fundamental na segurança, bem-estar e criação de ambiances que convidam a população e os SCHRÉDER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "fundamental na segurança, bem-estar e criação de ambiances que convidam a população e os SCHRÉDER"

Transcrição

1 guimarães

2

3 NO ANO EM QUE FOI DESIGNADA CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA 2012,, A CIDADE DE GUIMARÃES DECIDIU INTERVIR NOS LOCAIS MAIS EMBLEMÁTICOS E CRIAR NOVOS PÓLOS CULTURAIS GUIMARÃES, CIDADE RICA EM HISTÓRIA E CULTURA ILUMINADA POR SISTEMAS EFICIENTES E INTELIGENTES A cidade de Guimarães dominada por um castelo com mais de anos de história, conhecido por ser o local de nascimento de D. Afonso Henriques, o primeiro Rei de Portugal, já tinha visto a sua importância histórica ser reconhecida ao ser declarada Património da Humanidade pela UNESCO em Em 2012 também a vertente cultural da cidade foi destacada ao ser designada Capital Europeia da Cultura Neste âmbito a Câmara Municipal patrocinou várias intervenções urbanisticas na cidade priveligiando os seus locais mais emblemáticos e novos pólos culturais. Alguns desses locais têm um impacto significativo na vida da cidade e a iluminação tem um papel fundamental na segurança, bem-estar e criação de ambiances que convidam a população e os visitantes a desfrutarem da história e da cultura de Guimarães. Balizados por rigorosos critérios de eficiência energética e sustentabilidade os novos sistemas de iluminação fornecidos pela Schréder caraterizam-se pela utilização de tecnologia de ponta, como é o caso dos LED, da telegestão e da iluminação dinâmica. Desta forma a Schréder orgulha-se de, através da qualidade dos seus equipamentos e serviços poder contribuir para a imagem de uma cidade histórica indo de encontro às expetativas económicas, ambientais e sociais dos responsáveis locais. SCHRÉDER a luz sustentável

4 quais são as principais vantagens para a cidade das novas instalações de iluminação levadas a cabo no âmbito de guimarães capital europeia da cultura 2012? Em primeiro lugar os novos sistemas de iluminação têm um conceito de poupança energética e de menor custo ambiental e isso é muito bem visto pelas populações e vantajoso para a cidade. Depois outras vantagens são a beleza, a estética, a cor que dinamizam e valorizam a cidade. O DR. DOMINGOS BRAGANÇA É VICE -PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE GUIMARÃES E VEREADOR COM PODERES DELEGADOS NAS ÁREAS DAS OBRAS PÚBLICAS E FINANÇAS MUNICIPAIS, É UM DOS RESPONSÁVEIS PELAS NOVAS INSTALAÇÕES DE ILUMINAÇÃO DA CIDADE. em grande parte destas novas instalações nota-se uma aposta em tecnologias de ponta como os led e sistemas de telegestão, porquê esta opção? Hoje em dia há uma questão premente na agenda política e nas preocupações dos cidadãos que é a redução da fatura energética, por um lado queremos reduzir o impacto da iluminação pública nessa fatura, por outro lado temos a obrigação de assegurar a segurança das populações. Esta equação é muito importante, claramente temos de reduzir a fatura energética sem apagar as luzes porque as pessoas queixam-se muito da insegurança que isso provoca. Temos é que arranjar formas de com as luzes acesas gastarmos muito menos, é o que fizemos em Guimarães recorrendo a essas tecnologias mais eficientes e mais amigas do ambiente. Guimarães é uma cidade histórica mas dinâmica e moderna na introdução de novas tecnologias ao serviço das populações, a telegestão no Toural e a utilização de LEDs é o exemplo do que queremos para todo o município. das várias instalações de iluminação entretanto concretizadas quais são no seu entender as mais importantes e porquê? Do ponto de vista estético e social a mais importante é a Plataforma das Artes, porque é um edifício novo com grande relevância para a cidade, porque combina a cor com a geometria e os efeitos dos materiais e é um exemplo do efeito da luz sobre a fachada de um edifício. Em termos de gestão da iluminação de um espaço público é o Largo do Toural porque concilia uma iluminação eficaz com um sistema eficiente de telegestão. Do ponto de vista da adequação da iluminação a um espaço histórico e à sua valorização a intervenção no Monte Latito também foi muito importante para a cidade. os vimaranenses por razões históricas são orgulhosos e conhecedores das suas origens e da sua cidade, pensa que a iluminação pode ajudar a cimentar esses sentimentos? Pode, por vezes a iluminação dá-nos a conhecer novos ângulos e detalhes da nossa cidade e do nosso património prolongando a visão que temos dela para além do período diurno. Por exemplo a Plataforma das Artes é um edifício muito bonito já premiado internacionalmente pela sua arquitetura mas há muita gente a dizer que ainda é mais bonito à noite. Eu atribuo esse fato à iluminação e ao efeito da luz sobre o edifício.

5

6 LARGO DO TOURAL LUMINÁRIAS ASSINADAS POR ÁLVARO SIZA VIEIRA PARA UMA ILUMINAÇÃO HOMOGÉNEA DE ELEVADA EFICIÊNCIA A transparência e versatilidade das luminárias Prado, desenhadas pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira, permite, com o mesmo conceito, iluminar tanto uma grande praça (Prado) como uma rua tradicional (Prado Mini), como é o caso, respetivamente, do Largo do Toural e das vias que fazem parte da Alameda de São Dâmaso. As luminárias Prado, equipadas com lâmpadas CDO-TT permitiram, comparativamente à instalação anterior, reduzir a potência total instalada de W para W e aumentar o conforto e segurança dos inúmeros utilizadores tanto do Largo do Toural, uma das salas de visita da cidade de Guimarães, como da movimentada Alameda de São Dâmaso. Com uma distribuição fotométrica assimétrica extensiva de grande eficácia as Prado permitiram uma montagem a grande altura assegurando, com uma quantidade reduzida de luminárias, uma iluminação homogénea, confortável e segura, que cumpre o seu papel sem destruir o encanto do ambiente noturno do Largo do Toural. Para iluminar zonas especificas do Toural foram utilizados pontos de luz Focus com projetores Focal equipados com vários tipos de acessórios fotoméricos de acordo com a sua funcionalidade. Os projetores foram direcionados precisamente para às áreas a iluminar, sejam as passadeiras ou elementos arquitetónicos, proporcionando uma iluminação de relevo, aumentando a iluminância e melhorando a restituição cromática.

7 Controlador de Segmento Internet TELEGESTÃO TELEMANAGEMENT by owlet OWLET ALAMEDA DE SÃO DÂMASO As luminárias Prado Mini, com distribuição fotométrica adaptada a iluminação pública viária, asseguram a iluminação das diversas artérias que fazem parte da Alameda de São Dâmaso. TELEGESTÃO OWLET PARA UMA ECONOMIA SUPERIOR TELEGESTÃO OWLET PARA UMA ECONOMIA SUPERIOR A iluminação pública do largo do Toural e da Alameda de São Dâmaso está equipada com o sitema de telegestão Owlet, da Schréder, que controla e monitoriza toda a instalação assegurando uma economia suplementar de 30%.

8 O LARGO DO TOURAL É UMA DAS PRINCIPAIS SALAS DE VISITA DE GUIMARÃES. A ARQUITETA MARIA MANUEL OLIVEIRA, RESPONSÁVEL PELO PROJETO DE REQUALIFICAÇÃO DESTE ESPAÇO FALA-NOS DESTA IMPORTANTE INTERVENÇÃO. no aspeto urbanístico e social quais foram os principais objetivos da intervenção no toural e qual o papel da iluminação na sua concretização? O Toural é uma praça muito central e de intensa sociabilidade, em Guimarães. Pretendeu-se, com o projecto, restituir-lhe uma espacialidade (desaparecida a partir o início do século passado) que proporcionava uma área aberta e desimpedido, nobilitada por um belíssimo chafariz quinhentista que foi retirado em finais do séc. XIX. Evocando a longa memória do sítio, propôs-se o retorno deste chafariz ao lugar de origem e, simultaneamente, a inclusão de uma peça artística um varandim em ferro fundido, da autoria de Ana Jotta -, que corroborasse a expressão contemporânea da intervenção. A iluminação artificial do espaço público e em especial quando concebida para áreas de permanência não deve, em meu entender, pretender eliminar a percepção da noite; ou seja, ela é tanto mais interessante quanto melhor consegue cumprir o seu papel sem destruir o encanto do ambiente nocturno. Nesse sentido e considerando o forte pendor urbano do Toural, pensou-se a sua iluminação como se de uma grande sala de estar se tratasse; assim, a luz é difundida de forma o mais homogénea possível (e não pontualmente através de luminárias isoladas, como antes acontecia). Dentro desta uniformidade, somente algumas situações e por motivos diversos (como o chafariz e as passadeiras) são iluminados de forma particular, mesmo essa discreta e apenas com a intensidade necessária, não criando manchas de luz que marquem exageradamente aqueles locais. nesta intervenção é clara a opção pela luz branca, porquê? O projecto de luminotecnia foi realizado pelo engenheiro Raúl Serafim, que também decidiu, naturalmente, qual o tipo de luz mais adequado. Na verdade, tudo quanto eu sabia dizer sobre o assunto é que a iluminação deveria conseguir uma restituição de cor o mais fiel possível e oferecer um ambiente de estar suave - o que não é de todo evidente conseguir num espaço daquela natureza, tão extenso, de forma trapezoidal e com um pavimento com um empeno de cerca de quatro metros. sente que os vimaranenses estão satisfeitos com esta nova iluminação? Suponho que sim, não nos chegou qualquer comentário em sentido contrário (o que teria, com certeza, acontecido, no caso de existir descontentamento). Aliás, foi fácil de verificar o aumento de qualidade do ambiente nocturno porque em determinado momento coexistiram luminárias antigas e actuais a outra luz era amarela, distorcia absolutamente as cores e não competia, sequer, com a nitidez e recorte que a luz actual confere quer aos edifícios quer às pessoas. de uma forma geral como vê o papel da iluminação nos espaços urbanos? de uma forma geral como vê o papel da iluminação nos espaços urbanos? A forma como o espaço público é iluminado é central, sem dúvida, na definição do seu carácter. Da qualidade e adequação da iluminação muito depende a amabilidade dos espaços à noite e, consequentemente, o nível de bem-estar que oferecem.

9 como carateriza o projeto de iluminação do largo do toural? Foi um projecto bastante exigente, desde o primeiro momento e que obrigou a realização de vários estudos luminotécnicos de forma a, em conjunto com a Arqª Maria Manuel Oliveira, dotar o Largo do Toural de uma iluminação homogenia, com elevada restituição cromática e que a mesma não se tornasse um obstáculo às várias iniciativas que ali decorrem ao longo do ano. Era preciso ter, igualmente, em atenção que num dos vértices do Largo iriam ser plantadas umas árvores, que iria ter um Ponto de Táxis num dos lados da Praça e era necessário assegurar um nível de iluminância superior, bem como a necessidade de iluminar um chafariz e aumentar a iluminância e a restituição cromática junto a algumas passadeiras existentes no principal cruzamento, localizado num dos vértices do Largo. RAUL SERAFIM, DO GABINETE AFACONSULT, É ENGENHEIRO ELETROTÉCNICO E LIGHTING DESIGNER. FOI RESPONSávEL PELO PROJETO DE ILUMINAÇÃO DO LARGO DO TOURAL E DA ALAMEDA DE SÃO DÂMASO. quais os principais critérios que conduziram à escolha dos equipamentos utilizados nesta intervenção? Uma vez que a instalação de postes no interior do Largo iria limitar futuras intervenções que ali decorrem, que, atendendo à dimensão do Largo, a instalação de postes na sua periferia de forma a criar uma iluminação adequada e com um mínimo de uniformidade obrigava a utilizar postes de grande altura e que a colocação de luminárias na fachada do lado da Igreja não seria autorizada, sobrava a fachada oposta à da Igreja. Os edifícios que compõem a fachada desse lado são, igualmente, uma referência da Praça, pelo que era necessário escolher uma luminária com uma fotometria adequada, cujo fluxo fosse direccionado mais para frente do que para os lados e que fosse, quando desligada, praticamente invisível aos olhos de quem visita o Largo. Para a iluminação do Chafariz e das passadeiras, optamos pela instalação de um poste, cuja localização foi cuidadosamente escolhida, equipado com vários projectores de pequena potência, direccionados precisamente aos locais descritos e desta forma criando uma iluminação de relevo, aumentando a iluminância através da utilização de uma lâmpada que proporciona uma elevada restituição cromática. a iluminação viária está associada a um sistema de telegestão. porquê esta opção e quais os benefícios que oferece? Cada vez mais não basta fazermos um projecto bonito, preocuparmo-nos com o Património e com a estética, proporcionarmos uma boa iluminação, com elevada uniformidade, níveis adequados de iluminância e elevada restituição cromática, se ao fim de algum tempo de utilização o Dono de Obra, que neste caso é a Câmara de Guimarães, recebe contas elevadas devido aos custos de exploração, nomeadamente ao consumo de energia e aos custos de manutenção. Por estes factores optei pelo emprego de um sistema de gestão que permite ao Dono de Obra, tanto gerir os consumos com a implementação de regras de gestão de iluminâncias como de horas de funcionamento, bem como, em caso de avaria de algum elemento, receber informação precisa de onde está a avaria e de que se trata, tornando desta forma, cirúrgica, a intervenção da manutenção com custos associados bastante inferiores e com uma máxima qualidade de serviço.

10 PLATAFORMA DAS ARTES E DA CRIATIVIDADE Localizado no local onde anteriormente estavam o mercado da cidade e uma fábrica de transformação de mármore, este excecional edifício tornou-se rapidamente num dos lugares mais visitados da cidade. Com um design de arquitetura marcante, foi pensado para ser um centro cultural, com um centro de arte contemporânea e ateliers para artistas jovens e emergentes. Desenhado pelo gabinete Pitágoras, a qualidade da arquitetura deste edifício já foi reconhecida internacionalmente quando entre 598 projectos apresentados ganhou o Detail Prize Para iluminar a fachada do edifício, foi escolhida uma linha contínua de LED fornecida pelas luminárias Zea. No total 174 luminárias Zea de 1,2m, instaladas na parte superior e parte inferior do revestimento das paredes, fornecem a iluminação adequada dos planos verticais. Tal como de dia, devido aos revestimentos utilizados, também de noite as fachadas do edifício mudam de tom, aqui de uma forma mais acentuada graças à tecnologia LED RGB com controlo centralizado baseado no sistema DMX que equipa as luminárias Zea. Nas zonas de circulação e áreas funcionais, foram usadas luminárias Piano com tecnologia LED. Na grande praça em frente ao edifício foram utilizados pontos de luz Focus com projetores Focal que permitem concentrar a luz onde necessário, minimizando a poluição luminosa na fachada. A iluminação cénica e de acentuação dos vários elementos (bancos, floreiras, árvores,...) existentes no largo frontal ao edifício da Plataforma das Artes e da Criatividade é obtida com projetores encastrados Terra Midi.

11 quais são as principais caraterísticas do projeto de iluminação da plataforma das artes e do espaço circundante? A iluminação da Plataforma das Artes é uma solução sustentável, que se carateriza pela procura da maior eficiência energética, por um lado, e a criação de uma ambiência agradável, nomeadamente na praça que envolve o edifício. Em todos os espaços que constituem a Plataforma das Artes, foram instaladas luminárias de alto rendimento, equipadas com lâmpadas de baixo consumo, associadas a sistemas de comando apropriados a cada local, nomeadamente, sensores de presença, reguladores de fluxo e gestão dos circuitos de iluminação através do sistema KNX. NA QUALIDADE DE RESPONSÁVEL PELO PROJETO DE ILUMINAÇÃO DA PLATAFORMA DAS ARTES E DA CRIATIVIDADE O ENGENHEIRO ELETROTÉCNICO CRUZ FERNANDES FALA-NOS DAS ESPECIFICIDADES DESTE PROJETO. porquê a opção por uma solução LED para a iluminação cénica da plataforma das artes? os led foram a 1ª opção ou chegaram a ser equacionadas outras soluções? Na procura da melhor opção, foram analisadas várias soluções possíveis. Entretanto a solução LED sistema RGB, foi a que melhor respondeu aos objetivos pretendidos, que consistem na valorização das fachadas do edifício, durante o período noturno. A solução implementada possibilita obter uma iluminação dinâmica, permitindo a variação de cor e a criação de diferentes cenários de iluminação. O sistema permite, a quem o utiliza, liberdade total para criar a animação luminosa que deseje, valorizando pormenores arquitetónicos do edifício, que de outra forma passariam despercebidos. Para além do efeito estético, que neste projeto é muito importante, foi possível, com a solução LED, obter o efeito desejado, utilizando uma potência elétrica instalada de 12KW, para cerca de 1000m2, o que resultou numa ótima eficiência energética. em termos ambientais quais as vantagens desta solução? A utilização de LED na iluminação é sem dúvida, uma opção ecológica, amiga do ambiente. Os LED comparados com qualquer tipo de lâmpadas apresentam vantagens, ao nível ambiental, significativas. São mais eficientes, têm vida longa, não incorporam mercúrio, (metal pesado, perigoso) por isso contaminam menos, para além de que, o processo de reciclagem é mais fácil e mais completo, e vários elementos que os constituem são reaproveitáveis.

12 em poucas palavras é possível explicar o conceito que presidiu ao projeto da plataforma das artes? O projecto da Plataforma das Artes e Criatividade assenta na recuperação do antigo Mercado Municipal e na construção de um novo edifício, Centro de Artes, para albergar a colecção José Guimarães. Com este projecto, de transformação da praça do antigo mercado num espaço multifuncional, dedicado à actividade artística, cultural e económico social, no âmbito da Capital Europeia da Cultura de 2012, concretiza-se a recuperação de uma área fundamental do espaço da cidade, integrando-a física e funcionalmente na malha urbana. Optou-se por uma metodologia de intervenção que passa pela recuperação do edifício existente a nascente, com manutenção de materiais e texturas, mas procedendo a uma reformulação interior, ao nível do piso 0, com ampliação no extremo sul. Para a ala norte, recupera-se o alçado voltado para a Avenida que caracteriza o edifício, tendo-se optado, no que respeita ao seu interior e alçado da praça, pela sua quase integral substituição. O novo edifício assume uma linguagem radicalmente diferente, por contraste com a envolvente, quer do ponto de vista da sua expressão e imagem, descontínua e repetitiva, quer pela sucessão de volumes, com cheios e vazios e pela justaposição de superfícies contrastantes. Os revestimentos utilizados, uma grelha de perfis de latão e superfícies de vidro cromatizado, acentuam uma variação de texturas que se pretende evidenciar. OS QUATRO SÓCIOS DO GABINETE PITÁGORAS, OS ARQUITETOS RAUL ROQUE FIGUEREDO, MANUEL VILHENA ROQUE, FERNANDO SEARA DE SÁ E ALEXANDRE COELHO LIMA, ASSINARAM E FALAM-NOS DO PROJETO DE ARQUITETURA DA PLATAFORMA DAS ARTES E DA CRIATIVIDADE porquê a escolha de uma solução dinâmica e colorida para a iluminação cénica das fachadas da plataforma das artes? Importante é a forma final e a expressão arquitectónica do edifício, e em última análise o seu aspecto, isto é, a forma como será perceptível pelos utentes, e portanto como estes avaliarão a sua imagem. Assim, pensamos que o edifício deveria assumir uma linguagem, escala e carácter eminentemente público, e portanto, único e claramente identificável. A iluminação da fachada contribui para produzir essa imagem marcante e contemporânea. De dia, conforme a incidência solar, o edifício apresenta tons diferentes. De noite, através da iluminação da fachada consegue-se igualmente esse efeito. apesar do seu muito pouco tempo de vida a plataforma das artes é já um dos ex libris da cidade reconhecido por todos os vimaranenses, qual a importância que atribuem à iluminação nesse reconhecimento? A luz é sempre um elemento muito valorizado nos nossos projectos. Neste caso específico, a iluminação interior teve que ser muito cuidada e apropriada aos espaços de exposição. Com a iluminação exterior da fachada pretendeu-se reforçar a imagem singular que se pretendia para o edifício e essa qualidade de novo cenário urbano que facilitou o reconhecimento e apropriação do edifício por parte dos habitantes da Cidade.

13 MONTE LATITO Provavelmente esta é a zona mais visitada de Guimarães. Inclui o Castelo e o Palácio Paço Dos Duques, dois dos principais marcos da História de Portugal. Inclui ainda a Capela de S. Miguel e a norte do castelo o Campo a Igreja de S. Mamede. Na iluminação dos monumentos foram utilizados projetores Focal com lâmpadas CDM-T e acessórios fotométricos adequados ao efeito pretendido. No Campo de S. Mamede e nos caminhos circundantes ao palácio e ao castelo foram utilizados projetores Neos LED com 16 LED de alta potência. Campo de S. Mamede: Neos LED ; Igreja S.Mamede: Focal Capela de S. Miguel: Focal Caminhos pedonais: Neos LED

14 Castelo de Guimarães: Focal Palácio Paço dos Duques: Focal Os projetores Focal, montados em pontos de luz Focus, são equipados com vários e diferentes acessórios fotométricos de acordo com a área ou pontos singulares a iluminar.

15 travessa da casa da memória Também intervencionada no âmbito das comemorações de Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012 esta pequena travessa para além de ligar 2 das principais artérias da cidade servia também os trabalhadores das antigas fábricas aí instaladas. Na reconversão dessas fábricas em espaço cultural dedicado a exposições e outras atividades o município optou por uma solução de design moderno que se mistura com as paredes e o pavimento tradicional do local. A luminária Coroada desenhada pelo arquiteto Souto Moura, igualmente uma mistura entre o tradicional (design) e o moderno (tecnologia LED) revelou-se perfeita para o enquadramento. Com apenas 16 LED a Coroada comparativamente com a solução anterior (sódio de 70W), permite uma economia no consumo anual de energia de 85,4% com uma qualidade de luz muito superior. Desenhada pelo Arquiteto Souto Moura, a luminária Coroada apresenta um design revivalista equipado com tecnologia LED que permite consideráveis economias nos custos energético e ambientais.

16 guimarães - fatos e números LARGO DO TOURAL A nova instalação de iluminação do Largo do Toural com luminárias Prado e Prado Mini equipadas com lâmpadas CDO-TT de 150 e 250 W substitui uma solução antiga e em mau estado de conservação com lâmpadas de sódio de 250W. Para além de reduzir a quantidade de luminárias e a potência instalada a nova iluminação utiliza o sistema de telegestão Owlet que configura uma economia suplementar de cerca de 30%. No global, potência instalada + telegestão Owlet, o município economiza 65% em relação à instalação anterior. Instalação Quantidade luminárias Potência unitária (W) Potência total (W) Consumo anual (kwh) Consumo anual c/telegestão (kwh) Antiga 100x250W Economia Nova 10 x250w + 64x150W 270/ % PLATAFORMA DAS ARTES E DA CRIATIVIDADE A Plataforma das Artes e da Criatividade é uma instalação nova e requeria uma solução de iluminação moderna e vibrante que ajudasse ao reconhecimento do edidício, por isso a escolha de uma solução RGB dinâmica controlada por DMX. As 174 luminárias Zea LED comparativamente com uma solução tradicional existente (ex: fluorescente) representam seguramente uma economia minima de 50%. Instalação Quantidade luminárias Potência unitária (W) Potência total (W) Consumo anual (kwh) Consumo anual c/telegestão (kwh) Economia LED min 50% MONTE LATITO A iluminação do Monte Latito divide-se em dois tipos: a iluminação cénica, assegurada por 104 projetores Focal equipados com lâmpadas de 70W em substituição de antigos 48 projetores de 400W e a iluminaçãos dos percursos assegurada por 51 projetores Neos equipados com 16 LED de alta potência em substituição dos inicialmente previstos 42 projetores de 70W + 9 projetores de 35W. Instalação Quantidade luminárias Cénica (Antiga) Percursos (Prevista) Potência unitária (W) Potência total (W) Consumo anual (kwh) Consumo anual c/telegestão (kwh) Antiga/Prevista 48x400W 42x70W + 9x35W 480/85/ Economia Nova 104x150W 51x16 LED 180/ % Apenas nas instalações do Largo do Toural e do Monte Latito o Munícipio de Guimarães obtem uma substancial economia global de ,0 /ano. co2 Do mesmo modo a redução do consumo anual em KWh implica uma redução de emissões de CO2 de 49 TON/ano o que equivale a menos 198 árvores abatidas. SCHRÉDER a luz sustentável

17 CNB - GUIMARÃES/Novembro PO A L U Z U R B A N A Copyright Schréder S.A As indicações, descrições e ilustrações precedentes têm um valor indicativo. Devido a um aperfeiçoamento constante os nossos produtos poderão sofrer modificações sem pré-aviso. Os nossos produtos podem apresentar caracteristicas diferente de acordo com os países a que se destinam, pelo que aconselhamos nos consulte. Schréder Iluminação, s.a. Apartado Carnaxide Portugal Tel: Fax: Website:

coluna inteligente e multi-propósitos

coluna inteligente e multi-propósitos modullum modullum coluna inteligente e multi-propósitos iluminação de Ambiance iluminação arquitetural A gama ModulLum oferece um sistema de iluminação multifuncional para libertar a criatividade de arquitetos

Leia mais

limark caraterísticas - projetores vantagens

limark caraterísticas - projetores vantagens limark limark caraterísticas - projetores Estanquicidade: IP 67 (*) Resistência ao choque (PC): IK 09 (**) Resistência a uma carga estática: < 500 kg Tensão nominal (alimentador exterior): 24V DC Classe

Leia mais

terra midi maxi roma

terra midi maxi roma midi maxi roma DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTORES Grau de estanquicidade: IP 67 (*) Resistência aos choques: Terra Midi (vidro): IK 10 (**) Maxi (vidro): IK 10 (**) Terra Roma (grelha):ik 10 (**) Resistência

Leia mais

Schréder. Bragança. (pág. 4 e 5) Página 2. Página 6. Página 8. Página 3. Página 7. Furyo com lâmpada Cosmopolis em Valpaços

Schréder. Bragança. (pág. 4 e 5) Página 2. Página 6. Página 8. Página 3. Página 7. Furyo com lâmpada Cosmopolis em Valpaços Schréder NOTÍCIANº32/Jul.12 Bragança (pág. 4 e 5) Página 2 Página 3 Página 6 Página 7 Página 8 IntelliFlex, sistemas inteligentes da Schréder Nova Teceo em Reguengos de Monsaraz Furyo com lâmpada Cosmopolis

Leia mais

Segurança com tecnologia LED

Segurança com tecnologia LED K9 Segurança com tecnologia LED TECNOLOGIA LED A K9 é uma gama completa de iluminação de emergência com tecnologia LED (Díodo Emissor de Luz), desde a iluminação de presença e iluminação de vias de emergência

Leia mais

terra midi DESCRIÇÃO CARATERÍSTICAS PROJETOR PRINCIPAIS VANTAGENS OPÇÕES

terra midi DESCRIÇÃO CARATERÍSTICAS PROJETOR PRINCIPAIS VANTAGENS OPÇÕES terra midi led terra midi CARATERÍSTICAS PROJETOR DESCRIÇÃO O Terra Midi LED é um projector de encastrar no solo equipado com 16 LED de alta potência munidos de lentes que oferecem vários tipos de soluções

Leia mais

Outras configurações de montagem mediante pedido

Outras configurações de montagem mediante pedido 243 4-9m simples a cidade vista através de um prisma de luz com braço duplo e luminárias apoiadas 680 680 Graças ao seu difusor em vidro Ø110 prismático a Cristella desempenha um papel importante na criação

Leia mais

terra midi DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR PRINCIPAIS VANTAGENS OPÇÕES

terra midi DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR PRINCIPAIS VANTAGENS OPÇÕES terra midi led terra midi CARACTERÍSTICAS PROJECTOR Estanquicidade: IP 67 (*) Resistência ao choque (vidro): IK 10 (**) Resistência a uma carga estática: 4000 kg (*) Tensão nominal: 230 V - AC Classe eléctrica:

Leia mais

focal DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR VANTAGENS DIMENSÕES MONTAGENS OPÇÕES

focal DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR VANTAGENS DIMENSÕES MONTAGENS OPÇÕES focal 325 Ø230 323 245 focal DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR Estanquicidade: IP 66 (*) Resistência aos choques (vidro): IK 08 (**) Classe de isolamento eléctrico: I ou II (*) Peso (vazio): 4 kg (*)

Leia mais

Schréder. Telegestão na iluminação do Data Center PT. (pág. 6 e 7) 10 ANOS I A G A R A N T. Página 8. Página 2. Página 9. Página 3.

Schréder. Telegestão na iluminação do Data Center PT. (pág. 6 e 7) 10 ANOS I A G A R A N T. Página 8. Página 2. Página 9. Página 3. Schréder NOTÍCIANº35/OUT.13 Telegestão na iluminação do Data Center PT (pág. 6 e 7) Página 2 Página 3 Página 4 e 5 Página 8 Página 9 Página 10 Página 11 e 12 10 Anos de garantia para luminárias LED Schréder

Leia mais

ed scala l maya citea

ed scala l maya citea citea maya scala led cms led Caraterísticas LUMINárias Estanquicidade bloco ótico: IP 65 (*) Estanquicidade bloco acessórios: IP 65 (*) Resistência ao choque (vidro): IK 08 (**) Resistência aerodinâmica

Leia mais

Museu da Inconfi dência

Museu da Inconfi dência c a s e Museu da Inconfi dência Por Claudia Sá Fotos: Gustavo Xavier Luz suave e pontual revela traçado colonial ANTIGA CASA DE CÂMARA E CADEIA DE VILA RICA, O casarão que abriga o Museu da Inconfidência,

Leia mais

inoa led a luz sustentável

inoa led a luz sustentável a luz sustentável Características Luminária Estanqueidade do bloco ótico: IP 66 (*) Estanqueidade dos acessórios elétricos: IP 66 (*) Resistência ao impacto: - PC: IK 08 (**) - PMMA: IK 05 (**) - Vidro

Leia mais

teceo 1 2 a luz sustentável

teceo 1 2 a luz sustentável teceo 1 2 a luz sustentável teceo CARATERÍSTICAS LUMINárias Estanquicidade bloco ótico: IP 66 (*) Estanquicidade bloco acessórios: IP 66 (*) Resistência ao choque (vidro): IK 08 (**) Resistência aerodinâmica

Leia mais

corus DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR VANTAGENS OPÇÕES MONTAGENS DIMENSÕES

corus DESCRIÇÃO CARACTERÍSTICAS PROJECTOR VANTAGENS OPÇÕES MONTAGENS DIMENSÕES CARACTERÍSTICAS PROJECTOR Estanquicidade: IP 66 (*) Resistência aos choques (vidro): IK 08 (**) Classe de isolamento eléctrico: I (*) Pesos (ex: 510 mm - vazio): 2,9 kg (*) segundo IEC - EN 598 (**) segundo

Leia mais

scala+lutecia MODELO GRANDE

scala+lutecia MODELO GRANDE scala+lutecia scala+lutecia MODELO GRANDE 8-10.8m Coluna com braço duplo (Scala Maxi) PONTO DE LUZ CONTEMPORÂNEO PARA A CIDADE 4577 1995 1995 Criada por Jean-Michel Wilmotte, a gama Lutecia foi especificamente

Leia mais

Agência de propaganda

Agência de propaganda c a p a Agência de propaganda Luz cria ambientações quentes e aconchegantes, como a arquitetura Por Claudia Sá Fotos: Rubens Campo e Algeo Caerolli UM EDIFÍCIO INAUGURADO NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2007,

Leia mais

Poluição Luminosa. Projeto Apagar as luzes e acender as estrelas. Alexandre Faria

Poluição Luminosa. Projeto Apagar as luzes e acender as estrelas. Alexandre Faria Poluição Luminosa Projeto Apagar as luzes e acender as estrelas Alexandre Faria Projeto Apagar as luzes e acender as estrelas O projeto Apagar as luzes e acender as estrelas tem os seguintes objetivos:

Leia mais

Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé

Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé c a p a Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé Arquitetura histórica é ressaltada pela luz Por Claudia Sá Fotos: Andrés Otero EM COMEMORAÇÃO AOS 200 ANOS DA CHEGADA DA FAMÍLIA real portuguesa ao Brasil, um

Leia mais

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva

Projecto REDE CICLÁVEL DO BARREIRO Síntese Descritiva 1. INTRODUÇÃO Pretende-se com o presente trabalho, desenvolver uma rede de percursos cicláveis para todo o território do Município do Barreiro, de modo a promover a integração da bicicleta no sistema de

Leia mais

4-12m. maya+equinoxe UMA SOLUÇÃO POLIVALENTE PARA A CIDADE. maya

4-12m. maya+equinoxe UMA SOLUÇÃO POLIVALENTE PARA A CIDADE. maya 87 maya+equinoxe 4-12m maya+equinoxe Braço simples 1610 215 215 1610 1330 2115 1835 410 Braço simples 2115 0 Braço pedonal 770 470 60-80 UMA SOLUÇÃO POLIVALENTE PARA A CIDADE Criado por Jean-Michel Wilmotte,

Leia mais

COMPACTO E ELEGANTE. Topo decorativo ETAP

COMPACTO E ELEGANTE. Topo decorativo ETAP K1 COMPACTO E ELEGANTE 2 K1 ETAP O design elegante e compacto da K1 pode ser aplicado nos mais variados tipos de interiores. Inclui uma série abrangente de luminárias com diversas fontes de iluminação

Leia mais

nano DESCRIção vantagens

nano DESCRIção vantagens 441 382 190 382 190 Ø48 Ø48 Ø60 Ø60 (option) (option) 145 2 x M8 2 x M8 145 139 139 DESCRIção CARACTERISTicas LUMINária Estanquicidade bloco óptico: IP 66 (*) Estanquicidade bloco acessórios eléctricos:

Leia mais

Projeto luminotécnico reúne soluções que transformam sóbrio restaurante diurno em colorido bar noturno.

Projeto luminotécnico reúne soluções que transformam sóbrio restaurante diurno em colorido bar noturno. Do sério ao Projeto luminotécnico reúne soluções que transformam sóbrio restaurante diurno em colorido bar noturno. Reportagem: JOÃO CARLOS BALDAN 64 Potência Dez 05 Jan 06 despojado De dia, a luz é branca

Leia mais

Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa

Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa HORTO DO CAMPO GRANDE MAGAZINE 14 HORTO DO CAMPO GRANDE MAGAZINE 15 FOTOS: Miguel Serradas Duarte FOTOS: Miguel Serradas Duarte Quinta de São Sebastião Tradição e modernidade às portas de Lisboa HORTO

Leia mais

Reabilitação do Património nas Smart Cities O Caso de Lisboa

Reabilitação do Património nas Smart Cities O Caso de Lisboa Quarta conferência do ciclo dedicado às Smart Cities Reabilitação do Património nas Smart Cities O Caso de Lisboa João Appleton 19 de Junho de 2014 Esta apresentação parte de três pressupostos: A reabilitação

Leia mais

Chope na Ilha. Rústico aconchego. c a s e. Da Redação A CIDADE DE LIMEIRA, LOCALIZADA A 150 KM

Chope na Ilha. Rústico aconchego. c a s e. Da Redação A CIDADE DE LIMEIRA, LOCALIZADA A 150 KM c a s e Chope na Ilha Da Redação Rústico aconchego A CIDADE DE LIMEIRA, LOCALIZADA A 150 KM da capital paulista, acaba de ganhar uma casa que oferece serviços e ambientes de restaurante, choperia e estar.

Leia mais

WORSHOP LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA: EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS CIDADES O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP

WORSHOP LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA: EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS CIDADES O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP WORSHOP LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA: EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS CIDADES O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP Paulo Ernesto Strazzi Enea Neri Prefeitura do Campus USP da Capital CUASO 10/09/2014

Leia mais

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS gl2 PLUS gl2 plus CARACTERÍSTICAS - PROJETOR Estanqueidade: IP 66 (*) Resistência ao impacto (vidro): IK 08 (**) Classe de isolamento elétrico: I (*) Tensão nominal: 127 a 277V, 50-60 Hz Peso: 13.6 kg

Leia mais

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN Edifícios da Sede e Museu e Centro de Arte Moderna. Serviços Centrais

FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN Edifícios da Sede e Museu e Centro de Arte Moderna. Serviços Centrais 1 Os edifícios da Sede e Museu foram inaugurados em 1969, 7 anos depois do início da construção, sendo o projecto dos arquitectos Alberto Pessoa, Pedro Cid e Ruy d Athouguia; Os jardins são projecto dos

Leia mais

INOVAÇÕES METODOLÓGICAS NA ÁREA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA Oportunidades para o desenvolvimento urbano sustentável GESTÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA

INOVAÇÕES METODOLÓGICAS NA ÁREA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA Oportunidades para o desenvolvimento urbano sustentável GESTÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA INOVAÇÕES METODOLÓGICAS NA ÁREA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA Oportunidades para o desenvolvimento urbano sustentável GESTÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA Premissas para lidar com a iluminação urbana 1. Aspirações da

Leia mais

GUIA PARA A REABILITAÇÃO DOMÓTICA. comunicações, segurança e conforto. PROJETO Cooperar para Reabilitar da InovaDomus

GUIA PARA A REABILITAÇÃO DOMÓTICA. comunicações, segurança e conforto. PROJETO Cooperar para Reabilitar da InovaDomus GUIA PARA A REABILITAÇÃO DOMÓTICA comunicações, segurança e conforto PROJETO Cooperar para Reabilitar da InovaDomus Autoria do Relatório Consultoria RedeRia - Innovation, S.A. Índice 0. Preâmbulo 5 1.

Leia mais

piano a luz sustentável

piano a luz sustentável piano a luz sustentável piano CARATERÍSTICAS LUMINÁRIA Design: Michel Tortel Estanquicidade bloco ótico: IP 66 LEDSafe Estanquicidade bloco eletrónico: IP 66 (*) Resistência ao choque (vidro): IK 08 (**)

Leia mais

L U M E A R Q U I T E T U R A. Projetores Air Landing, normalmente utilizados para faróis de aviões, enfatizam a leveza do monumento.

L U M E A R Q U I T E T U R A. Projetores Air Landing, normalmente utilizados para faróis de aviões, enfatizam a leveza do monumento. Projetores Air Landing, normalmente utilizados para faróis de aviões, enfatizam a leveza do monumento. c a p a Salas de exposições do mezanino. Obras de arte receberam mesmo sistema de iluminação flexível

Leia mais

CENTRO HISTÓRICO GUIMARÃES

CENTRO HISTÓRICO GUIMARÃES o espaço encontrado, o envolvimento das pessoas, o espaço reabilitado, o regresso das pessoas o concelho e as suas freguesias a área central da cidade e o seu centro histórico classificado largo da Oliveira

Leia mais

CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO LED REPRESENTANTES DA MARCA

CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO LED REPRESENTANTES DA MARCA CATÁLOGO DE ILUMINAÇÃO LED REPRESENTANTES DA MARCA SOBRE A SLOANLED o parceiro ideal SloanLED foi fundada em 1957 nos EUA, com a missão de projetar e desenvolver produtos de iluminação para as indústrias

Leia mais

Lâmpadas de Multivapores Metálicos

Lâmpadas de Multivapores Metálicos a u l a p r á t i c a Lâmpadas de Multivapores Metálicos Por Adriana Felicíssimo Eficiente, durável, econômica e... de luz branca SURGIDA HÁ CERCA DE 40 ANOS, A LÂMPADA de multivapores metálicos vem sendo

Leia mais

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia)

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia) MUSEU DO CARRO ELÉTRICO Inaugurado em 1992, o Museu do Carro Elétrico nasceu da dedicação e voluntarismo de um pequeno grupo de entusiastas e apaixonados por este meio de transporte coletivo, impulsionados

Leia mais

A Luz dos Monumentos Urbanos

A Luz dos Monumentos Urbanos t e n d ê n c i a s A Luz dos Monumentos Urbanos A Visão Francesa Por José Canosa Miguez Os monumentos e sítios históricos, culturais, paisagísticos e sentimentais patrimônio importante e memória das cidades

Leia mais

Residência. Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais. c a s e. Por Claudia Sá

Residência. Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais. c a s e. Por Claudia Sá c a s e Fotos: Rafael Leão Residência Por Claudia Sá Cenários para o dia-a-dia e ocasiões especiais ATMOSFERA ACOLHEDORA PARA O DIA-A-DIA E FLEXIBILIDADE para criação de cenários para eventos distintos.

Leia mais

TIMBER ENGINEERING EUROPE

TIMBER ENGINEERING EUROPE TIMBER ENGINEERING EUROPE Tecnologia de construção no seu melhor Desenhado, fabricado e montado segundo as necessidades do cliente www.timberengineeringeurope.com Bem-vindos a Timber Engineering Europe

Leia mais

CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP

CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP CONSTRUÇÃO PRÉ-FABRICADA TORRE DO BURGO CATARINA CARVALHO MIGUEL SIMÕES RAFAEL SANTOS C2 FAUP ABSTRACT A construção pré-fabricada trata-se da utilização de elementos já produzidos antes do processo construtivo

Leia mais

Destaque ARQUITECTURA

Destaque ARQUITECTURA ARQUITECTURA ARQUITECTURA Edificio Bloom Space for Business Localização Este edifício situa-se na Rua de Campolide em Lisboa. Com sua localização privilegiada sobre o Parque do Monsanto, coração verde

Leia mais

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações

Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações Edição: 5132010 Litoral Paulista, sexta-feira, 20 de agosto Página: 1 Grupo Usiminas fabrica em Cubatão e Ipatinga, em Minas Gerais, perfis de aço para a construção de habitações w w w. u s i m i n a s.

Leia mais

Iluminação exterior. IntelligentCity. Solução IntelligentCity Dê vida à sua cidade com. connected lighting

Iluminação exterior. IntelligentCity. Solução IntelligentCity Dê vida à sua cidade com. connected lighting Iluminação exterior IntelligentCity Solução IntelligentCity Dê vida à sua cidade com connected lighting Dê vida à sua cidade Facilidade de utilização Eficiência e flexibilidade Capacidade de expansão futura

Leia mais

Desempenho energético dos edifícios o impacto dos regulamentos na construção e as oportunidades de melhoria do parque habitacional

Desempenho energético dos edifícios o impacto dos regulamentos na construção e as oportunidades de melhoria do parque habitacional Desempenho energético dos edifícios o impacto dos regulamentos na construção e as oportunidades de melhoria do parque habitacional Paulo Santos ADENE Agência para a Energia Nuno Baptista ADENE Agência

Leia mais

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas.

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas. O Metro do Porto O Metro é um sistema de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto e combina uma rede ferroviária subterrânea, no centro da cidade, com linhas à superfície em meio urbano e diversos

Leia mais

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE ILUMINAÇÃO À LED S EM RESIDÊNCIAS. Rodrigo Evandro da Mota, Tiago Augusto da Silva, José Ricardo Abalde Guede

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE ILUMINAÇÃO À LED S EM RESIDÊNCIAS. Rodrigo Evandro da Mota, Tiago Augusto da Silva, José Ricardo Abalde Guede ANÁLISE DA VIABILIDADE DE ILUMINAÇÃO À LED S EM RESIDÊNCIAS. Rodrigo Evandro da Mota, Tiago Augusto da Silva, José Ricardo Abalde Guede FEAU/UNIVAP, Avenida Shisima Hifumi 2911, São José dos Campos - SP

Leia mais

Plano de Pormenor de Salvaguarda e Valorização do Núcleo Histórico de Sines. Proposta de Termos de Referência

Plano de Pormenor de Salvaguarda e Valorização do Núcleo Histórico de Sines. Proposta de Termos de Referência Plano de Pormenor de Salvaguarda e Valorização do Núcleo Histórico de Sines Proposta de Termos de Referência Câmara Municipal de Sines Divisão de Planeamento, Ordenamento do Território e Ambiente OUTUBRO

Leia mais

Parecer Plano de Pormenor do Palacete Ribeiro da Cunha

Parecer Plano de Pormenor do Palacete Ribeiro da Cunha Parecer Plano de Pormenor do Palacete Ribeiro da Cunha Considerações iniciais O Plano de Pormenor em apreço refere à Conservação, Reconstrução e Reabilitação do Palacete Ribeiro da Cunha. O propósito deste

Leia mais

NORMAS URBANÍSTICAS E REABILITAÇÃO URBANA

NORMAS URBANÍSTICAS E REABILITAÇÃO URBANA NORMAS URBANÍSTICAS E REABILITAÇÃO URBANA Paula Morais mail@paulamorais.pt O REGIME LEGAL DA REABILITAÇÃO URBANA Alguns aspectos da sua evolução Decreto Lei n.º 307/2009, de 27 de Outubro Decreto Lei n.º

Leia mais

solução modular led para aplicações de elevada potência

solução modular led para aplicações de elevada potência road + urban solução modular led para aplicações de elevada potência até 120,000lm várias opções de montagem design térmico sem manutenção máxima FLEXIBILIdade para a sua SOLUção CUSTOMIzada o nosso sistema

Leia mais

Centro Médico. Iluminação proporciona conforto aos usuários e valoriza arquitetura de interiores. c a s e. Da Redação Fotos: Ricardo Braescher

Centro Médico. Iluminação proporciona conforto aos usuários e valoriza arquitetura de interiores. c a s e. Da Redação Fotos: Ricardo Braescher c a s e Centro Médico Da Redação Fotos: Ricardo Braescher Iluminação proporciona conforto aos usuários e valoriza arquitetura de interiores 34 Vista panorâmica da fachada da clínica (foto maior). Acima,

Leia mais

SPOTS SUPERLED DE EMBUTIR

SPOTS SUPERLED DE EMBUTIR www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 SPOTS SUPERLED DE EMBUTIR SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ VERSATILIDADE AO SEU DISPOR SPOT E SUPERLED AGORA EM UM PRODUTO ÚNICO E DE MUITO BOM GOSTO

Leia mais

Dali Multi3 torna a poupança de energia simples

Dali Multi3 torna a poupança de energia simples Dali Multi3 torna a poupança de energia simples Cada vez mais deverá ser uma realidade, a importância dada à melhoria da eficiência energética dos edifícios e à redução do consumo de energia e correspondentes

Leia mais

Realizações singulares

Realizações singulares Realizações singulares Ref.: 001 Fundação Pedro Barrié de la Maza. Vigo Ref.: 002 Colégio de Arquitectos Técnicos. Madrid Ref.: 003 Centro Comercial A Laxe. Vigo Ref.: 004 Gadis. Corunha Ref.: 005 Sede

Leia mais

Centro de Estudos de Arquitectura Paisagista Prof. Francisco Caldeira Cabral Instituto Superior de Agronomia

Centro de Estudos de Arquitectura Paisagista Prof. Francisco Caldeira Cabral Instituto Superior de Agronomia Segurança dos utilizadores na ciclovia Acesso e circulação de veículos automóveis à ciclovia A entrada de veículos na ciclovia, quer de emergência, quer de manutenção e finalmente de trânsito local, deverá

Leia mais

Ecorkhotel Évora, Suites & SPA

Ecorkhotel Évora, Suites & SPA 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa O Ecorkhotel Évora, Suítes & SPA (Ecorkhotel) surge como uma unidade hoteleira com um conceito inovador e uma arquitetura e construção únicas a

Leia mais

Luminárias com factor elevado de protecção

Luminárias com factor elevado de protecção Luminárias com factor elevado de protecção 2 MAIS DE 60 ANOS DE EXPERIÊNCIA Em espaços húmidos e/ou bastante sujos, será necessário instalar luminárias estanques. A ETAP tem mais de 60 anos de experiência

Leia mais

FGV é uma marca de mobiliário, com design de Filipe Ventura. Adotando os princípios processuais e técnicos da marcenaria, ergonomia e uma inovadora

FGV é uma marca de mobiliário, com design de Filipe Ventura. Adotando os princípios processuais e técnicos da marcenaria, ergonomia e uma inovadora FGV é uma marca de mobiliário, com design de Filipe Ventura. Adotando os princípios processuais e técnicos da marcenaria, ergonomia e uma inovadora combinação de diferentes materiais. As peças FGV procuram

Leia mais

Instalação. Tradução do artigo Retro revisited publicado in Electrical Times, Setembro de 2009.

Instalação. Tradução do artigo Retro revisited publicado in Electrical Times, Setembro de 2009. Tradução do artigo Retro revisited publicado in Electrical Times, Setembro de 2009. Em Novembro de 2007, a Electrical Times publicou um artigo sobre um adaptador que iria permitir instalar lâmpadas fluorescentes

Leia mais

Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura

Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura ANEXO III PROGRAMA PRELIMINAR Programa_Preliminar_JC_DOM 1 Reabilitação do Edifício da Casa da Cultura PROGRAMA PRELIMINAR Índice! " #! $ % &' ( Programa_Preliminar_JC_DOM

Leia mais

Iluminação para ambientes exigentes

Iluminação para ambientes exigentes E2 Iluminação para ambientes exigentes 2 ETAP Luminárias com elevado fator de proteção E2 Em espaços húmidos e/ou altamente sujos, vai precisar de luminárias fechadas. Com a E2, a ETAP fornece uma solução

Leia mais

Schréder. Requalificação da Marginal norte do rio Sado em Alcácer do Sal. (pág. 6 e 7) Página 10. Página 12 A SCHRÉDER NA LIGHT+BUILDING EM FRANKFURT

Schréder. Requalificação da Marginal norte do rio Sado em Alcácer do Sal. (pág. 6 e 7) Página 10. Página 12 A SCHRÉDER NA LIGHT+BUILDING EM FRANKFURT 20.000 18.000 16.000 14.000 12.000 10.000 8.000 6.000 4.000 2.000 0 100% HPS LED Consumo energia anual 50% das 22h00 0% das 22h00 Schréder NOTÍCIANº37/SET.14 Requalificação da Marginal norte do rio Sado

Leia mais

01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA. MOMSteelPor, S.A. www.momsteel.com.pt

01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA. MOMSteelPor, S.A. www.momsteel.com.pt MOMSTEELPOR, S.A. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa A, (MOMSteelPor) é uma empresa especializada na conceção, desenvolvimento e produção de projetos e estruturas metálicas, sediada

Leia mais

solução de qualidade na arquitetura dos edifícios

solução de qualidade na arquitetura dos edifícios cobre solução de qualidade na arquitetura dos edifícios Copyright 2003 - Todos os direitos reservados e protegidos Será permitido o download gratuito do(s) arquivo(s) eletrônico(s) desta publicação para

Leia mais

Iluminação Pública (Case: Prefeitura de Fortaleza)

Iluminação Pública (Case: Prefeitura de Fortaleza) Secretaria Municipal de Conservação de Serviços Públicos Catedral Metropolitana Iluminação Pública (Case: Prefeitura de Fortaleza) Secretaria Municipal de Conservação de Serviços Públicos Alfredo Serejo

Leia mais

LEDs - uma fonte de inspiração

LEDs - uma fonte de inspiração LEDs - uma fonte de inspiração 2 www.etaplighting.com ETAP Inovar utilizando LEDs 3 Os LEDs estão na moda e não é por acaso. Hoje em dia, esta fonte de luz inovadora oferece uma alternativa económica e

Leia mais

As principais conclusões foram as seguintes:

As principais conclusões foram as seguintes: A REABILITAÇÃO EXIGE PROJETO IN SITU Vasco Peixoto de Freitas Professor Catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Diretor do Laboratório de Física das Construções * Nesta sessão foi

Leia mais

PROGRAMA INTEGRADO DE REGENERAÇÃO DA CIDADE DE ÁGUEDA REGENERAÇÃO URBANA DA CIDADE DE ÁGUEDA OS PROJECTOS QUE VÃO MARCAR A TRANSFORMAÇÃO DA CIDADE

PROGRAMA INTEGRADO DE REGENERAÇÃO DA CIDADE DE ÁGUEDA REGENERAÇÃO URBANA DA CIDADE DE ÁGUEDA OS PROJECTOS QUE VÃO MARCAR A TRANSFORMAÇÃO DA CIDADE PROGRAMA INTEGRADO DE REGENERAÇÃO DA CIDADE DE ÁGUEDA REGENERAÇÃO URBANA DA CIDADE DE ÁGUEDA OS PROJECTOS QUE VÃO MARCAR A TRANSFORMAÇÃO DA CIDADE ÁGUEDA: A INDÚSTRIA E A CIDADE AO SERVIÇO DA INOVAÇÃO

Leia mais

Conceito de intervenção a hierarquização e estruturação do corredor cultural entre Chaves e Vila Real

Conceito de intervenção a hierarquização e estruturação do corredor cultural entre Chaves e Vila Real Conceito de intervenção a hierarquização e estruturação do corredor cultural entre Chaves e Vila Real A referenciação dos percursos como componentes da estrutura edificada (in Magalhães, Manuela; Arquitectura

Leia mais

Controlo de iluminação local multifuncional

Controlo de iluminação local multifuncional Controlo de iluminação local multifuncional I Controlo de iluminação local multifuncional A nível mundial, sensivelmente 20 % do consumo total de energia diz respeito à iluminação. Dependendo do tipo de

Leia mais

CURSOS DE ATUALIZAÇÃO EM ILUMINAÇÃO

CURSOS DE ATUALIZAÇÃO EM ILUMINAÇÃO CURSOS DE ATUALIZAÇÃO EM ILUMINAÇÃO CENTRO DE TREINAMENTOS EXPER DESCRIÇÃO DOS CURSOS Os cursos oferecidos pela EXPER Soluções Luminotécnicas visam à atualização dos profissionais ligados a área de iluminação

Leia mais

Estoril Sol Residence, Cascais

Estoril Sol Residence, Cascais Estoril Sol Residence, Cascais 1 O Conceito O Estoril Sol Residence situa-se na Avenida Marginal em Cascais. Está implantado nos terrenos do antigo Hotel Estoril-Sol. A opção arquitetónica desenvolvida

Leia mais

ÍNDICE SERTÃ... 4 COMPROMISSOS... 5 MIRADOURO DE S. MACÁRIO... 7 JARDIM DE CERNACHE DO BONJARDIM... 10

ÍNDICE SERTÃ... 4 COMPROMISSOS... 5 MIRADOURO DE S. MACÁRIO... 7 JARDIM DE CERNACHE DO BONJARDIM... 10 1 BoPS Sertã ÍNDICE SERTÃ... 4 COMPROMISSOS... 5 Governança... 5 Pacto de Autarcas... 5 Referências de Excelência... 6 MIRADOURO DE S. MACÁRIO... 7 Investimento... 8 Indicadores... 9 JARDIM DE CERNACHE

Leia mais

nano 1 2 a luz sustentável

nano 1 2 a luz sustentável nano 1 2 a luz sustentável 1 nano CARACTERISTicas LUMINária Design: A. Baré DESCRIção A Nano 1 é um bom exemplo de design inteligente. Baseada no conceito da miniaturização, esta luminária pode ser utilizada

Leia mais

Iluminação de Escritórios

Iluminação de Escritórios a u l a r á p i d a Fotos: Capturas de apresentação da empresa Zumptobel Staff Pela revisão da norma EM 12.464, a iluminação será mais individualizada por tipo de tarefa desenvolvida. Iluminação de Escritórios

Leia mais

ESCOLHA. Pronto para ser uma Smart City? Controle do consumo energético e custos operacionais com Owlet

ESCOLHA. Pronto para ser uma Smart City? Controle do consumo energético e custos operacionais com Owlet gestão inteligente para iluminação eficiente ESCOLHA UM FUTURO INTELIGENTE as autoridades locais cuidam dos seus cidadãos oferecendo as melhores infraestruturas, garantindo segurança, conforto e sustentabilidade.

Leia mais

Ação Piloto para a Regeneração Urbana. Avenida da Liberdade, Braga. Concurso de Ideias Profissionais de Arquitectura

Ação Piloto para a Regeneração Urbana. Avenida da Liberdade, Braga. Concurso de Ideias Profissionais de Arquitectura Ação Piloto para a Regeneração Urbana Avenida da Liberdade, Braga Concurso de Ideias Profissionais de Arquitectura Cientes da importância de promover uma intervenção capaz de revitalizar o centro histórico

Leia mais

ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA DE SOURE PROPOSTA DE DELIMITAÇÃO

ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA DE SOURE PROPOSTA DE DELIMITAÇÃO ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA DE SOURE PROPOSTA DE DELIMITAÇÃO Índice 1. Enquadramento da proposta. 3 1.1. Enquadramento legal... 3 1.2. Enquadramento histórico e urbanístico.. 3 1.3. Objetivos Gerais..

Leia mais

PENSANDO JÁ O CENTRO HISTÓRICO? A INTERVENÇÃO DA DGEMN NA SÉ DO PORTO (1929-1982)

PENSANDO JÁ O CENTRO HISTÓRICO? A INTERVENÇÃO DA DGEMN NA SÉ DO PORTO (1929-1982) PENSANDO JÁ O CENTRO HISTÓRICO? A INTERVENÇÃO DA DGEMN NA SÉ DO PORTO (1929-1982) MARIA LEONOR BOTELHO DCTP-FLUP mlbotelho@letras.up.pt 5 Dez 2013 17º Aniversário da Classificação do Centro Histórico do

Leia mais

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. bandeiras

CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. bandeiras CRITÉRIOS DE ISENÇÃO suporte publicitário. bandeiras 02 Critérios específicos 03 Condições Gerais 05 Zonas de Proteção Específica 1 A distância mínima admitida de qualquer elemento fixado ao mastro ao

Leia mais

ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE PRUDENTE

ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE PRUDENTE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 221 ESTUDO DE CASO SOBRE A APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS EM AÇO EM EDIFÍCIO RESIDENCIAL VERTICAL DE MÉDIO PADRÃO EM PRESIDENTE

Leia mais

akila high bay A LUZ SUSTENTÁVEL

akila high bay A LUZ SUSTENTÁVEL high bay A LUZ SUSTENTÁVEL W CARACTERÍSTICAS Estanqueidade do bloco óptico: IP 66 LEDSafe (*) Resistência ao choque (vidro): Tensão nominal: IK 08 (**) 1V277V Hz / 2V Hz Classe eléctrica: Peso (total):

Leia mais

RIO DE JANEIRO: A NOVA CIDADE LUZ

RIO DE JANEIRO: A NOVA CIDADE LUZ Rio de Janeiro RIO DE JANEIRO, UMA CIDADE QUE FAZ SONHAR O MUNDO. A SCHRÉDER CONTRIBUIU PARA FAZER VIVER ESSE SONHO TAMBÉM À NOITE. RIO DE JANEIRO: A NOVA CIDADE LUZ Convidamo-lo a descobrir algumas das

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Perspectiva ilustrada do empreendimento. (Projeto sujeito a alteração).

APRESENTAÇÃO. Perspectiva ilustrada do empreendimento. (Projeto sujeito a alteração). APRESENTAÇÃO O Clavi Ecco Tower mudará de vez o conceito de empreendimento comercial em Guarulhos. Idealizado pela CLAVI Incorporações, o Clavi Ecco Tower oferece conforto, segurança e modernidade, com

Leia mais

PLANO DIRECTOR MUNICIPAL DE ODIVELAS

PLANO DIRECTOR MUNICIPAL DE ODIVELAS PLANO DIRECTOR MUNICIPAL DE ODIVELAS I SISTEMAS EM RUPTURA?... Urbano: fragmentado, densidades extremadas Natural: pressão, desarmonia, descontinuidade Residencial: dormitório unifamiliar ou massivo Económico:

Leia mais

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES

MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES MUSEU DE ARTE CONTEMPORÃ NEA DE SERRALVES www.serralves.pt 1 MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE SERRALVES APRESENTAÇÃO O Museu tem como objectivos essenciais a constituição de uma colecção representativa da

Leia mais

Curso de Projetos de Iluminação Eficiente Professor Tomaz Nunes Cavalcante

Curso de Projetos de Iluminação Eficiente Professor Tomaz Nunes Cavalcante Curso de Projetos de Iluminação Eficiente Professor Tomaz Nunes Cavalcante Conteúdo do Curso Introdução. Conceito de Eficiência Energética. Conceitos de Iluminação. Luminotécnica. Avaliação financeira

Leia mais

EXCELLUM. Sistema de controlo de iluminação e gestão de energia endereçável DALI. Excellum Network

EXCELLUM. Sistema de controlo de iluminação e gestão de energia endereçável DALI. Excellum Network EXCELLUM Excellum Network DALI Sistema de controlo de iluminação e gestão de energia endereçável O EXCELLUM COMBINA POUPANÇA COM CONFORTO NA ILUMINAÇÃO O Excellum é um sistema de controlo de iluminação

Leia mais

Centro Urbano do Futuro Parcerias para a regeneração urbana

Centro Urbano do Futuro Parcerias para a regeneração urbana Estratégia para um Desenvolvimento Sustentável para a Cidade de Águeda Centro Urbano do Futuro Parcerias para a regeneração urbana Águeda, 27/04/2011 V.M. Ferreira O projecto: Este projecto visou reflectir

Leia mais

Seminário Internacional Portugal - Brasil: Smart City & Smart Grid no Setor Elétrico O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP

Seminário Internacional Portugal - Brasil: Smart City & Smart Grid no Setor Elétrico O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP Seminário Internacional Portugal - Brasil: Smart City & Smart Grid no Setor Elétrico O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP Sidnei Martini Prefeitura do Campus USP da Capital Escola Politécnica

Leia mais

ALTERAÇÃO DA DELIMITAÇÃO DA ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA AVENIDA/ANTIGO CAMPO DA FEIRA

ALTERAÇÃO DA DELIMITAÇÃO DA ÁREA DE REABILITAÇÃO URBANA AVENIDA/ANTIGO CAMPO DA FEIRA IGREJA E CONVENTO DE SÃO FRANCISCO PROCESSO 20/09 ALTERAÇÃO DA DELIMITAÇÃO DA AVENIDA/ANTIGO CAMPO DA FEIRA 2014 CÂMARA MUNICIPAL DE MONTEMOR-O-NOVO ALTERAÇÃO DA DELIMITAÇÃO DE 2014 1 ÍNDICE DOCUMENTO

Leia mais

Controlo de iluminação integrado. ELS - MDS - EMD - feito à medida

Controlo de iluminação integrado. ELS - MDS - EMD - feito à medida Controlo de iluminação integrado ELS - MDS - EMD - feito à medida Controlo de iluminação integrado Brilhante na sua simplicidade Controlo de iluminação integrado significa que o controlo de toda a iluminação

Leia mais

Excellum2. A gestão da iluminação sem esforço

Excellum2. A gestão da iluminação sem esforço Excellum2 A gestão da iluminação sem esforço Excellum2: A gestão da iluminação sem esforço O sistema de regulação de iluminação Excellum2 faz com que a sua instalação tenha o desempenho ideal. Pode controlar

Leia mais

Muros de Contenção Catálogo 2009/2010

Muros de Contenção Catálogo 2009/2010 Muros de Contenção Catálogo 2009/2010 Landmark Para muros até 20 m de altura A solução para Muros de Engenharia de alta performance 2 Solução de alta performance O bloco LANDMARK é a mais recente aposta

Leia mais

Foto: Jair da S. Conde Jr.

Foto: Jair da S. Conde Jr. Categoria Residencial Projeto: Casa Cafezal Autor: Marcos Castilha Escritório: Castilha Iluminação Foto: Rafaela Netto Residência de 6500 metros quadrados situada em uma região onde haviam cafezais e que

Leia mais

Requalificação Urbana pela Iluminação Pública (Efficient Lighting) Nuno Canta Vice Presidente Município de Montijo

Requalificação Urbana pela Iluminação Pública (Efficient Lighting) Nuno Canta Vice Presidente Município de Montijo Requalificação Urbana pela Iluminação Pública (Efficient Lighting) Nuno Canta Vice Presidente Município de Montijo Resumo Município de Montijo Desafios Globais Visão Acção Local Boas Práticas Conclusões

Leia mais

Habitar Portugal 2009/2011

Habitar Portugal 2009/2011 Habitar Portugal 2009/2011 A Exposição Habitar Portugal constitui uma das mais importantes mostras de arquitetura no nosso País. Organizada pela Ordem dos Arquitectos, apresenta um amplo conjunto de obras

Leia mais

CATÁLOGO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Valorizamos a sua energia

CATÁLOGO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Valorizamos a sua energia CATÁLOGO DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Valorizamos a sua energia ÍNDICE AUTOCONSUMO FOTOVOLTAICO AR COMPRIMIDO CORREÇÃO FATOR DE POTÊNCIA DIAGNÓSTICO E AUDITORIA ENERGÉTICA ILUMINAÇÃO MONITORIZAÇÃO DE ENERGIA

Leia mais