Engenharia de Requisitos de Software. Visão Geral

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Engenharia de Requisitos de Software. Visão Geral"

Transcrição

1 de Software Visão Geral João Sousa Apoio: Desenvolvimento de Sw - Como estamos? Segundo o Standish Group (CHAOS Report 2004): 34% dos projetos com sucesso. 15% dos projetos cancelados antes de completados. 51% dos projetos completados com problemas: Custo adicional médio: 46% Prazo adicional médio: 82% Entrega média: 52% do escopo previsto Nota: Já foi pior!! Veja relatório de 1994 Nota: E não tem melhorado Em % dos projetos com sucesso Slide 2 1

2 Fatores de Sucesso Características normalmente presentes em projetos bem sucedidos: Apoio da alta direção. Stakeholders comprometidos e participando efetivamente do projeto. Definição clara dos requisitos e método controlado de modificações. Processo de desenvolvimento organizado. Estimativas realistas. Gerenciamento efetivo do projeto (incluindo riscos). Slide 3 Disciplinas Uma disciplina é uma coleção de atividades que estão relacionadas a uma área de conhecimento. As disciplinas são: Modelagem de Negócios Requisitos Análise e Design Implementação Teste Implantação Gerência de Configuração e Mudança Gerenciamento de Projeto Slide 4 2

3 Relacionamento entre as Principais Disciplinas orientam Escopo Requisitos Gerência Projetos planeja projetados implementados verificados acompanha Análise e Design construídos Implementação avaliados Testes controlados Gerência de Configuração e Mudança Slide 5 Importância dos Requisitos A parte individual mais difícil da construção de um sistema de software é decidir o que construir. Nenhuma parte do trabalho danifica tanto o sistema resultante se for feita de forma incorreta. Nenhuma outra parte é mais difícil de se consertar depois. Fred Brooks Quanto mais tarde no processo de desenvolvimento um defeito for detectado, maior será o custo para consertá-lo. Estágio Requisitos 1-2 Design 5 Codificação 10 Teste de Unidade 20 Teste de Aceitação 50 Manutenção 200 Custo Relativo Slide 6 3

4 Importância dos Requisitos Problema Real Requisitos Especificação Correta Especificação com Erro Os erros são propagados e aumentam substancialmente quanto mais cedo forem cometidos. Erros em requisitos contribuem para 70% do retrabalho e podem consumir de 25% a 40% do orçamento do projeto. Fonte : Boehm e Papaccio Design Design Correto Design com Erro Design Baseado em Especificação com Erro Implementação Código Correto Código com Erro Código Baseado em Design com Erro Código Baseado em Especificação com Erro Testes Funções Corretas Erros Fácil Correção Erros Difícil Correção Erros Ocultos Slide 7 Requisito - Definição Algo que se deseja ou precisa (Webster s Dictionary) Uma característica que o usuário necessita para resolver um problema ou atingir um objetivo (IEEE Standard) Uma característica que o sistema deve possuir para satisfazer um contrato, padrão ou outro documento formal (IEEE Standard) Slide 8 4

5 Níveis de Abstração - Problema x Solução Visão Especificação Detalhada Necessidades Problema Características Solução (requisitos de alto nível) Requisitos detalhados do software Slide 9 Necessidade Eu preciso me comunicar com outras pessoas, seja por iniciativa minha ou delas, a qualquer tempo, onde quer que eu esteja. Slide 10 5

6 Solução O que diferencia uma solução da outra? Como conhecer essas diferenças? Slide 11 Refinamento de Requisitos Necessidade Acompanhar indicadores de qualidade ao longo do projeto. Visão Sistema de Controle de Defeitos Característica 63: Apresentar graficamente a evolução da quantidade de defeitos ao longo do projeto. Especificação Detalhada Requisito 63.1: Apresentar um relatório de histograma mostrando o tempo no eixo x e o número de defeitos encontrados no eixo y. Requisito 63.2: O usuário pode informar o período a ser apresentado no relatório em uma das seguintes unidades: dias, semanas ou meses. Padrão: semanas Requisito 63.3: O usuário pode informar o conjunto de módulos do sistema que serão considerados no relatório. Padrão: todos. Requisito 63.4: O relatório de histograma deve seguir o formato descrito no apêndice X. Slide 12 6

7 Requisitos Funcionais x Não Funcionais Requisitos Funcionais Funcionalidades disponibilizadas pelo software, de modo a capacitar os usuários a executar suas tarefas e satisfazer às necessidades do negócio. São ações que o produto deve realizar de modo a fornecer funcionalidades úteis para seus usuários. Ex: emitir conta telefônica mensal Requisitos Não Funcionais São propriedades ou qualidades que o produto deve possuir Em sua maioria, não expressam nenhuma função a ser realizada pelo software, e sim necessidades e restrições que o mesmo deve satisfazer. Relacionados com a Arquitetura do Software Ex: desempenho, robustez, facilidade de uso,... Slide 13 Modelo Genérico da Levantamento dos Requisitos Análise e Negociação dos Requisitos Especificação dos Requisitos Verificação e Validação dos Requisitos Gerência dos Requisitos Slide 14 7

8 Levantamento Entender as atividades, os conceitos, os problemas, a cultura e a linguagem dos usuários para construir sistemas que atendam às suas necessidades. Entrevistas Observação / Demonstração Reuniões Estruturadas Brainstorming e Brainwriting Workshops JAD: Joint Application Development... Slide 15 Análise e Negociação Já falei com os interessados. Agora é só escrever os casos de uso, certo? Analisar o que foi levantado: Registrar os problemas / necessidades. Modelar o entendimento sobre o contexto (dados, processos, envolvidos, locais, eventos/ciclos temporais, motivações/regras). Entender a importância relativa das necessidades. Identificar conflitos, inconsistências, omissões. Propor e negociar alternativas de solução. Slide 16 8

9 Especificação Requisitos são especificados de forma que todos os envolvidos possam ter um entendimento comum sobre o que deve ser construído. Como especificar? User Stories Casos de Uso Especificações Tradicionais Preciso mesmo especificar? Nossa memória tem capacidade limitada. Projeto Boeing 777: requisitos!! Slide 17 Refinamento de Requisitos Até que nível de detalhe devemos ir? Definir: Cada entrada e saída Cada validação Cada transformação Os comportamento normais e alternativos Os comportamentos em cada exceção Não se esqueça das questões não funcionais Performance, robustez, confiabilidade, segurança, etc. E a Interface com o Usuário? Nível mais concreto observado pelo usuário. Deve ser validada antes de se investir grande esforço na construção. Processo de Refinamento: Os problemas surgem nos detalhes! Slide 18 9

10 Verificação e Validação Estamos construindo o produto correto? Estamos construindo o produto da forma correta? A especificação é examinada de forma a tentar assegurar que os requisitos foram definidos sem ambigüidades, inconsistências ou omissões, e que todos os defeitos foram detectados e corrigidos. Inspeção e utilização de Checklists Diferentes Perspectivas (Cliente, Testador,...) Protótipos e Maquetes. Slide 19 Gerência de Requisitos Define uma abordagem sistemática para levantar, organizar e documentar as modificações nos requisitos. É executada em paralelo durante todo o processo de desenvolvimento. Fornece instrumentos para apoiar a análise de impacto das mudanças. Verifica a consistência entre os requisitos e todos demais produtos relacionados (código, modelos, cenários de testes,...). Captura de informações de apoio à gerência do projeto: Importância, Risco, Release previsto,... Slide 20 10

11 Controlar as mudanças dos Requisitos Cliente Fornecedor Solicitar Mudança Identificar Requisitos Impactados Definir Impacto da Mudança Aprovar Solicitação de Mudança Estimar Impacto da Mudança Revisar Impacto da Mudança Implementar e Validar Mudança Ferramenta de Workflow para acompanhamento JIRA, ClearQuest,... Slide 21 Rastreabilidade Necessidade Característica Requisito Suplementar Caso de Uso Regra Caso de Teste Módulo Implementação Todos os itens de projeto e implementação partem de um requisito inicial e se identificam com ele! Slide 22 11

12 Processo Conjuntos de atividades definidas Insumos Resultados Papéis Instrumentos de apoio - Ferramentas e uma seqüência estabelecida entre elas pode conter ciclos deve conter possibilidade de paralelismo Define os artefatos que serão desenvolvidos Define quando e como eles serão desenvolvidos (atividades) Define o perfil de quem irá desenvolvê-los Slide 23 Processo Métodos / Técnicas Processo Pessoas habilitadas, treinadas e motivadas Ferramentas / Equipamentos / Tecnologia Slide 24 12

13 Processo de Requisitos Exemplo Necessidades An. Requisito Visão Geral Software Definir Escopo Projeto An. Requisito Lista de Casos de Uso Identificar Comportamento do Software M Aprovação Requisitos Cliente An. Requisto Detalhar Requisitos do Software Casos de Uso Aprovação Detalhamento M Cliente An. Requisito Plano Gerência Requisitos Atributos e Rastreabilidade Gerenciar Requisitos Slide 25 Definir a Visão Geral da Solução Entender o problema a ser resolvido. Identificar os stakeholders e suas necessidades. Definir as fronteiras da solução. Identificar restrições e premissas. Definir características funcionais que o software deve apresentar para atender as necessidades. Definir características suplementares que o software deve apresentar para atender as necessidades. Definir características que poderiam ser aplicáveis, mas que não serão contempladas pelo software. Slide 26 13

14 Caso de Uso O comportamento funcional do software pode ser descrito através da técnica de casos de uso. O comportamento do software é documentado em um modelo de Caso de Uso que ilustra as funcionalidades existentes no software (Casos de Uso), suas fronteiras (Atores) e os relacionamentos entre os Casos de Uso e os Atores (Diagramas de Caso de Uso). Um caso de uso é um curso completo de eventos iniciados por um ator, especificando as interações que ocorrem entre atores e o software, incluindo variações, de modo que um resultado de valor observável seja obtido. O papel mais importante deste modelo é comunicar o comportamento do software aos clientes ou usuários finais. Slide 27 Ator Representa alguém ou alguma coisa que interage com o software. Não fazem parte do software. Eles delimitam os elementos externos ao software. Escreva para cada ator uma breve descrição e defina as suas responsabilidades. Questões: Ator Cliente X Operador? Quem utiliza o sistema? Temporizador x Ator primário Slide 28 14

15 Identificando Casos de Uso Normalmente é difícil decidir se um determinado conjunto de interações constituem apenas um caso de uso ou vários casos de uso. Exemplo: Inserir latas e garrafas Solicitar impressão do recibo Quantos casos de uso você identifica neste exemplo? Slide 29 Decomposição Funcional Quebrar um problema em partes pequenas e isoladas. As partes trabalham juntas para prover a funcionalidade do sistema. Muitas vezes não fazem sentido isoladamente. Casos de Uso: NÃO é decomposição funcional. Mantém a funcionalidade agrupada para descrever um uso completo do sistema. Provê contexto. Mesmo nível de detalhe da decomposição funcional mas estruturados para facilitar o entendimento dos stakeholders Slide 30 15

16 Decomposição Funcional: Um Exemplo Inserir Cartão Entrar PIN Processar Transação Consórcio Bancos Selecionar Conta Destino Selecionar Transferência de Fundos Selecionar Saque Cliente Entrar Montante Selecionar Conta Origem Selecionar Saldo da Conta Slide 31 Evitar Decomposição Funcional Sintomas Casos de uso muito pequenos Muitos casos de uso Casos de uso sem resultado de valor Nomes com operações de baixo nível Operação + objeto Função + dados Exemplo: Inserir cartão Dificuldade em entender o modelo com um todo Ações Corretivas Buscar um contexto maior Por que estamos construindo o sistema? Coloque-se no papel do usuário O que o usuário quer alcançar? O objetivo de quem esse caso de uso satisfaz? Que valor este caso de uso agrega? Slide 32 16

17 Casos de Uso (sem decomposição funcional) Sacar Dinheiro Cliente Transferir Fundos Depositar Fundos Consórcio Bancos Slide 33 Caso de Uso - Atividades de Identificação A identificação dos casos de uso é uma atividade de definição da solução É fundamental contextualizar o motivo da existência de cada caso de uso Entender como os casos de uso colaboram entre si para atender as necessidades e os objetivos da solução Combinar o entendimento funcional e de informações (domínio) Análise do problema para definição da solução Slide 34 17

18 Caso de Uso - Atividades de Identificação Definir Módulos Organizar os casos de uso em pacotes a partir do domínio do problema. Identificar Atores Identificar Casos de Uso Nome e Descrição Resumida Contextualizar o motivo da existência de cada caso de uso Relacionar Casos de Uso identificados com atividades, entidades(domínio) e eventos do negócio. Existe uma ordem de execução desses casos de uso? Representar o ciclo de vida para entidades que tiverem uma dinâmica de estados significativa. Slide 35 Elaborar Modelo de Domínio (Conceitual) Conferência Edição da Conferência 1 0..* 0..* 0..* Tópico de Interesse 1 * Remetente Pessoa Autor 1 * * Artigo * +classicado em * * Slide 36 18

19 Elaborar Modelo de Domínio (Estados) Visão Dinâmica da Entidade de Negócio Artigo UC - Cancelar Submissão UC - Submeter Artigo UC - Submeter Artigo Com Pendência Submetido UC - Cancelar Submissão Cancelado UC - Realizar Triagem Artigo : [ Artigo Não OK ] UC - Realizar Triagem Artigo : [ Artigo OK ] UC - Cancelar Submissão Liberado para Distribuição Slide 37 Casos de Uso Um caso de uso descreve um conjunto de caminhos que podem ser seguidos durante a utilização do sistema em um determinado contexto. Ex: Registrar Venda A) Venda normal B) Produto não está disponível C) Cancelamento de Item D) Cancelamento da Venda Fluxo normal e Fluxos alternativos/exceções Slide 38 19

20 Casos de Uso X Cenários Cenário de utilização é a descrição de uma situação real que os usuários do software poderão encontrar. Cada caso de uso está relacionado com uma coleção de cenários. Explorar os cenários auxilia na definição dos Casos de Uso. Cenários (concreto) x Caso de Uso (abstração). Slide 39 Cenários - Exemplo Caso de Uso Empréstimo de Filme - Cenário 1 O sócio José de matrícula 111 solicita o empréstimo do filme Avatar. O sócio não está com saldo devedor. O sócio não possui outros filmes emprestados em seu poder. Existem cópias do filme disponíveis (não estão nem emprestadas e nem reservadas por outro sócio). Slide 40 20

21 Cenários - Exemplo Caso de Uso Empréstimo de Filme - Cenário 2 O sócio José de matrícula 111 solicita o empréstimo do filme Avatar. O sócio não está com saldo devedor. O sócio possui cinco outros filmes emprestados em seu poder. Existem cópias do filme disponíveis (não estão nem emprestadas e nem reservadas por outro sócio). Slide 41 Cenários - Exemplo Caso de Uso Empréstimo de Filme - Cenário 3 O sócio José de matrícula 111 solicita o empréstimo do filme Avatar. O sócio não está com saldo devedor. O sócio não possui outros filmes emprestados em seu poder. Não existem cópias do filme disponíveis (todas as cópias estão emprestadas ou reservadas por outros sócios). Slide 42 21

22 Formato da Especificação de Caso de Uso Vários formatos foram propostos por diferentes autores Componentes Principais Identificador do Caso de Uso (ID) Nome do Caso de Uso Descrição ou Resumo Objetivo do Caso de Uso Atores Participantes Pré-condições Pós-condições Fluxos de Eventos Fluxo Normal Sub-Fluxos Fluxos Alternativos Fluxos de Exceção Slide 43 Formato da Especificação de Caso de Uso Componentes Auxiliares Outros requisitos (tipicamente requisitos não funcionais) Regras de Negócio (específicas desse caso de uso) Dados (detalhamento dos fluxos de dados utilizados em diferentes pontos do caso de uso) Detalhamento das Interfaces Alternativas para os componentes auxiliares: Seção específica na descrição detalhada do caso de uso para os itens que relacionados só a um caso de uso específico. Documento específico para os itens relacionados a vários casos de uso. Repositório Corporativo (baseado em SGBD) melhor Slide 44 22

23 Formas de Detalhamento dos Fluxos Passos numerados com rótulos IDENTIFICAÇÃO DO SÓCIO 1. Atendente solicita ao sistema iniciar o registro de um aluguel de cópias. 2. Sistema solicita a identificação do sócio que está alugando as cópias. 3. Atendente informa o código do sócio. 4. Sistema verifica que o código informado corresponde a um sócio que pode alugar cópias. 5. Sistema apresenta o número máximo de cópias que o sócio pode levar. Slide 45 Formas de Detalhamento dos Fluxos Passos numerados com rótulos (estilo jornal) IDENTIFICAÇÃO DAS CÓPIAS 6. Atendente informa a identificação de cada cópia a ser alugada. 7. A cada cópia informada, o sistema apresenta o título do filme correspondente, o preço de aluguel da cópia e o valor total do aluguel. PAGAMENTO 8. Atendente informa o valor pago pelo sócio e confirma o aluguel. 9. Sistema emite o comprovante de aluguel de cópias. 10. O sistema registra as informações do aluguel realizado e o caso de uso se encerra. Slide 46 23

24 O que descrever nos Fluxos? Como e quando o caso de uso é iniciado Atendente solicita ao sistema iniciar o registro de um aluguel de cópias. Informações/eventos que são trocados entre um ator e o sistema Atendente informa a identificação de cada cópia a ser alugada. (Ação do Ator) Sistema apresenta o nome do filme correspondente, o preço de aluguel da cópia e o valor total devido (Resposta Externa) Armazenamento/Atualização de informações no sistema O sistema registra as informações do aluguel realizado. (Resposta interna) Indicação de verificações realizadas pelo sistema Sistema verifica que o código informado corresponde a um sócio que pode alugar cópias (Verificação). Como e quando o caso de uso termina Slide 47 Especificação Tudo se resume a especificar casos de uso? RNF GUI Caso de Uso Interações (Fluxos) Dados Regras 48 Slide 48 24

25 Recomendações Gerais Use um estilo consistente e padronizado de descrição (trabalho em equipe). Explore todos os cenários possíveis Evite advérbios e adjetivos (muito, mais, melhor,...). Cuidado com pronomes (seu, sua, dele,...) Evite utilizar termos que representem elementos concretos de interface com o usuário (botão, listbox, clicar,...) Seja conciso e objetivo Dilema - Diferentes perspectivas de detalhamento Comunicar ao usuário o funcionamento do software Comunicar aos desenvolvedores as funcionalidades a serem desenvolvidas Roteiro para os testes Documentar o Software Slide 49 Referências Managing Software Requirements: A Use Case Approach, Second Edition. Leffingwell, D.; Widrig, D. Addison-Wesley Pub Co, ISBN: X. Software Requirements, Second Edition. Wiegers, K. Microsoft Press, ISBN: Use Case Modeling. Bittner, K; Spence, I. Addison-Wesley Pub Co, ISBN: Writing Effective Use Cases. Cockburn, A. Addison-Wesley Pub Co, ISBN: Slide 50 25

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1.

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1. ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Página

Leia mais

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Histórico Diversas metodologias e métodos surgiram para apoiar OO. Evolução a partir de linguagens C++ e SmallTalk. Anos 80 Anos 80-90: diversidade de autores.

Leia mais

O Processo Unificado: Captura de requisitos

O Processo Unificado: Captura de requisitos O Processo Unificado: Captura de requisitos Itana Gimenes Graduação em Informática 2008 Captura de Requisitos Modelagem do negócio: Visão de negócios Modelo de objetos de negócio de negócio Especificação

Leia mais

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS PDS - DATASUS Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS Coordenação Geral de Arquitetura e Engenharia Tecnológica Coordenação de Padronização e Qualidade de Software Gerência de Padrões e Software

Leia mais

Requisitos. Sistemas de Informações

Requisitos. Sistemas de Informações Requisitos Sistemas de Informações Definindo o Sucesso do Software Clientes satisfeitos Eles estão satisfeitos quando você: Atende às expectativas Entrega no prazo Entrega no orçamento O Sucesso começa

Leia mais

Curso de Licenciatura em Informática

Curso de Licenciatura em Informática Curso de Licenciatura em Informática Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Professor: Rafael Vargas Mesquita EXERCÍCIOS SOBRE MODELAGEM DE CASOS DE USO Exercício 1: construa um Diagrama de Casos de

Leia mais

Projeto de Sistemas I

Projeto de Sistemas I Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo Projeto de Sistemas I Professora: Kelly de Paula Cunha E-mail:kellypcsoares@ifsp.edu.br Requisitos: base para todo projeto, definindo o

Leia mais

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Objetivos da disciplina Descrever o processo de Gerenciamento e Engenharia de Requisitos para projetos Treinar alunos no Gerenciamento de Requisitos Apresentar estudos de caso

Leia mais

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal

Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Metodologia de Gerenciamento de Projetos da Justiça Federal Histórico de Revisões Data Versão Descrição 30/04/2010 1.0 Versão Inicial 2 Sumário 1. Introdução... 5 2. Público-alvo... 5 3. Conceitos básicos...

Leia mais

Roteiro para a escrita do documento de Especificação de Requisitos de Software (ERS)

Roteiro para a escrita do documento de Especificação de Requisitos de Software (ERS) Roteiro para a escrita do documento de Especificação de Requisitos de Software (ERS) Definição Geral: Disciplina de Compiladores Prof. Jorge Bidarra (UNIOESTE) A especificação de requisitos tem como objetivo

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Roteiro Introdução Descrição: Sistema de Ponto de Vendas Casos de Usos Atores Fluxo de Eventos Cenários Formato de Documentação de Casos de Uso Diagramas de Casos de

Leia mais

Engenharia de Software Software Requirements

Engenharia de Software Software Requirements Requisitos Engenharia de Software Software Requirements SWEBOK, Capítulo 2 Primeira Classificação de Requisito 1. Requisito do usuário: declarações sobre as funções que o sistema deve oferecer 2. Requisito

Leia mais

Casos de Uso. Viviane Torres da Silva viviane.silva@ic.uff.br. http://www.ic.uff.br/~viviane.silva/2012.1/es1

Casos de Uso. Viviane Torres da Silva viviane.silva@ic.uff.br. http://www.ic.uff.br/~viviane.silva/2012.1/es1 Casos de Uso Viviane Torres da Silva viviane.silva@ic.uff.br http://www.ic.uff.br/~viviane.silva/2012.1/es1 O que é? Uma técnica para capturar requisitos funcionais Descreve o sistema sob a perspectiva

Leia mais

UML - Unified Modeling Language

UML - Unified Modeling Language UML - Unified Modeling Language Casos de Uso Marcio E. F. Maia Disciplina: Engenharia de Software Professora: Rossana M. C. Andrade Curso: Ciências da Computação Universidade Federal do Ceará 24 de abril

Leia mais

Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil

Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil UFCG Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil Arthur Silva Freire Caio César Meira Paes Carlos Artur Nascimento Vieira Matheus de Araújo Maciel Tiago Brasileiro Araújo Engenharia

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Requisitos Cap. 06 e 07 Sommerville 8 ed. REQUISITOS DE SOFTWARE» Requisitos são descrições de serviços fornecidos pelo sistema e suas restrições operacionais. REQUISITOS DE USUÁRIOS: São

Leia mais

Diagramas de Sequência e Contrato das Operações

Diagramas de Sequência e Contrato das Operações UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Projeto e Desenvolvimento de Sistemas de informação Comportamento

Leia mais

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Disciplina: INF 02810 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 1. Introdução 2. Processo de Software 3. Gerência de

Leia mais

Teste de Software. Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br

Teste de Software. Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br Teste de Software Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br Qualidade Garantia de Qualidade Qualidade do processo Qualidade do produto Testes Estáticos Testes Dinâmicos Teste de software

Leia mais

LEVANTAMENTO DE REQUISITOS SEGUNDO O MÉTODO VOLERE

LEVANTAMENTO DE REQUISITOS SEGUNDO O MÉTODO VOLERE LEVANTAMENTO DE REQUISITOS SEGUNDO O MÉTODO VOLERE RESUMO Fazer um bom levantamento e especificação de requisitos é algo primordial para quem trabalha com desenvolvimento de sistemas. Esse levantamento

Leia mais

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Curso Técnico em Informática ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Clayton Maciel Costa

Leia mais

Felipe Denis M. de Oliveira. Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet)

Felipe Denis M. de Oliveira. Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet) UML Felipe Denis M. de Oliveira Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet) 1 Programação O que é UML? Por quê UML? Benefícios Diagramas Use Case Class State Interaction Sequence Collaboration Activity Physical

Leia mais

Modelos de Sistemas Casos de Uso

Modelos de Sistemas Casos de Uso Modelos de Sistemas Casos de Uso Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição / Ian Sommerville 2000 Slide 1 Modelagem de Sistema UML Unified Modeling Language (Linguagem de Modelagem Unificada)

Leia mais

Engenharia de Software III

Engenharia de Software III Engenharia de Software III Casos de uso http://dl.dropbox.com/u/3025380/es3/aula6.pdf (flavio.ceci@unisul.br) 09/09/2010 O que são casos de uso? Um caso de uso procura documentar as ações necessárias,

Leia mais

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Introdução Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software Os modelos de processos de desenvolvimento de software surgiram pela necessidade de dar resposta às

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE I

ENGENHARIA DE SOFTWARE I ENGENHARIA DE SOFTWARE I Prof. Cássio Huggentobler de Costa [cassio.costa@ulbra.br] Twitter: www.twitter.com/cassiocosta_ Agenda da Aula (002) Metodologias de Desenvolvimento de Softwares Métodos Ágeis

Leia mais

Fundamentos de Teste de Software

Fundamentos de Teste de Software Núcleo de Excelência em Testes de Sistemas Fundamentos de Teste de Software Módulo 2- Teste Estático e Teste Dinâmico Aula 3 Teste Estático SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. Definição... 3 2. Custo Versus Benefício...

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor

Histórico da Revisão. Data Versão Descrição Autor Sistema de Gerenciamento de Loja - SIGEL Documento de Visão Versão 1.0.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 13/01/2011 0.1 Versão preliminar do levantamento de requisitos funcionais e não

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Uma visão mais clara da UML Sumário

Uma visão mais clara da UML Sumário Uma visão mais clara da UML Sumário 1 Método...2 2 Análise de requisitos...2 2.1 Diagramas de Casos de Uso...3 2.1.1 Ator...3 2.1.2 Casos de Uso (Use Case)...4 2.1.3 Cenário...4 2.1.4 Relacionamentos...6

Leia mais

Casos de Uso. Prof. Clayton Vieira Fraga Filho site: www.claytonfraga.pro.br e-mail: claytonfraga@gmail.com ENG10015 Engenharia de Software

Casos de Uso. Prof. Clayton Vieira Fraga Filho site: www.claytonfraga.pro.br e-mail: claytonfraga@gmail.com ENG10015 Engenharia de Software Prof. Clayton Vieira Fraga Filho site: www.claytonfraga.pro.br e-mail: claytonfraga@gmail.com ENG10015 Engenharia de Software Um caso de uso descreve o que seu sistema faz para atingir determinado objetivo

Leia mais

O modelo unificado de processo. O Rational Unified Process, RUP.

O modelo unificado de processo. O Rational Unified Process, RUP. Cursos: Sistemas de Informação Disciplina: Administração ADM Prof. Jarbas Avaliação: Prova B1, 5º/6º semestres Data: 27/09/2010 Nome: Gabarito RA: Assinatura: Turma: 1) Segundo as afirmações a seguir,

Leia mais

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema.

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema. Definindo o Escopo: Modelo de Caso de Uso Agradei-me, particularmente, da possibilidade de que Joshua estivesse tão preso ao seu modo clássico de pensar que me permitisse realizar o incrível feito de chegar

Leia mais

Diagrama de Casos de Uso

Diagrama de Casos de Uso Diagrama de Casos de Uso Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Booch, G. et al. The Unified Modeling Language User Guide Medeiros,

Leia mais

O Rational Unified Process (RUP) é um processo de desenvolvimento de software inspirado no

O Rational Unified Process (RUP) é um processo de desenvolvimento de software inspirado no 1.1 RATIONAL UNIFIED PROCESS (RUP) O Rational Unified Process (RUP) é um processo de desenvolvimento de software inspirado no processo que atende pelo nome de Processo Unificado (ou UP do inglês Unified

Leia mais

Engenharia de Requisitos

Engenharia de Requisitos Engenharia de Requisitos Introdução a Engenharia de Requisitos Professor: Ricardo Argenton Ramos Aula 08 Slide 1 Objetivos Introduzir a noção de requisitos do sistema e o processo da engenharia de requisitos.

Leia mais

Diagrama de Caso de Uso e Diagrama de Sequência

Diagrama de Caso de Uso e Diagrama de Sequência Diagrama de Caso de Uso e Diagrama de Sequência Milena Alexandre dos Santos Baesso (Mestranda em Engenharia Elétrica) Agenda Ciclo de Vida de um Sistema A Fase de Análise Análise Orientada à Objetos Diagramas

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - MÓDULO 2 - ANÁLISE DE REQUISITOS DE SOFTWARE APLICATIVO 1. INTRODUÇÃO Entender os requisitos de um problema está entre as tarefas mais difíceis na construção de um software. Na maioria das vezes o cliente

Leia mais

1. Desenvolver o software iterativamente. Um pouco de reflexão: Acabou aí? 31/08/2010

1. Desenvolver o software iterativamente. Um pouco de reflexão: Acabou aí? 31/08/2010 Engenharia de Software Aula 5 (Versão 2010-02) Melhores práticas para desenvolvimento de software Desenvolver de forma iterativa e gerenciar requisitos Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br

Leia mais

Programa do Módulo 2. Processo Unificado: Visão Geral

Programa do Módulo 2. Processo Unificado: Visão Geral 9.1 Programa do Módulo 2 Orientação a Objetos Conceitos Básicos Análise Orientada a Objetos (UML) O Processo Unificado (RUP) Processo Unificado: Visão Geral 9.2 Encaixa-se na definição geral de processo:

Leia mais

Modelagem do Processo de Negócio

Modelagem do Processo de Negócio Análise e Projeto 1 Modelagem do Processo de Negócio Modelos de processos de negócios descrevem as diferentes atividades que, quando combinados, oferecem suporte a um processo de negócio. Processos de

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 03 Profissões de TI Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos

Leia mais

Engenharia de Software Questionário sobre Engenharia de Requisitos Resolvido Prof. MSc Wagner Siqueira Cavalcante

Engenharia de Software Questionário sobre Engenharia de Requisitos Resolvido Prof. MSc Wagner Siqueira Cavalcante 1 - Q193183 ( Prova: FCC - 2011 - TRT - 19ª Região (AL) - Analista Judiciário - Tecnologia da Informação / Engenharia de Software / Análise de Requisitos; Engenharia de Requisitos; ) De acordo com Sommerville,

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO CASO DE USO: INCLUIR CLIENTE Sumário: este caso de uso se inicia quando o usuário precisa incluir um cliente no sistema. Atores: Atendente Pré-condições: Documentação do

Leia mais

Requisitos de Software

Requisitos de Software Requisitos de Software Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 6 Slide 1 Objetivos Apresentar os conceitos de requisitos de usuário e de sistema Descrever requisitos funcionais

Leia mais

Engenharia de Requisitos

Engenharia de Requisitos Engenharia de Requisitos Conteúdo Definição Questionamentos Típicos Visão Geral Ciclo de Vida dos Requisitos Síntese dos Objetivos Gerência de Mudança Identificação de Requisitos Classificação de Requisitos

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado CONTEÚDO DA AULA ANTERIOR Teoria Gestão de Projetos Projetos Atualidades Tipos de Projetos Conceitos e Instituições Certificação Importância

Leia mais

Processo Unificado (RUP)

Processo Unificado (RUP) Fases do Desenvolvimento Processo Unificado (RUP) Ulf Bergmann ulf@ime.eb.br Domínio do Problema Objetos Objetos do do Mundo Mundo real real Modelo Semântico Domínio da Solução Aplicação Interface Serviços

Leia mais

Requisitos de Software

Requisitos de Software Requisitos de Software Prof. José Honorato F.N. Prof. José Honorato F.N. honoratonunes@gmail.com Requisitos de Software Software é o conjunto dos programas e dos meios não materiais que possibilitam o

Leia mais

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português 1 de 7 28/10/2012 16:47 SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português RESULTADO DO SIMULADO Total de questões: 40 Pontos: 0 Score: 0 % Tempo restante: 55:07 min Resultado: Você precisa

Leia mais

Sumário do Plano de Testes

Sumário do Plano de Testes GESTOC Versão 9.1 Plano de Testes Sumário do Plano de Testes 1. Introdução... 2 2. Escopo... 2 3. Implementações... 2 0002061: Emissão de notas de remessa com vasilhames e embalagens... 3 0002062: Emissão

Leia mais

Para cada fase consideramos. Tempo para um projeto típico Tempo para um projeto Complexo. Arquitetura do Processo Unificado. A meta a ser atingida

Para cada fase consideramos. Tempo para um projeto típico Tempo para um projeto Complexo. Arquitetura do Processo Unificado. A meta a ser atingida Arquitetura do Processo Unificado Tempo para um projeto típico Tempo para um projeto Complexo O tempo gasto nas fases iniciais aumentam Para cada fase consideramos A meta a ser atingida Workflows a executar

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Roteiro Inspeção Defeitos dos Software Classificação dos Erros Técnica de Leitura Ad-hoc Checklist Exercício Inspeção Inspeção de Software Definição É um método de análise estática

Leia mais

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI MDMS-ANAC Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Histórico de Alterações Versão Data Responsável Descrição 1.0 23/08/2010 Rodrigo

Leia mais

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Engenharia de Software Introdução Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Tópicos Apresentação da Disciplina A importância do Software Software Aplicações de Software Paradigmas

Leia mais

Requisitos de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE

Requisitos de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE Requisitos de Software Teresa Maciel DEINFO/UFRPE 1 Requisito de Software Características que o produto de software deverá apresentar para atender às necessidades e expectativas do cliente. 2 Requisito

Leia mais

2 Diagrama de Caso de Uso

2 Diagrama de Caso de Uso Unified Modeling Language (UML) Universidade Federal do Maranhão UFMA Pós Graduação de Engenharia de Eletricidade Grupo de Computação Assunto: Diagrama de Caso de Uso (Use Case) Autoria:Aristófanes Corrêa

Leia mais

Feature-Driven Development

Feature-Driven Development FDD Feature-Driven Development Descrição dos Processos Requisitos Concepção e Planejamento Mais forma que conteúdo Desenvolver um Modelo Abrangente Construir a Lista de Features Planejar por

Leia mais

Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático

Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Notas de Aula Ulrich Schiel Notas de Aula Ariadne

Leia mais

Documento de Análise e Projeto VideoSystem

Documento de Análise e Projeto VideoSystem Documento de Análise e Projeto VideoSystem Versão Data Versão Descrição Autor 20/10/2009 1.0 21/10/2009 1.0 05/11/2009 1.1 Definição inicial do documento de análise e projeto Revisão do documento

Leia mais

Requisitos. Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista )

Requisitos. Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista ) Qualidade de Software Aula 8 (Versão 2012-01) 01) Requisitos Professor Gabriel Baptista ( gabriel.baptista@uninove.br ) ( http://sites.google.com/site/professorgabrielbaptista ) Revisando... 1. Qual o

Leia mais

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas.

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas. UTILIZAÇÃO DA UML NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE CONTROLE DE VENDAS E ESTOQUE GILBERTO FRANCISCO PACHECO DOS SANTOS Discente da AEMS Faculdades Integradas de Três Lagoas JACKSON LUIZ ARROSTI Discente

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas (Versão 2.0)

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas (Versão 2.0) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS CONTRA AS SECAS Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas (Versão 2.0) 1 Sumário 1Introdução... 5 1.1 Objetivo...

Leia mais

Casos de Uso O que é. Casos de Uso. Objetivos de um Caso de Uso. Atores. Atores e Casos de Uso. Diagramas de Caso de Uso

Casos de Uso O que é. Casos de Uso. Objetivos de um Caso de Uso. Atores. Atores e Casos de Uso. Diagramas de Caso de Uso Casos de Uso O que é Casos de Uso Descrições narrativas de processos do domínio da aplicação Documentam a seqüência de eventos de um ator (um agente externo) usando o sistema para completar, do início

Leia mais

VANT-EC-SAME. Software de Suporte do VANT V-SUP Caso de Desenvolvimento Versão 1.0

VANT-EC-SAME. Software de Suporte do VANT V-SUP Caso de Desenvolvimento Versão 1.0 VANT-EC-SAME Software de Suporte do VANT V-SUP Caso de Desenvolvimento Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 17/0/07 1.0 Versão Inicial Douglas Moura Confidencial VANT-EC-SAME, 2007

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software. Engenharia de Software. nelmarpg@yahoo.com.br

Processo de Desenvolvimento de Software. Engenharia de Software. nelmarpg@yahoo.com.br Processo de Desenvolvimento de Software nelmarpg@yahoo.com.br 1 Objetivos Contextualizar Análise e Projeto de software dentro de uma metodologia de desenvolvimento (um processo de desenvolvimento de software)

Leia mais

Exame de Fundamentos da ITIL

Exame de Fundamentos da ITIL Exame de Fundamentos da ITIL Simulado B, versão 5.1 Múltipla escolha Instruções 1. Todas as 40 perguntas devem ser respondidas. 2. Todas as respostas devem ser assinaladas na grade de respostas fornecida.

Leia mais

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Especialização em Gerência de Projetos de Software Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br Qualidade de Software 2009 Instituto

Leia mais

Introdução a UML. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com

Introdução a UML. Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com Introdução a UML Hélder Antero Amaral Nunes haanunes@gmail.com Introdução a UML UML (Unified Modeling Language Linguagem de Modelagem Unificada) é uma linguagem-padrão para a elaboração da estrutura de

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

Dicionário da EAP - Software FarmaInfor

Dicionário da EAP - Software FarmaInfor Software FarmaInfor 1.Gerenciamento 2.Iniciação 3.Elaboração 4. Desenvolvimento 5.Trenferência 6. Finalização 6.1 Assinatura 1.1 Montar Equipe 2.1 Levantar Requisitos 3.1 Definir Módulos 4.1 Codificar

Leia mais

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Histórico Uso de Metodologias Histórico Uso de Metodologias Era da Pré-Metodologia 1960-1970 Era da Metodologia

Leia mais

Tópicos. Engenharia de Software: Uma Visão Geral

Tópicos. Engenharia de Software: Uma Visão Geral Tópicos 2 3 Engenharia de Software: Uma Visão Geral SCE 186 - Engenharia de Software Profs. José Carlos Maldonado e Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2002 A importância do Software Software Aplicações

Leia mais

Teste de software. Definição

Teste de software. Definição Definição O teste é destinado a mostrar que um programa faz o que é proposto a fazer e para descobrir os defeitos do programa antes do uso. Quando se testa o software, o programa é executado usando dados

Leia mais

Metodologia para Planejamento, Execução e Controle de Teste de Software. Roteiro

Metodologia para Planejamento, Execução e Controle de Teste de Software. Roteiro Metodologia para Planejamento, Execução e Controle de Teste de Software Arilo Claudio Dias Neto - acdn@cos.ufrj.br Gladys Machado P. S. Lima - gladysmp@cos.ufrj.br Guilherme Horta Travassos - ght@cos.ufrj.br

Leia mais

Resolução da lista de exercícios de casos de uso

Resolução da lista de exercícios de casos de uso Resolução da lista de exercícios de casos de uso 1. Explique quando são criados e utilizados os diagramas de casos de uso no processo de desenvolvimento incremental e iterativo. Na fase de concepção se

Leia mais

TRABALHO DE DIPLOMAÇÃO Regime Modular ORIENTAÇÕES SOBRE O ROTEIRO DO PROJETO FINAL DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

TRABALHO DE DIPLOMAÇÃO Regime Modular ORIENTAÇÕES SOBRE O ROTEIRO DO PROJETO FINAL DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES TRABALHO DE DIPLOMAÇÃO Regime Modular ORIENTAÇÕES SOBRE O ROTEIRO DO PROJETO FINAL DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES [Observação: O template a seguir é utilizado como roteiro para projeto de sistemas orientado

Leia mais

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr.

Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Engenharia de Software na Prática Hélio Engholm Jr. Novatec Sumário Agradecimentos... 17 Sobre o autor... 18 Prefácio... 19 Capítulo 1 Desenvolvimento de software para o valor de negócios... 20 1.1 Qualidade

Leia mais

Capítulo X. Gerenciar Mudanças dos Requisitos. Aluizio Saiter, M. Sc.

Capítulo X. Gerenciar Mudanças dos Requisitos. Aluizio Saiter, M. Sc. Capítulo X Gerenciar Mudanças dos Requisitos., M. Sc. 2 1. Sobre a disciplina de gerência de requisitos. 2. Boas práticas em engenharia de software. 3. Introdução a gerência de requisitos. 4. Introdução

Leia mais

PEN - Processo de Entendimento das Necessidades de Negócio Versão 1.4.0

PEN - Processo de Entendimento das Necessidades de Negócio Versão 1.4.0 PEN - Processo de Entendimento das Necessidades de Negócio Versão 1.4.0 Banco Central do Brasil, 2015 Página 1 de 14 Índice 1. FLUXO DO PEN - PROCESSO DE ENTENDIMENTO DAS NECESSIDADES DE NEGÓCIO... 3 2.

Leia mais

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Miriam Regina Xavier de Barros, PMP mxbarros@uol.com.br Agenda Bibliografia e Avaliação 1. Visão Geral sobre o PMI e o PMBOK 2. Introdução

Leia mais

Processo de garantia da qualidade baseado no modelo MPS.BR. Acadêmico: Anildo Loos Orientador: Everaldo Artur Grahl

Processo de garantia da qualidade baseado no modelo MPS.BR. Acadêmico: Anildo Loos Orientador: Everaldo Artur Grahl Processo de garantia da qualidade baseado no modelo MPS.BR Acadêmico: Anildo Loos Orientador: Everaldo Artur Grahl Roteiro introdução objetivos do trabalho fundamentação teórica desenvolvimento da ferramenta

Leia mais

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como:

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como: Plano de Teste (resumo do documento) I Introdução Identificador do Plano de Teste Esse campo deve especificar um identificador único para reconhecimento do Plano de Teste. Pode ser inclusive um código

Leia mais

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP

Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP Módulo 3 Procedimento e processo de gerenciamento de riscos, PDCA e MASP 6. Procedimento de gerenciamento de risco O fabricante ou prestador de serviço deve estabelecer e manter um processo para identificar

Leia mais

Introdução ao RUP Rational Unified Process. por Denize Terra Pimenta Outubro/2004

Introdução ao RUP Rational Unified Process. por Denize Terra Pimenta Outubro/2004 Introdução ao RUP Rational Unified Process por Denize Terra Pimenta Outubro/2004 1 Contexto Não é suficiente apenas a presença de desenvolvedores altamente treinados: Precisamos de uma linguagem para a

Leia mais

Requisitos de Software

Requisitos de Software Requisitos de Software Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Kiev Gama kiev@cin.ufpe.br Slides originais elaborados por Ian Sommerville e adaptado pelos professores Márcio Cornélio,

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Conceitos e Metodologias para Desenvolvimento de Software Cascata, Prototipação, Espiral e RUP Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br

Leia mais

O Processo de Desenvolvimento de Software

O Processo de Desenvolvimento de Software O Processo de Desenvolvimento de Software Objetivos Contextualizar Análise e Projeto de software dentro de uma metodologia de desenvolvimento (um processo de desenvolvimento de software) Um processo de

Leia mais

Projeto de Arquitetura

Projeto de Arquitetura Projeto de Arquitetura Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 11 Slide 1 Objetivos Apresentar projeto de arquitetura e discutir sua importância Explicar as decisões de projeto

Leia mais

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 18/09/2013. 2 Semestre de 2013 SIN-NA7

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 18/09/2013. 2 Semestre de 2013 SIN-NA7 Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 18/09/2013 2 Semestre de 2013 SIN-NA7 Planejamento do Projeto: Parte 2_Declaração de Escopo Se preparando para que tudo dê certo... Iniciação Planejamento Execução

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Processo de Software Thiago P. da Silva thiagosilva.inf@gmail.com Agenda Revisando Engenharia de Software Engenharia de Sistemas Processo de software Fases Genéricas de Modelos de

Leia mais