Redação: modelo expositivo Correção no Padrão Cespe

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Redação: modelo expositivo Correção no Padrão Cespe"

Transcrição

1 Redação: modelo expositivo Correção no Padrão Cespe Ei pessoal, Daqui a alguns dias, um grupo de alunos estará fazendo provas para o TRT/ES, cujo edital, no que concerne à prova discursiva, alertou para a possibilidade de a banca exigir dissertação de tema da atualidade ou mesmo questão discursiva acerca dos conteúdos programáticos o edital. Seja qual for a exigência, nossa conversa de hoje ajudará os candidatos na compreensão do que é mais importante na hora de redigir. Mas o material não é só para o TRT/ES. Ele servirá também para todos os que estão se preparando para concursos realizados, em especial, pelo Cespe. Para dar aquela força, trouxe hoje informações importantes pertinentes ao processo de correção das redações que poderão auxiliar todos vocês. Como vimos, o modelo expositivo abrange propostas que vêm precedidas de um ou mais textos para motivar a escrita (apenas motivar, nada de copiar o texto!), depois a banca apresenta um tema (um enunciado único, em destaque, uma assertiva geral), por fim o Cespe costuma exigir alguns itens denominados aspectos para que o candidato os aborde junto com a assertiva geral. Com um pouco de esforço, lembre-se da infância: provavelmente, alguém já brincou ou já ouviu falar numa diversão lúdica que consistia em dar aos ouvintes algumas palavras-chave para que ele fosse compondo uma história ou cantando uma música; dava-se uma palavra inicial e depois outras e mais outras que deveriam aparecer obrigatoriamente num texto contado, naturalmente de fundo fictício. O bacana dessa história é que vencia o jogo quem criasse a melhor narrativa, coesa e coerente. E, olha, a gente nem sabia bem o que era isso. Apesar de a infância ter ficado lá para trás, o modelo de proposta de redação mais comum no Cespe guarda muito dessa brincadeira, trata-se da modalidade dissertativa expositiva. Compreendamos, então, o processo: tomemos como exemplo a seguinte proposta: Produza um texto dissertativo, acerca do seguinte tema: A democracia como valor da cultura ocidental Em sua redação aborde, necessariamente, de modo objetivo, os seguintes aspectos: - os processos de transição democrática nas economias emergentes; - os desafios na construção de um projeto democrático estadista; - os plebiscitos e as demais consultas democráticas. 1

2 Não disponibilizei o texto-base porque jamais, na prova, poderíamos extrair informações dele e inseri-las na redação que faremos. Por isso, deixei somente o tema e os aspectos. Visualize bem a proposta do quadro, guarde com você essa imagem. Quando o Cespe apresenta essa proposta, seu espelho de correção fica, de certo modo, dividido assim: Legibilidade, Respeito às margens e Paragrafação Esse tem sido, até o presente momento, o primeiro quesito observado pela banca. Também tradicionalmente a esse quesito têm sido atribuídos cerca de 10% do total de pontos. Por isso, para cumpri-lo com precisão, cuide da aparência do seu texto: pergunte a si mesmo se sua letra é legível; olhe para suas margens e veja se estão esteticamente bonitas; tente harmonizar o tamanho dos seus parágrafos nem muito extensos, nem muito curtos; se errar alguma palavra, apenas dê um risco sobre ela, não fique rasurando o texto. Considero essas preocupações como um sinal de respeito pelo leitor; pensemos nisso! Ao introduzir o texto, caso tenha muita dificuldade em fazê-lo, retome o tema principal a partir das próprias palavras do tema essa retomada não significa que você deverá copiar o tema na íntegra, mas servirá apenas para dar-lhe mais segurança para expressar suas próprias ideias. Análise dos aspectos obrigatórios A maior parte da pontuação, quase 90%, concentra-se na avaliação da abordagem dos aspectos obrigatórios. No entanto, isso não quer dizer que a pontuação é dividida em proporções iguais a cada aspecto; quanto à distribuição dos pontos, só saberemos mais detalhes disso quando a banca autorizar oportunidade de vista da primeira correção após concurso. Então, é bom caprichar na hora de abordar esses aspectos, para isso, não misture os aspectos, por mais confluentes que sejam. Grife palavras-chave em cada aspecto oferecido, com o cuidado de estar atento para possíveis enunciados tais como conceitue..., caracterize..., relacione... etc. Com palavras-chave, vá compondo um entendimento acerca do aspecto que está analisando. Seja sempre objetivo, simples no trato vocabular e direto. Ao mudar de parágrafo e, com efeito, de aspecto, não se esqueça de dar aos parágrafos coesão. Um pronome demonstrativo como isso, essa, esse, por exemplo, ajudam na coesão, uma vez que com eles é possível retomar a ideia anterior antes abrir as portas para um assunto novo. 2

3 A Conclusão A conclusão consiste, como abordei várias vezes aqui, num momento textual de fechamento. Pode ser perigoso ao texto, o aparecimento de fatos novos a serem analisados. A conclusão é o espaço da retomada das ideias anteriores, é o espaço da síntese do que escrevemos. Mas um cuidado vale ser sempre lembrado: se a ideia é começar uma conclusão por meio de uma conjunção coordenativa própria para isso, estude bastante o conjunto de conjunções propostas para esse fim. Jamais se arrisque com termos pouco seguros. Falo isso porque, há pouco tempo, um candidato teve sua redação anulada por ter começado uma conclusão com um conector de adversidade, ou seja, um uso - sem maldade - do conector errado fez que ele negasse as informações que apresentara no parágrafo anterior, incorrendo por isso, em contradição. Esboçando o tema e seus aspectos Voltemos àquele tema lá do início... Começando uma redação a partir dele, como proceder? Vou dar algumas sugestões sugestões! TEMA GERAL: A democracia como valor da cultura ocidental Introduzindo... O valor democrático, na cultura ocidental, significa...(retomou o tema, insira suas ideias...) Desenvolvendo... ASPECTO 01: os processos de transição democrática nas economias emergentes. Parágrafo Em razão disso, vários processos de transição democrática nas economias de países emergentes ocorrem de modo..., o que leva a... Por isso,... ASPECTO 02: os desafios na construção de um projeto democrático estadista. Parágrafo 02...Nesses países emergentes, há pelo menos dois grandes desafios para se construir um real projeto democrático estadista. Um diz respeito a... Enquanto o outro abrange... ASPECTO 03: os plebiscitos e as demais consultas democráticas. 3

4 Parágrafo 03 além disso, tal construção democrática merece revisão quando o assunto recai sobre consultas democráticas e plebiscitos. É preciso... Por outro lado, deve-se levar em conta... Conclusão: retomada do tema principal, seguido de uma síntese acerca de seus aspectos. Parece mecânico, mas não é. Há vários modos de se fazer um brilhante texto, e esse esboço que apresentei serve para que você tenha uma noção de como funciona a lente da banca ou do seu professor de redação, por exemplo. Os próprios princípios textuais ligados a coesão, coerência, progressão de ideias, abordagem temática induzem o avaliador, mesmo inconscientemente em razão da longa experiência com a leitura de redações, à percepção das qualidades de um bom texto e do quanto este bom texto é fiel ao propósito temático. Por isso, organizar seu texto, colocando cada peça do tema num determinado local, visível, claro, fácil de ser percebido pelo examinador, é muitíssimo importante. Simulando uma correção... Apresento aqui a redação de um dos meus alunos que estão começando um curso de redação. Fiquem tranquilos porque não vou citar nomes, vou analisar o texto, simulando uma correção bem próxima do que aconteceria nas provas. O tema para a redação foi o da democracia, vamos retomá-lo: Produza um texto dissertativo, acerca do seguinte tema: A democracia como valor da cultura ocidental Em sua redação aborde, necessariamente, de modo objetivo, os seguintes aspectos: - os processos de transição democrática nas economias emergentes; - os desafios na construção de um projeto democrático estadista; - os plebiscitos e as demais consultas democráticas. Agora leiam a redação a seguir: Uma forte herança ocidental A democracia é um dos maiores bens da civilização ocidental. Com ela é possível conseguir paz em meio à destruição das guerras e dos conflitos ideológicos mais acirrados. Qualquer povo, quando opta pela democracia, opta também pela liberdade de expressão e de livre escolha. É a democracia que nos faz, por exemplo, escolher mesmo errando nossos governantes. O voto e o plebiscito são 4

5 manifestações concretas da democracia, que ainda representa um avanço para a consolidação de melhorias nos países pobres. É comum nesses países, a aparição de oportunistas para conseguirem ocupar postos públicos, enganando parte da população que certamente é pouco ou nada alfabetizada. Por isso, a educação deve ser priorizada a fim de que os direitos e as garantias democráticas se consolidem. No ocidente pobre, não há dúvida de que a democracia é a chave para o saneamento de inúmeros problemas críticos por que passam suas populações, uma vez que dar ao povo seu direito de escolha constitui-se na manutenção do dever ético e cívico das autoridades. É preciso reconhecer que uma nação não pode conviver com o oligopólio que beneficia um grupo minoritário em detrimento a maioria dos cidadãos governados por ele. Diante do exposto, o pleno exercício da democracia deve antes passar pelo reconhecimento dos nossos valores pessoais, do pleno respeito ao direito à educação e no respeito à liberdade de escolha dos diferentes grupos socioculturais que compõem uma nação. Com nossa caneta-bisturi, vamos recortando e analisando o texto, aos moldes do Cespe,: Obs.: a despeito dos erros gramaticais, vamos nos preocupar com a macroestrutura do texto. 1ª fatia: Legibilidade, Respeito às margens e Paragrafação Há quesitos aqui que não poderão ser analisados na realidade do texto, ok!? Tais como letra, margem,...; impossível, está tudo digitado. Mas já notamos certa simetria na composição dos parágrafos: veja que não há disparidades, como a formação de um parágrafo com 3 linhas e outro com 10 linhas, por exemplo. Manter um equilíbrio na forma ajuda suavizar a visão do examinador sobre o texto. 2ª fatia: objetividade A objetividade não é um critério específico propriamente dito, mas ela é sempre avaliada e repercute, de cara, na avaliação do primeiro quesito. Mas o que é ser objetivo? Ser objetivo, como não podia deixar de sê-lo, é ir direto ao ponto, com abordagem, sem rodeios, do tema. Na redação, veja que o candidato perde essa oportunidade logo na introdução: O tema é A democracia como valor da cultura ocidental Agora leia novamente o parágrafo de introdução feito por ele: 5

6 A democracia é um dos maiores bens da civilização ocidental. Com ela é possível conseguir paz em meio à destruição das guerras e dos conflitos ideológicos mais acirrados. Qualquer povo, quando opta pela democracia, opta também pela liberdade de expressão e de livre escolha. O.k., o texto até começa com democracia, mas a abordagem segue outro viés, pois não entramos o tal valor da cultura ocidental. De que falou o candidato? Falou de qualquer povo ; cadê o ocidental? Percebeu o que é falta de objetividade? Era para falar de democracia como valor da cultura ocidental, o candidato falou de qualquer povo. 3ª fatia: abordagem temática no desenvolvimento Agora, vejamos o desempenho do moço no desenvolvimento do tema, a partir dos aspectos mencionados. Adotaremos, para que fique mais didática a explicação, uma ordem na busca pelos aspectos temáticos: ASPECTO 01: os processos de transição democrática nas economias emergentes. Viram os grifos que havia feito antes em cada aspecto? O papel desses grifos é me orientar, enquanto examinadora, na busca dessas informações no emaranhado textual. Para isso, vamos, por enquanto, ao primeiro parágrafo do desenvolvimento: É a democracia que nos faz, por exemplo, escolher mesmo errando nossos governantes. O voto e o plebiscito são manifestações concretas da democracia, que ainda representa um avanço para a consolidação de melhorias nos países pobres. Leia, leia novamente, você não encontrará com clareza e objetividade a informação solicitada no aspecto 01. Perdido em meio a um assunto de abordagem ampla, o candidato fala, fala, cita exemplos, mas não toca na ferida, na palavra de fato, explícita, processos de transição.... Fala de voto, de plebiscito, mas não consegue dar nitidez ao assunto solicitado. ASPECTO 02: os desafios na construção de um projeto democrático estadista. É comum nesses países, a aparição de oportunistas para conseguirem ocupar postos públicos, enganando parte da população que certamente é pouco ou nada alfabetizada. Por isso, a educação deve ser priorizada a fim de que os direitos e as garantias democráticas se consolidem. O candidato não fala diretamente do assunto. Mais uma vez, ele emprega o mesmo recurso, ilustrar um evento sem falar por que o faz. Mais uma vez não consegue ser objetivo. Se escrevesse do seguinte modo, poderia minorar boa parte do problema: 6

7 Como sabemos, dentre os desafios para o estabelecimento de um projeto democrático estadista, dois se destacam: o precário acesso do povo à educação de qualidade e o aparecimento de oportunistas cujo fim é a ocupação de cargos públicos. (...) Veja que nessa passagem, toquei nas palavras-chave do aspecto 02 para introduzir minhas ideias. Em outras palavras, evitei que aquilo que estava em minha mente entrasse do nada no papel, aparentando-me ter feito uma abordagem que, na prática, não aparece para o leitor, já que não está clara no texto. Pode ver que muitos candidatos costumam fazer isso e acham que responderam corretamente ao propósito da banca. Mais um, vamos lá: ASPECTO 03: os plebiscitos e as demais consultas democráticas. No ocidente pobre, não há dúvida de que a democracia é a chave para o saneamento de inúmeros problemas críticos por que passam suas populações, uma vez que dar ao povo seu direito de escolha constitui-se na manutenção do dever ético e cívico das autoridades. É preciso reconhecer que uma nação não pode conviver com o oligopólio que beneficia um grupo minoritário em detrimento a maioria dos cidadãos governados por ele. Cadê o plebiscito e as demais consultas democráticas???? Veja que esse assunto já apareceu no 2º parágrafo da redação, mas apareceu mesclado a outro assunto, o que o fez perder visibilidade e objetividade. O candidato fala sobre escolha, sobre oligopólios, gasta, gasta o verbo com assuntos que pouco tangenciam a solicitação da banca. A esta altura, pouco valor terá a conclusão, visto que o candidato não fez a abordagem dos assuntos com clareza. Mas vamos a ela, quem sabe, encontraremos um pouco de qualquer dos aspectos para ajudar na composição da nota: Conclusão: Diante do exposto, o pleno exercício da democracia deve antes passar pelo reconhecimento dos nossos valores pessoais, do pleno respeito ao direito à educação e no respeito à liberdade de escolha dos diferentes grupos socioculturais que compõem uma nação. Fraquinha. Muito aquém do esperado. Pense um pouco: em algum momento a banca mencionou reconhecimento de valores pessoais, direito à educação, diferentes grupos socioculturais? Vimos, pela exposição temática, que não! E por que falar disso? Bem, espere um pouco, não quero dizer que o candidato não possa criar suas próprias ideias e enriquecer seu texto a partir delas, o que quero dizer é que não se pode simplesmente abandonar o que foi proposto e substituí-lo por outras ideias. Isso é quase uma fuga ao tema. Bom, pessoal, espero que tenham compreendido e aprendido mais um pouquinho sobre redação nos concursos. A intenção deste nosso bate-papo 7

8 não é oferecer, mecanicamente, um caminho exclusivo para a composição de textos; a ideia está em mostrar a todos o quanto devemos ser práticos e objetivos e o quanto devemos aprender a ler os enunciados com precisão e, com efeito, responder exatamente o que as bancas querem de nós. Vocês notarão que daqui para frente, espero eu que sim, o quanto vai ser menos sofrível pensar o texto e o quanto mais rápido será compor textos com boa qualidade e com clareza, leves e sensíveis como a infância que até outro dia estava ali. Beijo grande e até a próxima! Profa. 8

Redações e suas correções

Redações e suas correções Redações e suas correções Nesta aula, trouxe dois exemplares de como se corrigem as redações em bancas como o Cespe e a FCC. Gostaria de salientar que nem tudo é seguido sempre do mesmo jeito, obedecendo

Leia mais

Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada.

Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada. Toque de Mestre 16 Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada. Profa. Júnia Andrade Viana profajunia@gmail.com face: profajunia Autora do livro Redação para Concursos

Leia mais

Orientações de Como Estudar Segmento II

Orientações de Como Estudar Segmento II Orientações de Como Estudar Segmento II Aprender é uma tarefa árdua que exige esforço e método e por isso organizamos algumas dicas para ajudá-lo(la) a aprender Como Estudar! Você verá que as orientações

Leia mais

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP Singular-Anglo Vestibulares Professora Natália Sanches Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. Retirado do site oficial do vestibular. FUVEST e UNESP Na correção, três

Leia mais

Como elaborar um recurso prova discursiva/susep

Como elaborar um recurso prova discursiva/susep Como elaborar um recurso prova discursiva/susep Profa. Júnia Andrade Elaborar recursos é tarefa bastante simples. E você pode cumprir com perfeição esta tarefa sozinho (a). Primeiramente, ao receber o

Leia mais

REDAÇÃO DISSERTAÇÃO AULA 5. Professora Sandra Franco

REDAÇÃO DISSERTAÇÃO AULA 5. Professora Sandra Franco REDAÇÃO AULA 5 Professora Sandra Franco DISSERTAÇÃO 1. Definição de Dissertação. 2. Roteiro para dissertação. 3. Partes da dissertação. 4. Prática. 5. Recomendações Gerais. 6. Leitura Complementar. 1.

Leia mais

Enem. Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade!

Enem. Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade! Enem Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade! Não tem mais para onde correr: O resto dos seus dias depende disso. Ou pelo menos é assim

Leia mais

Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade.

Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade. PROF. BRUNO AUGUSTO Dissertar é expor determinada opinião em relação a um tema e defendê-la através de argumentos coerentes com a realidade. Deve apresentar uma linguagem clara e condizente aopúblicoemqueotextoserádestinado.

Leia mais

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO 1 Q236899 Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Português Assuntos: 6. Interpretação

Leia mais

CURSO DE DISCURSIVAS PARA ANAC

CURSO DE DISCURSIVAS PARA ANAC DISCURSIVAS PARA A ANAC - ESPECIALISTA EM REGULAÇÃO DA AVIAÇÃO CIVIL ÁREA 2 + BÔNUS - AULA AO VIVO EM VÍDEO Professores: o Marco Antônio e o Júnia Andrade. www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 Especialista

Leia mais

Análise do Edital AFRFB 2014

Análise do Edital AFRFB 2014 Análise do Edital AFRFB 2014 Olá amigos concurseiros, Hoje (dia 10/03/2014) saiu o edital para o concurso de AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL (AFRFB). Serão 278 vagas. Entretanto, já sabemos

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação I - Proposta de Redação INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA Orientações para a Redação A proposta de redação do vestibular do ITA pode ser composta de textos verbais, não verbais (foto ou ilustração,

Leia mais

CURSO DE DISCURSIVAS PARA ANAC

CURSO DE DISCURSIVAS PARA ANAC DISCURSIVAS PARA A ANAC Técnico Administrativo + BÔNUS - AULA AO VIVO EM VÍDEO Professores: o Marco Antônio, o Júnia Andrade e o www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 00 DISCURSIVAS PARA A ANAC Aulas em

Leia mais

Correção Avulsa de Discursivas para os Certames da Receita Federal do Brasil

Correção Avulsa de Discursivas para os Certames da Receita Federal do Brasil AULA DEMONSTRATIVA Correção Avulsa de Discursivas para os Certames da Receita Federal do Brasil Olá, amigos Sou o professor Daniel Magalhães e será uma prazer ajudá-los nessa caminhada rumo à aprovação

Leia mais

Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas

Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas Redação no ENEM: considerações preliminares e propostas passadas Neste texto, vamos delinear o que se espera do participante do ENEM na situação específica de produção de textos. Para isso, nada melhor

Leia mais

Avaliar uma resenha... Ana Matte/Texto Livre/FALE/UFMG

Avaliar uma resenha... Ana Matte/Texto Livre/FALE/UFMG Basicamente, são 6 pontos a considerar Mas voce não pode deixar de ter em mente a definição: Resenhar é criar um texto próprio e compacto que permita ao leitor conhecer um texto maior, de outro autor,

Leia mais

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática

Inglesar.com.br Aprender Inglês Sem Estudar Gramática 1 Sumário Introdução...04 O segredo Revelado...04 Outra maneira de estudar Inglês...05 Parte 1...06 Parte 2...07 Parte 3...08 Por que NÃO estudar Gramática...09 Aprender Gramática Aprender Inglês...09

Leia mais

COMBINADOS PARA O SEMESTRE:

COMBINADOS PARA O SEMESTRE: COMBINADOS PARA O SEMESTRE: Temas de redação serão dados durantes as aulas. É importante pesquisá-los e estudá-los, pois alguns deles serão utilizados para as produções em sala ou em simulados; Toda a

Leia mais

Tentarei falar o mais próximo possível de uma conversa com um estudante do começo da Graduação em Matemática.

Tentarei falar o mais próximo possível de uma conversa com um estudante do começo da Graduação em Matemática. Não há regras rígidas para um estudo com sucesso. Cada um tem o seu modo de estudar; sozinho ou acompanhado, em casa ou na rua, com ou sem música, são algumas variáveis que podemos experimentar e avaliar

Leia mais

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é que o aluno NÃO DECORE NADA em Língua Portuguesa. Se

Leia mais

SIMULADO DE PORTUGUÊS

SIMULADO DE PORTUGUÊS SIMULADO DE PORTUGUÊS Professora: Fabyana Muniz Texto I O desafio da qualidade É uma conquista civilizatória para o Brasil ter a imensa maioria das crianças em idade escolar com acesso às salas de aula,

Leia mais

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla

Este documento vai ser divulgado na escola-sede do Agrupamento e na página eletrónica: www.aepjm.pt/joomla Agrupamento de Escolas Pedro Jacques de Magalhães INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2014 3.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga a informação relativa à prova de Equivalência

Leia mais

COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM?

COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM? COMO SERÁ ELABORADA A PROPOSTA DE TEMA PARA A REDAÇÃO DO ENEM? A proposta para a redação do Enem é elaborada de forma a possibilitar que os participantes, a partir dos subsídios oferecidos, realizem uma

Leia mais

Na Internet Gramática: atividades

Na Internet Gramática: atividades Na Internet Gramática: atividades Dica: Antes de fazer as atividades abaixo, leia os documentos Modo subjuntivo geral e Presente do subjuntivo, no Banco de Gramática. 1. No trecho a seguir, extraído da

Leia mais

COLETÂNEA CONTINUA...

COLETÂNEA CONTINUA... Natal, 05 de abril de 2011 PROVA DE REDAÇÃO A prova de redação apresenta uma proposta de construção textual: uma CARTA ABERTA. Com a finalidade de auxiliá-lo(a) na compreensão prévia da temática em foco,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA Módulo Geral

LÍNGUA PORTUGUESA Módulo Geral Módulo Geral CONCURSO: Ministério do Trabalho e Emprego CARGO: Auditor-Fiscal do Trabalho PROFESSOR: Pablo Jamilk Este curso é protegido por direitos autorais (copyright), nos termos da Lei n.º 9.610/1998,

Leia mais

PONTUAÇÃO: é preciso saber usar a vírgula!

PONTUAÇÃO: é preciso saber usar a vírgula! PONTUAÇÃO: é preciso saber usar a vírgula! Bete Masini A pontuação é, sem dúvida, um dos principais elementos coesivos do nosso texto. Certamente, não podemos crer no que muitos já falaram (e ainda falam):

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

Cadernos do CNLF, Vol. XIII, Nº 04

Cadernos do CNLF, Vol. XIII, Nº 04 A INTERCULTURALIDADE E SEUS REFLEXOS NA PRODUÇÃO DE TEXTOS DE ALUNOS DESCENDENTES DE POMERANOS Tatiani Ramos (UFES) tateletras@yahoo.com.br INTRODUÇÃO Segundo Costa Val (1997), o texto é uma unidade de

Leia mais

Sumário. Parte I As exigências básicas das provas discursivas

Sumário. Parte I As exigências básicas das provas discursivas Sumário Prefácio à 2 a edição, revista e atualizada Apresentação XVII XXI Parte I As exigências básicas das provas discursivas Introdução 2 I. Itens mais gerais estipulados pelas bancas 2 II. Dois editais

Leia mais

OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM

OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM Disciplina Curso Profª Série REDACÃO Ensino Médio Silvia Zanutto 3º Lembre-se: ESTUDO APROVAÇÃO SUCESSO OS CRITÉRIOS DE CORREÇÃO para a REDAÇÃO do ENEM Aluno,LEIA COM ATENÇÃO! Na redação, o ENEM avalia

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO Inscrição: 15602625057-3 (Liminar) - MANTIDA de dissertação, cujos critérios de análise estavam descritos no edital de abertura que rege

Leia mais

Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota.

Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota. Avaliação da redação Professor 1 Uma análise apurada da redação feita pela estudante Bianca Peixoto Pinheiro Lucena no Enem 2011 aponta para um erro grave na atribuição da nota. Para perceber isso, basta

Leia mais

P2CEM. Pesquisa 2015/1. Elaboração de trabalho escrito. Profa. Dra. Zélia Soares Macedo Departamento de Física

P2CEM. Pesquisa 2015/1. Elaboração de trabalho escrito. Profa. Dra. Zélia Soares Macedo Departamento de Física P2CEM Pesquisa 2015/1 Elaboração de trabalho escrito Profa. Dra. Zélia Soares Macedo Departamento de Física Tipos de trabalho escrito: - monografia (1º semestre); - projeto (1º ou 2º semestre); - relatório

Leia mais

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira

Como criar. um artigo. em 1h ou menos. Por Natanael Oliveira Como criar um artigo em 1h ou menos Por Natanael Oliveira 1 Como escrever um artigo em 1h ou menos Primeira parte do Texto: Gancho Inicie o texto com perguntas ou promessas, algo que prenda atenção do

Leia mais

EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º

EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º EXAME DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA PORTUGUESA CURSO DE DIREITO - 2014 EDITAL N.º /2013 O Reitor do Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto

Leia mais

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR RESENHA Neste capítulo, vamos falar acerca do gênero textual denominado resenha. Talvez você já tenha lido ou elaborado resenhas de diferentes tipos de textos, nas mais diversas situações de produção.

Leia mais

Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação

Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação Módulo 6 Parte 4.2 A aula que queremos dar Redação Redação 1 o ou 2 o ano médio Tema: Corrigir uma redação Aula:! Olá, seja bem-vindo a Educare, meu nome é Professor Roberto e estou aqui para ajudá-lo.

Leia mais

INGLÊS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA. 1. Objeto de avaliação. 2. Caracterização da prova. Prova 06 2015. 2º Ciclo do Ensino Básico

INGLÊS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA. 1. Objeto de avaliação. 2. Caracterização da prova. Prova 06 2015. 2º Ciclo do Ensino Básico AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA CAPARICA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 06 2015 2º Ciclo do Ensino Básico O presente documento visa divulgar as características do Exame de Equivalência

Leia mais

CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PLANO DE TRABALHO ELABORAÇÃO: JOSIANE DE LIMA GÊNERO: Notícia PERÍODO APROXIMADAMENTE: 4º Ano CONTEÚDOS OBJETIVOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - Ritmo, fluência e entonação na leitura; - Apreensão das ideias

Leia mais

O ATO DE ESTUDAR 1. (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.)

O ATO DE ESTUDAR 1. (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.) O ATO DE ESTUDAR 1 (Apresentação a partir do texto de Paulo Freire.) Paulo Freire, educador da atualidade, aponta a necessidade de se fazer uma prévia reflexão sobre o sentido do estudo. Segundo suas palavras:

Leia mais

César Frade Finanças Aula 02

César Frade Finanças Aula 02 César Frade Finanças Aula 02 Olá Pessoal. Estamos nós aqui mais uma vez para tentar entender essa matéria. Concordo que a sua compreensão não é das mais fáceis, mas vocês terão que concordar comigo que

Leia mais

Laptop Piano X. Manual do Usuário CÓD. 3103

Laptop Piano X. Manual do Usuário CÓD. 3103 LaptopianoXuxa-Pag.qxd 20.06.07 11:31 Page 1 Laptop Piano X Manual do Usuário CÓD. 3103 LaptopianoXuxa-Pag.qxd 20.06.07 11:32 Page 2 Caros Pais, Nós, da Candide, sempre pensamos em um brinquedo seguro

Leia mais

Guia do Professor / Vozes da Cidade / Conhecendo.../ Eduardo Guimarães. Conhecendo a Cidade

Guia do Professor / Vozes da Cidade / Conhecendo.../ Eduardo Guimarães. Conhecendo a Cidade Guia do Professor / Vozes da Cidade / Conhecendo.../ Eduardo Guimarães 1 Guia do Professor Episódio Conhecendo a Cidade Programa Vozes da Cidade Apresentação Como já vimos nos trabalhos desenvolvidos para

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. HERNÂNI CIDADE INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA)

AGRUPAMENTO VERTICAL DE REDONDO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. HERNÂNI CIDADE INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) INFORMAÇÃO- PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA (ORAL E ESCRITA) 1. INTRODUÇÃO ENSINO BÁSICO 2ºCICLO O presente documento visa divulgar as características do Exame de Equivalência à Frequência Escrita e

Leia mais

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA MARÇO 2013 Expectativas de Aprendizagem de Língua Portuguesa dos anos iniciais do Ensino Fundamental 1º ao 5º ano Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º

Leia mais

*MÓDULO 1* *MÓDULO 2* *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM*

*MÓDULO 1* *MÓDULO 2* *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM* *MÓDULO 1* Redação 1 Resposta pessoal. Redação 2 Resposta pessoal. *MÓDULO 2* Atividade 1 Resposta pessoal. Atividade 2 Resposta pessoal. Atividade 3 Resposta pessoal. *MATRIZ DE COMPETÊNCIAS PARA A REDAÇÃO

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS 2015 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova

Leia mais

Atividade - Sequência Conrado Adolpho

Atividade - Sequência Conrado Adolpho Atividade - Sequência Conrado Adolpho Agora, eu quero lhe apresentar os 6 e-mails do conrado adolpho para vender o 8ps. Quero que você leia está sequência com muita atenção e, depois, responda às provocações

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 29 Discurso na cerimónia de premiação

Leia mais

Oficina inaugural sobre o texto dissertativo-argumentativo

Oficina inaugural sobre o texto dissertativo-argumentativo Caro Monitor, Oficina inaugural sobre o texto dissertativo-argumentativo Esta oficina tem como objetivo geral favorecer o primeiro contato do aluno da EJA Ensino Médio com o tipo textual que será exigido

Leia mais

Por isso, é com grande satisfação que a equipe Emagis traz a público essa entrevista. Confira!

Por isso, é com grande satisfação que a equipe Emagis traz a público essa entrevista. Confira! Prestes a completar 30 anos de idade e 04 anos de magistratura federal, um dos juízes federais mais novos do Brasil, o Prof. Flávio Marcelo Sérvio Borges nos fala sobre a sua vitoriosa trajetória no mundo

Leia mais

Conversando com os pais

Conversando com os pais Conversando com os pais Motivos para falar sobre esse assunto, em casa, com os filhos 1. A criança mais informada, e de forma correta, terá mais chances de saber lidar com sua sexualidade e, no futuro,

Leia mais

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA 1 Prezado(a) aluno(a), Este roteiro foi preparado para auxiliá-lo na elaboração de sua monografia (TCC). Ele o apoiará na estruturação das etapas do seu trabalho de maneira

Leia mais

Equações do primeiro grau

Equações do primeiro grau Módulo 1 Unidade 3 Equações do primeiro grau Para início de conversa... Você tem um telefone celular ou conhece alguém que tenha? Você sabia que o telefone celular é um dos meios de comunicação que mais

Leia mais

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG

VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG VALORES CULTURAIS (INDÍGENAS) KAINGANG Um cacique kaingang, meu amigo, me escreveu pedindo sugestões para desenvolver, no Dia do Índio, o seguinte tema em uma palestra: "Os Valores Culturais da Etnia Kaingáng".

Leia mais

Análise do Edital ISS Salvador 2014

Análise do Edital ISS Salvador 2014 Análise do Edital ISS Salvador 2014 Olá amigos concurseiros, É com um carinho mais que especial que divulgo que no dia 15/09/2014) saiu uma BOMBA NORDESTINA, ou seja, o concurso para Auditor Fiscal do

Leia mais

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com 1 Distribuição Gratuita. Este e-book em hipótese alguma deve ser comercializado ou ter seu conteúdo modificado. Nenhuma parte deste e-book pode ser reproduzida ou transmitida sem o consentimento prévio

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. Informação Agrupamento de Escolas de Samora Correia Data: Maio 2012 Escola E. B. 2,3 Prof. João Fernandes Pratas Exame de Equivalência à Frequência de Inglês 2º Ciclo - 6.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Aula 09 ELEMENTOS ESTRUTURAIS DO TEXTO

Aula 09 ELEMENTOS ESTRUTURAIS DO TEXTO Aula 09 ELEMENTOS ESTRUTURAIS DO TEXTO Olá, assistiu ao filme sugerido na aula passada?? Espero que tenha gostado, pois ele é um clássico do cinema. Quanto mais lemos percebemos que temos muito ainda para

Leia mais

Tutorial Novo Sistema de Negociação da Ligamagic

Tutorial Novo Sistema de Negociação da Ligamagic Tutorial Novo Sistema de Negociação da Ligamagic Índice (ctrl+f + código do item para localizar) Introdução [RF201] Painel de Negociações [RF202] Painel de Referências [RF203] Começando uma Negociação

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Instrutora: Aneliese Nascimento

ELABORAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS. Instrutora: Aneliese Nascimento Instrutora: Aneliese Nascimento O QUE É UM PROJETO? 4 Instrumento de comunicação. 4 Instrumento de intervenção em um ambiente ou situação para mudanças. 4 Instrumento para fazer algo inovador. O QUE DEVE

Leia mais

REDAÇÃO PARA VESTIBULAR

REDAÇÃO PARA VESTIBULAR REDAÇÃO PARA VESTIBULAR A principal técnica de redação utilizada é sem dúvida a dissertação. Na realidade nós fazemos dissertação todos os nossos dias, quando procuramos soluções para nossos problemas,

Leia mais

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Código 102 CADERNO 1 PROVA DISSERTATIVA

ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Código 102 CADERNO 1 PROVA DISSERTATIVA CONCURSO PÚBLICO Edital n. 01/2008-CMBH ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Código 102 CADERNO 1 PROVA DISSERTATIVA ATENÇÃO Leia as instruções deste Caderno. Elas fazem parte da sua prova 1. Este caderno

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações

Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senador Pedro Taques Discurso Manifestações Senhor presidente, Senhoras senadoras, senhores senadores Amigos das redes sociais que também estão nas ruas Estamos em época de competição de futebol. Nosso

Leia mais

OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO

OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO Ano: 3º ANO Disciplina: História Professor Responsável: Wladson Quiozine OBJETIVOS 3º TRIMESTRE ENSINO MÉDIO 1. Retomar os aspectos essenciais do conteúdo programático da disciplina de História do Ensino

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE PIO XII REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ( 6º PERÍODO/2013-7º PERÍODO/2014-8º PERÍODO/2014 ) Cariacica 2013/2014 FACULDADE DE ESTUDOS

Leia mais

Segredos da Redação Nota Mil

Segredos da Redação Nota Mil Lucas Martins Segredos da Redação Nota Mil Aprenda Como Utilizar Meu Método Testado e Aprovado e Aumente Suas Chances de Uma Boa Nota Índice Introdução... 5 Bem-vindo!... 5 Quem sou eu... 6 Por que você

Leia mais

Edital Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos 2008/2009

Edital Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos 2008/2009 Edital Provas Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior para Maiores de 23 Anos 2008/2009 1. Curso Encontram-se abertas inscrições para a realização das provas especiais de acesso e ingresso nos

Leia mais

AULA DEMONSTRATIVA. Concurso: Ministério do Trabalho Cargo: Auditor Fiscal do Trabalho Matéria: Redação Professor: Del Lima

AULA DEMONSTRATIVA. Concurso: Ministério do Trabalho Cargo: Auditor Fiscal do Trabalho Matéria: Redação Professor: Del Lima AULA DEMONSTRATIVA 1. APRESENTAÇÃO... 2 1.1. SOBRE O CURSO... 3 1.2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 4 2. CRONOGRAMA... 5 3. O CONCURSO... 6 4. O PLANEJAMENTO... 6 5. OS ELEMENTOS DO TEXTO I... 9 6. QUESTÃO

Leia mais

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br

Por Carol Alvarenga, em 17 de junho de 2014, 15h Esquemaria.com.br Esquemaria.com.br / Dicas de estudos / 4 mitos sobre estudos: saiba mais como evitar estes erros Talvez você conheça estes mitos sobre estudos, mas você sabe a verdade por trás deles? Hoje eu trago um

Leia mais

Especial TRT-MG. Prova discursiva da FCC: o que saber sobre questões, bancas, grades de respostas etc.

Especial TRT-MG. Prova discursiva da FCC: o que saber sobre questões, bancas, grades de respostas etc. Especial TRT-MG Prova discursiva da FCC: o que saber sobre questões, bancas, grades de respostas etc. Olá, candidatos! Mais uma vez digo que é um prazer escrever sobre as discursivas da Fundação Carlos

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. INSTRUÇÃO: Responder às questões 21 a 26 com base no texto 1. TEXTO 1

LÍNGUA PORTUGUESA. INSTRUÇÃO: Responder às questões 21 a 26 com base no texto 1. TEXTO 1 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUÇÃO: Responder às questões 21 a 26 com

Leia mais

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18).

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18). SUGESTÕES PARA O APROVEITAMENTO DO JORNAL ESCOLAR EM SALA DE AULA 1ª a 5ª série A cultura escrita diz respeito às ações, valores, procedimentos e instrumentos que constituem o mundo letrado. Esse processo

Leia mais

Como contratar de forma eficaz

Como contratar de forma eficaz Como contratar de forma eficaz Todos nós, de uma forma ou de outra, somos imperfeitos. Mesmo assim, procuramos contratar as pessoas perfeitas. A Robert Half fornece profissionais altamente qualificados

Leia mais

O Texto Dissertativo. Redação 07/07/2015. Enem 15 Semanas. A organização discursiva do texto

O Texto Dissertativo. Redação 07/07/2015. Enem 15 Semanas. A organização discursiva do texto O Texto Dissertativo A organização discursiva do texto Nas aulas de redação do Ensino Fundamental, você deve ter aprendido que existem três modalidades chamadas clássicas de organização discursiva de um

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS

Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS Informação Prova de Equivalência à Frequência da disciplina de FRANCÊS Prova 16 2015 3º Ciclo do Ensino Básico Despacho normativo n.º 6-A/2015 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

Como estudar jurisprudência visando à preparação para concursos públicos

Como estudar jurisprudência visando à preparação para concursos públicos Como estudar jurisprudência visando à preparação para concursos públicos Uma grande dúvida dos candidatos acerca da sistematização da preparação para concursos públicos diz respeito a como estudar jurisprudência

Leia mais

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior

Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior Exercícios para estabelecer o contato com a nossa criança interior C omo este é o mês das crianças, decidi propor para aqueles que estão em busca de autoconhecimento, alguns exercícios que ajudam a entrar

Leia mais

PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA

PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA PROPOSTA DE AÇÃO Sensibilizar os professores sobre a importância de incentivar seus alunos a participarem do Concurso

Leia mais

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira

Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira 1º CURSO DE REDAÇÃO Ministrantes: Aline Brancate e Josiene Duarte/ Luana Dantas e Stella Oliveira Programa de Educação Tutorial Ciência, Tecnologia e Inovação Grupo PET- CTI pet-grupocti@ufabc.edu.br GRUPO

Leia mais

O Livro de informática do Menino Maluquinho

O Livro de informática do Menino Maluquinho Coleção ABCD - Lição 1 Lição 1 O Livro de informática do Menino Maluquinho 1 2 3 4 5 6 7 8 Algumas dicas para escrever e-mails: 1. Aprender português. Não adianta fi car orgulhoso por mandar um e-mail

Leia mais

Texto 4 Composição em prosa não literária

Texto 4 Composição em prosa não literária Curso de Redação: Do texto ao texto Professora: Maria Aparecida Araújo Texto 4 Composição em prosa não literária Conteúdo Descrição Narração Dissertação Bibliografia: 1. CARNEIRO, Agostinho Dias: Redação

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO PLANO DE ENSINO. Modalidade de Ensino: Componente Curricular: Comunicação e Linguagem

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO PLANO DE ENSINO. Modalidade de Ensino: Componente Curricular: Comunicação e Linguagem 1 IDENTIFICAÇÃO Curso: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Licenciatura em Química Componente Curricular: Comunicação e Linguagem PLANO DE ENSINO Modalidade de Ensino: Superior

Leia mais

FORMAÇÃO IDEOLÓGICA: O CONCEITO BASILAR E O AVANÇO DA TEORIA

FORMAÇÃO IDEOLÓGICA: O CONCEITO BASILAR E O AVANÇO DA TEORIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL IV SEAD - SEMINÁRIO DE ESTUDOS EM ANÁLISE DO DISCURSO 1969-2009: Memória e história na/da Análise do Discurso Porto Alegre, de 10 a 13 de novembro de 2009 FORMAÇÃO

Leia mais

Cruzeiro do Sul e o Sul

Cruzeiro do Sul e o Sul Atividade de Aprendizagem 17 Cruzeiro do Sul e o Sul Eixo(s) temático(s) Terra e universo Tema Estrelas / constelações / galáxias Conteúdos Constelações / pontos cardeais Usos / objetivos Problematização

Leia mais

Primeiro Segmento equivalente à alfabetização e às quatro primeiras séries do Ensino Fundamental (1ª à 4ª série).

Primeiro Segmento equivalente à alfabetização e às quatro primeiras séries do Ensino Fundamental (1ª à 4ª série). INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A EJA 1- Você se matriculou em um CURSO DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA). Esse curso tem a equivalência do Ensino Fundamental. As pessoas que estudam na EJA procuram um curso

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA LOGOTIPO MACMILLAN BRASIL Utilização colorido; preto/branco e negativo Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 11 Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido

Leia mais

Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal.

Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal. 1. A legenda mais apropriada para a charge é: A poluição é uma arma que pode matar. Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal. 02.

Leia mais

Vamos prosseguir na nossa caminhada rumo à invasão ao serviço público?

Vamos prosseguir na nossa caminhada rumo à invasão ao serviço público? Olá guerreiros e guerreiras, Tudo bem com vocês? Aqui é o Prof. Carlos Pereira falando. Vamos prosseguir na nossa caminhada rumo à invasão ao serviço público? Amigos, dando prosseguimento ao Projeto de

Leia mais

Conhecendo um pouco de matrizes e determinantes

Conhecendo um pouco de matrizes e determinantes Módulo 3 Unidade 29 Conhecendo um pouco de matrizes e determinantes Para início de conversa... Frequentemente em jornais, revistas e também na Internet encontramos informações numéricas organizadas na

Leia mais

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara 100 FRASES para um dia mais feliz de Ana Flávia Miziara Você está alegre? A vida está sorrindo para você? Você se lembrou de sorrir hoje? Lembre-se que a alegria é a fartura da vida e da mente. A vida

Leia mais

Normas para elaboração de trabalhos escolares

Normas para elaboração de trabalhos escolares Normas para elaboração de trabalhos escolares Ensino Fundamental 8 os e 9 os anos Ensino Médio fevereiro/2012 O que é um trabalho escolar? É uma atividade relacionada a um tema ou assunto sobre o conteúdo

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome: Nº 2 a. Série Data: / /2015 Professores: Gabriel e Marcelo Nota: (valor: 1,0) 3º bimestre de 2015 A - Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES

ORIENTAÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES ORIENTAÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES Ao organizar um trabalho escolar é necessário que algumas normas sejam observadas pelo aluno. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) encarrega-se

Leia mais

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock

Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock Entrevista com Entrevista com Max Matta, vocalista da banda Caps Lock POUCA E BOAS DA MARI - Max, você, o Sté e o Carlinhos tocam juntos desde 2003. Em 2005, o Thiago entrou na banda, foi quando surgiu

Leia mais