Oportunidades no Sector de Infraestruturas em Moçambique

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Oportunidades no Sector de Infraestruturas em Moçambique"

Transcrição

1 MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, HABITAÇÃO E RECURSOS HÍDRICOS Oportunidades no Sector de Infraestruturas em Moçambique FÓRUM PARA COOPERAÇÃO ECONÓMICA E COMERCIAL CHINA E CPLP MACAU, JUNHO DE 2015

2 Índice 1 Moçambique Dados Gerais 3 2 Sector de Infraestruturas em Moçambique 2.1 Subsector de Águas 2.2 Subsector de Estradas e Pontes 2.3 Subsector de Habitação 7 3 Modalidades de Financiamentoss 19 2

3 Moçambique Dados Gerais Localização e População Moçambique é um país localizado na costa oriental da África Austral, banhado pelo Oceano Índico (Canal de Moçambique), com uma superfície de km², de água firme é de km² a superfície de águas interiores e tendo uma fronteira terrestre de km² do Rovuma a Ponta Ouro, com os seguintes países: Norte: Tanzânia (Rio Rovuma); Noroeste: Malawi e Zâmbia; Oeste: Zimbabwe, África do Sul e Suazilândia; Sul: África do Sul. Segundo as projecções do Instituto Nacional de Estatística (INE), Moçambique tem uma população de cerca de Habitantes (2015), distribuídos da seguinte: População de Moçambique por Sexo Homens: Mulheres: Total População de Moçambique por Zona Urbana e Rural População Urbana: População Rural: Total

4 Maputo Inhambane Manica Sofala Moçambique Dados Gerais Localização e População Total: 799,380 km 2 Perfil do País Área Água: 17,500 km 2 Niassa Terra Firme: 781,880 km (Maputo e Matola com cerca de aproximadamente 2 milhões): Tete Nampula População Línguas Homens: Mulheres: População Urbana: População Rural: Português: Língua oficial Zambézia Grupos Linguísticos 99% (Changana, Sena, Macua, e outros) Outros com menos de 1% (Europeus, Euro-africanos e asiáticos) Clima Tropical a subtropical Desastres Naturais Seca; ciclones, cheias, com maior incidência nas províncias da região sul e centro do pais Gaza Sistema Legal PIB por Sector Baseado no direito português e direito costumeiro Agricultura: 27% Transportes e Comunicações: 10% Indústria Transformadora: 11% Indústria Extractiva: 2% Construção: 4% Comércio, Serviços e Reparações: 18% Serviços Financeiros: 5% Outros Sectores: 23% Força de Trabalho por Sectores 70% Agricultura 30% Indústria e Serviços Principais Indústrias Produtos Agrícolas Alimentação e Bebidas, Indústria Química (Fertilizantes, Sabão e Tintas), Alumínio, Carvão Mineral, Gás Natural, Produtos Petrolíferos, Têxteis, Cimento, Vidro, Asfalto e Tabaco Algodão, Castanha de Cajú, Cana-de-açúcar, Soja, Chá, Mandioca, Milho, Coco, sisal, Citrinos e Frutas Tropicais, Batata, Girassol, Carne e Aves domésticas 4

5 Moçambique Dados Gerais Economia PIB e Média Taxa de Crescimento do PIB 7,1% 7,3% 7,5% 7,9% 7,8% 7,8% 7,6% PIB Nominal (Milhões de MT) Taxa de inflação média anual 12,7% 10,4% 7,2% 5,6% 5,6% 5,6% 7,9% Reparticipação do Sectores de Actividade e Agricultura, Pecuária, Silvicultura 28% 28% 28% 28% 28% 27% Pescas 2% 2% 2% 2% 1% 1% Indústria Extractiva e Mineira 1% 1% 2% 2% 2% 2% Indústria Transformadora 13% 13% 12% 12% 11% 11% Electricidade e Água 4% 4% 5% 5% 5% 5% Construção 4% 4% 4% 4% 4% 4% Comércio e Serviços de Reparação 16% 17% 17% 17% 17% 18% Hotéis e Restaurantes 2% 2% 2% 2% 2% 2% Transportes e Comunicações 10% 10% 10% 10% 10% 10% Serviços Financeiros 4% 4% 4% 5% 5% 5% Outros 16% 15% 15% 15% 15% 14% Total 100% 100% 100% 100% 100% 100% 5

6 Moçambique Dados Gerais Economia Repartição do PIB por Sector p Agricultura, Pecuária, Silvicultura 28,2% 28,5% 28,2% 27,9% 27,6% 27,3% Pescas 1,8% 1,7% 1,6% 1,6% 1,5% 1,4% Indústria Extractiva 1,4% 1,5% 1,6% 1,7% 1,8% 1,9% Indústria Transformadora 13,4% 12,7% 12,3% 11,8% 11,4% 11,0% Electricidade e àgua 4,5% 4,4% 4,6% 4,6% 4,7% 4,8% Construção 4,0% 4,0% 4,0% 4,0% 4,0% 4,1% Comércio e Serviços de Reparação 15,6% 16,5% 16,7% 17,0% 17,3% 17,5% Hotéis e Restaurantes 1,6% 1,8% 1,8% 1,8% 1,8% 1,8% Transportes e Comunicações 9,6% 9,8% 9,9% 10,0% 10,1% 10,3% Serviços Financeiros 4,0% 3,8% 4,1% 4,6% 5,0% 5,4% Aluguer de Imóveis e Serviços Prestados a Empresas 5,0% 4,6% 4,4% 4,2% 3,9% 3,7% Administração Pública 3,8% 4,0% 4,0% 4,0% 4,1% 4,1% Educação 4,1% 3,9% 4,0% 4,0% 4,1% 4,0% Saúde e Acção Social 1,6% 1,5% 1,5% 1,5% 1,5% 1,5% Outros Serviços 1,4% 1,3% 1,3% 1,2% 1,2% 1,1% Total 100% 100% 100% 100% 100% 100% 6

7 COMPETÊNCIA DO MOPHRH Sector de Infraestruturas em Moçambique Objectivos Estratégicos O Governo de Moçambique prioriza a expansão sustentável e a melhoria da qualidade das infraestruturas socioeconómicas essenciais e vitais para a promoção da actividade produtiva do Sector Privado e associativo e para o incremento da capacidade do Sector Público de prover os serviços sociais básicos à população. i Aumentar o acesso com qualidade e disponibilidade de energia eléctrica, combustíveis líquidos e gás natural para o desenvolvimento das actividades socioeconómicas, o consumo doméstico e a exportação ii Melhorar e expandir a rede das estradas e pontes vitais para o desenvolvimento socioeconómico iii Construir e expandir a capacidade das infraestruturas de armazenamento de água e irrigação iv Construir e expandir infraestruturas de saneamento, incluindo aterros sanitários v Garantir a gestão integrada de recursos hídricos vi Garantir a gestão integrada de bacias hidrográficas internacionais vii Expandir a rede de infraestruturas sociais, da Administração Pública e Justiça, e de formação profissional vii Expandir e modernizar as infraestruturas ferro-portuárias, pesqueiras, de comunicações e de logística 7

8 Sector de Infraestruturas em Moçambique Objectivos Estratégicos No âmbito da Prioridade IV do PQG DESENVOLVIMENTO DE INFRAESTRUTURAS ECONÓMICAS E SOCIAIS, o Governo de Moçambique define como objectivo estratégico para a componente de estradas e pontes: MELHORAR E EXPANDIR A REDE DAS ESTRADAS E PONTES VITAIS PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÓMICO DO PAÍS: 1. Concluir as obras de reabilitação de 454 Km, asfaltagem de 877 Km de estradas e de reabilitação de 03 e construção de 32 pontes, resilientes aos efeitos da mudança e variabilidade climática. 2. Iniciar a reabilitação de Km, asfaltagem de 970 Km de estradas e construção de 14 pontes. 3. Garantir a manutenção das estradas e pontes com o envolvimento do sector privado e utentes. 4. Pavimentar 250 Km e reabilitar Km de estradas rurais com uso de materiais localmente disponíveis e tecnologias para estradas de baixo volume de tráfego. 5. Garantir a manutenção de Rotina anual de Km, manutenção Periódica de Km da rede de estradas, bem como de 8 pontes. 6. Realizar estudos para o descongestionamento de acessos às principais cidades. 7. Realizar estudos para a reabilitação e asfaltagem de Km de estradas. 8. Realizar estudos para a construção de 3 pontes. 8

9 Sector de Infraestruturas em Moçambique Objectivos Estratégicos CONSTRUIR E EXPANDIR A CAPACIDADE DAS INFRAESTRUTURAS DE ARMAZENAMENTO DE ÁGUA E DE IRRIGAÇÃO: Mobilizar financiamento para a elaboração de estudos para a construção e reabilitação de obras hidráulicas: Corumana (Maputo), Nhacangara (Manica), Locómuè (Niassa), Nicanda (Cabo Delgado), e descarregador auxiliar da barragem dos Pequenos Libombos (Maputo) e Mapai (Gaza); Mobilizar financiamento para a construção das barragens de Metuchira (Sofala), Gorongosa (Sofala) e Moamba Major (Maputo); Mobilizar financiamento para a reabilitação das barragens de Chipembe (Cabo Delegado) e descargas de fundo da barragem de Massingir (Gaza); reabilitação parcial (terraço, muro e equipamento hidromecânico) da barragem de Macarretane (Gaza); instalação das comportas da barragem de Corumana (Maputo) e Locómuè (Niassa); Mobilizar financiamento para a reabilitação de diques e construção de plataformas de refúgios nas bacias hidrográficas dos rios Maputo e Incomáti (Maputo), Limpopo (Gaza), Save (Inhambane e Sofala); Búzi e Púnguè (Sofala), Zambeze (Marromeu e Chemba, em Sofala; Tambara, em Manica) e Licungo (Nante, em Maganja da Costa, na Zambézia); Promover a construção das barragens de Mapai (Gaza); Revúbuè e Luia (Tete), Mugeba e Mutala (Zambézia); Lúrio, Mutelele e Sanhute (Nampula); Megaruma (Cabo Delgado); Luatize e Mussengue (Niassa); e Construir e reabilitar infra-estruturas hidro-agrícolas para irrigação e abeberamento de gado. 9

10 Sector de Infraestruturas em Moçambique Objectivos Estratégicos CONSTRUIR E EXPANDIR INFRAESTRUTURAS DE SANEAMENTO, INCLUINDO ATERROS SANITÁRIOS: Construir e reabilitar infra-estruturas de saneamento e de drenagem de águas pluviais e promover a sua gestão sustentável, com destaque para as cidades da Beira, Maputo, Matola, Tete, Quelimane, Gúruè, Mocuba, Nampula e Pemba; Promover a construção de sistemas de saneamento e drenagem nas cidades de Maputo e Matola (áreas de expansão), Xai-Xai, Chókwè, Tete (área de expansão) e Nacala; e Promover a construção de infrestruturas de gestão de resíduos sólidos. Garantir a gestão integrada de recursos hídricos: Elaborar planos estratégicos de desenvolvimento de recursos hídricos e gestão de cheias nas bacias hidrográficas dos rios Limpopo, Zambeze, Licungo e Lúrio; b) Elaborar planos estratégicos de desenvolvimento de recursos hídricos do mar e das águas interiores; c) Realizar estudos hidro-geológicos nos principais aquíferos, priorizando aos aquíferos que servem de fonte de água para os sistemas de abastecimento de água a população; d) Definir a rede hidroclimatológica estratégica, priorizando as bacias vulneráveis a cheias e inundações; e e) Construir estações hidroclimatológicas priorizando as bacias vulneráveis a cheias e secas. 10

11 Sub Sector de Águas 11

12 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Águas Moçambique situa-se a jusante de 9 (Nove) bacias internacionais partilhadas com os países vizinhos donde provem cerca de 50% do potencial do país em recursos hídricos disponíveis. A localização geográfica de Moçambique coloca o país vulnerável a calamidades naturais, nomeadamente cheias, ciclones, secas, resultando na escassez de água e destruição de infraestruturas de todo o tipo. Os Desafios do Subsector de Águas são: Construção de infraestruturas de retenção, armazenamento de água e controlo de cheia e Construção de barragens multiuso (para irrigação, abastecimento de água e produção de energia eléctrica) 12

13 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Águas REGIÃO NORTE: 1) Construção da Barragem de MIQUELE com capacidade de armazenamento de água de 250 Milhões de m 3 2) Construção da Barragem de LUATIZE, com capacidade de armazenamento de 400 Milhões de m 3 3) Construção da Barragem de MUSSENGUE com capacidade de Armazenamento de 600 Milhões de m 3 4) Construção de Barragens na Bacia do Lúrio na Província de Nampula (MALEMA), com uma capacidade de armazenamento de água de 1200 Milhões de m 3 e produção de energia eléctrica de 120 MW 13

14 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Águas REGIÃO NORTE: 5) Construção da Barragem na Bacia do Lúrio (NAMPULA E CABO DELGADO), com capacidade de armazenamento de água de 1500 Milhões de m 3 e produção de energia eléctrica de 280 MW 6) Reabilitação/ampliação dos Sistemas de Abastecimento de Água das cidades e vilas nomeadamente: LICHINGA SANGA MUEDA MONTEPUEZ NAMPULA 7) Construção/reabilitação dos Sistemas de Drenagem das Cidades de PEMBA e NAMPULA. 14

15 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Águas REGIÃO CENTRO: 1) Construção da Barragem de PAVUA com capacidade de armazenamento de água de 400 Milhões de m 3 e de Produção de energia eléctrica de 100 MW 2) Construção da Barragem de NHACANGARA com capacidade de armazenamento de água de 190 Milhões de m 3 3) Sistemas de Abastecimento de Água a cidades e vilas de Nhamatanda, Maganja da Costa, Mocuba, Gurué, Pebane, Moatize, Doa, Chitima, Espungabera, Búzi, Cheringoma, Marringue, Gorongosa, Marromeu e Chemba. 4) Construção/reabilitação e reabilitação dos Sistemas de Drenagem da Cidade de Gurué. 5) Construção/reabilitação de Diques de Protecção contra cheias e inundações nas Bacias Hidrográficas de Búzi, Púngue, Lugela e Machanga. 15

16 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Águas REGIÃO SUL: 1) Construção da Barragem da Bacia de Save com capacidade de armazenamento de 2 Milhões de m 3 e de produção de energia eléctrica de 60 MW 2) Construção da Barragem de MOVENE com capacidade de armazenamento de 20 Milhões de m 3 3) Barragem de MAPAI com capacidade de água de armazenamento de Milhões de m 3 para irrigação de hectares e produção de energia eléctrica de 75 MW 4) Construção da Barragem de Massangena; 5) Reabilitação/ampliação dos sistemas de Abastecimento de Água às Vilas de Namaacha, Govuro, Massinga e Quissico; Barragem de Massangena Barragem de Mapai Barragem de Movene 6) Construção/reabilitação de diques de Protecção contra cheias e inundações nas Bacias Hidrográficas de Maputo, Incomáti, Limpopo e Save. 16

17 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Águas SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA: 2 1 A 1) SAA de Mueda, Chiúre e Montepuez 2) SAA de Lichinga, Cuamba e Sanga 4 3 B 3) SAA de Nampula e Nacala 4) SAA de Moatize, Doa, Chitima, Nhamayabué, Ulónguè e Fingoé 5 C 5) SAA de Maganja da Costa, Mocuba, Milange, Gurué e Pebane 6) SAA de Nhamatanda, Búzi, Cheringoma, Gorongosa, Marromeu, Chemba e Marringue 7 6 7) SAA de Espungabera e Guro Sede 8) SAA de Govuro, Massinga, Quissico, Mabote Sede, Jangamo, Homoíne e Morrumbene 9) SAA de Chibuto, Massangena e Chigubo ) SAA da Área de Grande Maputo e Namaacha SISTEMAS DE DRENAGEM: A. Sistema de Drenagem de Pemba B. Sistema de Drenagem de Nampula 10 C. Sistema de Drenagem de Gurué 17

18 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Águas Diques de Protecção: Província da Zambézia: Diques de Protecção dos Regadios Nicoadala, Nante e Morrumbala de Província de Manica: Diques de Protecção nas Bacias de Búzi e Púngué Províncias de Gaza e Inhambane: Diques de Protecção do Save e Machanga Província de Gaza: Dique de Protecção do Regadio Baixo Limpopo e da Cidade de Xai-Xai Dique de Protecção do Regadio de Chokwé e da Cidade de Chokwé Província de Maputo: Diques de Protecção nas Bacias de Maputo e Incomáti 18

19 Sub Sector de Estradas e Pontes 19

20 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Estradas e Pontes Moçambique possui uma rede de estradas classificadas de cerca de Km, sendo apenas cerca de 20% estradas pavimentadas. Estradas Primárias, que ligam as Cidades Capitais e principais Portos com cerca de Km. Estradas Secundárias que ligam as estradas primárias, as Cidades Capitais aos portos marítimos e fluviais com cerca de Km. Estradas Terciárias, ligam estradas secundárias, Sedes distritais, Postos Administrativos, com empreendimentos económicos: agricultura, mineração e comercialização com cerca de Km. Estradas Vicinais, ligam os centros populacionais com cerca de Km. Tipologia de Estradas Não Pavimentadas Pavimentadas Total Estradas Primárias Estradas Secundárias Estradas Terciárias Estradas Vicinais Total

21 Projectos de Estradas Construção da Ponte do Rovuma 2300m III Ponte do Rio Rovuma Namoto Palma Palma Quionga - Namoto Pemba - Montepuez Extensão: 45 km Extensão: 200 km Asfaltagem Reabilitação Localização: Província de Cabo Delgado Localização: Províncias de Cabo Delgado Montepuez Pemba República de MOÇAMBIQUE

22 Projectos de Estradas Cuamba - Marrupa Marrupa Extensão: 249 km Asfaltagem Localização: Província do Niassa Cuamba

23 Projectos de Estradas Nametil Chalaua - Moma Extensão: 122 km Asfaltagem Localização: Província de Nampula Nampula Nametil Nametil - Angoche Extensão: 96 km Asfaltagem Localização: Província de Nampula Angoche Moma

24 Projectos de Estradas Madamba Mutarara Morrumbala - Zero Extensão: 335 km Asfaltagem Madamba Quelimane - Nicoadala Extensão: 37 km Reabilitação Localização: Província da Zambézia Localização: Províncias de Tete e Zambézia Mutarara Zero Nicoadala Quelimane

25 Projectos de Estradas Bene Fingue - Zumbo Zumbo Bene Extensão: 245 km Asfaltagem Localização: Província de Tete

26 Projectos de Estradas Mapai Massangena Espungabera; Ponte do Save Extensão: 267 km Asfaltagem Localização: Províncias de Gaza e Manica Espungabera Massangena Mapai Ponte do Save Dombe - Gonda (Mutindir) Extensão: 50 km Asfaltagem Localização: Províncias de Manica

27 Projectos de Estradas Rio Save Muxungue e Inchope Caia Extensão: 450 km Reabilitação Localização: Províncias de Sofala Inchope Dondo Caia Matondo Dondo Inhaminga Matondo Extensão: 195 km Asfaltagem Localização: Províncias de Sofala Muxungue

28 Projectos de Estradas Mandlakaze Panda - Homoine - Maxixe Extensão: 200 km Asfaltagem Localização: Províncias de Gaza e Inhambane Rio Save Pambara Maxixe Pambara Rio Save Extensão: 150 km Reabilitação Localização: Províncias de Sofala Mandlakaze

29 Projectos de Estradas Mapinhane Pafuri Extensão: 480 km Pafuri Mapinhane Moamba Magude Chokwe Praia do Bilene Extensão: 275 km Asfaltagem e Reabilitação Localização: Províncias de Maputo e Gaza Asfaltagem Localização: Províncias de Inhambane e Gaza

30 Projectos de Estradas Reabilitação das Estradas: Maluvane Nova Mambone (54 km) Macovane Inhassoro (15 km); Pambarra VilanKulos (21km) Lindela - Tofo (37km) Localização: Província de Inhambane Caia Matondo

31 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Estradas e Pontes Durante o presente quinquénio , o Governo de Moçambique irá construir e reabilitar estradas e pontes numa extensão de cerca de 3247 Km, conforme descrito nas tabelas seguintes: Província Estrada Extensão (Km) Tipo de Intervenção Palma-Namoto/Palma 45 Asfaltagem Cabo Delgado Ponte sobre o Rio Rovuma em Quionga 2, 3 Construção Pemba-Montepuez 200 Reabilitação Niassa Cuamba-Marrupa 249 Asfaltagem Nampula Zambézia Tete Manica Nametil-Chalaua-Moma 122 Asfaltagem Nametil-Angoche 96 Asfaltagem Chire-Morrumbala-Zero 75 Asfaltagem Quelimane-Nicoadala 37 Asfaltagem Madamba-Mutarara-Chire 260 Asfaltagem Bene-Fingoe-Zumbo 245 Asfaltagem Massengena-Espungabera 150 Asfaltagem Dombe-Gonda (Mutindir) 50 Asfaltagem 31

32 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Estradas e Pontes Província Estrada Extensão (Km) Intervenção Dondo-Inhaminga-Matondo 195 Asfaltagem, Incluindo a Ponte sobre o Rio Bue Maria Sofala Inchope-Caia 320 Reabilitação Manjacaze-Panda-Homoine 200 Asfaltagem Lindela-Inhambane-Tofo 37 Reabilitação Macovane-Inhassoro 15 Reabilitação Inhambane Pambara-Vilankulo 21 Reabilitação Macovane-Nova Mambone 54 Asfaltagem Mapinhane-Pafuri 480 Asfaltagem P. de Bilene-Macia-Chokwe 80 Asfaltagem Gaza Ponte sobre o Rio Save 1 Construção Mapai-Massangena 117 Asfaltagem Maputo Moamba-Magude-Chokwè 180 Asfaltagem (Incluindo a Ponte sobre o Rio Incomáti) Maputo-Zimpeto 16 Alargamento 32

33 Sub Sector de Habitação 33

34 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Habitação os desafios do Governo de Moçambique no quinquénio no que tange a componente de habitação são os seguintes: Efectuar o planeamento e implantação de talhões infraestruturados nas cidades, vilas e zonas rurais. Fomentar e desenvolver parcerias público-privadas para a construção de habitação e empreendimentos juvenis e desportivos. Promover a auto-construção de habitação através da atribuição de talhões infraestruturados, concepção e distribuição de projectos-tipo de habitação, com enfoque nas zonas rurais e assistência técnica sobre o uso de novas tecnologias e de materiais de construção mais baratos e localmente disponíveis. 34

35 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Habitação No âmbito da provisão da habitação para a população, o Governo de Moçambique no quinquénio irá implementar os seguintes projectos; Construção de habitações; Demarcação de talhões infraestruturados, incluindo espaços de lazer, obedecendo em média a meta anual de talhões por província A demarcação de talhões infraestruturados e a infraestruturação dos talhões demarcados no quinquénio anterior carece de financiamento. Assim, o MOPHRH apostará na implementação destas actividades/projectos através de Parcerias Público Privadas

36 Sector de Infraestruturas em Moçambique Subsector de Habitação No quinquénio o Governo de Moçambique promover a construção 35 mil casas, sendo a distribuição por província apresentado no mapa seguintes. 3,5 3,5 3,5 4,5 4,5 3,5 3,5 3,5 2,5 2,5 36

37 Modalidades de Financiamento Os projectos seleccionados enquadram-se na esfera de Projecto de Grandes Dimensões (PGD) susceptível de serem implementados na modalidade de Parceria Público-Privada (PPP) no âmbito da Lei nº 15/2011, de 15 de Agosto, Leis das PPPs, o Governo de Moçambique convida empresas privadas nacionais e estrangeiras a apresentarem manifestação de interesse para: Prestação de serviços de consultoria visando a Assistência Técnica e Supervisão da execução de obras hidráulicas (barragens), infraestruturas rodoviárias (estradas e pontes) e edifícios públicos ou habitacionais; Celebração de Contratos de Concessão que podem assumir umas das seguintes modalidades: Construção, Operação e Devolução (BOT Build, Operate and Transfer); Engineering, Procurement and Construction (EPC); Com estas iniciativas pretende-se criar oportunidades para o envolvimento do Sector Privado no desenvolvimento de infraestruturas económicas e sociais no país. 37

38 OBRIGADO

PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013

PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ENERGIA DIRECÇÃO DE ESTUDOS E PLANIFICA ÇÃO PROPOSTA DO PLANO ECONÓMICO E SOCIAL PARA 2013 Nampula, 16 de Agosto de 2012 MINISTÉRIO DA ENERGIA 1 1. CONTEXTUALIZAÇÃO

Leia mais

O QUE A TDM ESTÁ A FAZER PARA SOLUCIONAR OS DESAFIOS DA CONECTIVIDADE RURAL EM MOÇAMBIQUE PROGRAMAS E PRAZOS

O QUE A TDM ESTÁ A FAZER PARA SOLUCIONAR OS DESAFIOS DA CONECTIVIDADE RURAL EM MOÇAMBIQUE PROGRAMAS E PRAZOS O QUE A TDM ESTÁ A FAZER PARA SOLUCIONAR OS DESAFIOS DA CONECTIVIDADE RURAL EM MOÇAMBIQUE PROGRAMAS E PRAZOS DEFINIÇÃO ACTUAL DE COBERTURA No âmbito do projecto de cobertura distrital, um distrito considera-se

Leia mais

ÁGUA E SAÚDE PÚBLICA. Estratégia de Desenvolvimento do Sector de Aguas de Moçambique.

ÁGUA E SAÚDE PÚBLICA. Estratégia de Desenvolvimento do Sector de Aguas de Moçambique. Públicas e Habitação 1 CONGRESSO DE ENGENHEIROS DE LÍNGUA PORTUGUESA ÁGUA E SAÚDE PÚBLICA Estratégia de Desenvolvimento do Sector de Aguas de Moçambique. DNA 18 OUTUBRO 2012 Maputo, October Outubro de2011

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DE PLANIFICAÇÃO E ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 5ᵃ Edição ORÇAMENTO CIDADÃO 2016 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em

Leia mais

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005

MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 MOÇAMBIQUE ACTUALIZAÇÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR Janeiro 2005 TIPO DE ALERTA: NORMAL VIGILÂNCIA AVISO EMERGÊNCIA CONTEÚDO Perspectiva sobre Riscos... 2 Precipitação e implicações... 2 Análise de Mercados...

Leia mais

ELEIÇÕES GERAIS Resultados das Eleições Presidenciais TOTAL NACIONAL DOS RESULTADOS

ELEIÇÕES GERAIS Resultados das Eleições Presidenciais TOTAL NACIONAL DOS RESULTADOS PROVÍNCIA / REGIÃO Assembleias de Voto Eleitores Inscritos ELEIÇÕES GERAIS 2004 - Resultados das Eleições Presidenciais RAUL DOMINGOS ARMANDO GUEBUZA TOTAL NACIONAL DOS RESULTADOS JACOB SIBINDY AFONSO

Leia mais

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012

Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO Plano de Comercialização Agrícola para 2011 e 2012 1 Estrutura de apresentação Objectivo do Plano Caracterização geral da comercialização agrícola Principais Intervenientes

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação

República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação. ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação República de Moçambique Ministério das Obras Públicas e Habitação ABASTECIMENTO DE ÁGUA NAS PRINCIPAIS CIDADES Projectos e Cooperação Pedro Paulino Maio 2013 CONTEÚDO 1. CONTEXTO INSTITUCIONAL: Quadro

Leia mais

18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040

18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040 18 de Junho de 2015 Quente-Quente No. 1040 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX 1 MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO INSTITUTO PARA A PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES - IPEX MOÇAMBIQUE Informação Geral IPEX Instituto para a Promoção de Exportações POTENCIAIS SECTORES DE EXPORTAÇÃO Por Provincia

Leia mais

ELEIÇÕES GERAIS Resultados das Eleições Legislativas TOTAL NACIONAL DOS RESULTADOS

ELEIÇÕES GERAIS Resultados das Eleições Legislativas TOTAL NACIONAL DOS RESULTADOS ELEIÇÕES GERAIS 2004 - Resultados das Eleições Legislativas TOTAL NACIONAL DOS RESULTADOS PROVINCIA / REGIÃO Assembleias de voto Eleitores Inscritos RENAMO-UE FRELIMO PDD PARENA SOL PEC-MT PIMO PASOMO

Leia mais

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013

Instituto Nacional de Irrigação. A Perspectiva das Instituições Contratantes 31 de Maio de 2013 Instituto Nacional de Irrigação 31 de Maio de 2013 Estrutura da apresentação I. Reforma do subsector de irrigação em Moçambique II. O INIR - Instituto Nacional de Irrigação 1. Objectivos 2. Organização

Leia mais

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio

Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique. Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio Workshop Internacionalização - Angola e Moçambique Moçambique: Caracterização do Mercado e Oportunidades de Negócio 6 de Março de 2012 1 Agenda Dados Demográficos dados Sociais dados Políticos dados Económicos

Leia mais

BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011)

BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011) REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA DIRECÇÃO NACIONAL DOS SERVIÇOS AGRÁRIOS BALANÇO PRELIMINAR DA CAMPANHA AGRÍCOLA (2010/2011) Agosto, 2011 Conteúdo de Apresentação 1. Introdução 2. Principais

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE Programa Nacional de Controle das DTS/HIV/SIDA Grupo Técnico Relatório do Encontro para Divulgação Dos dados das Taxas de Prevalência

Leia mais

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique

Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Oportunidades de Investimento no Sector Agrario em Mocambique Apresentado pelo Director do Centro de Promoção da Agricultura Abdul Cesar Mussuale Turino, Fevereiro 2012 Estrutura de Apresentacao I. Informacao

Leia mais

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Augusto de Sousa Fernando asousa@edm.co.mz 1 Electricidade de Moçambique (EDM) Empresa Nacional de Electricidade, responsável pela Produção, Transporte,

Leia mais

Audiência Parlamentar Internacional em Moçambique Maputo, 19 de Setembro de 2009 1. ELECTRIFICAÇÃO RURAL EM MOÇAMBIQUE Moçambique é rico em recursos energéticos, como é o caso da energia hidroeléctrica,

Leia mais

Perspectiva da Segurança Alimentar em MOÇAMBIQUE. Outubro de 2010 a Março de 2011. Destaques. Calendário sazonal e eventos críticos

Perspectiva da Segurança Alimentar em MOÇAMBIQUE. Outubro de 2010 a Março de 2011. Destaques. Calendário sazonal e eventos críticos Destaques A maioria das famílias rurais conseguirá satisfazer as suas necessidades alimentares básicas durante o período da projecção. Apesar da produção abaixo do normal em algumas partes do sul e centro

Leia mais

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E SEGURANÇA ALIMENTAR OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ABRIL, 2015 Estrutura da Apresentação 2 I. Papel do CEPAGRI II. III. IV.

Leia mais

"Aproveitamento do potencial hidroeléctrico de média escala em Mocambique e desafios para o seu desenvolvimento"

Aproveitamento do potencial hidroeléctrico de média escala em Mocambique e desafios para o seu desenvolvimento Conferência Aquashere 2014 "Aproveitamento do potencial hidroeléctrico de média escala em Mocambique e desafios para o seu desenvolvimento" Indice Introdução Potencial de Geração Hidroeléctrica do País

Leia mais

Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique

Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique 3 Operador de Telecomunicações Móveis Celular em Moçambique Uma Oportunidade de Negócio Atractiva Américo Muchanga Director Geral do INCM dg@incm.gov.mz Tópicos da Apresentação 1. Cronograma do concurso;

Leia mais

15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967

15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967 15 de Janeiro de 2014 Quente-Quente No. 967 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE

L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE L ATITUDE PEMBA O MAR NO HORIZONTE TANZÂNIA Mocimboa da Praia MALAWI Lichinga NIASSA CABO DELGADO NAMPULA Pemba Nacala TETE TETE ZAMBEZIA PEMBA MANICA SOFALA Quelimane CHIMOIO BEIRA para Hararre GAZA INHAMBANE

Leia mais

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique

Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique Plano de Desenvolvimento na Área da Energia em Moçambique A. de Sousa Fernando asousa@edm.co.mz 1 Principais Operadores do Sector Eléctrico Electricidade de Moçambique (EDM) Empresa Nacional de Electricidade,

Leia mais

28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020

28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020 28 de Janeiro de 2015 Quente-Quente No. 1020 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura

Leia mais

5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025

5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025 5 de Março de 2015 Quente-Quente No. 1025 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura - Direcção

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 2015. (Versão Preliminar)

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 2015. (Versão Preliminar) REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 2015 (Versão Preliminar) Maio de 2015 1 Orçamento Cidadão 2015 Visão: Assegurar a participação

Leia mais

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE OPORTUNIDADES DO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE 1 O CEPAGRI (1-3) 2 Criado através do Decreto nº 20/2006 de 29 de Junho como instituição subordinada ao Ministério da Agricultura Criado com objectivo de: Estimular

Leia mais

19 de Junho de 2013 Quente-Quente No. 937

19 de Junho de 2013 Quente-Quente No. 937 19 de Junho de 2013 Quente-Quente No. 937 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura - Direcção

Leia mais

28 de Agosto de 2002. Destaques

28 de Agosto de 2002. Destaques Famine Early Warning Systems Network 28 de Agosto de 2002 Destaques Uma avaliação rápida de necessidades alimentares foi levada a cabo de 22 de Julho a 11 de Agosto de 2002 por equipas do PMA, FEWS NET,

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES. Deliberação n.º 66/CNE/2014 De 3 de Agosto

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES. Deliberação n.º 66/CNE/2014 De 3 de Agosto REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE COMISSÃO NACIONAL DE ELEIÇÕES Deliberação n.º 66/CNE/2014 De 3 de Agosto Atinente aos locais de constituição e funcionamento das Assembleias de Voto Havendo necessidade de determinar

Leia mais

Eleições Autárquicas 2013

Eleições Autárquicas 2013 Eleições Autárquicas 2013 Boletim sobre o processo político em Moçambique Número EA 28 1 de Agosto de 2013 Editor: Joseph Hanlon Editor Adjunto: Adriano Nuvunga Chefe de redação: Fatima Mimbire Repórter:

Leia mais

A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SETOR PORTUGUÊS DA ÁGUA. ÁguaGlobal

A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SETOR PORTUGUÊS DA ÁGUA. ÁguaGlobal ÁguaGlobal MOÇAMBIQUE CLUSTER DA ÁGUA ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO MOÇAMBIQUE DADOS GERAIS BREVE APRESENTAÇÃO DO ESTUDO DO SETOR DA ÁGUA EM MOÇAMBIQUE SETOR DA ÁGUA EM MOÇAMBIQUE Enquadramento Dados Estatísticos

Leia mais

Moçambique 07-12-2010. Missão Empresarial Novembro 2010 PRESENÇA INTERNACIONAL

Moçambique 07-12-2010. Missão Empresarial Novembro 2010 PRESENÇA INTERNACIONAL PRESENÇA INTERNACIONAL Moçambique Portugal Espanha Benelux Suécia Dinamarca Noruega Finlândia Países Bálticos Polónia Hungria Bulgária Rússia Ucrânia Cazaquistão Turquia Irão Argentina Brasil México Estados

Leia mais

POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA

POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA República de Moçambique Governo da Província de Nampula POTENCIALIDADES ECONÓMICAS, OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA PROVÍNCIA Eráti Memba Malema Lalaua Ribáuè Murrupul a Mecuburi Mogovolas Nacarôa Nacala-Porto

Leia mais

INFORMAÇÃO ESPECIAL PARA CTGC CENOE/INGC/2000-10

INFORMAÇÃO ESPECIAL PARA CTGC CENOE/INGC/2000-10 República de Moçambique Ministério da Administração Estatal Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Centro Nacional Operativo de Emergência INFORMAÇÃO ESPECIAL PARA CTGC CENOE/INGC/2000-10 Maputo,

Leia mais

Informação CTGC Nrº42 INGC/CENOE/2012_2013

Informação CTGC Nrº42 INGC/CENOE/2012_2013 República de Moçambique Ministério da Administração Estatal Instituto Nacional de Gestão de Calamidades Centro Nacional Operativo de Emergência Informação CTGC Nrº42 INGC/CENOE/2012_2013 Maputo, 25 de

Leia mais

Centro de Promoção de Investimentos. Rafique Jusob

Centro de Promoção de Investimentos. Rafique Jusob Centro de Promoção de Investimentos Rafique Jusob CPI - Centro de Promoção de Investimentos O CPI oferece um pacote de serviços para assistência aos investidores nacionais e estrangeiros facilitando o

Leia mais

Barragens no Espaço da CPLP Experiências, Soluções e Desafios Maputo, 17-18 de Novembro, 2014

Barragens no Espaço da CPLP Experiências, Soluções e Desafios Maputo, 17-18 de Novembro, 2014 Barragens no Espaço da CPLP Experiências, Soluções e Desafios Maputo, 17-18 de Novembro, 2014 Pequenas Barragens em Moçambique: Motivação, Projecto e Manutenção Prof. Álvaro Carmo Vaz CONSULTEC 1 1 Tópicos

Leia mais

O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE

O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE O PAPEL DOS FORNECEDORES PRIVADOS DE ÁGUA EM MOÇAMBIQUE Suzana Saranga Loforte Gestora de Recursos Hídricos & Meio Ambiente Direcção Nacional de Águas Ministério das Obras Públicas e Habitação de Moçambique

Leia mais

MOÇAMBIQUE. Gateway to Mozambique

MOÇAMBIQUE. Gateway to Mozambique MOÇAMBIQUE Gateway to Mozambique FICHA TÉCNICA Título Moçambique: Manual do Empreendedor Gateway to Moçambique Data Novembro 2006 Promotor/Editor AIP/CCI Associação Industrial Portuguesa / Câmara de Comércio

Leia mais

Previsão Climática para o Período Outubro-2008 a Março-2009

Previsão Climática para o Período Outubro-2008 a Março-2009 Previsão Climática para o Período Outubro-2008 a Março-2009 Na elaboração desta previsão climática sazonal tomou-se em consideração a interação do sistema Oceano-Atmosfera e suas implicações para o clima

Leia mais

MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014

MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014 MOÇAMBIQUE Projecção de Segurança Alimentar Outubro 2013 a Março de 2014 Espera-se período de escassez menos severo devido a boa produção da segunda época e preços de alimentos estáveis DESTAQUES Figura

Leia mais

Fórum da Conectividade Rural

Fórum da Conectividade Rural FUNDO DO SERVIÇO DE ACESSO UNIVERSAL (FSAU) Fórum da Conectividade Rural O Fundo do Serviço de Acesso Universal e o seu papel na promoção de parcerias Público- Privadas para a conectividade rural Apresentado

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS EM MOÇAMBIQUE

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS EM MOÇAMBIQUE REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS CENTRO DE PROMOÇÃO DE INVESTIMENTOS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS EM MOÇAMBIQUE Lourenço Sambo e Danilo Nalá Lisboa, 17 de Julho de 2015 CONTEÚDO 1

Leia mais

Programa de Acção Nacional para a Adaptação. Às Mudanças Climáticas (NAPA)

Programa de Acção Nacional para a Adaptação. Às Mudanças Climáticas (NAPA) MINISTÉRIO PARA COORDENAÇÃO DA ACÇÃO AMBIENTAL (MICOA) DIRECÇÃO NACIONAL DE GESTÃO AMBIENTAL Programa de Acção Nacional para a Adaptação Às Mudanças Climáticas (NAPA) MICOA, Dezembro de 2007 Índice ÍNDICE...I

Leia mais

Database Moçambique Database Moçambique - As Categorias Categoria Total de Registos

Database Moçambique Database Moçambique - As Categorias Categoria Total de Registos Database Moçambique - As Categorias Conheça aqui todas as mais de 290 categorias que fazem parte da Database Moçambique. Ao lado tem disponíveis 2 botões que lhe permitem gravar esta listagem para o seu

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ECONOMIA E FINANÇAS DIRECÇÃO NACIONAL DO ORÇAMENTO ORÇAMENTO CIDADÃO 4ª Edição, 2015 Visão: Assegurar a participação do Cidadão em todas as fases do processo orçamental

Leia mais

Metangula NIASSA. Maúa Mandimba. Cuamba Furancungo. Lake. Malombe. Mossuril Lago de Cahora Bassa. Lake. Nametil Magué. Moatize.

Metangula NIASSA. Maúa Mandimba. Cuamba Furancungo. Lake. Malombe. Mossuril Lago de Cahora Bassa. Lake. Nametil Magué. Moatize. DINAMARCA-MOÇAMBIQUE POLÍTICA DE PARCERIA 2012-2015 2 RESUMO Moçambique alcançou impressionantes resultados económicos desde o fim dos conflitos internos em 1992. O rendimento nacional per capita aumentou

Leia mais

Barragem moamba major: Uma resposta aos desafios que o crescimento social e económico nos impõe

Barragem moamba major: Uma resposta aos desafios que o crescimento social e económico nos impõe Barragem moamba major: Uma resposta aos desafios que o crescimento social e económico nos impõe Comunicação de Sua Excelência Armando Emílio Guebuza, Presidente da República de Moçambique, no lançamento

Leia mais

ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE

ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE ESTRATÉGIAS DO GOVERNO E OPORTUNIDADES DE INVESTIMENTO NO AGRONEGÓCIO EM MOÇAMBIQUE 1 Preparada para o Lançamento da Nova Aliança para a Segurança Alimentar e Nutricional Maputo, 11 de Abril de 2013 Moçambique:

Leia mais

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique

Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique Diversificação e articulação da base produtiva e comercial em Moçambique "Tendências do Investimento Privado em Moçambique: questões para reflexão" Nelsa Massingue da Costa Maputo, Setembro 2013 TENDÊNCIAS

Leia mais

Projetos Internacionais

Projetos Internacionais Projetos Internacionais Projetos Nacionais de Desenvolvimento Nacional de Água (I e II) - Banco Mundial (IDA) Cerca de 130 milhões USD (1998-2007) para a produção de água em zonas rurais e urbanas e para

Leia mais

Custos das Fontes Dispersas em Moçambique

Custos das Fontes Dispersas em Moçambique Folheto Informativo Moç. C 01 Custos das Fontes Dispersas em Moçambique Análise dos custos unitários dos contractos de 2009 Júlia Zita, Arjen Naafs WASHCost Dezembro, 2010 O objectivo deste documento da

Leia mais

ESTRATÉGIA NACIONAL DE GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS

ESTRATÉGIA NACIONAL DE GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE CONSELHO DE MINISTROS ESTRATÉGIA NACIONAL DE GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOS Agosto de 2007 Aprovado na 22ª Sessão do Conselho de Ministros de 21 de Agosto de 2007 ÍNDICE 1 CAPITULO

Leia mais

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE

República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE República de Moçambique Ministério das Finanças SISTAFE Data de Geração: 01/10/2012 Orçamento do Estado para Ano de 2013 Código Designação 0101 Presidência da República 150,000.00 0.00 150,000.00 0105

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS- PONTO DE SITUAÇÃO DA CAMPANHA AGRÍCOLA 2008/09 E PERSPECTIVAS DA CAMPANHA 2009/10

PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS- PONTO DE SITUAÇÃO DA CAMPANHA AGRÍCOLA 2008/09 E PERSPECTIVAS DA CAMPANHA 2009/10 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PLANO DE ACÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS- PONTO DE SITUAÇÃO DA CAMPANHA AGRÍCOLA 2008/09 E PERSPECTIVAS DA CAMPANHA 2009/10 INFORMAÇÃO PARA A COMISSÃO

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Valores

SUMÁRIO EXECUTIVO. Valores SUMÁRIO EXECUTIVO O Plano Estratégico da Província de Inhambane para o período 2011-2020 (PEP II) é parte integrante do processo provincial de planificação do Governo, com a finalidade de promover o desenvolvimento

Leia mais

Id: 40267 (42 years)

Id: 40267 (42 years) Foto não disponível Id: 40267 (42 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 25/06/1973 País: Mozambique, Região: Niassa, Cidade: Lichinga Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO:

Leia mais

Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo. Preço do Arroz Cai em Alguns Mercados

Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo. Preço do Arroz Cai em Alguns Mercados 05 de Janeiro de 2006 Quente-Quente No. 548 Informação Semanal de Mercados Agrícolas no País, Região e Mundo Publicação do Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA) Ministério da Agricultura -

Leia mais

Missão Conjunta Portugal - Brasil. a Moçambique. 23 a 30 Agosto. 50ª FACIM 2014 Feira Internacional de Maputo

Missão Conjunta Portugal - Brasil. a Moçambique. 23 a 30 Agosto. 50ª FACIM 2014 Feira Internacional de Maputo 50ª FACIM 2014 Feira Internacional de Maputo Missão Conjunta Portugal - Brasil a Moçambique 23 a 30 Agosto Enquadramento económico Moçambique A atual estabilidade política de Moçambique, aliada a práticas

Leia mais

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura?

A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? A expansão dos recursos naturais de Moçambique Quais são os Potenciais Impactos na Competitividade da Agricultura? Outubro 2014 A agricultura é um importante contribuinte para a economia de Moçambique

Leia mais

MOÇAMBIQUE. Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 MOÇAMBIQUE 1

MOÇAMBIQUE. Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 MOÇAMBIQUE 1 MOÇAMBIQUE Market Research & Intelligence Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 MOÇAMBIQUE 1 MOÇAMBIQUE MOÇAMBIQUE Market Research & Intelligence Tecnologias e Serviços do Agronegócio 2014 DADOS GERAIS

Leia mais

DESAFIOS DA INCLUSÃO FINANCEIRA EM MOÇAMBIQUE:

DESAFIOS DA INCLUSÃO FINANCEIRA EM MOÇAMBIQUE: DESAFIOS DA INCLUSÃO FINANCEIRA EM MOÇAMBIQUE: Uma Abordagem do Lado da Oferta Seminário Governo/FMI Instrumento de Apoio as Políticas: Experiências e Perspectivas 11 de Março de 2013 Estrutura 1. Motivação

Leia mais

Visão Ser o porto de referência para as cadeias logísticas da costa leste de África.

Visão Ser o porto de referência para as cadeias logísticas da costa leste de África. Corredor de Nacala Engloba : O Porto de Nacala, elemento central do Corredor; O Sistema ferroviário do Norte de Moçambique O Sistema ferroviário do Malawi; e O troço ferroviário Mchinji/Chipata, que permite

Leia mais

BOLETIM DA REPÚBLICA 2.º SUPLEMENTO PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE. SUMÁRIO Assembleia da República: ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

BOLETIM DA REPÚBLICA 2.º SUPLEMENTO PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE. SUMÁRIO Assembleia da República: ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Terça-feira, 14 de Abril de 2015 I SÉRIE Número 29 BOLETIM DA REPÚBLICA PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE 2.º SUPLEMENTO IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P. A V I S O A matéria a publicar

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA. Situação da epidemia de Cólera em Moçambique em 2009

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA. Situação da epidemia de Cólera em Moçambique em 2009 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA SAÚDE DIRECÇÃO NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA Situação da epidemia de Cólera em Moçambique em 2009 Maputo, Janeiro de 2010 I. Introdução Tradicionalmente, a epidemia de

Leia mais

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique.

2007 Licenciatura em Relações Internacionais e Diplomacia pelo Instituto Superior de Relações Internacionais (ISRI) Maputo Moçambique. CURRICULUM VITAE CHAGAS LEVENE Escritório Residência Estudos e Pesquisas Aplicadas, Lda Travessa da Azurara n o 11 Bairro da Sommerschield Tel/fax (+258) 21 485383 Cell: (+258) 82 6255794 clevene@kula.co.mz

Leia mais

BOLETIM DA REPÚBLICA 11.º SUPLEMENTO PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE. Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011 I SÉRIE Número 52 SUMÁRIO

BOLETIM DA REPÚBLICA 11.º SUPLEMENTO PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE. Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011 I SÉRIE Número 52 SUMÁRIO Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011 I SÉRIE Número 52 BOLETIM DA REPÚBLICA PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE 11.º SUPLEMENTO IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P. Conselho de Ministros: Decreto

Leia mais

Identificação e análise dos agentes e causas directas e indirectas de desmatamento e degradação florestal em Moçambique

Identificação e análise dos agentes e causas directas e indirectas de desmatamento e degradação florestal em Moçambique Identificação e análise dos agentes e causas directas e indirectas de desmatamento e degradação florestal em Moçambique Relatório final Maputo, Abril de 2016 Centro de Estudos de Agricultura e Gestão de

Leia mais

Apresentado por: Miquelina Menezes Maputo, 17 de Novembro de 2011

Apresentado por: Miquelina Menezes Maputo, 17 de Novembro de 2011 Energia Para Moçambique Análise do potencial do país no âmbito da geração de energias renováveis e revisão dos projectos de energia solar, eólica, hídrica, biomassa e biodiesel Apresentado por: Miquelina

Leia mais

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P

AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P AEROPORTOS DE MOÇAMBIQUE, E.P 1. PROGRAMA DE INVESTIMENTOS 2. AEROPORTO INTERNACIONAL DE MAPUTO Maputo, 30 Nov 2010 INTRODUÇÃO Devido a dinâmica de desenvolvimento dos últimos tempos, algumas unidades

Leia mais

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE

Internacionalização de PME. Mercado de MOÇAMBIQUE Internacionalização de PME Mercado de MOÇAMBIQUE 12 de Junho de 2013 Mercado de MOÇAMBIQUE ÍNDICE Índice Introdução MOÇAMBIQUE Sociedades Comerciais e Representações Comerciais Estrangeiras Lei de Investimentos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007 APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DEFINITIVOS E DE INDICADORES SÓCIO DEMOGRÁFICOS DO CENSO 2007 Tete, 9 de Junho, 2009 INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA Nesta apresentação vamos abordar 16 tópicos do Censo 2007

Leia mais

EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento

EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento EMPRESAS DE BRASIL E CHINA NA ÁFRICA Parceria, Concorrência e Desenvolvimento O CASO DE MOÇAMBIQUE Por Cardoso T. Muendane, Ph.D. sics@sics.co.mz 2010 LAY OUT Breve apresentação de Moçambique IDE em Moçambique

Leia mais

40 Anos de Internacionalização A Experiência de uma Empresa de Engenharia

40 Anos de Internacionalização A Experiência de uma Empresa de Engenharia A Experiência de uma Empresa de Engenharia Victor Carneiro Presidente da Comissão Executiva da COBA www.coba.pt Fundada em 1962, a COBA, S.A0 é hoje uma das maiores empresas de Consultores de Engenharia

Leia mais

A sustentabilidade na prática: Uso do painel solar em benefício aos residentes do distrito de Moamba- Maputo

A sustentabilidade na prática: Uso do painel solar em benefício aos residentes do distrito de Moamba- Maputo A sustentabilidade na prática: Uso do painel solar em benefício aos residentes do distrito de Moamba- Maputo 1.Introdução Desenvolvimento sustentavel é a utilizacao dos recursos naturais, sem transformar

Leia mais

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto LISTA E CODIFICAÇÃO DAS ÁREAS DE ACTIVIDADES Actividades relacionadas com o património cultural 101/801 Artes plásticas e visuais 102/802 Cinema, audiovisual e multimédia 103/803 Bibliotecas 104/804 Arquivos

Leia mais

Comunicado de imprensa sobre a Auscultação Pública à volta da versão inicial do Plano Director do ProSAVANA

Comunicado de imprensa sobre a Auscultação Pública à volta da versão inicial do Plano Director do ProSAVANA Programa de Cooperação Trilateral para o Desenvolvimento Agrário do Corredor de Nacala (ProSAVANA) Comunicado de imprensa sobre a Auscultação Pública à volta da versão inicial do Plano Director do ProSAVANA

Leia mais

Internet Como um Serviço Essencial

Internet Como um Serviço Essencial Internet Como um Serviço Essencial [O Desenvolvimento da Banda Larga e o Crescimento da Economia Digital ] 20 de Nov de 2015 americo@incm Pontos de Apresentação 1. Banda larga em Moçambique; 2. Como desenvolver

Leia mais

CONSELHO DE MINISTROS

CONSELHO DE MINISTROS REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE CONSELHO DE MINISTROS PLANO DE CONTINGÊNCIA ÉPOCA CHUVOSA E DE CICLONES 2010-2011 APROVADO PELA 38ª SESSÃO DO CONSELHO DE MINISTROS DE 26 DE OUTUBRO DE 2010 1. INTRODUÇÃO Moçambique

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS 1 REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE GOVERNO DA PROVINCIA DE INHAMBANE DIRECÇÃO PROVINCIAL DA JUVENTUDE E DESPORTOS Introdução BALANÇO ANUAL JANEIRO-DEZEMBRO 2012 Actividades realizadas pelo Sector da Juventude e

Leia mais

Investimento Privado em Angola

Investimento Privado em Angola Abril 2013 Investimento Privado em Angola Sectores Económicos Prioritários Investimento Privado em Angola Sectores Económicos Prioritários Sectores económicos prioritários Agricultura e Pecuária Indústria

Leia mais

1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis

1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis CNCCD -PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO NACIONAL DE COMBATE À DESERTIFICAÇÃO 2011 / 2020 1. Promover a melhoria das condições de vida das população das áreas susceptíveis 1- Promover a melhoria das condições

Leia mais

1.1. Antecedentes do Estudo

1.1. Antecedentes do Estudo CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO 1.1. Antecedentes do Estudo 1.1.1. Antecedentes do Estudo A estrutura básica do Programa de Cooperação Triangular para o Desenvolvimento Agrícola da Savana Tropical em Moçambique

Leia mais

6º Fórum Mundial da Água

6º Fórum Mundial da Água 6º Fórum Mundial da Água A gestão integrada de recursos hídricos e de águas residuais em São Tomé e Príncipe como suporte da segurança alimentar, energética e ambiental Eng.ª Lígia Barros Directora Geral

Leia mais

Atlas de Energias Renováveis de Moçambique. Estoril, 25 de Junho de 2015

Atlas de Energias Renováveis de Moçambique. Estoril, 25 de Junho de 2015 Atlas de Energias Renováveis de Moçambique Estoril, 25 de Junho de 2015 Sistema de Gest\ao de Qualidade com o Certificado N 26INNOQ/13 Sistema de Gestão da Qualidade com Certificado Nº PT08/02280 Sistema

Leia mais

Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água

Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água Financiamento Bancário em Moçambique Sector da Água Tiago Valença Pinto Maputo, 31 de Maio de 2013 tiago.pinto@mozabanco.co.mz O PIB Moçambicano cresceu 7,5% em 2012 e a inflação manteve-se em patamares

Leia mais

22 Todas as províncias X X Unidades Orgânicas do MDN MDN. 5 Maputo X X Unidades Orgânicas do MDN MDN

22 Todas as províncias X X Unidades Orgânicas do MDN MDN. 5 Maputo X X Unidades Orgânicas do MDN MDN Programa: Fortalecimento da gestão institucional Objectivo do Programa: Consolidar as bases jurídico-legais que definam os princípios orientadores do funcionamento das instituições da Defesa Indicador

Leia mais

VII REUNIÓN DEL PANEL TÉCNICO DE APOYO DE LA CODIA, Foz do Iguaçu, 22 Novembro 2012

VII REUNIÓN DEL PANEL TÉCNICO DE APOYO DE LA CODIA, Foz do Iguaçu, 22 Novembro 2012 Evolución de la gestión de recursos hídricos e de los servicios del agua en Portugal Evolução da gestão de recursos hídricos e serviços de água em Portugal António Guerreiro de Brito Parceria Portuguesa

Leia mais

Plano Estratégico para o Desenvolvimento do Turismo em Moçambique

Plano Estratégico para o Desenvolvimento do Turismo em Moçambique República de Moçambique Ministério do Turismo Plano Estratégico para o Desenvolvimento do Turismo em Moçambique (2004-2013) Aprovado na 15ª Sessão Ordinária do Conselho de Ministros de 12 de Outubro de

Leia mais

POLÍTICA DE ÁGUAS (PROPOSTA)

POLÍTICA DE ÁGUAS (PROPOSTA) REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS E HABITAÇÃO DIRECÇÃO NACIONAL DE ÁGUAS POLÍTICA DE ÁGUAS (PROPOSTA) Junho de 2006 1 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 VISÃO, PRINCIPAIS OBJECTIVOS E POLÍTICAS

Leia mais

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique

Missão Empresarial a Moçambique. O financiamento para as empresas em Moçambique Missão Empresarial a Moçambique O financiamento para as empresas em Moçambique Maio de 2013 Enquadramento Macroeconómico Financiamento Bancário: - Tipos de Crédito; - Riscos de Crédito Água: Tipos de negócio

Leia mais

Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África

Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África Contribuição de Hidroeléctricas e Barragens para o Desenvolvimento Sustentável em África Madalena Dray Consultora Socio-Ambiental Luanda, 24 a 27 de Setembro de 2013 CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE ENERGIA

Leia mais

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento

A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais para o Desenvolvimento REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO ESTATAL Direcção Nacional de Promoção do Desenvolvimento Rural A Estrategia de Desenvolvimento Rural e o Programa de Promoção do Uso dos Recursos Naturais

Leia mais

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS Resumo da Agenda 21 CAPÍTULO 1 - Preâmbulo Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS CAPÍTULO 2 - Cooperação internacional para acelerar o desenvolvimento sustentável dos países em desenvolvimento e políticas

Leia mais

itc newsletter N o. 3, Julho 2012 itc newsletter parceiro dos sectores de cadastro e de florestas do país.

itc newsletter N o. 3, Julho 2012 itc newsletter parceiro dos sectores de cadastro e de florestas do país. itc newsletter N o. 3, Julho 2012 itc newsletter Caros leitores, Estamos de volta com a 3 a edição do newsletter da itc. Esta e as próximas edições do nosso newsletter, vão partilhar os resultados alcançados

Leia mais

Voluntária Fei Yin Luk (Moz 21) durante uma sessão de Leitura em Voz Alta em Dombe, província de Manica

Voluntária Fei Yin Luk (Moz 21) durante uma sessão de Leitura em Voz Alta em Dombe, província de Manica CORPO DA PAZ MOÇAMBIQUE RELATÓRIO ANUAL 2014 Voluntária Fei Yin Luk (Moz 21) durante uma sessão de Leitura em Voz Alta em Dombe, província de Manica Avenida do Zimbabwe 345 Maputo, Moçambique Tel: +258

Leia mais

MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO

MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO MERCADO ECONÓMICO EM ANGOLA PERSPECTIVA DE EVOLUÇÃO Mercado Economico em Angola - 2015 Caracterização Geográfica de Angola Caracterização da economia Angolana Medidas para mitigar o efeito da redução do

Leia mais