Construindo Valores em um mundo em transformação Hercio Fonsêca de Araújo. Maria Eugênia Belczak Questão Essencial

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Construindo Valores em um mundo em transformação Hercio Fonsêca de Araújo. Maria Eugênia Belczak Questão Essencial"

Transcrição

1 3º Período Presencial PROGRAMAÇÃO alterado em 07/08/14 1º dia 18 de agosto de 2014 segunda-feira 10h às 10h50 10h50 às 12h10 14h às 14h50 14h50 às 15h10 15h10 às 17h40 Abertura e apresentação da 3ª etapa do CIV Marcelo Weitzel Rabello de Souza - Procurador-Geral de Justiça Militar Jaime de Cassio Miranda Promotor de Justiça Militar Alexandre Reis de Carvalho Promotor de Justiça Militar Experiências profissionais: compartilhamento e contribuições Jaime de Cassio Miranda Promotor de Justiça Militar Alexandre Reis de Carvalho Promotor de Justiça Militar Construindo Valores em um mundo em transformação Hercio Fonsêca de Araújo intervalo Realidade em construção Maria Eugênia Belczak Questão Essencial Observação: 4h deste tema serão realizadas a distância. 2º dia 19 de agosto de terça-feira 8h30 9h às 9h50 10h às 12h30 Saída da PGJM com destino o Batalhão de Polícia do Exército Brasileiro - BPEB Sistema de fiscalização de produtos controlados pelo Exército Brasileiro 1. Estrutura e funcionamento do sistema de fiscalização pelo Exército Brasileiro; 2. Procedimentos para aquisição de armamento por membros do Ministério Público; 3. Procedimentos para transporte da arma de uso pessoal. Coronel Helvetius Marques da Silva Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados Curso teórico de funcionamento de armas de fogo, regras de segurança e técnicas de tiros 1.Funcionamento das armas de fogo; 2. Regras de segurança. João Felipe Dias Alves Comandante do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília Capitão Alysson Raffael da Silva Schvengber Chefe do Núcleo de Ensino

2 Observação: vestimenta confortável, jeans/sarja, camiseta, tênis, boné (há risco de danificar a roupa). Levar protetor solar e repelente. 12h30 às 13h30 13h30 às 14h 14h às 17h30 17h40 Almoço no Setor Militar Urbano Deslocamento para o estande de tiro Curso prático de tiro de defesa para agentes públicos parte I 1. Apresentação do estande de tiro e do armamento; 2. Regras de funcionamento de segurança; 3. Prática do tiro; 4. Avaliação e orientações finais. Tenente Coronel - João Felipe Dias Alves Comandante do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília Capitão Alysson Raffael da Silva Schvengber Chefe do Núcleo de Ensino Retorno à PGJM 3º dia 20 de agosto de 2014 quarta-feira 8h30 às 10h10 Técnicas Especiais de Investigação 1. A investigação e os meios de obtenção da prova; 2. Colaboração premiada, ação controlada e infiltração de agentes; 3. Acesso a registro, dados cadastrais, documentos e informações; e 4. Infrações transnacionais, organizações criminosas e ações terroristas. Renato Brasileiro de Lima Promotor de Justiça Militar 10h10 às 10h30 Intervalo 10h30 às 12h10 14h 14h30 às 17h40 Continuação Saída da PGJM para o estande de tiro do BPEB Curso prático de tiro de defesa para agentes públicos parte II 1. Orientações iniciais e de segurança; 2. Demonstração do funcionamento de armas de fogo utilizadas pelo Exército Brasileiro; 3. Prática do tiro; 4. Avaliação e orientações finais. Tenente Coronel João Felipe Dias Alves Comandante do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília Capitão Alysson Raffael da Silva Schvengber Chefe do

3 Núcleo de Ensino 18h às 19h 19h às 21h30 Intervalo Curso prático de tiro de defesa para agentes públicos parte III 1. Orientações para uso do estande no período noturno e regras de segurança; 2.Prática do tiro noturno; 3. Avaliação e orientações finais. Tenente Coronel João Felipe Dias Alves Comandante do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília Capitão Alysson Raffael da Silva Schvengber Chefe do Núcleo de Ensino Observação: recomenda-se levar agasalho 4º dia 21 de agosto de 2014 quinta-feira 09h40 às 12h10 O Ministério da Defesa e o Ministério Público Militar 1.Estrutura da Consultoria Jurídica do Ministério da Defesa; 2. Principais demandas jurídicas atuais; e 3. Relacionamentos com o Poder Judiciário e Ministério Público. Dra. Lívia Cardoso Viana Gonçalves - Chefe de Gabinete Interina do Ministro de Estado da Defesa Dr. Leonardo Raupp Bocorny - Consultor Jurídico Substituto 14h às 14h50 A Marinha do Brasil e o Ministério Público Militar 1. Formação de carreira dos militares da Força Naval. Contra-Almirante Antônio Carlos Soares Guerreiro Diretor de Ensino da Marinha 14h50 às 15h40 A Marinha do Brasil e o Ministério Público Militar 1. Assessoria Jurídica dos vários órgãos do Comando da Marinha: estrutura, atuação e principais demandas jurídicas atuais; 2. Relacionamento com o Poder Judiciário e Ministério Público. Capitão-de-Mar-e-Guerra Thaís Márcia Fernandes Matano Lacerda - Assessora-Chefe de Justiça e Disciplina 15h40 às 16h00 16h às 17h40 Intervalo Apresentação dos relatórios das visitas técnicas 1. Grupo I - Efeitos diretos e indiretos do crime de motim perpetrado por militares controladores de tráfego aéreo:

4 violação de bens jurídicos propriamente e impropriamente militares; 2. Grupo II - Limites jurídicos e medidas de prevenção no gerenciamento do risco na formação e adestramento do combatente especial; 3. Grupo III - Amparo legal para o emprego da Lei nº 9.614/98 e Decreto nº 5.144/2004 nas atividades de garantia da lei e da ordem na segurança de grandes eventos internacionais com sede no Brasil; e 4. Debates e considerações finais. Coordenação: Alexandre Reis de Carvalho Promotor de Justiça Militar 5º dia 22 de agosto de 2014 sexta-feira 8h30 às 12h10 O uso legal e a proteção das águas territoriais pela Marinha do Brasil 1. Marcos teóricos do uso e proteção das águas territoriais; 2. Preservação do meio ambiente no planejamento e execução das atividades operacionais da Marinha do Brasil; 3. O ensino profissional marítimo; 4. A inspeção naval. 5. O controle, o patrulhamento, a segurança e a fiscalização das atividades aquaviárias pela Marinha do Brasil. Contra-Almirante Newton Calvoso Pinto Homem Sub- Chefe de Organização e Assuntos Marítimos do Comando de Operações Navais 14h às 15h40 Marcos teóricos e atuação do Ministério Público na tutela do meio ambiente 1. O meio ambiente como bem jurídico tutelado; 2. Mecanismos de tutela e proteção judicial e extrajudicial do meio ambiente; 3. Impactos diretos e indiretos da violação ao meio ambiente na economia, saúde, desenvolvimento e outras áreas de tutela do Estado e da sociedade; 4. Atuação do Ministério Público na prevenção e transformação social e responsabilização dos agentes violadores do meio ambiente; e 5. A atuação conjunta entre os vários ramos do Ministério Público brasileiro, órgãos governamentais e da sociedade organizada e a cooperação internacional. Nicolao Dino de Castro e Costa Neto Procurador Regional da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes Procurador da República 15h40 às 16h Intervalo

5 16h às 17h40 Continuação 23 e 24 de agosto de 2014 sábado e domingo Saída de Brasília com destino a Manaus 6º dia 25 de agosto de 2014 segunda-feira 8h15 8h45 9h às 12h30 Saída do Hotel com destino ao 9º Distrito Naval Chegada ao 9º Distrito Naval A defesa, o desenvolvimento sócio-econômico e a preservação ambiental da Região Amazônica pela Marinha do Brasil e visitação ao Comando e meios navais do 9º Distrito Naval. 1. Missão, estrutura, meios, atividades e funcionamento do Comando do 9º Distrito Naval; 2. O controle, o patrulhamento, a segurança e a fiscalização das atividades aquaviárias da Região Amazônica; 3. As ações preventivas e repressivas pela Marinha do Brasil no combate aos delitos transfronteiriços e ambientais nas águas interiores da Região Amazônica; 4. A gestão e a preservação ambiental pela Marinha do Brasil na Região Amazônica (Lei nº 6938/81); 5. A condução de missões de garantia da lei e da ordem pela Marinha do Brasil na Região Amazônica; 6. A atuação conjunta com os órgãos de segurança pública e instituições governamentais da Região Amazônica; 7. Ações cívico sociais, humanitárias e assistenciais executadas pela Marinha do Brasil na Região Amazônica; 8. Relacionamento e atuação interagências poder público e organismos da sociedade civil; 9. Visitação às instalações e meios navais do 9º Distrito Naval e Batalhão de Operações Ribeirinhas. Vice-Almirante Domingos Savio Almeida Nogueira - Comandante do 9º Distrito Naval Capitão-de-Fragata Marcio Rossini Batista Barreira Capitão-de-Mar-e-Guerra Paulino Antonio de Paula Junior Capitão dos Portos da Amazônia Ocidental Capitão-de-Mar-e-Guerra Ednaldo Blum de Oliveira Santos - Comandante da Flotilha do Amazonas 12h30 às 14h 14h10 às 17h45 Almoço na Marinha do Brasil Operações ribeirinhas e a patrulha fluvial 1. Marcos teórios, finalidade, tipos de missão, preparo, emprego e características do combatente de

6 operações ribeirinhas; 2. Planejamento e gerenciamento do risco na formação e treinamento do combatente de operações ribeirinhas; 3. Visitação às instalações do Grupamento de Operações Ribeirinhas; 4. Demonstração embarcada da atividade de patrulha fluvial. Capitão-de-Mar-e-Guerra Paulino Antonio de Paula Junior Capitão dos Portos da Amazônia Ocidental Capitão-de-Mar-e-Guerra Ednaldo Blum de Oliveira Santos Comandante da Flotilha do Amazonas 18h Retorno ao Hotel 7º dia 26 de agosto de 2014 terça-feira 8h15 Saída do Hotel com destino ao COMAR VII 8h45 9h às 12h30 12h30 às 13h45 13h50 14h20 14h30 às 16h10 Chegada ao COMAR VII A defesa, desenvolvimento sócio-econômico e preservação ambiental da Região Amazônica pela Força Aérea Brasileira 1. Missão, estrutura, meios, atividades e funcionamento do VII Comando Aéreo Regional; 2. O controle, o patrulhamento, a segurança e a fiscalização do espaço aéreo específico da Região Amazônica; 3. As ações preventivas e repressivas pela Força Aérea Brasileira no combate aos delitos transfronteiriços na Região Amazônica; 4. A condução de missões de garantia da lei e da ordem pela Força Aérea Brasileira na Região Amazônica; 5. A atuação conjunta com os órgãos de segurança pública, com outras Forças Armadas e outras instituições governamentais da Região Amazônica; 6. Ações cívico sociais e humanitárias executadas pela FAB na Região Amazônica; 7. Visitação às instalações da Aeronáutica em Manaus. Major-Brigadeiro do Ar Antonio José Mendonça de Toledo Lobato Comandante do COMAR VII Almoço na Base Aérea de Manaus Saída para a PJM/Manaus Chegada na PJM/Manaus A Polícia Federal e o Ministério Público Militar 1. Missão, estrutura e atuação da Polícia Federal na Região Amazônica; 2. A prevenção e investigação de crimes ambientais, de tráfico de entorpecentes, de

7 armamentos e demais crimes transfronteiriços na Região Amazônica; 3. A atuação conjunta da Polícia Federal com a Polícia Judiciária Militar e com os Comandos Militares da Região Amazônica. Capacitador a ser definido 16h10 às 16h30 16h30 às 18h10 Intervalo Atuação Conjunta do Ministério Público Federal e o Ministério Público Militar na Região Amazônica 1. Estrutura e atribuições do MPF na Região Amazônica; 2. Principais desafios e demandas na área criminal do controle externo da atividade policial e dos direitos difusos e coletivos; 3. Questões práticas que permeiam as relações entre MPF e MPM; e 4. Desafios e medidas de incremento da atuação conjunta entre MPF e MPM. Capacitador a ser definido 8º dia 27 de agosto de 2014 quarta-feira 9h15 Saída do hotel com destino ao Comando Militar da Amazônia - CMA Observação: Vestimenta confortável, jeans, tênis, camiseta, boné; levar protetor solar e repelente. Recomendável: vacina da febre amarela, tétano e hepatite B. 9h45 Chegada e recepção no CMA 9h às 12h30 A defesa, o desenvolvimento sócio-econômico e a preservação ambiental da Região Amazônica pelo Exército Brasileiro. 1. Missão, estrutura, meios, atividades e funcionamento do Comando Militar da Amazônia e organizações subordinadas; 2. A defesa, o patrulhamento e a proteção da faixa de fronteira terrestre da Região Amazônica; 3. As ações preventivas e repressivas pelo Exército Brasileiro no combate aos delitos transfronteiriços e ambientais da Região Amazônica; 4. A gestão e a preservação ambiental pelo Exército Brasileiro na Região Amazônica (Lei nº 6938/81 e Portaria 1138 de 22/11/2010 do Comando do Exército); 5. A condução de missões de garantia da lei e da ordem pelo Exército Brasileiro na Região Amazônica; 6. A atuação conjunta com os demais Comandos Militares e com os órgãos de segurança pública e instituições governamentais da Região Amazônica; 7. Ações cívico sociais, humanitárias e assistenciais de desenvolvimento sócio-econômico

8 executados pelo Exército Brasileiro na Região Amazônica; 8. O relacionamento e a integração do Exército Brasileiro com as comunidades indígenas e ribeirinhas na Região Amazônica. General de Exército Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira Comandante do Comando Militar da Amazônia General de Brigada Ubiratan Poty Chefe do Estado- Maior do Comando Militar da Amzônia 12h30 às 13h30 13h30 13h50 às 17h40 Almoço no Comando Militar da Amazônia Saída do Comando Militar da Amazônia para o Centro de Instrução e Guerra na Selva A formação e o adestramento do combatente de selva e o gerenciamento do risco dessas atividades 1. Marcos teórios, finalidade, tipos de missão, preparo, emprego e características do combatente de selva; 2. Planejamento e gerenciamento do risco na formação e treinamento do combatente de selva; 3. Visitação às instalações do Centro de Instrução e Guerra na Selva. Coronel Alfredo José Ferreira Dias Comandante do Centro de Instrução de Guerra na Selva 9º dia 28 de agosto de 2014 quinta-feira 7h45 8h30 8h45 Saída do Hotel para a Base Aérea de Manaus Chegada na Base Aérea de Manaus Decolagem de Manaus 10h45 Pouso em São Gabriel da Cachoeira 10h45 às 17h40 Atividades típicas de brigada de infantaria de selva e unidades subordinadas 1. Missão, estrutura, atribuições, funcionamento e desafios da Brigada São Gabriel da Cachoeira; 2. A defesa, o patrulhamento e a proteção da faixa de fronteira terrestre da Região Amazônica pelas unidades operacionais da Região Amazônica; 3. As ações preventivas e repressivas pelas unidades operacionais da Região Amazônica no combate aos delitos transfronteiriços e ambientais da Região Amazônica; 4. Visitação às instalações da Brigada São Gabriel da Cachoeira; e 5. Deslocamento fluvial e visita ao hospital de guarnição de São Gabriel da Cachoeira. General de Brigada Antonio Manoel de Barros

9 Comandante da 2ª Brigada de Infantaria de Selva 17h40 20h Retorno ao local de hospedagem Jantar 10º dia 29 de agosto de 2014 sexta-feira 7h 7h45 8h 8h20 8h30 às 10h40 10h45 11h05 Saída do local de hospedagem Chegada ao campo de pouso Decolagem em São Gabriel da Cachoeira Pouso no Pelotão de Fronteira de Maturacá Atividades típicas de um Pelotão de Fronteira 1. Missão, estrutura, atribuições, funcionamento e desafios do Pelotão de Fronteira; 2. Visitação às instalações do Pelotão de Fronteira de Maturacá. 2º tenente Julio Cesar de Souza Nunes Comandante do 5º Batalhão Especial de Fronteira Decolagem para São Gabriel da Cachoeira Pouso em São Gabriel da Cachoeira 11h05 às 11h50 Trânsito Deslocamento ao Hotel de 12h às 13h30 13h30 às 14h15 14h30 16h30 Almoço de encerramento Deslocamento para o campo de pouso e embarque Decolagem para Manaus Pouso em Manaus e retorno às Procuradorias de origem

Experiências profissionais: compartilhamento contribuições Alexandre Reis de Carvalho Promotor de Justiça Militar

Experiências profissionais: compartilhamento contribuições Alexandre Reis de Carvalho Promotor de Justiça Militar PROGRAMAÇÃO 3º Período Presencial 1º dia 18 de agosto de 2014 segunda-feira 10h às 10h50 Abertura e apresentação da 3ª etapa do CIV Marcelo Weitzel Rabello de Souza - Procurador-Geral de Justiça Militar

Leia mais

Presentation Title Presentation Subtitle

Presentation Title Presentation Subtitle Presentation Title Presentation Subtitle SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 ASPECTOS LEGAIS 3 ASPECTOS ESTRATÉGICOS 4 SISFRON Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica,

Leia mais

SEGURANÇA PÚBLICA ARTIGOS 42 E 144 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

SEGURANÇA PÚBLICA ARTIGOS 42 E 144 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL SEGURANÇA PÚBLICA ARTIGOS 42 E 144 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Segurança Pública, no entendimento do professor Orlando Soares (in Comentários à Constituição da República Federativa do Brasil), traduz o estado

Leia mais

Diárias e Passagens do Período: 01/07/2012 a 31/07/2012

Diárias e Passagens do Período: 01/07/2012 a 31/07/2012 Diárias e Passagens do Período: 01/07/2012 a 31/07/2012 VALOR DAS PASSAGENS: R$ 417,48 ALEXANDRE REIS DE CARVALHO FILHO DEPENDENTE DO PROMOTOR ALEXANDRE REIS DE CARVALHO PROCURADOR - GERAL DA JUSTIÇA MILITAR,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999 Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas.

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA 5ª REGIÃO DE POLÍCIA MILITAR 14º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR

POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA 5ª REGIÃO DE POLÍCIA MILITAR 14º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR POLÍCIA MILITAR DE SANTA CATARINA 5ª REGIÃO DE POLÍCIA MILITAR 14º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR Maslow e as necessidades humanas: A preocupação com a segurança. Qualificando a palavra segurança : Conceito

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ CORREGEDORIA GERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ CORREGEDORIA GERAL PROGRAMAÇÃO DO ESTÁGIO DE ADAPTAÇÃO Dia 1º de agosto de 2013 Quinta-feira. 9h às 12h: Posse solene e conferência magna A missão do Ministério Público como agente de transformação social. Palestrante: José

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL Decreto Lei n.º 142/2015 de 31 de julho O Decreto Lei n.º 296/2009, de 14 de outubro, procedeu à alteração da estrutura do regime remuneratório aplicável aos militares dos

Leia mais

Marinha do Brasil e Polícia Federal apreendem contrabando no Paraná

Marinha do Brasil e Polícia Federal apreendem contrabando no Paraná Marinha do Brasil e Polícia Federal apreendem contrabando no Paraná Nesta segunda-feira (27 de julho), uma ação conjunta da Marinha do Brasil e Polícia Federal realizou a apreensão de contrabando e duas

Leia mais

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 225. Mossoró/RN, em 01 de Dezembro de 2014. (Segunda-feira)

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 225. Mossoró/RN, em 01 de Dezembro de 2014. (Segunda-feira) RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL 12º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR 01 P-1 BOLETIM INTERNO N.º 225 Mossoró/RN, em 01

Leia mais

Programação. Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário. Data: de 14 a 16 de Agosto de 2014

Programação. Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário. Data: de 14 a 16 de Agosto de 2014 Programação Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário Data: de 14 a 16 de Agosto de 2014 Setor Hoteleiro Sul Quadra 5 - Bloco G Brasília/DF Comissão Organizadora: - Edmilton Gomes

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999. Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas.

LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999. Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas. LEI COMPLEMENTAR Nº 97, DE 9 DE JUNHO DE 1999 Dispõe sobre as normas gerais para a organização, o preparo e o emprego das Forças Armadas. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

Programação. Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário. Data: de 14 a 16 de Agosto de 2014

Programação. Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário. Data: de 14 a 16 de Agosto de 2014 Programação Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário Data: de 14 a 16 de Agosto de 2014 Comissão Organizadora: - Edmilton Gomes de Oliveira Presidente - Antônio Wálker Silva Matos

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO EM GESTÃO E CONSERVAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS EM REGIÕES HIDROGRÁFICAS DO ESTADO DO AMAZONAS

CURSO DE CAPACITAÇÃO EM GESTÃO E CONSERVAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS EM REGIÕES HIDROGRÁFICAS DO ESTADO DO AMAZONAS CURSO DE CAPACITAÇÃO EM GESTÃO E CONSERVAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS EM REGIÕES HIDROGRÁFICAS DO ESTADO DO AMAZONAS UM CONVITE PARA O CONHECIMENTO DOS RECURSOS HÍDRICOS AMAZÔNICOS! OBJETIVO GERAL Capacitar

Leia mais

! Relatório!do!curso!Judicial!Swat!!!!

! Relatório!do!curso!Judicial!Swat!!!! RelatóriodocursoJudicialSwat RealizadopelaUSPoliceInstructor TeamsnoCondadodeLake Flórida Aluno:ArturGustavoAzevedodoNascimentoD AMMA MarçoDAbrilde2013 No ano de 2013, mais especificamente de 31.03 até

Leia mais

GRUPO DE MONITORES INTERAMERICANOS NA COLÔMBIA GMI/CO

GRUPO DE MONITORES INTERAMERICANOS NA COLÔMBIA GMI/CO GRUPO DE MONITORES INTERAMERICANOS NA COLÔMBIA GMI/CO INFORMATIVO NR 06, JUNHO DE 2012 VÍTIMAS DE MINAS ANTI-PESSOAL NA COLÔMBIA SITUAÇÃO DA DESMINGEM NA COLÔMBIA Fonte: Programa Presidencial para a Ação

Leia mais

Diárias e Passagens do Período: 01/12/2014 a 31/12/2014

Diárias e Passagens do Período: 01/12/2014 a 31/12/2014 Diárias e Passagens do Período: 01/12/2014 a 31/12/2014 NOME DO BENEFICIÁRIO: CARLOS EDUARDO COUTINHO NOGUEIRA CARGO DO BENEFICIÁRIO: ANALISTA DO MPU/PERÍCIA/ENGENHARIA ELÉTRICA REALIZAR O RECEBIMENTO

Leia mais

Lancha Patrulha de Rio (LPR-01) começa a operar na região da Tríplice Fronteira

Lancha Patrulha de Rio (LPR-01) começa a operar na região da Tríplice Fronteira Lancha Patrulha de Rio (LPR-01) começa a operar na região da Tríplice Fronteira Lancha Patrulha de Rio (LPR-01) em Tabatinga (AM) No dia 31 de março, após uma travessia de seis dias navegando na calha

Leia mais

Programação. Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário

Programação. Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário Programação Tema: A atividade de Inteligência na Segurança do Poder Judiciário Data: de 14 a 16 de Agosto de 2014 Local: Auditório do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil SAUS Quadra 5 Lote

Leia mais

A ATUAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS NAS AÇÕES SUBSIDIÁRIAS

A ATUAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS NAS AÇÕES SUBSIDIÁRIAS MINISTÉRIO DA DEFESA A ATUAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS NAS AÇÕES SUBSIDIÁRIAS Almirante-de-Esquadra Ademir Sobrinho Chefe de Operações Conjuntas do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas MINISTÉRIO DA DEFESA

Leia mais

2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada.

2.1. Objectivo Geral: Ministrar uma formação especializada sobre matérias de segurança, numa óptica multidisciplinar, mas integrada. PROGRAMA DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E SEGURANÇA 1. Apresentação A Fundação Direito e Justiça e o Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais, em parceria, com a Faculdade de Direito da

Leia mais

BOLETIM INTERNO Nº. 046 Natal/RN, 22 de Novembro de 2013. (Sexta-feira)

BOLETIM INTERNO Nº. 046 Natal/RN, 22 de Novembro de 2013. (Sexta-feira) BI Nº. 046 CIPGD 22 DE NOVEMBRO DE 2013 247 RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR COMANDO DE POLICIAMENTO METROPOLITANO COMPANHIA INDEPENDENTE

Leia mais

Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração

Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna e Oficiais de Ligação de Imigração Oficiais de Ligação do Ministério da Administração Interna A existência de Oficiais de Ligação do Ministério

Leia mais

8 de agosto (quarta-feira)

8 de agosto (quarta-feira) Manaus, 8-11 de agosto de 2012 8 de agosto (quarta-feira) 9h - 15h Entrega de credenciais 9h - 10h30 Reunião dos Coordenadores das Oficinas Temáticas e da Comissão da Carta de Manaus da Magistratura e

Leia mais

ASSISTÊNCIA MILITAR DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR

ASSISTÊNCIA MILITAR DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR ASSISTÊNCIA MILITAR DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Subordinação: Finalidade: ASSISTÊNCIA MILITAR DA PREFEITURA MUNICIPAL DE SALVADOR - ADMINISTRAÇÃO DIRETA AO PREFEITO

Leia mais

ANEXO B RELAÇÃO DE OM

ANEXO B RELAÇÃO DE OM DEPARTAMENTO DECEx Departamento de Educação e Cultura do Exército Diretoria de Especialização e Extensão Diretoria do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército Escola de Educação Física do Exército Escola

Leia mais

POLÍCIA FEDERAL. Apresentação Institucional DIVISÃO DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS

POLÍCIA FEDERAL. Apresentação Institucional DIVISÃO DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS POLÍCIA FEDERAL Apresentação Institucional DIVISÃO DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS AGENDA NOSSA ESTRUTURA O QUE FAZEMOS NOSSA MISSÃO NOSSA GESTÃO NOSSAS REALIZAÇÕES NOSSO FUTURO NOSSA ESTRUTURA ESTRUTURA

Leia mais

O PODER DE POLÍCIA DAS FORÇAS ARMADAS

O PODER DE POLÍCIA DAS FORÇAS ARMADAS 1 O PODER DE POLÍCIA DAS FORÇAS ARMADAS Rafael Nascimento Ferreira de Melo * RESUMO O tema em questão trata-se de matéria atinente ao Direito Constitucional Militar. Poder de polícia nada mais é do que

Leia mais

INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE DE

INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE DE INFORMATIVO DO 2º TRIMESTRE DE 2015 5º BIL na operação anhanguera-2015 2 EDITORIAL Nesta edição do nosso Informativo O Itororó apresentaremos as principais atividades realizadas pelo 5º Batalhão de Infantaria

Leia mais

Anexo I - Plano de Classificação de Documentos 33.01.01.01

Anexo I - Plano de Classificação de Documentos 33.01.01.01 Anexo I - Plano de Classificação de Documentos Secretaria de Estado de Segurança - SESEG Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro - PMERJ 33 - Competência: Exercer a polícia ostensiva e a preservação

Leia mais

Endereço: Rua Assunção, 1.100 José Bonifácio Fortaleza/CE CEP: 60050-011 www.mp.ce.gov.br

Endereço: Rua Assunção, 1.100 José Bonifácio Fortaleza/CE CEP: 60050-011 www.mp.ce.gov.br 2013 PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA Endereço: Rua Assunção, 1.100 José Bonifácio Fortaleza/CE CEP: 60050-011 www.mp.ce.gov.br Unidade...telefone Gabinete Procurador Geral...3452.3701 3452.3702(Fax) Comissão

Leia mais

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VII SENABOM Ten Cel BM BRITO Ten Cel BM ANTONIO GRAÇA OPERAÇÕES HELITRANSPORTADAS NO CBMERJ SUMÁRIO Breve histórico Operações helitransportadas Estatística

Leia mais

XXI Seminário Nacional de Segurança das IPES UFPA - 2012 Legislação e suas Contradições na Segurança das IPES

XXI Seminário Nacional de Segurança das IPES UFPA - 2012 Legislação e suas Contradições na Segurança das IPES XXI Seminário Nacional de Segurança das IPES UFPA - 2012 Legislação e suas Contradições na Segurança das IPES Armando Luís do Nascimento Universidade Federal de Pernambuco Pesquisador do Núcleo de Estudos

Leia mais

Escala horária de propaganda em rede para televisão 08/10/2010 a 29/10/2010

Escala horária de propaganda em rede para televisão 08/10/2010 a 29/10/2010 Justiça Eleitoral Página 1 de 5 Cargo: Presidente Data da propaganda: 08/10/2010 SEXTA-FEIRA PARA O BRASIL SEGUIR MUDANDO 13:00:00 13: 20:30:00 20:40:00 O Brasil Pode Mais 13: 13:20:00 20:40:00 20:50:00

Leia mais

A NOVA POLICIA (MILITAR AMBIENTAL E DE FRONTEIRA) E O NOVO CRIME MILITAR

A NOVA POLICIA (MILITAR AMBIENTAL E DE FRONTEIRA) E O NOVO CRIME MILITAR A NOVA POLICIA (MILITAR AMBIENTAL E DE FRONTEIRA) E O NOVO CRIME MILITAR (*) Artigo extraído da Revista Direito Militar nº 51, da AMAJME, edição Jan/Fev 2005, fls 08 à 14, de lavra de Luiz Carlos Couto,

Leia mais

Foram promovidos, por Decreto Presidencial, contando antiguidade a partir de 31 de março de 2014:

Foram promovidos, por Decreto Presidencial, contando antiguidade a partir de 31 de março de 2014: Nomar - abril 2014 - nº 863 Foram promovidos, por Decreto Presidencial, contando antiguidade a partir de 31 de março de 2014: O Almirante-de-Esquadra Sergio Roberto Fernandes dos Santos é natural do Rio

Leia mais

Esquadrão HU-1 participa da operação anfíbia UANFEX-1

Esquadrão HU-1 participa da operação anfíbia UANFEX-1 Esquadrão HU-1 participa da operação anfíbia UANFEX-1 No período de 31 de março a 8 de abril, o 1 Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-1), operando com uma aeronave UH-12 Esquilo embarcada na

Leia mais

Operações Interagências na Faixa de Fronteira e Relações Internacionais

Operações Interagências na Faixa de Fronteira e Relações Internacionais Operações Interagências na Faixa de Fronteira e Relações Internacionais Cláudio Medeiros Leopoldino Coordenador-Geral Adjunto Brasil: 16.886 km de fronteiras terrestres 10 países vizinhos fronteiras plenamente

Leia mais

Proposta. Projeto Brasileiro. Brasília, outubro de 2012

Proposta. Projeto Brasileiro. Brasília, outubro de 2012 Proposta Projeto Brasileiro Brasília, outubro de 2012 1 - Existe, em seu país, política pública, programa ou estratégia de acesso ao Direito, para a população em condição de vulnerabilidade (grupos vulneráveis)?

Leia mais

Operação Cisne Branco 2015. Imagem: CB SEVERIANO

Operação Cisne Branco 2015. Imagem: CB SEVERIANO Operação Cisne Branco 2015 Imagem: CB SEVERIANO Operação Cisne Branco O que é e quem participa; Como participar; Concurso de Redação; Prêmios; Conhecendo a Marinha do Brasil; e Como ingressar na Marinha.

Leia mais

Primeiras fotos do "roll out" do Skyhawk da Marinha do Brasil

Primeiras fotos do roll out do Skyhawk da Marinha do Brasil Primeiras fotos do "roll out" do Skyhawk da Marinha do Brasil Mais uma vez, o DAN trás em primeira mão, as primeiras fotos do roll out do AF-1M da Marinha do Brasil, ocorrido nas instalações da Embraer

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO PIAUÍ QUARTEL DO COMANDO GERAL DIRETORIA DE ENSINO, INSTRUÇÃO E PESQUISA - DEIP

POLÍCIA MILITAR DO PIAUÍ QUARTEL DO COMANDO GERAL DIRETORIA DE ENSINO, INSTRUÇÃO E PESQUISA - DEIP A P R O V O Em / / V I S T O Em / / CMT GERAL/PMPI Diretor da DEIP/PMPI POLÍCIA MILITAR DO PIAUÍ QUARTEL DO COMANDO GERAL DIRETORIA DE ENSINO, INSTRUÇÃO E PESQUISA - DEIP PLANO DO 2º CURSO TEÓRICO E PRÁTICO

Leia mais

BOLETIM DE PESSOAL E SERVIÇO - V.4 Nº 53 Brasília - DF, 30 de dezembro de 2009 SUMÁRIO

BOLETIM DE PESSOAL E SERVIÇO - V.4 Nº 53 Brasília - DF, 30 de dezembro de 2009 SUMÁRIO BOLETIM DE PESSOAL E SERVIÇO - V.4 Nº 53 Brasília - DF, 30 de dezembro de 2009 SUMÁRIO I - DIRETORIA II - ÓRGÃOS DE ASSISTÊNCIA DIRETA E IMEDIATA À DIRETORIA DA ANAC a) Gabinete b) Assessoria Parlamentar

Leia mais

SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA SENASP F O R T A L E Z A /CE - 1 9 E 2 0 D E N O V E M B R O D E 2014.

SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA SENASP F O R T A L E Z A /CE - 1 9 E 2 0 D E N O V E M B R O D E 2014. SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA SENASP F O R T A L E Z A /CE - 1 9 E 2 0 D E N O V E M B R O D E 2014. SENASP/MJ Encontro Nacional de Aviação de Segurança Pública 2014 SENASP/MJ Encontro Nacional

Leia mais

F 3 2 90 0 100 150.000 F 4 2 30 0 100 21.500.000 TOTAL - FISCAL 21.650.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 21.650.000

F 3 2 90 0 100 150.000 F 4 2 30 0 100 21.500.000 TOTAL - FISCAL 21.650.000 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 21.650.000 ORGAO : 30000 - MINISTERIO DA JUSTICA UNIDADE : 30101 - MINISTERIO DA JUSTICA 0698 GESTAO E APOIO INSTITUCIONAL NA AREA DA JUSTICA 150.000 14 128 0698 4572 CAPACITACAO DE SERVIDORES PUBLICOS FEDERAIS EM

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO. O curso terá a duração de 30 (vinte) horas-aula, conforme programa abaixo: HORÁRIO CONTEÚDO EXPOSITOR OBSERVAÇÕES

EDITAL DE INSCRIÇÃO. O curso terá a duração de 30 (vinte) horas-aula, conforme programa abaixo: HORÁRIO CONTEÚDO EXPOSITOR OBSERVAÇÕES PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO ESCOLA DE MAGISTRATURA FEDERAL EDITAL DE INSCRIÇÃO O Diretor da Escola de Magistratura Federal da 5ª Região, Desembargador Federal Manoel de Oliveira

Leia mais

Guarda Municipal de Fortaleza Direito Constitucional Segurança Pública Emilly Albuquerque

Guarda Municipal de Fortaleza Direito Constitucional Segurança Pública Emilly Albuquerque Guarda Municipal de Fortaleza Direito Constitucional Segurança Pública Emilly Albuquerque 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. SEGURANÇA PÚBLICA Art. 144 CF Art.

Leia mais

Itaguaí realiza Fórum

Itaguaí realiza Fórum Edição Extra nº 426 Ano: 08 Publicado Semanalmente quarta-feira, 12 de agosto de 2015 Distribuição Gratuita Itaguaí realiza Fórum de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva Meta é formular proposta de incentivo

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO VOTO EM SEPARADO DO DEPUTADO RONALDO FONSECA

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO VOTO EM SEPARADO DO DEPUTADO RONALDO FONSECA COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO PROJETO DE LEI N 0 5.618, DE 2005 (Apensados os Projetos de Lei nº 7.456, de 2006 e nº 7.741, de 2010) Dispõe sobre a regulamentação da profissão

Leia mais

Doutrina e Estratégia Militar. Ações de Caráter Sigiloso. Emprego da Força Terrestre em Operações. Logística de Material de Aviação

Doutrina e Estratégia Militar. Ações de Caráter Sigiloso. Emprego da Força Terrestre em Operações. Logística de Material de Aviação Programa 0620 Preparo e Emprego da Força Terrestre Ações Orçamentárias Número de Ações 16 24490000 Doutrina e Estratégia Militar Produto: Evento realizado Unidade de Medida: unidade UO: 52121 Comando do

Leia mais

AUTORIZA O GOVERNO A ALTERAR A ESTRUTURA ORGÂNICA E AS ATRIBUIÇÕES DO SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS, REVOGANDO O DECRETO-LEI N

AUTORIZA O GOVERNO A ALTERAR A ESTRUTURA ORGÂNICA E AS ATRIBUIÇÕES DO SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS, REVOGANDO O DECRETO-LEI N DECRETO N.º 36/VIII AUTORIZA O GOVERNO A ALTERAR A ESTRUTURA ORGÂNICA E AS ATRIBUIÇÕES DO SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS, REVOGANDO O DECRETO-LEI N.º 440/86, DE 31 DE DEZEMBRO, ESPECIALMENTE PARA

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

ESTADO DO CEARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA CURSO DE APRESENTAÇÃO DO DO CEARÁ Dia 09.08.2010 (segunda-feira) 08:30 Abertura: Dra. Maria do Perpétuo Socorro França Pinto Procuradora Geral de Justiça do Estado do Ceará 09:30 - Apresentação da ESMP

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular COOPERAÇÃO POLÍCIAL Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Políticas de Segurança 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

I FÓRUM PARAÍBA UNIDA PELA PAZ: ARTICULANDO GOVERNOS, POLÍCIAIS E COMUNIDADES

I FÓRUM PARAÍBA UNIDA PELA PAZ: ARTICULANDO GOVERNOS, POLÍCIAIS E COMUNIDADES I FÓRUM PARAÍBA UNIDA PELA PAZ: ARTICULANDO GOVERNOS, POLÍCIAIS E COMUNIDADES 06, 07 e 08 de julho de 2011 Teatro Paulo Pontes/Espaço Cultural João Pessoa - Paraíba APRESENTAÇÃO A segurança é um bem democrático

Leia mais

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007

ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 ATO NORMATIVO Nº 006 /2007 Dispõe sobre os cargos em comissão do Ministério Público do Estado da Bahia, e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA, no uso das atribuições

Leia mais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais

31º Curso Normal de Magistrados para os Tribunais Judiciais A 796 Neuza Soraia Rodrigues Carvalhas Direito e Processual 729 Maria Teresa Barros Ferreira Direito e Processual 938 Rute Isabel Bexiga Ramos Direito e Processual 440 Inês Lopes Raimundo Direito e Processual

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA LEGISLATIVA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA LEGISLATIVA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE RORAIMA AMAZÔNIA: PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS SECRETARIA LEGISLATIVA Publicada no Diário Oficial nº 1.880 de 10 de setembro de 1998 LEI COMPLEMENTAR Nº 027 DE 09 DE SETEMBRO

Leia mais

BOLETIM DE SERVIÇO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Nº 07

BOLETIM DE SERVIÇO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Nº 07 BOLETIM DE SERVIÇO Nº 07 MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Geraldo Brindeiro Procurador-Geral da República Haroldo Ferraz da Nobrega Vice-Procurador-Geral da República MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Guilherme

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL REGIMENTO INTERNO A Comissão Institucional de Gestão Ambiental CIGA, do Ministério Público

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO GERENCIAMENTO DE INCIDENTES E PLANEJAMENTO DE CONTINGÊNCIA

CURSO DE EXTENSÃO GERENCIAMENTO DE INCIDENTES E PLANEJAMENTO DE CONTINGÊNCIA CURSO DE EXTENSÃO GERENCIAMENTO DE INCIDENTES E PLANEJAMENTO DE CONTINGÊNCIA Edição agosto de 2015 APRESENTAÇÃO O curso GERENCIAMENTO DE INCIDENTES E PLANEJAMENTO DE CONTINGÊNCIA aborda os aspectos conceituais

Leia mais

Presidente do TRF5 faz palestra em encontro dos advogados das União >Encontro acontece de 15 a 17 deste mês no Atlante Plaza 06/11/2006-17:00

Presidente do TRF5 faz palestra em encontro dos advogados das União >Encontro acontece de 15 a 17 deste mês no Atlante Plaza 06/11/2006-17:00 Presidente do TRF5 faz palestra em encontro dos advogados das União >Encontro acontece de 15 a 17 deste mês no Atlante Plaza 06/11/2006-17:00 O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5),

Leia mais

Condomínios mais Seguros

Condomínios mais Seguros Condomínios mais Seguros Palestra ministrada pelo Capitão Yasui Comandante da 2ª Companhia do 49º Batalhão de Polícia Militar. 13/04/2011 Formulado por um grupo de trabalho composto por policiais civis

Leia mais

A ATUAÇÃO DA AUTORIDADE MARÍTIMA NOS CASOS DE POLUIÇÃO HÍDRICA

A ATUAÇÃO DA AUTORIDADE MARÍTIMA NOS CASOS DE POLUIÇÃO HÍDRICA MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE PORTOS E COSTAS A ATUAÇÃO DA AUTORIDADE MARÍTIMA NOS CASOS DE POLUIÇÃO HÍDRICA Rodolfo Henrique de Saboia Superintendente de Meio Ambiente ROTEIRO ATRIBUIÇÕES LEGAIS DA MARINHA

Leia mais

Substituição da Bandeira Nacional

Substituição da Bandeira Nacional Informativo Eletrônico do Comando Militar do Planalto 1º a 15 de fevereiro - 2013 - ano IV - edição 64 C M Substituição da Bandeira Nacional P Profissionalismo e Entusiasmo CMP Notícias - nº 64-1º a 15

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS. Portal da Transparência maio 2011

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS. Portal da Transparência maio 2011 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE PESSOAS Portal da Transparência maio 2011 Nº PCD Nome Lotação Descrição Meio de Qtd. das Período diárias Total 129/2011

Leia mais

ATO PGJ N.º 230/2010

ATO PGJ N.º 230/2010 ATO PGJ N.º 230/2010 REGULAMENTA AS ATRIBUIÇÕES DA ASSESSORIA DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS, no uso de suas

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO Nº 89000/2012-026/00

TERMO DE CONVÊNIO Nº 89000/2012-026/00 MARINHA DO BRASIL COMANDO DO 8º DISTRITO NAVAL PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO TERMO DE CONVÊNIO Nº 89000/2012-026/00 PROCESSO Nº 62455.001094/2012-95 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE

Leia mais

Construção de Navios-Patrulha Oceânicos. Desenvolvimento de Míssil Nacional Antinavio

Construção de Navios-Patrulha Oceânicos. Desenvolvimento de Míssil Nacional Antinavio Programa 0626 Reaparelhamento e Adequação da Marinha do Brasil Ações Orçamentárias Número de Ações 16 1N470000 Construção de Navios-Patrulha Oceânicos Produto: Navio construído Unidade de Medida: unidade

Leia mais

Diárias e Passagens do Período: 01/05/2013 a 31/05/2013

Diárias e Passagens do Período: 01/05/2013 a 31/05/2013 Diárias e Passagens do Período: 01/05/2013 a 31/05/2013 CLAURO ROBERTO DE BORTOLLI PROCURADOR DE JUSTICA MILITAR PROCURADORIA DA JUSTIÇA MILITAR/POA/RS CÓDIGO 10 - ATUAR TEMPORARIAMENTO NA PJM/BELÉM. PERÍODO

Leia mais

Gerenciamento de Redes utilizando Mikrotik O.S. Carga Horária Total: 35 horas

Gerenciamento de Redes utilizando Mikrotik O.S. Carga Horária Total: 35 horas Certificamos que ABÍLIO SOARES COELHO participou como ouvinte do VIII ENUCOMP Encontro Unificado de Computação, promovido pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Universidade Federal do Piauí (UFPI),

Leia mais

Artigo I. Artigo II. Artigo III. A cooperação a que se refere o presente Convénio compreenderá:

Artigo I. Artigo II. Artigo III. A cooperação a que se refere o presente Convénio compreenderá: Decreto n.º 66/97 de 30 de Dezembro Convénio sobre Prevenção do Uso Indevido e Repressão do Tráfico Ilícito de Estupefacientes e de Substâncias Psicotrópicas entre o Governo da República Portuguesa e o

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA

MINISTÉRIO DA DEFESA MINISTÉRIO DA DEFESA SEORI - Secretaria de Coordenação e Organização Institucional DEORF Departamento de Planejamento, Orçamento e Finanças EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA Séries Estatísticas 2000-201 REPÚBLICA

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa Apresentação Corporativa Nossa Empresa A TerraMar Treinamentos foi fundada no ano de 2009, objetivando o atendimento às empresas do setor marítimo no tocante aos treinamentos de segurança, aprimoramento

Leia mais

O 5º BIL NA OPERAÇÃO SÃO FRANCISCO FORÇA DE PACIFICAÇÃO MARÉ

O 5º BIL NA OPERAÇÃO SÃO FRANCISCO FORÇA DE PACIFICAÇÃO MARÉ INFORMATIVO DO 4 TRIMESTRE DE 2014 MISSÃO CUMPRIDA! O 5 BIL NA OPERAÇÃO SÃO FRANCISCO FORÇA DE PACIFICAÇÃO MARÉ 2 O 5 BIL é uma das mais antigas e tradicionais Unidades do Exército Brasileiro. Os seus

Leia mais

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia República de Angola Ministério da Ciência e Tecnologia 3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia A Ciência, Tecnologia e Inovação ao serviço da sociedade Luanda, 11 13 de Setembro de 2013 Datas

Leia mais

A AMAZÔNIA NA INTEGRAÇÃO SUL-AMERICANA Convergências e Divergências

A AMAZÔNIA NA INTEGRAÇÃO SUL-AMERICANA Convergências e Divergências A AMAZÔNIA NA INTEGRAÇÃO SUL-AMERICANA Convergências e Divergências Principais Biomas Sul-Americanos Amazônia: mais de 40% da América do Sul Vegetação da Grandeá Regiões Amazônicas dos países sul-americanos

Leia mais

O PRDIS-RN considera fundamental:

O PRDIS-RN considera fundamental: Mesmo assim, a FOIRN colaborou intensamente no processo de elaboração e aprovação do Plano Diretor do município de São Gabriel da Cachoeira, recomendando às associações afiliadas e as comunidades indígenas

Leia mais

CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA

CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA CHAPA 1: VANGUARDA SINDICAL NORTE MINEIRA 09ª SEÇÃO REGIONAL SINDICAL DE MONTES CLAROS ENMERSON MOTA ROCHA Investigador Nível II - 20 anos de Polícia Sociólogo, Pós-graduado em Educação, Pós-graduado em

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Gabinete do Ministro. PORTARIA nº 3.746, de 17 de dezembro de 2004.

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Gabinete do Ministro. PORTARIA nº 3.746, de 17 de dezembro de 2004. PORTARIA nº 3.746, de 17 de dezembro de 2004. Institui o programa de transparência do Ministério da Justiça e estabelece medidas internas para aperfeiçoar os instrumentos preventivos de controle da atividade

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas Faculdade de Direito TEMA: O DIREITO À SEGURANÇA A COMO UM DIREITO FUNDAMENTAL

Universidade Federal de Alagoas Faculdade de Direito TEMA: O DIREITO À SEGURANÇA A COMO UM DIREITO FUNDAMENTAL TEMA: O DIREITO À SEGURANÇA A COMO UM DIREITO FUNDAMENTAL O QUE É DIREITO? O QUE É DIREITO FUNDAMENTAL? O QUE É SEGURANÇA? A? COMO GARANTIR O DIREITO À SEGURANÇA NUM ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO? MAPA

Leia mais

GUIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

GUIA DE SEGURANÇA PÚBLICA GUIA DE SEGURANÇA PÚBLICA Desenvolvido para facilitar o acesso da população a todos os serviços relacionados à segurança pública no município de São José dos Campos. GUARDA CIVIL MUNICIPAL: 153 www.sjc.sp.gov.br/guarda

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO PROJETO DE LEI N o 7.306, DE 2002 (Apensos os Projetos de Lei nºs 3.402/2004 e 5.555/2005) Dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de sistema

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA DEFESA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA NORMATIVA N o 916/MD, DE 13 DE JUNHO DE 2008. Aprova a Diretriz para a Difusão e Implementação do Direito Internacional dos Conflitos Armados (DICA) nas

Leia mais

CURRICULUM VITÆ 24 DE DEZEMBRO DE 1924 - FORTALEZA CEARÁ

CURRICULUM VITÆ 24 DE DEZEMBRO DE 1924 - FORTALEZA CEARÁ CURRICULUM VITÆ NOME: FILIAÇÃO: MÃE: FRANCISCO BATISTA TORRES DE MELO PAI - JOSÉ RAMOS TORRES DE MELO EDITH DE FREITAS TORRES DE MELO NASCIMENTO: 24 DE DEZEMBRO DE 1924 - FORTALEZA CEARÁ CASAMENTO: FILHOS:

Leia mais

PROPOSTAS PARA A REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA

PROPOSTAS PARA A REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA PROPOSTAS PARA A REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA 1. Criar o Fórum Metropolitano de Segurança Pública Reunir periodicamente os prefeitos dos 39 municípios da Região Metropolitana de São Paulo para discutir, propor,

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA QUE CELE- BRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO E O ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA QUE CELE- BRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO E O ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE TERMO DE COMPROMISSO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA QUE CELE- BRAM O MINISTÉRIO PÚBLICO E O ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE Ao 1º dia do mês de julho do ano de dois mil e quatorze (01/07/2014), às 10h20min, em

Leia mais

Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo

Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo Clube do Milhão - O desempenho da CTIS Tecnologia entre os 10 maiores fornecedores de TI ao governo POSITIVO INFORMATICA S/A + EDITORA POSITIVO LTDA (R$ 39.104.653,29 ) 134.999.555,78 CTIS TECNOLOGIA S.A

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DAS ATIVIDADES DA CTI 1

RELATÓRIO FINAL DAS ATIVIDADES DA CTI 1 RELATÓRIO FINAL DAS ATIVIDADES DA CTI 1 1. INTRODUÇÃO A discussão em torno do tema criminalidade e violência é um assunto recorrente e atual em nossa sociedade. Aliado também ao crescente tráfico e uso

Leia mais

NAL 4.462.633 NAL 4.000.000 NAL 25.127.347 NAL NAL NAL

NAL 4.462.633 NAL 4.000.000 NAL 25.127.347 NAL NAL NAL Órgão: 12000 - Justiça Federal Unidade: 12101 - Justiça Federal de Primeiro Grau PROGRAMA DE TRABALHO ( SUPLEMENTAÇÃO ) RECURSOS DE DAS AS FONTES - R$ 1,00 0569 Prestação Jurisdicional na Justiça Federal

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS GABINETE DO VEREADOR WILKER BARRE TO

ESTADO DO AMAZONAS CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS GABINETE DO VEREADOR WILKER BARRE TO PROJETO DE LEI 033/2015 ALTERA a denominação das ruas Carmem Sampaio e Frederico Fellini, na Vila Humaitá, bairro Colônia Oliveira Machado, Zona Sul da cidade de Manaus e dá outras providências Art.1º

Leia mais

DECLARAÇÃO DE BRASÍLIA. A segunda etapa do I Seminário Luso-brasileiro sobre Tráfico de Pessoas e

DECLARAÇÃO DE BRASÍLIA. A segunda etapa do I Seminário Luso-brasileiro sobre Tráfico de Pessoas e DECLARAÇÃO DE BRASÍLIA A segunda etapa do I Seminário Luso-brasileiro sobre Tráfico de Pessoas e Imigração Ilegal/Irregular realizado em Brasília, Brasil, entre os dias 27 e 29 de novembro de 2006, reuniu

Leia mais

PROC. Nº 6203/07 PLL Nº 183/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 6203/07 PLL Nº 183/07 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Irani Flôres de Siqueira nasceu em Montenegro/RS, em 11 de fevereiro de 1936, filho de Mozart Noronha de Siqueira e de Cassilda Flôres de Siqueira. É casado com Lourdes Beatriz Pereira

Leia mais

Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e a execução da segurança de magistrados, servidores, usuários e dependências.

Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e a execução da segurança de magistrados, servidores, usuários e dependências. Código: MAP-ASMIL-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Assessoria Militar Aprovado por: Presidência 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos para realizar o planejamento e

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Competência da Justiça Militar Paulo Tadeu Rodrigues Rosa* A Justiça Militar é um dos órgãos do Poder Judiciário, com previsão constitucional e Lei de Organização Judiciária que

Leia mais

Diário Oficial da União - Nº 105 - Seção 1 - págs. 82 a 84 MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR PROCURADORIA-GERAL DA JUSTIÇA MILITAR

Diário Oficial da União - Nº 105 - Seção 1 - págs. 82 a 84 MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR PROCURADORIA-GERAL DA JUSTIÇA MILITAR Diário Oficial da União - Nº 105 - Seção 1 - págs. 82 a 84 MINISTÉRIO PÚBLICO MILITAR PROCURADORIA-GERAL DA JUSTIÇA MILITAR ATA DA 361ª SESSÃO ORDINÁRIA REALIZADA EM 29 DE ABRIL DE 2015 Aos nove dias do

Leia mais

PARÁ: O histórico do Ministério Público Paraense no enfrentamento à Violência contra a mulher

PARÁ: O histórico do Ministério Público Paraense no enfrentamento à Violência contra a mulher PARÁ: O histórico do Ministério Público Paraense no enfrentamento à Violência contra a mulher Lucinery Helena Resende Ferreira do Nascimento Túlio Carlos Souza Ortiz Desde o nascimento da Lei 11.340, em

Leia mais

Relação dos Representantes CBR Comitê Brasileiro de Regulamentação

Relação dos Representantes CBR Comitê Brasileiro de Regulamentação Relação dos Representantes CBR Comitê Brasileiro de Regulamentação Presidente do CBR Nelson Akio Fujimoto Secretário de Inovação Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Esplanada dos

Leia mais

SASDE no. Sasdeanos visitaram Santiago, capital do Chile, e participaram da semana das Fiestas Pátrias Págs. 2 e 3

SASDE no. Sasdeanos visitaram Santiago, capital do Chile, e participaram da semana das Fiestas Pátrias Págs. 2 e 3 SASDE no Chile Sasdeanos visitaram Santiago, capital do Chile, e participaram da semana das Fiestas Pátrias Págs. 2 e 3 Operação Desafio Aeromóvel Mais do que o conhecido modelo do programa Soldado por

Leia mais

ESCOLA NAVAL X CONGRESSO ACADÊMICO SOBRE DEFESA NACIONAL (CADN)

ESCOLA NAVAL X CONGRESSO ACADÊMICO SOBRE DEFESA NACIONAL (CADN) ESCOLA NAVAL X CONGRESSO ACADÊMICO SOBRE DEFESA NACIONAL (CADN) 03SET2013 PALAVRAS INICIAIS SUMÁRIO BREVE HISTÓRICO MISSÃO E ORGANIZAÇÃO O ENSINO O CORPO DE ASPIRANTES CONCLUSÃO PALAVRAS INICIAIS SUMÁRIO

Leia mais