I - Resultado mensal: 60,82%, acum. ano: 66,55% acum. 12 meses: 68,50%

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I - Resultado mensal: 60,82%, acum. ano: 66,55% acum. 12 meses: 68,50%"

Transcrição

1 dez/12 fev/13 abr/13 jun/13 ago/13 out/13 dez/12 fev/13 abr/13 jun/13 ago/13 out/ Novembro de edição n. 28 I - Resultado mensal: 60,82%, acum. ano: 66,55% acum. 12 meses: 68,50% Dados de outubro de da balança comercial de autopeças, elaborada com as informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), apontaram aumento de 66,6% no déficit comercial acumulado de janeiro a outubro de, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Na variação mensal de outubro deste ano em relação ao mesmo mês de, o crescimento do déficit foi de 60,8%. As importações somaram US$ 16,91 bilhões, e as exportações, US$ 8,47 bilhões; o que resultou no déficit de US$ 8,45 bilhões de janeiro a outubro de. Mês Exportação Var. (%) Importação Var. (%) Resultado* Var. (%) / / / JANEIRO , , ,93 FEVEREIRO , , ,53 MARÇO , , ,56 ABRIL , , ,90 MAIO , , ,27 JUNHO , , ,40 JULHO , , ,01 AGOSTO , , ,52 SETEMBRO , , ,47 OUTUBRO , , ,82 NOVEMBRO #DIV/0! #DIV/0! 0 0 #DIV/0! DEZEMBRO #DIV/0! #DIV/0! 0 0 #DIV/0! Variação acumulada no período (%) *(-) indica déficit, (+) significa superávit Tabela 1 Balança comercial de autopeças mensal , , ,55 Gráfico 1 Balança comercial de autopeças Em bilhões de US$ FOB acum. 12 meses Gráfico 2 Resultado da balança comercial de autopeças Em milhões de US$ FOB a.m Resultado Importação Exportação 16,3 16,3 16,6 16,7 16,9 17,4 17,7 18,0 18,3 18,6 18,9 19,4 10,5 10,5 10,5 10,4 10,3 10,3 10,4 10,4 10,3 10,2 10,1 10,0-5,5-5,7-5,8-6,2-6,4-6,6-7,1-7,3-7,6-8,0-8,4-8, O Relatório da Balança Comercial de Autopeças contém os dados consolidados de outubro de. As informações são fornecidas pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, via Secretaria de Comércio Exterior, e os cálculos são elaborados pelo Sindipeças. Periodicidade mensal. Página 1

2 Tabela 2 Exportação de autopeças por país Ordem País Var. (%) / Part. (%) 1 ARGENTINA ,13 38,30 2 ESTADOS UNIDOS ,31 12,57 3 MÉXICO ,68 8,95 4 ALEMANHA ,48 7,61 5 PAÍSES BAIXOS ,08 4,87 6 CHILE ,28 2,62 7 VENEZUELA ,90 2,37 8 COLÔMBIA ,36 1,97 9 ITÁLIA ,00 1,81 10 ÁFRICA DO SUL ,09 1,65 11 REINO UNIDO ,87 1,41 12 PARAGUAI ,13 1,38 13 FRANÇA ,03 1,28 14 PERU ,37 1,16 15 CHINA ,81 1,16 16 URUGUAI ,51 0,98 17 TAILÂNDIA ,33 0,89 18 ÍNDIA ,76 0,63 19 EQUADOR ,31 0,58 20 SUÉCIA ,29 0,56 20 PRINCIPAIS PAÍSES ,74 92,76 OUTROS 163 PAÍSES ,94 7,24 TOTAL DE 183 PAÍSES ,40 100,00 Tabela 3 Importação de autopeças por país Ordem País Var. (%) / Part. (%) 1 ESTADOS UNIDOS ,98 11,20 2 ALEMANHA ,08 11,10 3 JAPÃO ,23 9,74 4 CHINA ,49 8,58 5 ARGENTINA ,54 8,24 6 COREIA DO SUL ,75 8,12 7 ITÁLIA ,09 6,50 8 FRANÇA ,40 6,34 9 TAILÂNDIA ,01 4,73 10 MÉXICO ,84 4,01 11 SUÉCIA ,95 3,76 12 ESPANHA ,65 2,30 13 ÍNDIA ,87 1,70 14 REINO UNIDO ,18 1,47 15 ROMÊNIA ,18 1,23 16 TURQUIA ,03 1,13 17 HUNGRIA ,89 1,06 18 REPÚBLICA TCHECA ,47 0,84 19 INDONÉSIA ,70 0,81 20 POLÔNIA ,05 0,81 20 PRINCIPAIS PAÍSES ,16 93,68 OUTROS 142 PAÍSES ,32 6,32 TOTAL DE 162 PAÍSES ,63 100,00 Página 2

3 Tabela 4 Exportação de autopeças por macrorregião Ordem Região Var. (%) / Part. (%) 1 AMÉRICA DO SUL ,39 50,05 2 AMÉRICA DO NORTE ,45 22,06 3 EUROPA ,61 20,06 4 ÁSIA E OCEANIA ,38 4,66 5 ÁFRICA ,04 2,36 6 AMÉRICA CENTRAL E CARIBE ,78 0,82 7 NÃO DECLARADAS ,00 Total ,40 100,00 Gráfico 3 Exportação por macrorregião Part. (%) - jan-out AMÉRICA DO NORTE 22,1 EUROPA 20,1 AMÉRICA DO SUL 50,0 ÁSIA E OCEANIA 4,7 ÁFRICA 2,4 AMÉRICA CENTRAL E CARIBE 0,8 Ordem Região Var. (%) / Part. (%) 1 EUROPA ,52 39,12 2 ÁSIA E OCEANIA ,07 35,93 3 AMÉRICA DO NORTE ,87 15,56 4 AMÉRICA DO SUL ,99 9,07 5 ÁFRICA ,36 0,23 6 AMÉRICA CENTRAL E CARIBE ,48 0,08 7 NÃO DECLARADAS Total ,63 100,00 A América do Sul detém a maior participação nas exportações brasileiras, com 50%. Porém, houve queda em seu crescimento, de 1,4%, no acumulado de janeiro a outubro de em relação ao mesmo período do ano anterior. A única macrorregião que apresentou crescimento foi a Europa, de 2,6%. As demais localidades registraram quedas significativas. Tabela 5 Importação de autopeças por macrorregião Gráfico 4 Importação por macrorregião Part. (%) - jan-out ÁSIA E OCEANIA 35,9 EUROPA 39,1 AMÉRICA DO NORTE 15,6 AMÉRICA DO SUL 9,1 ÁFRICA 0,2 AMÉRICA CENTRAL E CARIBE 0,1 A maior parte das importações brasileiras está dividida entre a Ásia e Oceania e Europa, representando 75% das importações. A única macrorregião que registrou queda em relação ao ano anterior foi a África, de 33,4%. Já a maior alta ficou por conta da América Central e Caribe, com crescimento de 27,5%. Página 3

4 Ordem NCM Mercadoria Var. (%) / Part. (%) OUTRAS PARTES E ACESSÓRIOS PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS DAS POSIÇÕES 8701 A ,98 6, OUTROS MOTORES DE PISTÃO ALTERNATIVO DOS TIPOS UTILIZADOS PARA PROPULSÃO DE VEÍCULOS DO CAPÍTULO 87 DE CILINDRADA SUPERIOR A 1.000CM ,97 6, BLOCOS DE CILINDRO E CÁRTERES, PARA MOTORES DAS POSIÇÕES 8407 OU ,97 6, OUTRAS PARTES E ACESSÓRIOS DE CARROÇARIAS DOS VEÍCULOS AUTOMÓVEIS DAS POSIÇÕES 8701 A ,65 5, OUTRAS VÁLVULAS DE RETENÇÃO ,24 4, EIXOS DE TRANSMISSÃO COM DIFERENCIAL PARA VEÍCULOS AUTOMOTORES ,39 3, OUTROS FREIOS E PARTES, PARA TRATORES/VEÍCULOS AUTOMOTORES ,94 3, OUTRAS CAIXAS DE MARCHA ,61 2, Tabela 6 Exportação de autopeças OUTRAS CARROÇARIAS PARA OS VEÍCULOS AUTOMÓVEIS DAS POSIÇÕES 8701 A 8705, INCLUÍDAS AS CABINAS ,76 2, CAIXAS DE MARCHAS PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS ,27 2,22 BLOCOS DE CILINDRO, CABEÇOTES E CÁRTERES, PARA MOTORES DAS POSIÇÕES 8407 OU RECONHECÍVEIS COMO EXCLUSIVA OU PRINCIPALMENTE DESTINADAS AOS MOTORES DE PISTÃO, DE IGNIÇÃO POR CENTELHA (FAÍSCA) AMORTECEDORES DE SUSPENSÃO PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS DAS POSIÇÕES 8701 A OUTROS MOTORES DOS TIPOS UTILIZADOS PARA PROPULSÃO DE VEÍCULOS DO CAPÍTULO ,29 2, ,16 2, ,63 1, EMBREAGENS E SUAS PARTES PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS DAS POSIÇÕES 8701 A ,17 1, OUTRAS RODAS, SUAS PARTES E ACESSÓRIOS PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS ,64 1,86 15 PRINCIPAIS MERCADORIAS ,87 52,69 OUTRAS 224 MERCADORIAS ,72 47,31 TOTAL DE 239 MERCADORIAS ,40 100,00 Tabela 7 Importação de autopeças Ordem NCM Mercadoria Var. (%) / Part. (%) OUTRAS CAIXAS DE MARCHA ,56 8, OUTRAS PARTES E ACESSÓRIOS DE CARROÇARIAS DOS VEÍCULOS AUTOMÓVEIS DAS POSIÇÕES 8701 A ,10 7, OUTRAS PARTES E ACESSÓRIOS PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS DAS POSIÇÕES 8701 A ,71 6, CAIXAS DE MARCHAS PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS ,40 2, OUTROS MOTORES DE PISTÃO ALTERNATIVO DOS TIPOS UTILIZADOS PARA PROPULSÃO DE VEÍCULOS DO CAPÍTULO 87 DE CILINDRADA SUPERIOR A 1.000CM ,55 2, OUTROS MOTORES DOS TIPOS UTILIZADOS PARA PROPULSÃO DE VEÍCULOS DO CAPÍTULO ,61 2, CAIXAS DE TRANSMISSÃO, REDUTORES, MULTIPLICADORES E VARIADORES DE VELOCIDADE, INCLUÍDOS OS CONVERSORES DE TORQUES (BINÁRIOS) ,76 2, OUTROS EIXOS E PARTES, PARA VEÍCULOS AUTOMÓVEIS ,39 2, OUTROS CONTROLADORES ELETRÔNICOS PARA OS SISTEMAS DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS ,78 2, OUTROS FREIOS E PARTES, PARA TRATORES/VEÍCULOS AUTOMOTORES ,33 2, OUTRAS PARTES RECONHECÍVEIS COMO EXCLUSIVA OU PRINCIPALMENTE DESTINADAS AOS MOTORES DE PISTÃO, DE IGNIÇÃO POR CENTELHA (FAÍSCA) OUTRAS PARTES RECONHECÍVEIS COMO EXCLUSIVA OU PRINCIPALMENTE DESTINADAS AOS MOTORES DAS POSIÇÕES OU ,53 1, ,67 1, OUTROS INTERRUPTORES, SECCIONADORES E COMUTADORES ,00 1, OUTRAS OBRAS DE BORRACHA VULCANIZADA NÃO ENDURECIDA ,50 1, EIXOS DE TRANSMISSÃO COM DIFERENCIAL PARA VEÍCULOS AUTOMOTORES ,53 1,59 15 PRINCIPAIS MERCADORIAS ,33 47,78 OUTRAS 204 MERCADORIAS ,09 52,22 TOTAL DE 219 MERCADORIAS ,63 100,00 Página 4

5 Exportação UF AC , , AL , , AM , , AP , BA , , CE , , DF , , ES , , GO , , MA , MG , , MS , , MT , , PA , , PB , PE , , PI , PR , , RJ , , RN , , RO , , RR , , RS , , SC , , SE , SP , , TO , Total , , Tabela 8 Balança comercial de autopeças por UF Var. (%) / Importação Var. (%) / Resultado Part. (%) Em Mil de US$ FOB Exportação Importação Resultado \1 Part. (%) Part. (%) Part. (%) 1 - ÔNIBUS , , , , AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES , , , , CAMINHÕES , , , , TOTAL DE AUTOVEÍCULOS ( ) , , , , AUTOPEÇAS \ , , , , CHASSIS, CARROCERIAS, ETC , , , , MÁQUINAS AGRÍCOLAS , , , , MÁQUINAS RODOVIÁRIAS , , , , BALANÇA TOTAL DO SETOR ( ) , , , , \1 (-) indica déficit, (+) significa superávit \2 inclui pneumáticos Itens Tabela 9 Balança Comercial do Setor Automotivo Página 5

6 Tabela 10 Ranking dos países importadores Ordem País ESTADOS UNIDOS ALEMANHA JAPÃO CHINA ARGENTINA COREIA DO SUL ITÁLIA FRANÇA TAILÂNDIA MÉXICO PRINCIPAIS PAÍSES OUTROS PAÍSES Total Ordem País ESTADOS UNIDOS 12,4% 11,7% 13,6% 13,3% 11,6% 11,2% 2 ALEMANHA 19,1% 14,7% 14,0% 12,9% 11,5% 11,1% 3 JAPÃO 14,4% 17,5% 14,3% 11,7% 11,8% 9,7% 4 CHINA 5,3% 5,1% 7,5% 9,0% 8,6% 8,6% 5 ARGENTINA 10,0% 11,1% 10,3% 8,9% 8,7% 8,2% 6 COREIA DO SUL 1,1% 1,3% 2,9% 4,4% 6,7% 8,1% 7 ITÁLIA 6,8% 5,7% 6,4% 6,4% 5,9% 6,5% 8 FRANÇA 7,0% 6,7% 7,2% 7,5% 7,0% 6,3% 9 TAILÂNDIA 3,1% 4,9% 4,4% 5,3% 6,2% 4,7% 10 MÉXICO 1,9% 2,2% 2,1% 2,4% 3,4% 4,0% 10 PRINCIPAIS PAÍSES 81,1% 80,8% 82,7% 81,8% 81,5% 78,6% OUTROS PAÍSES 18,9% 19,2% 17,3% 18,2% 18,5% 21,4% Tabela 11 Ranking dos países importadores Total 100% 100% 100% 100% 100% 100% Gráfico 5 - Distribuição das importações dos principais países Acumulado no ano 18,9% 19,2% 17,3% 18,2% 18,5% 1,9% 2,2% 2,1% 2,4% 3,4% 3,1% 4,4% 4,9% 5,3% 6,2% 7,0% 7,2% 6,7% 7,5% 6,8% 7,0% 1,1% 5,7% 6,4% 6,4% 1,3% 2,9% 5,9% 10,0% 4,4% 11,1% 10,3% 6,7% 8,9% 5,3% 5,1% 8,7% 7,5% 9,0% 14,4% 8,6% 17,5% 14,3% 11,7% 11,8% 19,1% 12,4% 11,7% 13,6% 13,3% 11,6% 11,2% 14,7% 14,0% 12,9% ESTADOS UNIDOS ALEMANHA JAPÃO CHINA ARGENTINA COREIA DO SUL ITÁLIA FRANÇA TAILÂNDIA MÉXICO OUTROS PAÍSES 11,5% 21,4% 4,0% 4,7% 6,3% 6,5% 8,1% 8,2% 8,6% 9,7% 11,1% Página 6

7 out/12 dez/12 fev/13 abr/13 jun/13 ago/13 out/13 nov/10 fev/11 mai/11 ago/11 nov/11 fev/12 mai/12 ago/12 fev/13 ago/13 nov/10 jan/11 mar/11 mai/11 jul/11 set/11 nov/11 jan/12 mar/12 mai/12 jul/12 set/12 nov/10 jan/11 mar/11 mai/11 jul/11 set/11 nov/11 jan/12 mar/12 mai/12 jul/12 set/12 nov/10 jan/11 mar/11 mai/11 jul/11 set/11 nov/11 jan/12 mar/12 mai/12 jul/12 set/12 II - Mercado de Moedas Gráfico 6 Brasil Dólar comercial (ptax - compra) Em R$/US$ - média mensal 2,4 2,2 2,29 Gráfico 7 Japão Taxa de câmbio Em iene/us$ - média mensal ,08 2,0 90 1,8 1,6 1,4 70 Fonte: XE.com. Elaboração do Sindipeças Média dos primeiros 10 dias úteis de novembro/13 Gráfico 8 China Taxa de câmbio Em yuan/us$ - média mensal 7,0 Fonte: XE.com. Elaboração do Sindipeças Média dos primeiros 10 dias úteis de novembro/13 Gráfico 9 União Europeia Taxa de câmbio Em euro/us$ - média mensal 6,8 6,6 0,8 0,74 6,4 6,2 6,09 6,0 0,6 Fonte: XE.com. Elaboração do Sindipeças Média dos primeiros 10 dias úteis de novembro/13 Gráfico 10 Operações de câmbio contratado (comercial) Em bilhões de US$ 35 Fonte: XE.com. Elaboração do Sindipeças Média dos primeiros 10 dias úteis de novembro/13 Resultado³ Exportação¹ Importação² ,1 10 6, ,3-2,4-4,3-4,8 0,7 2,0-1,9-0,1-1,9-5,0-1,1 Fonte: Banco Central do Brasil. Elaboração do Sindipeças Notas: 1. Fluxo de entrada de recursos em moeda estrangeira no País no período, relativos ao fechamento de contratos de câmbio de exportação de bens e serviços. Essas operações são feitas no segmento livre do mercado de câmbio brasileiro. Não são incluídas operações interbancárias. 2. Fluxo de saída de recursos em moeda estrangeira no País no período, relativos ao fechamento de contratos de câmbio de importação de bens e serviços. Essas operações são feitas no segmento livre do mercado de câmbio brasileiro. Não são incluídas operações interbancárias. 3. Diferença entre os fluxos de entrada e saída de recursos em moeda estrangeira do País no período, referentes às contratações de câmbio para exportação e importação de bens e serviços. Essas operações são feitas no segmento livre do mercado de câmbio brasileiro. Não são incluídas operações interbancárias. Vide séries Contrato de Exportação Segmento Livre" e "Contrato de Importação Segmento Livre, do Banco Central. Página 7

8 Conselho de Administração Presidente: Paulo Roberto Rodrigues Butori Conselheiro de economia: Dan Ioschpe Equipe técnica Economista responsável: Ricardo Jacomassi Analista de economia junior: Bruna Barreto Analista de economia junior: Thiago Nogueira Estagiário de economia: Caio Bloise Sindipeças Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores Abipeças Associação Brasileira da Indústria de Autopeças Avenida Santo Amaro, Vila Nova Conceição São Paulo, SP, Brasil Telefone: 55 (11) Fax: 55 (11) Direitos autorais Copyright do Sindipeças. Solicita-se a menção da fonte Sindipeças para a reprodução total ou parcial das informações contidas neste trabalho. Página 8

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14 dez/13 jan/14 mar/14 abr/14 jun/14 jul/14 set/14 out/14-1.067-914 -822-869 -707-761 -829-928 -678-749 -708-528 I Resultados Mensal: -30,3% Acum.

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15 fev/15 mar/15 mai/15 jun/15 ago/15 set/15 nov/15 dez/15-748 -635-482 -548-559 -508-395 -457-386 -404-359 -113 I Resultados Mensal: -67,5% Acum. Ano:

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15 abr/14 mai/14 jul/14 ago/14 out/14 nov/14 jan/15 fev/15-822 -869-928 -761-829 -678-749 -708-748 -537-482 -349 I Resultados Mensal: -31,9% Acum. Ano:

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/16 out/16 dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/16 out/16-490 -359-380 -436-477 -563-525 -556-412 -327-226 -113 I Resultado Out 16/Out 15: 37,7% Acum.

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças jul/15 ago/15 out/15 nov/15 jan/16 fev/16 abr/16 mai/16 jul/15 ago/15 out/15 nov/15 jan/16 fev/16 abr/16 mai/16-559 -457-490 -395-386 -404-359 -380-436 -327-226 -113 I Resultados Mensal: -14,22% Acum.

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças set/15 out/15 dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16 set/15 out/15 dez/15 jan/16 mar/16 abr/16 jun/16 jul/16-457 -490-386 -404-359 -380-436 -477-412 -327-226 -113 I Resultado Mensal: -14,7% Acum. Ano:

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado Nov 16/Nov 15: 41,5% Acum. Ano: -10,6% Anualizado: -14,0% O, elaborado com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), registra déficit comercial de US$4,90 bilhões

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado Fev 17/Fev 16: 79,7% Acum. Ano: 46,3% Anualizado: 10,0% As exportações de autopeças no primeiro bimestre de somaram US$ 933,1 milhões, com alta de 3% em relação ao mesmo período de. As importações

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado 17/ 16: 30,9% Acum. Ano: 30,9% Anualizado: 1,3% No primeiro mês de, o setor de autopeças comercializou US$ 442,7 milhões em produtos para o exterior, registrando acréscimo de 21% em relação

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado As exportações de autopeças até abril somaram US$ 2,1 bilhões, com alta de 2% em relação ao mesmo período de. Já as importações totalizaram US$ 4 bilhões e avançaram 13,9% na mesma base de

Leia mais

Relatório da Balança Comercial de Autopeças

Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado Dez 16/Dez 15: 214,0% Acum. Ano: -6,0% Anualizado: -6,0% No ano de 2016, o setor de autopeças comercializou US$6,57 bilhões em produtos para o exterior e adquiriu US$11,82 bilhões, gerando

Leia mais

I Resultado. Sindipeças Abipeças Relatório da Balança Comercial de Autopeças

I Resultado. Sindipeças Abipeças Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado As exportações do setor de autopeças totalizaram US$ 651,7 milhões em junho, implicando em um crescimento de 4,1% em relação a maio e de 18,1% frente ao mesmo mês do ano anterior, quando as

Leia mais

I Resultado. Sindipeças Abipeças Relatório da Balança Comercial de Autopeças

I Resultado. Sindipeças Abipeças Relatório da Balança Comercial de Autopeças I Resultado As exportações do setor de autopeças apresentaram resultado recorde em agosto, quando comparado aos sete primeiros meses do ano. As vendas para o exterior atingiram US$ 698,6 milhões, implicando

Leia mais

Relatório da Frota Circulante de 2014

Relatório da Frota Circulante de 2014 I Frota circulante total O Relatório da Frota Circulante, elaborado pelo Sindipeças com dados até 2013, apontou aumento de 5,7% na frota de autoveículos brasileira, em comparação com 2012, registrando

Leia mais

Relatório da Pesquisa Conjuntural

Relatório da Pesquisa Conjuntural -12,3% -13, -13,5% -13,1% -12,7% -12,4% -12,7% -7,9% -9,3% -6,9% -2,7% -0,2% I Resultado Nacional Os dados divulgados no Relatório da Pesquisa Conjuntural, elaborados com base nas informações das empresas

Leia mais

Relatório da Pesquisa Conjuntural

Relatório da Pesquisa Conjuntural -8,1% -0,4% 4, 7,8% 8,9% 9,3% 8,2% 6,6% 6,7% 6, 4,9% 3,9% I Resultado Nacional O de abril, elaborado com base nos dados das empresas associadas ao Sindipeças, registrou queda de 0,4% no faturamento real

Leia mais

Gráfico 1: Faturamento real consolidado Variação em % (acúmulo mensal do ano /igual período do ano anterior) 7,5% 7,1% 4,4% fev/13. abr/13.

Gráfico 1: Faturamento real consolidado Variação em % (acúmulo mensal do ano /igual período do ano anterior) 7,5% 7,1% 4,4% fev/13. abr/13. -14,7% -14, -13,9% 7,1% 4,4% 7, 7,6% 8,2% 7,2% 5,6% 5,8% 13,7% Novembro de 213 edição n. 27 I Resultado Nacional O Relatório da Pesquisa Conjuntural de novembro, elaborado com base nos dados das empresas

Leia mais

A Indústria de Autopeças Brasileira. Elaboração: Assessoria de Economia

A Indústria de Autopeças Brasileira. Elaboração: Assessoria de Economia A Indústria de Autopeças Brasileira Elaboração: Assessoria de Economia São Paulo, maio de 2012 Números da indústria de autopeças Associadas Parque industrial Qualidade 494 empresas 749 unidades industriais

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

Comércio Exterior BOLETIM. Ribeirão Preto/SP Prof. Dr. Luciano Nakabashi Marcos Hitoshi Endo e Marina Cassiano Ribeiro

Comércio Exterior BOLETIM. Ribeirão Preto/SP Prof. Dr. Luciano Nakabashi Marcos Hitoshi Endo e Marina Cassiano Ribeiro Em fevereiro de 215, o Brasil apresentou um déficit na balança comercial de, aproximadamente, US$ 2,8 bilhões. No acumulado dos últimos 12 meses, o montante é um déficit de US$ 3,8 bilhões (Figura 1),

Leia mais

Comércio exterior. Dados gerais e do capítulo 30 da NCM relacionados ao comércio exterior do Brasil e do Estado de São Paulo.

Comércio exterior. Dados gerais e do capítulo 30 da NCM relacionados ao comércio exterior do Brasil e do Estado de São Paulo. Comércio exterior Dados gerais e do capítulo 30 da NCM relacionados ao comércio exterior do Brasil e do Estado de São Paulo. Janeiro 2015 Sindusfarma Gerência de Regulação de Mercados Índice Brasil...

Leia mais

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2013 INDICADOR SANTA CATARINA BR % % acumulado 2013/2012 % acumulado 2012/2011 acumulado 2013/2012 Produção Ind. (jan-ago)

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE MÓVEIS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE MÓVEIS Importação 3,3% Residenciais 67,7% Mercado interno 96,4% Escritório 16,6% INDÚSTRIA

Leia mais

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR Situação Atual do Setor Têxtil e de Confecção Aguinaldo Diniz Filho Presidente da Abit Brasília, 19 de junho de 2013 PERFIL DO SETOR ESTRUTURA DA CADEIA TEXTIL E DE CONFECÇÃO

Leia mais

PANORAMA DO SETOR. Evolução do setor 2. Crescimento do setor x crescimento da economia 3. Comparativo de índices de preços 4. Comércio Exterior 5

PANORAMA DO SETOR. Evolução do setor 2. Crescimento do setor x crescimento da economia 3. Comparativo de índices de preços 4. Comércio Exterior 5 PANORAMA DO SETOR Evolução do setor 2 Crescimento do setor x crescimento da economia 3 Comparativo de índices de preços 4 Comércio Exterior 5 Perfil Empresarial 8 Mercado Brasileiro 11 Canais de distribuição

Leia mais

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO

PANORAMA DO SETOR EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10% nos últimos 16 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES

AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos AUTOMÓVEIS E COMERCIAIS LEVES OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS 74% Automóveis 10% exportação 90% mercado interno 18% importação COMPLEXO AUTOMOTIVO 21% Comerciais

Leia mais

Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional

Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional Encontro Econômico Brasil-Alemanha Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional Jackson Schneider Presidente Anfavea Blumenau, 19 de novembro de 2007 1 Conteúdo 2 1. Representatividade

Leia mais

Índice da apresentação

Índice da apresentação Cenário da reparação de veículos 2013 Índice da apresentação 1. Indicadores 2. Ameaças e oportunidades 3. Cenário futuro Indicadores Total 5.565 Municípios NORTE 449 Amazonas 62 Pará 143 Rondônia 52 Acre

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos CAMINHÕES JANEIRO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

Perspectiva da Indústria de Autopeças no contexto do Inovar-Auto

Perspectiva da Indústria de Autopeças no contexto do Inovar-Auto Perspectiva da Indústria de Autopeças no contexto do Inovar-Auto Apresentação Paulo Butori Presidente do Sindipeças Elaboração: Assessoria Econômica do Sindipeças São Paulo, novembro de 2013 Números do

Leia mais

Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos

Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Panorama do setor de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos Página 1 Evolução A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS DEZEMBRO DE 2016

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS DEZEMBRO DE 2016 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ÔNIBUS DEZEMBRO DE 2016 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas por suas

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012.

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. Os casos de Invalidez Permanente representaram a maioria das indenizações pagas

Leia mais

ELETRODOMÉSTICOS E ELETROELETRÔNICOS

ELETRODOMÉSTICOS E ELETROELETRÔNICOS DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos ELETRODOMÉSTICOS E ELETROELETRÔNICOS MAIO DE 2016 PRODUTOS CADEIA DE ELETROELETRÔNICOS Matérias-primas Básicas Aço Motores Componentes Outros insumos

Leia mais

Milho Perspectivas do mercado 2011/12

Milho Perspectivas do mercado 2011/12 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE POLÍTICA AGRÍCOLA Milho Perspectivas do mercado 2011/12 março de 2012 Milho - Oferta e Demanda - Mundo milhões de t. Safras 2008/09 2009/10

Leia mais

BRASIL Comércio Exterior

BRASIL Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC BRASIL Comércio Exterior Novembro de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA FEV/2015

ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA FEV/2015 ANÁLISE DO VOLUME DE VENDAS DO COMÉRCIO VAREJISTA FEV/015 O COMÉRCIO VAREJISTA NO BRASIL APRESENTA RETRAÇÃO NAS VENDAS EM FEVEREIRO A Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) realizada pelo Instituto Brasileiro

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NO BRASIL 2012 EXPORTAÇÕES US$ 43 Bilhões (23%) 23% Ásia 22% União Europeia FATURAMENTO

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas do Pa CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indicador Nº 2/215 Técnicos Responsáv

Leia mais

Indústria Automobilística no Brasil e no Mundo entre 2001 e 2011. Engº Fernando Iervolino

Indústria Automobilística no Brasil e no Mundo entre 2001 e 2011. Engº Fernando Iervolino Indústria Automobilística no Brasil e no Mundo entre 2001 e 2011 Engº Fernando Iervolino Fontes de Informação: ANFAVEA Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores http://www.anfavea.com.br/

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RORAIMA OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RORAIMA OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos RORAIMA OUTUBRO DE 2015 DADOS GERAIS DO ESTADO DA RORAIMA Total Part % Brasil Part % Região Área Total - km² 224.118 2,64% 5,82% População - mil (1)

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Siglas d CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Indica Nº 1/215 Técnicos Respon Equipe

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 CALENDÁRIO AGRÍCOLA - FEIJÃO Safra 1ª - Safra das Águas 2ª - Safra da Seca 3ª - Safra de Inverno Principais Regiões Sul, Sudeste,

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF UF Tecnologia Velocidade Quantidade de Acessos AC ATM 12 Mbps a 34Mbps 3 AC ATM 34 Mbps

Leia mais

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria

Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria VII Seminário ABMR&A da Cadeia Produtiva de Carne Bovina Feicorte 2007 Mercado internacional da carne bovina: a visão da indústria Médica Veterinária Andréa Veríssimo M. Appl. Sc. Farm Management Lincoln

Leia mais

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS Seminário POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS LEGISLAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E POLÍTICA DE SEGURANÇA Brasília DF 13 de setembro de 2012 Regulamentação da atividade de mototaxista Mesmo diante da ausência

Leia mais

Anuário Estatístico do Turismo de Bonito

Anuário Estatístico do Turismo de Bonito Anuário Estatístico do Turismo de Bonito Ano Base - 2016 Realização: Apoio: ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO TURISMO DE BONITO ANO BASE 2016 O Anuário Estatístico do Turismo é a compilação dos dados coletados pelo

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

Por dentro do Fisco On-line. São Paulo 12/02/2009

Por dentro do Fisco On-line. São Paulo 12/02/2009 Por dentro do Fisco On-line São Paulo 12/02/2009 Situação Atual Base 31/12/08 15.800 empresas emitindo NF-e, atingindo, em média, 35% da arrecadação das UF); 70 milhões NF-e autorizadas: Média 700.000

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Evolução Histórica MP 2.200-2 - 24/08/01. Emenda Constitucional nº 42-19/12/03. I ENAT Salvador - 17/07/04. II ENAT São Paulo - 27/08/05

Evolução Histórica MP 2.200-2 - 24/08/01. Emenda Constitucional nº 42-19/12/03. I ENAT Salvador - 17/07/04. II ENAT São Paulo - 27/08/05 SEPRORJ Rio de Janeiro, 17 de fevereiro de 2009 Evolução Histórica MP 2.200-2 - 24/08/01 Emenda Constitucional nº 42-19/12/03 I ENAT Salvador - 17/07/04 II ENAT São Paulo - 27/08/05 III ENAT Fortaleza

Leia mais

CONSULADOS (011) 285.0433 - FAX (11) 284.4862 ( 011) 3814.6644 - FAX (11) 3815.7538 (011) 284.1355-288.5857 FAX (11) 285.0748

CONSULADOS (011) 285.0433 - FAX (11) 284.4862 ( 011) 3814.6644 - FAX (11) 3815.7538 (011) 284.1355-288.5857 FAX (11) 285.0748 CONSULADOS NOME ENDEREÇO FONE E-MAIL ÁFRICA DO SUL Avenida Paulista, 1754-12º andar - Cerqueira César - São Paulo - SP - CEP: 01310-200 (011) 285.0433 - FAX (11) 284.4862 ALEMANHA Avenida Brigadeiro Faria

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2011 % Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2012 x Jan a Dez 2011 Morte 58.134 16% 60.752 12% 5% Invalidez Permanente 239.738 65% 352.495 69% 47% Despesas Médicas (DAMS) 68.484

Leia mais

CARTA-CIRCULAR N 2.070. Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas.

CARTA-CIRCULAR N 2.070. Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas. CARTA-CIRCULAR N 2.070 Aos Bancos Múltiplos com Carteira Comercial, Bancos Comerciais e Caixas Econômicas. Divulga relação das missões diplomáticas, repartições consulares de carreira e representações

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2015

Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Volume 42 Ano base 2014 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2013-2014

Leia mais

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Estrutura e Distribuição Geográfica Estrutura Estatutária A GEAP GEAP é administrada por por um um Conselho Deliberativo responsável pela pela definição da da

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Sigla CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Ind Nº 9/215 Técnicos Resp Equipe CGPM

Leia mais

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado

Políticas Públicas. Lélio de Lima Prado Políticas Públicas Lélio de Lima Prado Política Cambial dez/03 abr/04 ago/04 dez/04 abr/05 ago/05 Evolução das Reservas internacionais (Em US$ bilhões) dez/05 abr/06 ago/06 dez/06 abr/07 ago/07 dez/07

Leia mais

Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte

Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio e Serviços Departamento de Micro, Pequenas e Médias M Empresas Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno

Leia mais

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 21 de Agosto de 2015 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2015 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

Desempenho da Indústria Catarinense

Desempenho da Indústria Catarinense FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA Desempenho da Indústria Catarinense Florianópolis, 20 de março de 2015 SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2015 INDICADOR SANTA CATARINA

Leia mais

2010/2015 SINDIPEÇAS

2010/2015 SINDIPEÇAS PREVISÃO DE PRODUÇÃO DE VEICULOS MERCOSUL 2010/2015 SINDIPEÇAS Flávio Del Soldato Membro Conselho de Administração Sindipeças e Abipeças Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13

Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13 Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital

A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital A economia do Rio de Janeiro Estado e Capital William Figueiredo Divisão de Estudo Econômicos do Rio de Janeiro (DIERJ) Gerência de Estudos Econômicos (GEE) Rio de Janeiro, 27 de junho de 2017 Estado do

Leia mais

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t )

BRASIL - IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 ( t ) ( US$ / t ) BRASIL IMPORTAÇÃO DE TRIGO 2017 (POR PAÍS) PAÍSES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ ARGENTINA Volume ( Ton/Liq ) 399.473,26 422.403,60 501.033,08 371.050,32 437.918,87 2.131.879,13 Valor

Leia mais

Fundação de Economia e Estatística Centro de Informações Estatísticas Núcleo de Contabilidade Social

Fundação de Economia e Estatística Centro de Informações Estatísticas Núcleo de Contabilidade Social Fundação de Economia e Estatística Centro de Informações Estatísticas Núcleo de Contabilidade Social COMENTÁRIOS ACERCA DOS NÚMEROS FINAIS DO PIB DO RS E DAS DEMAIS UNIDADES DA FEDERAÇÃO EM 2010 Equipe

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

- Corr. de comércio: US$ 38,9 bi, 2º maior valor para meses de abril, (1º abr-13: US$ 42,3 bi);

- Corr. de comércio: US$ 38,9 bi, 2º maior valor para meses de abril, (1º abr-13: US$ 42,3 bi); Abril / 2014 Resultados de Abril de 2014 - Exportação: US$ 19,7 bi em valor e média de US$ 986,2 milhões, 5,2% acima da média de abr-13 (US$ 937,8 milhões); 2ª maior média de exportação para abril (1º

Leia mais

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308

4» Quadra escolar Maria Nascimento Paiva. 1» Centro de Artes e Esportes Unificados. 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 1 2 8 1» Centro de Artes e Esportes Unificados Rio Branco AC 2» Unidade Básica de Saúde, Clínica da Família Quadra 308 Recanto das Emas DF 3» Creche Ipê Rosa Samambaia DF 4» Quadra escolar Maria Nascimento

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14

Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14 Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

GRUPO DE ECONOMIA / FUNDAP

GRUPO DE ECONOMIA / FUNDAP O mercado de câmbio brasileiro, no primeiro bimestre de 2014 Grupo de Economia / Fundap O ano de 2014 começou com um clima bem agitado nos mercados financeiros internacionais, com o anúncio feito pelo

Leia mais

Diagnóstico da realidade médica no país

Diagnóstico da realidade médica no país Diagnóstico da realidade médica no país Médicos por mil habitantes Peru 0,9 Chile 1,0 Paraguai 1,1* Bolívia 1,2* Colômbia 1,4* Equador 1,7 Brasil 1,8 Venezuela 1,9* México 2,0 Canadá 2,0 Estados Unidos

Leia mais

Soja-Comercialização Safra 2011/12 e Cenario 2012/13. NILVA CLARO COSTA nilva.claro@conab.gov.br

Soja-Comercialização Safra 2011/12 e Cenario 2012/13. NILVA CLARO COSTA nilva.claro@conab.gov.br Soja-Comercialização Safra 2011/12 e Cenario 2012/13 NILVA CLARO COSTA nilva.claro@conab.gov.br Comercialização Safra-2011/12 60,00 55,00 50,00 45,00 40,00 35,00 30,00 25,00 20,00 S oja Grã o P re ços

Leia mais

Resumo dos resultados da enquete CNI

Resumo dos resultados da enquete CNI Resumo dos resultados da enquete CNI Brasil - México: Interesse empresarial para ampliação do acordo bilateral Março 2015 Amostra da pesquisa No total foram recebidos 45 questionários de associações sendo

Leia mais

Apresentação do IDConselho Municipal. Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília

Apresentação do IDConselho Municipal. Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília Apresentação do IDConselho Municipal Apresentação elaborada pela Coordenação Geral de Vigilância Socioassistencial CGVIS Brasília 5.366 Conselhos Municipais que preencheram o Censo SUAS 2014 Dinâmica de

Leia mais

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR

Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR Paraná Cooperativo EDIÇÃO ESPECIAL EXPORTAÇÕES Informe Diário nº 2.092 Sexta-feira, 08 de maio de 2009 Assessoria de Imprensa da Ocepar/Sescoop-PR EXPORTAÇÕES DAS COOPERATIVAS NO AGRONEGÓCIO EM 1. RESULTADO

Leia mais

ARGENTINA Comércio Exterior

ARGENTINA Comércio Exterior Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC ARGENTINA Comércio Exterior Agosto de 2014 Índice. Dados Básicos.

Leia mais

Boletim Econômico e do Setor Portuário. Sumário

Boletim Econômico e do Setor Portuário. Sumário Boletim Econômico e do Setor Portuário Junho de 2014 Sumário Indicadores da Economia Nacional... 2 O Produto Interno Bruto PIB no primeiro trimestre de 2014... 2 Os Índices de Inflação... 3 O Mercado de

Leia mais

(MLRV) SEGURO GARANTIA ESTENDIDA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) SEGURO GARANTIA ESTENDIDA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 SEGURO GARANTIA ESTENDIDA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: O seguro de Garantia Estendida tem como objetivo fornecer ao segurado, facultativamente

Leia mais

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS SETEMBRO DE 2015 1 2 PRODUTOS PARTICIPAÇÃO NO PIB 2013 Outros Serviços 33,7% Administração, saúde e educação públicas

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional

Estudo da Demanda Turística Internacional Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil 2012 Resultados do Turismo Receptivo Pontos de Coleta de Dados Locais de entrevistas - 25 Entrevistados - 31.039 15 aeroportos internacionais, que representam

Leia mais

EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007.

EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. VA PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO DE 4/10/2007, SEÇÃO 3, PÁG.. EDITAL SG/MPU N.º 27, DE 2 DE OUTUBRO DE 2007. Divulgar a distribuição de vagas do Concurso Público para provimento de cargos e formação

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA MARÇO DE 2010

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA MARÇO DE 2010 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INFORMÁTICA MARÇO DE 2010 1 2 PRODUTOS CADEIA PRODUTIVA DO SETOR DE INFORMÁTICA - 2007 Hardware Software Serviços 38,2% 11,8% 50,0% Computadores Gerenciamento

Leia mais

Encontro de Bancos Centrais de países de língua portuguesa

Encontro de Bancos Centrais de países de língua portuguesa Encontro de Bancos Centrais de países de língua portuguesa Antônio Gustavo Matos do Vale Diretor de Liquidações e Desestatização 4 de outubro de 2010 1 Evolução recente da economia brasileira O momento

Leia mais

Balança Comercial 2003

Balança Comercial 2003 Balança Comercial 2003 26 de janeiro de 2004 O saldo da balança comercial atingiu US$24,8 bilhões em 2003, o melhor resultado anual já alcançado no comércio exterior brasileiro. As exportações somaram

Leia mais

EVOLUÇÃO. R$ Bilhões US$ Bilhões 19,6 13,5 11,5 9,7 3,8

EVOLUÇÃO. R$ Bilhões US$ Bilhões 19,6 13,5 11,5 9,7 3,8 EVOLUÇÃO A Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos apresentou um crescimento médio deflacionado composto de 10,5% nos últimos 14 anos, tendo passado de um faturamento "ExFactory",

Leia mais

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014. Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS

Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014. Unidade de Estudos Econômicos UNIDADE DE ESTUDOS ECONÔMICOS Balança Comercial do Rio Grande do Sul Janeiro 2014 Unidade de Estudos Econômicos O COMÉRCIO EXTERIOR DO RS EM JANEIRO Exportações Apesar do bom crescimento de Produtos Alimentícios e Máquinas e Equipamentos,

Leia mais

368 municípios visitados

368 municípios visitados TURISTAS INTERNACIONAIS 60,3% visitaram o Brasil pela primeira vez 91,4 % Copa como o principal motivo da viagem 83% o Brasil atendeu plenamente ou superou suas expectativas 95% tem intenção de retornar

Leia mais

Preço médio da Soja em Mato Grosso do Sul Abril de 2013 - Em R$ por saca de 60 kg.

Preço médio da Soja em Mato Grosso do Sul Abril de 2013 - Em R$ por saca de 60 kg. ANÁLISE SOJA MERCADO INTERNO: Nos primeiros dez dias do mês de maio houve valorização nos preços praticados da saca de soja de 6 kg quando comparados aos preços observados em 1 de maio,,38% de aumento

Leia mais

Análise da Balança Comercial

Análise da Balança Comercial Análise da Balança Comercial Produtos Transformados de Plástico Acumulado e Mensal Editado em: Março/2015 www.abiplast.org.br Notas Explicativas 1. Introdução A ABIPLAST tem divulgado dados estatísticos

Leia mais

A aceleração da inflação de alimentos é resultado da combinação de fatores:

A aceleração da inflação de alimentos é resultado da combinação de fatores: SEGURIDADE ALIMENTARIA: apuesta por la agricultura familiar Seminario: Crisis alimentaria y energética: oportunidades y desafios para América Latina e el Caribe O cenário mundial coloca os preços agrícolas

Leia mais

CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013

CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013 CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013 CENÁRIO GLOBAL Crescimento global de 3,4 % em 2013 O mundo retoma a média histórica de crescimento (3,4% a.a) Zona do Euro sai da recessão Os EEUU

Leia mais

I Resultado Nacional. Sindipeças Abipeças Relatório da Pesquisa Conjuntural

I Resultado Nacional. Sindipeças Abipeças Relatório da Pesquisa Conjuntural I Resultado Nacional Respondendo às melhores condições para a recuperação da atividade econômica, e, particularmente, da produção de veículos, o faturamento do setor de autopeças avançou em julho, após

Leia mais