CORPO, JOVENS E PRÁTICA DE MUSCULAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CORPO, JOVENS E PRÁTICA DE MUSCULAÇÃO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE DO PORTO FACULDADE DE DESPORTO CORPO, JOVENS E PRÁTICA DE MUSCULAÇÃO Um estudo em freqüentadores de academia na região do Grande Porto Dissertação apresentada com vista à obtenção do grau de Mestre (Decreto-Lei nº 216/92 de 13 de Outubro) em Ciências do Desporto na área de especialização de Desporto para Crianças e Jovens. Orientadora: Profª. Doutora Paula Queirós Célia Maria Couto Correia Porto, Outubro de 2006

2 Correia, Célia M. C. (2006). Corpo, Jovens e Prática de Musculação - Um estudo em freqüentadores de academias na região do Grande Porto. Dissertação apresentada às Provas de Mestrado em Ciências do Desporto na Área de Especialização em Desporto para Crianças e Jovens. Porto: Faculdade de Desporto da Universidade do Porto. Palavras-chave: CORPO, JOVENS, GINÁSTICAS DE ACADEMIA, MUSCULAÇÃO iv

3 Dedico este trabalho à Vida, verdadeira dádiva divina... por tudo que me proporcionou, e quiçá, ainda me proporcionará. À minha mãe, por compreender esta minha ausência, e a importância desta fase da minha vida. À minha grande e maior amiga, Nanda. v

4 vi

5 AGRADECIMENTOS Cada parte deste texto tem a experiência, o estudo, a fala das pessoas que fazem, ou que em algum momento fizeram parte da minha vida. E é a todas estas pessoas que gostaria de agradecer, mas destacarei algumas pessoas que foram fundamentais para esta conquista. Meus pais... o que escrever... apenas dizer que eles são tudo para mim, motivação da minha existência, companheiros das minhas quedas e conquistas, constante fonte de inspiração, apoio, compreensão e muito amor. À minha orientadora... Professora... Doutora Paula Queirós. Dizer que com ela muito aprendi... aprendi com sua postura profissional, com seu empenho, sua dedicação, sua compreensão e principalmente com seu conhecimento e carinho, que sempre me ergueram nos momentos mais difícieis. À minha grande amiga Professora Fernanda Mendes. Foste verdadeiramente fundamental para esta minha conquista, dentre tantas que conseguimos ao longo da nossa carreira desportiva. Ao Professor Doutor Amândio Graça que com seu contributo constante foi muito importante neste meu percurso. Às minhas irmãs, em especial à Sônia, sempre disposta e zelosa pelo meu conforto, pela minha alegria e pelo meu sucesso; e à Ivone, pela companhia constante durante as madrugadas. Ao meu querido tio Roosevelt, meu segundo pai. O senhor também foi muito importante nesta etapa da minha vida. Obrigada por tudo. Ao Jorginho, pelas gargalhadas (mesmo que à distância), pelo apoio e pelo carinho constantes. Ao meu cunhado Célio Mauro por toda sua presteza e boa vontade nas horas em que muito precisei. Aos meus sobrinhos... que dizer do Diego, do Leonardo e da Luiza? Obrigada por vocês existirem. Vocês são as minhas verdadeiras jóias. Ao Rafael Dias, que desde o início foi sempre presente, participante, incentivador, amigo e torcedor desta jornada. vii

6 Ao Nuno e à Marina, pelo apoio, carinho, amizade e companheirismo constantes. Vocês foram sempre muito fixes. Luise Lui Hackbart... jamais terei palavras para expressar meu carinho e amizade por ti. Saibas que foste tão importante quanto todas as outras pessoas citadas. Foste, és e serás para sempre, a amiga e a filha que eu não tive. Este mestrado também é teu. Aos funcionários da biblioteca, em especial ao Pedro pela dedicação, presteza e suporte constantes ao longo deste trabalho. Ao Sr. Marinho e ao Nuno por terem sido sempre atenciosos e solícitos em todos os momentos. viii

7 ÍNDICE GERAL... ix AGRADECIMENTOS... vii RESUMO... xiii ABSTRACT... xv RÉSUMÉ... xvii Capítulo Introdução Problematização Objetivo Geral Questões Norteadoras Capítulo Revisão de Literatura Acerca do Corpo Perspectiva Histórica Pré-História Antiguidade Clássica Idade Média Idade Moderna Idade Contemporânea A Identidade Cultural do Corpo A Produção do Corpo Ideal Estética e Beleza: a busca do Corpo Ideal O Corpo e o Desporto Considerações sobre a Imagem Corporal A Imagem Corporal dos Jovens da Sociedade Contemporânea Ocidental ix

8 2.5 - A Imagem Corporal na Adolescência Imagem Corporal, Atividade Física e Saúde Breve Histórico sobre a Musculação Capítulo Metodologia Considerações Gerais Construção do Corpo Teórico Definindo as Unidades de Análise Unidade de Registro Unidade de Contexto Definindo as Categorias Justificando o Sistema Categorial Caracterização da Amostra Instrumentos e Procedimentos de Pesquisa Capítulo Apresentação e Discussão dos Resulados Categoria A - O Corpo Rendimento Categoria B - O Corpo Pessoal Categoria C - O Corpo Saúde Categoria D - O Corpo Estética Capítulo Conclusões x

9 10. O que é o corpo pra ti? 11. O que entendes por forma física? 12. Como percebes (sente) o teu corpo hoje? 13. E antes de praticar a musculação? 14. Mudou alguma coisa depois que começaste a praticar a musculação? 15. Agrada-te o esforço físico ou é um sacrifício? 16. Deixas outras coisas de lado para vir à musculação? O que? ( Família... amigos... saídas...) 17. Pensas em parar de fazer musculação? 18. Estás satisfeito(a) com teu corpo? 19. Qual o ideal estético pra ti? Invejas-o? Queres seguí-lo? 194

10 20. Se pudesses, mudarias o teu corpo? O que farias? 21. Qual a influência dos média no que se refere ao corpo? Sentes essa Influência em ti? Como se materializa? (Roupas... produtos... dietas... atividades física... ) 22. A tua imagem corporal preocupa-te? Há algma parte do teu corpo problemática? 23. A tua aparência facilita a relação com os outros? 24. O que esperas ou como te vês no futuro com a prática da musculação? 25. Gostarias de dizer mais alguma coisa sobre o que conversamos? 195

11 196

12 Entrevista - Alunos/Clientes (Segunda Versão) 1. Praticavas alguma atividade física antes da musculação? Qual? 2. O que te levou a buscar as aulas de musculação? 3. Pretendes atingir algum tipo de objetivo com a musculação? Qual? 4. Qual é o ideal estético para ti? Invejas-o? Queres (gostarias) de segui-lo? 5. O que é o corpo para ti? 6. O que entendes por forma física? 7. Com que freqüência vens à academia? Por quanto tempo ficas? 8. A quanto tempo fazes musculação? 9. A tua freqüência é regular desde que começaste? 197

13 10. A tua imagem corporal preocupa-te? Há alguma parte do teu corpo problemática? 11. Como percebes (sentes) o teu corpo? 12. Estás satisfeito(a) com teu corpo? 13. Se pudesses, mudarias alguma coisa no teu corpo? O que farias? 14. Sofres influência da mídia ( mass média) no que se refere ao corpo? Como se materializa? 15. A tua aparência facilita a relação com os outros? 16. Mudou alguma coisa depois que começaste a musculação? 17. Agrada-te o esforço físico ou é um sacrifício? 18. Pensas em parar de fazer musculação? 19. Deixas outras coisas de lado para vires à academia? O que? 198

14 20. Costumas buscar orientações extra-aula? Que tipo? Com quem? 21. Conversas com os amigos(as) sobre os programas de exercícios? músculos? 22. Duas grandes razões para vires à academia. 23. Gostarias de dizer mais alguma coisa sobre o que conversamos? 199

15 200

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

Vera L. Cardoso Neto encontra-se a realizar uma Dissertação de Mestrado intitulada ão e Formação: uma Trajetória de Reconciliação com o Sistema

Vera L. Cardoso Neto encontra-se a realizar uma Dissertação de Mestrado intitulada ão e Formação: uma Trajetória de Reconciliação com o Sistema Anexos 71 Anexo I Exmo. Sr. Encarregado de Educação Vera L. Cardoso Neto encontra-se a realizar uma Dissertação de Mestrado intitulada ão e Formação: uma Trajetória de Reconciliação com o Sistema Este

Leia mais

GS Educacional www.gseducacional.com.br

GS Educacional www.gseducacional.com.br Curso: Completo de Importação Henrique, boa noite. Nós que pensamos a Meritocracia e valoramos a quem Realiza, nos vimos na obrigação de dar feedbacks. Em pouco tempo de curso e sem nem receber ainda a

Leia mais

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN)

Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Instituto Superior Técnico Programa de Estágios do Núcleo de Engenharia Biológica (PEN) Núcleo de Engenharia Biológica Em primeiro lugar, a direcção do NEB gostaria de deixar claro que a resposta de forma

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Ao meu pai Pela infinidade de palavras que ficaram por dizer. Pelos versos que recitavas, feliz e que ficaram por escrever.

Ao meu pai Pela infinidade de palavras que ficaram por dizer. Pelos versos que recitavas, feliz e que ficaram por escrever. Ao meu pai Pela infinidade de palavras que ficaram por dizer Pelos versos que recitavas, feliz e que ficaram por escrever. V À hora de deitar: - Oh mãe porque é que chegaste tão tarde? Quando acabares

Leia mais

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança

Projetos sociais. Criança Futuro Esperança Projetos sociais Newsletter externa ABB - Projetos sociais Criança Futuro Esperança Maria Eslaine conta sobre o início de seu curso profissionalizante 02 De ex-aluno do projeto a funcionário da ABB 04

Leia mais

FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ROSANGELA APARECIDA PEREIRA

FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ROSANGELA APARECIDA PEREIRA FACULDADE CENECISTA DE CAMPO LARGO GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO ROSANGELA APARECIDA PEREIRA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO: ESTUDO SOBRE OS ESTILOS DE LIDERANÇA E O QUE ELES INFLUENCIAM A MOTIVAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS

Leia mais

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe!

Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! Dedico este livro a todas as MMM S* da minha vida. Eu ainda tenho a minha, e é a MMM. Amo-te Mãe! *MELHOR MÃE DO MUNDO Coaching para Mães Disponíveis, www.emotionalcoaching.pt 1 Nota da Autora Olá, Coaching

Leia mais

TRANSTORNO DO AUTISTA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

TRANSTORNO DO AUTISTA NA EDUCAÇÃO INFANTIL FACULDADE MÉTODO DE SÃO PAULO LICENCIATURA EM PEDAGOGIA ERIKA DE SOUZA NOGUEIRA JENIFFER OLIVEIRA RODRIGUES COSTA JESSICA PRISCILLA TESLENCO MARTINS PINHEIRO TRANSTORNO DO AUTISTA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Leia mais

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas

Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas Projecto de Desenvolvimento Escolar Comenius Acção Comenius 1 - Parcerias entre escolas Avaliação: um passo determinante para a implementação da qualidade no ensino O objectivo deste projecto é a compreensão

Leia mais

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1

Anexo 2.1 - Entrevista G1.1 Entrevista G1.1 Entrevistado: E1.1 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 51 anos Masculino Cabo-verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: Imigrações prévias : São Tomé (aos 11 anos) Língua materna:

Leia mais

ANDERSON CAVALCANTE. Meu pai, meu herói

ANDERSON CAVALCANTE. Meu pai, meu herói ANDERSON CAVALCANTE Meu pai, meu herói Dedicatória Ao meu pai, Eraldo, meu herói e minha referência de vida. 5 Agradecimentos A Deus, por sempre me ajudar a cumprir minha missão. A todos os pais que são

Leia mais

ATENÇÃO FARMACÊUTICA PARA PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 2 DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO BAIRRO SANTA CRUZ, CASCAVEL - PR.

ATENÇÃO FARMACÊUTICA PARA PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 2 DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO BAIRRO SANTA CRUZ, CASCAVEL - PR. FACULDADE ASSIS GURGACZ ATENÇÃO FARMACÊUTICA PARA PACIENTES PORTADORES DE DIABETES MELLITUS TIPO 2 DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO BAIRRO SANTA CRUZ, CASCAVEL - PR. Cascavel 2013 ANA PAULA MACHADO ATENÇÃO

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO A Sra Mary Kay já dizia: nada acontece enquanto você não vende alguma coisa. Se você está

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates 1º ano do Ensino Fundamental I O que você gosta de fazer junto com a sua mã e? - Dançar e jogar um jogo de tabuleiro. - Eu gosto de jogar futebol

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Cathia Spolaor Diretora Nacional

Cathia Spolaor Diretora Nacional Cathia Spolaor Diretora Nacional Recomeçar Poderosamente O que nós, consultoras experientes ou novas, precisamos fazer a partir de hoje? Assinar nossa carta de iniciação hoje, começando novamente fazendo

Leia mais

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL

MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL MINHA HISTÓRIA NO NOVOTEL Lembro-me que haviam me convocado para uma entrevista de trabalho no NOVOTEL. Lembro-me de estar ansioso e ter passado a noite anterior preparando a minha entrevista. Como iria

Leia mais

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Que as pedras do meu caminho Meus pés suportem pisar Mesmo ferido

Leia mais

Previsão da Vida Útil de Pinturas de Fachadas de Edifícios Antigos. Metodologia Baseada na Inspecção de Edifícios em Serviço. www.construlink.

Previsão da Vida Útil de Pinturas de Fachadas de Edifícios Antigos. Metodologia Baseada na Inspecção de Edifícios em Serviço. www.construlink. Metodologia baseada na inspecção de edifícios em serviço Universidade Técnica de Lisboa Instituto Superior Técnico Previsão da Vida Útil de Pinturas de Fachadas de Edifícios Antigos Metodologia Baseada

Leia mais

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável.

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Disso tenho plena certeza. Meus ossos não estavam

Leia mais

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana HINOS DE DESPACHO Tema 2012: Flora Brasileira Estrela D Alva www.hinarios.org 1 2 01 O DAIME É O DAIME O é o Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana O é o O professor dos professores

Leia mais

Sobre esta obra, você tem a liberdade de:

Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Sobre esta obra, você tem a liberdade de: Compartilhar copiar, distribuir e transmitir a obra. Sob as seguintes condições: Atribuição Você deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante

Leia mais

SAMIRA LESSA ABDALLA

SAMIRA LESSA ABDALLA SAMIRA LESSA ABDALLA Eficácia in vivo do sumo de Kalanchoe gastonis-bonnieri no controle do biofilme bacteriano e cálculo dentário de cães Tese apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Clínica Cirúrgica

Leia mais

Em C Bm Me alegrarei em ti Senhor Em C B Em Me alegrarei em ti Jesus

Em C Bm Me alegrarei em ti Senhor Em C B Em Me alegrarei em ti Jesus Me alegrarei INTRO: Em, /,, D E9 E9 Tudo pode passar, tudo pode mudar #m Mas eu sei que Tua palavra não passará E9 #m Em Ti seguro estou, minha fortaleza és Jesus Tua alegria é minha força D Ainda que

Leia mais

MARCOS RAFAEL TONIETTO A RELAÇÃO ENTRE CULTURA INFANTIL E SABERES DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA PRÁTICA DOCENTE COM CRIANÇAS PEQUENAS

MARCOS RAFAEL TONIETTO A RELAÇÃO ENTRE CULTURA INFANTIL E SABERES DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA PRÁTICA DOCENTE COM CRIANÇAS PEQUENAS MARCOS RAFAEL TONIETTO A RELAÇÃO ENTRE CULTURA INFANTIL E SABERES DA EDUCAÇÃO FÍSICA NA PRÁTICA DOCENTE COM CRIANÇAS PEQUENAS CURITIBA 2009 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MESTRADO EM EDUCAÇÃO A RELAÇÃO

Leia mais

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança.

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança. Radicais Kids Ministério Boa Semente Igreja em células Célula Especial : Dia Das mães Honrando a Mamãe! Principio da lição: Ensinar as crianças a honrar as suas mães. Base bíblica: Ef. 6:1-2 Texto chave:

Leia mais

AS 3 COISAS PARA NÃO FAZER DURANTE UM ATAQUE DE PÂNICO OU DE ANSIEDADE. Conselhos que a maioria das pessoas jamais ouvirão de seus médicos

AS 3 COISAS PARA NÃO FAZER DURANTE UM ATAQUE DE PÂNICO OU DE ANSIEDADE. Conselhos que a maioria das pessoas jamais ouvirão de seus médicos AS 3 COISAS PARA NÃO FAZER DURANTE UM ATAQUE DE PÂNICO OU DE ANSIEDADE Conselhos que a maioria das pessoas jamais ouvirão de seus médicos 1. Não se envolva com o pensamento "E se...". O gatilho que dispara

Leia mais

FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7

FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COM HABILITAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA OPORTUNIDADE EM MARKETING: O GRANDE PRÊMIO BRASIL 2010 DE FÓRMULA 1 E O CRESCIMENTO DE VENDAS DE PRODUTOS

Leia mais

CD UM NOVO DIA. Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar

CD UM NOVO DIA. Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar CD UM NOVO DIA Um Novo Dia Autor: Paulo Cezar Quantos momentos da vida. Me fazem ver. O que aqui dentro existe. Ouvi dizer. Luto pra conseguir, corro só pra fugir, faço o que posso, mas já não sou vencedor,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA PEDAGOGIA JACKELINE CORREA MARINS

FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA PEDAGOGIA JACKELINE CORREA MARINS FACULDADES INTEGRADAS MARIA THEREZA PEDAGOGIA JACKELINE CORREA MARINS EDUCAÇÃO LEGISLATIVA E FORMAÇÃO DE SERVIDORES PÚBLICOS DO PODER LEGISLATIVO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NITERÓI 2007 Jackeline Correa

Leia mais

Estágio em empresas. Relatório do

Estágio em empresas. Relatório do Estágio em empresas 2016 Relatório do Aos Departamentos de Recursos Humanos e Firmas com Estágios em 2016 Estágio em empresas de 20.06. a 01.07.2016 Estimados Senhores A Escola Alemã de Lisboa tem levado

Leia mais

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt

Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após encontro com a Senadora Ingrid Betancourt São Paulo-SP, 05 de dezembro de 2008 Presidente: A minha presença aqui

Leia mais

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS

Palestra tudo O QUE VOCE. precisa entender. Abundância & Poder Pessoal. sobre EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Palestra tudo O QUE VOCE sobre precisa entender Abundância & Poder Pessoal EXERCICIOS: DESCUBRA SEUS BLOQUEIOS Como aprendemos hoje na palestra: a Lei da Atração, na verdade é a Lei da Vibracao. A frequência

Leia mais

Orientação Profissional e de Carreira

Orientação Profissional e de Carreira Orientação Profissional e de Carreira Um processo para a vida toda Powered by: S U A C ARREIRA N A D IRE Ç Ã O CER T A Sponsored by: INTRODUÇÃO 25 anos de experiência 4.000 jovens contratados por ano Quem

Leia mais

DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA

DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA DIREITO DE FAMÍLIA: TEORIA E PRÁTICA TESTEMUNHOS DOS PARTICIPANTES ALUNOS OUVINTES Nome Completo: Norma Maria da Cruz 1. O que representou para você o curso Direito de Família Teoria e Pratica? Em linhas

Leia mais

ABRIL 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES PRÉ - VESTIBULAR

ABRIL 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES PRÉ - VESTIBULAR ABRIL 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES PRÉ - VESTIBULAR ANÁLISE MENSAL - ABRIL No mês de abril ocorreram dois eventos para as turmas do Pré vestibular. Uma palestra sobre Teoria do Conhecimento com o ex voluntario

Leia mais

1. Você escolhe a pessoa errada porque você espera que ela mude após o casamento.

1. Você escolhe a pessoa errada porque você espera que ela mude após o casamento. 10 Maneiras de se Casar com a Pessoa Errada O amor cego não é uma forma de escolher um parceiro. Veja algumas ferramentas práticas para manter os seus olhos bem abertos. por Rabino Dov Heller, Mestre em

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa?

5 Eu vou fazer um horário certo para tomar meus remédios, só assim obterei melhor resultado. A TV poderia gravar algum programa? Antigamente, quando não tinha rádio a gente se reunia com os pais e irmãos ao redor do Oratório para rezar o terço, isso era feito todas as noites. Eu gostaria que agora a gente faça isso com os filhos,

Leia mais

ALUNO: TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ALUNO: TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 3cm ESCOLAS E FACULDADES QI CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA UNIDADE: 12 - Viamão 6cm 12cm ALUNO: 15cm TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Porto Alegre 2015 2cm 3cm ESCOLAS E FACULDADES QI CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

Leia mais

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert Biodanza Para Crianças e Jovens Manuela Mestre Robert FICHA TÉCNICA: TÍTULO Biodanza para Crianças e Jovens AUTORIA Manuela Mestre Robert Manuela Mestre Robert, 2008 CAPA Crianças do 1º ciclo do Ensino

Leia mais

Mensuração do Desempenho do Gerenciamento de Portfólio de Projetos: Proposta de Modelo Conceitual

Mensuração do Desempenho do Gerenciamento de Portfólio de Projetos: Proposta de Modelo Conceitual Pedro Bruno Barros de Souza Mensuração do Desempenho do Gerenciamento de Portfólio de Projetos: Proposta de Modelo Conceitual Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens.

O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens. Os Serviços de Saúde Amigos das Crianças Crianças e Jovens: digam-nos o que pensam! O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO REPRESENTAÇÕES E EXPERIÊNCIAS DE UMA COMUNIDADE RURAL E ESCOLAR SOBRE O AMBIENTE, POUSO ALTO

Leia mais

Quem mais torce, incentiva, acompanha e

Quem mais torce, incentiva, acompanha e Capa esporte de pai para filho Edgard Rondina, o filho Felipe e uma paixão em comum: velejar no Lago Paranoá Por Leane Ribeiro Quem mais torce, incentiva, acompanha e muitas vezes até sofre com a carreira

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso após a cerimónia de assinatura

Leia mais

Revista Veja 18 de Fevereiro de 2009 Efésios 6. 1-4! Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo. Honra teu pai e tua mãe este é o primeiro mandamento com promessa para que tudo te corra

Leia mais

Violência Doméstica contra Crianças sob a

Violência Doméstica contra Crianças sob a Apresentação Maria Alice Barbosa de Fortunato Autores: Kássia Cristina C. Pereira* Maria Alice B. Fortunato* Marilurdes A. de M. Álvares* Orientadora: Lygia Maria Pereira da Silva** * Fiocruz CPQAM/ NESC

Leia mais

UMA PARCERIA DE SUCESSO!

UMA PARCERIA DE SUCESSO! RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Parceria Santa Dorotéia e Junior Achievement de Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO! 1 SUMÁRIO 1. Resultados Conquistados... 3 2. Resultados 2013... 4 3. Resultados Pesquisas...

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

Universidade METODISTA de São Paulo

Universidade METODISTA de São Paulo Agradecimentos Universidade METODISTA de São Paulo Ser mestre é exemplo de dedicação, doação, dignidade e, sobretudo, de amor. Meu carinho e gratidão aos Professores Doutores do Programa de Pós-graduação

Leia mais

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal.

Lembro-me do segredo que ela prometeu me contar. - Olha, eu vou contar, mas é segredo! Não conte para ninguém. Se você contar eu vou ficar de mal. -...eu nem te conto! - Conta, vai, conta! - Está bem! Mas você promete não contar para mais ninguém? - Prometo. Juro que não conto! Se eu contar quero morrer sequinha na mesma hora... - Não precisa exagerar!

Leia mais

O uso das tic s no processo de ensino aprendizagem: o blog como ferramenta pedagógica

O uso das tic s no processo de ensino aprendizagem: o blog como ferramenta pedagógica UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CEH CENTRO DE EDUCAÇÃO E HUMANIDADES FFP SG FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO O uso das tic s no processo de ensino aprendizagem: o

Leia mais

Quem te fala mal de. 10º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também." 2-Meditação da semana:

Quem te fala mal de. 10º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também. 2-Meditação da semana: 10º Plano de aula 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também." Provérbio Turco 2-Meditação da semana: Mestre conselheiro- 6:14 3-História da semana: AS três peneiras

Leia mais

A MÃE CUIDA DA FAMÍLIA

A MÃE CUIDA DA FAMÍLIA A MÃE CUIDA DA FAMÍLIA Nosso Pai Celestial deu responsabilidades a cada pessoa em nossa família. Ele deu às mães a responsabilidade de ensinar e cuidar de suas famílias. Pergunte à Primária, "De que forma

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO APÊNDICES 182 APÊNDICE A UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - FACED PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PPGE MESTRADO EM EDUCAÇÃO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO PESQUISA:

Leia mais

no. 49 O NU FEMININO COMO IDEAL DE BELEZA

no. 49 O NU FEMININO COMO IDEAL DE BELEZA O NU FEMININO COMO IDEAL DE BELEZA por rose klabin Escrevo-te toda inteira e sinto um sabor em ser e o sabor-ati é abstrato como o instante. É também com o corpo todo que pinto os meus quadros e na tela

Leia mais

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Brasília, 02/01/2011 (Saudações e agradecimentos)... Senhoras e senhores,

Leia mais

Os ídolos do coração

Os ídolos do coração Os ídolos do coração Êxodo 20.1-17 As Dez Palavras 1. E Deus falou todas estas palavras: 2. Eu sou o Senhor, o teu Deus, que te tirou do Egito, da terra da escravidão. 3. Não terás outros deuses além de

Leia mais

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo

Agrupamento de Escolas Pioneiras da Aviação Portuguesa EB1/JI Vasco Martins Rebolo Era uma vez a família Rebolo, muito simpática e feliz que vivia na Amadora. Essa família era constituída por quatro pessoas, os pais Miguel e Natália e os seus dois filhos Diana e Nuno. Estávamos nas férias

Leia mais

HÉLIO MENDES RODRIGUES AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ORGANIZACIONAL: ESTUDO DE CASO NO 1º GRUPAMENTO DE ENGENHARIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

HÉLIO MENDES RODRIGUES AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO ORGANIZACIONAL: ESTUDO DE CASO NO 1º GRUPAMENTO DE ENGENHARIA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO SERVIÇO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ADMINISTRAÇÃO HÉLIO MENDES RODRIGUES AVALIAÇÃO

Leia mais

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC ENTREVISTA MUSEO DE ARTE LATINOAMERICANO DE BUENOS AIRES MALBA FUNDACIÓN CONSTANTINI Entrevista realizada com a educadora Florencia González de Langarica que coordenou o educativo do Malba até 2012, concedida

Leia mais

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS Quinta-feira, 25 de Março de 2010 (Vídeo) P. Santo Padre, o jovem

Leia mais

produtos que antes só circulavam na Grande Florianópolis, agora são vistos em todo o Estado e em alguns municípios do Paraná.

produtos que antes só circulavam na Grande Florianópolis, agora são vistos em todo o Estado e em alguns municípios do Paraná. SABOR, TRADIÇÃO E PUREZA Uma marca conhecida por sua tradicionalidade, reconhecimento no mercado e sabor irresistível, a empresa Bebidas Leonardo Sell, completa 106 anos em 2011 sendo a primeira empresa

Leia mais

Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus

Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus CURSO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO E ESPIRITUAL DESCUBRA A ASSINATURA DE SUAS FORÇAS ESPIRITUAIS Test Viacharacter AVE CRISTO BIRIGUI-SP Jul 2015 Vós sois deuses, pois brilhe a vossa a luz! Jesus I SABER

Leia mais

Como mudar sem Stress

Como mudar sem Stress Como mudar sem Stress Dicas para uma mudança tranquila Christina Klüppel Costa Se quiser receber uma planilha resumo com check list para facilitar a organização e verificação de todos os passos, ou ainda

Leia mais

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É

CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É CONHECENDO-SE MELHOR DESCOBRINDO-SE QUEM VOCÊ É? 13 PASSOS QUE VÃO AJUDÁ-LO PARA SE CONHECER MELHOR E DESCOBRIR QUE VOCÊ REALMENTE É Descobrindo-se... Fácil é olhar à sua volta e descobrir o que há de

Leia mais

Juniores aluno 7. Querido aluno,

Juniores aluno 7. Querido aluno, Querido aluno, Por acaso você já se perguntou algumas destas questões: Por que lemos a Bíblia? Suas histórias são mesmo verdadeiras? Quem criou o mundo? E o homem? Quem é o Espírito Santo? Por que precisamos

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO DE PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS SÉRGIO DE ALENCAR

ESPECIALIZAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO DE PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS SÉRGIO DE ALENCAR ESPECIALIZAÇÃO EM PLANEJAMENTO E GESTÃO DE PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS SÉRGIO DE ALENCAR PROPOSTA METODOLÓGICA PARA A CONSTRUÇÃO DO PLANO GESTOR DA CASA DE MARIA/ARTE DE VIVER Trabalho de Conclusão do

Leia mais

Paródia 1ªA. Música Fugidinha Michel Teló. Cheguei na escola não consegui entender. Mas depois de um tempo tudo foi se resolver

Paródia 1ªA. Música Fugidinha Michel Teló. Cheguei na escola não consegui entender. Mas depois de um tempo tudo foi se resolver Paródia 1ªA Música Fugidinha Michel Teló Cheguei na escola não consegui entender Mas depois de um tempo tudo foi se resolver Tudo dando certo eu vou ficar esperto E vestibular eu vou fazer Sempre tem aquele

Leia mais

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero!

Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! Eu sei o que quero! Eu compro o que quero! As pessoas com dificuldades de aprendizagem têm o poder para escolher os seus serviços de apoio. Este folheto está escrito em linguagem fácil. O que é um consumidor?

Leia mais

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia?

Há 4 anos. 1. Que dificuldades encontra no seu trabalho com os idosos no seu dia-a-dia? Entrevista A13 I Experiência no lar Há quanto tempo trabalha no lar? Há 4 anos. 1 Qual é a sua função no lar? Encarregada de Serviços Gerais. Que tarefas desempenha no seu dia-a-dia? O contacto directo

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro

Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro Ano Lectivo 2007/2008 BIBLIOTECA CENTRO DE RECURSOS Literacia da Informação COMO FAZER UM TRABALHO 1ª Etapa Identificar o tema 2ª Etapa Procurar fontes de informação 3ª Etapa Seleccionar os documentos

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Como obter excelentes. Resultados. no Marketing Digital. Aprenda a usar 3 metas matadoras. Publicação SEVEN - SPD

Como obter excelentes. Resultados. no Marketing Digital. Aprenda a usar 3 metas matadoras. Publicação SEVEN - SPD Como obter excelentes Resultados no Marketing Digital Aprenda a usar 3 metas matadoras Publicação SEVEN - SPD Sumário Introdução Cápítulo 1 Comprometa-se com o Sonho Pessoal Capítulo 2 Desenvolva sua Estratégia

Leia mais

FRASES RITUALÍSTICAS REFLEXÃO DE NOITE ORDEM E PLENITUDE

FRASES RITUALÍSTICAS REFLEXÃO DE NOITE ORDEM E PLENITUDE FRASES RITUALÍSTICAS REFLEXÃO DE NOITE ORDEM E PLENITUDE A ordem é a maneira Em que o diferente funciona junto. Dali que a variedade e a plenitude são próprios. Intercambia, une os dispersos. E o reúne

Leia mais

Como criar um Utilizador no Windows

Como criar um Utilizador no Windows 2013-05-08 11:00:17 Olá, como estás? Hoje vamos falar de um assunto que te vai ajudar a organizar o teu computador, assim como o dos teus pais, se o utilizares para as tuas aventuras informáticas. Muitas

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

Humildade, bondade, sabedoria e persistência nos meus ideais foram às lições que me transmitiste e que ao longo desta caminhada nunca esqueci.

Humildade, bondade, sabedoria e persistência nos meus ideais foram às lições que me transmitiste e que ao longo desta caminhada nunca esqueci. Á memória de meu pai, Jacinto José Maria. Humildade, bondade, sabedoria e persistência nos meus ideais foram às lições que me transmitiste e que ao longo desta caminhada nunca esqueci. Por tudo isso, o

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS EM IDOSOS ATENDIDOS NO SERVIÇO DE REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS EM IDOSOS ATENDIDOS NO SERVIÇO DE REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS EM IDOSOS ATENDIDOS NO SERVIÇO DE REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL FORTALEZA CEARÁ 2009 SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS

Leia mais

LIVRO DE CIFRAS Página 1 colodedeus.com.br

LIVRO DE CIFRAS Página 1 colodedeus.com.br LIVRO DE CIFRAS Página 1 Página 2 Página 3 ACENDE A CHAMA AUTOR: HUGO SANTOS Intro: A F#m D A F#m D A F#m D Quero Te ver, acende a Chama em mim Bm F#m A Vem com Teu Fogo, vem queimar meu coração Bm F#m

Leia mais