elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION"

Transcrição

1 elearning Formare - Sistema de Gestão da Aprendizagem BEYOND INNOVATION

2 CERTIFICAÇÃO A aplicação foi construída e dividida em três grandes camadas de código, separando a camada de apresentação (écrans HTML) da camada de lógica de aplicação e da camada de acesso aos dados. Todo o desenvolvimento do sistema é efetuado pela PT Inovação e Sistemas, seguindo regras bem definidas de desenvolvimento de software e cumprindo normas de qualidade para as quais é certificado, nomeadamente: CMMI O Formare LMS obteve o grau de maturidade 3 da norma CMMI, atribuída formalmente pela Carnegie Mellon University (CMU). ISO 9000 A PT Inovação e Sistemas segue o processo de desenvolvimento PDS que lhe garante a certificação ISO 9000, estando o Formare e os seus projetos nela contemplados. ADL (Advanced Distance Learning) O Formare é certificado pela ADL e segue as recomendações do standard SCORM 1.2.

3 INTRODUÇÃO A formação é um elemento chave das organizações e, cada vez mais, o acesso à informação e ao conhecimento deve ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora e em contexto digital. Este contexto digital, aliado à convergência tecnológica, torna as metodologias tradicionais de ensino desajustadas e pouco ágeis levando assim ao aparecimento de novas metodologias de ensino, com novos espaços de formação e aprendizagem. O elearning e o blearning são exemplos dessas metodologias. Criando e disponibilizando contextos de aprendizagem, para cursos de formação orientados à autoprendizagem e à aprendizagem colaborativa, estas novas metodologias respondem mais eficientemente às necessidades formativas dos formandos e permitem uma aprendizagem contínua e ao seu ritmo. O Formare, por sua vez, representa esse novo espaço de formação e aprendizagem. Desde o seu nascimento, em 1996, este sistema tem evoluído de acordo com as necessidades manifestadas pelos utilizadores (professores, gestores e alunos), o que faz do Formare uma ferramenta pedagogicamente orientada para uma adequada aquisição e difusão do conhecimento.

4 O QUE É O FORMARE? O Formare é um Sistema de Gestão da Aprendizagem (também designado por LMS Learning Management System) que suporta soluções de formação e educação em ambientes de elearning e blearning. O FORMARE TEM RECONHECIDOS BENEFÍCIOS... A aprendizagem em contexto de Learning Organization revela-se essencial para o desenvolvimento das organizações. Neste sentido, o Formare adapta-se a diferentes contextos e metodologias formativas e Sendo abrange uma os principais plataforma componentes nacional de de formação um sistema a distância, de elearning: que suporta diversas metodologias A interação de eficaz ensino, e intuitiva a evolução com o do utilizador Formare (alunos é sempre e professores); feita tendo em conta as necessidades dos seus clientes e o seu feedback. Assim, mais do que uma O acesso fácil à plataforma; plataforma que acompanha as tendências de mercado, o Formare é uma plataforma A disponibilização que acompanha de serviços intuitivos as necessidades e inovadores e para contextos os eprofessores; dos Clientes contribuindo, A difusão de por materiais um lado, pedagógicos para a redução (conteúdos custos formativos dos clientes e informativos) com a formação em dos diversos seus colaboradores formatos; e com a oferta de serviços formativos e, por outro, para o aumento A avaliação da oferta da formação, formativa da dos eficácia clientes da mesma aos seus e da colaboradores sua envolvente. e/ou clientes.

5 PORQUÊ CENÁRIOS O DE FORMARE? UTILIZAÇÃO Arquitetura do Formare Suporte ao fornecimento de serviços de formação por parte de empresas de formação, aumentando a diversidade, metodologias e disponibilidade de cursos. Interface gráfico/acessibilidade Identificação/Autenticação Os contextos de aprendizagem estão a O Formare LMS é uma solução escalável mudar: as pessoas aprendem cada vez mais com particular ênfase na comunicação, na em contexto digital e num quadro de usabilidade, na personalização e na mobilidade. Assim, existem novos espaços integração de sistemas. Como tal, os e novos conteúdos para a aprendizagem, cenários de utilização mais comuns são: uma vez que o acesso à informação e ao conhecimento deve ser feito em qualquer Implementação e apoio a diversas lugar, a qualquer hora. metodologias de ensino: elearning, blearning, Sendo uma mlearning plataforma e rlearning. de formação a distância, que suporta metodologias de Formação ensino diversas, de a novos evolução colaboradores Formare é sem feita necessidade tendo em conta de as acompanhamento necessidades dos direto: seus clientes Formação e o contínua seu feedback. de colaboradores em áreas comportamentais e técnicas. O Formare e a inovação em formação Sendo os sistemas de gestão da aprendizagem e de GA GPconteúdos considerados, GC hoje, GI como componentes GA maduros P/I e estáveis, importa referir que o Formare acompanha os cenários evolutivos Formare e futuros (Core) sobre a inovação ao serviço da educação e da formação do ponto de vista tecnológico, Sistema nomeadamente Operativo e de no base que diz de dados respeito (SO à + utilização BD) do Mobile Learning, aos ambientes personalizados de aprendizagem (PLE), aos ambientes imersivos de formação em contextos de GA - Gestão Administrativa Learning 3D, GI à - adaptação Gestão de ao Interação contexto e aos desafios do tipo GP - Gestão Pedagógica Serious Game, GA Digital - Gestão StoryTelling da Avaliação e Smart Learning Cities. GC - Gestão de Conteúdos P/I - Parametrização/Integração

6 FUNCIONALIDADES As funcionalidades do Formare advêm de diversos pedidos dos utilizadores e estão organizadas em módulos, permitindo uma interação eficaz e intuitiva com todos os intervenientes do sistema. Gestão de Conteúdos Criação, importação, disponibilização, normalização e gestão de conteúdos no LMS. Gestão Pedagógica Gestão da autoaprendizagem e da aprendizagem colaborativa (tutoria, questionários, trabalhos individuais ou de grupo, recursos pedagógicos). Parametrização e Integração Integração com sistemas de informação externos, segurança e confidencialidade dos dados, parametrização à medida do LMS, do ambiente de formação e dos relatórios e indicadores por curso, por turma e por aluno.

7 Comunicação e Interação Comunicação síncrona (chat de texto e vídeo), comunicação assíncrona ( , fóruns temáticos, fórum geral, troca de ficheiros) e trabalho colaborativo (partilha de apresentações on-line). Avaliação Avaliação pedagógica - avaliação da envolvente e avaliação da eficácia da formação, com capacidades de avaliação formativa e sumativa. Gestão Administrativa Gestão de eventos formativos em elearning e blearning (catálogo de cursos, plano de formação, participantes, professores, coordenadores, áreas temáticas).

8 O QUE É O FORMARE? O Formare é um Sistema de Gestão da Aprendizagem (também designado por LMS Learning Management System) que suporta soluções de formação e educação em ambientes de elearning e blearning. O FORMARE TEM RECONHECIDOS BENEFÍCIOS... A aprendizagem em contexto de Learning Organization revela-se essencial para o desenvolvimento das organizações. Neste sentido, o Formare adapta-se a diferentes contextos e metodologias formativas Sendo uma e plataforma abrange os de principais formação componentes a distância, que de um suporta sistema diversas de elearning: metodologias de ensino, A interação a evolução eficaz do e intuitiva Formare com é sempre o utilizador feita tendo (alunos em conta e professores); as necessidades dos seus clientes e o seu feedback. Assim, mais do que uma plataforma que acompanha as O acesso fácil à tecnologia (plataforma); tendências de mercado, o Formare é uma plataforma que acompanha as necessidades A disponibilização e contextos de dos serviços Clientes intuitivos contribuindo, e inovadores por um para lado, os para eprofessores; a redução dos custos A difusão dos clientes de materiais com a formação pedagógicos dos seus (conteúdos colaboradores formativos e com e a informativos) oferta de serviços em formativos diversos e, formatos; por outro, para o aumento da oferta formativa dos clientes aos seus colaboradores e/ou clientes. A avaliação da formação, da eficácia da mesma e da sua envolvente.

9 PORQUÊ CENÁRIOS O FORMARE? DE UTILIZAÇÃO Arquitetura do Formare Suporte ao fornecimento de serviços de formação por parte de empresas de formação, aumentando a diversidade, metodologias e disponibilidade de cursos. Interface gráfico/acessibilidade Identificação/Autenticação Os O Formare contextos LMS de é aprendizagem uma solução escalável estão a mudar: com particular as pessoas ênfase aprendem na comunicação, cada vez na usabilidade, mais em contexto na digital. personalização Assim, existem e na integração novos espaços de e sistemas. novos conteúdos Como tal, para os a cenários aprendizagem, de utilização uma mais vez que comuns o acesso são: à informação e ao conhecimento deve ser Implementação feito qualquer e lugar, apoio a qualquer a diversas hora. metodologias Sendo uma plataforma de ensino: de formação elearning, a blearning, distância, mlearning que suporta e rlearning. metodologias de ensino diversas, a evolução do Formare Formação é feita tendo de em novos conta colaboradores as necessidades sem necessidade dos seus clientes de acompanhamento e o seu feedback. direto: formação contínua de colaboradores em áreas comportamentais e técnicas. O Formare e a inovação em formação Sendo os sistemas de gestão da aprendizagem e de conteúdos GA GPconsiderados GChoje como GI componentes GA maduros e estáveis, P/I importa referir que o Formare acompanha os cenários evolutivos e futuros Formare sobre (Core) a inovação ao serviço da educação e da formação do ponto de vista tecnológico, nomeadamente no Sistema que Operativo diz respeito e à de utilização base de do dados Mobile (NOS Learning, + DB) aos ambientes personalizados de aprendizagem (PLE), aos ambientes imersivos de formação em contextos de Learning 3D e à GA - Gestão Administrativa adaptação ao GI contexto - Gestão de e aos Interação desafios do tipo Serious Game, GP - Gestão PedagógicaDigital StoryTelling GA - Gestão e Smart da Learning Avaliação Cities. GC - Gestão de Conteúdos P/I - Parametrização/Integração

10 CERTIFICAÇÃO A aplicação foi construída e dividida em três grandes camadas de código, separando a camada de apresentação (écrans HTML) da camada de lógica de aplicação e da camada de acesso aos dados. Todo o desenvolvimento do sistema é efetuado pela PT Inovação e Sistemas, seguindo regras bem definidas de desenvolvimento de software e cumprindo normas de qualidade para as quais é certificado, nomeadamente: ISO 9000 A PT Inovação e Sistemas segue o processo de desenvolvimento PDS que lhe garante a certificação ISO 9001, estando o Formare e os seus projetos nela contemplados. ADL (Advanced Distance Learning) O Formare é certificado pela ADL e segue as recomendações do standard SCORM 1.2.

11 INTRODUÇÃO A formação é um elemento chave das organizações e, cada vez mais, o acesso à informação e ao conhecimento deve ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora e em contexto digital. Este contexto digital, aliado à convergência tecnológica, torna as metodologias tradicionais de ensino desajustadas, pouco ágeis levando, assim, ao aparecimento de novas metodologias de ensino, com novos espaços de formação e aprendizagem. O elearning e o blearning são exemplos dessas metodologias. Criando e disponibilizando contextos de aprendizagem, para cursos de formação orientados à autoaprendizagem e à aprendizagem colaborativa, estas novas metodologias respondem mais eficientemente às necessidades formativas dos formandos e permitem uma aprendizagem contínua e ao seu ritmo. O Formare, por sua vez, representa esse novo espaço de formação e aprendizagem. Desde o seu nascimento, em 1996, este sistema tem evoluído de acordo com as necessidades manifestadas pelos utilizadores (professores, gestores e alunos), o que faz do Formare uma ferramenta pedagogicamente orientada para uma adequada aquisição e difusão do conhecimento.

12 Todas as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio PT Inovação e Sistemas BR_eLearning_PTInS_PT_v4

elearning SISTEMA DE GESTÃO DE APRENDIZAGEM INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR E EM CONTEXTO DIGITAL

elearning SISTEMA DE GESTÃO DE APRENDIZAGEM INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR E EM CONTEXTO DIGITAL elearning SISTEMA DE GESTÃO DE APRENDIZAGEM INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR E EM CONTEXTO DIGITAL O QUE É O FORMARE? O Formare é um Sistema de Gestão da Aprendizagem (também

Leia mais

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Objectivos gerais do módulo No final do módulo, deverá estar apto a: Identificar um Sistema de Gestão da Formação Online; Analisar as diversas

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO MÓDULO II UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE MÓDULO II - UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA FORMAÇÃO ONLINE Projecto: Kit elearning, SAF/ Novabase, S.A. Equipa

Leia mais

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros)

Caracterização. Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos. (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/ Estrangeiros) CLEA Curso de Línguas Estrangeiras Aplicadas Pedro Reis _ Janeiro 2005 Caracterização Curso de formação de Línguas Estrangeiras para Fins Específicos (Francês / Inglês / Alemão / Espanhol / Português p/

Leia mais

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação.

NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. NanowareCyber: Nosso negócio é sua formação. PLATAFORMA AcademiaWeb Sistema de gerenciamento de escola virtual com gestão de conteúdo, transmissão de web-aula ao vivo e interação online com os participantes.

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning. Público-Alvo

CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning. Público-Alvo CURSO DE FORMAÇÃO DE E-TUTOR e-learning Público-Alvo Profissionais que pretendam adquirir competências de base para monitorizar formação na modalidade e-learning ou b-learning que sejam possuidores do

Leia mais

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO

PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO PROGRAMAÇÃO METODOLÓGICA DO DO CURSO DESIGNAÇÃO DO CURSO E-Tutor: especialização pedagógica em e-learning DURAÇÃO DO CURSO 60 HORAS LOCAL E DATAS DE REALIZAÇÃO DA AÇÃO DE FORMAÇÃO 1. VIRTUAL LEARNING CENTER

Leia mais

CURSO: CONCEITOS DE FORMAÇÃO PRESENCIAL, ONLINE E MISTA

CURSO: CONCEITOS DE FORMAÇÃO PRESENCIAL, ONLINE E MISTA CURSO: CONCEITOS DE FORMAÇÃO PRESENCIAL, ONLINE E MISTA RESUMO Com este curso pretende-se a familiarização dos formandos com os principais conceitos que envolvem os processos formativos presenciais, online

Leia mais

Curso Piloto O Atendimento nas Lojas do Cidadão

Curso Piloto O Atendimento nas Lojas do Cidadão Curso Piloto O Atendimento nas Lojas do Cidadão Objectivos da Iniciativa Nova Aprendizagem Equacionar novas formas de participação, de realização e de desenvolvimento de competências dos funcionários das

Leia mais

O contexto na Administração Pública

O contexto na Administração Pública 1.º Workshop ENIDH/MÚTUA DOS PESCADORES e-aprendizagem ou aprendizagem tecnologicamente assistida? Teresa Salis Gomes Directora da Unidade de Inovação Pedagógica O contexto na Administração Pública Aumento

Leia mais

Carta da Qualidade para o e-learning em Portugal

Carta da Qualidade para o e-learning em Portugal Carta da Qualidade para o e-learning em Portugal Maio 2014 1. Enquadramento A Carta da Qualidade e-learning em Portugal é um instrumento prático para cursos online, que pretende servir de referência quer

Leia mais

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11

Índice. Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4. Primeiros passos com o e-best Learning 6. Actividades e Recursos 11 Índice Parte 1 - Introdução 2 Enquadramento do curso 3 Estrutura Programática 4 Parte 2 Desenvolvimento 5 Primeiros passos com o e-best Learning 6 Como aceder à plataforma e-best Learning?... 6 Depois

Leia mais

O MUNDO MUDOU. #fato

O MUNDO MUDOU. #fato DO GIZ AO BYTE O MUNDO MUDOU #fato Sociedade da Informação Informação como recurso estratégico Uso intensivo das TIC Interação digital Diversas formas de fazer as mesmas, ou novas coisas Qual é a sua?

Leia mais

Docentes e Tutores EaD

Docentes e Tutores EaD Formação de Docentes e Tutores EaD ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria Índice Porquê esta Formação 3 Objetivos 4 Como vamos trabalhar 5 Conteúdo programático 6 Destinatários

Leia mais

Enquadramento institucional Programas

Enquadramento institucional Programas O e-learning na Universidade de Aveiro (1998-2005) Evento de ensino virtual e e-learning UFP@Porto 28 Jan 2005 Helder Caixinha caixinha@cemed.ua.pt UOe-L Unidade Operacional de e-learning Universidade

Leia mais

Guião de utilização da plataforma moodle para Professor

Guião de utilização da plataforma moodle para Professor Guião de utilização da plataforma moodle para Professor http://elearning.up.ac.mz http://www.ceadup.edu.mz E-mail: up.cead@gmail.com info@ceadup.edu.mz Maputo, 2013 Introdução Há alguns anos atrás, para

Leia mais

PT Learning Working Group

PT Learning Working Group PT Learning Working Group Reunião n.º 8 Data: 21 de Março 2011 Local: CIEJD Informar e comunicar a UE Iniciativas financiadas pela Comissão Europeia informar UE comunicar Parceria de gestão 2008-2011 Governo

Leia mais

Docentes e Tutores EaD

Docentes e Tutores EaD Formação de Docentes e Tutores EaD ued - unidade de ensino a distância instituto politécnico de leiria Índice Porquê esta Formação 3 Objetivos 4 Como vamos trabalhar 5 Conteúdo programático 6 Destinatários

Leia mais

Gestão da Formação na Cloud. Raul Denominato Manager elearning & HCM @ Novabase raul.denominato@novabase.pt

Gestão da Formação na Cloud. Raul Denominato Manager elearning & HCM @ Novabase raul.denominato@novabase.pt Gestão da Formação na Cloud Raul Denominato Manager elearning & HCM @ Novabase raul.denominato@novabase.pt Tornamos possível a gestão de milhões de horas de formação por ano, suportadas em diferentes

Leia mais

Grupo Alumni. CMTrain - Associação

Grupo Alumni. CMTrain - Associação CMTrain - Formação para metrologia por coordenadas Quando se trata de desenvolver e produzir novos produtos, a metrologia por coordenadas é crucial. No entanto, só se consegue aproveitar o potencial da

Leia mais

Carta da Qualidade para o e-learning

Carta da Qualidade para o e-learning Carta da Qualidade para o e-learning 1. Introdução A carta da qualidade e-learning que aqui se apresenta corresponde a um exercício desenvolvido pela TecMinho - Interface da Universidade do Minho e pela

Leia mais

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet

Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet 57 Capítulo 3 Gerenciadores de EaD baseada na Internet Hoje em dia ter a Internet como aliada é um recurso indispensável para qualquer educador ou responsável por treinamento corporativo que atue em qualquer

Leia mais

As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning. Mafalda Isaac & Hugo Leitão

As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning. Mafalda Isaac & Hugo Leitão As Potencialidades Pedagógicas do E/B-Learning Mafalda Isaac & Hugo Leitão SUMÁRIO 1. WEB S 2. MODELOS PEDAGÓGICOS 3. EXPLORAÇÃO DA PLATAFORMA VIRTUAL LEARNING CENTER (VLC) 2 FORMAÇÃO A DISTÂNCIA B-LEARNING

Leia mais

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE GUIA DO FORMANDO DIAGNOSTICAR, AVALIAR E INTERVIR EDIÇÃO DAIB1P ÁREA: PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE Índice ENQUADRAMENTO DESCRIÇÃO DESTINATÁRIOS OBJETIVOS ESTRUTURA E DURAÇÃO AUTOR METODOLOGIA PEDAGÓGICA

Leia mais

Centro e-learning da TecMinho

Centro e-learning da TecMinho Centro e-learning da TecMinho Dias A 1, Fernandes D 1 1 TecMinho/Gabinete de Formação Continua da Universidade do Minho, Guimarães, Portugal Resumo. A TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade

Leia mais

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça

GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP. AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça GRELHA PARA A CARACTERIZAÇÃO DE RTP Entidade interlocutora: Identificação do Projecto AEBJC Associação para o Ensino Bento de Jesus Caraça Nº do projecto: 2001/EQUAL/A2/AD/139 Designação do projecto: Área

Leia mais

MOODLE é o acrónimo de "Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem;

MOODLE é o acrónimo de Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem; MOODLE é o acrónimo de "Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment Software livre, de apoio à aprendizagem; Executado em um AVA - Ambiente Virtual de Apresendizagem; A expressão designa ainda

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Cria1vidade e tecnologia a favor da APRENDIZAGEM.

Cria1vidade e tecnologia a favor da APRENDIZAGEM. www.eadskill.com.br 20 anos de experiência em TREINAMENTO CORPORATIVO. A Skill e- Learning Solu7ons oferece soluções completas para desenvolvimento de treinamentos corpora-vos, que vão desde a análise

Leia mais

Sistemas de gerenciamento de aprendizagem: uma metodologia de avaliação

Sistemas de gerenciamento de aprendizagem: uma metodologia de avaliação Sistemas de gerenciamento de aprendizagem: uma metodologia de avaliação Mário Vasconcelos Andrade Universidade Tiradentes, Brasil mario_andrade@yahoo.com Francisco Vilar Brasileiro Universidade Federal

Leia mais

A NOVA GERAÇÃO e-learning Ana Augusta Silva Dias TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade do Minho

A NOVA GERAÇÃO e-learning Ana Augusta Silva Dias TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade do Minho A NOVA GERAÇÃO e-learning Ana Augusta Silva Dias TecMinho/Gabinete de Formação Contínua da Universidade do Minho Futurália Parque das Nações 10 Dezembro 2008 TecMinho: Interface UM TecMinho Campus de Azurém

Leia mais

e-universidades Corporativas

e-universidades Corporativas e-universidades Corporativas Nuno Pena Gestor de Unidade de Negócio e-learning Coimbra, Abril de 2004 emória Organizacional utação O ambiente empresarial absorveu ao longo dos anos os tradicionais moldes

Leia mais

A que se propõe? Histórico e Evolução. Funcionalidades. Aplicações Comerciais. Tecnologias Envolvidas. Áreas Afetadas. Bibliografia. A que se propõe?

A que se propõe? Histórico e Evolução. Funcionalidades. Aplicações Comerciais. Tecnologias Envolvidas. Áreas Afetadas. Bibliografia. A que se propõe? O que é? Educação à Distância: [...]a modalidade de educação em que as atividades de ensino-aprendizagem são desenvolvidas majoritariamente (e em bom número de casos exclusivamente) sem que alunos e professores

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI

Os Nossos Serviços. Learning is Changing! Project Management PMI Learning is Changing! A actualidade apresenta-nos desafios constantes, que exigem novas respostas e soluções inovadoras, para um Futuro de Crescimento e Competitividade. Learning is Changing! reflecte

Leia mais

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma.

O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. O Recurso a Meios Digitais no Contexto do Ensino Superior. Um Estudo de Uso da Plataforma. Universidade de Aveiro Mestrado em Gestão da Informação Christelle Soigné Palavras-chave Ensino superior. e-learning.

Leia mais

Instrumentos de Avaliação

Instrumentos de Avaliação Instrumentos de Avaliação 7 Questionário de expectativas Atendendo à integração do Curso "Formação de eformadores" no Projecto etrainers, que tem como objectivo a testagem de metodologias e ambientes inovadores

Leia mais

Caracterização do Curso de Formação de eformadores

Caracterização do Curso de Formação de eformadores Caracterização do Curso de Formação de eformadores 27 Titulo do Curso Curso de Formação de eformadores Titulo dos Módulos Módulo de Integração Módulo 1: Evolução Histórica e Teorias do Ensino e Formação

Leia mais

Democratize access to the Serious Games

Democratize access to the Serious Games Paris - Annecy - Geneva - Moscow www.itycom.com Democratize access to the Serious Games Customizable Off-the-Shelf Training Modules Serious Games e-learning Multimedia Elements Interactive Comics ITyStudio

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando

Guia de Acesso à Formação Online Formando Guia de Acesso à Formação Online Formando Copyright 2008 CTOC / NOVABASE ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...5 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...6 5. Avaliação...7

Leia mais

Jogos e Mobile Learning em contexto educativo

Jogos e Mobile Learning em contexto educativo Jogos e Mobile Learning em contexto educativo Razões justificativas da acção e a sua inserção no plano de actividades da entidade proponente A sociedade atual exige que os seus cidadãos desenvolvam novas

Leia mais

Formação de recursos humanos em saúde: tecnologias de informação e comunicação como recurso didático no Programa FAIMER Brasil

Formação de recursos humanos em saúde: tecnologias de informação e comunicação como recurso didático no Programa FAIMER Brasil ARTIGO Formação de recursos humanos em saúde: tecnologias de informação e comunicação como recurso didático no Programa FAIMER Brasil AUTORES Vera Lúcia Garcia Dra. em Distúrbios da Comunicação Humana

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional

Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Título Do ensino modular ao ensino por elearning uma evolução natural para o Ensino Profissional Autora Ana Paula Salvo Paiva (Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade Católica Portuguesa) apaula.sintra.paiva@gmail.com

Leia mais

PONTOS CRÍTICOS DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROJETO DE E-LEARNING.

PONTOS CRÍTICOS DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROJETO DE E-LEARNING. PONTOS CRÍTICOS DA IMPLANTAÇÃO DE UM PROJETO DE E-LEARNING. Boa comunicação e apoio da direção estão entre os pontos críticos na implantação do projeto de educação a distância. Uma estratégia bem fundamentada

Leia mais

Uma Questão de Atitude...

Uma Questão de Atitude... Uma Questão de Atitude... Catálogo de Formação 2014 1 Introdução 3 Soluções de Formação 3 Áreas de Formação 4 Desenvolvimento Pessoal 5 Comercial 12 Secretariado e Trabalho Administrativo 15 Indústrias

Leia mais

Cursos de e-learning da Academia Portuguesa de Seguros

Cursos de e-learning da Academia Portuguesa de Seguros Cursos de e-learning da Academia Portuguesa de Seguros Guia de Apresentação do Curso de Qualificação de Agentes, Corretores de Seguros ou Mediadores de Resseguros Guia de Apresentação do Curso Versão 1.0

Leia mais

Apresentação da Plataforma

Apresentação da Plataforma Apresentação da Plataforma por Luís Miguel Ricardo 282 I - Generalidades Inaugurada no ano de 2009, a modalidade elearning concebida pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, utiliza a plataforma

Leia mais

Alfabetização Digital

Alfabetização Digital Ferramentas de interação e sua utilização pedagógica nos Ambientes Virtuais de Aprendizagem evidenciando o papel do professor e do estudante Prof. Ana Carolina de Oliveira Salgueiro de Moura Prof. Antônio

Leia mais

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços.

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Em FORMATO E-LEARNING PQ 11.04.A Página 1 de 6

Em FORMATO E-LEARNING PQ 11.04.A Página 1 de 6 Página 1 de 6 1. FUNCIONAMENTO Os cursos na modalidade de e-learning do são frequentados totalmente online, à exceção do Curso de Trabalhador Designado para a Segurança e Saúde no Trabalho em que a 1ª

Leia mais

GUIA DO FORMANDO. Ética e Deontologia Profissional do Psicólogo

GUIA DO FORMANDO. Ética e Deontologia Profissional do Psicólogo GUIA DO FORMANDO Índice Enquadramento... pág. 3 Descrição do Curso... Destinatários... Objetivos de aprendizagem... Estrutura e Duração do Curso... Autor... Metodologia Pedagógica... Avaliação e Certificação...

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM

Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM Estratégia de intervenção do QIMRAM no desenvolvimento de competências nos docentes da RAM 1- Estabelecimentos de ensino integrados no projecto em anos lectivos transactos Os docentes colocados em estabelecimentos

Leia mais

2. Ensino a distância

2. Ensino a distância Na bibliografia consultada temos encontrado diferentes terminologias para referirem o que chamamos vulgarmente de Ensino a Distância (EaD), embora nem sempre a ideia seja exactamente a mesma. Neste capítulo

Leia mais

O MOODLE COMO FERRAMENTA DIDÁTICA

O MOODLE COMO FERRAMENTA DIDÁTICA 1 O MOODLE COMO FERRAMENTA DIDÁTICA Andréia de Souza Alencar Fernanda Cristina de Paula Matias Fernanda Pereira Guimarães Rodrigo Sanches de Oliveira Resumo: Educação a distância (EaD) e Software Livre

Leia mais

Ambiente de Ensino e Aprendizagem via Internet A Plataforma Moodle

Ambiente de Ensino e Aprendizagem via Internet A Plataforma Moodle Ambiente de Ensino e Aprendizagem via Internet A Plataforma Moodle Dr. Renato M.E. Sabbatini Introdução O Moodle é uma plataforma de aprendizagem a distância baseada em software livre. É um acrônimo de

Leia mais

http://www.moodle.org, http://www.moodle.com Sessão 1

http://www.moodle.org, http://www.moodle.com Sessão 1 http://www.moodle.org, http://www.moodle.com Sessão 1 Apresentação do LMS Moodle Formador: (vmnf@yahoo.com) Escola Secundária de São João da Talha 21 de Abril de 2006 v2.02: 2006/04/21 Apresentação do

Leia mais

KEMP 134681-LLP-1-2007-1-PT-GRUNDTVIG-GMP. Módulo 3. e-learning

KEMP 134681-LLP-1-2007-1-PT-GRUNDTVIG-GMP. Módulo 3. e-learning Módulo 3 e-learning Objectivos do Módulo Perceber o que é o e-learning e o b-learning Os formandos receberão informação sobre as bases e princípios associados à formação assente nas novas tecnologias Conhecer

Leia mais

[Conteúdo] Manual do e-formando [2010] 1.INTRODUÇÃO... 3 2.METODOLOGIA DIDÁCTICA... 3 3.HORÁRIO... 3 4.TUTORIAS... 4 5.SISTEMA DE TRABALHO...

[Conteúdo] Manual do e-formando [2010] 1.INTRODUÇÃO... 3 2.METODOLOGIA DIDÁCTICA... 3 3.HORÁRIO... 3 4.TUTORIAS... 4 5.SISTEMA DE TRABALHO... [Conteúdo] 1.INTRODUÇÃO... 3 2.METODOLOGIA DIDÁCTICA... 3 3.HORÁRIO... 3 4.TUTORIAS... 4 5.SISTEMA DE TRABALHO... 4 6.1.ACESSO À PLATAFORMA... 4 6.2.FUNCIONAMENTO DIÁRIO DA PLATAFORMA... 7 2 1.INTRODUÇÃO

Leia mais

SOLUÇÕES PERSONALIZADAS DE E-LEARNING: CURSOS DE LARGA ESCALA

SOLUÇÕES PERSONALIZADAS DE E-LEARNING: CURSOS DE LARGA ESCALA SOLUÇÕES PERSONALIZADAS DE E-LEARNING: CURSOS DE LARGA ESCALA ARTIGO ACEITO PARA O IADIS EUROPEAN CONFERENCE 2012 LISBOA (PORTUGAL) Categoria mini artigo com no máximo 2500 palavras RESUMO Este artigo

Leia mais

SPEEXX Empowering Communication

SPEEXX Empowering Communication Empowering Communication Empowering communication speexx Coach... 38 speexx Live... 38 speexx Phone... 39 speexx 1:1... 39 Encontrar a sua formação Índice do Guia 2 Índice detalhado 10 Procura por palavras-chave

Leia mais

Introdução ao e-learning

Introdução ao e-learning Introdução ao e-learning Francisco Restivo FEUP/IDIT fjr@fe.up.pt Guião Ser um e-aprendente competente Trabalho de casa: pensar num curso Ser um desenhador de cursos competente Trabalho de casa: desenhar

Leia mais

Programa de Parcerias Ilog

Programa de Parcerias Ilog Programa de Parcerias Ilog Dados do Documento: Responsável Ilog: Renato Dutra Revisor Ilog: Renato Dutra Versão: 2.0 Data da última alteração: 1. OBJETIVO DO DOCUMENTO Apresentar o funcionamento do programa

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Indicie. 1.Introdução...1. 2.Como Surgiu...2. 3.Para que serve...3. 4.Instalação...3. 5. Oque ele permite fazer...5. 6. Primeiro Cenário...

Indicie. 1.Introdução...1. 2.Como Surgiu...2. 3.Para que serve...3. 4.Instalação...3. 5. Oque ele permite fazer...5. 6. Primeiro Cenário... Artigo sobre Indicie 1.Introdução....1 2.Como Surgiu....2 3.Para que serve....3 4.Instalação....3 5. Oque ele permite fazer....5 6. Primeiro Cenário....6 7. Segundo Cenário....7 8. Conclusão....8 5. Referencias....9

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DA MOITA PLANO DE AÇÃO PARA AS TIC Equipa PTE "A exclusão digital não é ficar sem computador ou telefone celular. É continuarmos incapazes de pensar, de criar e de organizar novas

Leia mais

Modelo para a gestão de conteúdos em

Modelo para a gestão de conteúdos em Modelo para a gestão de conteúdos em sistemas de e-learning e no ensino superior Helder Caixinha caixinha@cemed.ua.pt Mestrando no DEGEI@UA, sob orientação de Luís Borges Gouveia Evento de ensino virtual

Leia mais

O PROFESSOR ONLINE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS

O PROFESSOR ONLINE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS O PROFESSOR ONLINE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS Carvalheiro, Gonçalo goncalocarvalheiro@gmail.com MPEL05 Universidade Aberta Resumo O presente artigo tem como base uma entrevista realizada a uma docente, investigadora

Leia mais

DOMUS MOBILE: PLATAFORMA DE SUPORTE AO MOBILE-LEARNING

DOMUS MOBILE: PLATAFORMA DE SUPORTE AO MOBILE-LEARNING Conferência IADIS Ibero-Americana WWW/Internet 2005 DOMUS MOBILE: PLATAFORMA DE SUPORTE AO MOBILE-LEARNING Paulo Alves e José Adriano Escola Superior de Tecnologia e de Gestão de Bragança Campus de S.

Leia mais

Trilhas de aprendizagem UCSebrae um caminho em construção

Trilhas de aprendizagem UCSebrae um caminho em construção Trilhas de aprendizagem UCSebrae um caminho em construção Trilhas de aprendizagem Trilhas de desenvolvimento Foco no desenvolvimento de competências Foco no desenvolvimento de carreiras O Sebrae O Serviço

Leia mais

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno*

Website disponível em: Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt. Palavra-chave: *aluno* Website disponível em: http://formar.tecminho.uminho.pt/moodle/course/view.php?id=69 Nome de Utilizador: aluno@aluno.pt Palavra-chave: *aluno* Associação Universidade Empresa para o Desenvolvimento Web

Leia mais

CURSO. Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho para Gestores

CURSO. Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho para Gestores CURSO Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho para Gestores O Projecto ReQual visou promover a adaptabilidade e a formação ao longo da vida de activos com baixos níveis de qualificação. Visou ainda consolidar

Leia mais

Guia de Apoio à utilização da Ferramenta Interactiva FREE

Guia de Apoio à utilização da Ferramenta Interactiva FREE Fostering Return to Employment through Entrepreneurship, Innovation and Creativity Guia de Apoio à utilização da Ferramenta Interactiva FREE 2009-1-PT1-LEO05-03245, FREE i Índice I. Introdução... 1 II.

Leia mais

Abordagem Formativa Web-Based. Success does not happen by accident. It happens by Design.

Abordagem Formativa Web-Based. Success does not happen by accident. It happens by Design. Abordagem Formativa Web-Based Success does not happen by accident. It happens by Design. Objectivo, Processo, Resultado Objectivo desta Apresentação Introduzir as características e benefícios chave de

Leia mais

CASO PRÁTICO Conheça a a experiência e-learning

CASO PRÁTICO Conheça a a experiência e-learning Sandra Fanha / Carla Diogo CASO PRÁTICO Conheça a a experiência e-learning plena de êxitos e bons resultados AGENDA Âmbito Organizacional Constrangimentos Benefícios Benef cios Constrangimentos Porque

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Faculdade AIEC, mantida pela Associação Internacional de Educação Continuada AIEC, iniciou, em 2002, o curso de Bacharelado em Administração, na metodologia semipresencial. Foi pioneira e até hoje é

Leia mais

Modelo de Qualidade CMMI

Modelo de Qualidade CMMI Modelo de Qualidade CMMI João Machado Tarcísio de Paula UFF - Campus Rio das Ostras Resumo Este trabalho tem como objetivo explicar de forma simples o que é e como funciona o modelo de qualidade CMMI,

Leia mais

webaula S/A 1 de 15 Grupo webaula Educação sem fronteiras

webaula S/A 1 de 15 Grupo webaula Educação sem fronteiras webaula S/A 1 de 15 Grupo webaula 1. LMS webaula O LMS WEBAULA (Learning Management System) foi desenvolvido especialmente para promover a capacitação e reciclagem teórica e prática dos colaboradores de

Leia mais

A utilização das TICs na formação de profissionais de qualidade internacional

A utilização das TICs na formação de profissionais de qualidade internacional A utilização das TICs na formação de profissionais de qualidade internacional Profa. Dra. Cecília M. F. Rubira www.ic.unicamp.br/~cmrubira cmrubira@ic.unicamp.br Instituto de Computação - UNICAMP Coordernadoria

Leia mais

» O conceito. Posicionando o e-learning dentro de uma estratégia de Educação Corporativa eficaz, alinhada aos objetivos de negócio de sua organização

» O conceito. Posicionando o e-learning dentro de uma estratégia de Educação Corporativa eficaz, alinhada aos objetivos de negócio de sua organização Posicionando o e-learning dentro de uma estratégia de Educação Corporativa eficaz, alinhada aos objetivos de negócio de sua organização» O conceito Um Clique à Frente. » O conceito Posicionando o e-learning

Leia mais

MBA EM ARQUITETURA DE SOLUÇÕES

MBA EM ARQUITETURA DE SOLUÇÕES MBA EM ARQUITETURA DE SOLUÇÕES Você está trabalhando ou quer trabalhar em um mercado que precisa de soluções cada vez mais complexas, alinhadas ao negócio e, principalmente, soluções com características

Leia mais

Ensino à distância Caso prático E-MBA do IESF

Ensino à distância Caso prático E-MBA do IESF Ensino à distância Caso prático E-MBA do IESF Manuel Leite Mestrado em Análise de Dados e Sistemas de Apoio à Decisão Sistemas de Informação para Gestão Faculdade de Economia, 29 de Novembro de 2002 1

Leia mais

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI

Apresentação do MOODLE. Educação do século XXI Apresentação do MOODLE Educação do século XXI Software social e e-learning Talvez seja o momento de fazer algo nas suas disciplinas! O que pretende do seu sistema de aprendizagem on-line? Fácil criação

Leia mais

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com

A plataforma. Sistemas de Gestão de Aprendizagem. Carlos Nunes csmnunes@gmail.com A plataforma Sistemas de Gestão de Aprendizagem Carlos Nunes csmnunes@gmail.com O que é o Moodle? É um Sistema de Gestão de Aprendizagem (LMS) e de trabalho colaborativo, acessível através da Internet

Leia mais

www.pwc.pt/pt/formacao Learning designers PwC s Academy

www.pwc.pt/pt/formacao Learning designers PwC s Academy www.pwc.pt/pt/formacao Learning designers s Academy O papel das tecnologias no contexto atual 95% dos inquiridos do estudo pretendem usar a tecnologia para compartilhar boas práticas. Fonte: Perspectives

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0

MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0 MELHORES PRÁTICAS ALUNO VERSÃO 1.0 APRESENTANDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Um ambiente virtual de aprendizagem é um sistema para gerenciar cursos a distância que utilizam a Internet, ou para complementar

Leia mais

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado EDUTec Learning MANUAL DO UTILIZADOR José Paulo Ferreira Lousado Índice Página Principal... ii Página de Desenvolvimento de Conteúdos... iii Página de Comunicações...iv Página de Transferência de Ficheiros...vi

Leia mais

Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso

Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso Conhecimentos essenciais na utilização de software PRIMAVERA Guia do curso Pág. 1 Índice Índice... 2 Dados Gerais da formação... 3 Objetivos da formação... 3 Estrutura e desenvolvimento da formação...

Leia mais

A IMPLEMENTAÇÃO DO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EPS. I A metodologia do EaD Antecedentes e Características. SAj ADMIL Braga Fernandes

A IMPLEMENTAÇÃO DO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EPS. I A metodologia do EaD Antecedentes e Características. SAj ADMIL Braga Fernandes A IMPLEMENTAÇÃO DO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) NA EPS SAj ADMIL Braga Fernandes I A metodologia do EaD Antecedentes e Características Resenha e evolução histórica do EaD Ao contrário do que vulgarmente se

Leia mais

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA

INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA INOVAÇÃO E SOLUÇÃO INTEGRADA A Formação no ISQ A actividade de Formação do ISQ tem sido uma forte aposta enquanto factor determinante para o desenvolvimento e melhoria de desempenho dos sectores tecnológicos

Leia mais

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS São Paulo SP Maio 2012 Setor Educacional Educação Corporativa Classificação das Áreas

Leia mais

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO.

TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. TERCEIRIZAÇÃO, OUTSOURCING, INFRAESTRUTURA DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS E SITES, AUDITORIAS E SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. OneIT A gente trabalha para o seu crescimento. Rua Bento Barbosa, n 155, Chácara Santo

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM. Informática: Linguagens que se convertem em Ferramentas Pedagógicas

AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM. Informática: Linguagens que se convertem em Ferramentas Pedagógicas AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM Informática: Linguagens que se convertem em Ferramentas Pedagógicas Atividades Adicionais EPC- 20/fev Resumo 1. O Moodle 2. Fluxo de Trabalho 3. BigBlueButtonBN ( odular

Leia mais

APRESENTAÇÃO TÉCNICA EAD

APRESENTAÇÃO TÉCNICA EAD APRESENTAÇÃO TÉCNICA EAD Nosso LMS (Learning Management System) Integrado ao Edição Janeiro de 2014 Sumário APRESENTAÇÃO TÉCNICA 1 EAD LEARNING MANAGEMENT SYSTEM 1 1. TERMO DE CONFIDENCIALIDADE 4 2. APRESENTAÇÃO

Leia mais

Potencialidades Tecnológicas e Educacionais - Parte II

Potencialidades Tecnológicas e Educacionais - Parte II UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA V SEMINÁRIO DE DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOCENTE Patric da Silva Ribeiro patricribeiro@unipampa.edu.br Maicon Isoton maiconisoton@gmail.com Potencialidades Tecnológicas

Leia mais