O produto esta disponível em 4 modelos com tamanho nominal de 10 à 40, todos com aprovação do BG (Associação Alemã de segurança no Trabalho).

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O produto esta disponível em 4 modelos com tamanho nominal de 10 à 40, todos com aprovação do BG (Associação Alemã de segurança no Trabalho)."

Transcrição

1

2 As Válvulas de segurança da GPA são a forma mais efetiva de proteger sua prensa freio embreagem contra mau funcionamento ou operação acidental derivada por falha da válvula. MEP-A é uma série de válvulas de segurança para prensas e similares pneumáticos. Elas são válvulas 3/2 vias de acionamento para atuadores simples de controle por ar comprimido. Para cumprir com suas funções de segurança de acordo com os padrões e normas efetivos, como EM 692 para países da comunidade econômica européia, estas válvulas devem ser redundantes (corpo-duplo) e equipadas com um equipamento dinâmico de monitoramento de falhas. O produto esta disponível em 4 modelos com tamanho nominal de 10 à 40, todos com aprovação do BG (Associação Alemã de segurança no Trabalho). FUNCIONAMENTO As MEP-A são válvulas de corpo-duplo, acionadas por fluxo pneumático paralelo, classificados para manter, no caso de mau funcionamento, o valor da pressão restante abaixo de 3%. A diferença de fase entre os dois corpos de um décimo de segundo causa o autotravamento da válvula, o qual não pode ser reativada até a leitura de segurança na posição de inicio esteja restaurado (entrega lacrado e escape paralelas de ambos os corpos). O reset é automático quando a função normal é restaurada estando na posição stand by. Além disso um sistema de monitoramento auxiliar com reset manual pode ser acionado por 2 interruptores de pressão, como opcionais, incrementadas junto das conexões relevantes. Sua dinâmica de monitoramento própria do sistema bloqueia a operação da válvula de segurança em caso de um vazamento interno, ou queda da pressão. 1

3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Função: Estrutura: Sistema de acionamento : Fluído : Material : Conectores: Posição de instalação: Temperatura: Circuito de monitoramento: Reset manual: 3 ou 2 NC Cabeçote móvel Alimentação interna e letropneumático Ar filtrado e lubrificado Corpo em alumínio Gaxeta poliuretano e NBR Com varistores. Vertical, pilotos para cima. -10 C à +50 C. Inerente, dinâmico. Um reset de circuito, de acordo com a EN 692, pode ser efetuado a partir de 2 interruptores de pressão. 2

4 SHP SILENCIADORES DE ALTA PERFORMANCE PARA VÁLVULAS MEP-A Os silenciadores tipo SHP são adequadamente desenvolvidos para a eficiente condução dos efeitos do óleo de lubrificação e drenagem de água, sempre presente nos equipamentos pneumáticos. CÓDIGO DE PRODUTO 3

5 TEMPO DE OPERAÇÃO POR VOLUME Os tempos foram medidos: P-A linha 6 bar, A-R com silenciadores recomendados SHP, com alimentação a.c. ATENÇÃO! calcular o volume máximo do atuador considerando o desgaste dos revestimentos dos tubos dos condutores. 4

6 CICLO DA VÁLVULA I STAND BY Ver página 6 Os eletropilotos (1-2) estão em repouso, os núcleos (3-4) pressionados por molas fecham as entradas (5-6) e colocam as camaras de pilotagem em ligação com as saídas. Os elementos da válvula(13-14) são posicionados acima pelas molas (21-22) e pela pressão do ar, fechando por meio da juntas(15-16) o fluxo de de ar pela passagem A. Passagem A está conectada ao exaustor R. EM OPERAÇÃO Ver página 6 Alimentando electricamente ambos pilotos (1-2) os núcleos (3-4) pressiona as molas, fechando os exaustores (7-8) abrindo as entradas. A pressão acumulada (5-6) na posição stand by entra para a câmara do carretel (9-10) empurrando a haste do carretel (13-14), liberando a pressão de entrada P para a saída A (23-24) fechando saídas. FALHA Ver página 6 Desativando apenas 1 solenóide (2) o piloto fechado(4) bloqueia a entrada(6), abrindo a saída (8) e descarrega a câmara (9). A haste do carretel(13) é empurrada pela mola (21) e pela pressão de entrada P. O obturador (15) se fecha e a passagem (11) se abre. A haste do carretel (14) mantém o embolo para cima. A pressão sobre a saída A é eliminada pela passagem (11), o qual devido sua seção de tamanho maior, é possível comportar sem diminuir o fluxo proveniente do ponto P pelo haste aberta (14). Pressão no canal (6), controlável na conexão CP, é eliminada, em alguns décimos de segundo, por R pela 18; Transcorrido este tempo, um novo acionamento do piloto (2) acaba sem reação por sua falta de energia pneumática interna e a válvula é desligada. Uma nova operação de ciclo é possível apenas quando a posição stand by de ambos carreteis foi restaurada, para que a pressão de entrada seja preenchida nos canais

7 CICLO DA VÁLVULA II STAND BY EM OPERAÇÃO FALHA 6

8 313 MEP-A 314 MEP-A / 316 MEP-A 318 MEP-A 7 V A LV U L A S D E S E G U R A N Ç A M E P -A S E N S O R D O B R A S IL

Válvulas de Segurança 3/2 vias DM² C

Válvulas de Segurança 3/2 vias DM² C Válvulas de Segurança 3/2 vias DM² C Isolamento da Energia Pneumática Categoria 4 Líder na Tecnologia de Válvulas de Segurança Desde 1950 2005 Tecnologia e experiência 1995 2000 1980 1976 1967 1962 1954

Leia mais

Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos. 2012 ROSS South America Ltda

Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos. 2012 ROSS South America Ltda Válvulas de Segurança 5/2 vias para o Comando de Cilindros Pneumáticos Prensa Pneumática Comandada por Válvula Convencional 5/2 vias Simples Solenóide Escape Área de pilotagem conectada à atmosfera através

Leia mais

Segurança em Sistemas Pneumáticos

Segurança em Sistemas Pneumáticos Segurança em Sistemas Pneumáticos Celso Tadeu Carciofi LÍDER NA TECNOLOGIA DE VÁLVULAS DE SEGURANÇA PARA PRENSAS DESDE 1950 2005 2000 1995 1980 1976 1967 1962 1954 Segurança em Sistemas Pneumáticos Comando

Leia mais

Válvulas: Podem ser: -CONTROLADORAS DE DIREÇÃO. -CONTROLADORAS DE FLUXO. -CONTROLADORAS DE PRESSÃO. - DE BLOQUEIO.

Válvulas: Podem ser: -CONTROLADORAS DE DIREÇÃO. -CONTROLADORAS DE FLUXO. -CONTROLADORAS DE PRESSÃO. - DE BLOQUEIO. Válvulas: São os elementos utilizados para comando dos atuadores, exercendo função preponderante dentro dos circuitos fluídicos e são classificadas conforme suas funções. Podem ser: -CONTROLADORAS DE DIREÇÃO.

Leia mais

Produtos pneumáticos para sistemas de segurança

Produtos pneumáticos para sistemas de segurança E Produtos pneumáticos para sistemas de segurança Conteúdo (BS EN 983 EN692) EN 983 Válvula de alívio (5.1.2) Suprimento de pressão (5.1.4) Fechamento (desligar) Cilindros com travamento Conexão-retenção

Leia mais

Série de Válvulas Compact Performance

Série de Válvulas Compact Performance Série de Válvulas Compact Performance Largura mínima, consumo de energia muito baixo e vazão extremamente alta. Densidade máxima de potência: _ pequena massa _ dimensões mínimas Montagem da válvula diretamente

Leia mais

VÁLVULA DE SEGURANÇA Série Herion XSz

VÁLVULA DE SEGURANÇA Série Herion XSz VÁLVULA DE SEGURANÇA Série Herion XSz Intrinsicamente à prova de falha, sem pressão residual Auto monitoramento dinâmico Sistema de controle de válvula dupla Para uso com sistema de freio e embreagem pneumáticos

Leia mais

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Considerações Iniciais "PNEUMÁTICA

Leia mais

Edson Duarte Sistemas Eletropneumáticos Lista Geral

Edson Duarte Sistemas Eletropneumáticos Lista Geral 1) Calcule o volume de ar comprimido necessário para o acionamento de 10 cilindros pneumáticos (modelo A), 4 cilindros pneumáticos com retorno por mola (modelo B) e 2 cilindros sem haste (modelo C), todos

Leia mais

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo

Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo Válvulas Automáticas de Controle e Fluxo As válvulas automáticas são utilizadas em processos de automação ou acionamento remoto para controle de fluxo de líquidos e gases, e também nos processos de dosagem

Leia mais

7ª Aula Válvulas Direcionais

7ª Aula Válvulas Direcionais 7ª Aula Válvulas Direcionais Os comandos pneumáticos consistem de seis camadas de elementos que são: a. Elementos de trabalho; b. Elementos de influência; c. Elementos de comando; d. Elementos de processamento

Leia mais

1 Sistema Pneumático. Instrução Técnica Instrucción Técnica Technical Instruction

1 Sistema Pneumático. Instrução Técnica Instrucción Técnica Technical Instruction 1 Sistema Pneumático 1 1.1 SISTEMA PNEUMÁTICO O sistema pneumático da Irizar está baseado no conceito de bloco de distribuição. Isto significa que todos os componentes pneumáticos estão concentrados em

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais

Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo EV220A 6-50

Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo EV220A 6-50 MAKING MODERN LIVING POSSIBLE Ficha técnica Válvulas solenoides servo-operadas de 2/2-vias Tipo 6-50 é uma linha de válvulas solenoides servo-operadas de 2/2 vias, projetadas especialmente para uso em

Leia mais

Cilindros de parada seguros - silenciosos - confiáveis

Cilindros de parada seguros - silenciosos - confiáveis Cilindros de parada seguros - silenciosos - confiáveis 13017381 Info 166 Cilindros de parada o equipamento compacto e simples para automatizar linhas de transporte Utilização Equipamento rápido e simples

Leia mais

VÁLVULA ISO 5599/1 SÉRIE IPV-ISV

VÁLVULA ISO 5599/1 SÉRIE IPV-ISV VÁLVULA ISO 99/1 SÉRIE IPV-ISV As válvulas ISO 1 e ISO 2 têm dimensões da superfície de montagem conforme a ISO 99/1. Disponíveis nas versões vias a 2 e 3 posições e com acionamentos do tipo pneumático

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS Índice 1.0 Conexões Pneumática Instantâneas...... 4 1.1 - Redutores... 7 1.2 Válvulas Manuais... 8 2.0 Acessórios Pneumáticos... 8 3.0 Válvulas Mecânicas... 10 3.1 Piloto... 10 3.2

Leia mais

Atuadores Pneumáticos

Atuadores Pneumáticos / / D Atuadores Pneumáticos Os atuadores pneumáticos HiTork são dispositivos utilizados para o acionamento de válvulas de controle e outros elementos semelhantes. Possuem construção robusta, grandes torques

Leia mais

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50

Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 Catálogo técnico Válvulas solenoides de 2/2 vias servo operadas tipo EV220B 15 50 EV220B 15 50 é um programa universal de válvula solenoide de 2/2 vias indiretamente servo-operada. O corpo da válvula em

Leia mais

das válvulas de vazão de líquidos e gases

das válvulas de vazão de líquidos e gases Válvulas de Vazão de Líquidos e Gases Wagner Britto Vaz de Oliveira 00/16144 Pedro Kouri Paim 00/16063 9 de Junho de 2005 1 Introdução No contexto de automação industrial, válvulas de comando são elementos

Leia mais

VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóide-ar ISO 5599/01 - Tamanho 1

VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóide-ar ISO 5599/01 - Tamanho 1 Série Modelo PH VÁLVULAS MULTIFUNÇÃO TIPO SPOOL Operadas por ar ou solenóidear ISO 99/0 Tamanho /2/ vias / posições VANTAGENS: A série no novo modelo PH oferece além das vantagens da linha : Excepcional

Leia mais

SMART Control Manual de Instruções

SMART Control Manual de Instruções SMART Control Manual de Instruções Para utilizar corretamente esse dispositivo, leia este manual de instruções cuidadosamente antes de usar. precauções de segurança Este símbolo, juntamente com uma das

Leia mais

Válvulas pneumáticas série 8000

Válvulas pneumáticas série 8000 Válvulas pneumáticas série 8000 10-30.3-1 Válvulas acionadas pneumaticamente com molas de fechamento potentes para operação confiável Projeto compacto com solenóide integrado, exaustor rápido e chaves

Leia mais

AUC1. Circuitos Eletrohidráulicos e Eletropneumáticos. Parte III 14/02/2015 1

AUC1. Circuitos Eletrohidráulicos e Eletropneumáticos. Parte III 14/02/2015 1 AUC1 Circuitos Eletrohidráulicos e Eletropneumáticos Parte III 14/02/2015 1 Atuadores 14/02/2015 2 Atuador Pneumático Os atuadores pneumáticos, assim como os atuadores hidráulicos, são componentes que

Leia mais

Válvula Plástica de Diafragma RAF - P. Irrigação. Válvula Plástica. www.idealtrading.com.br / Tel: 71-35032799

Válvula Plástica de Diafragma RAF - P. Irrigação. Válvula Plástica. www.idealtrading.com.br / Tel: 71-35032799 Válvula Plástica de Diafragma RAF - P Irrigação Válvula Plástica www.idealtrading.com.br / Tel: 71-502799 Ideal Trading - Válvula Hidráulica de Controle RAF - P Válvula de Controle de Diafragma - Alta

Leia mais

Sistema de válvulas, Série HF04 Qn Máx. = 400 l/min Conexão fieldbus com AS I Design B Protocolos de bus de campo suportados:as-i

Sistema de válvulas, Série HF04 Qn Máx. = 400 l/min Conexão fieldbus com AS I Design B Protocolos de bus de campo suportados:as-i Sistema de válvulas, Série HF Qn Máx. = l/min Conexão fieldbus com S I Design Protocolos de bus de campo suportados:s-i 8 Modelo bus de campo DC Princípio Princípio de placas básicas x de bloqueio Pressão

Leia mais

M A N U A L DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compressores de ar D 1 / D 2 / D 3

M A N U A L DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compressores de ar D 1 / D 2 / D 3 Rev.03-06/23 M A N U A L DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Compressores de ar D 1 / D 2 / D 3 Rua Major Carlos Del Prete, 19 - Bairro Cerâmica CEP 09530-0 - São Caetano do Sul - SP - Brasil Fone/Fax: (11) 4224-3080

Leia mais

FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE

FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE MANUAL DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO FILTROS PRENSA - MS-CE 1 - INTRODUÇÃO 1.1 - FINALIDADE DESTE MANUAL Este manual proporciona informações teóricas e de instalação, operação e manutenção dos filtros

Leia mais

Manual para uso da Bancada de Testes Freios Farj ÍNDICE BANCADA DE TESTES PNEUMÁTICOS FREIOS FARJ... 03 1 REGULADOR DE PRESSÃO...

Manual para uso da Bancada de Testes Freios Farj ÍNDICE BANCADA DE TESTES PNEUMÁTICOS FREIOS FARJ... 03 1 REGULADOR DE PRESSÃO... 2 ÍNDICE BANCADA DE TESTES PNEUMÁTICOS FREIOS FARJ... 03 1 REGULADOR DE PRESSÃO... 04 2 VÁLVULA APU REGULADOR DE PRESSÃO E SECADOR... 08 3 APU VÁLVULA PROTETORA DE 4 CIRCUITOS... 13 4 VÁLVULA DE 04 CIRCUITOS...

Leia mais

Dreno Eletrônico 1321823

Dreno Eletrônico 1321823 1321823 Dreno Eletrônico Sua empresa utiliza ar comprimido? Ar comprimido Um produto importante em todas as indústrias. Seja qual for a finalidade com que utiliza o ar comprimido, a qualidade tem de ser

Leia mais

11. Simbologia dos Componentes

11. Simbologia dos Componentes Nº Denominação Aplicação Símbolo 1.0 Geral 1.1. Símbolos Básicos 1.1.1. Linhas.1 Contínua 11. Simbologia dos Componentes.2 Interrompida Longa Linhas de fluxo..3 Interrompida Curta.4 Dupla Interligações

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Botoeira / Acionador Manual Resetável - Acionamento Direto de Gás, Controle de Acesso em Áreas Sujeitas a Presença de Gáses, Combate e Alarme de Gás Código: AFAM5 O Acionador Manual / Botoeira Convencional

Leia mais

6. CILINDROS PNEUMÁTICOS

6. CILINDROS PNEUMÁTICOS 6. CILINDROS PNEUMÁTICOS Os cilindros, também conhecidos como atuadores lineares, são elementos pneumáticos de trabalho os quais transformam a energia proveniente do ar comprimido em energia mecânica,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Revisão 03 INSTALAÇÃO DO DISCO SOLAR Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua natureza uma tecnologia

Leia mais

2.5 Sistema de recuperação de energia. Funcionamento em alívio

2.5 Sistema de recuperação de energia. Funcionamento em alívio Funcionamento em alívio Se o consumo de ar for inferior a descarga de ar do compressor, a pressão da rede aumenta. Quando a pressão da rede atinge o limite superior da pressão de trabalho (pressão de descarga),

Leia mais

Automação Hidráulica

Automação Hidráulica Automação Hidráulica Definição de Sistema hidráulico Conjunto de elementos físicos associados que, utilizando um fluido como meio de transferência de energia, permite a transmissão e o controle de força

Leia mais

bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico

bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico Dosadoras a Motor bombas dosadoras a motor Por acionamento hidráulico Serie 600 Serie 500 Há opção de duplo diafragma cabeçotes duplex e válvulas EZE- Serie 700 CLEAN TM consulte-nos! Detalhamento de sistema

Leia mais

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas

Válvulas - Série PVL. Válvulas pneumáticas Série PVL. Características técnicas. Materiais. Descrição. Catálogo 1001-8 BR Informações técnicas Informações técnicas Válvulas - Características técnicas Vias/posições 5/2 Conexão G1/8 e G1/4 Tipo construtivo Acionamentos Vazão a 7 bar Faixa de temperatura Faixa de pressão Cv Fluido Spool Elétrico

Leia mais

Sistemas Pneumáticos

Sistemas Pneumáticos UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CENTRO DE ENGENHARIAS ENGENHARIA DE PRODUÇÃO AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Sistemas Pneumáticos Gilson PORCIÚNCULA wp.ufpel.edu.br/porciuncula Estrutura de um circuito Pneumático

Leia mais

Série VNC. Válvula de funcionamento pneumático/ Electroválvula de pilotagem externa Válvula de refrigeração. Accionamento por por pilotagem externa

Série VNC. Válvula de funcionamento pneumático/ Electroválvula de pilotagem externa Válvula de refrigeração. Accionamento por por pilotagem externa Válvula de funcionamento pneumático/ Electroválvula de pilotagem Válvula de refrigeração Série VNC ccionamento por por pilotagem Electroválvula de pilotagem Func. pneumático N.F. N.. N.F. N.. P P P P2

Leia mais

COMPRESSORES DE AR ELÉTRICO COM VASO DE PRESSÃO

COMPRESSORES DE AR ELÉTRICO COM VASO DE PRESSÃO COMPRESSORES DE AR ELÉTRICO COM VASO DE PRESSÃO I. CUIDADOS NA INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO Antes de operar o compressor de ar elétrico com vaso de pressão, assegure-se de que sua instalação tenha sido executada

Leia mais

Válvula Proporcional Limitadora de Pressão Pilotada Tipo DRE e ZDRE

Válvula Proporcional Limitadora de Pressão Pilotada Tipo DRE e ZDRE RP 29 175/11.2 Substitui: 1.99 Válvula Proporcional Limitadora de Pressão Pilotada Tipo DRE e ZDRE Tamanho Nominal 6 Série 1X Pressão máxima de operação 21 bar Vazão máxima L/min H/A 26/98 Tipo DRE 6-1X/...G2K...com

Leia mais

BRASILCHINA Imp. E Exp.

BRASILCHINA Imp. E Exp. BRASILCHINA Imp. E Exp. www.brasilchina.ind.br Telefone: (34) 3215-6477 083002 Máquina automática para empilhar galões de 20 litros Chinesa Resumo: Esta máquina paletizador automática de cinco litros de

Leia mais

FIGURA 101 - ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO

FIGURA 101 - ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO 126 10 ACESSÓRIOS DO CICLO DE REFRIGERAÇÃO É um item ou dispositivo que aumenta a utilidade ou efetividade do sistema, porém não é essencial. A (fig. 101) ilustra a aplicação de muitos acessórios do equipamento

Leia mais

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C Válvula Globo de Assento Inclinado /-vias para produtos até +1 C O Tipo pode ser combinado com... Altos níveis de vazão Amplo ciclo de vida útil Programa de opção modular universal até os cabeçotes de

Leia mais

Fundamentos de Automação. Hidráulica 01/06/2015. Hidráulica. Hidráulica. Hidráulica. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Hidráulica 01/06/2015. Hidráulica. Hidráulica. Hidráulica. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação CURSO

Leia mais

DRD. Secador de ar comprimido por refrigeração 5-6000 pcm

DRD. Secador de ar comprimido por refrigeração 5-6000 pcm DRD Secador de ar comprimido por refrigeração 5-6000 pcm DRD Secador de ar por refrigeração A importância do ar comprimido como um gerador de energia para os processos industriais modernos é largamente

Leia mais

VÁLVULAS BORBOLETA COM SEDE RESILIENTE MANUAL DE SEGURANÇA

VÁLVULAS BORBOLETA COM SEDE RESILIENTE MANUAL DE SEGURANÇA VÁLVULAS BORBOLETA COM SEDE RESILIENTE MANUAL DE SEGURANÇA The High Performance Company ÍNDICE 1.0 Introdução...1 1.1 Termos e abreviações... 1 1.2 Acrônimos... 1 1.3 Suporte ao produto... 2 1.4 Literatura

Leia mais

Instruções para Implementadores

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Curitiba, Brazil Instruções para Implementadores Data Grupo Edição Pág. 8.2011 95 01 1( 6 ) Eletricidade Instalação de sistemas de rastreamento/monitoramento não instalados/desenvolvidos

Leia mais

Manual de instruções. Rampa de alinhamento

Manual de instruções. Rampa de alinhamento Manual de instruções Rampa de alinhamento Apresentação Primeiramente queremos lhe dar os parabéns pela escolha de um equipamento com nossa marca. Somos uma empresa instalada no ramo de máquinas para auto

Leia mais

Manual Do Usuário SHP-5000 SHP-5000 Nº. PLANATC Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda

Manual Do Usuário SHP-5000 SHP-5000 Nº. PLANATC Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda Certificado de Garantia. Modelo Controle SHP-5000 Nº A Planatc Tecnologia Eletrônica Automotiva Ltda garante o equipamento adquirido contra possíveis defeitos de fabricação pelo período de 6 meses, a partir

Leia mais

Linha Ônibus e Caminhões Série OW

Linha Ônibus e Caminhões Série OW Cilindros Cilindro Ø 63 mm x (curso necessário) - 3 tirantes - Substitui o Cilindro Ø 2 1/2" Opções de fornecimento: Podem ser fornecidos com olhais ou com olhal e ponteira, ou olhal e ponteira rotular.

Leia mais

kya série comprovada à prova de mistura

kya série comprovada à prova de mistura . kya série comprovada à prova de mistura SMP-BCVálvulasanitáriaàprovademistura Aplicação SMP-BC é uma válvula sanitária pneumática tipo sede, projetada para segurança e detecção de vazamento quando dois

Leia mais

CATÁLOGO CANHÃO DE AR MIDES

CATÁLOGO CANHÃO DE AR MIDES CATÁLOGO CANHÃO DE AR MIDES VANTAGENS EM COMPARAÇÃO A OUTRAS MARCAS SEM MANUTENÇÃO 85 CLIENTES SATISFEITOS NO BRASIL, PORTUGAL, ESPANHA, COLOMBIA, MOÇAMBIQUE, JORDANIA, USA MELHOR PREÇO DE MERCADO CERTIFICAÇÃO

Leia mais

Gas-Lift - Vantagens

Gas-Lift - Vantagens Gas-Lift - Vantagens Método relativamente simples para operar O equipamento necessário é relativamente barato e é flexível Podem ser produzidos baixos ou altos volumes É efetivo sob condições adversas

Leia mais

Sistemas de Embreagem

Sistemas de Embreagem 3 Servo da embreagem Indicador de desgaste do disco de embreagem Manutenção periódica do sistema de embreagem Manual de Reparo de Sistemas de Embreagem Caminhões e Ônibus Sachs Aftermarket Center Colecione

Leia mais

TRANSFORME SEU BANHO EM UM MOMENTO INESQUECÍVEL.

TRANSFORME SEU BANHO EM UM MOMENTO INESQUECÍVEL. NOVA LINHA TRANSFORME SEU BANHO EM UM MOMENTO INESQUECÍVEL. AQUECEDOR DE ÁGUA A GÁS DE PASSAGEM LINHA AQUECEDOR DE ÁGUA PARA BANHO O novo grau de conforto. VOCÊ PEDIU E A RHEEM ATENDEU Linha Completa de

Leia mais

Manual do instalador Box Output DC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output DC.

Manual do instalador Box Output DC Rev. 0.01.000. Figura 01 Apresentação do Box Output DC. Pág. 1/10 Apresentação Equipamento para acionamento de cargas em corrente contínua. Comunicação com outros dispositivos por rede CAN. 6 entradas digitais para acionamento local ou remoto. 6 entradas/saídas

Leia mais

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES

BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS. VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES BOMBA DE VÁCUO MANUAL DE OPERAÇÃO MODELOS VP-50D (1,8cfm) VP-140D ( 5cfm) VP-200D (7cfm) VP-340D (12cfm) I COMPONENTES II -MANUAL DE OPERAÇÃO 1 Leia atentamente antes de utilizar a bomba de Vácuo Todos

Leia mais

VÁLVULA ISO 5599/1 SÉRIE IPV-ISV

VÁLVULA ISO 5599/1 SÉRIE IPV-ISV VÁLVULA ISO 5599/1 SÉRIE IPV-ISV As válvulas ISO 1 e ISO têm dimensões da superfície de montagem conforme a ISO 5599/1. Disponíveis nas versões 5 vias de e 3 posições e com acionamentos do tipo pneumático

Leia mais

Blocos de segurança para Prensas tipo N e P

Blocos de segurança para Prensas tipo N e P 1 Blocos de segurança para Prensas tipo N e P Conteúdo Introdução Referências normativas Bloco tipo N Bloco tipo P Considerações finais 2 Introdução Prensas hidráulicas são máquinas responsáveis pela conformação,

Leia mais

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR

MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR MOVIMENTADOR PARA PORTAS DE ENROLAR www.mastertec.ind.br 1 ÍNDICE 1. Recursos:... 3 2. Condições de funcionamento:... 3 3. Características técnicas:... 3 4. Características construtivas:... 3 5. Diagrama

Leia mais

DESOBSTRUIDOR MIDES MODELO 4TES

DESOBSTRUIDOR MIDES MODELO 4TES DESOBSTRUIDOR MIDES MODELO 4TES MANUAL DE INSTALAÇÃO OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO 1 INDICE 01- INTRODUÇÃO 02- DADOS TÉCNICOS 03- INSTALAÇÃO 04- COMANDOS ELETRICOS E PNEUMÁTICOS 05- OPERAÇÃO 06- MANUTENÇÃO NOTA:

Leia mais

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO -

CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - CAIXAS SEPARADORAS NUPI BRASIL - MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO - INTRODUÇÃO Conforme a Resolução CONAMA 273 de 2000, postos de revenda e de consumo de combustíveis devem ser dotados de sistema de drenagem

Leia mais

Geradoras de Vácuo Série WACV

Geradoras de Vácuo Série WACV Válvulas Geradoras de Vácuo (Alto vácuo / sem interruptor) As geradoras de vácuo da série WACV são elementos utilizados para se obter vácuo utilizando-se apenas o ar comprimido como fluido motor. As geradoras

Leia mais

Secador de Ar por Refrigeração CPX. Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você!

Secador de Ar por Refrigeração CPX. Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você! Secador de Ar por Refrigeração CPX 2011 Produtos de Alta Performance. Desenvolvidos para você! Secador de Ar CPX 2. Condensados O ar comprimido produzido pelos compressores contém vapor de água que poderá

Leia mais

Válvulas controladoras de vazão

Válvulas controladoras de vazão Generalidades Válvula controladora de vazão variável Válvula de controle de vazão variável com retenção integrada Métodos de controle de vazão Válvula de controle de vazão com pressão compensada temperatura

Leia mais

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado

DRENO ECOLÓGICO. Dreno Ecológico de Condensado DRENO ECOLÓGICO Dreno Ecológico de Condensado O problema O ar comprimido é uma fonte de energia essencial, amplamente utilizada em toda a indústria. Por ser uma ferramenta que oferece segurança, potência

Leia mais

RECOMENDAÇÕES, PRECAUÇÕES CAIXA DE CÂMBIO MANUAL PILOTADA TIPO MCP

RECOMENDAÇÕES, PRECAUÇÕES CAIXA DE CÂMBIO MANUAL PILOTADA TIPO MCP Preâmbulo As operações devem ser executadas por pessoal qualificado, ciente do sistema de pilotagem e das normas de segurança e precauções a serem tomadas. Considerando as particularidades da caixa de

Leia mais

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956

EMTV MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO DESDE 1956 EMTV Elevador de manutenção telescópico vertical MANUAL DE OPERAÇÃO E MANUTENÇÃO ZELOSO DESDE 1956 PREFÁCIO APLICAÇÃO: Este manual contém informações para a operação e manutenção, bem como uma lista ilustrada

Leia mais

Controlador de Segurança para chamas de Gás

Controlador de Segurança para chamas de Gás Controlador de Segurança para chamas de Gás Para queimadores de gás atmosféricos de 2 estágios: Detecção de chamas: - Sonda de Ionização - Detector de Infra-vermelho IRD 1020 - Sensor de chamas Ultravioleta

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica

MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO. DPE Desmontadora de Pneus Elétrica MANUAL DE INSTRUÇÕES E OPERAÇÃO DPE Desmontadora de Pneus Elétrica 01 - Cabeçote Fixador 02 Garras 03 Bicos de Pato Deslocador 04 Haste Móvel 05 Braço Deslocador 06 Trava da Haste Móvel 07 Mola 08 Bico

Leia mais

MANUAL DA ESTAÇÃO DE TESTE DE VAZÃO

MANUAL DA ESTAÇÃO DE TESTE DE VAZÃO MANUAL DA ESTAÇÃO DE TESTE DE VAZÃO São Carlos Novembro de 2008 1 ÍNDICE 1) Introdução... 3 2) Inspeção... 3 3) Aplicação... 3 4) Dados técnicos... 3 5) Componentes principais e funções... 4 6) Advertências...

Leia mais

Manutenção Elétrica. Entre os elementos de processamento de sinais podemos citar:

Manutenção Elétrica. Entre os elementos de processamento de sinais podemos citar: Manutenção Elétrica Elementos de Processamento de Sinais Os componentes de processamento de sinais elétricos são aqueles que analisam as informações emitidas ao circuito pelos elementos de entrada, combinando-as

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00

MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2. N de Homologação: 1702-09-2791. Versão 1.00 MANUAL DE INSTALAÇÃO TETROS MOTO V2 N de Homologação: 1702-09-2791 Versão 1.00 Manual de Instalação TETROS MOTO V2 2 Índice 1. Introdução... 3 2. Especificações técnicas... 3 3. Conhecendo o equipamento...

Leia mais

Instituto Federal de São Paulo Departamento de Mecânica. Roteiro de Laboratório: Pneumática

Instituto Federal de São Paulo Departamento de Mecânica. Roteiro de Laboratório: Pneumática Instituto Federal de São Paulo Departamento de Mecânica Roteiro de Laboratório: Pneumática Prof. Engº Felipe Amélio de Lucena Catanduva, 25 de julho de 2012. Sumário 1 Objetivo... 3 2 Estrutura para elaboração

Leia mais

Acumuladores hidráulicos

Acumuladores hidráulicos Tipos de acumuladores Compressão isotérmica e adiabática Aplicações de acumuladores no circuito Volume útil Pré-carga em acumuladores Instalação Segurança Manutenção Acumuladores Hidráulicos de sistemas

Leia mais

Linha Õnibus e Caminhões

Linha Õnibus e Caminhões Linha Õnibus e Caminhões ! ADVERTÊNCIA SELEÇÃO IMPRÓPRIA, FALHA OU USO IMPRÓPRIO DOS PRODUTOS E/OU SISTEMAS DESCRITOS NESTE CATÁLOGO OU NOS ÍTENS RELACIONADOS PODEM CAUSAR A MORTE, DANOS PESSOAIS E/OU

Leia mais

Uno Mille Electronic/ELX

Uno Mille Electronic/ELX Uno Mille Electronic/ELX Controle das Emissões Resumo Neste artigo é analisado o funcionamneto do sistema eletropneumático de controle de emissões do veículo UNO Mille. Em parte, tal sistema é controlado

Leia mais

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS COMPRESSOR S45 DENTAL/MEDICAL OIL-FREE MANUAL DO PROPRIETÁRIO COMPRESSOR S45 110V PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. TERMOS DE GARANTIA... 3 4. ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

INTRODUÇÃO. Rua Andr e Adolf o Ferra ri, nº 550 - Distrit o Ind ustrial No va Era - Indai atub a - SP - C.P.208 6 - CEP:13.347-395

INTRODUÇÃO. Rua Andr e Adolf o Ferra ri, nº 550 - Distrit o Ind ustrial No va Era - Indai atub a - SP - C.P.208 6 - CEP:13.347-395 TRANSPORTADOR BART-ONE GUIA GERAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO INTRODUÇÃO Este presente manual tem por objetivo proporcionar as informações fundamentais necessárias para o uso e manutenção do equipamento.

Leia mais

MAN 006A-08-12 Uso do Alicate Amperímetro

MAN 006A-08-12 Uso do Alicate Amperímetro MAN 006A-08-12 Uso do Alicate Amperímetro Geração: equipe técnica Metalfrio. Revisão: Alexandre Mendes, Fernando Madalena, Gustavo Brotones e Rafael Atílio. http://treinamento.metalfrio.com.br treinamento@metalfrio.com.br

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE MECÂNICA A quilometragem percorrida pelo veículo é indicada pelo: 1 velocímetro. 2 hodômetro. 3 manômetro. 4 conta-giros. O termômetro é utilizado para indicar a temperatura: 1 do motor. 2 do combustível. 3 no

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS

COMPRESSOR MANUAL DO PROPRIETÁRIO DENTAL/MEDICAL OIL-FREE WWW.SCHUSTER.IND.BR PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS COMPRESSOR S55 DENTAL/MEDICAL OIL-FREE MANUAL DO PROPRIETÁRIO COMPRESSOR S55 110V PERIFÉRICOS ODONTOLÓGICOS WWW.SCHUSTER.IND.BR 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. INTRODUÇÃO... 3 3. TERMOS DE GARANTIA... 3 4. ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

CONTROLE DE SIMULTANEIDADE MOD.: MRS-MP/WG4 Manual de Instruções 1.0 - DESCRIÇÃO: O controle de Simultaneidade MRS-MP/WG4 destina-se a aplicações em

CONTROLE DE SIMULTANEIDADE MOD.: MRS-MP/WG4 Manual de Instruções 1.0 - DESCRIÇÃO: O controle de Simultaneidade MRS-MP/WG4 destina-se a aplicações em CONTROLE DE SIMULTANEIDADE MOD.: MRS-MP/WG4 Manual de Instruções 1.0 - DESCRIÇÃO: O controle de Simultaneidade MRS-MP/WG4 destina-se a aplicações em sistemas de segurança bi-manuais, garantindo basicamente

Leia mais

Manual de instruções

Manual de instruções Manual de instruções Compressores: TC24L-1 TC24L-2 Sumário 1.Introdução... 3 2.Instalação e preparação. Verifique:... 3 3.Liga/desliga... 3 4.Precauções... 4 5.Ajuste do interruptor de pressão.... 4 7.Guia

Leia mais

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Manual de peças Empilhadeira ÍNDICE 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Montagem Da Transmissão Transmissão

Leia mais

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide

Explicação dos Tipos de Válvula Solenóide Explicação dos Tipos Válvula Solenói Todas as válvulas da Danfoss possuem agora uma signação que talha sua estrutura e operação.vários números e letras finem se a válvula é operada diretamente ou servocontrolada,

Leia mais

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740

BERMAD Saneamento. Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa. Série 700. Modelo 740 Válvula Controladora de Bomba Válvula de Retenção Ativa Isolamento dos efeitos de partida e parada da bomba do sistema, para: Bombas de velocidade única isoladas Bateria para bombas de velocidade única

Leia mais

Lubrificação III. Após a visita de um vendedor de lubrificante. Outros dispositivos de lubrificação

Lubrificação III. Após a visita de um vendedor de lubrificante. Outros dispositivos de lubrificação A U A UL LA Lubrificação III Introdução Após a visita de um vendedor de lubrificante ao setor de manutenção de uma indústria, o pessoal da empresa constatou que ainda não conhecia todos os dispositivos

Leia mais

MÓDULO 4 4.5 - PROCEDIMENTOS DE REPARO

MÓDULO 4 4.5 - PROCEDIMENTOS DE REPARO Normas Aplicáveis MÓDULO 4 4.5 - PROCEDIMENTOS DE REPARO - NBR 15.979 Sistemas para Distribuição de Água e Esgoto sob pressão Tubos de polietileno PE 80 e PE 100 Procedimentos de Reparo - NBR 14.461 Sistemas

Leia mais

P á g i n a 2. Avisos Importantes

P á g i n a 2. Avisos Importantes P á g i n a 1 P á g i n a 2 Avisos Importantes Todas as instruções contidas neste manual devem ser seguidas, caso contrário o produto perderá a garantia. Faça primeiro as conexões dos cabos de alimentação

Leia mais

Válvula direcional 3/2, Série CD07 Qn= 1400 l/min conexão de tubo conexão de ar comprimido saída: G 1/4 apropriado para ATEX

Válvula direcional 3/2, Série CD07 Qn= 1400 l/min conexão de tubo conexão de ar comprimido saída: G 1/4 apropriado para ATEX Válvulas direcionais Acionamento mecânico Válvula direcional /, Série CD07 Qn= 400 l/min conexão de tubo conexão de ar comprimido saída: G /4 apropriado para ATEX Modelo válvula corrediça, sem sobreposição

Leia mais

ANALISADORES DE GASES

ANALISADORES DE GASES BGM BOMBA DE SUCÇÃO SÉRIE COMPACTA ANALISADORES DE GASES Descrição: Gera uma depressão no processo, succionando a amostra e criando a vazão exata para atender o tempo necessário de condicionamento do gás

Leia mais

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas

CATÁLOGO 800035-A Observações sobre as fichas técnicas CATÁLOGO 800035-A sobre as fichas técnicas Os dados constantes nas fichas técnicas a seguir podem sofrer alterações sem prévio aviso. Alguns modelos possuem pequenas alterações em seus projetos construtivos,

Leia mais

Compressor Portátil MOBILAIR M 135

Compressor Portátil MOBILAIR M 135 www.kaeser.com Compressor Portátil MOBILAIR M 135 Com o mundialmente renomado PERFIL SIGMA Vazão 10,5 a 13,0 m³/min Feito na Alemanha A renomada linha de compressores portáteis MOBILAIR da KAESER é fabricada

Leia mais

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197. Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático)

Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197. Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático) Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página 197 Atuador de marcha lenta FORD (eletropneumático) Flavio Xavier www.flaviocursos.com.br TÉCNICO EM INJEÇÃO ELETRÔNICA Página

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA PNEUMÁTICA RP 045 REVISÃO 00

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA PNEUMÁTICA RP 045 REVISÃO 00 MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA PNEUMÁTICA RP 045 REVISÃO 00 B12-084 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2.1. DIMENSÕES... 3 2.2. DADOS TÉCNICOS... 3 2.3. ACESSÓRIOS... 3 2.4. OPERAÇÃO... 4

Leia mais