PARECER Nº 223/2008/GETRI/CRE/SEFIN

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARECER Nº 223/2008/GETRI/CRE/SEFIN"

Transcrição

1 Interessado:Telma Marta Lemke Silva Espólio: Floriano Lemke Inventariante: Telma Marta Lemke Silva Assunto: ITCD. PARECER Nº 223/2008/GETRI/CRE/SEFIN Ementa: ITCD. Pagamento maior que o devido. Restituição. Hipótese cabível. 1. Do Pedido: Trata-se de pedido de restituição do Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doações de Quaisquer Bens ou Direitos ITCD em face do pagamento em duplicidade. O imposto tem como fato gerador a abertura da sucessão de Floriano Lemke, falecido em 21 de agosto de 2007, e foi lançado em nome da inventariante e herdeira Telma Marta Lemke Silva. 2. Dos Fatos: A inventariante requereu o lançamento provisório do imposto antes da conclusão do processo de avaliação dos bens a fim de não incorrer na multa pelo pagamento após o prazo previsto na legislação estadual. O pedido, interposto junto a agência de rendas de Pimenta Bueno, foi deferido gerando o Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais DARE, no valor de 1.683,19 (Hum Mil, Seiscentos e Oitenta e Três Reais e Dezenove Centavos), pago em 19 de outubro de 2007, conforme comprovante anexado ao processo às fls

2 Avaliação final dos bens foi concluída no dia 24 de outubro de 2007, conforme cópia do relatório fiscal anexado às fls. 07, e apontou um imposto devido de 1.076,59 (Hum Mil, Setenta e Seis Reais e Cinqüenta e Nove Centavos) com vencimento em 30/09/2007. A Procuradoria Geral do Estado, regional de Cacoal, manifestou sua concordância com os valores da avaliação expressos no relatório fiscal através do ofício nº 408/PRC/PGE, datado de 29 de outubro de 2007, cuja cópia foi anexada às fls 06. O imposto devido, acrescido da multa e juros moratórios, gerou um lançamento de 1.205,77 (Hum Mil, Duzentos e Cinco Reais e Setenta e Sete Centavos), devidamente recolhido ao Tesouro Estadual na data de 03 de dezembro de 2007, cuja cópia do pagamento encontra-se arquivado às fls. 05. Na data de 14 de maio de 2008 foi exarado um despacho, anexado às fls. 13, por este parecerista no sentido de ser esclarecido se o imóvel objeto da herança se constitui em terreno ou se trata de construção residencial e se a inventariante é a viúva-meeira ou herdeira. Em resposta ao despacho o auditor-fiscal, às fls. 14, esclarece retifica o endereço do imóvel e diz tratar de uma construção residencial em madeira, com 24 m2 de área construída e em péssimo estado de conservação além de esclarecer que a inventariante é herdeira e não viúva-meeira e apensa ao processo de restituição o processo original de avaliação dos bens para fins de ITCD protocolado sob nº. 2828/07 de na agência de rendas de Pimenta Bueno. 3. Da Análise Jurídica: 3.1 Legislação aplicável: A restituição do ITCD está previsto na Lei nº. 959, de 28 de dezembro de 2000, em seu artigo 13, que diz in verbis : Art. 13 O sujeito passivo tem direito à restituição total ou parcial do ITCD quando: I ocorrer pagamento indevido ou maior que o devido; 2

3 A definição de sujeito passivo é dado pelo artigo 121 do CTN: Art. 121 Sujeito passivo da obrigação principal é a pessoa obrigada ao pagamento de tributo ou da penalidade pecuniária. Parágrafo único. O sujeito passivo da obrigação principal diz-se: I contribuinte, quando tenha relação pessoal e direta com a situação que constitua o respectivo fato gerador; II responsável, quando sem revestir a condição de contribuinte, sua obrigação decorra de disposição expressa de lei. 3.2 Quanto ao contribuinte ou responsável pelo pagamento do imposto: O artigo 8º da Lei nº 959/2000 dispõe sobre o contribuinte e responsabilidade solidária da seguinte forma: Art.85º O contribuinte do imposto é: I o herdeiro ou legatário, no caso de transmissão causa mortis ; 3.3 A solidariedade tributária na Lei Estadual 959/2000: A Lei Estadual do ITCD sobre a solidariedade tributária na seguinte forma: Art. 9 São solidariamente obrigados pelo pagamento do ITCD devido pelo contribuinte ou responsável: IV o inventariante ou o testamenteiro em relação aos atos que praticarem; 4. DA CONCLUSÃO: 3

4 Os bens que compõem a herança foram avaliados pela Fazenda Estadual em 24 de outubro de 2007, no seguinte montante, a teor do relatório fiscal anexado às fls. 07 e 08: Descrição do bem Valor de avaliação Valor da meação Valor da herança Pelo Tesouro Estadual Em (base de cálculo) em imóvel rural, lote 55, gleba 03, projeto fundiário Corumbiana, localizado em Pimenta Bueno, RO Em , , ,30 Imóvel urbano, lote 014, quadra 007, St. 001, com 360 m2, localizado na Rua Pedro Simplíssio da Mota nº 125, em Pimenta Bueno, RO , , ,00 Valor Total em , , ,30 Valor em UPF/RO 3.180, , ,2304 Alíquota aplicável: 2% Imposto devido em Multa de Mora em Juros de Mora em Total a recolher em 1.076,59 107,65 21, ,77 4

5 Total a recolher em UPF/RO 35,6209 Valores pagos pela inventariante: Data Valor em Valor em UPF/RO 19/10/ ,19 49, /12/ ,77 35,6209 Total Pago 2.888,96 85,3458 Diferença apurada: Valor devido 1.205,77 35,6209 UPF/RO Valor pago 2.888,96 85,3458 UPF/RO Valor a restituir 1.683,19 49,7249 UPF/RO Os pagamentos efetuados foram devidamente registrados no SITAFE, conforme consta no relatório extraído em 16/06/2008, que arquivamos ao presente processo às fls A viúva-meeira na sua condição de inventariante e, portanto, solidária com os contribuintes, supre a condição de legitimidade para requerer a restituição do imposto pago a maior. Em reforço a idéia acima da legitimidade da inventariante em requerer a devolução, é que no DARE consta ela como contribuinte; não sendo enquadrada como tal, mais razão assiste na devolução pleiteada em face do pagamento indevido. Concluindo, sou favorável à restituição da quantia pago a maior em espécie, devidamente corrigida, de 49,7249 UPF/RO equivalente nesta data a 1.794,07 (Hum Mil, Setecentos e Noventa e Quatro Reais e Sete Centavos). É o parecer. À consideração superior. Porto Velho, 16 de junho de

6 Renato Sá Britto Gonzalez Mário Jorge de Almeida Rebelo Auditor Fiscal de Tributos Estaduais Auditor Fiscal de Tributos Estaduais Parecerista Chefe do Grupo de Consultoria Daniel Antonio de Castro Ciro Muneo Funada Auditor Fiscal de Tributos Estaduais Auditor Fiscal de Tributos Estaduais Gerente de Tributação Coordenador-Geral da Receita Estadual 6

5º REVOGADO. 6º REVOGADO. 7º REVOGADO. 8º REVOGADO. 9º REVOGADO.

5º REVOGADO. 6º REVOGADO. 7º REVOGADO. 8º REVOGADO. 9º REVOGADO. CAPÍTULO II DO PARCELAMENTO DE DÉBITO Art. 163. O débito decorrente da falta de recolhimento de tributos municipais poderá ser pago em até 96 (noventa e seis) parcelas mensais e sucessivas, observado o

Leia mais

ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 29/11/2011

ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 29/11/2011 ARQUIVO ATUALIZADO ATÉ 29/11/2011 Recolhimento Espontâneo 001 Quais os acréscimos legais que incidirão no caso de pagamento espontâneo de imposto ou contribuição administrado pela Secretaria da Receita

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS MAGALI COSTA CONS. HILTON PAIVA DE MACÊDO RELATÓRIO

ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS MAGALI COSTA CONS. HILTON PAIVA DE MACÊDO RELATÓRIO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS Nº DE ORDEM I T C D O. S. RECURSO RECORRENTE RECORRIDO RELATOR 0099/2013-CRF 2342/2012-1ª URT EX OFFICIO MAGALI COSTA CONS. HILTON PAIVA DE MACÊDO

Leia mais

MINUTA LEI ANISTIA / LEI Nº 16.943

MINUTA LEI ANISTIA / LEI Nº 16.943 MINUTA LEI ANISTIA / LEI Nº 16.943 Dispõe sobre a concessão de redução na multa e no juros de mora no pagamento de crédito tributário do ICMS nas situações que especifica. A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS CONSELHO MUNICIPAL DE TRIBUTOS RELATÓRIO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS CONSELHO MUNICIPAL DE TRIBUTOS RELATÓRIO DECISÃO PARADIGMÁTICA NÚMERO 1.000.013 Folha 1 / 10 RELATÓRIO Trata-se de Recurso Ordinário tempestivamente interposto em face do despacho de 1ª instância administrativa, que indeferiu a impugnação do

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 17 DE SETEMBRO DE 2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 17 DE SETEMBRO DE 2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 24, DE 17 DE SETEMBRO DE 2007 Publicada no DOE(Pa) de 19.09.07. Retificação no DOE(Pa) de 25.09.07. Institui a Declaração de Bens e Direitos, relativa ao Imposto sobre Transmissão

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.116/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 16.000299110-91 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.116/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 16.000299110-91 Impugnação: 40. Acórdão: 20.116/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 16.000299110-91 Impugnação: 40.010127343-31 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA José Nicolau Hein CPF: 011.127.406-00 Lucila de Oliveira Carvalho/Outro(s)

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA 1 LEI Nº 959, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2000. Publicado no DOE 4646-28/12/2000 Institui o Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos - ITCD. O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA:

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos MEDIDA PROVISÓRIA Nº 303, DE 29 DE JUNHO DE 2006. Sem eficácia Texto para impressão Dispõe sobre parcelamento de débitos junto à Secretaria

Leia mais

Responsabilidade Tributária: Na Sucessão Empresarial, na Dissolução Irregular e na Substituição Tributária. Marcelo Campos

Responsabilidade Tributária: Na Sucessão Empresarial, na Dissolução Irregular e na Substituição Tributária. Marcelo Campos Responsabilidade Tributária: Na Sucessão Empresarial, na Dissolução Irregular e na Substituição Tributária Marcelo Campos Responsabilidade Tributária Art. 121. Sujeito passivo da obrigação principal é

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO GETRI

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO GETRI 1 Interessado: 6ª DRRE/ARIQUEMES. EMENTA: Diferencial de alíquota. Bens do ativo fixo. Produtor rural. Leasing. Incidência do ICMS na opção de compra. 1. DO RELATÓRIO: A 6ª DRRE, com suporte no disposto

Leia mais

LEI Nº 14.505, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009

LEI Nº 14.505, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009 ESTADO DO CEARÁ LEI Nº 14.505, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2009 Publicada no DOE em 19/11/2009. O GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ. DISPÕE SOBRE A REMISSÃO, A ANISTIA E A TRANSAÇÃO DE CRÉDITOS TRIBUTÁRIOS RELACIONADOS

Leia mais

IR/ PESSOAS FÍSICAS GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE BENS OU DIRIEITOS

IR/ PESSOAS FÍSICAS GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE BENS OU DIRIEITOS IR/ PESSOAS FÍSICAS GANHO DE CAPITAL NA ALIENAÇÃO DE BENS OU DIRIEITOS Nesta edição, a Asscontas traz esclarecimentos acerca do cálculo e da incidência do Imposto de Renda sobre o ganho de capital auferido

Leia mais

DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE

DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE 1 SIMPLES NITERÓI. Lei nº 2115 de 22 de dezembro 2003. A Câmara Municipal de Niterói decreta e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Fica instituído, na forma

Leia mais

c Publicada no DOU de 16-12-2004.

c Publicada no DOU de 16-12-2004. LEI N o 10.999, de 15 DE DEZEMBRO DE 2004 Autoriza a revisão dos benefícios previdenciários concedidos com data de início posterior a fevereiro de 1994 e o pagamento dos valores atrasados nas condições

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO Assunto : Consulta PARECER Nº. 195/2007/GETRI/CRE/SEFIN EMENTA: consulta alteração de termo de depositário de mercadorias e bens competência primária do auditor fiscal autuante. O Gerente de Tributação

Leia mais

DECRETO Nº 2.525, DE 4 DE SETEMBRO DE 2014 - Institui o Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Estadual REFAZ e dá outras providências.

DECRETO Nº 2.525, DE 4 DE SETEMBRO DE 2014 - Institui o Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Estadual REFAZ e dá outras providências. DECRETO Nº 2.525, DE 4 DE SETEMBRO DE 2014 - Institui o Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Estadual REFAZ e dá outras providências. EMENTA: Concede parcelamento de débitos fiscais com anistia

Leia mais

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012

SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM SC - Inclusões e Exclusão de Produtos no Regime a partir de 1º.02.2012 e 1º.03.2012 Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 21.03.2012. Sumário: 1 - INTRODUÇÃO 2

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 72 - Data 31 de dezembro de 2013 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA RETIDO NA FONTE - IRRF Sendo o cancelamento

Leia mais

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro

CAPÍTULO I DA CARREIRA Seção I Disposições iniciais. Seção II Do quadro LEI COMPLEMENTAR Nº 442, de 13 de maio de 2009 Procedência Governamental Natureza PLC/0006.2/2009 DO. 18.604 de 14/05/2009 *Alterada pela LC 534/11 *Ver Lei LC 534/11 (art. 72) *Regulamentada pelo Dec.

Leia mais

CONCEITO DE RENDA DO PONTO DE VISTA JURÍDICO-TRIBUTÁRIO, PRESSUPÕE SER RENDA;

CONCEITO DE RENDA DO PONTO DE VISTA JURÍDICO-TRIBUTÁRIO, PRESSUPÕE SER RENDA; DOS IMPOSTOS (CONTINUAÇÃO) IMPOSTO SOBRE RENDA E PROVENTOS DE QUALQUER NATUREZA ENCONTRA-SE PREVISTO NO ARTIGO 153, INCISO III, DA C.F.. CONCEITO DE RENDA DO PONTO DE VISTA JURÍDICO-TRIBUTÁRIO, PRESSUPÕE

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.693/15/3ª Rito:Sumário PTA/AI: 16.000556146-19 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.693/15/3ª Rito:Sumário PTA/AI: 16.000556146-19 Impugnação: 40. Acórdão: 21.693/15/3ª Rito:Sumário PTA/AI: 16.000556146-19 Impugnação: 40.010136659-10 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Emerson Simon Vilella CPF: 033.831.356-75 João Baptista de Paula DF/Ubá

Leia mais

GOVERNO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO

GOVERNO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO Assunto : Consulta Simples Nacional e Combustíveis - Operações diversas. EMENTA: CONSULTA SIMPLES NACIONAL E COMBUSTÍVEIS OPERAÇÕES DIVERSAS. 1. RELATÓRIO: O contribuinte acima qualificado solicita orientação

Leia mais

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV,

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV, DECRETO Nº 5218 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. EMENTA: Regulamenta os procedimentos de declaração, avaliação, emissão de guias de recolhimento, processo de arbitramento e a instauração do contencioso fiscal

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fl. 23 Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta Interna nº 10 - Data 5 de junho de 2014 Origem DELEGACIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL EM PRESIDENTE PRUDENTE (DRF/PPE) ASSUNTO: IMPOSTO

Leia mais

PARECER Nº 181/05/GETRI/CRE/SEFIN

PARECER Nº 181/05/GETRI/CRE/SEFIN PARECER Nº 181/05/GETRI/CRE/SEFIN SÚMULA: DECADÊNCIA DO DIREITO DO FISCO ESTADUAL CONSTITUIR O CRÉDITO TRIBUTÁRIO. LANÇAMENTO FEITO ATRAVÉS DE AUTO DE INFRAÇÃO JULGADO INSUBSISTENTE POR FALTA DE FORMALIDADE

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA LEI Nº 2228, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2009. PUBLICADA NO DOE Nº1396, DE 28.12.09 Altera, acrescenta e revoga dispositivos da Lei nº 959, de 28 de dezembro de 2000. O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA: Faço

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO nº : 49116/16/03/2010 1/SET. NÚMERO DE ORDEM : 0148/2011-CRF. PAT Nº 0099/2010-1ª URT. RECORRENTE : DAITEC EQUIPAMENTOS PARA ESCRITÓRIO LIMITADA.

Leia mais

http://devel.americana.sp.gov.br/americanav5/legislacao/lei_3115.html

http://devel.americana.sp.gov.br/americanav5/legislacao/lei_3115.html Page 1 of 5 LEI Nº 3.115, DE 05 DE DEZEMBRO DE 1997. Alterada pelas Leis nº 3.279, de 17/03/1999 e nº 3.611, de 26/12/2001 (Observar a Lei nº 3.502, de 26/12/2000 - Conversão dos valores expressos em unidades

Leia mais

CÓPIA. Coordenação Geral de Tributação. Relatório. Fundamentos. Solução de Consulta Interna nº 20 Cosit Data 13 de setembro de 2012 Origem

CÓPIA. Coordenação Geral de Tributação. Relatório. Fundamentos. Solução de Consulta Interna nº 20 Cosit Data 13 de setembro de 2012 Origem Fl. 11 Fls. 1 Coordenação Geral de Tributação Solução de Consulta Interna nº 20 Data 13 de setembro de 2012 Origem COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO ADMINISTRATIVO E JUDICIAL (COCAJ) Assunto: Normas

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.923/13/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000012838-29 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.923/13/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000012838-29 Impugnação: 40. Acórdão: 20.923/13/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000012838-29 Impugnação: 40.010133608-17 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Edmar Gomes de Britto CPF: 147.005.816-20 Edvardo Luz de Almeida DFT/Teófilo

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.800/10/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000002203-19 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.800/10/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000002203-19 Impugnação: 40. Acórdão: 19.800/10/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000002203-19 Impugnação: 40.010126771-67 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA José Eduardo da Fonseca Penna CPF: 203.956.126-91 César Akl Lasmar Falqueto

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.827/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000023105-36

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.827/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000023105-36 Acórdão: 20.827/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000023105-36 Impugnação: Impugnante: Autuado: Coobrigado: Origem: EMENTA 40.010138327-35 (Coob.) Darlene Silva Triginelli (Coob.) CPF: 318.345.316-91 Renato

Leia mais

Parágrafo único. O Grupo Ocupações de Fiscalização e Arrecadação OFA, criado pela Lei Complementar nº 81, de 10 de março de 1993, fica extinto.

Parágrafo único. O Grupo Ocupações de Fiscalização e Arrecadação OFA, criado pela Lei Complementar nº 81, de 10 de março de 1993, fica extinto. LEI COMPLEMENTAR Nº 189, de 17 de janeiro de 2000 Extingue e cria cargos no Quadro Único de Pessoal da Administração Direta, e adota outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA, Faço

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Determinada pessoa jurídica declarou, em formulário próprio estadual, débito de ICMS. Apesar de ter apresentado a declaração, não efetuou o recolhimento do crédito

Leia mais

GETRI PARECER Nº. 565/2014/GETRI/CRE/SEFIN

GETRI PARECER Nº. 565/2014/GETRI/CRE/SEFIN EMENTA: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS NA INCORPORAÇÃO DE EMPRESAS INCORPORADORA ASSUME TODAS AS OBRIGAÇÕES DA INCORPORADA. I. RELATÓRIO: O contribuinte, acima qualificado, nos termos do Capítulo VII do Título

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE:

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE: LEI COMPLEMENTAR Nº 21, DE 29 DE DEZEMBRO DE 1988 Institui o Imposto sobre a Transmissão causa mortis e Doação de Bens ou Direitos. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE: seguinte Lei: FAÇO SABER que o Poder

Leia mais

Carlos Roberto Occaso Subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita Federal do Brasil

Carlos Roberto Occaso Subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita Federal do Brasil Ofício nº. 071/2014 PRE Brasília, 29 de maio de 2014. Ilmo. Sr. Carlos Roberto Occaso Subsecretário de Arrecadação e Atendimento da Receita Federal do Brasil Marcelo de Melo Souza Subsecretário de Gestão

Leia mais

LEI N.º 1.427 DE 13 DE FEVEREIRO DE 1989. Alterações posteriores Lei n.º 2.052/92, Lei n.º 2.821/97, Lei n.º 3.515/00, Lei n.º 3.

LEI N.º 1.427 DE 13 DE FEVEREIRO DE 1989. Alterações posteriores Lei n.º 2.052/92, Lei n.º 2.821/97, Lei n.º 3.515/00, Lei n.º 3. Publicada no D.O.E. em 14.02.1989 LEI N.º 1.427 DE 13 DE FEVEREIRO DE 1989 Alterações posteriores Lei n.º 2.052/92, Lei n.º 2.821/97, Lei n.º 3.515/00, Lei n.º 3.663/2001 Institui o Imposto sobre Transmissão

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 6140, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2011. ALTERA OS ARTS. 54, 59, 62 E 69 DA LEI Nº 2657, DE 26 DE DEZEMBRO DE 1996, QUE DISPÕE SOBRE O IMPOSTO SOBRE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E SERVIÇOS, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS , ESTADO DO CEARÁ SECRETARIADA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS \. 1",~. - Resolução n. 01 O /03 Sessão de 09/12/02 2 a Câmara Proc.: 1/1915/01 Auto de Infração.: 1/200105680 Recorrente: SMALLBAYIND.

Leia mais

ITCMD. Perguntas mais frequentes:

ITCMD. Perguntas mais frequentes: ITCMD Perguntas mais frequentes: 1. Quando nasce a obrigação de pagar o ITCMD? O ITCMD é o imposto estadual incidente sobre a transmissão de quaisquer bens ou direitos a título gratuito (ato não oneroso).

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA ITCMD Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de quaisquer Bens ou Direitos MANUAL DO USUÁRIO 2012 O ITCMD tem como fato gerador a transmissão de bens e direitos

Leia mais

CIRCULAR Medida Provisória 252/05

CIRCULAR Medida Provisória 252/05 CIRCULAR Medida Provisória 252/05 A Medida Provisória 252/05, publicada no Diário Oficial em 16 de junho de 2005, instituiu regimes especiais de tributação, alterou parte da legislação de Imposto de Renda,

Leia mais

Especial Imposto de Renda 2015

Especial Imposto de Renda 2015 Especial Imposto de Renda 2015 01. Quais são os limites de rendimentos que obrigam (pessoa física) a apresentação da Declaração de Ajuste Anual relativa ao ano-calendário de 2014, exercício de 2015? A

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 012/2015 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.097 PROCESSO

Leia mais

Vamos lá... *** a) Artigo 168: No caso de interrupção de pagamento de débito parcelado, o saldo proporcional

Vamos lá... *** a) Artigo 168: No caso de interrupção de pagamento de débito parcelado, o saldo proporcional Olá pessoal, tudo bem? Muitos estudos? Espero que sim. Vou começar a trabalhar com vocês alguns aspectos importantes da Legislação do ICMS RJ que podem ser cobrados no próximo concurso para Auditor Fiscal

Leia mais

Considerações sobre recolhimento de imposto sobre doação de espécie nos Estados e no Distrito Federal

Considerações sobre recolhimento de imposto sobre doação de espécie nos Estados e no Distrito Federal Considerações sobre recolhimento de imposto sobre doação de espécie nos Estados e no Distrito Federal Conforme artigo 155, I, 1º, II, da Constituição Federal, o recolhimento do tributo em comento deverá

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DA FAZENDA NACIONAL - PGFN

PROCURADORIA GERAL DA FAZENDA NACIONAL - PGFN PROCURADORIA GERAL DA FAZENDA NACIONAL - PGFN PORTARIA N.º 3 DE 22 /11 /2005 Dispõe sobre a prova de regularidade fiscal perante a Fazenda Nacional e dá outras providências. O PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Governo LEI COMPLEMENTAR N.º 64/2003 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2003

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Governo LEI COMPLEMENTAR N.º 64/2003 DE 23 DE DEZEMBRO DE 2003 Institui a Segunda Etapa do Programa de Recuperação de Créditos Fiscais do Município REFIS II e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARACAJU. Faço saber que a Câmara Municipal de Aracaju aprovou

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO C006 DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL C006042 Responsabilidade Tributária. Exceção de pré-executividade. Determinada pessoa jurídica declarou, em formulário próprio estadual, débito de ICMS.

Leia mais

GOVERNO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO

GOVERNO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO Assunto : Consulta base de cálculo substituição tributária - Guajará Mirim EMENTA: CONSULTA SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA REMESSAS PARA A ÁREA DE LIVRE COMÉRCIO DE GUAJARÁ MIRIM. ANÁLISE. 1. RELATÓRIO: A empresa

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA GERAL DA RECEITA ESTADUAL

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA GERAL DA RECEITA ESTADUAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 011/2008/GAB/CRE Porto Velho, 28 de outubro de 2008. PUBLICADA NO DOE Nº1149, DE 22.12.08 CONSOLIDADA ALTERADA PELA INSTRUÇÃO NORMATIVA: Nº 009, de 30.03.09 DOE Nº 1217, de 03.04.09

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 27 26 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 35 - Data 3 de fevereiro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS Reclamatória - Justiça Estadual

Leia mais

Estado do Acre DECRETO Nº 4.971 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012

Estado do Acre DECRETO Nº 4.971 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 DECRETO Nº 4.971 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012. Publicado no DOE nº 10.952 de 21-12-2012.. Alterado pelos Decretos nºs 5.089/2013, 6.287/2013, 7.299, 8.251/2014, 1.490/2015, 2.301/2015, 2.884/2015 e 3.472/2015..

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS RESOLUÇÃO CONJUNTA Nº 005/2006/GAB/SEFIN/CRE Porto Velho, 26 de julho de 2006 PUBLICADA NO DOE Nº 0580, DE 18.08.06 Institui, para os contribuintes da atividade econômica que especifica, o regime de recolhimento

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.422/12/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000216075-04

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.422/12/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000216075-04 Acórdão: 20.422/12/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 02.000216075-04 Impugnação: Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA 40.010131365-00 (Aut.), 40.010131366-82 (Coob.) Penna Transportes Campinas Ltda CNPJ:

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA LEI Nº 2.328 DE 18 DE AGOSTO DE 1994 Dispõe sobre o regime de incentivos tributários para a Microempresa e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Teresina, Estado do Piauí Faço saber que a Câmara

Leia mais

Obrigatoriedade na declaração

Obrigatoriedade na declaração A declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física 2010 aparece com algumas novidades, especialmente em relação aos parâmetros que definem a obrigatoriedade da apresentação, o que deverá fazer com que diminua,

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 0 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 325 - Data 17 de novembro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA FÍSICA - IRPF PESSOA FÍSICA EQUIPARADA

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI COMPLEMENTAR N. 298, DE 28 DE ABRIL DE 2015 Altera a Lei Complementar n. 114, de 30 de dezembro de 2002, que Dispõe acerca do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores - IPVA. O GOVERNADOR

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE ESTADO DE FINANÇAS COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 009/2007/GAB/CRE Porto Velho, 10 de dezembro de 2007 PUBLICADA NO DOE Nº 0903, DE 20.12.07 CONSOLIDADA, ALTERADA PELA: IN Nº 003, DE 28.02.08, IN Nº 009, DE 09.10.08. Regulamenta

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE LÁBREA

ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE LÁBREA ESTADO DO AMAZONAS MUNICÍPIO DE LÁBREA GABINETE DO PREFEITO DECRETO MUNICIPAL Nº. 466/GPML - DE 14 DE JANEIRO DE 2013. Dispõe sobre o valor a ser cobrado no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial

Leia mais

IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física

IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física CIRCULAR Nº 13/2015 São Paulo, 23 de Fevereiro de 2015. IRPF 2015 Imposto de Renda Pessoa Física Ano-Base 2014 Prezado cliente, No dia 03 de fevereiro de 2015 a Receita Federal publicou a Instrução Normativa

Leia mais

PLANEJAMENTO PATRIMONIAL, FAMILIAR E SUCESSÓRIO

PLANEJAMENTO PATRIMONIAL, FAMILIAR E SUCESSÓRIO PLANEJAMENTO PATRIMONIAL, FAMILIAR E SUCESSÓRIO CLIENT ALERT DEZEMBRO/2015 GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SANCIONA AS NOVAS REGRAS REFERENTES AO IMPOSTO SOBRE A TRANSMISSÃO CAUSA MORTIS E DOAÇÃO

Leia mais

COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO. Processo 741/ARAF/2008 Parecer 333/Getri/CRE/SEFIN/2008

COORDENADORIA DA RECEITA ESTADUAL GETRI GERÊNCIA DE TRIBUTAÇÃO. Processo 741/ARAF/2008 Parecer 333/Getri/CRE/SEFIN/2008 Interessado : João Batista Soares RG: 731.798 SSP/ES CPF: 811.420.307-25 Endereço : Av. Bahia, 4631, B. Cidade Alta, Alta Floresta D'Oeste/RO Assunto: Pedido de Isenção de ICMS na aquisição de veículo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA LEI Nº 959, DE 28 DE DEZEMBRO DE 2000. Publicado no DOE 4646-28/12/2000 Alterada pela Lei nº 2228, de 23 de dezembro de 2009 - D.O.E. de 28.12.2009 O GOVERNADOR DO ESTADO DE RONDÔNIA: Institui o Imposto

Leia mais

PARCELAMENTO ORDINÁRIO PORTO ALEGRE

PARCELAMENTO ORDINÁRIO PORTO ALEGRE PARCELAMENTO ORDINÁRIO PORTO ALEGRE 1 A - PARCELAMENTO ORDINÁRIO DE TRIBUTOS MUNICIPAIS 1 Em regra, os créditos tributários junto à Fazenda Municipal de Porto Alegre podem ser pagos em até 24 (vinte e

Leia mais

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL COMERCIO DE VEÍCULOS USADOS

LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL COMERCIO DE VEÍCULOS USADOS LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA FEDERAL COMERCIO DE VEÍCULOS USADOS LUCRO PRESUMIDO (COM RESTRIÇÕES) LUCRO REAL SIMPLES NACIONAL (COM RESTRIÇÕES) LEI nº 9.716/98 Artigo 5º As pessoas jurídicas que tenham como objeto

Leia mais

ENTIDADE DE EDUCAÇÃO SEM FINALIDADE LUCRATIVA ISENÇÃO DA COFINS SOBRE RECEITAS PRÓPRIAS E RECOLHIMENTO

ENTIDADE DE EDUCAÇÃO SEM FINALIDADE LUCRATIVA ISENÇÃO DA COFINS SOBRE RECEITAS PRÓPRIAS E RECOLHIMENTO ENTIDADE DE EDUCAÇÃO SEM FINALIDADE LUCRATIVA ISENÇÃO DA COFINS SOBRE RECEITAS PRÓPRIAS E RECOLHIMENTO DA CONTRIBUIÇÃO DO PIS/PASEP MEDIANTE ALÍQUOTA DE 1% (UM POR CENTO) INCIDENTE SOBRE A FOLHA DE SALÁRIO

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: 1 Gabinete do Prefeito LEI Nº 9416, DE 14 DE MAIO DE 2014. Institui o Programa de Parcelamento Incentivado - PPI e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE

Leia mais

Imposto de Renda sobre o Ganho de Capital

Imposto de Renda sobre o Ganho de Capital Imposto de Renda sobre o Ganho de Capital Formas de Redução e Isenção da Obrigação Tributária gerada pelo ganho de capital com a venda de imóveis. Lucas Calafiori Catharino de Assis Conceito de Tributo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 069/2015 REEXAME NECESSÁRIO N o : 3.224 PROCESSO N

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO ASSESSORIA TÉCNICO-LEGISLATIVA DECRETO Nº 110, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO ASSESSORIA TÉCNICO-LEGISLATIVA DECRETO Nº 110, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009 DECRETO Nº 110, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009 PUBLICADO EM PLACAR Em / / Dispõe sobre a regulamentação da Lei Complementar nº 187, de 12 de agosto de 2009, que autoriza a transação tributária para fins de

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 0 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 31 - Data 30 de janeiro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF Assunto: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA FÍSICA - IRPF Ementa: ALIENAÇÃO DE

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 20.514/14/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000017859-30 Impugnação: 40.010135173-41 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Daniel dos Santos Lauro CPF: 084.807.156-50 Karol Araújo Durço DF/Juiz

Leia mais

1º Fica dispensada de apresentar a Declaração de Ajuste Anual, a pessoa física que se enquadrar:

1º Fica dispensada de apresentar a Declaração de Ajuste Anual, a pessoa física que se enquadrar: SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.246,DE 3 DE FEVEREIRO DE 2012 Dispõe sobre a apresentação da Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda referente ao exercício

Leia mais

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SUBSECRETARIA DA RECEITA MANUAL REFAZ II

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA SUBSECRETARIA DA RECEITA MANUAL REFAZ II MANUAL REFAZ II 1. O QUE É: 1.1 - REFAZ II é o Segundo Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Pública do DF, destinado a promover a regularização de créditos, constituídos ou não, inscritos ou

Leia mais

A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA PRÁTICA

A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA PRÁTICA A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA PRÁTICA CONSIDERAÇÕES INICIAIS A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA É UMA DAS MODALIDADES DE SUJEIÇÃO PASSIVA TRIBUTÁRIA; ANÁLISE DAS HIPÓTESES DE RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA

Leia mais

DECRETO Nº 9.795, DE 14 DE SETEMBRO DE 2012.

DECRETO Nº 9.795, DE 14 DE SETEMBRO DE 2012. Publicado no DOM de 15 de setembro de 2012. DECRETO Nº 9.795, DE 14 DE SETEMBRO DE 2012. Aprova o Regulamento Do Imposto de Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis ITIV. A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE NATAL,

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.263/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000170049-08 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.263/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000170049-08 Impugnação: 40. Acórdão: 20.263/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000170049-08 Impugnação: 40.010130113-59 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Reipel Comercial Ltda IE: 702765776.00-10 Luciomar Alves de Oliveira/Outro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR - BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR - BAHIA oi PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR - BAHIA Decreto Nº.!.~.:.~.~~. de....1.!?... de.... JªIJ.\Ü.V:.Q.... de 199 ~.. Estabelece o Calendário Fiscal de Tributos do Município do Salvador e dá outras providências.

Leia mais

PARCELAMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS REFIS DA COPA

PARCELAMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS REFIS DA COPA PARCELAMENTO DE TRIBUTOS FEDERAIS REFIS DA COPA INTRODUÇÃO Após a mobilização de vários setores da economia juntamente com as proposições formuladas pelo Congresso Nacional, foi publicada a Lei 12.996/2014,

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DIREITO CIVIL E COMERCIAL. (Responda de forma concisa e objetiva, porém, com fundamentação.

ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DIREITO CIVIL E COMERCIAL. (Responda de forma concisa e objetiva, porém, com fundamentação. DIREITO CIVIL E COMERCIAL (Responda de forma concisa e objetiva, porém, com fundamentação.) 1) Atento à classificação das obrigações e a noção de responsabilidade civil, responda: (1,00 a) Existe distinção

Leia mais

Prefeitura Municipal de Belém Secretaria Municipal de Finanças

Prefeitura Municipal de Belém Secretaria Municipal de Finanças INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/2009 GABS/SEFIN Disciplina a emissão de Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e dá outras providências. O Secretário de Finanças do Município de Belém, no uso das atribuições

Leia mais

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013.

PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. PORTARIA GSF N 38/2013 Teresina (PI), 10 de junho de 2013. Publicado no DOM n 1.528, de 14.06.2013 Dispõe sobre procedimentos para solicitações referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU,

Leia mais

PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1750 DO DIA 06/08/2012.

PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1750 DO DIA 06/08/2012. PUBLICADO NO ÓRGÃO OFICIAL DO MUNICÍPIO Nº 1750 DO DIA 06/08/2012. DECRETO N 1426/2012 Regulamenta a entrega da Declaração Mensal de Serviços Eletrônica por prestadores e tomadores de serviços e dá outras

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. BAURUCAR AUTOMÓVEIS E ACESSÓRIOS LTDA. DRJ em São Paulo - SP

MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA. BAURUCAR AUTOMÓVEIS E ACESSÓRIOS LTDA. DRJ em São Paulo - SP CC02/C01 Fls. nfls txtfls182 Old MINISTÉRIO DA FAZENDA SEGUNDO CONSELHO DE CONTRIBUINTES PRIMEIRA CÂMARA Processo nº 10825.000305/2003-22 Recurso nº 135.656 Matéria PIS/Pasep Acórdão nº 201-81.013 Sessão

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.100131449-19 Recorrente: Recorrida: Proc. Recorrente: Origem: EMENTA Nova Era Silicon S/A IE: 447437112.00-77 Fazenda

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 60 - Data 20 de fevereiro de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: IMPOSTO SOBRE A RENDA DE PESSOA FÍSICA - IRPF ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS

Leia mais

RESOLVE: CAPÍTULO I DAS NORMAS GERAIS SOBRE ANUIDADES

RESOLVE: CAPÍTULO I DAS NORMAS GERAIS SOBRE ANUIDADES Página 1 de 5 RESOLUÇÃO CFN Nº 408/2007 Dispõe sobre normas gerais aplicáveis às anuidades e fixa valores de taxas, emolumentos e multas devidas aos Conselhos Regionais de Nutricionistas, revoga as Resoluções

Leia mais

SINDICATO E ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS NO ESTADO DO TOCANTINS OCB/TO

SINDICATO E ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS NO ESTADO DO TOCANTINS OCB/TO SINDICATO E ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS NO ESTADO DO TOCANTINS OCB/TO A OCB/TO é formada por cooperativas singulares, federações e centrais de todos os ramos. Pela Lei 5.764/71, ainda em vigor, todas

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 224 - Data 29 de outubro de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: SIMPLES NACIONAL OPÇÃO PELO SIMPLES NACIONAL. PARTICIPAÇÃO EM CONSÓRCIO.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 306 1

LEI COMPLEMENTAR Nº 306 1 LEI COMPLEMENTAR Nº 306 1 Institui hipótese de responsabilidade pelo pagamento do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISSQN e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE. Faço

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 10.451, DE 10 DE MAIO DE 2002.

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 10.451, DE 10 DE MAIO DE 2002. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 10.451, DE 10 DE MAIO DE 2002. Altera a legislação tributária federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço

Leia mais

DECRETO Nº 51.627, DE 13 DE JULHO DE 2010

DECRETO Nº 51.627, DE 13 DE JULHO DE 2010 DECRETO Nº 51.627, DE 13 DE JULHO DE 2010 Aprova o Regulamento do Imposto sobre Transmissão Inter Vivos, a qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou acessão física, e de direitos

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 10 9 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 22 - Data 6 de novembro de 2013 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: NORMAS DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA RETENÇÃO INDEVIDA DE TRIBUTOS

Leia mais

Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR)

Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (DITR) 01 O que é ITR? ITR é o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural. 02 Quem deve apurar o ITR? A apuração do ITR deve ser efetuada

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO Nº 15474, DE 29 DE OUTUBRO DE 2010 PUBLICADO NO DOE Nº 1606, DE 03.11.10

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA DECRETO Nº 15474, DE 29 DE OUTUBRO DE 2010 PUBLICADO NO DOE Nº 1606, DE 03.11.10 DECRETO Nº 15474, DE 29 DE OUTUBRO DE 2010 PUBLICADO NO DOE Nº 1606, DE 03.11.10 CONSOLIDADO ALTERADO PELO DECRETO: 15694, de 14.02.11 DOE Nº 1674, de 14.02.11. Aprova o Regulamento do Imposto sobre a

Leia mais

b) 40% (quarenta por cento) das penalidades pecuniárias por descumprimento de obrigações acessórias;

b) 40% (quarenta por cento) das penalidades pecuniárias por descumprimento de obrigações acessórias; Portaria SUACIEF nº 12, de 03.05.2010 - DOE RJ de 05.05.2010 Dispõe sobre alterações de prazos para usufruir da anistia concedida pela Lei nº 5647/2010, prorrogada pela lei nº 7508/2010. O Superintendente

Leia mais