REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015"

Transcrição

1 REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015 A promoção da investigação através de programas que contribuam de maneria eficaz para a criação de um espaço comum do conhecimento, da investigação e da inovação social, como o apoio ao desenvolvimento da nossa comunidade ibero-americana, constitui um objectivo prioritário para o Banco Santander, S.A. e os distintos Bancos e sociedades filiais que o formam, no âmbito de sua política de Responsabilidade Social Corporativa. Nesse sentido, considera-se particularmente pertinente dar continuidade ao programa específico de ajudas à investigação, baseado na mobilidade de jovens investigadores e professores universitários entre Universidades e Centros de Pesquisa ibero americanos, que se iniciou em O presente regulamento visa definir as condições de acesso, os direitos e as obrigações para a participação de investigadores no programa de mobilidade Bolsas Ibero-americanas Jovens Professores e Investigadores na convocatória I) Destinatários: O programa Bolsas Ibero-americanas Jovens Professores e Investigadores está dirigido ao pessoal docente e investigadores das Universidades participantes com contrato no momento da concessão da Bolsa e em vigor durante todo o período em que se dará o período de pesquisa no estrangeiro a que a mesma se destina. II) Características: A finalidade das bolsas é ajudar a completar a formação e especialização científica e técnica de seus beneficiários, colaborar para actualizar o seu nível de conhecimentos, aprender novas técnicas e métodos, estabelecer e consolidar vínculos académicos entre equipas de investigação e instituições ibero-americanas permitindo, incluso, reunir informação adicional e específica necessária para os estudos e investigação que estejam a realizar. Tudo isto, mediante uma estadia em outro Centro de Investigação ou Universidade ibero-americana, financiando gastos de transporte, alojamento e refeições com o montante da bolsa. A duração aconselhada da estância é de 2 meses.

2 Aos beneficiários do programa será concedido um subsídio, sem distinção de país, de euros entregues numa conta junto do Banco Santander Totta S.A. e suportadas integralmente por este banco. III) Implementação e gestão do programa: A gestão do Programa é da competência do Reitor / Presidente de cada Instituição de Ensino Superior participante. Os gabinetes de relações internacionais das unidades orgânicas da instituição de ensino superior asseguram a execução dos actos que no âmbito daquela gestão forem praticados. As unidades orgânicas designarão um coordenador responsável pelo plano de implementação do programa nas respectivas unidades orgânicas, cabendo-lhe, designadamente, a preparação dos planos de investigação e a distribuição e actualização das estatísticas pertinentes sobre a participação no mesmo. As unidades orgânicas são responsáveis pela promoção do programa de intercâmbio para os seus professores e investigadores, fornecendo todos os documentos e informações aos candidatos sobre os programas disponíveis. A selecção dos beneficiários das Bolsas será realizada sob os seguintes critérios: Perfil curricular do candidato; Interesse académico ou científico que apresenta o projecto; Nível de excelência, qualidade de investigação e adequação ao centro ou instituição de destino elegido, analisando o seu projecto de investigação e formação; Diversidade dos beneficiários das Bolsas a fim de dar cobertura a investigação dentro das cinco grandes áreas do conhecimento: Ciências da vida, Engenharia, Ciências básicas, Ciências sociais e Humanas. A idade do candidato, preferivelmente, ser inferior a 35 anos. IV) Inscrição e prazos: Independente dos canais habituais que a Universidade participante utilize para gerir suas bolsas, será requisito imprescindível, para permitir a participação dos estudantes nos processos de selecção de beneficiários, a sua inscrição através do formulário correspondente na página web O Santander colocará a disposição das Universidades participantes um perfil específico para que possam aceder toda a informação de seus estudantes.

3 As inscrições no programa poderão ser realizadas através da página web desde 5 de Fevereiro de 2015 até 27 de Novembro de Não obstante, no que diz respeito às datas de inscrição no Programa, advertese os possíveis beneficiários destas bolsas que cada uma das Universidades participantes será a responsável, em todos os âmbitos, por gerir a correspondente convocatória de bolsas, e portanto prazos podem variar em cada Universidade com relação ao apresentado em este regulamento. V) Sobre candidatos e beneficiários: Os candidatos deverão cumprir os requisitos que se estabelece para os destinatários das bolsas no artigo I) do presente regulamento e dispor de curriculum académico/profissional meritório. Deverão, também, apresentar um plano de trabalho do projecto que desenvolverão na Universidade ou Centro de destino, certificado pela Universidade de origem ou director do grupo de investigação que pertença e poder demonstrar, ao ser seleccionado, uma carta de aceitação do Centro de destino que necessariamente deverá ser de um país ibero-americano diferente ao do Centro ou Universidade a que pertence. A citada documentação deverá garantir tanto o projecto a desenvolver, como o período de estância em dito país. O projecto a ser desenvolvido deverá consistir num trabalho de investigação básica, investigação estratégica, investigação aplicada, desenvolvimento experimental ou transferência de conhecimento, incluíndo a inovação e as capacidades de assessoria, supervisão e docência, gestão dos conhecimentos,direitos de propriedade intelectual e a exploração dos resultados da investigação. O professor ou investigação seleccionado deverá aceitar as condições estipuladas e detalhadas nesta convocatória e apresentar um documento que explicite o seu compromisso de retornar a Universidade ou Centro de investigação ao finalizar a bolsa. Ao terminar a sua mobilidade deverá elaborar uma ata resumida com as actividades realizadas, com o formato padrão e de extensão de 3 folhas aproximadamente, segundo modelo indicado a tal objectivo. Esta deverá estar certificada pelo director do projecto e/ou centro com que colaborou. Deverá entregar este documento na sua universidade de origem que fará chegar uma cópia da mesma ao Banco Santander. A mobilidade na Universidade ou Centro de destino deverá iniciar dentro do ano natural de 2015.

4 Antes de iniciar sua viagem, o beneficiário deve contratar um plano de seguro de vida e cobertura médico hospitalar de acordo com os padrões estabelecidos pelas instituições do ensino superior anfitriãs contratantes (tipo PB4); VI) Incumprimento: O não cumprimento das normas deste regulamento por parte do professor ou investigador, poderá determinar sanções como o não reconhecimento do período de investigação e/ou a restituição da bolsa eventualmente concedida. VII) Omissões: Os casos não previstos no presente regulamento serão postos à consideração da comissão criada para implementar e dar seguimento a este programa, no âmbito do convénio com o Santander Universidades. VIII) Autorização da divulgação de imagem: Os candidatos a quem forem atribuídas bolsas, no âmbito do programa acima mencionado, comprometem-se expressamente, e como condição da atribuição das mesmas, a permitirem que a sua imagem e dados sejam divulgados, inclusive pela imprensa. O conteúdo e os termos da divulgação submetem-se ao considerado conveniente pelos promotores da iniciativa. A utilização da imagem e dos dados dos candidatos a quem forem atribuídas bolsas servirá a promoção dos Programas de Mobilidade, dos próprios beneficiários, das suas instituições académicas de origem e dos promotores do evento. IX) Propriedade intelectual e industrial: A adesão ao programa Bolsas Ibero-americanas. Jovens Professores e Investigadores em sua convocatória 2015 não supõem cessão, transmissão ou renúncia dos direitos que correspondem a cada uma das Universidades participantes e ao Santander no que diz respeito aos bens regulados pelas leis relativas de propriedade intelectual ou industrial; conservando cada uma todos os direitos sobre seus respectivos nomes, logos, marcas, bases de dados e qualquer outro bem protegido pela legislação vigente em matéria tanto de propriedade intelectual com industrial. Os direitos de propriedade intelectual ou industrial que possam derivar-da execução do trabalho de investigação ao qual se destinam as Bolsas

5 corresponderão aos seus autores ou aqueles terceiros com melhor direito por pacto distinto ou por aplicação da normativa ou legislação vigente. X) Confidencialidade e protecção de dados: Segundo os acordos estabelecidos para o lançamento do Programa Bolsas Ibero-americanas. Jovens Professores e Investigadores na sua convocatória 2015, o Santander e as Universidades participantes poderão revelar informações sobre as suas actividade que sejam necessárias para a execução do Programa. As Universidades participantes e o Santander concordam que a informação do tipo indicado que se revele mutuamente (salvo as que sejam de domínio público ou que já sejam conhecidas pela outra parte através de meios legítimos) terá consideração confidencial e, portanto, as partes comprometem-se a guardar o mais absoluto segredo sobre a mesma, sem prejuízo de sua revelação quando seja necessário por requerimento ajustado ao direito de autoridades judiciais ou administrativas competentes. A aceitação deste regulamento implica o consentimento dos participantes para a cessão de seus dados pessoais ao Banco Santander, S.A. e ao Banco Santander Totta, S.A. com a finalidade de verificar a participação e o seguimento no Programa, para a incorporação dos mesmos no ficheiro de usuários das páginas webs de Internet propriedade do Banco Santander, S.A., que constituem o Portal de Bolseiros ao que actualmente se acede desde Becas-Santander (www.becas-santander.com) para a finalidade de gerir e apresentar serviços próprios da bolsa. Nesse sentido, o Santander e as Universidades participantes igualmente se comprometem, no que seja necessário, para cumprir com o estabelecido na Lei Orgânica 15/1999, de Protecção de Dados de Carácter Pessoal, de 13 de Dezembro de e outra legislação concordante e aplicável nesta matéria. XI) Legislação aplicável: A Convocatoria 2015 do Programa Bolsas Ibero-americanas. Jovens Professores e Investigadores e as adesões das Universidades às mesmas, submetem-se à legislação espanhola e/ou às demais legislações que sejam aplicáveis a cada um dos Bancos subscritores das cartas de adesão ao programa. Janeiro 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSA IBERO-AMÉRICA. ESTUDANTES DE LICENCIATURA E MESTRADO SANTANDER UNIVERSIDADES CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSA IBERO-AMÉRICA. ESTUDANTES DE LICENCIATURA E MESTRADO SANTANDER UNIVERSIDADES CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSA IBERO-AMÉRICA. ESTUDANTES DE LICENCIATURA E MESTRADO SANTANDER UNIVERSIDADES CONVOCATÓRIA 2015 O Programa Bolsas Ibero-américa. Estudantes de Licenciatura e

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MOBILIDADE BOLSAS SANTANDER LUSO-BRASILEIRAS CONVOCATÓRIA 2015 É do interesse das Instituições de Ensino Superior promover a excelência do ensino, propiciando aos seus estudantes

Leia mais

Regulamento Geral de Acesso ao Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades

Regulamento Geral de Acesso ao Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades Regulamento Geral de Acesso ao Programa de Bolsas Luso-Brasileiras Santander Universidades Artigo 1º Objecto 1. O presente regulamento visa definir as condições de acesso, os direitos e as obrigações para

Leia mais

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO - SANTANDER UNIVERSIDADES

PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO - SANTANDER UNIVERSIDADES PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO - SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL/ Nº 06 de 06 de Abril de 2015 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS - SANTANDER UNIVERSIDADES EDITAL Nº 003/2014 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermediário da Diretoria de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA - UNIANCHIETA PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS SANTANDER UNIVERSIDADES DIR_GRAD 004/2015 O CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ANCHIETA, por intermédio da Diretoria Acadêmica

Leia mais

II O contato com culturas distintas constitui-se em um importante instrumento de formação intelectual dos estudantes da IES;

II O contato com culturas distintas constitui-se em um importante instrumento de formação intelectual dos estudantes da IES; CONSIDERANDO QUE: I É de interesse da IES aprimorar o ensino, propiciando aos seus estudantes, estabelecer e desenvolver relações com instituições de ensino localizadas em países distintos através da participação

Leia mais

EDITAL CHAMADA PARA SELEÇÃO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER UNIVERSIDADES 2015

EDITAL CHAMADA PARA SELEÇÃO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER UNIVERSIDADES 2015 EDITAL CHAMADA PARA SELEÇÃO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER UNIVERSIDADES 2015 Apresentação O Centro Paula Souza e o Santander Universidades convocam

Leia mais

BOLSAS PARA CURSAR MÁSTERS UNIVERSITÁRIOS NA UNIVERSIDADE de ALCALÁ

BOLSAS PARA CURSAR MÁSTERS UNIVERSITÁRIOS NA UNIVERSIDADE de ALCALÁ APRESENTAÇÃO BOLSAS PARA CURSAR MÁSTERS UNIVERSITÁRIOS NA UNIVERSIDADE de ALCALÁ CONVOCATÓRIA 2015-2016 Este programa é uma ação de fomento dos estudos de pós-graduação, patrocinado pelos Vice-reitorados

Leia mais

Edital interno de Seleção do Programa SANTANDER IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDITAL DE SELEÇÃO 07 2012

Edital interno de Seleção do Programa SANTANDER IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDITAL DE SELEÇÃO 07 2012 Edital interno de Seleção do Programa SANTANDER IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDITAL DE SELEÇÃO 07 2012 O Diretor de Relações Internacionais da Universidade Federal de Minas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL PROINTER 06/2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL PROINTER 06/2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL PROINTER 06/2015 Seleção para o PROGRAMA SANTANDER UNIVERSIDADES BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA JOVENS

Leia mais

Edital interno de Seleção do Programa SANTANDER IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDITAL DE SELEÇÃO 08 2013

Edital interno de Seleção do Programa SANTANDER IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDITAL DE SELEÇÃO 08 2013 Edital interno de Seleção do Programa SANTANDER IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDITAL DE SELEÇÃO 08 2013 O Diretor de Relações Internacionais da Universidade Federal de Minas

Leia mais

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho

O Social pela Governança. Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho O Social pela Governança Mestrados Profissionalizantes Planos Curriculares Segurança e Higiene no trabalho ÍNDICE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO... 3 OBJECTIVOS... 3 DESTINATÁRIOS... 3 INSCRIÇÕES E NÚMERO

Leia mais

BOLSA PRIMITIVO DE VEGA DE ATENDIMENTO A PESSOAS IDOSAS

BOLSA PRIMITIVO DE VEGA DE ATENDIMENTO A PESSOAS IDOSAS BOLSA PRIMITIVO DE VEGA DE ATENDIMENTO A PESSOAS IDOSAS Convocatória 2015 Índice Apresentação 3 Bases da convocatória 4 Questionários: - Solicitação do Diretor do Projeto - Solicitação da equipe de pesquisa

Leia mais

REGULAMENTO ACADÉMICO. VIII. Bolsas de Estudo REG-001/V00

REGULAMENTO ACADÉMICO. VIII. Bolsas de Estudo REG-001/V00 Artigo 1º Bolsas Erasmus + 1. Objeto 1.1. As bolsas de estudo Erasmus + são atribuídas pela Agência Nacional PROALV diretamente à Universidade Europeia. Posteriormente, a Universidade Europeia distribui

Leia mais

Regulamento de Bolsas de Investigação Científica

Regulamento de Bolsas de Investigação Científica Regulamento de Bolsas de Investigação Científica REGULAMENTO DE BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência

Leia mais

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO O Centro Ciência Viva de Constância torna pública a abertura de concurso para a atribuição de uma Bolsa de Gestão de Ciência

Leia mais

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO O Exploratório - Centro Ciência Viva de Coimbra torna pública a abertura de concurso para a atribuição de uma Bolsa de

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015

REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 REGULAMENTO DO CONCURSO DE BOLSAS SANTANDER TOTTA/ UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2015 Este concurso visa reforçar a cooperação existente entre a Universidade de Coimbra (UC) e as instituições suas parceiras,

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSAS DO INESC PORTO

REGULAMENTO DE BOLSAS DO INESC PORTO REGULAMENTO DE BOLSAS DO INESC PORTO I - DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1º (Finalidade da atribuição das bolsas) 1. O INESC Porto - Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto, com o objectivo

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS Artigo 1.º Criação A Universidade

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS GABINETE DO REITOR FÓRMULA SANTANDER PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS GABINETE DO REITOR FÓRMULA SANTANDER PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL O Gabinete do Reitor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), no uso de suas atribuições, torna público este Edital de seleção de estudantes de graduação da PUC Goiás para a realização

Leia mais

LAMTec-ID, Laboratório de Ambiente Marinho e Tecnologia. REGULAMENTO DE BOLSAS LAMTec-ID (ATRIBUÍDAS NO ÂMBITO DE PROJECTOS DO LAMTec-ID)

LAMTec-ID, Laboratório de Ambiente Marinho e Tecnologia. REGULAMENTO DE BOLSAS LAMTec-ID (ATRIBUÍDAS NO ÂMBITO DE PROJECTOS DO LAMTec-ID) LAMTec-ID, Laboratório de Ambiente Marinho e Tecnologia REGULAMENTO DE BOLSAS LAMTec-ID (ATRIBUÍDAS NO ÂMBITO DE PROJECTOS DO LAMTec-ID) CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º (Âmbito) 1. O presente Regulamento,

Leia mais

CONVENIO ENTRE A UNIVERSIDADE DE SANTIAGO DE COMPOSTELA E...

CONVENIO ENTRE A UNIVERSIDADE DE SANTIAGO DE COMPOSTELA E... CONVENIO ENTRE A UNIVERSIDADE DE SANTIAGO DE COMPOSTELA E... O Reitor da Universidade de Santiago de Compostela com CIF Q1518001A, e domicilio na Praza do Obradoiro, s/n, 15706 Santiago de Compostela,

Leia mais

PROCEDIMENTO DE GESTÃO DO MASTER ERASMUS MUNDUS. MUNDUSFOR

PROCEDIMENTO DE GESTÃO DO MASTER ERASMUS MUNDUS. MUNDUSFOR Página 1 de 9 PROCEDIMENTO DE GESTÃO DO MASTER ERASMUS TABELA DE REVISÕES REVISÃO DATA DESCRIÇÃO DA MODIFICAÇÃO 00 23/04/09 Elaboração do procedimento Data: 23/04/09 ELABORADO POR: Evangelia Tzeremaki

Leia mais

CHAMADA PARA SELEÇÃO DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDIÇÃO 2015

CHAMADA PARA SELEÇÃO DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDIÇÃO 2015 CHAMADA PARA SELEÇÃO DO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES EDIÇÃO 2015 A Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, por meio da Vice-Reitoria Executiva de Relações

Leia mais

REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU. CAPITULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito

REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU. CAPITULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU CAPITULO I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia ao abrigo da Lei

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira Interior, através do Departamento

Leia mais

Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Fundação BIAL

Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Fundação BIAL Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Fundação BIAL PREÂMBULO Tendo como objetivo incentivar a investigação centrada sobre o Homem, tanto sob os aspetos físicos como sob o ponto de vista

Leia mais

REGULAMENTO Programa ISPA ACTIVO - Bolsas de Mérito Social

REGULAMENTO Programa ISPA ACTIVO - Bolsas de Mérito Social REGULAMENTO Programa ISPA ACTIVO - Bolsas de Mérito Social Elaborado por: Aprovado por: Versão Direção ISPA CRL 1.0 (Prof. Doutor Emanuel Gonçalves) Revisto e confirmado por: Data de Aprovação Inicial

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

Regulamento de Bolsas do CCMar

Regulamento de Bolsas do CCMar Regulamento de Bolsas do CCMar CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia ao abrigo do Decreto-Lei nº 123/99, de 20 de Abril,

Leia mais

Regulamento de bolsas da. Associação Fraunhofer Portugal Research

Regulamento de bolsas da. Associação Fraunhofer Portugal Research Regulamento de bolsas da Associação Fraunhofer Portugal Research I - DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1º (Finalidade da atribuição das bolsas) 1. A Associação Fraunhofer Portugal Research, com o objectivo de

Leia mais

Convocatória para 75 Bolsas de Auxílio à Pesquisa: Seguros, Saúde, Prevenção e Meio Ambiente

Convocatória para 75 Bolsas de Auxílio à Pesquisa: Seguros, Saúde, Prevenção e Meio Ambiente FUNDACIÓN MAPFRE Convocatória para 75 Bolsas de Auxílio à Pesquisa: Seguros, Saúde, Prevenção e Meio Ambiente 2012 Índice Apresentação Bases da Convocatória Questionários: - Solicitação do diretor do projeto

Leia mais

REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS

REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS REGULAMENTO Artigo 1.º Objecto 1 O programa de ocupação municipal temporária de jovens, adiante abreviadamente designado por OMTJ, visa a ocupação

Leia mais

EDITAL SRI/UNIFESP Nº 026/2013 EDITAL PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO COM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS

EDITAL SRI/UNIFESP Nº 026/2013 EDITAL PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO COM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS EDITAL SRI/UNIFESP Nº 026/2013 EDITAL PARA INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE GRADUAÇÃO COM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS A da UNIFESP, juntamente com a, no uso de suas atribuições, nos termos do art. 19, inciso

Leia mais

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT

PROCEDIMENTO. Ref. Pcd. 3-sGRHF. Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT PROCEDIMENTO Ref. Pcd. 3-sGRHF Bolsas de Investigação Científica da UA, financiadas pela UA ou por outras verbas desde que não provenientes da FCT Data: 14 /07/2011 Elaboração Nome: Fátima Serafim e Helena

Leia mais

FUNDAÇÃO CONVENTO DA ORADA - ESCOLA SUPERIOR GALLAECIA. Regulamento de Bolsas de Investigação Científica. Capítulo I Disposições gerais

FUNDAÇÃO CONVENTO DA ORADA - ESCOLA SUPERIOR GALLAECIA. Regulamento de Bolsas de Investigação Científica. Capítulo I Disposições gerais FUNDAÇÃO CONVENTO DA ORADA - ESCOLA SUPERIOR GALLAECIA Regulamento de Bolsas de Investigação Científica Capítulo I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, segue o modelo aprovado pela

Leia mais

4.1. A verba máxima disponível por projecto será de 200.000 Euros. A ajuda solicitada poderá ser aplicada para financiar pessoal, aquisição de

4.1. A verba máxima disponível por projecto será de 200.000 Euros. A ajuda solicitada poderá ser aplicada para financiar pessoal, aquisição de Bases reguladoras para a concessão das ajudas destinadas a dar apoio à valorização de projectos de investigação ao abrigo da Rede Universitária Iberoamericana de Incubação de Empresas (RedEmprendia) Em

Leia mais

Referencial Elaboração do Contrato de Consórcio

Referencial Elaboração do Contrato de Consórcio Referencial Elaboração do Contrato de Consórcio Sistema de Incentivos à I&DT e Sistema de Incentivos à Qualificação e Internacionalização de PME CONTRATO CONSÓRCIO EXTERNO Aplicável a projectos de I&DT

Leia mais

REGULAMENTO. Programa de Bolsas de Estágio Santander Universidades. Introdução

REGULAMENTO. Programa de Bolsas de Estágio Santander Universidades. Introdução REGULAMENTO Programa de Bolsas de Estágio Santander Universidades Introdução O Banco Santander Totta, S.A., em parceria com as Instituições de Ensino Superior aderentes (doravante «IES»), e através da

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira

Leia mais

Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas

Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas Centro de Ciências Matemáticas Campus Universitário da Penteada P 9000-390 Funchal Tel + 351 291 705181 /Fax+ 351 291 705189 ccm@uma.pt Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas I Disposições gerais

Leia mais

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016

Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 Regulamento Geral de Mobilidade Internacional de Estudantes da Universidade Fernando Pessoa 2015-2016 1. Mobilidade Internacional de Estudantes Os alunos da Universidade Fernando Pessoa (UFP) que cumpram

Leia mais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais

Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica. Sines Tecnopolo. Pós-Graduação. MBA em Negócios Internacionais Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Sines Tecnopolo Pós-Graduação MBA em Negócios Internacionais Edital 1ª Edição 2012-2013 1 Enquadramento O MBA em Negócios Internacionais é

Leia mais

Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta

Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta REGULAMENTO 1. Natureza das Bolsas 1.1. O Banco Santander Totta e a Casa da América Latina decidiram atribuir duas Bolsas Universitárias, cujo

Leia mais

1. O Fórum Educação e Sociedade : O Fórum Educação e Sociedade é organizado por entidades brasileiras e francesas e tem por objetivo:

1. O Fórum Educação e Sociedade : O Fórum Educação e Sociedade é organizado por entidades brasileiras e francesas e tem por objetivo: Chamada para Seleção das Candidaturas de Alunos para participar do Forum Educação e Sociedade desenvolvido em parceria pela Rede Brasil (França), Fiocruz e Rede Federal de Educação Tecnológica a ser realizado

Leia mais

CETAC.MEDIA. Centro de Estudos. das Tecnologias e Ciências da Comunicação. Regulamento

CETAC.MEDIA. Centro de Estudos. das Tecnologias e Ciências da Comunicação. Regulamento Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências da Comunicação Regulamento Julho de 2008 CAPÍTULO I Natureza, Missão, Atribuições e Constituição Artigo 1º Natureza O Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM MARKETING Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira Interior, através

Leia mais

INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA, I.P.

INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA, I.P. INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA, I.P. REGULAMENTO DE BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO CIENTIFICA Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aplica-se às bolsas atribuídas pelo Instituto Português do Mar

Leia mais

Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016

Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016 Programa de Bolsas Ibero-américa Santander Normas do Programa ISCTE-IUL 2016 Introdução O Banco Santander, através da sua divisão Santander Universidades, promove o Programa de Bolsas Ibero-américa, um

Leia mais

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade.

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade. Regulamento do EDP University Challenge 2011 EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade 2ª Edição Artigo 1º Objectivo do prémio 1. O EDP University Challenge

Leia mais

Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES. Regulamento. Artigo 1º (Disposições Gerais)

Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES. Regulamento. Artigo 1º (Disposições Gerais) Reitoria PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES Regulamento Artigo 1º (Disposições Gerais) O Programa de Bolsas de Mobilidade para Estudantes da Universidade de Lisboa tem por objectivo proporcionar

Leia mais

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA - FAMEMA FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL FÓRMULA SANTANDER 2014 2015 O Diretor Geral da Faculdade de Medicina de Marília (Famema), Professor Doutor Paulo Roberto Michelone, no uso de suas atribuições, torna público este Edital de seleção de estudantes

Leia mais

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa

Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Regulamento do Gabinete Erasmus da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objecto) O presente regulamento estabelece a orgânica do Gabinete Erasmus, bem

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA UNILAB, SANTANDER UNIVERSIDADES DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA UNILAB, SANTANDER UNIVERSIDADES DE MOBILIDADE INTERNACIONAL PROGRAMA DE BOLSAS UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA UNILAB, SANTANDER UNIVERSIDADES DE MOBILIDADE INTERNACIONAL EDITAL INTERNO PROINST 01/2014 Seleção de Professor/a

Leia mais

Edital de Abertura de Inscrições Programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação Bolsa IBERO- AMERICANAS Santander Universidades 2014

Edital de Abertura de Inscrições Programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação Bolsa IBERO- AMERICANAS Santander Universidades 2014 Edital de Abertura de Inscrições Programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação Bolsa IBERO- AMERICANAS Santander Universidades 2014 São Paulo, 11 de abril de 2014. O Centro Paula Souza anuncia

Leia mais

CÓDIGO INTERNACIONAL ICC/ESOMAR PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL E DE MERCADO

CÓDIGO INTERNACIONAL ICC/ESOMAR PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL E DE MERCADO CÓDIGO INTERNACIONAL ICC/ESOMAR PARA A INVESTIGAÇÃO SOCIAL E DE MERCADO INTRODUÇÃO O primeiro Código para a Prática de Investigação Social e de Mercado foi publicado pela ESOMAR em 1948. Depois deste foram

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS EDITAL 03/2015/CAINT/UFOP, DE 19 DE MARÇO DE 2015 PROGRAMA DE BOLSAS TOP ESPAÑA SANTANDER UNIVERSIDADES PARA ESTUDANTES E PROFESSORES DE GRADUAÇÃO A (CAINT) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP),

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2015

Regulamento PAPSummer 2015 Regulamento PAPSummer 2015 Artigo 1º Objectivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses (Estudante) de desenvolver um

Leia mais

EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2015

EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2015 EDITAL SCII - BOLSA IBERO-AMERICANA SANTANDER UNIVERSIDADES Nº 01/2015 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina objetivando a CHAMADA 01/2015 do Programa de Bolsas Ibero-Americanas para Estudantes

Leia mais

Global Office Programa Internacional - Bolsas Ibero-Americanas Para Jovens Professores e Pesquisadores Santander Universidades 2015.

Global Office Programa Internacional - Bolsas Ibero-Americanas Para Jovens Professores e Pesquisadores Santander Universidades 2015. Global Office Programa Internacional - Bolsas Ibero-Americanas Para Jovens Professores e Pesquisadores Santander Universidades 2015 Edital nº 07/2015 Considerando os protocolos de intenção assinados entre

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Objectivo 1.1 O concurso Glassberries Design Awards, instituído pela BA Vidro, pretende promover a participação de jovens designers, na área de design de produto,

Leia mais

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia Recredenciada pelo Decreto Estadual N 9.996, de 02.05.2006 EDITAL Nº 096/2015 SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DA

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013

CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013 CÓDIGO DE CONDUTA Julho de 2013 1 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 I. Âmbito de Aplicação e Princípios Gerais...4 Artigo 1.º Âmbito Pessoal...4 Artigo 2.º Âmbito Territorial...4 Artigo 3.º Princípios Gerais...4 Artigo

Leia mais

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Ciências Sociais e Humanas REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS Artigo 1º Natureza O presente regulamento

Leia mais

RESOLUÇÃO N 49, DE 27 DE SETEMBRO DE 2012

RESOLUÇÃO N 49, DE 27 DE SETEMBRO DE 2012 RESOLUÇÃO N 49, DE 27 DE SETEMBRO DE 2012 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Universidade Federal do Pampa, em sua 33ª Reunião Ordinária, realizada no dia vinte e sete de setembro de 2012, no uso das atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 18/2013 - PROGRAD

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 18/2013 - PROGRAD EDITAL Nº 18/2013 - PROGRAD 1. APRESENTAÇÃO 1.1. A Universidade Federal do Acre, por meio da Pró-Reitoria de Graduação, torna pública a abertura das inscrições para a seleção de candidatos a Bolsa de Estudos

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP. Edital de Seleção 2014. Universidade Autônoma de Barcelona PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DA FESPSP Edital de Seleção 2014 Universidade Autônoma de Barcelona A área de Extensão Acadêmica e Cooperação Internacional da FESPSP em conjunto com as coordenações

Leia mais

DECRETO Nº 6.617, DE 23 DE OUTUBRO DE

DECRETO Nº 6.617, DE 23 DE OUTUBRO DE DECRETO Nº 6.617, DE 23 DE OUTUBRO DE 2008: Promulga o Acordo entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República da África do Sul no Campo da Cooperação Científica e Tecnológica,

Leia mais

Universidade de Coimbra 1. Universidade de Lisboa 1. Universidade de Aveiro 1. Universidade de Algarve 1. Universidade Técnica de Lisboa 1

Universidade de Coimbra 1. Universidade de Lisboa 1. Universidade de Aveiro 1. Universidade de Algarve 1. Universidade Técnica de Lisboa 1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Assessoria de Assuntos Internacionais Coordenação de Cooperação e Intercâmbio Campus Universitário Darcy Ribeiro Asa Norte Brasília/DF CEP 70910-900 Telefone: (61) 33072654 FAX:

Leia mais

REGULAMENTO BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO PARA ESTRANGEIROS

REGULAMENTO BOLSAS DE INVESTIGAÇÃO PARA ESTRANGEIROS I. DISPOSIÇÕES GERAIS Artº 1º 1. Com o fim de estimular a difusão da cultura portuguesa em países estrangeiros, a Fundação Calouste Gulbenkian, através do Serviço de Bolsas Gulbenkian, concede bolsas de

Leia mais

REGULAMENTO Mobilidade Macau

REGULAMENTO Mobilidade Macau Face à parceria estabelecida entre a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) e o Instituto de Formação Turística em Macau (IFT Macau) no âmbito da qual são facultadas possibilidades de

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação

PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO. Apresentação PROGRAMA DE BOLSAS LUSO-BRASILEIRAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO Apresentação A Universidade Federal do Rio Grande do Sul e o Santander Universidades oferecem aos alunos de graduação de todas as áreas

Leia mais

6 DAS QUESTÕES FINANCEIRAS

6 DAS QUESTÕES FINANCEIRAS EDITAL AREX 2015 PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS 2014 DO SANTANDER UNIVERSIDADES Estão abertas as inscrições para seleção de estudantes para período de estudos a partir do segundo semestre de 2015,

Leia mais

BOLSA INTERNACIONAL DE ENTRADA MARIE CURIE

BOLSA INTERNACIONAL DE ENTRADA MARIE CURIE ANEXO III DISPOSIÇÕES ESPECÍFICAS BOLSA INTERNACIONAL DE ENTRADA MARIE CURIE III. 1 - Definições FASE DE ENTRADA Para além das previstas no artigo II.1, aplicam-se à presente convenção de subvenção as

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS SANTANDER TOP CHINA - 4ª edição. Apresentação

PROGRAMA DE BOLSAS SANTANDER TOP CHINA - 4ª edição. Apresentação PROGRAMA DE BOLSAS SANTANDER TOP CHINA - 4ª edição Apresentação O Programa Top China, está com inscrições abertas para alunos e professores de graduação. A edição 2012 do Programa manterá o tema Urbanismo,

Leia mais

S. R. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR

S. R. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA DIREÇÃO-GERAL DO ENSINO SUPERIOR Regulamento de Formação Avançada e Qualificação de Recursos Humanos da Direção-Geral do Ensino Superior (Aprovado por despacho, de 15 de junho de 2012, do Presidente do Conselho Diretivo da Fundação para

Leia mais

EDITAL DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS - DRI E PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPESQ

EDITAL DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS - DRI E PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPESQ EDITAL DIRETORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS - DRI E PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROPESQ - PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER

Leia mais

DESPACHO ISEP/P/12/2010

DESPACHO ISEP/P/12/2010 DESPACHO ISEP/P/12/2010 Considerando: 1. A necessidade de regulamentar a tramitação do processo de financiamento, pelo Instituto Superior de Engenharia do Porto, de bolsas para a prossecução nas Unidades

Leia mais

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL

EDITAL Nº 10/2014/PROEN-IFAL SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE PRESENCIAL SANTANDER UNIVERSIDADES A Pró-Reitoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Alagoas

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS DEPARTAMENTO DE RELAÇÕES EXTERNAS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO FORMULA SANTANDER

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS DEPARTAMENTO DE RELAÇÕES EXTERNAS PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO FORMULA SANTANDER PROGRAMA DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO FORMULA SANTANDER EDITAL DRE Nº 023/14 A PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE CAMPINAS, por intermédio do Departamento de Relações Externas (DRE), torna pública a abertura

Leia mais

Calendário. Como critérios de desempate: a) melhor currículo (quantidade e qualidade da produção científica) ; b) maior tempo de serviço na UFSC;

Calendário. Como critérios de desempate: a) melhor currículo (quantidade e qualidade da produção científica) ; b) maior tempo de serviço na UFSC; EDITAL CONJUNTO PROPESQ-PROPG-SINTER CHAMADA PARA SELEÇÃO PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA JOVENS PROFESSORES E PESQUISADORES SANTANDER UNIVERSIDADES 2012 Apresentação A Universidade Federal de

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA REGULAMENTO O Regulamento do Curso de Especialização em Medicina do Trabalho (CEMT) visa enquadrar, do ponto de vista normativo, o desenvolvimento das actividades inerentes ao funcionamento do curso, tendo

Leia mais

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS Estabelece a política de pesquisa, desenvolvimento, inovação e extensão da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO FSG

PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO FSG PROGRAMA DE BOLSAS IBERO-AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO FSG 1- Apresentação A Faculdade da Serra Gaúcha e o Santander Universidades, oferecem aos alunos de graduação da FSG, a possibilidade de

Leia mais

Convênio Específico de Colaboração para intercâmbio estudantil e pessoal acadêmico, entre

Convênio Específico de Colaboração para intercâmbio estudantil e pessoal acadêmico, entre Convênio Específico de Colaboração para intercâmbio estudantil e pessoal acadêmico, entre A CORPO RAÇÃO UNIVERSITÁRIA EMPRESARIAL ALEXANDER VON HUMBOLDT A UNIVERSIDADE (ARMENIA - COLÔMBIA) e DE SANTA CRUZ

Leia mais

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 O Departamento de Informática (DI) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) procura criar e estreitar

Leia mais

CAPÍTULO VII (Disposições Finais e Transitórias)

CAPÍTULO VII (Disposições Finais e Transitórias) Artigo 18º (Comissão Eleitoral) 1. O procedimento eleitoral será conduzido por uma comissão eleitoral constituída por dois vogais, designados pelo Conselho Científico de entre os seus membros, e presidida

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA

CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA CÓDIGO DE CONDUTA DOS COLABORADORES DA FUNDAÇÃO CASA DA MÚSICA Na defesa dos valores de integridade, da transparência, da auto-regulação e da prestação de contas, entre outros, a Fundação Casa da Música,

Leia mais

SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES

SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES SELEÇÃO DE BOLSISTA PARA O PROGRAMA DE BOLSAS IBERO- AMERICANAS PARA ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO SANTANDER UNIVERSIDADES A Universidade do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da Pró- Reitoria de Ensino,

Leia mais

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK

REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK REGULAMENTO DA INCUBADORA DO TAGUSPARK Data: Outubro de 2013 PARTE I Aspectos Gerais Artigo 1º (Âmbito) No presente regulamento definem-se os procedimentos de funcionamento da Incubadora do Taguspark,

Leia mais

Estatuto Orgânico do Ministério da Ciência e Tecnologia

Estatuto Orgânico do Ministério da Ciência e Tecnologia Estatuto Orgânico do Ministério da Ciência e Tecnologia Conselho de Ministros Decreto Lei n.º 15/99 De 8 de Outubro Considerando que a política científica tecnológica do Governo propende para uma intervenção

Leia mais

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013.

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013. Preâmbulo. O startweb é um programa de caça talentos na Madeira nas áreas da programação, design, informática, gestão, mas também destinado a todos os empreendedores que ambicionam novos desafios. CAPÍTULO

Leia mais

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO

Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) (M/F) AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO O Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra torna pública a abertura de concurso para a atribuição

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DO INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO EM ARTE, DESIGN E SOCIEDADE i2ads.

REGULAMENTO INTERNO DO INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO EM ARTE, DESIGN E SOCIEDADE i2ads. FBAUP Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade Av. Rodrigues de Freitas 265 4049-021 Porto T - 225 192 400 F - 225 367 036 office@i2ads.org REGULAMENTO INTERNO DO INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO

Leia mais

EDITAL PARA A BOLSA SANTANDER UNICAP 2012

EDITAL PARA A BOLSA SANTANDER UNICAP 2012 EDITAL PARA A BOLSA SANTANDER UNICAP 2012 A Universidade Católica de Pernambuco vem tornar público que está aberto o processo de seleção para Bolsas Santander UNICAP 2012, destinada a alunos da graduação,

Leia mais

CONVOCATÓRIA 2011/2012

CONVOCATÓRIA 2011/2012 PROGRAMA DE BOLSAS PARA CURSAR ESTUDOS DE DOUTORADO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA (UNESP) DO BRASL PROGRAMA DE APOIO A ESTUDANTES DE DOUTORADO DO EXTERIOR (PAEDEX) CONVOCATÓRIA 2011/2012 APRESENTAÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO

REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO REGULAMENTO DO PROGRAMA INOV-ART NOS TERMOS DA PORTARIA N.º 1103/2008 DE 2 DE OUTUBRO CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º- Âmbito de aplicação O presente Regulamento aplica -se à medida INOV-Art -

Leia mais

Concurso do Programa Fórmula Santander

Concurso do Programa Fórmula Santander Regulamento Concurso do Programa Fórmula Santander Parceria entre Santander Universidades e Laureate International Universities Brasil O Centro Universitário do Norte (UniNorte), por meio de parceria entre

Leia mais