Caro (a) jovem! Felicidades! A direção.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Caro (a) jovem! Felicidades! A direção."

Transcrição

1

2 Caro (a) jovem! Você está recebendo o manual de profissões. Foi elaborado para você, com carinho, de modo completo e atualizado. O melhor momento da nossa vida será sempre o presente, aquele que vivemos a cada dia. Mas, quando estamos escolhendo que dias viveremos no futuro, além de desfrutar deste presente, é importante pensá-lo como descoberta, informação, escolha, análise, desafio e orientação. O Colégio Maxi quer lhe dar oportunidade e apoio neste momento de opção e discernimento e lhe desejar serenidade e consciência ante tão vasto universo de descoberta e escolha de como realizar e ser feliz. Este manual, que o coloca em contato com cursos, áreas de atuação e perfil do profissional, é o sinal mais convincente do nosso desejo de que você se prepare para o vestibular e para a vida. Felicidades! A direção.

3 Biológicas Agronomia Biomedicina Ciências Biológicas Enfermagem Farmácia e Bioquímica Fisioterapia Fonoaudiologia Medicina Medicina Veterinária Nutrição Oceanografia Odontologia Psicologia Química Exatas Arquitetura e Urbanismo Ciências Aeronáuticas Ciências Contábeis Engenharia Aeronáutica Engenharia Ambiental Engenharia Civil Engenharia da Computação... 20

4 Engenharia de Alimentos Engenharia de Minas Engenharia de Petróleo e Gás Engenharia de Produção Engenharia de Telecomunicações Engenharia Elétrica Engenharia Mecânica Engenharia Mecatrônica Engenharia Química Humanas Administração Agronegócios e Administração Rural Artes Cênicas Audiovisual Ciências Econômicas Cinema e Vídeo Comércio Exterior Design Gráfico Direito Economia Educação Física Estudos de Mídia Gestão da Informação Jornalismo Letras Marketing Moda Multimídia Pedagogia Publicidade e Propaganda Relações Públicas Turismo e Hotelaria... 41

5 BIOLÓGICAS

6 06 Biológicas - Agronomia e Biomedicina AGRONOMIA Duração média do curso: 5 anos. - Envolve-se em praticamente todas as etapas do agronegócio, ou seja, do plantio ou da criação de rebanhos à comercialização da produção. - Planeja, organiza e acompanha o preparo e o cultivo do solo, o combate a pragas e doenças, a colheita, o armazenamento e a distribuição da safra; - Cuida da alimentação, da reprodução, da saúde e do abate de animais; - Gerencia a industrialização, o armazenamento e a comercialização de alimentos de origem animal e vegetal; - Acompanha o dia-a-dia da produção no campo, desempenha funções em escritórios, informando-se sobre novas tecnologias e pesquisas científicas da área, calculando estoques e checando na internet a cotação dos produtos nas bolsas de valores internacionais. Currículo básico: Biologia Geral, Botânica, Zoologia, Física, Matemática, Desenho, Estatística e Química. Aptidões desejáveis: habilidade numérica, interesse pela natureza, raciocínio mecânico e espacial. Especializações possíveis: Engenharia Rural, Fitotecnia, Silvicultura, Tecnologia de Alimentos, Zootecnia e Solos. Campos de atuação: assessoria a agricultores em cooperativas, sindicatos, fazendas, órgãos de pesquisa governamentais e indústrias de insumos. - UEM (Maringá - PR); - FFALM-Unespar (Bandeirantes - PR); - UEPG (Ponta Grossa - PR). BIOMEDICINA - Estuda todos os processos e o funcionamento do organismo humano, suas alterações e formas de abordagem; - Pesquisa, identifica e classifica microorganismos causadores de enfermidades; - Pesquisa medicamentos e vacinas para combater os microorganismos; - Realiza exames clínicos para identificar os agentes causadores das doenças; - Investiga os processos fisiológicos dos seres vivos, com o emprego de conceito e aparelhagem da física; - Estuda a estrutura e o funcionamento das moléculas de DNA e de RNA, das proteínas e dos genes responsáveis pela transmissão de caracteres hereditários; - Estuda o mecanismo de defesa do organismo humano para a produção de vacinas e medicamentos; - Pode ministrar disciplinas da sua área em universidades. Currículo básico: Biologia, Química, Anatomia, Fisiologia, Histologia, Farmacologia, Bioquímica Clínica, Microbiologia, Patologia, Citologia, Imunologia e Parasitologia. Aptidões desejáveis: memória apurada, capacidade de concentração, exatidão, meticulosidade, iniciativa e perseverança.

7 Biológicas - Ciências Biológicas 07 Especializações possíveis: Anatomia, Biofísica, Bioquímica, Farmacologia, Genética, Histologia, Imunologia, Parasitologia e Patologia. Campos de atuação: institutos de pesquisa públicos e privados, institutos de ensino públicos e privados, laboratórios, hospitais, indústrias, consultorias e assessorias. - Unifil (Londrina - PR); - Cesumar (Maringá - PR). CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - É o especialista na análise de organismos, do homem e de outros animais, vegetais e microorganismos; - Além de estudar as características de cada grupo, verifica a relação dos organismos com o meio ambiente; - Pesquisa a aplicação de alguns desses organismos na indústria, na medicina e na fabricação de medicamentos, bebidas e alimentos; - Morfologia, Anatomia, Fisiologia, Estrutura Genética, hábitos em cativeiro e no habitat são seus objetos de investigação; - Elabora laudos sobre o impacto de obras e fábricas no meio ambiente; - Na área de Genética e Biotecnologia, faz análises de DNA e estuda as másformações genéticas hereditárias; - Pesquisa o cultivo, a reprodução e o beneficiamento de animais e organismos no mar ou em água doce; - Promove programas de preservação de animais e vegetais; - Pode atuar na proteção do meio ambiente ou lecionar. Currículo básico: Zoologia, Botânica, Ecologia, Fisiologia, Anatomia, Bioquímica, Patologia, Histologia, Farmacologia, Microbiologia, Citologia, Imunologia, Parasitologia, Física, Química e Estatística. Aptidões desejáveis: pelo fato de o profissional passar boa parte do tempo no laboratório lidando com pesquisas, é necessário ter memória apurada, capacidade de concentração, ser meticuloso, ter exatidão e perseverança. Especializações possíveis: Biologia Marinha, Controle de Pragas e Vetores, Genética e Biotecnologia, Gerenciamento Costeiro, Meio Ambiente e Microbiologia. Campos de atuação: instituições de ensino e pesquisa, laboratórios, hospitais, clínicas e magistério. - Unifil (Londrina - PR); - UEM (Maringá - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - FFALM (Bandeirantes - PR).

8 08 Biológicas - Enfermagem, Farmácia e Bioquímica ENFERMAGEM - Atua na proteção, na promoção e na recuperação da saúde, bem como na prevenção de doenças; - Trabalha em todos os setores do hospital e em equipe multidisciplinar (médicos, nutricionistas, psicólogos, entre outros); - Coleta dados sobre o estado de saúde do paciente por meio de exames físicos e entrevistas e faz o diagnóstico para estabelecer a conduta a ser seguida; - Cuida desde a higiene e a alimentação dos pacientes até a administração de remédios e a prescrição de curativos; - Em saúde coletiva, atua na promoção da saúde e na prevenção de doenças, realizando, também, trabalhos educativos na comunidade; - Realiza atendimento ambulatorial em empresas; - Participa de equipes de salvamento de vítimas de acidentes ou de calamidades públicas; - Na atividade acadêmica, pode desenvolver pesquisas e trabalhos científicos. Currículo básico: Anatomia, Microbiologia, Citologia, Histologia, Parasitologia, Biologia, Psicologia e Sociologia. Aptidões desejáveis: é preciso ter equilíbrio emocional, habilidade manual, capacidade de organização, atenção concentrada e boa capacidade de observação. Especializações possíveis: Enfermagem Geral, Enfermagem Médico-cirúrgica, Enfermagem Obstetrícia e Enfermagem de Saúde Pública. Campos de atuação: hospitais públicos e particulares, clínicas, casas de saúde, escolas e empresas. - Unopar (Londrina - PR); - Unifil (Londrina - PR); - UEM (Maringá - PR); - UEPG (Ponta Grossa - PR); - UFPR (Curitiba - PR). FARMÁCIA E BIOQUÍMICA - Pesquisa e prepara medicamentos, cosméticos e produtos de higiene pessoal. Investiga, examina e testa substâncias e princípios ativos que entram em sua composição, observando as reações que provocam no organismo; - Registra novas drogas, distribui e comercializa os produtos e verifica se chegam ao consumidor dentro das normas e dos padrões sanitários exigidos; - Em laboratórios de análises clínicas, pesquisa, registra e realiza exames clínicolaboratoriais e toxicológicos para auxílio do diagnóstico e acompanhamento de doenças; - Em farmácias, distribui medicamentos e prepara fórmulas personalizadas; - Na indústria alimentícia, controla a qualidade das matérias-primas e do produto

9 Biológicas - Fisioterapia 09 final, estudando e estabelecendo métodos para evitar e detectar adulterações e falsificações, a fim de impedir danos à saúde pública; Currículo básico: Biologia, Física, Química, Físico-química, Botânica, Anatomia, Parasitologia, Microbiologia e Imunologia. Aptidões desejáveis: é preciso gostar da área de pesquisa, ter habilidade numérica e atenção concentrada, meticulosidade e boa visão. Especializações possíveis: Cosmetologia, Biologia Molecular, Análises Clínicas e Toxicológicas. Campos de atuação: indústrias farmacêuticas, alimentícias, químicas, de cosmético e perfumaria, farmácias, Instituto Médico Legal, instituições de pesquisa e de ensino e institutos de vigilância sanitária. Duração média do curso: 5 anos. - Unopar (Londrina - PR); - Unifil (Londrina - PR); - UEM (Maringá - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - Unioeste (Cascavel - PR); - UEPG (Ponta Grossa - PR). FISIOTERAPIA - Previne, diagnostica e trata disfunções do organismo humano causadas por acidentes, má-formação genética ou vício de postura; - Utiliza métodos como massagem e ginástica, com a finalidade de restaurar e desenvolver a capacidade física e funcional do paciente; - Utiliza tratamentos à base de água, calor, frio e aparelhos especiais; -Ajuda na recuperação de pacientes acidentados e portadores de distúrbios neurológicos, cardíacos ou respiratórios, trabalha com idosos, gestantes, crianças e portadores de deficiência física e mental; - Em indústrias, trabalha com a prevenção de acidentes de trabalho e com a correção postural dos funcionários; - Em escolas, corrige e orienta a postura de crianças, jovens e adultos. Currículo básico: Anatomia, Morfologia, Biologia, Histologia, Patologia, Ciência do Comportamento, Introdução à Saúde Humana. Aptidões desejáveis: é preciso ter paciência, sensibilidade tátil, habilidade manual e gostar de leitura para manter-se informado. Especializações possíveis: Hidroterapia, Termoterapia, Crioterapia, Eletroterapia, Massoterapia, Fisioterapia do Esporte, Dermatologia e Estética. Campos de atuação: hospitais, clínicas particulares, clubes esportivos, instituições de reabilitação e de pesquisa.

10 10 Biológicas - Fonoaudiologia e Medicina - Unopar (Londrina - PR); - Unifil (Londrina - PR); - UFPR (Campus Matinhos - PR); - Unioeste (Cascavel -PR); - Unicentro (Guarapuava - PR). FONOAUDIOLOGIA - É o terapeuta que cuida das questões ligadas à comunicação oral e escrita. Trata de deficiências da fala, audição, voz, escrita ou leitura; - Atua em parceira com fisioterapeutas, otorrinolaringologistas, neurologistas e psicólogos no atendimento a crianças com dificuldades de aprendizagem; - Com dentistas, trata de males que podem causar ou agravar problemas ortodônticos, como vícios de mastigação e deglutição; - Auxilia profissionais que utilizam a voz, como cantores, atores e locutores; - Realiza avaliação de audição em crianças, adultos e em trabalhadores submetidos a ambientes de muito ruído; - Seleciona e adapta aparelhos de audição; - Pesquisa, trata e previne distúrbios como gagueira, alterações na fala e troca de letras; - Pesquisa, avalia e trata problemas relacionados com a sucção, a deglutição, a mastigação, a respiração e a fala. Currículo básico: Embriologia, Morfologia, Patologias, Psicologia, Pedagogia, Sociologia, Lingüística, Motricidade Oral, Linguagem, Audiologia e Voz. Aptidões desejáveis: é preciso sensibilidade, capacidade de interpretação e análise, atenção concentrada e perseverança. Especializações possíveis: Fonoaudiologia Educacional, Fonoaudiologia Estética e Fonoaudiologia Terapêutica. Campos de atuação: clínicas, escolas, hospitais e instituições de ensino e de pesquisa. - Unopar (Londrina - PR); - PUC-PR (Curitiba - PR); - Cesumar (Maringá - PR); - Unicamp (Campinas - SP); - USP (Sorocaba - SP). MEDICINA - Estuda as causas das enfermidades e pesquisa os meios para combatê-las; - Realiza entrevistas com os pacientes sobre os sintomas que apresentam,

11 Biológicas - Medicina Veterinária 11 diagnostica enfermidades e aplica os tratamentos adequados; - Prescreve medicamentos; - Realiza cirurgias; - Cuida da saúde das pessoas e atua em programas de prevenção, saneamento e planejamento da saúde pública; - Realiza autópsias, exames post-mortem, de corpo de delito e faz investigação de paternidade; - Em medicina do trabalho, trabalha com a prevenção e tratamento das doenças causadas por atividades profissionais. Currículo básico: Anatomia, Biologia, Ciências Morfológicas, Ciências Fisiológicas, Patologia, Iniciação ao Exame Clínico e Bioquímica. Aptidões desejáveis: é preciso ser apaixonado pela profissão, ter interesse no próximo e ter habilidade social, gostar de estudar e ler muito e, se escolher cirurgia como especialização, é preciso ter habilidade manual. Especializações possíveis: são mais de 50 especializações, entre elas: Alergia e Imunologia, Anestesiologia, Cirurgia Plástica, Cirurgia Cardiovascular, Fisiatria, Genética Clínica, Geriatria, Cardiologia, Medicina do Trabalho, Neurologia, Neurocirurgia, Oncologia, Gastroenterologia, Ginecologia e Dermatologia. Campos de atuação: hospitais e clínicas públicos e particulares, casas de saúde, empresas, laboratórios e instituições de pesquisa e ensino. Duração média do curso: 6 anos. - UEM (Maringá - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - PUC-PR (Curitiba - PR); - Unioeste (Cascavel - PR); - UFSC (Florianópolis - SC). MEDICINA VETERINÁRIA - Fornece assistência clínica e cirúrgica a animais domésticos e silvestres, além de cuidar da saúde, da alimentação e da reprodução de rebanhos; - Inspeciona a produção de alimentos de origem animal, em que verifica o cumprimento das normas de higiene nas indústrias, a fim de evitar a transmissão de doenças para o homem; - Na indústria alimentícia, controla as tecnologias de produção; - Pode atuar na venda de alimentos, medicamentos, vacinas e de outros artigos para animais; - Dirige, controla e orienta serviços de inseminação artificial. Currículo básico: Morfologia dos Animais Domésticos, Nutrição, Produção Animal, Química, Matemática, Estatística, Fisiologia dos Animais, Genética Animal, Parasitologia e Microbiologia. Aptidões desejáveis: é preciso gostar de animais e ter interesse por atividades científicas.

12 12 Biológicas - Nutrição Especializações possíveis: Saúde Pública, Zootecnia, Tecnologia de Produção Animal, Produção e Sanidade Animal. Campos de atuação: hospitais e clínicas veterinárias, fazendas, granjas, frigoríficos, cooperativas, associações de criadores, parques e reservas florestais, instituições de pesquisa e ensino. Duração média do curso: 5 anos. - Unopar (Arapongas - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - UEM (Umuarama - PR); - Ffalm (C.A.) (Bandeirantes - PR). NUTRIÇÃO - Planeja, administra e coordena programas de alimentação e nutrição em empresas, escolas, hospitais, hotéis, restaurantes comerciais, spas e asilos, entre outros locais; - Define cardápios das refeições, sugerindo pratos que supram as necessidades nutricionais de clientes, pacientes ou hóspedes; - Orienta e prescreve dietas individuais ou de grupo para: diabéticos, hipertensos, obesos, pacientes de doenças renais, hepáticas ou qualquer outra cujo tratamento exija acompanhamento alimentar específico; - Seleciona os fornecedores, controla a qualidade das matérias-primas e supervisiona a preparação dos alimentos; - Controla a qualidade da cozinha e a condição de higiene de restaurantes; - Planeja, organiza e supervisiona programas de merenda escolar e alimentação em creches, escolas e centros de saúde. Currículo básico: Química, Psicologia, Biologia, Técnicas Dietéticas, Patologia, Ciência da Saúde Pública, Engenharia de Alimentos e Qualidade Nutricional dos Alimentos. Aptidões desejáveis: é preciso gostar de cozinhar, ter interesse em atividades científicas, capacidade de análise e facilidade em se comunicar. Especializações possíveis: Saúde Pública, Administração, Ensino e Pesquisa. Campos de atuação: hospitais, indústrias, escolas, instituições de pesquisa, serviço público e clínicas. - Unopar (Londrina - PR); - Unifil (Londrina - PR); - UFPR (Curitba - PR); - PUC-PR (Curitiba - PR); - Unicentro (Guarapuava - PR).

13 Biológicas - Oceanografia e Odontologia 13 OCEANOGRAFIA - É a ciência que investiga as características de mares, rios, lagos e oceanos; - Pesquisa os seres animais e vegetais, o ambiente e os processos marinhos; - Coleta e interpreta informações sobre as condições físicas, químicas, biológicas e geológicas dos ambientes aquáticos; - Analisa a composição da água de rios, lagunas e estuários e atua em projetos de saneamento de áreas costeiras, monitorando e gerenciando obras e instalações para garantir a preservação ambiental; - Desenvolve técnicas de exploração dos recursos naturais e minerais dos mares e avalia os efeitos das atividades humanas sobre o ecossistema, buscando preservar a flora e a fauna oceânica; - Supervisiona o cultivo de organismos aquáticos em cativeiro. Currículo básico: Matemática, Física, Química, Biologia, Geologia, Características Físicas, Químicas, Biológicas e Geológicas dos Oceanos, Meteorologia, Cartografia, Ecologia Marinha, Navegação, Poluição Marinha e Tecnologia de Pesca. Aptidões desejáveis: é necessário ter aptidão para pesquisas, memória apurada, capacidade de análise e interesse pela natureza. Especializações possíveis: Preservação Ambiental, Gerenciamento de Recursos Naturais, Oceanografia Biológica, Oceanografia Física, Oceanografia Química e Oceanografia Geológica. Campos de atuação: setores públicos e privados, institutos de pesquisas e ONGs que trabalham diretamente com a questão da preservação ambiental. Duração média do curso: 5 anos. - UFPR (Pontal do Paraná - PR); - FURG (Rio Grande do Sul - RS); - Univali (Itajaí - SC); - UERJ (Rio de Janeiro - RJ); - UFES (Espírito Santo - ES). ODONTOLOGIA - Previne, diagnostica e trata as enfermidades bucais; - Realiza cirurgias para tratamento de dentes maxilares e de gengivas, operando cistos, afecções das raízes dos dentes, etc.; - Limpa, extrai, obtura, restaura e implanta dentes; - Pesquisa sobre medicamentos para cura e prevenção dos males orais; - Projeta e coloca implantes, próteses, pontes e dentaduras; - Corrige defeitos de dentição com o uso de aparelhos específicos; - Faz perícia e exames para a identificação de cadáveres pela arcada dentária e elabora laudos e pareceres; - Planeja e executa projetos e programas preventivos de saúde bucal; - Identifica e trata problemas bucais originados pelo trabalho. Currículo básico: Anatomia, Patologia, Fisiologia, Histologia, Microbiologia e Imunologia.

14 14 Biológicas - Psicologia Aptidões desejáveis: é fundamental ter habilidade manual, coordenação motora e atenção concentrada. Especializações possíveis: Cirurgia, Endodontia, Dentística Restauradora, Ortodontia, Odontopediatria, Patologia Bucal, Prótese, Implantodontia e Clínica Geral. Campos de atuação: consultórios particulares, hospitais públicos, sindicatos e associações de classe. Duração média do curso: 5 anos. - Unopar (Londrina - PR); - UEM (Maringá - PR); - Unioeste (Cascavel - PR); - UEPG (Ponta Grossa - PR); - UFSC (Florianópolis - SC); - Unicamp (Campinas - SP). PSICOLOGIA - Estuda os fenômenos psíquicos e do comportamento do homem por meio da análise de suas emoções, idéias e valores; - Faz observações, análise e interpretações que auxiliam no diagnóstico do tratamento de distúrbios emocionais e de personalidade; - Observa e analisa as atitudes, os sentimentos e os mecanismos mentais do paciente e procura ajudá-lo a identificar as causas dos problemas e a rever comportamentos inadequados; - Em escolas e instituições, colabora na orientação educacional e ajuda pais, professores e alunos a solucionar problemas de aprendizagem; - Acompanha processos de adoção, violência contra menores e guarda de filhos. Também atua em presídios, fazendo avaliação psicológica de detentos; - Em empresas, participa da seleção e do treinamento de pessoal e promove programas de adaptação dos funcionários; - Elabora, aplica e analisa pesquisas de mercado para o departamento de marketing; - Na área hospitalar, integra equipes multidisciplinares focadas na recuperação dos pacientes. Presta assistência a familiares e pacientes; - Planeja e avalia programas de saúde comunitária em asilos, penitenciárias, centros de atendimento a crianças, adolescentes, entre outros. Currículo básico: Psicologia Geral e Experimental, Fisiologia, Sociologia, Filosofia, Psicologia Escolar, Psicologia Organizacional, Psicopatologia Geral, Psicologia do Desenvolvimento e Técnicas Psicoterápicas. Aptidões desejáveis: facilidade para se comunicar, bom relacionamento interpessoal, equilíbrio emocional, interesse pelos problemas humanos, empatia e organização. Especializações possíveis: Psicologia Clínica, Psicologia do Trabalho, Psicologia Educacional, Psicologia Social e Psicologia Hospitalar.

15 Biológicas - Química 15 Campos de atuação: consultórios e clínicas, escolas, empresas públicas e privadas, fóruns, agências de propaganda, clubes esportivos, instituições de ensino e hospitais. Duração média do curso: 5 anos. - Unifil (Londrina - PR); - Metropolitana (Londrina - PR); - UEM (Maringá - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - PUC-PR (Curitiba - PR). QUÍMICA - Analisa substâncias e identifica sua natureza, suas cadeias atômicas e características físico-químicas, como: elasticidade, resistência e toxicidade; - Investiga e avalia como substâncias e compostos químicos reagem às variações de pressão, temperatura, entre outros fatores; - Em indústrias químicas, pesquisa e cria novos materiais, controla e supervisiona a produção; - Aplica testes de durabilidade e qualidade em produtos; - Elabora projetos de instalações industriais e cuida da manutenção dos equipamentos. Currículo básico: Matemática, Física, Desenho, Mineralogia, Físico-química, Química Orgânica, Química Analítica e Química Industrial. Aptidões desejáveis: é necessário ter curiosidade científica, habilidade numérica, capacidade analítica, paciência, e ser meticuloso. Especializações possíveis: Química Analítica, Química Biológica e Química Quântica. Campos de atuação: laboratórios, consultoria ambiental, indústrias farmacêuticas, têxteis, petroquímicas, alimentícias e de bebidas, institutos de pesquisa, magistério e desenvolvimento de produtos. - UEM (Maringá - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - UFSC (Florianópolis - SC).

16 EXATAS

17 Exatas - Arquitetura e Urbanismo e Ciências Aeronáuticas 17 ARQUITETURA E URBANISMO - Projeta e coordena a construção ou a reforma de prédios; - Faz a planta e determina os materiais que serão utilizados na obra, levando em consideração o uso do imóvel, a disposição dos objetos, a ventilação e a iluminação; - Ao lado do engenheiro, acompanha a construção e gerencia os custos e a mãode-obra. - Como urbanista, planeja o crescimento de cidades e bairros, desenha objetos, elabora placas de sinalização e logotipos. Currículo básico: Matemática, História da Arte, Resistência de Materiais, Desenho Técnico e Computação Gráfica. Aptidões desejáveis: é fundamental ter sensibilidade, criatividade, intuição e interesse pelas artes. Também é necessário ter capacidade de observação e análise, habilidade numérica, gostar de trabalhar em equipe, meticulosidade e exatidão. Especializações possíveis: Computação Gráfica, Urbanismo, Paisagismo, Desenho Industrial, Comunicação Visual e Arquitetura de Interiores. Campos de atuação: escritórios particulares, empresas de construção civil em geral, empresas de planejamento e assessoria, órgãos do patrimônio histórico, instituições de pesquisa, entre outros. Duração média do curso: 5 anos. - UEM (Maringá - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - UFSC (Florianópolis - SC); - Unifil (Londrina - PR). CIÊNCIAS AERONÁUTICAS - Supervisiona o trabalho da tripulação, o funcionamento dos equipamentos e a comunicação com a torre de controle dos aeroportos. Zela pela manutenção do aparelho, verificando se as equipes em terra realizaram corretamente o trabalho. Currículo básico: Física Aplicada, Teoria do Vôo, Meteorologia, Conhecimentos Técnicos de Aeronaves, Regulamentos da Aviação Civil, Navegação Aérea e Planejamento de Transporte Aéreo. Aptidões desejáveis: para ser piloto é fundamental ter raciocínio rápido, boa orientação espacial e ótimos reflexos. Especializações possíveis: Comandante, Co-piloto, Perícia e Segurança de Vôo, Piloto Particular e Administrador Aeroportuário. Campos de atuação: companhias aéreas, empresas de táxi aéreo e aeroportos.

18 18 Exatas - Ciências Contábeis e Engenharia Aeronáutica Duração média do curso: 3 anos. - Unopar (Londrina - PR); - Universidade Estácio de Sá (Rio de Janeiro - RJ); - ITE (Bauru - SP). CIÊNCIAS CONTÁBEIS - Planeja, coordena e controla o esquema de contas e lançamentos que fornece ao empresário um panorama sobre o patrimônio e os fluxos de transações, produção e renda; - Através dos registros de atos e fatos, o contador faz o quadro financeiro da empresa; - É responsável pela área tributária da empresa. Currículo básico: Contabilidade Geral e de Custos, Matemática, Contabilidade Comercial, Direito e Economia. Aptidões desejáveis: boa memória, atenção concentrada, habilidade numérica e exatidão. Campos de atuação: empresas públicas e privadas, bancos, consultorias, assessorias e auditorias. - Unopar (Londrina - PR); - UEM (Maringá - PR); - Unioeste (Cascavel - PR); - UEPG (Ponta Grossa - PR); - FACCAR (Rolândia - PR). ENGENHARIA AERONÁUTICA - Este profissional envolve-se no projeto e na construção de todos os tipos de aeronave, como aviões, helicópteros, foguetes e satélites. Tem um papel fundamental para a segurança de qualquer vôo; - É o responsável pelo processo de manutenção, pela realização de reparos e pelas inspeções periódicas da estrutura e dos equipamentos, como asas, motores e fuselagem. Cuida também dos sensores e instrumentos de controle; - Além de fabricar aviões, pode gerenciar obras e serviços ligados à infra-estrutura aeronáutica, como a construção de aeroportos, o planejamento de linhas e o gerenciamento de tráfego aéreo. Currículo básico: Física, Química, Matemática, Computação, Eletrônica e Sistemas de Controle e Dinâmica do Vôo. Especializações possíveis: Coordenação de Tráfego Aéreo, Engenharia Espacial, Manutenção, Projeto e Sistemas.

19 Exatas - Engenharia Ambiental e Engenharia Civil 19 Campos de atuação: empresas aéreas e de transporte aéreo, nas quais atua na manutenção de aeronaves. Duração média do curso: 5 anos. - USP (São Carlos - SP); - ITA (São José dos Campos - SP). ENGENHARIA AMBIENTAL - É a engenharia voltada para o desenvolvimento econômico sustentável, ou seja, que respeite os limites dos recursos naturais; - Desenvolve e aplica tecnologias para proteger o ambiente dos danos causados pelas atividades humanas; - Sua principal função é preservar a qualidade da água, do ar e do solo; - Realiza estudos de impacto ambiental, propondo soluções que visam ao aproveitamento racional dos recursos naturais; - Elabora e executa planos, programas e projetos de gerenciamento de recursos hídricos, saneamento básico, tratamento de resíduos e recuperação de áreas contaminadas ou degradadas; - Pode ocupar-se do estudo de várias fontes de energia e da avaliação do potencial energético de uma região. Currículo básico: Matemática, Física, Química, Economia, Administração, Ecologia, Geologia, Hidrologia, Meteorologia, Estudo do Solo, Monitoramento Ambiental, Hidráulica, Cartografia, Sistemas de Gestão e Análise de Impacto Ambiental. Aptidões desejáveis: precisa ter interesse em tudo que diga respeito ao meio ambiente. Deve gostar de atividades ao ar livre, ter atenção concentrada, espírito de observação, manter-se atualizado e ser meticuloso. Especializações possíveis: Bioprocessos e Biotecnologia, Controle de Poluição, Energia, Planejamento, Gestão Ambiental e Recuperação de Áreas. Campos de atuação: setor público (órgãos do meio ambiente), setor privado (pode atuar em departamentos de planejamento e gestão ambiental de grandes empresas), empresas de consultoria e auditoria ambiental, usinas termoelétricas, indústrias de base (química, petroquímica, etc.) e obras de infra-estrutura (como rodovias e ferrovias). - UFPR (Curitiba - PR); - Unicentro (Irati - PR); - UFRGS (Porto Alegre - RS). ENGENHARIA CIVIL - Projeta, gerencia e acompanha todas as etapas de uma construção ou reforma; - Analisa as características do solo, estuda a insolação e a ventilação do local e a definição dos tipos de fundações; - Desenvolve o projeto, especificando as redes de instalações

20 20 Exatas - Engenharia da Computação elétricas, hidráulicas e de saneamento do edifício e definindo o material que será usado; - No canteiro de obras, chefia as equipes de trabalho, supervisionando prazos, custos, padrões de qualidade e de segurança; - Garante a estabilidade e a segurança da edificação, calculando os efeitos dos eventos e das mudanças de temperatura na resistência dos materiais. Currículo básico: Matemática, Física, Química, Materiais, Estatística, Desenho e Lógica. Aptidões desejáveis: é preciso ter habilidade numérica, precisão, concentração e liderança. Campos de atuação: empresas de construção, indústrias e órgãos públicos, instituições de ensino e pesquisa e como autônomo. Duração média do curso: 5 anos. - UEM (Maringá - PR); - UFPR (Curitiba - PR); - Unioeste (Cascavel - PR); - UEPG (Ponta Grossa - PR). ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO - Projeta e constrói computadores, periféricos e sistemas que integram hardware e software; - Produz novas máquinas e equipamentos computacionais para serem utilizados em diversos setores, de acordo com as necessidades do mercado; - Desenvolve produtos para serviços de telecomunicações, como os que fazem a interligação entre redes de telefonia; - Pode planejar e implementar redes de computadores e seus componentes, como roteadores e cabeamentos. Currículo básico: Matemática, Física, Eletrônica, Linguagens de Programação, Circuitos Elétricos, Circuitos Lógicos, Redes de Computadores e Banco de Dados. Aptidões desejáveis: habilidade numérica, concentração e conhecimento em informática. Especializações possíveis: Automação Industrial e Robótica, Desenvolvimento de Softwares e Aplicativos, Suporte, Marketing e Vendas. Campos de atuação: empresas, companhias do setor de tecnologia, bancos, empresas de comércio eletrônico e na área acadêmica. Duração média do curso: 5 anos.

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sua competência e em conformidade com o estabelecido no 1o- do art 10, da Lei no- 11.091, de 12 de janeiro de 2005, resolve:

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista INSTITUIÇÃO CURSO NOTA DA CAPES CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE (UNIANDRADE)

Leia mais

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO P. 1/2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul 1. DADOS DO SERVIDOR Data do ingresso / / Nome

Leia mais

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Agricultura Sustentável Agrimensura Agroecologia Agroindústria Agroindústria - Alimentos Agroindústria - Madeira Agronegócio

Leia mais

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE CATÁLOGO DE AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Novembro/2015 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os

Leia mais

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO

FEDERAL ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO ANEXO I MATRIZ ESPECÍFICA DE CORRELAÇÃO DO CONHECIMENTO CARGO/ESPECIALIDADES Art. 378. Ao Consultor Legislativo, Especialidade Assessoramento Legislativo. ÁREAS DE INTERESSE DO SENADO FEDERAL Agronomia;

Leia mais

PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS

PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS PROGRESSÃO POR CAPACTAÇÃO DOS SERVDORES TÉCNCOS-ADMNSTRATVOS O que é É a progressão que consiste na mudança de nível de capacitação dos servidores que obtiverem certificados de capacitação profissional

Leia mais

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JANEIRO A JUNHO ANEXO: DISCIPLINAS EM OFERTA CURSOS DE GRADUAÇÃO Curso Disciplina ADMINISTRAÇÃO - NATAL ANÁLISE DE INVESTIMENTOS

Leia mais

CARGA CURSO DISCIPLINA

CARGA CURSO DISCIPLINA CARGA CURSO DISCIPLINA HORARIA Administração AD ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS II 40 AD CONTABILIDADE E CUSTOS II 40 AD CONTABILIDADE GERENCIAL 40 AD ECONOMIA INDUSTRIAL 40 AD ESTATÍSTICA

Leia mais

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA

UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA UNP - Universidade Potiguar EDITAL DE OFERTA DE DISCIPLINAS EM TURMA ESPECIAL - 2015 JULHO A DEZEMBRO ANEXO ÚNICO: DISCIPLINAS EM OFERTA A - CURSOS DE GRADUAÇÃO (PRESENCIAL E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA) Curso

Leia mais

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico Código Área Nome Área 1 Educação 2 Humanidades e Artes TABELA DE CURSO DE FORMAÇÃO SUPERIOR Código OCDE Nome do Curso - Grau Grau 142C01 Ciência da educação - 142P01 Pedagogia - Licenciatura Licenciatura

Leia mais

Relação das Disciplinas/Curso que serão atribuídas em 2010. Importante!

Relação das Disciplinas/Curso que serão atribuídas em 2010. Importante! Relação das Disciplinas/Curso que serão atribuídas em 2010. Importante! A Direção do IMES Catanduva e a Comissão Organizadora do Processo Seletivo 007/2009 alerta os candidatos inscritos que as disciplinas

Leia mais

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO CONTABILIDADE CONTABILIDADE 433 DIREITO DIREITO E LEGISLAÇÃO 453 AGRONEGÓCIO ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO SISTEMAS AGROALIMENTARES GESTAO III-

Leia mais

Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital

Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital Veterinário e também dos multicampi nas cidades de Guaíra,

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Recursos Humanos II Administração de Sistemas de Informações Contabilidade Básica I Contabilidade Básica II Contabilidade Geral Economia Brasileira e Contemporânea

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE CURSO DE PEDAGOGIA Gestão Escolar e Organização do Trabalho Pedagógico I 23.09.13 19horas Fundamentos da Língua Portuguesa: Leitura e Produção de 23.09.13 21horas Textos Psicologia da Educação I 24.09.13

Leia mais

AUXILIAR DOCENTE Atualizado em maio/2011

AUXILIAR DOCENTE Atualizado em maio/2011 AUXILIAR DOCENTE Atualizado em maio/2011 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os requisitos de titulação

Leia mais

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO

ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO ANEXO I - DOS CARGOS, DA FORMAÇÃO E DA HABILITAÇÃO Administração/Logística Psicologia das Relações Humanas; Liderança e Gestão de Equipes; Professor de Psicologia Doutorado em Psicologia Enfermagem Segurança

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MARKETING Políticas de supply chain management e logística reversa Planejamento estratégico de marketing Marketing de serviço Pesquisa de marketing Marketing

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração da Enfermagem na Atenção Primária a Saúde Enfermagem Administração de Produção Administração Administração de Produção II Administração Administração de Sistemas de Informação Administração/

Leia mais

GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA CONTABILIDADE CONTABILIDADE 433 Habilitado - Diploma e Histórico Escolar de Curso Superior em Ciências Contábeis, Administração,

Leia mais

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014 FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 0/24 ANEXO I QUADRO GERAL DE S E 1. Faculdade de Administração 1.1 Administração Administração ou

Leia mais

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC 1 INTERCULTURAL INDIGENA EM LINGUAS, ARTES E LIT. 2 ADMINISTRAÇÃO LEGISLATIVA 3 ALIMENTOS 4 ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS 5 ARQUITETURA E URBANISMO 6 ARTE EDUCAÇÃO 7 AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 8 CERÂMICA

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção Administração Financeira Administração Mercadológica II Análise das Demonstrações Financeiras Auditoria Comércio Exterior e Economia Internacional

Leia mais

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR

ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR ANEXO 1 PERFIS DE PROFESSOR EDITAL 162/2013 Curso Sem. Disciplina Perfil do Docente Administração 1º Teoria Geral da Administração Administração 1º Empreendedorismo Administração 1º Sociologia das Organizações

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D

LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 A D E C A A D C A B INFORMÁTICA 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 A C C C D A A E E D ADMINISTRAÇÃO/ CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1º SEMESTRE - MATUTINO LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS A D E C A A D C A B INFORMÁTICA A C C C D A A E E D FILOSOFIA E ÉTICA E D A C A B D E B A MATEMÁTICA D B E E A C C

Leia mais

SAÍDAS PROFISSIONAIS

SAÍDAS PROFISSIONAIS SAÍDAS PROFISSIONAIS Telf: 234 340 220 * Fax: 234 343 272 * info@aesbernardo.pt * www.aesbernardo.pt Página 1 de 6 CURSO CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS ÁREA DAS CIÊNCIAS ÁREA DA ANIMAÇÃO ÁREA DA SAÚDE AREA DO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO ANEXO I - RELAÇÃO DAS VAGAS E REQUISITOS ESPECÍFICOS POR ÁREA DE

Leia mais

ANEXO II (Instrução Normativa IBAMA n. 10, de 27.05.13) ENQUADRAMENTO DE ATIVIDADE DE PESSOA FÍSICA. Legenda

ANEXO II (Instrução Normativa IBAMA n. 10, de 27.05.13) ENQUADRAMENTO DE ATIVIDADE DE PESSOA FÍSICA. Legenda NEXO II (Instrução Normativa IBM n. 10, de 27.05.13) ENQUDRMENTO DE TIVIDDE DE PESSO FÍSIC Legenda ID B Tipo de documento de identificação exigido Documento de identificação oficial emitido por Conselho

Leia mais

Reitoria EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA MONITORIA DE ENSINO

Reitoria EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA MONITORIA DE ENSINO 1 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA MONITORIA DE ENSINO EDITAL Nº 26/2015 Estarão abertas as inscrições para o preenchimento de vagas de Monitoria de Ensino, no período de 03 a 14.08.2015, na secretaria

Leia mais

PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008.

PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008. PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008. O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o disposto no Capítulo III Da Educação Profissional, da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 870, DE 16 DE JULHO DE 2008 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições, tendo em vista o disposto

Leia mais

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: TÉCNICO DE LABORATÓRIO /ÁREA

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: TÉCNICO DE LABORATÓRIO /ÁREA ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES NÍVEL INTERMEDIÁRIO D DENOMINAÇÃO DO CARGO: ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO Dar suporte administrativo e técnico nas áreas de recursos humanos, administração, finanças

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/09/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Produção II Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração Financeira e Orçamentária I Administração

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

Áreas e Sub-Áreas de Formação CIME

Áreas e Sub-Áreas de Formação CIME de Formação CIME e Sub- de Formação CIME Sub- 09. Desenvolvimento Pessoal 090. Desenvolvimento Pessoal 14.Formação de Professores/Formadores e Ciências da Educação 141.Formação de Professores e Formadores

Leia mais

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81

Departamento de Enfermagem Básica (1 vaga) Processo nº 23071.004115/2009-81 Períodos de inscrições: no sítio http://www.concurso.ufjf.br a) Primeiro período: das 09h do dia 11/05/2009 até as 14h do dia 29/05/2009; b) Segundo período: das 09h do dia 22/06/2009 até as 14h do dia

Leia mais

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso

TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso I MÓDULO I TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA Objetivo do Curso Habilitar e qualificar profissionais para desenvolver atividades de projeto, especificação, instalação, montagem e manutenção de sistemas eletromecânicos

Leia mais

ESPECIALISTAS - NÍVEL I Cod. Especialidade Quantidade

ESPECIALISTAS - NÍVEL I Cod. Especialidade Quantidade ESPECIALISTAS - NÍVEL I 001 Ciências da Natureza na Educação Infantil e em Anos Iniciais do Ensino 18 002 Didática e Educação Inclusiva 13 003 Estatística e Informática na Educação 8 004 Filosofia e Educação

Leia mais

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de Conhecimento: PROJETO DE HABITAÇÃO SOCIAL (uma vaga). Provas

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA 06/ 05/ INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO º SEMESTRE 05 ANEXO II EDITAL Nº 8/05 DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA Técnico em Redes de Computadores

Leia mais

Secretaria de Estado da Educação Superintendência da Educação INSTRUÇÃO N 004/2015 SEED/SUED

Secretaria de Estado da Educação Superintendência da Educação INSTRUÇÃO N 004/2015 SEED/SUED Superintendência da Educação INSTRUÇÃO N 004/2015 SEED/SUED Estabelece critérios para seleção e contratação em regime especial (Processo Seletivo Simplificado - PSS) de profissionais para atuação nos cursos

Leia mais

ANEXO VI - DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS

ANEXO VI - DESCRIÇÃO SUMÁRIA DOS CARGOS CARGO Administrador Analista de Tecnologia da Informação Assistente Social Bibliotecário- Documentarista Contador Engenheiro Civil Engenheiro Agrônomo DESCRIÇÃO DOS CARGOS Planejar, organizar, controlar

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 254-GR/UNICENTRO, DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. INFORMAÇÕES DOS ITENS 4 E 9, DO ANEXO DESTA RESOLUÇÃO ESTÃO RETIFICADOS PELA RESOLUÇÃO Nº 260/2014-GR/UNICENTRO. ESTA RESOLUÇÃO ESTÁ RATIFICADA

Leia mais

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS

RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS RELAÇÃO DE CURSOS WPÓS Cursos de Pós-Graduação a Distância em Administração Pública - EAD Administração de Casas Legislativas Administração de RH no Setor Público Administração Patrimonial em Organizações

Leia mais

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA CH CÓDIGO TIPO DE AVALIAÇÃO LOCAL TEÓRICA PRÁTICA COMUNICAÇÃO COS - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2012.1 6ª NOVAS ARENAS E MÍDIAS DIGITAIS 140 20451 - X NATAL COMUNICAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA)

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) Análise e Processamento de Imagens Antropologia Ciência e Tecnologia dos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REITORIA BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA RELAÇÃO DE CURSOS ATENDIDOS PELO SISTEMA DE BIBLIOTECAS DA UFC Biblioteca Curso de Graduação Curso de Pós-Graduação Biblioteca de Ciências

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DE TÉCNICO-ADMINISTRATIVO EM EDUCAÇÃO EDITAL N.º 51/2014 UNIFESSPA, DE 21 DE JULHO DE 2014 ANEXO I

Leia mais

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ

ANEXO I QUADRO DAS ÁREAS DE ESTUDO. Lotação 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ 01 MARACANAÚ Código/Área de Estudo. Desenho Técnico, Desenho Assistido por Computador (CAD), Informática 02. Materiais para Construção Mecânica, Corrosão e Tribologia 03. Termodinâmica, Refrigeração, Transferência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA PORTARIA Nº 20, DE 27 DE JUNHO DE 2013

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA PORTARIA Nº 20, DE 27 DE JUNHO DE 2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA PORTARIA Nº 20, DE 27 DE JUNHO DE 2013 O SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, no uso das

Leia mais

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015 SELEÇÃO PARA ENSINO PROFISSIONAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO, EM REGIME INTEGRAL COM DURAÇÃO DE 3 ANOS, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015 INFORMAÇÕES

Leia mais

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL /EIXO POR GERED DISCIPLINA/EIXO GERED ARARANGUÁ em Economia ou Administração ou Contabilidade ou Ciências Contábeis com Curso Emergencial de Complementação Pedagógica; ou,

Leia mais

Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil

Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil Tabela de Cursos de Mestrado e Doutorado no Brasil Universidade 1 Universidade Federal de UFRR Norte Agronomia http://www.posagro.ufrr.br/ 0 Roraima Desenvolvimento Regional da Amazônia http://www.necar.ufrr.br/index.php?

Leia mais

TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO

TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO UF da IES Nome da IES Nome do Curso Qtd. Inscritos SP FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Ciência e Tecnologia ** 16.253 BA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração de Adm. em Serviços de Enfermagem Hospitalar Enfermagem Administração Mercadológica I / Marketing / Administração Mercadológica II Algoritmos e Técnicas de Programação Análise Ambiental Biomedicina

Leia mais

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES

A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES A EXO 2 - LISTA DE VAGAS - DOCE TES Campus Graduação na área de Artes Ministrar aulas em disciplinas relacionadas à área de Artes em geral. Desenvolver projetos e atividades extra-curriculares nas Artes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL nº 051/2012 PRORH ANEXO I CONCURSOS PÚBLICOS nºs 44 a 114 de 2012 Campus Juiz de Fora FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Dispõe sobre a concessão do Incentivo de Titulação aos servidores integrantes do Ambiente de Especialidade Gestão Pública.

Dispõe sobre a concessão do Incentivo de Titulação aos servidores integrantes do Ambiente de Especialidade Gestão Pública. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº. 01, 26 de maio de 2008. Dispõe sobre a concessão do Incentivo de Titulação aos servidores integrantes do Ambiente de Especialidade Gestão. O SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO DO MUNICÍPIO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 218, DE 29 DE JUNHO DE 1973

RESOLUÇÃO Nº 218, DE 29 DE JUNHO DE 1973 RESOLUÇÃO Nº 218, DE 29 DE JUNHO DE 1973 Discrimina atividades das diferentes modalidades profissionais da Engenharia, Arquitetura e Agronomia. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA,

Leia mais

Bacharelado em Medicina Veterinária

Bacharelado em Medicina Veterinária Bacharelado em Medicina Veterinária INFORMAÇÕES Duração do Curso: 05 anos (10 semestres) Horário: Manhã Número de Vagas: 100 anuais Coordenador: Profº Dr. Carlos Tadeu Bandeira de Lavor O CURSO O Curso

Leia mais

ANEXO I CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL GRADUAÇÃO PRESENCIAL- FTC SALVADOR

ANEXO I CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL GRADUAÇÃO PRESENCIAL- FTC SALVADOR ANEXO I DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL GRADUAÇÃO PRESENCIAL- FTC SALVADOR VALORES DOS Administração 8 semestres R$ 395,00 10% R$ 355,50 Biomedicina 8 semestres R$ 630,00 20% R$ 504,00 Ciências Aeronáuticas 6

Leia mais

FACULDADE DE INTEGRAÇÃO DO SERTÃO FIS

FACULDADE DE INTEGRAÇÃO DO SERTÃO FIS FACULDADE DE INTEGRAÇÃO DO SERTÃO FIS Portaria MEC nº 1.931, de dezembro de 2006, publicada no DOU de 08 de Dezembro de 2006. Rua João Luiz de Melo, 2110. Bairro Tancredo Neves. CEP. 56909-205. Serra Talhada/PE/Brasil.

Leia mais

Universidade Federal do Oeste do Pará Reitoria. EDITAL Nº 1/2013-UFOPA, DE 30 DE OUTUBRO DE 2013 Publicado no DOU em 01/11/2013.

Universidade Federal do Oeste do Pará Reitoria. EDITAL Nº 1/2013-UFOPA, DE 30 DE OUTUBRO DE 2013 Publicado no DOU em 01/11/2013. EDITAL Nº 1/2013-UFOPA, DE 30 DE OUTUBRO DE 2013 Publicado no DOU em 01/11/2013. ANEXO I DOS REQUISITOS PARA INVESTIDURA E DESCRIÇÃO DOS CARGOS 1. CARGOS DE NÍVEL DE CLASSIFICAÇÃO D 1.1 ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 07/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 101-Área de

Leia mais

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira

FACULDADE DO SUL DA BAHIA 1º SEMESTRE DE 2014. PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO 07/07 segunda-feira 09/07 quarta-feira 10/07 quinta-feira FACULDADE DO SUL DA BAHIA SEMESTRE DE 2014 PROVA FINAL PERÍODO DE APLICAÇÃO segunda-feira quarta-feira quinta-feira Horário 1ª AULA 18:50 às 20:30 2ª AULA 20:50 às 22:30 OBS.: NÃO HÁ SEGUNDA CHAMADA DE

Leia mais

EXTRA. O Manual do Processo Seletivo 2011/1 EXTRA facilita o seu acesso a importantes informações sobre o vestibular.

EXTRA. O Manual do Processo Seletivo 2011/1 EXTRA facilita o seu acesso a importantes informações sobre o vestibular. EXTRA O Manual do Processo Seletivo 2011/1 EXTRA facilita o seu acesso a importantes informações sobre o vestibular. Rotina de inscrição: Efetue o pagamento da taxa de inscrição conforme orientação do

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL 12/2014-PRORH UFJF

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS EDITAL 12/2014-PRORH UFJF EDITAL 12/2014-PRORH UFJF CONCURSOS PÚBLICOS Nºs 70 a 97, 99 E 100/2014 PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE SERVIDORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO (TAEs). CAMPUS GOVERNADOR VALADARES ADENDO I - ATRIBUIÇÕES

Leia mais

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal)

X (X-X): Total de Créditos (Carga Teórica semanal-carga Prática semanal) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Curso: Engenharia Agrícola e Ambiental Matriz Curricular 1 Período IB 157 Introdução à Biologia 4 (2-2) IT 103 Técnicas Computacionais em Engenharia 4 (2-2)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR EDITAL Nº 001/2011-DCV PUBLICAÇÃO DA RELAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE. O Diretor de Concurso Vestibular

Leia mais

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor

Leia mais

ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações)

ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) P1 Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Recursos Humanos, Auxiliar Financeiro. Fundamentos da administração, Recursos humanos e departamento de

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Comércio Habilitação: Comércio Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Comércio de Compras (EII) - Habilitação

Leia mais

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio)

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) 1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) Administração Administração (EII) Administração - Habilitação em Administração de Empresas Administração - Habilitação em Administração

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS EIXOS TECNOLÓGICOS EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE SAÚDE

DESCRIÇÃO DOS EIXOS TECNOLÓGICOS EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE SAÚDE DESCRIÇÃO DOS EIXOS TECNOLÓGICOS EIXO TECNOLÓGICO: AMBIENTE SAÚDE Curso Técnico em Análises Clínicas Atua auxiliando e executando atividades padronizadas de laboratório - automatizadas ou técnicas clássicas

Leia mais

Profissões Regulamentadas

Profissões Regulamentadas Profissões Regulamentadas Para efeitos fiscais e tributários, a Secretaria da Receita Federal expediu orientações, aonde entende, de acordo com o subitem 4.1 do Parecer Normativo CST 15/83, que Profissão

Leia mais

CONCURSO PMO 2008 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

CONCURSO PMO 2008 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS CONCURSO PMO 2008 ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS NÍVEL SUPERIOR ADMINISTRADOR - Realiza diagnóstico e emite parecer a respeito da evolução financeira da Prefeitura; Promove o desenvolvimento de metodologias e

Leia mais

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Produção I Administração de Recursos Humanos I Administração de Recursos Materiais Administração de Sistemas de Informação Administração Financeira e Orçamentária

Leia mais

Fonte: emcefetmg.blogspot.com

Fonte: emcefetmg.blogspot.com Fonte: emcefetmg.blogspot.com PERFIS DOS CURSOS TÉCNICOS DA EPTNM Fonte: CNCT-2001 Eixo Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança TÉCNICO EM EQUIPAMENTOS BIOMÉDICOS Planeja e executa a instalação de equipamentos

Leia mais

Guia de cursos ifma2012

Guia de cursos ifma2012 20 12 a ifm sos cur Guia de Prezado(a) candidato(a), O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) preparou um guia dos cursos técnicos que serão oferecidos pela instituição em 2012. A escolha da carreira profissional

Leia mais

O guia completo da Engenharia: Saiba como escolher o seu curso e se destacar no mercado de trabalho

O guia completo da Engenharia: Saiba como escolher o seu curso e se destacar no mercado de trabalho O guia completo da Engenharia: Saiba como escolher o seu curso e se destacar no mercado de trabalho INTRODUÇÃO Hoje, na FSG, podemos dizer que aproximadamente 85% dos alunos já estão empregados ou realizando

Leia mais

MUNICÍPIO DE ICARAÍ DE MINAS MG

MUNICÍPIO DE ICARAÍ DE MINAS MG Advogado Prestar assistência jurídica às questões de Direito Administrativo, Trabalhista, Civil, Tributário e Constitucional. Agente Administrativo Executar, sob orientação imediata, trabalhos administrativos

Leia mais

ANEXO III AUTORIZAÇÃO PARA GERAÇÃO DA NFSE A PARTIR DE 01/02/2015. Descrição do Código CNAE 2.0

ANEXO III AUTORIZAÇÃO PARA GERAÇÃO DA NFSE A PARTIR DE 01/02/2015. Descrição do Código CNAE 2.0 7740-3/00 Gestão de ativos intangíveis não-financeiros 03.02 9311-5/00 Gestão de instalações de esportes 03.03 8211-3/00 Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 03.03 8230-0/02 Casas de

Leia mais

QUADRO DE REFERÊNCIA DOS SERVIRORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFSJ, CONFORME PORTARIA INTERMINISTERIAL N 111, DE 02 DE ABRIL DE 2014.

QUADRO DE REFERÊNCIA DOS SERVIRORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFSJ, CONFORME PORTARIA INTERMINISTERIAL N 111, DE 02 DE ABRIL DE 2014. QUADRO DE REFERÊNCIA DOS SERVIRORES TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UFSJ, CONFORME PORTARIA INTERMINISTERIAL N 111, DE 02 DE ABRIL DE 2014. QRSTA - Nível de Classificação "E" Situação Ocupado Vagos

Leia mais

Quadro de Referência dos Servidores Técnico-Administrativos (QRSTA)

Quadro de Referência dos Servidores Técnico-Administrativos (QRSTA) Quadro de Referência dos Servidores Técnico-Administrativos (QRSTA) Este documento dispõe sobre os quadros de lotação dos cargos de nível de classificação C, D e E integrantes da Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais

Etec Trajano Camargo Limeira

Etec Trajano Camargo Limeira Etec Trajano Camargo Limeira Administração Gestão de Marketing I e II Administração (EII) Administração / Ciências Administrativas (qualquer modalidade) Comercialização e Mercadologia(EII) Comunicação

Leia mais

ANEXO II. Ambientes organizacionais

ANEXO II. Ambientes organizacionais ANEXO II Ambientes organizacionais 1. Administrativo Gestão administrativa e acadêmica envolvendo planejamento, execução e avaliação de projetos e atividades nas áreas de auditoria interna, organização

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

1. Trabalhar em equipe. 9. Capacidade de comunicação. 2. Expressão gráfica. 10. Equilíbrio emocional.

1. Trabalhar em equipe. 9. Capacidade de comunicação. 2. Expressão gráfica. 10. Equilíbrio emocional. FUNÇÃO: ASSISTENTE SOCIAL CÓDIGO DA FUNÇÃO: APAS CBO: 2516-05 COMPLEXIDADE /ESCOLARIDADE EXIGIDA 1. Graduação em Serviço Social, fixado na forma do Anexo II da Lei Estadual N 13.666, de 05 de julho de

Leia mais

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA

FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA 1 FEFUC - FOLDER EXPLICATIVO DE FUNCIONAMENTO DE CURSOS CURSO DE FARMÁCIA 1ª LINHA CONCEITUAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DE FARMÁCIA O PROFISSIONAL FARMACÊUTICO O Farmacêutico é um profissional da

Leia mais

Curso. Administração. Arquitetura. Ciências Biológicas

Curso. Administração. Arquitetura. Ciências Biológicas FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 1 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

EDITAL UnC 040/2010. Prof. Antonio Reinaldo Agostini Vice-Reitor de Administração e Planejamento da UnC

EDITAL UnC 040/2010. Prof. Antonio Reinaldo Agostini Vice-Reitor de Administração e Planejamento da UnC UNIVERSIDADE DO CONTESTADO - EDITAL 040/2010 Publicação do quadro das disciplinas ofertadas aos docentes da F para aumento ou recomposição de carga horária na condição de professor substituto. O Vice-Reitor

Leia mais

Como me preparar para o futuro? Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios

Como me preparar para o futuro? Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Como me preparar para o futuro? Leticia Bechara Pedagoga e Coordenadora Trevisan Escola de Negócios Sucesso $$$ sonho habilidade Conhece-te a ti mesmo Sócrates Quais são meus pontos fortes? Quais são meus

Leia mais

Elcival José de Souza Machado Diretor do úcleo de Seleção Universidade Estadual de Goiás

Elcival José de Souza Machado Diretor do úcleo de Seleção Universidade Estadual de Goiás Titulação: Docente - Doutor Anápolis, de março de 00. Região: Centro Goiano Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Bioquímica e Tecnologia de Alimentos 8 8,00 Ciências Agrárias - Engenharia

Leia mais