Hidrogeradores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Hidrogeradores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas"

Transcrição

1 Hidroeradores Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas

2 Hidroeradores Desenvolvidos para aplicações em pequenas centrais hidrelétricas (PCH), os hidroeradores WEG possuem uma rande faixa de opções, tanto de potências quanto de rotações, definidas com base na experiência WEG de fornecimento e dimensionamento de hidroeradores e complementada com uma ampla pesquisa de mercado. Os hidroeradores WEG podem ser aplicados a turbinas Kaplan, Francis, Pelton entre outras, com diversas possibilidades de confiurações mecânicas e elétricas. Características técnicas Potências: de 500 a kva Tensões: até V, 50 ou 60 Hz Graus de proteção: IP21 a IP44 Rotações: a 180 rpm Formas construtivas: horizontal e vertical Projetos Os hidroeradores da WEG são desenvolvidos com a utilização dos mais modernos softwares do mercado, muitos deles desenvolvidos em parceria com universidades da Europa, Estados Unidos e do Brasil. Essas ferramentas arantem precisão e confiabilidade ao projeto, proporcionando alta eficiência e manutenção reduzida. Certificações A WEG possui um sistema de qualidade certificado de acordo com os requisitos da norma ISO 9001 e ISO O sistema de qualidade é auditado e certificado pelo Bureau Veritas Quality Institute. Para atender os mais exientes mercados mundiais, os hidroeradores WEG têm certificações dos principais órãos certificadores mundiais. Sustentabilidade Pensando também na sustentabilidade do planeta, a WEG desenvolve e produz seus equipamentos contribuindo para a preservação do meio ambiente. Equipamentos como hidroeradores, turbinas, painéis elétricos, cubículos, transformadores, sistemas diitais de supervisão e controle e todos os outros equipamentos e serviços necessários para implantação da sua usina, fazem parte do portfólio dos produtos WEG fornecidos às Pequenas Centrais Hidrelétricas, cuja fonte é reconhecida como uma das principais fontes de eneria limpa e renovável no planeta. 2 Hidroeradores

3 Processos de fabricação Sistema de isolamento A WEG utiliza o sistema de isolamento WEG MICATHERM. Este sistema é baseado no processo Vacuum Pressure Imprenation (VPI), desenvolvido em conjunto com os mais renomados fornecedores de materiais isolantes do mundo. Utilizando resinas epóxi especiais, este sistema arante a perfeita isolação das bobinas dos hidroeradores, em um processo com completa isenção de emissão de ases nocivos à atmosfera. O processo VPI por muitos anos tem mostrado sua eficiência e confiabilidade em máquinas elétricas irantes nas mais variadas aplicações. O sistema de isolamento é aplicado em hidroeradores de baixa e alta tensão que utilizam bobinas pré-formadas de 380 V a V. Ensaios Os hidroeradores WEG são ensaiados de acordo com a norma IEC em moderno laboratório próprio. Equipado para testar hidroeradores com potência de até kva e tensões de até V, o laboratório de ensaios WEG possui controles de alta precisão e sistemas de monitoramento dos ensaios totalmente informatizados. Além dos ensaios realizados na fábrica, a WEG ainda dispõe de uma equipe de técnicos treinados para execução de montaem, comissionamento e start-up dos hidroeradores no local da instalação. Bobinaem O processo de bobinaem adotado pela WEG é especialmente projetado e especificado para a tensão de eração selecionada. As bobinas dos hidroeradores de baixa e alta tensão são confeccionadas com fio de cobre retanular, pré-formadas e completamente isoladas com fita porosa à base de mica. Também são utilizadas no processo de bobinaem, fitas condutoras e semi-condutoras, que envolvem as bobinas, arantindo a sua resistividade. Calandra Corte a laser Corte plasma Torno vertical Bobinaem Imprenação VPI Laboratório de ensaios Hidroeradores 3

4 Hidroeradores GH10 e SH10 A WEG produz hidroeradores para todos os tipos de turbinas hidráulicas. Para aplicações em pequenas centrais hidrelétricas (PCH s), a WEG desenvolveu uma linha padronizada de hidroeradores que variam de acordo com as características de cada instalação, ampliando assim as possibilidades com rande versatilidade. A linha GH10 foi desenvolvida buscando atender aplicações mais comuns em máquinas de menor porte e, consequentemente, mais simples, ou seja, que não requerem esforços axiais excessivos, valores de inércias muito elevados, altas rotações de disparo, etc. Essa padronização possibilitou uma opção muito prática de hidroeradores para soluções mais simples, porém com elevada eficiência e mantendo os padrões de qualidade WEG. A linha SH10, por sua vez, com uma estrutura compacta e robusta, permite que o hidroerador opere de forma seura em condições típicas de rejeição de cara e altas rotações de disparo, possibilitando, ao mesmo tempo, trabalhar com valores de inércia mais elevados. Vantaens da linhas GH10 e SH10 Pré-definição das características básicas do hidroerador Pré-enenharia dos principais componentes do hidroerador Processos de fabricação similares aos de produção seriada Redução do tempo de fornecimento do equipamento Facilidade de instalação e start-up Sistema de excitação Os hidroeradores da linha GH10 e SH10 podem ser fornecidos com os seuintes sistemas de excitação: Brushless com ou sem excitatriz auxiliar (PMG), ou Excitação estática (com escovas). A WEG produz os hidroeradores da linha GH10 e SH10 tanto na confiuração de eixo horizontal quanto eixo vertical, buscando sempre a melhor alternativa em redução de custos, diminuição de área construtiva e otimização do rendimento nominal. 4 Hidroeradores

5 Linha GH10 A linha GH10 é uma linha de hidroeradores otimizados, visando alta performance e baixo custo. Sua aplicação é indicada para situações onde são exiidas altas inércias e os arranjos turbina + hidroerador arantam que as caras hidráulicas sejam suportadas pela turbina e não pelos mancais do hidroerador. Faixa de aplicação Os hidroeradores da linha GH10 atuam na faixa de aplicação e características técnicas apresentadas a seuir: Faixa de potência: 500 kva a kva Número de polos: 4 a 16 Tensão nominal: 400 V a V para 50 Hz 480 V a V para 60 Hz Nota: outras tensões sob consulta. Para o desenvolvimento da linha GH10 foram estabelecidas faixas de potências, cada qual correspondendo a um hidroerador e com seu códio de referência. A tabela 1 mostra toda faixa de aplicação e abranência da linha GH10. Códio Faixa de Potência [kva] 400 [V] 50 Hz GH [V] 60 Hz 3300 [V] 50 Hz A 500 < 750 B 750 < 1250 C 1250 < 1810 D 1810 < 2385 E 2385 < 2900 F 2900 < 3450 G 3450 < 4000 H 4000 < [V] 60 Hz Tabela 1 Faixa de aplicação da linha GH10 Hidroeradores 5

6 Linha GH10 Modelos dos hidroeradores de referência da linha GH10-50 Hz Códio da faixa de potência Polaridade / rpm A B C D E F G 4 / A04 50B04 50C04 56D04 56E04 63F04 63G04 6 / A06 50B06 56C06 63D06 63E06 63F06-8 / A08 56B08 63C08 63D / A10 63B10 63C / A12 63B / A Modelos dos hidroeradores de referência da linha GH10-60 Hz Códio da faixa de potência Polaridade / rpm A B C D E F G H 4 / B04 50C04 50D04 56E04 56F04 63G04 63H04 6 / A06 50B06 50C06 56D06 63E06 63F06 63G06-8 / A08 56B08 56C08 63D08 63E / A10 56B10 63C10 63D / A12 63B12 63C / A14 63B / A Dimensões típicas Carcaça (IEC) A AB AD (1) B (2) BB (2) C (3) E H HD LC (4) 45 (450) (500) (560) (630) *Todas dimensões em mm (1) Conforme tensão: 400 V, 480 V, 3300 V e 4160 V (2) Conforme potência (3) Conforme mancalização: rolamento e deslizamento (4) Conforme potência e arranjo 6 Hidroeradores

7 Linha SH10 A linha SH10 é uma linha de hidroeradores compactos e robustos projetados para atender às diferentes aplicações/arranjos de turbina + hidroerador. Assim, a linha SH10 foi concebida com o objetivo de otimizar o projeto elétrico e mecânico possibilitando trabalhar com maiores inércias em modelos compactos, atender a maiores caras hidráulicas e suportar condições adversas como uma rejeição de cara ou altas velocidades de disparo, isso sem deixar de lado a confiabilidade dos produtos WEG. Faixa de aplicação Os hidroeradores da linha SH10 atuam na faixa de aplicação e características técnicas abaixo apresentadas: Faixa de potência: 500 kva a kva Número de polos: 8 a 36 Tensão nominal: V a V para 50 Hz V a V para 60 Hz (outras tensões sob consulta) Para o desenvolvimento da linha SH10 foram estabelecidas faixas de potências, cada qual correspondendo a um hidroerador e com seu códio de referência. A tabela 2 mostra toda faixa de aplicação e abranência da linha SH10. Códio Faixa de Potência [kva] Tabela 2 Faixa de aplicação da linha SH [V] 50 Hz 4160 [V] 60 Hz SH [V] 50 Hz A 500 < 750 B 750 < 1250 C 1250 < 1810 D 1810 < [V] 60 Hz E 2385 < [V] 50 Hz F 2900 < 3450 G 3450 < 4000 H 4000 < 4500 I 4500 < 5025 J 5025 < 5800 K 5800 < 6700 L 6700 < 7550 M 7550 < 8500 N 8500 < 9500 O 9500 < P < Q < R < S < [V] 60 Hz Hidroeradores 7

8 Linha SH10 Modelos dos hidroeradores de referência da linha SH10-50 Hz Polaridade / rpm Códio da Faixa de Potência A B C D E F G H I J K L M N O P Q R 8 / A08 56B08 63C08 63D08 07E08 07F08 08G08 08H08 08I08 09J08 09K08 10L08 10M08 10N08 10O08 11P08 11Q08 12R08 10 / A10 63B10 63C10 07D10 07E10 08F10 08G10 08H10 09I10 09J10 09K10 10L10 10M10 11N10 11O10 11P10 12Q10 12R10 12 / A12 63B12 07C12 07D12 08E12 08F12 08G12 09H12 09I12 09J12 10K12 10L12 10M12 11N12 11O12 12P12 12Q12 12R12 14 / A14 07B14 07C14 08D14 08E14 09F14 09G14 09H14 10I14 10J14 10K14 11L14 11M14 11N14 12O14 12P14 12Q14 14R14 16 / A16 08B16 08C16 08D16 09E16 09F16 09G16 10H16 10I16 10J16 11K16 11L16 11M16 12N16 12O16 14P16 14Q16 14R16 18 / A18 08B18 08C18 09D18 09E18 10F18 10G18 11H18 11I18 11J18 12K18 12L18 14M18 14N18 14O18 16P18 16Q18 16R18 20 / A20 08B20 09C20 09D20 10E20 10F20 11G20 11H20 11I20 12J20 12K20 14L20 14M20 14N20 16O20 16P20 16Q20 16R20 22 / A22 09B22 10C22 10D22 10E22 11F22 11G22 11H22 12I22 12J22 14K22 14L22 14M22 16N22 16O22 16P22 18Q22 18R22 24 / A24 09B24 10C24 10D24 11E24 11F24 11G24 12H24 12I24 12J24 12K24 14L24 14M24 14N24 16O24 16P24 16Q24 18R24 26 / A26 09B26 10C26 10D26 11E26 12F26 12G26 12H26 14I26 14J26 16K26 16L26 16M26 16N26 18O26 18P26 18Q26-28 / A28 10B28 10C28 10D28 11E28 12F28 12G28 12H28 14I28 14J28 16K28 16L28 16M28 16N28 18O28 18P / A30 10B30 10C30 11D30 11E30 12F30 12G30 14H30 14I30 16J30 16K30 16L30 16M30 18N30 18O / A32 11B32 11C32 12D32 12E32 14F32 14G32 14H32 16I32 16H32 16K32 16L32 18M32 18N / A34 11B34 12C34 12D34 12E34 14F34 16G34 16H34 16I34 16J34 16K34 18L34 18M / A36 11B36 12C36 12D36 12E36 14F36 14G36 16H36 16I36 16J36 18K36 18L Modelos dos hidroeradores de referência da linha SH10-60 Hz Polaridade / rpm Códio da Faixa de Potência A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S 08 / B08 56C08 63D08 63E08 07F08 07G08 08H08 08I08 09J08 09K08 09L08 10M08 10N08 10O08 11P08 11Q08 11R08 12S08 10 / B10 63C10 63D10 07E10 08F10 08G10 08H10 09I10 09J10 09K10 10L10 10M10 10N10 11O10 11P10 11Q10 12R10 12S10 12 / A12 63B12 63C12 07D12 07E12 08F12 08G12 09H12 09I12 09J12 09K12 10L12 10M12 10N12 11O12 11P12 11Q12 12R12 12S12 14 / A14 63B14 07C14 07D14 08E14 08F14 09G14 09H14 09I14 10J14 10K14 10L14 11M14 11N14 11O14 12P14 12Q14 12R14 14S14 16 / A16 07B16 08C16 08D16 08E16 09F16 09G16 09H16 10I16 10J16 11K16 11L16 11M16 12N16 12O16 12P16 14Q16 14R16 14S16 18 / A18 08B18 08C18 08D18 09E18 10F18 10G18 10H18 10I18 10J18 11K18 12L18 12M18 14N18 14O18 14P18 16Q18 16R18 16S18 20 / A20 08B20 09C20 09D20 10E20 10F20 10G20 11H20 11I20 11J20 12K20 12L20 14M20 14N20 14O20 16P20 16Q20 16R20 16S20 22 / A22 09B22 10C22 10D22 11E22 11F22 11G22 11H22 12I22 12J22 12K22 14L22 14M22 14N22 16O22 16P22 16Q22 18R22 18S22 24 / A24 09B24 10C24 10D24 11E24 11F24 11G24 11H24 12I24 12J24 12K24 14L24 14M24 14N24 16O24 16P24 16Q24 18R24 18S24 26 / A26 09B26 10C26 10D26 11E26 12F26 12G26 12H26 14I26 14J26 14K26 16L26 16M26 16N26 16O26 18P26 18Q26 18R26-28 / A28 10B28 10C28 10D28 11E28 12F28 12G28 12H28 14I28 14J28 14K28 16L28 16M28 16N28 16O28 18P28 18Q / A30 10B30 10C30 11D30 11E30 12F30 12G30 14H30 14I30 16J30 16K30 16L30 16M30 18N30 18O30 18P / A32 11B32 11C32 12D32 12E32 14F32 14G32 14H32 16I32 16J32 16K32 16L32 18M32 18N32 18O / A34 11B34 11C34 12D34 12E34 14F34 14G34 16H34 16I34 16J34 16K34 18L34 18M34 18N / A36 11B36 12C36 12D36 12E36 14F36 14G36 16H36 16I36 16J36 18K36 18L36 18M Hidroeradores

9 Linha SH10 Dimensões típicas Forma construtiva IM 1001 / IM 1005 Carcaça (IEC) A AB AD (1) B (2) BB (2) C (3) E (3) H HD LC (4) 07 (710) (800) (900) (1000) (1) Conforme tensão: V e V (2) Conforme potência (3) Conforme arranjo: G, K ou B (4) Conforme potência e arranjo (5) Conforme potência, inércia, arranjo e caras axiais Dimensões típicas Forma construtiva IM 7311 / IM 7315 Carcaça (IEC) A AD (1) B (2) C + E (3) E (3) H (5) HD (5) LC (4) 11 (1120) (1250) (1400) (1600) (1800) (1) Conforme tensão: 6900 V e V (2) Conforme potência (3) Conforme arranjo: G, K ou B (4) Conforme potência e arranjo (5) Conforme potência, inércia, arranjo e caras axiais Hidroeradores 9

10 Linha SH10 Turbina com mancais próprios Turbina em balanço G K B Tabela 3 Possíveis arranjos dos mancais da linha SH10 G - Hidroerador com mancais uia K - Hidroerador com mancal uia e mancal combinado. Esforços axiais (tipicamente turbina Kaplan) B - Hidroerador com mancal uia e mancal combinado. Esforços axiais e radiais (tipicamente turbina Francis ou Pelton) Exemplo: 11E24SK Caras axiais máximas A linha SH10 foi concebida para diferentes aplicações/arranjos de turbina e hidroerador. Essas diferenças resultam em solicitações distintas de caras nos mancais, seuindo uma tendência uniforme de distribuição entre cara radial e axial conforme aplicação (tabela 3). A fiura 1 permite a seleção prévia do mancal de acordo com a carcaça e o esforço axial. A correta seleção dos mancais está liada não apenas aos esforços, mas também ao tipo construtivo, montaem do hidroerador e facilidade de manutenção. Existem relações diretas entre as dimensões mancal x hidroerador, principalmente para mancais que são fixados na tampa do hidroerador. A intensidade das caras a serem suportadas pelos mancais do hidroerador sejam elas radiais e/ou axiais, estão diretamente relacionadas aos arranjos e aos tipos de turbinas. Deflexão na ponta de eixo Outro aspecto construtivo importante a ser analisado no correto dimensionamento de um hidroerador é a deflexão na ponta de eixo do hidroerador, mais especificamente na reião do selo da tampa da turbina. A principal consequência de uma rande deflexão é a necessidade de se utilizar um selo especial na turbina para evitar uma queda no rendimento hidráulico da mesma. A deflexão está diretamente liada aos seuintes fatores: Caras radiais hidráulicas eradas pela turbina; Arranjo dos mancais (com turbina em balanço ou turbina com mancal próprio) Dimensionamento do eixo Seleção do tamanho do mancal 10 Hidroeradores

11 Linha SH10 Com o objetivo de minimizar esse tipo de transtorno e possíveis custos adicionais, a linha SH10 foi projeta para operar com deflexões máximas de 0.40 mm, com exceção das turbinas do tipo Pelton, cujos valores de deflexão são normalmente maiores. N - Sem caras axiais S - Baixas caras axiais M - Médias caras axiais L - Altas caras axiais X - Sob consulta Fiura 1 Caras axiais Exemplo: 11E24SKM Rendimentos A atual necessidade por um melhor aproveitamento dos recursos eneréticos levou a WEG a desenvolver métodos de projeto e fabricação que resultam em maiores rendimentos, conforme apresentados na linha SH10, que estão de acordo com a norma IEC Isto implica nas seuintes considerações: As perdas nos enrolamentos do estator, rotor e de amortecimento serão referenciadas a 95 C; As perdas no mancal combinado não serão consideradas no cálculo do rendimento final do hidroerador e deverão ser informadas em separado; As perdas informadas (solicitar a folha de dados técnica específica para cada projeto) estão sujeitas a tolerância de medição de 10% prevista em norma. Inércia A linha SH10 foi concebida com o objetivo de otimizar o projeto elétrico e mecânico possibilitando trabalhar com maiores inércias em modelos compactos, sem deixar de lado a confiabilidade e eficiência dos produtos WEG. Rotação máxima A fiura 2 apresenta a rotação máxima (rotação de disparo) em função da rotação nominal do hidroerador. Projeto especial Padrão Fiura 2 Rotação máxima em função da rotação nominal Hidroeradores 11

12 Aplicações Cliente: PCH RIO DO BRAÇO País: Brasil kva, V, 8 polos, carcaça 900 Cliente: NINHO DA ÁGUIA ENERGIA S.A. País: Brasil kva, V, 8 polos, carcaça Hidroeradores

13 Cliente: AHE PICADA País: Brasil kva, V, 16 polos, carcaça 2250 Cliente: CPFL PCH DOURADOS País: Brasil kva, V, 36 polos, carcaça 2500 Hidroeradores 13

14 Serviços A WEG, líder no mercado de motores e eradores, oferece também serviços de revisão, recuperação e repotenciação em máquinas elétricas de médio e rande porte executado na fábrica ou no campo, inclusive de outras marcas, conforme seue: Motores e eradores de corrente contínua até kw; Motores de indução trifásicos (aiola ou anéis) até kw (baixa, média e alta tensão); Motores síncronos (com ou sem escovas) até kw (baixa, média e alta tensão); Turboeradores; Hidroeradores. Quando executa serviços de reparos, a WEG dispõe da mesma tecnoloia e processos utilizados na fabricação de máquinas novas. Partes e Peças Para o pronto atendimento ao cliente, a WEG possui uma equipe de vendas de partes e peças atendendo todo o Brasil, e o mercado externo. 14 Hidroeradores

15 Hidroeradores 15

16 WEG Equipamentos Elétricos S.A. Jarauá do Sul - SC Fone (47) Fax (47) São Bernardo do Campo - SP Fone (11) Fax (11) Cód: Rev: 07 Data (m/a): Sujeito a alterações sem aviso prévio. As informações contidas são valores de referência.

Turbogeradores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Turbogeradores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Turboeradores Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Turboeradores Desenvolvidos para aplicações em Pequenas Centrais Termoelétricas (PCT), os turboeradores WEG possuem uma

Leia mais

Energia Serviços. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Energia Serviços. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Eneria Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net A WEG, líder no mercado de motores e eradores, oferece também serviços de revisão, recuperação e repotenciação em máquinas elétricas

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Energia Turbogeradores Linhas ST20 e ST40

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Energia Turbogeradores Linhas ST20 e ST40 Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Energia Linhas ST20 e ST40 www.weg.net Desenvolvidos para aplicações em Centrais Termelétricas, os turbogeradores linhas ST20 e ST40 possuem

Leia mais

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão

Transformando energia em soluções. Motores de. Alta Tensão Transformando energia em soluções Motores de Alta Tensão Motores de alta tensão A WEG desenvolveu em conjunto com consultoria internacional especializada uma linha de motores de carcaça de ferro fundido

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Alternadores Síncronos Linha AN10. Novo

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Alternadores Síncronos Linha AN10. Novo Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Alternadores Síncronos Linha AN10 Novo Alternadores Síncronos Linha AN10 Os alternadores da linha AN10 foram desenvolvidos para aplicação em

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Linha M

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Linha M Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Motores de Indução Trifásicos Linha M www.we.net Motores de Indução Trifásicos Linha M Os motores linha M (Master) se destacam pela flexibilidade

Leia mais

Energia Hidrogeradores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Energia Hidrogeradores. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Energia Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Desenvolvidos para aplicações em centrais hidrelétricas, os hidrogeradores WEG possuem uma grande faixa de opções, tanto de potências

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Corrente Contínua

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Corrente Contínua Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Os motores de corrente contínua WEG são concebidos com as mais modernas tecnoloias de projeto, resultando em máquinas compactas e com

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Refrigerados por manto d água

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Refrigerados por manto d água Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Motores de Indução Trifásicos Refrierados por manto d áua www.we.net Motores de Indução Trifásicos Refrierados por manto d áua Os motores WGM,

Leia mais

Soluções WEG para Energia Eólica

Soluções WEG para Energia Eólica Motores Eneria Automação Tintas Soluções WEG para Eneria Eólica www.we.net Soluções WEG para Eneria Eólica A experiência da WEG no fornecimento de soluções elétricas para as mais variadas aplicações industriais

Leia mais

Motores Síncronos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Motores Síncronos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Motores Síncronos Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Motores Síncronos A WEG oferece soluções industriais completas, disponibilizando ao mercado produtos desenvolvidos em conjunto

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Transformadores Secos Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net WEG: Sinônimo de Inovação e Qualidade O Grupo WEG possui 49 anos de experiência no mercado, sendo hoje o maior

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Geração de Energia. Usinas Hidrelétricas - UHE

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Geração de Energia. Usinas Hidrelétricas - UHE Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Soluções em Geração de Eneria Usinas Hidrelétricas - UHE www.we.net Interação total de equipamentos e reduzido tempo de instalação e start-up?

Leia mais

Motores Síncronos. Motores Automação Energia Tintas

Motores Síncronos. Motores Automação Energia Tintas Motores Automação Energia Tintas A WEG oferece soluções industriais completas, disponibilizando ao mercado produtos desenvolvidos em conjunto com consultorias internacionais especializadas. Entre os produtos

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W50 Motor Elétrico Trifásico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W50 Motor Elétrico Trifásico Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas W50 Motor Elétrico Trifásico www.we.net W50 A linha de motores WEG W50 apresenta excelente performance atendendo aos mais riorosos critérios de

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Linha Master

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Motores de Indução Trifásicos Linha Master Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Motores de Indução Trifásicos Linha Master Motores de Indução Trifásicos 2 Linha Master Os motores da linha Master (linha M) se destacam pela

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

Soluções para Energia Eólica

Soluções para Energia Eólica Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Soluções para Eneria Eólica Soluções para Eneria Eólica A experiência da WEG no fornecimento de soluções elétricas para as mais variadas aplicações

Leia mais

Geradores Trifásicos Para PCH s

Geradores Trifásicos Para PCH s Geradores Trifásicos Para PCH s Geradores Trifásicos para PCH s - 2-1. CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Carcaça de aço laminado e soldada eletricamente. As suas dimensões são determinadas com o propósito de

Leia mais

CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS

CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS CAPÍTULO 2 - TIPOS DE MÁQUINAS ASSÍNCRONAS TRIFÁSICAS 2.1 INTRODUÇÃO O objetivo do presente trabalho é estudar o funcionamento em regime permanente e em regime dinâmico da Máquina Assíncrona Trifásica

Leia mais

Atenção Leia antes de ligar o motor

Atenção Leia antes de ligar o motor -- Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Guia Rápido WManet Drive System Atenção Leia antes de liar o motor Leia atentamente este manual antes de instalar e confiurar os equipamentos

Leia mais

Soluções Completas para Pequenas Centrais Hidrelétricas

Soluções Completas para Pequenas Centrais Hidrelétricas Soluções Completas para Pequenas Centrais Hidrelétricas Answers for energy. Turbina Francis, gerador síncrono e unidade hidráulica Cubículos de média tensão Transformadores de distribuição Uma completa

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Energia Linhas de Produtos e Soluções

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Energia Linhas de Produtos e Soluções Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Energia Linhas de Produtos e Soluções www.weg.net Bem-vindo a WEG Energia 1 grande grupo, composto por 5 unidades, que atuam de forma integrada

Leia mais

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão

Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão. média tensão Experiência Sólida e Orientada para o Futuro: Soluções em acionamentos de Média Tensão média tensão s Conhecimento em evolução há décadas: Conhecimento com o qual você pode contar. Ter mais de 35 anos

Leia mais

MOTORES ELÉTRICOS Princípios e fundamentos

MOTORES ELÉTRICOS Princípios e fundamentos MOTORES ELÉTRICOS Princípios e fundamentos 1 Classificação 2 3 Estator O estator do motor e também constituido por um núcleo ferromagnético laminado, nas cavas do qual são colocados os enrolamentos alimentados

Leia mais

ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS

ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS ENERGIA EM TODOS OS MOMENTOS Somos a Eikon Sistemas de Eneria, uma empresa com foco na inovação e qualidade de seus produtos, além da expertise no desenvolvimento de soluções

Leia mais

EQUIPAMENTO AGRÍCOLA

EQUIPAMENTO AGRÍCOLA EQUIPAMENTO AGRÍCOLA PARA GERAÇÃO DE ENERGIA Aproveite a força do seu trator! Práticos, versáteis e seguros, os equipamentos com alternadores da linha Agribam, do grupo Bambozzi, são ideais para propriedades

Leia mais

Introdução à Máquina Síncrona

Introdução à Máquina Síncrona Apostila 2 Disciplina de Conversão de Energia B 1. Introdução Introdução à Máquina Síncrona Esta apostila descreve resumidamente as principais características construtivas e tecnológicas das máquinas síncronas.

Leia mais

Motores de Indução ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA

Motores de Indução ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Motores CA Os motores CA são classificados em: -> Motores Síncronos; -> Motores Assíncronos (Motor de Indução) O motor de indução é o motor CA mais usado, por causa de sua

Leia mais

Conhecer as características de conjugado mecânico

Conhecer as características de conjugado mecânico H4- Conhecer as características da velocidade síncrona e do escorregamento em um motor trifásico; H5- Conhecer as características do fator de potência de um motor de indução; Conhecer as características

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Energia Solar

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Soluções em Energia Solar Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net Tecnologia para minimizar o consumo das indústrias. Sustentabilidade para maximizar a qualidade de vida das pessoas. O sol é uma

Leia mais

Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV. Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável

Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV. Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável Disjuntores de média tensão IEC a vácuo de 12kV, 17.5kV e 24kV Disjuntores W-VACi Uma escolha segura de uma fonte confiável Potência para os negócios no mundo todo Automotivo A Eaton fornece energia para

Leia mais

Sistemas de Força Motriz

Sistemas de Força Motriz Sistemas de Força Motriz Introdução; Os Dados de Placa; Rendimentos e Perdas; Motor de Alto Rendimento; Partidas de Motores; Técnicas de Variação de Velocidade; Exemplos; Dicas CONSUMO DE ENERGIA POR RAMO

Leia mais

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Capacitores Correção do Fator de Potência Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Sumário Tecnoloia dos Capacitores...4 Linha de Produtos...5 UCW - Unidade Capacitiva Monofásica...6

Leia mais

Motores Óleo e Gás. Motores Energia Automação Tintas

Motores Óleo e Gás. Motores Energia Automação Tintas Motores Óleo e Gás Motores Eneria Automação Tintas www.we.net Classificação das áreas Zona 2 Zona 1 Ex Ex e Ex p Ex d Ex na Ex e Ex p Ex d Zona 1 Linha M: Ex e Ex p Linha HGF: Ex e Síncronos: Ex p Water

Leia mais

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua

Motores Automação Energia Tintas. Motores de Corrente Contínua Motores Automação Energia Tintas Os motores de corrente contínua WEG são concebidos com as mais modernas tecnologias de projeto, resultando em máquinas compactas e com excelentes propriedades dinâmicas,

Leia mais

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas

Transformadores Secos. Motores Automação Energia Tintas Motores Automação Energia Tintas www.weg.net Em um Transformador Seco WEG, há mais de 40 anos de experiência na fabricação de motores elétricos, mais de 25 anos na fabricação de transformadores e toda

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Centro de Negócios de Eficiência Energética

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Centro de Negócios de Eficiência Energética Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Centro de Neócios de Eficiência Enerética www.we.net Centro de Neócios Ao lono de sua trajetória de sucesso, eneria tem sido o fio condutor da

Leia mais

Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA

Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Alternadores e Circuitos Polifásicos ADRIELLE DE CARVALHO SANTANA Alternadores Um gerador é qualquer máquina que transforma energia mecânica em elétrica por meio da indução magnética. Um gerador de corrente

Leia mais

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva

TRANSFORMADOR A SECO Geafol de 75 a 25.000 kva Com a linha Geafol, obteve-se um transformador com excelentes características elétricas, mecânicas e térmicas que, adicionalmente, ainda é ecológico. São produzidos sob certificação DQS, ISO 9001 e ISO

Leia mais

PCH BARUÍTO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO

PCH BARUÍTO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO PCH BARUÍTO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO CUIABÁ MT OUTUBRO DE 2003 1 PCH BARUITO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO PROJETO Empreendedor : Global Energia Elétrica S/A Empreendimento:

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Alternadores Síncronos Linha G Plus

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Alternadores Síncronos Linha G Plus Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Linha G Plus Disponíveis até 4.200 kva os alternadores da linha G Plus são aplicados principalmente em grupos geradores a diesel ou gás. Também

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Estabelecida em Ijuí, RS, Distrito Industrial, à rua Jacob Nicoletti, 142.

APRESENTAÇÃO. Estabelecida em Ijuí, RS, Distrito Industrial, à rua Jacob Nicoletti, 142. APRESENTAÇÃO Hidroenergia Engenharia e Automação Ltda. Empresa dedicada ao desenvolvimento e fabricação de equipamentos para Pequenas Centrais Hidrelétricas. Turbinas Hidráulicas; Válvulas Borboleta; Geradores

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MOTORES ELÉTRICOS DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS DE ALTA E BAIXA TENSÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MOTORES ELÉTRICOS DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS DE ALTA E BAIXA TENSÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO MOTORES ELÉTRICOS DE INDUÇÃO TRIFÁSICOS DE ALTA E BAIXA TENSÃO PREFÁCIO O motor elétrico! WEG INDUSTRIAS S.A. - MÁQUINAS ---- IMPORTANTE ---- LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

Leia mais

Geradores Síncronos Linha G Plus. Motores Energia Automação Tintas

Geradores Síncronos Linha G Plus. Motores Energia Automação Tintas Geradores Síncronos Linha G Plus Motores Energia Automação Tintas Geradores Síncronos Disponíveis até 4.200 kva os geradores da linha G Plus são aplicados principalmente em grupos geradores a diesel e

Leia mais

Revisão. Gerador Síncrono Tensão induzida no enrolamento do estator

Revisão. Gerador Síncrono Tensão induzida no enrolamento do estator Revisão Gerador Síncrono Tensão induzida no enrolamento do estator Revisão Motor de Indução Geração do campo girante do estator Revisão Motor de Indução Velocidade de rotação do campo girante do estator

Leia mais

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA. Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof.

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA. Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica. Prof. DIRETORIA DE EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ELETROTÉCNICA Disciplina: Máquinas e Automação Elétrica Prof.: Hélio Henrique INTRODUÇÃO IFRN - Campus Mossoró 2 MOTORES TRIFÁSICOS CA Os motores

Leia mais

Por meio deste esclarecimento, respondemos aos questionamentos efetuados, conforme segue:

Por meio deste esclarecimento, respondemos aos questionamentos efetuados, conforme segue: Esclarecimento nº 02 Concorrência Pública nº 0002/2009 Objeto: Contratação de empresa especializada para implantação do empreendimento da PCH Pery II, localizada no município de Curitibanos/SC, através

Leia mais

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Energia Automação Tintas

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Energia Automação Tintas Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos Motores Eneria Automação Tintas Chaves de Partida Destinadas à manobra e proteção de motores elétricos trifásicos e monofásicos. De acordo com

Leia mais

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Tintas

Chaves de Partida Manobra e Proteção de Motores Elétricos. Motores Automação Energia Tintas Manobra e Proteção de Motores Elétricos Motores Automação Eneria Tintas Destinadas à manobra e proteção de motores elétricos trifásicos e monofásicos. De acordo com a aplicação a WEG disponibiliza uma

Leia mais

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Energia Automação Tintas

Capacitores Correção do Fator de Potência. Motores Energia Automação Tintas Capacitores Correção do Fator de Potência Motores Eneria Automação Tintas www.we.net Correção do Fator de Potência Os capacitores para correção de fator de potência WEG, são desenvolvidos a base de filme

Leia mais

APÊNDICE B. Ensaio da Performance do Protótipo. MATRBDA-HAW560-75kW

APÊNDICE B. Ensaio da Performance do Protótipo. MATRBDA-HAW560-75kW APÊNDICE B Ensaio da Performance do Protótipo MATRBDA-HAW560-75kW 282 LABORATÓRIO DE ENSAIOS ELÉTRICOS - BAIXA TENSÃO WEG MÁQUINAS RELATÓRIO DE ENSAIO DE PROTÓTIPO MATRBDA 560 POTÊNCIA: 75KW / 25KW TENSÃO

Leia mais

A qualquer hora. Petróleo & Gás Naval Mineração Açúcar & Etanol Celulose & Papel. Geração de Energia Água & Saneamento Cimento Agricultura Siderurgia

A qualquer hora. Petróleo & Gás Naval Mineração Açúcar & Etanol Celulose & Papel. Geração de Energia Água & Saneamento Cimento Agricultura Siderurgia www.we.net A qualquer hora. Petróleo & Gás Naval Mineração Açúcar & Etanol Celulose & Papel Geração de Eneria Áua & Saneamento Cimento Aricultura Sideruria Eneria, Motores, Automação, Transmissão & Distribuição

Leia mais

SSW-05 Micro Soft-starter

SSW-05 Micro Soft-starter Motores Automação Energia Tintas Micro Soft-starter g Compacto g Digital - DSP g Fácil operação g Elevado rendimento g By-pass incorporado REPLACE ME BY A PICTURE! Soft-Starters são chaves de partida estática,

Leia mais

Motores de tração em corrente alternada: Estudo do desempenho na CPTM. Introdução

Motores de tração em corrente alternada: Estudo do desempenho na CPTM. Introdução Motores de tração em corrente alternada: Estudo do desempenho na CPTM Introdução Os motores de tração são os equipamentos responsáveis pela propulsão dos trens. Sua falha implica na diminuição do desempenho

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Guia Prático de Treinamento Técnico Comercial. Motor Elétrico.

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Guia Prático de Treinamento Técnico Comercial. Motor Elétrico. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Guia Prático de Treinamento Técnico Comercial Motor Elétrico Módulo I Já se foi o tempo em que só simpatia garantia bons resultados em vendas.

Leia mais

Turbocompressor modelo ABS HST 20

Turbocompressor modelo ABS HST 20 Turbocompressor modelo ABS HST 20 Principais Aplicações O turbocompressor modelo ABS HST 20 é altamente adequado para as seguintes áreas de aplicação: Aeração de água, efluentes ou outros líquidos Flotação

Leia mais

Goulds 3640. API-610 10ª edição/iso 13709 API BB2 de dois estágios dividida radialmente entre rolamentos

Goulds 3640. API-610 10ª edição/iso 13709 API BB2 de dois estágios dividida radialmente entre rolamentos API-610 10ª edição/iso 13709 API BB2 de dois estágios dividida radialmente entre rolamentos Goulds Pumps Uma empresa líder em soluções de pacotes de bombas projetadas segundo normas do API Liderança comprovada

Leia mais

GERADORES MECÂNICOS DE ENERGIA ELÉTRICA

GERADORES MECÂNICOS DE ENERGIA ELÉTRICA GERADORES MECÂNICOS DE ENERGIA ELÉTRICA Todo dispositivo cuja finalidade é produzir energia elétrica à custa de energia mecânica constitui uma máquina geradora de energia elétrica. O funcionamento do

Leia mais

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS

WEG EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE DE ENGENHARIA MECÂNICA COORDENADORIA DE DE ESTÁGIO DO CURSO DE DE ENGENHARIA MECÂNICA CEP 88040-970 -- FLORIANÓPOLIS -- SC --

Leia mais

Figura 7.1 Fluxo de energia em motores elétricos.

Figura 7.1 Fluxo de energia em motores elétricos. CAPÍTULO 7 MOTORES DE INDUÇÃO 7.1 INTRODUÇÃO ÀS MÁQUINAS ELÉTRICAS As máquinas elétricas podem ser classificadas em dois grupos: a) geradores, que transformam energia mecânica oriunda de uma fonte externa

Leia mais

Máquinas Eléctricas I

Máquinas Eléctricas I I Máquinas Síncronas Luis Pestana Resumo Máquinas Síncronas Generalidades Principio de funcionamento Aspectos construtivos O gerador síncrono em carga com cargas isoladas Curvas de regulação ligado a um

Leia mais

Atividade prática Partida estrela + cálculos para motores. Medições preliminares bancada R S R T S T R N S N T N

Atividade prática Partida estrela + cálculos para motores. Medições preliminares bancada R S R T S T R N S N T N Atividade prática Partida estrela + cálculos para motores Objetivos da aula Partir motores de indução trifásicos; Entender a ligação estrela e seus conceitos básicos; e Cálculos úteis para motores. Medições

Leia mais

Eletricidade: acionamento de motores elétricos

Eletricidade: acionamento de motores elétricos Eletricidade: acionamento de motores elétricos A UU L AL A Como se pode converter energia elétrica em energia mecânica? Considere a situação descrita a seguir. Tic-tac, blamp-blump, zuuuummmm... São as

Leia mais

Aplicações. Funcionamento. Características Construtivas. Motores SÍNCRONOS

Aplicações. Funcionamento. Características Construtivas. Motores SÍNCRONOS Aplicações Funcionamento Características Construtivas Motores SÍNCRONOS INDICE INTRODUÇÃO...3 VANTAGENS...5 CARACTERÍSTICAS DE FUNCIONAMENTO...6 TIPOS DE EXCITAÇÃO...8 PARTES CONSTRUTIVAS...9 ACESSÓRIOS...11

Leia mais

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM...

AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO MOTOR INCLUEM... Motores H-Compact COMPACTO, REFRIGERAÇÃO EFICIENTE A importância crescente da economia de energia, dos requerimentos ambientais, da procura por dimensões menores e das imposições dos mercados nacionais

Leia mais

Eletrotécnica. Comandos Elétricos

Eletrotécnica. Comandos Elétricos Eletrotécnica Comandos Elétricos Teoria e Aplicações Escola Técnica de Brasília - ETB Prof. Roberto Leal Ligação de Motores 1 Motor Elétrico Transformar energia elétrica em energia mecânica Motores de

Leia mais

Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana

Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana Geradores de Corrente Contínua UNIDADE 2 Prof. Adrielle de Carvalho Santana INTRODUÇÃO Um gerador de corrente continua é uma máquina elétrica capaz de converter energia mecânica em energia elétrica. Também

Leia mais

26/08/2012 1 Agosto/2012

26/08/2012 1 Agosto/2012 26/08/2012 1 Agosto/2012 Motores Elétricos 26/08/2012 2 MOTORES ELÉTRICOS Corrente Pulsante Corrente Alternada Corrente Contínua MOTOR DE PASSO (Step Motor ) RELUT. VARIÁVEL IMÃ PERMANENTE HÍBRIDO MOTOR

Leia mais

GLOSSÁRIO MÁQUINAS ELÉTRICAS

GLOSSÁRIO MÁQUINAS ELÉTRICAS GLOSSÁRIO MÁQUINAS ELÉTRICAS Motor Elétrico: É um tipo de máquina elétrica que converte energia elétrica em energia mecânica quando um grupo de bobinas que conduz corrente é obrigado a girar por um campo

Leia mais

Geradores CC Parte 2 Adrielle C. Santana

Geradores CC Parte 2 Adrielle C. Santana Geradores CC Parte 2 Adrielle C. Santana Aplicações dos Geradores CC Atualmente com o uso de inversores de frequência e transformadores, tornou-se fácil a manipulação da Corrente Alternada. Como os geradores

Leia mais

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência

Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência 2 Família PS 6000 A perfeição da engenharia em solda por resistência A Família PS 6000 é o mais recente sistema de solda por resistência

Leia mais

Eletrotécnica Geral. Lista de Exercícios 2

Eletrotécnica Geral. Lista de Exercícios 2 ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PEA - Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas Eletrotécnica Geral Lista de Exercícios 2 1. Condutores e Dispositivos de Proteção 2. Fornecimento

Leia mais

Bomba Centrífuga ANDRITZ Série S

Bomba Centrífuga ANDRITZ Série S Bomba Centrífuga ANDRITZ Série S www.andritz.com/pumps Bomba Centrífuga ANDRITZ Para fluidos limpos ou contendo sólidos Por mais de 100 anos o nome ANDRITZ tem sido sinônimo de competência e inovação em

Leia mais

Eficiência Energética Chocolates Garoto

Eficiência Energética Chocolates Garoto Eficiência Energética Chocolates Garoto 1 CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA Nome fantasia: Chocolates Garoto Ramo de atividade: Alimentício Localização: Vila Velha / ES Estrutura tarifária: Horo-sazonal Azul

Leia mais

Bomba Centrífuga ANDRITZ Série ISO

Bomba Centrífuga ANDRITZ Série ISO Bomba Centrífuga ANDRITZ Série ISO www.andritz.com Bomba Centrífuga ANDRITZ A bomba padrão caracteriza pela economia e baixa manutenção Por mais de 100 anos, a ANDRITZ tem sido um sinônimo de competência

Leia mais

TRABALHO LABORATORIAL Nº 4

TRABALHO LABORATORIAL Nº 4 ESCOLA SUPERIOR NÁUTICA INFANTE D. HENRIQUE DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MARÍTIMA M422 - SISTEMAS E INSTRALAÇÕES ELÉCTRICAS DE NAVIOS TRABALHO LABORATORIAL Nº 4 ENSAIO DA MÁQUINA SÍNCRONA Por: Prof. José

Leia mais

ANALISE DE CORRENTE ELÉTRICA

ANALISE DE CORRENTE ELÉTRICA ANALISE DE CORRENTE ELÉTRICA 1. INTRODUÇÃO A manutenção preditiva tem sido largamente discutida nos últimos anos, e sem dúvida é um procedimento moderno de gerenciamento, que comprovadamente vem diminuindo

Leia mais

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

SSW05 Plus Micro Soft-Starter. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas SSW05 Plus Micro Soft-Starter Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas www.weg.net SSW05 Plus - Micro Soft-Starters Soft-starters são chaves de partida estática, projetadas para a aceleração,

Leia mais

Bomba centrífuga de média pressão. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição. 4. Dados de operação. Manual Técnico Nº A 2751.0P/4 KSB HYDROBLOC M

Bomba centrífuga de média pressão. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição. 4. Dados de operação. Manual Técnico Nº A 2751.0P/4 KSB HYDROBLOC M Manual Técnico Nº A 2751.0P/4 KSB HYDROBLOC M Bomba centrífuga de média pressão Linha: Multiestágio 1. Aplicação 3. Denominação A bomba KSB Hydrobloc M é apropriada para abastecimento de água, instalação

Leia mais

Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Seccionadoras Compactas Chaves Seccionadoras Compactas MSW Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Seccionadoras Compactas MSW As chaves da linha MSW foram desenvolvidas de

Leia mais

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores

VENTILADORES. Aspectos gerais. Detalhes construtivos. Ventiladores VENTILADORES Aspectos gerais As unidades de ventilação modelo BBS, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para frente, e BBL, com ventiladores centrífugos de pás curvadas para trás, são fruto de

Leia mais

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br Série Quasar Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente www.altus.com.br Na medida exata para seu negócio Modular: ampla variedade de configurações para

Leia mais

VBW Disjuntor a Vácuo. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

VBW Disjuntor a Vácuo. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas VBW Disjuntor a Vácuo Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas www.we.net Os disjuntores a vácuo VBW foram desenvolvidos para aplicações em redes com classe de tensão de 17,5 kv. Apresentam

Leia mais

TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país.

TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país. PORTFÓLIO TTL TRANSFORMADORES TUPÃ LTDA É a primeira fábrica de transformadores da Amazônia Oriental, desde 1992 energizando o Norte do país. São 20 anos de parceria com nossos clientes, fornecedores e

Leia mais

MOTORES ELÉTRICOS. Princípios e fundamentos. Eng. Agríc. Luciano Vieira

MOTORES ELÉTRICOS. Princípios e fundamentos. Eng. Agríc. Luciano Vieira Universidade Estadual de Maringá Departamento de Engenharia Agrícola Campus do Arenito MOTORES ELÉTRICOS Princípios e fundamentos Eng. Agríc. Luciano Vieira CLASSIFICAÇÃO Classificação dos motores de

Leia mais

LINHA DE EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS PARA ÁREA DE ELETROTÉCNICA: DESCRIÇÃO ETC S

LINHA DE EQUIPAMENTOS DIDÁTICOS PARA ÁREA DE ELETROTÉCNICA: DESCRIÇÃO ETC S EQUACIONAL ELÉTRICA E MECÂNICA LTDA. RUA SECUNDINO DOMINGUES 787, JARDIM INDEPENDÊNCIA, SÃO PAULO, SP TELEFONE (011) 2100-0777 - FAX (011) 2100-0779 - CEP 03223-110 INTERNET: http://www.equacional.com.br

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W22 Motofreio Motor Elétrico Trifásico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W22 Motofreio Motor Elétrico Trifásico Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas Motor Elétrico Trifásico -- Eficiência e confiabilidade para a indústria Fundada em 1961, a WEG é uma das maiores fabricantes de motores elétricos

Leia mais

Central de Produção de Energia Eléctrica

Central de Produção de Energia Eléctrica Central de Produção de Energia Eléctrica Ref.ª CPEE Tipo 1 Tipo 2 Tipo 3 Tipo 4 Tipo 5 5 a 25 kva 25 a 150 kva 150 a 500 kva 500 a 1.000 kva 1.000 a 2.700 kva Pág. 1 ! Combustível Diesel! Frequência 50

Leia mais

GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA HIDRELÉTRICA-SISTEMA ELÉTRICO

GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA HIDRELÉTRICA-SISTEMA ELÉTRICO GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA HIDRELÉTRICA-SISTEMA ELÉTRICO HIDRELÉTRICAS Definição Originada a partir da energia solar, responsável pela evaporação da água; A água que precipita é armazenada na forma de

Leia mais

RELAÇÕES DE CORRENTE ALTERNADA

RELAÇÕES DE CORRENTE ALTERNADA RELAÇÕES DE CORRENTE ALTERNADA A tensão alternada senoidal é a qual utilizamos em nossos lares, na indústria e no comércio. Dentre as vantagens, destacamos: Facilidade de geração em larga escala; Facilidade

Leia mais

Técnico em Eletrotécnica

Técnico em Eletrotécnica Técnico em Eletrotécnica Caderno de Questões Prova Objetiva 2015 01 Em uma corrente elétrica, o deslocamento dos elétrons para produzir a corrente se deve ao seguinte fator: a) fluxo dos elétrons b) forças

Leia mais

Motor de Indução de Corrente Alternada

Motor de Indução de Corrente Alternada Notas Técnicas Motores NT-1 Motor de Indução de Corrente Alternada Introdução O motor de indução ou assíncrono de corrente alternada tem sido o motor preferido da indústria desde o principio do uso da

Leia mais

Nota Técnica Entendendo o custo total de propriedade de um sistema de aplicação e de impressão de etiquetas

Nota Técnica Entendendo o custo total de propriedade de um sistema de aplicação e de impressão de etiquetas Nota Técnica Entendendo o custo total de propriedade de um sistema de aplicação e de impressão de etiquetas Uma visão informativa sobre os custos de longo prazo de um sistema LPA O investimento em um sistema

Leia mais

MANUTENÇÃO ELÉTRICA INDUSTRIAL * ENROLAMENTOS P/ MOTORES CA *

MANUTENÇÃO ELÉTRICA INDUSTRIAL * ENROLAMENTOS P/ MOTORES CA * MANUTENÇÃO ELÉTRICA INDUSTRIAL * ENROLAMENTOS P/ MOTORES CA * Vitória ES 2006 7. ENROLAMENTOS PARA MOTORES DE CORRENTE ALTERNADA A maneira mais conveniente de associar vários condutores de um enrolamento

Leia mais

Capítulo 11 MOTORES ELÉTRICOS DE CORRENTE CONTÍNUA E UNIVERSAL. Introdução

Capítulo 11 MOTORES ELÉTRICOS DE CORRENTE CONTÍNUA E UNIVERSAL. Introdução Capítulo 11 MOTORES ELÉTRICOS DE CORRENTE CONTÍNUA E UNIVERSAL Esta aula apresenta o princípio de funcionamento dos motores elétricos de corrente contínua, o papel do comutador, as características e relações

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W22 Motofreio Motor Elétrico Trifásico

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. W22 Motofreio Motor Elétrico Trifásico Motores Automação Eneria Transmissão & Distribuição Tintas W22 Motofreio Motor Elétrico Trifásico -- Eficiência e confiabilidade para a indústria Fundada em 1961, a WEG é uma das maiores fabricantes de

Leia mais

Linha de Motores Elétricos Trifásicos Industriais VTop

Linha de Motores Elétricos Trifásicos Industriais VTop Linha de Motores Elétricos Trifásicos Industriais VTop LINHA DE ELÉTRICOS TRIFÁSICOS INDUSTRIAIS VTOP A linha de motores elétricos trifásicos industriais VTOP da Voges Motores foi projetada para atender

Leia mais

ANDRITZ Atro Turbinas helicoidais

ANDRITZ Atro Turbinas helicoidais ANDRITZ Atro Turbinas helicoidais www.andritz.com ANDRITZ Atro Turbinas Helicoidais Efi cientes, robustas e ambientalmente sustentáveis Você pessoa física ou jurídica ou alguma autoridade local é detentor

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Intercambiador de Calor de Extensão Direta 2 a 40 TR ESPECIICAÇÕES CONSTRUTIVAS Os climatizadores Modelo foram projetados visando obter maior vida útil, performance e facilidade

Leia mais