A Embaixada e os Consulados Gerais da República Federal da Alemanha no Brasil informam: Visto para Intercâmbio Escolar

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A Embaixada e os Consulados Gerais da República Federal da Alemanha no Brasil informam: Visto para Intercâmbio Escolar"

Transcrição

1 A Embaixada e os Consulados Gerais da República Federal da Alemanha no Brasil informam: Visto para Intercâmbio Escolar I. Informações Gerais Viajando diretamente para a Alemanha, cidadãos brasileiros não necessitam requerer um visto prévio para intercâmbio escolar na Alemanha. A Autorização de Residência deverá ser requerida na Alemanha dentro de três meses a contar da data da chegada, junto ao Departamento para Estrangeiros competente na cidade onde se pretende residir. Os documentos necessários para requerer a Autorização de Residência, via de regra, são os mesmos que são necessários para requerer um visto (veja item III Documentos Exigidos). Um visto pode ser requerido para um intercâmbio escolar em uma escola de ensino médio na Alemanha (por um semestre ou um ano letivo) se este intercâmbio ocorrer no âmbito de um programa de intercâmbio oficial. Normalmente, a idade máxima é de 18 anos, uma vez que, com a maioridade, não há mais obrigatoriedade escolar. O requerimento para concessão de um visto para intercâmbio escolar será encaminhado pelo Consulado Geral / pela Embaixada, através da Secretaria Federal de Administração (Bundesverwaltungsamt), ao Departamento para Estrangeiros (Ausländerbehörde) competente para o local do curso e/ou residência pretendido. O Departamento para Estrangeiros precisa dar um parecer antes do Consulado Geral / da Embaixada tomar uma decisão definitiva. Sem a autorização do Departamento para Estrangeiros, o Consulado Geral / a Embaixada não pode emitir o visto. Em função do período de análise do requerimento, é preciso calcular um tempo de tramitação de, no mínimo, 4 a 10 semanas (calculados a partir da entrega no Consulado Geral / na Embaixada de todos os documentos exigidos no requerimento). Uma vez que o Consulado Geral / a Embaixada não tem nenhuma influência sobre o tempo de tramitação do requerimento junto ao Departamento para Estrangeiros, não será possível informar a data em que o visto estará pronto. Por isso, devem ser evitados questionamentos neste sentido. O Consulado Geral / a Embaixada emitirá um visto nacional, que normalmente tem validade de no máximo três meses e que somente dará direito a uma entrada na Alemanha. A viagem à Alemanha deverá ocorrer dentro do prazo indicado no visto (sendo permitido um único trânsito por um dos países membros do Acordo Schengen). Imediatamente após a chegada à Alemanha, é obrigatório o comparecimento ao Departamento para Estrangeiros competente, que substituirá o visto por uma autorização de residência após reavaliação dos requisitos necessários. II. Instruções para a apresentação do requerimento A partir dos 16 anos de idade, os requerentes podem assinar o requerimento sozinhos caso os responsáveis legais, via de regra os pais (pai e mãe) não assinarem o requerimento de visto na ocasião do requerimento, será necessário apresentar uma autorização de viagem dos pais. 1

2 Para os jovens que ainda não completaram 16 anos de idade poderá ser necessária a nomeação de um procurador na Alemanha, já que não eles ainda não têm total capacidade jurídica e civil. Normalmente a família anfitriã assume esta responsabilidade. Uma mudança da família anfitriã deverá ser comunicada imediatamente ao Departamento de Vistos, uma vez que essa mudança normalmente implica em uma mudança também do Departamento para Estrangeiros competente. Atenção: O Consulado Geral / a Embaixada não tem condições de verificar a idoneidade da respectiva organização de intercâmbio durante o processo de concessão de visto. A emissão de um visto não pode ser interpretada como garantia de idoneidade da agência contratada. III. Documentos exigidos Só serão aceitos os requerimentos contendo todos os documentos exigidos! Para requerimento de um visto para intercâmbio, exige-se a apresentação dos seguintes documentos: Passaporte com validade mínima de um ano a partir da data de entrada na Alemanha original e duas cópias da página com dados pessoais Formulário Requerimento para concessão de um visto nacional (preenchido em duas vias) Duas fotos atuais (3,5 x 4,5 cm com fundo claro vide folheto com instruções fotos para passaporte ) Comprovante de seguro-saúde (se a organização de intercâmbio não confirmar por escrito que contratará o seguro-saúde, o requerente ou a familia anfitriã deverão contratar um seguro-saúde válido na Alemanha com cobertura mínima de Euros) Carta da escola na Alemanha confirmando que o aluno poderá frequentar as aulas Se o intercâmbio não ocorrer através de uma organização de intercâmbio reconhecida na Alemanha, deverá ser apresentada também uma declaração de consentimento da escola de origem, apoiando o intercâmbio e confirmando que o aluno poderá retornar à sua escola, sem perder o ano letivo (em alemão ou com tradução juramentada para o alemão). Comprovação da família anfitriã onde conste nome, endereço completo e telefone Comprovante do financiamento da permanência, que poderá ser o Declaração de Compromisso Financeiro dos pais ou da família anfitriã (consulte o informativo Declaração de Compromisso ) o Declaração da organização de intercâmbio na qual esta se compromete a arcar com todas as despesas de subsistência do aluno de intercâmbio. Todos os documentos devem ser apresentados com duas cópias simples (dois jogos). Deverá ser levado em conta que menores necessitam de uma autorização de viagem dos pais para viajarem ao exterior. Para solicitar o visto, não é necessária esta autorização. Esta deverá ser apresentada ao agente da Polícia Federal por ocasião da saída do país. Em determinados casos, poderão ser exigidos documentos adicionais. IV. Taxas A taxa para menores é de Visto nacional 30,00 Euro ************************************************************************* Isenção de responsabilidade: Todos os dados do presente comunicado baseiam-se em informações obtidas e experiências registradas pelas representações diplomáticas no Brasil. Não nos responsabilizamos pela exatidão dessas informações. Não passível de recurso jurídico. * O mesmo vale para cidadãos de outros Estados não pertencentes à União Europeia com domicilio no Brasil. 2

3 Visto para Estágio na Alemanha (Visto nacional) I. Informações Gerais Cidadãos brasileiros* podem requerer, preenchidos os requisitos abaixo, um visto nacional alemão para a realização de estágio por tempo limitado na Alemanha: Estar matriculado em uma universidade brasileira (caso se trate de uma formação à distância ou em módulos, esta atividade precisa estar preenchendo mais de 50% do tempo do estudante) Ter entre 18 e 35 anos de idade O estágio pretendido precisa ter relação com a faculdade que está sendo cursada O estágio poderá ter duração de no máximo 12 meses Uma vez que com o estágio é constituido também um vínculo de trabalho, mesmo que seja um estágio não remunerado,faz-se necessária a autorização da Central de Agenciamento de Trabalho (ZAV Zentralstelle für Arbeitsvermittlung) na Alemanha. Esta autorização deve ser solicitada pelo empregador na Alemanha junto à Central de Agenciamento de Estudantes da ZAV. O formulário de requerimento, informações sobre os procedimentos e documentos necessários bem como endereços de contato da ZAV podem ser obtidos no informativo Studienfachbezogene Praktika in Deutschland für Studierende aus dem Ausland da Central de Trabalho (Bundesagentur für Arbeit) através do site Inhalt digitar a palavra Praktikum na barra de pesquisa e clicar OK ou no site do Consulado Geral / da Embaixada. Para que o empregador possa solicitar a autorização junto à ZAV, necessitará de uma declaração atual da universidade no Brasil confirmando que o estagiário estará matriculado na faculdade durante todo o tempo do estágio. Para isso, será necessário providenciar junto à universidade o preenchimento do anexo 3 do informativo Studienfachbezogene Praktika in Deutschland für Studierende aus dem Ausland e enviar o mesmo juntamente com uma cópia do passaporte do estagiário ao empregador na Alemanha. Assim que o empregador receber o certificado de autorização de estágio da ZAV (ZAV- Bescheinigung), enviará este documento ao estagiário para que este possa solicitar a emissão de seu visto. Quando o tempo de permanência pretendido é de três a doze meses, o requerimento de visto será encaminhado pelo Consulado Geral / pela Embaixada, através da Secretaria Federal de Administração (Bundesverwaltungsamt), ao Departamento para Estrangeiros (Ausländerbehörde) competente para o local de residência na Alemanha. O Departamento para Estrangeiros precisa dar um parecer antes do Consulado Geral / da Embaixada tomar uma decisão definitiva. Sem a autorização do Departamento para Estrangeiros, o Consulado Geral / a Embaixada não pode emitir o visto. Em função do período de análise do requerimento, é preciso calcular um tempo de tramitação de, no mínimo, 8 a 10 semanas (calculados a partir da entrega no Consulado Geral / na Embaixada de todos os documentos exigidos no requerimento). Uma vez que o Consulado Geral / a Embaixada não tem nenhuma influência sobre o tempo de tramitação do requerimento junto ao Departamento para Estrangeiros, não será possível informar a data em que o visto estará pronto. Por isso, devem ser evitados questionamentos neste sentido. Quando o tempo de permanência pretendido é inferior a três meses, cidadãos brasileiros não necessitarão de nenhum visto se estiverem em poder do Certificado ZAV (isto vale também para cidadãos de outros países que normalmente não necessitam de visto para uma permanência de até 90 dias no território Schengen). Caso a faculdade já tenha sido concluída, existe a possibilidade de fazer um estágio de aperfeiçoamento ( Weiterbildungspraktikum ). Neste caso não é a ZAV que emite a autorização de estágio, é o Departamento de Trabalho competente no local onde está sediado o empregador que 3

4 verifica, no âmbito do processo de requerimento de visto, se a permissão de trabalho pode ser concedida. O procedimento para requerimento de visto equivale neste caso ao informado no folheto Visto para trabalhar na Alemanha. Estágios organizados no âmbito de um programa subvencionado pela União Europeia, por exemplo LEONARDO, SOCRATES, TACIS etc. não requerem a autorização da ZAV. O Consulado Geral / a Embaixada emitirá um visto nacional, que normalmente tem validade de no máximo três meses e que somente dará direito a uma entrada na Alemanha. A viagem à Alemanha deverá ocorrer dentro do prazo indicado no visto (sendo permitido um único trânsito por um dos países membros do Acordo Schengen). Imediatamente após a chegada à Alemanha, é obrigatório o comparecimento ao Departamento para Estrangeiros competente, que substituirá o visto por uma autorização de residência após reavaliação dos requisitos necessários. II. Financiamento da permanência Normalmente estagiários recebem uma remuneração que deveria ser de no mínimo 659 Euros por mês. Caso esta valor não seja alcançado o visto somente poderá ser emitido se o estagiário comprovar recursos suficientes para assegurar sua subsistência na Alemanha. Considera-se suficiente a quantia mínima mensal de 659 Euros. Para requerer o visto, a comprovação poderá ser das seguintes formas: Declaração de Compromisso Financeiro, por exemplo dos pais (essa declaração poderá ser assinada no Consulado Geral / na Embaixada consulte o informativo Declaração de Compromisso Declaração de Compromisso Financeiro de um anfitrião na Alemanha (essa declaração somente poderá ser assinada no Departamento para Estrangeiros competente para o local de residência do anfitrião, que deverá informar-se diretamente no Departamento para Estrangeiros sobre os documentos exigidos consulte também o informativo Declaração de Compromisso ) Depósito no valor de Euro em uma conta bloqueada na Alemanha, da qual somente poderá ser retirado mensalmente o valor de 1/12 do valor depositado. Para obter maiores informações, entrar em contato diretamente com o banco na Alemanha. III. Documentos exigidos Só serão aceitos os requerimentos contendo todos os documentos exigidos! Para requerimento de um visto para estágio, exige-se a apresentação dos seguintes documentos: Passaporte com validade mínima de um ano a partir da data de entrada na Alemanha original e duas cópias da página com dados pessoais Formulário Requerimento para concessão de um visto nacional (preenchido em duas vias) Duas fotos atuais (3,5 x 4,5 cm com fundo claro vide folheto com instruções fotos para passaporte ) Contrato de estágio, onde conste o valor da remuneração mensal (duas cópias) Autorização da Central de Agenciamento de Trabalho ( ZAV-Bescheinigung, com duas cópias) Comprovante do financiamento da permanência (veja item II) Comprovante de seguro-saúde (seguro-saúde para viagem para os primeiros três meses após a chegada na Alemanha. Antes da emissão da autorização de permanência pelo Departamento para Estrangeiros (veja item I), o estudante deverá contratar na Alemanha um seguro-saúde para todo o tempo de permanência. Todos os documentos devem ser apresentados com duas cópias simples (dois jogos). Em determinados casos, poderão ser exigidos documentos adicionais. IV. Taxas Valor da taxa: Visto Nacional 60,00 Euros 4

5 A taxa deverá ser paga em reais e em dinheiro quando da entrega do requerimento. Valores em euros, cheques ou cartão de crédito não serão aceitos. ************************************************************************* Isenção de responsabilidade: Todos os dados do presente comunicado baseiam-se em informações obtidas e experiências registradas pelas representações diplomáticas no Brasil. Não nos responsabilizamos pela exatidão dessas informações. Não passível de recurso jurídico. Visto para Curso Universitário (também mestrandos / posgraduandos /doutorandos) na Alemanha I. Informações Gerais Viajando diretamente para a Alemanha, cidadãos brasileiros não necessitam requerer um visto prévio para estudar na Alemanha. Esta regra vale também para mestrandos / pos-graduandos / doutorandos, desde que estejam matriculados em uma universidade alemã. A Autorização de Residência deverá ser requerida na Alemanha dentro de três meses a contar da data da chegada, junto ao Departamento para Estrangeiros competente na cidade onde se pretende residir. Os documentos necessários para requerer a Autorização de Residência, via de regra, são os mesmos que são necessários para requerer um visto (veja item III Documentos Exigidos). Um visto para estudar na Alemanha pode ser requerido se já tiver sido emitido um comprovante de admissão de uma universidade, faculdade ou de um Studienkolleg e estiver garantido o financiamento da permanência na Alemanha. O requerimento para concessão de um visto para um curso universitário será encaminhado pelo Consulado Geral / pela Embaixada, através da Secretaria Federal de Administração (Bundesverwaltungsamt), ao Departamento para Estrangeiros (Ausländerbehörde) competente para o local do curso e/ou residência pretendido. O Departamento para Estrangeiros precisa dar um parecer antes do Consulado Geral / da Embaixada tomar uma decisão definitiva. Sem a autorização do Departamento para Estrangeiros, o Consulado Geral / a Embaixada não pode emitir o visto. Em função do período de análise do requerimento, é preciso calcular um tempo de tramitação de, no mínimo, 4 a 8 semanas (calculados a partir da entrega no Consulado Geral / na Embaixada de todos os documentos exigidos no requerimento). Exceção: no caso de estudantes que recebem uma bolsa de estudos de uma instituição pública alemã (por ex. DAAD, Alexander-von-Humboldt-Stiftung, DFG, InWEnt, fundações políticas, universidades públicas), não é necessária a autorização do Departamento para Estrangeiros. Neste caso, o tempo de tramitação do visto é de aproximadamente uma semana. O Consulado Geral / a Embaixada emitirá um visto nacional, que normalmente tem validade de no máximo três meses e que somente dará direito a uma entrada na Alemanha. A viagem à Alemanha deverá ocorrer dentro do prazo indicado no visto (sendo permitido um único trânsito por um dos países membros do Acordo Schengen). Imediatamente após a chegada à Alemanha, é obrigatório o comparecimento ao Departamento para Estrangeiros competente, que substituirá o visto por uma autorização de residência após reavaliação dos requisitos necessários. 5

6 Caso o estudante pretenda frequentar um curso de língua alemã antes do início do curso universitário, seria necessário requerer um Visto para Curso de Língua Alemã seguido de Curso Universitário (vide informativo Curso Intensivo de Língua ). II. Financiamento da permanência Um Visto para Curso Universitário só pode ser concedido se o estudante comprovar recursos suficientes para assegurar sua subsistência na Alemanha. Considera-se suficiente a quantia mínima mensal de 659 Euros para um período de no mínimo um ano, perfazendo um total de Euros. Para requerer o visto, a comprovação poderá ser das seguintes formas: Declaração de Compromisso Financeiro, por exemplo dos pais (essa declaração poderá ser assinada no Consulado Geral / na Embaixada consulte o informativo Declaração de Compromisso Declaração de Compromisso Financeiro de um anfitrião na Alemanha (essa declaração somente poderá ser assinada no Departamento para Estrangeiros competente para o local de residência do anfitrião, que deverá informar-se diretemente no Departamento para Estrangeiros sobre os documentos exigidos consulte também o informativo Declaração de Compromisso ) Depósito no valor de Euros em uma conta bloqueada na Alemanha, da qual somente poderá ser retirado mensalmente o valor de 1/12 do valor depositado. Para obter maiores informações, entrar em contato diretamente com o banco na Alemanha. Confirmação de concessão de bolsa de estudos de uma instituição pública alemã (por ex. DAAD, Fundação Alexander-von-Humboldt, DFG, InWEnt, fundações políticas, faculdades públicas) Caso o estudante pretenda financiar sua permanência de outra forma, solicitamos que consulte o Consulado Geral / a Embaixada antecipadamente. III. Documentos exigidos Só serão aceitos os requerimentos contendo todos os documentos exigidos! Para requerimento de um visto, exige-se a apresentação dos seguintes documentos: Passaporte com validade mínima de um ano a partir da data de entrada na Alemanha original e duas cópias da página com dados pessoais Formulário Requerimento para concessão de um visto nacional (preenchido em duas vias) Duas fotos atuais (3,5 x 4,5 cm com fundo claro vide folheto com instruções fotos para passaporte ) Endereço de referência na Alemanha completo (por ex. do anfitrião, da pessoa de contato na faculdade ou na moradia estudantil) Comprovante de admissão da universidade, faculdade ou de um Studienkolleg (duas vias) Histórico Escolar com tradução para o alemão (duas vias) Comprovante do financiamento da permanência (veja item II) ou comprovante de concessão de bolsa de estudos Comprovante de seguro-saúde (seguro-saúde para viagem para os primeiros três meses após a chegada na Alemanha. Antes da emissão da autorização de permanência pelo Departamento para Estrangeiros (veja item I), o estudante deverá contratar na Alemanha um seguro-saúde para todo o tempo de permanência). Todos os documentos devem ser apresentados com duas cópias simples (dois jogos). Em determinados casos, poderão ser exigidos documentos adicionais. IV. Taxas A taxa é de Visto nacional 60,00 Euros A taxa deverá ser paga em reais e em dinheiro quando da entrega do requerimento. Valores em euros, cheques ou cartão de crédito não serão aceitos. 6

7 O visto será emitido sem cobrança de taxa para estudantes que recebem uma bolsa de estudos de uma instituição pública alemã. ************************************************************************* Isenção de responsabilidade: Todos os dados do presente comunicado baseiam-se em informações obtidas e experiências registradas pelas representações diplomáticas no Brasil. Não nos responsabilizamos pela exatidão dessas informações. Não passível de recurso jurídico. 7

Orientaçõ es sõbre Vistõs

Orientaçõ es sõbre Vistõs Orientaçõ es sõbre Vistõs UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS ALEMANHA Capital: Berlim Língua oficial: Alemão Moeda: Euro (EUR) Orientação para Vistos: Permanência até 90

Leia mais

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR O QUE É INTERCÂMBIO ACADÊMICO? É a ida de estudantes de um país para o outro por um determinado período do ano letivo. O objetivo é estender os estudos da Graduação para outra

Leia mais

A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for. Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não -

A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for. Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não - Prezados Senhores, Ref. Explicativo Processo Oferta Reservada A IAESTE (International Association for the Exchange of Students for Technical Experience) é uma organização internacional, apolítica e não

Leia mais

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq I. DEFINIÇÃO E OBJETIVO As bolsas do Programa conjunto de doutorado na Alemanha são concedidas em cooperação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E INTERINSTITUCIONAIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS E INTERINSTITUCIONAIS Visto para estudante na Suíça Para os estudantes aceitos em uma instituição de ensino ou curso, por um período de estudos superior a 90 dias. Formulário de visto preenchido e assinado em três vias originais.

Leia mais

Orientaça o sobre Vistos

Orientaça o sobre Vistos Orientaça o sobre Vistos UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS SUÍÇA Capital: Berna Língua oficial: Alemão, Francês, Italiano e Romanche Moeda: Franco suíço (CHF) Orientação

Leia mais

Requerimento para Emissão de Certificado de Nacionalidade Alemã

Requerimento para Emissão de Certificado de Nacionalidade Alemã O Consulado Geral da República Federal da Alemanha em São Paulo informa: Informativo de: Agosto de 2010 Requerimento para Emissão de Certificado de Nacionalidade Alemã I. Informações Gerais Se você tem

Leia mais

Visto de escala em aeroporto

Visto de escala em aeroporto Atualizado em: novembro de 2013 Visto de escala em aeroporto I. Informações gerais Para a grande maioria dos viajantes estrangeiros, vale o chamado "privilégio de trânsito": quando o passageiro não sairá

Leia mais

ANEXOS. Decisão de Execução da Comissão

ANEXOS. Decisão de Execução da Comissão COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 4.9.2014 C(2014) 6141 final ANNEXES 1 to 4 ANEXOS da Decisão de Execução da Comissão que estabelece a lista de documentos comprovativos a apresentar pelos requerentes de visto

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- CFOAB UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC

CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- CFOAB UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL- CFOAB UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC EDITAL Nº3/ 2015 DE ABERTURA DE VAGAS PARA BOLSAS DE ESTUDO EM CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIREITO

Leia mais

Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro

Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro Centro de Pesquisas René Rachou Av. Augusto de Lima, 1715, Barro Preto - Belo Horizonte/Minas Gerais Manual de Apoio ao Aluno Estrangeiro CPqRR - Fiocruz Minas FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ Centro de

Leia mais

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE PRESENCIAL SANTANDER UNIVERSIDADES A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Alagoas

Leia mais

Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche

Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche Programa BRAFITEC Orientações para Bolsistas de Graduação Sanduíche Prezado(a) Bolsista, Gostaríamos de cumprimentá-lo(a) pela aprovação de sua solicitação para Graduação Sanduíche pelo Programa BRAF ITEC.

Leia mais

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq I. DEFINIÇÃO E OBJETIVO As bolsas do Programa conjunto de doutorado na Alemanha são concedidas em cooperação

Leia mais

C A P E S. 1. Apresentação. 2. Objetivo do programa. 3. Quem pode se candidatar

C A P E S. 1. Apresentação. 2. Objetivo do programa. 3. Quem pode se candidatar C A P E S Instruções para Candidatos a Bolsa de Doutorado Sanduíche Vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional da CAPES/CGCI. 1. Apresentação Este documento busca

Leia mais

BOLSA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INFORMAÇÕES GERAIS

BOLSA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INFORMAÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UFMG ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SANEAMENTO, MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS BOLSA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INFORMAÇÕES GERAIS 2 INTRODUÇÃO

Leia mais

Renovação de Vistos. Estudantes Estrangeiros

Renovação de Vistos. Estudantes Estrangeiros Renovação de Vistos Estudantes Estrangeiros Prorrogação do visto temporário IV (estudante) Requisitos exigidos aos interessados, para solicitação de prorrogação do prazo de estada no Brasil: possuir capacidade

Leia mais

Manual de Orientações para bolsistas uruguaios

Manual de Orientações para bolsistas uruguaios Coordenação Geral de Programas- CGPR Manual de Orientações para bolsistas uruguaios Programa CAPES/UDELAR BRASIL-URUGUAI Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as

Leia mais

Obs: As disciplinas cursadas durante o período do programa não terão suas equivalências garantidas.

Obs: As disciplinas cursadas durante o período do programa não terão suas equivalências garantidas. Global Office Programa Internacional - Bolsas Ibero-Americanas Santander Universidades Universidade do Porto, Portugal Edital nº 06/2015 O Complexo Educacional FMU torna pública as normas e procedimentos

Leia mais

Orientaça o sobre Vistos

Orientaça o sobre Vistos Orientaça o sobre Vistos UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS IRLANDA Capital: Dublin Língua oficial: Inglês e Irlandês Moeda Euro ( ) (EUR) Orientação para Vistos: Permanência

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA BOLSISTAS CUBANOS PROGRAMA CAPES/MES - CUBA BRASIL-CUBA PROGRAMA CAPES/MES CUBA PROJETOS Todas as informações aqui descritas devem ser interpretadas em consonância com as normas

Leia mais

REGRAS E CONDIÇÕES DOS BILHETES

REGRAS E CONDIÇÕES DOS BILHETES REGRAS E CONDIÇÕES DOS BILHETES A emissão de bilhetes aéreos, através do resgate de Pontos Multiplus, combinados com o pagamento de parcela em dinheiro, é denominado Pontos + Dinheiro ou Produto, e oferecido

Leia mais

O apoio da CAPES obedece ao interstício entre estágios dessa natureza, que varia com a duração da estada no exterior, conforme tabela abaixo:

O apoio da CAPES obedece ao interstício entre estágios dessa natureza, que varia com a duração da estada no exterior, conforme tabela abaixo: C A P E S Instruções para Candidatos a Estágio Pós-Doutoral no Exterior Vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional da CAPES - CGCI. 1. Apresentação Este documento

Leia mais

Consulado Geral de Angola em Caracas/Venezuela

Consulado Geral de Angola em Caracas/Venezuela REPÚBLICA DE ANGOLA Consulado Geral de Angola em Caracas/Venezuela PEDIDO DE VISTO DE ENTRADA Tratamento Médico Trabalho Ordinário Fixação de Residência Trânsito Privilegiado Permanência Temporária Turismo

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa

Serviço Público Federal Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa NOTA INFORMATIVA n.º 01/2015 COORDENADORIA DE PROJETOS E PROGRAMAS INTERNACIONAIS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA UNIFESP A da UNIFESP, por sua Coordenadoria de Projetos e Programas Internacionais,

Leia mais

Orientaça o sobre Vistos

Orientaça o sobre Vistos Orientaça o sobre Vistos UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS FEDERAÇÃO RUSSA Capital: Moscou Língua oficial: Russo Moeda: Rublo (RUB) Permanência até 90 dias Turismo Cidadãos

Leia mais

DIRETRIZES PARA O PROGRAMA DE INCENTIVO A TALENTOS DA KONRAD-ADENAUER-STIFTUNG

DIRETRIZES PARA O PROGRAMA DE INCENTIVO A TALENTOS DA KONRAD-ADENAUER-STIFTUNG DIRETRIZES PARA O PROGRAMA DE INCENTIVO A TALENTOS DA KONRAD-ADENAUER-STIFTUNG e. V. - INCENTIVO A ESTRANGEIROS - SELEÇÃO NO EXTERIOR Janeiro de 2011 OBJETIVOS A Konrad-Adenauer-Stiftung (KAS) incentiva

Leia mais

Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo

Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo Informações Gerais sobre Vistos Passo a Passo Se você planeja viajar aos Estados Unidos e precisa solicitar o visto pela primeira vez ou quer renovar um visto que ainda esteja válido ou que tenha expirado

Leia mais

Pedido de Visto Schengen

Pedido de Visto Schengen Pedido de Visto Schengen FOTO Este impresso é gratuito 1. Apelido PARTE RESERVADA À ADMINISTRAÇÃO 2. Apelido quando do nascimento (apelido anterior) Data do pedido: 3. Nome(s) próprio(s) Número do pedido

Leia mais

Orientaça o sobre Vistos

Orientaça o sobre Vistos Orientaça o sobre Vistos UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS AUSTRÁLIA Capital: Camberra Língua oficial: Inglês Moeda: Dólar australiano (AUD) Orientação para Vistos: Permanência

Leia mais

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE A Direção Geral da Faculdade Independente do Nordeste, com vistas à chamada para seleção de alunos para o Programa Ciência

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DEL SALVADOR EDITAL DRE n 032/14

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DEL SALVADOR EDITAL DRE n 032/14 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DEL SALVADOR EDITAL DRE n 032/14 A PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas, torna pública a abertura

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O. Ficam aprovadas, conforme anexo, as Políticas de Atendimento a Discentes Estrangeiros da FAE Centro Universitário.

R E S O L U Ç Ã O. Ficam aprovadas, conforme anexo, as Políticas de Atendimento a Discentes Estrangeiros da FAE Centro Universitário. RESOLUÇÃO CONSEPE N. 22/2011 APROVA AS POLÍTICAS DE ATENDIMENTO A DISCENTES ESTRANGEIROS DA FAE CENTRO UNIVERSITÁRIO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão CONSEPE, no uso das atribuições

Leia mais

L A E R T E J. S I L V A

L A E R T E J. S I L V A INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE TRADUÇÃO JURAMENTADA Registro do tradutor e validade da tradução juramentada: O tradutor juramentado é concursado e registrado na junta comercial de seu estado. Meu número de matrícula

Leia mais

Programa de Treinamento Nikkei. Ano Fiscal de 2011. Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA)

Programa de Treinamento Nikkei. Ano Fiscal de 2011. Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Programa de Treinamento Nikkei Ano Fiscal de 2011 Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Índice Geral 1. Informações do Programa de Treinamento 2.Informações dos cursos oferecidos 3. Como

Leia mais

Assim se faz... Sua Expatriação para Alemanha. 1ª Edição

Assim se faz... Sua Expatriação para Alemanha. 1ª Edição Assim se faz... Sua Expatriação para Alemanha 1ª Edição ÍnDICE 1. Fundamento jurídico 1 1.1. Imposto de Renda 1 1.1.1. As diferentes formas do Imposto de Renda 1 1.1.2. Incidência do Imposto de Renda e

Leia mais

EDITAL 1/2015 DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO - SANTANDER UNIVERSIDADES

EDITAL 1/2015 DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO - SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL 1/2015 DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO - SANTANDER UNIVERSIDADES Considerando a meta de aumentar o número de estudantes em mobilidade internacional

Leia mais

Perguntas frequentes sobre Intercâmbio - Alunos de Graduação da FSP-USP. Tópicos Abordados

Perguntas frequentes sobre Intercâmbio - Alunos de Graduação da FSP-USP. Tópicos Abordados 1 Este FAQ visa esclarecer algumas dúvidas comuns entre os alunos de graduação da FSP-USP. Deve-se levar em conta que todo o processo de intercâmbio será adequado ao caso concreto, sendo que certos passos

Leia mais

Olá Estudante! A Unilins. É com muita satisfação que a UNILINS, Centro Universitário de Lins, da Fundação Paulista de Tecnologia e Educação, o recebe.

Olá Estudante! A Unilins. É com muita satisfação que a UNILINS, Centro Universitário de Lins, da Fundação Paulista de Tecnologia e Educação, o recebe. Olá Estudante! É com muita satisfação que a UNILINS, Centro Universitário de Lins, da Fundação Paulista de Tecnologia e Educação, o recebe. Este Manual tem o objetivo de acolher alunos estrangeiros para

Leia mais

Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016

Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016 Perguntas mais frequentes (FAQ) Alunos Internacionais 2015-2016 Nomeações Estudantes que desejarem fazer intercâmbio, durante a graduação ou a pósgraduação, na Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio

Leia mais

Informações Acadêmicas - Intercâmbio

Informações Acadêmicas - Intercâmbio Destino (Cidade/País): Porto, Portugal Nome: Maria Silvia Cabral Trabulsi Informações Acadêmicas FEA X Administração X Graduação Diurno Economia Pós X Noturno Contabilidade Atuaria Informações Acadêmicas

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA Tendo em vista a oportunidade propiciada pelo Programa Ciência sem Fronteiras, a Assessoria

Leia mais

Departamento de Estágios FACCAMP. Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio

Departamento de Estágios FACCAMP. Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio Departamento de Estágios FACCAMP Procedimentos Básicos para assinatura de Convênio e Contrato de Estágio OBRIGAÇÕES DO ESTAGIÁRIO. Solicitar na Secretaria Geral da FACCAMP declaração de autorização para

Leia mais

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1.

Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos. Artigo 1. Protocolo Bilateral entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da República de Angola sobre Facilitação de Vistos Artigo 1.º (Objecto) O presente Protocolo tem por objecto a criação de um mecanismo

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Potiguar UnP, especificamente a concessão

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2015

EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2015 EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2015 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina objetivando a CHAMADA 01/2015 do Programa de Bolsas Ibero-Americanas para Estudantes

Leia mais

PEDIDO DE VISTO. Nome: Data de nascimento / / Local de nascimento. País de nascimento Nacionalidade origem. Nacionalidade actual Passaporte nº

PEDIDO DE VISTO. Nome: Data de nascimento / / Local de nascimento. País de nascimento Nacionalidade origem. Nacionalidade actual Passaporte nº REPUBLICA DE ANGOLA SECÇÃO CONSULAR DE ANGOLA EM BUENOS AIRES PEDIDO DE VISTO TRÂNSITO TURISMO CURTA DURAÇÃO ORDINÁRIO Nome: Estado Civil Sexo Data de nascimento / / Local de nascimento País de nascimento

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSITEIT HASSELT EDITAL DRE n 058/15

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSITEIT HASSELT EDITAL DRE n 058/15 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSITEIT HASSELT EDITAL DRE n 058/15 A PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas, torna pública a abertura

Leia mais

EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq

EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq EDITAL n 02/2011 GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - SWG PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE SÃO LUCAS/CNPq Edital para seleção dos alunos de graduação para participação no Programa Ciência sem Fronteiras

Leia mais

2.1 O PROME Internacional é destinado a estudantes de graduação da UDESC que preencham aos seguintes requisitos:

2.1 O PROME Internacional é destinado a estudantes de graduação da UDESC que preencham aos seguintes requisitos: EDITAL PROME INTERNACIONAL Nº 02/2014 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC, com base na Resolução nº 52/2014 - CONSUNI e objetivando a CHAMADA 02/2014 do Programa de Mobilidade Estudantil

Leia mais

Processo de constatação da nacionalidade alemã (Requerimento de certificado de nacionalidade alemã)

Processo de constatação da nacionalidade alemã (Requerimento de certificado de nacionalidade alemã) Atualizado em: setembro de 2013 Processo de constatação da nacionalidade alemã (Requerimento de certificado de nacionalidade alemã) 1. Informações gerais Com este informativo, pretendemos orientá-lo sobre

Leia mais

EDITAL Nº 004/2012-PRPI

EDITAL Nº 004/2012-PRPI EDITAL Nº 004/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

Seleção de estudantes a serem recomendados para Bolsa de Estudos Institutos Confúcio

Seleção de estudantes a serem recomendados para Bolsa de Estudos Institutos Confúcio UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO CONFÚCIO Direção Av. Bento Gonçalves, 9500 Prédio 43606 CEP: 91540-000 Porto Alegre RS Brasil Porto Alegre, 10 de abril de 2014. Edital 01/2014/IC Seleção

Leia mais

Ministério Federal do Trabalho e dos Assuntos Sociais

Ministério Federal do Trabalho e dos Assuntos Sociais Ministério Federal do Trabalho e dos Assuntos Sociais Directiva para o programa especial da Federação Alemã para o Fomento da mobilidade profissional de jovens interessados em formação e jovens profissionais

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 O Diretor Geral da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), Professor Doutor Paulo Roberto Michelone, no uso de suas atribuições, torna público este Edital de seleção de estudantes

Leia mais

Intercâmbio de jovens para a formação da geração futura da Comunidade Nikkei 2015 (Programa para estudantes do Ensino Médio)

Intercâmbio de jovens para a formação da geração futura da Comunidade Nikkei 2015 (Programa para estudantes do Ensino Médio) Intercâmbio de jovens para a formação da geração futura da Comunidade Nikkei 2015 (Programa para estudantes do Ensino Médio) Requisitos para pleitear a Bolsa Agosto de 2015 Escritório Regional da JICA

Leia mais

Transferência de Cursos e Revalidação de Diplomas

Transferência de Cursos e Revalidação de Diplomas Transferência de Cursos e Revalidação de Diplomas BASE LEGAL A legislação básica sobre o sistema educacional brasileiro consiste na Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996, também chamada de Lei Darcy

Leia mais

FACULDADE PROFESSOR MIGUEL ÂNGELO DA SILVA SANTOS - FEMASS EDITAL Nº 03/2015

FACULDADE PROFESSOR MIGUEL ÂNGELO DA SILVA SANTOS - FEMASS EDITAL Nº 03/2015 PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO, ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL Nº 03/2015 A Direção da Faculdade Professor Miguel Ângelo da Silva Santos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 18/2013 - PROGRAD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 18/2013 - PROGRAD EDITAL Nº 18/2013 - PROGRAD 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A Universidade Federal do Acre, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, torna pública a abertura das inscrições para a seleção de candidatos a Bolsa de Estudos

Leia mais

Programa Nota CAPES COTA

Programa Nota CAPES COTA PROGRAMA DE BOLSAS FAPESB - COTAS INSTITUCIONAIS MESTRADO PROFISSIONAL, MESTRADO E DOUTORADO 1. INTRODUÇÃO A FAPESB tem como um de seus principais objetivos apoiar a formação científica através da concessão

Leia mais

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO

VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO VISTO DE TRATAMENTO MÉDICO Documentos necessários: ESTRANG e O Ã E AÇ Carta do interessado, dirigida à Missão Consular de Angola, a solicitar o Visto de Tratamento Médico, com assinatura R G I reconhecida

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING EDITAL DRE n 004/15

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING EDITAL DRE n 004/15 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO INSTITUTO PORTUGUÊS DE ADMINISTRAÇÃO E MARKETING EDITAL DRE n 004/15 A PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas,

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DE MONTERREY EDITAL DRE n 020/15

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DE MONTERREY EDITAL DRE n 020/15 PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO UNIVERSIDAD DE MONTERREY EDITAL DRE n 020/15 A PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas, torna pública a abertura

Leia mais

EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015

EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 EDITAL CONCESSÃO/RENOVAÇÃO DE BOLSAS DE ESTUDO GRADUAÇÃO 2º SEMESTRE DE 2015 1. DISPONIBILIZAÇÃO DOS FORMULÁRIOS A FUNESO, por meio da Comissão de Responsabilidade Social e Filantropia, faz saber aos alunos,

Leia mais

PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA E FACULDADE SUMARÉ CONDIÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO E MANUTENÇÃO DA BOLSA INTEGRAL DE ESTUDO

PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA E FACULDADE SUMARÉ CONDIÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO E MANUTENÇÃO DA BOLSA INTEGRAL DE ESTUDO PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA E FACULDADE SUMARÉ CONDIÇÕES GERAIS PARA OBTENÇÃO E MANUTENÇÃO DA BOLSA INTEGRAL DE ESTUDO Capítulo I candidatos à Bolsa-Universidade Poderá candidatar-se a Educador Universitário

Leia mais

RASCUNHO DO FORMULÁRIO MODELO SUBCLASSE 600 PARA PEDIDO DE VISTO ELETRÔNICO DE ENTRADA NA AUSTRÁLIA

RASCUNHO DO FORMULÁRIO MODELO SUBCLASSE 600 PARA PEDIDO DE VISTO ELETRÔNICO DE ENTRADA NA AUSTRÁLIA Última alteração: JULHO/2014 - Informações incompletas ou incorretas poderão acarretar recusa do visto de entrada na Austrália. - Ao preencher este rascunho, você nos autoriza a enviar e receber suas informações

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche na França (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Campus France nº 104/2011) A Pró-Reitora de Graduação da PUCRS

Leia mais

Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO

Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL Nº 003/2014 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermediário da Diretoria de

Leia mais

2.1 O PROME Internacional é destinado a estudantes de graduação da UDESC que preencham aos seguintes requisitos:

2.1 O PROME Internacional é destinado a estudantes de graduação da UDESC que preencham aos seguintes requisitos: EDITAL PROME INTERNACIONAL Nº 02/2015 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC, com base na Resolução nº 52/2014 - CONSUNI e alterações, e objetivando a CHAMADA 02/2015 do Programa de

Leia mais

Check-list da documentação necessária para intercâmbio. Nome da instituição: FH Schmalkalden. Documentos solicitados Ok Observações

Check-list da documentação necessária para intercâmbio. Nome da instituição: FH Schmalkalden. Documentos solicitados Ok Observações Nome da instituição: FH Schmalkalden Formulário de Aplicação (Este documento poderá ser encontrado no seguinte link: http://www.fh-schmalkalden.de/schmalkaldenmedia/cross_registration_exchange_student_application-p-

Leia mais

EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE

EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE EDITAL 004/2015 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Eugênio Rondini Trivinho Vice-Coordenador: Prof. Dr. José Luiz Aidar Prado Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U, as

Leia mais

Prezado(a) candidato(a),

Prezado(a) candidato(a), Prezado(a) candidato(a), Por favor, fique atento às informações a seguir, as quais garantirão o bom andamento do seu processo de comprovação de informações para o PROUNI na ULBRA. Dedique alguns minutos

Leia mais

Universidade de Coimbra 1. Universidade de Lisboa 1. Universidade de Aveiro 1. Universidade de Algarve 1. Universidade Técnica de Lisboa 1

Universidade de Coimbra 1. Universidade de Lisboa 1. Universidade de Aveiro 1. Universidade de Algarve 1. Universidade Técnica de Lisboa 1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Assessoria de Assuntos Internacionais Coordenação de Cooperação e Intercâmbio Campus Universitário Darcy Ribeiro Asa Norte Brasília/DF CEP 70910-900 Telefone: (61) 33072654 FAX:

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche na Itália (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Universidade de Bolonha nº 105/2011) A Pró-Reitora de Graduação

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 18/2014 - PROGRAD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 18/2014 - PROGRAD EDITAL Nº 18/2014 - PROGRAD 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A Universidade Federal do Acre, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, torna pública a abertura das inscrições para a seleção de candidatos a Bolsa de Estudos

Leia mais

Considerando a política de intensificação das relações de Portugal com a República de El Salvador;

Considerando a política de intensificação das relações de Portugal com a República de El Salvador; Decreto n.º 1/2003 Acordo entre a República Portuguesa e a República de El Salvador sobre Supressão de Vistos em Passaportes Diplomáticos, Oficiais e Especiais, assinado em Madrid em 17 de Maio de 2002

Leia mais

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015

SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA EDITAL 01/2015 O Reitor do Centro Universitário UNA, Prof. Átila Simões da Cunha, no uso de suas atribuições,

Leia mais

VISTO DE TURISMO. Autorização de Viagem por parte dos tutores, com assinaturas reconhecidas; G O

VISTO DE TURISMO. Autorização de Viagem por parte dos tutores, com assinaturas reconhecidas; G O VISTO DE TURISMO Documentos necessários: ESTRNG e O Ã E Ç Formulário e ficha devidamente preenchidos, com letra de imprensa ou dactilografados com tinta preta e assina- R G I dos pelo requerente, sem rasuras

Leia mais

EDITAL 003/2014 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE

EDITAL 003/2014 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE EDITAL 003/2014 COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR - CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR - PDSE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermédio da Diretoria Acadêmica

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 04 DE JUNHO DE 2011.

DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 04 DE JUNHO DE 2011. DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO DE 04 DE JUNHO DE 2011. DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO Portaria Detran-754, de 3-6-2011 Estabelece as rotinas dos serviços prestados pelo Departamento Estadual

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA PARA O EMBARQUE - ORIENTAÇÕES

DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA PARA O EMBARQUE - ORIENTAÇÕES DOCUMENTAÇÃO OBRIGATÓRIA PARA O EMBARQUE - ORIENTAÇÕES Os documentos aqui mencionados deverão ser apresentados em suas vias originais, não sendo aceitas quaisquer reproduções, mesmo que autenticadas! I)

Leia mais

Programa UNIBRAL Edital CGCI n. 014 /2007

Programa UNIBRAL Edital CGCI n. 014 /2007 Programa UNIBRAL Edital CGCI n. 014 /2007 1 Do programa e objetivo 1.1 O Programa UNIBRAL, apoiado no acordo de cooperação assinado entre Brasil e Alemanha em 31 de outubro de 2000, tem como objetivo estimular

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 08 SETEMBRO/2011 Escritório de Assuntos Internacionais Universidade Federal da Grande Dourados

BOLETIM INFORMATIVO Nº 08 SETEMBRO/2011 Escritório de Assuntos Internacionais Universidade Federal da Grande Dourados Prezados leitores, A nona edição/2011 do Boletim Informativo do ESAI/UFGD destaca o programa do Governo Federal e CNPQ para alunos de graduação, Ciência sem Fronteira, assim como as oportunidades de bolsas

Leia mais

Orientações para Apresentação de Candidaturas ao Programa de Doutorado no País com Estágio no Exterior - PDEE

Orientações para Apresentação de Candidaturas ao Programa de Doutorado no País com Estágio no Exterior - PDEE C A P E S Orientações para Apresentação de Candidaturas ao Programa de Doutorado no País com Estágio no Exterior - PDEE 1. Apresentação Este documento visa orientar, nas Instituições de Ensino Superior

Leia mais

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS Formulário cadastral contendo assinatura do estudante e foto 3x4 recente colada na parte indicada Cópia legível do documento de identificação oficial do estudante frente e verso

Leia mais

EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo)

EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo) EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo) Para a seleção de bolsistas de mobilidade estudantil internacional

Leia mais

CANDIDATOS RESIDENTES NO EXTERIOR MESTRADO E DOUTORADO EDITAL PPGAS 4/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL

CANDIDATOS RESIDENTES NO EXTERIOR MESTRADO E DOUTORADO EDITAL PPGAS 4/2014 I. PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA SOCIAL PROCESSO SELETIVO 2014 INGRESSO 1º SEMESTRE 2015 CANDIDATOS RESIDENTES NO EXTERIOR

Leia mais

Bolsa de Estudo para

Bolsa de Estudo para Bolsa de Estudo para Formação de Líderes da Comunidade Nikkei (Ano Fiscal de 2016) Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) Escritório Regional da JICA em São Paulo Av.Brigadeiro Luis Antonio,

Leia mais

INSTRUÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO COMO ALUNO ESPECIAL PÓS-GRADUAÇÃO

INSTRUÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO COMO ALUNO ESPECIAL PÓS-GRADUAÇÃO Universidade de Brasília - UnB Diretoria de Administração Acadêmica - DAA 1. Definição INSTRUÇÕES GERAIS DE ADMISSÃO COMO ALUNO ESPECIAL PÓS-GRADUAÇÃO Forma pela qual a UnB admite o ingresso de aluno interessado

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPG PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL PROPG abril/2015

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPG PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL PROPG abril/2015 PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPG PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL PROPG abril/2015 O Centro Universitário Cesmac (Cesmac) torna pública a seleção para o Programa

Leia mais

EDITAL Nº 01/2013 1. DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº 01/2013 1. DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL Nº 01/2013 CONVOCAÇÃO DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PARA SELEÇÃO DE ESTUDANTES INTERESSADOS EM PARTICIPAR DO PROJETO DE COOPERAÇÃO ENTRE O BRASIL E PORTUGAL NA ÁREA DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2014

EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2014 EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2014 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina objetivando a CHAMADA 01/2014 do Programa de Bolsas Ibero-Americanas para Estudantes

Leia mais

RG.PROAC.001.10.00 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO PIA. Nome Cargo Assinatura PRÓ REITORA ACADÊMICA

RG.PROAC.001.10.00 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO PIA. Nome Cargo Assinatura PRÓ REITORA ACADÊMICA DO PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO PIA Etapas Autorização Responsável Nome Cargo Assinatura Proposição MARIANA FREITAS Análise Crítica FLORENCE HEBER MIDIAN GARCIA SILVIO BELLO COORDENADORA DE EDUCAÇÃO

Leia mais

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA

CONSULADO DE PORTUGAL CURITIBA VISTO PARA TRABALHAR EM PORTUGAL Actividade profissional subordinado ( Artº 30) OU Actividade profissional independente ( Artº 31) Os pedidos de visto devem ser apresentados pelo requerente com uma antecedência

Leia mais