Notícias da Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Notícias da Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional"

Transcrição

1 P.O.Box Cincinnati, OH USA NotíciasUnidas Notícias da Vol.3, No. 3 Agosto-Outubro 2005 Eis que vem o Dia do SEN- HOR, em que os teus despojos se repartirão no meio de ti. Porque eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém... Então, sairá o SENHOR e pelejará contra essas nações, como pelejou no Jorge de Campos dia da batalha....o SENHOR será Rei sobre toda a terra; naquele dia, um só será o SENHOR, e um só será o seu nome... Todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém subirão de ano em ano para adorar o Rei, o SENHOR dos Exércitos, e para celebrar a Festa dos Tabernáculos. (Zacarias 14:1-3, 9, 16) Esta profecia em Zacarias descreve lindamente como Jesus Cristo virá e lutará para salvar a terra, e então estabelecerá o Reino de Deus na terra. Nessa altura, todas as nações observarão a Festa dos Tabernáculos de ano em ano. O Reino de Deus é o meio pelo qual Deus usará os Santos para o ajudar a salvar o mundo inteiro. É o desejo de Deus de salvar toda a humanidade: Deus, nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade (1 Timóteo 2:3-4). As Festas de Deus revelam o Seu plano de Salvação através de Jesus Cristo. Estas Festas podem ser postas em 3 grupos ou estações de Festas. As duas primeiras estações incluem: 1. a Páscoa, e 2. Os dias dos Pães Asmos, na 1 a estação (na primavera) e o 3. Dia de Pentecostes na 2 a estação (no verão). A ultima estação de Festas é durante o outono (no hemisfério Norte), ao fim do ano. Estas Festas têm a ver com o julgamento de Deus na terra, conforme Ele intervém literalmente e fisicamente no nosso mundo. As Festas nesta 3 a estação (no outono) são: 4. O dia de Trombetas; 5. O dia de Expiação; 6. A Festa de Tabernáculos; 7. O Último Grande Dia. Nesta edição de Notícias Unidas temos alguns artigos acerca desta 3 a estação. Um período bem necessário para restaurarmos e revigorarmos o nosso zelo e entusiasmo por Deus e por tudo que é de Deus. Vivemos num mundo que facilmente faz com que nós fiquemos mais fracos em termos espirituais e no qual o nosso amor Cristão se pode tornar frio (Mateus 24:12). Por isso precisamos das Festas anualmente para nos fortificarmos espiritualmente. Paulo bem nos lembra disto quando disse: E digo isto a vós outros que conheceis o tempo: já é hora de vos despertardes do sono; porque a nossa salvação está, agora, mais perto do que quando no princípio cremos. Vai alta a noite, e vem chegando o dia. Deixemos, pois, as obras das trevas e vistamo-nos das armas da luz (Romanos 13:11-12). Pedro também disse na mesma veia: Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento (2 Pedro 3:9). Ele cumprirá as Suas promessas! Virá e fará julgamento neste mundo! Mas Ele quer que nós nos arrependamos primeiro. E esse é o propósito da Festa. Devemos ir à Festa e comer à frente dele, no local aonde Ele escolheu e abriu portas para podermos celebrar a Festa, e aí usarmos o segundo dízimo para que aprendas a temer o SENHOR, teu Deus, todos os dias (Deuterônimo 14:23). Notícias Unidas é uma revista publicada pela, 555 Technecenter Drive, Milford, OH. E.U.A Enviar mudanças de morada para: Igreja de Deus Unida, P.O. Box , Cincinnati, OH Correspondência pelo Acesse do seu computador: ou

2 2 Este é um período de julgamento e precisamos de aprender a temer a Deus. No entanto precisamos de nos preparar para a Festa, tanto física como espiritualmente: Disponde, pois, agora o coração e a alma para buscardes ao SENHOR, vosso Deus (1 Crónicas 22:19). Precisamos de orar uns pelos outros desta maneira: SENHOR, Deus de nossos pais Abraão, Isaac e Israel, conserva para sempre no coração do teu povo estas disposições e pensamentos, inclina-lhe o coração para contigo (1 Crónicas 29:18). É necessário pensarmos como é que devemos treinar, guiar, preparar e dirigir os nossos corações, para que busquemos Deus, o Seu Reino e a Sua justiça, cada vez mais e mais. Durante a Festa de Tabernáculos e o Último Grande Dia teremos uma oportunidade especial de adorar a Deus e de conviver e celebrar a Festa com os nossos irmãos, por oito dias, distanciados das preocupações diárias da nossa vida. Os nossos ministros darão atenção especial em preparem sermões e estudos Bíblicos da melhor qualidade possível, conforme são inspirados pelo Espírito Santo. Através de estudo Bíblico, orações e condução correta da nossa vida, precisamos de fazer tudo o possível para estarmos prontos e espiritualmente despertos, para podermos receber o banquete espiritual que nos será oferecido diariamente durante a Festa. Por isso, espero que todos se preparem diligentemente para esta oportunidade especial que Deus nos dá para celebrarmos a Festa e de recapturar a visão do Reino de Deus. Aonde quer que estejam nesta Festa, a minha esposa e eu desejamo-lhes todas as benções de Deus ao observarem-na. Jorge de Campos Escrituras acerca das Festas e o seu significado: Festa das Trombetas* Ordenada no Velho Testamento: Levítico 23:23-25 Observada, no Novo Testamento por Jesus Cristo, pelos apóstolos ou pela Igreja: Mateus24:30-31; 1 Tessalonissences 4:16-17; Apocalipse 11:15. *Conquanto a Festa das Trombetas não seja mencionada por este nome no Novo Testamento, o tema do dia o som de trombetas anunciando o regresso de Cristo é mencionado por diversos autores do Novo Testamento, como anotado nas referências acima. A Festa das Trombetas, assim chamada por ser notada pelo som especial de trombetas, é ordenada em Levítico 23: Este festival proclama a Segunda vinda de Jesus Cristo à terra, ao som da última trombeta, descrita no livro de Apocalipse. Nessa altura, os que morreram em Cristo serão ressuscitados e, juntamente com os Cristãos ainda vivendo, serão transformados em seres espirituais imortais (1 Coríntios 15:51-52; 1 Tessalonicenses 4: 16-17, Apocalipse 11: 15). Apocalipse 20:6 diz: Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição: sobre este, não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos. Embora a Festa das Trombetas proclame o regresso de Jesus Cristo, como Príncipe da Paz, o processo de pacificação não se completará até que Deus detenha Satanás, o diabo, o autor da confusão, do caos e da guerra, de influenciar a humanidade durante mil anos. Isto traz-nos ao quinto passo do plano mestre de Deus.

3 3 O Dia da Expiação Ordenado no Velho Testamento: Levítico 23:26-32 Observado no Novo Testamento por Jesus Cristo, pelos apóstolos e pela Igreja: Actos 27:9. O Dia da Expiação, observado com jejum e assembleia, comandado em Levítico 23:26-32, é mais um outro marco no plano de Deus. Ele relaciona-se com a Páscoa, posto que Jesus Cristo, como nossa Páscoa, é também nossa Expiação. No antigo Israel, a ênfase neste festival estava no expiar dos pecados da nação (Levítico 16:32-34); a sua futura aplicação é para o mundo em geral. Deus, para limpar a humanidade do pecado, tem de depor, primeiro, Satanás, que está constantemente a tentar-nos a pecar. Então todo o homem e mulher pode receber o sacrifício de Jesus Cristo para os limpar dos seus pecados. Por esta razão, um dos primeiros actos de Cristo, à Sua segunda vinda, será o aprisionamento de Satanás por mil anos (Apocalipse 20:1-3). Então a reconciliação do mundo pela expiação do sacrifício de Cristo pode começar com fervor. Uma vez que Satanás e os seus enganos sejam eliminados, toda a gente pode reconciliar-se com Deus. A Festa dos Tabernáculos Ordenada no Velho Testamento: Levítico 23: Observada no Novo Testamento por Jesus Cristo, pelos apóstolos, e pela Igreja: João 7:1-2, 8, 10,14; Actos 18:21. O festival que se segue e que está comandado em Levítico 23:33-36, é o da Festa dos Tabernáculos. Ele simboliza o governo dos mil anos de Cristo, como Rei dos Reis, para continuar com colheita da vida humana para a vida eterna (João 4:35-36). Este é o sexto passo no plano mestre de Deus. O reino de Cristo começará em Jerusalém e espalharse-á por todas as nações. Isaías chama-lhe o tempo durante o qual virão muitos povos, e dirão: ʻVinde, subamos ao monte do Senhor, à casa do Deus de Jacob, para que nos ensine o que concerne aos seus caminhos, e andemos nas suas veredas;ʼ porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do Senhor. E Ele exercerá o seu juízo sobre as gentes, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões, e as suas lanças em foices: não levantará espada nação contra nação, nem aprenderão mais guerra (Isaías 2:3-4). Durante este tempo de paz mundial, toda a pessoa viva pode aprender os caminhos do Senhor e ter a oportunidade para a salvação. E não ensinará alguém mais a seu próximo, nem alguém a seu irmão, dizendo: Conhecei o Senhor: porque todos me conhecerão, desde o mais pequeno deles até ao maior, diz o Senhor: porque lhes perdoarei a sua maldade, e nunca mais me lembrarei dos seus pecados (Jeremias 31:34). Porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar (Isaías 11:9). O Último Grande Dia Ordenado no Velho Testamento: Levítico 23: 36 Observado no Novo Testamento por Jesus Cristo, pelos apóstolos, e pela Igreja: João 7: Finalmente, como ordenado em Levítico23:36-39, um festival separado, de um dia, imediatamente a seguir à Festa dos Tabernáculos. Este dia representa o Grande Trono Branco do Julgamento, o sétimo passo no plano de Deus, como descrito em Apocalipse 20: As pessoas que morreram sem jamais terem ouvido acerca do seu incrível potencial terão o seu verdadeiro destino revelado nessa ocasião. Eis como isso acontece. A grande parte dos mortos que jamais viveu pessoas como a rainha de Sabá, habitantes da antiga Nínive e pessoas do tempo de Cristo ressuscitarão juntas (Mateus 12: 41-42). Esta ressur-

4 4 reição, de milhares de milhões de pessoas, regressadas à vida física temporária, está detalhada em Ezequiel 37:1-14. Estes são o resto dos mortos, referidos em Apocalipse 20:5. Milhares de milhões de pessoas arrepender-se-ão das suas faltas passadas e receberão a dádiva da vida eterna, alcançando o seu fundamental destino. O plano de Deus é todo abrangente. Durante este tempo a vasta maioria dos seres humanos terá a oportunidade de alcançar a vida eterna. Lembremo-nos que Deus quer que todos os homens se salvem (1 Timóteo 2: 4), e não querendo que alguns se percam, senão que todos se venham a arrepender (2 Pedro 3:9). Através do Seu assombroso plano, toda a humanidade terá a oportunidade de aprender a verdade de Deus, de se arrepender e receber a salvação. (Para uma mais completa explicação dos festivais, faça por atender ao nosso estudo bíblico na Festa em Lisboa). Que maravilhoso plano! Ele revela o fantástico destino de todos os que, através de Cristo, se submetem a Deus e recebem a vida eterna dos que partilharão da natureza de Deus, como filhos da Sua própria família. Deus prometeu: Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho (Apocalipse 21: 7). Vejam bem! Deus tinha isto tudo planeado antes do começo do tempo. O que é o Jejum e porque o Fazemos O que é o Jejum? O dicionário Biblico de Ungerʼs (Ungerʼs Bible Dictionary) explica que a palavra jejum, na Bíblia, vem da palavra hebraica tsome, que significa cobrir, tapar a boca, ou da palavra grega nesteuo significando abster. Num sentido espiritual isso quer dizer estar-se sem comer e sem beber (Ester 4:16). O Dia da Expiação também chamado O Jejum (Actos 27: 9) é o único dia de jejum ordenado por Deus (Levítico 23:27), contudo, outros dias nacionais de jejum são mencionados na bíblia. Também jejuns pessoais são claramente aguardados pelos discípulos de Cristo (Mateus 9:14-15). Encorajamos a que quem tenha problemas de saúde consulte um médico especialista antes de jejuar. Porque Jejuar? A Bíblia dá exemplos de pessoas de Deus, ocasionalmente, combinarem o jejum com a oração, para, assim, estimular o seu zelo e renovar a sua dedicação e cometimento a Deus. O rei David escreveu que: humilhava [a sua] alma com o jejum (Salmos 35:13). O jejum é um meio de regressarmos a nossa mente à realidade de que não somos auto-suficientes. Ele ajuda-nos a apercebermos quão frágeis somos e o quanto dependemos de coisa para além de nós próprios. A Bíblia regista que grandes homens de fé, como Moisés, Elias, Daniel, Paulo e o próprio Jesus jejuaram para se poderem aproximar mais de Deus (Êxodo 34:28; 1 Reis 19:18; Daniel 9:3; 10:2-3; 2 Coríntios 11:27; Mateus 4:2). Jesus sabia que os Seus verdadeiros discípulos necessitariam de jejuar, para ganhar e renovar o seu zelo para O servir, uma vez que Ele deixasse de estar com eles em carne (Marcos 2:18-20). Tiago diz-nos: Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós (Tiago 4:8). Orações contantes e jejum ocasional nos ajudam a aproximarmos-nos de Deus. Não se jejua para termos pessoas a terem pena de nós, ou para pensarem que somos piedosos (Mateus 6:16-18). Isaías 58 dá exemplos de bom e de mau jejum, contrastando más atitudes e acções (versículos 3-5) com a correcta atitude do amor fraterno (versículos 6-10). Daniel e Neemias deram o exemplo de terem uma estrutura de espírito arrependido (Daniel 9:3-4; Neemias 9:1-2). O jejum também nos ajuda a aprendermos a lição do Dia da Expiação: perdão, reconciliação com Deus e a necessidade de resistir a Satanás e rogar pelo tempo da sua deposição (Apocalipse 20:1-3), representada na Expiação na figura do bode de Azazel (Levítico 16:20-22).

5 O Rei David e a Festa dos Tabernáculos obediência de David a Deus foram fortemente aper- feiçoados pelos seus anos de sofrimentos e tribulações, assim também são os nossos. 5 Conforme a Festa se aproxima, muitas das pessoas de Deus enfrentam dificuldades que desafiam a sua determinação, para nela estarem presentes. Muitas vezes somos assediados com problemas de: trabalho, escola, dinheiro, carros, pessoais e outros, mesmo antes de nos pormos a caminho. Mas, tudo vale a pena, invariavelmente, quando, finalmente, alegremente caminhamos, sob a luz da lua cheia, para o local da reunião da cerimónia de abertura. Como todos sabemos, a Festa é como que um símbolo do Reino de Deus, e a nossa peregrinação anual a ela é, de igual modo, como que um cunho da nossa jornada da vida para pertencermos à família de Deus. Alguma vez perguntamo-nos porque temos de lutar tanto, não somente pelo Reino de Deus, mas também, por vezes, para irmos à Festa? O apóstolo Paulo fala-nos em 1 Coríntios 10:11 que as vidas e as actividades, boas e más, dos do Velho Testamento estão registadas para nos servir de exemplo exemplos para nos encorajar e inspirar, como também para nos avisar e admoestar. A vida do Rei David é uma que me dá grande inspiração, especialmente quando a Festa se aproxima. Há muitos paralelos entre a nossa vida quotidiana e a vida desse grande homem de Deus. Qual foi a diferença entre David e todos os outros reis de Israel e de Judá? Enquanto alguns deles foram obedientes a Deus, somente David é chamado por Deus: varão conforme o meu coração (Actos 13:22). Somente David, no Reino de Deus, regerá sobre todas as 12 tribos de Israel (Ezequiel 27:24). A diferença óbvia é a de que David teve de lutar durante muitos anos antes que recebesse o trono. Como tantos posteriores reis provaram, o poder corrompe. Pode qualquer um de nós dizer que não seremos corrompidos pelo poder? Tal como o carácter e Lutando contra o Saúl e Satanás Na sua juventude, David serviu na corte de Saúl. Saúl pode ser comparado a um tipo de Satanás. Ambos, Saúl e Satanás foram governantes ungidos. (Ezequiel 28:14; João 14:30; 1 Samuel 10:1). Ambos se exaltaram a eles próprios e foram acusados de rebelião (1 Samuel 15:23; Ezequiel 28:17), e os lamentos sobre as suas faltas são semelhantes (Isaías 14:12; 2 Samuel 1:19). Antes de sermos chamados por Deus servimos na corte de Satanás. Tal como David, cada um de nós tem o seu Golias para degolar. Não pode haver dúvida de que foi só pela misericórdia de Deus que David teve a coragem de enfrentar e vencer este gigante, e nós, também, só ultrapassamos sofrimentos e tribulações pela misericórdia que Deus nos concede Após esta grande vitória, David não fazia nada errado. Semelhantemente, quando, ao princípio, somos chamados à fé, Deus, muitas vezes, dá-nos grandes vitórias para nos encorajarmos, nos inspirarmos e termos fé. De igual modo, muitas vezes, nos encontramos os mais fortes, imediatamente após do refrescamento espiritual que encontramos na Festa. Mas, assim como Saúl começou com um ódio invejoso a tentar matar David, assim Satanás vem sobre nós, quando começamos a viver em Deus e quando regressamos ao mundo depois da Festa. É aí realmente quando o nosso caracter se desenvolve. Nunca Desistir Com receio da sua vida e em fuga, David tornou-se preso do medo, do desânimo e mesmo da depressão. Mas nunca desistiu, e nós também não devemos desistir. David teve duas oportunidades de matar Saúl e terminar a sua perseguição (1 Samuel 24 e 26), mas, em vez disso, confiou em Deus. Muitas vezes, desistindo, são-

6 6 nos dadas ocasiões para terminarmos a perseguição que Satanás nos move. Mas temos de confiar em Deus para vencermos, sabendo que Ele nos ungiu, a cada um de nós, para sermos reis no Seu Reino (Apocalipse 5:10). E assim continuamos lutando através dos longos e escuros meses entre Tabernáculos e Páscoa, com o Sábado semanal para nos fortificar e encorajar. Perigo Escondido Interessantemente, foi quando David era rei de Israel que caiu vitima do tempo mais escuro da sua vida, cedendo a tentações e cometendo adultério e assassínio. Às vezes, quando fugia para salvar a sua vida, David orava três vezes por dia (Salmo 55:17), mas tinha-se desviado muito de Deus desta vez. Algumas das maiores dificuldades que enfrentamos, como povo de Deus, vêm quando a ocasião nos é próspera e as nossas dificuldades parecem temporariamente terminadas. Então nós, como David, podemos não sentir sempre a necessidade de rogar ajuda a Deus. E é muitas vezes, quando estamos na Festa, que nos esquecemos que Satanás também assiste à Festa. Envolvemo-nos tanto nas actividades festivas que nos rodeiam que, por vezes, negligenciamos a nossa oração pessoal e o estudo da Bíblia. Podemos, se não tivermos cuidado, ter uma Festa mais física que espiritual, resultando nas depressões morais após Festa e deixando-nos vulneráveis aos ataques de Satanás. Deus é fiel a esquecer todo o pecado arrependido (1 João 1:9). Mas se persistirmos em pecar, isso separanos de Deus (Isaías 59:2) e torna-se uma ameaça à nossa vida espiritual. Então temos, como David, de contritamente nos arrepender e restabelecer o nosso contrato com Deus, se é que queremos ser um homem, ou uma mulher, conforme o coração de Deus. Temos de pedir a Deus, todos os dias, para não nos deixar cair em tentação (Mateus 6:8), e em fé pedir-lhe pela sabedoria que precisamos para tomarmos decisões rectas na nossa busca da Festa e do Reino. Assim, como a Festa se aproxima, pensemos na vida e no exemplo de David, por que nós, também, fomos ungidos para sermos reis e sacerdotes no reino de Deus que está para vir. E nós, também, tomaremos as nossas coroas e tronos depois de uma vida de perseguição pelo rei desta presente demoníaca era se nós, como David, permanecermos fieis ao Deus vivo e ao nosso Salvador, Jesus Cristo. Layne Partin Eu preciso de faver tudo que seja possível para atender esta Festa... Como se viveu o ano que passou? Parece que passamos batalhando pela vida mesmo de modo a manter as coisas de uma forma equilibrada e movendo-nos em direcção certa. Todos nós enfrentamos dificuldades ao longo de cada ano. Somos projectados e empurrados conforme enfrentamos os desafios do dia-a-dia. Então, quando mesmo pensamos que temos as coisas sob controle, uma crise surge. Todas estas coisas podem turbar a nossa visão. Podemos esquecer qual é o nosso real propósito. Elas podem-nos pôr fora de tom, tal como um piano quando é empurrado e maltratado. É a sua visão e o seu entusiasmo tão apurados quanto os desejam? A Festa dos Tabernáculos, tal como todos os Dias Santos de Deus, é um tempo para salientarmos e renovarmos a visão do nosso futuro e o Reino de Deus, o qual nos mantém caminhando. O bom Deus deu nos o plano dos Seus Dias Santos, para nos ajudar a compreender o Seu plano de salvação da humanidade. Ele mostra-nos como Deus vai actuar para transformar o homem humano e físico em futuros membros da família de Deus. Cada um dos Dias Santos representa um passo vital nesse plano. Os Dias Santos de Outono representam a parte do pla-

7 7 no ainda no futuro, começando com a vinda de Jesus Cristo, como Rei dos Reis, precedendo o reino de Deus. Este futuro e a visão que ele nos dá deve manter-nos prosseguindo nas nossas batalhas diárias. Às vezes, porém, eu pergunto-me se essa visão e esse desejo estão ardendo tão fortemente agora, como estavam em meados do século XX. Perdemos algum do nosso zelo e do nosso entusiasmo pelo caminho de Deus? Ao longo dos anos temos percorrido um longo caminho, para guardarmos a Festa dos Tabernáculos. Temos mudado de um lugar da Festa para muitos lugares da Festa. Os dias em que tínhamos de viajar mais de 3.000Kms, num só sentido, de carro, de comboio, ou de autocarro para celebrarmos a Festa já passaram. Nesses dias, famílias inteiras costumavam atafulhar-se nos carros e partirem para a Festa. Ninguém tinha demais, contudo, todos tinham bastante, por causa de compartilharem as bençãos de Deus. Muitos acampavam em tendas, com toda a família, estivesse de chuva, calor ou frio. Ninguém se ia embora com fome física ou espiritualmente. A gente de Deus era dedicada. Sabia porque estava lá, e estava determinada a lá estar custasse o que custasse. Ainda nos lembramos, assim fortemente, porquê que vamos à Festa? O sacrifício por alguma coisa tende a dar uma mais profunda apreciação às coisas pelas quais nos sacrificamos. Porque ir de Ano a Ano? Porque é que Deus nos ordena subir de ano a ano para Guardar a Festa e os outros dias Santos? Nós, seres humanos, não temos instinto, como os animais, para nos dirigir, assim, temos de aprender a comportar-nos. Os hábitos são adquiridos e desenvolvidos fazendo as coisas repetidamente ao longo do tempo. Deus deseja que nos lembremos sempre da importância do Seu plano tal como representado pelos Dias Santos. A Bíblia, ao descrever a nossa relação com Deus, na Sua Palavra, usa o termo lembra-te, mais de 30 vezes. Ele quer que nos lembremos sempre de certas coisa vitais coisas que doutra forma podemos esquecer. É vital para nós lembrarmo-nos de Deus e o que Ele está fazendo. É muito fácil abandonarmos as coisas, como muito bem sabemos. A Bíblia usa a Expressão guarda-te para que te não esqueças, ao descrever a relação das pessoas de Deus para com Deus e a Sua lei, mais de quarenta vezes. Infelizmente, ao longo dos séculos, o caminho de Deus tem sido esquecido muitas vezes. Os Dias Santos de Deus não têm sido guardados, por significantes períodos de tempo, ao longo da história. Quando o Seu povo se esqueceu dos Dias Santos e do Sábado, observamos que o Seu plano se começou a tornar manchado nas suas mentes, e depressa esqueceram o que Deus estava fazendo. Então, o povo de Deus, começou-se a afastar de Deus e cedo O esqueceu! E isto é tão verdadeiro, até para nós, os membros da Igreja em língua Portuguesa! Deus conhecia o homem e apercebeu-se que era necessário repetir-se a celebração dos Dias Santos, se os Seus caminhos se quisessem manter à frente da mente do Seu povo. Por isso, Ele ordenou ao Seu povo: Sete dias celebrarás a festa do Senhor, teu Deus, no lugar que o Senhor escolher... Três vezes no ano... na festa dos pães asmos, e na festa das semanas, e na festa dos tabernáculos (Deuteronómio 16:15-16). Até no Reino de Deus todas as nações subirão de ano a ano, a Jerusalém, para guardar a Festa dos Tabernáculos (Zacarias 14:16). Todos os anos, o plano de Deus, como representado pelos Dias Santos, é revivido pelo Seu povo. Deus está decidido a que nós tenhamos isso tão firmemente estabelecido em nossa mente de forma que jamais o esqueçamos como tantos o têm feito ao longo dos tempos. A Festa é um Tempo de Aprendizagem O que esperamos alcançar celebrando a Festa dos Tabernáculos todos os anos? Porque é que Deus diz:

8 8 celebrarás a festa ao Senhor, teu Deus, no lugar que o Senhor escolher? A Festa dos Tabernáculos implica uma viagem, ou peregrinação, do povo de Deus. Há qualquer coisa de especial acerca de Deus nos afastar do nosso ambiente, e do dia-a-dia da nossa existência, para um lugar especial que ele escolheu. Nós precisamos de uma mudança de lugar, para melhor facilitarmos a mudar o nosso foco de atenção, e a orar a Ele de um modo especial. Ele quer que prestemos a nossa atenção nele e no Seu caminho, não nas coisas normais que nos lembram a nossa vida de trabalho. É um tempo especial para sairmos e estar com o povo de Deus de uma maneira que não podemos fazer no resto do ano. Quando vamos à Festa, vamos para adorar a Deus. A Festa é uma assembleia comandada, uma convocação sagrada (Levítico 23:34-36). É um tempo para uma atenção especial, com coisas especiais acontecendo enquanto lá estamos. Na Festa juntamo-nos como uma grande família, adorando ao nosso grande Deus e louvando-o. Deus disse: celebrareis a festa do Senhor, por sete dias,... e ao oitavo dia haverá descanso (Levítico 23:39). Isto quer dizer que a devemos guardar durante os oito dias completos de forma a alcançar o significado completo que ela encerra. Devemos planear para nela estar desde a sua cerimónia de abertura e não a deixar senão depois do culto da tarde do Último Grande Dia doutra forma não captaremos o pleno significado do plano de Deus. Vamos à Festa, também, para aprender a guardar respeito a Deus (Deuteronómio 14:22-23). Isto não é terror, mas o aprender a mostrar honra e respeito por Ele e pelo Seu plano de salvação. Quer dizer que aprendemos a portarmo-nos com grande respeito perante Ele pelo Seu plano e pelo Seu trabalho. Aprendemos isto através das mensagens que ouvimos, das conversações que temos e do que fazemos na Festa. Vamos à Festa para nos deleitar perante Deus (Deuteronómio 16:13-14) pois representamos o maravilhoso tempo em que toda a humanidade terá a sua oportunidade de compreender os caminhos de Deus, no Reino de Deus. Para nos ajudar, Deus ordena que guardemos dez por cento do nosso lucro para assim não termos preocupações em nos alegrar. Para guardarmos inteiramente a Festa e receber o seu completo benefício, temos de guardar por inteiro o segundo dízimo (Deuteronómio 14:22-23). Isto é um acto de fé, mostrando o nosso cometimento a Deus em cuidar de nós durante o ano e abastecer-nos durante a Festa do Tabernáculos. Festa Espiritual ou Férias? Cada ano são escolhidos lugares para a Festa de forma a que sejam direccionados à família, em belas áreas e convenientes à maior parte dos membros. Quando nos preparamos para a ida à Festa devemo-nos perguntar: Vamos ao lugar que Deus escolhe para pôr o Seu nome para se Guardar a Festa? Ou vamos para férias relaxarnos e então descobrirmos, como que por encanto, que Ah sim, afinal há cultos a que devemos assistir? Quais são as nossas prioridades? As nossas acções e como passamos o tempo na Festa revelarão as nossas prioridades. O nosso propósito em guardar o segundo dízimo, o nosso propósito em ir onde vamos, na verdade, o nosso propósito em guardarmos a Festa dos Tabernáculos tem que ser para termos uma Festa espiritual. Nós precisamos da força e encorajamento que vem de guardarmos a Festa. É bom apreciarmos a área e as suas atracções enquanto lá estamos, mas isto não deve ser o porquê de lá estarmos! Se perdemos o nosso senso de prioridade da Festa, corremos o risco de a consentirmos a tornar-se mundana. Podemos perder o significado e a importância da Festa se isso acontecer. Isto, infelizmente, é a razão pela qual, eventualmente, a Festa se torna uma carga para algumas pessoas. Elas consentiram que a atenção à Festa se obscurecesse e confundisse e perdesse a sua importância.

9 Deixemos a nossa Luz Brilhar Jesus Cristo disse que, como Cristãos, somos a luz do mundo, e que devemos deixar a nossa luz brilhar. A Festa dos Tabernáculos é uma altura maravilhosa para fazermos isso. Estamos lá em número suficiente para causarmos impacto na comunidade e, especialmente, nos estabelecimentos que usamos. O nosso exemplo dirá muito acerca do povo de Deus e mesmo acerca do caminho da vida de Deus. Precisamos de estar conhecedores deste facto no nosso alojamento, nos restaurantes, nas actividades e nos cultos. O nosso exemplo deve inspirar a que outros nos perguntem qual: a razão da esperança que há em vós? (1 Pedro 3:15). Devemos ser amáveis e atenciosos. Como luz, uma palavra ou uma acção amáveis valem muito, especialmente para uma ou um sobrecarregado empregado. Oportunidades para servir e ajudar outros não faltam, colhamos vantagens delas. Podemos ter convidados nos cultos. Façamo-los sentirem-se bem-vindos. Há muitas oportunidades para se prestar na Festa. Segue em frente envolve-te nela. Isso fará a Festa melhor e mais memorável Que Tal o Teu Entusiasmo pela Festa? Em todo o ano, a Festa é o tempo mais intensivo para recarregarmos as nossas baterias espirituais. É um tempo para receber fantástico alimento espiritual alimento para nos fortalecer na nossa viagem para o Reino. Como os tempos endurecem e o fim desta demoníaca era do mundo se aproxima, todos nós precisamos de ter a nossa visão do plano de Deus e do Seu Reino flamejando brilhantemente no nosso coração e no nosso espírito. Lembremo-nos porque vamos à Festa e façamos dela uma das melhores Festas espirituais de sempre. Possa o zelo pelo caminho de Deus e pelo Seu plano arder fortemente em nós enquanto nos preparamos para a Festa dos Tabernáculos de Michael Blackwell No worries! Nada de Aflições! Aqui está uma forma, livre de aflições, para planear as necessidades financeiras da Festa 9 Como nos preparamos para guardar a Festa dos Tabernáculos uma vez mais, está o teu entusiasmo por ela crescendo? Estás a aguardá-la com ansiedade? A palavra entusiasmo provem de en-theos significando Deus em nós, para nos inspirar. Quanto é que Deus está em nós quando vamos à Festa dos Tabernáculos? Estamos a desejar com vontade o alimento espiritual que nela teremos? Ou reclamamos de que há demasiada igreja e pouco tempo para as nossas coisas? O povo de Deus tem tido, ao longo de anos, uma profunda fome e sede pelos caminhos de Deus. Também, tradicionalmente, nos primeiros tempos, havia dois cultos, ao dia, juntamente com imprevistos estudos bíblicos. Ousamos nós ser menos entusiastas pela verdade de Deus hoje, quando vemos o fim desta era a aproximar-se? Nada de aflições, companheiro ( No worries, mate ), foi a frase que um amigo meu trouxe da Festa para casa o ano passado. Ele e a sua família tinham celebrado a Festa dos Tabernáculos além-mar e pareceu-lhes que os naturais de onde estiveram usavam esta frase como uma coisa natural em toda a conversa. Ele ficou a saber que esta expressão pode ter um de vários significados, dependendo do contexto em que é usada. Por exemplo, ele ficou a saber que no worries, mate pode significar tem calma, não estou zangado contigo, ou pode querer dizer com todo prazer, farei o que me pede. Mas, a maior parte das vezes, no worries, mate parece significar pareces uma pessoa aflita que precisa de calma!, ou, simplesmente, Nada de aflições!. Falando de preocupações, do que é que muitas pessoas se preocupam? De dinheiro! Tenho que chegue para as necessidades da família? Deus desenhou um

10 10 sistema de sorte que, quando chegamos ao financiamento para guardar as Suas Festas, nós podemos ter nada de aflições!. Como bem sabemos, Deus instituiu dias de festa com a intenção de traçar os passos do Seu magnifico plano para salvar a humanidade e trazer pessoas para a Sua família espiritual. Para nos ensinar e iluminar acerca deste plano, Ele ordena-nos a guardar os Seus Dias Santos nas suas estações adequadas (Levítico 23:4). Estamos agora a preparar-nos para guardar a Festa das Trombetas, a do Dia da Expiação, a dos Tabernáculos e a do Último Grande Dia, todas ocorrendo durante o sétimo mês do calendário sagrado. Para muitos Cristãos, a celebração de Festa dos Tabernáculos é aquela que fisicamente mais demanda de todas as Festas de Deus. Durante esta Festa, Deus diznos para deixarmos as nossas casas e irmos para o lugar onde Ele fez habitar o Seu nome (Deuteronómio 14:23). Aí habitaremos, em residência temporária, durante sete dias (Levítico 23:42-43). Uma das razões porque Deus nos diz para fazermos isto é para nos lembrarmos que somos simplesmente peregrinos, ou viandantes, atravessando temporariamente este mundo físico. Somos cidadãos do Reino de Deus e não parte deste presente demoníaco mundo. As residências temporárias lembram-nos que há um mundo muito maior a vir, quando Jesus Cristo instituir o Reino de Deus na terra. O Dízimo da Festa De forma a obedecer-se a Deus como Ele instrui, ele instituiu um plano de poupança para assim podermos residir nas residências temporárias de hoje e alimentar-nos enquanto lá vulgarmente em hotéis, motéis, condomínios e outras assim. Em geral chamamos a estas poupanças dízimo de festival. Em Deuteronómio 14:22 lemos: Certamente darás os dízimos de toda a novidade da tua semente que cada ano se colher do campo. A princípio isto parece-se com o dízimo que Deus diz que é sagrado e que Lhe pertence (Levítico 27:30). Mas vemos imediatamente que este dízimo adicional não é para dar aos representantes de Deus, mas sim para ser consumido por quem o produziu! E, perante o Senhor, teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogénitos das tuas vacas e das tuas ovelhas (Deuteronómio 14:23) Porque isto é um dízimo adicional ao que Deus diz que é Seu, muitas vezes chamamo-lhe segundo dízimo. E posto que Deus nos diz para o comer no lugar que escolheu para celebrarmos a Sua festa, também nos referimos a ele como o Dízimo de Festival. Visto que um dízimo é equivalente a um décimo, nós Cristãos somos instruídos a poupar dez por cento do nosso lucro anual para assim podermos adorar a Deus nos Seus dias de festa,... para que aprendas a temer ao Senhor, teu Deus, todos os dias (Deuteronómio 14:23). Enquanto este dízimo possa ser usado para despesas a ter com a observação de cada um dos Dias Santos ao longo do ano, no seu grosso ele é usado na Festa dos Tabernáculos. Se um décimo é mais do que pessoalmente necessitamos para ir à Festa, isso quer dizer que Deus nos abençoou com a possibilidade de ajudar outros, menos afortunados, para guardarem a Festa. Preparar um Orçamento Este dízimo é para ser usado com todas as despesas relacionadas com a celebração da Festa no local onde Deus escolher para fazer habitar o Seu nome. Um Cristão inteligente considerará preparar um orçamento de forma a que mais honorabelmente use as bençãos financeiras que Deus lhe deu. Uma vez que teremos um décimo do nosso ganho anual para gastarmos em pouco mais de uma semana, é essencial um planeamento adequado para cuidar das nossas necessidades e de assistirmos outros, se for possível. Importa começar por calcular quanto será, aproximadamente, a importância a poupar do segundo dízimo. De seguida deve-se fazer uma lista, de várias categorias, nas quais todas as despesas da Festa se inserirão.

11 11 Aqui está uma lista que nos pode ajudar a começar: * Acomodação tal como hotel, motel, acampamento, casa, condomínio, etc. * Viagem bilhete de avião, aluguer de carro, reparações do carro para fazer a viagem, gasolina, taxi, etc. * Alimentação mercearia, restaurantes, snacks, etc. * Donativo do Fundo de Festival Em virtude de haver numerosas despesas com o local da Festa (a principal das quais é o aluguer do salão), os membros que possam contribuir, com parte do segundo dízimo, para cobrir custos, podem mandar o seu donativo para os escritórios da área, ou para os escritórios centrais. No passado a Igreja sugeria um décimo do décimo, ou seja, 10% do segundo dízimo, como donativo para estas despesas. * Actividades excursões, visitas a lugares de interesse, ocupações recreativas, etc. * Prendas para os nossos familiares e outros. *Fundo de Assistência pôr um pouco de parte para assistir alguém menos afortunado, *Reserva de Emergência em caso de avaria de carro, ou bagagem perdida! Despesas Estimadas Para cada uma das categorias da lista (e outras que queira juntar) faça o possível por estimar quanto lhe será necessário para cada uma delas. Lembrar que muitas das nossas Festas são em áreas balneares, ou de férias aonde muitas vezes muitos artigos são muito mais caros que em casa. Algumas despesas que não podemos esquecer podem ser taxadas ou subsidiadas (às vezes tanto como 15%); estacionamentos, gorgetas de restauração, etc. Se verificarmos que as despesas são superiores aos fundos, teremos de limitar as despesas, trocar para um outro local de Festa menos dispendioso, ou de outra forma rever o nosso plano. Mas se, o dízimo escrupulosamente poupado da nossa receita, é mais do que o que precisamos para o nosso contentamento na Festa, Deus propicia-nos uma oportunidade para nos lembrarmos dos nossos irmãos e irmãs menos afortunados, no País e à volta do mundo. Neste caso, podemos servir-nos do nosso excesso para ajudar alguém na congregação local a ir à Festa. Ou podemos enviar o excesso para o escritório da congregação local (ou para o equivalente internacional) onde será usado numa, ou nas, seguintes formas: assistir locais internacionais da Festa para facilitar membros a terem um local onde celebrar a Festa; assistir directamente famílias que não têm possibilidades a ela ir; cobrir despesas gerais incorridas em realizar a Festa à volta do mundo. Como Gastar É interessante que Deus, em Deuteronómio 14:23, diznos para aprendermos a temê-lo, ou reverenciá-lo, através da celebração e do regozijo, e também nos diz no versículo 26: E aquele dinheiro darás por tudo o que deseja a tua alma, por vacas, e por ovelhas, e por vinho, e por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma: come-o ali, perante o Senhor, teu Deus, e alegrate, tu e a tua casa. Deus deseja que nós gozemos as boas coisas da vida e Lhe agradeçamos por estas maravilhosas bençãos de comida, família, amigos e diversão! Somos encorajados por Deus a comprar comida e bebida que realmente apreciamos coisas especiais que podemos não poder oferecer-nos durante o resto do ano. De notar que, uma vez que estamos comendo e alegrando-nos perante Deus, a glutonaria e a embriaguez não têm lugar na celebração da Festa. Regozijo, não excesso, é a maneira como um Cristão se deve comportar na Festa. Há pouco que se possa comparar nesta vida com o prazer de adorar a Deus em conjunto, comendo e convivendose com os irmãos, na Festa, e nos ofícios diários. Isto é verdadeiramente traçado para representar e tipificar as condições que os humanos terão quando Jesus Cristo regressar para estabelecer o Seu reino milenar na terra. Uma Festa Espiritual É sábio lembrarmos que o principal enfoque da Festa é o espiritual. Refeições espirituais diárias sermões deverão ser a prioridade do Cristão. As bençãos físicas de comida, actividades e prazeres físicos são somente para realçar e reforçar o espiritual.

12 12 Certifique-se de que o físico não se torna um fim em si mesmo para ofuscar e superar o espiritual. Poupando fielmente o nosso dízimo Festivo, aplicando-o responsavelmente em veneração a Deus, coloca-nos numa situação em que não há nada de aflições, companheiro! Dave Myers Etiqueta na Festa: Mostrar Solicitude para com os Outros durante os Ofícios Aqui estão algumas indicações para ser um exemplo brilhante (e automaticamente evitar descortesia) Que grosseiro! Já lhe saltou à mente esta exclamação quando observa o comportamento de outros na Festa dos Tabernáculos? Podemos não a ter declarado alto, mas provavelmente a temos pensado uma vez por outra e muitas vezes com forte razão! Vivemos num mundo onde a grosseria parece aumentar e a cortesia a diminuir. O povo de Deus deve comportar-se como exemplo de brilhante solicitude. O propósito deste artigo não é o de reclamar fortemente contra a rudeza, mas sim o de dar ao povo de Deus, assistindo à Festa dos Tabernáculos, uma lista de sugestões de como mostrar solicitude para com outros e por conseguinte automaticamente evitar descortesia. 1. Se utiliza um telemóvel (ou pager ), tenha a certeza de o desligar ao entrar no salão de culto. Se o tiver de manter ligado, por antecipação de aguardar alguma chamada urgente certifique-se de lhe desligar a campainha. Se surgir alguma chamada a campainha não distrairá ninguém. 2. Respeite o orador não entrando ou saindo do salão durante o ofício. É bastante incomodativo para os irmãos e irmãs que se sentam à volta, para se concentrarem na mensagem, quando repetidamente têm de se desviar das suas posições, para deixar passar a outros andando dentro e fora na sua área. Certamente, se alguém sofre de alguma limitação física, ou tem uma criança que precisa de ser assistida, levantar-se durante o culto não é problema. Por exemplo, um membro que deseja realmente ouvir um sermão e sofra de algum mal de costas, não podendo sentar-se, e que o obrigue a estar de pé e a andar, pois sem dúvida podê-lo-á fazer ao fundo do salão, sem perturbar ninguém e assim abater a dor. Toda a gente estará de acordo com isso e não se sentirá distraída. Também uma família que ensine os seus filhos a respeitar Deus e os Seus cultos não terá de repetidamente sair e entrar da área onde estão e terão sossegados brinquedos para as crianças se distrair durante os ofícios. 3. Respeitemos os que tocam música especial. Apercebeu-se que é rude sair e entrar num auditório durante música especial? Em vez de utilizar esse tempo para sair a qualquer lado, talvez seja melhor pensar da actuação como um sermão breve em forma de música. Essa música é-nos dada para nos inspirar e encorajar. Tire toda a vantagem dessa prédica musical, não entrando nem saindo do salão, enquanto está sendo executada. 4. Respeitar o sistema de assentos. Várias pessoas têm responsabilidades a executar antes, durante e depois dos ofícios da igreja. Podem ser porteiros, intérpretes, oradores ou assistentes técnicos. Muitas vezes têm lugares reservados para poderem executar as suas funções eficientemente. Também, a maior parte dos locais têm lugares reservados para os nossos membros deficientes. Faça por contribuir para uma Festa sem atritos não se sentando em nenhum desses lugares que não sejam para si. Finalmente, não retire pertença de outrem que esteja a reservar um lugar. 5. Respeite os outros com as suas palavras.

13 13 Dizendo por favor e obrigado com um franco sorriso a outros mostra que os respeitamos. E numa Festa com larga presença queira-me desculpar é sempre uma necessidade! 6. Respeite os seus companheiros de Festa minimizando falar durante os ofícios. Pode ser bastante perturbante debruçar-se sobre o seu vizinho pedindo-lhe, durante o sermão, para repetir o último versículo dado. E quanto mais, ainda, se a nossa comunicação for de uma natureza desnecessária? Faça por ter dito o que tenha a dizer antes dos cultos para que possa dar ao orador e à sua mensagem a atenção que lhes são devidas. Quem se senta próximo de si também apreciará isso. 7. Respeite os que mantêm da limpeza do salão, não comendo ou bebendo durante os cultos da igreja. Migalhas e bebidas entornadas podem causar dificuldades, especialmente em salões com carpetes. Devemos fazer todo o possível para comer as nossas refeições antes de entrarmos no salão. Se não pudermos, devemo-nos desculpar e retirar para uma área adequada de comer e de beber. Snacks que não façam barulho, nem se desfaçam ou apeguem, podem ser dados às crianças, mas os pais devem-se lembrar de como o som corre quando se desembrulham. Pensem em desembrulha-los antes dos cultos. Estes são precisamente alguns meios de mostrarmos delicadeza para com os outros na Festa dos Tabernáculos e fazer fugir a descortesia. Dave Myers and Todd Carey Deus não está criando uma raça de Ermitas Deus está num processo de formar uma família amorosa não uma espalhada raça de ermitas. Nós fomos feitos para termos profunda e diligente amizade como os membros da nossa família física e espiritual. Deus traçou-nos para sentirmos a solidão como um sinal de aviso de que estamos insuficientemente conectados com os nossos semelhantes. Não é pecado sentirmo-nos solitários mas isso deve-nos motivar a mudar, e não a suportar com sacrifício. Jose & Rosa Maria Martins, Jorge & Kathy de Campos, e a familia Katai. Não fomos feitos para isolação com o contacto humano, mas para profunda e íntima relação (Génesis 2:18). Como Cristãos devemo-nos amar uns aos outros, como família (Romanos 12:10; 1 Tessalonicenses 4:9; 1 Pedro 1:22; 3:8; 1 João 4:7, 11). A nossa ligação a Cristo e a cada um dos outros é como que formarmos vários partes de um corpo humano (Efésios 4:16; 1Coríntios 12: 12-26), e Paulo, especificamente, faz notar que nós precisamos uns dos outros (1 Coríntios 12:21). A noção de que devemos isolar-nos das relações humanas e relacionarmos somente com Deus vem da noção gnóstica de que o universo físico é maligno e que para se obter uma maior espiritualidade temos de nos desligar do mundo material e concentrar puramente em Deus. Esta ideia impede a cura de Cristãos que desesperadamente precisam de crescer em se relacionar com outros. Cristo viveu entre nós, e sofreu como nós, de forma que sentiu na sua própria pele o que nós sentimos. Com esta experiência Ele ganhou uma compaixão para connosco com uma dimensão mais profunda (Hebreus 4:15; 5:8). Aprendendo profundamente a amar outros e a ter compaixão por eles, crescemos numa das mais importantes características do caracter de Deus. Esta é uma das razões para a existência da Igreja. (Romanos 1:12; 2 Coríntios 1:4). Deus não faz tudo Ele próprio. Apurando-nos, Ele dános oportunidade para participarmos no que Ele está fazendo e a crescermos nos Seus caminhos (2 Coríntios 7:6).

14 14 Aprender a amar os outros é aprender a amar a Deus (1 João 4:20). Fomos feitos para amizades profundas e agradáveis com Deus e com os nossos semelhantes. A Festa é uma oportunidade para nós praticarmos este amor e cuidado uns para com outros. Jay Turner Congregação de São José, Califórnia A FESTA EM PORTUGAL ESTE ANO: Detalhes para sua informação Informações e Horário dos Cultos Os cultos serão em Inglês com tradução simultânea para Português. Haverá dois sermões em Português que serão simultaneamente traduzidos para Inglês. Os hinos serão na língua de escolha de cada um. Contudo, não havendo hinários em Português os irmãos Portugueses, na sua maior parte cantarão em Inglês. HORÁRIOS DO CULTO Em baixo encontrará um horário actualizado, com cultos e actividades. Por favor tomar em conta das seguintes alterações em relação ao original que esteve na Internet: * Primeiro dia da Festa (Terça-Feira, dia 18 de Outubro 2005) Não haverá culto de manhã. Em vez de culto haverá um estudo bíblico, em Português, às horas. No primeiro dia à tarde (terça à tarde) haverá um culto, com oferta, às horas. Na noite anterior (2a feira), às horas, haverá a sessão de abertura. * O Estudo Bíblico em Português: Na manhã do primeiro dia, será direccionado aos irmãos Portugueses e em Português e sem tradução para Inglês. O tópico será sobre os Dias Santos de Deus e a necessidade de os observar. *No Segundo dia de Festa (Quarta-feira, dia 19) o culto começará às horas. Todas as outras manhãs o culto será às horas. A razão por que na Quarta-feira, dia 19, começa às horas, é para dar um pouco de mais tempo para os preparativos para a viagem fluvial e ao Oceanário durante a tarde. * Os cultos da tarde serão sempre às horas. Só haverá três cultos da tarde, nomeadamente nos dois dias grandes e no Sábado. Actividades organizadas e horário Os almoços de Sábado e dos dois dias grandes Nos dois dias grandes e no Sábado temos organizados bufete lanches no hotel às 12:30 horas. O preço por pessoa é como se segue: 25,00 Euros por adulto e 12,50 por criança dos 6 aos 12 anos. Estes almoços têm sido bem sucedidos e apreciados por todos os irmãos, posto que todos se juntam num ambiente luxuoso com comida de excelente qualidade. Por favor faça reserva destes lanches completando a aplicação Actividades a que Assistiremos e enviemna tão cedo quanto possível. Esta informação é importante para planearmos viagens e refeições. Obrigado! O Passeio no Rio e ao Oceanário (na Quarta-feira, dia 19, 2o. Dia de Festa) Este passeio deve ser muito atraente. Começa no hotel, tomando-se um autocarro que nos levará até ao porto de recreio. Daí seguiremos de barco Tejo acima durante cerca de 45 minutos. Depois aportaremos no Parque das Nações durante o resto da tarde. Para mais informação sobre esta área veja o site pt. Esta área foi construída para a Exposição Europeia de Lá visitaremos o Oceanário maior da Europa. Isto é um aquário muito grande com animais marítimos vivendo num ambiente em harmonia ecológica. É extremamente educacional, muito especialmente para as nossas crianças. É uma área com muitos restaurantes e diferentes tipos de diversões. Um grande início de Festa! Se visitar o site, na Internet, veja com atenção o mapa 3D, no Oceanário, e nos restaurantes (entre outras coisas) e faça os seus planos para essa tarde no parque. Ao fim da tarde o Autocarro estará na Porta do Mar (área D no mapa, próximo da torre) para nos levar de regresso para o hotel. Caso deseje permanecer

15 15 por mais tempo, até durante a noite, há taxis, comboios, metro e autocarros a partir da Estação do Oriente (área J, no mapa). O preço deste passeio é como se segue: Autocarro 6,00 Euros por pessoa incluindo crianças Barco 8,00 Euros por criança dos 7 aos 16 anos» 12,00 Euros por pessoa com mais de 16 anos Oceanário 4,50 Euros por criança dos 4 aos 12 anos (crianças com menos de 4 a viagem é gratuito)» 9,00 Euros por pessoa dos 13 aos 65 anos» 5,00 Euros por pessoa com mais de 66 anos. Temos que assim uma pessoa com 17 anos pagará 6,00+12,00+9,00=27,00 euros. Por favor reserve este passeio preenchendo a aplicação Actividades a que Assistiremos e dê-a ao Sr Jaime Campos durante a Festa. Dia da Família, na praia, Quinta-feira, dia 20 à tarde (3o. Dia de Festa) Para esta actividade não é necessário reserva e será uma relaxante ida à praia (caso o tempo permita), em frente ao hotel, por trás do esporão do lado esquerdo. Quaisquer jogos de praia são bem vindos. Para os mais desportistas estamos a tentar organizar voleibol de praia. Lisboa à Noite passeio Familiar: Típico jantar espectáculo Português, quinta-feira à noite, dia 20 (depois do dia na praia) Isto é uma saída guiada, de autocarro, a partir do hotel, seguida de um jantar show familiar com música e dança típicas folclóricas Portuguesas. Uma actividade cheia de graça, limpa, agradável e memorável para todos. Depois do show o autocarro traz-nos para o hotel. O preço deste passeio é de 52,00 Euros por pessoa incluindo a refeição, taxas da lei, taxas e gorjetas ao restaurante, bem como ao condutor e ao guia. A ementa consta de: entradas (pão manteiga e azeitonas), sopa de vegetais, filetes de peixe, com arroz e salada, bife de peru com cogumelos, creme de caramelo, água, vinho, sumos e café. Por favor reserve este passeio preenchendo a aplicação Actividades a que Assistiremos e dê-a ao Sr Jaime Campos. Obrigado. Almoço para a Terceira Idade: Sexta-feira, dia 21 Almoço em grupo num restaurante próximo, para os membros da terceira idade. O preço será de acordo com o que for pedido por cada um. Calcule entre os 15 e os 20 Euros. Quem não tiver possibilidades de pagar a Igreja suportará a despesa. Quem quiser patrocinar um, ou mais, cidadãos será bem acolhido por isso. Outra vez pedimos, por favor, que preencha a aplicação Actividades a que Assistiremos. O Pequeno Almoço das Senhoras: Domingo, dia 23, às 8:00 horas O pequeno Almoço normal do hotel será servido separadamente para as senhoras. Não haverá custo adicional. Quem esteja interessada a organizar jogos ou actividades, pode contactar, por favor, com a Sr.a. Kathy de Campos durante a Festa e caso queira patrocinar prémios de entrada, também combine com ela. Obrigado pelo seu suporte. Isto é um momento relaxante para as senhoras e um agradecimento em reconhecimento por todo o seu apoio e ajuda. Passeio ao Palácio de Sintra e à Boca do Inferno : Domingo, dia 23 Este passeio, de autocarro, à cidade de Sintra e ao palácio Nacional, em Sintra, será assistido por guia, cicerone. Enquanto lá podemos apreciar a feira local e fazer algumas compras. De lá, no regresso, passamos pela Boca do Inferno, onde podemos admirar as caprichosas grutas que o mar criou na costa. De igual modo aqui também temos a oportunidade de admirar e fazer compras de típicos artefactos manuais, caracteristicamente portugueses, e com preços atractivos. Seguiremos para o hotel, via baixa de Lisboa, onde, quem o desejar poderá ficar. O preço deste passeio é de:

16 16 Autocarro 22,00 Euros por pessoas Entrado no Palácio Livre para crianças até 14 anos 2,00 Euros dos 15 aos 25 anos 4,00 Euros com mais de 25 anos Logo temos que, ou Euros ou 26,00, consoante a idade, será o custo por pessoa deste passeio. Por favor reserve completando a aplicação Actividades a que Assistiremos abaixo inserida. Ida às Compras ao Fórum de Almada, segundafeira, dia 24 Alugamos um autocarro para ir a este grande centro comercial em Almada, na margem sul do Tejo (no mesmo lado do local da Festa). O preço, só para ir, será de 2,50 Euros. Para regresso há autocarro de hora em hora, por 2,25 Euros, com paragem em todos os bus stops, entre a Costa da Caparica e o Fórum. O último autocarro é as 20:25 horas. Se preferir permanecer para além desta hora terá taxis no Fórum que poderá alugar. executar, sejam directores de coro, tradutores, porteiros, etc. Por favor façam por lá estar para asseguramos uma Festa suave, serena, sem atritos, que honre a Deus em tudo que façamos. Obrigado pela sua ajuda. Se Deus quiser ver-nos-emos na Festa. Se celebrar a Festa em outro local fazemos votos para que ela lhe seja inspiradora, proveitosa e abençoada. Agradecendo com amor Cristão Jorge de Campos Deveres e Responsabilidades O Sr. Ross Cofaro ofereceu-se para assistir o coro e a música especial. Caso alguém mais queira cantar ou assistir com música especial, é favor contactar com o Sr. Cofaro durante a Festa. O Sr. Jesse Lopez amavelmente aceitou assistir com o PA (sistema sonoro) e o equipamento de tradução. Contudo, como ele é pai de família, precisamos de alguém que o ajude neste cargo. Se puder dispor de algum tempo agradecemos fale com o Sr. Jesse Lopez. Obrigado. Tencionamos preparar o salão a partir das 13:00 horas, na segunda-feira, dia 17 de Outubro. E gostaremos de ter tudo terminado pelas 16:00 horas. Quem estiver encarregado com a instalação do PA, arrumadores e quem quer que possa assistir de qualquer forma, por favor passe pelo salão e ofereça a sua ajuda. Toda a ajuda é apreciada. O salão fica no 8o. andar do hotel onde nos alojamos. Planeámos uma reunião para antes da Festa, no salão, às 17:00 horas, com todos os que têm funções a Hotel Costa Caparica

17 Feast of Tabernacles Lisbon 2005 Activity planner Festa dos Tabernáculos Lisboa 2005 Plano de actividades AM Manhã PM Tarde Family Day on the beach (weather permitting) Evening Mond 2 a feira 17/10 Set-up from 12:00 Preparação a partir das 12:00 At 5pm: PreFeast meeting with those involved in all Feast activities às 17:00 Reunião com todos envolvidos em actividades 20:00 Culto de abertura Tuesd 3 a feira 18/10 Bible Study in Portuguese Estudo Bíblico em Português 15:00 Service with Offering às 15:00 Culto com Oferta Wed 4 a feira 19/10 10:00 Service às 10:00 Culto Cruise on River Tagus and visit to largest Oceanarium in Europe. Viagem no Tejo e visita ao Oceanário Thursd 5 a feira 20/10 Service às Culto Dia da Família na praia (sujeito ao tempo) Typical Portuguese Dinner fadosshow Frid 6 a feira 21/10 Service às Culto Senior Citizens Lunch Almoço dos de 3 a idade Sabbath Sá bado 22/10 Service às Culto 15:00 Serv Sund Domingo 23/10 At 8:00 Ladies Breakfast At Service (Feast video) Às 8:00 P-Almoço das Senhoras às Culto (Video da Festa) Tour to Sintra and flee market at Boca do Inferno Viagem a Sintra e ao Mercado na Boca do Inferno. Mond 2 a feira 24/10 Service às Culto Shopping tour to Forum de Almada Viagem ao Fó rum de Almada para compras Free Tuesd 3 a feira 25/10 Service with Offering 15:00 Service Fairwell às 15:00 Culto Adeus Noite Boasvindas Fados e guitarradas Livre Notas: 1) A Festa começa ao pôr do sol da Segunda-feira 17 de Outubro. O ofí ício começa às 20:00h. 2) Os ofí ícios, ou cultos, começam todos às horas, excepto na quarta-feira, dia 19, que começará às 10:00 horas. Nos dias Santos e no Sá bado, os da tarde começam à 15:00 horas. 3) O jantar Português, na quinta-feira à noite, é servido com coberta. 4) As viagens serão acompanhadas de guias turísticos.

18 Reserva de Actividades a que assistiremos (Para detalhes queira referir-se ao plano de actividades descrito acima) Esta folha de trabalho ajudar-nos-á a planear e a si a orçamentar. Por favor preencha e dê ao Sr Jaime Campos logo que chegue à festa. Muito obrigado Nome da pessoa que paga: Almoços de Sábado e dos dois dias Santos: 1o. Dia Santo; número de adultos x 25,00 Euros cada = número de criança dos 6 aos 12 x 12,50 Euros cada = Sábado; número de adultos x 25,00 Euros cada = número de crianças dos 6 aos 12 x 12,50 Euros cada = Último Grande Dia; número de adultos x 25,00 Euros cada = número de crianças dos 6 aos 12 x 12,50 Euros cada = Passeio no Rio e ao Oceanário: Autocarro; número de pessoas x 6,00 Euros = Viagem de barco; (livre para crianças até 6 anos) Número de crianças dos 7 aos 16 ano x 8.00 Euros = Número de adultos com mais de 16 anos x12.00 Euros = Oceanário;(livre para crianças até aos 3 anos) Número de crianças dos 4 aos 12 anos x 4.50 Euros = Número de pessoas dos 13 aos 65 anos x 9.00 Euros = Número de pessoas com mais de 66 anos x 5.00 Euros = Lisboa à Noite passeio Familiar: Número de adultos x Euros = Almoço para a Terceira Idade: número de pessoas (preço depende do que se pedir) Almoço das Senhoras: número de senhoras Passeio ao Palácio de Sintra e à Boca do Inferno : Autocarro; número de pessoas incluindo crianças x Euros = Entrada no Palácio; (livre para crianças até 14 anos); Número de pessoas dos 15 aos 25 anos x 2,00 Euros = Número de pessoas com mais de 25 anos x 4,00 Euros = Ida às Compras ao Fórum de Almada : Número de pessoas incluindo crianças x 2.50 Euros = CUSTO TOTAL:

Lição 8 Trabalhar com Líderes

Lição 8 Trabalhar com Líderes Lição 8 Trabalhar com Líderes Já havia mais de um ano que o António se tornara membro da sua igreja. Ele tinha aprendido tanto! Começou a pensar nos líderes da igreja que o tinham ajudado. Pensava naqueles

Leia mais

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal

Personal Commitment Guide. Guia de Compromisso Pessoal Personal Commitment Guide Guia de Compromisso Pessoal Nome da Igreja ou Evento Nome do Conselheiro Telefone 1. Salvação >Você já atingiu um estágio na vida em que você tem a certeza da vida eterna e que

Leia mais

O rei Davi e o seu palácio

O rei Davi e o seu palácio O rei Davi e o seu palácio 2 Sm 11:1-5 Estes versículos registram um terrível e assustador período na vida do rei Davi que poderia ter sido evitado, se o mesmo não escolhesse desprezar suas responsabilidades

Leia mais

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO

ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDOS NO EVANGELHO DE JOÃO ESTUDO 1 NOVA VIDA O presente curso ajudará você a descobrir fatos da Palavra de Deus, fatos os quais você precisa para viver a vida em toda a sua plenitude. Por este estudo

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

LIÇÃO 2 Jesus, o Messias Prometido

LIÇÃO 2 Jesus, o Messias Prometido Nesta Lição Estudará... A Natureza da Profecia Bíblica A Importância das Profecias O Desenvolvimento da Profecia Messiânica O Ritual Profético As Profecias Sobre o Messias Humano e Divino Sacrifício e

Leia mais

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO

Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO Igreja Batista Itacuruçá ESTAÇÃ ÇÃO DO EVANGELISMO ORIENTAÇÕES GERAIS Bem-vindos à nova estação dos GFs: a estação do evangelismo! Nesta estação queremos enfatizar pontos sobre nosso testemunho de vida

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você!

MANUAL. Esperança. Casa de I G R E J A. Esperança I G R E J A. Esperança. Uma benção pra você! Uma benção pra você! MANUAL Esperança Casa de I G R E J A Esperança Uma benção pra você! I G R E J A Esperança Uma benção pra você! 1O que é pecado Sem entender o que é pecado, será impossível compreender a salvação através

Leia mais

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO

ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO 1 ESTUDOS PARA AS CÉLULAS AS SETE VERDADES ESSÊNCIAIS DO EVANGELHO LIÇÃO Nº 01 DIA 16/06/2014 INTRODUÇÃO: Vamos começar uma nova série de estudos em nossas células. Esta será uma série muito interessante

Leia mais

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado

18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado LIÇÃO 1 - EXISTE UM SÓ DEUS 18 Estudos Bíblicos para Evangelismo e Discipulado A Bíblia diz que existe um único Deus. Tiago 2:19, Ef. 4 1- O Deus que Criou Todas as coisas, e que conduz a sua criação e

Leia mais

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL.

UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. UMA VIDA DE PAZ, PACIÊNCIA E AMABILIDADE EM UM MUNDO HOSTIL. Como sabemos o crescimento espiritual não acontece automaticamente, depende das escolhas certas e na cooperação com Deus no desenvolvimento

Leia mais

Consolidação para o Discipulado - 1

Consolidação para o Discipulado - 1 Consolidação para o Discipulado - 1 Fortalecendo o novo convertido na Palavra de Deus Rev. Edson Cortasio Sardinha Consolidador/a: Vida consolidada: 1ª Lição: O Amor de Deus O amor de Deus está presente

Leia mais

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE?

2015 O ANO DE COLHER MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? MAIO - 1 COMO SERÁ A CIDADE? Texto: Apocalipse 21:1-2 Então vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra tinham passado; e o mar já não existia. Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,

Leia mais

a) Há em Jerusalém, perto da Porta das Ovelhas um tanque (João 5:2). b) É o Cordeiro de Deus (João 1:29). c) Eu sou a porta das ovelhas (João 10:7).

a) Há em Jerusalém, perto da Porta das Ovelhas um tanque (João 5:2). b) É o Cordeiro de Deus (João 1:29). c) Eu sou a porta das ovelhas (João 10:7). LIÇÃO 3 A Bíblia Como Literatura Quando falamos com alguém, queremos que essa pessoa nos compreenda. Assim, fazemos os possíveis para tornarmos de fácil apreensão as ideias que queremos transmitir. Por

Leia mais

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13

JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 JESUS É A LUZ DO MUNDO João 8.12 Pr. Vlademir Silveira IBME 24/03/13 INTRODUÇÃO O Evangelho de João registra 7 afirmações notáveis de Jesus Cristo. Todas começam com Eu sou. Jesus disse: Eu sou o pão vivo

Leia mais

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Jesus revela-nos que Deus é Pai Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Quem inventou Deus? Desde sempre que os homens acreditaram na existência de forças muito poderosas

Leia mais

Lição 7 UM TEMPO A SÓS COM DEUS

Lição 7 UM TEMPO A SÓS COM DEUS Lição 7 UM TEMPO A SÓS COM DEUS Para que haja intimidade é preciso haver relacionamento. Se você deseja conhecer mais de Deus e ter intimidade com Ele, então você precisa se relacionar mais tempo com Ele.

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XXII A PRIMEIRA CARTA DE PEDRO E REFLEXÕES SOBRE O SOFRIMENTO Até aqui o Novo Testamento tem dito pouco sobre

Leia mais

Primeiros Passos na Vida Cristã

Primeiros Passos na Vida Cristã IGREJA BATISTA FUNDAMENTALISTA CRISTO É VIDA D I S C I P U L A D O Primeiros Passos na Vida Cristã C a p í t u l o ADEUS 1À VIDA VELHA Discipulador: / / No Culto... APÓS O Culto... Agora você é um nascido

Leia mais

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO

BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO BASES DA CONVERSÃO CRISTÃ E DO DISCIPULADO O que é uma pessoa cristã? É a pessoa que acredita que o Deus vivo é revelado em e por meio de Jesus Cristo, que aceita Jesus Cristo como Senhor e Salvador, que

Leia mais

Pr. Hebenezer de Oliveira - Tema: Espiritual. Isaías 55. 1-3

Pr. Hebenezer de Oliveira - Tema: Espiritual. Isaías 55. 1-3 Pr. Hebenezer de Oliveira - Tema: Espiritual Isaías 55. 1-3 Isaías 55. 1-3 1 Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai,

Leia mais

Decorando a Palavra de Deus

Decorando a Palavra de Deus Livro 1 página 73 Lição Dez Decorando a Palavra de Deus A Palavra de Deus (a Bíblia) é muito importante na vida do crente. Ela é uma fonte inesgotável de conhecimento, força e inspiração. Já aprendemos

Leia mais

LIÇÃO 2 Informação Básica Sobre a Bíblia

LIÇÃO 2 Informação Básica Sobre a Bíblia LIÇÃO 2 Informação Básica Sobre a Bíblia A Bíblia é um livro para todo a espécie de pessoas novos e idosos, cultos e ignorantes, ricos e pobres. É um guia espiritual para ensinar as pessoas como ser-se

Leia mais

Lição 9 Completar com Alegria

Lição 9 Completar com Alegria Lição 9 Completar com Alegria A igreja estava cheia. Era a época da colheita. Todos tinham trazido algo das suas hortas, para repartir com os outros. Havia muita alegria enquanto as pessoas cantavam louvores

Leia mais

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito

9.9 Jesus Cristo é homem perfeito 9.9 Jesus Cristo é homem perfeito Aula 48 Assim como é importante verificarmos na Palavra de Deus e crermos que Jesus Cristo é Deus, também é importante verificarmos e crermos na humanidade de Jesus após

Leia mais

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele.

A primeira razão pela qual Jesus chamou os discípulos foi para que estivessem consigo para que tivesses comunhão com Ele. 1 Marcos 3:13 «E (Jesus) subiu ao Monte e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele. E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar, e para que tivessem o poder de curar as enfermidades

Leia mais

Porque Deus mandou construir o tabernáculo?

Porque Deus mandou construir o tabernáculo? Aula 39 Área da Adoração Êxodo 19:5~6 Qual o significado de: vós me sereis reino sacerdotal? Significa que toda a nação, não parte, me sereis reino sacerdotal, povo santo, nação santa. Israel era uma nação

Leia mais

Você se lembra das três palavras abordadas na lição anterior: Revelação, inspiração e iluminação?

Você se lembra das três palavras abordadas na lição anterior: Revelação, inspiração e iluminação? A BÍBLIA Parte 2 Objetivo para mudança de vida: Dar ao estudante um senso profundo e duradouro de confiança em sua capacidade de entender a Bíblia. Capacidade esta que lhe foi dada por Deus. Você se lembra

Leia mais

Traduzido por: Eduardo Vieira da Silva Revisado por: Charles Becker Zeyna Abramson. Publicadora Lâmpada e Luz. Farmington, New Mexico, EUA

Traduzido por: Eduardo Vieira da Silva Revisado por: Charles Becker Zeyna Abramson. Publicadora Lâmpada e Luz. Farmington, New Mexico, EUA Traduzido por: Eduardo Vieira da Silva Revisado por: Charles Becker Zeyna Abramson Publicadora Lâmpada e Luz Farmington, New Mexico, EUA Edição original (no espanhol): Bosquejos bíblicos para estudios

Leia mais

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30

PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:27-30 PREGAÇÃO DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2013 TEMA : A LUTA PELA FÉ PASSAGEM BASE: FILIPENSES 1:2730 FILIPENSES 1:2730 Somente deveis portarvos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos

Leia mais

Mateus 4, 1-11. Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto.

Mateus 4, 1-11. Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto. Mateus 4, 1-11 Respondeu-lhe Jesus: «Vai-te, Satanás, pois está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele prestarás culto.». Este caminho de 40 dias de jejum, de oração, de solidariedade, vai colocar-te

Leia mais

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz?

A Unidade de Deus. Jesus Cristo é o Único Deus. Pai Filho Espírito Santo. Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? A Unidade de Deus Quem é Jesus? Como os Apóstolos creram e ensinaram? O que a Bíblia diz? Vejamos a seguir alguns tópicos: Jesus Cristo é o Único Deus Pai Filho Espírito Santo ILUSTRAÇÃO Pai, Filho e Espírito

Leia mais

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14)

Português. Sagrada Família de Jesus, Maria e José B. Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Português Sagrada Família de Jesus, Maria e José B Deus apareceu na terra e começou a viver no meio de nós. (cf. Bar 3,38) Leitura I Ben-Sirá 3,3-7.14-17a (gr. 2-6.12-14) Deus quis honrar os pais nos filhos

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO

www.sede.umnovotempo.org.br/estudos JEJUM DO AVIVAMENTO JEJUM DO AVIVAMENTO 1 Dia do Jejum do Avivamento Leitura: Romanos 13:10 à 14 Introdução: Avivamento ou avivar é tornar mais vivo, mais desperto e renovado. O avivamento está ligado a disposição de reformar,

Leia mais

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo

Lição Um. Um Novo Princípio. O Poder Transformador de Cristo Livro 1 página 4 Lição Um Um Novo Princípio O Poder Transformador de Cristo Da Palavra de Deus: Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo

Leia mais

LIÇÃO 2 Esteja Preparado

LIÇÃO 2 Esteja Preparado LIÇÃO 2 Esteja Preparado Lembra-se do dia em que começou a aprender a ler? Foi muito difícil, não foi? No princípio não sabemos nada sobre leitura. Depois ensinaramlhe a ler as primeiras letras do alfabeto.

Leia mais

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL ESTUDO 4 Palavra Viva RELEMBRANDO SANTIFICAÇÃO Nossos três grandes inimigos: O MUNDO A CARNE O D IABO 'Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque

Leia mais

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação)

#62. O batismo do Espírito Santo (continuação) O batismo do Espírito Santo (continuação) #62 Estamos falando sobre alguns dons do Espírito Santo; falamos de suas obras, dos seus atributos, como opera o novo nascimento e, por último, estamos falando

Leia mais

LIÇÃO 5 Outros Dons de Serviço: (Parte 1) Ministrar, Ensinar, Exortar

LIÇÃO 5 Outros Dons de Serviço: (Parte 1) Ministrar, Ensinar, Exortar LIÇÃO 5 Outros Dons de Serviço: (Parte 1) Ministrar, Ensinar, Exortar Terminámos o nosso estudo dos quatro dons a que chamámos dons de serviço. Embora a lista de Efésios 4 indique cinco dons, considerámos

Leia mais

13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278

13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278 13. O DEUS QUE NOS COMPLETA Páginas 272-278 ENCONTRO: Se você pudesse levar um amigo para morar com você, quem seria? EXALTAÇÃO: Leia Efésios 4.1-15. Peça que compartilhem em que o Gf tem ajudado a cada

Leia mais

PRIMEIRA SEQÜÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA. Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos

PRIMEIRA SEQÜÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA. Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos PRIMEIRA SEQÜÊNCIA: INTRODUÇÃO À BÍBLIA TEMPO NECESSÁRIO: Duas semanas OBJETIVO: Obter um conhecimento geral dos fundamentos bíblicos A Primeira Seqüência é para quem está começando a ler a Bíblia. Três

Leia mais

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE

Escola da Bíblia Rua Rio Azul, 200, Boa Viagem CEP: 51.030-050 Recife PE AS GRANDES DOUTRINAS DA BÍBLIA LIÇÃO 07 O QUE A BÍBLIA DIZ A RESPEITO DA SALVAÇÃO INTRODUÇÃO Chegamos ao que pode ser o tópico mais importante desta série: a salvação. Uma pessoa pode estar equivocada

Leia mais

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1)

Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) Ministério de Intercessão A Intercessão e a Batalha Espiritual Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens. (1 Timóteo 2:1) O que é Intercessão?

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

As Estratégias para termos vitória! Ezequias.

As Estratégias para termos vitória! Ezequias. As Estratégias para termos vitória! Ezequias. Precisamos ser fiéis para sermos abençoados e recebermos as vitórias de Deus. Ezequias significa Jeová fortalece. Hoje veremos que devido à fidelidade de Ezequias,

Leia mais

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal 1 PARÓQUIA DE Nª SRª DA CONCEIÇÃO, MATRIZ DE PORTIMÃO ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal (O Ícone da Sagrada Família deve ser colocado na sala, num lugar de relevo e devidamente preparado com uma

Leia mais

Curso Bíblico. Discipulado de Integração. Discipulado de Integração

Curso Bíblico. Discipulado de Integração. Discipulado de Integração Curso Bíblico Discipulado de Integração Curso Bíblico Gratuito Para Novos Discípulos de Jesus Cristo Quando aceitamos o evangelho, cremos em Jesus Cristo como nosso Salvador e Senhor, temos o nascimento

Leia mais

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA

A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA A BENDITA ESPERANÇA DA IGREJA Ap 21.9-11 - E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro.10

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER

LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER LEITURA BÍBLICA A BÍBLIA LER INTRODUÇÃO: Qualquer que seja meu objetivo, ler é a atividade básica do aprendizado. Alguém já disse: Quem sabe ler, pode aprender qualquer coisa. Se quisermos estudar a Bíblia,

Leia mais

Estudo de I Coríntios Introdução + 1ª lição 1 I CORÍNTIOS INTRODUÇÃO PONTOS SOBRESSALIENTES DE CADA CAPÍTULO

Estudo de I Coríntios Introdução + 1ª lição 1 I CORÍNTIOS INTRODUÇÃO PONTOS SOBRESSALIENTES DE CADA CAPÍTULO Estudo de I Coríntios Introdução + 1ª lição 1 I CORÍNTIOS INTRODUÇÃO PONTOS SOBRESSALIENTES DE CADA CAPÍTULO CAPÍTULO 1 1. A graça de Deus dada aos coríntios. 2. A confirmação. 3. O espírito sectário.

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB)

DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB) DECLARAÇÃO DE FÉ ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CONSELHEIROS BÍBLICOS (ABCB) A Igreja de Jesus Cristo está comprometida somente com o Antigo e Novo Testamentos como a única autoridade escrita de fé e conduta.

Leia mais

O Arrebatamento da Igreja

O Arrebatamento da Igreja Texto Base: 1Ts 4.13-18 O Arrebatamento da Igreja "Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois,

Leia mais

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME

A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME A FAMILIA DE DEUS TEM UM NOME Toda família tem um nome, este nome é o identificador de que família pertence esta pessoa, o qual nos aqui no Brasil chamamos de Sobrenome. Então este nome além de identificar

Leia mais

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO

QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO QUARESMA TEMPO DE REFLEXÃO E AÇÃO Disponível em: www.seminariomaiordebrasilia.com.br Acesso em 13/03/2014 A palavra Quaresma surge no século IV e tem um significado profundo e simbólico para os cristãos

Leia mais

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR

LIVRO INFANTIL PARA COLORIR LIVRO INFANTIL PARA COLORIR Este livro foi formulado de tal maneira que os pais podem interagir e ensinar seus filhos a Palavra de Deus. Colorindo uma página por dia, e preenchendo as frases que acompanham

Leia mais

Honestidade e Respeito Justiça e Paz Amizade e Verdade Determinação e Responsabilidade Gratidão e Disciplina Gentileza e Obediência Integridade e

Honestidade e Respeito Justiça e Paz Amizade e Verdade Determinação e Responsabilidade Gratidão e Disciplina Gentileza e Obediência Integridade e Honestidade e Respeito Justiça e Paz Amizade e Verdade Determinação e Responsabilidade Gratidão e Disciplina Gentileza e Obediência Integridade e Honra PERCA E INVERSÃO DE VALORES: Um Tema antigo! Ai dos

Leia mais

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO

O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO O PAI É MAIOR DO QUE O FILHO Vós ouviste o que vos disse: Vou e retorno a vós. Se me amásseis, ficaríeis alegres por eu ir para o Pai, porque o Pai é maior do que eu. João

Leia mais

Obedecer a Deus, Honrar aos pais e viver bem!

Obedecer a Deus, Honrar aos pais e viver bem! Obedecer a Deus, Honrar aos pais e viver bem! Obedecer. Palavra fácil de entender, mas muitas vezes difícil de colocar em prática. Principalmente quando não entendemos ou concordamos com a orientação dada.

Leia mais

Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus

Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Preparando-se para a luta espiritual (O capacete da salvação e a espada do Espírito) Efésios 6.17,18 Pr. Vlademir Silveira Série Armadura de Deus Mensagem # 5 IBMC 03/11/12 INTRODUÇÃO Vídeo: Como ter a

Leia mais

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus?

Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? Você é um Cristão Embaixador ou Turista do Reino de Deus? 2 Coríntios 5:18-20 Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, a saber,

Leia mais

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos

YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos YEHOSHUA E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos 4.12) Quando você se arrepende dos seus pecados e crê

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23.

Tudo que você precisa saber a respeito de Deus está esta escrito no Salmo 23. Tudo que você precisa saber a teu respeito está escrito no Salmo 23. Tema: DEUS CUIDA DE MIM. Texto: Salmos 23:1-6 Introdução: Eu estava pesando, Deus um salmo tão poderoso até quem não está nem ai prá Deus conhece uns dos versículos, mas poderosos da bíblia e o Salmo 23,

Leia mais

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13

A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO. Romanos 15:13 A ESPERANÇA QUE VEM DO ALTO Romanos 15:13 - Ora o Deus de esperança vos encha de toda a alegria e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo. Só Deus pode nos dar uma

Leia mais

Deus Toma as Dores dos que são Fiéis

Deus Toma as Dores dos que são Fiéis Deus Toma as Dores dos que são Fiéis Ef 6.12,13 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século,

Leia mais

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007)

Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Chamados Para a Comunhão de Seu Filho (Mensagem entregue pelo irmão Stephen Kaung em Richmound- Virginia-USA no dia 11 de fevereiro de 2007) Por favor, poderiam abrir em primeira aos Coríntios, a primeira

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

LIÇÃO 1 ENSINANDO COM AUTORIDADE Mateus 5.1-2; 7.28-29. Estudo Indutivo

LIÇÃO 1 ENSINANDO COM AUTORIDADE Mateus 5.1-2; 7.28-29. Estudo Indutivo LIÇÃO 1 ENSINANDO COM AUTORIDADE Mateus 5.1-2; 7.28-29 1. Por que é relevante saber a quem Jesus se dirigiu quando proferiu o Sermão do Monte? 2. Com base no texto de Mateus 4.24, é possível saber qual

Leia mais

Lição 01 O propósito eterno de Deus

Lição 01 O propósito eterno de Deus Lição 01 O propósito eterno de Deus LEITURA BÍBLICA Romanos 8:28,29 Gênesis 1:27,28 Efésios 1:4,5 e 11 VERDADE CENTRAL Deus tem um propósito original e eterno para minha vida! OBJETIVO DA LIÇÃO Que eu

Leia mais

EXISTE O INFERNO? Introdução

EXISTE O INFERNO? Introdução EVANGELISMO PESSOAL EXISTE O INFERNO 1 EXISTE O INFERNO? Introdução A. Um dos temas religiosos mais carregados de emoção é o tema do Inferno. Que sucede depois da morte física? Há algo mais além do túmulo

Leia mais

O Baptismo Bíblico (Mateus 3:13-17)

O Baptismo Bíblico (Mateus 3:13-17) O Baptismo Bíblico (Mateus 3:13-17) Tivemos esta manhã a alegria de testemunhar vários baptismos bíblicos. Existem outras coisas e outras cerimónias às quais se dá o nome de baptismo. Existe até uma seita,

Leia mais

A Experiência do Novo Nascimento

A Experiência do Novo Nascimento Pr. Patrick Robert Briney Mission Boulevard Baptist Church A Experiência do Novo Nascimento A Série das Verdades do Evangelho (caderno 6) The Born Again Experience Tradução Pr. Anastácio Pereira de Sousa

Leia mais

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus.

EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3. Evangelho de João Cap. 3. 1 Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. EVANGELHO DE JOÃO, Cap. 3 LEMBRETE IMPORTANTE: As palavras da bíblia, são somente as frases em preto Alguns comentários explicativos são colocados entre os versículos, em vermelho. Mas é apenas com o intuito

Leia mais

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL SUGESTÃO DE CELEBRAÇÃO DE NATAL 2013 ADORAÇÃO Prelúdio HE 21 Dirigente: Naqueles dias, dispondo-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou na casa de Zacarias e saudou

Leia mais

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua.

O primeiro texto em II Rs 6:1 7 (versão RA), onde um servo perdeu um machado e o profeta Eliseu faz um ato profético e o machado flutua. Vigie com os Valores e Ferramentas espirituais. Veremos dois textos que falam sobre perda, e tiraremos a lição para nossas vidas, para Não perdermos o que Deus já nos deu, e para que isso não aconteça,

Leia mais

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA

QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA. II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA QUEM ANUNCIA AS BOAS NOVAS COOPERA COM O CRESCIMENTO DA IGREJA II Reunião Executiva 01 de Maio de 2015 São Luís - MA At 9.31 A igreja, na verdade, tinha paz por toda Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se

Leia mais

Autoridade Espiritual

Autoridade Espiritual Autoridade Espiritual Romanos 13:1-7 (Submissão à autoridade) 1 Toda alma esteja sujeita às autoridades superiores; por que não há autoridade que não venha de Deus; e as autoridades que há foram ordenadas

Leia mais

6. Pergunta de Transição: Quem é o meu próximo? 7. Frase de Transição: Quando usamos de misericórdia estamos agindo para a salvação.

6. Pergunta de Transição: Quem é o meu próximo? 7. Frase de Transição: Quando usamos de misericórdia estamos agindo para a salvação. 1 SERMÃO EXPOSITIVO TITULO: UM MINISTÉRIO DE COMPAIXÃO Lucas 10:25-37. INTRODUÇÃO 1. Saudações: Saúdo a todos os irmãos e amigos desta igreja com a paz do Senhor Jesus e a certeza na esperança de sua breve

Leia mais

6ª Aula A Vontade de Deus

6ª Aula A Vontade de Deus 6ª Aula A Vontade de Deus Objetivo do curso: Ajudar cada cristão a orar mais! Ajudar cada cristão a entender que a oração é o meio pelo qual Deus é CONVIDADO a fazer parte de nossas vidas (não há outra

Leia mais

Mensagem de 20/02/2011 Pr. Jacson Andrioli

Mensagem de 20/02/2011 Pr. Jacson Andrioli Mensagem de 20/02/2011 Pr. Jacson Andrioli A Oração de Simeão Lucas 2.29-32 Esperando o cumprimento de uma promessa de Deus. (((Ler Texto de Lucas 2.25-35))) Texto chave v. 29-32 sua oração Quem foi Simeão?

Leia mais

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 9 VIVENDO A VIDA COM DEUS 9-11 Anos UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR FÉ EMAÇÃO Neste Trimestre, as crianças aprenderão sobre Graça, Crescimento e Mutualidade. Esses aspectos serão

Leia mais

Objetivo: Compreender o que é a Bíblia e como foi organizada.

Objetivo: Compreender o que é a Bíblia e como foi organizada. Capítulo 1: A Bíblia e Como ela foi Organizada Objetivo: Compreender o que é a Bíblia e como foi organizada. Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção

Leia mais

Sola Scriptura Somos diferentes?

Sola Scriptura Somos diferentes? Sola Scriptura Somos diferentes? Introdução: 3 pilares da Reforma Protestante: sola Scriptura, sola fide, sola gratia Mesmo em forma de afirmação, cada pilar também é negação. Por exemplo, a expressão,

Leia mais

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ

A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ A BELA HISTORIA DE JESUS DE NAZARÉ http://cachorritosdelsenor.blogspot.com/ A páscoa Volume 29 Escola: Nome : Professor (a): Data : / / 11 Ola Filhotes, vocês sabem o que é páscoa e quando ela começou?

Leia mais

É necessário olharmos mais meticulosamente para o restabelecimento dessa nação à luz das profecias.

É necessário olharmos mais meticulosamente para o restabelecimento dessa nação à luz das profecias. Apesar dos surpreendentes e espantosos acontecimentos experimentados nestes dias, o maior de todos os sinais do fim dos tempos - e, contudo, o menos enfatizado - é o retorno do povo judeu à Terra Prometida

Leia mais

Um Catecismo Batista Livre

Um Catecismo Batista Livre Um Catecismo Batista Livre Paul V. Harrison* A palavra mais comum no Novo Testamento traduzida como ensinar é a palavra grega didasko, do qual se deriva a palavra didática. Outra palavra grega traduzida

Leia mais

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim!

Glória! Glória! Glória! Glória ao Senhor! Glória pelos séculos sem fim! Page 1 of 6 GUIÃO DA CELEBRAÇÃO DA 1ª COMUNHÃO 2006 Ambientação Irmãos: Neste Domingo, vamos celebrar e viver a Eucaristia com mais Fé e Amor e também de uma maneira mais festiva, já que é o dia da Primeira

Leia mais

POSTURA CORRETA DIANTE DA ADVERSIDADE

POSTURA CORRETA DIANTE DA ADVERSIDADE 1 POSTURA CORRETA DIANTE DA ADVERSIDADE 2 Cr.20. 1 Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos meunitas, vieram à peleja contra Josafá. 2 Então, vieram alguns que avisaram a Josafá,

Leia mais

Os Mandamentos da Igreja

Os Mandamentos da Igreja Os Mandamentos da Igreja Por Marcelo Rodolfo da Costa Os mandamentos da Igreja situam-se na linha de uma vida moral ligada à vida litúrgica e que dela se alimenta CIC 2041 Os Mandamentos da Igreja tem

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19

Apostila Fundamentos. Batismo nas Águas. batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 Apostila Fundamentos Batismo nas Águas batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo... Mt 28:19 B a t i s m o n a s Á g u a s P á g i n a 2 Batismo nas Águas Este é outro passo que está

Leia mais

CONHECENDO AS SEITAS

CONHECENDO AS SEITAS CONHECENDO AS SEITAS RELIGIÃO: deriva do termo latino "Re-Ligare", que significa "religação" com o divino. SEITA: é um grupo que afirma ser cristão, porém nega uma verdade essencial do cristianismo bíblico.

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

"Ajuntai tesouros no céu" - 3

Ajuntai tesouros no céu - 3 "Ajuntai tesouros no céu" - 3 Mt 6:19-21 Como já vimos nas mensagens anteriores, Jesus queria que os seus discípulos tivessem seus valores alinhados aos valores do seu Reino, ou seja, os discípulos de

Leia mais

HINÁRIO Transformação

HINÁRIO Transformação HINÁRIO Transformação Tema 2012: Flora Brasileira Pau-de-rosas (Physocalymma scaberrimum) www.hinarios.org Apolo 2 1 ORAÇÃO DA TRANSFORMAÇÃO Oh! Meu pai, livrai-me da autocomiseração e da preguiça. Dême

Leia mais

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus

CAPÍTULO 2. O Propósito Eterno de Deus CAPÍTULO 2 O Propósito Eterno de Deus Já falamos em novo nascimento e uma vida com Cristo. Mas, a menos que vejamos o objetivo que Deus tem em vista, nunca entenderemos claramente o porque de tudo isso.

Leia mais