Utilize-se das informações acima e de seus conhecimentos sobre esse assunto e assinale a melhor resposta a ser fornecida pelo ginecologista:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Utilize-se das informações acima e de seus conhecimentos sobre esse assunto e assinale a melhor resposta a ser fornecida pelo ginecologista:"

Transcrição

1 Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 A questão da fertilização é muito discutida hoje na mídia, principalmente em programas que visam a informação para leigos interessados em processos de fertilização assistida. Em um desses programas, um ginecologista apresentava uma explicação sobre o processo de fertilizaçãoin vitro e uma telespectadora quis saber a sequência de acontecimentos que ocorrem fora da mulher nesse processo e a partir de qual etapa o embrião é inserido no útero da mulher assistida. O ginecologista já tinha apresentado a seguinte explicação sobre fecundação: A fecundação ou fertilização é a fusão de um óvulo (n) e um espermatozoide (n) originando um ovo ou zigoto (2n). A partir da fecundação, o ovo ou zigoto inicia uma série de divisões mitóticas sucessivas enquanto se movimenta em direção ao útero; local onde ocorrerá a nidação do embrião. Utilize-se das informações acima e de seus conhecimentos sobre esse assunto e assinale a melhor resposta a ser fornecida pelo ginecologista: A. ( ) Após a fusão dos pró-núcleos, masculino e feminino, em um recipiente adequado no laboratório, o ovo ou zigoto sofre inúmeras divisões mitóticas que resultam na formação da mórula que será implantada no útero da mulher assistida, onde sofre nidação. B. ( ) Após a fusão dos pró-núcleos, masculino e feminino, em um recipiente adequado no laboratório, o ovo ou zigoto sofre inúmeras divisões mitóticas que resultam na formação da mórula e logo após da blástula, que será implantada no útero da mulher assistida, onde sofre nidação. C. ( ) O ovo ou zigoto é mantido em congelamento e no dia previsto é inserido no útero da mulher assistida, onde alcança a parede uterina e sofre nidação iniciando o desenvolvimento, formando a mórula e depois a blástula. D. ( ) Após a fusão dos pró-núcleos, masculino e feminino, em um recipiente adequado no laboratório, o ovo ou zigoto sofre inúmeras divisões mitóticas que resultam na formação da blástula que será implantada no útero da mulher assistida, onde sofre nidação.

2 Questão 2 (Uel 2003) No gráfico a seguir observa-se a relação entre a atividade enzimática de uma organela presente nas células da cauda dos girinos e a variação no comprimento relativo da cauda desses animais durante o seu desenvolvimento. Sobre a redução da cauda desses girinos, analise as seguintes afirmativas: I. A atividade das enzimas é máxima no início da regressão da cauda desses anfíbios. II. A regressão no tamanho da cauda dos girinos ocorre por ação de enzimas digestivas, conhecidas como hidrolases. III. As enzimas que atuam na digestão da cauda dos girinos foram sintetizadas no interior do retículo endoplasmático rugoso. IV. A ausência de lisossomos nas células da cauda dos girinos, no início do seu desenvolvimento, impediria a diminuição no tamanho da cauda desses anfíbios. Das afirmativas acima, são corretas:

3 A. ( ) Apenas I e III B. ( ) Apenas II e IV C. ( ) Apenas I e IV. D. ( ) Apenas I, II, e III. E. ( ) Apenas II, III e IV. Questão 3 (Unesp 2000) Sobre a placenta, é correto afirmar que: A. ( ) é um órgão presente em todos os mamíferos e se forma após a nidação do ovo no útero. B. ( ) funciona como rins, pulmões, fígado, intestino e glândula endócrina, todos combinados como se fossem um só órgão. C. ( ) comunica-se com o embrião através do cordão umbilical, no qual existem artérias que conduzem sangue arterial da mãe ao feto. D. ( ) comunica-se com o embrião através do cordão umbilical, no qual existem veias que conduzem sangue venoso do feto à placenta. E. ( ) pelas suas inúmeras funções, dispensa a presença da membrana amniótica, do cório, do saco vitelínico e do alantoide, quando o feto atinge as últimas semanas de vida intra-uterina. Questão 4 (Puccamp 2000) Um determinado remédio apresenta a seguinte frase em sua bula: "Consulte seu médico antes de tomar este medicamento durante a gravidez."

4 Se o médico desaconselha o medicamento nos primeiros três meses da gravidez, o seu princípio ativo provavelmente pode afetar A. ( ) as trocas gasosas entre o embrião e a mãe. B. ( ) a liberação de excretas pelo embrião. C. ( ) a organogênese do embrião. D. ( ) o crescimento do embrião. E. ( ) o consumo de oxigênio pelo embrião. Questão 5 (Ufscar 2002) A epiderme e a derme derivam, respectivamente, da A. ( ) endoderma e ectoderma. B. ( ) mesoderma e ectoderma. C. ( ) endoderma e mesoderma. D. ( ) ectoderma e mesoderma. E. ( ) ectoderma e endoderma. Questão 6 (Unesp 2002) Um dos caminhos escolhidos pelos cientistas que trabalham com clonagens é desenvolver em humanos a clonagem terapêutica, principalmente para a obtenção de células-tronco, que são células indiferenciadas que podem dar origem a qualquer tipo de tecido. Quanto a este aspecto, as células-tronco podem ser comparadas às células dos embriões, enquanto estas se encontram na fase de A. ( ) mórula.

5 B. ( ) gástrula. C. ( ) nêurula. D. ( ) formação do celoma. E. ( ) formação da notocorda. Questão 7 (Puccamp 2001) Um pesquisador ao examinar ovos em desenvolvimento observou que apresentavam as seguintes características: - grande quantidade de vitelo - clivagem parcial discoidal - presença de âmnio, alantoide e cório - somitos mesodérmicos - tubo neural dorsal De acordo com esses dados, conclui-se que os ovos A. ( ) não eram de aves. B. ( ) não eram de répteis. C. ( ) eram de anfíbios ou de répteis. D. ( ) eram de anfíbios ou de aves. E. ( ) eram de répteis ou de aves. Questão 8 (Pucpr 2001) Associe a segunda coluna de acordo com a primeira:

6 Fases de desenvolvimento: 1) Fertilização 2) Gástrula 3) Blástula 4) Segmentação 5) Nêurula Características: ( ) Fase caracterizada pela formação do tubo neural. ( ) Fase em que o ovo se divide, sucessivamente, até as células atingirem as dimensões normais da espécie. ( ) Fase durante a qual os gametas se unem. ( ) Fase durante a qual um grupo de células envolve uma pequena cavidade central. ( ) Fase na qual se origina o intestino primitivo. Assinale a sequência correta: A. ( ) B. ( ) C. ( ) D. ( ) E. ( ) Questão 9

7 (Ufu 2001) Baseando-se na embriologia do Anfioxo, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta das fases. A. ( ) Mórula - Gástrula - Blástula - Nêurula. B. ( ) Mórula - Blástula - Gástrula - Nêurula. C. ( ) Blástula - Mórula - Nêurula - Gástrula. D. ( ) Blástula - Nêurula - Mórula - Gástrula. Questão 10 (Ufrs 2000) Os folhetos embrionários, através de processos de desenvolvimento e diferenciação, darão origem a diferentes estruturas nos indivíduos adultos. Considere as afirmações abaixo relacionadas ao desenvolvimento embriológico. I - A ectoderme origina a medula espinhal. II - A mesoderme origina o tecido muscular e ósseo. III - A endoderme origina o tecido urogenital. Quais estão corretas? A. ( ) Apenas I. B. ( ) Apenas I e II. C. ( ) Apenas I e III. D. ( ) Apenas II e III. E. ( ) I, II e III.

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre

Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Biologia Professor Vianna 2ª série / 1º trimestre Módulo 1 EMBRIOLOGIA 1 Atualmente já existem protocolos de pesquisa utilizando células-tronco embrionárias na busca de tratamento para várias doenças humanas,

Leia mais

Embriologia: É a parte da Biologia que estuda as transformações que se tem no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento.

Embriologia: É a parte da Biologia que estuda as transformações que se tem no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento. Embriologia Embriologia: É a parte da Biologia que estuda as transformações que se tem no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento. Fecundação Mitoses sucessivas; Crescimento celular: Zigoto:

Leia mais

a) multiplicação de células, através de mitoses sucessivas.

a) multiplicação de células, através de mitoses sucessivas. Embbr ri iiool llooggi iiaa Huumaannaa... 1 Introdução... 1 Gastrulação... 1 Tipos de óvulos (ovos): classificação e ocorrência.... 2 Tipos de clivagem:... 2 Fases do Desenvolvimento... 3 Destino dos Folhetos

Leia mais

Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia de reserva nutritiva chamada vitelo, de acordo com a quantidade e a distribuição do vitelo, os

Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia de reserva nutritiva chamada vitelo, de acordo com a quantidade e a distribuição do vitelo, os Embriologia Embriologia é a parte da Biologia que estuda as transformações que se processa no embrião, desde a formação da célula-ovo até o nascimento. Tipos de óvulos: os óvulos possuem uma substancia

Leia mais

Professor: Fernando Stuchi

Professor: Fernando Stuchi Professor: Fernando Stuchi Reprodução Sexuada Ação de células especiais chamadas de gametas, que possuem em seu núcleo metade do material genético de uma célula normal do indivíduo; Com a união dos gametas

Leia mais

Resoluções de Exercícios

Resoluções de Exercícios Resoluções de Exercícios BIOLOGIA IV 01 Embriologia Humana A espermatogônia é uma célula diploide (2n) e o espermatócito II é uma célula haploide (n), portanto, a espermatogônia terá o dobro do número

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia - Embriologia

Exercícios de Aprofundamento Biologia - Embriologia 1. (Fgv 2015) A figura ilustra os vasos sanguíneos maternos e fetais na região da placenta, responsável pela troca dos gases respiratórios oxigênio e dióxido de carbono. Como a circulação e a ventilação

Leia mais

DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho

DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Colégio Cenecista Dr. José Ferreira Profª Glenda Carvalho E assim, começa uma nova vida... Os tipos de desenvolvimento embrionário Vivíparos Ovovivíparos Ovíparos Ovulíparos

Leia mais

Exercícios de Biologia Tipos de Ovos e Segmentação

Exercícios de Biologia Tipos de Ovos e Segmentação Exercícios de Biologia Tipos de Ovos e Segmentação TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufsc) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a soma dos itens corretos. 1. A figura a seguir representa a estrutura

Leia mais

Segmentação ou clivagem; Gastrulação; Organogênese.

Segmentação ou clivagem; Gastrulação; Organogênese. A embriologia é o estudo do crescimento e da diferenciação sofridos por um organismo no curso de seu desenvolvimento, desde o estágio de ovo até o de um ser altamente complexo, de vida independente e semelhante

Leia mais

1. (Ufg 2014) Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária.

1. (Ufg 2014) Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária. 1. (Ufg 2014) Analise a figura a seguir que representa a gástrula, uma estrutura embrionária. Considerando a figura: a) denomine os folhetos embrionários primordiais X, Y e Z, respectivamente, e identifique

Leia mais

Questões de Embriologia 01

Questões de Embriologia 01 Questões de Embriologia 01 1) (F. M. Catanduva-SP) Assinale a afirmativa incorreta. a) A notocorda está ausente no embrião dos crustáceos. b) Ovos pobres em vitelo são característicos exclusivamente de

Leia mais

1. Os óvulos de aves e répteis, por possuírem grande quantidade vitelo no pólo vegetativo, denominam-se:

1. Os óvulos de aves e répteis, por possuírem grande quantidade vitelo no pólo vegetativo, denominam-se: 1. Os óvulos de aves e répteis, por possuírem grande quantidade vitelo no pólo vegetativo, denominam-se: a) oligolécitos b) heterolécitos c) mediolécitos d) telolécitos e) centrolécitos 2. O esquema abaixo

Leia mais

GAMETOGÊNESE. especializadas chamadas de GAMETAS. As células responsáveis pela formação desses gametas são chamadas de GÔNIAS

GAMETOGÊNESE. especializadas chamadas de GAMETAS. As células responsáveis pela formação desses gametas são chamadas de GÔNIAS Embriologia GAMETOGÊNESE É o processo de formação e desenvolvimento de células especializadas chamadas de GAMETAS As células responsáveis pela formação desses gametas são chamadas de GÔNIAS Espermatogônias

Leia mais

Está(ao) correta(s): a) a afirmação III. b) a afirmação II. c) as afirmações I e III. d) as afirmações II e III.

Está(ao) correta(s): a) a afirmação III. b) a afirmação II. c) as afirmações I e III. d) as afirmações II e III. 1. (Udesc 2014) O desenvolvimento embrionário é diversificado entre os diferentes grupos animais, e ocorre, de maneira geral, em três fases consecutivas. Assinale a alternativa correta quanto ao desenvolvimento

Leia mais

ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: UltiResumos - Biologia

ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: UltiResumos - Biologia ULTI RESUMOS BIOLOGIA ULTIRESUMOS.COM.BR - TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO: - FROUXO Finalidade: - DENSO + Unir os espaços localizados entre a pele e os órgãos + Apoio aos epitélios + Formam camadas

Leia mais

09. GAMETOGÊNESE CICLO MENSTRUAL EMBRIOLOGIA

09. GAMETOGÊNESE CICLO MENSTRUAL EMBRIOLOGIA 09. GAMETOGÊNESE CICLO MENSTRUAL EMBRIOLOGIA QUESTÃO - 102 A perpetuação da vida em nosso planeta deve-se à característica mais típica dos seres vivos: sua capacidade de se reproduzir. Sobre os mecanismos

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 41 EMBRIOLOGIA: FECUNDAÇÃO

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 41 EMBRIOLOGIA: FECUNDAÇÃO BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 41 EMBRIOLOGIA: FECUNDAÇÃO Membrana que impede a penetração de outros espermatozóides Fusão das membranas plasmáticas do óvulo e do espermatozóide Núcleo do espermatozóide no

Leia mais

- pouco vitelo distribuído uniformemente nos polos vegetativo e animal; - clivagens do tipo holoblásticas iguais.

- pouco vitelo distribuído uniformemente nos polos vegetativo e animal; - clivagens do tipo holoblásticas iguais. 1. (Unifor 2014) Imagine que você é um cientista! Ao chegar a um laboratório de embriologia, verificou que havia um material a ser identificado no microscópio. O material tratava-se de um zigoto (ou ovo)

Leia mais

UNOCHAPECÓ Disciplina: Genética e Embriologia Professora: Ana Cristina Confortin 2014/01 1) Introdução A Embriologia, é a parte da Biologia que estuda a formação e o desenvolvimento do embrião. Didaticamente

Leia mais

UPGRADE BIOLOGIA 2. Aula 1: Noções de embriologia e células-tronco. Prof. Diego Ceolin

UPGRADE BIOLOGIA 2. Aula 1: Noções de embriologia e células-tronco. Prof. Diego Ceolin UPGRADE BIOLOGIA 2 Aula 1: Noções de embriologia e células-tronco Prof. Diego Ceolin Desenvolvimento Embrionário Animal Divisões Divisões Cavidade (blastocele) celulares celulares Ovo Gastrulação Mórula

Leia mais

Lê com atenção e reflecte antes de responder. Boa sorte!

Lê com atenção e reflecte antes de responder. Boa sorte! Agrupameo de Escolas de Casquilh Escola Secundária de Casquilh 2º Teste Sumativo (90 minut) DISCIPLINA DE BIOLOGIA 12ºano Turmas A e B TEMA: Reprodução Humana e Engenharia Genética Dezembro 2013 Professora

Leia mais

Reprodução e Embriologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA

Reprodução e Embriologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Reprodução e Embriologia. Leonardo Rodrigues EEEFM GRAÇA ARANHA Ciclo Menstrual Menstruação - fluxo de sangue e restos de mucosa uterina periodicamente eliminados pela vagina. Ciclo Menstrual Menstruação

Leia mais

Segmentação Gastrulação Organogênese

Segmentação Gastrulação Organogênese APOSTILA DE EMBRIOLOGIA Prof. Cristiano Nogueira A embriologia é o estudo do desenvolvimento embrionário, que se inicia com a fecundação e se caracteriza não só por uma rápida seqüência de divisões celulares

Leia mais

ENEM. E correto apenas o que se afirma em a) I. b) II. c) III. d) I e II. e) II e III.

ENEM. E correto apenas o que se afirma em a) I. b) II. c) III. d) I e II. e) II e III. 01. (ENEM) No primeiro semestre de 2006, o Movimento Global pela Criança, em parceria com o UNICEF, divulgou o relatório Salvando vidas: o direito das crianças ao tratamento de HIV e AIDS. Nesse relatório,

Leia mais

9/11/2010. Prof. MSc. Weverson Pires. wlp_cell@yahoo.com.br pirescell@gmail.com. 3 meses - O sexo já pode ser identificado externamente;

9/11/2010. Prof. MSc. Weverson Pires. wlp_cell@yahoo.com.br pirescell@gmail.com. 3 meses - O sexo já pode ser identificado externamente; Desenvolvimento Humano Prof. MSc. Weverson Pires wlp_cell@yahoo.com.br pirescell@gmail.com Eventos Importantes do Desenvolvimento do Embrião Humano. 24 horas - Primeira divisão do zigoto, com formação

Leia mais

Fecundação, desenvolvimento embrionário e gestação. Isabel Dias CEI Biologia 12

Fecundação, desenvolvimento embrionário e gestação. Isabel Dias CEI Biologia 12 Fecundação, desenvolvimento embrionário e gestação Formação de um novo ser encontro do oócito II com espermatozóides Fecundação formação de um ovo desenvolvimento contínuo e dinâmico, com a duração em

Leia mais

EMBRIOLOGIA. Prof. Kauê Costa 2014

EMBRIOLOGIA. Prof. Kauê Costa 2014 EMBRIOLOGIA Prof. Kauê Costa kaue.costa@ymail.com 2014 Zigoto Ocorre variação na reserva nutricional (vitelo) dos zigotos de diferentes seres vivos. Clivagem É o nome que se dá à divisão, por mitose, do

Leia mais

e) O indivíduo X é o esporófito proveniente da multiplicação celular mitótica.

e) O indivíduo X é o esporófito proveniente da multiplicação celular mitótica. Aula n ọ 05 01. A meiose é um processo de divisão celular que ocorre na natureza e que visa à produção de esporos ou gametas. Esta divisão celular produz células-filhas com a metade dos cromossomos da

Leia mais

TECIDO NERVOSO. Prof. Esp. André Luís Souza Stella

TECIDO NERVOSO. Prof. Esp. André Luís Souza Stella TECIDO NERVOSO Prof. Esp. André Luís Souza Stella TECIDO NERVOSO Tecido de origem ectodérmica sendo caracterizado pela propriedade de reação a estímulos ambientais; Estes estímulos são percebidas pelo

Leia mais

Exercícios Propostos Células - tronco Professor Fernando

Exercícios Propostos Células - tronco Professor Fernando Exercícios Propostos Células - tronco Professor Fernando 1. (Fuvest) Células-tronco são células indiferenciadas que têm a capacidade de se diferenciar em diversos tipos celulares. Para que ocorra tal diferenciação,

Leia mais

CÉLULA - TRONCO. São células com capacidade de autorenovação,eficiente

CÉLULA - TRONCO. São células com capacidade de autorenovação,eficiente CÉLULA - TRONCO São células com capacidade de autorenovação,eficiente proliferação, gerando células-filhas com as mesmas características fenotípicas da célula precursora e, ainda, com habilidade de gerar

Leia mais

A FORMAÇÃO DO EMBRIÃO

A FORMAÇÃO DO EMBRIÃO A FORMAÇÃO DO EMBRIÃO A SEGMENTAÇÃO DO OVO Após a fecundação, a célula-ovo ou zigoto entra logo em segmentação ou clivagem e começa a formar os blastômeros (células embrionárias indiferenciadas). Inicialmente,

Leia mais

EMBRIOLOGIA. Prof. Leonardo F. Stahnke. Embriologia (Ontogênese)

EMBRIOLOGIA. Prof. Leonardo F. Stahnke. Embriologia (Ontogênese) EMBRIOLOGIA Prof. Leonardo F. Stahnke Embriologia (Ontogênese) São os processos de transformação que ocorrem no zigoto após a fecundação e que levam à formação de um indivíduo. 1 Embriologia (Ontogênese)

Leia mais

Outubro 2013 VERSÂO 1. 1. Observe a figura a lado que representa o sistema reprodutor masculino.

Outubro 2013 VERSÂO 1. 1. Observe a figura a lado que representa o sistema reprodutor masculino. BIOLOGIA 1 12º A Outubro 2013 VERSÂO 1 1. Observe a figura a lado que representa o sistema reprodutor masculino. Figura 1 1.1. Complete a legenda da figura 1. 1.2. Identifique a estrutura onde ocorre a

Leia mais

Biologia 12ºA Outubro 2013

Biologia 12ºA Outubro 2013 Biologia 12ºA Outubro 2013 1 VERSÂO 2 1. Observe a figura a lado que representa o sistema reprodutor masculino. Figura 1 1.1. Complete a legenda da figura. 1.2. Identifique a estrutura onde ocorre a maturação

Leia mais

Unidade I - Embriologia Geral

Unidade I - Embriologia Geral Unidade I - Embriologia Geral 1.1 - Noções de aparelho reprodutivo e ciclo estral; 1.2 - Fertilização, formação do disco embrionário; 1.3 - Tipos de implantação; 1.4 - Desenvolvimento embrionário; 1.5

Leia mais

Questões sobre Embriologia - Professor Fernando

Questões sobre Embriologia - Professor Fernando Questões sobre Embriologia - Professor Fernando 1. (Pucrj) O desenvolvimento embrionário pode ser usado para organizar os filos animais de acordo com as diferentes sequências de estágios e graus de complexidade

Leia mais

REPRODUÇÃO. Prof. Edgard Manfrim - Biologia

REPRODUÇÃO. Prof. Edgard Manfrim - Biologia REPRODUÇÃO Prof. Edgard Manfrim - Biologia REPRODUÇÃO ASSEXUADA BROTAMENTO OU GEMIPARIDADE ESPONGIÁRIO E CELENTERADO ESTROBILIZAÇÃO MEDUSAS REGENERAÇÃO PLANÁRIAS Prof. Edgard Manfrim - Biologia Prof. Edgard

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO GABARITO DISCIPLINA: QUÍ. II/ BIO. II COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João do Tauape/Fone/Fax: 3272-1295

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS EMBRIOLOGIA

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS EMBRIOLOGIA UFRGS EMBRIOLOGIA 1. (Ufrgs 2012) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem. Em mamíferos, o... e as células trofoblásticas interagem com

Leia mais

Classificação: valores

Classificação: valores ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS BARREIRO 1º Teste Sumativo DISCIPLINA DE BIOLOGIA 12ºano Turma A TEMA : Reprodução Humana 20 de Outubro de 2011 90 minutos Nome: Nº Classificação: valores A professora:

Leia mais

Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando

Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando Exercícios Propostos Clonagem Professor Fernando 1. (Fuvest) Uma maneira de se obter um clone de ovelha é transferir o núcleo de uma célula somática de uma ovelha adulta A para um óvulo de uma outra ovelha

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA EMENTA

PROGRAMA DA DISCIPLINA EMENTA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Enfermagem Disciplina: Embriologia Humana Carga Horária: 45 h Teórica: 30 h Prática: 15 h Semestre: 2013.1 Professores: Albuquerque da Silva Obrigatória:

Leia mais

01) (UFRRJ/2003) Os óvulos apresentam diferentes quantidades e distribuição do vitelo ou deutoplasma (substância de reserva).

01) (UFRRJ/2003) Os óvulos apresentam diferentes quantidades e distribuição do vitelo ou deutoplasma (substância de reserva). 01) (UFRRJ/2003) Os óvulos apresentam diferentes quantidades e distribuição do vitelo ou deutoplasma (substância de reserva). Considerando-se o vitelo das aves, podemos afirmar que, ao longo do desenvolvimento

Leia mais

Gametogênese e Embriologia

Gametogênese e Embriologia Material de apoio para Aula ao Vivo 1. (Fuvest) Um pesquisador fez o seguinte desenho de uma célula observada ao microscópio óptico. Pode tratar-se de uma célula de a) ovário. b) sangue. c) linfa. d) medula

Leia mais

EMBRIOLOGIA. Prof. André Maia. Conceito. 1. Ovos Isolécitos

EMBRIOLOGIA. Prof. André Maia. Conceito. 1. Ovos Isolécitos EMBRIOLOGIA Prof. André Maia Conceito É a parte da Biologia que estuda os processos através dos quais se forma o embrião, a partir da célula ovo ou zigoto (embriogênese). Períodos de desenvolvimento Clivagem

Leia mais

Embriologia de Mamíferos

Embriologia de Mamíferos Embriologia de Mamíferos Profa. Nilza Cristina Buttow Curso pós-graduação: Anatomia e Histologia: Métodos de ensino e pesquisa Embriologia Para tornar se um embrião, você tem que construir-se se a partir

Leia mais

EXERCÍCIOS DE VESTIBULAR www.planetabio.com. Assunto: Embriologia

EXERCÍCIOS DE VESTIBULAR www.planetabio.com. Assunto: Embriologia 1- (UFMG) No Brasil, travaram-se, recentemente, intensos debates a respeito das pesquisas que envolvem o uso de células-tronco para fins terapêuticos e da legislação que regulamenta esse uso. Assinale,

Leia mais

Triblásticos Celomados

Triblásticos Celomados Biologia Móds. 19/20 Setor 1403 Os Cordados Prof. Rafa Características: Triblásticos Celomados ectoderme intestino mesoderme celoma cavidade corporal na mesoderme endoderme Características: Deuterostômios:

Leia mais

Exercícios de Embriogênese e Anexos

Exercícios de Embriogênese e Anexos Exercícios de Embriogênese e Anexos Material de apoio do Extensivo 1. (VUNESP) Uma senhora deu à luz dois gêmeos de sexos diferentes. O marido, muito curioso, deseja saber informações sobre o desenvolvimento

Leia mais

Embriologia. Prof. César Lima

Embriologia. Prof. César Lima Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados apresentam muitos diferentes aspectos

Leia mais

REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Professor Heverton Alencar

REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO. Professor Heverton Alencar REPRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO EMBRIONÁRIO Professor Heverton Alencar Sistema reprodutor masculino Testículo - produção de espermatozoides e também a produção de testosterona (hormônio sexual masculino);

Leia mais

MEMBRANAS FETAIS. MEMBRANAS FETAIS (córion, âmnio, saco vitelino, alantóide) e PLACENTA - separam o feto do endométrio

MEMBRANAS FETAIS. MEMBRANAS FETAIS (córion, âmnio, saco vitelino, alantóide) e PLACENTA - separam o feto do endométrio MEMBRANAS FETAIS MEMBRANAS FETAIS (córion, âmnio, saco vitelino, alantóide) e PLACENTA - separam o feto do endométrio FUNÇÃO: Proteção,respiração, nutrição, excreção, produção de hormônios Local de trocas

Leia mais

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Anteriormente... Zigoto Mórula Blástula Gástrula Neurula Organogênese Anexos embrionários Gêmeos Dos

Leia mais

Placenta e Membranas Fetais. Prof. Daniela B. Hara

Placenta e Membranas Fetais. Prof. Daniela B. Hara Placenta e Membranas Fetais Prof. Daniela B. Hara 2009/2 Anexos embrionários no desenvolvimento humano Placenta e o cordão umbilical O córion O âmnio O saco vitelínico O alantóide Membranas fetais A parte

Leia mais

Tipos de Ovos ou. óvulos ou. ovócitos ou. gametas femininos. Onde Ficam?

Tipos de Ovos ou. óvulos ou. ovócitos ou. gametas femininos. Onde Ficam? Tipos de Ovos ou óvulos ou ovócitos ou gametas femininos Onde Ficam? Nos ovários ou gônadas (glândulas) das fêmeas. artropodes Total blastômeros Holoblástica ocorre em todo o ovo; Meroblástica ocorre em

Leia mais

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta.

1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos. a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. 12. Cordados 1. (UFMG) Todas as alternativas indicam características que podem aparecer nos vertebrados, exceto: a) coração dorsal com quatro cavidades circulação aberta. b) sistema excretor com néfrons

Leia mais

Aula 01: Reprodução Reprodução é a capacidade de uma espécie em gerar novos indivíduos da mesma espécie. Ela é uma característica de todo ser vivo.

Aula 01: Reprodução Reprodução é a capacidade de uma espécie em gerar novos indivíduos da mesma espécie. Ela é uma característica de todo ser vivo. Aula 01: Reprodução Reprodução é a capacidade de uma espécie em gerar novos indivíduos da mesma espécie. Ela é uma característica de todo ser vivo. A reprodução é fundamental para a manutenção da espécie,

Leia mais

ACERVO DIGITAL FASE II. Embriologia. I Anfíbios. Lâmina F Mórula da Rã

ACERVO DIGITAL FASE II. Embriologia. I Anfíbios. Lâmina F Mórula da Rã ACERVO DIGITAL FASE II Embriologia I Anfíbios Lâmina F2-01 1.Mórula da Rã de 40x: Observar os macrômeros (células maiores) e os micrômeros (células menores). Nesta fase ainda não há cavidade na figura

Leia mais

Embriogênese. Natália A. Paludetto

Embriogênese. Natália A. Paludetto Embriogênese Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese Após fusão dos núcleos durante a fecundação, formase uma célula ovo ou zigoto. Zigoto primeira célula de um novo ser vivo (2n).

Leia mais

Embriologia humana: primeira semana de desenvolvimento embrionário

Embriologia humana: primeira semana de desenvolvimento embrionário Embriologia humana: primeira semana de desenvolvimento embrionário Prof. Dr. Daniel F. P. Vasconcelos (Professor Adjunto de Histologia e Embriologia Colegiado de Biomedicina Campus de Parnaíba - UFPI )

Leia mais

Características Gerais dos Animais

Características Gerais dos Animais Características Gerais dos Animais 0 Reino Animalia ou Metazoa é formado por organismos pluricelulares; heterótrofos e eucariontes. No entanto, entre eles alguns não formam órgãos e portanto não apresentam

Leia mais

Curso de Capacitação em Biossegurança de OGMs Células-tronco Legislação de Biossegurança

Curso de Capacitação em Biossegurança de OGMs Células-tronco Legislação de Biossegurança Curso de Capacitação em Biossegurança de OGMs Células-tronco Legislação de Biossegurança Florianópolis, Agosto 2004 Células-tronco O que são células-tronco e o que podemos fazer com elas? Qual a relação

Leia mais

CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO

CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO Desenvolvimento animal Indirecto - Metamorfoses Directo Forma definitiva - ovo - fase embrionária - fase juvenil - fase adulta ou de maturidade Transformações no desenvolvimento

Leia mais

Exercícios sobre Células Tronco Fernando Biologia

Exercícios sobre Células Tronco Fernando Biologia Exercícios sobre Células Tronco Fernando Biologia 1. (Ufpb) A Biologia, com os estudos sobre célulastronco, proporciona grandes esperanças aos portadores de traumas com dano tecidual permanente. Resultados

Leia mais

02)(UFPEL-2007) O desenvolvimento embrionário dos vertebrados é dividido nas seguintes etapas: segmentação, gastrulação e organogênese.

02)(UFPEL-2007) O desenvolvimento embrionário dos vertebrados é dividido nas seguintes etapas: segmentação, gastrulação e organogênese. COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO REVISÃO DE EMBRIOLOGIA PROFESSOR NANNI (TERCEIRÃO 2012) 01)(UFPR-modificado) Os diferentes modos

Leia mais

Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Pré Universitário Uni-Anhanguera. Disciplina: Biologia

Lista de Exercícios. Aluno(a): Nº. Pré Universitário Uni-Anhanguera. Disciplina: Biologia Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Mário Neto Série: 3 Ano Disciplina: Biologia 1) (UFMG) Estes animais costumam estar presentes no dia-a-dia dos seres humanos:

Leia mais

BIOLOGIA COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA

BIOLOGIA COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA A prova aplicada pela UFPR 2012 apresentou boa distribuição das diferentes áreas do conhecimento biológico. As questões exigiram que o candidato apresentasse organização

Leia mais

ANEXOS EMBRIONÁRIOS EMBRIOLOGIA

ANEXOS EMBRIONÁRIOS EMBRIOLOGIA ANEXOS EMBRIONÁRIOS EMBRIOLOGIA Embriologia A embriologia é a parte da Biologia que estuda o desenvolvimento dos embriões animais. Há grandes variações, visto que os animais invertebrados e vertebrados

Leia mais

Tio Ton Ciências. Cap Gravidez e Parto

Tio Ton Ciências. Cap Gravidez e Parto Tio Ton Ciências Cap. 17 - Gravidez e Parto Reprodução É a capacidade de gerar descendentes, uma propriedade da vida que pode ser realizada de diferentes formas. Reprodução Assexuada Reprodução sexuada

Leia mais

Desenvolvimento é um processo de transformação, de uma simples célula (um ovo

Desenvolvimento é um processo de transformação, de uma simples célula (um ovo Nematódeo Planária Ascídia Sapo O nematódeo C. elegans tem apenas 959 células somáticas em seu corpo de 1mm de comprimento. Os cientistas mapearam o caminho que as células percorrem no desenvolvimento

Leia mais

MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA MATRIZ DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA 1. Introdução Os exames de equivalência à frequência incidem sobre a aprendizagem definida para o final do 2.º ciclo do ensino básico, de acordo com o currículo

Leia mais

Testes complementares Volume 3

Testes complementares Volume 3 Volume 3 Exercícios Matemática A Matemática B 06) 80% 08) 17 04) a) cos y = 3 5 b) sen2 x = 120 169 06) π 2 rd 07) D 08) 96 Matemática C 01) Obteve um prejuízo de R$20,00. 03) A 1ª pessoa deve receber

Leia mais

Introdução à Biologia. Profª Laís F. O.

Introdução à Biologia. Profª Laís F. O. Introdução à Biologia Profª Laís F. O. SERES VIVOS Organização celular Composição química Reprodução Metabolismo Hereditariedade Adaptação ao meio Variabilidade Excitabilidade... BIOLOGIA CITOLOGIA HISTOLOGIA

Leia mais

Colégio IMPULSO Prof.: Ramon Lamar BIOLOGIA - 1 EMBRIOLOGIA

Colégio IMPULSO Prof.: Ramon Lamar BIOLOGIA - 1 EMBRIOLOGIA Colégio IMPULSO Prof.: Ramon Lamar BIOLOGIA - 1 EMBRIOLOGIA No sentido restrito, a embriologia cuida apenas do desenvolvimento embrionário (ontogênese). No sentido amplo, a embriologia é o estudo das modificações

Leia mais

02 - (UFCG PB) O esquema abaixo representa as fases de fecundação, clivagem, e formação do bastocisto.

02 - (UFCG PB) O esquema abaixo representa as fases de fecundação, clivagem, e formação do bastocisto. COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 1º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor (a): Mirley Alves Vasconcelos 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA Roteiro de Estudos Questões Estudante: Turma: 101 Conteúdo: - Reprodução e

Leia mais

RÉPTEIS PROF. MARCELO MIRANDA

RÉPTEIS PROF. MARCELO MIRANDA RÉPTEIS Padrões evolutivos Surgimento dos amniotas Âmnio: membrana que envolve completamente o embrião e delimita uma cavidade cheia de líquido que protege contra choques mecânicos e evita o ressecamento

Leia mais

Homeopatia: Leis de Cura e a Embriologia

Homeopatia: Leis de Cura e a Embriologia 12 12 12 Homeopatia: Leis de Cura e a Embriologia Aplicação da embriologia para: Maurício T. A. Freire -Diferenciar uma cura ideal de outra não ideal na prática homeopática -Entender a Lei de Cura -Entender

Leia mais

Plano De Ensino. Disciplina:CITO, HISTO E EMBRIOL Hora/Aula: 60 Frequência: 4ª e 5ª Feira Professor Responsável: Jorge F. de Azevedo Curso: FARMÁCIA

Plano De Ensino. Disciplina:CITO, HISTO E EMBRIOL Hora/Aula: 60 Frequência: 4ª e 5ª Feira Professor Responsável: Jorge F. de Azevedo Curso: FARMÁCIA Disciplina:CITO, HISTO E EMBRIOL Hora/Aula: 60 Frequência: 4ª e 5ª Feira Ano/Semestre: 2014.1 Professor Responsável: Jorge F. de Azevedo Curso: FARMÁCIA EMENTA:Introdução ao estudo da citologia. Métodos

Leia mais

Transmissão da Vida... Fisiologia do aparelho reprodutor Ciclos Sexuais Gravidez e Parto

Transmissão da Vida... Fisiologia do aparelho reprodutor Ciclos Sexuais Gravidez e Parto Transmissão da Vida... Fisiologia do aparelho reprodutor Ciclos Sexuais Gravidez e Parto Transmissão da Vida... - Morfologia do Aparelho Reprodutor Feminino Útero Trompa de Falópio Colo do útero Vagina

Leia mais

Tópicos. Reação acrossômica. Implantação embrionária. Desenvolvimento embrionário. Fisiologia da gestação. Parto

Tópicos. Reação acrossômica. Implantação embrionária. Desenvolvimento embrionário. Fisiologia da gestação. Parto Tópicos Reação acrossômica Implantação embrionária Desenvolvimento embrionário Fisiologia da gestação Parto Reação acrossômica Fusão da membrana plasmática do espermatozóide com a membrana externa do acrossomo

Leia mais

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10:

BIOLOGIA IACI BELO. www.iaci.com.br. 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 10: BIOLOGIA IACI BELO www.iaci.com.br ASSUNTO: FISIOLOGIA Série: 2EM 01. Identifique, na figura, as partes indicadas pelos números: 1: 2: 3: 4 5: 6 7: 8 9: 10: 02. Explique por que o ventrículo esquerdo é

Leia mais

Embriogênese do Aparelho. as Adaptações. Profa. Dra. Maria Angélica Spadella Disciplina Embriologia Humana FAMEMA

Embriogênese do Aparelho. as Adaptações. Profa. Dra. Maria Angélica Spadella Disciplina Embriologia Humana FAMEMA Embriogênese do Aparelho Respiratório rio e sua relação com as Adaptações à Vida Pós-NatalP Profa. Dra. Maria Angélica Spadella Disciplina Embriologia Humana FAMEMA PERÍODOS DO DESENVOLVIMENTO HUMANO 1)

Leia mais

FECUNDAÇÃO FECUNDAÇÃO OU FERTILIZAÇÃO

FECUNDAÇÃO FECUNDAÇÃO OU FERTILIZAÇÃO FECUNDAÇÃO Prof. Dr. Wellerson Rodrigo Scarano Departamento de Morfologia 1 FECUNDAÇÃO OU FERTILIZAÇÃO Processo pelo qual o gameta masculino (espermatozóide) se une ao gameta feminino (ovócito) para formar

Leia mais

CICLO OVARIANO. Estas alterações estão sob influencia dos hormônios gonadotrópicos da hipófise anterior.

CICLO OVARIANO. Estas alterações estão sob influencia dos hormônios gonadotrópicos da hipófise anterior. CICLO OVARIANO Formado por várias alterações em um ovário, os quais se repetem a intervalos mensais Estas alterações estão sob influencia dos hormônios gonadotrópicos da hipófise anterior. Principais fases

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS

ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS ANO LETIVO 2013/2014 2º Ciclo 6º Ano CONTEÚDOS ANUAIS CONTEÚDOS CIÊNCIAS DA NATUREZA AULAS PREVISTAS 6.ºA 6.ºB 6.ºC 6.ºD 98 97 97 97 Tema 1 Processos vitais comuns aos seres vivos CONTEÚDOS ESPECÍFICOS

Leia mais

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 1º ANO DO ENSINO MÉDIO

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 1º ANO DO ENSINO MÉDIO COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 1º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor (a): Mirley Alves Vasconcelos 2ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA Roteiro de Estudos Questões e Respostas Estudante: Turma: 101 Conteúdo: -

Leia mais

EMBRIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO

EMBRIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO EMBRIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO M.Sc. Prof.ª Viviane Marques Fonoaudióloga, Neurofisiologista e Mestre em Fonoaudiologia Coordenadora da Pós-graduação em Fonoaudiologia Hospitalar Chefe da Equipe de Fonoaudiologia

Leia mais

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 46 ANEXOS EMBRIONÁRIOS

BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 46 ANEXOS EMBRIONÁRIOS BIOLOGIA - 1 o ANO MÓDULO 46 ANEXOS EMBRIONÁRIOS Como pode cair no enem? (PUC) O desenvolvimento embrionário nos vertebrados leva à formação, em determinado estágio, de certas estruturas que não

Leia mais

GABARITO PROVA A A B C D GABARITO PROVA B. Colégio Providência Avaliação por Área Prova A 3ª. Colégio Providência Avaliação por Área NOTA:

GABARITO PROVA A A B C D GABARITO PROVA B. Colégio Providência Avaliação por Área Prova A 3ª. Colégio Providência Avaliação por Área NOTA: Colégio Providência Avaliação por Área Colégio Providência Avaliação por Área Prova A 3ª S É R I E Ciências da Natureza e suas tecnologias: Física, Química, e Biologia Professores: Joani, Moisés e Laura

Leia mais