CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2013/14 MATO GROSSO - Outubro/2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2013/14 MATO GROSSO - Outubro/2012"

Transcrição

1 MATO GROSSO - Outubro/2012 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.190,90 R$ 1.178,31 R$ 1.139,67 R$ 1.346,78 R$ 1.371,81 R$ 1.225,62 Sementes R$ 210,81 R$ 204,68 R$ 160,18 R$ 154,09 R$ 174,37 R$ 186,87 Semente de Soja R$ 167,41 R$ 180,55 R$ 150,53 R$ 152,28 R$ 167,02 R$ 167,92 Semente de Cobertura R$ 43,41 R$ 24,13 R$ 9,65 R$ 1,81 R$ 7,35 R$ 18,95 Fertilizantes R$ 597,58 R$ 612,08 R$ 541,18 R$ 666,93 R$ 763,62 R$ 632,03 Corretivo de Solo R$ 51,50 R$ 40,92 R$ 46,11 R$ 29,58 R$ 72,13 R$ 49,15 Macronutriente R$ 537,44 R$ 542,49 R$ 486,44 R$ 622,33 R$ 652,70 R$ 559,88 Micronutriente R$ 8,63 R$ 28,67 R$ 8,63 R$ 15,02 R$ 38,80 R$ 23,00 Defensivos R$ 382,51 R$ 361,56 R$ 438,31 R$ 525,76 R$ 433,82 R$ 406,72 Fungicida R$ 110,27 R$ 88,73 R$ 115,68 R$ 111,02 R$ 90,61 R$ 99,11 Herbicida R$ 110,99 R$ 147,55 R$ 174,11 R$ 203,07 R$ 128,49 R$ 147,52 Inseticida R$ 142,58 R$ 106,10 R$ 128,47 R$ 190,30 R$ 188,68 R$ 139,22 Adjuvante R$ 18,68 R$ 19,18 R$ 20,05 R$ 21,37 R$ 26,04 R$ 20,87 Operação com Máquinas R$ 84,51 R$ 55,52 R$ 88,58 R$ 83,89 R$ 82,56 R$ 73,87 Manejo Pré Plantio R$ 30,62 R$ 8,13 R$ 21,89 R$ 3,94 R$ 6,47 R$ 13,39 Adubação e Plantio R$ 15,62 R$ 10,79 R$ 21,14 R$ 35,16 R$ 29,37 R$ 19,19 Aplicações com Máquinas R$ 21,93 R$ 14,97 R$ 11,21 R$ 14,67 R$ 8,95 R$ 13,97 Colheita R$ 16,35 R$ 18,93 R$ 32,47 R$ 28,28 R$ 35,80 R$ 25,40 R$ 2,69 R$ 1,87 R$ 1,83 R$ 1,97 R$ 1,93 Mão de Obra R$ 215,05 R$ 67,20 R$ 60,99 R$ 55,88 R$ 85,93 R$ 90,48 TOTAL DAS DESPESAS DE CUSTEIO DA LAVOURA (A) R$ 1.490,46 R$ 1.301,03 R$ 1.289,24 R$ 1.486,54 R$ 1.540,30 R$ 1.389,97 II - OUTRAS DESPESAS R$ 387,08 R$ 282,09 R$ 186,79 R$ 288,37 R$ 380,02 R$ 299,80 Assistência Técnica R$ 12,12 R$ 11,78 R$ 11,40 R$ 13,47 R$ 13,72 R$ 12,29 Transporte da Produção R$ 52,00 R$ 60,00 R$ 13,75 R$ 38,25 R$ 55,00 R$ 47,24 Beneficiamento R$ 62,40 R$ 78,00 R$ 34,65 R$ 101,33 R$ 115,54 R$ 76,93 Classificação Armazenagem R$ 46,80 R$ 54,00 R$ 41,25 R$ 45,90 R$ 55,00 R$ 50,10 Despesas Administrativas R$ 213,76 R$ 78,31 R$ 85,74 R$ 89,42 R$ 140,77 R$ 113,24 Impostos R$ 112,56 R$ 128,85 R$ 118,03 R$ 110,43 R$ 123,89 R$ 121,99 Funrural R$ 79,18 R$ 90,33 R$ 82,41 R$ 77,69 R$ 88,58 R$ 85,88 Fethab R$ 29,51 R$ 34,05 R$ 31,49 R$ 28,94 R$ 31,22 R$ 31,93 Facs R$ 3,87 R$ 4,46 R$ 4,13 R$ 3,80 R$ 4,09 R$ 4,19 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS (B) R$ 499,64 R$ 410,94 R$ 304,81 R$ 398,79 R$ 503,90 R$ 421,80 III - DESPESAS FINANCEIRAS R$ 48,20 R$ 122,41 R$ 72,04 R$ 94,87 R$ 104,79 R$ 96,20 Juros do Financiamento R$ 48,20 R$ 122,41 R$ 72,04 R$ 94,87 R$ 104,79 R$ 96,20 TOTAL DAS DESPESAS FINANCEIRAS (C) R$ 48,20 R$ 122,41 R$ 72,04 R$ 94,87 R$ 104,79 R$ 96,20 CUSTO VARIÁVEL (A+B+C=D) R$ 2.038,29 R$ 1.834,39 R$ 1.666,09 R$ 1.980,21 R$ 2.149,00 R$ 1.907,96 IV - DEPRECIAÇÃO Depreciações R$ 57,11 R$ 69,15 R$ 114,08 R$ 51,52 R$ 137,68 R$ 89,14 Máquinas e Implementos R$ 48,71 R$ 64,70 R$ 110,10 R$ 49,35 R$ 130,17 R$ 83,74 Benfeitorias e Instalações R$ 8,40 R$ 4,44 R$ 3,98 R$ 2,17 R$ 7,51 R$ 5,40 TOTAL DE DEPRECIAÇÕES (E) R$ 57,11 R$ 69,15 R$ 114,08 R$ 51,52 R$ 137,68 R$ 89,14 V - OUTROS CUSTOS FIXOS R$ 1,72 R$ 1,57 R$ 1,99 R$ 1,31 R$ 2,72 R$ 1,89 Manutenção Periódica R$ 0,66 R$ 0,82 R$ 1,30 R$ 0,84 R$ 1,60 R$ 1,05 Seguro do Capital Fixo R$ 1,07 R$ 0,75 R$ 0,69 R$ 0,47 R$ 1,12 R$ 0,84 TOTAL DE OUTROS CUSTOS FIXOS (F) R$ 1,72 R$ 1,57 R$ 1,99 R$ 1,31 R$ 2,72 R$ 1,89 CUSTO FIXO (E+F=G) R$ 58,84 R$ 70,71 R$ 116,07 R$ 52,83 R$ 140,40 R$ 91,03 CUSTO OPERACIONAL (D+G=H) R$ 2.097,13 R$ 1.905,10 R$ 1.782,16 R$ 2.033,03 R$ 2.289,40 R$ 1.998,99 VI - RENDA DE FATORES R$ 370,73 R$ 436,38 R$ 325,74 R$ 441,53 R$ 494,27 R$ 417,96 Custo da Terra R$ 370,73 R$ 436,38 R$ 325,74 R$ 441,53 R$ 494,27 R$ 417,96 TOTAL DE RENDA DE FATORES (I) R$ 370,73 R$ 436,38 R$ 325,74 R$ 441,53 R$ 494,27 R$ 417,96 CUSTO TOTAL (H+I=J) R$ 2.467,86 R$ 2.341,48 R$ 2.107,90 R$ 2.474,57 R$ 2.783,67 R$ 2.416,95 $0,00

2 MATO GROSSO - Outubro/2012 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.199,25 R$ 1.151,38 R$ 1.139,29 R$ 1.315,48 R$ 1.325,83 R$ 1.204,62 Sementes R$ 198,41 R$ 160,01 R$ 146,61 R$ 142,73 R$ 141,40 R$ 157,80 Semente de Soja R$ 155,00 R$ 135,88 R$ 136,96 R$ 140,92 R$ 134,05 R$ 138,85 Semente de Cobertura R$ 43,41 R$ 24,13 R$ 9,65 R$ 1,81 R$ 7,35 R$ 18,95 Fertilizantes R$ 611,16 R$ 612,08 R$ 541,18 R$ 670,73 R$ 763,62 R$ 634,28 Corretivo de Solo R$ 51,50 R$ 40,92 R$ 46,11 R$ 29,58 R$ 72,13 R$ 49,15 Macronutriente R$ 537,44 R$ 542,49 R$ 486,44 R$ 622,33 R$ 652,70 R$ 559,88 Micronutriente R$ 22,22 R$ 28,67 R$ 8,63 R$ 18,82 R$ 38,80 R$ 25,25 Defensivos R$ 389,68 R$ 379,29 R$ 451,50 R$ 502,02 R$ 420,81 R$ 412,54 Fungicida R$ 110,27 R$ 88,73 R$ 115,68 R$ 111,02 R$ 90,61 R$ 99,11 Herbicida R$ 118,16 R$ 165,28 R$ 191,16 R$ 191,56 R$ 127,87 R$ 157,59 Inseticida R$ 142,58 R$ 106,10 R$ 128,47 R$ 180,86 R$ 180,43 R$ 136,79 Adjuvante R$ 18,68 R$ 19,18 R$ 16,19 R$ 18,58 R$ 21,90 R$ 19,05 Operação com Máquinas R$ 84,51 R$ 55,90 R$ 88,58 R$ 82,15 R$ 80,59 R$ 73,48 Manejo Pré Plantio R$ 30,62 R$ 8,13 R$ 21,89 R$ 4,04 R$ 6,47 R$ 13,40 Adubação e Plantio R$ 15,62 R$ 10,79 R$ 21,14 R$ 35,16 R$ 29,37 R$ 19,19 Aplicações com Máquinas R$ 21,93 R$ 15,35 R$ 11,21 R$ 12,84 R$ 6,98 R$ 13,57 Colheita R$ 16,35 R$ 18,93 R$ 32,47 R$ 28,28 R$ 35,80 R$ 25,40 R$ 2,69 R$ 1,87 R$ 1,83 R$ 1,97 R$ 1,93 Mão de Obra R$ 215,05 R$ 67,20 R$ 60,99 R$ 55,88 R$ 85,93 R$ 90,48 TOTAL DAS DESPESAS DE CUSTEIO DA LAVOURA (A) R$ 1.498,81 R$ 1.274,48 R$ 1.288,86 R$ 1.453,51 R$ 1.492,36 R$ 1.368,58 II - OUTRAS DESPESAS R$ 385,91 R$ 281,82 R$ 186,78 R$ 288,05 R$ 379,56 R$ 299,41 Assistência Técnica R$ 12,20 R$ 11,51 R$ 11,39 R$ 13,15 R$ 13,26 R$ 12,08 Transporte da Produção R$ 52,00 R$ 60,00 R$ 13,75 R$ 38,25 R$ 55,00 R$ 47,24 Beneficiamento R$ 62,40 R$ 78,00 R$ 34,65 R$ 101,33 R$ 115,54 R$ 76,93 Classificação Armazenagem R$ 46,80 R$ 54,00 R$ 41,25 R$ 45,90 R$ 55,00 R$ 50,10 Despesas Administrativas R$ 212,51 R$ 78,31 R$ 85,74 R$ 89,42 R$ 140,77 R$ 113,06 Impostos R$ 112,56 R$ 128,85 R$ 118,03 R$ 110,43 R$ 123,89 R$ 121,99 Funrural R$ 79,18 R$ 90,33 R$ 82,41 R$ 77,69 R$ 88,58 R$ 85,88 Fethab R$ 29,51 R$ 34,05 R$ 31,49 R$ 28,94 R$ 31,22 R$ 31,93 Facs R$ 3,87 R$ 4,46 R$ 4,13 R$ 3,80 R$ 4,09 R$ 4,19 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS (B) R$ 498,47 R$ 410,67 R$ 304,81 R$ 398,48 R$ 503,44 R$ 421,40 III - DESPESAS FINANCEIRAS R$ 48,53 R$ 119,62 R$ 72,02 R$ 92,67 R$ 101,28 R$ 94,28 Juros do Financiamento R$ 48,53 R$ 119,62 R$ 72,02 R$ 92,67 R$ 101,28 R$ 94,28 TOTAL DAS DESPESAS FINANCEIRAS (C) R$ 48,53 R$ 119,62 R$ 72,02 R$ 92,67 R$ 101,28 R$ 94,28 CUSTO VARIÁVEL (A+B+C=D) R$ 2.045,81 R$ 1.804,77 R$ 1.665,69 R$ 1.944,66 R$ 2.097,08 R$ 1.884,27 IV - DEPRECIAÇÃO Depreciações R$ 57,11 R$ 69,15 R$ 114,08 R$ 50,58 R$ 135,93 R$ 88,70 Máquinas e Implementos R$ 48,71 R$ 64,70 R$ 110,10 R$ 48,42 R$ 128,42 R$ 83,30 Benfeitorias e Instalações R$ 8,40 R$ 4,44 R$ 3,98 R$ 2,17 R$ 7,51 R$ 5,40 TOTAL DE DEPRECIAÇÕES (E) R$ 57,11 R$ 69,15 R$ 114,08 R$ 50,58 R$ 135,93 R$ 88,70 V - OUTROS CUSTOS FIXOS R$ 1,75 R$ 1,57 R$ 1,99 R$ 1,29 R$ 2,68 R$ 1,89 Manutenção Periódica R$ 0,68 R$ 0,82 R$ 1,30 R$ 0,83 R$ 1,57 R$ 1,05 Seguro do Capital Fixo R$ 1,07 R$ 0,75 R$ 0,69 R$ 0,46 R$ 1,11 R$ 0,84 TOTAL DE OUTROS CUSTOS FIXOS (F) R$ 1,75 R$ 1,57 R$ 1,99 R$ 1,29 R$ 2,68 R$ 1,89 CUSTO FIXO (E+F=G) R$ 58,86 R$ 70,72 R$ 116,07 R$ 51,87 R$ 138,61 R$ 90,59 CUSTO OPERACIONAL (D+G=H) R$ 2.104,67 R$ 1.875,48 R$ 1.781,75 R$ 1.996,53 R$ 2.235,69 R$ 1.974,85 VI - RENDA DE FATORES R$ 370,73 R$ 436,38 R$ 325,74 R$ 441,53 R$ 494,27 R$ 417,96 Custo da Terra R$ 370,73 R$ 436,38 R$ 325,74 R$ 441,53 R$ 494,27 R$ 417,96 TOTAL DE RENDA DE FATORES (I) R$ 370,73 R$ 436,38 R$ 325,74 R$ 441,53 R$ 494,27 R$ 417,96 CUSTO TOTAL (H+I=J) R$ 2.475,40 R$ 2.311,86 R$ 2.107,49 R$ 2.438,06 R$ 2.729,96 R$ 2.392,82 $0,00

3 Centro-Sul - Outubro/2012 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.346,78 $ 663,67 R$ 26,41 R$ 1.315,48 $ 648,25 R$ 25,79 Sementes R$ 154,09 $ 75,93 R$ 3,02 R$ 142,73 $ 70,33 R$ 2,80 Semente de Soja R$ 152,28 $ 75,04 R$ 2,99 R$ 140,92 $ 69,44 R$ 2,76 Semente de Cobertura R$ 1,81 $ 0,89 R$ 0,04 R$ 1,81 $ 0,89 R$ 0,04 Fertilizantes R$ 666,93 $ 328,65 R$ 13,08 R$ 670,73 $ 330,53 R$ 13,15 Corretivo de Solo R$ 29,58 $ 14,58 R$ 0,58 R$ 29,58 $ 14,58 R$ 0,58 Macronutriente R$ 622,33 $ 306,67 R$ 12,20 R$ 622,33 $ 306,67 R$ 12,20 Micronutriente R$ 15,02 $ 7,40 R$ 0,29 R$ 18,82 $ 9,28 R$ 0,37 Defensivos R$ 525,76 $ 259,09 R$ 10,31 R$ 502,02 $ 247,39 R$ 9,84 Fungicida R$ 111,02 $ 54,71 R$ 2,18 R$ 111,02 $ 54,71 R$ 2,18 Herbicida R$ 203,07 $ 100,07 R$ 3,98 R$ 191,56 $ 94,40 R$ 3,76 Inseticida R$ 190,30 $ 93,77 R$ 3,73 R$ 180,86 $ 89,12 R$ 3,55 Adjuvante R$ 21,37 $ 10,53 R$ 0,42 R$ 18,58 $ 9,15 R$ 0,36 Operação com Máquinas R$ 83,89 $ 41,34 R$ 1,64 R$ 82,15 $ 40,48 R$ 1,61 Manejo Pré Plantio R$ 3,94 $ 1,94 R$ 0,08 R$ 4,04 $ 1,99 R$ 0,08 Adubação e Plantio R$ 35,16 $ 17,33 R$ 0,69 R$ 35,16 $ 17,33 R$ 0,69 Aplicações com Máquinas R$ 14,67 $ 7,23 R$ 0,29 R$ 12,84 $ 6,33 R$ 0,25 Colheita R$ 28,28 $ 13,94 R$ 0,55 R$ 28,28 $ 13,94 R$ 0,55 R$ 1,83 $ 0,90 R$ 0,04 R$ 1,83 $ 0,90 R$ 0,04 Mão de Obra R$ 55,88 $ 27,54 R$ 1,10 R$ 55,88 $ 27,54 R$ 1,10 TOTAL DAS DESPESAS DE CUSTEIO DA LAVOURA (A) R$ 1.486,54 $ 732,55 R$ 29,15 R$ 1.453,51 $ 716,27 R$ 28,50 II - OUTRAS DESPESAS R$ 288,37 $ 142,10 R$ 5,65 R$ 288,05 $ 141,95 R$ 5,65 Assistência Técnica R$ 13,47 $ 6,64 R$ 0,26 R$ 13,15 $ 6,48 R$ 0,26 Transporte da Produção R$ 38,25 $ 18,85 R$ 0,75 R$ 38,25 $ 18,85 R$ 0,75 Beneficiamento R$ 101,33 $ 49,93 R$ 1,99 R$ 101,33 $ 49,93 R$ 1,99 Classificação $ - $ - Armazenagem R$ 45,90 $ 22,62 R$ 0,90 R$ 45,90 $ 22,62 R$ 0,90 Despesas Administrativas R$ 89,42 $ 44,06 R$ 1,75 R$ 89,42 $ 44,06 R$ 1,75 Impostos R$ 110,43 $ 54,42 R$ 2,17 R$ 110,43 $ 54,42 R$ 2,17 Funrural R$ 77,69 $ 38,28 R$ 1,52 R$ 77,69 $ 38,28 R$ 1,52 Fethab R$ 28,94 $ 14,26 R$ 0,57 R$ 28,94 $ 14,26 R$ 0,57 Facs R$ 3,80 $ 1,87 R$ 0,07 R$ 3,80 $ 1,87 R$ 0,07 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS (B) R$ 398,79 $ 196,52 R$ 7,82 R$ 398,48 $ 196,37 R$ 7,81 III - DESPESAS FINANCEIRAS R$ 94,87 $ 46,75 R$ 1,86 R$ 92,67 $ 45,66 R$ 1,82 Juros do Financiamento R$ 94,87 $ 46,75 R$ 1,86 R$ 92,67 $ 45,66 R$ 1,82 TOTAL DAS DESPESAS FINANCEIRAS (C) R$ 94,87 $ 46,75 R$ 1,86 R$ 92,67 $ 45,66 R$ 1,82 CUSTO VARIÁVEL (A+B+C=D) R$ 1.980,21 $ 975,82 R$ 38,83 R$ 1.944,66 $ 958,30 R$ 38,13 Depreciações R$ 51,52 $ 25,39 R$ 1,01 R$ 50,58 $ 24,93 R$ 0,99 Máquinas e Implementos R$ 49,35 $ 24,32 R$ 0,97 R$ 48,42 $ 23,86 R$ 0,95 Benfeitorias e Instalações R$ 2,17 $ 1,07 R$ 0,04 R$ 2,17 $ 1,07 R$ 0,04 TOTAL DE DEPRECIAÇÕES (E) R$ 51,52 $ 25,39 R$ 1,01 R$ 50,58 $ 24,93 R$ 0,99 V - OUTROS CUSTOS FIXOS R$ 1,31 $ 0,64 R$ 0,03 R$ 1,29 $ 0,63 R$ 0,03 Manutenção Periódica R$ 0,84 $ 0,41 R$ 0,02 R$ 0,83 $ 0,41 R$ 0,02 Seguro do Capital Fixo R$ 0,47 $ 0,23 R$ 0,01 R$ 0,46 $ 0,23 R$ 0,01 TOTAL DE OUTROS CUSTOS FIXOS (F) R$ 1,31 $ 0,64 R$ 0,03 R$ 1,29 $ 0,63 R$ 0,03 CUSTO FIXO (E+F=G) R$ 52,83 $ 26,03 R$ 1,04 R$ 51,87 $ 25,56 R$ 1,02 CUSTO OPERACIONAL (D+G=H) R$ 2.033,03 $ 1.001,85 R$ 39,86 R$ 1.996,53 $ 983,86 R$ 39,15 VI - RENDA DE FATORES R$ 441,53 $ 217,58 R$ 8,66 R$ 441,53 $ 217,58 R$ 8,66 Custo da Terra R$ 441,53 $ 217,58 R$ 8,66 R$ 441,53 $ 217,58 R$ 8,66 TOTAL DE RENDA DE FATORES (I) R$ 441,53 $ 217,58 R$ 8,66 R$ 441,53 $ 217,58 R$ 8,66 CUSTO TOTAL (H+I=J) R$ 2.474,57 $ 1.219,43 R$ 48,52 R$ 2.438,06 $ 1.201,44 R$ 47,81 Produtividade Estimada: 51 sacas/ha

4 Médio-Norte - Outubro/2012 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.178,31 $ 580,65 R$ 19,64 R$ 1.151,38 $ 567,38 R$ 19,19 Sementes R$ 204,68 $ 100,86 R$ 3,41 R$ 160,01 $ 78,85 R$ 2,67 Semente de Soja R$ 180,55 $ 88,97 R$ 3,01 R$ 135,88 $ 66,96 R$ 2,26 Semente de Cobertura R$ 24,13 $ 11,89 R$ 0,40 R$ 24,13 $ 11,89 R$ 0,40 Fertilizantes R$ 612,08 $ 301,62 R$ 10,20 R$ 612,08 $ 301,62 R$ 10,20 Corretivo de Solo R$ 40,92 $ 20,16 R$ 0,68 R$ 40,92 $ 20,16 R$ 0,68 Macronutriente R$ 542,49 $ 267,33 R$ 9,04 R$ 542,49 $ 267,33 R$ 9,04 Micronutriente R$ 28,67 $ 14,13 R$ 0,48 R$ 28,67 $ 14,13 R$ 0,48 Defensivos R$ 361,56 $ 178,17 R$ 6,03 R$ 379,29 $ 186,91 R$ 6,32 Fungicida R$ 88,73 $ 43,73 R$ 1,48 R$ 88,73 $ 43,73 R$ 1,48 Herbicida R$ 147,55 $ 72,71 R$ 2,46 R$ 165,28 $ 81,45 R$ 2,75 Inseticida R$ 106,10 $ 52,28 R$ 1,77 R$ 106,10 $ 52,28 R$ 1,77 Adjuvante R$ 19,18 $ 9,45 R$ 0,32 R$ 19,18 $ 9,45 R$ 0,32 Operação com Máquinas R$ 55,52 $ 27,36 R$ 0,93 R$ 55,90 $ 27,55 R$ 0,93 Manejo Pré Plantio R$ 8,13 $ 4,01 R$ 0,14 R$ 8,13 $ 4,01 R$ 0,14 Adubação e Plantio R$ 10,79 $ 5,32 R$ 0,18 R$ 10,79 $ 5,32 R$ 0,18 Aplicações com Máquinas R$ 14,97 $ 7,38 R$ 0,25 R$ 15,35 $ 7,57 R$ 0,26 Colheita R$ 18,93 $ 9,33 R$ 0,32 R$ 18,93 $ 9,33 R$ 0,32 R$ 2,69 $ 1,33 R$ 0,04 R$ 2,69 $ 1,33 R$ 0,04 Mão de Obra R$ 67,20 $ 33,12 R$ 1,12 R$ 67,20 $ 33,12 R$ 1,12 TOTAL DAS DESPESAS DE CUSTEIO DA LAVOURA (A) R$ 1.301,03 $ 641,13 R$ 21,68 R$ 1.274,48 $ 628,05 R$ 21,24 II - OUTRAS DESPESAS R$ 282,09 $ 139,01 R$ 4,70 R$ 281,82 $ 138,88 R$ 4,70 Assistência Técnica R$ 11,78 $ 5,81 R$ 0,20 R$ 11,51 $ 5,67 R$ 0,19 Transporte da Produção R$ 60,00 $ 29,57 R$ 1,00 R$ 60,00 $ 29,57 R$ 1,00 Beneficiamento R$ 78,00 $ 38,44 R$ 1,30 R$ 78,00 $ 38,44 R$ 1,30 Classificação $ - $ - Armazenagem R$ 54,00 $ 26,61 R$ 0,90 R$ 54,00 $ 26,61 R$ 0,90 Despesas Administrativas R$ 78,31 $ 38,59 R$ 1,31 R$ 78,31 $ 38,59 R$ 1,31 Impostos R$ 128,85 $ 63,49 R$ 2,15 R$ 128,85 $ 63,49 R$ 2,15 Funrural R$ 90,33 $ 44,51 R$ 1,51 R$ 90,33 $ 44,51 R$ 1,51 Fethab R$ 34,05 $ 16,78 R$ 0,57 R$ 34,05 $ 16,78 R$ 0,57 Facs R$ 4,46 $ 2,20 R$ 0,07 R$ 4,46 $ 2,20 R$ 0,07 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS (B) R$ 410,94 $ 202,50 R$ 6,85 R$ 410,67 $ 202,37 R$ 6,84 III - DESPESAS FINANCEIRAS R$ 122,41 $ 60,32 R$ 2,04 R$ 119,62 $ 58,95 R$ 1,99 Juros do Financiamento R$ 122,41 $ 60,32 R$ 2,04 R$ 119,62 $ 58,95 R$ 1,99 TOTAL DAS DESPESAS FINANCEIRAS (C) R$ 122,41 $ 60,32 R$ 2,04 R$ 119,62 $ 58,95 R$ 1,99 CUSTO VARIÁVEL (A+B+C=D) R$ 1.834,39 $ 903,96 R$ 30,57 R$ 1.804,77 $ 889,36 R$ 30,08 Depreciações R$ 69,15 $ 34,07 R$ 1,15 R$ 69,15 $ 34,07 R$ 1,15 Máquinas e Implementos R$ 64,70 $ 31,89 R$ 1,08 R$ 64,70 $ 31,89 R$ 1,08 Benfeitorias e Instalações R$ 4,44 $ 2,19 R$ 0,07 R$ 4,44 $ 2,19 R$ 0,07 TOTAL DE DEPRECIAÇÕES (E) R$ 69,15 $ 34,07 R$ 1,15 R$ 69,15 $ 34,07 R$ 1,15 V - OUTROS CUSTOS FIXOS R$ 1,57 $ 0,77 R$ 0,03 R$ 1,57 $ 0,77 R$ 0,03 Manutenção Periódica R$ 0,82 $ 0,40 R$ 0,01 R$ 0,82 $ 0,40 R$ 0,01 Seguro do Capital Fixo R$ 0,75 $ 0,37 R$ 0,01 R$ 0,75 $ 0,37 R$ 0,01 TOTAL DE OUTROS CUSTOS FIXOS (F) R$ 1,57 $ 0,77 R$ 0,03 R$ 1,57 $ 0,77 R$ 0,03 CUSTO FIXO (E+F=G) R$ 70,71 $ 34,85 R$ 1,18 R$ 70,72 $ 34,85 R$ 1,18 CUSTO OPERACIONAL (D+G=H) R$ 1.905,10 $ 938,81 R$ 31,75 R$ 1.875,48 $ 924,21 R$ 31,26 VI - RENDA DE FATORES R$ 436,38 $ 215,04 R$ 7,27 R$ 436,38 $ 215,04 R$ 7,27 Custo da Terra R$ 436,38 $ 215,04 R$ 7,27 R$ 436,38 $ 215,04 R$ 7,27 TOTAL DE RENDA DE FATORES (I) R$ 436,38 $ 215,04 R$ 7,27 R$ 436,38 $ 215,04 R$ 7,27 CUSTO TOTAL (H+I=J) R$ 2.341,48 $ 1.153,85 R$ 39,02 R$ 2.311,86 $ 1.139,25 R$ 38,53 Produtividade Estimada: 60 sacas/ha

5 Nordeste - Outubro/2012 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.190,90 $ 586,86 R$ 22,90 R$ 1.199,25 $ 590,97 R$ 23,06 Sementes R$ 210,81 $ 103,88 R$ 4,05 R$ 198,41 $ 97,77 R$ 3,82 Semente de Soja R$ 167,41 $ 82,49 R$ 3,22 R$ 155,00 $ 76,38 R$ 2,98 Semente de Cobertura R$ 43,41 $ 21,39 R$ 0,83 R$ 43,41 $ 21,39 R$ 0,83 Fertilizantes R$ 597,58 $ 294,48 R$ 11,49 R$ 611,16 $ 301,17 R$ 11,75 Corretivo de Solo R$ 51,50 $ 25,38 R$ 0,99 R$ 51,50 $ 25,38 R$ 0,99 Macronutriente R$ 537,44 $ 264,84 R$ 10,34 R$ 537,44 $ 264,84 R$ 10,34 Micronutriente R$ 8,63 $ 4,25 R$ 0,17 R$ 22,22 $ 10,95 R$ 0,43 Defensivos R$ 382,51 $ 188,50 R$ 7,36 R$ 389,68 $ 192,03 R$ 7,49 Fungicida R$ 110,27 $ 54,34 R$ 2,12 R$ 110,27 $ 54,34 R$ 2,12 Herbicida R$ 110,99 $ 54,70 R$ 2,13 R$ 118,16 $ 58,23 R$ 2,27 Inseticida R$ 142,58 $ 70,26 R$ 2,74 R$ 142,58 $ 70,26 R$ 2,74 Adjuvante R$ 18,68 $ 9,20 R$ 0,36 R$ 18,68 $ 9,20 R$ 0,36 Operação com Máquinas R$ 84,51 $ 41,65 R$ 1,63 R$ 84,51 $ 41,65 R$ 1,63 Manejo Pré Plantio R$ 30,62 $ 15,09 R$ 0,59 R$ 30,62 $ 15,09 R$ 0,59 Adubação e Plantio R$ 15,62 $ 7,70 R$ 0,30 R$ 15,62 $ 7,70 R$ 0,30 Aplicações com Máquinas R$ 21,93 $ 10,81 R$ 0,42 R$ 21,93 $ 10,81 R$ 0,42 Colheita R$ 16,35 $ 8,06 R$ 0,31 R$ 16,35 $ 8,06 R$ 0,31 $ - $ - Mão de Obra R$ 215,05 $ 105,97 R$ 4,14 R$ 215,05 $ 105,97 R$ 4,14 TOTAL DAS DESPESAS DE CUSTEIO DA LAVOURA (A) R$ 1.490,46 $ 734,48 R$ 28,66 R$ 1.498,81 $ 738,59 R$ 28,82 II - OUTRAS DESPESAS R$ 387,08 $ 190,75 R$ 7,44 R$ 385,91 $ 190,17 R$ 7,42 Assistência Técnica R$ 12,12 $ 5,97 R$ 0,23 R$ 12,20 $ 6,01 R$ 0,23 Transporte da Produção R$ 52,00 $ 25,62 R$ 1,00 R$ 52,00 $ 25,62 R$ 1,00 Beneficiamento R$ 62,40 $ 30,75 R$ 1,20 R$ 62,40 $ 30,75 R$ 1,20 Classificação $ - $ - Armazenagem R$ 46,80 $ 23,06 R$ 0,90 R$ 46,80 $ 23,06 R$ 0,90 Despesas Administrativas R$ 213,76 $ 105,34 R$ 4,11 R$ 212,51 $ 104,72 R$ 4,09 Impostos R$ 112,56 $ 55,47 R$ 2,16 R$ 112,56 $ 55,47 R$ 2,16 Funrural R$ 79,18 $ 39,02 R$ 1,52 R$ 79,18 $ 39,02 R$ 1,52 Fethab R$ 29,51 $ 14,54 R$ 0,57 R$ 29,51 $ 14,54 R$ 0,57 Facs R$ 3,87 $ 1,91 R$ 0,07 R$ 3,87 $ 1,91 R$ 0,07 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS (B) R$ 499,64 $ 246,21 R$ 9,61 R$ 498,47 $ 245,64 R$ 9,59 III - DESPESAS FINANCEIRAS R$ 48,20 $ 23,75 R$ 0,93 R$ 48,53 $ 23,92 R$ 0,93 Juros do Financiamento R$ 48,20 $ 23,75 R$ 0,93 R$ 48,53 $ 23,92 R$ 0,93 TOTAL DAS DESPESAS FINANCEIRAS (C) R$ 48,20 $ 23,75 R$ 0,93 R$ 48,53 $ 23,92 R$ 0,93 CUSTO VARIÁVEL (A+B+C=D) R$ 2.038,29 $ 1.004,44 R$ 39,20 R$ 2.045,81 $ 1.008,15 R$ 39,34 Depreciações R$ 57,11 $ 28,14 R$ 1,10 R$ 57,11 $ 28,14 R$ 1,10 Máquinas e Implementos R$ 48,71 $ 24,00 R$ 0,94 R$ 48,71 $ 24,00 R$ 0,94 Benfeitorias e Instalações R$ 8,40 $ 4,14 R$ 0,16 R$ 8,40 $ 4,14 R$ 0,16 TOTAL DE DEPRECIAÇÕES (E) R$ 57,11 $ 28,14 R$ 1,10 R$ 57,11 $ 28,14 R$ 1,10 V - OUTROS CUSTOS FIXOS R$ 1,72 $ 0,85 R$ 0,03 R$ 1,75 $ 0,86 R$ 0,03 Manutenção Periódica R$ 0,66 $ 0,32 R$ 0,01 R$ 0,68 $ 0,34 R$ 0,01 Seguro do Capital Fixo R$ 1,07 $ 0,53 R$ 0,02 R$ 1,07 $ 0,53 R$ 0,02 TOTAL DE OUTROS CUSTOS FIXOS (F) R$ 1,72 $ 0,85 R$ 0,03 R$ 1,75 $ 0,86 R$ 0,03 CUSTO FIXO (E+F=G) R$ 58,84 $ 28,99 R$ 1,13 R$ 58,86 $ 29,01 R$ 1,13 CUSTO OPERACIONAL (D+G=H) R$ 2.097,13 $ 1.033,43 R$ 40,33 R$ 2.104,67 $ 1.037,15 R$ 40,47 VI - RENDA DE FATORES R$ 370,73 $ 182,69 R$ 7,13 R$ 370,73 $ 182,69 R$ 7,13 Custo da Terra R$ 370,73 $ 182,69 R$ 7,13 R$ 370,73 $ 182,69 R$ 7,13 TOTAL DE RENDA DE FATORES (I) R$ 370,73 $ 182,69 R$ 7,13 R$ 370,73 $ 182,69 R$ 7,13 CUSTO TOTAL (H+I=J) R$ 2.467,86 $ 1.216,13 R$ 47,46 R$ 2.475,40 $ 1.219,84 R$ 47,60 Produtividade Estimada: 52 sacas/ha

6 Oeste - Outubro/2012 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.139,67 $ 551,31 R$ 20,72 R$ 1.139,29 $ 551,13 R$ 20,71 Sementes R$ 160,18 $ 77,49 R$ 2,91 R$ 146,61 $ 70,92 R$ 2,67 Semente de Soja R$ 150,53 $ 72,82 R$ 2,74 R$ 136,96 $ 66,26 R$ 2,49 Semente de Cobertura R$ 9,65 $ 4,67 R$ 0,18 R$ 9,65 $ 4,67 R$ 0,18 Fertilizantes R$ 541,18 $ 261,79 R$ 9,84 R$ 541,18 $ 261,79 R$ 9,84 Corretivo de Solo R$ 46,11 $ 22,31 R$ 0,84 R$ 46,11 $ 22,31 R$ 0,84 Macronutriente R$ 486,44 $ 235,31 R$ 8,84 R$ 486,44 $ 235,31 R$ 8,84 Micronutriente R$ 8,63 $ 4,18 R$ 0,16 R$ 8,63 $ 4,18 R$ 0,16 Defensivos R$ 438,31 $ 212,03 R$ 7,97 R$ 451,50 $ 218,41 R$ 8,21 Fungicida R$ 115,68 $ 55,96 R$ 2,10 R$ 115,68 $ 55,96 R$ 2,10 Herbicida R$ 174,11 $ 84,23 R$ 3,17 R$ 191,16 $ 92,47 R$ 3,48 Inseticida R$ 128,47 $ 62,15 R$ 2,34 R$ 128,47 $ 62,15 R$ 2,34 Adjuvante R$ 20,05 $ 9,70 R$ 0,36 R$ 16,19 $ 7,83 R$ 0,29 Operação com Máquinas R$ 88,58 $ 42,85 R$ 1,61 R$ 88,58 $ 42,85 R$ 1,61 Manejo Pré Plantio R$ 21,89 $ 10,59 R$ 0,40 R$ 21,89 $ 10,59 R$ 0,40 Adubação e Plantio R$ 21,14 $ 10,23 R$ 0,38 R$ 21,14 $ 10,23 R$ 0,38 Aplicações com Máquinas R$ 11,21 $ 5,42 R$ 0,20 R$ 11,21 $ 5,42 R$ 0,20 Colheita R$ 32,47 $ 15,71 R$ 0,59 R$ 32,47 $ 15,71 R$ 0,59 R$ 1,87 $ 0,90 R$ 0,03 R$ 1,87 $ 0,90 R$ 0,03 Mão de Obra R$ 60,99 $ 29,50 R$ 1,11 R$ 60,99 $ 29,50 R$ 1,11 TOTAL DAS DESPESAS DE CUSTEIO DA LAVOURA (A) R$ 1.289,24 $ 623,67 R$ 23,44 R$ 1.288,86 $ 623,48 R$ 23,43 II - OUTRAS DESPESAS R$ 186,79 $ 90,36 R$ 3,40 R$ 186,78 $ 90,36 R$ 3,40 Assistência Técnica R$ 11,40 $ 5,51 R$ 0,21 R$ 11,39 $ 5,51 R$ 0,21 Transporte da Produção R$ 13,75 $ 6,65 R$ 0,25 R$ 13,75 $ 6,65 R$ 0,25 Beneficiamento R$ 34,65 $ 16,76 R$ 0,63 R$ 34,65 $ 16,76 R$ 0,63 Classificação $ - $ - Armazenagem R$ 41,25 $ 19,95 R$ 0,75 R$ 41,25 $ 19,95 R$ 0,75 Despesas Administrativas R$ 85,74 $ 41,48 R$ 1,56 R$ 85,74 $ 41,48 R$ 1,56 Impostos R$ 118,03 $ 57,10 R$ 2,15 R$ 118,03 $ 57,10 R$ 2,15 Funrural R$ 82,41 $ 39,87 R$ 1,50 R$ 82,41 $ 39,87 R$ 1,50 Fethab R$ 31,49 $ 15,23 R$ 0,57 R$ 31,49 $ 15,23 R$ 0,57 Facs R$ 4,13 $ 2,00 R$ 0,08 R$ 4,13 $ 2,00 R$ 0,08 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS (B) R$ 304,81 $ 147,45 R$ 5,54 R$ 304,81 $ 147,45 R$ 5,54 III - DESPESAS FINANCEIRAS R$ 72,04 $ 34,85 R$ 1,31 R$ 72,02 $ 34,84 R$ 1,31 Juros do Financiamento R$ 72,04 $ 34,85 R$ 1,31 R$ 72,02 $ 34,84 R$ 1,31 TOTAL DAS DESPESAS FINANCEIRAS (C) R$ 72,04 $ 34,85 R$ 1,31 R$ 72,02 $ 34,84 R$ 1,31 CUSTO VARIÁVEL (A+B+C=D) R$ 1.666,09 $ 805,97 R$ 30,29 R$ 1.665,69 $ 805,77 R$ 30,29 Depreciações R$ 114,08 $ 55,18 R$ 2,07 R$ 114,08 $ 55,18 R$ 2,07 Máquinas e Implementos R$ 110,10 $ 53,26 R$ 2,00 R$ 110,10 $ 53,26 R$ 2,00 Benfeitorias e Instalações R$ 3,98 $ 1,93 R$ 0,07 R$ 3,98 $ 1,93 R$ 0,07 TOTAL DE DEPRECIAÇÕES (E) R$ 114,08 $ 55,18 R$ 2,07 R$ 114,08 $ 55,18 R$ 2,07 V - OUTROS CUSTOS FIXOS R$ 1,99 $ 0,96 R$ 0,04 R$ 1,99 $ 0,96 R$ 0,04 Manutenção Periódica R$ 1,30 $ 0,63 R$ 0,02 R$ 1,30 $ 0,63 R$ 0,02 Seguro do Capital Fixo R$ 0,69 $ 0,33 R$ 0,01 R$ 0,69 $ 0,33 R$ 0,01 TOTAL DE OUTROS CUSTOS FIXOS (F) R$ 1,99 $ 0,96 R$ 0,04 R$ 1,99 $ 0,96 R$ 0,04 CUSTO FIXO (E+F=G) R$ 116,07 $ 56,15 R$ 2,11 R$ 116,07 $ 56,15 R$ 2,11 CUSTO OPERACIONAL (D+G=H) R$ 1.782,16 $ 862,11 R$ 32,40 R$ 1.781,75 $ 861,92 R$ 32,40 VI - RENDA DE FATORES R$ 325,74 $ 157,58 R$ 5,92 R$ 325,74 $ 157,58 R$ 5,92 Custo da Terra R$ 325,74 $ 157,58 R$ 5,92 R$ 325,74 $ 157,58 R$ 5,92 TOTAL DE RENDA DE FATORES (I) R$ 325,74 $ 157,58 R$ 5,92 R$ 325,74 $ 157,58 R$ 5,92 CUSTO TOTAL (H+I=J) R$ 2.107,90 $ 1.019,69 R$ 38,33 R$ 2.107,49 $ 1.019,49 R$ 38,32 Produtividade Estimada: 55 sacas/ha Taxa de Câmbio: R$ 2,07

7 Sudeste - Outubro/2012 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.371,81 $ 676,01 R$ 24,94 R$ 1.325,83 $ 653,35 R$ 24,11 Sementes R$ 174,37 $ 85,93 R$ 3,17 R$ 141,40 $ 69,68 R$ 2,57 Semente de Soja R$ 167,02 $ 82,30 R$ 3,04 R$ 134,05 $ 66,06 R$ 2,44 Semente de Cobertura R$ 7,35 $ 3,62 R$ 0,13 R$ 7,35 $ 3,62 R$ 0,13 Fertilizantes R$ 763,62 $ 376,30 R$ 13,88 R$ 763,62 $ 376,30 R$ 13,88 Corretivo de Solo R$ 72,13 $ 35,54 R$ 1,31 R$ 72,13 $ 35,54 R$ 1,31 Macronutriente R$ 652,70 $ 321,64 R$ 11,87 R$ 652,70 $ 321,64 R$ 11,87 Micronutriente R$ 38,80 $ 19,12 R$ 0,71 R$ 38,80 $ 19,12 R$ 0,71 Defensivos R$ 433,82 $ 213,78 R$ 7,89 R$ 420,81 $ 207,37 R$ 7,65 Fungicida R$ 90,61 $ 44,65 R$ 1,65 R$ 90,61 $ 44,65 R$ 1,65 Herbicida R$ 128,49 $ 63,32 R$ 2,34 R$ 127,87 $ 63,01 R$ 2,32 Inseticida R$ 188,68 $ 92,98 R$ 3,43 R$ 180,43 $ 88,91 R$ 3,28 Adjuvante R$ 26,04 $ 12,83 R$ 0,47 R$ 21,90 $ 10,79 R$ 0,40 Operação com Máquinas R$ 82,56 $ 40,68 R$ 1,50 R$ 80,59 $ 39,71 R$ 1,47 Manejo Pré Plantio R$ 6,47 $ 3,19 R$ 0,12 R$ 6,47 $ 3,19 R$ 0,12 Adubação e Plantio R$ 29,37 $ 14,47 R$ 0,53 R$ 29,37 $ 14,47 R$ 0,53 Aplicações com Máquinas R$ 8,95 $ 4,41 R$ 0,16 R$ 6,98 $ 3,44 R$ 0,13 Colheita R$ 35,80 $ 17,64 R$ 0,65 R$ 35,80 $ 17,64 R$ 0,65 R$ 1,97 $ 0,97 R$ 0,04 R$ 1,97 $ 0,97 R$ 0,04 Mão de Obra R$ 85,93 $ 42,35 R$ 1,56 R$ 85,93 $ 42,35 R$ 1,56 TOTAL DAS DESPESAS DE CUSTEIO DA LAVOURA (A) R$ 1.540,30 $ 759,04 R$ 28,01 R$ 1.492,36 $ 735,41 R$ 27,13 II - OUTRAS DESPESAS R$ 380,02 $ 187,27 R$ 6,91 R$ 379,56 $ 187,04 R$ 6,90 Assistência Técnica R$ 13,72 $ 6,76 R$ 0,25 R$ 13,26 $ 6,53 R$ 0,24 Transporte da Produção R$ 55,00 $ 27,10 R$ 1,00 R$ 55,00 $ 27,10 R$ 1,00 Beneficiamento R$ 115,54 $ 56,93 R$ 2,10 R$ 115,54 $ 56,93 R$ 2,10 Classificação $ - $ - Armazenagem R$ 55,00 $ 27,10 R$ 1,00 R$ 55,00 $ 27,10 R$ 1,00 Despesas Administrativas R$ 140,77 $ 69,37 R$ 2,56 R$ 140,77 $ 69,37 R$ 2,56 Impostos R$ 123,89 $ 61,05 R$ 2,25 R$ 123,89 $ 61,05 R$ 2,25 Funrural R$ 88,58 $ 43,65 R$ 1,61 R$ 88,58 $ 43,65 R$ 1,61 Fethab R$ 31,22 $ 15,38 R$ 0,57 R$ 31,22 $ 15,38 R$ 0,57 Facs R$ 4,09 $ 2,02 R$ 0,07 R$ 4,09 $ 2,02 R$ 0,07 TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS (B) R$ 503,90 $ 248,32 R$ 9,16 R$ 503,44 $ 248,09 R$ 9,15 III - DESPESAS FINANCEIRAS R$ 104,79 $ 51,64 R$ 1,91 R$ 101,28 $ 49,91 R$ 1,84 Juros do Financiamento R$ 104,79 $ 51,64 R$ 1,91 R$ 101,28 $ 49,91 R$ 1,84 TOTAL DAS DESPESAS FINANCEIRAS (C) R$ 104,79 $ 51,64 R$ 1,91 R$ 101,28 $ 49,91 R$ 1,84 CUSTO VARIÁVEL (A+B+C=D) R$ 2.149,00 $ 1.058,99 R$ 39,07 R$ 2.097,08 $ 1.033,41 R$ 38,13 Depreciações R$ 137,68 $ 67,85 R$ 2,50 R$ 135,93 $ 66,98 R$ 2,47 Máquinas e Implementos R$ 130,17 $ 64,15 R$ 2,37 R$ 128,42 $ 63,28 R$ 2,33 Benfeitorias e Instalações R$ 7,51 $ 3,70 R$ 0,14 R$ 7,51 $ 3,70 R$ 0,14 TOTAL DE DEPRECIAÇÕES (E) R$ 137,68 $ 67,85 R$ 2,50 R$ 135,93 $ 66,98 R$ 2,47 V - OUTROS CUSTOS FIXOS R$ 2,72 $ 1,34 R$ 0,05 R$ 2,68 $ 1,32 R$ 0,05 Manutenção Periódica R$ 1,60 $ 0,79 R$ 0,03 R$ 1,57 $ 0,77 R$ 0,03 Seguro do Capital Fixo R$ 1,12 $ 0,55 R$ 0,02 R$ 1,11 $ 0,55 R$ 0,02 TOTAL DE OUTROS CUSTOS FIXOS (F) R$ 2,72 $ 1,34 R$ 0,05 R$ 2,68 $ 1,32 R$ 0,05 CUSTO FIXO (E+F=G) R$ 140,40 $ 69,19 R$ 2,55 R$ 138,61 $ 68,31 R$ 2,52 CUSTO OPERACIONAL (D+G=H) R$ 2.289,40 $ 1.128,18 R$ 41,63 R$ 2.235,69 $ 1.101,72 R$ 40,65 VI - RENDA DE FATORES R$ 494,27 $ 243,57 R$ 8,99 R$ 494,27 $ 243,57 R$ 8,99 Custo da Terra R$ 494,27 $ 243,57 R$ 8,99 R$ 494,27 $ 243,57 R$ 8,99 TOTAL DE RENDA DE FATORES (I) R$ 494,27 $ 243,57 R$ 8,99 R$ 494,27 $ 243,57 R$ 8,99 CUSTO TOTAL (H+I=J) R$ 2.783,67 $ 1.371,75 R$ 50,61 R$ 2.729,96 $ 1.345,28 R$ 49,64 Produtividade Estimada: 55 sacas/ha

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2014/2015 MATO GROSSO - Novembro/2013

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2014/2015 MATO GROSSO - Novembro/2013 MATO GROSSO - Novembro/2013 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 1.344.084 3.224.679 1.686.704 641.603 1.774.382 8.671.453 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.007,21 R$ 1.530,19

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2014/2015 MATO GROSSO - Janeiro/2014

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2014/2015 MATO GROSSO - Janeiro/2014 MATO GROSSO - Janeiro/2014 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 257.129 1.458.698 519.693 170.289 601.101 3.006.910 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.049,89 R$ 1.141,83 R$

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015 MATO GROSSO - Janeiro/2015 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 333.627 1.548.845 530.231 201.169 664.932 3.278.803 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.241,80 R$ 1.148,62 R$

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2016/2017 MATO GROSSO - Março/2016

CUSTO DE PRODUÇÃO DE MILHO - SAFRA 2016/2017 MATO GROSSO - Março/2016 MATO GROSSO - Março/2016 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 357.536 1.585.024 583.054 209.446 750.982 3.486.042 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.397,93 R$ 1.282,86 R$ 1.292,30

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Janeiro/2015 MATO GROSSO - Janeiro/2015 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 1.448.440 3.365.849 1.710.450 668.615 1.914.651 9.108.005 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.513,57 R$ 1.611,79

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Novembro/2014

CUSTO DE PRODUÇÃO DE SOJA - SAFRA 2015/2016 MATO GROSSO - Novembro/2014 MATO GROSSO - Novembro/2014 R$ 0,00 R$ 0,00 Nordeste Médio-Norte Oeste Centro-Sul Sudeste Mato Grosso 1.448.440 3.365.849 1.710.450 668.615 1.914.651 9.108.005 DESPESAS COM INSUMOS R$ 1.437,49 R$ 1.612,95

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Soja - Análise

BOLETIM SEMANAL. Soja - Análise 21/6 23/6 25/6 27/6 29/6 1/7 3/7 5/7 7/7 9/7 11/7 13/7 15/7 17/7 19/7 Contratos Negociados (x 1000) Cents de US$/bu ** Relatório produzido pelo IMEAMT e divulgado pela CERRADO INVEST www.cerradocorretora.com.br

Leia mais

BOLETIM SEMANAL. Soja - Análise. 08 de março de 2013 Número: 243

BOLETIM SEMANAL. Soja - Análise. 08 de março de 2013 Número: 243 Soja - Análise BOLETIM SEMANAL O PESO DO DIESEL: O aumento em janeiro de 5,4% no preço do diesel nas refinarias refletiu em acréscimo médio nas bombas do combustível em Mato Grosso. Essa elevação, de R$

Leia mais

Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012

Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012 11 Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012 Dirceu Luiz Broch Roney Simões Pedroso 1 2 11.1. Introdução Os sistemas de produção da atividade agropecuária cada vez mais requerem um grau de conhecimento

Leia mais

Custo de Produção do Milho Safrinha 2012

Custo de Produção do Milho Safrinha 2012 09 Custo de Produção do Milho Safrinha 2012 1 Carlos DirceuPitol Luiz2 Broch1 Dirceu Luiz Broch Roney Simões Pedroso2 9.1. Introdução Os sistemas de produção da atividade agropecuária cada vez requerem

Leia mais

BOLETIM SEMANAL R$ 68,70 R$ 67,90 R$ 430,00 R$ 400,00

BOLETIM SEMANAL R$ 68,70 R$ 67,90 R$ 430,00 R$ 400,00 13/2 15/2 17/2 19/2 21/2 23/2 25/2 27/2 1/3 3/3 5/3 7/3 9/3 11/3 13/3 15/3 Contratos Negociados (x 1000) Cents de US$/bu Análise Estatística de Algodão Algodão PREÇOS CAEM: Assim como no cenário de âmbito

Leia mais

DETALHAMENTO DE ITENS QUE COMPÕEM O CUSTO DE PRODUÇÃO: COMPARAÇÕES ENTRE AS METODOLOGIAS DA CONAB E DO CEPEA

DETALHAMENTO DE ITENS QUE COMPÕEM O CUSTO DE PRODUÇÃO: COMPARAÇÕES ENTRE AS METODOLOGIAS DA CONAB E DO CEPEA DETALHAMENTO DE ITENS QUE COMPÕEM O CUSTO DE PRODUÇÃO: COMPARAÇÕES ENTRE AS METODOLOGIAS DA CONAB E DO CEPEA Documento elaborado e aprovado pelas duas instituições Este documento apresenta um estudo comparativo

Leia mais

BOLETIM SEMANAL R$ 47,20. 22-jun R$ 151,95

BOLETIM SEMANAL R$ 47,20. 22-jun R$ 151,95 4-jun 6-jun 11-jun 13-jun 15-jun 19-jun 21-jun 4-jun 6-jun 8-jun 10-jun 12-jun 14-jun 16-jun 18-jun 20-jun 22-jun BOLETIM SEMANAL Análise Estatística de Algodão NOVA SAFRA CHEGANDO: A área plantada de

Leia mais

Viabilidade Econômica da Cultura do Trigo, em Mato Grosso do Sul, na Safra 2012

Viabilidade Econômica da Cultura do Trigo, em Mato Grosso do Sul, na Safra 2012 174 ISSN 1679-0472 Abril, 2012 Dourados, MS Fotos - lavoura: Nilton P. de Araújo; percevejo: Foto: Narciso Claudio da Lazzarotto S. Câmara Viabilidade Econômica da Cultura do Trigo, em Mato Grosso do Sul,

Leia mais

COMPARATIVO ENTRE UMA LAVOURA IRRIGADA E DE SEQUEIRO NO RS

COMPARATIVO ENTRE UMA LAVOURA IRRIGADA E DE SEQUEIRO NO RS COMPARATIVO ENTRE UMA LAVOURA IRRIGADA E DE SEQUEIRO NO RS LEVANTAMENTO REALIZADO POR FARSUL/CEPEA 19/05/2014 PROPRIEDADE TÍPICA: MUINCÍPIO DE CRUZ ALTA Característica da Propriedade: 44 ha Reserva Legal

Leia mais

Análise Estatística de Algodão BOLETIM SEMANAL

Análise Estatística de Algodão BOLETIM SEMANAL Análise Estatística de Algodão BOLETIM SEMANAL MUDANÇA À VISTA: Mesmo com os produtores sofrendo com as incertezas provenientes do atraso das chuvas em Mato Grosso, o mercado acredita em uma expansão significativa

Leia mais

METODOLOGIA E RESULTADOS DO LEVANTAMENTO DE CUSTO DE PRODUÇÃO DE ARROZ IRRIGADO

METODOLOGIA E RESULTADOS DO LEVANTAMENTO DE CUSTO DE PRODUÇÃO DE ARROZ IRRIGADO METODOLOGIA E RESULTADOS DO LEVANTAMENTO DE CUSTO DE PRODUÇÃO DE ARROZ IRRIGADO Maria Aparecida Nogueira Serigatto Braghetta Equipe Projeto Arroz Cepea/Esalq-USP Economista e Mestre em Direito Ambiental

Leia mais

MARGENS ESTREITAS PARA O PRODUTOR DE ALGODÃO

MARGENS ESTREITAS PARA O PRODUTOR DE ALGODÃO MARGENS ESTREITAS PARA O PRODUTOR DE ALGODÃO Custos Algodão A produção de algodão no Brasil está crescendo de forma expressiva, devido à boa competitividade dessa cultura frente a outras concorrentes em

Leia mais

Avaliação econômica da produção de trigo no Estado do Paraná, para a safra 2010

Avaliação econômica da produção de trigo no Estado do Paraná, para a safra 2010 ISSN 2176-2864, Versão Eletrônica Avaliação econômica da produção de trigo no Estado do Paraná, para a safra 2010 75 As estimativas dos custos e lucros de produção de uma determinada atividade agropecuária

Leia mais

RELATÓRIO TÈCNICO. Técnico: João Adolfo Kasper. Período de Viagem:19/06/2005 á 25/06/2005

RELATÓRIO TÈCNICO. Técnico: João Adolfo Kasper. Período de Viagem:19/06/2005 á 25/06/2005 RELATÓRIO TÈCNICO Técnico: João Adolfo Kasper Período de Viagem:19/06/2005 á 25/06/2005 Objetivo: Realizar o 5º Levantamento da Safra 2004/2005 sendo a 3ª avaliação para as culturas, Arroz Sequeiro, Milho

Leia mais

1,20 Fungicidas Transporte Interno 0,80 Colheita Mecanizada 1,20 Subtotal Mão de Obra Limpeza de máq. e

1,20 Fungicidas Transporte Interno 0,80 Colheita Mecanizada 1,20 Subtotal Mão de Obra Limpeza de máq. e CUSTOS DE PRODUÇÃO O objetivo é dar suporte para o uso dos coeficientes técnicos e outros subsídios necessários para o cálculo do custo e para a análise financeira da produção de sementes. Os custos podem

Leia mais

L A T I N A M E R I C A

L A T I N A M E R I C A SAFRA 2008 2009: TENDÊNCIAS E DESAFIOS DEFENSIVOS AGRÍCOLAS Engº Agrº José Otavio Menten Diretor Executivo ANDEF Associação Nacional de Defesa Vegetal 01/10/2008 ABMR / SP SAFRA 2008 2009 TENDÊNCIAS E

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM LONDRINA-PR

CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM LONDRINA-PR CUSTO DE PRODUÇÃO DE GRÃOS EM LONDRINA-PR Foi realizado no dia 12 de julho de 2012 em Londrina (PR), o painel de custos de produção de grãos. A pesquisa faz parte do Projeto Campo Futuro da Confederação

Leia mais

Custo de. Gerência de Custos de Produção- GECUP

Custo de. Gerência de Custos de Produção- GECUP Custo de Produção Gerência de Custos de Produção- GECUP GECUP Produtos Estimativas de custos de produção da agropecuária, atualizados bimestralmente; Análise do mercado de insumos e de fatores de produção;

Leia mais

Alta do dólar eleva preços, atrasa aquisições de insumos e reduz poder de compra

Alta do dólar eleva preços, atrasa aquisições de insumos e reduz poder de compra Ano 8 Edição 15 - Setembro de 2015 Alta do dólar eleva preços, atrasa aquisições de insumos e reduz poder de compra A forte valorização do dólar frente ao Real no decorrer deste ano apenas no período de

Leia mais

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Custo de Produção e Lucratividade da Cultura de Milho Sequeiro: um estudo de caso no município de Sud Mennucci, SP

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE SEGURO, PROAGRO E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

ORIENTAÇÕES SOBRE SEGURO, PROAGRO E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS ORIENTAÇÕES SOBRE SEGURO, PROAGRO E RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS Por: Maria Silvia C. Digiovani, engenheira agrônoma do DTE/FAEP,Tânia Moreira, economista do DTR/FAEP e Pedro Loyola, economista e Coordenador

Leia mais

Adm., M.Sc., Embrapa Agropecuária Oeste, Caixa Postal 661, 79804-970 Dourados, MS. E-mail: richetti@cpao.embrapa.br 2

Adm., M.Sc., Embrapa Agropecuária Oeste, Caixa Postal 661, 79804-970 Dourados, MS. E-mail: richetti@cpao.embrapa.br 2 157 ISSN 1679-0472 Fevereiro, 2010 Dourados, MS Foto: Nilton Pires de Araújo Estimativa do Custo de Produção do Milho Safrinha 2010, em Cultivo Solteiro e Consorciado com Brachiaria ruziziensis, na Região

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA UMA EMPRESA RURAL SITUADA NA REGIÃO DE GUARAPUAVA-PR

A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA UMA EMPRESA RURAL SITUADA NA REGIÃO DE GUARAPUAVA-PR UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONEGÓCIO A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE GERENCIAL PARA UMA EMPRESA RURAL SITUADA NA REGIÃO DE GUARAPUAVA-PR CURITIBA

Leia mais

BOLETIM SEMANAL R$60,75 R$59,17 R$58,00

BOLETIM SEMANAL R$60,75 R$59,17 R$58,00 28/4 30/4 2/5 4/5 6/5 8/5 10/5 12/5 14/5 16/5 18/5 20/5 22/5 Contratos Negociados (x 1000) BOLETIM SEMANAL Soja Análise GASTOS ELEVADOS: Na última semana o Imea divulgou a estimativa para o custo de produção

Leia mais

17 de abril de 2015/ nº 278

17 de abril de 2015/ nº 278 Volume exportado (mil t) 17 de abril de 2015/ nº 278 Produção cara: Produzir algodão em Mato Grosso nunca foi tão caro. De acordo com o último relatório de custo de produção para a safra 2015/16, um hectare

Leia mais

PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA

PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA PROJETO CAMPO FUTURO CUSTO DE PRODUÇÃO DO CAFÉ EM LUÍS EDUARDO MAGALHÃES-BA Os produtores de Luís Eduardo Magalhães se reuniram, em 09/04, para participarem do levantamento de custos de produção de café

Leia mais

2 de dezembro de 2016 / nº 432

2 de dezembro de 2016 / nº 432 Painel de Decisão Semanais Unidade 2015 A nt. a A tual b (b/ a) 1 - Indicador Imea - M T R$/sc 18,12 26,14 25,34-3,06% 2 - CBOT (mar/ 17) US$/bu 3,69 3,59 3,49-2,64% 3 - CBOT (jul/ 17) US$/bu 3,86 3,76

Leia mais

Daniel Latorraca Ferreira

Daniel Latorraca Ferreira Daniel Latorraca Ferreira Os desafios das diversificação Custos e DRE das URTEs Primeira análises de viabilidade econômica Considerações Finais Os desafios da diversificação Novos mercados 1 - Análise

Leia mais

Gerenciamento de citros e custos de produção. Leandro Aparecido Fukuda Farmatac - Bebedouro

Gerenciamento de citros e custos de produção. Leandro Aparecido Fukuda Farmatac - Bebedouro Gerenciamento de citros e custos de produção Leandro Aparecido Fukuda Farmatac - Bebedouro FARM FARM ATAC Pesquisa Consultoria (Produção e econômica) Produção Convênio com EECB Estação de pesquisa 08 Agrônomos

Leia mais

O CÁLCULO DO CUSTO TOTAL DE PRODUÇÃO COMO CRITÉRIO PARA A AVALIAÇÃO ECONÔMICA DE CULTURAS ANUAIS

O CÁLCULO DO CUSTO TOTAL DE PRODUÇÃO COMO CRITÉRIO PARA A AVALIAÇÃO ECONÔMICA DE CULTURAS ANUAIS O CÁLCULO DO CUSTO TOTAL DE PRODUÇÃO COMO CRITÉRIO PARA A AVALIAÇÃO ECONÔMICA DE CULTURAS ANUAIS 1. INTRODUÇÃO Este texto visa apresentar uma metodologia para o cálculo do custo total de produção de produtos

Leia mais

Custo de Produção: uma importante ferramenta gerencial na agropecuária

Custo de Produção: uma importante ferramenta gerencial na agropecuária Análises e Indicadores do Agronegócio ISSN 1980-0711 Custo de Produção: uma importante ferramenta gerencial na agropecuária Na definição de um empreendimento agrícola, é importante que se faça um planejamento

Leia mais

Custo de Produção de Mandioca no Estado de São Paulo: Mandioca industrial (maio/04) e de mesa (junho/04) *

Custo de Produção de Mandioca no Estado de São Paulo: Mandioca industrial (maio/04) e de mesa (junho/04) * Custo de Produção de Mandioca no Estado de São Paulo: Mandioca industrial (maio/04) e de mesa (junho/04) * Lucilio Rogerio Aparecido Alves ** Fábio Isaias Felipe *** Geraldo Sant Ana de Camargo Barros

Leia mais

Comunicado 330 Técnico

Comunicado 330 Técnico Comunicado 330 Técnico Foto: Paulo Ferreira ISSN 1517-4964 Setembro, 2013 Passo Fundo, RS Estimativas de viabilidade econômica do cultivo de canola no Rio Grande do Sul e no Paraná, safra 2013 Cláudia

Leia mais

Você atingiu o estágio: Recomendações. NOME: MUNICIPIO: Ipiranga Data de preenchimento do guia: 2012-02-14 Data de devolução do relatório:

Você atingiu o estágio: Recomendações. NOME: MUNICIPIO: Ipiranga Data de preenchimento do guia: 2012-02-14 Data de devolução do relatório: Guia de sustentabilidade na produção de soja na Agricultura Familiar Relatório individual NOME: Prezado senhor (a), Em primeiro lugar, no nome dacoopafi, da Gebana e da Fundação Solidaridad,gostaríamos

Leia mais

Produtos, Serviços e Soluções. Novembro de 2015

Produtos, Serviços e Soluções. Novembro de 2015 Produtos, Serviços e Soluções Novembro de 2015 PRONAF AGROINDÚSTRIA Financiamento das necessidades de custeio do beneficiamento e industrialização da produção, da armazenagem e conservação de produtos

Leia mais

São aquelas que exploram a capacidade do solo por meio do. cultivo da terra, da criação de animais e da

São aquelas que exploram a capacidade do solo por meio do. cultivo da terra, da criação de animais e da 1 São aquelas que exploram a capacidade do solo por meio do cultivo da terra, da criação de animais e da transformação de determinados produtos agropecuários com vistas à obtenção de produtos que venham

Leia mais

Reunião Pública Dezembro de 2015

Reunião Pública Dezembro de 2015 Reunião Pública Dezembro de 2015 Cenário Macroeconômico Arlindo de Azevedo Moura CEO 2 Cenário Macroeconômico 3 COMMODITIES Pressão de queda nos preços Menor preço dos últimos 16 anos TAXA DE CÂMBIO RESTRIÇÃO

Leia mais

ALGODÃO EM MATO GROSSO JULHO/15

ALGODÃO EM MATO GROSSO JULHO/15 ALGODÃO EM MATO GROSSO JULHO/15 CONJUNTURA MENSAL ANO 1. Nº 3 O 11º Levantamento de Grãos da Conab, divulgado em 11 de agosto de 2015, manteve suas estimativas para a safra 2014/15, de algodão em pluma

Leia mais

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO MANUTENÇÃO, REPARAÇÃO E INSTALAÇÃO

Leia mais

4 de novembro de 2016 / nº 427

4 de novembro de 2016 / nº 427 Milhões de toneladas 4 de novembro de 2016 / nº 427 Painel de Decisão Semanais Unidade 2015 A nt. a A tual b (b/ a) 1 - Indicador Imea - M T R$/sc 18,21 27,33 27,51 0,63% 2 - CBOT (dez/ 16) US$/bu 3,77

Leia mais

Apresentação. Mauro Celso Zanus Chefe Geral Embrapa Uva e Vinho

Apresentação. Mauro Celso Zanus Chefe Geral Embrapa Uva e Vinho Morango Exemplares desta publicação podem ser adquiridos na: Embrapa Uva e Vinho Rua Livramento, 515. Caixa Postal 130. CEP: 95700-000 Bento Gonçalves, RS, Brasil. Fone: (0xx)54 3455-8000 / Fax: (0xx)54

Leia mais

MENSURAÇÃO DO CUSTO DE PRODUÇÃO DE ARROZ IRRIGADO NO RIO GRANDE DO SUL SAFRA 2014/2015. Tiago Sarmento Barata Ramiro Toledo

MENSURAÇÃO DO CUSTO DE PRODUÇÃO DE ARROZ IRRIGADO NO RIO GRANDE DO SUL SAFRA 2014/2015. Tiago Sarmento Barata Ramiro Toledo MENSURAÇÃO DO CUSTO DE PRODUÇÃO DE ARROZ IRRIGADO NO RIO GRANDE DO SUL SAFRA 2014/2015 Tiago Sarmento Barata Ramiro Toledo Conhecimento do custo de produção Profissionais X amadores Avaliação da viabilidade

Leia mais

GESTÃO DE CUSTOS O CONTROLE DOS GASTOS É ESSENCIAL PARA GARANTIR A RENDA DO BATATICULTOR

GESTÃO DE CUSTOS O CONTROLE DOS GASTOS É ESSENCIAL PARA GARANTIR A RENDA DO BATATICULTOR GESTÃO DE CUSTOS O CONTROLE DOS GASTOS É ESSENCIAL PARA GARANTIR A RENDA DO BATATICULTOR Por João Paulo Bernardes Deleo e Álvaro Legnaro Colaboração: Carlos Alexandre Almeida e Jefferson Luiz de Carvalho

Leia mais

8 de agosto de 2014/ nº 315

8 de agosto de 2014/ nº 315 mai/13 jun/13 jul/13 ago/13 mai/14 jun/14 jul/14 Milhões de toneladas 8 de agosto de 2014/ nº 315 Vendas atualizadas: Na última semana os dados de comercialização da soja em Mato Grosso tiveram seus números

Leia mais

Financiamentos para o Agronegócio

Financiamentos para o Agronegócio Financiamentos para o Agronegócio Banco do Brasil Maior Parceiro do Agronegócio Carteira em Dez/2012 R$ 100 bilhões Banco do Brasil Sustentabilidade e Meio Ambiente Programa ABC Em Dezembro de 2012 R$

Leia mais

28 de agosto de 2015/ nº 368

28 de agosto de 2015/ nº 368 fev-13 abr-13 jun-13 ago-13 out-13 dez-13 fev-14 abr-14 jun-14 ago-14 out-14 dez-14 fev-15 abr-15 jun-15 ago-15 Cotação em MT - R$/t 28 de agosto de 2015/ nº 368 Motores aquecidos: Depois de um leve recuo

Leia mais

Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura. Programa ABC

Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura. Programa ABC para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura Conceito Crédito orientado para promover a redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) na agricultura, conforme preconizado na

Leia mais

Custo Operacional do Sistema Integração Lavoura-Pecuária-Silvicultura (ILPS) na Região Noroeste do Estado de São Paulo

Custo Operacional do Sistema Integração Lavoura-Pecuária-Silvicultura (ILPS) na Região Noroeste do Estado de São Paulo Custo Operacional do Sistema Integração Lavoura-Pecuária-Silvicultura (ILPS) na Região Noroeste do Estado de São Paulo Adelina Azevedo BOTELHO ( 1 ); Wander Luis Barbosa BORGES ( 1 ); Rogério Soares de

Leia mais

2 de outubro de 2015 / nº 373

2 de outubro de 2015 / nº 373 9-jun-14 23-jun-14 7-jul-14 28-jul-14 11-ago-14 25-ago-14 8-set-14 22-set-14 8-jun-15 22-jun-15 6-jul-15 20-jul-15 3-ago-15 1 31-ago-15 1 28-set-15 2 de outubro de 2015 / nº 373 Boas condições: Classificada

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE INDICADORES DE RESULTADOS - ORIENTAÇÕES PARA PEQUENOS AGRICULTORES

RELATÓRIO SOBRE INDICADORES DE RESULTADOS - ORIENTAÇÕES PARA PEQUENOS AGRICULTORES RELATÓRIO SOBRE INDICADORES DE RESULTADOS - ORIENTAÇÕES PARA PEQUENOS AGRICULTORES APLICÁVEL A PARTIR DA COLHEITA DE 2014 Visão Geral Este documento explica como usar os modelos fornecidos pela BCI, para

Leia mais

Biocombustíveis: Estudo de culturas adequadas à sua produção: um panorama da produção agrícola da cana de açúcar e da soja.

Biocombustíveis: Estudo de culturas adequadas à sua produção: um panorama da produção agrícola da cana de açúcar e da soja. Biocombustíveis: Estudo de culturas adequadas à sua produção: um panorama da produção agrícola da cana de açúcar e da soja. Maria Helena M. Rocha Lima Nilo da Silva Teixeira Introdução Quais os fatores

Leia mais

Sumário Executivo Pegada de carbono

Sumário Executivo Pegada de carbono Sumário Executivo Pegada de carbono OBS: os textos em cinza são explicativos e devem ser excluídos após preenchimento da ficha. Informações da empresa Nome da empresa AMAGGI Exportação e Importação LTDA

Leia mais

26 de junho de 2015/ nº 359

26 de junho de 2015/ nº 359 Preço a termo (R$/sc) 26 de junho de 2015/ nº 359 Em lados opostos: Em junho, as cotações do farelo e do óleo de soja exibiram tendências bastante divergentes em Mato Grosso. Isso porque, enquanto o óleo

Leia mais

Manual para Modelagem Financeira Definição de Ano Safra

Manual para Modelagem Financeira Definição de Ano Safra Manual para Modelagem Financeira Definição de Ano Safra Muito embora os resultados financeiros da Companhia sejam divulgados no calendário de ano-civil (ex. o primeiro trimestre divulgado compreende o

Leia mais

6 A cadeia de suprimentos da soja no Mato Grosso sob o ponto de vista dos atores da cadeia

6 A cadeia de suprimentos da soja no Mato Grosso sob o ponto de vista dos atores da cadeia 6 A cadeia de suprimentos da soja no Mato Grosso sob o ponto de vista dos atores da cadeia Complementando o que foi exposto sobre a gerência da cadeia de suprimentos analisada no Capítulo 3, através de

Leia mais

GESTÃO DE CUSTOS EM PROPRIEDADES RURAIS: ESTUDO DE CASO NO RIO GRANDE DO SUL

GESTÃO DE CUSTOS EM PROPRIEDADES RURAIS: ESTUDO DE CASO NO RIO GRANDE DO SUL GESTÃO DE CUSTOS EM PROPRIEDADES RURAIS: ESTUDO DE CASO NO RIO GRANDE DO SUL Janielen Pissolatto Deliberal (UCS ) janipst@yahoo.com.br Denize Grzybovski (UPF ) gdenize@upf.br Marcia Rohr da Cruz (UCS )

Leia mais

SITUAÇÃO DO MERCADO DE AGROTÓXICOS NO MUNDO E NO BRASIL

SITUAÇÃO DO MERCADO DE AGROTÓXICOS NO MUNDO E NO BRASIL SITUAÇÃO DO MERCADO DE AGROTÓXICOS NO MUNDO E NO BRASIL - Fontes oficiais de diversos estudos realizados por: BNDES, FIESP, SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS, DIEESE E ANVISA CAMPANHA NACIONAL

Leia mais

CUSTEIO VARIÁVEL COMO UM INSTRUMENTO DE GESTÃO PARA AS EMPRESAS RURAIS

CUSTEIO VARIÁVEL COMO UM INSTRUMENTO DE GESTÃO PARA AS EMPRESAS RURAIS CUSTEIO VARIÁVEL COMO UM INSTRUMENTO DE GESTÃO PARA AS EMPRESAS RURAIS Aline de Souza Malavazi (PG UEM) Dayane Eiko Fugita ( PG UEM) Paulo Moreira da Rosa, Dr. (UEM) Resumo Devido às novas complexidades

Leia mais

O BANCO QUE FAZ MAIS PELA AMAZÔNIA

O BANCO QUE FAZ MAIS PELA AMAZÔNIA O BANCO QUE FAZ MAIS PELA AMAZÔNIA CRÉDITO COMO SOLUÇÃO PARA PRODUZIR COM SUSTENTABILIDADE SOCIAL E AMBIENTAL BNDES PRODUSA Objetivos Disseminar o conceito de agronegócio responsável e sustentável, agregando

Leia mais

22 de dezembro de 2016 / nº 435

22 de dezembro de 2016 / nº 435 Painel da Decisão Indicadores Unidade 2015 (b) 2016 (a) anual (a/ b) 1 - Indicador Imea - M T R$/sc 16,12 27,95 73,36% 2 - CBOT Físico US$/bu 3,78 3,60-4,83% 3 - CBOT Futuro (jul) US$/bu 4,01 3,78-5,77%

Leia mais

Wadico Waldir Bucchi Presidente. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen.

Wadico Waldir Bucchi Presidente. Este texto não substitui o publicado no DOU e no Sisbacen. 1 CIRCULAR Nº 1.556 Documento normativo revogado pela Resolução 3.208, de 24/06/2004. Comunicamos que a Diretoria do Banco Central, dando seqüência à reestruturação do Manual de Crédito Rural - MCR, decidiu

Leia mais

Contribuições do MAPA para a Implantação da Nova Lei Florestal

Contribuições do MAPA para a Implantação da Nova Lei Florestal MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO E SUSTENTABILIDADE DEPROS Contribuições do

Leia mais

18 de julho de 2014/ nº 312

18 de julho de 2014/ nº 312 Milhões de toneladas esmagadas 18 de julho de 2014/ nº 312 Rentabilidade incerta: O custo de produção da soja transgênica para a temporada 2014/15 no mês de junho foi elevada para R$ 2.433,73/ha. Com o

Leia mais

GESTÃO DE CUSTOS APLICADA AO AGRONEGÓCIO: CULTURAS TEMPORÁRIAS Autores ADRIANO JOSE RAUBER Universidade Estadual do Oeste do Paraná

GESTÃO DE CUSTOS APLICADA AO AGRONEGÓCIO: CULTURAS TEMPORÁRIAS Autores ADRIANO JOSE RAUBER Universidade Estadual do Oeste do Paraná GESTÃO DE CUSTOS APLICADA AO AGRONEGÓCIO: CULTURAS TEMPORÁRIAS Autores ADRIANO JOSE RAUBER Universidade Estadual do Oeste do Paraná AURI DIESEL Universidade Estadual do Oeste do Paraná MARCIO WAGNER Universidade

Leia mais

Cooperativismo Agropecuário

Cooperativismo Agropecuário Cooperativismo Agropecuário rio Camara Temática de Insumos Agropecuários Paulo Cesar Dias Junior Brasília, 25 de novembro de 2013 Sistema OCB. Você participa. Todos crescem. OCB: Atuação Representação

Leia mais

Banco do Brasil. Programa ABC

Banco do Brasil. Programa ABC Banco do Brasil Programa ABC Junho de 2015 Plano ABC Conceito Crédito orientado para promover a redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) na agricultura, conforme preconizado na Política Nacional

Leia mais

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil

Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Políticas públicas e o financiamento da produção de café no Brasil Organização Internacional do Café - OIC Londres, 21 de setembro de 2010. O Sistema Agroindustrial do Café no Brasil - Overview 1 Cafés

Leia mais

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 A Evolução do Mercado de Soja no Brasil Avanços da genética, mais e melhores opções de insumos (sementes, máquinas, fertilizantes e defensivos)

Leia mais

13 de outubro de 2017/ nº 475

13 de outubro de 2017/ nº 475 Dados atualizados: Nesta semana o Imea atualizou a estimativa de oferta e demanda (OeD) da soja em grão para as safras 16/17 e 17/18, trazendo reajustes à demanda de ambas as safras. Em relação à safra

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC Programa ABC Linha de Crédito para Agricultura de Baixa Emissão de Carbono Sidney

Leia mais

VANTAGENS ECOLÓGICAS E ECONÔMICAS DE REFLORESTAMENTOS EM PROPRIEDADES RURAIS NO SUL DO BRASIL RESUMO

VANTAGENS ECOLÓGICAS E ECONÔMICAS DE REFLORESTAMENTOS EM PROPRIEDADES RURAIS NO SUL DO BRASIL RESUMO VANTAGENS ECOLÓGICAS E ECONÔMICAS DE REFLORESTAMENTOS EM PROPRIEDADES RURAIS NO SUL DO BRASIL RESUMO Honorino Roque Rodigheri * Este estudo tem o objetivo de comparar os indicadores ecológicos (uso de

Leia mais

3 de março de 2017/ nº 443

3 de março de 2017/ nº 443 Relação de Troca em sacas/hectare 3 de março de 2017/ nº 443 De olho no campo: A colheita da safra 16/17 atingiu na primeira semana de março 78,35% das áreas já colhidas em Mato Grosso. Com esse percentual

Leia mais

FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES COM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

5 de dezembro de 2014/ nº 332

5 de dezembro de 2014/ nº 332 44,20 45,44 40,80 44,80 41,50 47,44 38,98 47,82 42,21 44,95 47,00 47,90 46,17 50,52 preço em R$/sc Dólar em RS/US$ 5 de dezembro de 2014/ nº 332 Futuros aquecidos: Enquanto a safra 13/14 da soja mato-grossense

Leia mais

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministério do Desenvolvimento Agrário SEAF EVOLUÇÃO NO BRASIL E EM PERNAMBUCO SEAF Segurados 2008/2009 Segurados/ km2 585.427 Distribuição Espacial de Agricultores Segurados no SEAF GARANTIA SAFRA Segurados 2008/2009 Segurados/ km2 553.387

Leia mais

redução dos preços internacionais de algumas commodities agrícolas; aumento dos custos de

redução dos preços internacionais de algumas commodities agrícolas; aumento dos custos de Desempenho da Agroindústria No fechamento do primeiro semestre de 2005, a agroindústria registrou crescimento de 0,3%, taxa bastante inferior à assinalada pela média da indústria brasileira (5,0%) no mesmo

Leia mais

20 de janeiro de 2017/ nº 437

20 de janeiro de 2017/ nº 437 2-nov-16 9-nov-16 16-nov-16 23-nov-16 30-nov-16 7-dez-16 14-dez-16 21-dez-16 28-dez-16 4-jan-17 11-jan-17 18-jan-17 Preço - MT R$/sc 20 de janeiro de 2017/ nº 437 Vilão ou mocinho? Com o início da colheita

Leia mais

O que é uma empresa rural?

O que é uma empresa rural? Contabilidade Rural Prof. João Marcelo O que é uma empresa rural? É aquela que explora a capacidade produtiva do solo por meio do cultivo da terra, da criação de animais e da transformação de determinados

Leia mais

20 de novembro de 2015 / nº 380

20 de novembro de 2015 / nº 380 $475,62 $476,91 $397,51 $438,13 R$/ha e US$/ha R$ 898,92 R$ 1.006,28 R$ 1.120,97 R$ 1.317,02 20 de novembro de 2015 / nº 380 Inchado: Há cerca de um ano, o Imea relatava sobre o processo de retração dos

Leia mais

3 de fevereiro de 2017 / nº 439

3 de fevereiro de 2017 / nº 439 Diferença (milímetro) 39 153 43 24 17 137 18 116 56 3 de fevereiro de 2017 / nº 439 Sementes no solo: Em algumas regiões a precipitação prejudicou o andar da semeadura, resultando assim um total semeado

Leia mais

3 de outubro / nº 323

3 de outubro / nº 323 ago/13 set/13 out/13 nov/13 dez/13 jan/14 fev/14 mar/14 abr/14 mai/14 jun/14 jul/14 ago/14 set/14 Dólar por bushel 3 de outubro / nº 323 Uma queda que ajuda: Parecia que em 2014 os fretes seriam mais um

Leia mais

14 de outubro de 2016/ nº 425

14 de outubro de 2016/ nº 425 out/16 mai/16 jun/16 jul/16 ago/16 set/16 out/16 523,2 447,8 534,5 466,3 532,0 465,7 534,1 467,0 540,0 468,8 539,1 466,9 544,9 467,5 Oferta e demanda 14 de outubro de 2016/ nº 425 A todo vapor: A semeadura

Leia mais

20 de fevereiro de 2015 / nº 341

20 de fevereiro de 2015 / nº 341 Margem no vermelho: Com os insumos comprados para a safra 2014/15, as atenções dos produtores atualmente se voltam para o campo. O ritmo da semeadura de milho, somado às previsões de chuvas para os próximos

Leia mais

Pesca Marinha Pesca Continental Maricultura Aquic. Continental

Pesca Marinha Pesca Continental Maricultura Aquic. Continental Custo de produção, análise de rentabilidade e formação de preço João Donato Scorvo Filho Célia M. Dória Frascá Scorvo Pesquisadores da Apta Pólo Leste Paulista APTA/SAA SP SP Produção Brasileira i de Pescado

Leia mais

Campeão de Produtividade de Soja Região Sudeste. ANTONIO LUIZ FANCELLI Fundador do CESB e Docente da ESALQ/USP SAFRA 2011/2112

Campeão de Produtividade de Soja Região Sudeste. ANTONIO LUIZ FANCELLI Fundador do CESB e Docente da ESALQ/USP SAFRA 2011/2112 Campeão de Produtividade de Soja Região Sudeste ANTONIO LUIZ FANCELLI Fundador do CESB e Docente da ESALQ/USP SAFRA 2011/2112 Dados do Participante (Campeão) PRODUTOR: FREDERIK JAKOBUS WOLTERS CONSULTOR

Leia mais

Canola. Brasília, Setembro de 2010.

Canola. Brasília, Setembro de 2010. Canola Brasília, Setembro de 2010. Canola: A canola ocupa o terceiro lugar entre as oleogionosas cultivadas no mundo. A internação no Brasil ocorreu em 1974 procedente do México, país criador da canola.

Leia mais

16 de setembro de 2016/ nº 421

16 de setembro de 2016/ nº 421 Milhões de toneladas 43,6 43,6 43,6 59,7 55,8 52,3 59,7 56,2 53,1 58,4 56,5 54,0 103,0 105,6 103,0 110,5 101,0 114,3 16 de setembro de 2016/ nº 421 Novos dados: Nesta semana o Imea divulgou novos números

Leia mais

METODOLOGIA DE CÁLCULO DE CUSTO DE PRODUÇÃO DA CONAB

METODOLOGIA DE CÁLCULO DE CUSTO DE PRODUÇÃO DA CONAB METODOLOGIA DE CÁLCULO DE CUSTO DE PRODUÇÃO DA CONAB Capítulo 2 ASPECTOS METODOLÓGICOS O método de cálculo adotado pela CONAB busca contemplar todos os itens de dispêndio, explícitos ou não, que devem

Leia mais

Superintendência Estadual de Mato Grosso

Superintendência Estadual de Mato Grosso Superintendência Estadual de Mato Grosso Programa ABC Conceito Crédito Fixo orientado com o objetivo de: - reduzir das emissões de Gases de Efeito Estufa; - reduzir o desmatamento; - aumentar a produção

Leia mais

Cultivo do Feijão Irrigado na Região Noroeste de Minas Gerais

Cultivo do Feijão Irrigado na Região Noroeste de Minas Gerais Página 1 de 6 Embrapa Arroz e Feijão Sistemas de Produção, No.5 ISSN 1679-8869 Versão eletrônica Dezembro/2005 Cultivo do Feijão Irrigado na Região Noroeste de Minas Gerais Introdução e Importância Econômica

Leia mais

4 de novembro de 2016/ nº 428

4 de novembro de 2016/ nº 428 1ª sem 2ª sem 3ª sem 4ª sem 1ª sem 2ª sem 3ª sem 4ª sem 1ª sem 2ª sem 3ª sem 4ª sem 5ª sem 1ª sem 2ª sem 3ª sem 4ª sem Em mil hectares 4 de novembro de 2016/ nº 428 De olho no campo: A semeadura da nova

Leia mais

Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta. Monsanto

Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta. Monsanto Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta Monsanto 11 de junho de 2013 1 Objetivo do trabalho 2 Objetivo do presente trabalho é demonstrar a importância econômica da utilização da tecnologia no aumento

Leia mais

20 de junho de 2014/ nº 308

20 de junho de 2014/ nº 308 fev-13 mar-13 abr-13 mai-13 jun-13 jul-13 ago-13 set-13 out-13 nov-13 dez-13 jan-14 fev-14 mar-14 abr-14 mai-14 jun-14 20 de junho de 2014/ nº 308 Impacto da safra nova: O bom desenvolvimento da safra

Leia mais

26 de maio de 2017/ nº 455

26 de maio de 2017/ nº 455 24/4 26/4 28/4 30/4 2/5 4/5 6/5 8/5 10/5 12/5 14/5 16/5 18/5 20/5 22/5 24/5 26/5 28/5 Contratos Negociados (Em milhares de bushel) 26 de maio de 2017/ nº 455 Nova safra: De olho na próxima safra, muitos

Leia mais