NOVAS MÍDIAS DE APOIO PARA ENSINO DE FERRAMENTAS E PROGRAMAÇÃO NA ÁREA DE COMPUTAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOVAS MÍDIAS DE APOIO PARA ENSINO DE FERRAMENTAS E PROGRAMAÇÃO NA ÁREA DE COMPUTAÇÃO"

Transcrição

1 NOVAS MÍDIAS DE APOIO PARA ENSINO DE FERRAMENTAS E PROGRAMAÇÃO NA ÁREA DE COMPUTAÇÃO Péricles Barbosa Cunha de Miranda 1 Marcel Pinheiro Caraciolo 2 Resumo: Neste trabalho discute-se dificuldades no ensino de linguagens de programação e a proposta de uma nova ferramenta em formato on-line com recursos que auxiliem professores e estudantes a obter um maior rendimento no estudo de disciplinas e tecnologias da área de computação. Por fim, é apresentado um estudo de caso realizado com estudantes de uma disciplina do quinto período de computação do Centro de Informática da, demonstrando como a ferramenta proposta melhora o desempenho dos estudantes na disciplina. Palavras-chave: ensino à distância, plataforma online, case. Abstract: In this work, we point out difficulties of the mentioned process using programming languages teaching as case of study, and we present our proposal: new online teaching-learning tools which support teachers and students to achieve a better performance studying disciplines and technologies in the computational field. Finally, we present an application of our proposal with students of the fifth semester from Centro de Informática da Universidade de Pernambuco, demonstrating how our proposal improves the performance of the students in the discipline. Palavras-chave: online platforms, case, distance education. Introdução Disciplinas de linguagens de programação são essenciais para estudantes de computação. Estas constituem uma base para muitos campos em que a informática se aplica, assim como capacita o indivíduo a utilizar a lógica de programação na resolução de problemas, pré-requisito essencial em disciplinas mais avançadas. As dificuldades no aprendizado de programação refletem em altos índices de reprovação e, conseqüentemente, em mau desempenho do aluno em outras matérias que têm essa disciplina como base [Tobar et al 2001]. A dificuldade de - 1 -

2 aprender programação pode ser resultado de vários fatores, tais como: (i) fundamentação matemática fraca; (ii) compreensão equivocada de problemas; (iii) falta de entendimento no assunto, entre outros [Borges 2000; Giraffa et al 2003]. Segundo [Prior 2003], a habilidade de programação de computadores não pode ser adquirida sem um significante esforço em atividades práticas de programação associada a um conjunto de aulas. O baixo índice de assimilação dos estudantes nas disciplinas cujos requisitos exigem o conhecimento de programação tem sido um grande problema enfrentado em muitas instituições (Santiago e Dazzi, 2004). Dada a importância da prática de programação em um curso de ciência da computação, uma das abordagens mais comuns para enfrentar esse problema é o desenvolvimento de ferramentas que venham a facilitar o ensino de programação de forma didática e pedagógica. Neste contexto, muitas ferramentas foram propostas para auxiliar o educador no ensino de programação na prática, a exemplo de (Almeida et. al, 2004; Moreno et. al, 2004; Moodle, 2012; Redu, 2012). O uso de ferramentas computacionais no ensino de programação tem sido alvo de vários projetos de pesquisa envolvendo universidades, centros de pesquisa, docentes e discentes. Estes projetos visam o melhor aproveitamento dos recursos de informática para facilitar o entendimento do aluno nas disciplinas. O que se espera com a aplicação de ferramentas é uma minimização das dificuldades que possam surgir a partir do momento em que os conceitos de computação são apresentados. Embora uma grande variedade de ferramentas tenham sido propostas para auxiliar o processo de ensino-aprendizagem, diversas deficiências ainda podem ser identificadas [Souza, 2004; Christ, 2005; Gomes, 2004; Alves, 2005; Passos, 2006; Ramos, 2006]. Este artigo apresenta o desenvolvimento da ferramenta PyCursos, cujo objetivo é facilitar o ensino de programação auxiliando professor e estudante no processo de construção do conhecimento. A ferramenta foi concebida em Janeiro de 2012 e segue os modelos utilizados por grandes universidades como Stanford, - 2 -

3 MIT e Havard, cuja metodologia de ensino se dá através de vídeo-aulas gravadas pelos educadores, incorporando vários recursos como fóruns, wikis, e exercícios online e off-line. O objetivo é auxiliar o professor no ensino de programação na modalidade à distância, proporcionando menor esforço na administração das suas aulas e contato com os estudantes; melhor avaliação do progresso individual dos estudantes; melhor qualidade de ensino, devido ao maior tempo de prática; e, finalmente, mais tempo para contato com os estudantes. Vale ressaltar que nossa proposta não visa a remoção do momento presencial, mas sim complementá-lo. O PyCursos foi aplicado durante as aulas da disciplina de projeto de programação, disciplina do quinto período, do curso de Ciência da Computação do Centro de Informática na durante o primeiro semestre de Nesta disciplina, grupos de alunos são incentivados a conceber e desenvolver um sistema aplicável como solução de algum problema real e ao mesmo tempo vender este projeto como uma empresa. Além do grande desafio de pensar no projeto a ser desenvolvido para a disciplina, os alunos, que se encontram na metade do curso, não possuem a experiência ou conhecimento necessários para o domínio das tecnologias requeridas no desenvolvimento destes projetos. Diante desta dificuldade, a ferramenta PyCursos foi utilizada nesta disciplina com o curso da linguagem de programação Python e um framework para desenvolvimento de sistemas web - Django. Além disso, no final do curso os alunos tiveram um minicurso de desenvolvimento para aplicativos móveis com Android. Feita esta experiência supervisionada, coletamos e avaliamos os dados mensurados durante estes cursos com o objetivo de verificar a superioridade deste novo modelo de ensino de programação, sendo mais eficaz e motivador do que os atuais modelos existentes na literatura. Após esta seção introdutória, o artigo está organizado da seguinte forma: a seção 2 apresenta o referencial teórico; a seção 3 traz a proposta da ferramenta e seus recursos; a seção 4 demonstra a metodologia utilizada na pesquisa; na seção 5-3 -

4 apresentamos os resultados obtidos; e, por fim, na seção 6 são feitas considerações finais. Referencial Teórico Em tempos em que se discute bastante a importância da informática na educação, sistemas foram desenvolvidos a fim de apoiar o processo de ensinoaprendizagem. Os LMS (Learning Management System) são sistemas projetados para atuarem como salas de aula virtuais, proporcionando diversas possibilidades de interações entre os seus participantes [Connoly e Stanfileld, 2006]. Algumas dessas interações se dão em tempo real, o que permite o aluno ter contato com o conhecimento, com o professor e com outros alunos em qualquer lugar e a qualquer momento. No Brasil, o termo LMS também tem sido denominado de AVE (Ambiente Virtual de Aprendizagem). Segundo (Passos 2006), a aprendizagem através dessas plataformas tem trazido diversas vantagens como: (i) redução de custos; (ii) maior velocidade em distribuição e alteração de conteúdo; (iii) possibilidade do aprendiz fazer seu próprio percurso; (iv) disponibilização de recursos interativos para sistematizar as intervenções. Algumas características básicas de um AVE são: Interatividade Apesar de limitada, se comparada a sala de aula tradicional. Controle das atividades registro e monitoração de acessos e todas as atividades dos alunos. Sistema Colaborativo de Aprendizagem possibilidade de pessoas com interesses comuns trabalharem em grupo, integrando-se e compartilhando conhecimentos. Customização - conteúdo pode ser adequado às necessidades do aprendiz

5 A literatura sobre os benefícios pedagógicos de formação on-line indica que essa metodologia de ensino é capaz de ser pelo menos tão eficiente quanto o ensino tradicional. Estudos mais recentes sugerem que a utilização do ensino on-line ao invés do tradicional, para alguns conteúdos e para certos alunos, torna-se até mais eficiente [Picciano, 2006]. Os AVE são alternativas que conduzem ao aprendizado, não apenas pela transmissão, memorização e reprodução de informações enviadas pela Web, mas pela capacidade de proporcionar a professores, meios de acompanhar e assessorar constantemente o aprendiz, e assim poder entender e avaliar melhor o que é feito por ele, bem como propor desafios sobre o que está sendo estudado. Alguns dos principais AVE são: Moodle [Moodle, 2012], Teleduc [Teleduc, 2006], BlackBoard [Blackboard, 2012], Amadeus [Amadeus, 2012]. Além desses, há uma rede social educacional baseada em aprendizagem colaborativa - REDU [Redu, 2012]. Há, porém, algumas limitações no uso de plataformas de gestão de aprendizado. Sistemas atuais propõem canais para mediar à interação e colaboração entre tutores e aprendizes por meio de estilos de interação baseados em troca de artefatos (envio, visualização e entrega de matéria nas mais variadas mídias) e mensagens instantâneas ou assíncronas (fóruns, chats, ). Além disso, em diversos estudos foram identificados problemas relacionados com: limites da percepção provida pelos AVE [Christ, 2005], dificuldades de navegação e de interação assíncrona [Souza, 2004], limitações no suporte ao trabalho do professor [Gomes, 2004], falta de interatividade síncrona integrada [Alves, 2005], formas limitadas de suporte a avaliação diagnóstica e continuada [Ramos, 2006] e pouca flexibilidade na manipulação de objetos de aprendizagem [Passos, 2006]. Além disso, para executar qualquer um dos quatro principais AVE citados é necessário uma configuração, que pode ser considerada complexa por profissionais que não estão habituados com software. O REDU, diferentemente dos outros, é de simples configuração e uso, porém são cobradas taxas para manutenção da plataforma e sua versão gratuita é bastante limitada, tolhendo possibilidades de - 5 -

6 interação ao limitar, por exemplo, o armazenamento de materiais a 10 MegaBytes e 5 MegaBytes de armazenamento de vídeo na plataforma. Buscando solucionar essas limitações e com o intuito de criar uma ferramenta de gestão da aprendizagem a fim de democratizar o conhecimento, o PyCursos foi projetado. Diante destes desafios, a seção a seguir apresenta a plataforma proposta. Nossa Proposta - PyCursos O PyCursos é uma ferramenta de compartilhamento para qualquer pessoa que deseja transmitir conhecimento. Conhecimento neste caso pode ter vários formatos desde um curso, uma palestra, seminários, podcasts. O PyCursos vem ajudar especialmente professores, instrutores e tutores que querem disseminar seus conhecimentos fora da sala de aula, pelo meio on-line. Alunos poderão se cadastrar e decidir quais cursos que eles desejam acompanhar e também seguir organizações (i.e. empresas, instituições, universidades, etc) para estar sempre acompanhando novidades e lançamento de novos materiais. Nesta primeira versão, o foco é no auxílio aos professores e instrutores que querem ministrar suas aulas on-line. Foi construída uma plataforma que provê vários recursos ao professor para que ele possa montar suas aulas na web e compartilhar com seus alunos e com a possibilidade de extensão para mais alunos ao redor do mundo. A figura 1 representa a área do professor na ferramenta PyCursos, e como pode-se ver, a ferramenta possui vários recursos como administração do curso, onde o professor pode gerenciar alunos, conteúdo e geração de certificados; fórum de discussões; agenda para acompanhamento dos alunos; espaço para disponibilizar exercícios on-line e offline; gerenciamento de notas; ambiente para criação e postagens de conteúdo através de wikis e tutoriais e ambiente de visualização de - 6 -

7 vídeo aulas onde o professor pode interagir com o aluno eliminando deficiências devido a ausência do professor. Com relação à área de aluno, o ambiente criado é bem similar à área do professor, todos os recurso apresentados também estão presentes na página do aluno, exceto o recurso de administração do curso. Figura 1: Área de aula do professor Metodologia Esta ferramenta foi adotada na disciplina de projeto de programação no Centro de Informática da (UFPE) no período entre Janeiro de 2012 à Junho de Ao final desta disciplina, os alunos matriculados devem construir uma solução tecnológica usando tecnologias e conceitos de programação adquiridos durante o curso. Embora muitos alunos tenham experiência com programação, estes ainda encontram dificuldades: (i) na escolha da tecnologia-alvo de desenvolvimento para criar a solução ou (ii) não tem os conhecimentos necessários para iniciar o projeto. Diante destas circunstâncias e - 7 -

8 também pelo fato do tempo curto (apenas 5 meses), oferecemos gratuitamente para fins de validação e estudo de caso, o uso da ferramenta PyCursos na modalidade on-line para ensino da linguagem de programação Python, o framework para desenvolvimento web - Django e da tecnologia para construção de aplicativos móveis nos celulares da Google Android. Adotamos a hipótese de que nossa ferramenta iria ajudar e otimizar o tempo de desenvolvimento dos alunos na construção dos seus projetos, ensinando-os com ajuda de instrutores experientes o uso destas tecnologias e conceitos de programação. O instrumento de coleta de dados escolhido foi o questionário realizado após os cursos. Após a coleta, a análise exploratória dos dados foi conduzida de forma univariada, ou seja, as variáveis quantitativas foram tratadas separadamente das qualitativas [BARBETTA, 2006]. Após o tratamento estatístico dos dados, uma análise da hipótese foi feita de acordo com as respostas encontradas. Os resultados encontrados foram discutidos com base na literatura mencionada em [BARBETTA, 2006]. Após o estudo dos dados, foram feitas sugestões a fim de melhorar as práticas dos professores que ensinam programação e querem praticar o ensino à distância, fazendo uso ou não da ferramenta proposta. População/Amostra A população deste estudo inclui todos os 18 alunos que participaram dos cursos de programação utilizando a ferramenta PyCursos em Janeiro de Devido ao curto tempo acessível pelo curso, uma amostragem de um único estágio foi adotada. Instrumentação O questionário utilizado para este estudo foi construído no próprio PyCursos e é acessível por todos os alunos e professores. As perguntas utilizadas estão - 8 -

9 listadas na tabela 1. O questionário é dividido em duas seções principais: experiência com a ferramenta, perguntas 1 à 5, e auto-avaliação, perguntas 6 e 7. Tabela 1: Perguntas do questionário Depois de formatado, o questionário foi revisado baseado nos seguintes critérios: A. Clareza nas instruções e questões B. Avaliação das variáveis e remoção das questões sem resposta. Coleta de dados As seguintes etapas foram adotadas para a coleta de dados: (a) foi enviado um a todos os alunos do curso apresentando as informações sobre o questionário, data de devolução e instruções sobre o preenchimento; (b) encerrado o prazo de devolução, um novo foi enviado para comunicar a importância da colaboração dos participantes para a pesquisa de satisfação; (c) para os usuários que responderam, foi enviado um de agradecimento e contato do instrutor para requisição dos resultados. Tratamento dos dados Os dados coletados dos questionários foram inseridos no software estatístico da própria ferramenta PyCursos, que já exibe os resultados graficamente com a - 9 -

10 obtenção da freqüência e percentuais de cada pergunta. Por fim, foi feita uma análise qualitativa das respostas com o objetivo de validar nossa hipótese de que a ferramenta contribuiu para a construção do aprendizado e a entrega do projeto em tempo hábil. Resultados Dos 18 questionários enviados, 12 foram respondidos, o que resultou em uma taxa de retorno de 66.6%. A figura 2 apresenta o resultado das resposta obtidas referentes às perguntas 1 à 5, que abordam a utilização da ferramenta. O resultado alcançado mostra que o feedback dos alunos foi bem positivo. Nenhum aluno se sentiu insatisfeito com a experiência, pelo contrário, atingimos um grau de satisfação mínimo de 75% na pergunta 2, sendo que nas demais perguntas obtivemos resultados ainda melhores de satisfação. Figura 2: Resultado sobre a utilização da ferramenta referente às peguntas 1 à 5. A figura 3 apresenta o resultado fruto da resposta referente à pergunta 6, que aborda a auto-avaliação do aluno, ou seja, se a ferramenta realmente o ajudou

11 com o desenvolvimento do projeto na disciplina. Diante do gráfico abaixo, 83% das respostas afirmaram que a ferramenta foi importante. Deste modo, fica claro que a ferramenta contribuiu na aprendizagem das tecnologias necessárias para a execução do projeto. Figura 3: Resultado da pesquisa de auto-avaliação referente à pergunta 6. A figura 4 apresenta o resultado da pesquisa de auto-avaliação referente à pergunta 7. Diante dos resultados obtidos referentes à pergunta 6, onde a ferramenta foi avaliada como importante na construção do conhecimento e desenvolvimento do projeto da disciplina, as respostas referentes à pergunta 7 foram unânimes. Todos os alunos da disciplina afirmaram que utilizariam a ferramenta novamente em futuros cursos

12 Figura 4: Resultado da pesquisa de auto-avaliação referente à pergunta 7. Considerações Finais Neste artigo apresentamos a plataforma de ensino PyCursos e como esta pode ser utilizada como ferramenta de ensino de programação e ferramentas em cursos de tecnologia. Através de um estudo de caso realizado na disciplina de projeto de programação no Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco, conseguimos obter excelentes resultados com um excelente grau de satisfação entre os alunos que cursaram os cursos nesta modalidade à distância. O resultado foi eficaz em forma de otimização em tempo e facilidade na execução e desenvolvimento dos seus projetos. Como trabalho futuro, o objetivo é transformar este ambiente de aprendizagem em um ambiente mais amplo que contemple outros cursos e modalidades como, por exemplo, ensino de direito, matemática, administração e outras áreas do conhecimento. Esta plataforma se difere das ferramentas do estado-da-arte supracitadas pela facilidade e interação do aluno com outros alunos e com o professor, enriquecida com recursos educacionais como vídeo aulas,

13 fóruns, exercícios e tutoriais. Novas pesquisas precisam ser realizadas para que possamos produzir conhecimento científico e transformados em comportamentos voltados para melhoria da qualidade educacional. Referências Documentos eletrônicos online Moodle. Site oficial do Moodle, Disponível em: <http://moodle.org/>. Acesso em: 16/04/2012. Amadeus. Site oficial do Projeto Amadeus, Disponível em: <http://amadeus.cin.ufpe.br/index.html/>. Acesso em: 25/05/2012. Blackboard. Site oficial do Blackboard, Disponível em: <http://www.blackboard.com/>. Acesso em: 15/05/2012. Redu. Site oficial do Redu, Disponível em: <http://www.redu.com.br/>. Acesso em: 15/04/2012. Teleduc. Site oficial do Teleduc, Disponível em: <http://www.teleduc.org.br/>. Acesso em: 15/05/2012. Trabalhos de eventos Borges, Marcos Augusto F. Avaliação de uma Metodologia Alternativa para a Aprendizagem de Programação. In: Congresso da Sociedade Brasileira de Computação. Florianópolis, p Giraffa, Lucia; Marczak, Sabrina; Almeida, Gláucio. O ensino de algoritmos e programação mediado por um ambiente na Web. In: Congresso Nacional da Sociedade Brasileira de Computação. Campinas, SP, p

14 Moreno, A., Myller, N., Sutinen, E., Ben-Ari, M. (2004) Visualizing Programs with Jeliot 3. In: Proceedings of the working conference on Advanced visual interfaces, p Tobar, C. M.; Rosa, J. L. G.; Adán Coello, J. M.; Pannain (2001), R.. Uma Arquitetura de Ambiente Colaborativo para o Aprendizado de Programação. In: Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, SBIE - XII, Vitória, p nov Santiago, Rafael; Dazzi, Rudimar L. S. Ferramenta de apoio ao ensino de algoritmos. In: XIII Seminário de Computação, 2004, Blumenau. Anais eletrônicos... Blumenau: FURB, p.10, Artigos de revistas/periódicos Almeida, E. S., Herreral, J.D., Filho, L.J. S., Almeida, H. O., Costa, E.B., Vieira, B.L., Melo, M.D. Um Ambiente Integrado para auxílio ao Ensino de Ciência da Computação. Revista Digital da CVA, Vol. 2 nº8. Gomes, A. S.. Aprendizagem de conceitos geométricos com Software da Geometria Dinâmica. Revista Brasileira de Informática na Educação, Vol. 3, 2004 Connolly, T. e Stanfield, M. Using Games-based Elearning Technologies in Overcoming Difficulties in Teaching Information Systems. Journal of Information Technology Education, p , Picciano, A. G. Blended Learning: Implications for Growth and Access. Journal of Asynchronous Learning Networks, 10(3), July Dissertações, teses, trabalhos de conclusão de curso Christ, C. R. Uso de Mecanismos de Percepção Social para auxiliar atividades de acompanhamento e de avaliação em Ambientes de e-learning. Dissertação,

15 Mestrado em Ciência da Computação -, Recife, Passos, J. O. D. Design interativo de ferramenta de manipulação de objetos de aprendizagem de ambientes virtuais de ensino à distância. Dissertação, Mestrado em Ciências da Computação -, Recife, Ramos, Jorge Luis Cavalcanti. Requisitos para ferramentas de avaliação em ambientes virtuais de ensino. Dissertação, Mestrado em Ciência da Computação -, Recife, Souza, F. V. Atividades da Atividade no Processo de Ensino Assíncrono via Lista de Discussão: estudo de caso em curso de formação continuada de professores de matemática em regime semipresencial. Dissertação, Mestrado em Educação -, Recife, Livros com 1 autor BARBETTA, Pedro Alberto. Estatística aplicada às ciências sociais. 7. ed. Florianópolis: Editora da UFSC, p. 1 Péricles Barbosa Cunha de Miranda, Mestrando em Ciência da Computação (UFPE) Centro de Informática 2 Marcel Pinheiro Caraciolo, Mestre em Ciência da Computação (UFPE) Centro de Informática

Instalação, Configuração e Uso da Plataforma de Gestão de Aprendizagem Amadeus

Instalação, Configuração e Uso da Plataforma de Gestão de Aprendizagem Amadeus Instalação, Configuração e Uso da Plataforma de Gestão de Aprendizagem Amadeus Alex Sandro Gomes 1, Francisco Petrônio Alencar de Medeiros 1,2, Thiago de Sousa Araújo 1, Breno Queiroz Vasconcelos 2, Francisco

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO Curso de Formação Continuada em Videoconferência. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO Curso de Formação Continuada em Videoconferência. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

A utilização do LMS Chamilo na disciplina Laboratório de Ensino de Matemática: a experiência de professores em formação inicial

A utilização do LMS Chamilo na disciplina Laboratório de Ensino de Matemática: a experiência de professores em formação inicial A utilização do LMS Chamilo na disciplina Laboratório de Ensino de Matemática: a experiência de professores em formação inicial Luciane Mulazani dos Santos, UDESC, luciane.mulazani@udesc.br Ivanete Zuchi

Leia mais

Christiane dos Santos PEREIRA*, Samuel Pereira DIAS, Gabriel da SILVA Centro Federal de Educação Tecnológica de Bambuí-MG

Christiane dos Santos PEREIRA*, Samuel Pereira DIAS, Gabriel da SILVA Centro Federal de Educação Tecnológica de Bambuí-MG A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO FERRAMENTA DE APOIO AO ENSINO PRESENCIAL: estudos preliminares e proposta de uma metodologia de implantação no CEFET-Bambuí Christiane dos Santos

Leia mais

O MUNDO MUDOU. #fato

O MUNDO MUDOU. #fato DO GIZ AO BYTE O MUNDO MUDOU #fato Sociedade da Informação Informação como recurso estratégico Uso intensivo das TIC Interação digital Diversas formas de fazer as mesmas, ou novas coisas Qual é a sua?

Leia mais

Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013)

Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013) Utilização do Ambiente virtual de aprendizagem TelEduc para a aprendizagem de línguas estrangeiras Girlene Medeiros (2013) Questionamentos que devem ser enfrentados 1. Como você descreveria esse ambiente

Leia mais

ALUNO COMO ATIVO E NÃO ATIVO EM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM RECIFE PE MAIO 2011

ALUNO COMO ATIVO E NÃO ATIVO EM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM RECIFE PE MAIO 2011 1 ALUNO COMO ATIVO E NÃO ATIVO EM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM RECIFE PE MAIO 2011 Otacilio Antunes Santana Universidade Federal de Pernambuco otacilio.santana@ufpe.br José Imaña Encinas - Universidade

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

A Prática Educativa na EAD

A Prática Educativa na EAD A Prática Educativa na EAD A Prática Educativa na EAD Experiências na tutoria em EAD Disciplina de Informática Educativa do curso de Pedagogia da Ufal nos pólos de Xingó, Viçosa e São José da Laje (2002-2004).

Leia mais

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS São Paulo SP Maio 2012 Setor Educacional Educação Corporativa Classificação das Áreas

Leia mais

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação.

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. PLATAFORMA AcademiaWeb Sistema de gerenciamento de escola virtual com gestão de conteúdo, transmissão de web-aula ao vivo e interação online com os participantes.

Leia mais

Um Assistente Virtual Inteligente Dirigido por Várias Metodologias Educacionais no Ensino em Informática

Um Assistente Virtual Inteligente Dirigido por Várias Metodologias Educacionais no Ensino em Informática Um Assistente Virtual Inteligente Dirigido por Várias Metodologias Educacionais no Ensino em Informática Abstract. This work shows the evolution of Intelligent Teaching Assistant SAE that include and provide

Leia mais

DESAFIOS DO SKYPE NA COLETA DE DADOS NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ONLINE

DESAFIOS DO SKYPE NA COLETA DE DADOS NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ONLINE DESAFIOS DO SKYPE NA COLETA DE DADOS NA PESQUISA EM EDUCAÇÃO ONLINE Mayara Teles Viveiros de Lira (UFAL) Maria Helena de Melo Aragão (UFAL) Luis Paulo Leopoldo Mercado (UFAL) Resumo Este estudo analisa

Leia mais

Projeto de Design Instrucional

Projeto de Design Instrucional Projeto de Design Instrucional Curso: Educação Financeira Modalidade: EaD on-line o que é Design Instrucional? A ação institucional e sistemática de ensino, que envolve o planejamento, o desenvolvimento

Leia mais

Unidade I TECNOLOGIA. Material Instrucional. Profª Christiane Mazur

Unidade I TECNOLOGIA. Material Instrucional. Profª Christiane Mazur Unidade I TECNOLOGIA EDUCACIONAL EM EAD Material Instrucional Profª Christiane Mazur Ensinar Ensinar é, também, a arte de estimular o desejo de saber. EAD - Brasil 1904: Correspondência impressos; 1923:

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: Graduados em nível superior que atuam ou pretendem atuar na docência em instituições de ensino superior.

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: Graduados em nível superior que atuam ou pretendem atuar na docência em instituições de ensino superior. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD

Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD 1 Curso Técnicas, Legislação e Operação de Sistemas de Educação a Distância (EAD) Módulo/Disciplina Tecnologia Educacional em EAD Unidade I Material Instrucional - Texto 1. Introdução Qualquer que seja

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. Parte 1 (solicitante)

Aprovação do curso e Autorização da oferta. Parte 1 (solicitante) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

PROPOSTA DE UMA FERRAMENTA DE AUTORIA PARA A GERAÇÃO DE CONTEÚDOS ON-LINE. Maio/2005 023-TC-C5

PROPOSTA DE UMA FERRAMENTA DE AUTORIA PARA A GERAÇÃO DE CONTEÚDOS ON-LINE. Maio/2005 023-TC-C5 1 PROPOSTA DE UMA FERRAMENTA DE AUTORIA PARA A GERAÇÃO DE CONTEÚDOS ON-LINE Maio/2005 023-TC-C5 Viviane Guimarães Ribeiro Universidade de Mogi das Cruzes vivianegr@yahoo.com.br Saulo Faria Almeida Barretto

Leia mais

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação

Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Profa Alessandra Regina Brito Mestre em Ciências Ambientais e Saúde Docente EAD Pós-graduações: Epidemiologia e Saúde Trabalhador Coordenação Pedagógica Pós-graduação Epidemiologia Como surgiu a EAD O

Leia mais

A Utilização de Softwares Livres no Desenvolvimento de Cursos de Educação a Distância (EAD) nas Universidades e a Inclusão Digital² RESUMO

A Utilização de Softwares Livres no Desenvolvimento de Cursos de Educação a Distância (EAD) nas Universidades e a Inclusão Digital² RESUMO 1 A Utilização de Softwares Livres no Desenvolvimento de Cursos de Educação a Distância (EAD) nas Universidades e a Inclusão Digital² Bruna Barçante¹ Aylla Barbosa Ribeiro¹ Fernanda Teixeira Ferreira Leite¹

Leia mais

Sistema Tutor Inteligente baseado em Agentes. Pedagógicas da Universidade Aberta do Piauí. Prof. Dr. Vinicius Ponte Machado

Sistema Tutor Inteligente baseado em Agentes. Pedagógicas da Universidade Aberta do Piauí. Prof. Dr. Vinicius Ponte Machado Sistema Tutor Inteligente baseado em Agentes na Plataforma MOODLE para Apoio às Atividades Pedagógicas da Universidade Aberta do Piauí Prof. Dr. Vinicius Ponte Machado Parnaíba, 14 de Novembro de 2012

Leia mais

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF

SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF 1 SEMI-PRESENCIALIDADE NO ENSINO SUPERIOR: ALGUNS RESULTADOS DESSA MODALIDADE NA FGF Fortaleza CE Junho/2009 Karla Angélica Silva do Nascimento - Faculdade Integrada da Grande Fortaleza karla@fgf.edu.br

Leia mais

Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte

Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte Sumário Apresentação O papel do Aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem Disciplina Ofertadas na modalidade Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Ambiente Virtual Dúvida e Suporte Dúvidas 3 5 6 9 10 11 14

Leia mais

O ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA CRIANÇAS DA REDE PÚBLICA DE CAMPINA GRANDE

O ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA CRIANÇAS DA REDE PÚBLICA DE CAMPINA GRANDE O ENSINO DE PROGRAMAÇÃO PARA CRIANÇAS DA REDE PÚBLICA DE CAMPINA GRANDE Diogo Cabral de Sousa (1); Augusto José Silva Firmo (1); Lucas de Luna Lima (2); Rafaela Quinto da Costa Melo (3); José Luiz Cavalcante

Leia mais

Projeto, Implementação e Avaliação de um Espaço Virtual para Apoiar a Disciplina Introdução às Redes.

Projeto, Implementação e Avaliação de um Espaço Virtual para Apoiar a Disciplina Introdução às Redes. Projeto, Implementação e Avaliação de um Espaço Virtual para Apoiar a Disciplina Introdução às Redes. Abril/2004 José Antonio Gameiro Salles UNISUAM / CCET sallesantonio@aol.com Ana Paula Morgado Carneiro

Leia mais

CENTRO VIRTUAL DE MODELAGEM: A SINERGIA DA MODELAGEM MATEMÁTICA COM VÍDEOS DIGITAIS

CENTRO VIRTUAL DE MODELAGEM: A SINERGIA DA MODELAGEM MATEMÁTICA COM VÍDEOS DIGITAIS CENTRO VIRTUAL DE MODELAGEM: A SINERGIA DA MODELAGEM MATEMÁTICA COM VÍDEOS DIGITAIS Nilton Silveira Domingues Universidade Estadual Paulista (UNESP - Campus de Rio Claro) Instituto de Geociências e Ciências

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO E ANÁLISE DOS FATORES QUE DIFICULTAM A ATUAÇÃO DO DOCENTE NA MODALIDADE EAD NO ENSINO SUPERIOR

IDENTIFICAÇÃO E ANÁLISE DOS FATORES QUE DIFICULTAM A ATUAÇÃO DO DOCENTE NA MODALIDADE EAD NO ENSINO SUPERIOR 1 IDENTIFICAÇÃO E ANÁLISE DOS FATORES QUE DIFICULTAM A ATUAÇÃO DO DOCENTE NA MODALIDADE EAD NO ENSINO SUPERIOR Ribeirão Preto-SP - 05/2009 Edilson Carlos Caritá - Universidade de Ribeirão Preto UNAERP

Leia mais

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Coordenação: Juliana Cristina Braga Autoria: Rita Ponchio Você aprendeu na unidade anterior a importância da adoção de uma metodologia para a construção de OA., e também uma descrição geral da metodologia

Leia mais

SENI: UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM CUSTOMIZADO A PARTIR DO MOODLE PARA ATENDIMENTO DE UM GRANDE PÚBLICO

SENI: UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM CUSTOMIZADO A PARTIR DO MOODLE PARA ATENDIMENTO DE UM GRANDE PÚBLICO SENI: UM AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM CUSTOMIZADO A PARTIR DO MOODLE PARA ATENDIMENTO DE UM GRANDE PÚBLICO Salvador BA 05/2011 Elson Cardoso Siquara SENAI-BA elsoncs@fieb.org.br Fábio Britto de Carvalho

Leia mais

O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE*

O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE* 1 O ENSINO DE ESPANHOL COMO LE COM OS RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS NA PLATAFORMA MOODLE* Resumo Este trabalho se propõe a analisar o curso de extensão universitária CESB (Curso de Espanhol Básico) para

Leia mais

GLOSSÁRIO. Ação educacional ação de ensino-aprendizagem (ex.: curso, seminário, palestra, treinamento, capacitação).

GLOSSÁRIO. Ação educacional ação de ensino-aprendizagem (ex.: curso, seminário, palestra, treinamento, capacitação). 137 GLOSSÁRIO Abordagem sistêmica método que integra diferentes ciências na investigação, pesquisa ou estudo de determinado tema, assunto, objeto ou fenômeno. Ação educacional ação de ensino-aprendizagem

Leia mais

USO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM COMO FORMA DE POPULARIZAR O CONHECIMENTO CIENTÍFICO

USO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM COMO FORMA DE POPULARIZAR O CONHECIMENTO CIENTÍFICO USO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM COMO FORMA DE POPULARIZAR O CONHECIMENTO CIENTÍFICO Autor e Orientador Eduardo Lima Leite 1 (Universidade Federal de Campina Grande, eduardo@cstr.ufcg.edu.br) Resumo: O trabalho

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NA BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS DA EAD

A IMPORTÂNCIA DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NA BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS DA EAD A IMPORTÂNCIA DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NA BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS DA EAD Data: 12/04/2007 Elvia Nunes Ribeiro - CEFET-GO elvianr@gmail.com Gilda Aquino de Araújo Mendonça CEFET-GO gaam@cefetgo.br

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 1 FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Recife PE - Abril 2010 Ivanda Maria Martins Silva - UFRPE martins.ivanda@gmail.com Categoria (Conteúdos e Habilidades) Setor Educacional (Educação

Leia mais

Utilização de modelos virtuais no ensino de desenho técnico para engenheiros florestais

Utilização de modelos virtuais no ensino de desenho técnico para engenheiros florestais Utilização de modelos virtuais no ensino de desenho técnico para engenheiros florestais UNIPLAC fabiterezo@hotmail.com 1. Introdução Com o advento dos computadores, dos programas de desenho, das impressoras

Leia mais

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet 57 Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet Hoje em dia ter a Internet como aliada é um recurso indispensável para qualquer educador ou responsável por treinamento corporativo que atue em qualquer

Leia mais

O PLANEJAMENTO EM TEMPOS DIGITAIS: UM PROCESSO A FAVOR DA EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA NA EAD SEBRAE

O PLANEJAMENTO EM TEMPOS DIGITAIS: UM PROCESSO A FAVOR DA EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA NA EAD SEBRAE O PLANEJAMENTO EM TEMPOS DIGITAIS: UM PROCESSO A FAVOR DA EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA NA EAD SEBRAE Florianópolis - SC - Maio 2014 Andréia S. Sudoski IEA e-learning - andreia.sudoski@iea.com.br Cláudio dos

Leia mais

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3 ENSINO A DISTÂNCIA: UMA ANÁLISE DO MOODLE COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE (IFC) - CÂMPUS ARAQUARI

Leia mais

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA

www.sbempb.com.br/epbem APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA APRENDIZAGEM COLABORATIVA EM AMBIENTES VIRTUAIS E AS POSSIBILIDADES PARA OS PROFESSORES DE MATEMÁTICA Ronaldo Vieira Cabral Abdias de Brito Aguiar Júnior José Sidney Nunes de Araújo Resumo: A parte das

Leia mais

O CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA DA UFPB VIRTUAL E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

O CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA DA UFPB VIRTUAL E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO O CURSO DE PEDAGOGIA A DISTÂNCIA DA UFPB VIRTUAL E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO Clebiana Dantas Calixto clebianageo@hotmail.com (Autora e professora da Educação Básica)

Leia mais

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução 1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução Este tutorial tem a finalidade de guiar o aluno, dando orientações necessárias para o acesso, navegação e utilização das ferramentas principais. Um ambiente

Leia mais

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços.

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Comportamento Humano: Liderança, Motivação e Gestão do Desempenho

Comportamento Humano: Liderança, Motivação e Gestão do Desempenho A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG Moema Gomes Moraes 1 RESUMO: Este trabalho faz uma reflexão sobre os aspectos relacionados ao uso de Blogs no ensino de Matemática. Para isto, ele inicia fazendo uma reflexão

Leia mais

SOLUÇÕES PERSONALIZADAS DE E-LEARNING: CURSOS DE LARGA ESCALA

SOLUÇÕES PERSONALIZADAS DE E-LEARNING: CURSOS DE LARGA ESCALA SOLUÇÕES PERSONALIZADAS DE E-LEARNING: CURSOS DE LARGA ESCALA ARTIGO ACEITO PARA O IADIS EUROPEAN CONFERENCE 2012 LISBOA (PORTUGAL) Categoria mini artigo com no máximo 2500 palavras RESUMO Este artigo

Leia mais

WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES ISSN 2316-7785 WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES Arlam Dielcio Pontes da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco arllan_dielcio@hotmail.com

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta

Aprovação do curso e Autorização da oferta MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

EM BUSCA DA MELHORIA DA QUALIDADE DA INTERAÇÃO ASSÍNCRONA: SNAPP OS SEUS FÓRUNS

EM BUSCA DA MELHORIA DA QUALIDADE DA INTERAÇÃO ASSÍNCRONA: SNAPP OS SEUS FÓRUNS EM BUSCA DA MELHORIA DA QUALIDADE DA INTERAÇÃO ASSÍNCRONA: SNAPP OS SEUS FÓRUNS Brasília, maio de 2012 Iara Carneiro Tabosa Pena - Universidade de Brasília (iarapena@yahoo.com.br) Wilsa Maria Ramos Universidade

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica e Marketing Digital Objetivo do curso:

MBA em Gestão Estratégica e Marketing Digital Objetivo do curso: Com carga horária de 420 horas o curso MBA em Gestão Estratégica e Marketing Digital é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

http://www2.joinville.udesc.br/~gpie Avanilde Kemczinski, Dra.

http://www2.joinville.udesc.br/~gpie Avanilde Kemczinski, Dra. http://www2.joinville.udesc.br/~gpie Foco As investigações do grupo estão relacionadas a utilização, avaliação e desenvolvimento de Tecnologias de Informação e Comunicação - TIC, como elemento facilitador

Leia mais

Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1

Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1 Fundação Presidente Antônio Carlos- FUPAC 1 Sumário Apresentação As Vantagens Dessa Moderna Sistemática do Ensino O Papel do Aluno Professor Tutor Avaliação da Aprendizagem Acesso ao Dúvidas e Suporte

Leia mais

PLATAFORMA DE REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE ENSINO A DISTÂNCIA

PLATAFORMA DE REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE ENSINO A DISTÂNCIA Congresso de Métodos Numéricos em Engenharia 2015 Lisboa, 29 de Junho a 2 de Julho, 2015 APMTAC, Portugal, 2015 PLATAFORMA DE REDES SOCIAIS COMO FERRAMENTA DE ENSINO A DISTÂNCIA Thiago M. R. Dias 1, Elton

Leia mais

SALAS VIRTUAIS DE COORDENAÇÃO DO AVA MOODLE: ESPAÇOS PRIVILEGIADOS PARA GESTÃO DE DISCIPLINAS, TUTORIA E CURSOS A DISTÂNCIA

SALAS VIRTUAIS DE COORDENAÇÃO DO AVA MOODLE: ESPAÇOS PRIVILEGIADOS PARA GESTÃO DE DISCIPLINAS, TUTORIA E CURSOS A DISTÂNCIA SALAS VIRTUAIS DE COORDENAÇÃO DO AVA MOODLE: ESPAÇOS PRIVILEGIADOS PARA GESTÃO DE DISCIPLINAS, TUTORIA E CURSOS A DISTÂNCIA Ouro Preto/ 05/2014 Biancca Nardelli Schenatz Universidade Federal de Ouro Preto

Leia mais

Apresentação. A Equipe do Semipresencial coloca-se à disposição para quaisquer informações adicionais através dos seguintes contatos:

Apresentação. A Equipe do Semipresencial coloca-se à disposição para quaisquer informações adicionais através dos seguintes contatos: Apresentação Este Manual de Orientações Gerais foi concebido com a intenção de fornecer todas as informações de que você precisa para cursar disciplinas na modalidade semi-presencial. Acompanhando as inovações

Leia mais

PROPOSTA DE MELHORIA DA INTERFACE PARA O

PROPOSTA DE MELHORIA DA INTERFACE PARA O PROPOSTA DE MELHORIA DA INTERFACE PARA O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE Orientado: Nestor Vicente Soares Netto Orientador: André Luiz Zambalde Co-orientador: Ahmed Ali Abdalla Esmin Roteiro 1.

Leia mais

O MOODLE E O ENSINO À DISTÂNCIA: RESISTÊNCIA AO USO DA FERRAMENTA

O MOODLE E O ENSINO À DISTÂNCIA: RESISTÊNCIA AO USO DA FERRAMENTA 1 O MOODLE E O ENSINO À DISTÂNCIA: RESISTÊNCIA AO USO DA FERRAMENTA Brenno Marcus Pereira do Prado Engenharia Elétrica UFMG brennoprado@gmail.com Filipe Santana de Freitas Engenharia Elétrica UFMG bxcfilipe@gmail.com

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

O planejamento de Disciplinas na Modalidade de Ensino Semi-Presencial

O planejamento de Disciplinas na Modalidade de Ensino Semi-Presencial O planejamento de Disciplinas na Modalidade de Ensino Semi-Presencial Curitiba, 05/2010. Elton Ivan Schneider 1 Mestrando EGC UFSC eschneider@facinter.br Henrique Castelo Branco Prof. Msc hcastelo@onda.com.br

Leia mais

UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE APRENDIZAGEM NO PORTAL ESPAÇO

UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE APRENDIZAGEM NO PORTAL ESPAÇO 1 UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE APRENDIZAGEM NO PORTAL ESPAÇO Luciana Guimarães Rodrigues de Lima Mestranda em Lingüística Aplicada - LATEC- UFRJ, lucianagrlima@globo.com Cristina

Leia mais

O USO DAS FERRAMENTAS DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PELOS ACADÊMICOS DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PROCESSOS GERENCIAIS DO NEAD-CESUMAR

O USO DAS FERRAMENTAS DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PELOS ACADÊMICOS DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PROCESSOS GERENCIAIS DO NEAD-CESUMAR O USO DAS FERRAMENTAS DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM PELOS ACADÊMICOS DOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PROCESSOS GERENCIAIS DO NEAD-CESUMAR Maringá PR Abril 2011 Adriana Maria Pavezi CESUMAR adriana.pavezi@ead.cesumar.br

Leia mais

FAQ Estude Sem Dúvidas

FAQ Estude Sem Dúvidas FAQ Estude Sem Dúvidas Núcleo de Educação a Distância Faculdade Flamingo São Paulo Atualizado em: Outubro/2015 2 Estude sem dúvidas FAQ para os alunos de Pedagogia Presencial Caros alunos e alunas do curso

Leia mais

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para:

Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio Subseqüente ao Ensino Médio, na modalidade a distância, para: Técnico em Informática na Formação de Instrutores Carga Horária: 1000 horas Estágio Curricular:

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UFMG: EAD E O CURSO DE LETRAS

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UFMG: EAD E O CURSO DE LETRAS Aline Passos Amanda Antunes Ana Gabriela Gomes da Cruz Natália Neves Nathalie Resende Vanessa de Morais EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UFMG: EAD E O CURSO DE LETRAS Trabalho apresentado à disciplina online Oficina

Leia mais

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS

Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO. Curso: Gestão da Tecnologia da Informação. Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS Autores/Grupo: TULIO, LUIS, FRANCISCO e JULIANO Curso: Gestão da Tecnologia da Informação Professor: ITAIR PEREIRA DA SILVA GESTÃO DE PESSOAS ORGANOGRAMA FUNCIANOGRAMA DESENHO DE CARGO E TAREFAS DO DESENVOLVEDOR

Leia mais

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 70 A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E O USO DE AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA Rita de Cássia Viegas dos Santos

Leia mais

9º Congresso de Pós-Graduação AGENTE PARA MEDIAÇÃO DE APRENDIZAGEM ELETRÔNICA

9º Congresso de Pós-Graduação AGENTE PARA MEDIAÇÃO DE APRENDIZAGEM ELETRÔNICA 9º Congresso de Pós-Graduação AGENTE PARA MEDIAÇÃO DE APRENDIZAGEM ELETRÔNICA Autor(es) MICHELE CRISTIANI BARION FREITAS Orientador(es) CECÍLIA SOSA ARIAS PEIXOTO 1. Introdução A partir de ferramentas

Leia mais

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 -

Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação - 2013 - O Curso Tecnólogo em Gestão da Tecnologia da Informação é um curso da área de informática e tem seu desenho curricular estruturado por competências

Leia mais

ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO

ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO COLÉGIO MILITAR DO RIO DE JANEIRO GUIA BÁSICO DE UTILIZAÇÃO DA REDE COLABORATIVA Construçãoo de Saberes no Ensino Médio ANA LÚCIA DE OLIVEIRA BARRETO CMRJ - 2010 2 LISTA DE FIGURAS Figura 01: Exemplo de

Leia mais

JOSÉ ERIGLEIDSON DA SILVA Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região

JOSÉ ERIGLEIDSON DA SILVA Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região JOSÉ ERIGLEIDSON DA SILVA Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região Objetivo geral Elaborar um projeto básico de curso on-line Objetivos específicos 1.Aplicar conceitos e fundamentos do DI na concepção

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação 1. Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado principalmente a alunos graduados em cursos da área de Educação (Pedagogia

Leia mais

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica

Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Novas Tecnologias no Ensino de Física: discutindo o processo de elaboração de um blog para divulgação científica Pedro Henrique SOUZA¹, Gabriel Henrique Geraldo Chaves MORAIS¹, Jessiara Garcia PEREIRA².

Leia mais

Consultoria para desenvolvimento de estratégias de treinamento on-line

Consultoria para desenvolvimento de estratégias de treinamento on-line 1 2 A HIPOCAMPUS é uma empresa de consultoria em comunicação e ensino digital com foco nos profissionais de saúde. Estamos prontos a auxiliar empresas dos diferentes segmentos da área de saúde a estabelecer

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD!

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! MANUAL DO ALUNO MANUAL DO ALUNO Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! 1. APRESENTAÇÃO Preparado pela equipe da Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância (CEAD) da Universidade

Leia mais

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como:

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como: Manual do Aluno É com muita satisfação que apresentamos o Reunir Unopar. Ambiente Virtual de Aprendizagem Colaborativa que tem por objetivo principal ser um espaço colaborativo de construção do conhecimento

Leia mais

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça

MBA Executivo. Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça Coordenação Acadêmica: Prof. Marcos Avila Apoio em EaD: Prof a. Mônica Ferreira da Silva Coordenação Executiva: Silvia Martins Mendonça 1 O Instituto COPPEAD: O Instituto COPPEAD oferece o curso de especialização

Leia mais

PLATAFORMA SOCIAL EDUCACIONAL NAS NUVENS: VANTAGENS DO USO E COLABORAÇAO. Recife PE Maio 2012

PLATAFORMA SOCIAL EDUCACIONAL NAS NUVENS: VANTAGENS DO USO E COLABORAÇAO. Recife PE Maio 2012 PLATAFORMA SOCIAL EDUCACIONAL NAS NUVENS: VANTAGENS DO USO E COLABORAÇAO Recife PE Maio 2012 Alex Sandro Gomes - UFPE asg@cin.ufpe.br Ana Luiza Rolim - IFPE analuiza.rolim@belojardim.ifpe.edu.br Flávia

Leia mais

UMA EXTENSÃO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA A ADAPTAÇÃO DE CONTEÚDOS A PORTADORES DE NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS

UMA EXTENSÃO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA A ADAPTAÇÃO DE CONTEÚDOS A PORTADORES DE NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS UMA EXTENSÃO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE PARA A ADAPTAÇÃO DE CONTEÚDOS A PORTADORES DE NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS Sérgio M. Baú Júnior* e Marco A. Barbosa* *Departamento de Informática

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Msc. Ana Maria Silveira Turrioni UNIFEI Itajubá Dra. Rita de Cássia Magalhães Trindade Stano UNIFEI - Itajubá Resumo Objetiva-se neste artigo, discutir

Leia mais

EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: TRABALHANDO A USABILIDADE NO CHAMILO PARA FACILITAR A EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA

EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: TRABALHANDO A USABILIDADE NO CHAMILO PARA FACILITAR A EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA: TRABALHANDO A USABILIDADE NO CHAMILO PARA FACILITAR A EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA CELINA FERREIRA RIBEIRO, FRANCISCO WILLIANS M. PLÁCIDO HIRANO CELINA.RIBEIRO@IFTO.EDU.BR Resumo O Ambiente

Leia mais

Formação de recursos humanos em saúde: tecnologias de informação e comunicação como recurso didático no Programa FAIMER Brasil

Formação de recursos humanos em saúde: tecnologias de informação e comunicação como recurso didático no Programa FAIMER Brasil ARTIGO Formação de recursos humanos em saúde: tecnologias de informação e comunicação como recurso didático no Programa FAIMER Brasil AUTORES Vera Lúcia Garcia Dra. em Distúrbios da Comunicação Humana

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Educação à Distância: Possibilidades e Desafios

Educação à Distância: Possibilidades e Desafios Educação à Distância: Possibilidades e Desafios Resumo André Alves Freitas Andressa Guimarães Melo Maxwell Sarmento de Carvalho Pollyanna de Sousa Silva Regiane Souza de Carvalho Samira Oliveira Os cursos

Leia mais

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 A IMPORTÂNCIA DE APROPRIAR-SE DO AVEA PARA QUE OCORRA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM

ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 A IMPORTÂNCIA DE APROPRIAR-SE DO AVEA PARA QUE OCORRA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM 80 ÀGORA, Porto Alegre, Ano 3, jan/jun.2012. ISSN 2175-3792 A IMPORTÂNCIA DE APROPRIAR-SE DO AVEA PARA QUE OCORRA O PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM Luciane De Oliveira Machado 1 RESUMO O presente trabalho

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0

MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0 MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0 APRESENTANDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Um ambiente virtual de aprendizagem é um sistema para gerenciar cursos a distância que utilizam a Internet, ou para complementar

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARES EDUCACIONAIS DE BIOLOGIA. Eixo Temático 2- Pesquisa e Práticas Educacionais Comunicação

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARES EDUCACIONAIS DE BIOLOGIA. Eixo Temático 2- Pesquisa e Práticas Educacionais Comunicação AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE SOFTWARES EDUCACIONAIS DE BIOLOGIA Eixo Temático 2- Pesquisa e Práticas Educacionais Comunicação Mariangela Norkus - PROGEPE/UNINOVE Amélia Silveira - PROGEPE/UNINOVE Cláudia

Leia mais

FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM

FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM Ronei Ximenes Martins (Trabalho apresentado no II Colóquio Regional EAD Edição Internacional Outubro/2010 Juiz de Fora/MG) Introdução Um

Leia mais

A PLATAFORMA MATHMOODLE NA EDUCAÇÃO BÁSICA USOS E APLICAÇÕES

A PLATAFORMA MATHMOODLE NA EDUCAÇÃO BÁSICA USOS E APLICAÇÕES A PLATAFORMA MATHMOODLE NA EDUCAÇÃO BÁSICA USOS E APLICAÇÕES Ulisses Dias ulissesdias@limc.ufrj.br Rodrigo de Alencar Hausen hausen@limc.ufrj.br Rodrigo G. Devolder rodrigodevolder@limc.ufrj.br Luiz Carlos

Leia mais

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTA LMS EM CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA. Campina Grande maio 2011

ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTA LMS EM CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA. Campina Grande maio 2011 ANÁLISE DA UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTA LMS EM CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA Campina Grande maio 2011 Filomena Maria G. da Silva C. Moita UEPB - filomena_moita@hotmail.com Rodrigo

Leia mais

ESCOLA ALFREDO JOSÉ DA SILVA ENSINO MÉDIO INTEGRADO A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - EMIEP CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA

ESCOLA ALFREDO JOSÉ DA SILVA ENSINO MÉDIO INTEGRADO A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - EMIEP CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA ESCOLA ALFREDO JOSÉ DA SILVA ENSINO MÉDIO INTEGRADO A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - EMIEP CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA Iandra Franciny Miranda Malaquias ¹ Marcela Cristina Linhares Pereira ² EDUCAÇÃO A DISTANCIA:

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem...

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 08 Edição do Perfil... 10 Ambiente Colaborar... 11 Iniciando

Leia mais

Caracterização da Modelagem de Ambientes de Aprendizagem a distância

Caracterização da Modelagem de Ambientes de Aprendizagem a distância Caracterização da Modelagem de Ambientes de Aprendizagem a distância Adja F. de Andrade adja@inf.pucrs.br 1 Beatriz Franciosi bea@inf.pucrs.br Adriana Beiler 2 adrianab@inf.pucrs.br Paulo R. Wagner prwagner@inf.pucrs.br

Leia mais

Teorias de e-learning Fábio Fernandes

Teorias de e-learning Fábio Fernandes Teorias de e-learning Fábio Fernandes O que é uma teoria? Uma teoria, nesse contexto, pode ser descrita como uma série de hipóteses que aplicam-se a todas as instâncias de um acontecimento ou assunto e

Leia mais

MANUAL - DISCIPLINA SEMIPRESENCIAL SUMÁRIO

MANUAL - DISCIPLINA SEMIPRESENCIAL SUMÁRIO MANUAL - DISCIPLINA SEMIPRESENCIAL SUMÁRIO APRESENTAÇÃO AMBIENTE VIRTUAL AS VANTAGENS DESSA MODERNA SISTEMÁTICA DO ENSINO SÃO: O PAPEL DO ALUNO PROFESSOR TUTOR AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM ACESSO AO AMBIENTE

Leia mais

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas FORMAÇÃO CONTINUADA EM BRAILLE VISANDO À EDUCACAO INCLUSIVA NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA GT 08 - Formação de Professores e Educação Matemática (FPM) RESUMO Neste relato apresenta-se o curso de Braille-Módulo

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS DE APOIO AO ENSINO EM AMBIENTES VIRTUAIS 3D

DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS DE APOIO AO ENSINO EM AMBIENTES VIRTUAIS 3D CESAR DA CONCEIÇÃO RODRIGUES FILHO DESENVOLVIMENTO DE FERRAMENTAS DE APOIO AO ENSINO EM AMBIENTES VIRTUAIS 3D Projeto de Pesquisa para ingresso no programa de Iniciação Científica da Universidade Municipal

Leia mais