Moradores querem solução da Copasa para falta de água e esgoto na região

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Moradores querem solução da Copasa para falta de água e esgoto na região"

Transcrição

1 E D I Ç Ã O Q U I N Z E N A L Nº 174 IMPRESSO Moradores querem solução da Copasa para falta de água e esgoto na região Alto Belvedere e região convivem com o drama da falta de abastecimento de água, que chega a comprometer as caixas reservatórias de vários edifícios. Enquanto isso, condomínios sofrem com o incômodo causado pelo forte odor exalado pela Estação de Tratamento de Esgoto. Motoristas esperam mais que melhorias na MG-030 A rodovia que liga Belo Horizonte a Nova Lima, e que agora passa a se chamar Januário Carneiro, o fundador da Rádio Itatiaia, recebeu diversas melhorias que totalizaram investimentos da ordem de R$ 12 milhões. Mas, as obras que foram entregues pelo governador Antonio Anastasia não deixaram satisfeitos moradores, trabalhadores e usuários da via. Eles esperam por medidas de segurança tanto para os motoristas como para os pedestres, a sua maioria trabalhadores que utilizam ônibus e precisam atravessar a via. Em alguns locais, o DER-MG instalou lombadas eletrônicas com sinalização para travessia de pedestre, o que para os moradores ainda são insufi cientes. No trevo dos condomínios Village Terrasse e Villa Castela (foto), por exemplo, foram instaladas as lombadas, mas o perigo é constante, com registro de vários acidentes. As associações de moradores querem o alargamento de alguns pontos da via, semáforos nos principais cruzamentos, e passarelas para pedestres. Diante do grande volume de trânsito da MG 030, o prefeito de Nova Lima e representantes de moradores apontam como solução, para desafogar o trânsito, a construção da Avenida Expressa Estrutural Sul, utilizando o trecho do Ramal Ferroviário desativado de Águas Claras. Fotos: Vinícius Leon Corredores Ecológicos têm projeto na ALMG Moedenses também rejeitam pedágio na BR-040 Páginas 4 e 5 Hospital de Olhos recebe homenagem Página 6 Página 3 Página 7 Página 17

2 2 Nº 174 O P I N I Ã O Publicação da SC Soluções em Comunicação e Editora Ltda. Registro no Cartório Jero Oliva nº Livro B Redação e Administração: Av. Luís Paulo Franco, 500 Sl. 705 Belvedere Belo Horizonte MG CEP Telefones: (31) (31) Diretora: Maria Goretti Sena Editora e jornalista responsável: Maria Goretti Sena Reg. MTB nº3.053/mg Diretor Comercial: Carlos Correa Publicidade / Comercial: Carlos Correa (31) Paulo Sena (31) Programação Visual: Derivan da Silva Circulação/Distribuição: Vinícius Leon Edições Anteriores: Impressão: Fumarc Distribuição gratuita: Belvedere, Alto Santa Lúcia, Avenida Bandeirantes, Vila da Serra, Condomínios Horizontais e Centro Histórico de Nova Lima. *Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam, necessariamente, a opinião do Jornal. Agricultura e sustentabilidade POR FLÁVIO KROLLMANN Presidente executivo do PROMUTUCA ecentemente, em evento realizado no RRio de Janeiro, fi cou defi nido que um grupo de 25 cientistas do mundo inteiro terá dois anos para realizar pesquisas e relatar experiências concretas que conciliem a produção agropecuária sustentável a fi m de garantir a segurança alimentar mundial. A iniciativa uniu pesquisadores, governos e empresas em torno do bem comum. De acordo com Emile Frison, Diretor-Geral da Bioversity Internacional, organização de pesquisa sem fi ns lucrativos com sede em Roma, que lidera o projeto, a novidade da Agriculture and Conservation Initiative é a união entre pesquisadores de sustentabilidade e dos setores produtivos para buscar soluções integradas. De acordo com Emile, o próximo passo é fazer com que realmente os cientistas trabalhem juntos. Segundo ele, essa organização de alto nível pode fornecer importantes políticas de retorno à humanidade. Mas ressalta que é necessário que esses cientistas construam evidências científi cas. Eles devem congregar tudo que nós sabemos sobre iniciativas que funcionam para diferentes paradigmas de agricultura, disse Emile Frison. O presidente da Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS), Israel Klabin, que participou do evento, declarou que o Brasil tem papel de liderança nessa área, pois o País é a capital mundial do capital natural, com todos os recursos naturais na maior plenitude e tem trabalhado com realismo na questão. Para Klabin, é importante que o setor produtivo não deixe de lado a questão ambiental e caminhe para uma economia sustentável. Segundo Klabin, estamos vivendo um momento de crise em todos os setores do planeta. Na verdade os sistemas de produção estão indo relativamente bem, mas a inserção deles na realidade planetária e no excesso de uso do capital natural, faz com que nós procuremos uma regulagem entre produção e meio ambiente. O que se trata aqui é exatamente isso, como é que nós podemos continuar a produzir e ao mesmo tempo respeitar os limites que a natureza nos oferece, para que nós possamos fazer com que os bens naturais herdados do passado possam ser passados para os nossos fi lhos da mesma maneira que nós recebemos. O presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maurício Lopes, destacou que o Brasil avançou muito nessa área nos últimos 40 anos, com a criação de instituições de pesquisa e legislação. De acordo com ele, o país superou o problema da insegurança alimentar e passou de importador para provedor de alimentos, transformou grandes áreas de solo ácido em férteis, desenvolveu um conceito próprio de agricultura tropical e construiu uma plataforma de práticas sustentáveis. Nós temos hoje mais de 30 milhões de hectares de áreas de plantio direto, onde não mais revolve o solo, o que ajuda a resolver os problemas de erosão, de desgaste do solo, perdas de nutriente. O Brasil é líder em fi xação biológica de nitrogênio, toda a soja brasileira é cultivada sem a aplicação de nitrogênio na forma química. E nós estamos promovendo agora uma outra grande revolução na agricultura brasileira, que é a integração de sistemas: lavoura-pecuária, lavoura-pecuária-fl oresta, tudo combinado, que vai nos permitir um crescimento vertical da produção brasileira, disse. Entretanto a ampliação do Agrobusiness e suas consequências ligadas ao Meio Ambiente preocupam a população e ambientalistas. Infelizmente, a produção agropecuária no Brasil, em algumas regiões, não evoluiu. Ainda é comum a utilização de grandes áreas, antes fl orestadas ou ocupadas pelo Cerrado ou Caatinga, para abrigo de pequenos rebanhos, desproporcionais ao tamanho da propriedade que ocupam. A poluição ou o assoreamento de cursos d água também são grandes ameaças. Em outros países do mundo, estas práticas nocivas ao meio ambiente são ainda mais frequentes. A busca pela conciliação entre a produção agrícola e a sustentabilidade não traz somente benefícios ao Meio Ambiente. Muitos dos estudos realizados promoveram melhorias dos processos produtivos bem como de técnicas incorporadas. O benefício é para todos. (31) Serra da Moeda, reconhecimento internacional POR PAULO ANDRÉ BARROS MENDES * Geógrafo e jornalista, colaborador da ArcaAmaSerra - Associação para a Recuperação e Conservação Ambiental em Defesa da Serra da Calçada. o dia 8 de outubro foi enfi m di- pela organização World Nvulgada, Monuments Fund (WMF, o Fundo Mundial para Monumentos), a atualização da lista de patrimônios da humanidade ameaçados de destruição. Como o leitor provavelmente já sabe, o complexo da Serra da Moeda foi incluído na lista, com base em um pedido formal elaborado pela ARCA. A área descrita pela ARCA abrange todo o complexo da Serra da Moeda, incluindo então a crista principal da serra, os platôs centrais e suas encostas mais a leste, voltadas para o rio das Velhas como a Serra de Itabirito, por exemplo. A área começa na região de Nova Lima e segue até Congonhas, passando pelos municípios de Brumadinho, Itabirito, Rio Acima, Belo Vale, Moeda e Ouro Preto. Nos últimos anos toda essa região sofreu bastante com dois dos desdobramentos da trajetória econômica recente do Brasil: o crescimento do setor mineral e a formação de uma gigantesca pirâmide (ou bolha) de ativos imobiliários. O crescimento da demanda asiática, com a China à frente, aumentou temporariamente o preço da tonelada do minério de ferro no mercado internacional e viabilizou economicamente a abertura de novas minas. Essas minas continuam seguindo o bizarro padrão de qualidade adotado na região: são desenvolvidas a céu aberto, utilizam superfícies cada vez maiores e chamam de recuperação de áreas degradadas algo bem distante do que isso realmente significaria. Já o setor imobiliário nadou por algum tempo nos dólares que inundaram o mercado fi nanceiro internacional depois do susto norte- -americano de 2008, quando algo parecido com a Crise de 1929 pareceu dar as caras na maior economia do mundo. A euforia aumentou o preço dos imóveis (novos e usados) e dos terrenos, e assim um cenário que poderia levar a um ganho de qualidade no setor gerou, na verdade, uma corrida especulativa, do tipo pirâmide ou bolha. A pressão pela utilização de áreas ambientalmente importantes ou sensíveis no complexo da Serra da Moeda subiu muito. O reconhecimento pelo WMF da importância do complexo da Serra da Moeda coloca a região no honroso patamar da cidade de Veneza e das relíquias dos cruzados na Síria. Os degradadores da serra, por sua vez, também fi cam em companhia adequada, junto com os terroristas e fanáticos sírios e as piores empresas de turismo europeias. A ARCA vai lutar, com seus parceiros, pela melhoria das condições ambientais da Serra da Moeda, pela organização e fomento do lazer e das atividades esportivas e pelo resgate e preservação defi nitivos de seu patrimônio cultural, histórico e arqueológico. Um futuro melhor tem de ser possível.

3 AZ3 M E I O A M B I E N T E Nº 174 Projeto de Corredor Ecológico já tramita na ALMG Deputado Fred Costa apresenta proposta de criação do Corredor Ecológico do Vale do Mutuca, uma reivindicação de ambientalistas e estudiosos do assunto que querem a preservação ambiental e a garantia da sobrevivência de espécies da fauna e da fl ora do ecossistema da área Sul da RMBH. á está na Comissão JConstituição e Justiça da Assembleia de Minas, desde o último dia 14 de outubro, o Projeto de Lei nº 4.590/2013, de autoria do deputado estadual Fred Costa (PEN) (foto), que dispõe sobre a criação do Corredor Ecológico do Vale do Mutuca. O relator é o deputado Dalmo Ribeiro Silva e o deputado Fred Costa se articula dentro da ALMG para que o projeto seja votado ainda esse ano. A criação do corredor ecológico (CE) ligando o ecossistema do Rio Paraopeba ao ecossistema do Rio das Velhas, em Nova Lima, é uma reivindicação de ambientalistas e dos associados da Associação para Proteção Ambiental do Vale do Mutuca (Promutuca) que têm se empenhado para garantir a proteção e preservação da fauna e a biodiversidade na região. Ambientalistas e estudiosos do assunto creditam que a criação desses corredores entre as áreas de preservação ambiental é o único feito que poderá garantir a sobrevivência de espécies ou o que restou delas e da fl ora do ecossistema da área Sul da Região Metropolitana de Belo Horizonte. O projeto No projeto, o deputado Fred Costa, quer que fi que reconhecido e instituído o Corredor Ecológico do Vale do Mutuca, em conformidade com o inciso XIX, do art. 2º, da Lei Federal n 9.985, de 18 de julho de 2000, que regulamenta o art. 225, 1º, incisos I, II, III e VII da Constituição Federal, e institui o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza. Para Fred Costa, a criação do corredor ecológico do Vale da Mutuca é de suma importância para a preservação da fauna, biodiversidade e do meio ambiente como um todo. Abracei esta ideia, pois acredito que é a maneira mais efi caz de preservar a biota que interliga as bacias do Rio das Velhas e do Rio Paraopeba. Ao se reconhecer o Vale do Mutuca como corredor ecológico resguardar-se-á a vegetação fl orestal presente sob o viaduto da bacia do Córrego do Mutuca, a própria a Bacia, a mata ciliar presente no entorno do Córrego do Mutuca, o lençol freático da Bacia e as águas da Bacia do Córrego Mutuca. Os corredores ecológicos reconhecidos são uma vitória para a população de uma maneira geral já que proporcionam e resguardam o deslocamento de animais, a dispersão de sementes, o aumento da cobertura vegetal e o bem estar das populações de sua área, afi rmou o deputado. Objetivos O projeto em tramitação na ALMG define os seguintes objetivos: propiciar a interligação entre as Bacias do Rio das Velhas e do Rio Paraopeba; propiciar a preservação ambiental da Bacia do Córrego do Mutuca; preservar o ecossistema 3 local do Vale do Mutuca; proteger o meio ambiente e o patrimônio natural e paisagístico do Vale do Mutuca; preservar os recursos hídricos do município de Nova Lima; impedir a contaminação do lençol freático da Bacia do Córrego do Mutuca; impedir a contaminação das águas da Bacia do Córrego do Mutuca; permitir a conectividade entre fragmentos de áreas naturais; inter ligar as unidades de conservação; possibilitar entre as unidades de conservação o fl uxo de genes e o movimento da biota; facilitar a dispersão de espécies e a recolonização de áreas degradadas; mitigar os efeitos da fragmentação dos ecossistemas; proporcionar o deslocamento de animais, a dispersão de sementes e o aumento da cobertura vegetal e proporcionar o bem-estar das populações de sua área. Para garantir o sistema de gestão do Corredor Ecológico do Vale do Mutuca, o deputado defende a composição de forma colegiada e paritária, pelas autoridades públicas estaduais e representantes de entidades ambientalistas não governamentais, entidades de classe, de empresas e de condomínios residenciais inseridos no corredor, enfatiza. O ENDEREÇO DO SEU MELHOR INVESTIMENTO Seu futuro investimento espera por você. E esta é sua última oportunidade. Salas e espaços corporativos, a partir de 25m 2. Flexibilidade para vãos livres. Controle de acesso automatizado. Sistema de segurança RFID. Elevadores com controle automatizado. Estacionamento rotativo. Fibra óptica para dados e voz disponível pelas concessionárias. Opção de automação total das áreas privativas. Perspectiva artística da fachada. Cadastre-se e antecipe-se para o lançamento da 3 a fase a fase vendido. 100% 2 a fase vendido. 100% previsão para a 3 a fase sucesso de vendas Incorporação: Construção: Participação: Vendas: Todas as ilustrações desta peça têm caráter exclusivamente promocional por se tratar de um bem a ser construído. Imagens meramente ilustrativas. O mobiliário e os equipamentos não fazem parte do memorial descritivo. Os materiais e cores representados poderão sofrer alterações ao longo do projeto de construção, em função da disponibilidade dos mesmos no mercado.

4 4 Nº 174 I N F R A E S T R U T U R A COPASA NA REGIÃO Moradores vivem drama com falta de abastecimento de água e odor exalado pela ETE POR GORETTI SENA Editora m dos maiores desafi os da Copasa é, sem Udúvida, ampliar e melhorar a infraestrutura em saneamento básico, por meio de ações voltadas para a universalização e ampliação dos serviços de coleta e de tratamento de esgoto. Quando essa aguilhoada tem endereço certo, entre o Belvedere e o Vila da Serra, os fl ancos de atuação são específi cos e correlatos: de um lado o abastecimento de água, do outro a ampliação da rede de serviços e tratamento de esgoto. Mas, pelo visto, a situação tende ainda a se arrastar por mais algum tempo, prova disso é o forte odor exalado pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Vale do Sereno, há mais de dois anos sem solução. No alto Belvedere, moradores vivem o drama da falta de água, com precariedade no serviço e longos períodos sem abastecimento chegando a comprometer as caixas reservatórias de vários edifícios. No Grand Lider Olympus, o primeiro private condomínio de Minas Gerais com nove torres divididas em seis edifícios, a situação é tão crítica que um dos condomínios já cogita a construção de um reservatório subterrâneo para suprir a demanda de moradores. Na região das casas, próxima à Fundação Torino, a situação não é diferente. Ali, a reclamação da população local sobre o abastecimento durante o dia é reincidente. Na Rua da Paisagem, um alento vem de uma enorme placa instalada anunciando a implantação de reservatório com capacidade de 2.778,08 m 3 de água, totalizando investimentos da ordem de R$ ,80, sendo a unidade Vila da Serra estimada em R$ ,93, uma outra - cuja placa fincada ao lado do Hotel Caesar Business especifica que o objetivo são melhorias do sistema de esgotamento sanitário Vale do Sereno e Biocor, em nova Lima - no valor de R$ ,89, com previsão de entrega para maio de 2014, além de uma terceira unidade na Rua Jornalista Djalma Andrade. Já a questão da ETE Vale do Sereno parece mais complicada. Passados quase seis meses da realização da última reunião na Coordenadoria Estadual de Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo, que discutiu além da capacidade instalada da ETE Vale do Sereno a obra para reversão do esgoto dos bairros Vila da Serra e Vale do Sereno para a ETE Arrudas, nenhuma solução foi apresentada pela Copasa. Na época, o Superintendente de Serviços e Tratamento de Efl uentes da Copasa, Eugênio Lima Silva, informou que a capacidade de recebimento e tratamento da ETE Vale do Sereno é de 33 a 38 litros por segundo, e que pelos cálculos da companhia há ainda capacidade para receber mais 4 litros por segundo, o que equivale de a novos habitantes. Segundo Eugênio, estão previstas ainda obras para aumentar, em curto espaço de tempo, em mais de 5 litros por segundo, o correspondente a habitantes. Mas, que estas intervenções precisam de pelo menos três anos de prazo, para a Copasa encontrar uma solução definitiva para o problema. E que uma ETE compacta poderia ser instalada em caso de situação emergencial no prazo de quatro meses. Sobre o forte odor exalado na estação de tratamento ele informou, durante aquela reunião, que demandaria de um prazo de 60 dias para elaboração de projeto de tratamento químico, mais 45 dias de licitação e outros 40 dias para obra, de forma que dentro de seis meses o problema estaria resolvido. Na ocasião, a promotora Andressa Lanchotti propôs a assinatura de Termo de Acordo pelo MP, Prefeitura, Copasa e empreendedores, estabelecendo prazos factíveis para todas as intervenções necessárias visando à solução do esgotamento sanitário naquela região. A estas proposições, o representante da Copasa chegou a afirmar que levaria o assunto à empresa dando uma resposta formal ao MP até o dia 6 de maio deste ano. A promotora ressaltou, na época, a necessidade de revisão do próprio contrato de concessão de esgotamento sanitário de Nova Lima, fi rmado entre a Copasa e o município, para adequá-lo às regras da Lei da Política Nacional de Saneamento Básico. Na Rua da Paisagem, a Copasa constroi um reservatório com capacidade de 2.778,08 m 3 de água Copasa acena com obras e monitoramento do odor da estação de tratamento de esgoto m nota enviada à redação do JORNAL EBELVEDERE, a Assessoria de Imprensa da Copasa informou que a empresa está realizando obras de ampliação da oferta de água para a região do Belvedere, Vale do Sereno e Vale do Mutuca. Com investimentos da ordem de R$ 10 milhões, estão sendo implantados três reservatórios para atendimento da região. Na divisa de Belo Horizonte e Nova Lima, está sendo construído o Reservatório Paisagem que terá capacidade para armazenar dois milhões de litros de água. Além dos reservatórios, estão sendo implantadas adutoras e uma estação elevatória que será responsável pelo bombeamento de água do sistema Morro Redondo para esses reservatórios. As obras estão previstas para serem concluídas em janeiro de 2014, relata a empresa. ETE Vale do Sereno Sobre a ETE Vale do Sereno, a Copasa informou que tanto os resultados, quanto os níveis de efi ciência de tratamento obtidos pela ETE, atendem plenamente aos requisitos exigidos pela legislação ambiental. Já em relação ao odor, esclarece a Copasa que está monitorando o odor exalado na ETE e vem realizando diversas ações para combatê-lo. Entre elas, a empresa está aplicando um produto químico neutralizador de odores, cuja efi ciência já vem sendo tecnicamente comprovada em outras estações. Outro destaque da nota da Copasa é que também foi concluído um novo projeto de combate a odor, que será implantado em breve na ETE. Com o crescimento rápido da região, a área atendida pela ETE Vale do Sereno e, consequentemente, a vazão do afl uente que chega a essa unidade aumentou bastante. Assim, para atendimento a essa demanda, encontra-se em licitação obra de transferência de parte dos esgotos que chegam a essa unidade para os interceptores da ETE Arrudas.

5 COPASA NA REGIÃO I N F R A E S T R U T U R A Nº 174 Associações esperam laudo pericial para recorrer à Justiça Foto: divulgação s vésperas do fechamento dessa Walmir adverte que o ano já está Àedição, dia 24 de outubro, exatamente seis meses após esta reunião ma notícia sobre o projeto, sobre as encerrando e até agora não há nenhu- no Ministério Público, a situação permanece a mesma. Moradores da resos apareceu. A promessa de iniciar as obras e a alegada garantia de recurgião não se cansam de reclamar do obras em 2013 nunca se concretizará, mau cheiro e incômodo causado em até mesmo porque nem projeto para suas atividades cotidianas. Agora, as licenciamento foi apresentado. Enfi m, associações de moradores do entorno resolveram se unir para trazer uma ano, sem nenhum tipo de solução efe- novamente a Copasa enrolou mais um solução para o problema. tiva, ressalta o conselheiro do Codema. Segundo informou o advogado Walmir Braga (foto), que é presidente da Frente de Interpelação extrajudicial Associações do Vetor Sul e também conselheiro do Codema de Nova Lima, a situação da te do Vetor Sul já denunciava que o que a Co- Segundo ele, em setembro de 2012 a Fren- ETE do Vale do Sereno (foto) tende a piorar. pasa dizia eram apenas promessas, que não Além dos de incômodo e transtorno para os havia credibilidade suficiente para que a sociedade pudesse crer que seriam cumpridas. Fo- que transitem, vivem ou estudam na região, e da promessa que tudo seria resolvido no ano mos criticados, como se estivéssemos inventando algo ou criando confusão. Mineiramente, passado, o representante da Copasa informou que tudo estava certo e que o que o nosso demos mais um voto de confi ança à Copasa, olfato sente, não é o que pensamos que seja e lembrou Walmir Braga. que tudo estará resolvido em 2013, explicando com uma série de se s todas as soluções: das, a Frente do Vetor Sul fez uma notifi cação Enquanto esperavam as soluções prometi- se o projeto que existe for revisado, se o governo federal aprovar a verba, se o governo que a concessionária informasse quais são os e interpelação extrajudicial da Copasa, para incluir os projetos do PAC, se as verbas forem projetos que iria executar para o chamado Sistema de Tratamento de Esgoto de Nova Lima, liberadas, se tudo der certo, em fins de 2013 as obras começam. Na época já alertávamos: com resumo do escopo de cada um deles e eram muitos ses. Eram promessas para enganar, salienta o advogado. os respectivos cronogramas de indicação de quais estariam contemplados e implantação 5 em função da celebração do V Termo Aditivo do Contato de Concessão e os respectivos Contrato-Programa de Investimento. O silêncio foi a resposta, relatou Walmir. Ainda segundo ele, diante de tantos jantares não completados nos apartamentos e casas da região, pelo absoluto desconforto do odor e de relatos de crianças desmaiando no colégio da região, a sociedade resolveu não esperar mais. Diante da gravidade da situação, a Frente do Vetor Sul coordenou uma reunião de alinhamento com maiores interessados e afetados diretamente pela questão e está estabelecendo uma estratégia de trabalho e ações que serão conhecidas em breve, advertiu. Ele comunicou que está contratando uma empresa para a realização de um laudo técnico minucioso sobre a situação, que irá auxiliar em uma perícia judicial. Esse odor é inaceitável, trata-se de verdadeira agressão à saúde pública, com riscos contínuos para todos aqueles que estão expostos às substâncias exaladas. Diretamente são afetados os moradores e frequentadores de todo o Vale dos Cristais (Nascentes, Vila Grimm, Vila Hartt, Vila Gardner e Colégio Santo Agostinho). Indiretamente, todos os que passam pela região sentem o odor. Também é preciso que se averigue o que está acontecendo com o solo e o lençol freático. A única obra da Copasa nesse ano foi cobrir com uma lona azul a ETE do Vale do Sereno. A inovadora solução não foi capaz de eliminar o odor, que continua forte, principalmente à noite, quando, acredita-se, o esgoto esteja frequentemente sendo liberado in natura, em direção ao centro de Nova Lima, Raposos e Rio Acima, alerta o advogado e presidente da Frente do Vetor Sul.

6 imônia 6 Nº 174 I N F R A E S T R U T U R A Anastasia entrega obras de melhorias na MG-030 Investimentos de cerca de R$ 12 milhões na rodovia, que agora passa a se chamar Januário Carneiro, fazem parte do ProMG, programa mineiro de manutenção e conservação de estradas. governador Antonio Anastasia entregou, O no último dia 21, as obras de melhorias da MG-030, que agora passou a se chamar Rodovia Januário Carneiro, em homenagem ao fundador da Rádio Itatiaia. O Governo de Minas, por intermédio do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER- -MG), investiu em intervenções ao longo de 8,8 quilômetros, do trecho que liga Belo Horizonte a Nova Lima, R$ 11,8 milhões. O investimento faz parte do ProMG, programa mineiro de manutenção e conservação das estradas sob responsabilidade do DER-MG. As obras de melhoria foram realizadas entre o Viaduto RFFSA (Águas Claras) e o entroncamento para Nova Lima. No trecho, foram feitos reparos na pista, realização de fresagem contínua e descontínua no pavimento, entre outras intervenções, como nova sinalização e colocação de lombadas eletrônicas. Também foram inauguradas nova sinalização da Rodovia Januário Carneiro e placa em homenagem ao radialista, em frente ao Condomínio Vila Castella, em Nova Lima. A placa traz um breve relato da vida de Januário Carneiro. A rodovia recebeu o nome do fundador da Rádio Itatiaia, por meio da Lei , de 25 de julho de O presidente da Rede Itatiaia, Emanuel Carneiro, acompanhado de familiares, participaram da homenagem a Januário Carneiro. Também compareceram à solenidade o prefeito de Nova Lima, Cássio Magnani Junior, o deputado estadual João Vitor Xavier, o ex- Quem foi Januário Carneiro -deputado e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Wanderlei Ávila, autor da proposição da lei, entre outras autoridades. O presidente-diretor da Rede Itatiaia, Emanuel Carneiro, ao lado do governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, também participou da cerimônia. Em nome dos funcionários da Rádio Itatiaia, que são sucessores do Januário Carneiro, da sua família, que eu representei aqui nesta festa, dos nossos ouvintes, que sempre tiveram um carinho muito grande para com o Januário e para com a Rádio Itatiaia, quero retribuir todo esse carinho, dizendo que ficamos todos emocionados e felizes, porque está concluída a rodovia Januário Carneiro, que liga Belo Horizonte a Nova Lima, disse Emanuel Carneiro. De acordo com o prefeito Cássio Magnani, a ligação de Januário com a cidade e com o Villa faz com que sejam todos muito gratos. Estamos em festa e aplaudimos esse nome que é o Januário Carneiro. Para o governador Antonio Anastasia, trata-se de uma justa homenagem. Rio Acima e Raposos Também foram recuperados os 19 km que ligam Nova Lima a Rio Acima e a Raposos, na mesma região. As intervenções nos 27,8 km entre a capital e Raposos integram o Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária de Minas Gerais, que já concluiu 80% das intervenções previstas em 524,3 km de estradas. Foto: Rafael D Souza jornalista e radialista Januário O Carneiro foi o fundador da Rádio Itatiaia, a maior emissora do Estado e presidente do Villa Nova, de 1964 e Iniciou a carreira aos 15 anos, na revista carioca Esporte Ilustrado. Também atuou na revista Minas Esportiva e no semanário Diário Esportivo. Em 1945, começou sua ligação profi ssional com o rádio, quando passou a trabalhar como repórter esportivo da Rádio Guarani e, depois, como correspondente da Rádio Continental, do Rio de Janeiro. Inaugurou a Rádio Itatiaia em 1951, em Nova Lima, mais tarde se transferiu para BH. A emissora, nascida nas montanhas de Nova Lima, cresceu com o lema do seu fundador: Nós vendemos espaço, não vendemos opinião. A ligação de Januário com Nova Lima sempre foi intensa. Ele foi presidente do Villa Nova entre 1964 e 1966 e ocupou a presidência de honra do clube até o fi nal de sua vida. Januário Carneiro morou na cidade e depois em um condomínio da região. Governador Antonio Anastasia participou da solenidade de inauguração ao lado de diversas autoridades Moradores querem mais segurança Via Expressa Estruturante é apontada como solução mpresários e representantes de associações de Emoradores do Belvedere e Nova Lima apontam como solução para desafogar o trânsito na MG-030 e melhorar a acessibilidade na região, a construção da Avenida Expressa Estrutural Sul, uma via que utiliza o trecho do Ramal Ferroviário desativado de Águas Claras. Já o governo de Minas prevê utilizar a área com o Projeto Trem, que contempla a reativação ferroviária e a operação do serviço de transporte de passageiros. O prefeito de Nova Lima, Cássio Magnani, reconheceu os problemas na MG-030 e afi rmou estar trabalhando para implantar a Avenida Expressa Estrutural: Temos projetos futuros de uma via expressa utilizando a linha de trem da Vale. Estamos em contato com a Prefeitura de BH e com o governo do Estado para trazer essa solução para a mobilidade nessa região. O projeto O projeto conceitual da Avenida Expressa Estrutural Sul já foi elaborado pelo engenheiro Roberto Melo. Trata-se de um estudo que concilia a utilização de parte do espaço onde está o ramal desativado para a construção de uma via expressa, compartilhando áreas para o trem e de lazer, como Fotos: Omar Freire/Imprensa MG truam passarelas em pontos de maior fl uxo de pedestres. O grande problema da MG 030 é o volume de carros. Com a enorme quantidade de novos empreendimentos, a rodovia virou uma avenida e todos estão com medo. Mesmo com os radares, sempre tem algum acidente, além do fato que muitos trabalhadores descem dos ônibus e não têm como atravessar a via, relata José Carlos da Silva, morador do Vale do Sereno. O DER-MG anunciou que já foram colocadas várias lombadas com sinalização para a travessia de pedestres na altura do KM 18,7 da rodovia, próximo ao chamado Trevo da Máquina e próximo ao trevo do condomínio Village Terrasse. urante a solenidade de entrega das melho- na rodovia MG-030 moradores da re- Drias gião alertaram que os problemas causados pelo tráfego intenso vão continuar e pedem mais medidas de segurança para a via. As melhorias são bem vindas, mas a MG 030 não mudou. Foram feitos novos asfalto e pintura, mas isso é só maquiagem, e não vai melhorar o trânsito aqui, afi rmou o engenheiro João Gabriel Almeida, morador do condomínio Village Terrasse, que fi ca às margens da estrada. As associações de moradoras querem que as autoridades alarguem alguns pontos da via, instalem semáforos nos cruzamentos e conspistas de corrida, ciclovias e parques. O projeto da Via Estrutural contempla cerca de 13 km de extensão, através de uma grande avenida saindo próxima à rodoviária de Nova Lima, ladeando a estrada para Sabará, passando pelo Complexo de Águas Claras da Vale até encontrar a Via de Ligação, e desta seguindo na área lindeira da Alameda da Serra até um novo trevo que seria construído antes do Anel Rodoviário. O estudo, feito por Roberto Melo, é mais abrangente e traz maior mobilidade para a região, podendo inclusive receber o apêndice do Lote 2 do Projeto Trem, ligando Ibirité a Águas Claras, passando pelo Belvedere. Isso porque o traçado da linha do Ramal Águas Claras permite a integração de novas composições de mobilidade e vias estruturantes em razão de sua área, são 80m de largura e quase 13km de extensão. Para Melo, a Via Estruturante Sul é um projeto que vem solucionar a grande demanda relativa à mobilidade urbana. Ele chegou a encomendar uma contagem volumétrica para dimencionar o tráfego na confl uência da MG-030 na altura do pontilhão, próximo ao Posto Fernanda e a via Stael Bicalho, que apontou um fl uxo diário de 27 mil veículos originários de Nova Lima.

7 PEDÁGIO NA BR 040 Agora são os moradores de Moeda que não querem o pedágio Depois de Nova Lima pedir a transferência de praça de pedágio, agora para o km 571, após entrada dos condomínios, a Prefeitura de Moeda envia ofício à ANTT por nova alteração. gora é a vez de moradores de AMoeda tentarem fi car livres da cobrança do pedágio que está previsto no edital de privatização da BR-040. Os moradores de Nova Lima lutaram muito para transferir a instalação da praça de pedágio prevista inicialmente para o km 562 da rodovia, e que foi deslocada para o km 571,5 para atender as reivindicações da população e trabalhadores dos condomínios situados às margens da rodovia. O pedágio realmente foi modifi cado do KM 562 para o KM 571,5, porém não benefi ciou os moradores de Moeda e do Condomínio Aconchego da Serra. A entrada da estrada de Moeda e do próprio Condomínio Aconchego da Serra situa-se no KM 576 da rodovia e, assim, continuaremos prejudicados, protesta o morador Fábio Chaves que compartilha da indignação dos moradores de Moeda. Os moedenses alegam que serão obrigados a pagar pedágio para ir para o trabalho, além de colocar em risco a viabilidade da atividade de pequenos produtores rurais e dos fabricantes de doce, uma das principais atividades do município. Nesse sentido, a Prefeitura de Moeda encaminhou um ofício à direção da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para apresentar o problema antes do encerramento da audiência pública que discute o edital de concessão da rodovia. A população de Moeda tem baixo poder aquisitivo. Em sua maioria, vive da produção de doces e queijos. Outra fonte de renda é a prestação de serviços em condomínios de alta renda, diz o documento assinado pelo prefeito Jânio Acyr Moreira. Não temos um sistema de transporte coletivo com muitas opções de horários para Nova Lima e BH. Para trabalhar, fazer compras, receber tratamento de saúde ou estudar, nossa população utiliza, em sua maioria, veículos próprios, adquiridos e mantidos com dificuldade frente à renda familiar média do município, diz o texto do prefeito Jânio Moreira. A reclamação da Prefeitura de Moeda é de que o pedágio estava situado antes do trevo de Ouro Preto. O deslocamento de quase 10 quilômetros o coloca entre Moeda e o trevo. Com isso, os moedenses que prestam serviço no condomínio Alphaville e outros próximos seriam obrigados a pagar a tarifa. A proposta do município é de que a praça seja reposicionada depois do km 576, ou seja, depois da entrada de Moeda. A cidade sofre escassez da oferta de educação e de empregos. Muitos buscam isso exatamente nos condomínios, afi rma o prefeito. Outro detalhe argumentado pela Prefeitura de moeda é que a fábrica da Coca-Cola em construção em Itabirito será instalada a cerca de 500 metros do local previsto para a praça de pedágio. Com isso, os mais de mil empregados serão obrigados a pagar a tarifa diariamente para se deslocar até o emprego. Apesar da reivindicação dos moradores e empresários de Moeda, um detalhe foi decisivo para a ANTT acatar o pedido dos nova- -limenses: documentos emitidos pela prefeitura comprovavam que o local onde a praça seria instalada era um trecho urbano, conforme foi apresentado pelo deputado Fred Costa (PEN) que intermediou a luta dos moradores e trabalhadores de Nova Lima. Nova Lima inaugura delegacia da mulher naugurada no último dia I16 de outubro, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Nova Lima. Com objetivo de atender mulheres vítimas de violência, a Delegacia é fruto do esforço conjunto de órgãos como a Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres vinculados à Prefeitura e a Polícia Civil do Estado. Trata-se de um marco histórico para o nosso município e será essencial para integrar a rede de serviços em defesa dos direitos da mulher, afi rma Maria de Lourdes Borges, que coordena as políticas para as mulheres em Nova lima. De acordo com a Delegada Regional de Nova Lima, Glória Duarte, I N F R A E S T R U T U R A Foto: divulgação crimes cometidos contra as mulheres. As delegacias especializadas no atendimento à Mulher tem como função imediata suas atribuições judiciárias, sendo responsáveis pela apuração dos crimes praticados contra as mulheres no ambiente doméstico e familiar, mas buscam acima de tudo serem um lugar privilegiado e diferenciado de atendimento às mulheres, num ambiente adequado, reservado e com profi ssionais a Delegacia tem o objetivo de prestar um atendimento especializado qualifi cados, afi rma. às mulheres vítimas de violência Serviço: Delegacia Especializada de de gênero em caráter repressivo Atendimento à Mulher de Nova Lima. e preventivo, realizando ações de Rua Joviano Assis Fonseca, nº 41, Cariocas. Telefones: (31) / apuração e investigação das infrações penais, visando a redução de (31) Nº 174 7

8 8 Nº 174 Vila da Serra: pedestres reclamam de calçada assunto já foi abordado em várias edições do JORNAL BEL- O VEDERE & Condomínios de Nova Lima mas a cada dia mais moradores, trabalhadores e transeuntes protestam contra as péssimas condições dos passeios da Alameda da Serra, no Vila da Serra, o bairro vizinho ao Belvedere. Segundo o leitor e empresário Francisco, que preferiu se identifi car apenas pelo primeiro nome, em alguns quarteirões, os pedestres e moradores convivem com a beleza e a modernidade das calçadas e do paisagismo, e em outros com o lixo e descarte de materiais, a inexistência de passeios, ambulantes, enfi m com o desleixo. Conta Francisco: Há poucos dias li no jornal uma denúncia sobre um passeio na Alameda da Serra, ao lado da Pizzaria Mangabeiras. Ele não estava feito, só em terra e, após a reportagem, a medida foi C O M U N I D A D E Ambulantes sujam entradas de estabelecimentos o mesmo lado do estacionamento De a poucos metros dali a reclamação é outra, embora recorrente. Após o término do horário de funcionamento de um restaurante, ambulantes tomam conta do espaço na entrada deste comércio e instalam ali barraquinhas para vendas de churrasquinho, comidas e até bebidas. O negócio dos ambulantes funciona durante a noite, sem nem uma fi scalização por parte da prefeitura de Nova Lima. No mesmo local onde estocam e servem os tais churrasquinhos, funciona também o banheiro a céu aberto -, isto tomada e foi solucionado. Aqui no imóvel ao lado onde tenho a minha empresa há um estacionamento que desde sempre nunca teve um passeio pavimentado. O chão de brita, além de ser muito feio, propaga a poeira por todos os lugares e, as irregularidades no chão causam acidentes como já aconteceu comigo (uma torção no pé) e em uma mesmo, um banheiro com todos os dejetos humanos que se possa imaginar, obrigando os comerciantes a lavarem o local no dia seguinte. Também há o descarte de lixo orgânico, restos de bebidas, matérias descartáveis plásticos e detritos que atraem insetos como baratas e roedores. Os comerciantes estabelecidos no local reclamam que trabalham dentro da lei, cumprem suas obrigações mas precisam, diariamente, limpar a porta de seus estabelecimentos antes abrirem os mesmos. Isso é um absurdo, nós pagamos impostos, alugueis caros, senhora que acabou escorregando. Isto é uma vergonha, a Prefeitura de Nova Lima precisa tomar uma providência e exigir deste proprietário melhoria na calçada. São inúmeros os empresários e pedestres que relatam os perigos para quem passa pelo local. Realmente, a poeira tem prejudicado muito as pessoas. Este estacionamento, na verdade um local adaptado para tal, já abrigou um antigo bingo que foi fechado pela polícia e está bem em frente a dois hospitais, o Vila da Serra e o Biocor, além de um hotel de luxo e vários consultórios e clínicas médicas. Se o proprietário quer explorar o estacionamento, tudo bem, mas precisa fazer as melhorias devidas e indispensáveis, até mesmo para dar mais condições a seus clientes e aos seus vizinhos, ressalta a médica Júlia de Assis, que tem um consultório próximo ao local. mantemos tudo organizado e ainda tempos que limpar o que não é de nossa responsabilidade, e da falta de fi scalização por parte da prefeitura de Nova Lima, relata Roberto Assis, que trabalha no local. Ainda segundo ele, os comerciantes instalados na via, embora realizem sistematicamente ações de desratização e dedetização em seus estabelecimentos, estão sendo prejudicados com a permanência dos ambulantes no local e do lixo produzido por eles. Com a palavra, a fi scalização e a Prefeitura de Nova Lima! Lagoa Seca já tem academia ao ar livre á estão montados os aparelhos Jpara a prática de ginástica na orla da Lagoa Seca. Os equipamentos foram instalados por solicitação da Associação dos Amigos do Bairro Belvedere (AABB) junto à Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e faz parte do Programa Academia a Céu Aberto, criado pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL). Conforme foi noticiado pelo JORNAL BELVEDERE, as obras para a instalação dos equipamentos junto ao gramado da esquina das ruas Elza Brandão Rodarte e Juvenal de Melo Senra foram concluídas e os equipamentos instalados que estão à disposição dos moradores. O objetivo desse programa é lançar a oportunidade para moradores e trabalhadores se exercitarem em um ambiente aberto e Foto: Vinícius Leon agradável, garantindo momentos de bem-estar e contato com a natureza. Criado em 2010, o Programa Academia a Céu Aberto equipou praças e espaços livres da cidade com aparelhos de ginástica em praticamente todas as nove regionais. No Belvedere, os moradores contam com três academias a céu aberto: uma na Praça Íris Valadares, outra na Praça da Criança Ney Werneck e agora na Lagoa Seca. Atualmente, 14 espaços contam com as academias a céu aberto e até o fi nal do ano cerca 36 novas serão montadas pela PBH, totalizando 50 pontos para prática de exercícios físicos ao ar livre e sem qualquer custo. Todos os aparelhos são adaptados e implantados em espaços de fácil acesso. A ideia é atender todos os públicos, inclusive, atletas e o da terceira idade.

9 Nº 174 9

10 174 10Nº Conartes celebra aniversário com três lançamentos Construtora lança dois empreendimentos na Capital mineira e um em São Paulo. A Conartes Engenharia, uma das Perspectiva: divulgação maiores construtoras do mercado de alto luxo de Minas Gerais completa 33 anos de solidez, credibilidade e grande sucesso. Junto ao aniversário, a construtora aproveita para apresentar mais novidades para o mercado. Até o fi nal do ano teremos mais três lançamentos, o do Ed. Saint Paul de Vence e o Condomínio Bordeaux Residence em Belo Horizonte e o nosso vendas desses produtos, a Conartes pôde Condomínio Bordeaux Residence construído pela Conartes em Belo Horizonte segundo empreendimento em São Paulo, o celebrar também o ótimo resultado que obteve no primeiro semestre de 2013, quando Voir Aclimação, explica gerente de Comunicação e Marketing, Thiago Xavier. atingiu um crescimento de 30% no volume de Presente nos bairros mais nobres de vendas, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Conseguimos nos des- Belo Horizonte, a Conartes já lançou quatro empreendimentos esse ano, sendo dois residenciais, o Don Cielo e o Solange Pretti, e produtos diferenciados, que apresenta ótimo tacar diante do mercado devido aos nossos dois comerciais, o Business Santo Agostinho custo-benefício para seus moradores, explica o e o Offi ce Guajajaras. Devido ao sucesso de gerente. E M P R E E N D I M E N T O S Oportuniday Patrimar é sucesso erca de 900 pessoas passaram pelo 1º COportuniday realizado pela Patrimar e a Novolar no último dia 5 de outubro, no estande da construtora localizado na Av. Luiz Paulo Franco, no Belvedere. O evento caracterizou por ser uma ótima oportunidade para quem desejava adquirir imóveis com o selo de qualidade da construtora e com condições especiais. O 1º Oportuniday totalizou R$ 30 milhões em vendas, entre imóveis residenciais e comerciais. Os empreendimentos tiveram desconto de até 25% na compra e estavam localizados em diversos bairros da cidade, como: Funcionários, Anchieta, Savassi, Buritis, Vila da Serra, São Pedro, Santo Agostinho, entre outros. Para a gerente de marketing do Grupo Patrimar, Larissa Castro, o 1º Oportuniday Ricardo Frahya, Lucas Couto, Larissa Castro e Fernando Campos Foto: divulgação foi um sucesso devido ao empenho de todos os parceiros e pela qualidade dos empreendimentos Patrimar já conhecidos pelo público.

11 M E I O A M B I E N T E siriris ou aleluias voam ao redor da lâmpada em busca de acasalamento e formação de novas colônias. O cupim de solo é a espécie que causa mais danos, pois aproveitam as imperfeições das edificações, como juntas de dilatação, espaço entre colunas hidráulicas e alvenaria e redes elétricas para invadirem as residências e formarem ninhos secundários. Esses cupins se alimentam de materiais à base de celulose, como livros, madeira dos armários embutidos, batentes, guarnições e rodapés, explica Daniela Santos. A formiga urbana atua como vetor mecânico de microorganismo patogênico e pode transmitir bactérias, pois transitam em pequenos espaços e podem ser levadas e trazidas para diferentes locais como residências, hospitais e restaurantes por meio de objetos, vasos de plantas, caixas de madeira ou até outras pessoas. Se a pessoa não estiver preparada e orientada para controlá-las, essas pequenas e aparentemente inofensivas formiguinhas podem contaminar ambientes e alimentos com microorganismos de diversas doenças, alerta a bióloga. As temidas baratas também são vilãs da Nº 174 Primavera é também a época das pragas urbanas Com a chegada da estação há uma explosão na população de pragas e as que mais se proliferam são o cupim, a formiga urbana e as baratas. ue a primavera é a estação das fl ores e a na- fi ca mais bela e vistosa todo mundo Qtureza já sabe. Que também é época de mudança de coleção na moda, a maioria das mulheres tem conhecimento, já que a temperatura vai subindo ao longo do ano para chegar até a época mais quente do período, que é verão. Mas, o que a maioria das pessoas não sabe é que a primavera é também a estação das pragas urbanas. Segundo Daniela Fernanda dos Santos, bióloga da ByControl Soluções em Controle de Pragas, o aumento da temperatura e umidade no período da primavera favorece a reprodução das pragas urbanas. Os insetos e roedores se produzem mais quando aumenta a temperatura e umidade. Desta forma, nesta época do ano temos uma explosão na população de pragas, pois seu metabolismo aumenta e há grande oferta de alimento e água, destaca. Pragas mais comuns Com a chegada da primavera, as pragas que mais se proliferam são o cupim, a formiga urbana, a lagarta e as baratas. As revoadas de cupim são famosas neste período, quando os temporada. Como estão constantemente em contato com todos os tipos de resíduos, restos de alimentos e esgoto, podem transportar vários tipos de bactérias e fungos que causam sérias doenças, como cólera, diarréia, toxoplasmose e tétano. As baratas têm uma grande capacidade reprodutora, chegando a colocar 420 ovos em seu ciclo de vida dependendo da espécie, buscam abrigo em locais de difícil acesso e se alimentam de restos de alimentos e dos mais diversos resíduos, destaca Daniela. Dicas importantes É preciso que os ambientes, tanto residenciais quanto comerciais, sejam bem higienizados, usando diariamente aspirador de pó e produtos de limpeza. Estas medidas simples representam grande importância na prevenção de proliferação dessas pragas em casa. Os cuidados preventivos com limpeza e organização dos ambientes 11 são os primeiros e grandes passos no controle dessas pragas. Aliado a isso, o uso correto de produtos específi cos contribuem para a eliminação de insetos indesejados, afi rma Daniela Santos, da equipe da ByControl. A orientação de uma equipe especializada no assunto é o segundo passo importante a ser dado. Somente profi ssionais qualifi cados e constantemente treinados podem fazer a prevenção correta contra as pragas urbanas. Por isto, a bióloga dá mais algumas dicas importantes para garantir a saúde e a qualidade de vida em qualquer ambiente: Instalar barreiras para impedir o acesso de insetos para dentro do lar ou empresa; Vedar frestas para evitar que eles se escondam e se reproduzam; Manter o ambiente limpo e organizado para evitar oferta de alimento e abrigo. AS MELHORES GRIFES ESTÃO AQUI! AD CHICCO AGUA FRESCA CORPO BONITO ANIMALE ELLUS AREZZO EQUIPAGE BEST BAG EXCLUSIVE BOBÔ HAVAIANAS BRASOLIN JHON JHON CARLOS MIELE LE LIS BLANC CARMEN STEFFENS M. OFFICER CAVALERA MIZUNO NOIR, LE LIS TERRITÓRIO PLANET GIRLS TIMBERLAND POLO USA TNG POLO WEAR TOPPER RAINHA TRIBËCA RICHARDS TRITON SALINAS E MUITO MAIS... SCHLEIFE SKETCH EM BREVE: SPICY IORANE E VILLA VITTINI Rodovia BR 356, nº Belvedere (Estacionamento Gratuito) (31) facebook.com/bhoutlet twitter.com/bhoutletplus EXPANSÃO: EM 2014 MAIS 100 NOVAS LOJAS!

12 174 E D U C A Ç Ã O 12Nº Respeitem a honra dos que merecem isto Por Walmir Braga * Vou falar sobre uma pessoa que não precisa de defesa. O faço por minha vontade, de forma até um pouco destemida e pueril. Não tenho relacionamento profi ssional ou de amizade com ele. Uma única vez estivemos juntos, na Rádio Nova Lima FM 87,9. Foi antes das ultimas eleições. No programa, falamos sobre a APAC de Nova Lima. Conversamos e trocamos algumas poucas experiências. Vi nos olhos dele e em suas eloquentes palavras, a sincera crença sobre a necessidade da soci8edade dar condições dignas para que os presos paguem suas sentenças em condições que lhes permitam o reingresso na vida comum como homens de bem. Este é todo o relacionamento que até hoje tive com ele. Foi o sufi ciente. Alguns homens tem uma história e uma retidão ética que fazem com que sejam conhecidos no primeiro olhar ou ao longe, até por traz das montanhas. Desempenham sua função com toda garra. São destemidos, mesmo decidindo questões que se referem àquilo que de mais solene tem todo e qualquer cidadão: a liberdade e a dignidade. Para quem milita na advocacia por décadas, aprendemos que existem juízes e juízes, tribunais e tribunais, homens e homens. Dr. Juarez Morais de Azevedo está há 22 anos em Nova Lima. Há 25 é juiz. Sua carreira não tem máculas conhecidas. Como homem, nem as que todos temos direito carrega. Agora tentam denegri-lo acusando-o de ter sido parcial e político em sua decisão recentemente proferida e que deve fi car na história desta cidade. Para quem conhece o Foto: divulgação processo, sabe todo o cuidado que ele teve para sentenciar. Ele mesmo definiu como sendo o processo que mais o exigiu em toda a sua carreira de magistrado. Vale a pena copiar o trecho da sentença: Antes de iniciar o exame dos autos, devo deixar consignado que este é o feito que mais exigiu deste Magistrado, seja em tempo, seja em dedicação, seja em estudo, seja em refl exão, posto que não se pode olvidar de sua importância para a vida dos nova-limenses e em especial daqueles dele diretamente envolvidos, cabendo ressaltar que este juiz tem profundo respeito pelo investigado... o que já tornei público em diversas oportunidades que de forma exemplar aceitou e desempenhou durante largo espaço de tempo, logo no início de minha jornada jurisdicional nesta comuna, quando não existia Defensoria Pública nesta Comarca. O trabalho que hoje é desenvolvido por essa notável instituição, fazendo com que os trabalhos da Vara Criminal, da qual sou titular há vinte e dois anos, caminhando para os vinte e três, estejam no momento presente, não obstante o vertinoso crescimento, em patamar muito próximo do ideal e, o investigante..., que com coragem e de forma visionária a nós ombreou na construção da APAC local, estabelecimento prisional modelo que proporciona o tratamento humanitário do homem preso. Poderia eu, por esses motivos, alegar suspeição, livrando-me deste julgamento que não farei e diga-se de passagem, nem foi arguida por qualquer das partes -, pois tenho ciência e consciência de minha função e de meu dever para com meus jurisdicionados, atento na sempre atual lição de Eduardo Couture: Da dignidade do juiz depende a dignidade do direito. O direito valerá, em um país e um momento histórico determinados, o que valem os juízes, como homens. O dia em que os juízes tiverem medo, nenhum cidadão poderá dormir tranquilo. Foram com estas palavras que o Dr. Juarez começou a dar a sentença que agora tentam mudar atacando o homem, o juiz, a ciência e consciência do magistrado que carrega em seu peito com uma história inatacável. Não façam isto! Mudem a sentença com argumentos jurídicos sobre as provas e o direito discutido no processo, mas não jogando pedras naquele que honrou seu mister. Poderia aqui listar uma série de entendimentos dos tribunais sobre se a legalidade (ou não) do Dr. Juarez ter julgar o processo. Para isto teria de levantar questões técnicas e sobre as quais cabe ao TRE ou TSE decidir. Os advogados das partes saberão usar o que diz a lei e o que já entendeu a justiça sobre isto. Não preciso dar minha opinião. Deixo apenas este singelo pedido, como já dito, quase que juvenil, de uma pessoa que aos 55 (quase 56) anos ainda acredita que o Brasil merece e terá um futuro melhor: deixem a honra dos honrados em paz! Durmam tranquilos. Em Nova Lima temos um juiz digno! * Walmir Braga é advogado e presidente da Frente de Associações e Condomínios em Defesa do Trânsito do Vetor Sul. Jucemg e Sebrae promovem palestras em Nova Lima Junta Comercial do Estado de Minas A Gerais e o Sebrae Minas, vão realizar a partir das 15 horas no próximo dia 31 de outubro, as palestras Registro de Empresas e Abri minha empresa! E agora?, no Sindicato dos Mineiros - Praça Bernardino de Lima, 65 Cento. O evento gratuito faz parte do programa dos Arranjos Produtivos de Capacitação (APCs), que desde 2011 tem levado conhecimento para empreendedores, empresários, advogados, administradores, contabilistas, contadores, estudantes e à sociedade de modo geral e conta com a parceria e apoio da Prefeitura Municipal de Nova Lima. Entre os temas que serão abordados destacam-se o serviço Minas Fácil, realizado em parceria com a Receita Federal, Secretaria de Estado de Fazenda, Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Prefeituras Municipais; o papel de cada órgão, secretaria e demais responsáveis envolvidos no processo de abertura de empresas; além dos demais serviços prestados pela autarquia. O serviço Minas Fácil é responsável pela simplifi cação dos processos para abertura de novos negócios no Estado, tem como objetivo central tornar mais simples e ágeis as relações dos cidadãos e empresas com o poder público, por meio dos serviços prestados em parceria com a Prefeitura Municipal, dentre outros órgãos. Na oportunidade, serão discutidas ainda, melhorias de procedimentos e otimização de resultados na Unidade Jucemg, instalada desde maio de 2012 no município. Nova Lima conta atualmente com mais de empresas ativas e registra em média, 23 empresas por mês, a maioria delas voltadas para o comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios. A arte de ensinar inspira alunos O que você quer ser quando crescer? Geralmente, quando se faz essa pergunta às crianças, as respostas são as mais variadas. O que surpreendeu a direção pedagógica do Loyola e os coordenadores do Ensino Fundamental I é que cerca de 100 alunos querem seguir a carreira de professor, segundo dado levantado pelo Colégio por meio de uma enquete. Essa resposta pode indicar a possibilidade de alguns alunos integrarem o quadro docente do colégio, como vem ocorrendo há décadas. Atualmente, o Loyola tem em seu quadro de professores 10 antigos alunos que lecionam Ciências, Matemática, Biologia, Português e Sociologia. Foi justamente o ambiente escolar que inspirou a maioria deles a seguir a carreira. Matheus Pagy, da área de Ciências, desempenha, há seis anos, no Loyola, o trabalho como professor e afi rma que sempre pensou em voltar para o Loyola como professor. Estudei no colégio por 12 anos e tive vários professores que me inspiraram e, hoje, alguns dividem comigo o mesmo ambiente de trabalho.

13 PROCURA-SE E D U C A Ç Ã O 13 Nº Uma escola com ensino de qualidade, onde meu filho seja feliz e você procura essa escola, é Simportante que esteja informado dos atributos que intitulam uma escola de qualidade. A escola de qualidade é aquela que melhor prepara para o mercado de trabalho. Você pode achar prematuro procurar uma escola infantil que vise o futuro, mas esse pode ser o maior engano, pois as sementes são lançadas nessa fase, de 0 a 7 anos, onde os valores e a moralidade são construídos. E o mercado de trabalho, o que ele pede? Pede pessoas que trabalhem em equipe e é na escola infantil que daremos voz aos alunos, para que eles sintam-se seguros em opinar, em ouvir o outro e construírem juntos. O mercado busca pessoas que tenham boas relações interpessoais e para isso a escola infantil investe na auto-estima das crianças, condição para uma boa relação intrapessoal e consequentemente interpessoal. Pessoas que saibam administrar bem o seu tempo e planejar ações, atingindo seus sonhos e metas. A escola infantil contribui com o planejamento diário da rotina da criança na escola e também com os trabalhos com projetos, onde junto com o grupo são discutidas as estratégias para se chegar aos objetivos propostos, sejam eles através de pesquisas, entrevistas, excursões... O mercado quer pessoas que saibam lidar com as tecnologias, mas antes disso pede seres humanos, sensíveis ao outro e ao mundo, que façam trabalhos solidários e tenham consciência verde. A Educação Infantil é parte fundamental na formação de pessoas que atenderão esse mercado, pois é na escola infantil que as crianças iniciarão sua transição da fase egocêntrica, percebendo que o mundo não gira em torno só delas, mas que existem outras pessoas com sentimentos e desejos que devem ser respeitados. Na escola infantil eles aprenderão a pedagogia da empatia e receberão sementes que, se cultivadas com o apoio da família, podem os tornar diferenciais não só no mercado de trabalho, mas na vida. Ah, a felicidade que você procura para seu filho, essa depende de tudo isso, e nós, profissionais da Escola Visconde de Sabugosa, queremos fazer parte dessa construção junto com vocês. Venha nos visitar e conhecer a INFORME PUBLICITÁRIO nossa proposta de trabalho. Fotos: divulgação Lilian de Oliveira Costa Diretora Pedagógica Serviço Rua Paul Bouthilier,210 Bairro Mangabeiras Tel: com.br VOCÊ É NOSSO CONVIDADO! ALÉM DA MELHOR PIZZA DA CIDADE, A MANGABEIRAS TAMBÉM OFERECE DIVERSAS OPÇÕES DE SALADAS, MASSAS E NOSSA IMPERDÍVEL PICANHA NA CHAPA. DELIVERY Alameda da Serra, 322. Lj 01 Vale do Sereno

14 174 14Nº C O N E X Ã O T U R I S M O Por Paulo Queiroga Preços das passagens aéreas para os dias da Copa do Mundo estão estratosféricos imprensa tem publicado reportagens, em A especial a Folha de S. Paulo, mostrando que o preço das passagens aéreas compradas agora para os meses de junho e julho de 2014 chegam a custar dez vezes mais do que o valor cobrado normalmente, fora do período da Copa do Mundo de Durante audiência pública na Comissão de Viação na Câmara dos Deputados, o diretor- -presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranys, disse que a elevação dos preços ocorre porque está havendo grande procura, mas destaca que novos voos serão disponibilizados. Na defensiva, Guaranys considerou antecipado o debate sobre os preços das passagens aéreas no período da Copa do Mundo. Segundo ele, a malha aérea com a defi nição do número de voos durante a Copa só será defi nida em janeiro, depois do sorteio das chaves da competição. Só depois disso, ressaltou, será possível monitorar se as companhias vão cobrar valores abusivos nos bilhetes. Guaranys disse ainda que a Anac tem conseguido desenvolver um planejamento estratégico para os grandes eventos que tem sido bem- -sucedido. Ele citou a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude como situações em que a demanda dos aeroportos cresceu signifi cativamente, mas não foram registrados problemas na operação dos terminais. Não tivemos nenhum problema nos grandes eventos, apesar de os aeroportos estarem muito cheios. Poucos voos estão sendo comercializados hoje para junho e julho, aí funciona o que acontece no dia a dia: quanto mais cedo estou comprando, a companhia vê que há poucos assentos comerciais e eles são vendido mais caros. Mas, essa não é a malha aérea da Copa do Mundo ainda, disse Guaranys. As empresas podem livremente pedir os voos, mas elas estão aguardando as informações completas e teremos isso a parir do sorteio [das chaves da Copa] e esperamos ter a nova malha para a Copa aprovada a partir de janeiro. Aí sim, conseguir monitorar os preços que estão sendo praticados, acrescentou o diretor-presidente da Anac. Mesmo com a comercialização de novos voos, Guaranys não descarta elevação no preço das passagens durante a Copa. Como em todos os momentos de grandes eventos e grande fl uxo [de pessoas], é possível que os preços estejam mais altos. Não todos os preços com foi [publicado] na reportagem. Assim, como temos visto que os hotéis já comercializados estão com os preços mais altos, imagino que teremos alguns voos mais caros, mas teremos um grande número de voos que devem vir a público antes da Copa do Mundo, frisou. Da redação com Agência Brasil No ar, novo portal de viagens Com investimento de R$ 3 milhões, o segmento de Online Travel Agency (OTA) conta com o novo portal: Keroviajar.com, o primeiro portal genuinamente mineiro, que concorre com gigantes nacionais e internacionais. De acordo com a consultora da CWX Turismo, Marianne Frois, o Keroviajar.com chega ao mercado de turismo online para conquistar um nicho que nunca esteve tão aquecido no país. Assim, segundo Frois, a expectativa é que, em 12 meses, a empresa tenha um faturamento estimado em 30 milhões. O segmento já é responsável por um volume de vendas e negócios que ultrapassou 8,7 bilhões de reais no Brasil. Fotos: divulgação A KeroViajar.com será uma das poucas OTA s que disponibiliza gratuitamente uma plataforma mobile e um aplicativo para IOS ou Androide que pode ser baixado na Apple Store ou Google Play. Aqueles que não abrem mão dos smartphones e tablets poderão fazer a compra de passagens aéreas e reservar hotéis online e, ainda, o check- -in das principais companhias aéreas, completa. O site que entrou no ar no último dia 28 é uma iniciativa de um grupo de empresários e investidores que viajam frequentemente, em parceria com a agência CWX Empreendimentos de Turismo, localizada em Belo Horizonte. O endereço do portal é Nosso maior valor é ser de Minas. DO REAL PARA AS PRINCIPAIS MOEDAS DO MUNDO. Ouvidoria: Instituição autorizada pelo Banco Central do Brasil. Na Picchioni, você encontra as principais moedas em circulação no mundo e os cartões de viagem Rendimento pré-pagos internacionais, nas bandeiras Visa ou MasterCard. Então, quando for viajar, escolha o destino e faça uma escala na Picchioni. Sua viagem já começa bem por aqui. Visite a loja mais próxima de você: BH Shopping (1º Piso Loja 57) Minas Shopping Diamond Mall Shopping 5ª Avenida Boulevard Shopping Shopping Del Rey Em breve, Shopping Contagem Lojas abertas aos sábados. Consulte: (31)

15 15 Nº 17415

16 174 16Nº F O R M A Ç Ã O H U M A N A EDITORIAL Irmãos e irmãs, saúde e paz! Neste mês de outubro estive alguns dias fora por ocasião da peregrinação à Terra Santa e da gravação da nova temporada da Série Discípulus. Foram dias de muitas bênçãos. Mais que uma viagem, estar nos lugares santos onde Jesus Cristo viveu e realizou o seu ministério é uma oportunidade para aquecer a vida espiritual, renovar a fé e nos aproximar mais de Deus. Cada vez que piso naquelas terras, trago em meu coração a alegria de poder participar desse momento de oração e das novas experiências que vivo e compartilho com cada fi el. Já em relação à gravação da Série Discipulus, quero convidá-los para acompanhar esse belo trabalho de evangelização produzido pela NSRainha. São mensagens importantes que precisam ser levadas às outras pessoas. Assistam e ajudem na divulgação desses vídeos. Os mesmos podem ser vistos na TV Canção Nova ou no canal da paróquia no youtube. Que Deus os abençoe. Padre Alexandre Fernandes de Oliveira. A G E N D A Feira da Amizade Nos dias 28, 29, 30 de novembro e 1º de dezembro. 50 expositores vão participar da 19ª edição da feira realizada pela Pastoral do Tear. A C O N T E C E U Restaurando vidas em oração No dia 14 de outubro, o grupo de oração Restaurando Vidas recebeu o testemunho da mãe de um ex-detento que abriu o coração para partilhar a fé, a coragem e a esperança para o cumprimento da pena do fi lho. O grupo se encontra toda 2ª segunda-feira do mês, às 20h, no salão Pedro. Paróquia Nossa Senhora Rainha Rua Modesto Carvalho Araujo, 227, Belvedere - Belo Horizonte MG. Cep: Tel: (31) Site: Atendimento Paroquial De segunda a quinta-feira de 9h às 19h Sexta-feira de 9h às 18h Sábado de 9h às 12h Celebrações Eucarísticas Terça-feira: 7h Quarta-feira: 7h (Paróquia) - 16h (Hospital Biocor - 4º andar) Quinta-feira: 15h Adoração ao Santíssimo e às 19h, Missa Sexta-feira: 15h (Terço da Misericórdia e Missa) Sábado: 10h (Hospital Biocor - 4º andar) - 17h (Paróquia) Domingo: 8h45-10h30-12h - 17h45-19h30 Primeira terça-feira do mês: 19h30 - Missa. Pe. Alexandre Fernandes de Oliveira Pároco Finados, dia de agradecer pela vida e pelo amor o dia de Finados, a celebração reaviva recorda- de irmãos, pais, amigos, fi lhos. O dia é uma Nções oportunidade para agradecer o dom da vida e a história dos que faleceram, o bem que eles realizaram e a herança de amor que deixaram. Por isso, o dia é de amor, porque amar é sentir que o outro não morrerá nunca. Na Paróquia NSRainha, no dia 2 de novembro, a missa será às 17h. Mas, a celebração da vida eterna não é somente neste dia. O grupo de Apoio a Perdas Irreparáveis realiza reuniões mensais no Belvedere. A psicóloga Gláucia Rezende Tavares, coordenadora do API, escreve que a morte só existe onde não há memória. Ressuscitamos, continuamente, nossos mortos por meio da memória. O que a memória ama fi ca eterno. A morte tem sido tratada como uma evidência recusada. O sofrimento da partida está na proporção da nossa não aceitação desse evento. O momento da morte é o instante não do adeus e sim do a-deus, pois aqueles que amamos estão de partida para um lugar onde, por ora, não podemos ir junto. O a-deus é o nosso sagrado ofício, é a difícil entrega do corpo físico do nosso ente querido, dos planos idealizados e não realizados. Aceitar é um esforço da condição humana para admitir que morte e vida não são contraditórias, são complementares. Aceitar o que não tem saída pode NS RAINHA EM AÇÃO entro do Projeto Jovem Fanuel, existe o Dgrupo Acorda Meu Filho! Ele envolve a participação de jovens paroquianos preocupados com a melhoria do bem-estar de pessoas necessitadas em asilos, creches, presídios e hospitais. A nossa missão é evangelizar, levar um sorriso e espalhar amor entre as pessoas, explica o coordenador André Dutra. Cerca de 30 pessoas trabalham atualmente no projeto. A função vai desde a escolha da instituição que será visitada até a atuação com teatro e dança. André conta que a visita não é para levar ajuda humanitária, mas, evangelizar. Deus é amor, então, nossa missão é distribuir esse amor a quem precisa, onde for o chamado de Deus. Durante a visita, o grupo canta, dança, faz encenações teatrais, dependendo do público alvo. Se for para adultos ou idosos, a preferência é por teatro. Para criança, tem sempre muita música e dança, bem lúdico. O trabalho mais recente do grupo foi no dia das Crianças, quando o Acorda Meu Filho participou, junto com a Pastoral Social, de uma festa na Casa Santa Paula, no aglomerado Santa Lúcia, no Morro do Papagaio. Foi uma manhã de fraternidade, formação e acolhida amorosa. A Pastoral Social NSRainha está presente na comunidade do Morro do Papagaio desde 2004, e desenvolve projetos de reforço escolar, cursos de inglês, informática, massoterapia, cuidador de idosos bazar e ofi cina artesanal. Além desses projetos no Morro do Papagaio se tornar possível pela construção de sentido, como signifi cado e direção. Essa tarefa poderá ser suavizada se exercitarmos a nossa serenidade e nossa fé amadurecida. A grande chance que nos é dada pela morte de alguém a quem amamos é a oportunidade de revermos nossos valores e posições diante da vida. A saudade lembra-nos dos nossos queridos que voltaram ao Pai antes de nós. A saudade dói, mas não precisa ser confundida com o sofrimento. A saudade torna-se sofrimento quando a morte vem acompanhada da ilusão de uma ruptura absoluta com o nosso ente querido. A saudade é a permanência na lembrança que Acorda meu filho! e também em outras localidades da cidade e região metropolitana, a Pastoral Social tem novos programas: assistência jurídica e o projeto Sol Maior - iniciação musical e confecção de instrumentos, e novidades na área da saúde e culinária. O Acorda Meu Filho se prepara agora conserva junto de nós os gestos, os jeitos, as palavras, os risos, o legado da pessoa que partiu. A saudade tem um tempero de tristeza por ser uma presença do que fi cou ausente dos nossos olhos e também pode ter o cultivo da alegria do convívio da nossa amorosidade, a despeito da distância física. Que desenvolvamos a coragem de descobrir nossa força interior, ampliar novos horizontes e não desistir de amar. Que as nossas recordações vivam em nós e nos impulsionem a prosseguir. Que a nossa esperança numa vida e num amor eterno nos traga a paz hoje e sempre. Que possamos ampliar a nossa sensibilidade, fazendo da dor uma fonte de aprendizado, redescobrindo verdadeiros amigos e reconhecendo que o amor é mais forte do que a morte. O API vem se mostrando como uma das maneiras possíveis de se lidar com as mortes, perdas e lutos. É um espaço/tempo para se compartilhar. As reuniões acontecem na primeira terça-feira do mês, na Paróquia Nossa Senhora Rainha. Se você está vivendo um momento de perda e está difícil, participe, e se conhece alguém que está passando por um momento assim, ajude-o! O próximo encontro é dia 5 de novembro. Mais informações: ou para uma apresentação em um hospital que atende crianças com câncer. Queremos levar amor, alegria, esperança para acordar as pessoas para a vida e sorrir, viver o evangelho, conta André. Se você também quer fazer parte do grupo entre em contato por acordameufi

17 H O M E N A G E M ALMG homenageia Hospital de Olhos pelos 30 anos de fundação s 30 anos de existência do Hos- de Olhos Dr. Ricardo Gui- Opital marães, instalado no Vila da Serra, foram comemorados, no último dia 17 outubro, em uma Reunião Especial de Plenário na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A instituição de Nova Lima é considerada referência nacional em cirurgia de catarata, doença que reduz a capacidade visual em ambientes com baixa luminosidade. O autor do requerimento para a homenagem, deputado Vanderlei Miranda (PMDB), em seu pronunciamento, destacou que o pioneirismo tem sido a principal marca da instituição nessas três décadas de existência. Segundo ele, o sucesso deve-se ao comprometimento e à competência de Ricardo Guimarães e de sua sócia e esposa, Márcia Guimarães. Citando as especialidades do Hospital de Olhos, o deputado lembrou que ele foi o primeiro do País a introduzir a chamada lente intraocular para o tratamento da catarata. Miranda entregou aos dirigentes do hospital uma placa comemorativa. Ricardo Guimarães, por sua vez, agradeceu ao parlamentar pelas palavras e fez referência especial aos funcionários do hospital presentes à solenidade. Ele lembrou sua trajetória profi ssional e Instituição é referência nacional no tratamento de catarata e outras especialidades oftalmológicas. Além da certifi cação da Canadian Council on Health Services Accreditation (CCHSA), o Hospital de Olhos tem o reconhecimento da Organização Nacional de Acreditação (ONA) e ainda as ISO s 14001, de Sistema de Gestão Ambiental, e a 9001, de Sistema de Gestão de Qualidade, além da SA 8000, de Responsabilidade Social. Guimarães lembrou ainda a Ricardo Guimarães, presidente do atuação da Fundação H. Olhos, Hospital de Olhos, durante discurso na que desde 1988 presta assistência ALMG gratuita a crianças carentes que destacou que sempre quis merecer uma homenagem como a que oferece apoio à comunidade em sofrem de difi culdades visuais e recebeu na ALMG. Guimarães falou também sobre as certifi cações Compuseram também a mesa assuntos ligados à saúde ocular. conferidas ao hospital, a primeira de honra o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas instituição brasileira de oftalmologia a receber um certifi cado internacional de qualidade. o Dr. Viana (ex-deputado); a co- Gerais (TCE/MG) José Alves Viana, -fundadora do Hospital de Olhos, Márcia Reis Guimarães; e o vice-prefeito de Belo Horizonte, Délio Malheiros, que representando o prefeito Marcio Lacerda agradeceu aos dirigentes do hospital por todos os benefícios que a instituição trouxe para a cidade. Márcia e Ricardo Guimarães na Assembleia de Minas Nº Fotos/divulgação/ALMG/Pollyanna Maliniak Deputado Vanderlei Miranda, Márcia Reis Guimarães, Ricardo Guimarães, José Alves Viana e Délio Malheiros Obra de arquiteto mineiro é destaque no Canadá obra Jardim Morto II (foto), do A arquiteto mineiro Carlos Teixeira, é um dos destaques do Metis International Garden Festival, em Quebec, Canadá. A criação explora algo raro no meio paisagístico; o ciclo de vida e morte. Jardim Morto II apresenta um jardim feito com troncos fl utuantes abrigados dentro de uma estrutura que proporciona sombra e luz adequadas para que a matéria orgânica morta possa gerar vida. Uma série de corredores paralelos ativados por meio do elemento natural, incentiva o visitante a não só circular, mas a permanecer e a observar as novas formas de vida, como musgos e liquens que nascem nos troncos de cedros já mortos. A mostra está em sua 14ª edição e apresenta este ano seis novos projetos escolhidos por meio de um concurso internacional, disputado por 290 arquitetos, paisagistas e artistas plásticos de 23 países. A previsão é de que 200 mil pessoas visitem a exposição que fi ca em cartaz até o fi nal de outubro de 2013 e que será reaberta no verão de 2014 por causa do rigoroso inverno canadense.

18 174 18Nº Holiday Inn da Patrimar A Patrimar iniciou a etapa fi nal do Holiday Inn, o primeiro hotel da bandeira administrado pela Intercontinental Group (IHG) em Belo Horizonte, a ser inaugurado em março de E anunciou, durante um movimentado coquetel para o trade turístico, que as reservas para 2014 já estão abertas. Diamantina Gourmet Foto: divulgação A 4ª edição do Diamantina Gourmet Festival de Gastronomia e Cultura de Diamantina promete agradecer em cheio os amantes da boa música e da gastronomia mineira. Com o tema Homenagem à Bossa Nova, este ano o evento vai reunir os temperos e os ingredientes dessa região ao melhor do gênero musical criado, no fi nal dos anos 1950, por João Gilberto, Vinícius de Moraes e Tom Jobim. O festival acontecerá de 8 a 17 de novembro, oferecendo um roteiro gastronômico e cultural em diferentes endereços da cidade. Ao todo, são 11 restaurantes com participação já confi rmada neste tour de sabores. Cada restaurante vai criar um prato especial a ser oferecido durante o evento. Para os mais curiosos, não vão faltar causos e histórias sobre o tímido compositor que cantava baixinho, João Gilberto, e que morou alguns anos na cidade de Juscelino Kubitschek. Como escrito no livro Chega de Saudade, de Ruy Castro, a Bossa Nova era composta por uma miscelânea humana que tinha desde um diplomata como Vinícius, um músico sério como Tom e uma garota mortalmente tímida como Nara, até músicos com vasta quilometragem nos inferninhos. Weber Pádua N O S S O M E I O Por Goretti Senna Conhecimento além das fronteiras Os médicos Sandro Sabino e Antônio Eugênio Ferrari e a embrióloga Bernadette Ventura Veado da Clínica Vilara de Reprodução Assistida, acabam de retornar do maior evento mundial da especialidade. Os médicos participaram em Boston do 69º Encontro Anual da Sociedade Americana de Reprodução Assistida (ASRM Annual Meeting 2013). O objetivo da viagem foi o de atualizar o corpo clínico sobre os principais avanços e tecnologias no campo da infertilidade conjugal e fortalecer as parcerias internacionais da Vilara para a clínica continue oferecendo serviço de qualidade aos seus pacientes, explica Marco Melo, diretor científi co da Vilara. Entre os grandes especialistas na área de reprodução humana estava o japonês Kuwayama, pai do método Cryotop de vitrifi cação que tem assegurado às pacientes mais chances de engravidar. O método criado pelo especialista começou a ser implantado na Clínica Vilara do Hospital Vila desde sua abertura em O procedimento Foto: divulgação/cedida/joão Gonçalves A embrióloga Bernadette Veado da Clínica Vilara e o japonês Kuwayama, pai da técnica Cryotop de vitrifi cação, nos EUA, durante o Encontro Anual da Sociedade Americana de Reprodução Assistida envolve o congelamento do óvulo de forma mais rápida e efi ciente, evitando os cristais de gelo responsáveis por danifi car a estrutura dos óvulos. As Musas de Leopoldo Martins Foto: divulgação Depois da série Os grandes felinos, com esculturas imponentes e suntuosas, Leopoldo Martins parte agora para apresentar suas Musas, entrando no universo humano e fazendo uma leitura belíssima da beleza e sensualidade feminina. Com curadoria de Ricardo Chaves, a exposição foi aberta no último dia 24, no Palácio da Liberdade, mostrando as esculturas em bronze em movimentos diversos. A mostra é uma realização do Governo de Minas, através da Secretaria de Cultura. A América é do Galo Jogadores que deram a volta por cima, goleiro decisivo com jeito de predestinado, a força de um grupo apoiado na fé que reverteu placares difíceis e uma torcida que emocionou o País. Esses foram os componentes da conquista da Copa Libertadores da América e esse é o Clube Atlético Mineiro. A épica campanha do Galo na Libertadores está marcada na memória de todo torcedor atleticano. Agora, as emoções de cada partida do Atlético na competição estão eternizadas no livro A América é do Galo, escrito por Caio Ducca, conselheiro do Centro Atleticano de Memória. O livro, que será lançado dia 30 de outubro, as 17h, na Loja do Galo, em Lourdes, foi produzido em conjunto com o Atlético e contou com envolvimento de diversas áreas do clube. A América é do Galo retrata a trajetória do time na Libertadores, através de escrita exclusiva e de belas fotos. Os textos de Caio são enriquecidos com depoimentos exclusivos do técnico Cuca e de jogadores fundamentais para o título, como Victor, Diego Tardelli, Réver e Jô. Do gole d água de Ronaldinho Gaúcho na garrafa de Rogério Ceni antes do primeiro gol da equipe na competição, passando pela agonia do pênalti defendido por Victor nas quartas de fi nal, às viradas memoráveis na semifi nal e na decisão, Caio Ducca detalhou os momentos mais marcantes do Galo na competição com a experiência de quem reuniu grande parte do conteúdo veiculado sobre o time durante a Libertadores e a sensibilidade inerente ao torcedor alvinegro.

19 19 Nº 17419

20 174 E M P R E E N D I M E N T O S 20Nº Jardim Canadá ganha novo espaço de eventos Espaço BHZ será inaugurado no bairro ainda este ano. Local foi totalmente planejado para eventos sociais, empresariais, culturais e artísticos. erá inaugurado este ano, no bairro Jardim SCanadá, o Espaço BHZ, local para recepção de eventos que promete oferecer o que há de mais moderno, requintado e versátil para realização de eventos sociais, empresariais, culturais e artísticos. À frente do negócio estão o empresário Márcio Resende e sua filha, a advogada Natália Resende, que fi cará responsável pela administração e marketing da casa. Para oferecer um espaço refi nado e multifuncional, os sócios contaram com a consultoria dos melhores fornecedores do mercado de festas da cidade. Fizemos uma grande pesquisa pelos melhores profissionais do mercado de festas para que a casa ficasse impecável. Não existe um sistema de docas como o nosso na cidade, que irá facilitar o trabalho das equipes de decoração, som e iluminação. O pé direito alto permitirá criar diversos ambientes. Optamos por cores neutras e elegantes para transformar o local de acordo com o gosto do cliente, com opções de layouts variados e exclusivos. Pretendemos, com isso, trazer os melhores eventos da cidade para o Espaço BHZ, diz Natália. Ela explica que foi criada uma sala para noivas, com todo conforto e requinte, e outra exclusiva para o cerimonial. Além disso, os banheiros são equipados e sofi sticados. O espaço poderá receber eventos para até mil pessoas. Para concepção do local, os proprietários contrataram consultorias de renome do mercado de festas de Belo Horizonte, como a Nouveau Promoções que, com mais de 20 anos de mercado, realiza os mais prestigiados eventos da cidade. Um dos diferenciais da casa será a cozinha. O Espaço BHZ vai oferecer o serviço de bufê do Club do Chef, sob comando do chef italiano Massimo Battaglini, proprietário de alguns restaurantes da Capital, como Osteria Mattiazzi, Pecatore e Salumeria Central. Foi importante celebramos a parceria desde o início, pois definimos o melhor projeto possível para a cozinha, afirma Massimo. Foto: divulgação Segundo Massimo Battaglini, será a melhor cozinha de espaços para eventos, moderna, arrojada, equipada com aparelhos última geração, incluindo câmaras frias, estufa para os pratos e iluminação adequada, levando em consideração fatores importantes como segurança alimentar e higiene sanitária. O local poderá funcionar como padaria, açougue ou peixaria, garantindo produtos frescos aos convidados. O paisagismo, assinado pela conhecida Junia Lobo, também é um ponto forte. A efervescência do bairro Jardim Canadá como polo de eventos e cultura foi um dos motivos para escolha do local. Galpões na região atraem público com galerias, espaço para festas e shows, teatros, e restaurantes.

TERMO DE REFERENCIA PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL RCA PARA LICENCIAMENTO DE ÁREAS DE LAZER DE MÉDIO PORTE

TERMO DE REFERENCIA PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL RCA PARA LICENCIAMENTO DE ÁREAS DE LAZER DE MÉDIO PORTE TERMO DE REFERENCIA PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL RCA PARA LICENCIAMENTO DE ÁREAS DE LAZER DE MÉDIO PORTE Este Termo de Referência visa orientar na elaboração de PROJETO DE CONTROLE

Leia mais

LINHA DO TEMPO DA CONCESSÃO

LINHA DO TEMPO DA CONCESSÃO LINHA DO TEMPO DA CONCESSÃO Abril/14 Julho/14 Agosto/14 Outubro/14 Dezembro/14 Abril/15 Via 040 assume a BR-040 Início dos trabalhos de conservação e manutenção, realizados de forma contínua desde então.

Leia mais

Prefeitura anuncia plano de escavação dos túneis da Via Binário do Porto

Prefeitura anuncia plano de escavação dos túneis da Via Binário do Porto Prefeitura anuncia plano de escavação dos túneis da Via Binário do Porto A Prefeitura, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), da CET-Rio e da Concessionária

Leia mais

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DOS ANJOS GRAVATAÍ - RS Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor Bairro São Geraldo Nomes: Ana,

Leia mais

INSTRUMENTOS DO PLANO DIRETOR CARTILHA LEI DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO LUOS

INSTRUMENTOS DO PLANO DIRETOR CARTILHA LEI DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO LUOS Secretaria Municipal de Urbanismo INSTRUMENTOS DO PLANO DIRETOR CARTILHA LEI DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO LUOS Lei de Uso e Ocupação do Solo: Introdução Estamos construindo uma cidade cada vez melhor A Lei

Leia mais

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano

A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano A visão social em relação ao sistema de saneamento e a importância da sociedade na elaboração do plano Nossa Realidade 57% da população brasileira não possui coleta de esgoto (SNIS 2008) O Brasil é o 9º

Leia mais

BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS

BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS BOA GOVERNANÇA PARA GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS URBANAS PROGRAMA DRENURBS Um programa para integrar objetivos ambientais e sociais na gestão das águas Superintendência de Desenvolvimento da Capital -

Leia mais

Prefeitura faz obras na região do Riacho PREFEITURA ESPECIAL REGIÃO RIACHO

Prefeitura faz obras na região do Riacho PREFEITURA ESPECIAL REGIÃO RIACHO PREFEITURA FAZ INFORMATIVO DA PREFEITURA DE CONTAGEM Nº 1 - Janeiro de 2008 ESPECIAL REGIÃO RIACHO Prefeitura faz obras na região do Riacho A Prefeitura de Contagem prioriza investimentos na região do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUINA E S T A D O D E M A T O G R O S S O P O D E R E X E C U T I V O

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUINA E S T A D O D E M A T O G R O S S O P O D E R E X E C U T I V O LEI N.º 1.453/2013. SÚMULA: Autoriza o Poder Executivo Municipal a promover a Concessão de Direto Real de Uso em favor da Colônia Z-20 de Pescadores de Juína, da área urbana que menciona, e dá outras Providências.

Leia mais

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E INFORMAÇÃO - DI GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - GPO DIVISÃO DE PROCESSOS DE GESTÃO DIPG

DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E INFORMAÇÃO - DI GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - GPO DIVISÃO DE PROCESSOS DE GESTÃO DIPG DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E INFORMAÇÃO - DI GERÊNCIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO - GPO DIVISÃO DE PROCESSOS DE GESTÃO DIPG NORMA INTERNA: UTILIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE SINALIZAÇÃO DE OBRAS E

Leia mais

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais).

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais). PLANO DE GOVERNO - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PARTICIPATIVA PARA 2013/2016 COLIGAÇÃO O PRESENTE NOS PERMITE SEGUIR EM FRENTE - CANDIDATO A PREFEITO PEDRINHO DA MATA 11 Ações a serem realizadas por Secretarias:

Leia mais

Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte COPA 2014

Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte COPA 2014 INFRAESTRUTURA PARA A COPA 2014 Obras de Mobilidade Urbana em Belo Horizonte COPA 2014 Novembro/12 Agosto/2011 Empreendimentos de Mobilidade Urbana BRT Antônio Carlos/Pedro I Meta 1: Interseção com Av.

Leia mais

Relatório da 3 Oficina Pública (Ciclo A) do Processo Participativo

Relatório da 3 Oficina Pública (Ciclo A) do Processo Participativo PLANO METROPOLITANO (PDDI-RMBH) Relatório da 3 Oficina Pública (Ciclo A) do Processo Participativo 09 de Março de 2010 Sarzedo (18:30 às 22:00) Grupo R3 SUDOESTE (Itaguara, Itatiaiuçu, Mário Campos, Sarzedo,

Leia mais

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 OBJETIVO Estabelecer as regras e procedimentos para concessão de viabilidade técnica, aprovação de projetos e acompanhamento

Leia mais

Cidades e Biodiversidade

Cidades e Biodiversidade Cidades e Biodiversidade Curitiba, 26 a 28 de março Ronaldo Vasconcellos Vice-Prefeito de Belo Horizonte Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, é uma das maiores cidade do Brasil. BH Fica a 585 Km de

Leia mais

mais do mesmo? Bruno Milanez Recursos Minerais e Sustentabilidade Territorial Brasília, 2011 Universidade Federal de Juiz de Fora

mais do mesmo? Bruno Milanez Recursos Minerais e Sustentabilidade Territorial Brasília, 2011 Universidade Federal de Juiz de Fora Grandes minas em Congonhas, mais do mesmo? Bruno Milanez Universidade Federal de Juiz de Fora Recursos Minerais e Sustentabilidade Territorial Brasília, 2011 1 Estrutura Um breve histórico Efeitos da mineração

Leia mais

Audiência pública discute regularização das antenas de celular em Belo Horizonte

Audiência pública discute regularização das antenas de celular em Belo Horizonte Audiência pública discute regularização das antenas de celular em Belo Horizonte Posted on agosto 31, 2011 Para um público lotado, de aproximadamente 70 pessoas, o presidente da Câmara Municipal de Belo

Leia mais

Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014

Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014 Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014 Melhoria da Infraestrutura Viária e Transporte na Capital Abril/2011 Mobilidade Urbana em Belo Horizonte BRT Antônio Carlos/Pedro I Meta 1 VIADUTOS DE

Leia mais

INICIATIVAS INSPIRADORAS ESPAÇOS PÚBLICOS REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA SAVASSI BELO HORIZONTE MG

INICIATIVAS INSPIRADORAS ESPAÇOS PÚBLICOS REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA SAVASSI BELO HORIZONTE MG ESPAÇOS PÚBLICOS INICIATIVAS INSPIRADORAS REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA SAVASSI BELO HORIZONTE MG ÍNDICE INTRODUÇÃO PERFIL DA CIDADE OS PASSOS PARA A REQUALIFICAÇÃO DA PRAÇA DA SAVASSI DIRETRIZES DO PROJETO

Leia mais

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são:

Especialização em Direito Ambiental. 3. As principais funções das matas ciliares são: Pedro da Cunha Barbosa. Especialização em Direito Ambiental. Área do conhecimento jurídico que estuda as relações entre o homem e a natureza, é um ramo do direito diferenciado em suas especificidades e,

Leia mais

III - disciplinar a implantação adequada e o funcionamento dos sistemas de coleta, tratamento e disposição de esgotos sanitários;

III - disciplinar a implantação adequada e o funcionamento dos sistemas de coleta, tratamento e disposição de esgotos sanitários; PROJETO DE: EMENDA À LEI ORGÂNICA LEI COMPLEMENTAR LEI ORDINÁRIA RESOLUÇÃO NORMATIVA DECRETO LEGISLATIVO ( X ) Nº /2013 AUTOR/SIGNATÁRIO: Ver. GILBERTO PAIXÃO EMENTA: Dispõe sobre os serviços e obras para

Leia mais

PUBLICADO DOC 10/01/2012, p. 1 c. todas

PUBLICADO DOC 10/01/2012, p. 1 c. todas PUBLICADO DOC 10/01/2012, p. 1 c. todas LEI Nº 15.525, DE 9 DE JANEIRO DE 2012 (Projeto de Lei nº 470/11, do Executivo, aprovado na forma de Substitutivo do Legislativo) Institui o Projeto Estratégico

Leia mais

Foto de Gabriel Lordêllo, parte da exposição realizada no estande de vendas do Mirador Camburi. Visite e conheça outras imagens encantadoras.

Foto de Gabriel Lordêllo, parte da exposição realizada no estande de vendas do Mirador Camburi. Visite e conheça outras imagens encantadoras. SINGULAR exclusivo supremo único Morar Construtora LANÇA NOVO PROJETO INSPIRADO PELA NATUREZA E ASSINADO POR GRANDES NOMES. Reconhecida pela credibilidade e entrega no prazo, a Morar Construtora tornou-se

Leia mais

Número protocolo: PR.00796.00140/2011-7 Assunto: MATÉRIA DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE IRAÍ Data protocolo: 26/12/2011

Número protocolo: PR.00796.00140/2011-7 Assunto: MATÉRIA DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE IRAÍ Data protocolo: 26/12/2011 Número protocolo: PR.00796.00140/2011-7 Assunto: MATÉRIA DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE IRAÍ Data protocolo: 26/12/2011 Descrição: Encontra-se em trâmite nesta Promotoria de Justiça

Leia mais

Prezados Senhores, Itacir e Marlene Feltrin e filhos. Farroupilha - RS

Prezados Senhores, Itacir e Marlene Feltrin e filhos. Farroupilha - RS Prezados Senhores, Itacir e Marlene Feltrin e filhos. Farroupilha - RS Registramos com carinho a aproximação com a família Feltrin, iniciada em 1982. Foram mais de três décadas de respeito recíproco e

Leia mais

INSTRUMENTO DA OPERAÇÃO URBANA ÁGUA BRANCA

INSTRUMENTO DA OPERAÇÃO URBANA ÁGUA BRANCA INSTRUMENTO DA OPERAÇÃO URBANA ÁGUA BRANCA LOCALIZAÇÃO E CONTEXTO Jundiaí Campinas Rio de Janeiro Sorocaba Guarulhos OUC AB Congonhas CPTM E METRÔ: REDE EXISTENTE E PLANEJADA OUC AB SISTEMA VIÁRIO ESTRUTURAL

Leia mais

RUMO CERTO. Investimento seguro. Boletim informativo da F A Oliva & Cia. Ltda. Nº 30 - Julho / Agosto / Setembro de 2015. ANOS construindo sonhos

RUMO CERTO. Investimento seguro. Boletim informativo da F A Oliva & Cia. Ltda. Nº 30 - Julho / Agosto / Setembro de 2015. ANOS construindo sonhos RUMO CERTO ANOS construindo sonhos Boletim informativo da F A Oliva & Cia. Ltda. Nº 30 - Julho / Agosto / Setembro de 2015 Investimento seguro imóveis da f a oliva são ótimas opções para aplicar seu dinheiro

Leia mais

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Introdução A proposta de Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes

Leia mais

SÃO PAULO GANHA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE PARA REDUZIR ATROPELAMENTOS

SÃO PAULO GANHA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE PARA REDUZIR ATROPELAMENTOS SÃO PAULO GANHA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE PARA REDUZIR ATROPELAMENTOS Em 2010, a cidade de São Paulo registrou 7.007 atropelamentos resultando na morte de 630 pedestres. Apesar de representar uma

Leia mais

A PAVIMENTAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DA BR-135

A PAVIMENTAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DA BR-135 Ano 1, número 1 - Distribuição Gratuita, Venda Proibida A PAVIMENTAÇÃO E REVITALIZAÇÃO DA BR-135 Realizada pelo Ministério dos Transportes e executada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes

Leia mais

Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador

Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador Instituição executora do projeto: Centro de Pesquisas Ambientais do Nordeste (CEPAN) Coordenador Geral: Felipe Pimentel Lopes de Melo Coordenador Técnico: Maria das Dores de V. C. Melo Coordenação Administrativa-Financeira:

Leia mais

Compartilhar objetivos e alcançar um novo patamar em tratamento de resíduos sólidos. Essa é a proposta do governo de minas.

Compartilhar objetivos e alcançar um novo patamar em tratamento de resíduos sólidos. Essa é a proposta do governo de minas. Compartilhar objetivos e alcançar um novo patamar em tratamento de resíduos sólidos. Essa é a proposta do governo de minas. Compartilhar objetivos e alcançar um novo patamar no tratamento de resíduos.

Leia mais

PROJETO. Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Turma: 102

PROJETO. Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Turma: 102 PROJETO Desafios e possibilidades para uma vida melhor Turma: 102 Carolina Clack, Gabriela Scheffer, Lauren Scheffer e Victória Gomes. Desafios e possibilidades para uma vida melhor Trabalho apresentado

Leia mais

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação

Estatística de projetos de leis protocolados, aprovados e em tramitação PROPOSIÇÕES 2010 2011 Mensagens do Prefeito Municipal 084 79 Anteprojetos de Leis 056 26 Projetos de Leis (de autoria dos Senhores Vereadores) 098 70 Projetos de Leis Complementares 015 8 Projetos de Decretos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 031 Ação Legislativa 0001 - Execução da Ação Legislativa Manutenção das Atividades Legislativas FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006 - Defesa Jurídica do Município

Leia mais

Governo Estadual RS 509

Governo Estadual RS 509 1 - RODOVIAS / TRAVESSIA URBANA Governo Federal BR 158, BR 287 e BR 392 Governo Estadual RS 509 Governo Municipal Av. Helvio Basso 2 - MOBILIDADE URBANA Plano Diretor de Mobilidade Urbana TR está pronto.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL BOQUEIRÃO 18/03/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Realizações no dia

Leia mais

Documento Assinado Digitalmente

Documento Assinado Digitalmente LIA N.º LICENÇA DE INSTALAÇÃO DE AMPLIAÇÃO 253 / 2015-DL A Fundação Estadual de Proteção Ambiental, criada pela Lei Estadual n.º 9.077 de 04/06/90, registrada no Ofício do Registro Oficial em 01/02/91,

Leia mais

MEIO AMBIENTE CARTA AMBIENTAL DE GOIÂNIA

MEIO AMBIENTE CARTA AMBIENTAL DE GOIÂNIA CARTA AMBIENTAL DE GOIÂNIA Documento referendado pela plenária da I Conferência Municipal de Meio Ambiente de Goiânia. O momento mais importante de qualquer reflexão sobre os problemas de uma cidade é

Leia mais

Copasa obtém resultados eficientes no tratamento de esgoto em Serro

Copasa obtém resultados eficientes no tratamento de esgoto em Serro Copasa obtém resultados eficientes no tratamento de esgoto em Serro Inaugurada há pouco mais de 3 anos, Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) garante melhorias na qualidade da água do córrego Lucas, que

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL PORTÃO 25/03/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Propostas do dia 25

Leia mais

Invista no hotel certo

Invista no hotel certo Invista no hotel certo O QUE VOCÊ PROCURA EM UM INVESTIMENTO HOTELEIRO ESTÁ AQUI. A economia de minas gerais cresce acima da média nacional: 5,15% no 1º trim./2011. Fonte: Informativo CEI-PIB MG _Fundação

Leia mais

Objetivo 1. Reduzir a Criminalidade Proposta Responsável/Sugestões Indicador

Objetivo 1. Reduzir a Criminalidade Proposta Responsável/Sugestões Indicador Coordenador: SEGURANÇA Visão: Que Santa Maria tenha os melhores indicadores de Segurança Pública, entre os municípios do Rio Grande do Sul com mais de 100 mil habitantes, garantindo a prevenção e o controle

Leia mais

PROJETO DE DEFESA DA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO A GRANDE DEVASTAÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO

PROJETO DE DEFESA DA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO A GRANDE DEVASTAÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO CADERNO DE METAS 2009 PROJETO DE DEFESA DA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO A GRANDE DEVASTAÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO Após longos anos de devastação e exploração, o povo e a cultura do Rio São Francisco vêem

Leia mais

Arquivo Público Municipal. Guia resumido de como criar um CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS

Arquivo Público Municipal. Guia resumido de como criar um CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS Guia resumido de como criar um Arquivo Público Municipal Transparência e acesso à informação para o exercício da cidadania CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS Guia resumido de como

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

ÍNDICE. Apresentação 03. Programação 04. Contatos da Organização 05. Confederação Brasileira de Automobilismo 06. Informações Úteis 07.

ÍNDICE. Apresentação 03. Programação 04. Contatos da Organização 05. Confederação Brasileira de Automobilismo 06. Informações Úteis 07. ÁGUAS DE LINDÓIA ÍNDICE Apresentação 03 Programação 04 Contatos da Organização 05 Confederação Brasileira de Automobilismo 06 Informações Úteis 07 Cidade Sede 07 Telefones úteis 09 Hotel Oficial 10 Calendário

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 TM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 SOLUÇÕES ENCAMINHADAS Constituição do COMITÊ PAULISTA (Grupo Executivo

Leia mais

Regulamenta o Fundo Estadual de Desenvolvimento de Transportes - FUNTRANS.

Regulamenta o Fundo Estadual de Desenvolvimento de Transportes - FUNTRANS. Regulamenta o Fundo Estadual de Desenvolvimento de Transportes - FUNTRANS. O Governador do Estado de Minas Gerais, no uso de atribuição que lhe confere o artigo 90, inciso VII, da Constituição do Estado,

Leia mais

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA SISTEMA DE ELABORAÇÃO DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS ESPELHO DE 001 - Construção do Contorno Ferroviário de Curitiba AUTOR DA Luciano Ducci 37050001 539 0141 - Promover a expansão da malha ferroviária federal

Leia mais

Infra-estrutura de Salvador: Prazo de validade vencido. Realização: Sinaenco

Infra-estrutura de Salvador: Prazo de validade vencido. Realização: Sinaenco Infra-estrutura de Salvador: Prazo de validade vencido Realização: Sinaenco Objetivos Alertar as autoridades e a sociedade sobre a urgência e a importância da adoção por parte dos órgãos públicos das três

Leia mais

SP-URBANISMO. Nova Luz Projeto Urbanístico Consolidado

SP-URBANISMO. Nova Luz Projeto Urbanístico Consolidado SP-URBANISMO Nova Luz Projeto Urbanístico Consolidado Setembro 2011 Perímetro da Nova Luz Sala São Paulo Parque da Luz Praça Princesa Isabel Largo do Arouche Igreja de Santa Ifigênia Praça da República

Leia mais

Create PDF with PDF4U. If you wish to remove this line, please click here to purchase the full version

Create PDF with PDF4U. If you wish to remove this line, please click here to purchase the full version RECOMENDAÇÃO Nº 002/2010 (Prodemac) O Ministério Público do Estado do Amapá, por seu representante legal com atuação na Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, Conflitos Agrários, Habitação e Urbanismo,

Leia mais

SINDUSCONPREMIUM 2014

SINDUSCONPREMIUM 2014 SINDUSCONPREMIUM 2014 R E S I D E N Z I A L E S A N T A G A T A B O L O N G N E S E Categoria Produtos e Lançamentos Imobiliários Empreendimentos de Pequeno Porte 01 APRESENTAÇÃO DAS EMPRESAS Exacta Engenharia

Leia mais

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE LENÇÓIS Rua Nossa Senhora da Vitória, s/n Centro 46.960-000 CNPJ: 14.694.400/0001-59 Tel.

ESTADO DA BAHIA PREFEITURA MUNICIPAL DE LENÇÓIS Rua Nossa Senhora da Vitória, s/n Centro 46.960-000 CNPJ: 14.694.400/0001-59 Tel. DECRETO Nº 103/2015 Regulamenta a ocupação do solo, organiza o comércio, a vigilância sanitária, o tráfego, a segurança em geral e a proteção dos menores, o receptivo turístico e a programação cultural

Leia mais

Região Metropolitana de Belo Horizonte e Norte de Minas receberão novos investimentos em abastecimento de água

Região Metropolitana de Belo Horizonte e Norte de Minas receberão novos investimentos em abastecimento de água Região Metropolitana de Belo Horizonte e Norte de Minas receberão novos investimentos em abastecimento de água Governador Antonio Anastasia preside solenidade na qual foi assinado contrato para a implantação

Leia mais

PROJETO DE LEI N o 785, DE 2011 (Apenso o Projeto de Lei nº 910, de 2011)

PROJETO DE LEI N o 785, DE 2011 (Apenso o Projeto de Lei nº 910, de 2011) COMISSÃO DE VIAÇÃO E TRANSPORTES PROJETO DE LEI N o 785, DE 2011 (Apenso o Projeto de Lei nº 910, de 2011) Dispõe sobre a obrigatoriedade de existência de Pontos de Apoio nas rodovias e dá outras providências.

Leia mais

Cidade de São Paulo. 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011

Cidade de São Paulo. 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011 Cidade de São Paulo 3ª CLÍNICA INTEGRADA ENTRE USO DO SOLO E TRANSPORTES Rio, out/2011 LOCALIZAÇÃO POPULAÇÃO (Censo 2010) RMSP...19.683.975 habitantes Município de São Paulo...11.253.563 habitantes Estatuto

Leia mais

O que é saneamento básico?

O que é saneamento básico? O que é saneamento básico? Primeiramente, começaremos entendendo o real significado de saneamento. A palavra saneamento deriva do verbo sanear, que significa higienizar, limpar e tornar habitável. Portanto,

Leia mais

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país

Você sabia que... Alguns fatos sobre o meu país Brasil Você sabia que... A pobreza e a desigualdade causam a fome e a malnutrição. Os alimentos e outros bens e serviços básicos que afetam a segurança dos alimentos, a saúde e a nutrição água potável,

Leia mais

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DO CENTRO DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DA CATURRITA EM SANTA MARIA-RS

DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DO CENTRO DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DA CATURRITA EM SANTA MARIA-RS DIAGNÓSTICO AMBIENTAL DO CENTRO DE TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DA CATURRITA EM SANTA MARIA-RS Carolina Gaspar Enderle (1) Aluna do curso Técnico em Segurança do Trabalho do Colégio Técnico Industrial

Leia mais

Medidas para a Humanização do Tráfego. A Cidade que Queremos

Medidas para a Humanização do Tráfego. A Cidade que Queremos Medidas para a Humanização do Tráfego A Cidade que Queremos Objetivo Publicação com o objetivo de divulgar, junto aos municípios, soluções técnicas para a humanização do trânsito. Estrutura Introdução

Leia mais

LEI DA CALÇADA. Vamos fazer de São José um lugar cada vez melhor para se viver!

LEI DA CALÇADA. Vamos fazer de São José um lugar cada vez melhor para se viver! APRESENTAÇÃO Planejar uma cidade também significa cuidar da circulação das pessoas, garantido segurança e igualdade. Muitas pessoas caminham somente a pé, ultrapassando 30% de todos os deslocamentos de

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral

Pesquisa de Opinião Pública Nacional. Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Pesquisa de Opinião Pública Nacional Associação dos Magistrados Brasileiros AMB Voto, Eleições e Corrupção Eleitoral Julho de 2008 Roteiro I. Metodologia II. III. IV. Eleições e Política Corrupção eleitoral

Leia mais

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBRAS, VIAÇÃO E TRANSPORTE COMISSÃO DO MEIO AMBIENTE. PROJETO DE LEI Nº 237/2012 Com o Substitutivo n o 1

COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBRAS, VIAÇÃO E TRANSPORTE COMISSÃO DO MEIO AMBIENTE. PROJETO DE LEI Nº 237/2012 Com o Substitutivo n o 1 COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBRAS, VIAÇÃO E TRANSPORTE COMISSÃO DO MEIO AMBIENTE PROJETO DE LEI Nº 237/2012 Com o Substitutivo n o 1 RELATÓRIO: De autoria do Vereador Amauri Cardoso, este projeto

Leia mais

Grande Florianópolis: Os melhores negócios acontecem aqui.

Grande Florianópolis: Os melhores negócios acontecem aqui. Beira-Mar de São José kplatz.com.br Grande Florianópolis: Os melhores negócios acontecem aqui. Crescer e se desenvolver. Palavras-chave que destacam a Região Metropolitana da Grande Florianópolis. As mais

Leia mais

Infraestrutura, Segurança e PPPs

Infraestrutura, Segurança e PPPs www.pwc.com Infraestrutura, Segurança e PPPs Dezembro, 2011 Agenda - Características de uma PPP - Alguns Projetos de PPP no Brasil - Exemplos de PPP em Infraestrutura e Segurança 2 Características de uma

Leia mais

ARCO METROPOLITANO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE OBRAS

ARCO METROPOLITANO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE OBRAS DO RIO DE JANEIRO HISTÓRICO 1974 - passou a integrar o Plano Rodoviário Estadual (PRE) como RJ-109, rodovia planejada do trecho entre a BR 040 e a BR 101 (Sul) 1977 e 1984 - O Estado contratou projeto

Leia mais

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé

Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Diretrizes para o Plano de Mobilidade Urbana 2015 da Cidade de São Paulo referentes à mobilidade a pé Introdução Este material surge como resultado do acompanhamento das apresentações do Plano de Mobilidade

Leia mais

Proposta de um SGA de efluentes líquidos para a Universidade Federal de Alfenas seguindo a série de Normas ISO 14000:2004

Proposta de um SGA de efluentes líquidos para a Universidade Federal de Alfenas seguindo a série de Normas ISO 14000:2004 Alexandre Ferreira Jefferson dos Santos Mariana Oliveira Samuel Rodrigues Proposta de um SGA de efluentes líquidos para a Universidade Federal de Alfenas seguindo a série de Normas ISO 14000:2004 Introdução

Leia mais

Parque Nacional da Serra da Bocaina Estrada Paraty-Cunha

Parque Nacional da Serra da Bocaina Estrada Paraty-Cunha Parque Nacional da Serra da Bocaina Estrada Paraty-Cunha Audiência Pública Ministério Público Federal Rio de Janeiro 01 de março de 2013 Localização Regional Paraty, Angra dos Reis e Ubatuba, importantes

Leia mais

Anexo 5.1.9 4 Layouts e textos das peças de comunicação das obras de saneamento em Altamira

Anexo 5.1.9 4 Layouts e textos das peças de comunicação das obras de saneamento em Altamira 4 RELATÓRIO CONSOLIDADO DE ANDAMENTO DO PBA E DO ATENDIMENTO DE CONDICIONANTES CAPÍTULO 2 ANDAMENTO DO PROJETO BÁSICO AMBIENTAL Anexo 5.1.9 4 Layouts e textos das peças de comunicação das obras de saneamento

Leia mais

CEDRAL OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014

CEDRAL OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 CEDRAL OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 DESENVOLVIMENTO SOCIAL: Distribuição de Leite: distribuídos 22.532 litros de leite, no período de Jan/2011 a Set/2011 Custo: R$ 30 mil, beneficiando 272 famílias

Leia mais

PLANOS DIRETORES REGIONAIS

PLANOS DIRETORES REGIONAIS PLANOS DIRETORES REGIONAIS ORIGEM DOS PLANOS DIRETORES REGIONAIS CONSTITUIÇÃO FEDERAL ESTABELECE O PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO E A GESTÃO DEMOCRÁTICA II CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE POLÍTICA URBANA PLANO DIRETOR

Leia mais

Principais Fatos e Números

Principais Fatos e Números Principais Fatos e Números BRAZIL Brasil Minas Gerais Região Metropolitana de Classificado como a 6ª maior economia em 2011, esperando chegar à 5ª posição até 2016. 3 ª maior economia dentre os 27 Estados

Leia mais

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras

Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras nº 342 outubro 2014 Odebrecht TransPort traça novas rotas brasileiras Odebrecht 70 anos: projetos que contribuem para melhorar as opções de mobilidade urbana das comunidades Odebrecht Infraestrutura Brasil

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Gustavo Guerrante. 30 de novembro de 2015

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Gustavo Guerrante. 30 de novembro de 2015 Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro Gustavo Guerrante 30 de novembro de 2015 Prefeitura do Rio de Janeiro Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas Em 2009, institucionalizou-se

Leia mais

III Conferência Municipal de Política Urbana ESTUDOS URBANOS Transformações recentes na estrutura urbana

III Conferência Municipal de Política Urbana ESTUDOS URBANOS Transformações recentes na estrutura urbana III Conferência Municipal de Política Urbana ESTUDOS URBANOS Transformações recentes na estrutura urbana PBH/SMURBE Núcleo de Planejamento Urbano da Secretaria Municipal de Políticas Urbanas de Belo Horizonte

Leia mais

COPASA Day 2011. 24 e 25 de novembro

COPASA Day 2011. 24 e 25 de novembro COPASA Day 2011 24 e 25 de novembro Benefícios do Tratamento de Esgoto Despoluição dos córregos e rios; Eliminação do mau cheiro; Meio ambiente limpo, recuperado e preservado; Diminuição da presença de

Leia mais

RECURSOS HÍDRICOS URBANOS - PROPOSTA DE UM MODELO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA NO MUNICÍPIO DE MANAUS - AM.

RECURSOS HÍDRICOS URBANOS - PROPOSTA DE UM MODELO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA NO MUNICÍPIO DE MANAUS - AM. RECURSOS HÍDRICOS URBANOS - PROPOSTA DE UM MODELO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA NO MUNICÍPIO DE MANAUS - AM. Andréa Viviana Waichman* João Tito Borges** INTRODUÇÃO Nas últimas décadas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABUNA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABUNA D E C R E T O N. 10.944, de 13 de agosto de 2014 EMENTA: Regulamenta dispositivos da Lei Municipal n 1.198, de 14 de setembro de 1979 Código de Obras do Município de Itabuna na parte que indica e, dá outras

Leia mais

Rodovia Perimetral Norte

Rodovia Perimetral Norte Buscando criar um novo caminho que integre as três rodovias Federais (Br s 101, 116 e 324), que cruzam Feira de Santana, a rodovia perimetral norte de 33 km, surge como uma alternativa muito importante

Leia mais

Luiz Augusto Pereira de Almeida Sobloco Construtora S.A.

Luiz Augusto Pereira de Almeida Sobloco Construtora S.A. Luiz Augusto Pereira de Almeida Sobloco Construtora S.A. Será que nós podemos viver melhor nas cidades? Com mais tempo para nossas famílias; com menos stress, com menos doenças e mais saúde; com mais produtividade;

Leia mais

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN

COPA DO MUNDO DA FIFA BRASIL 2014 Cidade-sede Natal RN GT - INFRAESTRUTURA GT - INFRAESTRUTURA Grupo de Trabalho INFRAESTRUTURA Responsável pela proposição de projetos e operações de infraestrutura, além do acompanhamento na execução destes, necessários à

Leia mais

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí S.A PIAUÍ FOMENTO Águas e Esgotos do Piauí S/A AGESPISA Companhia Administradora da Zona de Processamento

Leia mais

Rede Cicloviária Leblon. Rio de Janeiro 2012

Rede Cicloviária Leblon. Rio de Janeiro 2012 Rede Cicloviária Leblon. Rio de Janeiro 2012 Rede Cicloviária Leblon: O Leblon, passa por uma fase de intensas mudanças, com as obras da linha 4 do Metrô o trânsito do bairro sofreu e sofrerá várias alterações

Leia mais

RESUMO DAS INTERVENÇÕES APONTADAS COMO LEGADO DAS OLIMPÍADAS PARA A CIDADE

RESUMO DAS INTERVENÇÕES APONTADAS COMO LEGADO DAS OLIMPÍADAS PARA A CIDADE OLIMPÍADAS 2016 RESUMO DAS INTERVENÇÕES APONTADAS COMO LEGADO DAS OLIMPÍADAS PARA A CIDADE 1 Principais intervenções previstas para as Olimpíadas: A Infraestrutura urbana Porto Maravilha Projeto de revitalização

Leia mais

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE PALMAS DIRETORIA DE CONTROLE AMBIENTAL GERÊNCIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE PALMAS DIRETORIA DE CONTROLE AMBIENTAL GERÊNCIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL TERMO DE REFÊRENCIA PARA ELABORACÃO DE PROJETO AMBIENTAL DE DEDETIZADORAS, LIMPA FOSSA E EMPRESAS QUE PRESTA SERVIÇO DE LIMPEZA. Este Termo de Referência visa orientar na elaboração de PROJETO AMBIENTAL

Leia mais

Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014

Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014 Relatório de Atividades à Assembleia de Freguesia relativo ao período entre 21 de abril a 20 de junho de 2014 Representação Externa No período em análise no âmbito das suas funções, a Presidente da Junta

Leia mais

MOVIMENTO NOVA 381 COMPLETOU 1 ANO! MOVIMENTO NOVA 381 EM NÚMEROS

MOVIMENTO NOVA 381 COMPLETOU 1 ANO! MOVIMENTO NOVA 381 EM NÚMEROS Informativo 04-26 de março de 2014 Informativo Nova 381 O Movimento Nova 381 é uma iniciativa das 11 entidades de representação empresarial de Minas Gerais, coordenado pela Federação das Indústrias do

Leia mais

Telefone p/ contato: ( ) FAX: ( ) e-mail: Coordenadas geográficas * (Lat/Long) no Sistema Geodésico, SAD-69 Lat. -. Long ( )

Telefone p/ contato: ( ) FAX: ( ) e-mail: Coordenadas geográficas * (Lat/Long) no Sistema Geodésico, SAD-69 Lat. -. Long ( ) 1. IDENTIFICAÇÃO DO EMPREENDEDOR NOME / RAZÃO SOCIAL *: End.: rua/av *: n *: Bairro *: CEP *: Município *: Telefone *: ( ) FAX *: ( ) e-mail: CNPJ (CGC/MF n.º) *: CGC/TE n. *: CPF/CIC n. *: End. P/ correspondência:

Leia mais

Bem-vindo ao Horizontes, no plural, como tudo o que a sua vida merece.

Bem-vindo ao Horizontes, no plural, como tudo o que a sua vida merece. Bem-vindo ao Horizontes, no plural, como tudo o que a sua vida merece. A EKO traz para Arujá um conceito inédito que une o conforto de uma casa às comodidades e à segurança de um apartamento, principalmente

Leia mais

Nota técnica Março/2014

Nota técnica Março/2014 Nota técnica Março/2014 Sistemas de Saneamento no Brasil - Desafios do Século XXI João Sergio Cordeiro O Brasil, no final do ano de 2013, possuía população de mais de 200 milhões de habitantes distribuídos

Leia mais

Supervisão Urbana do Centro por microrregiões

Supervisão Urbana do Centro por microrregiões Programa de Programa de Supervisão Urbana do Centro por microrregiões Programa de Supervisão Urbana do Centro por microrregiões INTRODUÇÃO No contexto da recuperação da área central e das 10 Propostas

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO GABINETE DO PREFEITO O Plano de Metas é um instrumento de gestão que orienta a Prefeitura na direção de uma cidade sustentável e oferece aos cidadãos e à imprensa um mecanismo para avaliar os compromissos

Leia mais

ATA DA SESSÃO Nº 2.506/2006

ATA DA SESSÃO Nº 2.506/2006 ATA DA SESSÃO Nº 2.506/2006 Aos dezoito dias do mês de Julho de 2006, às 20:00 horas no Plenário da Câmara de Vereadores de Joaçaba, com a presença de todos vereadores, deu-se por aberta a sessão. Com

Leia mais

Urban View. Urban Reports. Higienópolis: como o metrô de gente diferenciada influencia no mercado imobiliário

Urban View. Urban Reports. Higienópolis: como o metrô de gente diferenciada influencia no mercado imobiliário Urban View Urban Reports Higienópolis: como o metrô de gente diferenciada influencia no mercado imobiliário Programa Falando em dinheiro, coluna Minha cidade, meu jeito de morar e investir Rádio Estadão

Leia mais

BREVES NOTAS SOBRE O PLANEJAMENTO FÍSICO-TERRITORIAL. Prof. Leandro Cardoso Trabalho Integralizador Multidisciplinar 1 (TIM-1) Engenharia Civil

BREVES NOTAS SOBRE O PLANEJAMENTO FÍSICO-TERRITORIAL. Prof. Leandro Cardoso Trabalho Integralizador Multidisciplinar 1 (TIM-1) Engenharia Civil BREVES NOTAS SOBRE O PLANEJAMENTO FÍSICO-TERRITORIAL Prof. Leandro Cardoso Trabalho Integralizador Multidisciplinar 1 (TIM-1) Engenharia Civil PLANEJAMENTO URBANO O planejamento urbano é o processo de

Leia mais