V AL R Qualificação do Microempreendedor

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "V AL R Qualificação do Microempreendedor"

Transcrição

1 V AL R Qualificação do Microempreendedor Data: Nome Completo: CPF/CNPJ: Nº Identidade: Órgão Emissor : Sexo: Data de Nascimento: Estado Civil: Naturalidade: Nome do Pai: Nome da Mãe: Endereço: Bairro: Cidade: UF: CEP: Residência: Tempo: DDD-Telefone: DDD-Celular: Empresa onde Trabalha: CNPJ: Data de Inicio: DDD-Telefone: Cargo: Endereço: Bairro: Cidade: UF: CEP: Pagamento Dia: Valor Líquido: Vale Dia: Outras Rendas: Nº do Banco: Nome do Banco: Nº Agencia: Nº Conta: Cliente Desde: Ref. Pessoal: Nome: DDD-Telefone: DDD-Celular: Ref. Pessoal: Nome: DDD-Telefone: DDD-Celular: Nome Cônjuge: Data de Nascimento: Nº Identidade: CPF: Valor: Nº Prestações/Parcelas: Comprometo-me a comunicar qualquer alteração na minha conta corrente e no Banco onde meus rendimentos são creditados. Declaro serem verdadeiras as informações prestadas e autênticos os documentos apresentados, responsabilizando-me na forma da lei (antiga 299 do Código Penal). Declaro estar obtendo crédito junto a Valor Sociedade de Credito ao Microempreendedor LTDA com a finalidade de: Manutenção de estabelecimento comercial ou industrial. Criação de micro empreendimento comercial. Criação de micro empreendimento industrial. Capital de giro. Aquisição de máquinas e equipamentos para meu micro empreendimento. Legalização ou Formalização de meu micro empreendimento junto aos Órgãos Regulamentadores. Capacitação através de cursos profissionalizantes. Atividades de renda complementar. Declaro estar ciente que a Valor SCM obedecendo as disposições regulamentares do Inciso I do Art. 1º da Lei , de 14/02/2001, alterado pelo Art. 10 da Lei , de 26/04/2005, só pode executar a concessão de financiamentos a pessoas físicas e micro empresas, com vistas à viabilização de empreendimentos de natureza profissional, comercial ou industrial, de pequeno porte, e que este crédito não pode ser utilizado com finalidades de empréstimo para a aquisição de bens de consumo, conforme o parágrafo 2º do Inciso VI do Artigo 5º. da Resolução 3567/2008 do Banco Central do Brasil. CLIENTE

2 V AL R CÉDULA DE CREDITO BANCÁRIO 15 - Na data de vencimento acima indicada, pagarei(mos) por esta Cédula de Crédito Bancário a CREDORA VALOR SOCIEDADE DE CREDITO AO MICROEMPREENDEDOR E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE LTDA, denominada VALOR, com sede na Cidade e comarca de São Paulo/SP, e inscrita no CNPJ sob o nº / , na praça de pagamento indicada no item 1 retro, ou à sua ordem, em moeda corrente nacional, a quantia indicada no item 4 acima, acrescida dos encargos financeiros previstos nesta Cédula, e subtraída das amortizações eventualmente realizadas, valor este correspondente ao crédito efetivamente utilizado, em decorrência de operação de crédito. Autorizando desde já a CREDORA a efetivar o crédito por meio de transferências eletrônicas, ordens, deposito em conta corrente ou poupança, cheques, mediante as cláusulas e condições seguintes NATUREZA DA OPERAÇÃO: O empréstimo concedido pela CREDORA, nesta Cédula, conforme item 4, destina-se ao fomento de atividade de natureza profissional, comercial ou industrial de pequeno porte PRAZO DE VIGÊNCIA: O vínculo jurídico que emana da operação prevista nesta Cédula vigorará até a liquidação total da dívida, independente de notificação ou interpelação administrativa ou judicial, tornando-se exigível, no vencimento, a dívida então existente e não paga ou amortizada, nela compreendendo o principal, os juros pactuados e de mora, multa, e demais encargos previstos nesta cédula, apurando-se o saldo devedor final na forma prevista na legislação que institui a Cédula de Crédito Bancária e nas alterações que ocorrerem posteriormente. (i) A mora do EMITENTE e (S) decorrerá do simples inadimplemento das obrigações assumidas nesta Cédula, independente de qualquer formalidade expressa ENCARGOS FINANCEIROS: Sobre o valor do empréstimo, incidirão juros pré-fixados às taxas contratadas no item 7, exigíveis pelo número de dias decorridos desde a data da concessão do empréstimo até o seu vencimento. (i) Fica esclarecido que a taxa mensal, elencada no item 7, será aplicada e capitalizada diariamente utilizando-se um fator diário com base em um mês de 30 (trinta) dias TARIFAS DE SERVIÇOS: Além dos juros previstos no item 18 o EMITENTE fica obrigado a pagar, a CREDORA, tarifa de cadastro contemplada no preâmbulo desta CÉDULA, sob a nomenclatura abreviada de CAD no item 9, nos termos da Resolução nº 3371 de 06/12/2007, do Conselho Monetário Nacional, e demais normas editadas pelo Banco Central do Brasil. 20- S: O(S) (S) item 6, comparece(m) nesta Cédula na condição de devedor(es) solidário(s), anuindo expressamente ao ora convencionado, responsabilizando-se incondicionalmente com o EMITENTE de maneira irrevogável e irretratável pelo cumprimento de todas as obrigações, pecuniárias ou não, por ele(s) assumidas neste título DO CRÉDITO CONSIGNADO Nas operações de crédito consignado, no que for omisso o presente instrumento, reger-se-á nos termos da lei /2003, bem como desde já o EMITENTE autoriza o desconto em sua folha de pagamento das parcelas aqui avençadas, inclusive férias e terço constitucional ou qualquer outra indenização.

3 Em caso de desligamento da Empresa (ou Entidade), autoriza o EMITENTE o desconto de até o limite de 30% (trinta por cento) das verbas rescisórias, na forma do artigo 1º, 1º do mesmo diploma legal, antecipando parcelas vincendas. 22 Em sendo insuficiente o limite disposto no item 21, para a liquidação do presente, o EMITENTE se compromete a efetuar o pagamento das parcelas nos dias aprazados, sob pena de incorrer em mora sujeitando-se aos demais termos desta Cédula de Crédito Bancário MORA: Qualquer quantia devida e não paga na época própria, será considerada automaticamente em mora, vencendo antecipadamente todas as parcelas, ficando sujeito o débito do vencimento ao efetivo pagamento, a juros moratórios conforme o item 12, mencionado ao mês ou fração, juros remuneratórios às taxas da operação ora contratada ou às taxas vigentes no mercado na data do efetivo pagamento, considerada a que resultar em maior valor e multa conforme item 13 sobre o montante apurado, além dos impostos que incidam ou venham a incidir, tudo de acordo com as normas do Banco Central do Brasil. As despesas de cobrança na fase extrajudicial, onde serão devidos os honorários advocatícios na ordem de 10% (dez por cento), sem prejuízo das demais despesas que emanem da execução judicial do crédito, nos termos da lei / AUTORIZAÇÃO: O EMITENTE autoriza a CREDORA a descontar de minha renovação de crédito quaisquer débitos em aberto. (i) O EMITENTE e os S autorizam neste ato o CREDOR a consultar o Sistema de Risco de Crédito do BANCO CENTRAL DO BRASIL e demais orgãos de proteção ao crédito RESTRIÇÃO CADASTRAL: Nas hipóteses de mora e/ou inadimplemento no cumprimento da obrigação a CREDORA fica autorizada a inscrever o(s) nome(s) do EMITENTE e (S) nos Órgãos de Proteção ao Crédito, após as comunicações de estilo (i) por tratar-se de direito disponível. A autorização outorgada neste item é passada em caráter irrevogável e irretratável, ainda que haja discussão judicial sobre o débito existente, que em caso de pagamento integral da dívida fica o EMITENTE responsável por todas as despesas para a devida baixa da restrição IOF: O EMITENTE obriga-se a pagar o Imposto sobre Operações de Crédito, IOF, de acordo com o Decreto nº de 02/02/1997, e alterações posteriores CERTEZA E LIQUIDEZ DA DÍVIDA: Para os efeitos da certeza e liquidez da dívida representada por esta Cédula de Crédito Bancário, o EMITENTE e (S) reconhece(m) como prova de seus débitos, as transferências eletrônicas ou ordens que emitirem ou assinarem, bem como qualquer lançamento que a CREDORA fizer mediante prévia autorização, reconhecendo ainda a força executiva desta Cédula Fica eleito o foro da Comarca de São Paulo para nele dirimir todas as questões e dúvidas, excluindo qualquer outro por mais privilegiado que seja, podendo a parte demandante optar pela comarca do domicilio da parte demandada. EMITENTE VALOR SCM LTDA - CREDOR

4 V AL R CÉDULA DE CREDITO BANCÁRIO 15 - Na data de vencimento acima indicada, pagarei(mos) por esta Cédula de Crédito Bancário a CREDORA VALOR SOCIEDADE DE CREDITO AO MICROEMPREENDEDOR E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE LTDA, denominada VALOR, com sede na Cidade e comarca de São Paulo/SP, e inscrita no CNPJ sob o nº / , na praça de pagamento indicada no item 1 retro, ou à sua ordem, em moeda corrente nacional, a quantia indicada no item 4 acima, acrescida dos encargos financeiros previstos nesta Cédula, e subtraída das amortizações eventualmente realizadas, valor este correspondente ao crédito efetivamente utilizado, em decorrência de operação de crédito. Autorizando desde já a CREDORA a efetivar o crédito por meio de transferências eletrônicas, ordens, deposito em conta corrente ou poupança, cheques, mediante as cláusulas e condições seguintes NATUREZA DA OPERAÇÃO: O empréstimo concedido pela CREDORA, nesta Cédula, conforme item 4, destina-se ao fomento de atividade de natureza profissional, comercial ou industrial de pequeno porte PRAZO DE VIGÊNCIA: O vínculo jurídico que emana da operação prevista nesta Cédula vigorará até a liquidação total da dívida, independente de notificação ou interpelação administrativa ou judicial, tornando-se exigível, no vencimento, a dívida então existente e não paga ou amortizada, nela compreendendo o principal, os juros pactuados e de mora, multa, e demais encargos previstos nesta cédula, apurando-se o saldo devedor final na forma prevista na legislação que institui a Cédula de Crédito Bancária e nas alterações que ocorrerem posteriormente. (i) A mora do EMITENTE e (S) decorrerá do simples inadimplemento das obrigações assumidas nesta Cédula, independente de qualquer formalidade expressa ENCARGOS FINANCEIROS: Sobre o valor do empréstimo, incidirão juros pré-fixados às taxas contratadas no item 7, exigíveis pelo número de dias decorridos desde a data da concessão do empréstimo até o seu vencimento. (i) Fica esclarecido que a taxa mensal, elencada no item 7, será aplicada e capitalizada diariamente utilizando-se um fator diário com base em um mês de 30 (trinta) dias TARIFAS DE SERVIÇOS: Além dos juros previstos no item 18 o EMITENTE fica obrigado a pagar, a CREDORA, tarifa de cadastro contemplada no preâmbulo desta CÉDULA, sob a nomenclatura abreviada de CAD no item 9, nos termos da Resolução nº 3371 de 06/12/2007, do Conselho Monetário Nacional, e demais normas editadas pelo Banco Central do Brasil. 20- S: O(S) (S) item 6, comparece(m) nesta Cédula na condição de devedor(es) solidário(s), anuindo expressamente ao ora convencionado, responsabilizando-se incondicionalmente com o EMITENTE de maneira irrevogável e irretratável pelo cumprimento de todas as obrigações, pecuniárias ou não, por ele(s) assumidas neste título DO CRÉDITO CONSIGNADO Nas operações de crédito consignado, no que for omisso o presente instrumento, reger-se-á nos termos da lei /2003, bem como desde já o EMITENTE autoriza o desconto em sua folha de pagamento das parcelas aqui avençadas, inclusive férias e terço constitucional ou qualquer outra indenização.

5 Em caso de desligamento da Empresa (ou Entidade), autoriza o EMITENTE o desconto de até o limite de 30% (trinta por cento) das verbas rescisórias, na forma do artigo 1º, 1º do mesmo diploma legal, antecipando parcelas vincendas. 22 Em sendo insuficiente o limite disposto no item 21, para a liquidação do presente, o EMITENTE se compromete a efetuar o pagamento das parcelas nos dias aprazados, sob pena de incorrer em mora sujeitando-se aos demais termos desta Cédula de Crédito Bancário MORA: Qualquer quantia devida e não paga na época própria, será considerada automaticamente em mora, vencendo antecipadamente todas as parcelas, ficando sujeito o débito do vencimento ao efetivo pagamento, a juros moratórios conforme o item 12, mencionado ao mês ou fração, juros remuneratórios às taxas da operação ora contratada ou às taxas vigentes no mercado na data do efetivo pagamento, considerada a que resultar em maior valor e multa conforme item 13 sobre o montante apurado, além dos impostos que incidam ou venham a incidir, tudo de acordo com as normas do Banco Central do Brasil. As despesas de cobrança na fase extrajudicial, onde serão devidos os honorários advocatícios na ordem de 10% (dez por cento), sem prejuízo das demais despesas que emanem da execução judicial do crédito, nos termos da lei / AUTORIZAÇÃO: O EMITENTE autoriza a CREDORA a descontar de minha renovação de crédito quaisquer débitos em aberto. (i) O EMITENTE e os S autorizam neste ato o CREDOR a consultar o Sistema de Risco de Crédito do BANCO CENTRAL DO BRASIL e demais orgãos de proteção ao crédito RESTRIÇÃO CADASTRAL: Nas hipóteses de mora e/ou inadimplemento no cumprimento da obrigação a CREDORA fica autorizada a inscrever o(s) nome(s) do EMITENTE e (S) nos Órgãos de Proteção ao Crédito, após as comunicações de estilo (i) por tratar-se de direito disponível. A autorização outorgada neste item é passada em caráter irrevogável e irretratável, ainda que haja discussão judicial sobre o débito existente, que em caso de pagamento integral da dívida fica o EMITENTE responsável por todas as despesas para a devida baixa da restrição IOF: O EMITENTE obriga-se a pagar o Imposto sobre Operações de Crédito, IOF, de acordo com o Decreto nº de 02/02/1997, e alterações posteriores CERTEZA E LIQUIDEZ DA DÍVIDA: Para os efeitos da certeza e liquidez da dívida representada por esta Cédula de Crédito Bancário, o EMITENTE e (S) reconhece(m) como prova de seus débitos, as transferências eletrônicas ou ordens que emitirem ou assinarem, bem como qualquer lançamento que a CREDORA fizer mediante prévia autorização, reconhecendo ainda a força executiva desta Cédula Fica eleito o foro da Comarca de São Paulo para nele dirimir todas as questões e dúvidas, excluindo qualquer outro por mais privilegiado que seja, podendo a parte demandante optar pela comarca do domicilio da parte demandada. EMITENTE VALOR SCM LTDA - CREDOR

6 Autorização de Débito em Conta Corrente Ao Banco: Agência: 1. Pelo presente instrumento, firmado em caráter irrevogável, autorizo o débito mensal de R$ ( ) em minha conta corrente, durante meses, à partir de / /. 2. Fica, portanto, este banco autorizado a efetuar o débito nas condições acima descritas. Caso o débito não seja quitado nos meses contratados, por insuficiência de fundos na minha conta corrente ou pelo fato de mudança de banco ou agência de meus vencimentos, o valor deve ser acrescido de juros e tarifas bancárias, se houverem, e ainda, fica autorizado desde já o débito em minha nova conta. 3. Os valores das parcelas são referentes a Cédula de Crédito Bancário nº, de crédito microempreendedor, de acordo com a Resolução Nº de 26/07/2001 do Banco Central do Brasil. Nome Completo: CPF: Nº Identidade: Nº Agência: Conta Corrente: Nº Agência: Conta Poupança: 4. Comprometo-me desde já, a manter saldo suficiente para o débito supra mencionado, ficando o Banco isento de qualquer responsabilidade caso a conta não comporte o valor do documento a liquidar. Não estão sendo cobrados seguros ou taxas que não constam na Cédula de Crédito Bancário., de de Assinatura Autorização de Débito em Conta Corrente Ao Banco: Agência: 1. Pelo presente instrumento, firmado em caráter irrevogável, autorizo o débito mensal de R$ ( ) em minha conta corrente, durante meses, à partir de / /. 2. Fica, portanto, este banco autorizado a efetuar o débito nas condições acima descritas. Caso o débito não seja quitado nos meses contratados, por insuficiência de fundos na minha conta corrente ou pelo fato de mudança de banco ou agência de meus vencimentos, o valor deve ser acrescido de juros e tarifas bancárias, se houverem, e ainda, fica autorizado desde já o débito em minha nova conta. 3. Os valores das parcelas são referentes a Cédula de Crédito Bancário nº, de crédito microempreendedor, de acordo com a Resolução Nº de 26/07/2001 do Banco Central do Brasil. Nome Completo: CPF: Nº Identidade: Nº Agência: Conta Corrente: Nº Agência: Conta Poupança: 4. Comprometo-me desde já, a manter saldo suficiente para o débito supra mencionado, ficando o Banco isento de qualquer responsabilidade caso a conta não comporte o valor do documento a liquidar. Não estão sendo cobrados seguros ou taxas que não constam na Cédula de Crédito Bancário., de de Assinatura

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS

CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS CCB Cédula de Crédito Bancário Consignação INSS Pela presente CÉDULA DE CRÉDITO BANCARIO, doravante designada como CÉDULA, pagarei ao Banco Ibi S.A. Banco Múltiplo, com sede na Alameda Rio Negro, 585,

Leia mais

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO CONTRATO DE CRÉDITO PRÉ-APROVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, a COOPERATIVA, doravante designada simplesmente COOPERATIVA, neste ato devidamente representada na forma de seu Estatuto

Leia mais

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF

Atendimento das 08:00 hs. às 15:00 hs. CNPJ 01.530.136/0001-76 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO. Cooperado. Matrícula R.G. CPF COOPERARATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS FUNCIONÁRIOS DA CPTM Rua Zuma de Sá Fernandes, 360 - Térreo - Presidente Altino - Osasco - SP - CEP 06213-040 Telefones: 3689-9166 / 3652-2600 - Ramais 2771

Leia mais

Credfaz Servidor Federal

Credfaz Servidor Federal COOPERATIVA DE CRÉDITO DO SERVIDOR FEDERAL LTDA. SICOOB CREDFAZ SERVIDOR FEDERAL Credfaz Servidor Federal Edifício CREDFAZ - SCS - Quadra 05 Bloco C - Ent. 165/9 - CEP 70305-921 - Brasília - Fone: 61 3035

Leia mais

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL

I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) PRODUTO(S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL Nº DA CÉDULA CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO I - EMITENTE II - INTERVENIENTE(S) / AVALISTA(S) III - CARACTERÍSTICAS DO(S) (S) MARCA MODELO ANO/MODELO COR COMBUSTÍVEL RENAVAN CHASSI PLACA NOTA FISCAL (CASO VEÍCULO

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL 1. OBJETIVO Estabelecer as condições, critérios e normas de concessão de Empréstimo Pessoal aos participantes da PREVICEL Previdência Privada da CELEPAR, obedecendo as disposições legais vigentes sobre

Leia mais

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank

Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank Contrato de Empréstimo para Cliente Pré- Selecionado - Crédito Citibank CONSIDERANDO QUE: i) A empresa para a qual o MUTUÁRIO trabalha ( EMPREGADOR ) celebrou com o MUTUANTE (BANCO CITIBANK S.A.) Convênio

Leia mais

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo.

1 - A MUTUANTE concede ao MUTUÁRIO um empréstimo no valor, prazo e demais condições indicadas no Termo de Requerimento de Mútuo. Folha 1 DE 6 Cláusulas e Condições Gerais do Contrato de Mútuo que entre si fazem a Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social - VALIA e seus participantes na forma do seu Regulamento Básico. Fundação

Leia mais

Este Contrato contém 5 (cinco) páginas que deverão ser lidas e preenchidas nos itens abaixo relacionados.

Este Contrato contém 5 (cinco) páginas que deverão ser lidas e preenchidas nos itens abaixo relacionados. INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO E ENVIO DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO ELETRÔNICO Este Contrato contém 5 (cinco) páginas que deverão ser lidas e preenchidas nos itens abaixo relacionados. página 1/5 -

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONDIÇÕES GERAIS CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOA FÍSICA Condições Gerais Abaixo estão as Condições Gerais do

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS AO EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DESTINADO À RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS O BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A., com sede na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 e 2235, Bloco A, Vila Olímpia, São Paulo/SP, CEP 04543-011, CNPJ/MF sob n.º 90.400.888/0001-42, disponibiliza

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARA DESCONTO DE CHEQUES - PESSOAS JURÍDICAS

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARA DESCONTO DE CHEQUES - PESSOAS JURÍDICAS CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito para Desconto de Cheques Pessoas Jurídicas, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS. Quadro Resumo

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS. Quadro Resumo INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE PENHOR DE DIREITOS Quadro Resumo BANCO CNPJ/MF Banco Bradesco S.A. 60.746.948/0001 12 Sede Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco, Estado de

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB CRÉDITO PROPOSTA CONSIGNADO DE CRÉDITO - CONSIGNADO ASSOCIADO: Nome: Conta Corrente Nº: CPF/CNPJ: Sigla: Matrícula na empresa: Carteira de Identidade: Órgão emissor: Endereço: CEP: Cidade: UF: E-mail:

Leia mais

Cédula de Crédito Bancário Abertura de Crédito Pessoa Física

Cédula de Crédito Bancário Abertura de Crédito Pessoa Física Cédula nº: Valor: Data da emissão: Data do vencimento: 1. EMITENTE(S): 1.1 Nome: 1.2 RG: 1.3 CPF/MF - CNPJ/MF: E os coemitentes, demais titulares da conta corrente ao final nomeados, todos qualificados

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIAS EM FAVOR DE FIADOR PARA GARANTIR CRÉDITOS DECORRENTES DE FIANÇA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIAS EM FAVOR DE FIADOR PARA GARANTIR CRÉDITOS DECORRENTES DE FIANÇA Pelo presente instrumento, as partes: A BANCO BRADESCO S.A., com sede na Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco SP, inscrito no CNPJ/MF sob nº 60.746.948/0001 12, doravante denominado FIADOR; B...,

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONVÊNIO DESCONTO CCB CONV DESC VJ 04/2011 (540) CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I - EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência Conta Corrente nº II TERCEIROS

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO PARA CAPITAL DE GIRO PESSOAS JURÍDICAS

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO PARA CAPITAL DE GIRO PESSOAS JURÍDICAS CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Parcelado para Capital de Giro Pessoas Jurídicas, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Rua Amador Bueno, nº 474, São Paulo/SP,

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CCB CRÉDITO PROPOSTA PESSOAL DE CRÉDITO - PESSOAL ASSOCIADO: Nome: Conta Corrente Nº: CPF/CNPJ: Sigla: Matrícula na empresa: Carteira de Identidade: Órgão emissor: Endereço: CEP: Cidade: UF: E-mail: Tel. Comercial:

Leia mais

Contrato de Crédito Direto CAIXA - Pessoa Física

Contrato de Crédito Direto CAIXA - Pessoa Física CLÁUSULAS GERAIS CLÁUSULA PRIMEIRA - A CAIXA disponibiliza e o(s) CREDITADO(S) aceita(m) os valores de referência, sujeitos a confirmação até a data da efetivação da operação, observadas as normas operacionais

Leia mais

SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE:

SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE: CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL SÉTIMO TERMO DE ADITAMENTO AO CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL, COMO SEGUE: Partes - BANCO MERCANTIL DO BRASIL S.A., com sede na Rua Rio de Janeiro, nº 654, Centro,

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Pres Juscelino Kubitschek, 2041/2235A,

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da Boticário Prev, dos Participantes e Assistidos, para a concessão

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV.

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO A PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFICIO CEBPREV. Sumário Capítulo I Da finalidade...1 Capítulo II - Dos contratantes...1 Capítulo III - Dos limites individuais...2 Capítulo IV -

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Rua Amador Bueno, nº 474, São Paulo/SP,

Leia mais

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física.

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física. O presente Eletrônicos Aplicável ao Cliente Pessoa Física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre o Banco Bradesco S.A., instituição financeira privada, inscrita no CNPJ

Leia mais

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo mediante Consignação em Benefícios de Aposentadoria e Pensão do INSS ESTAS CONDIÇÕES GERAIS REGEM O CONTRATO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO MEDIANTE

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO PARCELADO CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Parcelado, tendo de um lado o BRB - BANCO DE BRASÍLIA S.A., com sede em Brasília, Capital Federal, inscrito no CNPJ/MF sob o número 00.000.208/0001-00,

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO

CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO CONDIÇÕES GERAIS CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Estas são as condições gerais do Empréstimo, solicitado e contratado por você. Leia atentamente estas condições gerais, que serão aplicáveis durante todo o período

Leia mais

CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO PARA USO DA COOPERATIVA CONTRATO DE CRÉDITO PESSOAL PRÉ-APROVADO Contrato nº Sist./Regional: Percentual de Capitalização % Conta Capital R$ Data do Crédito do Emp.: / / Valor da Prim. Parcela R$ Venc.da

Leia mais

Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF

Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF Condições Gerais Contrato de Abertura de Crédito em Conta Corrente de Depósito CEP Plus PF 1. Partes 1.1. Cliente - é o cliente do Personnalité e solicitante da abertura de crédito em conta corrente de

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL GERDAU PREVIDÊNCIA Capítulo I Da Finalidade Artigo 1 - O presente Regulamento de Empréstimo Pessoal, doravante denominado Regulamento, tem por finalidade definir normas

Leia mais

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições:

Resolvem, na melhor forma de direito, celebrar o presente Contrato de Mútuo ( Contrato ), de acordo com os seguintes termos e condições: CONTRATO DE MÚTUO Prelo presente instrumento particular, [O Estudante, pessoa física proponente de empréstimo com determinadas características ( Proposta )], identificado e assinado no presente contrato

Leia mais

O mútuo, objeto deste contrato, será concedido conforme condições que se seguem:

O mútuo, objeto deste contrato, será concedido conforme condições que se seguem: SÃO PARTES DESTE CONTRATO: CONTRATO DE EMPRÉSTIMO FUNCEF NA MODALIDADE DE CREDINÂMICO FUNCEF 13º SALÁRIO QUE ENTRE SI FAZEM AS PARTES ABAIXO IDENTIFICADAS, NAS CONDIÇÕES QUE SE SEGUEM: A FUNDAÇÃO DOS ECONOMIÁRIOS

Leia mais

ANEXO I CONTRATO DE MÚTUO (EMPRÉSTIMO) COM DESTINAÇÃO ESPECÍFICA

ANEXO I CONTRATO DE MÚTUO (EMPRÉSTIMO) COM DESTINAÇÃO ESPECÍFICA ANEXO I CONTRATO DE MÚTUO (EMPRÉSTIMO) COM DESTINAÇÃO ESPECÍFICA O, autarquia criada pela Lei n. 1079, de 5 de novembro de 1987, e mantido pela Lei n. 3.344, de 28 de dezembro de 2001, com sede nesta cidade,

Leia mais

Bairro Cidade Estado CEP Telefone. Bairro Cidade Estado CEP Telefone

Bairro Cidade Estado CEP Telefone. Bairro Cidade Estado CEP Telefone Ouvidoria: SANTINVEST S.A. CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS 0800 6420506 CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CRÉDITO PESSOAL COM AVERBAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO E/OU CONTA-CORRENTE Pagaremos por esta Cédula

Leia mais

Norma do Programa de Empréstimo Pessoal TECHNOS

Norma do Programa de Empréstimo Pessoal TECHNOS Norma do Programa de Empréstimo Pessoal TECHNOS SUMÁRIO CAPÍTULO I - DA FINALIDADE...3 CAPÍTULO II - DOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS...3 CAPÍTULO III - DOS CRITÉRIOS PARA CONCESSÕES...4 CAPÍTULO IV - DOS

Leia mais

CECM DOS EMPREGADOS DA EMBRAPA E DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE E ÓRGÃOS VINCULADOS LTDA. - SICOOB AGROAMBIENTAL

CECM DOS EMPREGADOS DA EMBRAPA E DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE E ÓRGÃOS VINCULADOS LTDA. - SICOOB AGROAMBIENTAL CONTRATO DE MÚTUO ACORDO MÉDICO-HOSPITALAR OU ODONTOLÓGICO, Nº, QUE FAZEM ENTRE SI A CECM DOS EMPREGADOS DA EMBRAPA E DOS SERVIDORES DO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE E ÓRGÃOS VINCULADOS LTDA. - SICOOB AGROAMBIENTAL

Leia mais

QUADRO VI - QUALIFICAÇÃO DO(S) AVALISTA(S) E DEVEDOR(ES) SOLIDÁRIO(S) (continuação) Nome: Endereço:

QUADRO VI - QUALIFICAÇÃO DO(S) AVALISTA(S) E DEVEDOR(ES) SOLIDÁRIO(S) (continuação) Nome: Endereço: CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (CCB) ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO QUADRO I - QUALIFICAÇÃO DO EMITENTE E DO CO-EMITENTE Nome do Emitente: Endereço do Emitente: CEP do Emitente: CPF/CNPJ do Emitente: Nome do

Leia mais

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física.

Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos - Aplicável ao Cliente Pessoa Física. O presente Regulamento de Utilização do Limite de Crédito Pessoal Contratado por Meios Eletrônicos Aplicável ao Cliente Pessoa Física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre

Leia mais

Valor do crédito concedido: R$ ( )

Valor do crédito concedido: R$ ( ) Cédula nº: Valor do crédito concedido: R$ ( ) Data da emissão: / / Data do vencimento: / / 1. EMITENTE(S): 1.1 Nome: 1.2 RG: 1.3 CPF/MF - 1.4 Nome Segundo Titular: 1.5 RG Segundo Titular: 1.6 CPF/MF Segundo

Leia mais

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento

Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento Condições Gerais do Contrato de Concessão de Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ESTAS CONDIÇÕES GERAIS REGEM O CONTRATO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO MEDIANTE CONSIGNAÇÃO EM FOLHA DE PAGAMENTO,

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CREDI-RÁPIDO CLIENTE - 1º TITULAR CPF CÓD. DA AGÊNCIA CLIENTE - 2º TITULAR CPF NÚMERO DA CONTA

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CREDI-RÁPIDO CLIENTE - 1º TITULAR CPF CÓD. DA AGÊNCIA CLIENTE - 2º TITULAR CPF NÚMERO DA CONTA CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE CREDI-RÁPIDO CLIENTE - 1º TITULAR CPF CÓD. DA AGÊNCIA CLIENTE - 2º TITULAR CPF NÚMERO DA CONTA CLÁUSULAS GERAIS, que regem o Contrato de Abertura de Credi-Rápido, que são

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CONDIÇÕES GERAIS APLICÁVEIS ÀS CONTRATAÇÕES DE CRÉDITO PESSOAL RENOVADO O Banco Santander S.A., CNPJ 90.400.888/0001-42, com sede na Rua Amador Bueno, 474, São Paulo, Capital, doravante referenciado como

Leia mais

FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA

FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA FICHA CADASTRAL SIMPLIFICADA - PESSOA FÍSICA INFORMAÇÕES PESSOAIS NOME COMPLETO: CPF: RG: TÍTULO ELEITOR: DT. NASCIMENTO: SEXO: ESTADO CIVIL: NATURALIDADE: NACIONALIDADE: FILIAÇÃO: PAI: MÃE: E-MAIL: ENDEREÇO:

Leia mais

Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS

Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS BANCO BGN S.A. Matriz Recife Rua do Imperador Dom Pedro II, 491-3ºandar. Bairro Santo Antonio - CEP 50010-240 Recife - PE - Brasil Cédula de Crédito Bancário com Pagamento por Consignação em Folha - INSS

Leia mais

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO

CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO CLAÚSULAS E CONDIÇÕES DO EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DO DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Pres. Juscelino Kubitschek,

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM CRÉDITO PRÉ-APROVADO

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM CRÉDITO PRÉ-APROVADO PÁGINA 1/7 CONTRATO DE EMPRÉSTIMO Dados do Contratante Nome: CPF: - Carteira de Identidade: Órgão: Matrícula: - Endereço: Bairro: Cidade: UF: CEP: - Estado Civil: Profissão: Empresa: Lotação: Banco: Agência:

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP, inscrito

Leia mais

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO EM CONTA CORRENTE PESSOA JURÍDICA

CLÁUSULAS GERAIS DO CONTRATO DE ABERTURA DE CRÉDITO ROTATIVO EM CONTA CORRENTE PESSOA JURÍDICA CLÁUSULAS GERAIS que regem o Contrato de Abertura de Crédito Rotativo em Conta Corrente, tendo de um lado o BRB Banco de Brasília S.A., com sede em Brasília, Distrito Federal, inscrito no CNPJ sob o número

Leia mais

AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO

AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO AUTORIZAÇÃO DE DESCONTO INTERVENIENTE ANUENTE: Governo do Estado de São Paulo / Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo ENDEREÇO: DADOS DO SERVIDOR NOME: MATRÍCULA: RG: DATA ADMISSÃO: DADOS DA CONSIGNAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV

REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV REGULAMENTO EMPRÉSTIMO CASANPREV 1/9 CAPÍTULO I Do Objeto Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da CASANPREV, dos Participantes,

Leia mais

NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MODALIDADE PRESTAÇÕES PÓS FIXADAS Nº. 02/2015

NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MODALIDADE PRESTAÇÕES PÓS FIXADAS Nº. 02/2015 NORMA PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL MODALIDADE PRESTAÇÕES PÓS FIXADAS Nº. 02/2015 1. DA FINALIDADE Esta Norma dispõe sobre a concessão de Empréstimo Pessoal Modalidade Prestações Pós Fixadas pelo

Leia mais

CONTRATO DE MÚTUO. Assistido é o Participante ou seus beneficiários em gozo de Benefício de prestação continuada.

CONTRATO DE MÚTUO. Assistido é o Participante ou seus beneficiários em gozo de Benefício de prestação continuada. Página 1 de 7 CONTRATO DE MÚTUO Cláusulas e Condições Gerais do Contrato de Mútuo que entre si fazem a Fundação Vale do Rio Doce de Seguridade Social - VALIA e seus Participantes. Fundação Vale do Rio

Leia mais

CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA

CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA CONTRATO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO COM FINALIDADE ESPECÍFICA CAIXA DE PREVIDÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BANCO DO BRASIL, entidade fechada de previdência complementar, com sede na Praia de Botafogo, nº

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS

CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS CONTRATO PARTICULAR DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Que fazem entre si, de um lado a SOCIEDADE EDUCACIONAL E EMPRESARIAL PHYSION LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob no. 06.190.520/0001-90, sediada na

Leia mais

Regulamento de Abertura de Limite de Crédito Global Bradesco - PF

Regulamento de Abertura de Limite de Crédito Global Bradesco - PF O presente Regulamento de Abertura de Limite de Crédito Global Bradesco, aplicável ao cliente pessoa física ( Regulamento ), tem por objetivo disciplinar a relação jurídica entre o Banco Bradesco S/A,

Leia mais

CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS

CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS 1 - OBJETIVO CAGEPREV - REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS 1.1 Estabelecer normas para concessão de empréstimos aos participantes ativos e assistidos. 2 - QUALIFICAÇÃO PARA O EMPRÉSTIMO 2.1 Ser

Leia mais

% em sua dívida! Aproveite, pague à vista ou em parcelas.

% em sua dívida! Aproveite, pague à vista ou em parcelas. São Paulo, 30 de JANEIRO de 2014 Prezado(a) JEFERSON BATISTA DA SILVA, temos uma ótima oportunidade para você. Pague à vista Pague 48 Parcelas de R$ 82,60 R$ 2.223,95 Ou (*) cada. (*) Este é o valor para

Leia mais

INSTITUTO CONAB DE SEGURIDADE SOCIAL NR Nº 001/2013 NORMA PARA CONCESSÃO E COBRANÇA DE EMPRÉSTIMO PESSOAL SIMPLES

INSTITUTO CONAB DE SEGURIDADE SOCIAL NR Nº 001/2013 NORMA PARA CONCESSÃO E COBRANÇA DE EMPRÉSTIMO PESSOAL SIMPLES NR Nº 001/2013 NORMA PARA CONCESSÃO E COBRANÇA DE EMPRÉSTIMO PESSOAL SIMPLES 1. DO OBJETIVO 1.1. Esta norma dispõe sobre procedimentos a serem adotados no segmento da carteira de empréstimo pessoal na

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO, EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES VITAL HELP

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO, EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES VITAL HELP CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO, EMISSÃO E UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES VITAL HELP Pelo presente instrumento contratual de um lado, VITAL HELP BENEFÍCIOS LTDA emissora e administradora de

Leia mais

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL

MODELO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2.235 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

EMPRESTIMO DESCONTO EM FOLHA 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA

EMPRESTIMO DESCONTO EM FOLHA 4031 - CECM DOS COLABORADORES VALE S.A.-LTDA CONTRATO DE EMPRÉSTIMO COM DESCONTO PARA PAGAMENTO DE PRESTAÇÕES EM FOLHA DE PAGAMENTO Por este instrumento particular de Contrato de Empréstimo, de um lado CECM DOS COLABORADORES VALE S.A-LTDA SICOOB

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. Quadro Resumo

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA. Quadro Resumo INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONSTITUIÇÃO DE GARANTIA DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA Quadro Resumo BANCO CNPJ/MF Banco Bradesco S.A. 60.746.948/0001 12 Sede Cidade de Deus, Município e Comarca de Osasco, Estado

Leia mais

REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO

REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO REGULAMENTO APLICÁVEL ÀS LETRAS DE CRÉDITO DO AGRONEGÓCIO BANCO CRUZEIRO DO SUL S.A., instituição financeira com sede na Cidade e Estado de São Paulo, na Rua Funchal, nº 418, 7º a 9º andares, Vila Olímpia,

Leia mais

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015.

BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES. CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015. BANCO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL - BNDES CIRCULAR AEX Nº 007/2015, de 22 de junho de 2015. Ref.: Circular AEX nº 001/2015, de 30 de janeiro de 2015. Ass.: Alteração das Normas Operacionais

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES. 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples.

REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES. 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples. REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMOS SIMPLES 1 OBJETIVO 1.1 Estabelecer as diretrizes para a concessão de empréstimo simples. 2 CONCESSÃO 2.1 O empréstimo simples poderá ser concedido exclusivamente

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONFISSÃO DE DÍVIDA E REPACTUAÇÃO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CONFISSÃO DE DÍVIDA E REPACTUAÇÃO CÉDULA Nº VIA: Negociável (CREDOR) Não Negociável (EMITENTE) I EMITENTE Nome/Razão Social CPF /CNPJ Banco Agência nº Conta corrente nº II TERCEIROS GARANTIDORES também denominados DEVEDORES/GARANTIDORES

Leia mais

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS

Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Condições Gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação em Folha de Pagamento ou benefício do INSS Estas são as condições gerais do Limite de Crédito para Empréstimo Mediante Consignação

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL ELETRÔNICO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041/2235A, São Paulo/SP,

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitscheck, 2041, São Paulo/SP, inscrito no CNPJ/MF

Leia mais

Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis

Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de Bens Móveis Pelo presente Contrato de Financiamento de Bens e/ou Serviços com Garantia de Alienação Fiduciária de

Leia mais

Produto Loja Contrato nº

Produto Loja Contrato nº Produto Loja Contrato nº I Cliente CPF nº Nome Completo Sexo Masc. Fem. Naturalidade RG nº Órgão Expedidor UF Data de Emissão Filiação Nome do Pai Nome da Mãe Data de Nascimento Estado Civil Nome do Cônjuge

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos)

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos) CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO (Financiamento de Veículos) Pagarei, por esta Cédula de Crédito Bancário ( CÉDULA ), ao BANCO TOYOTA DO BRASIL S.A., com sede social em São Paulo, na Av. Jornalista Roberto Marinho,

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO MODALIDADE PRÉ-FIXADO (Preenchimento Obrigatório) Nome. Matrícula Lotação Tel. Comercial. Email: Carteira de Identidade CPF

PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO MODALIDADE PRÉ-FIXADO (Preenchimento Obrigatório) Nome. Matrícula Lotação Tel. Comercial. Email: Carteira de Identidade CPF ELETRA - FUNDAÇÃO CELG DE SEGUROS E PREVIDÊNCIA www.eletra.org.br - versão: 05/2015 12.08.2015 - pág.: 1 PROPOSTA DE EMPRÉSTIMO MODALIDADE PRÉ-FIXADO (Preenchimento Obrigatório) ( ) ATIVO ( ) APOSENTADO

Leia mais

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA.

REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. REGULAMENTO A CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES AOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DO PLANO BENEFÍCIO PREV-RENDA. Índice Capítulo I Da Carteira de Empréstimo Simples... 3 Capítulo II Dos Recursos

Leia mais

CONTRATO DE ANTECIPAÇÃO DE FÉRIAS (Ref.5/FEVEREIRO/15) Classificação de Associado:

CONTRATO DE ANTECIPAÇÃO DE FÉRIAS (Ref.5/FEVEREIRO/15) Classificação de Associado: CONTRATO Nº: PERCENTUAL DE CAPITALIZAÇÃO % CONTRATO DE ANTECIPAÇÃO DE FÉRIAS (Ref.5/FEVEREIRO/15) Débito em Folha de Pagto. Classificação de Associado: Recebimento do salário na C/C na Cooperativa R e

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

E, matrícula, inscrito no CPF sob o n.º doravante denominado MUTUÁRIO.

E, matrícula, inscrito no CPF sob o n.º doravante denominado MUTUÁRIO. CONTRATO DE MÚTUO, EMPRÉSTIMO FUNCEF NA MODALIDADE DE NOVO CREDINÂMICO FUNCEF VARIÁVEL QUE ENTRE SI FAZEM AS PARTES ABAIXO IDENTIFICADAS, NAS CONDIÇÕES QUE SE SEGUEM: SÃO PARTES DESTE CONTRATO: A FUNDAÇÃO

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL RENOVADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041 São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

TERMO DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA Nº

TERMO DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA Nº TERMO DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA Nº A assinatura deste TERMO DE CONTRATAÇÃO representa concordância aos termos do CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE COMUNI- CAÇÃO MULTIMÍDIA (SCM), registrado

Leia mais

1) PARTES CONTRATANTES

1) PARTES CONTRATANTES CNPJ 61.198.164/0001-60 1) PARTES CONTRATANTES CONTRATO DE CONTRA GARANTIA CONDIÇÕES CONTRATUAIS GERAIS PORTO SEGURO CIA DE SEGUROS GERAIS, inscrita no CNPJ sob o n.º 61.198.164/0001-60, com sede na Cidade

Leia mais

A sistemática dos financiamentos sujeitos à TJ-462 será a mesma vigente para a TJLP, inclusive no que se refere à:

A sistemática dos financiamentos sujeitos à TJ-462 será a mesma vigente para a TJLP, inclusive no que se refere à: Capítulo II CONDIÇÕES GERAIS 1. SISTEMÁTICA DE CÁLCULO DOS JUROS. Os juros, aí considerados o Custo Financeiro, a Remuneração do BNDES e a Remuneração do Agente Financeiro, serão calculados sobre o saldo

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS * Rio de Janeiro * MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO ALUNO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS * Rio de Janeiro * MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO ALUNO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS * Rio de Janeiro * MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO ALUNO NOME: IDENTIDADE: ORGAO EMISSOR: DATA DE EMISSÃO: CPF: DATA DE NASCIMENTO: UF : CELULAR: E-MAIL:

Leia mais

CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E,

CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E, CONTRATO PARA UTILIZAÇÃO DE CARTÃO CLUBE DEMAIS ALIMENTAÇÃO, QUE ENTRE SI CELEBRAM: SUPERMERCADOS DB LTDA E, NAS MODALIDAES PAT- PROGRAMA DE ALIMENTAÇÃO DOS TRABALHADORES E/OU PRÊMIO - PREMIAÇÃO E INCENTIVO

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO SANTANDER PARCELADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitscheck, 2041, São Paulo/SP, inscrito no CNPJ/MF

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DA RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA (Ref. 03/FEVEREIRO/2015) Classificação de Associado:

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DA RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA (Ref. 03/FEVEREIRO/2015) Classificação de Associado: CONTRATO Nº: PERCENTUAL DE CAPITALIZAÇÃO % CONTRATO DE EMPRÉSTIMO ANTECIPAÇÃO DA RESTITUIÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA (Ref. 03/FEVEREIRO/2015) Débito em Folha de Pagto. Classificação de Associado: Recebimento

Leia mais

ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF: Data de Nascimento: / /. CEP: Cidade: UF: Curso:

ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF: Data de Nascimento: / /. CEP: Cidade: UF: Curso: Pelo presente instrumento particular, o ALUNO e, se for o caso, seu RESPONSÁVEL FINANCEIRO, em conjunto denominados CONTRATANTE, ALUNO Nome: Identidade: Órgão Emissor: UF: Data de Expedição: / /. CPF:

Leia mais

FICHA CADASTRAL - PROPOSTA DE ABERTURA DE CONTA ADESÃO AO CARTÃO GIRO CERTO - PESSOA FÍSICA

FICHA CADASTRAL - PROPOSTA DE ABERTURA DE CONTA ADESÃO AO CARTÃO GIRO CERTO - PESSOA FÍSICA FICHA CADASTRAL - PROPOSTA DE ABERTURA DE CONTA ADESÃO AO CARTÃO GIRO CERTO - PESSOA FÍSICA Código de Venda: Nº Cadastro Cliente: Cliente: Agência: Conta: Inicial Renovação 001 DADOS PESSOAIS Nome Completo:

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES DE ABERTURA DE CONTA DE DEPÓSITOS PESSOA JURÍDICA

CLÁUSULAS E CONDIÇÕES DE ABERTURA DE CONTA DE DEPÓSITOS PESSOA JURÍDICA CLÁUSULAS E CONDIÇÕES DE ABERTURA DE CONTA DE DEPÓSITOS PESSOA JURÍDICA BANCO DAYCOVAL S/A, com sede em São Paulo/SP, na Avenida Paulista nº 1.793, inscrito no CNPJ sob nº 62.232.889/0001-90, doravante

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL

CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL CLÁUSULAS E CONDIÇOES DO CRÉDITO PESSOAL FLEXÍVEL Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041, São Paulo/SP, inscrito no

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL. Empresa: Matrícula: Telefone: ( ) Renegociação? ( ) NÃO ( ) SIM Novo Contrato:

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL. Empresa: Matrícula: Telefone: ( ) Renegociação? ( ) NÃO ( ) SIM Novo Contrato: CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL Nome do Participante/Assistido: Empresa: Matrícula: Telefone: ( ) Valor do Empréstimo: Quantidade de Prestações: Renegociação? ( ) NÃO ( ) SIM Novo Contrato: Valor liquido

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 105/PGM/2011 - PROCESSO Nº 06.3467-00/2011

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 105/PGM/2011 - PROCESSO Nº 06.3467-00/2011 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA - SEMFAZ, DE UM LADO, E DO OUTRO O BANCO DO BRASIL S.A., PARA OS FINS QUE ESPECIFICAM. Aos vinte

Leia mais

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO

CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO CLÁUSULAS E CONDIÇOES CRÉDITO PESSOAL PREVENTIVO E CRÉDITO PESSOAL GERENCIADO Por este instrumento e na melhor forma de direito, o BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A, com sede na Av. Juscelino Kubitschek, 2041,

Leia mais

Art. 2 o Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. Reitoria da Universidade Estadual de Ponta Grossa.

Art. 2 o Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação. Reitoria da Universidade Estadual de Ponta Grossa. RESOLUÇÃO CA N o 220 DE 9 DE JUNHO DE 2014. Aprova a assinatura do Convênio a ser celebrado entre a Universidade Estadual de Ponta Grossa e a Barigui S/A- Crédito, Financiamento e Investimentos. O CONSELHO

Leia mais

2.3.3 Vencimento das parcelas. X2 2.4 Taxa de juros remuneratórios 2.5 IOF (R$) 2.6 Tarifa de 2.4.1 Ao mês 2.4.2 Ao ano 2.4.

2.3.3 Vencimento das parcelas. X2 2.4 Taxa de juros remuneratórios 2.5 IOF (R$) 2.6 Tarifa de 2.4.1 Ao mês 2.4.2 Ao ano 2.4. Saldo Parcelado Itaú Aditamento a Cédula de Crédito Bancário/Contrato - Abertura de crédito em conta corrente e financiamento de encargos Nr. XXXXXXXX10 Cliente XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX30 E os co-emitentes,

Leia mais

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO

REGULAMENTO DA CARTEIRA DE EMPRÉSTIMO BÁSICO Rev. 01 Data: 21/05/2014 Página 1 de 8 CAPÍTULO I DEFINIÇÕES Art. 1º - Para fins de aplicação deste Regulamento, o masculino incluirá o feminino e o singular incluirá o plural, a menos que o contexto indique

Leia mais

CIRCULAR Nº 110 1. DA MODALIDADE E ENCARGOS FINANCEIROS DO EMPRÉSTIMO

CIRCULAR Nº 110 1. DA MODALIDADE E ENCARGOS FINANCEIROS DO EMPRÉSTIMO CIRCULAR Nº 110 Regulamenta a Concessão e Manutenção de Empréstimos a Participantes e Assistidos da Fundação Banestes de Seguridade Social BANESES. 1. DA MODALIDADE E ENCARGOS FINANCEIROS DO EMPRÉSTIMO

Leia mais