Pesquisa Quantitativa de Opinião Pública

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pesquisa Quantitativa de Opinião Pública"

Transcrição

1

2 INAF INDICADOR DE ALFABETISMO FUNCIONAL Pesquisa Quantitativa de Opinião Pública INAF INDICADOR MUNICÍPIO DE ALFABETISMO DE FUNCIONAL CAMPINAS 2013 Letramento e Numeramento CAMPINAS Março/ 2007

3 O que é o Inaf? Indicador de Alfabetismo Funcional Indicador que estima os níveis de alfabetismo funcional da população brasileira adulta (15 a 64 anos) Analfabeto funcional é aquele que, mesmo sabendo ler e escrever frases simples, não possui as habilidades necessárias para satisfazer as demandas do seu dia a dia e se desenvolver pessoal e profissionalmente. Desenvolvido em parceria com a ONG Ação Educativa. Fornece informações qualificadas sobre as habilidades e práticas de leitura, escrita e matemática, aplicadas a atividades cotidianas para: fomentar o debate público, estimular iniciativas da sociedade civil, subsidiar a formulação de políticas públicas nas áreas de educação e cultura, colaborar para o monitoramento do desempenho dessas políticas. Revela condições de alfabetismo de uma população que integra a força de trabalho, que atua como consumidores, eleitores, chefes de família, avaliando habilidades necessárias para a vida numa sociedade letrada.

4 Sobre o indicador Realizado anualmente entre 2001 e 2005 e a cada dois anos desde Em entrevistas domiciliares, são aplicados questionários e testes práticos, especialmente desenvolvidos para este fim. A definição de amostras, a coleta de dados e seu processamento são feitos por especialistas do IBOPE que, com o mesmo rigor com que realizam seus demais trabalhos, oferecem esses serviços gratuitamente em apoio à ação social realizada pelo Instituto Paulo Montenegro. O INAF conta ainda com o expertise da Ação Educativa para o desenvolvimento dos instrumentos de medição das habilidades estudadas e para a análise e interpretação dos resultados.

5 Metodologia Inaf contempla duas dimensões do Alfabetismo: Letramento: habilidade de ler e escrever diferentes gêneros e suportes, com coerência e compreensão crítica. Numeramento: habilidade de construir raciocínios e aplicar conceitos numéricos simples, de usar a matemática para atender às demandas do cotidiano Se definem 4 níveis de Alfabetismo: Analfabetismo Alfabetismo Rudimentar Alfabetismo Básico Alfabetismo Pleno Analfabetos Funcionais Funcionalmente Alfabetizados Se utiliza a TRI (ITR Item Response Theory) para classificar os indivíduos de acordo a seu desempenho (proficiência) na escala Inaf.

6 Níveis de Alfabetismo Analfabetismo: não realizam tarefas simples como a leitura de palavras e frases. Uma parte consegue ler números familiares (números de telefone, preços, etc.). Alfabetismo Nível Rudimentar: localizam uma informação explícita em textos curtos e familiares (como, por exemplo, um anúncio ou pequena carta), leem e escrevem números usuais em situações cotidianas (ex: manuseio de pequenas quantias de dinheiro, medida de comprimento usando a fita métrica) Alfabetismo Nível Básico: leem e compreendem textos de média extensão, localizam informações mesmo com pequenas inferências, leem números na casa dos milhões, resolvem problemas envolvendo uma sequência simples de operações e têm noção de proporcionalidade. Mostram limitações quando as operações envolvem maior número de elementos, etapas ou relações. Alfabetismo Nível Pleno: habilidades não impõem restrições para compreender e interpretar textos usuais: leem, analisam e relacionam suas partes, comparam e avaliam informações, distinguem fato de opinião, realizam inferências e sínteses. Quanto à matemática, resolvem problemas que exigem maior planejamento e controle, envolvendo percentuais, proporções e cálculo de área, além de interpretar tabelas de dupla entrada, mapas e gráficos.

7 Outras variáveis de análise DIMENSÕES ESTUDADAS A FAMÍLIA Escolaridade de pai e mãe; Presença de materiais e hábitos de leitura (atuais e na infância). OS ESTUDOS Trajetória escolar (evasão, repetência, etc.); Tipo de escola (pública x privada). O TRABALHO Setor econômico, funções, vínculo laboral; Uso de materiais e equipamentos. A VIDA EM SOCIEDADE Participação em associações, grupos religiosos, outros; Fontes de informação, consumo cultural; Interação com redes sociais e outros usos de TIC (Tecnologias da Informação e Comunicação).

8 Cenário educacional no Brasil Pouco mais de 7% dos brasileiros ainda são analfabetos: 14,6 milhões de brasileiros não sabem ler ou escrever; A população em idade escolar é de 45 milhões entre os 4 e os 17 anos, quase 1 a cada 4 brasileiros; Apenas 53% dos meninos e meninas que concluem o terceiro ano (8/9 anos) aprenderam a ler o que é esperado para sua idade. Em Matemática, esta proporção não chega a 43%; Somente 62% dos jovens de 16 anos completaram os 9 anos do Ensino Fundamental; 51% dos jovens de 19 anos concluíram o Ensino Médio; Apenas 27% dos adolescentes que concluem 9 anos de estudo alcançam o aprendizado esperado em Português e 17% o fazem em Matemática. Ao final do Ensino Médio estas proporções são de 29% e 10% respectivamente; 35% dos alunos do Ensino Médio frequentam cursos noturnos. Fonte: IBGE: PNAD e Censo/ MEC: INEP/ Todos pela Educação

9 Evolução nas últimas décadas PRINCIPAIS INDICADORES EDUCACIONAIS ( ) % POPULAÇÃO ENTRE 4 E 17 ANOS QUE FREQUENTA A ESCOLA % POPULAÇÃO ENTRE 7 E 14 ANOS QUE FREQUENTA A ESCOLA 77,9 79,2 81,3 83,2 84,6 86,5 87,3 87,9 88,5 88,9 89,9 90,4 91,4 91,9 91, ,9 87,1 89,0 91,5 93,0 93,9 94,5 94,7 94,8 95,4 97,5 97,4 97,8 97,9 96,9 98,2 MÉDIA DE ANOS DE ESCOLARIDADE 25+ anos 5,2 5,4 5,5 5,6 5,7 6,0 6,1 6,3 6,4 6,6 6,7 6,9 7,1 7,2 7,2 7, Fonte: IBGE/ PNAD

10 Principais Resultados a 2011 O nível de Alfabetismo da população brasileira melhorou no período, com a redução dos níveis Analfabeto e Rudimentar e com o crescimento do nível Básico. Não foram observados avanços no nível Pleno. INAF / BRASIL Níveis de Alfabetismo (idade: anos) Analfabetismo 12% 13% 12% 11% 9% 7% 6% Nível Rudimentar 27% 26% 26% 26% 25% 20% 21% Nivel Básico 34% 36% 37% 38% 38% 46% 47% Nivel Pleno 26% 25% 25% 26% 28% 27% 26% Analfabetos funcionais 39% 39% 38% 37% 34% 27% 27% Funcionalmente alfabetizados 61% 61% 62% 63% 66% 73% 73% Fonte: INAF Brasil

11 Educação Formal: quantidade x qualidade Aumenta a proporção de pessoas com níveis mais altos de escolaridade. Reduz-se a proporção de Plenamente Alfabetizados nos níveis mais altos de escolaridade. Inaf Brasil NIVEIS DE ALFABETISMO POR ESCOLARIDADE até 4 anos de estudo entre 5 e 8 anos de estudo entre 9 e 11 anos de estudo Educação Superior Ano Analfabetismo 30% 21% 1% 1% Nível Rudimentar 43% 44% 26% 25% 10% 8% 2% 4% Nível Básico 21% 32% 51% 59% 42% 57% 22% 34% Nível Pleno 5% 3% 22% 15% 48% 35% 76% 62% Analfabetos funcionais 73% 65% 27% 26% 10% 8% 2% 4% Funcionalmente alfabetizados 27% 35% 73% 74% 90% 92% 98% 96% Fonte: INAF Brasil

12 INAF CAMPINAS 2013 Ficha Técnica

13 Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de teste cognitivo e questionário estruturado em entrevistas face-a-face. OBJETIVO GERAL levantar junto à população da área em estudo seus hábitos de leitura, escrita e cálculo. LOCAL DA PESQUISA município de Campinas. UNIVERSO população de 15 a 64 anos da área em estudo. PERÍODO DE CAMPO 03 a 16 de junho e 02 a 10 de setembro de Nº DE ENTREVISTAS 406 entrevistas domiciliares. AMOSTRA o intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima é de 5 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra.

14 Perfil da Amostra Faixa etária Sexo a a a a 64 Masculino Feminino Escolaridade Até 4ª série do Fund Renda Familiar 5ª a 8ª série do Fund Ensino Médio Superior Não opinou Até 2 SM Mais de 2 a 5 SM Mais de 5 SM Base: Amostra (406)

15 INAF CAMPINAS 2013 Principais Resultados

16 NÍVEIS DE ALFABETISMO Campinas 2013 INAF CAMPINAS 2013 BASE 406 Analfabeto 3% Rudimentar 27% Básico 43% Pleno 28% INAF CAMPINAS 2013 BASE 406 Analfabetos Funcionais (analfabeto + rudimentar) 30% Alfabetizados Funcionalmente (básico + pleno) 70%

17 Variáveis sociodemográficas, escolaridade dos pais, religião

18 NÍVEIS DE ALFABETISMO x FAIXA ETÁRIA Inaf Campinas 2013 Campinas a 24 anos 25 a 34 anos 35 a 49 anos 50 a 64 anos BASE Analfabeto 3% 0% 0% 2% 8% Rudimentar 27% 21% 12% 31% 40% Básico 43% 46% 48% 39% 39% Pleno 28% 33% 40% 27% 14% Campinas a 24 anos 25 a 34 anos 35 a 49 anos 50 a 64 anos BASE Analfabeto Funcional 30% 21% 12% 34% 48% Alfabetizado Funcionalmente 70% 79% 88% 66% 52% O analfabetismo funcional é composto majoritariamente pelo nível rudimentar

19 NÍVEIS DE ALFABETISMO x ESCOLARIDADE Inaf Campinas 2013 Campinas 2013 Até 4ª série do Fund. 5ª a 8ª série do Fund. Ensino Médio Ensino Superior BASE Analfabeto 3% 18% 0% 0% 0% Rudimentar 27% 56% 44% 21% 6% Básico 43% 24% 49% 45% 45% Pleno 28% 2% 8% 34% 49% Campinas 2013 Até 4ª série do Fund. 5ª a 8ª série do Fund. Ensino Médio Ensino Superior BASE Analfabeto Funcional 30% 74% 44% 21% 6% Alfabetizado Funcionalmente 70% 26% 56% 79% 94% Quase metade dos campineiros com ensino superior não são alfabetizados plenamente e apresenta limitações para realizar operações de maior complexidade P.01) Qual foi a última série que o(a) Sr(a) completou com aprovação? (RU)

20 Quem é o analfabeto funcional de Campinas

21 Perfil dos Analfabetos Funcionais Faixa etária Sexo a a a a Masculino 58 Feminino A maioria dos analfabetos funcionais tem 35 anos de idade ou mais (76%), grande parte concluiu apenas o Ensino Fundamental (67%) e cerca de metade (53%) possui renda familiar de até 2 salários mínimos Escolaridade Renda Familiar Até 4ª série do Fund 5ª a 8ª série do Fund Ensino Médio Superior 44 Até 1 SM Mais de 1 a 2 SM Mais de 2 a 5 SM Mais de 5 SM Base: Analfabetos funcionais (120)

22 GRAU DE ESCOLARIDADE DOS PAIS (OU RESPONSÁVEIS) Analfabetos funcionais Campinas 2013 ESCOLARIDADE DO PAI OU RESPONSÁVEL MASCULINO ESCOLARIDADE DA MÃE OU RESPONSÁVEL FEMININO TOTAL Analfabeto Funcional TOTAL Analfabeto Funcional BASE Nenhuma 16% 28% 16% 35% Menos de 4ª série 25% 24% 30% 28% Fundamental 20% 15% 24% 16% Médio 14% 3% 16% 6% Superior incompleto 6% 1% 6% 1% Não teve pai/ responsável masculino 1% 1% - - Não sabe/ não opinou 19% 29% 7% 15% As proporções maiores de Analfabetos funcionais com pais de escolaridade mais baixa e de desconhecimento da escolaridade dos pais é bem mais alta do que a média. Além disso, a falta de conhecimento em relação ao grau de escolaridade do pai é maior em 12 pontos percentuais quando comparada à escolaridade da mãe. P. 39) Gostaria de saber qual é a escolaridade do seu PAI / do responsável do sexo masculino que o(a) criou? (RU) P.40) E qual é a escolaridade da sua MÃE / da responsável do sexo feminino que o(a) criou? (RU)

23 ESCOLARIDADE FORMAL - PERSPECTIVAS Analfabetos funcionais Campinas 2013 TOTAL Analfabeto Funcional BASE: Apenas quem já frequentou a escola Ainda está estudando 17% 10% BASE: Apenas quem não está estudando Pretende estudar 41% 31% Nos próximos 12 meses 27% 21% A falta de conhecimento em relação ao grau de escolaridade do pai é maior em 12 pontos percentuais quando comparada à escolaridade da mãe P.02) O(A) sr(a) ainda está estudando? (RU) P.04) O(A) Sr.(a) pretende voltar a estudar? (RU) P.05) Quando o(a) sr(a) pretende voltar a estudar? (RU)

24 OPORTUNIDADES DE EDUCAÇÃO NÃO FORMAL CURSOS REALIZADOS Analfabetos funcionais Campinas 2013 CURSOS QUE JÁ REALIZOU CURSOS QUE PRETENDE REALLIZAR TOTAL Analfabeto Funcional TOTAL Analfabeto Funcional BASE Informática 37% 18% 11% 12% Capacitação profissional / Curso Profissionalizante Treinamentos oferecidos por empresas 33% 16% 10% 7% 22% 8% 6% 2% Idiomas 20% 4% 16% 4% Outros cursos 35% 11% 15% 5% Nenhum 36% 67% 79% 88% A maioria dos cursos são pagos pelo próprio participante ou por alguém da família; As empresas custearam 92% dos treinamentos, 18% dos cursos de capacitação profissional e uma pequena proporção dos cursos de informática e idiomas. P.07) O(a) sr.(a) faz OU já fez algum destes outros cursos? (RU POR LINHA) P. 10) E o(s) sr.(a) pretende fazer algum desses cursos nos próximos 2 anos? (RU POR LINHA

25 SITUAÇÃO ATUAL DE TRABALHO Analfabetos funcionais Analfabeto Funcional BASE 120 Está trabalhando 61% Está desempregado 6% Está aposentado 11% É dona de casa 13% Nunca trabalhou e não está procurando emprego Está procurando emprego pela primeira vez Outra situação (vive de renda, recebe pensão, inválido etc.) 4% 3% 2% P.44) Qual destas é a sua situação atual de trabalho? (RU)

26 SITUAÇÕES DE TRABALHO Analfabetos Funcionais Ramo de atividade Categoria de contratação Prestação de Serviços Comércio Indústria Transformação Transporte/ Comunicação Construção/ Outras Administração Pública Atividade Doméstica Agricultura % 20% 40% 60% 80% 100% Base: Analfabetos funcionais que estão trabalhando, já trabalharam, estão desempregados ou aposentados (107) Por conta própria/ Profissional Liberal Empresa privada com carteira assinada Empresa privada sem carteira assinada Empresa pública com ou sem contrato Base: Analfabetos funcionais que estão trabalhando (73) P.46) Agora eu gostaria de saber a atividade da empresa em que o(a) sr(a) trabalha/ da última empresa em que trabalhou? (RU) P.47a) O(a) sr(a) se enquadra em quais destas categorias que eu citar: (RU)

27 O INDIVÍDUO NÃO SE CONSIDERA CAPAZ OU TEM DIFICULDADE PARA Analfabetos funcionais Analfabetos Funcionais BASE 120 Calcular porcentagens aproximadas sem auxílio de lápis ou calculadora 61% Entender gráficos e tabelas inseridos em matérias de jornais, revistas etc. 62% Fazer contas de cabeça 43% Preencher cheques 35% Ler manuais para instalar aparelhos domésticos 41% Conferir notas e recibos e extratos bancários 36% Fazer contas com auxílio de papel e lápis 34% Escrever mensagem em celular (SMS) 32% Conferir o consumo de água ou luz ou telefone 26% Preencher fichas de cadastro / formulários 31% Usar agenda para anotar compromissos 25% Copiar receitas 27% Comparar preços entre produtos antes de comprar 21% Ler preços, placas e cartazes em lojas, supermercados, terminais de ônibus, etc. 22% Conferir troco 14% P.15) Agora, para cada atividade que eu citar, gostaria de saber se o(a) sr(a) a faz SEM dificuldade, a faz COM dificuldade, não a faz pois não consegue fazer, OU se não a faz pois não tem oportunidade ou necessidade de fazê-la: (RU POR LINHA)

28 HÁBITOS DE LEITURA Analfabetos funcionais Costuma ler livros 50% 50% Sim Não Tipos de livros Bíblia, livros sagrados ou religiosos 60 Romance, aventura, policial, ficção 52 Livros didádicos Biografia, relatos históricos Poesia Base: Analfabetos funcionais (120) Auto-ajuda, orientação pessoal Livros técnicos, de teoria, ensaios Base: Analfabetos funcionais que costumam ler livros (60) P.16) O(a) sr(a) costuma ou não costuma ler livros? (RU) P.17) Qual ou quais destes tipos de livros o(a) sr(a) costuma ler, ainda que de vez em quando? Mais algum? (RM)

29 HÁBITOS DE LEITURA Analfabetos funcionais Lê jornal Lê revista Sim Não 41% 59% 35% 65% Sim Não Base: Analfabetos funcionais (120) Base: Analfabetos funcionais (120) Frequência de leitura de jornal Base: Analfabetos funcionais que leem jornal (71) Frequência de leitura de revista Base: Analfabetos funcionais que leem revista (42) Todos os dias Uma vez por semana Algumas vezes na semana Raramente/ De vez em quando P.19) O(a) sr(a) costuma ou não costuma ler jornal? (RU) P.20) Com qual destas frequências? (RU) P.21) O(a) Sr(a) costuma ou não costuma ler revistas? (RU) P.22) Com qual destas frequências? (RU)

30 USO DE COMPUTADOR Analfabetos funcionais Usa computador Local de uso Em casa 83 40% Sim Casa de amigo/ vizinho/ parente 10 60% Não No trabalho 10 Em lan house 8 Base: Analfabetos funcionais (120) Na escola/ na faculdade Em outro local Frequência de uso Base: Analfabetos funcionais que utilizam computador (46) Todos os dias da semana Algumas vezes na semana Uma vez por semana Raramente/ De vez em quando Pleno Básico Analfabeto Funcional A frequência de uso do computador é menor entre os analfabetos funcionais Base: Analfabetos funcionais que utilizam computador (46) P.25) O(a) sr.(a) utiliza o computador, ainda que de vez em quando? (RU) P.26) Em qual destes locais o(a) sr(a) costuma usar computador? (RM) P.27) Com qual destas frequências o(a) sr(a) costuma utilizar computador? (RU)

31 ACESSO À INTERNET Analfabetos funcionais Usa Internet 62% 38% Sim Não Base: Analfabetos funcionais (120) Meios pelos quais acessa a Internet Computador de mesa 78 Laptop/ Notebook 22 Celular 13 Tablet Base: Analfabetos funcionais que utilizam computador (46) P.28) O(A) sr.(a) usa a Internet, ainda que de vez em quando? (RU) P.29) Por quais desses meios o(a) sr.(a) costuma usar a Internet? (RM)

32 USO DE TIC Analfabetos funcionais Mais da metade declara ter utilizado a Internet nos últimos 3 meses para enviar s, acessar sites de busca (ex: Google), participar de sites de relacionamento (ex: Facebook) ou mandar mensagens (ex: msn). Por outro lado, entre 52% e 65% não ouviram música, baixaram arquivos e acessaram jogos on-line nos últimos 3 meses. Apenas 25% ou menos buscaram empregos, interagiram com órgãos do governo, participaram de fóruns, fizeram consultas e transações bancárias, compras ou realizaram cursos on-line nos 3 meses anteriores à realização da pesquisa. Comunicação Lazer Participação Cidadania Desenvolvimento Base: Analfabetos funcionais que utilizam computador (46) P.30) Quais das seguintes atividades de Comunicação o(a) sr(a) realizou com o uso de computador e/ou Internet nos últimos 3 meses? (RU POR LINHA) P.31) E das seguintes atividades de Lazer ou Entretenimento, quais delas o(a) sr(a) realizou com o uso de computador e/ou Internet nos últimos 3 meses? (RU POR LINHA) P.32) E quais das seguintes atividades o(a) sr(a) realizou com o uso de computador e/ou Internet nos últimos 3 meses? (RU POR LINHA)

33 OPINIÃO SOBRE AS ÁREAS DE MAIORES PROBLEMAS Analfabetos funcionais Brasil Campinas Saúde 75 Saúde 59 Segurança Pública 41 Segurança Pública 43 Educação Básica 40 Drogas 33 Drogas 28 Educação Básica 27 Fome/ Miséria 13 Empregos 12 Empregos 13 Fome/ Miséria 12 Corrupção 4 Habitação 9 Não sabe/ Não opinou 30 Corrupção Base: Analfabetos funcionais (120) P.33) Aqui está uma lista de áreas onde o Brasil vem enfrentando problemas de maior ou menor gravidade. Por favor, diga-me qual é a área onde, na sua opinião, o Brasil está tendo maiores problemas? E qual a segunda? E em terceiro lugar? (ATÉ TRÊS OPÇÕES) P.34) Agora, com a mesma lista, por favor, diga-me qual é a área onde, na sua opinião, o Município de Campinas está tendo maiores problemas? E qual a segunda? E em terceiro lugar? (ATÉ TRÊS OPÇÕES)

34 AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA Analfabetos funcionais Campinas Brasil % 20% 40% 60% 80% 100% Ótima/Boa Regular Ruim/ Péssima Não Sabe A opinião dos analfabetos funcionais sobre a educação do município de Campinas não se difere da sua opinião sobre a educação no Brasil Base: Analfabetos funcionais (120) P.35) Atualmente, como o(a) sr(a) classifica a educação básica pública no Brasil? O(A) sr(a) diria ela está: (RU) P.36) E, como o(a) sr(a) classifica a educação básica pública no Município de Campinas? O(A) sr(a) diria ela está: (RU)

35 QUALIDADE DO ENSINO PÚBLICO Analfabetos funcionais Campinas Está melhorando em ritmo acelerado Está melhorando em ritmo lento Está igual Brasil Está piorando Não sabe 0% 20% 40% 60% 80% 100% Base: Analfabetos funcionais (120) A percepção de melhora do ensino público brasileiro ou campineiro não atinge 30% dos analfabetos funcionais P.37) E, de uma maneira geral, o(a) sr(a) diria que a qualidade do ensino básico público no Brasil está melhorando, está igual, ou está piorando? (CASO CITE MELHORANDO) Em ritmo acelerado ou em ritmo lento? (RU) P.38) E, de uma maneira geral, o(a) sr(a) diria que a qualidade do ensino básico público no Município de Campinas está melhorando, está igual, ou está piorando? (CASO CITE MELHORANDO) Em ritmo acelerado ou em ritmo lento? (RU)

36 E quem são aqueles com escolaridade alta, mas que não estão no nível Pleno

37 PERFIL Alta escolaridade/não plenos Faixa etária Sexo a a a a 64 Masculino Feminino Escolaridade Renda Familiar 64 Não opinou Mais de 2 a 5 SM Até 2 SM Mais de 5 SM Ensino Médio Ens. Superior Incomp. e completo Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158)

38 TRAJETÓRIA ESCOLAR Alta escolaridade/não plenos ÚLTIMA SÉRIE CONCLUÍDA COM APROVAÇÃO 3ª série ens. Médio 46 Superior incomp. 1º ano 10 Superior incomp. 2º ano 4 Superior incomp. 3º ano 4 Superior 4º anos ou mais/superior completo 13 Especialização/Mestrado/Doutorado Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158)

39 TRAJETÓRIA ESCOLAR Alta escolaridade/não plenos Rede em que cursou / Por nível de ensino Ens. Fundamental 93 7 Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) Ens. Médio Base: Não-plenos com Ensino Médio ou superior que completaram o Ensino Médio (154) Ens. Superior 2 98 Base: Não-plenos com Ensino Médio ou superior que completaram o Ensino Superior (55) 0% 50% 100% Pública Privada De maneira geral, os campineiros com Ensino Médio ou Superior que não atingem o nível pleno de proficiência cursaram o Ensino Básico na rede pública e o Ensino Superior na rede privada P.06) Para cada nível de escolaridade completado, em que rede o(a) sr(a) cursou a maior parte de sua instrução? (RU POR LINHA)

40 OPORTUNIDADES EDUCACIONAIS Alta escolaridade/não plenos Perspectivas de escolaridade formal BASE 158 Cursos realizados (educação não formal) Ainda está estudando 10% BASE: Apenas quem não está estudando 131 Pretende estudar 39% Próximos 12 meses 25% Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) BASE 158 Informática 44% Capacitação profissional / Curso Profissionalizante 42% Treinamentos oferecidos por empresas 22% Idiomas 27% Religião 11% Preparatório para vestibular 11% Artes (ex: desenho, fotografia, música) 9% Preparatório para concurso público 9% Cultura (ex: filosofia, história, literatura) 4% Não fez nenhum curso 23% P.02) O(A) sr(a) ainda está estudando? (RU) P.04) O(A) Sr.(a) pretende voltar a estudar? (RU) P.05) Quando o(a) sr(a) pretende voltar a estudar? (RU)

41 O INDIVÍDUO NÃO SE CONSIDERA CAPAZ OU TEM DIFICULDADE PARA Alta escolaridade/não plenos BASE 158 Calcular porcentagens aproximadas sem auxílio de lápis ou calculadora 39% Entender gráficos e tabelas inseridos em matérias de jornais, revistas etc. 30% Fazer contas de cabeça 20% Conferir notas e recibos e extratos bancários 8% As principais dificuldades dos entrevistados com alta escolaridade que não atingem o nível pleno de proficiência referem-se ao numeramento. P.15) Agora, para cada atividade que eu citar, gostaria de saber se o(a) sr(a) a faz SEM dificuldade, a faz COM dificuldade, não a faz pois não consegue fazer, OU se não a faz pois não tem oportunidade ou necessidade de fazê-la: (RU POR LINHA)

42 HÁBITOS DE LEITURA Alta escolaridade/não pleno Costuma ler livros? 30% Sim Não Tipos de livros 70% Bíblia, livros sagrados ou religiosos 54 Romance, aventura, policial, ficção 52 Livros técnicos, de teoria, ensaios 26 Livros didádicos 26 Biografia, relatos históricos 25 Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) Auto-ajuda, orientação pessoal Poesia Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior que costumam ler livros (111) P.16) O(a) sr(a) costuma ou não costuma ler livros? (RU) P.17) Qual ou quais destes tipos de livros o(a) sr(a) costuma ler, ainda que de vez em quando? Mais algum? (RM)

43 HÁBITOS DE LEITURA Alta escolaridade/não plenos Lê jornal Lê revistas Sim Sim 32% 68% Não 61% 39% Não Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) Frequência de leitura de jornal Frequência de leitura de revista Todos os dias Algumas vezes na semana Uma vez por semana Raramente/ De vez em quando Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior - Que lêem jornal (107) - Que lêem revistas (96) P.19) O(a) sr(a) costuma ou não costuma ler jornal? (RU) P.20) Com qual destas frequências? (RU) P.21) O(a) Sr(a) costuma ou não costuma ler revistas? (RU) P.22) Com qual destas frequências? (RU)

44 USO DE COMPUTADOR Alta escolaridade/não plenos Usa computador Usa Internet 15% Sim 14% Sim Não Não 85% 86% Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) Meios de acesso à Internet Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) Frequência de uso do computador Computador de mesa/ Desktop Laptop/Notebook 40 0% 20% 40% 60% 80% 100% Celular 25 Todos os dias Algumas vezes na semana Tablet 16 Uma vez por semana Raramente/ De vez em quando Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior que usam computador (136) Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior que usam Internet (134) P.25) O(a) sr.(a) utiliza o computador, ainda que de vez em quando? (RU) P.27) Com qual destas frequências o(a) sr(a) costuma utilizar computador? (RU) P.28) O(A) sr.(a) usa a Internet, ainda que de vez em quando? (RU) P.29) Por quais desses meios o(a) sr.(a) costuma usar a Internet? (RM)

45 USO DE TIC Alta escolaridade/não plenos De maneira parecida com os analfabetos funcionais, mais da metade declara ter utilizado o computador nos últimos 3 meses para enviar s, acessar sites de busca (ex: Google), participar de sites de relacionamento (ex: Facebook) ou mandar mensagens (ex: msn). Por outro lado, entre 44% e 66%,não ouviram música, baixaram arquivos e acessaram jogos on-line nos últimos 3 meses. Entre 20 e 30% buscaram empregos, interagiram com órgãos do governo, fizeram consultas e transações bancárias, compras ou realizaram cursos on-line nos 3 meses anteriores à realização da pesquisa. Comunicação Lazer Participação Cidadania Desenvolvimento De maneira geral, a proporção de entrevistados com alta escolaridade que não são plenos e realizaram atividades na Internet nos últimos 3 meses, ao menos no que se refere às atividades de comunicação (fora o envio de s) e de lazer, é um pouco mais positiva, mas não se difere de maneira significativa das proporções encontradas entre os analfabetos funcionais. P.30) Quais das seguintes atividades de Comunicação o(a) sr(a) realizou com o uso de computador e/ou Internet nos últimos 3 meses? (RU POR LINHA) P.31) E das seguintes atividades de Lazer ou Entretenimento, quais delas o(a) sr(a) realizou com o uso de computador e/ou Internet nos últimos 3 meses? (RU POR LINHA) P.32) E quais das seguintes atividades o(a) sr(a) realizou com o uso de computador e/ou Internet nos últimos 3 meses? (RU POR LINHA)

46 SITUAÇÃO DE TRABALHO Alta escolaridade/não plenos BASE 158 Está trabalhando 70% Está desempregado 8% Está aposentado 6% É dona de casa 9% Nunca trabalhou e não está procurando emprego 3% Está procurando emprego pela primeira vez 3% Outra situação (vive de renda, recebe pensão, inválido etc.) 1% P.44) Qual destas é a sua situação atual de trabalho? (RU)

47 SITUAÇÃO DE TRABALHO Alta escolaridade/não plenos Ramo de atividade da empresa Categoria de contratação Prestação de Serviços Comércio Indústria Transformação Transporte/Comunicação Saúde Educação Empresa privada com carteira assinada Por conta própria/ Profissional Liberal Empresa privada sem carteira assinada Empresa pública com ou sem contrato Patrão/ Empregador/ Empresário Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior que estão trabalhando, já trabalharam, estão desempregados ou aposentados (107) Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior que estão trabalhando (145) P.46) Agora eu gostaria de saber a atividade da empresa em que o(a) sr(a) trabalha/ da última empresa em que trabalhou? (RU) P.47a) O(a) sr(a) se enquadra em quais destas categorias que eu citar: (RU)

48 OPINIÃO SOBRE AS ÁREAS DE MAIORES PROBLEMAS Alta escolaridade/não plenos Brasil Campinas Saúde 82 Saúde 61 Segurança Pública 42 Segurança pública 44 Educação Básica 41 Drogas 33 Drogas 27 Educação Básica 32 Fome/ Miséria 19 Corrupção 13 Corrupção 13 Empregos 13 Empregos 9 Fome/ Miséria Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) P.33) Aqui está uma lista de áreas onde o Brasil vem enfrentando problemas de maior ou menor gravidade. Por favor, diga-me qual é a área onde, na sua opinião, o Brasil está tendo maiores problemas? E qual a segunda? E em terceiro lugar? (ATÉ TRÊS OPÇÕES) P.34) Agora, com a mesma lista, por favor, diga-me qual é a área onde, na sua opinião, o Município de Campinas está tendo maiores problemas? E qual a segunda? E em terceiro lugar? (ATÉ TRÊS OPÇÕES)

49 AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA Alta escolaridade/não plenos Campinas Brasil Ótima/Boa Regular Ruim/ Péssima Não Sabe Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) P.35) Atualmente, como o(a) sr(a) classifica a educação básica pública no Brasil? O(A) sr(a) diria ela está: (RU) P.36) E, como o(a) sr(a) classifica a educação básica pública no Município de Campinas? O(A) sr(a) diria ela está: (RU)

50 QUALIDADE DO ENSINO PÚBLICO Alta escolaridade/não plenos Campinas Está melhorando em ritmo acelerado Está melhorando em ritmo lento Está igual Brasil Está piorando Não sabe Base: Não-plenos com Ensino Médio ou Superior (158) P.37) E, de uma maneira geral, o(a) sr(a) diria que a qualidade do ensino básico público no Brasil está melhorando, está igual, ou está piorando? (CASO CITE MELHORANDO) Em ritmo acelerado ou em ritmo lento? (RU) P.38) E, de uma maneira geral, o(a) sr(a) diria que a qualidade do ensino básico público no Município de Campinas está melhorando, está igual, ou está piorando? (CASO CITE MELHORANDO) Em ritmo acelerado ou em ritmo lento? (RU)

O ALFABETISMO JUVENIL: INSERÇÃO EDUCACIONAL, CULTURAL E PROFISSIONAL

O ALFABETISMO JUVENIL: INSERÇÃO EDUCACIONAL, CULTURAL E PROFISSIONAL Inaf Indicador de Alfabetismo Funcional Edição Especial Jovens Metropolitanos O ALFABETISMO JUVENIL: INSERÇÃO EDUCACIONAL, CULTURAL E PROFISSIONAL APRESENTAÇÃO Em mais uma iniciativa do Instituto Paulo

Leia mais

Resultados 2005. Leitura e escrita

Resultados 2005. Leitura e escrita Resultados 2005 Leitura e escrita A evolução do conceito Analfabetismo absoluto X analfabetismo funcional. Alfabetismo capacidade de utilizar a linguagem escrita para diversos fins, para o próprio desenvolvimento

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENSINO BÁSICO JULHO DE 2006 OPP165 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas ao ensino básico.

Leia mais

METODOLOGIA & PERFIL

METODOLOGIA & PERFIL Maio2010 JOB 100283 METODOLOGIA & PERFIL Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar um conjunto de informações

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil

CONSELHO DE CLASSE. A visão dos professores sobre educação no Brasil CONSELHO DE CLASSE A visão dos professores sobre educação no Brasil INTRODUÇÃO Especificações Técnicas Data do Campo 19/06 a 14/10 de 2014 Metodologia Técnica de coleta de dados Abrangência geográfica

Leia mais

Atitudes pela Educação Novembro de 2014

Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Realização: Instituto Paulo Montenegro IBOPE Inteligência Parceiros da pesquisa: Todos Pela Educação Fundação Itaú Social Fundação Maria Cecília Souto Vidigal Fundação

Leia mais

Analfabetismo e alfabetismo funcional no Brasil

Analfabetismo e alfabetismo funcional no Brasil Analfabetismo e alfabetismo funcional no Brasil Vera Masagão Ribeiro 1 A definição sobre o que é analfabetismo vem sofrendo revisões nas últimas décadas. Em 1958, a Unesco definia como alfabetizada uma

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0402 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Avaliar a atual administração do município de Acopiara. Acopiara

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS JULHO DE 2013 JOB2726-8 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Trata-se de uma pesquisa de acompanhamento da opinião pública

Leia mais

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012 Pesquisa Quantitativa Plastivida Setembro de 2012 objetivo geral Verificar a opinião da população de Belo Horizonte acerca da retirada das sacolas plásticas dos estabelecimentos comerciais da cidade e

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Habilidades com o Computador e a Internet

TIC Domicílios 2007 Habilidades com o Computador e a Internet TIC Domicílios 007 Habilidades com o Computador e a Internet DESTAQUES 007 O estudo sobre Habilidades com o Computador e a Internet da TIC Domicílios 007 apontou que: Praticamente metade da população brasileira

Leia mais

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485

cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 cesop OPINIÃO PÚBLICA, Campinas, Vol. 19, nº 2, novembro, 2013, Encarte Tendências. p.475-485 Este encarte Tendências aborda as manifestações populares que tomaram as grandes cidades brasileiras em junho

Leia mais

Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais.

Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Espírito Santo Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais.!"#$& "' "" ""() *'+#',- &',,,."/ "0112 *"#/3'""45'6'" ')$'"+789#&' &'&*"#" *"',01.

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ONG WWF MAIO 2003 OPP 065 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar informações para subsidiar o planejamento e avaliação da comunicação da WWF e

Leia mais

Construção do diagnóstico sobre a situação da mulher no mercado de trabalho de Natal

Construção do diagnóstico sobre a situação da mulher no mercado de trabalho de Natal Construção do diagnóstico sobre a situação da mulher no mercado de trabalho de Natal SECRETARIA MUNICIPAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA AS MULHERES (SEMUL) Objetivo Efetuar um diagnóstico situacional das

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AVIAÇÃO AGOSTO DE 2007 OPP141 IBOPE/ MQI ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar informações sobre aviação. - Brasil. PERÍODO DE CAMPO - De 07 a

Leia mais

Destaques TIC Domicílios 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de aquisição

Destaques TIC Domicílios 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de aquisição Destaques TIC Domicílios 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de aquisição De maneira geral, os dados indicam que houve um forte aumento da posse e o

Leia mais

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable

Previdência Privada no Mercado Brasileiro. Nobody s Unpredictable Previdência Privada no Mercado Brasileiro Nobody s Unpredictable Objetivos e Características 2 Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado

Leia mais

São Paulo, 24 de novembro de 2005

São Paulo, 24 de novembro de 2005 São Paulo, 24 de novembro de 2005 CGI.br divulga indicadores inéditos sobre a internet no país Além de apresentar as pesquisas sobre penetração e uso da rede em domicílios e empresas, a entidade anuncia

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS GERAIS MARÇO DE 2002 OPP 035 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA - Levantar junto a população da área em estudo opiniões sobre assuntos gerais.

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A ILHABELA SETEMBRO DE 2008 JOB796 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas à Ilhabela. Ilhabela

Leia mais

Coletiva de Imprensa Apresentação de resultados São Paulo, 23 de maio de 2013

Coletiva de Imprensa Apresentação de resultados São Paulo, 23 de maio de 2013 Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação Pesquisa TIC Educação 2012 Pesquisa sobre o uso das TIC nas escolas brasileiras Coletiva de Imprensa Apresentação de resultados

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública sobre radares Rio Grande do Sul - Out/2002

Pesquisa de Opinião Pública sobre radares Rio Grande do Sul - Out/2002 Pesquisa de Opinião Pública sobre radares OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões sobre radares. Rio Grande do Sul PERÍODO DE CAMPO 13 a 16 de outubro de 2002. UNIVERSO A pesquisa

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

Compreensão de escalas representadas em gráficos por alunos adultos pouco escolarizados

Compreensão de escalas representadas em gráficos por alunos adultos pouco escolarizados Compreensão de escalas representadas em gráficos por alunos adultos pouco escolarizados Bezerra, Lucicleide 1; Guimarães, Gilda 2 UFPE Resumo Este estudo investigou a compreensão de alunos da Educação

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2011 JOB1696 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO Levantar um conjunto de informações sobre o clima da opinião

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015

Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA. Janeiro/2015 Pesquisa de Opinião Pública SEGURANÇA PÚBLICA Janeiro/2015 OBJETIVOS Objetivo Principal: Esta estudo teve como objetivo principal verificar e quantificar a opinião pública brasileira quanto ao tema Segurança

Leia mais

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/nazca + datafolha abril 2014 A computação social aumenta as possibilidades da inteligência coletiva e, por sua vez, a potência do povo

Leia mais

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.

N : PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Entrevistador: Nome do entrevistado: (xx)xxxxxxxx. Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2. Entrevistador: Nome do entrevistado: Telefone: (xx)xxxxxxxx N : Endereço: Cidade: Situação do domicílio: 1.Urbano 2.Rural Estado: AC AP DF MA MT PE RJ RR SE AL BA ES MG PA PI RN RS SP AM CE GO MS PB PR

Leia mais

3º Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional

3º Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional 3º Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional Um diagnóstico para a inclusão social pela educação [Avaliação de Leitura e Escrita] São Paulo, 8 de setembro de 2003 1 FICHA TÉCNICA COORDENAÇÃO INSTITUTO

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E TRIBUTAÇÃO MARÇO/2011

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E TRIBUTAÇÃO MARÇO/2011 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E TRIBUTAÇÃO MARÇO/2011 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade Diretoria Executiva

Leia mais

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012

Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde. Apresentação em Agosto de 2012 1 Relacionamento dos médicos associados à SOGESP com os Planos de saúde Apresentação em Agosto de 2012 Índice 2 Objetivo Metodologia Perfil do médico associado Avaliação das operadoras de planos de saúde

Leia mais

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação

Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação Pesquisa TIC Educação 2010 Coletiva de Imprensa Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Escolas Brasileiras TIC Educação São Paulo, 09 de Agosto de 2011 CGI.br Comitê Gestor

Leia mais

Índice. Introdução. Fase 1 - Participação da população brasileira. Fase 2 - Perfil do voluntário Características do serviço voluntário

Índice. Introdução. Fase 1 - Participação da população brasileira. Fase 2 - Perfil do voluntário Características do serviço voluntário Pesquisa Voluntariado no Brasil - 2011 Índice 1 2 3 4 Introdução Fase 1 - Participação da população brasileira Fase 2 - Perfil do voluntário Características do serviço voluntário Fase 3 - Segmentação 5

Leia mais

Objetivo construção de um cenário

Objetivo construção de um cenário Objetivo Levantar informações junto aos professores de Educação Física e aos diretores / vice diretores das escolas públicas brasileiras, de modo a permitir o mapeamento e a construção de um cenário sobre

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE RELIGIÃO A B R I L D E 2 0 0 6 O P P 0 7 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar com a população da área em estudo opiniões relacionadas a religião.

Leia mais

Apresentação de resultados - TIC Kids Online Brasil 2014 São Paulo 28 de julho de 2015

Apresentação de resultados - TIC Kids Online Brasil 2014 São Paulo 28 de julho de 2015 Apresentação de resultados - TIC Kids Online Brasil 14 São Paulo 28 de julho de 15 Contexto: TIC Domicílios 13 Perfil dos jovens usuários de Internet no Brasil USUÁRIOS DE INTERNET (13) % sobre o total

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Julho de 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Reforma Política. Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Reforma Política Pesquisa telefônica realizada pelo IBOPE Inteligência a pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil Introdução 2 Objetivos Abrangência Geográfica Método de coleta Datas

Leia mais

Pnad: Um em cada cinco brasileiros é analfabeto funcional

Pnad: Um em cada cinco brasileiros é analfabeto funcional 08/09/2010-10h00 Pesquisa visitou mais de 150 mil domicílios em 2009 Do UOL Notícias A edição 2009 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia

Leia mais

Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo

Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo Pesquisa Avaliação Administrativa Município de São Paulo Dezembro 200 2 Metodologia & Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo

Leia mais

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente

O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente O uso do Crédito por consumidores que não possuem conta corrente Maio de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Mapear atitudes e comportamentos das pessoas que não possuem conta corrente em banco com relação

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE PERCEPÇÕES SOBRE SANEAMENTO BÁSICO MARÇO DE 2012 JOB2178 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Entender como a população brasileira percebe questões relacionadas

Leia mais

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007 População brasileira Música - Internet Propaganda Outubro/ 00 Objetivo Este estudo têm como objetivo identificar entre a população brasileira os seguintes aspectos: Música estilo musical mais ouvido; Internet

Leia mais

Hábitos de Leitura. Tâmara Freitas Barros

Hábitos de Leitura. Tâmara Freitas Barros Hábitos de Leitura Tâmara Freitas Barros Um contingente de 671 mil moradores da Grande Vitória, o que corresponde a 60% da população acima de 16, não tem o costume de ler. Essa é apenas uma das constatações

Leia mais

REDES SOCIAIS NA INTERNET

REDES SOCIAIS NA INTERNET 1 REDES SOCIAIS NA INTERNET Leandro de Souza Lino O maior acesso das pessoas à internet, e, consequentemente, o crescimento das redes sociais virtuais, alteram toda a relação entre as pessoas, já que crescem

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil

Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Condições de vida das pessoas com deficiência no Brasil Relatório de Pesquisa de Opinião Pública Nacional Metodologia Pesquisa de opinião pública tipo quantitativa Universo: Cadastro de pessoas do IBDD

Leia mais

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012

Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 Sociedade da Informação e do Conhecimento Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2012 06 de novembro de 2012 60% das pessoas dos 16 aos 74 anos utilizam Internet

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS FEVEREIRO DE 2008 JOB294 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

JOB Nº 10_192-19 BRASIL 2.002 ENTREVISTAS 03/12/2010

JOB Nº 10_192-19 BRASIL 2.002 ENTREVISTAS 03/12/2010 ALAMEDA SANTOS, Nº 2.101 SÃO PAULO CÓDIGO FORNECEDOR: INÍCIO: : TÉRMINO: : NÚMERO DO QUESTIONÁRIO: JOB Nº 10_192-19 BRASIL 2.002 ENTREVISTAS 03/12/2010 FOLHA DE AMOSTRA: DISTRITO: SETOR IBGE: SETOR IBOPE:

Leia mais

Questionário de Avaliação de Impacto do Programa Identidade Digital. Manual

Questionário de Avaliação de Impacto do Programa Identidade Digital. Manual Questionário de Avaliação de Impacto do Programa Identidade Digital Manual 1 - OBJETIVO DA PESQUISA DE CAMPO...2 2- ORIENTAÇÕES AO ENTREVISTADO / MONITOR...3 2.1 - DO SIGILO E COLETA DOS DADOS...3 3- INSTRUÇÕES

Leia mais

PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA

PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIAS PROGRAMA NACIONAL DE MODERNIZAÇÃO DO CONTROLE EXTERNO PROMOEX PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA PESQUISA QUANTITATIVA NOVEMBRO / DEZEMBRO / 2010

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Pesquisa Quantitativa de Opinião Pública POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Julho/ 2006 Índice I. Metodologia e Amostra II. Contexto III. Poluição Visual IV. O Projeto de Lei V. Considerações Finais

Leia mais

consulta participativa de opinião

consulta participativa de opinião consulta participativa de opinião Interesses e perspectivas dos jovens da Brasilândia, Cachoeirinha e Freguesia do Ó CONSULTA PARTICIPATIVA DE OPINIÃO: INTERESSES E PERSPECTIVAS DOS JOVENS DA BRASILÂNDIA,

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA SOBRE O PERFIL DO CONSUMIDOR CURITIBANO

RELATÓRIO DA PESQUISA SOBRE O PERFIL DO CONSUMIDOR CURITIBANO RELATÓRIO DA PESQUISA SOBRE O PERFIL DO CONSUMIDOR CURITIBANO 1. APRESENTAÇÃO O PROCON/PR, através da Divisão de Estudos, Orientação, Pesquisas e Divulgação ao Consumidor - DEP, realizou uma pesquisa sobre

Leia mais

INDICADORES DE HABILIDADE NO USO DE COMPUTADORES E INTERNET TIC EMPRESAS E DOMICÍLIOS 2005/2006/2007. NIC.br / CGI.br. www.cetic.

INDICADORES DE HABILIDADE NO USO DE COMPUTADORES E INTERNET TIC EMPRESAS E DOMICÍLIOS 2005/2006/2007. NIC.br / CGI.br. www.cetic. INDICADORES DE HABILIDADE NO USO DE COMPUTADORES E INTERNET TIC EMPRESAS E DOMICÍLIOS 2005/2006/2007 Centro de Estudos sobre as TICs (CETIC.br) NIC.br / CGI.br Cuarto Taller sobre la Medición n de la Sociedad

Leia mais

Eixo 1 - Autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, com inclusão social.

Eixo 1 - Autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, com inclusão social. Eixo 1 - Autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, com inclusão social. Estes dados são resultado de um processo participativo sem desenho amostral e cumprimento de cotas, cuja margem de erro

Leia mais

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA

ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) A CRIANÇA/ADOLESCENTE DO ESTUDO E A FAMÍLIA ESTUDO DE RECEPÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PORTUGUESES (ISCTE/ERC) Questionário Pai / Mãe / Encarregado/a de Educação Nota: Não deve escrever o nome e/ou morada em nenhuma das páginas deste questionário

Leia mais

9ª Edição Abril 2011

9ª Edição Abril 2011 9ª Edição Abril 2011 ÍnDICe METODOLOGIA PERFIL DA AMOSTRA INTERNET Acesso e Navegação APRENDIZADOS METODOLOGIA técnica abrangência universo data do campo Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário

Leia mais

Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição

Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição TIC DOMICÍLIOS 2007 Uso e Posse de Computador e Internet, Barreiras de Acesso, Uso do Celular, Intenção de Aquisição PESQUISA SOBRE O USO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2008 NIC.BR

Leia mais

Perfil dos jovens das Comunidades do Real Parque e Jardim Panorama

Perfil dos jovens das Comunidades do Real Parque e Jardim Panorama Perfil dos jovens das Comunidades do Real Parque e Jardim Panorama Objetivo da Pesquisa Coletar informações para diagnosticar a demanda dos jovens das Comunidades Real Parque e Jardim Panorama, quanto

Leia mais

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI. Presidente em Exercício: Robson Braga de Andrade. Diretoria Executiva - DIREX

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI. Presidente em Exercício: Robson Braga de Andrade. Diretoria Executiva - DIREX Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente em Exercício: Robson Braga de Andrade Diretoria Executiva - DIREX Diretor: José Augusto Coelho Fernandes Diretor de Operações: Rafael

Leia mais

Our Mobile Planet: Portugal

Our Mobile Planet: Portugal Our Mobile Planet: Portugal Compreender o Consumidor de Telemóveis Maio de 2013 Informações Confidenciais e de Propriedade da Google 1 Resumo Executivo Os smartphones tornaram-se uma parte indispensável

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego - PME

Pesquisa Mensal de Emprego - PME Pesquisa Mensal de Emprego - PME Dia Internacional da Mulher 08 de março de 2012 M U L H E R N O M E R C A D O D E T R A B A L H O: P E R G U N T A S E R E S P O S T A S A Pesquisa Mensal de Emprego PME,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS JUNHO DE 2012 JOB1291 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões

PERÍODO AMOSTRA ABRANGÊNCIA MARGEM DE ERRO METODOLOGIA. População adulta: 148,9 milhões OBJETIVOS CONSULTAR A OPINIÃO DOS BRASILEIROS SOBRE A SAÚDE NO PAÍS, INVESTIGANDO A SATISFAÇÃO COM SERVIÇOS PÚBLICO E PRIVADO, ASSIM COMO HÁBITOS DE SAÚDE PESSOAL E DE CONSUMO DE MEDICAMENTOS METODOLOGIA

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A INTENÇÃO DE VOTO PARA PRESIDENTE AGOSTO DE 2015 JOB1057 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA O principal objetivo desse projeto é identificar a intenção

Leia mais

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília.

Será uma carta entregue em mãos após uma marcha que terá início em São Paulo logo após a eleição e terminará no Palácio do Planalto em Brasília. Pesquisa de Opinião CONTEXTO Carta de um Brasileiro é um movimento de mobilização social com objetivo de entregar à Presidente da República eleita em outubro de 2010 os principais desejos e necessidades

Leia mais

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro

Seguros de Vida no Mercado Brasileiro Seguros de Vida no Mercado Brasileiro São Paulo, /06/0 Job -034743 Nobody s Unpredictable Objetivos e metodologia Metodologia Quantitativa, por meio de pesquisa amostral com questionário estruturado a

Leia mais

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012 Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO Fevereiro/2012 UM POUCO SOBRE O ALUNO Etnia segundo classificação do ENADE Amarelo (de Origem Oriental)

Leia mais

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Fundação Euclides da Cunha FEC/Data UFF Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério

Leia mais

Educação Integral Relatório em Junho/2013

Educação Integral Relatório em Junho/2013 Comunidade Escola Família Educação Integral Relatório em Junho/2013 Objetivo 3 O principal objetivo desta pesquisa é avaliar o conhecimento da população brasileira sobre educação integral. Metodologia

Leia mais

PESQUISA DE OPINIAO PUBLICA SOBRE TORCIDAS DE FUTEBOL SAO PAULO OUTUBRO DE 1998 OPP 588 IBOPE

PESQUISA DE OPINIAO PUBLICA SOBRE TORCIDAS DE FUTEBOL SAO PAULO OUTUBRO DE 1998 OPP 588 IBOPE SOBRE TORCIDAS DE FUTEBOL OUTUBRO DE 1998 OPP 588 E S P E C I F I C A C O E S =========================== OBJETIVO - LEVANTAR JUNTO A POPULACAO DA AREA EM ESTUDO OPINIOES RELACIONADAS AO FUTEBOL. LOCAL

Leia mais

METODOLOGIA DA PESQUISA CNI-IBOPE. 2ª Edição - Brasília 2010

METODOLOGIA DA PESQUISA CNI-IBOPE. 2ª Edição - Brasília 2010 METODOLOGIA DA PESQUISA CNI-IBOPE 2ª Edição - Brasília 2010 Versão 2.0 - Brasília - Julho/2010 METODOLOGIA DA PESQUISA CNI-IBOPE 2ª Edição - Brasília 2010 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente

Leia mais

TIC DOMICÍLIOS 2012. Panorama da Inclusão digital no Brasil. Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil

TIC DOMICÍLIOS 2012. Panorama da Inclusão digital no Brasil. Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação TIC DOMICÍLIOS 12 Panorama da Inclusão digital no Brasil Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO APÊNDICES 182 APÊNDICE A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE MESTRADO EM EDUCAÇÃO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO PESQUISA:

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS AGOSTO DE 2010 JOB1430-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo.

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo. 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Indicador de atividade da micro e pequena indústria de São Paulo Maio/ 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

As Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) nas MPE brasileiras

As Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) nas MPE brasileiras As Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) nas MPE brasileiras Novembro 2014 1 Introdução Objetivos: - Identificar o perfil do uso de TIC no universo dos Pequenos Negócios no Brasil. Amostra: 2.108

Leia mais

Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras. Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem

Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras. Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem Cenário sobre a integração das tecnologias às escolas brasileiras Diretrizes para o desenvolvimento do uso das tecnologias no ensino-aprendizagem Maio, 2014 1 Índice 1. Introdução 3 2. Cenário do acesso

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino 1 PLANOS DE SAÚDE Leandro de Souza Lino Na atualidade, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade de vida e, por sua vez, com a saúde. Assim, a necessidade de ter planos de saúde se faz

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05

Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular. Edição n 05 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 Junho de 2010 2 Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa Regular Edição n 05 O objetivo geral deste estudo foi investigar as percepções gerais

Leia mais

Pesquisa TIC Domicílios 2013

Pesquisa TIC Domicílios 2013 Pesquisa TIC Domicílios 13 Pesquisa sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Brasil Apresentação dos principais resultados São Paulo, 26 de junho de 14 CGI.br Comitê Gestor da Internet

Leia mais

RESULTADOS ALUNOS 64

RESULTADOS ALUNOS 64 RESULTADOS ALUNOS 6 Sexo Idade Perfil De a anos 55 5 7 Masculino Feminino De a 6 anos De 7 a 9 anos 8 0 ou mais Há quanto tempo estuda nessa escola? Em que ano você está? De a anos De a 5 anos º Ano 5º

Leia mais

DISCRIMINAÇÃO RACIAL PRECONCEITO DE COR NO BRASIL

DISCRIMINAÇÃO RACIAL PRECONCEITO DE COR NO BRASIL DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL Fundação Perseu Abramo Fundação Rosa Luxemburgo DISCRIMINAÇÃO RACIAL E PRECONCEITO DE COR NO BRASIL TRABALHO REMUNERADO PARTICIPAÇÃO NA PEA POSIÇÃO NA

Leia mais

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais

Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais Março de 2011 @elife_br #elifehabitos O estudo Hábitos de uso e comportamento dos internautas brasileiros em redes sociais buscou

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra 1. Estimativa de Investidores Pessoas Físicas 1.000 entrevistas telefônicas com população brasileira de 18 anos ou mais das classes ABC Margem de erro amostral máxima estimada para

Leia mais

Apesquisa suplementar sobre acesso à Internet e posse de telefone

Apesquisa suplementar sobre acesso à Internet e posse de telefone Análise dos resultados Apesquisa suplementar sobre acesso à Internet e posse de telefone móvel celular para uso pessoal ampliou a investigação rotineira da PNAD, que restringe o levantamento sobre o assunto

Leia mais

ICS. Índice de Confiança Social 2015

ICS. Índice de Confiança Social 2015 ICS Índice de Confiança Social 2015 Introdução Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação de questionário estruturado, por meio de entrevistas face-a-face. Local da pesquisa Brasil. Universo A pesquisa

Leia mais

cultura em nova iguaçu

cultura em nova iguaçu cultura em nova iguaçu metodologia campo: 11 de abril a 30 de maio de 2014 margem de erro 6pp 299 pessoas com mais de 12 anos foram entrevistadas em Nova Iguaçu entrevistados foram abordados em pontos

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2014

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2014 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2014 MARÇO DE 2013 JOB0356 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações sobre o contexto

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O PROCESSO DE CREDENCIAMENTO/ LEGALIZAÇÃO DE ARMAS E MUNIÇÕES NO PAÍS NOVEMBRO DE 2006 OPP478 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto à população

Leia mais

Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia

Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia Objetivos Buscar compreender a audiência online no Brasil, seu envolvimento com a Internet e os diversos tipos de tecnologia (habitos), percepções e atitudes

Leia mais

Junho / 2014. Reformas políticas

Junho / 2014. Reformas políticas Junho / 2014 Reformas políticas Metodologia Metodologia AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.125 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do

Leia mais