PT Learning Working Group

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PT Learning Working Group"

Transcrição

1 PT Learning Working Group Reunião n.º 8 Data: 21 de Março 2011 Local: CIEJD

2 Informar e comunicar a UE Iniciativas financiadas pela Comissão Europeia informar UE comunicar

3 Parceria de gestão Governo Português Comissão Europeia Planos de Comunicação

4 CIEJD Organismo Intermediário Gestão e monitorização dos Planos de Comunicação CÉLULA DE COORDENAÇÃO Orientação Estratégica composta por representantes: Ministério dos Negócios Estrangeiros Representação da Comissão Europeia em PT Gabinete do Parlamento Europeu em PT

5 Plano de Comunicação

6 Tratado de Lisboa e o Futuro da Europa Ciclo de conferências IEEI Eventos, exposição, peça de teatro e site No Mundo da Lua / N. Theias Concurso Produções Fictícias Publicação CHRIS/Tribuna da Memória Multimédia, Lda. Desenvolvimento de conteúdos Learn4U

7 Cidadania Europeia e Estratégia de Lisboa para o Crescimento e o Emprego Road-Show: Desenvolvimento de Exposição e concurso um sítio na internet ELR Innovagency Actividades Educativas Nósnalinha, Lda.

8 Energia e Alterações Climáticas Sessões de Informação e Debate + Aulas Jacques Delors DECO Publicação APEA Publicação GEOTA Conferências APEA

9 Diálogo Intercultural e o Papel da União Europeia no Mundo Ciclo de conferências IPRI Actividades Educativas Setepés Concurso interactivo itinerante Companhia de Ideias Desenvolvimento de conteúdos Mundo Gobius

10 Avaliação das 4 operações do Plano de Comunicação Avaliação Externa Independente A execução do Plano de Comunicação gerou conhecimento e «riqueza metodológica» consideráveis, sendo do maior interesse a sua sistematização e disseminação. In Relatório global da SOPROFOR

11 Plano de Comunicação

12 Energia e Alterações Climáticas Eventos para o público em geral APEA Actividades Educativas No Mundo da Lua / N. Theias Produtos Pedagógicos Mundo Gobius

13 Europa dos Resultados DOC Europa- Mostra de documentários APORDOC Publicação Setepés Ciclo de conferências IEEI Actividades Educativas Ludicom Produtos Pedagógicos Conquerer

14 Preparar o Futuro da UE Curso b-learning Ciclo de conferências para professores Companhia de Ideias Novabase Publicação CHRIS/Tribuna da Memória Multimédia, Lda. Produtos Pedagógicos ISQ e-learning LearnAbout Actividades Educativas Res Publica

15 Avaliação das 3 operações do Plano de Comunicação Avaliação Externa Independente A Operação teve sucesso nos seus objectivos de sensibilizar os cidadãos para as iniciativas concretas da UE, promovendo a sua participação, procurando responder às suas preocupações, mostrando não só os resultados e as soluções encontradas pela UE, mas também os problemas com que esta se confronta. In Relatório final da TRENMO Os resultados finais ponderados permitem sustentar um juízo de valor «Excelente» para a Operação 3 e o reconhecimento do seu valor enquanto Boa Prática. In Relatório final da SOPROFOR

16 Plano de Comunicação

17 Recuperação Económica e Coesão Social Curso b-learning para professores TecMinho Eventos para o público em geral: Jogo MyVillage Novabase Curso b-learning para professores AIP/CESAE/AEP

18 Afirmação da UE no Mundo Eventos para o público em geral: DOC Europa II APORDOC Curso b-learning para professores DeltaConsultores Actividades Educativas APGICO

19 Por uma Eco-Europa Actividades Educativas Mundo Gobius Curso b-learning para professores Novabase Actividades Educativas DECO Produtos Pedagógicos ISQ e-learning LearnAbout

20 Avaliação das 3 operações do Plano de Comunicação Avaliação Externa Independente Em todas as acções são gerados conteúdos interessantes e de grande qualidade. In Relatório final da ENVISION Criatividade, inovação e originalidade das actividades criadas In proposta de Relatório final da SOPROFOR

21 Saber mais

22 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Novabase AIP/CESAE/AEP TecMinho DeltaConsultores Novabase

23 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Caderno de Encargos - Requisitos Objectivo Geral Possibilitar ao pessoal docente a aprendizagem de conteúdos e práticas que valorizem a sua prática profissional. Promover uma atitude favorável às novas competências e à aprendizagem ao longo da vida através de uma oferta de conteúdos rigorosos, pertinentes e inovadores. Objectivo Específicos Realizar no mínimo 3/5 turmas de 20 formandos cada; Produzir recursos didácticos e interactivos, nomeadamente SCORM (Sharable Content Object Resource Model) - garantindo a posteriori a sua disponibilização em linha, mediante acesso livre e gratuito. Destinatários Professores dos Ensinos Básico, Secundário e Profissional Cobertura geográfica A nível nacional

24 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Caderno de Encargos Requisitos (cont.) Condições mínimas a respeitar A plataforma LMS (Learning Management Systems) a utilizar deverá: -ser software Open Source e cumprir no mínimo as normas de acessibilidade nível A; -proporcionar as funcionalidades essenciais à gestão de um ambiente de e-learning: gestão administrativa e pedagógica; -assegurar a comunicação síncrona e assíncrona, possibilitando o uso de tecnologias da web2.0 (online videos, RSS, live bookmarking, twitter, etc); - fomentar a criação de grupos de discussão (ex: Google groups) entre formandos e formadores.

25 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Caderno de Encargos Requisitos (cont.) Condições mínimas a respeitar A proposta deverá conter o Roteiro Pedagógico do Curso (descrição sucinta, objectivos de aprendizagem, estrutura do curso, estratégias de formação, duração, modalidades de avaliação, materiais de apoio ao formando, etc); O desenvolvimento de conteúdos deverá consistir na elaboração de um conjunto de objectos de aprendizagem (materiais, testes, exercícios, etc.) em língua portuguesa, que possam ser partilhados e reutilizados; Qualidade, criatividade, rigor e interactividade deverão ser algumas das características dos conteúdos propostos; Na proposta deverão ser exemplificados os recursos técnico-pedagógicos que estarão disponíveis para os formandos.

26 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Critérios de Avaliação I. Pertinência e interesse geral Qualidade, rigor e criatividade do Roteiro Pedagógico do Curso Qualidade e adequação do(s) formador(es) proposto(s) Qualidade, acessibilidade e usabilidade da ferramenta proposta II. Dimensão e mais-valia europeia A Dimensão Europeia é contemplada na proposta, designadamente ao nível da diversidade de conteúdos Cobertura geográfica, atingir o maior número de cidadãos de diferentes áreas geográficas)

27 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Critérios de Avaliação (cont.) III. Efeito multiplicador Impacto da acção, nomeadamente no que toca aos seus efeitos sobre o público-alvo Possibilidade de utilização dos conteúdos propostos noutros contextos IV. Desenvolvimento de cooperações diversas Parcerias nomeadamente no desenvolvimento de conteúdos Parcerias na divulgação da iniciativa, nomeadamente com os Organismos de Informação Europeia A atribuição do concurso é feita à oferta que apresente a melhor relação qualidade/preço, entre aquelas que reúnam as condições mínimas exigidas, mediante a análise comparativa efectuada através da grelha de avaliação

28 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Novabase Preparar o (9Jan a 13Mar 2010) Futuro da UE AIP/CESAE/AEP Recuperação (16 Jan a 18Mar 2011) Económica e Coesão Social TecMinho (7Out a 20Dez 2010) DeltaConsultores (4Set a 27Nov 2010) Novabase (6 Nov2010 a 28Jan 2011) Temática Recuperação Económica e Coesão Social Afirmação da UE no Mundo Por uma Eco-Europa Carga Horária Locais Nº Formandos/ Portal/Plataforma Lisboa, Taxa Conclusão A Europa da Cidadania, Total - 48h Coimbra, da Criatividade e da (12h presenciais Porto 111 > 64 / 58% Inovação + 36h on-line) Évora e RA / Blackboard Total - 30h (9h presenciais + 21h on-line) Total - 30h (6h presenciais +24h on-line) Total - 45h (9,5h presenciais + 35,5h on-line) Total - 55h (15h presenciais + 40h on-line) Porto(2), Viseu(2) e Lisboa Braga, Leiria, Lisboa, Porto e Évora Lisboa (2), Coimbra, Porto Évora Lisboa, Beja, Porto Coimbra e RA 135 > 100 / 74% 109 > 45 / 41% 102 > 42 / 41% 121 > 67 / 55% Mais Europa / Moodle Recuperação Económica e Coesão Social / Moodle Afirmar a UE no Mundo / Moodle Por uma Eco-Europa / Blackboard

29 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Ferramentas Web 2.0 Fóruns de discussão Wikis Chats Blogues Twitter YouTube

30 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Conteúdos pedagógicos Desenvolvimento de conteúdos multimédia de acordo com a norma SCORM 1.2 Estruturação por vários módulos Integração dos diferentes recursos didácticos de suporte no LMS Planos de sessão; Manuais; Tutoriais; Apresentações electrónicas; Referências bibliográficas e links úteis; Estudos e relatórios; Boas práticas; Vídeos; Testemunhos; Questionários de avaliação;

31 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Critérios de selecção dos Formadores Variáveis consoante a entidade promotora: Experiência na dinamização de acções em regime de b-learning; Facilidade na utilização de ferramentas Web 2.0; Entuasiasta de novas tecnologias aplicadas ao ensino; Conhecimento dos temas em causa; CAP; Facilidade de comunicação; Capacidade de trabalho em equipa; Bons conhecimentos da língua inglesa; Dinâmico/a e organizado/a; Disponibilidade para deslocação no país (por ex. possuir carta condução);

32 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Critérios de selecção dos Formandos Variáveis consoante a entidade promotora: Professores a exercer a docência no Ensino Básico, Secundário ou Profissional; Acesso a computador com Internet; Conhecimentos da língua Inglesa ao nível da compreensão oral e escrita; Entusiasta de novas tecnologias aplicadas ao Ensino e Educação; Sensibilidade para as temáticas em estudo; Pertença a um Clube Europeu; Ordem de recepção da inscrição;

33 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Avaliação dos formandos Variável consoante a entidade promotora (Exemplos) Novabase A Europa da Cidadania, da Criatividade e da Inovação (9Jan a 06Mar 2010) Projecto final (30%) Portfólio individual (15%) Participação nos fóruns de discussão (15%) Participação nas sessões síncronas (10%) Participação nas sessões presenciais (10%) Questionários de avaliação da aprendizagem e das actividades formativas (10%) Interacção com o dispositivo (10%) AIP/CESAE/AEP Mais Europa (16 Jan a 18Mar 2011) Participação global (10%) Sessões presenciais (15%) Sessões on-line (participação em chats/fóruns e síncronas) (10%) Testes de avaliação (10%) Actividades colaborativas (30%) Actividade colaborativa (artigo/trabalho final) (25%)

34 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Constrangimentos Variáveis consoante a entidade promotora: Não acreditação atempada dos cursos pelo CCPFC; Problemas no acesso à Internet; Duração mais adequada dos cursos; Necessidade de mais horas presenciais; Elevado n.º de artigos e vídeos em EN;

35 Cursos b-learning nos Planos de Comunicação Factores críticos de sucesso Temáticas da formação / Tipo de Público; Competências Formadores: Conteúdos/TIC/Linguísticas/Coordenação; Exploração de diversas ferramentas da Web 2.0; Conteúdos pedagógicos disponibilizados e partilha de materiais; Metodologia utilizada; Troca de ideias/experiências/conhecimentos com colegas de profissão (trabalho em rede); Eficácia do Helpdesk; Flexibilidade para gerir os próprios horários; As sessões presenciais;

36 PT Learning Working Group Obrigada pela V. atenção!

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno*

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno* Website disponível em: http://formar.tecminho.uminho.pt/moodle/course/view.php?id=69 Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt Palavra-chave: *aluno* Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Web

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning. Público-Alvo

CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning. Público-Alvo CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning Público-Alvo Profissionais que pretendam adquirir competências de base para monitorizar formação na modalidade e-learning ou b-learning que sejam possuidores do

Leia mais

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma.

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. Universidade de Aveiro Mestrado em Gestão da Informação Christelle Soigné Palavras-chave Ensino superior. e-learning.

Leia mais

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Identificar um Sistema de Gestão da Formação Online; Analisar as diversas

Leia mais

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP Entidade interlocutora: Identificação do Projecto AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça Nº do projecto: 2001/EQUAL/A2/AD/139 Designação do projecto: Área

Leia mais

O contexto na Administração Pública

O contexto na Administração Pública 1.º Workshop ENIDH/MÚTUA DOS PESCADORES e-aprendizagem ou aprendizagem tecnologicamente assistida? Teresa Salis Gomes Directora da Unidade de Inovação Pedagógica O contexto na Administração Pública Aumento

Leia mais

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012

Projecto de Empreendedorismo nas Escolas. ano lectivo 2011/2012 Projecto de Empreendedorismo nas Escolas ano lectivo 2011/2012 As Fases do Projecto ANO LECTIVO 2011/2012 Fase a fase Formação de Professores Disseminação do projecto Ateliers de Criatividade 4 acções

Leia mais

Curso Piloto O Atendimento nas Lojas do Cidadão

Curso Piloto O Atendimento nas Lojas do Cidadão Curso Piloto O Atendimento nas Lojas do Cidadão Objectivos da Iniciativa Nova Aprendizagem Equacionar novas formas de participação, de realização e de desenvolvimento de competências dos funcionários das

Leia mais

CURSO: CONCEITOS DE FORMAÇÃO PRESENCIAL, ONLINE E MISTA

CURSO: CONCEITOS DE FORMAÇÃO PRESENCIAL, ONLINE E MISTA CURSO: CONCEITOS DE FORMAÇÃO PRESENCIAL, ONLINE E MISTA RESUMO Com este curso pretende-se a familiarização dos formandos com os principais conceitos que envolvem os processos formativos presenciais, online

Leia mais

RELATÓRIO INTERCALAR DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS. Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº12

RELATÓRIO INTERCALAR DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS. Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº12 RELATÓRIO INTERCALAR DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº12 em aplicação da convenção de delegação GCI-PG-A-PT-COMM-Nº1 Página 1 de 12 Índice 1. Introdução... 3 2.

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade de Gestão - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA

ACÇÃO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA ACÇÃO DE FORMAÇÃO EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO NA ESCOLA Extracto do PARECER TÉCNICO emitido pelo Especialista da Formação PREÂMBULO O presente Parecer tem como objectivo a análise do Projecto de Investigação

Leia mais

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO III HELP DESK PARA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Definir o conceito de Help Desk; Identificar os diferentes tipos de Help Desk; Diagnosticar

Leia mais

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros)

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros) CLEA Curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas Pedro Reis _ Janeiro 2005 Caracterização Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/

Leia mais

Aprender com a experiência Literacia de Informação 2.0 na Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras

Aprender com a experiência Literacia de Informação 2.0 na Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras Aprender com a experiência Literacia de Informação 2.0 na Rede de Bibliotecas Municipais de Oeiras por Maria José Amândio Seminário Bibliotecas Públicas P e de Utilizadores Biblioteca Municipal Orlando

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8B/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8B/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com A plataforma Sistemas de Gestão de Aprendizagem Carlos Nunes csmnunes@gmail.com O que é o Moodle? É um Sistema de Gestão de Aprendizagem (LMS) e de trabalho colaborativo, acessível através da Internet

Leia mais

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI Apresentação do MOODLE Educação do século XXI Software social e e-learning Talvez seja o momento de fazer algo nas suas disciplinas! O que pretende do seu sistema de aprendizagem on-line? Fácil criação

Leia mais

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007

PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 PLANO TIC ano lectivo 2006/2007 O Coordenador TIC João Teiga Peixe Índice Índice...2 1. Introdução... 3 2. Objectivos... 3 3. Sectores Afectos... 4 1. Salas de Aulas... 4 2. Administrativo... 4 3. Outras

Leia mais

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8

Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 Acção de Formação Logística (Vendas) - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Apresentação da Plataforma

Apresentação da Plataforma Apresentação da Plataforma por Luís Miguel Ricardo 282 I - Generalidades Inaugurada no ano de 2009, a modalidade elearning concebida pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, utiliza a plataforma

Leia mais

DESIGN DE E-CONTEÚDOS PARA E-LEARNING

DESIGN DE E-CONTEÚDOS PARA E-LEARNING DESIGN DE E-CONTEÚDOS PARA E-LEARNING Ana Augusta Saraiva de Menezes da Silva Dias José Manuel Carona Carvalho TecMinho - Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Universidade do Minho (Portugal)

Leia mais

As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning. Mafalda Isaac & Hugo Leitão

As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning. Mafalda Isaac & Hugo Leitão As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning Mafalda Isaac & Hugo Leitão SUMÁRIO 1. WEB S 2. MODELOS PEDAGÓGICOS 3. EXPLORAÇÃO DA PLATAFORMA VIRTUAL LEARNING CENTER (VLC) 2 FORMAÇÃO A DISTÂNCIA B-LEARNING

Leia mais

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação

Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação Regulamento de Funcionamento das Acções de Formação A Ciência Viva tem como missão a difusão da Cultura Científica e Tecnológica apoiando acções dirigidas à promoção da Educação Científica e Tecnológica

Leia mais

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês

Relatório Final de Avaliação. Acção n.º 8A/2010. Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas Estrangeiras Francês/Inglês Centro de Formação de Escolas dos Concelhos de Benavente, Coruche e Salvaterra de Magos Relatório Final de Avaliação Acção n.º 8A/2010 Quadros Interactivos Multimédia no Ensino/ Aprendizagem das Línguas

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando

Guia de Acesso à Formação Online Formando Guia de Acesso à Formação Online Formando Copyright 2008 CTOC / NOVABASE ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...5 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...6 5. Avaliação...7

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC Equipa PTE "A exclusão digital não é ficar sem computador ou telefone celular. É continuarmos incapazes de pensar, de criar e de organizar novas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO DESIGNAÇÃO DO CURSO E-Tutor: especialização pedagógica em e-learning DURAÇÃO DO CURSO 60 HORAS LOCAL E DATAS DE REALIZAÇÃO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO 1. VIRTUAL LEARNING CENTER

Leia mais

Enquadramento institucional Programas

Enquadramento institucional Programas O e-learning na Universidade de Aveiro (1998-2005) Evento de ensino virtual e e-learning UFP@Porto 28 Jan 2005 Helder Caixinha caixinha@cemed.ua.pt UOe-L Unidade Operacional de e-learning Universidade

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC3

CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC3 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM 1- Estabelecimentos de ensino integrados no projecto em anos lectivos transactos Os docentes colocados em estabelecimentos

Leia mais

elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION

elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION CERTIFICAÇÃO A aplicação foi construída e dividida em três grandes camadas de código, separando a camada de apresentação (écrans

Leia mais

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8

Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 Acção de Formação Contabilidade Geral - Primavera v8 MoreData, Sistemas de Informação Campo Grande 28, 10º E 1700-093 Lisboa 213520171 info@moredata.pt Índice de Conteúdos Introdução...3 Sobre o Curso...4

Leia mais

Guião de utilização da plataforma moodle para Professor

Guião de utilização da plataforma moodle para Professor Guião de utilização da plataforma moodle para Professor http://elearning.up.ac.mz http://www.ceadup.edu.mz E-mail: up.cead@gmail.com info@ceadup.edu.mz Maputo, 2013 Introdução Há alguns anos atrás, para

Leia mais

Comparação entre Plataformas de Gestão de Conteúdos

Comparação entre Plataformas de Gestão de Conteúdos Instituto Politécnico do Porto Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação Comparação entre Plataformas de Gestão de Conteúdos Orientador: Eng.º

Leia mais

Relatório Final da Acção de Formação Sustentabilidade na Terra e Energia na Didáctica das Ciências (1 de Julho a 13 de Setembro de 2008)

Relatório Final da Acção de Formação Sustentabilidade na Terra e Energia na Didáctica das Ciências (1 de Julho a 13 de Setembro de 2008) Relatório Final da Acção de Formação Sustentabilidade na Terra e Energia na Didáctica das Ciências (1 de Julho a 13 de Setembro de 2008) Centro de Formação Centro de Formação da Batalha Formando Selma

Leia mais

FORMAÇÃO NP EN ISO 19011:2003 QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE TERCEIRO SECTOR

FORMAÇÃO NP EN ISO 19011:2003 QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE TERCEIRO SECTOR FORMAÇÃO N EN ISO 19011:2003 QUALIFIAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE TEREIRO SETOR A IZONE Knowledge Systems promove o curso de Formação QUALIFIAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE, para as organizações

Leia mais

Iniciativa Move-te, faz Acontecer

Iniciativa Move-te, faz Acontecer Iniciativa Move-te, faz Acontecer Entidades Promotoras: Associação CAIS (Projecto Futebol de Rua): Fundada em 1994, a Associação CAIS tem como Missão contribuir para o melhoramento global das condições

Leia mais

Módulo 5: Trabalho de Aplicação Pedagógica (TAP)

Módulo 5: Trabalho de Aplicação Pedagógica (TAP) Módulo 5: Trabalho de Aplicação Pedagógica (TAP) Objectivos gerais 1. Preparar, desenvolver e avaliar sessões de formação realizadas em EFAD; 2. Identificar os aspectos pedagógicos considerados mais importantes

Leia mais

A NOVA GERAÇÃO e-learning Ana Augusta Silva Dias TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade do Minho

A NOVA GERAÇÃO e-learning Ana Augusta Silva Dias TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade do Minho A NOVA GERAÇÃO e-learning Ana Augusta Silva Dias TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade do Minho Futurália Parque das Nações 10 Dezembro 2008 TecMinho: Interface UM TecMinho Campus de Azurém

Leia mais

FORMAÇÃO NP EN ISO 9001:2008 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARA AS RESPOSTAS SOCIAIS

FORMAÇÃO NP EN ISO 9001:2008 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE PARA AS RESPOSTAS SOCIAIS FORMAÇÃO N EN ISO 9001:2008 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE ARA AS RESOSTAS SOCIAIS A IZONE Knowledge Systems promove o curso de Formação N EN ISO 9001:2008 Sistemas de Gestão da para as Respostas Sociais,

Leia mais

MÓDULO IV O ROI NUM SISTEMA DE ELEARNING

MÓDULO IV O ROI NUM SISTEMA DE ELEARNING MÓDULO IV O ROI NUM SISTEMA DE ELEARNING Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Identificar os diferentes tipos de custos de elearning; Comparar os custos de elearning com

Leia mais

Educação e Sensibilização Ambiental

Educação e Sensibilização Ambiental Educação e Sensibilização Ambiental Plano de Actividades LIPOR 2006/2007 Gabinete de Informação Lipor Objectivos Incentivar a participação nas actividades e projectos desenvolvidos pela LIPOR; Proporcionar

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html

O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html 1/6 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:213931-2013:text:pt:html B-Bruxelas: Serviços de apoio à promoção de talento Web na Europa através do incentivo à utilização

Leia mais

elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro

elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro elearning na Universidade de Aveiro: presente e futuro Fernando Ramos Universidade de Aveiro conteúdo Projecto e-u Campus Virtual na Universidade de Aveiro elearning na UA: ponto de situação e principais

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO An 2-A Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo

Leia mais

Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores MÓDULOS CARGA HORÁRIA Acolhimento 1 O formador face aos sistemas e contextos de formação 8 Factores e processos de aprendizagem 6 Comunicação e Animação de Grupos

Leia mais

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO: PROBLEMA/NECESSIDADE DE FORMAÇÃO IDENTIFICADO Esta formação de professores visa

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado

A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA. Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado A IMPORTÂNCIA DO JOOMLA NA GESTÃO DA INFORMAÇÃO PEDAGÓGICA Razões justificativas da acção: Problema/Necessidade de formação identificado O Plano Tecnológico da Educação (PTE), aprovado pela Resolução de

Leia mais

Centro e-learning da TecMinho

Centro e-learning da TecMinho Centro e-learning da TecMinho Dias A 1, Fernandes D 1 1 TecMinho/Gabinete de Formação Continua da Universidade do Minho, Guimarães, Portugal Resumo. A TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade

Leia mais

EUemPT EUROPEUS EM PORTUGAL Regulamento do Concurso

EUemPT EUROPEUS EM PORTUGAL Regulamento do Concurso EUemPT EUROPEUS EM PORTUGAL Regulamento do Concurso 1. Apresentação O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia

Leia mais

Introdução ao e-learning

Introdução ao e-learning Introdução ao e-learning Francisco Restivo FEUP/IDIT fjr@fe.up.pt Guião Ser um e-aprendente competente Trabalho de casa: pensar num curso Ser um desenhador de cursos competente Trabalho de casa: desenhar

Leia mais

Plataformas de Conteúdos e Aplicações Web 2.0 Impacto da sua Utilização no Processo de Ensino/Aprendizagem em Instituições de Ensino Superior

Plataformas de Conteúdos e Aplicações Web 2.0 Impacto da sua Utilização no Processo de Ensino/Aprendizagem em Instituições de Ensino Superior Plataformas de s e Aplicações Web 2.0 Impacto da sua Utilização no Processo de Ensino/Aprendizagem em Instituições de Ensino Superior Lino Oliveira 1, Fernando Moreira 2 linooliveira@eseig.ipp.pt, fmoreira@upt.pt

Leia mais

CURSO. Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho para Gestores

CURSO. Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho para Gestores CURSO Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho para Gestores O Projecto ReQual visou promover a adaptabilidade e a formação ao longo da vida de activos com baixos níveis de qualificação. Visou ainda consolidar

Leia mais

HÁ NORTE! ACREDITAR E MOBILIZAR

HÁ NORTE! ACREDITAR E MOBILIZAR HÁ NORTE! ACREDITAR E MOBILIZAR Programa da lista candidata à eleição para os órgãos regionais do Norte da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Triénio 2011-2013 25 de

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO

CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO CONCURSO ESCOLAS DA NOVA GERAÇÃO REGULAMENTO Enquadramento geral Um dos principais desafios que se colocam à sociedade portuguesa é o do desenvolvimento de uma Sociedade de Informação, voltada para o uso

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II - UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Projecto: Kit elearning, SAF/ Novabase, S.A. Equipa

Leia mais

Projeto INQUIRE - Formação em Biodiversidade e Sustentabilidade OBJETIVOS

Projeto INQUIRE - Formação em Biodiversidade e Sustentabilidade OBJETIVOS Projeto INQUIRE - Formação em Biodiversidade e Sustentabilidade OBJETIVOS Projeto INQUIRE: Formação em biodiversidade e sustentabilidade Objectivos do projeto Inquire O programa pan-europeu INQUIRE é uma

Leia mais

GABINETE DA MINISTRA DESPACHO

GABINETE DA MINISTRA DESPACHO DESPACHO A concretização do sistema de avaliação do desempenho estabelecido no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário (ECD), recentemente regulamentado,

Leia mais

Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. - Ano Lectivo 2010/2011 -

Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas. - Ano Lectivo 2010/2011 - Gestão de Resíduos e Empreendedorismo nas Escolas - Ano Lectivo 2010/2011 - Empreendedorismo como ensiná-lo aos nossos jovens? Contudo, e mesmo sendo possível fazê-lo, o espírito empresarial não é normalmente

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA

UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA UNIVERSIDADE DO PORTO GLOSSÁRIO DA ÁREA DA EDUCAÇÃO CONTÍNUA Acção de formação Módulo, curso, curso livre, curso multidisciplinar ou seminário realizado no âmbito da Educação Contínua ou da Aprendizagem

Leia mais

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE Índice ENQUADRAMENTO DESCRIÇÃO DESTINATÁRIOS OBJETIVOS ESTRUTURA E DURAÇÃO AUTOR METODOLOGIA PEDAGÓGICA

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais

Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais Competências de Gestão para Dirigentes e Técnicos de Associações Empresariais Curso de Formação 2011 Índice PROPOSTA FORMATIVA... 3 Introdução... 3 Objectivo geral... 3 Estrutura... 3 Metodologias... 3

Leia mais

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO

CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO An 2-A NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo

Leia mais

Instrumentos de Avaliação

Instrumentos de Avaliação Instrumentos de Avaliação 7 Questionário de expectativas Atendendo à integração do Curso "Formação de eformadores" no Projecto etrainers, que tem como objectivo a testagem de metodologias e ambientes inovadores

Leia mais

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development

luanda 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development luanda www.letstalkgroup.com 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE - GESTÃO DA FORMAÇÃO LOCAL EPIC SANA LUANDA HOTEL DATAS 14 A 23 JULHO 2014 Mastering People Development 4ª EDIÇÃO MASTER COURSE Gestão da Formação 14

Leia mais

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Título Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Autora Ana Paula Salvo Paiva (Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade Católica Portuguesa) apaula.sintra.paiva@gmail.com

Leia mais

CONCURSO INOVAÇÃO HOTSPOT DESIGN. Desenvolvimento Novo Aquecedor de Esplanada a Gás

CONCURSO INOVAÇÃO HOTSPOT DESIGN. Desenvolvimento Novo Aquecedor de Esplanada a Gás CONCURSO INOVAÇÃO HOTSPOT DESIGN Desenvolvimento Novo Aquecedor de Esplanada a Gás Outubro 2009 CONDIÇÕES GERAIS DO CONCURSO ASPECTOS GENÉRICOS DO CONCURSO Objectivo: Desenvolvimento de um novo aquecedor

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS. Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº01

RELATÓRIO FINAL DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS. Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº01 RELATÓRIO FINAL DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº01 em aplicação da convenção de delegação GCI-PG-A-PT-COMM-Nº1 Página 1 de 17 Índice 1. Introdução... 3 2. Execução

Leia mais

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços

Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125. Anúncio de concurso. Serviços 1/5 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:267125-2014:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Estudo sobre a legislação aplicável aos contratos de seguro 2014/S 149-267125

Leia mais

WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO.

WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO. WORKSHOPS. CONTEÚDOS E PÚBLICO-ALVO. Workshop 1 Web 2.0 na educação (dinamizado por Fernando Delgado EB23 D. Afonso III) Os serviços da Web 2.0 têm um enorme potencial para a educação, pois possibilitam

Leia mais

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO

REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO REFERENCIAL DO CURSO DE COORDENAÇÃO DE Área de Formação 862 Segurança e Higiene no Trabalho Formação Profissional Contínua/de Especialização ÍNDICE 1- ENQUADRAMENTO... 3 2- OBJECTIVO GERAL... 4 3- OBJECTIVOS

Leia mais

OBJECTIVOS DA ACÇÃO cidadania europeia ideal e dos valores essenciais da UE

OBJECTIVOS DA ACÇÃO cidadania europeia ideal e dos valores essenciais da UE 1. OBJECTIVOS DA ACÇÃO 1 a) Descrever os objectivos do Centro para 2010 e explicar de que modo contribuirão para realizar a missão global dos centros de informação EUROPE DIRECT. O desenvolvimento e o

Leia mais

Regulamento de frequência da UFP-UV na modalidade pedagógica de ensino à distância (ED) Artigo 1º (Condições de candidatura)

Regulamento de frequência da UFP-UV na modalidade pedagógica de ensino à distância (ED) Artigo 1º (Condições de candidatura) Artigo 1º (Condições de candidatura) 1. As condições de candidatura ao acesso e ao ingresso num curso leccionado na UFP-UV, são iguais às que se aplicam aos candidatos a um curso frequentado na modalidade

Leia mais

RESULTADOS DO INQUÉRITO À COMUNIDADE GEOGRÁFICA

RESULTADOS DO INQUÉRITO À COMUNIDADE GEOGRÁFICA RESULTADOS DO INQUÉRITO À COMUNIDADE GEOGRÁFICA A Associação Portuguesa de Geógrafos (APG) promoveu um inquérito online entre 5 de Novembro e 21 de Dezembro de 2009 com o objectivo de auscultar a comunidade

Leia mais

SAÚDE DURANTE AS FÉRIAS. Já tem o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença?

SAÚDE DURANTE AS FÉRIAS. Já tem o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença? SAÚDE DURANTE AS FÉRIAS Boletim Informativo nº 10 Julho 2010 Já tem o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença? Se estiver num outro Estado-Membro, em viagem de negócios, de férias ou a estudar, o Cartão

Leia mais

Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação

Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação Comissão Interministerial para a Sociedade da Informação ANEXO AO CADERNO DE ENCARGOS MÉTODO DE AVALIAÇÃO DOS WEB SITES DA ADMINISTRAÇÃO DIRECTA E INDIRECTA DO ESTADO Documento disponível em www.si.mct.pt

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar á ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

Guia de Curso. Licenciatura em Línguas, Literaturas e Culturas Variante de Línguas Estrangeiras. 1º Ciclo 2012-13

Guia de Curso. Licenciatura em Línguas, Literaturas e Culturas Variante de Línguas Estrangeiras. 1º Ciclo 2012-13 Licenciatura em Línguas, Literaturas e Culturas Variante de Línguas Estrangeiras 1º Ciclo 2012-13 Nota importante: Este curso será suspenso a partir do ano letivo de 2013-14, sendo este ano letivo o seu

Leia mais

Avaliação e testemunhos das acções de formação

Avaliação e testemunhos das acções de formação Conteúdo Avaliação e testemunhos das acções de formação Caro leitor, Material de formação em 9 línguas, disponível gratuitamente! Experiências das formações: O método... 2 Avaliação da formação... 3 Factos

Leia mais

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM Assembleia de Parceiros 17 de Janeiro 2014 Prioridades de Comunicação 2014 Eleições para o Parlamento Europeu 2014 Recuperação económica e financeira - Estratégia

Leia mais

3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências

3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências 3 A plataforma Moodle do Centro de Competência Softciências Dar a cana para ensinar a pescar (adágio popular) 3.1 O Centro de Competência O Centro de Competência Softciências, instituição activa desde

Leia mais

[Conteúdo] Manual do e-formando [2010] 1.INTRODUÇÃO... 3 2.METODOLOGIA DIDÁCTICA... 3 3.HORÁRIO... 3 4.TUTORIAS... 4 5.SISTEMA DE TRABALHO...

[Conteúdo] Manual do e-formando [2010] 1.INTRODUÇÃO... 3 2.METODOLOGIA DIDÁCTICA... 3 3.HORÁRIO... 3 4.TUTORIAS... 4 5.SISTEMA DE TRABALHO... [Conteúdo] 1.INTRODUÇÃO... 3 2.METODOLOGIA DIDÁCTICA... 3 3.HORÁRIO... 3 4.TUTORIAS... 4 5.SISTEMA DE TRABALHO... 4 6.1.ACESSO À PLATAFORMA... 4 6.2.FUNCIONAMENTO DIÁRIO DA PLATAFORMA... 7 2 1.INTRODUÇÃO

Leia mais

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado Social de Lagoa O Banco de Voluntariado LagoaSocial será enquadrado num conjunto de medidas e acções

Leia mais

O que é o concurso EUemPT?

O que é o concurso EUemPT? O que é o concurso EUemPT? O concurso EUemPT, uma atividade educativa sobre a UE, é uma iniciativa da Comissão Europeia, promovida pelo Centro de Informação Europeia Jacques Delors, concebida e implementada

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA PLANO DE TIC 2007 08

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA PLANO DE TIC 2007 08 ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA PLANO DE TIC 2007 08 ÍNDICE página 1. INTRODUÇÃO---------------------------------------------------------------------------------------------------3 2. CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

Projectos de investigação

Projectos de investigação Teses e Projectos de Investigação 261 Projectos de investigação Software Educativo Multimédia: Estrutura, Interface e Aprendizagem Responsável: Ana Amélia Amorim Carvalho Departamento de Currículo e Tecnologia

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Leia mais

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11 Índice Parte 1 - Introdução 2 Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4 Parte 2 Desenvolvimento 5 Primeiros passos com o e-best Learning 6 Como aceder à plataforma e-best Learning?... 6 Depois

Leia mais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais

Carteira. de formação. análise às nossas oportunidades e recursos. Missão, Visão e Objectivos. Desenvolver competências técnicas e transversais conteúdos: Programa de formação avançada centrado nas competências e necessidades dos profissionais. PÁGINA 2 Cinco motivos para prefirir a INOVE RH como o seu parceiro, numa ligação baseada na igualdade

Leia mais

O que aprenderá com este curso?

O que aprenderá com este curso? CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ASSISTENTE DE DIRECÇÃO O que aprenderá com este curso? Técnicas Avançadas e Inovadoras para o Assistente de Direcção, fundamentais para se tornar num profissional altamente executivo.

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Especialização em Gestão de Projectos Nível 1 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Este curso constitui

Leia mais

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems

SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança. SQS Software Quality Systems SQS Portugal Portfólio de Serviços de Segurança SQS Software Quality Systems SQS Portugal Apresentação A SQS Portugal - Software Quality Systems, é uma empresa especializada em ajudar os seus clientes

Leia mais

3. O CASO PARTICULAR DO FÓRUM DYN3W

3. O CASO PARTICULAR DO FÓRUM DYN3W 3. O CASO PARTICULAR DO FÓRUM DYN3W 3.1. DESCRIÇÃO DA FERRAMENTA E SUAS APLICAÇÕES Dyn3W é um fórum desenvolvido especialmente para ser utilizado na educação. O seu desenvolvimento iniciou-se em meados

Leia mais

Lig@dos para um ensino melhor

Lig@dos para um ensino melhor Conhecer e partilhar para inovar na Educação Alexandre Martins Lima alima@anpri.pt Ana Paula Jacinto Ferreira apjferreira@anpri.pt Associação Nacional de Professores de Informática Associação Nacional

Leia mais