Documentação Técnica :

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Documentação Técnica fone@rnp :"

Transcrição

1 Documentação Técnica : Instalação e Configuração do ambiente em máquina Dell com encaminhamento SIP V4.2.6 Andre Abrantes Davim Pereira e Sousa, Claudio Miceli de Farias, Thiago Maluf Resende, Paulo Henrique de Aguiar Rodrigues Laboratório VoIP Julho de 2010 (revisto em fevereiro/2009 para contemplar convivência com Debian 5.0) (revisto em julho/2010 para contemplar a ausência do Debian 4.0 dos repositórios padrões Debian) Este documento contém os procedimentos de instalação do ambiente VoIP das instituições pertencentes ao projeto propiciando o encaminhamento de chamadas E.164 das instituições com SIP na nova arquitetura do

2 As telas mostradas neste documento refletem o tamanho do disco visto por uma máquina virtual por facilidade de captura de telas. Na instalação, as mensagens refletirão o tamanho e tipo do disco instalado na máquina virtual.

3 Sinopse Este documento descreve os passos de instalação do sistema operacional Debian para utilização no serviço Com esta instalação é possível interfacear chamadas VoIP através da arquitetura de encaminhamento E.164 com SIP. Existem passos adicionais nesse documento, que são referentes a instalação dos softwares necessários para a configuração do ambiente a partir dos pacotes gerados pelo Laboratório VoIP. Caso uma instituição já seja usuária do serviço e tem implantada a arquitetura os passos de criação de backup nas máquinas 1 e 2 que hospedam os serviços do especificados no documento técnico Backup do Ambiente VoIP4ALL devem ser previamente executados. Assim, é possível realizar a restauração das contas dos usuários do LDAP e dos registros de chamadas existentes. 3

4 Sumário V Andre Abrantes Davim Pereira e Sousa, Claudio Miceli de Farias, Thiago Maluf Resende, Paulo Henrique de Aguiar Rodrigues...1 Laboratório VoIP...1 Julho de Sumário Introdução Liberação de portas no firewall da instituição e informações a serem enviadas para a RNP Backup das partições das máquinas 1 e 2 (servidores VoIP) Instalação do Debian Etch nas máquinas 1 e Configuração da máquina Configurações para placa FXO Configurações para placa R Configurações finais Configuração da máquina Restauração das máquinas 1 e 2 do ambiente antigo Formatar as partições utilizando a interface gráfica do Ubuntu Configurando Rede Recuperar as partições

5 1. Introdução As instituições pertencentes ao projeto e/ou ao serviço possuem servidores VoIP em produção que serão atualizados com a instalação do novo ambiente VoIP. Como essa instalação é realizada nesses servidores VoIP; antes de qualquer tarefa, uma cópia de segurança de todos os arquivos do sistema operacional (backup das partições) é realizada. Assim, caso a instalação dos servidores VoIP apresente problemas, é possível recuperar o atual serviço VoIP em produção. Antes de processeguir, siga as orientações dos itens 1 e 2 do documento Backup do Ambiente VoIP4ALL. Depois retorne para esse documento Liberação de portas no firewall da instituição e informações a serem enviadas para a RNP 1) Caso a instituição opere com H.323: Liberação de sinalização H.225 Q.931: portas TCP 1720 e 1721 para toda a internet. Liberação de sinalização H.225 RAS: porta UDP 1719 para o rnpdgk1.rnp.br e rnpdgk2.rnp.br. Liberação de sinalização H.245: portas TCP de a para o rnpdgk1.rnp.br e rnpdgk2.rnp.br. Liberação de tráfego RTP/RTCP: portas UDP de a para toda a internet. Porta 5432/TCP entre o DSER1 (dser1.rnp.br) e a duas máquinas da instituição. Porta 5432/TCP entre o DSER2 (dser2.rnp.br) e as duas máquinas da instituição. Libere a porta 123/UDP para conexões nos dois sentidos (entrada e saída) envolvendo as 2 (duas) máquinas VoIP para os servidores NTP ntp1.rnp.br e ntp.cais.rnp.br. Nota: as portas citadas não podem ser fechadas. 2) Caso a instituição opere com SIP: 5060/UDP e TCP para toda a internet. 5070/UDP e TCP para dser1.rnp.br e dser2.rnp.br e 1740/UDP e TCP para dser1.rnp.br e dser2.rnp.br. Porta UDP libera entre para toda a internet. Porta 5432/TCP entre o DSER1 (dser1.rnp.br) e a duas máquinas da instituição. Porta 5432/TCP entre o DSER2 (dser2.rnp.br) e as duas máquinas da instituição. Libere a porta 123/UDP para conexões nos dois sentidos (entrada e saída) envolvendo as 2 (duas) máquinas VoIP para os servidores NTP ntp1.rnp.br e ntp.cais.rnp.br. Nota: essas portas não podem ser fechadas. 3) Liberar portas para o servidor da RNP chamado carratos.na-cp.rnp.br, utilizado para verifica se os serviços estão funcionando nas máquinas 1 e 2 via o software Nagios. Portas 5060, 5070, 1730 e 1740 UDP e TCP para a máquina 1. Portas 7000/TCP e 1719/UDP para a máquina 1. Portas 5432/TCP, 80/TCP, 389/TCP, 1812/UDP, 1813/UDP, 5060/UDP para a máquina 2. Protocolo ICMP. 5

6 4) Liberar todas as portas TCP e UDP para conexões envolvendo as 2 (duas) máquinas VoIP e o endereço IP Esse IP é utilizado para auditoria de segurança do CAIS, podendo ser bloqueado após a auditoria. 5) Libere para o LabVoIP ( / ) as seguintes portas/protocolos: Liberar o protocolo ICMP. Porta 22/TCP (SSH). Porta 80/TCp e 443/TCP (HTTP). 6) Configuração do registro SRV no DNS (exemplo com o BIND) Adicione no DNS as linhas referentes aos registros SRV para a máquina 1. Abaixo existe um exemplo com o BIND, onde estas linhas são inseridas no arquivo de zona local: _sip._udp.<realm>. SRV <hostname da maq1> _sip._tcp.<realm>. SRV <hostname da maq1> Nota: nas duas linhas mostradas, onde o nome <hostname da maq1> é substituído pelo nome da máquina 1 que foi definida no DNS com o registro A. A TAG <REALM> precisa ser substituída pelo REALM da instituição. Observe que a primeira linha é o registro para o UDP e a segunda linha referese ao TCP. Em seguida existe um exemplo no DNS (no arquivo de zona local do software BIND) com o registro A para a máquina 1, onde <IP da maq1> é o endereço IP da máquina 1. <hostname da maq1> 360 IN A <IP da maq1> Após alterar o DNS, lembre de reinicializar este serviço para que as alterações sejam ativadas. Para testar a configuração do DNS, siga os passos mostrados abaixo substituindo o voip.nce.ufrj.br pelo Realm da instituição. # nslookup > set query=srv > _sip._udp.voip.nce.ufrj.br Server: Address: #53 _sip._udp.voip.nce.ufrj.br service = maq1.voip.nce.ufrj.br. # nslookup > set query=srv > _sip._tcp.voip.nce.ufrj.br Server: Address: #53 _sip._tcp.voip.nce.ufrj.br service = maq1.voip.nce.ufrj.br. 6

7 Nota: o primeiro teste foi realizado para UDP e o segundo para TCP; em negrito estão os comandos e parâmetros digitados pelo usuário. 6) Enviar para a RNP e para o LabVoIP as informações: Data / Hora: n Item Descrição 1 Nome da Instituição (apenas a sigla) 2 Responsável(is) pelo VoIP da instituição 3 do(s) responsável(is) pelo VoIP da instituição 4 Prefixo da cidade (DDD) 5 Domínio (Realm registro SRV do DNS) 6 Interface com o PABX (FXO/R2/ISDN) 7 Quantidade de interfaces com o PABX 9 Faz encaminhamento nacional H Existe H.323 Interno 10Existe encaminhamento para RTFC 11Endereço IP máquina 1 12Endereço IP máquina 2 13Prefixos IP (prefixo dos telefones IP cedido pela RNP) 14Prefixos PBX com seus DDD s 15Prefixos RTFC da cidade 16Linhas privadas da instituição 17Número IVR interno 18Número IVR externo 19Números associados ao asterisk quando o FXO for utilizado 7) Enviar para a RNP e para o LabVoIP as informações complementares: Data / Hora: n Item Descrição 1 Modelo do PBX: 2 Responsável pela instituição (reitor, diretor ou etc): 3 de contato do Responsável pela instituição (reitor, diretor ou etc): 4 Ramal de contato do Responsável pela instituição (reitor, diretor ou etc): 5 de contato do(s) Responsável(is) pelo VoIP: 6 Ramal de contato do(s) Responsável(is) pelo VoIP: 7 Telefones de contato do(s) Responsável(is) pelo VoIP (celular ou etc): 8 Ramais do PBX para testes 24/7 (telefonista, FAX, portaria e etc): 9 Números na RTFC na cidade da instituição para testes 24/7 (IVRs de bancos, IVRs de operadoras de telecom, IVRs de operadoras de cartão de crédito, IVRs de telemarketing, hoteis e etc): 10Número da mesa telefônica da instiuição (telefonista): 11Alterações previstas pela instituição de serem realizadas no ambiente padrão 8) Números para testes precisam ser enviados para e 7

8 Enviar uma lista com números do PBX da instituição para testes, como exemplo número de telefone da recepção ou mesa telefônica. Enviar números na PSTN da cidade. Esses números devem ser IVRs (bancos e etc), televendas e FAX. 2. Backup das partições das máquinas 1 e 2 (servidores VoIP) Para realizar o backup das partições dos servidores VoIP (máquina 1 e 2) é necessário compactar, e, copiar todos os arquivos para uma máquina que não seja de produção. Para fazer o backup do Debian Sarge é preciso usar um live CD para iniciar um sistema operacional a partir de um CDROM. O live CD do Ubuntu 7.10 foi utilizado nos testes para a criação desse documento. Esse live CD é apenas uma sugestão e pode ser obtido em Após baixar o Ubuntu grave-o em um CDROM ou em um DVD. Inicie o sistema operacional (live CD) a partir do CD-ROM/DVD e acesse o terminal de comando (selecionando Applications Accessories Terminal na parte superior esquerda); em seguida, torne-se super usuário. Com o Ubuntu execute o comando sudo su. Observação: Caso não utilize o Ubuntu, verifique a documentação do LiveCD de sua preferência de como executar comandos de super usuário. Caso esteja utilizando o Ubuntu que foi sugerido, por exemplo, o comando é sudo su. O primeiro passo a ser realizado é anotar quais são as partições e suas informações (Name, fla. Essas informações podem ser obtidas com o comando: # cfdisk Para as instituições que fizeram uso do manual Manual de Instalação e Configuração do Ambiente em máquinas DELL (na área de download em as partições das máquinas 1 e 2 devem estar parecidas com o mostrado abaixo: cfdisk 2.12p Disk Drive: /dev/sda Size: bytes, GB Heads: 255 Sectors per Track: 63 Cylinders: Name Flags Part Type FS Type [Label] Size (MB) sda1 Primary Dell Utility sda2 Primary FAT16 [NO NAME ] sda3 Boot Primary Linux ReiserFS [/] sda5 Logical Linux ReiserFS [/usr] sda6 Logical Linux ReiserFS [/var] sda7 Logical Linux swap / Solaris sda8 Logical Linux ReiserFS [/tmp]

9 sda9 Logical Linux ReiserFS [/home] Logical Free Space Nota importante: As partições acima precisão ser anotadas para que seja possível restaurar o servidor no futuro, caso existam falhas. Após inicializar as máquinas com o livecd, verifique se a conectividade de rede da máquina e se ela está com um endereço IP válido. Caso não esteja, edite o arquivo /etc/network/interfaces deixando-o como o exemplo mostrado abaixo: iface <INTERFACE> inet static address <IP> netmask <NETMASk> network <NETWORK> gateway <GW> broadcast <BROADCAST> Substituir <IP>, <NETMASk>, <NETWORK>, <GW> e < BROADCAST> para a rede da instituição. Troque <INTERFACE> pela identificação da placa de rede conectada na rede de dados. Caso o arquivo /etc/network/interfaces seja editado, inicie a rede com o comando: # /etc/init.d/networking restart Baixe no endereço o arquivo backup.sh usando o comando # wget Edite o arquivo backup.sh de acordo com o endereço IP de onde será feito o backup e as respectivas partições conforme anotado ao executar o comando cfdisk. #!/bin/bash # variaveis # maquina de producao alvo (servidor VoIP) MAQ_PRO=<ip_maq_origem> # maquina de backup MAQ_BCK=<ip_maq_destino> ########################################## ############ CRIANDO O BACKUP ############ ########################################## 9

10 # usar um livecd!!! # montando as particoes mount /dev/<sdaa> /mnt mount /dev/<sdab> /mnt/usr mount /dev/<sdac> /mnt/var mount /dev/<sdad> /mnt/tmp mount /dev/<sdae> /mnt/home # fazendo o backup tar czf - -C /mnt. ssh "mkdir /backup; cat > /backup/$maq_pro.tgz" # desmontando as particoes umount /dev/<sdae> umount /dev/<sdad> umount /dev/<sdac> umount /dev/<sdab> umount /dev/<sdaa> onde: <ip_maq_origem> é o endereço IP da máquina em que terá os arquivos copiados; <ip_maq_destino> é o endereço IP da máquina que vai receber a cópia dos arquivos; <sdaa>,<sdab>, <sdac>,<sdad>, <sdae> são as partições do HD. A identificação das partições pode não ser igual as existentes na figura acima. No script citado, a ordem de montar e desmontar as partições precisa ser mantida. Após ter configurado o script acima, execute-o assim: # sh backup.sh Quando o script terminar, o backup da máquina especificada foi finalizado. Nota importante: Os passos desse item 1 precisam ser executados para as máquinas 1 e 2 (servidores VoIP). Não esqueça de conferir no computador destino a presença dos arquivos de restauração. Se o arquivo compactado /backup/<ip_maq_origem>.tgz na máquina de destino não existir ou estiver com tamanho zero NÃO CONTINUE. 1

11 3. Instalação do Debian Etch nas máquinas 1 e 2 Acesse a área de download do site e baixe a imagem do Debian Etch (Debian 4); em seguida, grave um cd-rom com esta imagem. Essa distribuição do Linux será utilizada na instalação do ambiente VoIP do projeto no computador Dell. Nota importante: Os passos a seguir somente podem ser executados se o backup das partições das máquinas 1 e 2 foram realizados com sucesso. A instalação que é descrita abaixo precisa ser realizada nas máquinas 1 e 2. Ao ligar o computador, insira o cd com a imagem do Debian no drive de CDROM, e, assim que aparecer na tela o logotipo da DELL, aperte a tecla F12 e escolha a opção de boot a partir do drive de CD. Após iniciar a máquina com o cd de instalação do Debian, abre-se a tela de boot. Pressione a tecla <enter> para iniciar a instalação. O próximo passo é escolher o idioma que será usado no processo de instalação. Na tela de opções selecione a língua inglesa. 1

12 O próximo passo da instalação é a escolha do país. Para que o Brasil apareça na listagem selecione a opção other e em seguida aperte o botão <enter>. Direcione o cursor para o Brazil e aperte o botão <enter>. A próxima etapa da instalação refere-se à configuração do teclado USB. Selecione a opção Brazilian ABNT2 e pressione <enter>. No passo seguinte, é necessário configurar a rede. O Debian tenta automaticamente obter o endereço IP via DHCP. Recomenda-se cancelar e logo depois configurar o endereço IP de acordo com o endereço já previamente definido. 1

13 Escolha a opção de configurar a rede manualmente. Substitua os X pelo endereço IP da máquina que está sendo instalada (máquina 1 ou 2). Em seguida deve-se configurar a subnet mask. Agora digite o endereço IP do default gateway. 1

14 O próximo passo e digitar o IP do servidor de DNS. A etapa seguinte é a definição do hostname. Preencha com o nome pertinente ao hostname da máquina que estiver sendo instalada (máquina 1 ou 2). Em seguida insira o domain. 1

15 A próxima etapa da instalação refere-se às partições do disco. O particionamento será feito manualmente. Selecione a opção <Manually edit particition table> e pressione <enter>. Atenção: As partições serão criadas no disco SDA (/dev/sda) do computador Dell Optiplex GX620 do projeto mas observe que no exemplo mostrado, a instalação será mostrada no disco HDA (/dev/hda), que é um disco IDE. Observação: O procedimento abaixo se aplica somente no caso em que o disco não está particionado. Caso já esteja, certifique-se que existem as mesmas partições da tabela 1 e que elas estejam iguais em tamanho, tipo (Reisefs, FAT ou SWAP) e se é do tipo lógica ou primária. Lembre de marcar as partições para serem formatadas e deixar a partição / como a de inicialização. Neste manual apenas será mostrado como criar as partições / e SWAP, e as outras devem ser criadas de acordo com as informações da Tabela 1. Para iniciar a criação das partições escolha a opção <YES>. 1

16 Selecione a opção com espaço livre para criação de novas partições, ela está em <pri/log 4.2 GB FREE SPACE> (no caso de uma instalação com as máquinas Dell aparecerá aproximadamente 160 GB). Em seguida o processo de criação da partição / será iniciado. Nota: a Figura acima é mostrada com 4.2 GB porque a tela foi capturada em uma máquina virtual. Para iniciar a criação da partição /, selecione a opção criar nova partição <create new partition>. A partição / tem 20 GB como está na Tabela 1; assim, será necessário editar o tamanho. 1

17 A partição / será do tipo primária, e por isso a opção <primary> será selecionada. A partição / será criada no começo do espaço disponível. Pressione <enter> em Use as para escolher o tipo de partição ReiserFS, e depois selecione o tipo partição ReiseFS. 1

18 Nota: a Figura acima é mostrada com 3 GB porque a tela foi capturada em uma máquina virtual. Selecione <done...> para finalizar a configuração da partição /. Nota: a Figura acima é mostrada com 3 GB porque a tela foi capturada em uma máquina virtual. OBSERVAÇÃO: Seguindo o exemplo da criação da partição /, crie as outras partições mostradas na Tabela 1, exceto a partição SWAP que será mostrada a seguir. Observe que na criação das outras partições os nomes das partições, tipo lógica/primária e tamanho da partição serão diferentes do exemplo mostrado com a partição /. Para iniciar a criação da partição SWAP, conforme a Tabela 1 selecione a opção que indica a existência de espaço livre <pri/log XPTO GB FREE SPACE>. Observe que quando for iniciada a criação da SWAP as partições /, /usr e /var já existirão, porque o correto será seguir a criação das partições na seqüência mostrada na Tabela 1. 1

19 Nota: a Figura acima as partições não estão com o mesmo tamanho das mostradas na tabela 1, porque a tela foi capturada em uma máquina virtual. Para criar a partição de SWAP, selecione <Create new parttion>. Edite o tamanho da partição SWAP confirme a Tabela 1, ou seja, utilize 3 Gb conforme mostrado na Tabela 1. A partição SWAP será lógica, como mostrado a seguir. 1

20 Ela ficará no início do espaço livre, então selecione <Beginning>. Para modificar o tipo de partição utilizada pela partição SWAP selecione Use as. A partição SWAP será do tipo SWAP area como é mostrado a seguir. Selecione <done...>, assim as modificações para a partição SWAP serão efetivadas. 2

21 Ao final do processo de criação das partições aparecerá uma tela mostrando como elas estão distribuídas no disco rígido, e, além disso, as suas configurações e tamanho. Selecione <Finish> terminar o particionamento do disco rígido. Nota: na figura acima as partições não estão como as mostradas na Tabela 1, porque a tela foi capturada em uma máquina virtual. Crie as partições conforme mostrado na Tabela 1. Observação: A figura a seguir mostra como as tabelas ser apresentadas quando, na sua criação, a tabela 1 for obedecida. Assim, após terminar as partições verifique se elas estão conforme a figura abaixo para que não ocorram erros durante as próximas etapas de instalação. 2

22 Para gravar no disco rígido as partições criadas selecione <YES>. Após definir as partições o fuso, as senhas de root e um usuário, o Debian será instalado. Devido ao novo Debian 5 não se pode configurar os repositorios durante a instalação É necessário marcar No e após a instalação a configuração vai ser realizada. 2

23 Na Seção Software Selection marque apenas a opção <Starndard System> e em seguia continue. Habilite a opção de deixar o Debian gravar o MBR. Na última fase de instalação do Debian, uma tela solicitando que a mídia seja retirada do dispositivo de leitura de CD/DVD aparece. O dispositivo de CDROM/DVD é aberto, retire o CD/DVD; quando for confirmado que a mídia foi retirada a máquina é reiniciada. Observação: Se em algum momento aparecer alguma tela como a que é mostrada abaixo, nas telas acima apenas digitando <enter>. Essa tela aparece quando em alguma parte da configuração <go back> for selecionado, o que faz a instalação do Debian entrar no modo de configuração de usuário avançado. Como conseqüência, algumas telas que diferem desse documento podem aparecer. 2

24 Após a reinicialização, insira no arquivo /etc/apt/sources.list as seguintes linha. # repositorio voip deb foneatrnp/ # repositorio debian (archive) deb etch main contrib deb-src etch main contrib Nas duas máquinas que estão sendo instaladas, comente no arquivo /etc/apt/sources.list a linha abaixo. # deb cdrom:[debian GNU/Linux 4.0 r0 _Etch_ - Official i386 NETINST Binary :29]/ etch contrib main Baixe um script desenvolvido pelo LabVoIP para atualização das chaves dos repositórios do Debian. $ wget Com o script disponível no servidor, execute-o através do seguinte comando: $ bash gpg.sh Após estes passos iniciais, é possível atualizar o repositório nas duas máquinas com o comando: 2

25 $ apt-get update ; apt-get upgrade Execute a partir das máquinas 1 e 2 o comando abaixo. Este comando tem como objetivo verificar se as portas estão liberadas para acesso ao BD da RNP. $ apt-get install postgresql-client-8.1 $ psql d chamadas h dser1.rnp.br U clusteruser c select count(*) from instituicoes Se o acesso estiver liberado, uma tabela de uma coluna e uma linha será mostrada. Caso o acesso não esteja liberado, comunique isto ao LabVoIP antes do início da homologação. 4. Configuração da máquina 2 Após alterar o arquivo /etc/apt/sources.list, conforme feito acima, deve-se instalar os pacotes da maq2 através do comando. # apt-get install foneatrnp-maq2 Para realizar a instalação dos pacotes é preciso confirmar o download e a autenticação dos arquivos digitando <Y> e, em seguida, pressione <enter>. WARNING: The following packages cannot be authenticated!... Install these packages without verification [y/n]? Y Ao concluir o download dos pacotes será necessário atualizar o kernel da maquina, uma pergunta sobre abortar a mudança do Kernel de 686 para 486. Deve responder No. 2

26 A tela abaixo aparecerá. Na instalação dos pacotes, nunca utilize caracteres como aspas, \, / e! quando senhas forem solicitadas. Para dar prosseguimento confirme em OK. Nota: Se o banco de dados da RNP não puder ser acessado, a instalação dos pacotes é interrompida. Depois o comando apt-get install foneatrnp-maq2 precisa ser executado novamente. A configuração do PBX pode exigir que se insira um digito antes de realmente conseguir o tom de linha. Na próxima tela, a configuração pergunta qual é esse digito Configurações para placa FXO Caso a interface com o PBX seja FXO, uma tela perguntando sobre quais são as portas da placa Digium estão alocadas aos ramais internos e externos é mostrada. Caso a placa seja E1/com sinalização ISDN irá direto para as configurações do LDAP em 4.3. Nessa versão é possível deixar os canais interno ou externos sem canais alocados, digitando o número zero 0. Para definir mais de um canal interno utilize traço; no exemplo abaixo poderia ser digitado 1-3 para alocar os canais de 1 a 3. 2

27 Para definir mais de um canal separe por traço, no exemplo da figura abaixo foram alocados os canais de 1 a 4 para os canais externos. Para não alocar canais externo digite o número zero 0. Nota: se nenhuma quantidade for alocada para canal externo ou interno uma tela informativa é mostrada. Nessa tela basta selecionar OK Configurações para placa R2 Se a placa for E1 com sinalização R2, é necessário informar a região do canal R2. Caso a placa seja E1/com sinalização ISDN irá direto para as configurações do LDAP em 4.3. Logo depois, responda qual o numero máximo de dígitos do ANI. 2

28 Para finalizar a configuração do R2, diga qual é o numero do DNIS. Informe a quantidade de dígitos que devem ser passados para o PBX Configurações finais A partir deste ponto, algumas senhas são solicitadas e não precisam ser iguais as que existiam anteriormente nos servidores VoIP. Sendo no entanto, necessário anotar as senhas porque elas serão solicitadas na instalação da máquina 1. 2

29 Cadastrar a senha que será usada para acessar o servidor LDAP. Em seguida, é preciso confirmar a senha do serviço. A configuração seguinte é a do servidor Radius, onde é necessário cadastrar o segredo, conforme a tela a baixo. Nota: esse segredo do RADIUS pode ser simples. Esse segredo e é armazenado em um arquivo e não passa por algum algoritmo de criptografia. Lembrando mais uma vez que é necessário repetir a senha. 2

30 Agora é preciso configurar a senha de acesso ao banco de dados radius pelo usuário radius. Mais uma vez, repete-se o procedimento anterior, confirmando a senha do serviço. Na próxima seção deve-se configurar a senha de acesso ao banco de dados do asterisk através do usuário asterisk. 3

31 Assim como para os outros servidores, é necessário inserir a senha novamente. Agora tem a configuração da senha de acesso ao banco de dados do openser, utilizando o usuário openser. Agora confirme a senha do usuário openser. 3

32 Dando continuidade iremos definir a senha do usuário postgres, o administrador do PostgreSQL. Novamente, confirma-se a senha. Após confirmar a senha o pacote será configurado e os serviços iniciados. Não pressione teclas como CTRL+C que possam cancelar a execução do script de configuração. 3

33 5. Configuração da máquina 1 Para a configuração instale o seguinte pacote mencionado abaixo: # apt-get install foneatrnp-maq1 Para realizar a instalação dos pacotes é preciso confirmar o download e a autenticação dos arquivos digitando <Y> e, em seguida, pressione <enter>. WARNING: The following packages cannot be authenticated!... Install these packages without verification [y/n]? Y Agora inicia a etapa de configuração do Na instalação dos pacotes, nunca utilize caracteres como aspas, \, / e! quando senhas forem solicitadas. Observação: INSTA é uma instituição fictícia que foi definida para a geração deste material. Nota: Se o banco de dados da RNP não puder ser acessado, a instalação dos pacotes é interrompida. Depois o comando apt-get install foneatrnp-maq1 precisa ser executado novamente. As senhas solicitadas não precisam ser iguais as que existiam anteriormente nos servidores VoIP. Contudo, as senhas que são solicitadas agora, precisam ser as mesmas digitadas na instalação da máquina 2. O pacote irá pedir a senha de acesso ao LDAP, que precisa ser igual a senha configurada na instalação dos pacotes na máquina 2. 3

34 Em seguida, a confirmação é pedida. Pede-se o segredo do Radius que precisa ser igual ao configurado na instalação dos pacotes na máquina 2. Nota: esse segredo do RADIUS pode ser simples. O segredo é armazenado em um arquivo e não passa por algum algoritmo de criptografia. Confirma-se o segredo que foi digitado. 3

35 Insira a senha de acesso ao banco de dados radius com o usuário radius. Digite a mesma senha utilizada para este banco de dados na instalação dos pacotes na máquina 2. Da mesma forma que nos serviços anteriores é preciso repetir a senha. Senha do banco de dados do asterisk. Digite a mesma senha que foi configurada para este banco de dados na máquina 2. 3

36 Confirme a senha do usuário Asterisk. Cadastre a senha de acesso a base de dados OpenSER (a mesma utilizada para este banco na instalação de pacotes na máquina 2). Novamente é preciso confirmar a senha. 3

37 Dando continuidade iremos definir a senha do usuário postgres, o administrador do PostgreSQL. Novamente, confirma-se a senha. Após confirmar a senha o pacote será configurado e os serviços iniciados. Não pressione teclas como CTRL+C que possam cancelar a execução do script de configuração. A configuração dos serviços é iniciada. Não pressione teclas como CTRL+C que possam cancelar a execução do script de configuração. Após a execução do script de configuração, os serviços da maq1 já sobem automaticamente. 3

38 6. Restauração das máquinas 1 e 2 do ambiente antigo Caso seja necessário voltar à configuração operacional anterior ao procedimento de atualização do ambiente, deve ser usado o livecd gravado na fase de backup. Insira o Live CD no dispositivo de CDROM/DVD e inicie a máquina a ser restaurada. Em um terminal de usuário execute cfdisk como super usuário. # cfdisk Se as partições foram criadas conforme a tabela 1 desse documento, será exibida uma tela similar a: cfdisk 2.12p Disk Drive: /dev/sda Size: bytes, GB Heads: 255 Sectors per Track: 63 Cylinders: Name Flags Part Type FS Type [Label] Size (MB) sda1 Primary Dell Utility sda2 Primary FAT sda3 Boot Primary Linux ReiserFS sda5 Logical Linux ReiserFS sda6 Logical Linux ReiserFS sda7 Logical Linux swap / Solaris sda8 Logical Linux ReiserFS sda9 Logical Linux ReiserFS Logical Free Space Nota importante: As partições utilizadas na restauração precisam ser idênticas as que existiam antes da instalação do novo Debian e dos pacotes para encaminhamento SIP Formatar as partições utilizando a interface gráfica do Ubuntu Com a interface gráfica do Ubuntu iniciada, as partições deverão ser formatadas. Para formatar as partições selecione System->Administration->Partition Editor (na parte superior da tela). 3

39 Nota: observe que a figura acima não possui todas as partições existentes tabela 1. No programa partition editor, em Partition->manager flags marque como boot a partição "/". Agora marque cada uma das partições a serem formatadas como tipo reiserfs. Marque a partição / e selecione no programa partition editor as opcções Partition->Format to->reiserfs (repetir esse passo para as partições /usr, /var/ /tmp e /home). 3

Instalação e Configuração do ambiente VoIP4ALL em máquina Dell.

Instalação e Configuração do ambiente VoIP4ALL em máquina Dell. GT-VOIP Documentação Técnica: Instalação e Configuração do ambiente VoIP4ALL em máquina Dell. v2.5 As telas mostradas neste documento refletem o tamanho do disco visto por uma máquina virtual por facilidade

Leia mais

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre

22:59:36. Introdução à Informática com Software Livre 22:59:36 Introdução à Informática com Software Livre 1 22:59:36 O Debian é uma distribuição GNU/Linux desenvolvida abertamente por um grupo mundial de voluntários, no esforço de se produzir um sistema

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Revisão: Seg, 21 de Março de 2011 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4 1.1. Pré Requisitos...4 1.2. Na Prática...4 1.2.1. Download...4

Leia mais

Documentação Técnica fone@rnp: Homologação de instituições do fone@rnp com encaminhamento nacional via SIP V2.0.0

Documentação Técnica fone@rnp: Homologação de instituições do fone@rnp com encaminhamento nacional via SIP V2.0.0 Documentação Técnica fone@rnp: Homologação de instituições do fone@rnp com encaminhamento nacional via SIP V2.0.0 Laboratório VoIP Julho de 2010 Este documento descreve os procedimentos para realizar a

Leia mais

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04.

Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Crie um novo disco virtual. Figura 03. Figura 04. Aloque 1024 MB de RAM para a VM. Figura 03. Crie um novo disco virtual. Figura 04. 2 Escolha o formato de disco padrão do Virtual Box, VDI. Figura 05. Escolha o disco rígido Dinamicamente Alocado. Figura

Leia mais

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software

HOW TO. Instalação do Firewall 6.1 Software Introdução HOW TO Página: 1 de 14 Para fazer a migração/instalação do 6.1 Software, é necessária a instalação do Sistema Operacional Linux Fedora Core 8. Explicaremos passo a passo como formatar a máquina,

Leia mais

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO

UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO UM PBX GENUINAMENTE BRASILEIRO MANUAL DE INSTALAÇÃO COM IMAGEM ISO Criado por: Flavio Henrique Somensi flavio@opens.com.br Revisão: qui, 25 de abril de 2013 www.sneplivre.com.br Índice 1. Instalação...4

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX NETDEEP SECURE COM VIRTUAL BOX 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure em um

Leia mais

Recuperando o GRUB após instalação do Windows

Recuperando o GRUB após instalação do Windows Recuperando o GRUB após instalação do Windows PET Engenharia de Computação - http://www.inf.ufes.br/~pet 1 Instruções iniciais Para efetuar as configurações a seguir talvez precisaremos executar comandos

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM VMWARE WORKSTATION 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13

Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 Manual de Instalação SNEP 3 Asterisk 13 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Baseado na versão 3.0-betha-rc2 por OpenS Tecnologia LTDA. Rua dos Cisnes, 541 Pedra Branca CEP 88137-300 - Palhoça - SC www.opens.com.br

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

Manual de instalação. Manual de instalação. Liberdade. Liberdade. Versão 1.0.0-31/10/2002. Versão 1.0.0-31/10/2002

Manual de instalação. Manual de instalação. Liberdade. Liberdade. Versão 1.0.0-31/10/2002. Versão 1.0.0-31/10/2002 Liberdade Manual de instalação Liberdade Manual de instalação Versão 1.0.0-31/10/2002 Versão 1.0.0-31/10/2002 Praça dos Açorianos, s/n - CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (051) 3210-3100 http:\\www.procergs.com.br

Leia mais

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS 1. Apresentação O UEG Linux 14.04 LTS é um sistema operacional baseado em Linux e derivado do Ubuntu, customizado pela Gerência de Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Goiás para

Leia mais

Prof. Rossano Pablo Pinto Dezembro/2012 Versão 0.2 (em construção) Prof. Rossano Pablo Pinto - http://rossano.pro.br 1

Prof. Rossano Pablo Pinto Dezembro/2012 Versão 0.2 (em construção) Prof. Rossano Pablo Pinto - http://rossano.pro.br 1 Visão geral sobre o processo de instalação e manutenção de instalações de software. Notas de aula. (aka lecture notes on Package Management Systems and software installation :)) Prof. Rossano Pablo Pinto

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

Instalando o Debian em modo texto

Instalando o Debian em modo texto Instalando o Debian em modo texto Por ser composto por um número absurdamente grande de pacotes, baixar os CDs de instalação do Debian é uma tarefa ingrata. Você pode ver uma lista dos mirrors disponíveis

Leia mais

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server

Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Como instalar o sistema operacional pfsense no Citrix Xen Server Autor: Eder S. G. - edersg@vm.uff.br Versão: 1.2 Data: 21/11/2012 Última atualização: 07/03/2013 Observação: Máquina real: Sistema operacional

Leia mais

MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON

MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON MANUAL INSTALAÇÃO/CONFIGURAÇÃO RASPBERRYPI/DACPYTHON 1. Primeiramente leia todo o manual, após ler, inicie instalando o sistema no Raspberry conforme tutorial abaixo: 2. Baixe os arquivos e verifique a

Leia mais

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04

Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Tutorial para Instalação do Ubuntu Server 10.04 Autor: Alexandre F. Ultrago E-mail: ultrago@hotmail.com 1 Infraestrutura da rede Instalação Ativando o usuário root Instalação do Webmin Acessando o Webmin

Leia mais

Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20

Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20 Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 1/20 Tutorial para particionamento, instalação do Kurumin GNU/Linux 6.0 e configuração de boot loader. Tutorial Kurumin GNU/Linux 6.0 2/20 Introdução... 3 Requisitos... 4

Leia mais

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA

Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA #20 Ferramenta para gerenciamento de impressão CURUPIRA VITEC Versão 1.0 Agosto/2007 1 Revisões Versão Data Descrição 1.0.0 03/08/2007 Elaboração do Manual. Página 2 de 18 Índice 1 REVISÕES... 2 2 PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

Instalação FreeBSD 9. 2 - Inicialização do CD/DVD! Ao colocar o CD/DVD como boot principal na BIOS, aparecerá a seguinte tela:

Instalação FreeBSD 9. 2 - Inicialização do CD/DVD! Ao colocar o CD/DVD como boot principal na BIOS, aparecerá a seguinte tela: Instalação FreeBSD 9 1 - Introdução! O Sistema de Instalação do FreeBSD basicamente utilizará as setas do teclado, barra de espaço ou enter para executar determinada ação. Toda vez que encontrar alguma

Leia mais

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5

Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 DOCUMENTO CONFIDENCIAL Manual de instalação do: Servidor Offline Clickideia Educacional v1.5 2 Sumário Introdução:...3 Configuração Mínima:...3 Conhecimento necessário para instalação:... 3 Suporte:...4

Leia mais

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x

Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Instalação e configuração Linux CentOS 6.x Objetivo: Instalar e configurar o sistema operacional Linux CentOS e efetuar suas configurações iniciais. 1- Abra o Virtuabox e clique em novo, e configure conforme

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi ENDIAN FIREWALL COMMUNITY 2.5.1 OURINHOS-SP 2012 HOW-TO

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Instalação Remota Distribuição Linux

Instalação Remota Distribuição Linux Instalação Remota Distribuição Linux A distribuição linux utilizada para a instalação é a Debian. Download pode ser realizado acessando o site: http://www.debian.org Distribuição Linux Instalação Remota

Leia mais

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3

Curso GNU/Linux. Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3. Existe apenas uma partição com espaço livre...3 Cesar Kállas - cesarkallas@gmx.net Curso GNU/Linux Realização CAECOMP Puc Campinas 2004 Capítulo 3 Instalação do Linux...2 O HD não possui nenhuma partição...3 O HD tem espaço livre não particionado...3

Leia mais

Capacitação Vix Linux. Marcos Alessandro By: Jacson RC Silva

Capacitação Vix Linux. Marcos Alessandro <marcos@doctum.edu.br> By: Jacson RC Silva <jacsonrcsilva@gmail.com> Capacitação Vix Linux Marcos Alessandro By: Jacson RC Silva GRUB The GRand Unified Bootloader Gestor de Inicialização GRUB O que é Primeiro programa ao

Leia mais

MINIX Manual de Instalação de MINIX no LINUX

MINIX Manual de Instalação de MINIX no LINUX MINIX Manual de Instalação de MINIX no LINUX Autores: Daniel da Cunha Porto Guilherme Yokaichiya Neury Dias de Freitas Paulo Henrique Pereira de Morais Yuri Koldaev Revisor: Neury Dias de Freitas Data

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10

INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 Duração: 02:45 min INSTALAÇÃO DO SUSE LINUX ENT. DESKTOP 10 1. Inicializar o Virtual PC 2007 e criar uma máquina virtual. a. Salvar em C:\Laboratorio b. O nome da máquina virtual será: Linux_Suse_Seunome.vmc

Leia mais

Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04

Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04 Guia de Instalação e Configuração do Ubuntu 12.04 Autor: Aécio Pires João Pessoa-PB FLISOL Patos - UFCG 2012 1 Guia de instalação e configuração do Ubuntu 12.04 LTS Sumário SUMÁRIO...

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Servidor Debian 4.0 (Etch)

Procedimentos para Instalação do Servidor Debian 4.0 (Etch) #20 Procedimentos para Instalação do Servidor Debian 4.0 (Etch) VITEC Versão 1.0.1 Novembro/2007 1 Revisões Versão Data Descrição 1.0.0 09/05/2007 Elaboração do Manual. 1.0.1 26/11/2007 Adição da instalação

Leia mais

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores

Organização do Curso. Instalação e Configuração. Módulo II. Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores 1 Pós Graduação em Projeto e Gerencia de Redes de Computadores Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Prof.: Nelson Monnerat Instalação e Configuração 1 Sistemas Operacionais de Redes I - Linux Módulo

Leia mais

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia

Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Manual de Instalação LOCKSS IBICT Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia Elaborado por: Alexandre Faria de Oliveira Março de 2013 1 P á g i n a Sumário 1. Introdução... 3 2. Visão Geral...

Leia mais

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO.

INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. INSTALANDO O UBUNTU PELA IMAGEM ISO OU LIVE-USB DA UFV PASSO-A-PASSO. 1 - Qual arquitetura devo usar para instalar no meu computador, 32bits ou 64bits? a) Simplificando bastante para ter uma opção viável,

Leia mais

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços

Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços Curso de extensão em Administração de sistemas GNU/Linux: redes e serviços - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia,

Leia mais

UDPcast Clonagem de HDs via rede utilizando

UDPcast Clonagem de HDs via rede utilizando Manual Clonando Discos com o UDPcast Clonagem de HDs via rede utilizando o UDPCast. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Clonando Discos com o UDPcast

Leia mais

O que é uma rede de computadores?

O que é uma rede de computadores? O que é uma rede de computadores? A rede é a conexão de duas ou mais máquinas com objetivo de compartilhar recursos entre elas. Os recursos compartilhados podem ser: Compartilhamento de conteúdos do disco

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Colaboradores: Jean Carlos Coelho, Kauê Santos, Urik Barbosa da Silva, Eduardo Sotero por OpenS Tecnologia LTDA. Rua

Leia mais

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip

Para continuar, baixe o linux-vm aqui: http://www.gdhpress.com.br/downloads/linux-vm.zip Se, assim como a maioria, você possui um único PC ou notebook, uma opção para testar as distribuições Linux sem precisar mexer no particionamento do HD e instalar o sistema em dualboot, é simplesmente

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Administração de Redes Linux. Unidade 1 - LINUX

Administração de Redes Linux. Unidade 1 - LINUX Administração de Redes Linux Unidade 1 - LINUX Breve Histórico O Linux é um sistema operacional moderno e gratuito, baseado nos padrões UNIX. Desenvolvido inicialmente em 1991 como um KERNEL PEQUENO E

Leia mais

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual ETHERNET - WIRELESS. Configuração de redes - wireless. Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET - WIRELESS Configuração de redes - wireless Produzido por: Sergio Graças Giany Abreu Desenvolvedores do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração de Rede ETHERNET

Leia mais

Manual de Instalação. Instalação via apt-get. SIGA-ADM versão 12.02

Manual de Instalação. Instalação via apt-get. SIGA-ADM versão 12.02 Manual de Instalação Instalação via apt-get SIGA-ADM versão 12.02 Índice de capítulos 1 - Pré-requisitos para instalação..................................................... 05 2 - Instalando o SIGA-ADM..............................................................

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverá ser dirigidas à International

Leia mais

Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves

Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves Tutorial de instalação do Debian Rudson Ribeiro Alves UVV/2007 Sep 24, 2007 Opções de Boot Tela inicial do CD de instalação do Debian. Escolha F2 para ver mais opções de boot. 2 Opções de Boot Tela com

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export

Para testar se as variáveis foram carregadas, utilize o comando #export Configurando Proxy Debian Abra o arquivo /etc/profile: #nano /etc/profile No final do arquivo, adicione as seguintes linhas: export http_proxy=http://172.16.3.1:3128 export https_proxy=http://172.16.3.1:3128

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1

MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 GDU-FAMELIX e-mail: manuais@fameg.edu.br FACULDADE METROPOLITANA DE GUARAMIRIM MANUAL DE INSTALAÇÃO DO FAMELIX DUAL BOOT VERSÃO 1.1 Este manual tem

Leia mais

Guia de Instalação e Configuração do Noosfero

Guia de Instalação e Configuração do Noosfero Guia de Instalação e Configuração do Noosfero Índice Instalação e Configuração do Noosfero...3 Instalação das dependências principais do Noosfero no Debian 7...3 Instalação do PostFix e SASL...3 Configuração

Leia mais

Versão: 03/08/15. Aker Security Solutions

Versão: 03/08/15. Aker Security Solutions Versão: 03/08/15 1 Índice... 2 Índice de Figuras... 5 1 Aker Report Center...12 Como está disposto este manual.... 12 Apresentação do Produto... 12 2 Instalação...15 Instalação... 15 Expandindo espaço

Leia mais

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0

Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 2007 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Web site: 2 Manual de Instalação do Linux Educacional 1.0 Por: Rafael Nink de Carvalho Machadinho D Oeste RO Agosto 2007

Leia mais

Guia Rápido de Instalação Ilustrado

Guia Rápido de Instalação Ilustrado Livre S.O. Guia Rápido de Instalação Ilustrado Introdução Este guia tem como objetivo auxiliar o futuro usuário do Livre S.O. durante o processo de instalação. Todo procedimento é automatizado sendo necessárias

Leia mais

Manual de Instalação. Instalação via apt-get

Manual de Instalação. Instalação via apt-get Manual de Instalação Instalação via apt-get Índice de capítulos 1 - Pré-requisitos para instalação......................................... 01 2 - Instalando o SIGA-ADM.................................................

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba. Eu defendo!!! Mini Curso. Linux

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba. Eu defendo!!! Mini Curso. Linux INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUDESTE DE MINAS GERAIS Campus Rio Pomba Mini Curso Linux Eu defendo!!! Apresentação Rafael Arlindo Dias Técnico em Informática CEFET Rio Pomba/MG Cursos

Leia mais

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento

Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento Comandos importantes Virtual Box Linux Compartilhamento 1º passo - Acessar Virtual Box plataforma criada dispositivos pasta compartilhadas clicar no botão + no canto direito escolher destino ( Desktop)

Leia mais

INTRODUÇÃO AO SISTEMA

INTRODUÇÃO AO SISTEMA MANUAL DE INSTALAÇÃO DE SOFTWARE PÚBLICO BRASILEIRO Nome do Software: Guarux Versão do Software: Guarux Educacional 4.0 INTRODUÇÃO AO SISTEMA O Guarux Educacional 4.0 é uma distribuição idealizada pela

Leia mais

WRNP 2009. Proxies e Gateways. Núcleo de Computação Eletrônica/UFRJ

WRNP 2009. Proxies e Gateways. Núcleo de Computação Eletrônica/UFRJ WRNP 2009 Proxies e Gateways Núcleo de Computação Eletrônica/UFRJ Tópicos Proxy Troca de tráfego com outras redes Princípios do Proxy do serviço fone@rnp Configuração para operação com o Proxy Conexões

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice

Manual B.P.S ATA 5xxx Índice Manual B.P.S ATA 5xxx Índice 1. Conectando o Adaptador para Telefone Analógico (ATA)...02 2. Configurações básicas...05 2.1 Configuração dos parâmetros de usuário e senha para acessos de banda larga do

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação 1 - Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep. O Netdeep Cop é uma distribuição Linux, isto é, um pacote já com um sistema

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JULHO/2010

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JULHO/2010 PROCEDIMENTOS BÁSICOS DE INSTALAÇÃO DO SERVIDOR LINUX - DEBIAN COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JULHO/2010 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

Jackson Barbosa de Azevedo

Jackson Barbosa de Azevedo <jacksonbazevedo@hotmail.com> Autor: Jackson Barbosa de Azevedo Revisores: Aecio Pires 1 Conteúdo Sobre o OpenSUSE... 3 Procedimento de Instalação... 3 Preparando a Instalação do

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANDRIVA MINI EM LAPTOPS EDUCACIONAIS

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANDRIVA MINI EM LAPTOPS EDUCACIONAIS MANUAL DE INSTALAÇÃO MANDRIVA MINI EM LAPTOPS EDUCACIONAIS SUMÁRIO 1. Prefácio... 1 2. A quem se destina... 1 3. Nomenclatura utilizada neste documento... 1 4. Considerações iniciais... 2 5. Gerando o

Leia mais

Instalação em Dual Boot

Instalação em Dual Boot Manual Instalação em Dual Boot tutorial de instalação Dual boot Windows XP e o Linux Educacional 2.0 Francisco Willian Saldanha Analista de Teste de Sistemas MEC/SEED/DITEC/CETE Manual Instalação em Dual

Leia mais

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO BÁSICA DO TRIXBOX

TUTORIAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO BÁSICA DO TRIXBOX TUTORIAL DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO BÁSICA DO TRIXBOX Material traduzido do Tribox all descubierto feito por Alfredo Certain Yance e modificado por Eric Barbosa Jales de Carvalho Coordenador: Nathan

Leia mais

Configurando um servidor DHCP

Configurando um servidor DHCP Configurando um servidor DHCP OBS.: Esse documento retrata uma configuração em uma rede do tipo rede local (192.168.xx.xx), onde existe um servidor contendo duas interfaces de rede, eth0 e eth1. Hoje em

Leia mais

RISO <> Versão 0.5. Manual do Usuário. Escrito por Germano Teixeira de Miranda

RISO <<Recuperação por Imagem de Sistema Operacional>> Versão 0.5. Manual do Usuário. Escrito por Germano Teixeira de Miranda RISO Versão 0.5 Manual do Usuário Escrito por Germano Teixeira de Miranda Divisão de Gerencia e Operações - DGO Departamento de Recursos em Informática

Leia mais

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox

Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox System Technology Tutorial Instalação Dual Boot Ubuntu e Windows XP Virtualização com VirtualBox Weslley Barboza Tutorial para instalação de uma maquina virtual com dual boot utilizando Windows XP Professional

Leia mais

GNU/Linux Debian Servidor DNS

GNU/Linux Debian Servidor DNS GNU/Linux Debian Servidor DNS Neste tutorial, será apresentado a configuração do serviço de rede DNS (Domain Name System) utilizando o sistema operacional GNU/Linux, distribuição Debian 7.5. Antes de começamos

Leia mais

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação.

INICIALIZAÇÃO RÁPIDA. 1 Insira o CD 1 ou DVD do Novell Linux Desktop na unidade e reinicialize o computador para iniciar o programa de instalação. Novell Linux Desktop www.novell.com 27 de setembro de 2004 INICIALIZAÇÃO RÁPIDA Bem-vindo(a) ao Novell Linux Desktop O Novell Linux* Desktop (NLD) oferece um ambiente de trabalho estável e seguro equipado

Leia mais

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44

Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 Manual de Instalação SNEP 1.3.12 Asterisk 1.4.44 2015 Autoria: Flávio Henrique Somensi Colaboradores: Jean Carlos Coelho, Kauê Santos, Urik Barbosa da Silva, Eduardo Sotero por OpenS Tecnologia LTDA. Rua

Leia mais

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos

Partição Partição primária: Partição estendida: Discos básicos e dinâmicos Partição Parte de um disco físico que funciona como se fosse um disco fisicamente separado. Depois de criar uma partição, você deve formatá-la e atribuir-lhe uma letra de unidade antes de armazenar dados

Leia mais

Manual Técnico BRMA BALANCE

Manual Técnico BRMA BALANCE B R M A B a l a n c e Manual Técnico BRMA BALANCE EMPRESA Atuando no segmento de comunicação de dados desde 1998, a BRconnection vem se destacando por desenvolver e disponibilizar ao mercado a solução

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux

Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Sistema Operacional Unidade 2 - Estrutura, dispositivos e sistema de arquivos do Linux Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ESTRUTURA DE DIRETÓRIOS LINUX... 3 SISTEMA DE ARQUIVOS E PARTICIONAMENTO...

Leia mais

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação

Gerenciamento de Redes de Computadores. Pfsense Introdução e Instalação Pfsense Introdução e Instalação Introdução A utilização de um firewall em uma rede de computadores possui o objetivo básico de proteção relacionado a entrada e saída de dados. Introdução O pfsense é um

Leia mais

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0

Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Sistema de Atendimento v1.3 Manual de Instalação v1.0 Brasília, 29 de junho de 2010 Sumário Licença deste Documento...3 Introdução ao Sistema de Atendimento...4 Características e módulos...4 Arquitetura...5

Leia mais

Manual de Instalação. Instalação via apt-get

Manual de Instalação. Instalação via apt-get Manual de Instalação Instalação via apt-get Projeto SIGA-EPT Manual de Instalação Instalação via apt-get SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão outubro/2010 Sumário 1 Introdução 2 2 Pré-requisitos

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

PROJETO SISTEMA DE ALARME REMOTO NO CBMSC. Tecnologias utilizadas

PROJETO SISTEMA DE ALARME REMOTO NO CBMSC. Tecnologias utilizadas PROJETO SISTEMA DE ALARME REMOTO NO CBMSC O "Projeto sistema de alarme remoto no CBMSC" é uma sistemática desenvolvida para acionar o alarme do quartel diretamente pelo COBOM, agilizando o acionamento

Leia mais

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX

TUTORIAL INSTALAÇÃO DA ROTINA 2075 NO LINUX Apresentação O departamento de varejo da PC Sistemas inovou seu produto de frente de caixa, permitindo seu funcionamento no sistema operacional do Linux com a distribuição Ubuntu. O cliente poderá usar

Leia mais

Backup do ambiente VoIP V3.3.1

Backup do ambiente VoIP V3.3.1 Backup do ambiente VoIP V3.3.1 André de Abrantes D. P. e Souza Anderson Alves de Albuquerque Julho de 2010 Este documento descreve os procedimentos para realizar o backup dos servidores VoIP instalados

Leia mais

Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13

Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13 Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux Versão SIPREV 2.1.13 INSTALL 2010-05-20 ================================================== Instalando e Executando o Siprev em Ambiente Linux ATENÇÃO:

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

SPED - Projeto SIGADEx. Tutorial de Instalação do SPED versão 2.6

SPED - Projeto SIGADEx. Tutorial de Instalação do SPED versão 2.6 SPED - Projeto SIGADEx Considerações iniciais Este pequeno tutorial visa auxiliar a todos os usuários a fazerem a instalação básica do SPED 2.6. Baseia-se, essencialmente, na captura das telas durante

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RECUPERAÇÃO DE DESASTRES INTELIGENTE DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em disco totalmente

Leia mais

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian.

Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Tutorial configurando o dhcp no ubuntu ou debian. Pré requisitos para pratica desse tutorial. Saber utilizar maquina virtual no virtual Box ou vmware. Saber instalar ubuntu ou debian na maquina virtual.

Leia mais

3.3. Espelhamento (RAID1)

3.3. Espelhamento (RAID1) 3.3. Espelhamento (RAID1) Neste servidor estamos usando dois HDs idênticos, cada um com 160GB de espaço em disco. Nos passos seguintes é importante existir dois HDs idênticos em tamanho. Caso ocorra a

Leia mais

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED

Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED Instalação do Linux Educacional 3.0 Bancadas SED A instalação do Linux Educacional 3.0 segue os mesmos moldes da instalação normal, porém, com algumas considerações. Backup de Configurações Para evitar

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação 1 - Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep Secure. O Netdeep Secure é uma distribuição Linux, isto é, um pacote já

Leia mais

Manual Técnico do E.Fit

Manual Técnico do E.Fit Manual Técnico do E.Fit 130M04-R6 11/08/2014 1 Sumário 1. Como Gerar um pen drive Bootável?...3 2. Como configurar a placa Mãe?...6 3. Como fazer a Instalação sem rede?...7 4. Como fazer a instalação com

Leia mais

International Syst S/A

International Syst S/A As informações contidas neste documento pertencem à International Syst S/A. Qualquer questão referente à utilização deste documento ou informações contidas no mesmo deverão ser dirigidas à International

Leia mais

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz

Tutorial de Instalação do Software das Carteiras Informatizadas Oppitz P á g i n a 1 Estado de Santa Catarina Secretaria de Estado da Educação Diretoria de Organização, Controle e Avaliação Gerência de Recursos Humanos Tecnologia Administrativa Rua Antônio Luz, 111 Centro

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede

Sistemas Operacionais de Rede. Configuração de Rede Sistemas Operacionais de Rede Configuração de Rede Conteúdo Programático! Interfaces de rede! Ethernet! Loopback! Outras! Configuração dos parâmetros de rede! Dinâmico (DHCP)! Manual! Configuração de DNS

Leia mais

Configuração endereço IP da interface de rede

Configuração endereço IP da interface de rede Configuração endereço IP da interface de rede Download Imprimir Para configurar a interface de sua placa de rede como DHCP para obter um endereço IP automático ou especificar um um endereço IP estático

Leia mais

HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux:

HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux: HOWTO de LTSP v4.1 no Debian Sarge : * LTSP como Servidor de Terminais GNU/Linux: O LTSP (Linux Terminal Server Project) é uma solução que agrega um conjunto de serviços, de forma que máquinas clientes

Leia mais