Identificação de anfíbios

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Identificação de anfíbios"

Transcrição

1 Identificação de anfíbios

2 Ordem Caudata 9 famílias viventes + 4 extintas 571 espécies Ordem Gymnophiona 3 famílias viventes 171 espécies Ordem Anura 48 famílias viventes + 1 extinta 5602 espécies

3 (Frost et al. 2006)

4 Gymnophiona - Caracteres utilizados Siphonops annulatus

5

6 Rhinatrematidae Ichthyophiidae Caeciliidae

7 10-60 cm Annuli 1 os ou 1 os e 2 os Olhos visíveis ou não Sem cauda Caeciliinae cm Annuli 1 os Olhos visíveis Sem cauda Typhlonectinae Siphonops annulatus Typhlonectes compressicauda

8

9 Rhinatrematidae cm Annuli 2 os e 3 os Escamas nos annuli 1 os Olhos visíveis Cauda curta Epicrionops bicolor

10

11 Como identificar Dados de coleta 2. Annuli, presença de cauda, posição dos tentáculos 3. Hábito

12 Urodela Karauroidea 1 família extinta Cryptobranchoidei 2 famílias Diadectosalamandroidei 7 famílias

13 Cryptobranchidae Hynobiidae Proteidae Sirenidae Ambystomatidae Salamandridae Rhyacotritonidae Plethodontidae Amphiumidae

14 -Bolitoglossa paraensis (2004)

15 Anura - Grupo monofilético - Distribuição - Características

16 Anura O que mudou...

17 Mas como eu identifico anuros?????

18 O que temos no Brasil

19 Família Pipidae Xenoanura 3-17 cm Xenopus sp. Pipa pipa

20 Família Pipidae Xenoanura Distribuição

21 Família Hemiphractidae Hyloides - Nobleobatrachia Brasil, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia Hemiphractus

22 Neobatrachia Nobleobatrachia

23 Família Brachycephalidae Hyloides - Nobleobatrachia Sudoeste dos EUA ao sul da América do Sul e Antilhas Brachycephalus ephippium Eleutherodactylus portoricensis

24 De acordo com Hedges et al. (2008): Brachycephalidae = Terrarana (do Texas, EUA, passando pelo México, Américas Central e do Sul até Argentina) Terrarana: Eleutherodactylidae Craugastoridae Brachycephalidae Strabomantidae

25 Brachycephalidae Brachycephalus e Ischnocnema

26 Craugastoridae Craugastor e Haddadus

27 Eleutherodactylidae Eleutherodactylus, Adelophryne, Phyzelaphryne e Diasporus

28 Strabomantidae 14 gêneros (8 no Brasil)

29 Neobatrachia Nobleobatrachia

30 Família Cryptobatrachidae Venezuela, Guiana, Colômbia, Brasil Hyloides - Nobleobatrachia Stefania goini

31 Família Amphignathodontidae Costa Rica até Argentina e na costa do Brasil Hyloides - Nobleobatrachia Flectonotus fissilis Gastrotheca riobambae

32 Neobatrachia Nobleobatrachia

33 Família Hylidae 1-14 cm Hylinae Hyloides - Nobleobatrachia Bokermannohyla alvarengai Dendropsophus elegans Scinax sp.

34 2-6 cm Hyloides - Nobleobatrachia Pseudis paradoxa

35 Família Hylidae - Phyllomedusinae Hyloides - Nobleobatrachia Phyllomedusa burmeisteri Cruziohyla craspedopus

36 Família Hylidae Hyloides - Nobleobatrachia Distribuição

37 Neobatrachia Nobleobatrachia

38 Família Centrolenidae Hyloides - Nobleobatrachia 2-4 cm Hyalinobatrachium eurygnathum Centrolene grandisonae Hyalinobatrachium uranoscopum

39 Hyloides - Nobleobatrachia 3 cm Allophryne ruthveni

40 Família Centrolenidae Hyloides - Nobleobatrachia Distribuição

41 Família Leptodactylidae 1-25 cm Hyloides - Nobleobatrachia Leptodactylus (Lithodytes) bokermanni Leptodactylus jolyi

42 Família Leptodactylidae Distribuição Hyloides - Nobleobatrachia

43 Hyloides - Nobleobatrachia Família Ceratophryidae Da Colômbia e Venezuela até sul da Argentina e Chile Ceratophrys cornuta

44

45 Hyloides - Nobleobatrachia Família Cycloramphidae Regiões tropicais e temperadas da América do Sul Proceratophrys cururu Odontophrynus americanus

46 Hyloides - Nobleobatrachia Thoropa miliaris Thoropa megatympanum

47 Família Leiuperidae Hyloides - Nobleobatrachia Edalorhina perezi México, Américas Central e do Sul Pseudopaludicola mineira

48 Família Bufonidae Hyloides - Nobleobatrachia 2-23 cm Atelopus longirostris Atelopus flavescens Atelopus spumarius

49 Família Bufonidae Hyloides - Nobleobatrachia 2-23 cm Rhinella marinus Dendrophryniscus sp. Hoplobatrachus tigerinus

50 Família Bufonidae Hyloides - Nobleobatrachia Distribuição

51 Hyloides - Nobleobatrachia Família Hylodidae Regiões tropicais e temperadas da América do Sul Hylodes sp. Crossodactylus bokermanni

52 Neobatrachia Nobleobatrachia

53 Família Aromobatidae Hyloides - Nobleobatrachia Allobates marchesianus Aromobates nocturnus Colômbia e Equador a oeste dos Andes, Venezuela a Bolívia a leste dos Andes, Amazônia, Mata Atlântica, sul da Nicarágua a Colômbia.

54 Família Dendrobatidae Hyloides - Nobleobatrachia 1-6 cm Dendrobates azureus Dendrobates pumilio Nicarágua a Bolívia, Guianas, sudeste do Brasil

55 Famílias Aromobatidae e Dendrobatidae Distribuição Hyloides - Nobleobatrachia

56 Neobatrachia Ranoides Allodapanura

57 Família Microhylidae Ranoides - Allodapanura 1-9 cm Altigius alios Ctenophryne geayi

58 Família Microhylidae Ranoides - Allodapanura 1-9 cm Chiasmocleis albopunctata Elachistocleis ovalis

59 Família Microhylidae Ranoides - Allodapanura Distribuição

60 Neobatrachia Ranoides Natatanura

61 Família Ranidae Ranoides - Natatanura Ceratobatrachus guenteri Rana pipiens

62 Família Ranidae Ranoides - Natatanura Distribuição

63 Aprendendo a ir além de famílias... Olha, eu peguei um inseto! É um daqueles grandes com pintas nas costas não fale, eu lembro o nome humm humm está na ponta da língua!

64 Buscar distribuição, nomes corretos Frost, Darrel R Amphibian Species of the World: an Online Reference. Version 5.2 (15 July, 2008). Electronic Database accessible at American Museum of Natural History, New York, USA. Buscar bibliografia descrições, revisões Consultar especialistas e coleções de museus

65 Girinos observar: Posição dos olhos Posição do espiráculo Posição do tubo ventral

66 Fórmula dentária (LTRF = labial tooth row formula) Esquema generalizado da boca de um girino:

67 Medidas e proporções:

68 Anura: estágios de desenvolvimento (segundo Gosner, 1960)

69

70 Adultos observar: Medidas e proporções:

71 Formas do focinho e da cabeça

72 Membranas interdigitais:

73 Identificação de anfíbios

CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL

CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL Anexo 12.3.2-2 Metodologia de marcação de anfíbios, lagartos, crocodilianos, marsupiais e alguns grupos de mamíferos de médio e grande porte, autorizada

Leia mais

História Natural dos Anfíbios Anuros

História Natural dos Anfíbios Anuros História Natural dos Anfíbios Anuros 1. Reconhecimento dos principais grupos de anuros Neotropicais 2. História Natural (modos de reprodução) 3. O sistema de comunicação dos anuros 4. Desenvolvimento,

Leia mais

Filo Cordados - Vertebrados. ANFÍBIOS Classificação

Filo Cordados - Vertebrados. ANFÍBIOS Classificação Filo Cordados - Vertebrados ANFÍBIOS Classificação Características gerais Anfi dois / Bio - Vida 4800 espécies Dependência da água (reprodução) Ovulíparos Larva = Girino, axolote Pecilotérmicos ou ectotérmicos

Leia mais

Universidade Federal do Amazonas Instituto de Ciências Biológicas Diversidade, distribuição e reprodução de Anfíbios

Universidade Federal do Amazonas Instituto de Ciências Biológicas Diversidade, distribuição e reprodução de Anfíbios Universidade Federal do Amazonas Instituto de Ciências Biológicas Diversidade, distribuição e reprodução de Anfíbios Prof. Dr. Marcelo Menin Departamento de Biologia - ICB Laboratório de Zoologia Programa

Leia mais

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS

ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS ZOOLOGIA DE VERTEBRADOS CURSO: Ciências Biológicas 3º Ano 2º semestre 9ª Aula Anfíbios: diversidade e características (Ministrante: Profa. Dra. Virginia S. Uieda) Professores Responsáveis: Virgínia Sanches

Leia mais

ANFÍBIOS. vascularizada e sempre umedecida. Pertencentes a classe de vertebrados denominada

ANFÍBIOS. vascularizada e sempre umedecida. Pertencentes a classe de vertebrados denominada ANFÍBIOS Os anfíbios foram os primeiros vertebrados a conquistar o ambiente terrestre e atualmente existem mais de 6.400 espécies no mundo. A característica principal do grupo é o ciclo de vida dividido

Leia mais

Herpetofauna dos remanescentes de Mata Atlântica da região de Tapiraí e Piedade, SP, sudeste do Brasil

Herpetofauna dos remanescentes de Mata Atlântica da região de Tapiraí e Piedade, SP, sudeste do Brasil Herpetofauna dos remanescentes de Mata Atlântica da região de Tapiraí e Piedade, SP, sudeste do Brasil Condez, T.H. et al. Biota Neotrop. 2009, 9(1): 157-185. On line version of this paper is available

Leia mais

CHAVE DE IDENTIFICAÇÃO: ANFÍBIOS ANUROS DA VERTENTE DE JUNDIAÍ DA SERRA DO JAPI, ESTADO DE SÃO PAULO

CHAVE DE IDENTIFICAÇÃO: ANFÍBIOS ANUROS DA VERTENTE DE JUNDIAÍ DA SERRA DO JAPI, ESTADO DE SÃO PAULO CHAVE DE IDENTIFICAÇÃO: ANFÍBIOS ANUROS DA VERTENTE DE JUNDIAÍ DA SERRA DO JAPI, ESTADO DE SÃO PAULO Ricardo da Silva Ribeiro 1*, Gabriel Toselli Barbosa Tabosa do Egito 2 & Célio Fernando Baptista Haddad

Leia mais

Cristiane Rosa Castro 1, Juliana Gaboardi Vultão 1, Erika Pirijani da Silva 1 e Sandra Elisa Favorito 2. Área do Conhecimento: Ciências da Vida.

Cristiane Rosa Castro 1, Juliana Gaboardi Vultão 1, Erika Pirijani da Silva 1 e Sandra Elisa Favorito 2. Área do Conhecimento: Ciências da Vida. Caracterização e monitoramento da fauna de peixes, anfíbios, répteis, mamíferos e aves na área de influência do Centro de Disposição de Resíduos CDR 1 - Pedreira e região do Parque Estadual da Cantareira

Leia mais

LEVANTAMENTO DA ANUROFAUNA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ, PR

LEVANTAMENTO DA ANUROFAUNA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ, PR V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 LEVANTAMENTO DA ANUROFAUNA DO MUNICÍPIO DE MARINGÁ, PR Igor de Paiva Affonso¹; Emanuel Giovani Cafofo Silva²; Rosilene

Leia mais

Evolução e diversidade de Amphibia. Prof. André Resende de Senna

Evolução e diversidade de Amphibia. Prof. André Resende de Senna Evolução e diversidade de Amphibia Prof. André Resende de Senna Significado: Do Grego: amphi = ambos, dupla ; bios = vida. Generalidades: Sapos, salamandras e cobras-cegas; Incorretamente tidos como intermediários

Leia mais

Vivendo na Terra. Como era a Terra e quais os grupos animais viventes no momento evolutivo em que se deu a transição para o ambiente terrestre?

Vivendo na Terra. Como era a Terra e quais os grupos animais viventes no momento evolutivo em que se deu a transição para o ambiente terrestre? Vivendo na Terra Como era a Terra e quais os grupos animais viventes no momento evolutivo em que se deu a transição para o ambiente terrestre? Transição para o ambiente terrestre Peixes com características

Leia mais

Anfíbios do Parque Nacional das Araucárias, Estado de Santa Catarina, Brasil

Anfíbios do Parque Nacional das Araucárias, Estado de Santa Catarina, Brasil Anfíbios do Parque Nacional das Araucárias, Estado de Santa Catarina, Brasil Responsável: Bióloga Dra. Elaine Maria Lucas Gonsales Colaborador: João Carlos Marroco 1. INTRODUÇÃO O Brasil abriga uma grande

Leia mais

Amphibia, Anura, Parque Natural Municipal da Taquara, municipality of Duque de Caxias, state of Rio de Janeiro, southeastern Brazil

Amphibia, Anura, Parque Natural Municipal da Taquara, municipality of Duque de Caxias, state of Rio de Janeiro, southeastern Brazil Journal of Species Lists and Distribution ISSN 1809-127X (online edition) www.checklist.org.br 2009 Check List and Authors LISTS OF SPECIES Amphibia, Anura, Parque Natural Municipal da Taquara, municipality

Leia mais

Anfíbios de uma área de castanhal da Reserva Extrativista do Rio Cajari, Amapá

Anfíbios de uma área de castanhal da Reserva Extrativista do Rio Cajari, Amapá ARTIGO DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v1n1p1-18 Anfíbios de uma área de castanhal da Reserva Extrativista do Rio Cajari, Amapá Suelique de Souza Queiroz 1, Andreza Ramalho da Silva

Leia mais

A Eurafrásia A, Afro-Eurásia ou África-Eurásia é formada por: Europa, África e Ásia e estende-se por mais de 84 milhões de km² (quase 60% da superfície sólida da Terra) com uma população de cerca de 5.5

Leia mais

Thales de Lema e Luciane Aldado Martins

Thales de Lema e Luciane Aldado Martins Thales de Lema e Luciane Aldado Martins ANFÍBIOS DO RIO GRANDE DO SUL CATÁLOGO, DIAGNOSES, DISTRIBUIÇÃO, ICONOGRAFIA Thales de Lema Luciane Aldado Martins ANFÍBIOS DO RIO GRANDE DO SUL CATÁLOGO, DIAGNOSES,

Leia mais

Anfíbios do Parque Ambiental Chico Mendes, Rio Branco Acre, Brasil

Anfíbios do Parque Ambiental Chico Mendes, Rio Branco Acre, Brasil Biotemas, 29 (1): 85-95, março de 2016 ISSNe 2175-7925 85 http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2016v29n1p85 Anfíbios do Parque Ambiental Chico Mendes, Rio Branco Acre, Brasil Nathocley Mendes Venâncio 1

Leia mais

Anuros do Cerrado em um mundo em mudança: fatores de vulnerabilidade

Anuros do Cerrado em um mundo em mudança: fatores de vulnerabilidade Universidade Federal de Goiás Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução Anuros do Cerrado em um mundo em mudança: fatores de vulnerabilidade Eduardo dos Santos Pacífico

Leia mais

Amphibians from the Centro Marista São José das Paineiras, in Mendes, and surrounding municipalities, State of Rio de Janeiro, Brazil

Amphibians from the Centro Marista São José das Paineiras, in Mendes, and surrounding municipalities, State of Rio de Janeiro, Brazil Herpetology Notes, volume 7: 489-499 (2014) (published online on 25 August 2014) Amphibians from the Centro Marista São José das Paineiras, in Mendes, and surrounding municipalities, State of Rio de Janeiro,

Leia mais

Chytrid fungus acts as a generalist pathogen infecting species-rich amphibian families in Brazilian rainforests

Chytrid fungus acts as a generalist pathogen infecting species-rich amphibian families in Brazilian rainforests The following supplement accompanies the article Chytrid fungus acts as a generalist pathogen infecting species-rich amphibian families in Brazilian rainforests Anyelet Valencia-Aguilar*, Gustavo Ruano-Fajardo,

Leia mais

DIVERSIDADE E DISTRIBUIÇÃO DE ANFÍBIOS NA MATA ATLÂNTICA DO SUL DA BAHIA

DIVERSIDADE E DISTRIBUIÇÃO DE ANFÍBIOS NA MATA ATLÂNTICA DO SUL DA BAHIA Anfíbios Anuros DIVERSIDADE E DISTRIBUIÇÃO DE ANFÍBIOS NA MATA ATLÂNTICA DO SUL DA BAHIA Débora Leite Silvano 1 e Bruno V.S. Pimenta 2 1 Sete Soluções e Tecnologia Ambiental, Av. Getúlio Vargas1420/805,

Leia mais

ANFÍBIOS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PINHEIRO, UMA ÁREA DE CERRADO NO NOROESTE DE MINAS GERAIS, BRASIL 1

ANFÍBIOS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PINHEIRO, UMA ÁREA DE CERRADO NO NOROESTE DE MINAS GERAIS, BRASIL 1 Arquivos do Museu Nacional, Rio de Janeiro, v.64, n.2, p.131-139, abr./jun.2006 ISSN 0365-4508 ANFÍBIOS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PINHEIRO, UMA ÁREA DE CERRADO NO NOROESTE DE MINAS GERAIS, BRASIL 1 (Com 1 figura)

Leia mais

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010 CARACTERIZAÇÃO DA ANUROFAUNA DA ÁREA DO INSTITUTO DE PERMACULTURA CERRADO-PANTANAL E MATA ATLÂNTICA, NO MUNICÍPIO DE CARRANCAS, MG. FELIPE FERNANDES 1 & MARCELO PASSAMANI 2 RESUMO Este trabalho foi realizado

Leia mais

A - DIAGNOSTICO DA FAUNA DE ANFIBIOS E REPTEIS DA FLORESTA ESTADUAL DO AMAPÁ (FLOTA/AP)

A - DIAGNOSTICO DA FAUNA DE ANFIBIOS E REPTEIS DA FLORESTA ESTADUAL DO AMAPÁ (FLOTA/AP) A - DIAGNOSTICO DA FAUNA DE ANFIBIOS E REPTEIS DA FLORESTA ESTADUAL DO AMAPÁ (FLOTA/AP) Diagnostico da Fauna de Anfíbios e Répteis da Floresta Estadual do Amapá (FLOTA/AP) DIAGNÓSTICO DA FAUNA DE ANFÍBIOS

Leia mais

Biologia Geral e Experimental

Biologia Geral e Experimental Biologia Geral e Experimental Universidade Federal de Sergipe São Cristóvão, SE 1 (1): 42 74 27.x.2000 ANFÍBIOS ANUROS DO CAMPUS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE Francisco Filho de Oliveira 1 Giovani

Leia mais

Conhecendo os países, os continentes e os oceanos

Conhecendo os países, os continentes e os oceanos Conhecendo os países, os continentes e os oceanos nós na sala de aula - módulo: geografia 4º e 5º anos - unidade 5 As atividades propostas pretendem estimular as crianças a perceber as ideias de continente,

Leia mais

UHE Santo Antônio: Guia das espécies de fauna resgatadas

UHE Santo Antônio: Guia das espécies de fauna resgatadas UHE Santo Antônio: Guia das espécies de fauna resgatadas Organizadores Alexandre Sorókin Marçal, Dr. Biólogo, Santo Antônio Energia Ivonete Batista Santa Rosa Gomes, MSc. Bióloga, Santo Antônio Energia

Leia mais

Chave para os gêneros:

Chave para os gêneros: Família Elapidae Cobras corais Corais verdadeiras Cobras com cabeça pequena, focinho arredondado e não destacada do corpo; olhos pequenos; alto da cabeça com escamas grandes, em forma de placas e sem fosseta

Leia mais

Anfíbios. Uma Análise da Lista Brasileira de Anfíbios Ameaçados de Extinção

Anfíbios. Uma Análise da Lista Brasileira de Anfíbios Ameaçados de Extinção ANFÍBIOS Anfíbios Uma Análise da Lista Brasileira de Anfíbios Ameaçados de Extinção Célio F. B. Haddad 1 A classe Amphibia (anfíbios) corresponde ao grupo que engloba os animais conhecidos como Gymnophiona

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIOCIÊNCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOLOGIA RODRIGO LINGNAU

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIOCIÊNCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOLOGIA RODRIGO LINGNAU PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE BIOCIÊNCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOLOGIA RODRIGO LINGNAU DISTRIBUIÇÃO TEMPORAL, ATIVIDADE REPRODUTIVA E VOCALIZAÇÕES EM UMA ASSEMBLEIA

Leia mais

Sapos e rãs da PVSuL (e região) - Os anfíbios

Sapos e rãs da PVSuL (e região) - Os anfíbios Sapos e rãs da PVSuL (e região) - Os anfíbios Misteriosos Sapos e rãs são animais extraordinários, e fazem parte do grupo dos anfíbios junto com as salamandras e as cecílias (ou cobra-cegas ). Muitas espécies

Leia mais

América Latina: quadro natural e exploração dos recursos naturais

América Latina: quadro natural e exploração dos recursos naturais Yiannos1/ Dreamstime.com América Latina: quadro natural e exploração dos recursos naturais Imagem de satélite do continente americano. Allmaps Allmaps Divisão Política (por localização) América do Norte

Leia mais

Biota Neotropica ISSN: Instituto Virtual da Biodiversidade Brasil

Biota Neotropica ISSN: Instituto Virtual da Biodiversidade Brasil Biota Neotropica ISSN: 1676-0611 cjoly@unicamp.br Instituto Virtual da Biodiversidade Brasil Bernarde, Paulo Sérgio Ambientes e temporada de vocalização da anurofauna no Município de Espigão do Oeste,

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2015

Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Volume 42 Ano base 2014 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2013-2014

Leia mais

Contribuição ao conhecimento da herpetofauna do nordeste do estado de Minas Gerais, Brasil

Contribuição ao conhecimento da herpetofauna do nordeste do estado de Minas Gerais, Brasil Contribuição ao conhecimento da herpetofauna do nordeste do estado de Minas Gerais, Brasil Renato Neves Feio 1 e Ulisses Caramaschi 2,3 Phyllomedusa 1(2):105-111, 2002 2002 Melopsittacus Publicações Científicas

Leia mais

1. o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. Jefferson Oliveira Prof. ª Ludmila Dutra

1. o ANO ENSINO MÉDIO. Prof. Jefferson Oliveira Prof. ª Ludmila Dutra 1. o ANO ENSINO MÉDIO Prof. Jefferson Oliveira Prof. ª Ludmila Dutra Unidade I Geografia física mundial e do Brasil. 2 Aula 5.1 Conteúdo Bacias Hidrográficas Brasileiras. 3 Habilidade Localizar as diferentes

Leia mais

INVENTÁRIO DE ANUROS OCORRENTES NO SUDOESTE DO PARANÁ

INVENTÁRIO DE ANUROS OCORRENTES NO SUDOESTE DO PARANÁ INVENTÁRIO DE ANUROS OCORRENTES NO SUDOESTE DO PARANÁ Fernando Toniazzo [PIBIC-AF/ FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA] 1, Rodrigo Lingnau [orientador] 1, Ivanderson Borelli [PIBIC-AF/ FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA] 1 1 Curso de

Leia mais

Brasil fica em quarto lugar em desigualdade social

Brasil fica em quarto lugar em desigualdade social Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 4 o Bimestre 5 o ano Geografia 1. Leia a notícia, divulgada em vários jornais brasileiros, no dia 21

Leia mais

ESTUDO DA COLEÇÃO HERPETOLÓGICA DA UNIDADE DE ZOOLOGIA DO MUSEU UNIVERSITÁRIO DO EXTREMO SUL CATARINENSE MUESC/CRICIÚMA

ESTUDO DA COLEÇÃO HERPETOLÓGICA DA UNIDADE DE ZOOLOGIA DO MUSEU UNIVERSITÁRIO DO EXTREMO SUL CATARINENSE MUESC/CRICIÚMA UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE RECURSOS NATURAIS DICIANE APARECIDA BARP ESTUDO DA COLEÇÃO HERPETOLÓGICA DA UNIDADE DE ZOOLOGIA DO MUSEU

Leia mais

Número 8 - Anfíbios. ANFíBIOS_ QUE TIPO DE ANIMAL É UM ANFÍBIO? COMO SÃO CLASSIFICADOS? Ordem Anura

Número 8 - Anfíbios. ANFíBIOS_ QUE TIPO DE ANIMAL É UM ANFÍBIO? COMO SÃO CLASSIFICADOS? Ordem Anura ANFíBIOS_ QUE TIPO DE ANIMAL É UM ANFÍBIO? Os anfíbios foram os primeiros vertebrados a conquistar o ambiente terrestre. Do ponto de vista evolutivo constituem um grupo situado entre os peixes e os répteis.

Leia mais

4. CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA 4.1 Uso e Ocupação do Solo

4. CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA 4.1 Uso e Ocupação do Solo 4. CARACTERIZAÇÃO DA ÁREA 4. Uso e Ocupação do Solo Nos últimos 30 anos a pressão antrópica sobre a área reduziu a cobertura vegetal de forma preocupante. As fotos aéreas do projeto FAB/SUDENE (GERAN-970)

Leia mais

CP/CAEM/2004 1ª PROVA FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO

CP/CAEM/2004 1ª PROVA FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO CP/CAEM/20 1ª PROVA FORMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO GEOGRAFIA 1ª QUESTÃO ( 6,0 ) Analisar os fatores fisiográficos da América do Sul, concluindo sobre a influências destes fatores na distribuição

Leia mais

Anurofauna de remanescentes de floresta Atlântica do município de São José do Barreiro, estado de São Paulo, Brasil

Anurofauna de remanescentes de floresta Atlântica do município de São José do Barreiro, estado de São Paulo, Brasil Anurofauna de remanescentes de floresta Atlântica do município de São José do Barreiro, estado de São Paulo, Brasil Herbert Serafim 1,2,4, Susan Ienne 2, Paulo José Pyles Cicchi 3 & Jorge Jim 3 1 Laboratório

Leia mais

LUIZ CARLOS CORREARD. Você tem medo de PERERECAS?

LUIZ CARLOS CORREARD. Você tem medo de PERERECAS? LUIZ CARLOS CORREARD Você tem medo de PERERECAS? LUIZ CARLOS CORREARD Você tem medo de Pererecas? PESQUISA LOCALIZADA EDIÇÃO DO AUTOR Título Você Tem Medo de Pererecas? 2009 Luiz Carlos Correard Pereira

Leia mais

Anuros do cerrado da Estação Ecológica e da Floresta Estadual de Assis, sudeste do Brasil

Anuros do cerrado da Estação Ecológica e da Floresta Estadual de Assis, sudeste do Brasil Anuros do cerrado da Estação Ecológica e da Floresta Estadual de Assis, sudeste do Brasil Biota Neotrop. 2009, 9(1): 207-216. On line version of this paper is available from: /v9n1/en/abstract?inventory+bn02709012009

Leia mais

Anurofauna de uma localidade na Mata Atlântica setentrional, Alagoas, Brasil

Anurofauna de uma localidade na Mata Atlântica setentrional, Alagoas, Brasil Bol. Mus. Biol. Mello Leitão (N. Sér.) 37(1):141-163. Janeiro-Março de 2015 141 Anurofauna de uma localidade na Mata Atlântica setentrional, Alagoas, Brasil Cristiane Nikely Silva Palmeira 1,* & Ubiratan

Leia mais

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R:

a) Cite o nome do estado brasileiro onde aparece a maior parte do domínio das araucárias. R: Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 7 ANO A Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1-(1,0) A paisagem brasileira está dividida em domínios morfoclimáticos.

Leia mais

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo

Data: /08/2014 Bimestre: 2. Nome: 8 ANO B Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Data: /08/2014 Bimestre: 2 Nome: 8 ANO B Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 3 1- (1,0) A mundialização da produção industrial é caracterizada

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

DIVERSIDADE DE ANFÍBIOS EM SEGMENTOS DO BAIXO RIO TOCANTINS SOB IMPACTO AMBIENTAL DA USINA HIDRELÉTRICA DE ESTREITO (TOCANTINS MARANHÃO)

DIVERSIDADE DE ANFÍBIOS EM SEGMENTOS DO BAIXO RIO TOCANTINS SOB IMPACTO AMBIENTAL DA USINA HIDRELÉTRICA DE ESTREITO (TOCANTINS MARANHÃO) PONTIFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS E SAÚDE DIVERSIDADE DE ANFÍBIOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MARIA FERNANDA BONETTI

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MARIA FERNANDA BONETTI UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MARIA FERNANDA BONETTI VARIÁVEIS CLIMÁTICAS COMO ESTRUTURADORAS DA DIVERSIDADE BETA EM COMUNIDADES DE ANUROS EM ESCALA REGIONAL CURITIBA 2011 i UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

Leia mais

ALERTA QUARENTENÁRIO. MONILÍASE DO CACAUEIRO (Moniliophthora roreri)

ALERTA QUARENTENÁRIO. MONILÍASE DO CACAUEIRO (Moniliophthora roreri) ALERTA QUARENTENÁRIO MONILÍASE DO CACAUEIRO (Moniliophthora roreri) O agronegócio do cacau é um dos mais importantes para o Brasil por envolver cerca de 50.300 famílias, responsáveis pela geração de 500.000

Leia mais

Sapo pigmeu: Rhinella pygmaea (Myers & Carvalho, 1952)

Sapo pigmeu: Rhinella pygmaea (Myers & Carvalho, 1952) Sapo pigmeu: Rhinella pygmaea (Myers & Carvalho, 1952) Caio A. Figueiredo-de- Andrade Leonardo Serafim da Silveira Sapo pigmeu: Rhinella pygmaea (Myers & Carvalho, 1952) Caio A. Figueiredo-de-Andrade *

Leia mais

ANUROFAUNA DE UM FRAGMENTO DE MATA ATLÂNTICA EM LAURO DE FREITAS BAHIA

ANUROFAUNA DE UM FRAGMENTO DE MATA ATLÂNTICA EM LAURO DE FREITAS BAHIA ISSN 1809-0362 ANUROFAUNA DE UM FRAGMENTO DE MATA ATLÂNTICA EM LAURO DE FREITAS BAHIA Hugo Estevam de A. Coelho * Rodrigo Serafim Oliveira ** *Pós graduando do curso de Especialização em Ecologia e Intervenções

Leia mais

Serviços universitários Projetos académicos. 18,3 milhões de

Serviços universitários Projetos académicos. 18,3 milhões de Informação global / Primeiro semestre 2015 Serviços universitários Projetos académicos 1.345 universidades 23 países da Ibero-américa 18,3 milhões de professores e estudantes universitários 1Andorra 83Argentina

Leia mais

Ingressos de Turistas Internacionais no RS por via de acesso

Ingressos de Turistas Internacionais no RS por via de acesso Anuário Estatístico de Turismo 2015 ano base 2014* *Publicado em 08/07/2015, pelo Ministério do Turismo. A publicação apresenta uma compilação de informações anuais relativas ao comportamento de diversos

Leia mais

IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM. Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva

IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM. Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva IMIGRANTES NO BRASIL: O CASO DA ENFERMAGEM Ana Luiza Stiebler Vieira Carmen Lúcia Lupi Monteiro Garcia Carmem de Almeida da Silva Objetivo: analisar os imigrantes da área de no Brasil Justificativa Referencial

Leia mais

GEOGRAFIA. Professora Bianca

GEOGRAFIA. Professora Bianca GEOGRAFIA Professora Bianca TERRA E LUA MOVIMENTO DA LUA MOVIMENTOS DA TERRA TEMPO E CLIMA Tempo é o estado da atmosfera de um lugar num determinado momento. Ele muda constantemente. Clima é o conjunto

Leia mais

Anuros da Reserva Rio das Pedras, Mangaratiba, RJ, Brasil

Anuros da Reserva Rio das Pedras, Mangaratiba, RJ, Brasil Anuros da Reserva Rio das Pedras, Mangaratiba, RJ, Brasil Ana Maria Telles de Carvalho-e-Silva 1,4 ; Guilherme Ramos da Silva 2 ; Sergio Potsch de Carvalho-e-Silva 3 1 Laboratório de Biossistemática de

Leia mais

Atividade Geografia 5º ano Unidade 1

Atividade Geografia 5º ano Unidade 1 1. Encontre no caça palavras alguns astros do sistema solar. A S D F G B N J R M E R C U R I O E W G Y U I O P W T E R R A H X Z Y O C A D G H J E W T Y U E R T Y U I S P A F E R B A R A I E D S F R G

Leia mais

Anurans in the region of the High Muriaé River, state of Minas Gerais, Brazil

Anurans in the region of the High Muriaé River, state of Minas Gerais, Brazil Herpetology Notes, volume 3: 001-010 (2010) (published online on 13 January 2010) Anurans in the region of the High Muriaé River, state of Minas Gerais, Brazil Diego José Santana 1 *, Vinícius Avelar São

Leia mais

Panorâmica dos Morcegos Brasileiros

Panorâmica dos Morcegos Brasileiros Costa Rica dez 2009 Panorâmica dos Morcegos Brasileiros Ludmilla Moura de Souza Aguiar Ricardo Bomfim Machado Departamento de Zoologia Universidade de Brasília Riqueza por país 152 118 103 País Riqueza

Leia mais

Documento para discussão no GT répteis e anfíbios

Documento para discussão no GT répteis e anfíbios A FAUNA DE RÉPTEIS E ANFÍBIOS DAS CAATINGAS Miguel Trefaut Rodrigues Museu de Zoologia e Instituto de Biociências, Departamento de Zoologia, Universidade de São Paulo Documento para discussão no GT répteis

Leia mais

Anurans from a Caatinga area in state of Piauí, northeastern Brazil

Anurans from a Caatinga area in state of Piauí, northeastern Brazil Bol. Mus. Biol. Mello Leitão (N. Sér.) 37(2):207-217. Abril-Junho de 2015 207 Anurans from a Caatinga area in state of Piauí, northeastern Brazil Ronildo Alves Benício 1,*, Guilherme Ramos da Silva 2 &

Leia mais

RIQUEZA E COMPOSIÇÃO DE ANFÍBIOS EM ÁREA DE CERRADO FRAGMENTADA NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ

RIQUEZA E COMPOSIÇÃO DE ANFÍBIOS EM ÁREA DE CERRADO FRAGMENTADA NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ RIQUEZA E COMPOSIÇÃO DE ANFÍBIOS EM ÁREA DE CERRADO FRAGMENTADA NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ Luiz Antônio Solino-Carvalho 1 Edson Viana Massoli Junior 2 Neidevon Realino de Jesus 3 Kelly Araujo da Silva 4 Jessica

Leia mais

Federal do Espírito Santo. Santo. *Email para correspondência: 92.tomas@gmail.com

Federal do Espírito Santo. Santo. *Email para correspondência: 92.tomas@gmail.com III SIMPÓSIO SOBRE A BIODIVERSIDADE DA MATA ATLÂNTICA. 2014 425 Atropelamento de Herpetofauna na Reserva Biológica de Sooretama, Espirito Santo, Brasil T. L. Rocha 1*, A. Banhos 2, P. L. V. Peloso 3, R.

Leia mais

200 4 Anuário Estatístico

200 4 Anuário Estatístico 2004 Anuário Estatístico REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA Presidente MINISTÉRIO DO TURISMO WALFRIDO SILVINO DOS MARES GUIA Ministro INSTITUTO BRASILEIRO DE TURISMO EMBRATUR EDUARDO

Leia mais

Amphibian illegal trade in Brazil: what do we know?

Amphibian illegal trade in Brazil: what do we know? South American Journal of Herpetology, 5(1), 2010, 51-56 2010 Brazilian Society of Herpetology Amphibian illegal trade in Brazil: what do we know? Juliana Pistoni 1 and Luís Felipe Toledo 2,3 1 Universidade

Leia mais

Título: Similaridade de anfíbios anuros em áreas de Savana Amazônica, Floresta

Título: Similaridade de anfíbios anuros em áreas de Savana Amazônica, Floresta Running head: Anuros da Savana Amazônica de Carajás Título: Similaridade de anfíbios anuros em áreas de Savana Amazônica, Floresta Nacional de Carajás, Pará, Brasil Autores: Leandra Cardoso Pinheiro 1,

Leia mais

Estudo dos países da América Latina e América Central

Estudo dos países da América Latina e América Central Empresa têxtil E M P R E S A T Ê X T I L Estudo dos países da América Latina e América Central Produtos considerados: 6003.33.00/6006.31.00/6006.21.00/6006.22.00/6006.23.00/6006.42.00 1. Exportações brasileiras

Leia mais

TÍTULO: RIQUEZA E COMPOSIÇÃO DE ANFÍBIOS ANUROS EM UMA ÁREA DE CERRADO FRAGMENTADO, CUIABÁ - MATO GROSSO

TÍTULO: RIQUEZA E COMPOSIÇÃO DE ANFÍBIOS ANUROS EM UMA ÁREA DE CERRADO FRAGMENTADO, CUIABÁ - MATO GROSSO Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: RIQUEZA E COMPOSIÇÃO DE ANFÍBIOS ANUROS EM UMA ÁREA DE CERRADO FRAGMENTADO, CUIABÁ - MATO GROSSO

Leia mais

Relatório da segunda campanha de monitoramento da fauna. terrestre e da entomofauna no período pré-enchimento na. área de influência da UHE São José

Relatório da segunda campanha de monitoramento da fauna. terrestre e da entomofauna no período pré-enchimento na. área de influência da UHE São José Programa de Monitoramento, Salvamento e Resgate de Fauna de Vertebrados Terrestres e Monitoramento e Levantamento da Entomofauna Relatório da segunda campanha de monitoramento da fauna terrestre e da entomofauna

Leia mais

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre

Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Aula 4.4 - Os conquistadores do ambiente terrestre Além do vegetais outros organismos habitavam o ambiente terrestre Organismos de corpo mole como moluscos e anelídeos Organismos com cutícula redução da

Leia mais

8º ANO ATIVIDADES ONLINE

8º ANO ATIVIDADES ONLINE 8º ANO ATIVIDADES ONLINE 1) Analise a tabela e responda. a) Entre os países andinos, qual apresenta maior desenvolvimento, de acordo com o IDH? E menor desenvolvimento? b)que tipo de produto predomina

Leia mais

ANIMAIS SILVESTRES VIDA E MANEJO III: Animais em extinção em biomas

ANIMAIS SILVESTRES VIDA E MANEJO III: Animais em extinção em biomas ANIMAIS SILVESTRES VIDA E MANEJO III: Animais em extinção em biomas Organizadores DEOLINDO STRADIOTTI JÚNIOR ANTÔNIO CARLOS CÓSER CRISTIANA GAMA PACHECO STRADIOTTI Alegre (ES) CAUFES 2015 Deolindo Stradiotti

Leia mais

BOL MUS BIOL MELLO LEITÃO (N SÉR ) 13:17-25 MARÇO DE 2002 17 O girino de Hyla leucopygia Cruz & Peixoto,1984 (Amphibia, Anura, Hylidae) Marcia dos Reis Gomes 1 & Oswaldo Luiz Peixoto 2 RESUMO: É descrito

Leia mais

Lissamphibia Anfíbios atuais

Lissamphibia Anfíbios atuais Lissamphibia Anfíbios atuais Lissamphibia Anfíbios atuais Três grupos surgiram e datam de mais de 200 milhões de anos atrás no Jurássico. Sapos, salamandras e cecílias 4.000 espécies que apresentam muitos

Leia mais

1. Programa Ambiental Monitoramento de Fauna

1. Programa Ambiental Monitoramento de Fauna 1. Programa Amiental Monitoramento de Fauna 1.1. Aordagem metodológica 1.1.1. Pontos de amostragem 1.1.2. Métodos de amostragem 1.1.2.1. Herpetofauna A terceira campanha de campo para amostragem de herpetofauna

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

Programa de Incentivo para Gestoras de Fundos de Investimento na América Latina Perguntas e Respostas Janeiro de 2015

Programa de Incentivo para Gestoras de Fundos de Investimento na América Latina Perguntas e Respostas Janeiro de 2015 Programa de Incentivo para Gestoras de Fundos de Investimento na América Latina Perguntas e Respostas Janeiro de 2015 1. O que é o Programa de Incentivo para Fundos de Investimento na América Latina? O

Leia mais

Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira- REVALIDA

Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira- REVALIDA Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira- REVALIDA Secretaria de Educação Superior (SESu) Diretoria de Avaliação da Educação Superior

Leia mais

A origem, evolução e diversidade da vegetação do Bioma Amazônia

A origem, evolução e diversidade da vegetação do Bioma Amazônia A origem, evolução e diversidade da vegetação do Bioma Amazônia Maria Lúcia Absy Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia http://www.panoramio.com/photo/508179 Bioma Amazônia O Bioma Amazônia é um dos

Leia mais

Bacias hidrográficas do Brasil. Só percebemos o valor da água depois que a fonte seca. [Provérbio Popular]

Bacias hidrográficas do Brasil. Só percebemos o valor da água depois que a fonte seca. [Provérbio Popular] Bacias hidrográficas do Brasil Só percebemos o valor da água depois que a fonte seca. [Provérbio Popular] A água doce corresponde a apenas 2,5% do volume da hidrosfera. O Brasil é bastante privilegiado

Leia mais

B I O G E O G R A F I A

B I O G E O G R A F I A B I O G E O G R A F I A FLORESTA AMAZÔNICA 2011 Aula XII O bioma Amazônia representa aproximadamente 30% de todas as florestas tropicais remanescentes do mundo e nele se concentra a maioria das florestas

Leia mais

Rodrigo B. Ferreira. Curriculum Vitae. PhD Student in Ecology at Department of Wildland Resources, Utah State University, Logan, Utah, USA.

Rodrigo B. Ferreira. Curriculum Vitae. PhD Student in Ecology at Department of Wildland Resources, Utah State University, Logan, Utah, USA. Rodrigo B. Ferreira Curriculum Vitae Positions PhD Student in Ecology at Department of Wildland Resources, Utah State University, Logan, Utah, USA. Associate Researcher at Mello Leitao Biological Museum,

Leia mais

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS

FIT FOR A NEW ERA ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS LÍNGUA, COMÉRCIO EXTERNO E Paternoster Square Londres ECONOMIA DAS LÍNGUAS PORTUGUESA E ESPANHOLA INVESTIMENTO ESTRANGEIRO PERSPECTIVAS EMPRESARIAIS Francisco Cary 19 de Maio de 2011 O Mercado dos Países

Leia mais

Palestra: A gestão comunitária do saneamento rural na América Latina e Caribe (ALC)

Palestra: A gestão comunitária do saneamento rural na América Latina e Caribe (ALC) IV SEMINÁRIO DE ENGENHARIA DE SAÚDE PÚBLICA Desenvolvimento Sustentável, Demandas Contemporâneas e Responsabilidade Socioambiental 18 a 22 de março de 2013, Belo Horizonte - MG Fundação Nacional de Saúde

Leia mais

Aula 9.1 Conteúdo: Tentativas de união na América Latina; Criação do Mercosul. FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 9.1 Conteúdo: Tentativas de união na América Latina; Criação do Mercosul. FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 9.1 Conteúdo: Tentativas de união na América Latina; Criação do Mercosul. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidade:

Leia mais

Anura, Estação Ecológica de Jataí, São Paulo state, southeastern Brazil

Anura, Estação Ecológica de Jataí, São Paulo state, southeastern Brazil Anura, Estação Ecológica de Jataí, São Paulo state, southeastern Brazil Vitor Hugo Mendonça do Prado 1 Fernando Rodrigues da Silva 1 Natacha Yuri Nagatani Dias 1 José Salatiel Rodrigues Pires 2 Denise

Leia mais

UNASUL Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil

UNASUL Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Ministério das Relações Exteriores - MRE Departamento de Promoção Comercial e Investimentos - DPR Divisão de Inteligência Comercial - DIC UNASUL Comércio Exterior Intercâmbio comercial com o Brasil Agosto

Leia mais

Passa_Palavras_Ed.52_Miolo.indd 1 20/01/2015 09:23:31

Passa_Palavras_Ed.52_Miolo.indd 1 20/01/2015 09:23:31 ANFÍBIOS Constituem uma CLASSE de animais VERTEBRADOS, pecilotérmicos que não possuem BOLSA AMNIÓTICA agrupados na classe AMPHIBIA. A característica mais MARCANTE dos seres vivos da classe é o seu ciclo

Leia mais

GEOGRAFIA 7ºano 3º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS

GEOGRAFIA 7ºano 3º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA 7ºano 3º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS 1. Utilizando o mapa abaixo, faça o que se pede: a) Identifique os Estados e Capitais da região b) Traçar no mapa a Linha do Trópico de Capricórnio

Leia mais

Apresentação: Competências da DCE; Atividades recentes: atuação digital e Ciência sem Fronteiras; PEC-G e PEC-PG.

Apresentação: Competências da DCE; Atividades recentes: atuação digital e Ciência sem Fronteiras; PEC-G e PEC-PG. Apresentação: Competências da DCE; Atividades recentes: atuação digital e Ciência sem Fronteiras; PEC-G e PEC-PG. Competências da Divisão: Tratamento político dos temas educacionais nos fóruns multilaterais

Leia mais

Projeto Simon: Medindo a conec*vidade entre paises. Darío Gómez, dario @ lacnic.net

Projeto Simon: Medindo a conec*vidade entre paises. Darío Gómez, dario @ lacnic.net Projeto Simon: Medindo a conec*vidade entre paises Darío Gómez, dario @ lacnic.net Projecto Simon Os Começos O projeto começou em 2009 como um esforço colabora*vo, aberto e que procura a integração da

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC. 2014-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no Mundo

Sistema de Ensino CNEC. 2014-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no Mundo TRABALHO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA Aluno: n o Data para entrega: _11/07/ Créditos distribuídos: 6 pontos / Créditos obtidos: 4º ano do Ensino Fundamental Turma: 1-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no

Leia mais

Brasil e América do Sul

Brasil e América do Sul Brasil e América do Sul Brasil Linha do equador Tropico de Capricórnio O Brasil é o quinto país mais extenso e populoso do mundo. É a sétima maior economia mundial. É um país capitalista à apresenta propriedade

Leia mais

Perspectivas da Comunidade Energética no Mundo e na América Latina

Perspectivas da Comunidade Energética no Mundo e na América Latina Perspectivas da Comunidade Energética no Mundo e na América Latina FURNAS, 29/08/2012 Desafios da Indústria Elétrica na América Latina É natural pensar na interligação da região! Sob o ponto de vista energético,

Leia mais

CRISE DO ANTIGO SISTEMA COLONIAL

CRISE DO ANTIGO SISTEMA COLONIAL CRISE DO ANTIGO SISTEMA COLONIAL BASES COMUNS DO SISTEMA COLONIAL PACTO-COLONIAL Dominação Política Monopólio Comercial Sistema de Produção Escravista ESTRUTURA SOCIAL DAS COLONIAS ESPANHOLAS Chapetones

Leia mais

Sugestões de avaliação. Geografia 8 o ano Unidade 3

Sugestões de avaliação. Geografia 8 o ano Unidade 3 Sugestões de avaliação Geografia 8 o ano Unidade 3 5 Nome: Data: Unidade 3 1. Complete o trecho a seguir com informações sobre a localização do continente americano. O continente americano é o segundo

Leia mais