ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 GERÊNCIA SETORIAL 2 ARENAS MULTI-USOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 GERÊNCIA SETORIAL 2 ARENAS MULTI-USOS"

Transcrição

1 ÁREA DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS 2 GERÊNCIA SETORIAL 2 ARENAS MULTI-USOS Maio de

2 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO IMPORTÂNCIA DESENVOLVIMENTO FATORES DE VIABILIDADE Localização Zona de Influência Capacidade de Público Administração Programação de Eventos Fontes de Receita Instalações Custo Taxa de Retorno ARENAS NO MUNDO ARENAS NO BRASIL...14 ANEXO - DADOS DE ALGUMAS ARENAS

3 1. INTRODUÇÃO O setor de entretenimento e lazer tem sido apontado como uma das indústrias que vai apresentar maior crescimento nos próximos anos. Além de propiciar alternativas de diversão para a população local e de ser responsável pelo incremento do fluxo turístico, este setor tem se caracterizado como grande absorvedor de mão-deobra. As arenas multi-usos, como centros de lazer, vão se transformando, neste contexto, em importantes unidades para esta indústria. Este texto é o registro de informações básicas sobre arenas multi-usos. Estas informações poderão ser ampliadas a partir da publicação de estudos a serem realizados à medida que estas instalações se tornem mais difundidas e a partir da análise dos projetos. No que se refere, particularmente, à realização de eventos esportivos, formação de times e melhoria do desempenho esportivo brasileiro, sugere-se a consulta ao texto, Esportes no Brasil - Situação Atual e Propostas para Desenvolvimento. 2. DEFINIÇÃO Arenas multi-usos ou multi-propósitos são instalações, de diferentes portes como ginásios e estádios, onde se realizam eventos de diversas naturezas: espetáculos culturais como concertos, shows, peças de teatro, circo; apresentações esportivas, tanto individuais quanto coletivas; exposições comerciais, seminários, congressos; convenções partidárias; cultos e pregações religiosas; rodeios; motocross; luta livre. As arenas multi-usos incorporam, necessariamente, diversas tecnologias: recursos de iluminação; 3

4 recursos de sonorização; diferentes pisos que são trocados; cadeiras retráteis; coberturas que podem, em alguns casos, ser abertas; climatização do ambiente; instalações para transmissão de TV; telões. Podem ser apontadas, ainda, as seguintes características: possuem times que são considerados as âncoras das arenas; integram-se à vida da cidade, atuando como centro de lazer e possuem lojas, restaurantes e bares abertos também ao público externo; possuem cadeiras privativas, suites e camarotes com serviços de alimentação; algumas oferecem serviços de hospedagem, centros de convenções, anexos para eventos menores e restaurantes exclusivos. a capacidade de público é variável de acordo com o evento - basquete, beisebol ou concertos, entre outros; em alguns casos excepcionais, a própria arena principal pode ser dividida para realização de eventos simultâneos; funcionam de forma semelhante a um shopping center, embora sejam de operação mais complexa. Surgiram nos Estados Unidos onde havia violência nos ginásios e estádios, e transformaram o comparecimento aos eventos em um programa para todas as pessoas. A flexibilidade da arena é um aspecto importante. As grandes arenas (estádios) são menos múltiplas do que as pequenas arenas (ginásios). Eventos de grande porte como os mega-shows não são muito freqüentes. Assim, são mais restritas quanto à geração de receitas. Existem, no mundo, ginásios e estádios atualizados tecnologicamente que, no entanto, não podem ser considerados multi-usos por não disporem de muitas características descritas anteriormente. 3. IMPORTÂNCIA Permite a inserção das cidades no circuito dos eventos internacionais, trazendo os consequentes benefícios. Torna-se, por suas próprias instalações, uma importante atração turística da cidade. 4

5 Atraem investimentos, em sua área de influência, na construção de hotéis, restaurantes, etc. Torna-se importante instrumento para o lazer e entretenimento da população local. Permite a frequência de novo público aos eventos, público afastado em razão da falta de segurança e de conforto das unidades tradicionais. Cria muitos empregos diretos - cerca de e indiretos - em torno de pessoas por evento. Contribui para a boa condução e desenvolvimento dos esportes nos paises, trazendo conseqüentes vantagens para a população, principalmente no que se refere a: desenvolvimento de novos atletas; disseminação da prática dos esportes; programas de revitalização de centros de cidades como, por exemplo, a Nymex Manchester. 4. DESENVOLVIMENTO A partir da possibilidade de realização de alguns esportes em um mesmo local surgiram as quadras, ginásios e estádios polivalentes. Com a crescente utilização do mesmo espaço para realização de shows houve necessidade de incorporação de tecnologias de propiciassem esse uso. Os grandes ginásios e estádios esportivos, por não apresentarem retorno econômico para o investimento realizado, eram construídos em sua grande maioria por iniciativa dos governos. Essa situação, no entanto, tem mudado nos últimos anos por diversas razões: os estados e prefeituras começaram a privatizar estas instalações visando concentrar seu foco de ação em suas funções básicas ou simplesmente diminuir o prejuízo do estado ou município; isto levou ao surgimento, no mundo, de empresas especializadas em administração de instalações esportivas, que através de contratos de gestão, se remuneram com a participação na economia que fazem para o governo; com a mídia concentrada, caminhando para uma mídia não convencional, tendo em vista a diminuição do poder da TV de passar mensagem, os esportes e shows passaram a ser instrumentos de marketing; assim, os ginásios e estádios e mesmo os centros de convenções passaram a ser importantes instrumentos de difusão de marca; isso despertou a iniciativa privada para a construção de unidades esportivas como arenas e estádios particulares próprios. 5

6 Estes empreendimentos esportivos requerem mudanças comerciais e de marketing, entre outras, muito rápidas, o que os tornam indicados para administração privada. Todos estes fatores contribuíram para o surgimento do conceito de arenas multi-usos. 5. FATORES DE VIABILIDADE O estudo de viabilidade de uma arena multi-usos é complexo. Alguns dos fatores a serem avaliados neste estudo são: 5.1. localização; 5.2. zona de influência; 5.3. capacidade de público; 5.4. administração; 5.5. programação de eventos; 5.6. fontes de receita; 5.7. instalações; 5.8. custos; 5.9. taxa de retorno No estudo de viabilidade deve-se levar em consideração também: o conceito de rede de arenas facilita a programação de eventos; a arena envolve um trabalho intensivo de marketing; a população da cidade deve se orgulhar em sediar a arena. O apoio governamental pode ser importante para a construção e operação da arena através de serviços de segurança, controle do trânsito, etc. Como há interesse da comunidade na construção dessas arenas, em muitos casos o próprio terreno é doado pela Prefeitura. Em geral, verifica-se a construção de apenas uma arena por cidade, com poucas exceções Localização É necessário amplo estudo para determinar a capacidade de atração do local. 6

7 Abrange pesquisa sócio-econômica que analisa: renda familiar, número de domicílios, faixas de renda, percentual de gastos em lazer e cultura, potencial de consumo, satisfação e desejos de consumo, hábitos, tempo disponível, locais preferidos e distâncias percorridas na zona de influência da arena. A localização de uma arena deve levar em consideração a integração da arena à vida da cidade, atuando como centro de lazer. O acesso é um fator determinante da localização. Deve ser garantido acesso ao público, de forma rápida e confortável, utilizando principalmente metrô, trem e carros. Nos casos internacionais, as arenas situam-se próximas a estações de metrô e apresentam fácil acesso de ônibus e trens. O estacionamento é um ponto crítico a ser analisado: A relação lugares: vagas de estacionamento é variável de acordo com a localização da arena. Em algumas instalações internacionais essa relação chega a 2:1. Para equacionamento desta questão, além da construção de grandes estacionamentos subterrâneos, observa-se em algumas arenas: construção de estacionamento no local, apenas para os camarotes e cadeiras privativas; construção de estacionamento em distância caminhável, até 800 metros por exemplo; convênios para utilização noturna de garagens de edifícios num raio de alguns quilômetros ao redor da arena, e publicação de folheto especificando os edifícios e o número de vagas disponíveis; utilização de estacionamento remotos de retenção com aluguel de terrenos, pavimentação, iluminação e construção de cercas Zona de Influência A zona de influência de uma arena multi-uso é variável, ou seja, se expande ou se contrai de acordo com a característica do evento: local, regional, nacional ou internacional. A zona primária de influência mínima para os eventos deve ser toda a cidade. O cálculo da zona de influência é diferente daquele de um shopping center. No shopping center trabalha-se muito com a compra por impulso, na arena a compra é programada Capacidade de Público 7

8 A capacidade de público de uma arena deve ser determinada de acordo com os eventos a serem programados, simultaneamente ao estudo de outros fatores de viabilidade como: localização, mercado e infra-estrutura necessária e disponível. Com a transmissão dos eventos, principalmente os esportivos, pela TV, e com a disseminação da pay per view TV, poucos espetáculos exigem arenas de grande capacidade. A construção de grandes arenas só se justifica no caso dos eventos esportivos internacionais, pelos quais há uma disputa acirrada dos países para sediá-los; O público das arenas estaria limitado por uma capacidade que não desperdice a receita que pode ser gerada por uma demanda reprimida e que ao mesmo tempo valorize cada ingresso disponível na arena. A boa visualização do evento em todos os lugares também é determinante da capacidade de público da arena. Para os eventos esportivos, na determinação da capacidade mínima, devem ser respeitadas as exigências para competições internacionais da Federação Internacional de cada modalidade. Dependendo do tipo de evento, a capacidade máxima de público pode ser elevada, com a utilização do piso da arena Administração A capacidade de operação e de organização de eventos da empresa operadora é fator fundamental para a viabilização do empreendimento. Tendo em vista que os eventos são de diversas tipos, possuir uma administradora experiente é uma condição necessária. Existem poucas empresas mundiais atuantes nesta área tendo em vista que a administração desse tipo de instalação por empresas privadas é recente. No mundo as principais empresas especializadas na administração destes empreendimentos são as americanas Ogden, SMG e LMI. A privatização das instalações esportivas governamentais e a construção de arenas multi-usos pela iniciativa privada, devem levar muitas empresas a se especializarem nesta área. Além da preocupação em preencher o calendário de eventos com anos de antecedência, do intenso trabalho de marketing necessário, tem-se que manter e aprimorar a qualidade dos serviços oferecidos e efetuar a manutenção e atualização tecnológica do empreendimento. Pesquisas contínuas, operações modernas, mão-de-obra treinada, acompanhamento da mudança de preferência dos consumidores, são aspectos fundamentais para manutenção do sucesso. 8

9 A administração deve ainda, acompanhar as inovações e efetuar treinamento constante em técnicas administrativas, financeiras e de marketing. Os contratos de operação devem ter prazos estabelecidos de pelo menos dez anos. Estas empresas trabalham, em geral, com mais de uma arena assegurando a programação e dando escala aos contratos. As empresas administradoras estão associadas, em alguns casos, aos sócios proprietários ou aos empreendedores Programação de Eventos As arenas multi-uso devem obedecer a uma segmentação natural daquilo que a população da área de abrangência gosta. Deve-se avaliar os eventos, principalmente esportivos, mais populares no país e aqueles com potencial e possibilidades de crescimento: é preciso trabalhar com calendários de eventos com programação para vários anos já contratada; mesmo antes da construção da arena, já se deve ter contratada a programação; deve apresentar um mix variado de eventos. As grandes arenas multi-uso têm programação anual com atividades contínuas, apresentando média acima de um evento diário. Devem ser características da programação: eventos locais, regionais, nacionais e internacionais; continuidade de eventos; divulgação dos eventos; moldagem de todos os eventos como produtos para TV. Observa-se particularmente quanto aos eventos esportivos: a atração do público depende da força das modalidades esportivas; a organização da gestão dos esportes é fundamental para o sucesso desses eventos; há utilização de times esportivos competitivos como âncoras das arenas. Geralmente, times de dois esportes diferentes com identificação própria; pode haver contratação de outros times para apresentações periódicas; 9

10 deve haver a realização de eventos de exibição para difundir outras modalidades esportivas. As administradoras das arenas fecham contratos de exclusividade com diversos artistas para apresentações em datas pré-determinadas Fontes de Receita Os esportes e shows passaram a ser instrumentos de marketing. As arenas multi-uso são importante instrumentos para difusão de marcas. Sendo uma arena, basicamente, um local que aluga espaço, a propaganda tornou-se a fonte principal de receita. O objetivo passou a ser colocar pessoas dentro da arena para vender produtos. Grande parte da receita de uma arena é antecipada com patrocínio, luva de lojas, restaurantes, quiosques, etc. Trabalha com grande área de cadeiras especiais e de camarotes. As principais fontes de receita e algumas características que apresentam são: Propaganda: - utilização do nome da arena como Nec Birmingham, Nymex Manchester, United Center (United Airlines/Chicago Bulls), Fleet Center). Estes contratos, em geral, variam em torno de 15 a 20 anos e podem custar de US$ 20 milhões a US$ 30 milhões; - patrocínio dos times; - publicidade na estação interna de TV com televisões e telões por toda a arena. Não se perde o evento em qualquer parte da arena; - merchandising estático nas quadras, estacionamento, etc; Alimentação: - concessões; - exclusividade na venda de produtos de alimentação; - praça de alimentação com cardápios especiais; - eventos programados de forma a que o público faça refeições no local; - diversos intervalos durante a realização do evento; Bilhetagem: - Ingresso; - venda antecipada; - patrocínio impresso no ingresso; 10

11 Concessão de lojas e serviços; Transmissões pela TV - eventos de arena são propícios para transmissão ao vivo; Aluguel de camarotes e cadeiras especiais: - as empresas utilizam os camarotes como estratégias de marketing para pessoas jurídicas; Estacionamento; Licensing Instalações As instalações das arenas multi-uso compreendem a arena principal, anexos, restaurantes, bares, lojas, instalações de apoio etc. Estas instalações necessitam incorporar novas tecnologias, principalmente devido a flexibilidade necessária. Algumas arenas apresentam coberturas retráteis e arquibancadas móveis. É necessário cumprir: as normas técnicas internacionais; as posturas federais, estaduais e municipais quanto à segurança (corpo de bombeiros), instalações sanitárias, etc; as exigências detalhadas das Federações e dos demais organismos reguladores esportivos, que incluem as dimensões de quadras e alturas das arenas. Deve apresentar ainda: facilidade de acesso e reserva de um percentual de todas as categorias de ingressos para os deficientes; design moderno com curva de visibilidade parabólica ao invés de linear; bons locais para juízes, técnicos, atletas, imprensa e televisão; facilidade do público estacionar, sentar, ver as jogadas de forma adequada de acordo com cada modalidade esportiva - existe esporte para ver de perto ou de longe e esporte para ver de cima ou de baixo (hockey é para ver de cima, o boxe quanto mais perto melhor). Exigem soluções técnicas específicas, como: isolamento acústico, térmico, refrigeração, etc.; 11

12 iluminação adequada para a televisão, equacionando também os problemas de luz nos olhos em alguns esportes e considerando as diferenças de iluminação diurna e noturna. A facilidade de manutenção das instalações é uma outra variável a ser considerada. A instalações necessitam ser constantemente atualizadas tecnologicamente, acompanhando a evolução dos esportes, o surgimento de novas modalidades esportivas, a mudança das regras pelas Federações e as mudanças nas posturas e normas técnicas. Nos projetos estruturais, de instalações elétricas, hidráulicas e ar condicionado, etc, por serem complexos, as empresas realizam associações com outras empresas especializadas para atuarem de forma mais abrangente e aprimorada. A estrutura geralmente é metálica, pois apresenta custos menores e maior facilidade para construção. Os prazos de construção são variáveis de acordo com o porte e sofisticação da arena, observandose prazos, em geral, de dois a três anos. Também a construção tem sofisticações, e assim como os projetos arquitetônicos e de engenharia, são desejáveis associações com empresas experientes Custo O custo de construção de arenas multi-uso é bastante variável em função principalmente de: sofisticação das instalações, dos camarotes, das cadeiras especiais, etc; cobertura ser retrátil ou não; custo do terreno. Há poucas informações sobre custo, tendo sido informado um valor de US$ a US$ por pessoa, sem terreno, para as arenas americanas. A construção da arena Saitama, no Japão, orçada em US$ 750 milhões de dólares, foi uma das maiores concorrências mundiais dos últimos anos. Possui diversas sofisticações, entre elas, a arquibancada corre, podendo ser utilizada como um ginásio ou estádio Taxa de Retorno Todos os fatores considerados na viabilidade influenciam a taxa de retorno. A taxa de retorno varia principalmente em função do valor do terreno e do estacionamento. Algumas informações para determinadas arenas apontam taxas em torno de 20%. 12

13 6. ARENAS NO MUNDO O conceito de arena multi-uso com a incorporação de modernas tecnologias é recente. Embora existam, no mundo, diversos ginásios e estádios com requisitos tecnológicos modernos, muitos deles não apresentam todos os requisitos para serem considerados arenas multi-uso, a exemplo do San Jordi, Badolona e Tokyo Dome. A maioria das arenas multi-uso encontra-se nos Estados Unidos mas já existem também na Europa, Ásia e Oceania e guardam, de modo geral, as principais características daquelas americanas embora verifique-se a participação do Governo em algumas delas mesmo que de forma indireta. Na América Latina não há, ainda, nenhuma arena com as características multi-usos. Mesmo nos EUA, o surto de construção dessas arenas é recente, pois as ligas profissionais deram um prazo para os times construírem e só recentemente o público passou a exigir este tipo de instalação. Algumas das principais arenas são: Nos Estados Unidos: Gund Arena (Cleveland) Fleet Center (Boston) United Center (Chicago) Madson Square Garden (New York) Georgia Dome (Atlanta) Buffalo (Nova York) Microsoft (Seattle) Miami Arena Corestates Center (Philadelphia) No Canadá: Skydome Stadium. o estádio dispõe de um sofisticado hotel, que possui apartamentos funcionando como camarote, restaurantes, lojas e uma filial do Hard Rock Café. Na Coréia: o Sarjic Main Stadium 13

14 Multiple Sport Complex, em Pusan Na Europa: Oberhausen, na Alemanha; Nymex Manchester, na Inglaterra; Amsterdam Ajax, na Holanda; Irlanda (em construção). Os dados de algumas arenas são apresentadas no anexo. 7. ARENAS NO BRASIL O Brasil só nos últimos anos tem despertado para a indústria de entretenimento e lazer. O Brasil não apresenta instalações apropriadas para realização de eventos e muitos eventos internacionais não acontecem no país por falta de lugares apropriados para sua realização. Os eventos musicais, com exceção de poucas capitais, onde existem algumas casas de espetáculos são realizados em lugares improvisados. Em geral, são utilizados os ginásios e estádios esportivos para realização desses eventos, mesmo que não disponham de tecnologia apropriada. Dessa forma, há uma disputa por espaço, com um evento prejudicando a realização do outro. Além disso, os ginásios e estádios brasileiros de grande porte, em sua maioria de propriedade do governo estadual ou municipal, apresentam diversos problemas, como por exemplo: não são realizadas manutenções adequadas; não possuem locais propícios para transmissão dos eventos pela TV; não dispõem de estacionamento, iluminação, segurança, etc, adequados; as opções de hospedagem são distantes. Os centros de convenções, com as mesmas características dos ginásios e estádios esportivos, não apresentam agilidade operacional para captação de eventos internacionais. Assim, a construção de arenas multi-usos no país é uma necessidade. Algumas das contribuições que a construção de arenas multi-usos podem trazer para o Brasil são: inserção no circuito dos eventos internacionais, trazendo diversos benefícios; criação de alternativas de diversão para a população local; 14

15 incremento do fluxo turístico; desenvolvimento dos esportes; criação de oportunidades de investimento empresarial em marketing esportivo; desenvolvimento de novas modalidades esportivas; criação de grande número de postos de trabalho; valorização de eventos que já são realizados no Brasil. Segundo alguns especialistas a capacidade de público de arenas multi-usos no Brasil seria: sem futebol - em torno de lugares para aquelas situadas nas grandes cidades e de lugares para aquelas situadas em cidades menores. com futebol - em torno de lugares. deve-se levar em consideração, no entanto, as grandes diferenças regionais brasileiras. Os problemas de acesso, infra-estrutura e estacionamento vão ser grandes obstáculos para determinação da localização das arenas multi-uso brasileiras. A ausência de tecnologia de construção brasileira vai ser sentida principalmente na montagem das estruturas e instalações. Grande parte dos equipamentos das arenas como cadeiras, pisos, etc. deverão ser importados. Outras dificuldades referem-se a: o Brasil possui bons promotores de eventos culturais e musicais mas tem poucas empresas especializadas em administração de eventos esportivos; os shows já têm produtos prontos para serem vendidos mas os produtos esportivos precisam acontecer, sendo necessário, portanto, o desenvolvimento do esporte no Brasil. Futebol de campo, de salão, de areia e o vôlei, seguidos pelo basquete e pelo vôlei de praia, podem servir como âncoras de arenas brasileiras. Com o acesso de um novo público aos eventos, o Brasil reúne as condições para tirar proveito de todas as potencialidades de geração de receita das arenas. A potencialidade do país é enorme, para exemplificar pode-se citar a realização de rodeios e o grande público que esses eventos atraem em quase todo o país. No que se refere à zona de influência dos eventos realizados no país, os eventos internacionais realizados no sul do país poderiam ter uma abrangência internacional. 15

16 Alguns fatos demonstram a evolução do conceito multi-usos no país: o São Paulo Futebol Clube está reformando seu estádio e incorporando algumas tecnologias multi-usos; o Metropolitan no Rio de Janeiro, além de shows musicais está preparado para realizar outros eventos como lutas; o projeto apresentado pelo ganhador da primeira licitação para privatização do Maracanã, além de atualizar tecnologicamente o estádio, transformaria o Maracanãzinho em uma arena multiusos; já está em análise, inclusive por fundos de pensão, projeto de rede de arenas no país. 16

17 Anaheim Arena: Corestates Center: Local: Flórida, Estados Unidos. Investimento: US$ 130 milhões. Usos: basquete e teatro, musical, etc. Time da casa: Might Ducks (hockey). Capacidade: pessoas. Facilidades: restaurantes, camarotes, cadeiras móveis. Local: Philadelfia, Estados Unidos. Investimento: US$ 210 milhões. Usos: esportes, musicais, convenç Time da casa: Philadelfia 76 ers (b Capacidade: pessoas. Facilidades: restaurantes, camarot Mullins Center: Local: Amherst, Massachusstes, Estados Unidos. Investimento: US$ 45 milhões. Usos: basquete, hockey e musicais. Capacidade: ANEXO - DADOS DE ALGUMAS ARENAS Fleet Center Local: Boston, Estados Unidos. Usos: basquete, hockey, basebal, circo, ice shows, musicais. Time da casa: Boston Celtics (basquete), Boston Bruins (hockey). Capacidade máxima: ; basquete ; hockey Facilidades: 2 restaurantes, bares, clubes privados, salões, 104 camarotes, cadeiras especiais. Kingdome Local: Seattle, Estados Unidos. Data de inauguração:

18 Dimensões: 660 feet de diâmetro e 250 feet de altura até o ápice do teto. Investimento: US$ 67 milhões. Usos: futebol, basebal, shows, concertos. Time da casa: Seattle Mariners e AL Seattle Pistols. Capacidade: basebal ; futebol Facilidades: estádio coberto com estrutura de ligas superleve (Tenstar Dome). The Rose Garden Local: Portland, Oregon, Estados Unidos. Usos: basquete, shows. Capacidade: Facilidades: proximidade com outros centros a Coliseum (capacidade ) e de Oregon Convention Center, shuttle bus para levar de estacionamento nas cercanias até a arena. United Center Local: Chicago; Estados Unidos. Data de inauguração: Usos: basquete, shows. Time da casa: Chicago Bulls (basquete). Capacidade: Facilidades: camarotes, salão de festas. Georgia Dome: Local: Atlanta, Estados Unidos. Data de inauguração: Investimento: US173 milhões. Usos: esportes, feiras comerciais, reuniões, concertos, convenções. Time da casa: Atlanta Falcons (futebol). Capacidade: Facilidades: estrutura é facilmente convertida para outra dado uma rede de catwalks e teto de material de ligas superleve. Corel Center Local: Ottawa, Canadá. Usos: hockey, outros esportes, musicais, shows. Time da casa: Otawa Senators (hockey). 18

19 Capacidade: Amsterdam Arena Local: Amsterdam, Holanda. Usos: futebol e outros esportes, shows e atividades infantis. Time da casa: Ajax (futebol). Capacidade: Facilidades: teto retrátil que abre ou fecha em 15 minutos, 2 andares de lojas, cinema, restaurante. obs.: completa o Olympic Stadium já existente. Oberhausen Local: Oberhausen, Alemanha. Data de inauguração: Usos: ice hockey, handball, basquete, concertos. Capacidade: Facilidades: serviços de alimentação, camarotes, cadeiras especiais. SkyDome Local: Toronto, Canadá. Data de inauguração: Investimento: US$ 500 milhões. Usos: basquete, baseball, futebol; sedia a Canadian Football League, concertos, shows, etc. Time da casa: Toronto Blue Jays (beisebol), Argonauts, Toronto Raptors (basquete). Capacidade: baseball ; futebol ; concertos ; outros Facilidades: conversão de piso de uma atividade para outra em horas e abre ou fecha o teto em 20 minutos; 161 camarotes de 16 a 40 pessoas, cadeiras especiais privadas, Jumbo Tron, restaurantes para 650 pessoas, american bar, 348 quartos de hotel. obs.: financiado pelo governo da província de Ontario e da cidade de Toronto e por 30 empresas privadas. Sajik Multiple Sports Complex Local: Pusan, Coréia. Data de inauguração: 1998/9. Investimento: US$ 210 milhões. Usos: baseball, futebol, natação, tênis, atletismo, hockey, hipismo, ciclismo, festival de artes, música, exposições e convenções. 19

20 Time da casa: time de baseball de Pusan. Capacidade: baseball ; futebol ; tênis - 500; piscina ; ginásio de atletismo Facilidades: composto de 2 complexos de esporte com estádio de baseball, campo de atletismo, piscinas e um estádio principal assim como uma vila de atletismo; assentos móveis no 1º nível; restaurantes, lojas, camarotes. Wembley National Stadium Local: Wembley, Inglaterra. Data de inauguração: em construção. Investimento: US$ 200 milhões. Usos: futebol, rugby, box, atletismo, shows. Capacidade: Facilidades: teto retrátil, assentos próximos são móveis, camarotes, serviços de alimentação. obs.: parte de um complexo Wembley Park que inclui Wembley Arena (12.000) e Wembley Conference and Exihibition Centre. Chun Li Stadium Local: Taipei, Taiwan. Investimento: US$ 6 milhões. Usos: tênis e diversos. Capacidade: Nymex Manchester Local: Manchester, Inglaterra. Investimento: US$ 62 milhões. Usos: esportes, concertos, shows. Time da casa: Manchester United (futebol). Capacidade: Facilidades: edifício misto escritório e hotel, lojas, restaurantes. 20

FINANCIAMENTO DE ARENAS

FINANCIAMENTO DE ARENAS 3ª Parte FINANCIAMENTO DE ARENAS Premissas Iniciais A indústria do entretenimento e do esporte crescem ano a ano. Arenas bem administradas podem ser grandes geradoras de receitas, despertando grande interesse

Leia mais

Porque estádios tão vazios? Pt. 3. 17 Motivos para NÃO ir aos Estádios. Fernando Ferreira

Porque estádios tão vazios? Pt. 3. 17 Motivos para NÃO ir aos Estádios. Fernando Ferreira PLURI Especial Porque estádios tão vazios? Pt. 3 17 Motivos para NÃO ir aos Estádios PLURI Consultoria Pesquisa, Valuation, Gestão e marketing Esportivo. Curitiba-PR Twitter: @pluriconsult www.facebook/pluriconsultoria

Leia mais

PGT - 1* para AUTOMÓVEIS. 1 vaga / unid com área 150 m² 1 vaga / unid c/ área 150 m² 2 vagas / unidade 1 vaga / 5 unidades

PGT - 1* para AUTOMÓVEIS. 1 vaga / unid com área 150 m² 1 vaga / unid c/ área 150 m² 2 vagas / unidade 1 vaga / 5 unidades USO para AUTOMÓVEIS PGT - 1* para AUTOMÓVEIS para BICICLETAS para MOTOCICLETAS Residências Unifamiliares 1 vaga/ unidade - - - 1 vaga / unidade Condomínios Unifamiliares - 2 vagas / unidade 1 vaga de visitante

Leia mais

8º ENCONTRO. da ARQUITETURA E DA ENGENHARIA CONSULTIVA de SÃO PAULO MOBILIDADE URBANA E INFRAESTRUTURA PARA A COPA DO MUNDO DE 2014

8º ENCONTRO. da ARQUITETURA E DA ENGENHARIA CONSULTIVA de SÃO PAULO MOBILIDADE URBANA E INFRAESTRUTURA PARA A COPA DO MUNDO DE 2014 8º ENCONTRO da ARQUITETURA E DA ENGENHARIA CONSULTIVA de SÃO PAULO MOBILIDADE URBANA E INFRAESTRUTURA PARA A COPA DO MUNDO DE 2014 O DESAFIO DAS ARENAS CONSTRUÇÃO, MODERNIZAÇÃO E ACESSO Eng. VLADIMIR ANTONIO

Leia mais

EVENTOS. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. ÍNDICE. Navegue por aqui. 1.

EVENTOS. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. ÍNDICE. Navegue por aqui. 1. Use os links abaixo ou as setas na barra do rodapé da página e conheça um pouco mais da Arena Multiuso. EVENTOS 1. Sumário 2. Introdução 3. Espaços 4. Contato Navegue por aqui 1. S U M Á R I O E V E N

Leia mais

erceiro município mais populoso do interior paulista e o quarto mercado consumidor do Estado, fora da região metropolitana de São Paulo.

erceiro município mais populoso do interior paulista e o quarto mercado consumidor do Estado, fora da região metropolitana de São Paulo. T erceiro município mais populoso do interior paulista e o quarto mercado consumidor do Estado, fora da região metropolitana de São Paulo. Ao longo dos últimos 12 anos, Sorocaba vem crescendo expressivamente

Leia mais

Melhor Prática vencedora: Economia Local (Capital) São Paulo Indy 300

Melhor Prática vencedora: Economia Local (Capital) São Paulo Indy 300 1 Melhor Prática vencedora: Economia Local (Capital) São Paulo Indy 300 DESTINO: São Paulo/SP INSTITUIÇÃO PROMOTORA: São Paulo Turismo S/A RESPONSÁVEL: Tasso Gadzanis Luiz Sales Em 14 de março de 2010,

Leia mais

1. Objetivo 2. Histórico 3. Justificativas 4. Descrição 5. Características 6. Espaço Comunitário 7. Benefícios

1. Objetivo 2. Histórico 3. Justificativas 4. Descrição 5. Características 6. Espaço Comunitário 7. Benefícios 1 1. Objetivo 2. Histórico 3. Justificativas 4. Descrição 5. Características 6. Espaço Comunitário 7. Benefícios 2 Objetivo Apoio do Governo do Estado/Municipal/Federal Petrobras - FERJ para captar patrocínio

Leia mais

Eventos Corporativos

Eventos Corporativos Eventos Corporativos 2 FUNDIÇÃO PROGRESSO ESPAÇOS Fundição Progresso ESPAÇOS A Fundição Progresso é um centro multicultural que abriga em seus espaços diversas atividades e grupos artísticos. A Fundição

Leia mais

ENOTEL ACQUA CLUB FICHA TÉCNICA

ENOTEL ACQUA CLUB FICHA TÉCNICA GCOM 00113/2013 ENOTEL ACQUA CLUB FICHA TÉCNICA INTRODUÇÃO: ENOTEL ACQUA CLUB Surge o mais novo resort, na mais bela praia do Brasil, em Porto de Galinhas. Um paraíso à beira-mar com extensa praia de areias

Leia mais

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS

CARTEIRA DE PROJETOS OLÍMPICOS BR.01 Projetos básicos e executivos das instalações esportivas do Parque Olímpico da Elaboração dos projetos básicos e executivos dos equipamentos esportivos do Parque Olímpico da. 5 mar/13 jun/14 31.100.000

Leia mais

Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções

Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções Eventos Bourbon Mais de 26.000 m 2 em área de convenções Com 14 empreendimentos na América Latina, possui a maior estrutura de convenções em hotéis no Brasil com mais de 12.000 m 2, e é gestora do maior

Leia mais

NÚMEROS DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2011 ESTUDO COMPARATIVO PREPARADO PELA ABAP

NÚMEROS DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2011 ESTUDO COMPARATIVO PREPARADO PELA ABAP NÚMEROS DA COMUNICAÇÃO NO BRASIL 2011 ESTUDO COMPARATIVO PREPARADO PELA ABAP 1 INTRODUÇÃO Nas tabelas anexas, apresentamos dois estudos que medem a atividade da comunicação no Brasil. É importante entender

Leia mais

CURRÍCULO DA EMPRESA. MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA ATIVIDADES DESEMPENHADAS

CURRÍCULO DA EMPRESA. MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA ATIVIDADES DESEMPENHADAS CURRÍCULO DA EMPRESA. MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA ATIVIDADES DESEMPENHADAS A MILLENNIUM BRASIL EVENTOS LTDA, é empresa de entretenimento recentemente fundada para execução de shows e concertos ao vivo

Leia mais

As lições de Vancouver

As lições de Vancouver As lições de Vancouver O sucesso das Olimpíadas de Inverno realizadas na cidade canadense ensina diversas lições sobre como organizar eventos desse porte Com a proximidade das duas grandes competições

Leia mais

Futebol: paixão & negócios. 4 KPMG Business Magazine

Futebol: paixão & negócios. 4 KPMG Business Magazine Futebol: paixão & negócios 4 KPMG Business Magazine Gestão eficiente de estádios, com o uso comercial das estruturas, pode render receitas milionárias para os clubes Receitas do São Paulo com o Morumbi,

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

Centro Paraolímpico Brasileiro, em São Paulo, é legado do Rio 2016 para os esportes adaptados

Centro Paraolímpico Brasileiro, em São Paulo, é legado do Rio 2016 para os esportes adaptados Centro Paraolímpico Brasileiro, em São Paulo, é legado do Rio 2016 para os esportes adaptados Governo federal e governo do Estado de São Paulo constroem o maior legado dos Jogos Paraolímpicos de 2016 para

Leia mais

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA

BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA BRASIL 2015: O VERDADEIRO RESULTADO DA COPA Brasil, 2007 PIB R$ 1,8 trilhão Alfabetização 88,6% Expec. de Vida 71,7 anos PIB per capita US$ 8.402 Fonte: ONU e IBGE Brasil, 2015 PIB R$ 2,1 trilhões Alfabetização

Leia mais

Caio Luiz de Carvalho Presidente

Caio Luiz de Carvalho Presidente Caio Luiz de Carvalho Presidente Os desafios do Brasil Deixar de ser espectador e se tornar ator do processo. Todos os brasileiros. Profissionais ou espectadores, envolvidos diretamente ou não. Muitas

Leia mais

RENEX SOUTH AMERICA 2014

RENEX SOUTH AMERICA 2014 RENEX SOUTH AMERICA 2014 O mercado sul-americano de energia renovável em um só lugar 26a 28 Novembro 2014 Porto Alegre - 14h às 20h no Centro de Eventos FIERGS Entre em contato e acompanhe a RENEX pelas

Leia mais

Berrini. a região que mais cresce em são paulo.

Berrini. a região que mais cresce em são paulo. Berrini. a região que mais cresce em são paulo. 14 hotéis, cerca de 4000 apartamentos, 4 e 5 estrelas. 7 Shopping Centers. 4 casas de espetáculo. Estádio do Morumbi. Hípicas Paulista e Santo Amaro. Grandes

Leia mais

Proposta para a nova entrada social. -vista da Recepção, administração, salão de festas e restaurante-

Proposta para a nova entrada social. -vista da Recepção, administração, salão de festas e restaurante- Introdução Junto com o crescimento da cidade de são José dos Campos surgiram também novos espaços de convivência, salões de eventos e grandes redes de academias. Os novos condomínios são entregues com

Leia mais

Rio de cara nova. Conheça dez obras que prometem mudar a cara da cidade nos próximos dez anos

Rio de cara nova. Conheça dez obras que prometem mudar a cara da cidade nos próximos dez anos Rio de cara nova Conheça dez obras que prometem mudar a cara da cidade nos próximos dez anos por Ernesto Neves 01 de Agosto de 2011 Fonte: Revista Veja Rio Cidade do Rock O terreno de 250 mil metros quadrados

Leia mais

COPA. Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL. Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC. 29 de Outubro 2009

COPA. Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL. Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC. 29 de Outubro 2009 COPA Copa de 2014, Desafios e Oportunidades JOÃO ALBERTO VIOL Vice-Presidente Nacional ABECE - ABCIC 29 de Outubro 2009 1 SINAENCO Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva

Leia mais

O Mercado Esportivo e a Importância do Administrador: Cenário e Perspectivas

O Mercado Esportivo e a Importância do Administrador: Cenário e Perspectivas O Mercado Esportivo e a Importância do Administrador: Cenário e Perspectivas Marcelo Claro 4 de outubro de 2012 Esporte é paixão e emoção Um pouco do mercado esportivo no mundo Quase 900 milhões de pessoas

Leia mais

CABEÇALHO IDENTIFICAÇÃO

CABEÇALHO IDENTIFICAÇÃO Página 1 de 7 UF CABEÇALHO REGIÃO TURÍSTICA MUNICÍPIO DISTRITO TIPO SUBTIPO 1 - NOME IDENTIFICAÇÃO 1.1 NOME FANTASIA/COMERCIAL: 1.2 NOME JURÍDICO/ RAZÃO SOCIAL: 1.3 NOME DA REDE/HOLDING: 1.4 CNPJ: 1.5

Leia mais

Indústria do Esporte. Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual

Indústria do Esporte. Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual Indústria do Esporte Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual Abril 2011 Futebol, a maior paixão dos brasileiros Potencial mercadológico atual A BDO RCS, por meio de sua área

Leia mais

Estádios Brasileiros: Os desafios para 2014 e o Legado da Copa

Estádios Brasileiros: Os desafios para 2014 e o Legado da Copa Promoção Realização 21 a 25 de setembro de 2009 Hotel Maksoud Plaza São Paulo Estádios Brasileiros: Os desafios para 2014 e o Legado da Copa Arq. Carlos de La Corte Doutor e consultor em arquitetura esportiva

Leia mais

Hotel Green Hill, tudo para sua felicidade num só lugar!

Hotel Green Hill, tudo para sua felicidade num só lugar! Apresentação Você está prestes a conhecer a mais completa e inovadora proposta de hospedagem, lazer, entretenimento e eventos da região. Com estrutura diversificada e qualidade de atendimento, o Hotel

Leia mais

Berrini. A região que mais cresce em São Paulo.

Berrini. A região que mais cresce em São Paulo. Berrini. A região que mais cresce em São Paulo. 14 hotéis, cerca de 4000 apartamentos, 4 e 5 estrelas 7 Shopping Centers 4 casas de espetáculo Estádio do Morumbi Hípicas Paulista e Santo Amaro Grandes

Leia mais

Há 35 anos crescendo com o Brasil.

Há 35 anos crescendo com o Brasil. Há 35 anos crescendo com o Brasil. Nos últimos 35anos o Grupo Damiani participou ativamente das grandes transformações ocorridas na paisagem brasileira. Participando de realizações em todas as regiões

Leia mais

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE AGOSTO

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE AGOSTO Setembro de 2008 NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE AGOSTO GREENSOUND PRODUÇÕES A Green Sound atua nas áreas de eventos corporativos, congressos, convenções, seminários, treinamentos, inaugurações, lançamentos

Leia mais

SHOPPING ILHA DO MEL

SHOPPING ILHA DO MEL Cenário atual O Brasil é o 5º maior país do mundo com grande crescimento no setor de Shopping Centers. Segundo pesquisa da Interscience, encomendada pela Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE),

Leia mais

Marketing esportivo é um mercado de ouro

Marketing esportivo é um mercado de ouro 1 de 5 05/04/2010 19:37 Imprimir Reportagem / mercado Marketing esportivo é um mercado de ouro Um patrocínio para uma corrida de rua pode chegar a R$ 1 milhão. Palestras com treinadores e atletas valem

Leia mais

LANÇAMENTO MAGIC VILLAGE RESORT UM MUNDO DE SONHOS MAIS PRÓXIMO E REAL DO QUE VOCÊ IMAGINA.

LANÇAMENTO MAGIC VILLAGE RESORT UM MUNDO DE SONHOS MAIS PRÓXIMO E REAL DO QUE VOCÊ IMAGINA. LANÇAMENTO MAGIC VILLAGE RESORT UM MUNDO DE SONHOS MAIS PRÓXIMO E REAL DO QUE VOCÊ IMAGINA. EMPREENDIMENTO ÚNICO EM ORLANDO: IMAGINE-SE VIZINHO DOS DESTINOS MAIS DESEJADOS DO MUNDO. UM LUGAR FEITO SOB

Leia mais

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com

São Paulo. O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios. tsando@visitesaopaulo.com São Paulo O Brasil como Pólo Internacional de Investimentos e Negócios São Paulo Convention & Visitors Bureau Fundação 25 de Janeiro Entidade estadual, mantida pela iniciativa privada. Captação e apoio

Leia mais

2º Congresso Brasileiro de Galvanização

2º Congresso Brasileiro de Galvanização 2º Congresso Brasileiro de Galvanização O EVENTO GALVABRASIL 2013 2º Congresso Brasileiro de Galvanização Fundado em 1970, A missão do ICZ Instituto de Metais não Ferrosos é de promover a utilização de

Leia mais

Há mais de 22 anos no mercado, os serviços da FAROL são reconhecidos como os mais profissionais e eficientes na área de Mídia Exterior.

Há mais de 22 anos no mercado, os serviços da FAROL são reconhecidos como os mais profissionais e eficientes na área de Mídia Exterior. Há mais de 22 anos no mercado, os serviços da FAROL são reconhecidos como os mais profissionais e eficientes na área de Mídia Exterior. O Amazonas é o maior estado brasileiro e um dos locais mais

Leia mais

5 º FESTIVAL FICA FESTIVAL DE INVERNO DEINVERNO CANTAREIRA

5 º FESTIVAL FICA FESTIVAL DE INVERNO DEINVERNO CANTAREIRA FESTIVAL FICA DA DEINVERNO CANTAREIRA FESTIVAL DE INVERNO O MAIOR FESTIVAL ECOLÓGICO DO MUNDO! 2013 5ª Edição FICA FESTIVAL REALIZADO NA SERRA CANTAREIRA, PONTO DE GRANDE INTERESSE POLÍTICO E GEOLÓGICO

Leia mais

COPA DO MUNDO BRASIL 2014

COPA DO MUNDO BRASIL 2014 SERGS DEBATES 2008 Wesley Cardia COPA DO MUNDO BRASIL 2014 Porque Investir Nessa Idéia? INTRODUÇÃO Sport has a huge influentce in our lives. After work, it is the largest form of mass civil participation,

Leia mais

Plano de Negócio. MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados)

Plano de Negócio. MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados) Plano de Negócio MATERIAL PARA TREINAMENTO (Dados e informações poderão ser alterados) O Projeto 04 Cenário Econômico A Demanda Concorrência Estratégia Comercial Operação Rentabilidade O Empreendedor 06

Leia mais

O HOTEL DAS ESTRELAS NA CAPITAL DO PARAGUAI

O HOTEL DAS ESTRELAS NA CAPITAL DO PARAGUAI O HOTEL DAS ESTRELAS NA CAPITAL DO PARAGUAI Idealizada há mais de 50 anos pela família Vezozzo, a Bourbon Hotéis & Resorts consolida sua atuação no mercado da América Latina, como um grupo internacional

Leia mais

LANÇAMENTO MAGIC VILLAGE RESORT UM M UNDO DE SONHOS MAIS PRÓXIMO E REAL DO Q UE VOCÊ IMAGINA.

LANÇAMENTO MAGIC VILLAGE RESORT UM M UNDO DE SONHOS MAIS PRÓXIMO E REAL DO Q UE VOCÊ IMAGINA. LANÇAMENTO MAGIC VILLAGE RESORT UM M UNDO DE SONHOS MAIS PRÓXIMO E REAL DO Q UE VOCÊ IMAGINA. Empreendimento único em Orlando: imagine-se vizinho dos destinos mais desejados do mundo. Um lugar feito sob

Leia mais

Concessão de Uso do. Imigrantes. Apresentação do Projeto. Conselho do PEFI

Concessão de Uso do. Imigrantes. Apresentação do Projeto. Conselho do PEFI Governo do Estado de São Paulo Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional Concessão de Uso do Centro de Exposições Imigrantes Apresentação do Projeto Conselho do PEFI SP, 13/09/2012 Agenda

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

Circuito Brasil Caixa Loterias

Circuito Brasil Caixa Loterias Circuito Brasil Caixa Loterias Atletismo, Halterofilismo e Natação CADERNO DE ENCARGOS Cidades/Estados candidatos à sede Para o Circuito Brasil de 2015. Brasília, julho de 2014. MENSAGEM DO PRESIDENTE

Leia mais

É preciso ampliar o público alvo do Futebol Brasileiro

É preciso ampliar o público alvo do Futebol Brasileiro Visão PLURI É preciso ampliar o público alvo do Futebol Brasileiro Economista, Especialista em Gestão e Marketing do Esporte e Pesquisa de Mercado, Diretor da Pluri Consultoria, da BrSM e Sportfood Franchising

Leia mais

CONFORTO E O MELHOR SERVIÇO NO CORAÇÃO DA CIDADE DAS FLORES

CONFORTO E O MELHOR SERVIÇO NO CORAÇÃO DA CIDADE DAS FLORES CONFORTO E O MELHOR SERVIÇO NO CORAÇÃO DA CIDADE DAS FLORES Idealizada há mais de 50 anos pela família Vezozzo, a Bourbon Hotéis & Resorts consolida sua atuação no mercado da América Latina, como um grupo

Leia mais

ANEXO V - QUADRO 1 - USOS DO SOLO E MEDIDAS MITIGADORAS MÍNIMAS

ANEXO V - QUADRO 1 - USOS DO SOLO E MEDIDAS MITIGADORAS MÍNIMAS ANEXO V - QUADRO 1 - USOS DO SOLO E MÍNIMAS Parte integrante da Lei Complementar de Uso e Ocupação do Solo Açougue, padaria, farmácia, peixaria, bares e lanchonetes com no máximo 100 m² de área construída.

Leia mais

hospitality Sua casa em Trancoso Serviços exclusivos com a hospitalidade da Bahia

hospitality Sua casa em Trancoso Serviços exclusivos com a hospitalidade da Bahia hospitality Sua casa em Trancoso Serviços exclusivos com a hospitalidade da Bahia Sossego durante o dia, agito com muito estilo à noite. Assim o tempo passa no Quadrado, a praça mais charmosa do Brasil

Leia mais

MBA Executivo UFPE. Disciplina: Ambiente de Negócios. Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS

MBA Executivo UFPE. Disciplina: Ambiente de Negócios. Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS MBA Executivo UFPE Disciplina: Ambiente de Negócios Setembro/2011 Prof. Bosco Torres SHOPPING CENTERS Fonte: MATTAR, Fauze Najib. Administração de Varejo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011 Prof. Bosco Torres

Leia mais

CAPA. Novas arenas, velhos

CAPA. Novas arenas, velhos Novas arenas, velhos odo e a mando de uma entidade privada, ressalta Carlos Thadeu de Oliveira, gerente técnico do Instituto. Em cada uma das cidades foi analisado um estádio (dois jogos em cada). Em Porto

Leia mais

PROJETO BÁSICO SERVIÇO DE HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO PARA OS EVENTOS CULTURAIS

PROJETO BÁSICO SERVIÇO DE HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO PARA OS EVENTOS CULTURAIS PROJETO BÁSICO SERVIÇO DE HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO PARA OS EVENTOS CULTURAIS ANEXO I PROJETO BÁSICO 2/9 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO ORGÃO / ENTIDADE PROPONENTE SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA CGC / C.P.F:

Leia mais

Direitos Autorais e a Hotelaria Câmara dos Deputados 05/11/2015

Direitos Autorais e a Hotelaria Câmara dos Deputados 05/11/2015 Direitos Autorais e a Hotelaria Câmara dos Deputados 05/11/2015 Sobre o FOHB Criado em 2002, o FOHB Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil é uma entidade associativa sem fins lucrativos que representa

Leia mais

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA

OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA OBRAS VÃO TRANSFORMAR VIRACOPOS NO MAIOR AEROPORTO DA AMÉRICA LATINA Aeroportos Brasil Viracopos investirá R$ 9,5 bilhões na ampliação e modernização do complexo aeroportuário nos 30 anos da concessão

Leia mais

Entendendo o tamanho dos Jogos

Entendendo o tamanho dos Jogos Entendendo o tamanho dos Jogos Copa X Olimpíadas 32 nações 204 nações 723 atletas 15 mil atletas 15 em trânsito no Rio seleções todas no Rio olímpicos e paralímpicos X 15 mil voluntários 1 esporte futebol

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA PROGRAMA Nº- 042 PALCO SOBRE RODAS Projeto inspirado no clássico modelo de teatro itinerante, através da montagem de um palco móvel que percorre os bairros da cidade, levando cultura. Levar o Palco sobre

Leia mais

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia

Universidade. Estácio de Sá. Turismo, Hotelaria e Gastronomia Universidade Estácio de Sá Turismo, Hotelaria e Gastronomia A Estácio Hoje reconhecida como a maior instituição particular de ensino superior do país, a Universidade Estácio de Sá iniciou suas atividades

Leia mais

Marketing Esportivo. os desafios e as oportunidades. Claudinei P. Santos. Delft Consultores - ABRAESPORTE - INNE

Marketing Esportivo. os desafios e as oportunidades. Claudinei P. Santos. Delft Consultores - ABRAESPORTE - INNE Marketing Esportivo os desafios e as oportunidades Delft Consultores - ABRAESPORTE - INNE Algumas provocações... Incentivo ao esporte Integração social pelo esporte Patrocínio Copa 2014 Olimpíadas 2016

Leia mais

RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS

RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS RADIOGRAFIA DAS AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROMOÇÃO COM 10 OU MAIS PESSOAS OCUPADAS ABAP / IBGE 2009 FONTE: PSPP Pesquisa de Serviços de Publicidade e Promoção 1 ÍNDICE METODOLOGIA 5 NOTAS TÉCNICAS 6 OBJETIVO

Leia mais

PARCEIROS BONS. Mercado

PARCEIROS BONS. Mercado Mercado BONS PARCEIROS por Fabio Steinberg Saiba quem são e como funcionam os Conventions & Visitors Bureaus, que divulgam o destino, sendo fundamentais para a captação de visitantes e eventos. Há milhares

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

Prospecto para Patrocínadores

Prospecto para Patrocínadores Esporte Clube São Bento Prospecto para Patrocínadores Apresentação A Ogli Consultoria e Gestão de Negócios, terá a responsabilidade de gerir todo o projeto desde a captação de recursos, formação de elenco

Leia mais

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO ARENAS E TRANSMISSÕES. Manual de Normatização Arenas e Transmissões NBB 2012-2013

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO ARENAS E TRANSMISSÕES. Manual de Normatização Arenas e Transmissões NBB 2012-2013 MANUAL DE NORMATIZAÇÃO ARENAS E TRANSMISSÕES TEMPORADA 2012-2013 Manual de Normatização Arenas e Transmissões NBB Com o compromisso pela busca constante em desenvolver um campeonato moderno, profissional

Leia mais

PROJETO ARQUITETÔNICO ESTÁDIO JOAQUIM AMÉRICO CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE

PROJETO ARQUITETÔNICO ESTÁDIO JOAQUIM AMÉRICO CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE PROJETO ARQUITETÔNICO ESTÁDIO JOAQUIM AMÉRICO CLUBE ATLÉTICO PARANAENSE PROCESSO DINÂMICO Projeto Estádio Curitiba Sede Copa do Mundo FIFA-Brasil 2014 Candidatura Curitiba Cidade Sede Ultima entrega 15

Leia mais

Desoneração da Folha Aplicada à Construção Civil

Desoneração da Folha Aplicada à Construção Civil Contribuições Sociais Desoneração da Folha Aplicada à Construção Civil 1 ANEXO VII IN971/2009 DISCRIMINAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Conforme Classificação Nacional de Atividades Econômicas

Leia mais

Apartamentos Disponíveis em Salvador

Apartamentos Disponíveis em Salvador Apartamentos Disponíveis em Salvador Não é surpresa que um apartamento em Salvador seja a escolha de muitos compradores que querem viver ou investir nessa linda cidade litorânea. Tem tudo o que um investidor

Leia mais

ETAPAS PARA PRODUZIR O SEU ARTISTA

ETAPAS PARA PRODUZIR O SEU ARTISTA ETAPAS PARA PRODUZIR O SEU ARTISTA Objetivo Desenvolver a gestão da carreira do artista, analisando o nicho em que o mesmo se enquadra, detectando e avaliando as oportunidades e ameaças. Somadas a estas

Leia mais

Salão da CERVEJA Realização: 15, 16 e 17 de outubro/2015 Expo Dom Pedro

Salão da CERVEJA Realização: 15, 16 e 17 de outubro/2015 Expo Dom Pedro Salão da CERVEJA Realização: 15, 16 e 17 de outubro/2015 Expo Dom Pedro Cenário O mercado de cervejas especiais está em expansão no mundo. Nos EUA, respondem por 16% do consumo e pela primeira vez as cervejas

Leia mais

2009, um ano de grandes realizações e conquistas

2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009, um ano de grandes realizações e conquistas 2009 foi um ano de grandes realizações e conquistas para o Serviço Social da Indústria (SESI), entidade que integra o Sistema Federação das Indústrias no

Leia mais

O aconchego da sua casa, com o conforto de um hotel.

O aconchego da sua casa, com o conforto de um hotel. O aconchego da sua casa, com o conforto de um hotel. 365 dias do ano junto ao mar! Um lugar para se viver bem. Inteligente, sofis cado e totalmente elaborado para o seu completo bem estar, assim é o Life

Leia mais

COPA 2014 DESAFIOS E OPORTUNIDADES. GEAE Grupo de Excelência em Administração Esportiva Conselho Regional de Administração - SP

COPA 2014 DESAFIOS E OPORTUNIDADES. GEAE Grupo de Excelência em Administração Esportiva Conselho Regional de Administração - SP COPA 2014 DESAFIOS E OPORTUNIDADES GEAE Grupo de Excelência em Administração Esportiva Conselho Regional de Administração - SP A INDÚSTRIA DO ESPORTE A Indústria do Esporte Atividades econômicas relacionadas

Leia mais

Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH. Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB

Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH. Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH Roberto Luciano Fagundes Presidente do BHC&VB Legado turístico pós-copa: as potencialidades de BH O que é Belo Horizonte Convention & Vistors Bureau

Leia mais

AS RELAÇÕES DO ESPORTE COM AS REDES DE TV :OS NOVOS PARADIGMAS NA GESTÃO DO ESPORTE E DA MÍDIA ESPORTIVA

AS RELAÇÕES DO ESPORTE COM AS REDES DE TV :OS NOVOS PARADIGMAS NA GESTÃO DO ESPORTE E DA MÍDIA ESPORTIVA AS RELAÇÕES DO ESPORTE COM AS REDES DE TV :OS NOVOS PARADIGMAS NA GESTÃO DO ESPORTE E DA MÍDIA ESPORTIVA FRANCISCO PAULO DE MELO NETO (UFRRJ/RJ) Resumo: A crescente participação das empresas de comunicação,

Leia mais

Obras de Modernização do Mineirão

Obras de Modernização do Mineirão Obras de Modernização do Mineirão Agenda 1. Planejamento Estratégico Integrado 2. Contrato de Concessão Administrativa do Complexo do Mineirão 3. Premissas da Modernização 4. Evolução das obras Agenda

Leia mais

R$ 167,00 R$ 189,00 R$ 200,00 Fone: (091) 4009-2400 Atendimento: Marta e Brito

R$ 167,00 R$ 189,00 R$ 200,00 Fone: (091) 4009-2400 Atendimento: Marta e Brito OPÇÕES DE HOTÉIS EXTRA PACOTE Observações Importantes: Os hotéis abaixo relacionados não integram o Pacote oferecido pela ValeVerde Turismo (Agência Oficial do evento), que exime-se de responsabilidades

Leia mais

APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS EM EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS ANDARES

APLICAÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS EM EDIFÍCIOS DE MÚLTIPLOS ANDARES Autor: Paulo André Brasil Barroso Eng. Civil. Pós-graduado em cálculo estrutural McGill University Montreal Canadá 1975/1977. Sócio de uma das maiores empresas fabricantes de estruturas metálicas do país

Leia mais

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL

NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL Maio de 2009 NOVOS ASSOCIADOS DO MÊS DE ABRIL GRUPO FITTA CÂMBIO E TURISMO Segmento: Câmbio e Turismo Desde 1999, o Grupo Fitta oferece os mais completos produtos de câmbio no Brasil: cartões bandeira

Leia mais

VIRADA OLIMPICA NO RIO

VIRADA OLIMPICA NO RIO VIRADA OLIMPICA NO RIO A PROPOSTA DE INTRODUZIR A ZONA PORTUARIA NA ROTA DOS JOGOS DE 20l6 ESQUENTA O DEBATE DE COMO FAZER DO Rio DE JANEIRO UMA CIDADE MUITO MELHOR Cenario futurista: um renovado Maracana

Leia mais

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10

Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014. Salvador 04/11/10 Oportunidades de Negócios com a Copa do Mundo 2014 Salvador 04/11/10 É a vez do Brasil! Linha do Tempo Eventos Esportivos Copa das Confederações 2013 Copa do Mundo FIFA 2014 Olimpíadas e Paraolimpíadas

Leia mais

O condomínio La Dolce VIta Vila Romana, está situado em um terreno de 10.153,29 m², situado entre as Ruas Espártaco, Camilo, Aurélia e Tito.

O condomínio La Dolce VIta Vila Romana, está situado em um terreno de 10.153,29 m², situado entre as Ruas Espártaco, Camilo, Aurélia e Tito. CONDOMÍNIOS VERTICAIS RESIDENCIAIS NA CIDADE DE SÃO PAULO (2000-2008): CONDOMÍNIOS - CLUBE O condomínio La Dolce VIta Vila Romana, está situado em um terreno de 10.153,29 m², situado entre as Ruas Espártaco,

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional

Estudo da Demanda Turística Internacional Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil 2012 Resultados do Turismo Receptivo Pontos de Coleta de Dados Locais de entrevistas - 25 Entrevistados - 31.039 15 aeroportos internacionais, que representam

Leia mais

GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS GESTÃO DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS DA CONCEPÇÃO E IMPLANTAÇÃO À GESTÃO DE NOVOS EMPREENDIMENTOS E SEUS DESAFIOS: MEGACONDOMINIOS, CONDOMINIOS INTELIGENTES, MIX-USED E OUTRAS TENDENCIAS PALESTRANTE:

Leia mais

Foto de Gabriel Lordêllo, parte da exposição realizada no estande de vendas do Mirador Camburi. Visite e conheça outras imagens encantadoras.

Foto de Gabriel Lordêllo, parte da exposição realizada no estande de vendas do Mirador Camburi. Visite e conheça outras imagens encantadoras. SINGULAR exclusivo supremo único Morar Construtora LANÇA NOVO PROJETO INSPIRADO PELA NATUREZA E ASSINADO POR GRANDES NOMES. Reconhecida pela credibilidade e entrega no prazo, a Morar Construtora tornou-se

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO / ENTIDADE FISCALIZADA. Município/UF: Fortaleza / CE

1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO DA FISCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO / ENTIDADE FISCALIZADA. Município/UF: Fortaleza / CE 1. APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO Município/UF: Fortaleza / CE DA FISCALIZAÇÃO Objeto da fiscalização: Estádio Plácido Aderaldo Castelo Tipo de obra: Estádio de futebol Período abrangido pela fiscalização:

Leia mais

Transporte Vertical em Edifícios Como projetar edifícios com elevadores?

Transporte Vertical em Edifícios Como projetar edifícios com elevadores? Transporte Vertical em Edifícios Como projetar edifícios com elevadores? Nós movimentamos 1 bilhão de pessoas a cada dia... Grupo Schindler Grupo Schindler - Fundado por Robert Schindler, em 1874, na Suíça

Leia mais

XXIV ENCONTRO DE VOLUNTÁRIOS CONSESP Agosto 2015. Rio de Janeiro e Espírito Santo

XXIV ENCONTRO DE VOLUNTÁRIOS CONSESP Agosto 2015. Rio de Janeiro e Espírito Santo XXIV ENCONTRO DE VOLUNTÁRIOS CONSESP Agosto 2015 Rio de Janeiro e Espírito Santo Vôos Ida: 23/08/2015 Vôo JJ3334 (Curitiba) 06:00 06:55 (Guarulhos) Vôo JJ3684 (Guarulhos) 08:05 09:05 (Galeão) Volta: 30/08/2015

Leia mais

artes visuais na capital

artes visuais na capital artes visuais na capital Na cidade de São Paulo, em função do tamanho da amostra, é possível comparar os resultados entre as diferentes regiões da cidade.! As páginas seguintes apresentam o número de entrevistados

Leia mais

ESPETÁCULOS ESPORTIVOS

ESPETÁCULOS ESPORTIVOS 2ª Parte ESPETÁCULOS ESPORTIVOS Os eventos esportivos devem passar a ser vistos como grandes espetáculos capazes de seduzir o público, gerando receitas capazes de garantir lucros constantes. No Brasil

Leia mais

FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO. O presente anteprojeto de proposta está estruturado a partir de três níveis de organização.

FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO. O presente anteprojeto de proposta está estruturado a partir de três níveis de organização. FORMAS DE CONTRIBUIÇÃO O presente anteprojeto de proposta está estruturado a partir de três níveis de organização. O primeiro deles se refere aos eixos norteadores da política. Este nível compreende os

Leia mais

Clube. Paineiras do Morumby. Desde 1960, formando esportistas e consolidando amizades.

Clube. Paineiras do Morumby. Desde 1960, formando esportistas e consolidando amizades. Clube Paineiras do Morumby Desde 1960, formando esportistas e consolidando amizades. 2 120 mil m² de puro lazer. Um verdadeiro oásis urbano. O Paineiras Fundado em agosto de 1960, o Clube Paineiras do

Leia mais

SHOPPING POPULAR DE CANOAS/RS

SHOPPING POPULAR DE CANOAS/RS SHOPPING POPULAR DE CANOAS/RS Análise Econômica e Financeira Este relatório, elaborado pela Projeobra Engenharia Ltda., apresenta a análise econômica e financeira da implantação de um Shopping Popular

Leia mais

O que é a Costa do Sauípe?

O que é a Costa do Sauípe? O que é a Costa do Sauípe? A Costa do Sauípe é um complexo hoteleiro, localizado a 76 quilômetros do aeroporto de Salvador, no município de Mata de São João, litoral norte da Bahia. Possui 6 km de praias,

Leia mais

(Melhor visualização em Tela cheia) Av. Rui Barbosa, s/nº - Itaparica - Bahia Brasil

(Melhor visualização em Tela cheia) Av. Rui Barbosa, s/nº - Itaparica - Bahia Brasil (Melhor visualização em Tela cheia) A Ilha de Itaparica está localizada em uma das mais belas ilhas do litoral brasileiro. Única estância hidromineral à beira-mar das Américas. Possui 146 km 2 de superfície

Leia mais

Pontal da Barra - Centro de Lazer e Negócios

Pontal da Barra - Centro de Lazer e Negócios Pontal da Barra - Centro de Lazer e Negócios Descrição Revitalizar, reurbanizar e ocupar, por meio de um projeto arquitetônico harmonioso e de completa infra-estrutura para o turismo, lazer, comércio e

Leia mais

PROGRAMA PARANÁ MICE PROJETO DE PESQUISAS DE DEMANDA

PROGRAMA PARANÁ MICE PROJETO DE PESQUISAS DE DEMANDA PROGRAMA PARANÁ MICE PROJETO DE PESQUISAS DE DEMANDA PROMOTORES DE EVENTOS ASSOCIATIVOS ESTADUAIS ASSOCIATIVOS LOCAIS CORPORATIVOS TURISTAS NEGÓCIOS ( 2016) EVENTOS FEIRAS CONGRESSOS 2 SEMINÁRIO PARANÁ

Leia mais

Olimpíadas e Copa do Mundo: prestígio a que preço?

Olimpíadas e Copa do Mundo: prestígio a que preço? Olimpíadas e Copa do Mundo: prestígio a que preço? Nota dos editores Stanley Engerman 1 Esta semana temos o privilégio de publicar um artigo do Historiador e Economista Stanley Engerman, da Universidade

Leia mais