Principais Serviços da Internet

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Principais Serviços da Internet"

Transcrição

1 Principais Serviços da Internet WEB ou WWW (World-Wide Web) - navegar entre páginas hipermédia (páginas WEB) (Correio Electrónico) - troca de mensagens electrónicas (pequenos ficheiros de texto) entre utilizadores através de caixas de correio (mailbox). Newsgroups - Grupos de discussão/noticias organizadas por temas especializados em que os utilizadores trocam mensagens entre si de forma pública. FTP (File Transfer Protocol) - Transferência de Ficheiros entre computadores remotos IRC (Internet Relay Chat) - conversas em tempo real (on-line) entre utilizadores remotos... pag. 1

2 Web ou WWW (World Wide Web) WWW ou WEB = rede de documentos multimédia (texto, som ou imagem), em formato HTML, interligados entre si através de ligações dinâmicas (hyperlinks). O protocolo para a sua manipulação é o HTTP (HyperText Transfer Protocol) A WEB existe dentro da própria Internet. HTML (HyperText Markup Language) - linguagem normalizada utilizada para construir documentos Web HTTP (HyperText Transfer Protocol) - protocolo de comunicação utilizado na Web e que gere o acesso a documentos WWW pag. 2 HyperLink - ligação que permite ter associado a um conjunto de palavras ou imagem o endereço para acesso a uma outra página Web ou a outra parte da mesma página. A activação desta ligação desencadeia o processo de acesso ao novo endereço

3 O que faz da WEB um Sistema Distribuído? A WEB assenta sobre dois protocolos essenciais: - um protocolo que permite a transferência de informação entre dois computadores (HTTP) - um protocolo de descrição/construção das páginas (HTML) A linguagem de descrição das páginas permite elaborar aquilo a que chamamos hipertexto, na base da informação distribuída xxxx xxxx xxxx pag. 3 A WEB é um grande documento, acessível de todo o lado e composto por uma imensidade de páginas distribuídas por milhões de computadores diferentes. A cola que permite manter alguma unidade em toda esta informação, e que permite navegar na mesma, são os chamados hyperlinks, embebidos no texto, que permitem saltar de uma página para outra xxxx

4 1. Navegar na Web Navegar na Internet = Navegar na Web => percorrer as ligações (também designadas por hiperligações) entre páginas Web à procura da informação pretendida Browser - programa que permite navegar na Web, i.e., permite ver páginas Web e seguir as suas ligações. Os mais conhecidos: Internet Explorer e o Netscape Navigator Internet Explorer 4.0 pag. 4

5 voltar à página visitada imediatamente antes da página actual ir para a página seguinte, após ter retrocedido suspender o carregamento da página (útil quando surgem problemas) recarregar a página actual ir para a página inicial (Home Page - aquela que é carregada no inicio da sessão) efectuar pesquisas utilizando motores de busca imprimir a página actual lista dos Web sites favoritos lista das páginas já visitadas, organizadas por datas pag. 5

6 Caixa Endereço - onde é digitado o endereço URL da página que se pretende abrir. Após introduzir o endereço, basta Enter ou Ir Para lista de páginas Web visitadas recentemente pag. 6

7 Navegar - percorrer as hiperligações entre páginas Web à procura da informação pretendida abrir páginas Web 1 - introduzir o endereço da página na Caixa Endereço 2 - percorrer as hiperligações Um objecto numa página Web é uma hiperligação se ao passar o ponteiro do rato sobre o objecto: - o ponteiro fica com o aspecto de uma mão - na barra de estado surge o endereço URL de uma página Web - Fazer: clique com o botão esquerdo do rato => percorrer a hiperligação pag. 7

8 Uma hiperligação pode estar associada a: Descrição Textual Imagem Uma imagem pode ser simples ou composta. Uma imagem simples está associada a um link pag. 8 Uma imagem composta pode estar associada a mais do que um link

9 Observações: 1. Várias janelas podem estar abertas em simultâneo. Em cada janela podemos ter uma página diferente. => podemos estar a ver/carregar várias páginas em simultâneo Multitarefa Arquivo Novo Janela 2. Armazenar informação contida numa página: - seleccionar e copiar/colar blocos de texto - carregar todas as páginas ligadas a uma página (utilitário Grab-a-Site) - gravar imagens pag. 9

10 - gravar a página Web no nosso computador (pode ser gravada como ficheiro de texto) pag. 10

11 2. URL - endereços das páginas Web Uma página Web é identificada por um endereço electrónico próprio (e único) => URL (Uniform Resource Locator) - os endereços URL não se limitam a identificar páginas Web - permitem a uniformização da referência de recursos na Internet Formato genérico dos endereços protocolo://servidor_internet/localização URL (Uniform Resource Locator) protocolo => indica ao Browser que deverá contactar o servidor designado no endereço, utilizando o protocolo indicado: http (Web); ftp (FTP);news (News);... servidor_internet => identificação da máquina (servidor) onde está alojado o documento (ex. página Web) sendo responsável pela resposta aos pedidos pelo documento localização => é a localização precisa do documento (ficheiro) dentro do servidor Se omitido considera-se index.html Se protocolo = http => documento = página Web pag. 11

12 protocolo: http => o documento é uma página Web servidor_internet: => nome do servidor = www (nome comum a um servidor Web) => domínio da entidade = ipca => domínio de topo = pt (domínio Português) localização: ~ajtavares/inf/programa.html => nome do documento = programa.html (página Web) => localização do documento no servidor = ~ajtavares/inf (pastas) pag. 12 Exemplos de URLs válidas: Maiúsculas são iguais a minúsculas ftp://ftp.ci.uminho.pt/pub/

13 Domínio - um domínio identifica o sistema na Internet estando normalmente relacionado com o nome da empresa ou instituição a que pertence. Existem domínios de topo (países e algumas organizações) e sub-domínios (empresas ou instituições) Todos os domínios são geridos por organizações que se encarregam de evitar conflitos de endereços. Em Portugal essa responsabilidade cabe à FCCN - Fundação para a Computação Científica Nacional. Alguns domínios de topo:.pt - Portugal.es - Espanha.uk - Reino Unido.us - Estados Unidos.com - Organizações Comerciais.edu - Universidades.mil - Organismos militares (EUA).gov - Organismos Governamentais (EUA).net - Organismos de suporte/controlo da Internet Lista completa de: - Domínios de Topo - Sub-domínios de pt procurar em => pag. 13

14 Correio Electrónico ou Serviço que permite que as pessoas ligadas à Internet troquem mensagens entre si. As mensagens são pequenos ficheiros de texto (constituídos por bytes - caracteres). - Cada utilizador tem uma caixa de correio electrónico à qual corresponde um endereço de Endereço do docente da disciplina: - É possível anexar ficheiros (gráficos, documentos word, folhas de cálculo) à mensagem - Um servidor de correio electrónico (mail.ipca.pt) deposita as mensagens que recebe nas caixas de correio dos utilizadores a que se destinam - Caixa de Correio => filosofia Assíncrona O destinatário da mensagem não tem de estar activo (on-line) para receber uma mensagem. As mensagens são depositadas numa caixa de correio, podendo ser lidas em qualquer altura. pag Uma mensagem chega ao destinatário em poucos segundos e a um custo extremamente baixo independentemente do local a que se destina

15 1. Os endereços de correio electrónico Os endereços de contêm o ( éte ou arroba ) e - têm o formato: - nome - identificação do utilizador destinatário - domínio - identificação do domínio a que pertence o utilizador - a cada domínio corresponde um servidor responsável pelo serviço de - servidor de do ipca: mail.ipca.pt Endereços de do docente da disciplina: - endereço no ipca - endereço no ISP Clix - um utilizador pode ter o mesmo nome em domínios diferentes - um utilizador não pode ter o mesmo nome no mesmo domínio pag. 15 Locais onde se pode criar uma caixa de correio grátis

16 Listas de ou Mailing Lists Constituem um meio simples e prático de se manter correspondência com um grupo de pessoas interessadas num mesmo assunto - um participante numa lista ao enviar uma mensagem de para a lista, esta é recebida por todos os participantes na lista - os participantes numa lista apenas têm de ter um endereço de => Serviço já antigo mas bastante utilizado nos meios académicos => Serviço percursor dos newsgroups pag. 16

17 2. Estrutura de uma mensagem de correio electrónico Funcionalidades básicas de um programa de correio electrónico: Enviar - enviar uma mensagem para um determinado endereço ou para vários endereços Receber - consultar a caixa de correio (no servidor) Responder - responder a uma mensagem que nos foi enviada Encaminhar (Forward) - enviar uma cópia de uma mensagem recebida a uma outra pessoa(s) Anexar - anexar um ficheiro a uma mensagem a enviar Estrutura de uma mensagem: De - endereço do autor da mensagem Data - altura em que a mensagem foi enviada Cabeçalho - especifica o assunto da mensagem e os endereços dos destinatários da mensagem Mensagem - texto da mensagem Ficheiros anexos - ficheiros (imagens, folhas de cálculo,...) que vêm anexados à mensagem Assinatura - possibilidade de incluir, automaticamente, no final de todas as mensagens a enviar, uma assinatura com informações acerca do autor (ex. nome, cargo, endereços e telefones,...) pag. 17

18 Cabeçalho de uma mensagem: Para - endereços dos destinatários principais da mensagem (se mais do que um separar por ;). Cada destinatário fica a conhecer a lista de todos os destinatários. Cc - endereços dos destinatários secundário que receberão uma cópia da mensagem enviada para os destinatários principais ( Carbon copy ). Cada destinatário conhece a lista de destinatários. Cco - tal como em Cc mas cada destinatário não conhece a lista de destinatários. Assunto - assunto ou título da mensagem. pag. 18

19 3. Utilização do correio electrónico Ler Ler o Correio Electrónico - clientes de correio electrónico: Outlook Express; Eudora Light; Netscape Mail;... Protocolo POP3 (Post Office Protocol) Indica que a mensagem tem um ficheiro anexado Botão de acesso ao ficheiro anexado pag. 19

20 - Webmail - ler o correio electrónico através de páginas Web pag. 20

21 Conselhos - consulte a sua caixa de correio periodicamente (1xdia) - as mensagens devem ser breves e concisas - no campo assunto descreva de forma resumida o teor da mensagem - responda o mais rápido possível - verifique com antivírus os ficheiros anexados a mensagens. Cuidado com programas anexados a mensagens duvidosas - não envie ficheiros anexados excessivamente grandes (> 1MB) - envie ficheiros anexados compactados (ex. WinZip) - uma mensagem enviada e não recebida é devolvida pelo servidor. Verifique se o endereço está correcto e envie mais tarde. pag outras regras de ETIQUETA

22 4. Antivírus Vírus - pequeno programa que se pode acoplar (unir) a outro programa ou ficheiro, multiplicando-se assim por sucessivos programas/ficheiros. - A sua transmissão pode ser feita através de: ficheiros anexados a mensagens , macros em documentos do Word, programas executáveis, disquetes,... - A sua execução é automática, não dependendo do utilizador - As consequências da sua execução podem ser: inutilização de discos rígidos; alteração dos dados de ficheiros; pequenas brincadeiras inofensivas;... AntiVírus - programa que analisa o sistema informático de modo a detectar a presença de vírus e a efectuar a sua remoção. Estes programas devem ser actualizados com bastante regularidade. Exemplo: - Norton AntiVirus -McAfeeVirusScan pag. 22

23 4. Compressão e Descompressão de ficheiros Quanto mais pequeno for um ficheiro: - mais rapidamente pode ser enviado através da Internet (download, ,...) - mais facilmente é armazenado numa disquete Comprimir ficheiro - compactar o seu conteúdo (dados) num ficheiro mais pequeno mas ilegível. Descomprimir ficheiro - descompactar o conteúdo dum ficheiro compactado, de modo a que fique legível. Um conjunto de ficheiros e pastas podem ser comprimidas num único ficheiro. A extensão de um arquivo comprimido indica o formato de compressão utilizado. Formatos de compressão:.arj.arc.lzh.zip Winzip (Programa compressor/descompressor) pag. 23 Arquivos com auto-extracção - alguns ficheiros com extensão.exe podem ser ficheiros comprimidos de auto-extracção (não necessitam de programa descompressor)

24 5. Obter utilitários - locais na Internet Compactadores AntiVírus O Software obtido obtido é normalmente Shareware mirrors mirrorsdo do TUCOWS Tucows é um dos maiores repositórios de Software em toda a Internet pag. 24 Mirror - computador onde se armazena uma cópia de informação residente em outro computador distante, cópia essa actualizada automaticamente. Os utilizadores não necessitam de se ligar ao local original sempre que necessitarem de informação. Em vez disso, deve ligar-se ao local mais próximo.

25 Grupos de Discussão ou newsgroups São grupos de mensagens públicas organizadas por temas mais ou menos especializados onde os participantes no grupo podem ler e colocar (post) artigos visíveis a todos os outros participantes. São uma espécie de boletins de parede, onde toda a gente pode ler textos e também colocar (post) o seu pequeno texto para que outros o leiam. Um texto pode ser colocado para pedir ajuda, por exemplo, mas também pode ser anexado como comentário ou resposta a outro texto já existente, podendo-se assim criar uma cadeia de comentários a um texto inicial sempre visível a nível mundial. É o local ideal para: - colocar questões do género: Alguém me pode dizer como...? - obter informação quanto a matérias muito específicas - obter consensos na discussão de matérias pag. 25

26 As newsgroups estão organizadas por hierarquias, em forma de árvore, sendo cada folha o local onde se encontram os texto publicados. O número de newsgroups (folhas) actualmente existentes ultrapassa já os 80000, dividindo-se em diversas hierarquias de topo: soc: temas sociais; sic: ciência; rec: recriação e desporto; biz: negócios; pt: hierarquia portuguesa alt: grupos alternativos (todos os temas possíveis); comp: informática, computadores; Exemplos: pt.política pt.soc.economia comp.infosystems.www.misc Um newsgroups pode ser moderado ou não moderado, i.e., as mensagens colocadas no grupo podem ser ou não controladas pag. 26 FAQs (www.faqs.org)- a maioria dos newsgroups disponibiliza periodicamente um arquivo contendo as FAQs (Frequently Asked Questions) i.e., as respostas às perguntas mais frequentes relativas aos assuntos discutidos no grupo. Antes de colocar questões ao grupo deve primeiro procurar a resposta à sua pergunta nas FAQs

27 pag. 27

28 Webmail - ler os grupos de discussão através de páginas Web => é também o maior pesquisador de news no mundo Endereços úteis úteis Servidores públicos de news: news.telepac.pt pag. 28

29 Transferência de Ficheiros - FTP Na Internet a maior parte da informação está disponível sob a forma de ficheiros e não como páginas Web. O FTP é um protocolo de comunicação que permite transferir, com rapidez e segurança, ficheiros entre computadores mesmo que tenham sistemas operativos diferentes. O protocolo FTP permite: - Download - transferência de ficheiros de um servidor (remoto) para o computador do utilizador. - Upload - operação inversa, i.e., transferência de ficheiros do computador (local) do utilizador para um servidor (remoto). pag. 29 Os grandes repositórios de Software estão em servidores FTP Aceder a um servidor de FTP: => FTP Anónimo - quando não tem autorização especial de acesso Login:anonymous Password:endereço de mail => Com senha de acesso pessoal

30 Organização de um servidor FTP: Um servidor de FTP tem um número gigantesco de ficheiros organizados numa estrutura de directorias e sub-directorias. Um utilizador que entre no servidor através de FTP Anónimo, normalmente, apenas tem acesso à directoria Pub (e todo o seu conteúdo). Normalmente, existe em cada directoria um ficheiro de texto (ex. index.txt ou contents.txt) com o índice e descrição da respectiva directoria. pag. 30 Alguns servidores de FTP: ftp.ip.pt servidor de FTP da IP (operador Internet Portugal) ftp.esoterica.pt servidor de FTP da Esotérica (operador) ftp.ci.uminho.pt servidor de FTP do Centro de Informática na Universidade do Minho ftp.ua.pt arquivo de Software da Universidade de Aveiro ftp.dei.uc.pt servidor de FTP do Depart. de Eng. Informática da Universidade do Minho ftp.ncc.up.pt servidor de FTP da Universidade do Porto ftp.ualg.pt servidor de FTP da Universidade do Algarve

31 Transferir ficheiros via FTP: - Através de um programa específico (ex. WS_FTP) - Através de um Browser => através do endereço URL ftp://servidor/caminho temos acesso ao servidor por FTP Anónimo o login é automático => um link de uma página Web pode apontar para um ficheiro de um servidor FTP. O carregamento desse ficheiro é feito directa ou indirectamente por FTP Anónimo. Método usual para Download de programas pag. 31

32 => FTP Anónimo através de Browser => carregamento de ficheiro através de Browser pag. 32

33 IRC - Internet Relay Chat O IRC é um serviço que permite aos seus utilizadores conversarem entre si, em modo texto e em tempo real. Necessário: programa específico (cliente): ex. Mirc ; servidor de Irc Funcionamento do IRC: - o utilizador escolhe: -um pseudónimo (nickname) real ou inventado pelo qual é identificado pelos outros utilizadores - um dos canais (salas) para conversar com os utilizadores presentes nesse canal - tudo aquilo que escrever é visto por todos os utilizadores presentes no canal - o utilizador vê tudo aquilo que é escrito por todos os utilizadores presentes no canal - é possível o estabelecimento de conversas privadas entre dois utilizadores pag. 33

34 Problemas: - utilização de Pseudónimo (Anonimato) => alteração de personalidade - desperdício de recursos a nível global?!?! É a grande dor de cabeça dos Responsáveis por Departamentos de Informática: - baixa brutal na rentabilidade dos recursos informáticos da organização - aumento acentuado do tráfego a nível mundial Ganho de produtividade = zero?!?! Opinião do docente não publicável pag. 34

35 Pesquisa de Informação na WEB Encontrar coisas/informação na Web => Objectivo: Navegar na Web sem se perder => Situações: - sabemos com mais/menos exactidão qual a informação que procuramos (ex. um artigo, um programa, uma pessoa,...) - não sabemos com exactidão qual a informação que procuramos, i.e., apenas temos uma ideia acerca do que procuramos (ex. informação acerca de uma área cientifica, de um assunto,...) => Recursos: - conhecimento pessoal (os sites de que temos conhecimento) - índices ou directórios (gigantescos repositórios de endereços organizados) - ferramentas (software) para pesquisa automática PORTAIS (locais de partida) pag. 35 Boa fonte de informação acerca da própria WEB =>

36 1. Métodos de procura de informação na WEB 1.1- Pergunta directa ou Consulta de páginas de Instituições credíveis (ex. Universidades, Instituições Governamentais, tucows, etc.) 1.2- As news como boa fonte de informação acerca de endereços de páginas e... - consulta de FAQs - grupos de anuncio de endereços comp.infosystems.www.announce => pt.mercado pt.internet.www => pesquisa de FAQs 1.3- Páginas Brancas - Lista que contém nomes de pessoas, juntamente com os respectivos meios de contacto, geralmente o e o endereço da página pessoal Lista telefónica nacional => Páginas Amarelas => Internet Address Finder => Outras ferramentas: pag. 36

37 1.4- Directórios ou índices (ou Páginas Amarelas) Os directórios da Internet, são locais na WEB que funcionam como pontos de partida para a pesquisa de informação - são repositórios que albergam quantidades enormes de referências e endereços - as referências estão organizadas em categorias (hierarquicamente) - útil quando não se tem uma ideia muita precisa em relação ao que se quer procurar. - o seu conteúdo (referências) é da responsabilidade de pessoas - os detentores das páginas pedem a sua inclusão (registo) no repositório - os gestores do repositório decidem quais os pedidos de registo que são aceites - os gestores do repositório acrescentam os registos aceites de forma organizada - também permitem pesquisas automáticas sobre o repositório com base em palavras chave pag. 37 YAHOO --> o pioneiro Infoseek SAPO Galaxy www Virtual Library ClearingHouse --> índice de índices 4anything ou 4anything.com --> índice de índices

38 1.5- Motores de busca Os Motores de busca (ou pesquisadores ou Robots) mantêm um gigantesco repositório de endereços e referências - o utilizador efectua uma pesquisa automática sobre essas referências com base em palavras chave - alimentam repositórios que contêm grandes quantidades de referências - a alimentação do repositório é feita continuamente e automaticamente pelos motores de procura e sem a intervenção humana - a forma como a informação é adquirida determina os pontos fortes e os pontos fracos do pesquisador => Não existe o melhor motor de busca - mais informações acerca de motores de busca em Consumer s Guide to Search Engines pag. 38 Os mecanismos de pesquisa na Internet dividem-se em dois grandes grupos: directórios em que a informação existente é colocada manualmente após verificação; directórios em que a informação é angariada por um motor de procura ou Robot

39 Altavista Ask Jeeves Excite Hotbot ou Infoseek Lycos WebCrawler Yahoo! Go Snap pag. 39

40 1.6- Meta-pesquisadores São motores de busca (ou pesquisadores) que se alimentam i.e. que combinam os resultados das pesquisas de outros pesquisadores. São pesquisadores de pesquisadores Search: ou Metasearch: Web Search: Metacrawler: --> parte de Go2Net Metafind: Pusearch: --> meta-meta-pesquisador Web locator: Dogpile: The Big Hub: pag. 40

41 2. Estratégias de procura de informação na WEB Por parte dos Robots ou pesquisadores => Mantêm uma gigantesca base de dados com informação indexada (não copiada) Quando obtém uma página, o Robot guarda na sua base de dados apenas algumas palavras, de acordo com as estratégias: - as primeiras X palavras da página - as X palavras que mais se repetem - o conteúdo do título da página - o conteúdo de campos especiais da página - todas as palavras diferentes -... Quem concebe uma página WEB deve ter em atenção estes critérios. Os critérios/estratégias utilizados pelo Robot determinam os seus resultados pag. 41

42 Por parte dos Utilizadores => quando um utilizador inicia uma pesquisa fornecendo uma palavra-chave, obtém uma lista ordenada de resultados (por ordem decrescente de pontuação) Estratégias para pontuar páginas: - quanto mais palavras iguais à palavra-chave a página tiver, mais alta é a pontuação - se forem fornecidas várias palavras-chave, a primeira é a mais importante, a segunda vem logo a seguir em termos de pontos e assim sucessivamente -... Estratégia de afinação de resultados => começar com palavras genéricas e ir sucessivamente refinando a pesquisa de maneira a ter uma boa ideia acerca dos resultados possíveis e dos resultados que vão sendo eliminados. pag. 42 Regra de Ouro: não limitar a pesquisa à utilização de um único motor de pesquisa

43 3. Portais - os pontos de entrada Portal - é uma entrada para a Internet. - é um ponto aglutinador de tráfego - é um ponto agregador de informação, serviços e tecnologia Características: => maior ou menor diversidade de conteúdos => é utilizado por uma comunidade mais ou menos alargada de pessoas => é financiado por publicidade a qual é paga em função do número de visitas realizadas Tipos de Portais: generalistas; comerciais; empresariais; pessoais pag. 43 Estrutura tipo: => suportado por um Directório ou por um Motor de busca => permite pesquisas por palavras chave e por categorias (directório) => canais => notícias

44 => permite pesquisar em Páginas Web, em Noticias (news), em grupos de discussão,... => pesquisa por categorias pag. 44

45 Alguns Portais relevantes Portais Internacionais Portais Nacionais AOL YAHOO MSN Lycos GO Excite Altavista Netcenter pag. 45

46 4. Pesquisa com base em palavras chave Existem ligeiras diferenças entre os diferentes motores de busca/portais => consultar help Caso de estudo: Altavista contabilidade publica Procura documentos que contêm a palavra contabilidade ou a palavra publica ou ambas as palavras (em quaisquer variantes maiúsculas/minúsculas - publica, Publica, PUBLICA) Contabilidade Publica pag. 46 Procura documentos que contêm a palavra Contabilidade ou a palavra Publica ou ambas as palavras, mas não quaisquer outras variantes maiúsculas/minúsculas Maiúsculas => procura exacta

47 +contabilidade+publica Procura documentos que contêm ambas as palavras Contabilidade Publica Procura documentos que contenham a sequência de texto que se encontra entre aspas, i.e., Contabilidade Publica +Contabilidade-publica Procura documentos que contêm a palavra Contabilidade mas não contêm a palavra publica e suas variantes +Contabilidade+pub* Procura documentos que contêm a palavra Contabilidade e qualquer palavra que comece por pub Resolve situações como: conta, contar, contagem,... pag. 47

Tecnologias da Informação e Comunicação. Principais tipos de serviços da Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação. Principais tipos de serviços da Internet Tecnologias da Informação e Comunicação Principais tipos de serviços da Internet Introdução à Internet Serviços básicos Word Wide Web (WWW) Correio electrónico (e-mail) Transferência de ficheiros (FTP)

Leia mais

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Manual Internet Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Fevereiro de 2006 Índice Internet... 2 Correio electrónico... 2 Os endereços... 2 Lista de correio... 2 Grupos

Leia mais

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System Redes - Internet 9º C 2008 09 24 Sumário } Estrutura baseada em camadas } Endereços IP } DNS -Domain Name System } Serviços, os Servidores e os Clientes } Informação Distribuída } Principais Serviços da

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Internet Introdução à Internet A Internet é a maior rede de computadores do Mundo, abrangendo praticamente todos os países. Uma rede de computadores é um conjunto de dois ou mais computadores interligados,

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Introdução à Internet: história

Leia mais

Internet e seus recursos

Internet e seus recursos O Portal dos Miúdos e Graúdos Instituto Politécnico de Bragança Escola Superior de Educação Internet e seus recursos Portal dos Catraios, 2002 Vitor Gonçalves Conceito Básico INTERNET é uma rede global

Leia mais

T ecnologias de I informação de C omunicação

T ecnologias de I informação de C omunicação T ecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Aferir sobre a finalidade da Internet Identificar os componentes necessários para aceder

Leia mais

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico Navegação na Web utilizando um browser Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas

Leia mais

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns.

Internet ou Net. É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Internet Internet ou Net É uma rede mundial de computadores ligados entre si através s de linhas telefónicas comuns. Como Comunicam os computadores Os computadores comunicam entre si utilizando uma linguagem

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO ÀS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO À INTERNET A Internet é a maior rede de computadores do Mundo, abrangendo praticamente todos os países; Escrevemos Internet com um «I» maiúsculo

Leia mais

Grande conjunto de informação que existe em todo o Mundo alojada em centenas de milhares de computadores chamados servidores Web.

Grande conjunto de informação que existe em todo o Mundo alojada em centenas de milhares de computadores chamados servidores Web. 1. Complete a tabela. Designação Descrição Rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços de telecomunicação.

Leia mais

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação

A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados, entre si, através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços de telecomunicação. Hardware

Leia mais

Internet. O que é a Internet?

Internet. O que é a Internet? O que é a Internet? É uma rede de redes de computadores, em escala mundial, que permite aos seus utilizadores partilharem e trocarem informação. A Internet surgiu em 1969 como uma rede de computadores

Leia mais

Estrutura de um endereço de Internet

Estrutura de um endereço de Internet Barras do Internet Explorer Estrutura de um endereço de Internet Na Internet, cada servidor tem uma identificação única, correspondente ao endereço definido no IP (Internet Protocol). Esse endereço é composto

Leia mais

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação

Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Escola Básica 2, 3 de Lamaçães Planificação Anual 2007/08 Tecnologias de Informação e Comunicação Unidade de Ensino/Aprendizagem Tecnologias da Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Conceitos

Leia mais

Internet. Definição. Arquitectura cliente servidor

Internet. Definição. Arquitectura cliente servidor Internet Definição A definição mais simples de Internet é que é a maior rede mundial de computadores. Do ponto de vista técnico, a Internet consiste numa rede composta por outras redes de computadores

Leia mais

Serviços na INTERNET

Serviços na INTERNET Serviços na INTERNET Introdução A Internet é uma rede global que disponibiliza diversos serviços. Os mais conhecidos hoje em dia são a World Wide Web (WWW), o correio electrónico e o Internet Chat Relay

Leia mais

INFormática. Paulo Coelho 2001/2002 pcoelho@di.estv.ipv.pt. Instituto Superior Politécnico de VISEU Escola Superior de Tecnologia

INFormática. Paulo Coelho 2001/2002 pcoelho@di.estv.ipv.pt. Instituto Superior Politécnico de VISEU Escola Superior de Tecnologia Paulo Coelho 2001/2002 pcoelho@di.estv.ipv.pt 1 2 3 4 software Transmission control Protocol/Internet Protocol 5, Routers 6 7 8 Domain Name System Traduz nomes para endereços IP 9 10 11 12 Nome do Domínio.com.edu.org.net.mil.biz.info.int

Leia mais

Guia da Internet. Página 1

Guia da Internet. Página 1 Guia da Internet Utilização da Internet Introdução... 2 Alguns conceitos básicos... 2 Endereços (URL)... 2 Páginas Web... 3 Abrir o Internet Explorer... 3 O ecrã do Internet Explorer... 4 A Barra de Ferramentas

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS SOBRE

CONCEITOS BÁSICOS SOBRE CONCEITOS BÁSICOS SOBRE 2008/2009 INTERNET Internet - Introdução A Internet transformou o modo como as pessoas comunicam entre si. É possível aceder e utilizar diversos serviços relacionados com a informação

Leia mais

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS: intervir em rede

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS: intervir em rede NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS: intervir em rede Algumas especificações técnicas 1 Bibliografia: REBELO, Manuel Ferreira Soares Textos de Apoio da Acção de Formação Internet e Word Web: Novos Espaços

Leia mais

Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico

Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico Navegação na Web utilizando um browser Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico A, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas

Leia mais

A internet é uma gigantesca rede de redes que conecta milhões de computadores globalmente, formando uma rede em que qualquer

A internet é uma gigantesca rede de redes que conecta milhões de computadores globalmente, formando uma rede em que qualquer O que é preciso para aceder à Internet? Hardware (Computador, modem, placa de rede, etc.) ISP (Internet Service Provider) Software (Browser) O programa navegar na necessário Internet para chama se browser.

Leia mais

CEF Pastelaria - 3ºG Curso de Educação e Formação, Tipo II, Nível II

CEF Pastelaria - 3ºG Curso de Educação e Formação, Tipo II, Nível II Escola Básica e SecundáriaGonçalves Zarco CEF Pastelaria - 3ºG Curso de Educação e Formação, Tipo II, Nível II Tecnologias de Informação e Comunicação aula 3 e 4 2013/2014 1 Sumário - Rede de computadores;

Leia mais

INTERNET. TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores)

INTERNET. TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores) TCP/IP protocolo de comunicação sobre o qual se baseia a Internet. (conjunto de regras para a comunicação entre computadores) A cada computador integrado na rede é atribuído um número IP que o identifica

Leia mais

Conceitos Sistema da informação e comunicação N.º de Aulas

Conceitos Sistema da informação e comunicação N.º de Aulas PLANIFICAÇÃO AGRUPAMENTO ANUAL - DE TECNOLOGIAS ANO ESCOLAS LECTIVO DR. VIEIRA DE CARVALHO 9º ANO 2008/2009 DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Tecnologias 1º Período Conceitos Sistema da informação e comunicação

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Tecnologias da Informação e Comunicação UNIDADE 3 Tecnologias da Informação e Comunicação: Internet Aula nº 2º Período Escola EB 2,3 de Taíde Ano lectivo 2009/2010 SUMÁRIO Serviços básicos da internet

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina da Internet

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina da Internet COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina da Internet Utilização Educativa da Internet Guião de iniciação à consulta e pesquisa de informação na Web Índice Introdução... 2 Alguns conceitos básicos...2

Leia mais

TUTORIAL. Como criar um blogue/página pessoal no WordPress

TUTORIAL. Como criar um blogue/página pessoal no WordPress TUTORIAL Como criar um blogue/página pessoal no WordPress Índice Criar o blogue... 3 Alterar as definições gerais... 4 Alterar tema... 6 Criar Páginas... 7 Colocar Posts (citações)... 9 Upload de ficheiros...

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação. 1.3 Introdução à Internet e à utilização dos seus serviços

Tecnologias da Informação e Comunicação. 1.3 Introdução à Internet e à utilização dos seus serviços Tecnologias da Informação e Comunicação 1.3 Introdução à Internet e à utilização dos seus serviços 2010/2011 1 Alguns aspectos gerais sobre Redes de computadores Rede de computadores conceito e objectivos

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 09-06-2010 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Recursos disponíveis na Internet Introdução

Recursos disponíveis na Internet Introdução Introdução A Internet ou simplesmente Net é uma rede mundial de computadores. Podemos ligar-nos a esta rede através, por exemplo, da linha telefónica. A Internet ultrapassa barreiras: geográficas; financeiras;

Leia mais

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing

INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing INFORMÁTICA PARA GESTÃO I Curso Superior de Gestão de Marketing Docente (Teóricas): E-mail: vmnf@yahoo.com Web: http://www.vmnf.net/ipam Aula 10 Sumário A Internet: História, Serviços e Tipos de Ligação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM WWW. Como pesquisar na Internet e como avaliar páginas Web

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM WWW. Como pesquisar na Internet e como avaliar páginas Web AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CANAS DE SENHORIM E S C O L A E B 2, 3 / S E N G º D I O N Í S I O A U G U S T O C U N H A B I B L I O T E C A E S C O L A R C E N T R O D E R E C U R S O S E D U C A T I V O

Leia mais

internet http://www.uarte.mct.pt internet... abrir o programa... pag.. 6 ecrã do internet explorer... ligações... escrever um endereço de internet...

internet http://www.uarte.mct.pt internet... abrir o programa... pag.. 6 ecrã do internet explorer... ligações... escrever um endereço de internet... internet 1 http://www.uarte.mct. internet...... pag.. 2 abrir o programa...... pag.. 3 ecrã do internet explorer... pag.. 4 ligações...... pag.. 5 escrever um endereço de internet... pag.. 6 voltar à página

Leia mais

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático Conteúdos Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático O desejo de comunicar é a essência das redes. As pessoas sempre desejaram corresponder entre si através

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISICPLINAR - Informática ANO: 8º TICT2 ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/9

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM GRUPO DISICPLINAR - Informática ANO: 8º TICT2 ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/9 ANO: 8º TICT2 ANO LECTIVO: 2008/2009 p.1/9 Módulo 1 Tecnologias da Informação e Comunicação 1.1 Conceitos Essenciais Conceitos Básicos o Informática o Tecnologias da Informação o Tecnologias da Informação

Leia mais

# # & '% *+,-*+,./01)* 3 +,-3 +,./01)+ % 5

# # & '% *+,-*+,./01)* 3 +,-3 +,./01)+ % 5 !" # # $% & '% )" *+,-*+,./01)* )2' 3 +,-3 +,./01)+ )2%4 % 5 ( )" 17 5 2 7 8 %' 6 )" #11-# # 0 : ; < ' : 1 7 9 > " & % %? #5 @ ) A%) =!! "!! #! B %&' No final dos anos 60, a ARPA (Advanced Research Projects

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Noções Básicas de Informática Componentes de hardware Monitor : permite visualizar informação na forma de imagem ou vídeo; todo o trabalho desenvolvido com o computador pode ser

Leia mais

Módulo I MOTORES DE BUSCA NA INTERNET

Módulo I MOTORES DE BUSCA NA INTERNET Módulo I MOTORES DE BUSCA NA INTERNET Introdução Pesquisa de Informação de carácter genérico Pesquisa de Informação em Bases de Dados Utilização de dicionários on-line Ferramentas de tradução on-line 1

Leia mais

É uma rede mundial de computadores ligados entre si. INTERNET

É uma rede mundial de computadores ligados entre si. INTERNET INTERNET O QUE É A INTERNET? O QUE É NECESSÁRIO PARA ACEDER À INTERNET? QUAL A DIFERENÇA ENTRE WEB E INTERNET? HISTÓRIA DA INTERNET SERVIÇOS BÁSICOS DA INTERNET 2 1 INTERCONNECTED NETWORK INTERNET A Internet

Leia mais

http://www.uarte.mct.pt

http://www.uarte.mct.pt ws-ftp 1 sobre o programa...... pag.. 2 descarregar o programa a partir do site da uarte... pag.. 3 instalar o programa...... pag.. 4 a 6 iniciar o programa...... pag.. 7 interface dpo programa... pag..

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II INTERNET Protocolos de Aplicação Intranet Prof: Ricardo Luís R. Peres As aplicações na arquitetura Internet, são implementadas de forma independente, ou seja, não existe um padrão

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 10-07-2009 Controlo do Documento Autor

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET

INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 06 INTERNET Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é Internet Conceitos básicos de internet

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas

ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes ENSINO BÁSICO CURSO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO Praticas Administrativas ESCOLA: Dr. Solano de Abreu DISCIPLINA:TIC ANO: 1 ANO 2013/2014 CONTEÚDOS Conceitos básicos Informática

Leia mais

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho

Outlook 2003. Nivel 1. Rui Camacho Outlook 2003 Nivel 1 Objectivos gerais Enviar e Responder a mensagens de correio electrónico, e gestão de contactos, marcação de compromissos e trabalhar com notas. Objectivos específicos Começar a trabalhar

Leia mais

INTERNET. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

INTERNET. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 INTERNET Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 Internet Origem: Guerra Fria DARPA (Departamento de Defesa de Pesquisas Avançadas)

Leia mais

E-MAIL ACÇÃO DE FORMAÇÃO ESE VISEU PÓLO DE LAMEGO 10/04/2003 ANA C. C. LOUREIRO ÁREA DAS TIC

E-MAIL ACÇÃO DE FORMAÇÃO ESE VISEU PÓLO DE LAMEGO 10/04/2003 ANA C. C. LOUREIRO ÁREA DAS TIC E-MAIL ACÇÃO DE FORMAÇÃO ESE VISEU PÓLO DE LAMEGO 10/04/2003 ANA C. C. LOUREIRO ÁREA DAS TIC O E-MAIL O Email (Electronic Mail) ou Correio Electrónico é um sistema de troca de mensagens entre dois ou mais

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É PROTOCOLO? Na comunicação de dados e na interligação em rede, protocolo é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas. Sem protocolos, uma rede

Leia mais

6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet

6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet 6.2. Programas para utilização dos serviços da Internet 1 Programas para utilização dos serviços da Internet A Internet proporciona aos utilizadores um conjunto de serviços Para que eles os possam utilizar,

Leia mais

Tema 4a Internet e Intranet

Tema 4a Internet e Intranet Tema 4a Internet e Intranet 1 Internet - Introdução História A Internet foi originalmente concebida para proporcionar meios de comunicações em caso de guerra atómica, evitando uma topologia baseada em

Leia mais

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano

Planificação Anual. Planificação de Médio Prazo (1.º Período) Tecnologias da Informação e Comunicação. 9º Ano Escola Básica do 2º e 3º Ciclos João Afonso de Aveiro Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Secção de Informática Planificação Anual (1.º Período) Ano lectivo 2010/2011 Tecnologias da Informação

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA conceito inicial Amplo sistema de comunicação Conecta muitas redes de computadores Apresenta-se de várias formas Provê

Leia mais

Tecnologias da Informação e Comunicação 03-08-2010. Unidade D 1. O que é a Internet

Tecnologias da Informação e Comunicação 03-08-2010. Unidade D 1. O que é a Internet Unidade D Usar a Internet para obter, transmitir e publicar informação Unidade D Usar a Internet para obter, transmitir e publicar informação Formadora: Sónia Rodrigues Critérios de Evidência: Identifica

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 3 Internet, Browser e E-mail Professora: Cintia Caetano SURGIMENTO DA INTERNET A rede mundial de computadores, ou Internet, surgiu em plena Guerra Fria, no final da década de

Leia mais

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado EDUTec Learning MANUAL DO UTILIZADOR José Paulo Ferreira Lousado Índice Página Principal... ii Página de Desenvolvimento de Conteúdos... iii Página de Comunicações...iv Página de Transferência de Ficheiros...vi

Leia mais

Rua Cidade Rabat, 29A/B 1250-159 LISBOA Portugal. Tel. +351 213 102 330/4 Fax +351 213 102 339

Rua Cidade Rabat, 29A/B 1250-159 LISBOA Portugal. Tel. +351 213 102 330/4 Fax +351 213 102 339 Rua Cidade Rabat, 29A/B 1250-159 LISBOA Portugal Tel. +351 213 102 330/4 Fax +351 213 102 339 Contacto Geral: inf@acinet.pt Dep. Comercial: comercial@acinet.pt Dep. Formação: formacao@acinet.pt Dep. Multimedia:

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

Internet. Professor: Francisco Silva

Internet. Professor: Francisco Silva Internet e Serviços Internet A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros serviços

Leia mais

Netiqueta (ou Netiquette)

Netiqueta (ou Netiquette) Netiqueta (ou Netiquette) Conjunto de atitudes e normas recomendadas (não impostas) para que todos os utilizadores possam comunicar através da Internet de um forma cordial e agradável. Evite a utilização

Leia mais

1. INTERNET OU NET. Hardware. Computador. Linha telefónica normal, linha RDIS, ligação por cabo ou ADSL. Modem

1. INTERNET OU NET. Hardware. Computador. Linha telefónica normal, linha RDIS, ligação por cabo ou ADSL. Modem 1. INTERNET OU NET O que é a Internet? A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros

Leia mais

Referencial do Módulo B

Referencial do Módulo B 1 Referencial do Módulo B Liga, desliga e reinicia correctamente o computador e periféricos, designadamente um scanner; Usa o rato: aponta, clica, duplo-clique, selecciona e arrasta; Reconhece os ícones

Leia mais

FrontPage Express. Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática

FrontPage Express. Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática FrontPage Express Manuel Cabral Reis UTAD Departamento de Engenharias Curso de Ciências da Comunicação Disciplina de Introdução à Informática O que é o FrontePage Express Para aceder ao programa que vai

Leia mais

ESCOLA E.B. 2,3/S DRªA MARIA JUDITE SERRÃO ANDRADE

ESCOLA E.B. 2,3/S DRªA MARIA JUDITE SERRÃO ANDRADE ESCOLA E.B. 2,3/S DRªA MARIA JUDITE SERRÃO ANDRADE Planificação 9ºAno Ano lectivo 2007/2008 Tecnologias de Informação e Comunicação COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS TEÓRICO/PRÁTICOS TEMPO PREVISTO Unidade de Ensino/Aprendizagem

Leia mais

Internet. História da Internet

Internet. História da Internet Internet A rede mundial de computadores é um grande fenômeno e está ampliando os horizontes de profissionais e empresas. O acesso é feito a qualquer hora e de qualquer lugar: do escritório, em casa, na

Leia mais

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET Prof. Marcondes Ribeiro Lima Fundamentos de Internet O que é internet? Nome dado a rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas

Leia mais

Guia de Estudo. Redes e Internet

Guia de Estudo. Redes e Internet Tecnologias da Informação e Comunicação Guia de Estudo Redes e Internet Aspectos Genéricos Uma rede de computadores é um sistema de comunicação de dados constituído através da interligação de computadores

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Tecnologias de Informação e Comunicação Introdução Internet? Introdução 11-03-2007 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 2 Internet Introdução É uma rede global de computadores interligados que comunicam

Leia mais

Guião para as ferramentas etwinning

Guião para as ferramentas etwinning Guião para as ferramentas etwinning Registo em etwinning Primeiro passo: Dados de quem regista Segundo passo: Preferências de geminação Terceiro passo: Dados da escola Quarto passo: Perfil da escola Ferramenta

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Engenharia Departamento de Informática 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder. Escreva as suas respostas nesta folha de teste, marcando um círculo em volta da opção ou opções que considere

Leia mais

Internet e E-mail E. Univ. Sénior de Odivelas. ISCE Jan 2008 Rui Lourenço

Internet e E-mail E. Univ. Sénior de Odivelas. ISCE Jan 2008 Rui Lourenço Internet e E-mail E Univ. Sénior de Odivelas ISCE Jan 2008 Rui Lourenço Sumário O que éa Internet? O que posso fazer na Internet? O que énecessário para aceder àinternet? Usar um browser Usar o e-mail

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE SERVIÇOS INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE SERVIÇOS INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE SERVIÇOS INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA A Internet é uma amálgama de hardware Como funciona (máquinas clientes e servidores, além de infraestrutura

Leia mais

Glossário de Internet

Glossário de Internet Acesso por cabo Tipo de acesso à Internet que apresenta uma largura de banda muito superior à da linha analógica. A ligação é feita com recurso a um modem (de cabo), que se liga à ficha de sinal de TV

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2

PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 PLANIFICAÇÃO ANUAL DA DISCIPLINA DE TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANO LETIVO DE 2013/2014 Curso CEF Tipo 2 Domínios de referência Competências Conteúdos Calendarização Conceitos Essenciais e

Leia mais

Informática. Aula 9. A Internet e seu Uso nas Organizações

Informática. Aula 9. A Internet e seu Uso nas Organizações Informática Aula 9 A Internet e seu Uso nas Organizações Curso de Comunicação Empresarial 2º Ano O Que é a Internet? A Internet permite a comunicação entre milhões de computadores ligados através do mundo

Leia mais

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (v1) 60 minutos * 09.05.2012

Tecnologias da Internet (T) Avaliação de Frequência (v1) 60 minutos * 09.05.2012 1 Este é o seu teste de avaliação de frequência. Leia as perguntas com atenção antes de responder e tenha atenção que algumas perguntas podem ter alíneas de resposta em páginas diferentes. Escreva as suas

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL Na internet, cada computador conectado à rede tem um endereço IP. Todos os endereços IPv4 possuem 32 bits. Os endereços IP são atribuídos à interface

Leia mais

Unidade 4 Concepção de web sites. Subunidade 4 - Finalização do web site. -Teste, publicação e promoção do web site

Unidade 4 Concepção de web sites. Subunidade 4 - Finalização do web site. -Teste, publicação e promoção do web site Unidade 4 Concepção de web sites. Subunidade 4 - Finalização do web site -Teste, publicação e promoção do web site o Teste do web site o Publicação do web site - Num servidor pessoal - Por FTP Usando software

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA.

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA. INFORMÁTICA Aula Gratuita (clique aqui e assista a aula) INTERNET (Navegadores) NAVEGADORES Para que possamos explorar todos os recursos que a Web nos oferece, precisamos de um programa chamado navegador.

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 23 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 23-07/12/2007 1 Histórico da Internet Início dos anos 60 Um professor do MIT (J.C.R. Licklider) propõe a idéia de uma Rede

Leia mais

Por razões de segurança não guardamos as passwords (palavra-passe) dos acessos aos sites. Será necessário gerar uma nova password.

Por razões de segurança não guardamos as passwords (palavra-passe) dos acessos aos sites. Será necessário gerar uma nova password. 1 de 7 11-11-2010 09:17 Painel de Administração cpanel Instruções Iniciais Estamos muito gratos por ter escolhido alojar o seu site na IBERWEB. Em caso de dúvidas, por favor contacte de imediato o nosso

Leia mais

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO

Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Planificação Anual da disciplina de TIC 9ºANO Conteúdos/Temas Competências Avaliação 1.1. Conceitos Introdutórios - Conhecer os conceitos básicos: Informação Informática Tecnologias da Informação e - Conhecer

Leia mais

Actividade: Pesquisar na Internet

Actividade: Pesquisar na Internet Apêndice 6 A Nota Explicativa Actividade: Pesquisar na Internet A aplicação desta actividade prende-se com a necessidade de dotar os alunos de competências básicas relacionadas com a pesquisa, selecção

Leia mais

Unidade de Ensino/Aprendizagem 1 - Tecnologias da Informação e Comunicação

Unidade de Ensino/Aprendizagem 1 - Tecnologias da Informação e Comunicação Unidade de Ensino/Aprendizagem 1 - Tecnologias da Informação e Comunicação 1.1. CONCEITOS INTRODUTÓRIOS Sugestões metodológicas / Situações de - O professor deverá proceder a uma avaliação diagnóstica

Leia mais

Navegar na WWW Pesquisa e Organização de Informação

Navegar na WWW Pesquisa e Organização de Informação Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação de Setúbal CENTRO DE COMPETÊNCIA NÓNIO SÉCULO XXI Navegar na WWW Pesquisa e Organização de Informação MÓDULO DE CURTA DURAÇO Cadernos de Divulgação

Leia mais

Criação de Páginas Web Em FrontPage

Criação de Páginas Web Em FrontPage Criação de Páginas Web Em FrontPage Ficha de trabalho N.º 1 3.2. Criação e Gestão de um site Criação de um web site; O ambiente de trabalho do FrontPage; A barra de vistas; Gestão de páginas: criação;

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET

NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES URI CAMPUS SANTO ÂNGELO NOÇÕES BÁSICAS DE INTERNET Disciplina: Informática Instrumental Profa: M. Sc. Regiane Klidzio CONTEÚDO Março, 2010

Leia mais

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem

Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Centro de Formação da Batalha Centro de Competência Entre Mar e Serra Ferramentas de Comunicação da Internet no Ensino/Aprendizagem Batalha Novembro de 2001 1 - Como começar com o Outlook Express Com uma

Leia mais

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. ComServer ComServer A Restauração do Séc. XXI Copyright 2001-2005 GrupoPIE Portugal, S.A. 1. WinREST ComServer...5 1.1. Licença...5 1.2. Instalação...5 1.3. Licenciamento...6 1.4. Interface...7 1.5. Método

Leia mais

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais