelo físico e implanteo no banco de dados. 2. Acrescente os dados, conforme descrito

Leia mais

Linguagem e Técnicas de Programação I Operadores, expressões e funções. Prof. MSc. Hugo Souza Material desenvolvido por: Profa.

Linguagem e Técnicas de Programação I Operadores, expressões e funções. Prof. MSc. Hugo Souza Material desenvolvido por: Profa. Linguagem e Técnicas de Programação I Operadores, expressões e funções Prof. MSc. Hugo Souza Material desenvolvido por: Profa. Ameliara Freire Operadores básicos Toda linguagem de programação, existem

Leia mais

SQL Comandos para Relatórios e Formulários. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri

SQL Comandos para Relatórios e Formulários. Laboratório de Bases de Dados Profa. Dra. Cristina Dutra de Aguiar Ciferri SQL Comandos para Relatórios e Formulários Laboratório de Bases de Dados SELECT SELECT FROM [ WHERE predicado ] [ GROUP BY ]

Leia mais

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada)

SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) SQL (Linguagem de Consulta Estruturada) M.Sc. Cristiano Mariotti mscmariotti@globo.com Introdução à SQL 1 Visão Geral Introdução Comandos de Definição de Dados Comandos de Manipulação de Dados Introdução

Leia mais

SQL DML. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br

SQL DML. Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br Banco de Dados I SQL DML Frederico D. Bortoloti freddb@ltc.ufes.br SQL - DML Os exemplos da aula serão elaborados para o esquema de dados a seguir: Empregado(matricula, nome, endereco, salario, supervisor,

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício

Introdução à Banco de Dados. Nathalia Sautchuk Patrício Introdução à Banco de Dados Nathalia Sautchuk Patrício Histórico Início da computação: dados guardados em arquivos de texto Problemas nesse modelo: redundância não-controlada de dados aplicações devem

Leia mais

LINGUAGEM SQL PARA CONSULTAS EM MICROSOFT ACCESS

LINGUAGEM SQL PARA CONSULTAS EM MICROSOFT ACCESS LINGUAGEM SQL PARA CSULTAS EM MICROSOFT ACCESS Objetivos: Neste tutorial serão apresentados os principais elementos da linguagem SQL (Structured Query Language). Serão apresentados diversos exemplos práticos

Leia mais

Linguagem de Consulta - SQL

Linguagem de Consulta - SQL Complementos da Linguagem SQL - Eliminando Tuplas Repetidas Exemplo: Obter o código das editoras que têm livros publicados CodEditora Titulo Publicacao... 04 Banco de Dados 1989 02 Análise 2000 01 XML

Leia mais

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados.

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Compreender e utilizar a linguagem SQL, na construção e manutenção de uma base de dados. PLANIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 12.ºH CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO MULTIMÉDIA ANO LECTIVO 2013/2014 6. LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO IV Pré-requisitos: - Planificar e estruturar bases

Leia mais

1998-2009 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2009 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas poderá ter

Leia mais

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL

FEAP - Faculdade de Estudos Avançados do Pará PROFª LENA VEIGA PROJETOS DE BANCO DE DADOS UNIDADE V- SQL Quando os Bancos de Dados Relacionais estavam sendo desenvolvidos, foram criadas linguagens destinadas à sua manipulação. O Departamento de Pesquisas da IBM desenvolveu a SQL como forma de interface para

Leia mais

Métodos de Programação I 2. 1 Ana Maria de Almeida CAPÍTULO 2 CONTEÚDO

Métodos de Programação I 2. 1 Ana Maria de Almeida CAPÍTULO 2 CONTEÚDO Métodos de Programação I 2. 1 CAPÍTULO 2 CONTEÚDO 2.1 Programação: Conceitos Fundamentais 2.1.1 Fases de construção de um programa executável 2.2.2 Metodologia da programação 2.2 A Linguagem Pascal 2.2.1

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO FUNDAÇÃO DE APOIO À ESCOLA TÉCNICA 1. COMPETÊNCIAS O aluno deverá ser capaz de analisar situações e realizar todo o projeto de banco de dados. 2. HABILIDADES Conhecer o ciclo de vida de um projeto de banco de dados; Conhecer os conceitos

Leia mais

Notas para um curso de Cálculo 1 Duilio T. da Conceição

Notas para um curso de Cálculo 1 Duilio T. da Conceição Notas para um curso de Cálculo 1 Duilio T. da Conceição 1 2 Sumário 1 WOLFRAM ALPHA 5 1.1 Digitando Fórmulas e Expressões Matemáticas......... 6 1.1.1 Expoentes......................... 6 1.1.2 Multiplicação.......................

Leia mais

Algoritmo e Programação

Algoritmo e Programação Algoritmo e Programação Professor: José Valentim dos Santos Filho Colegiado: Engenharia da Computação Prof.: José Valentim dos Santos Filho 1 Ementa Noções básicas de algoritmo; Construções básicas: operadores,

Leia mais

O Excel é um software de Planilha Eletrônica integrante dos produtos do Microsoft Office.

O Excel é um software de Planilha Eletrônica integrante dos produtos do Microsoft Office. EXCEL O Excel é um software de Planilha Eletrônica integrante dos produtos do Microsoft Office. É composto das seguintes partes: Pasta de Trabalho um arquivo que reúne várias planilhas, gráficos, tabelas,

Leia mais

Projeto de Banco de Dados

Projeto de Banco de Dados Projeto de Banco de Dados SQL-Consultas Comando SELECT Prof. Luiz Antônio Vivacqua C. Meyer (la.vivacqua@gmail.com) Sintaxe Geral SELECT [ALL/DISTINCT] coluna1, coluna2,..., colunan FROM nome_tabela1,

Leia mais

Introdução ao BrOffice.org Base

Introdução ao BrOffice.org Base Introdução ao BrOffice.org Base Noelson Alves Duarte 18 de março de 2006 Copyright 2006 por Noelson Alves Duarte Licença Este documento está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição- UsoNãoComercial-Compartilhamento

Leia mais

Principais Instruções em SQL. Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados.

Principais Instruções em SQL. Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados. Principais Instruções em SQL Contidas nesta apostila as principais instruções em SQL para a manutenção em Bancos de Dados. Atenção: Esta apostila foi desenvolvida com o auxílio on-line do banco MS-ACCESS,

Leia mais

VARIÁVEIS GLOBAIS VARIÁVEIS ESTÁTICAS

VARIÁVEIS GLOBAIS VARIÁVEIS ESTÁTICAS PHP Aula 3 Strings, Funções e Arrays FUNÇÕES Professor: Leonardo Pereira E-mail: leongamerti@gmail.com Facebook: leongamerti Material de Estudo: http://www.leonti.vv.si INTRODUÇÃO Uma função é um pedaço

Leia mais

Microsoft Excel 2003

Microsoft Excel 2003 Associação Educacional Dom Bosco Faculdades de Engenharia de Resende Microsoft Excel 2003 Professores: Eduardo Arbex Mônica Mara Tathiana da Silva Resende 2010 INICIANDO O EXCEL Para abrir o programa Excel,

Leia mais

Múltiplas Tabelas. Disciplina de Banco de Dados

Múltiplas Tabelas. Disciplina de Banco de Dados Múltiplas Tabelas Uma das grandes características de um sistema de banco de dados relacional é a capacidade de interagir com múltiplas tabelas, como se elas fossem apenas uma. Para exemplificar esse tipo

Leia mais

Treinamento em PHP. Aula 7. Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com

Treinamento em PHP. Aula 7. Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com Treinamento em PHP Aula 7 Ari Stopassola Junior stopassola@acimainteractive.com Banco de Dados Robustes no armazenamento Segurança, velocidade e facilidade na manipulação dos dados Controle e escalabilidade

Leia mais

Operação de União JOIN

Operação de União JOIN Operação de União JOIN Professor Victor Sotero SGD 1 JOIN O join é uma operação de multi-tabelas Select: o nome da coluna deve ser precedido pelo nome da tabela, se mais de uma coluna na tabela especificada

Leia mais

www.eversantoro.com.br RECUPERANDO DADOS eversantoro

www.eversantoro.com.br RECUPERANDO DADOS eversantoro www.eversantoro.com.br RECUPERANDO DADOS eversantoro Usando funções de uma única linha para personalizar a saída eversantoro Funções SQL Entrada Saída Função arg 1 arg 2 A função executa a ação Valor do

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Base

Treinamento em BrOffice.org Base Treinamento em BrOffice.org Base 1 Sumário Criando um documento do Base...3 O Ambiente do Base...5 Tabelas...6 Tipos de dados...7 Chaves...7 Chave primária...7 Chave secundária (Foreign keys)...8 Criando

Leia mais

Semana 1 Ambiente Microsoft Visual C# 2010 Express. Prof. Tiago Jesus de Souza

Semana 1 Ambiente Microsoft Visual C# 2010 Express. Prof. Tiago Jesus de Souza Atualização Técnica e Pedagógica de Professores no componente de Lógica de Programação com C# (console) Semana 1 Ambiente Microsoft Visual C# 2010 Express Prof. Tiago Jesus de Souza Linguagem de Programação

Leia mais

SQL UMA ABORDAGEM INTERESSANTE

SQL UMA ABORDAGEM INTERESSANTE SQL é uma linguagem de consulta estruturada, do inglês Structured Query Language. É uma linguagem de pesquisa declarativa para banco de dados relacional (base de dados relacional). Muitas das características

Leia mais

TUTORIAL MATLAB MATEMÁTICA COMPUTACIONAL Aula 20-Novembro-2013

TUTORIAL MATLAB MATEMÁTICA COMPUTACIONAL Aula 20-Novembro-2013 TUTORIAL MATLAB MATEMÁTICA COMPUTACIONAL Aula 20-Novembro-2013 MATLAB (MATrix LABoratory) é um software de alta performance direccionado para o cálculo numérico. O MATLAB integra áreas como análise numérica,

Leia mais

1. Sua primeira tarefa é determinar a estrutura da tabela DEPARTMENTS e seu conteúdo.

1. Sua primeira tarefa é determinar a estrutura da tabela DEPARTMENTS e seu conteúdo. Exercícios (LAB SQL) AULA 01 (INTRODUÇÃO SELECT) Você foi admitido como programador SQL da XYZW Corporation. Sua primeira tarefa é criar alguns relatórios com base nos dados das tabelas de recursos humanos.

Leia mais

António Rocha Nuno Melo e Castro

António Rocha Nuno Melo e Castro António Rocha Nuno Melo e Castro SQL- Strutured Query Language é a linguagem mais usada nas bases dados relacionais. Originalmente desenvolvida pela IBM Actualmente é um standard, o mais recente é o SQL:2003

Leia mais

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS

UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS BANCO DE DADOS CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSAMENTO DE DADOS CLAUDIO RIBEIRO DA SILVA MARÇO 1997 2 1 - CONCEITOS GERAIS DE 1.1 - Conceitos Banco de Dados - Representa

Leia mais

3) Palavra-chave distinct (select-from). Obter apenas os pibs distintos entre si.

3) Palavra-chave distinct (select-from). Obter apenas os pibs distintos entre si. NOME: BRUNO BRUNELI BANCO DE DADOS - ADS create database ProducaoMinerais use ProducaoMinerais create table Mineral( nome varchar(15) primary key, preco real) create table Pais( nome varchar(30) primary

Leia mais

18/08/2008. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan

18/08/2008. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Unidade 2 Introdução a SQL 2 2 Introdução à SQL 2.1 Conceitos

Leia mais

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico

Banco de Dados II. Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Banco de Dados II Introdução Revisão - normalização -modelagem - sql básico Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de

Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de BD Esta aula tem o objetivo de nos orientar durante este período em nossas aulas de Banco de Dados, não tem a pretensão de ser a única fonte de informação para nosso êxito no curso. A intenção de elaborar

Leia mais

Tutorial do Interpretador de Linguagem Algorítmica (ILA)

Tutorial do Interpretador de Linguagem Algorítmica (ILA) 1 Tutorial do Interpretador de Linguagem Algorítmica (ILA) Preparado por Elvio Leonardo, a partir do tutorial fornecido com o software ILA e do material produzido pelo Prof Marcelo Azambuja I INTRODUÇÃO

Leia mais

1. FUNÇÕES NO EXCEL 2007

1. FUNÇÕES NO EXCEL 2007 1. FUNÇÕES NO EXCEL 2007 Funções são fórmulas predefinidas que efetuam cálculos usando valores específicos, denominados argumentos, em uma determinada ordem ou estrutura. As funções podem ser usadas para

Leia mais

DML - SELECT Agrupando Dados

DML - SELECT Agrupando Dados DML - SELECT Agrupando Dados 1. Apresentação Já conhecemos os comandos básicos de manipulação de dados: insert; delete; update e select. O comando de consulta select utilizado até aqui era aplicado sobre

Leia mais

Tutorial MATLAB 6.5. Thaís Rodrigues Tonon RA: 046655 Turma B

Tutorial MATLAB 6.5. Thaís Rodrigues Tonon RA: 046655 Turma B Tutorial MATLAB 6.5 Thaís Rodrigues Tonon RA: 046655 Turma B 1 Índice 1. Introdução...2 2. O MATLAB...3 3. O Uso do MATLAB...4 3.1 Limites...6 3.1.1 Limites à esquerda e à direita...6 3.2 Derivadas...8

Leia mais

Laboratório de Banco de Dados II

Laboratório de Banco de Dados II Laboratório de Banco de Dados II Esquema de um banco de dados relacional Em aulas anteriores, vocês implantaram um projeto físico de banco de dados com todos os seus elementos, inclusive tratando do projeto

Leia mais

Manipulação de Dados em PHP (Visualizar, Inserir, Atualizar e Excluir) Parte 2

Manipulação de Dados em PHP (Visualizar, Inserir, Atualizar e Excluir) Parte 2 Desenvolvimento Web III Manipulação de Dados em PHP (Visualizar, Inserir, Atualizar e Excluir) Parte 2 Prof. Mauro Lopes 1-31 21 Objetivos Nesta aula iremos trabalhar a manipulação de banco de dados através

Leia mais

1) - Contém protótipos de funções da biblioteca padrão de entrada/saída e as informações utilizadas por elas.

1) <stdio.h> - Contém protótipos de funções da biblioteca padrão de entrada/saída e as informações utilizadas por elas. 1 Principais funções da linguagem C Utilizando funções Em C todas as ações ocorrem dentro de funções. A função main é sempre a primeira a ser executada. Com exceção da função principal main, uma função

Leia mais

Laboratório de Programação 02

Laboratório de Programação 02 Laboratório de Programação 02 Ambiente de Desenvolvimento e Revisão da Linguagem C Prof. Carlos Eduardo de Barros Paes Prof. Julio Arakaki Departamento de Computação PUC-SP Code::Blocks Ambiente integrado

Leia mais

Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico

Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico Editora Carlos A. J. Oliviero Faça um Site PHP 5.2 com MySQL 5.0 Comércio Eletrônico Orientado por Projeto 1a Edição 2 Reimpressão São Paulo 2011 Érica Ltda. Noções Livrarse Preparação muitas muita Sumário

Leia mais

Exemplo Clínica. Exemplo Clínica. Exemplo Clínica. Exemplo Clínica. (http://bidu.lab.ic.unicamp.br/~celio/metasql.php)

Exemplo Clínica. Exemplo Clínica. Exemplo Clínica. Exemplo Clínica. (http://bidu.lab.ic.unicamp.br/~celio/metasql.php) Clínica Todos os exemplos apresentados utilizam o SGBD Postgre - open source Documentação: http://www.postgresql.org/docs (http://bidu.lab.ic.unicamp.br/~celio/metasql.php) Ambulatorios(numero, andar,

Leia mais

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados

EXERCÍCIOS PRÁTICOS. Banco de Dados EXERCÍCIOS PRÁTICOS Banco de Dados Introdução ao uso do SQL Structured Query Language, considerando tanto DDL Data Definition Language quanto DML Data Manipulation Language. Banco de Dados selecionado:

Leia mais