SUMÁRIO A INTERNET E SUAS ORIGENS 1. O que é a Internet? 1 OUTRAS REDES 2. Conectividade de Redes externas com a Internet 2

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO A INTERNET E SUAS ORIGENS 1. O que é a Internet? 1 OUTRAS REDES 2. Conectividade de Redes externas com a Internet 2"

Transcrição

1 SUMÁRIO A INTERNET E SUAS ORIGENS 1 O que é a Internet? 1 OUTRAS REDES 2 Conectividade de Redes externas com a Internet 2 ENDEREÇOS NA INTERNET 3 IDENTIFICAÇÃO DE USUÁRIOS NA INTERNET 4 SERVIÇOS DISPONÍVEIS NA INTERNET 4 PRINCIPAIS SERVIÇOS 5 Telnet - Serviço de login remoto da Internet 5 FTP - Serviço básico para transferência de arquivos na Internet 6 - Serviço que permite a troca de mensagens entre usuários 7 Gopher - Procura de informações baseada em Menus 8 / UNIX 9 WWW 11 Links 11 BROWSER - NETSCAPE 12 Principais configurações do Netscape Browser 13 Elementos Básicos do Netscape Browser 14 Utilizando a Barra de Botões 15 Principais itens da Barra de Menus 16 NAVEGANDO NA INTERNET 17 Alguns Sites 18 USANDO UM BROWSER 19 Usando telnet num browser 19 Usando FTP num browser 20 Usando o gopher num browser 21 PRINCIPAIS CONFIGURAÇÕES DO NETSCAPE MAIL 22 NETSCAPE Mail - 23 Primeiro Acesso 23 Enviando mensagem 24 Anexando um arquivo 24 EUDORA mail 25 Configurando o Eudora 25 Verificando mensagens recebidas 26 Repassando uma mensagem recebida 26 Enviando uma nova mensagem 27

2 Criando um apelido para um endereço eletrônico 27 Enviando mensagens com assinatura 28 Glossário 29 BIBLIOGRAFIA UTILIZADA 30

3 1 A INTERNET E SUAS ORIGENS 1969/70 ARPANET (Advanced Research Projects Agency - ARPA) SRI --> UCLA --> UCSB --> UTAH Protocolo inicial : NCP (Network Control Protocol) ARPANET => pesquisas 80 ARPANET -> tcp/ip MILNET => uso militar 81 BITNET --> Rede Acadêmica - e Transferência de arquivos CSNET --> provê a cientistas universitários, via ARPANET 86 NSFNet --> Rede de Supercomputadores ---> INTERNET O que é a Internet? Uma Rede de redes, abrangência mundial, formada por redes universitárias, comerciais e científicas todas utilizando protocolo TCP/IP TCP/IP --> é definido por RFC s - Request for Comments - são informações técnicas de trabalhos realizados por pesquisadores da Rede. Serviços oferecidos pela Internet: conexão remota - telnet correio eletrônico - transferência de arquivos - ftp serviços de informação - gopher, www, etc

4 2 OUTRAS REDES Existem várias Redes de abrangência mundial, que não usam o protocolo TCP/IP. procedimentos diferentes para transferência de arquivos; maioria não oferece conexão remota (telnet) Exemplos de outras redes: - Bitnet (njc) - América on Line - Compuserve - UUCP (uucp) Conectividade de Redes externas com a Internet Gateways - portas de comunicação que traduzem mensagens dos protocolos externos para tcp/ip e vice-versa. Bitnet (njc) uucp gw gw Internet tcp/ip gw gw Compuserve outras

5 3 ENDEREÇOS NA INTERNET Cada host possui um endereço próprio e único. Um endereço na Internet (endereço IP) = 32 bits divididos em 2 partes: 1. identifica a rede onde está o host 2. identifica o host dentro da rede. IP s são distribuídos pelo NIC (Network Information Center). No Brasil são repassados pela FAPESP Endereço IP - cada byte (8bits) é representado no sistema decimal e separados por um ponto (.) Ex: e classe C onde endereço da rede e 65 e 101 endereço do host Como é mais fácil lembrar de nomes do que de números, ao configurar um sistema, o administrador dá nomes aos hosts. O nome de um host é composto : domínio (organização ou nacionalidade) Top Level Domain subdomínio (divisão ou Depto dentro da organização) hostname (nome do computador dentro do subdomínio) DNS - traduz nome em endereço IP e vice-versa. Cada organização mantém uma tabela dos seus domínios e subdomínios. Domínios Especiais nos EUA:.gov - rede governamental.edu - rede educacional org - rede não governamental.mil - rede militar.net - organização da rede.com - rede comercial Domínio Principal ou Top Level Domain:.br - Brasil de - Alemanha.jp - Japão, etc...

6 4 IDENTIFICAÇÃO DE USUÁRIOS NA INTERNET Para utilizar todos os serviços disponibilizados na Internet, a pessoa deverá se inscrever como usuário de um computador conectado na Internet. Ao se inscrever, a pessoa recebe uma identificação - login ou username. A partir daí, o usuário passa a ser identificado dentro da Internet como: Essa identificação é denominada endereço eletrônico ou do usuário. Ex:.: significa: usuário reimao do host iguacu.cce.ufpr.br SERVIÇOS DISPONÍVEIS NA INTERNET A quantidade de serviços que podem ser disponibilizados na Internet é ilimitado, dada a transparência que o protocolo TCP/IP dá a essa Rede. O Fato é que na Internet, computadores de diferentes arquiteturas se comunicam entre si, ou seja, PC s conversando com Mac s e estes com Supercomputadores e vice-versa. O denominador comum entre esses serviços é a arquitetura Cliente- Servidor: Arquitetura Cliente-Servidor é composta por diversos computadores, com duas funções básicas: 1 - SERVER - são equipamentos onde estão armazenados os programas responsáveis pelos serviços aos usuários e cuja característica principal é a de possuirem um Sistema Operacional Multiusuário/Multitarefa (UNIX, LINUX, etc) Ex:.: área em disco ( /CaixaPostal), telnet, ftp, gopher, www, Banco de Dados, impressoras, armazenamento de arquivos, etc. 2 - CLIENT - permite o acesso dos usuários a esses serviços. O acesso pode ser gráfico (quando equipamento do usuário dispõe desse recurso) e não gráfico (quando acesso é feito através de Terminal burro ou por telnet). Ex:.: Telnet, ftp, Eudora, WWW, etc.

7 5 PRINCIPAIS SERVIÇOS Telnet - Serviço de login remoto da Internet A internet e o sistema telefônico são semelhantes no sentido em que, se conecta um computador na Internet da mesma maneira que se liga um telefone na Rede Pública. Na Internet, o seu computador disca para outro computador, usando o telnet, que é um programa especial executado no computador do usuário. O telefone cria uma conexão de voz, a Internet cria uma conexão com um fluxo de pacotes que são enviados através de milhares de vias para milhões de computadores e de redes, até que esses pacotes cheguem ao computador para o qual você ligou. Esse processo de fluxo de pacotes é chamado: Chaveamento de Pacotes / Switching Packets. bláblábláblá ftp telnet Esses equipamentos devem ter um Sistema Operacional multitarefa/multiusuário (ex.: UNIX, LINUX, etc) para que possam autorizar o acesso de um usuário ao sistema. Programa cliente telnet + endereço do computador desejado.

8 6 O servidor remoto envia um prompt (normalmente login e senha), se reconhecida é estabelecida uma sessão de trabalho, então o usuário pode executar qualquer aplicação naquele equipamento que esteja autorizada. Inicialmente usuário tem conta (login) em ambos os sistemas: tem conta = login e password (local) e login e password (remoto); não tem conta = login e password (local) e login: guest (remoto) - geralmente não é solicitada password - será apresentada tela autoexplicatica. Nesse tipo de acesso (telnet) é necessário conhecimento Sistema Operacional Unix / Linux. login: FTP - Serviço básico para transferência de arquivos na Internet O funcionamento do FTP se baseia no estabelecimento de uma sessão limitada entre o ftp cliente e o ftp servidor remoto; essa sessão também é autorizada de forma semelhante ao telnet, ou seja, é solicitado um login de acesso e uma password (senha), entretanto o acesso ao equipamento é restrito e o usuário poderá apenas entrar em um determinado repositório onde se encontram diretórios e arquivos disponíveis publicamente; programa cliente FTP + endereço do servidor ftp remoto - sessão limitada acesso autenticado com login (anonymous) + passwd ( do usuário)

9 7 - Serviço que permite a troca de mensagens entre usuários também pode ser usado para enviar outros tipos de arquivos. O funcionamento é simples e tem como base um endereço eletrônico que tem o seguinte formato: usuário identifica a caixa postal (um espaço em disco) para recebimento de mensagens; host endereço do computador, onde se encontra a caixa postal. Necessita basicamente de um programa de correio eletrônico e do endereço eletrônico ( ) do destinatário. pine, elm, mail (para Sist.Oper.UNIX) Eudora, Pegasus -> para windows Exchange -> para Windows 95, etc... Uma mensagem é composta de duas partes: 1 - Cabeçalho data do envio endereço remetente endereço destino informações de controle Assunto ou Subject 2 - corpo (body) conteúdo da mensagem (texto) As mensagens recebidas, são guardadas pelo sistema em um arquivo=caixa postal =>mailbox. Quando o usuário acessa o sistema, é avisado sobre a chegada das mesmas.

10 8 Gopher - Procura de informações baseada em Menus Consiste de um sistema orientado a títulos de documentos e permite ao usuário localizar um determinada informação (texto, imagem, som, etc) na Internet, de forma transparente, ou seja, sem precisar conhecer a localização exata dessa informação. As informações são disponibilizadas por programas servidores, através de Menus, onde os ítens desse Menu funcionam como um ponteiro, indicando onde a informação desejada se encontra, isto é, a localização desse arquivo: em que computador e em que diretório dentro do computador.

11 9 / UNIX Correio Eletrônico - O correio eletrônico é um dos serviços mais utilizados na Internet. Com ele é possível enviar mensagens para outros usuários da Internet, bem como, para usuários de outras redes. Sistema Operacional UNIX Ao se logar no sistema (login e password), o usuário poderá ter a mensagem: [YOU HAVE NEW MAIL]; isso significa que existe mensagem nova recebida. No prompt do sistema operacional - (iguacu)usuario - digite: mail, para verificar o conteúdo da sua caixa postal, ou seja, as correspondências recebidas. Observe o novo prompt (&) do comando mail. Para ler uma mensagem da caixa postal: & more 2 Para salvar uma mensagem: & sa 2 nomearq (salva a mensagem completa, com cabeçalho) & w 2 nomearq (salva somente corpo da mensagem, sem cabeçalho) Para apagar uma mensagem: & d 2 (a mesgs número 2 ficará marcada para eliminação) & d 2-5 (as mesgs de 2 a 5 ficarão marcadas p/eliminação) & d (as mesgs 2 3 e 5 ficarão marcadas p/ eliminação) Depois de tudo, para confirmar salvamento e remoção: & q confirma tudo, sai para o prompt do Sist. Oper. e altera caixa postal; & x aborta remoção, faz as salvas, mantem a caixa postal e sai p/sist.oper. Enviando uma mensagem dentro do comando mail:

12 & m endereço 10 Revisando a caixa postal: & h (mostrará o conteúdo existente na caixa postal) Obs.: para sair do comando mail, use q ou x. Enviando uma correspondência no UNIX: (iguacu)usuario:mail Subject: aqui começa sua mensagem.. o ponto significa o fim da mensagem a ser enviada Cc: (iguacu)usuario:

13 11 WWW WWW - Web - Serviço de procura de informações por hipermídia É um sistema de busca e transferência de informações, onde as informações não são orientadas a títulos de documentos (como no gopher) e sim embutidas no próprio documento; Esses documentos são conhecidos por hipertextos ou hiperdocumentos, e podem conter além de textos, imagens, sons, animações, etc; Esses hiperdocumentos são criados a partir de uma linguagem de programação - HTML - que são comandos no formato ASCII onde é definido o LayOut desse documento - o tipo de fonte, cores, imagens, localização de outros documentos, etc; Links Num hiperdocumento, a localização de outros hiperdocumentos é feita através de LINKS, ou seja, SE EXISTE ALGO LÁ, PODEMOS APONTÁ- LO - esses links possuem dois componentes básicos: ÂNCORA -> uma palavra grafada, uma frase grafada ou uma imagem; URL (Uniform Resource Locator - Localizador Uniforme de Recursos) a localização da informação URL possui duas partes: protocolo:// host/path/filename protocolo = recurso a ser utilizado (http, telnet, ftp, gopher, etc); host = endereço do equipamento que tem a informação; path = localização da informação no equipamento (diretório(s)); filename = a informação final Todos esses procedimentos são escritos em HTML e interpretados por BROWSERS - programas clientes, que exibem as informações de forma ilustrada e mais agradável ao usuário - Por exemplo: Mosaic, Netscape, Internet Explorer (Win95), Cello, etc.

14 12 BROWSER - NETSCAPE Netscape Browser Netscape Mail

15 Principais configurações do Netscape Browser 13 Na barra de menu, clique na opção Options e a seguir no ítem General Preferences e serão apresentadas as pastas abaixo: pasta Appearance Toolbars - acione a opção Pictures and Text; Startup - acione a opção Netscape Browser Home Page Location Janela - aqui o usuário define qual a Home Page que deseja ter ao invocar seu browser. Depois das configurações, tecle OK.

16 Elementos Básicos do Netscape Browser 14 Barra Títulos de Documentos/Title Bar Barra de Menus localização de URL Barra de Botões Barra de Botões da Netscape Símbolo da Netscape - animado recebendo/enviando informações Barra de Status Informa a segurança no envio de informações : Chave quebrada = sistema inseguro Chave junta = sistema seguro Informa o andamento da conexão: - conectado para um determinado endereço; - percentual recebido de informações, etc. Chama o Netscape Mail, para enviar ou verificar mensagens

17 15 Utilizando a Barra de Botões Back = retorna uma página; 2 - Forward = avança uma página; 3 - Home = retorna na página definida no item Preferences (Start With:); 4 - Edit = Invoca o editor HTML do Netscape (se houver); 5 - Reload = refaz uma conexão cancelada com o Stop; 6 - Images = quando apagada, as imagens aparecem automaticamente; 7 - Open = abre uma janela para uma nova conexão; 8 - Print = imprime documento corrente na impressora padrão; 9 - Find = busca palavra no documento corrente; 10 - Stop = cancela uma conexão.

18 16 Principais itens da Barra de Menus File New Web Browser - abre outra janela do seu browser; Open File in Browser - abre um arquivo salvo no seu disco rigido; Save As - salva um documento no seu disco rigido; New Mail Message - invoca o Netscape Mail para enviar uma mensagem; Mail Document - envia copia do documento corrente para alguém; Print - imprime documento corrente na impressora padrão; Print Preview - visualização da impressão do documento; 2. Edit - opções semelhantes a um editor de textos, como: copiar, colar, etc; 3. View Document Source - mostra como a página corrente foi escrita em HTML; Document Info - maiores informações sobre a autoria da página; 4. Go - mostra os últimos links acessados; 5. Bookmarks Add Bookmarks - Adiciona uma URL (endereço) numa agenda; Go to Bookmarks - entra na agenda, podendo remover endereços; 6. Options - para fazer as configurações necessárias no seu browser; 7. Directory - acessa diretórios na Netscape Corp.; 8. Window Netscape Mail - abre janela no Netscape Mail para enviar ou receber mensagens; Address book - um tipo de agenda eletrônica; 9. Help - informações diversas sobre o Netscape.

19 NAVEGANDO NA INTERNET 17 Para navegar na Internet, o usuário necessita apenas informar ao seu browser onde deseja ir; isto pode ser feito por dois caminhos: 1 - acione o botão Open, digite a URL * e clique no botão Open; 2 - digite a URL * na janela Location: (Go to:) e tecle <enter>; É só aguardar a chegada da home page escolhida: * A URL informa o tipo de recurso a ser utilizado e o endereço do computador: para acessar um servidor Web; ftp:// para acessar um servidor de arquivos públicos; telnet:// para acessar um sistema remoto; gopher:// para acessar um servidor gopher; etc...

20 Alguns Sites

21 19 USANDO UM BROWSER Usando telnet num browser

22 Usando FTP num browser 20

23 Usando o gopher num browser 21

24 22 PRINCIPAIS CONFIGURAÇÕES DO NETSCAPE MAIL Na barra de menu, clique na opção Options e a seguir no ítem Mail and News Preferences e serão apresentadas as pastas abaixo: Pasta Servers Outgoing Mail (SMTP) Server: endereço do seu servidor ou número IP; Incoming Mail (POP) Server: endereço do seu servidor ou número IP; Pop User Name: somente seu login Pasta Identity: Your Name: seu nome completo; Your seu endereço eletrônico Reply to Address: repita seu endereço eletrônico; Your Organization: fica a critério do usuário. Depois das configurações, tecle OK.

25 23 NETSCAPE Mail - Primeiro Acesso Depois de fazer as configurações necessárias no seu Netscape Mail, ao utilizá-lo pela primeira será solicitada sua password (conforme fig. abaixo); No Folder Inbox, serão mostradas as mensagens recebidas (janela direita), basta clicar sobre a mensagem desejada e ler na janela abaixo o conteúdo da mesma.

26 Enviando mensagem 24 Para enviar uma mensagem, clique no botão To:Mail; No campo Mail To: digite o endereço do destinatário No campo Subject: digite o assunto da sua mensagem No campo Attachment: se for anexar algum arquivo Na janela logo abaixo, digite o corpo da sua mensagem e depois de terminada, é só clicar no botão Send. Anexando um arquivo O campo Attachment é utilizado para enviar junto com a sua mensagem um arquivo armazenado no seu Diretório de arquivos; ao clicar sobre o botão Attachment, será aberta uma janela, clique no botão Attach File, para inserir o arquivo desejado Selecione o arquivo desejado, clique OK e o arquivo será inserido no campo Attachment da sua mensagem. Tudo certo, OK.

27 25 EUDORA mail O Eudora é um software para ambiente Windows que administra suas correspondências eletrônicas ( s). Sua utilização é muito simples e o usuário precisa apenas de alguns ajustes (configurações) para ler, responder e enviar mensagens, bem como utilizar outros recursos, como usar assinaturas, folders imprimir mensagens, etc. Existem vários outros programas de correio eletrônico, entretanto, os procedimentos de configuração são semelhantes. Configurando o Eudora Acione o menu Special e a seguir o item Settings; No campo POP Account: No campo Real Name: seu nome No campo Return Address: No campo SMTP: endereço-do-seu-servidor

28 Verificando mensagens recebidas 26 Acione o menu File e a seguir o item Check Mail; Solicitada sua senha (password), digite-a, o Eudora se conectará ao seu servidor onde buscará suas mensagens e as salvará em seu micro. Será aberta uma janela IN e mostrará o aviso : You Have New Mail; tecle OK 1ª coluna: bolinha ( ) mensagem nova (não lida) ; sem bolinha mensagem lida; R = mensagem respondida ( Reply ); F = mensagem repassada ( Forward ); D = mensagem redirecionada ( Redirect ) 2ª coluna: nome do remetente; 3ª coluna: hora e data do recebimento da mensagem; 4ª coluna: tamanho da mensagem em páginas; 5ª coluna: o assunto da mensagem (subject). Selecione a mensagem a ser lida e dê duplo clique sobre a mesma. Uma tela texto se abrirá e a mensagem poderá então, ser lida. Para fechar a tela texto, File Close. Repassando uma mensagem recebida Abra a mensagem de interesse e clique na barra de menu: Message Forward O Eudora abrirá a tela de edição da mensagem incluindo automaticamente o texto da mensagem a ser enviada. Preencha o campo To: com o endereço do novo destinatário caso seja de interesse, é possível modificar o texto da mensagem a ser enviada, utilize a tecla TAB para andar entre os campos. Envie a mensagem acionando o botão Send.

29 Enviando uma nova mensagem 27 Clique no menu Message e a seguir o item New Message. Preencha o campo To com o endereço do destinatário; No campo Subject, o assunto da mensagem; Na parte inferior digite a sua correspondência; ao terminar, é só clicar no botão Send. Utilize a tecla TAB ou o cursor do mouse para se movimentar entre os campos. Para responder uma mensagem recebida clique no botão Reply ou no menu Message Reply. Para inserir um texto pronto (por exemplo, no word 6.0), abra o texto no word, marque todo ou parte do mesmo, copie e depois cole no corpo da sua mensagem. O campo Attachments é utilizado para o usuário enviar vários tipos de arquivos (imagens, sons, executáveis, etc), entretanto, esses arquivos devem estar em algum diretório no computador do usuário. Clique no campo Attachments Message attach file nome do arquivo ok Criando um apelido para um endereço eletrônico Clique na barra de menu: Window Nicknames

30 28 Uma tela acima aparecerá. Clique no botão New Escreva então o nome do apelido; e clique OK. O Eudora levará o cursor para o lado direito na janela Addresses. E, a seguir digite os endereços eletrônicos desejados separados por vírgula (,) e espaço. Ex: Clique então na barra de menu: File Save A partir de então, você poderá enviar mensagens digitando o apelido no lugar dos s dos destinatários. Enviando mensagens com assinatura Clique na barra de menu: Window Signature Escreva a sua assinatura. E clique em: File Save Feche a tela com File Close. A assinatura estará criada. Note que a assinatura não aparecerá na tela da mensagem; pois ela será incluída no texto apenas depois do envio da mensagem. Quando o destinatário receber a sua mensagem, ela aparecerá com a sua assinatura ao final.

31 29 Glossário Servidor (Server) - Computador conectado permanentemente na rede. Proporciona acesso dos usuários na rede e armazena as informações e os programas que formam a Internet, fornecendo recursos como armazenamento de dados, impressão, acesso dial-up,etc. Winsock - Programa que capacita o ambiente windows a operar na Internet. É o winsock que implementa no ambiente windows, o protocolo TCP/IP, que é o idioma básico para a comunicação entre todos os computadores que formam a Internet. Exp.: Trumpet, TCPman, Chameleon, etc. Links - uma palavra ou frase destacada/sublinhada que indica a existência de uma outra fonte de informação (página), que por sua vez, pode ter também outros links. HTTP (Hypertext Transfer Protocol) - é o protocolo que define na WWW, como dois servidores devem interagir para transferirem entre si comandos ou informações. HTML (Hypertext Markup Language) - é a linguagem padrão para escrever páginas de documentos WWW, onde podem-se definir informações como texto, som, imagens, animações, etc. Browser - é um programa cliente que permite visualizar uma determinada base de dados WWW, contendo informações de interesse amplo, de forma gráfica e mais atraente. Netscape - um programa (browser) para navegar na WWW. POP (Post Office Protocol) - protocolo utilizado por clientes de correio eletrônico para manipulação de mensagens nos servidores de correio eletrônico. PoP (Point of Presence) - local onde uma rede permite acesso a sub-redes e a provedores de acesso a Internet. PPP (Point to Point Protocol) - protocolo para acesso via interface serial, que estabelece um método de acesso a Internet através de um computador, um telefone e um modem de alta velocidade. SMTP (Simple Mail Transport Protocol) - protocolo utilizado entre programas que transferem correio eletrônico de um computador para outro. Home Page - página principal de uma Instituição ou Empresa na WWW. É o ponto de partida para a procura de informações relativas a essa Instituição ou Empresa e que, consequentemente, levará o solicitante a outros pontos na Internet.

32 30 BIBLIOGRAFIA UTILIZADA. Guia Especial da Revista/Exame Informática - mar/96. RNP - Rede Nacional de Pesquisa Dicionário do Internetês Divisão de Apoio ao Usuário Bernardino Reimão : Ivo Prado :

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 23 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 23-07/12/2007 1 Histórico da Internet Início dos anos 60 Um professor do MIT (J.C.R. Licklider) propõe a idéia de uma Rede

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II INTERNET Protocolos de Aplicação Intranet Prof: Ricardo Luís R. Peres As aplicações na arquitetura Internet, são implementadas de forma independente, ou seja, não existe um padrão

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE SERVIÇOS INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE SERVIÇOS INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE SERVIÇOS INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA A Internet é uma amálgama de hardware Como funciona (máquinas clientes e servidores, além de infraestrutura

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 Acessando endereços simultaneamente Parte 2 Um recurso interessante e extremamente útil é o de abrir várias janelas ao mesmo tempo. Em cada janela você poderá acessar um endereço diferente na

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da Terceira Região DIMI - Divisão de Microinformática e Redes Índice: O que é a Internet? 3 O que são Intranets? 3 Sobre o Nestcape Navigator 3 Para iniciar o

Leia mais

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes

Servidor de E-mails e Protocolo SMTP. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Servidor de E-mails e Protocolo SMTP Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Definições Servidor de Mensagens Um servidor de

Leia mais

Telnet - Pine. FTP - Attachment

Telnet - Pine. FTP - Attachment Universidade Estadual Paulista Unesp - Campus de Rio Claro Polo Computacional de Rio Claro Apostila de: Telnet - Pine FTP - Attachment elaborada por Lázaro Geraldo Calestini Operador de Sistemas Polo Computacional

Leia mais

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Surgimento da internet Expansão x Popularização da internet A World Wide Web e a Internet Funcionamento e personagens da

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PROTOCOLOS DA INTERNET FAMÍLIA TCP/IP INTRODUÇÃO É muito comum confundir o TCP/IP como um único protocolo, uma vez que, TCP e IP são dois protocolos distintos, ao mesmo tempo que, também os mais importantes

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática,QWURGXomRj,QWHUQHW Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) PROJETO UNESC@LA Novembro de 2000 CONTEÚDO 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05.

INFORMÁTICA 01. 02. 03. 04. 05. INFORMÁTICA 01. Na Internet, os dois protocolos envolvidos no envio e recebimento de e-mail são: a) SMTP e POP b) WWW e HTTP c) SMTP e WWW d) FTP e WWW e) POP e FTP 02. O componente do Windows que é necessário

Leia mais

Redes de Computadores LFG TI

Redes de Computadores LFG TI Redes de Computadores LFG TI Prof. Bruno Guilhen Camada de Aplicação Fundamentos Fundamentos Trata os detalhes específicos de cada tipo de aplicação. Mensagens trocadas por cada tipo de aplicação definem

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO

Manual de Usuário do UnB Webmail Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Destinado aos usuários de e-mail da Universidade de Brasília MODO DINÂMICO Elaboração: Equipe de Suporte Avançado do CPD SA/SRS/CPD/UnB suporte@unb.br Universidade de Brasília Brasília / 2014 Resumo A

Leia mais

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB. Principais Protocolos na Internet Aula 2. Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Principais Protocolos na Internet Aula 2 Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Compreender os conceitos básicos de protocolo. Definir as funcionalidades dos principais protocolos de Internet.

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Redes de Computadores. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Redes de Computadores Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Nível de Aplicação Responsável por interafir com os níveis inferiores de uma arquitetura de protocolos de forma a disponibilizar

Leia mais

Teleprocessamento e Redes

Teleprocessamento e Redes Teleprocessamento e Redes Aula 21: 06 de julho de 2010 1 2 3 (RFC 959) Sumário Aplicação de transferência de arquivos de/para um host remoto O usuário deve prover login/senha O usa duas conexões TCP em

Leia mais

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br

Correio Eletrônico Outlook Express. Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br Correio Eletrônico Outlook Express Prof. Rafael www.facebook.com/rafampsilva rafampsilva@yahoo.com.br O Microsoft Outlook é o principal cliente de mensagens e colaboração para ajudá-lo a obter os melhores

Leia mais

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO

10/07/2013. Camadas. Principais Aplicações da Internet. Camada de Aplicação. World Wide Web. World Wide Web NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO 2 Camadas NOÇÕES DE REDE: CAMADA DE APLICAÇÃO Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística e Informática Aplicação Transporte

Leia mais

Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio:

Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu clicando com o botão direito do

Leia mais

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL

Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Universidade de São Paulo Centro de Informática de Ribeirão Preto TUTORIAL HOTMAIL Tutorial Hotmail Sobre o MSN Hotmail Acessando o Hotmail Como criar uma conta Efetuando o login Verificar mensagens Redigir

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada Internet Aula 4 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO A Internet é um grande conjunto de redes de computadores interligadas

Leia mais

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página

Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação. Associação dos Instrutores NetAcademy - Julho de 2007 - Página Capítulo 11 - Camada de Transporte TCP/IP e de Aplicação 1 Introdução à Camada de Transporte Camada de Transporte: transporta e regula o fluxo de informações da origem até o destino, de forma confiável.

Leia mais

APLICAÇÕES PARA WEB- DREAMWEAVER - AULA 2 Prof. Daniela Pires

APLICAÇÕES PARA WEB- DREAMWEAVER - AULA 2 Prof. Daniela Pires Sumário Abrindo o Dreamweaver... 2 Configurando acentuação... 3 Configurando a escrita de CSS... 4 Ajuste Designer... 5 Configurando Browser para preview... 6 Configurar Website... 8 CONFIGURANDO PARA

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES O QUE É PROTOCOLO? Na comunicação de dados e na interligação em rede, protocolo é um padrão que especifica o formato de dados e as regras a serem seguidas. Sem protocolos, uma rede

Leia mais

Módulo 11 A Web e seus aplicativos

Módulo 11 A Web e seus aplicativos Módulo 11 A Web e seus aplicativos Até a década de 90, a internet era utilizada por acadêmicos, pesquisadores e estudantes universitários para a transferência de arquivos e o envio de correios eletrônicos.

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

Simão Pedro P. Marinho

Simão Pedro P. Marinho Simão Pedro P. Marinho Para uso exclusivo por alunos da PUC Minas Numa web page podemos encontrar, basicamente, 3 (três) tipos de links, além do que permite abrir o software de e-mail para enviar uma mensagem.

Leia mais

Guia de configuração de destinos de digitalização e mensagens de alerta da X500 Series

Guia de configuração de destinos de digitalização e mensagens de alerta da X500 Series Guia de configuração de destinos de digitalização e mensagens de alerta da X500 Series www.lexmark.com Julho de 2007 Lexmark e Lexmark com desenho de losango são marcas registradas da Lexmark International,

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima

INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET. Prof. Marcondes Ribeiro Lima INFORMÁTICA FUNDAMENTOS DE INTERNET Prof. Marcondes Ribeiro Lima Fundamentos de Internet O que é internet? Nome dado a rede mundial de computadores, na verdade a reunião de milhares de redes conectadas

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede Entregar um relatório contendo introdução, desenvolvimento e conclusão. A seção desenvolvimento pode conter

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11 INFORMÁTICA AULA 11 INTERNET (CONTINUAÇÃO) Outlook EXPRESS A janela principal do Outlook Express pode ser divida basicamente em: Área de Comando (superior) - Contém a barra de botões e a barra de menus.

Leia mais

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET DEFINIÇÕES BÁSICAS A Internet é um conjunto de redes de computadores interligados pelo mundo inteiro, ue têm em comum um conjunto de protocolos e serviços. O ue permite a

Leia mais

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Podemos acessar nossos e-mails pelo webmail, que é um endereço na internet. Os domínios que hospedam com a W3alpha, acessam os e-mails

Leia mais

Sérgio Cabrera Professor Informática 1

Sérgio Cabrera Professor Informática 1 1. A tecnologia que utiliza uma rede pública, como a Internet, em substituição às linhas privadas para implementar redes corporativas é denominada. (A) VPN. (B) LAN. (C) 1OBaseT. (D) 1OBase2. (E) 100BaseT.

Leia mais

Configuração de E-mail DTI/CIMR

Configuração de E-mail DTI/CIMR Configuração de E-mail DTI/CIMR Sumário ACESSANDO O E-MAIL VIA WEB: 2 CONFIGURANDO O E-MAIL NO WINDOWS LIVE MAIL(GRATUITO): 3 CONFIGURANDO O E-MAIL NO OUTLOOK 2010: 6 CONFIGURANDO O E-MAIL NO THUNDERBIRD:

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

Camada de Aplicação. DNS Domain Name System. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz

Camada de Aplicação. DNS Domain Name System. Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Camada de Aplicação Redes de Computadores Prof. Leandro C. Pykosz Camada de Aplicação A camada de aplicação fornece os serviços "reais" de rede para os usuários. Os níveis abaixo da aplicação fornecem

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

efagundes com Como funciona a Internet

efagundes com Como funciona a Internet Como funciona a Internet Eduardo Mayer Fagundes 1 Introdução à Internet A Internet é uma rede de computadores mundial que adota um padrão aberto de comunicação, com acesso ilimitado de pessoas, empresas

Leia mais

Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda)

Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda) Tutorial do administrador do HelpCenterLive (Sistema de Ajuda) Sumário Introdução...3 Entrar (Login)...3 Página Inicial (Home Page)...4 Ajuda...5 Conversação (Chat)...6 Mensagens Registradas...7 Registros...8

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11

PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11 15 PROVA DE NOÇÕES DE INFORMÁTICA CÓD. 11 QUESTÃO 41 Para se imprimir no ambiente do Microsoft Windows, é necessário que a impressora esteja cadastrada no sistema. Na configuração padrão do sistema, o

Leia mais

GABARITO - B. manuel@carioca.br

GABARITO - B. manuel@carioca.br NOÇÕES DE INFORMÁTICA EDITORA FERREIRA PROVA MPRJ -TÉCNICO ADMINISTRATIVO - TADM NCE-UFRJ CORREÇÃO - GABARITO COMENTADO Considere que as questões a seguir referem-se a computadores com uma instalação padrão

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 3 Internet, Browser e E-mail Professora: Cintia Caetano SURGIMENTO DA INTERNET A rede mundial de computadores, ou Internet, surgiu em plena Guerra Fria, no final da década de

Leia mais

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina do Correio

COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1. Oficina do Correio COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina do Correio Utilização Educativa da Internet Guião de iniciação ao Correio Electrónico Índice I INTRODUÇÃO AO CORREIO ELECTRÓNICO (E-MAIL)...2 O que é o correio

Leia mais

Computadores. Sistemas de Informação (2005/2006)

Computadores. Sistemas de Informação (2005/2006) Computadores e Sistemas de Informação (2005/2006) Práticas de Redes de Computadores REDE LOCAL A rede local SIISA permite acesso aos seguintes serviços: partilha de memória permanente e de impressoras

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Manual do navegador WAP da Palm

Manual do navegador WAP da Palm Manual do navegador WAP da Palm Copyright Copyright 2002 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. Graffiti e Palm OS são marcas registradas da Palm, Inc. Palm e o logotipo da Palm são marcas comerciais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CERCOMP (CENTRO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS) TUTORIAL DE USO DO WEBMAIL - UFG Página 1 de 26 Sumário Introdução...3 Layout do Webmail...4 Zimbra: Nível Intermediário...5 Fazer

Leia mais

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL

HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL REDES DE COMPUTADORES Prof. Esp. Fabiano Taguchi http://fabianotaguchi.wordpress.com fabianotaguchi@gmail.com HYPERTEXT TRANSFER PROTOCOL 1 HTTP Uma página WWW é composta de objetos e endereçado por uma

Leia mais

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS

TECNOLOGIA WEB INTERNET PROTOCOLOS INTERNET PROTOCOLOS 1 INTERNET Rede mundial de computadores. Também conhecida por Nuvem ou Teia. Uma rede que permite a comunicação de redes distintas entre os computadores conectados. Rede WAN Sistema

Leia mais

Permite o acesso remoto a um computador;

Permite o acesso remoto a um computador; Telnet Permite o acesso remoto a um computador; Modelo: Cliente/Servidor; O cliente faz um login em um servidor que esteja conectado à rede (ou à Internet); O usuário manipula o servidor como se ele estivesse

Leia mais

Algumas informações sobre a rede informática do ISA

Algumas informações sobre a rede informática do ISA Algumas informações sobre a rede informática do ISA Fernanda Valente Graça Abrantes A grande maioria dos computadores do Instituto Superior de Agronomia estão ligados entre si constituindo uma Intranet,

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA.

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA. INFORMÁTICA Aula Gratuita (clique aqui e assista a aula) INTERNET (Navegadores) NAVEGADORES Para que possamos explorar todos os recursos que a Web nos oferece, precisamos de um programa chamado navegador.

Leia mais

Configurando DDNS no Stand Alone

Configurando DDNS no Stand Alone Configurando DDNS no Stand Alone Abra o seu navegador de internet e acesse o endereço http://www.advr.com.tw(ou, http://59.124.143.151 ). Clique em Register para efetuar o cadastro de um novo grupo.(foto

Leia mais

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário

Sistemas Enturma: Manual de Ferramentas do Usuário versão do manual: 1 1 Apresentação A evolução da tecnologia vem provocando uma revolução no ensino. O acesso à Internet e a disseminação do uso do computador vêm mudando a forma de produzir, armazenar

Leia mais

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software O Animail é um software para criar campanhas de envio de email (email Marketing). Você pode criar diversas campanhas para públicos diferenciados. Tela Principal do sistema Para melhor apresentar o sistema,

Leia mais

Transferência de arquivos (FTP)

Transferência de arquivos (FTP) Transferência de arquivos (FTP) Protocolo de transferência de arquivos (File Transfer Protocol) Descrito na RFC 959 Usa o TCP, a porta 21 (conexão de controle) e a porta 20 (conexão de dados) Em uma mesma

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA conceito inicial Amplo sistema de comunicação Conecta muitas redes de computadores Apresenta-se de várias formas Provê

Leia mais

CURSO DE EUDORA. M A R C O S D E C A S T R O S Y L O S 3 0 d e o u t u b r o d e 1 9 9 5. D o c u m e n t o N q R N P / R E F / 0 1 4 6

CURSO DE EUDORA. M A R C O S D E C A S T R O S Y L O S 3 0 d e o u t u b r o d e 1 9 9 5. D o c u m e n t o N q R N P / R E F / 0 1 4 6 CURSO DE EUDORA M A R C O S D E C A S T R O S Y L O S 3 0 d e o u t u b r o d e 1 9 9 5 D o c u m e n t o N q R N P / R E F / 0 1 4 6 ÍNDICE 1. Introdução... 01 2. Operações com Mensagens... 02 2.1. Recebendo

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO -ZIMBRA- Ajuda na configuração e utilização do cliente de correio eletrónico

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO -ZIMBRA- Ajuda na configuração e utilização do cliente de correio eletrónico MANUAL DE CONFIGURAÇÃO -ZIMBRA- Ajuda na configuração e utilização do cliente de correio eletrónico Índice Autenticação Pela Primeira Vez... 3 Utilização do Zimbra... 4 Como Aceder... 4 Como fazer Download

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo 2011 MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo Aprenda como é simples utilizar a ferramenta Flex como seu gerenciador de conteúdo online. Flex Desenvolvido pela ExpandWEB 31/01/2011

Leia mais

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet

Princípios de Internet e Termos mais Utilizados. Internet Princípios de Internet e Termos mais Utilizados Internet A Comunicação é a melhor palavra para descrever a Internet. São serviços e facilidades que, para algumas pessoas, é o lugar onde elas encontram

Leia mais

FTP - Protocolo. O protocolo FTP é o serviço padrão da Internet para a transferência de arquivos entre computadores.

FTP - Protocolo. O protocolo FTP é o serviço padrão da Internet para a transferência de arquivos entre computadores. FTP FTP - Protocolo O protocolo FTP é o serviço padrão da Internet para a transferência de arquivos entre computadores. A partir do FTP usuários podem receber ou enviar arquivos de ou para outros computadores

Leia mais

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz

15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz 15/8/2007 Gerencia de Tecnologia da Informação Claudia M.S. Tomaz MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL GETEC 01 2/13 Como acessar o Webmail da Secretaria de Educação? Para utilizar o Webmail da Secretaria de

Leia mais

Manual das funcionalidades Webmail AASP

Manual das funcionalidades Webmail AASP Manual das funcionalidades Webmail AASP 1. Configurações iniciais 2. Regras 3. Histórico da conta 4. Autorresposta 5. Dados de acesso (alterando senha de acesso) 6. Identidade (assinatura) 7. Redirecionamento

Leia mais

Informática Internet Internet

Informática Internet Internet Informática Internet Internet A Internet é uma rede mundial de computadores de acesso de público ilimitado. Na prática, pode-se dizer que ela é composta por um conjunto de muitas redes interconectadas.

Leia mais

Temas para a Primeira Avalição

Temas para a Primeira Avalição Temas 1. Envio de E-Mail Anônimo Quando um usuário deseja enviar uma mensagem de correio eletrônico pela Internet, ele utiliza um programa cliente Simple Mail Transfer Protocol (SMTP), tal como o Thunderbird,

Leia mais

PESQUISAS NA WEB. 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br

PESQUISAS NA WEB. 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br PESQUISAS NA WEB 1. Para pesquisas na Internet www.google.com.br www.yahoo.com.br www.altavista.com.br No Laboratório do Paraná Digital o Google está configurado no sistema como buscador padrão. Para acessá-lo,

Leia mais

Pequena história da Internet

Pequena história da Internet Pequena história da Internet A Internet nasceu em 1969, nos Estados Unidos. Interligava originalmente laboratórios de pesquisa e se chamava ARPAnet (ARPA: Advanced Research Projects Agency). Era uma rede

Leia mais

Internet - A rede Mundial

Internet - A rede Mundial Internet - A rede Mundial Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br O que é? Qual a sua história? Como funciona? Como está organizada? Quais os serviços? Como acessar? Quais os cuidados? Qual

Leia mais

INSTALAÇÃO...32 UTILIZAÇÃO...32 OPÇÕES DO MOZILLA THUNDERBIRD...33

INSTALAÇÃO...32 UTILIZAÇÃO...32 OPÇÕES DO MOZILLA THUNDERBIRD...33 ÍNDICE PROTOCOLOS DE EMAIL...3 ENVIO DE MENSAGEM - SAÍDA...3 SMTP...3 RECEBIMENTO DE MENSAGEM - ENTRADA...3 POP3...3 IMAP4...3 O E-MAIL...4 ENTENDENDO O ENDEREÇO ELETRÔNICO...4 WEBMAIL...4 MOZILLA THUNDERBIRD

Leia mais

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Este arquivo ReadMe contém as instruções para a instalação dos drivers de impressora PostScript e PCL

Leia mais

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br. Web Designer APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo)

OURO MODERNO www.ouromoderno.com.br. Web Designer APOSTILA DE EXEMPLO. (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) Web Designer APOSTILA DE EXEMPLO (Esta é só uma reprodução parcial do conteúdo) 1 Índice Aula 1 FTP... 3 FTP e HTTP... 4 Exercícios... 6 2 Aula 1 FTP FTP significa File Transfer Protocol, traduzindo Protocolo

Leia mais

Internet Explorer. Internet Explorer. Autor: Reginaldo Reis

Internet Explorer. Internet Explorer. Autor: Reginaldo Reis Internet Explorer Autor: Reginaldo Reis APRESENTAÇÃO Nesse material didático iremos apresentar os principais conceitos e características da internet. Você aprenderá alguns conceitos fundamentais de internet,

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico

Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC. Treinamento Básico do Correio Eletrônico Departamento de Tecnologia da Informação DTI Coordenadoria de Relacionamento com o Cliente CRC Treinamento Básico do Correio Eletrônico Brasília Março de 2012 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Como acessar

Leia mais

PROTOCOLOS. Protocolo pode ser entendido como um conjunto de regaras para estabelecer comunicação entre dois entitdades.

PROTOCOLOS. Protocolo pode ser entendido como um conjunto de regaras para estabelecer comunicação entre dois entitdades. PROTOCOLOS Protocolo pode ser entendido como um conjunto de regaras para estabelecer comunicação entre dois entitdades. Examplo 1: Protocolo Natural Para Estabelecer Comunicação - Oi, como vai voce? (Solititação

Leia mais

Através deste documento, buscamos sanar dúvidas com relação aos tipos de acessos disponíveis a partir desta alteração.

Através deste documento, buscamos sanar dúvidas com relação aos tipos de acessos disponíveis a partir desta alteração. COMUNICADO A Courart Informática, visando à satisfação de seus clientes, efetuou a contratação de um novo servidor junto à Locaweb, onde está alocado o sistema TransControl IV com todos os seus componentes.

Leia mais

Figura 2 - Menu "Config. Rede"

Figura 2 - Menu Config. Rede Produto: CL Titânio Assunto: Como acessar o CL Titânio remotamente via browser? Em primeiro lugar, deve-se realizar as configurações de rede do CL Titânio: Entre no menu Principal. clicando com o botão

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM

MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM 1 ÍNDICE: 1. Conectando a câmera. ------------------------------------------------------------------------------------------- 3 2. Conectando a câmera na rede. --------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico

UNIDADE 3: Internet. Navegação na Web utilizando um browser. Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico Navegação na Web utilizando um browser Utilização de uma aplicação para Correio Electrónico A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Camada de Aplicação, sistemas de nomes de domínio, correio eletrônico e world wide web

Camada de Aplicação, sistemas de nomes de domínio, correio eletrônico e world wide web Camada de Aplicação, sistemas de nomes de domínio, correio eletrônico e world wide web Apresentação dos protocolos da camada de aplicação do modelo OSI. DNS É mais fácil de lembrar de um nome de host do

Leia mais

Internet. O que é a Internet?

Internet. O que é a Internet? O que é a Internet? É uma rede de redes de computadores, em escala mundial, que permite aos seus utilizadores partilharem e trocarem informação. A Internet surgiu em 1969 como uma rede de computadores

Leia mais

Internet. História da Internet

Internet. História da Internet Internet A rede mundial de computadores é um grande fenômeno e está ampliando os horizontes de profissionais e empresas. O acesso é feito a qualquer hora e de qualquer lugar: do escritório, em casa, na

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto

Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Sistema Operacional Unidade 12 Comandos de Rede e Acesso Remoto Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 Protocolo de rede... 3 Protocolo TCP/IP... 3 Máscara de sub-rede... 3 Hostname... 3

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL Na internet, cada computador conectado à rede tem um endereço IP. Todos os endereços IPv4 possuem 32 bits. Os endereços IP são atribuídos à interface

Leia mais

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz

Como criar e editar Blogs. Manual Básico do. Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz Como criar e editar Blogs Manual Básico do Mario Roberto Barro Jerino Queiroz Ferreira Profª Drª Salete Linhares Queiroz São Carlos Setembro / 2008 Sumário Introdução...3 Criando um Blog no Edublogs...4

Leia mais