ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM PRÁTICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM PRÁTICA"

Transcrição

1 ATIVIDADES DE INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA ABORDAGEM PRÁTICA Fernanda Eloisa Schmitt Centro Universitário UNIVATES Marli Teresinha Quartieri Centro Universitário UNIVATES Ieda Maria Giongo Centro Universitário UNIVATES Resumo: Esta oficina tem o intuito de desenvolver atividades de Investigação Matemática retiradas de literatura da área, adaptadas ou criadas pelos integrantes do Observatório da Educação do Centro Universitário UNIVATES. Nosso objetivo é disseminar esta tendência como mais uma possibilidade para as aulas de matemática. As atividades a serem apresentadas, nesta oficina, já foram exploradas com alunos de diferentes escolas, sendo algumas delas de criação ou adaptação dos professores e mestrandos parceiros do referido Observatório da Educação. Após o desenvolvimento das atividades, estas serão discutidas e problematizadas, objetivando possibilitar ao participante explorá-las em sua prática pedagógica. Como resultado decorrente da Investigação Matemática, percebemos que os alunos sentem - se desafiados a solucionar as atividades e encontrar respostas às suas questões. Palavras-chave: Investigação Matemática. Atividades pedagógicas. Ensino Fundamental. Introdução No Centro Universitário UNIVATES, desenvolve-se o Programa Observatório da Educação, intitulado Estratégias metodológicas visando à inovação e reorganização curricular no campo da Educação Matemática no Ensino Fundamental, que tem apoio financeiro da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). A equipe deste projeto é composta por quatro professoras do Ensino superior, três mestrandos do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas, seis bolsistas de graduação e seis professores de Matemática da Escola Básica oriundos de seis escolas públicas. No presente projeto, problematizam-se três tendências no ensino da Matemática, sendo elas:

2 Etnomatemática, Modelagem Matemática e Investigação Matemática. O objetivo é problematizar e propor estratégias metodológicas com intuito de inovação e reorganização curricular na disciplina de Matemática em seis escolas públicas de Educação Básica do Vale do Taquari, RS, que possuem considerável discrepância do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), relativo ao 5º e 9º anos. No que diz respeito à Investigação Matemática, foco deste trabalho, diferentes atividades já existentes foram exploradas com os professores das escolas parceiras do Programa e mestrandos no decorrer do ano de Após a discussão das situações envolvendo Investigação Matemática, os docentes foram instigados a criarem suas próprias atividades de investigação de acordo com o conteúdo que estavam desenvolvendo em sua prática pedagógica, para, posteriormente, explorarem com seus alunos. Os resultados advindos dessas práticas foram relatados ao grande grupo, juntamente com as percepções desses docentes acerca da experiência com tal tendência em sala de aula. Conforme Palhares (2004), as Investigações Matemáticas são atividades que têm um caráter mais aberto, ou seja, poderão ter mais de uma resposta e necessitam da criatividade e interesse do aluno para resolvê-las. Ponte, Brocardo e Oliveira (2009) definem atividades de Investigação Matemática como a formulação de questões de interesse próprio para as quais não existem respostas prontas e, portanto, necessitam ser investigadas, utilizando processos fundamentados e rigorosos para que elas sejam válidas e aceitáveis. Segundo os autores, uma Investigação Matemática tem quatro momentos para sua realização, como apresentado do quadro 1. QUADRO 1 Momentos na realização de uma investigação Exploração e formulação de questões Reconhecer uma situação problema. Explorar a situação problemática. Formular questões. Conjecturas Organizar dados. Formular conjecturas (e fazer afirmações sobre uma conjectura). Testes e reformulação Realizar testes. Refinar uma conjectura. Justificação e avaliação Justificar uma conjectura. Avaliar o raciocínio ou o resultado do raciocínio. Fonte: Ponte, Brocardo e Oliveira (2009, p. 21). É nosso intuito, neste minicurso, explorar e discutir algumas atividades envolvendo Investigação Matemática. Acreditamos que essa metodologia possa auxiliar na melhoria dos processos de ensino e de aprendizagem da Matemática, em particular na Educação Básica.

3 Além disso, a Investigação Matemática proporciona desenvolver habilidade de escrita, bem como possibilita ao discente o trabalho em grupo. Desenvolvimento A oficina que propomos busca divulgar algumas das atividades desenvolvidas e já exploradas pelos participantes do Observatório da Educação, bem como disseminar e problematizar a tendência Investigação Matemática. As questões que serão propostas foram retiradas de publicações na área, adaptações ou criação do próprio grupo de pesquisa. Após o desenvolvimento das atividades, estas serão discutidas e problematizadas, objetivando possibilitar ao participante explorá-las em sua prática pedagógica. Durante a investigação, profere Skovsmose (2008), o professor tem o papel de desafiar o aluno com questões instigadoras, deixando que assuma o processo de exploração e explicação, possibilitando que o cenário de investigação passe a constituir um novo ambiente de aprendizagem. Ao desenvolver atividades de Investigação Matemática, torna-se interessante incentivar os discentes a escreverem suas conjecturas e justificativas, pois se percebe que eles demonstram insegurança com as palavras e preferem colocar no papel o mínimo possível. Assim, os participantes serão instigados a produzirem seus textos em pequenos grupos e, posteriormente, socializarem suas hipóteses com os demais colegas.. Smole e Diniz (2001, p. 30) ressaltam a importância da produção de textos nas aulas de matemática, apesar de os professores dessa disciplina, geralmente, não usarem essa prática como algo integrante do currículo de matemática. Para as autoras, a utilização da produção de textos é um componente essencial no ensino-aprendizagem dessa disciplina. Segundo Civiero e Santana (2013, p. 694), O importante para trabalhar num cenário para investigação é o aceite do aluno. Para tanto, procure instigá-lo à investigação, desperte a sua curiosidade quanto ao tema a ser explorado e deixe que o aluno sinta-se parte do processo. Por outro lado, após o aluno aceitar o convite, é função do professor manter o interesse do aluno, conduzindo o trabalho de forma aberta para que o cenário não migre para o paradigma do exercício. Um exemplo de atividade a ser apresentada e desenvolvida na oficina é a questão do anúncio de emprego para vendedor (Figura 1). Nela, existem diferentes possibilidades de respostas e é o aluno quem deve escolher qual a melhor proposta de acordo com a sua percepção, sempre justificando e argumentando. FIGURA 1: Questão do anúncio de emprego. Imagine que seu amigo esteja à procura de emprego, e que você, para ajudá-lo, compra um jornal e seleciona os seguintes anúncios:

4 A) VENDEDOR DE LONA Dez vagas para estudantes, 18 a 20 anos, com experiência. Salário: R$ 350,00 + comissão de R$ 0,50 por m 2 vendido. B) VENDEDOR DE LOJA Oito vagas para pessoas com idades entre 18 e 35 anos, sem experiência. Salário: R$ 630,00 + comissão de 6% sobre o valor total de vendas por mês. C) VENDEDORES AUTÔNOMOS Trabalhe vendendo os produtos de nosso catálogo (cosméticos, roupas, utensílios domésticos, eletrodomésticos, bijuterias, etc.) e ganhe de 20% a 30% sobre cada produto vendido. Você seria capaz de verificar qual dessas propostas de emprego seria mais vantajosa para seu amigo? Estude vários casos e justifique. Fonte: Redling e Junior (2011, p. 127). Nessa questão, a resolução dependerá do estudo de várias hipóteses. Cabe destacar que a resposta a ser dada deverá estar justificada, bem como os cálculos matemáticos efetivados devem ser apresentados. Em relação aos conteúdos matemáticos envolvidos, podemos citar porcentagem e funções. Outra questão que será desenvolvida (Figura 2) envolverá o conteúdo de geometria, em particular a construção de algumas figuras planas, cálculo de área e perímetro. FIGURA 2: Descobrir perímetro e área de figuras planas.

5 1) Cortar um pedaço de barbante com 32 unidades de comprimento. Com a ajuda do barbante, desenhar todas as figuras que seguem no papel milimetrado, de modo que o perímetro seja de 32 unidades de comprimento. a) círculo nomear com a letra A b) quadrado nomear com a letra B c) dois retângulos diferentes nomear com as letras C e D d) triângulo nomear com a letra E. 2) Calcular a área em unidades quadradas e colocar a resposta dentro de cada figura. 3) Responder as questões que seguem: a) Que figura tem a maior área? b) Que retângulo cerca a maior área? c) Que figura escolheria para a base de sua casa? Justifique. d) Que outras conclusões podem ser tiradas dessas construções? e) Figuras com formas diferentes e de áreas iguais têm perímetros iguais? Justifique. Fonte: Adaptado de Zaslavsky, Por questão de espaço, todas as atividades a serem desenvolvidas não estão aqui apresentadas, mas destacamos que serão realizadas em pequenos grupos, proporcionando incentivar o trabalho colaborativo e a troca de ideias entre os participantes. Além disso, ao realizarem as atividades propostas, cada grupo deverá levantar suas conjecturas e hipóteses, testá-las e escrevê-las, procurando esclarecer suas ideias e argumentar por meio da escrita. Pretendemos também fazer uma discussão, em conjunto, sobre a viabilidade das questões na prática pedagógica dos participantes. Como resultado decorrente de atividades já desenvolvidas com alunos da Educação Básica utilizando Investigação Matemática, observamos que eles se sentem desafiados a solucionar as atividades e encontrar respostas às questões. Outro fator importante é a interação entre os colegas, pois as atividades são todas realizadas em pequenos grupos. Ademais, a escrita matemática é desenvolvida, uma vez que os estudantes, ao necessitarem escrever suas conjecturas, precisam ter conhecimento matemático. Referências CIVIERO, P. A.; SANTANA, M.F. Roteiros de Aprendizagem a partir da Transposição Didática Reflexiva. Bolema, Rio Claro (SP), v.27, n.46, p , ago PALHARES, P. Elementos de Matemática para professores do Ensino Básico. Lisboa: LIDEL, p.

6 PONTE, J. P.; BROCARDO, J.; OLIVEIRA, H. Investigações matemáticas na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, p. REDLING, J. P.; JUNIOR, J. L. As mudanças procedimentais de alunos do ensino médio durante o trabalho com investigação matemática em sala de aula. Trilhas pedagógicas, Pirassununga, v. 1, n. 1, p , ago SKOVSMOSE, O. Desafios da reflexão em educação matemática crítica. Tradução de Orlando de Andrade Figueiredo e Jonei Cerqueira Barbosa. Campinas: Papirus, p. SMOLE, K.S. Textos em matemática: por que não? In: SMOLE, K.S.; DINIZ, M.I. (Org.). Ler, escrever e resolver problemas: habilidades básicas para aprender matemática. Porto Alegre: ARTMED, p ZASLAVSKY, C. Pessoas que vivem em casas redondas. Arithmetic Teacher, traduzido por Fernanda Wanderer. set 1989.

CONSTRUINDO TRIÂNGULOS: UMA ABORDAGEM ENFATIZANDO A CONDIÇÃO DE EXISTÊNCIA E CLASSIFICAÇÕES

CONSTRUINDO TRIÂNGULOS: UMA ABORDAGEM ENFATIZANDO A CONDIÇÃO DE EXISTÊNCIA E CLASSIFICAÇÕES CONSTRUINDO TRIÂNGULOS: UMA ABORDAGEM ENFATIZANDO A CONDIÇÃO DE EXISTÊNCIA E CLASSIFICAÇÕES Poliana de Brito Morais ¹ Francisco de Assis Lucena² Resumo: O presente trabalho visa relatar as experiências

Leia mais

Investigação Matemática: possibilidade para o ensino da álgebra no Ensino Fundamental

Investigação Matemática: possibilidade para o ensino da álgebra no Ensino Fundamental Investigação Matemática: possibilidade para o ensino da álgebra no Ensino Fundamental Ludmila Maccali 1 GD2 Educação Matemática nos anos finais do Ensino Fundamental Resumo do trabalho. Neste trabalho

Leia mais

Utilizando aplicativos de tablets nos Anos Iniciais para reconhecer formas geométricas

Utilizando aplicativos de tablets nos Anos Iniciais para reconhecer formas geométricas Utilizando aplicativos de tablets nos Anos Iniciais para reconhecer formas geométricas Maria Madalena Dullius 1, Marli Teresinha Quartieri 2, Lucy Aparecida Gutiérrez de Alcântara 3, Cristian Scheid 4,

Leia mais

APRENDER A LER PROBLEMAS EM MATEMÁTICA

APRENDER A LER PROBLEMAS EM MATEMÁTICA APRENDER A LER PROBLEMAS EM MATEMÁTICA Maria Ignez de Souza Vieira Diniz ignez@mathema.com.br Cristiane Akemi Ishihara crisakemi@mathema.com.br Cristiane Henriques Rodrigues Chica crischica@mathema.com.br

Leia mais

Geometria para os Anos Iniciais: estudo de formas planas e espaciais por meio de aplicativos em tablets

Geometria para os Anos Iniciais: estudo de formas planas e espaciais por meio de aplicativos em tablets Geometria para os Anos Iniciais: estudo de formas planas e espaciais por meio de aplicativos em tablets Maria Madalena Dullius 1, Marli Teresinha Quartieri 2, Lucy Aparecida Gutiérrez de Alcântara 3, Cristian

Leia mais

A inserção de jogos e tecnologias no ensino da matemática

A inserção de jogos e tecnologias no ensino da matemática A inserção de jogos e tecnologias no ensino da matemática Michel da Silva Machado e-mail: michel_nick25@hotmail.com Isaque Rodrigues e-mail: isaque.max@hotmail.com Márcia Marinho do Nascimento Mello e-mail:

Leia mais

O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL

O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL Edward Luis de Araújo edward@pontal.ufu.br Evaneide Alves Carneiro eva@pontal.ufu.br Germano Abud de Rezende germano@pontal.ufu.br

Leia mais

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO

GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: EXPERIÊNCIA COM UM PROJETO DE EXTENSÃO André Luís Mattedi Dias mattedi@uefs.br Jamerson dos Santos Pereira pereirajamerson@hotmail.com Jany Santos Souza Goulart janymsdesenho@yahoo.com.br

Leia mais

O olhar do professor das séries iniciais sobre o trabalho com situações problemas em sala de aula

O olhar do professor das séries iniciais sobre o trabalho com situações problemas em sala de aula O olhar do professor das séries iniciais sobre o trabalho com situações problemas em sala de aula INTRODUÇÃO Josiane Faxina Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho Câmpus Bauru e-mail: josi_unesp@hotmail.com

Leia mais

INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA EM SALA DE AULA: AS MUDANÇAS PROCEDIMENTAIS DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO

INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA EM SALA DE AULA: AS MUDANÇAS PROCEDIMENTAIS DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA EM SALA DE AULA: AS MUDANÇAS PROCEDIMENTAIS DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO Profª Ms. Julyette Priscila Redling jredling@gmail.com FATECE Faculdade de Tecnologia Ciência e Educação/Brasil

Leia mais

RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO. GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional

RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO. GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional RELATO DO PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO GT 06 Formação de professores de Matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional Maria Madalena Dullius, madalena@univates.br Daniela Cristina Schossler,

Leia mais

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES

NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NÚCLEO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E ENSINO DE FÍSICA E AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Edson Crisostomo dos Santos Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES edsoncrisostomo@yahoo.es

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA IVINHEMA MS MAIO DE 2010 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR

Leia mais

PRATICANDO TRABALHO COM PROJETOS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

PRATICANDO TRABALHO COM PROJETOS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA PRATICANDO TRABALHO COM PROJETOS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Fernanda Pimentel Dizotti Academia de Ensino Superior fernandadizotti@gmail.com Norma Suely Gomes Allevato Universidade Cruzeiro do Sul normallev@uol.com.br

Leia mais

ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE A PARTIR DO JOGO TRAVESSIA DO RIO. Palavras-chave: resolução de problemas; jogo; problematizações.

ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE A PARTIR DO JOGO TRAVESSIA DO RIO. Palavras-chave: resolução de problemas; jogo; problematizações. ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE A PARTIR DO JOGO TRAVESSIA DO RIO Cidinéia da Costa Luvison SME Bragança Paulista/SP; SEE - Morungaba/SP E-mail: cidineiadacosta.luvison@gmail.com Cleane Aparecida dos Santos

Leia mais

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Projeto de formação de professores em Matemática Um projeto exclusivo

Leia mais

Palavras-chave: Educação Matemática; Avaliação; Formação de professores; Pró- Matemática.

Palavras-chave: Educação Matemática; Avaliação; Formação de professores; Pró- Matemática. PRÓ-MATEMÁTICA 2012: UM EPISÓDIO DE AVALIAÇÃO Edilaine Regina dos Santos 1 Universidade Estadual de Londrina edilaine.santos@yahoo.com.br Rodrigo Camarinho de Oliveira 2 Universidade Estadual de Londrina

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

Um mundo de formas do concreto ao abstrato

Um mundo de formas do concreto ao abstrato Um mundo de formas do concreto ao abstrato Orientadora: Marcela dos Santos Nunes Matrícula SIAPE: 1673276 Orientado: Bruno da Silva Santos Matrícula UFF: 007705/06 Palavras-chave: Geometria, modelagem,

Leia mais

1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO 1 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Matemática Professor:Ms. Darci Martinello darcimartinellocdr@yahoo.com.br Período/ Fase: 8 0 Semestre:

Leia mais

Desenvolvendo cálculos nos Anos Iniciais por meio de aplicativos disponibilizados em tablets

Desenvolvendo cálculos nos Anos Iniciais por meio de aplicativos disponibilizados em tablets Desenvolvendo cálculos nos Anos Iniciais por meio de aplicativos disponibilizados em tablets Maria Madalena Dullius 1, Marli Teresinha Quartieri 2, Lucy Aparecida Gutiérrez de Alcântara 3, Cristian Scheid

Leia mais

VENCENDO DESAFIOS NA ESCOLA BÁSICA... O PROJETO DE OFICINAS DE MATEMATICA

VENCENDO DESAFIOS NA ESCOLA BÁSICA... O PROJETO DE OFICINAS DE MATEMATICA VENCENDO DESAFIOS NA ESCOLA BÁSICA... O PROJETO DE OFICINAS DE MATEMATICA Thayza Ferreira Cabral MATOS; Elinéia Pereira VAILANT; Carla Michelle de Lima SOUZA; Weslley de Castro ALVES; Adriana Aparecida

Leia mais

A EXPLORAÇÃO DE SITUAÇÕES -PROBLEMA NA INTRODUÇÃO DO ESTUDO DE FRAÇÕES. GT 01 - Educação Matemática nos Anos Iniciais e Ensino Fundamental

A EXPLORAÇÃO DE SITUAÇÕES -PROBLEMA NA INTRODUÇÃO DO ESTUDO DE FRAÇÕES. GT 01 - Educação Matemática nos Anos Iniciais e Ensino Fundamental A EXPLORAÇÃO DE SITUAÇÕES -PROBLEMA NA INTRODUÇÃO DO ESTUDO DE FRAÇÕES GT 01 - Educação Matemática nos Anos Iniciais e Ensino Fundamental Adriele Monteiro Ravalha, URI/Santiago-RS, adrieleravalha@yahoo.com.br

Leia mais

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem.

Palavras-chaves: Jogos matemáticos; Ensino e aprendizagem. Emanuella Filgueira Pereira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia O JOGO NO ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA Resumo O presente artigo apresenta resultados parciais de uma pesquisa mais ampla que

Leia mais

O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA

O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA O TEOREMA DE PITÁGORAS UMA EXPERIENCIA UTILIZANDO O SOFTWARE GEOGEBRA COM ALUNOS DO PROGRAMA VIVA ESCOLA Loreni Aparecida Ferreira Baldini 1 Colégio Est. Pe. José de Anchieta - loreni@ibest.com.br RESUMO

Leia mais

INVESTIGAÇÕES MATEMÁTICAS SOBRE FUNÇÕES UTILIZANDO O WINPLOT

INVESTIGAÇÕES MATEMÁTICAS SOBRE FUNÇÕES UTILIZANDO O WINPLOT INVESTIGAÇÕES MATEMÁTICAS SOBRE FUNÇÕES UTILIZANDO O WINPLOT Luciano Feliciano de Lima Universidade Estadual de Goiás lucianoebenezer@yahoo.com.br Resumo: Esse minicurso tem por objetivo evidenciar possibilidades

Leia mais

SOBRE UM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA COM MODELAGEM MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

SOBRE UM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA COM MODELAGEM MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA SOBRE UM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA COM MODELAGEM MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Susana Lazzaretti Padilha Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) Campus Cascavel susana.lap@hotmail.com

Leia mais

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS

O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS ISSN 2177-9139 O USO DO TANGRAM COMO QUEBRA-CABEÇA PARA UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA SOBRE MULTIPLICAÇÃO DE POLINÔMIOS Morgana Fernandes da Silva 1 morganaf60@gmail.com Faculdades Integradas de Taquara,

Leia mais

SITUAÇÕES MATEMÁTICAS SOB O OLHAR DA MODELAGEM MATEMÁTICA, RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA

SITUAÇÕES MATEMÁTICAS SOB O OLHAR DA MODELAGEM MATEMÁTICA, RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA SITUAÇÕES MATEMÁTICAS SOB O OLHAR DA MODELAGEM MATEMÁTICA, RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS E INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA Lilian Akemi Kato Universidade Estadual de Maringá lilianakato@hotmail.com Denise Knorst da Silva

Leia mais

SOFTWARES LIVRES: UMA REDE PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA REGIÃO CARBONÍFERA

SOFTWARES LIVRES: UMA REDE PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA REGIÃO CARBONÍFERA SOFTWARES LIVRES: UMA REDE PARA O ENSINO E APRENDIZAGEM DE MATEMÁTICA NA REGIÃO CARBONÍFERA Ms. Jeferson Fernando de Souza Wolff RESUMO O computador, como ferramenta pedagógica para ensino e aprendizagem

Leia mais

ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA

ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA ESTUDANDO CONCEITOS DE GEOMETRIA PLANA ATRAVÉS DO SOFTWARE GEOGEBRA Cristina Girotto; Adriana Teresina de Campos; Damares Kessler; Juarez Dumke Streda; Vanessa Günzel; Vilson Hennemann; Julhane Thomas

Leia mais

Jogos matemáticos para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental Marli Teresinha Quartieri (mtquartieri@univates.br) Ieda Maria Giongo

Jogos matemáticos para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental Marli Teresinha Quartieri (mtquartieri@univates.br) Ieda Maria Giongo Jogos matemáticos para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental Marli Teresinha Quartieri (mtquartieri@univates.br) Ieda Maria Giongo (igiongo@univates.br) Márcia Jussara Hepp Rehfeldt (mrefeldt@univates.br)

Leia mais

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas

Trabalhando Matemática: percepções contemporâneas DOMÍNIO E IMAGEM DE UMA FUNÇÃO: UMA ABORDAGEM POR MEIO DO JOGO BINGO DAS FUNÇÕES Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM) GT 10 ADELSON CARLOS MADRUGA Universidade

Leia mais

Trabalhando operações fundamentais e sequências com aplicativos disponibilizados em tablets

Trabalhando operações fundamentais e sequências com aplicativos disponibilizados em tablets Trabalhando operações fundamentais e sequências com aplicativos disponibilizados em tablets Maria Madalena Dullius 1, Marli Teresinha Quartieri 2, Lucy Aparecida Gutiérrez de Alcântara 3, Cristian Scheid

Leia mais

EXPLORANDO O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL POR MEIO DA MODELAGEM MATEMÁTICA

EXPLORANDO O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL POR MEIO DA MODELAGEM MATEMÁTICA ISSN 2177-9139 EXPLORANDO O ÍNDICE DE MASSA CORPORAL POR MEIO DA MODELAGEM MATEMÁTICA. Caroline Conrado Pereira 1 caroline_conrado@ymail.com Centro Universitário Franciscano, Rua Silva Jardim, 1175 Santa

Leia mais

Trabalhando números negativos e equações do 1 o grau

Trabalhando números negativos e equações do 1 o grau PPGECE Trabalhando números negativos e equações do 1 o grau Maria Madalena Dullius Adriana Belmonte Bergmann Fernanda Eloisa Schmitt Gabriele Born Marques Geovana Luiza Kliemann Marli Teresinha Quartieri

Leia mais

DIFERENCIAÇÃO IMPLÍCITA: VISUALIZANDO AS RETAS TANGENTES E NORMAIS COM O AUXÍLIO DO WINPLOT

DIFERENCIAÇÃO IMPLÍCITA: VISUALIZANDO AS RETAS TANGENTES E NORMAIS COM O AUXÍLIO DO WINPLOT DIFERENCIAÇÃO IMPLÍCITA: VISUALIZANDO AS RETAS TANGENTES E NORMAIS COM O AUXÍLIO DO WINPLOT Silmara Alexandra da Silva Vicente Universidade Presbiteriana Mackenzie Gisela Hernandes Gomes Universidade Presbiteriana

Leia mais

MATERIAIS CONCRETOS E SOFTWARE MATEMÁTICO: UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL II

MATERIAIS CONCRETOS E SOFTWARE MATEMÁTICO: UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL II 1 MATERIAIS CONCRETOS E SOFTWARE MATEMÁTICO: UMA APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL II Joseleide dos Santos Sardinha - UEFS (leidejoissi@hotmail.com ) Alex Almeida

Leia mais

O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES

O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES O ENSINO DAS FUNÇÕES ATRAVÉS DO JOGO BINGO DE FUNÇÕES Marcos Aurélio Alves e Silva- UFPE/CAA Alcicleide Ramos da Silva- UFPE/CAA Jucélia Silva Santana- UFPE/CAA Edelweis José Tavares Barbosa- UFPE/CAA

Leia mais

JORNAL DE MATEMÁTICA Uma experiência de estágio

JORNAL DE MATEMÁTICA Uma experiência de estágio JORNAL DE MATEMÁTICA Uma experiência de estágio Darcy de Liz Biffi (Prof.ª de Prática de Ensino e Supervisora de Estágio), darcy@uniplac.net; Lisiane Lazari Armiliato; Naira Girotto (Estagiárias da 7ª

Leia mais

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ESTUDO DA ASTRONOMIA: CONSTRUINDO O SISTEMA SOLAR REDUZIDO

ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ESTUDO DA ASTRONOMIA: CONSTRUINDO O SISTEMA SOLAR REDUZIDO ATIVIDADES EXPERIMENTAIS PARA O ESTUDO DA ASTRONOMIA: CONSTRUINDO O SISTEMA SOLAR REDUZIDO José da Silva de Lima¹; José Rodolfo Neves da Silva²; Renally Gonçalves da Silva³; Alessandro Frederico da Silveira

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA

MODELAGEM MATEMÁTICA 600 MODELAGEM MATEMÁTICA *Carla da Silva Santos **Marlene Menegazzi RESUMO Este artigo retrata através de seus dados históricos, métodos e exemplo prático uma metodologia alternativa de ensino nos levando

Leia mais

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS

UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS UMA PROPOSTA PARA O ENSINO-APRENDIZAGEM DE INTERVALOS REAIS POR MEIO DE JOGOS Jéssica Ayumi Uehara Aguilera 1 j.ayumi@hotmail.com Alessandra Querino da Silva 2 alessandrasilva@ufgd.edu.br Cintia da Silva

Leia mais

PROJETO TREZE HORAS: Uma Proposta Para o Ensino Médio Integrado ao Ensino Técnico

PROJETO TREZE HORAS: Uma Proposta Para o Ensino Médio Integrado ao Ensino Técnico PROJETO TREZE HORAS: Uma Proposta Para o Ensino Médio Integrado ao Ensino Técnico Vanessa Lopes da Silva 1 Leandro Marcon Frigo 2 Resumo A partir do problema dicotômico vivenciado pelo Ensino Técnico Integrado,

Leia mais

OS PROJETOS DE TRABALHO E SUA PRODUÇÃO ACADÊMICA NOS GT07 E GT12 DA ANPED ENTRE OS ANOS 2000/2013

OS PROJETOS DE TRABALHO E SUA PRODUÇÃO ACADÊMICA NOS GT07 E GT12 DA ANPED ENTRE OS ANOS 2000/2013 OS PROJETOS DE TRABALHO E SUA PRODUÇÃO ACADÊMICA NOS GT07 E GT12 DA ANPED ENTRE OS ANOS 2000/2013 Resumo Indira Aparecida Santana Aragão 1 - FCT/UNESP Grupo de Trabalho Educação da Infância Agência Financiadora:

Leia mais

TRANSFORMANDO O JOGO DA VELHA EM UMA EXPERIÊNCIA PRAZEROSA 1 Sabrine Costa Oliveira 2

TRANSFORMANDO O JOGO DA VELHA EM UMA EXPERIÊNCIA PRAZEROSA 1 Sabrine Costa Oliveira 2 TRANSFORMANDO O JOGO DA VELHA EM UMA EXPERIÊNCIA PRAZEROSA 1 Sabrine Costa Oliveira 2 IFES danielly.fraga@live.com Danielly Fraga Santana 3 IFES binecosta@gmail.com Dilza Côco 4 IFES/UFES dilzacoco@gmail.com

Leia mais

EXPLORANDO A CONSTRUÇÃO DE MACROS NO GEOGEBRA

EXPLORANDO A CONSTRUÇÃO DE MACROS NO GEOGEBRA EXPLORANDO A CONSTRUÇÃO DE MACROS NO GEOGEBRA Valdeni Soliani Franco Universidade Estadual de Maringá vsfranco@uem.br Karla Aparecida Lovis Universidade Estadual de Maringá vsfranco@uem.br Resumo: Em geral,

Leia mais

A MATEMÁTICA ATRÁVES DE JOGOS E BRINCADEIRAS: UMA PROPOSTA PARA ALUNOS DE 5º SÉRIES

A MATEMÁTICA ATRÁVES DE JOGOS E BRINCADEIRAS: UMA PROPOSTA PARA ALUNOS DE 5º SÉRIES A MATEMÁTICA ATRÁVES DE JOGOS E BRINCADEIRAS: UMA PROPOSTA PARA ALUNOS DE 5º SÉRIES Haiane Regina de Paula, PIC(UNESPAR/FECILCAM)) Valdir Alves (OR), FECILCAM RESUMO:A pesquisa A Matemática Através de

Leia mais

A MODELAGEM MATEMÁTICA E A INTERNET MÓVEL. Palavras Chave: Modelagem Matemática; Educação de Jovens e Adultos (EJA); Internet Móvel.

A MODELAGEM MATEMÁTICA E A INTERNET MÓVEL. Palavras Chave: Modelagem Matemática; Educação de Jovens e Adultos (EJA); Internet Móvel. A MODELAGEM MATEMÁTICA E A INTERNET MÓVEL Márcia Santos Melo Almeida Universidade Federal de Mato Grosso do Sul marciameloprofa@hotmail.com Marcos Henrique Silva Lopes Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

Ensinar a ler em História, Ciências, Matemática, Geografia

Ensinar a ler em História, Ciências, Matemática, Geografia PAOLA GENTILE Ensinar a ler em História, Ciências, Matemática, Geografia A forma como se lê um texto varia mais de acordo com o objetivo proposto do que com o gênero, mas você pode ajudar o aluno a entender

Leia mais

A PESQUISA CIENTÍFICA NO ENSINO-APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA.

A PESQUISA CIENTÍFICA NO ENSINO-APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA. A PESQUISA CIENTÍFICA NO ENSINO-APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA. Eugeniano Brito Martins Ana Carolina Costa Pereira eugenianobm@yahoo.com.br carolinawx@gmail.com Colégio Militar do Corpo de Bombeiros do Estado

Leia mais

MODELAGEM MATEMÁTICA EM UM CURSO DE LICENCIATURA AÇÕES NA BUSCA DE UMA ABORDAGEM PEDAGÓGICA RESUMO

MODELAGEM MATEMÁTICA EM UM CURSO DE LICENCIATURA AÇÕES NA BUSCA DE UMA ABORDAGEM PEDAGÓGICA RESUMO MODELAGEM MATEMÁTICA EM UM CURSO DE LICENCIATURA AÇÕES NA BUSCA DE UMA ABORDAGEM PEDAGÓGICA Denise Knorst da Silva 1 denisek@unijui.tche.br RESUMO Neste trabalho é apresentada uma discussão sobre atividades

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS

JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS Thais Fernanda Pinto 1 Fernando Henrique de Lima 2, Amanda Caroline de Freitas Santos 3, Jefferson Antônio Baêta 4, Maria Gabriela Hortência Mendes Braga 5,

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA O USO DE FRACTAIS EM SALAS DE AULA DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Antônio do Nascimento Gomes, José Antonio Salvador, Gisele Romano Paez 1

PERSPECTIVAS PARA O USO DE FRACTAIS EM SALAS DE AULA DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Antônio do Nascimento Gomes, José Antonio Salvador, Gisele Romano Paez 1 PERSPECTIVAS PARA O USO DE FRACTAIS EM SALAS DE AULA DA EDUCAÇÃO BÁSICA Antônio do Nascimento Gomes, José Antonio Salvador, Gisele Romano Paez 1 Resumo: O objetivo principal deste texto é trazer propostas

Leia mais

Jardim Helena São Miguel Paulista PROJETO DE REGÊNCIA EM TURMAS DO ENSINO MÉDIO RECUPERAÇÃO PARALELA.

Jardim Helena São Miguel Paulista PROJETO DE REGÊNCIA EM TURMAS DO ENSINO MÉDIO RECUPERAÇÃO PARALELA. De acordo com às determinações constantes do Plano de Estágio Supervisionado, submeto à apreciação de V.Sª o plano de aula que foram desenvolvidas no Estágio de Licenciatura em Matemática no período de

Leia mais

ANEXO I. Calendário de Seleção e Acompanhamento

ANEXO I. Calendário de Seleção e Acompanhamento ANEXO I Calendário de Seleção e Acompanhamento PICPE 2015 Lançamento Edital Período de Inscrição Seleção dos Projetos Divulgação dos Resultados Prazos Dezembro/2014 Janeiro/Fevereiro/2015 Março/2015 Abril/2015

Leia mais

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010

X Encontro Nacional de Educação Matemática Educação Matemática, Cultura e Diversidade Salvador BA, 7 a 9 de Julho de 2010 INVESTIGAÇÃO MATEMÁTICA: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO Bruno Rodrigo Teixeira 1 Universidade Estadual de Londrina - UEL bruno_matuel@yahoo.com.br Camila Rosolen 2 Universidade Estadual de Londrina - UEL camilarosolen@yahoo.com.br

Leia mais

O ENSINO DE FUNÇÕES AFINS E QUADRÁTICAS COM O AUXÍLIO DO COMPUTADOR E DO SOFTWARE GEOGEBRA

O ENSINO DE FUNÇÕES AFINS E QUADRÁTICAS COM O AUXÍLIO DO COMPUTADOR E DO SOFTWARE GEOGEBRA O ENSINO DE FUNÇÕES AFINS E QUADRÁTICAS COM O AUXÍLIO DO COMPUTADOR E DO SOFTWARE GEOGEBRA 1 Samara Araújo Melo; 2 Arthur Gilzeph Farias Almeida; 3 Maria Lúcia Serafim 1 E.E.E.F.M Professor Raul Córdula,

Leia mais

PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO 1

PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO 1 PROJETO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO 1 Maria Madalena Dullius madalena@univates.br Professora do Centro Universitário UNIVATES Doutora em Ensino de Ciências Lajeado/RS - Brasil Claus Haetinger chaet@univates.br

Leia mais

PROVA ESCRITA PARTE A e B

PROVA ESCRITA PARTE A e B PROCESSO DE SELEÇÃO INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2012 PROVA ESCRITA PARTE A e B INSCRIÇÃO Nº CAMPO GRANDE MS, 07 DE NOVEMBRO DE 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM

Leia mais

Justificativa: Cláudia Queiroz Miranda (SEEDF 1 ) webclaudia33@gmail.com Raimunda de Oliveira (SEEDF) deoliveirarai@hotmail.com

Justificativa: Cláudia Queiroz Miranda (SEEDF 1 ) webclaudia33@gmail.com Raimunda de Oliveira (SEEDF) deoliveirarai@hotmail.com 1 COMO COLOCAR AS TEORIAS ESTUDADAS NA FORMAÇÃO DO PNAIC EM PRÁTICA NA SALA DE AULA? REFLEXÕES DE PROFESSORES ALFABETIZADORES SOBRE O TRABALHO COM O SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL Cláudia Queiroz Miranda

Leia mais

CURSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS PROPORCIONANDO MUDANÇAS NO CURRÍCULO DE CIÊNCIAS EXATAS

CURSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS PROPORCIONANDO MUDANÇAS NO CURRÍCULO DE CIÊNCIAS EXATAS IX CONGRESO INTERNACIONAL SOBRE INVESTIGACIÓN EN DIDÁCTICA DE LAS CIENCIAS Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN CURSOS DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS PROPORCIONANDO

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DE ESPAÇOS E MATERIAIS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: O USO DO SMARTPHONE NO ENSINO DA GEOMETRIA

A CONSTRUÇÃO DE ESPAÇOS E MATERIAIS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: O USO DO SMARTPHONE NO ENSINO DA GEOMETRIA A CONSTRUÇÃO DE ESPAÇOS E MATERIAIS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: O USO DO SMARTPHONE NO ENSINO DA GEOMETRIA Autores : Agata RHENIUS, Melissa MEIER. Identificação autores: Bolsista IFC-Campus Camboriú;

Leia mais

O USO DO COMPUTADOR (GEOGEBRA) E DO LOGOTIPO DO MC DONALD S NO ESTUDO DA FUNÇÃO DO 2º GRAU

O USO DO COMPUTADOR (GEOGEBRA) E DO LOGOTIPO DO MC DONALD S NO ESTUDO DA FUNÇÃO DO 2º GRAU O USO DO COMPUTADOR (GEOGEBRA) E DO LOGOTIPO DO MC DONALD S NO ESTUDO DA FUNÇÃO DO 2º GRAU Elda Vieira Tramm/UFBa/EMFoco Jussara G. Araújo Cunha/SEC/Ba/EMFoco Nosso Desafio Construir o m do Mc Donald s

Leia mais

Sem vocês nenhuma conquista valeria a pena. que dignamente me apresentaram à importância da família e ao caminho da honestidade e persistência.

Sem vocês nenhuma conquista valeria a pena. que dignamente me apresentaram à importância da família e ao caminho da honestidade e persistência. DEDICATÓRIA Às mulheres da minha vida Neiliane e Wany pelo apoio incondicional em todos os momentos, principalmente nos de incerteza, muito comuns para quem tenta trilhar novos caminhos. Sem vocês nenhuma

Leia mais

Fundamentação Teórica

Fundamentação Teórica Atividades Estruturadas 1 Fundamentação Teórica Atividades Estruturadas, embasadas no Art. 2º, item II da Resolução CNE/CES nº 3, de 2 de julho de 2007, implicam a construção de conhecimento, com autonomia,

Leia mais

Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental

Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental Jogos e Aprendizagem Matemática: A utilização de jogos com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental Camila Schimite Molero e-mail: ca_schi@hotmail.com Italo Gonçalves da Silva e-mail: igsilva423@gmail.com

Leia mais

Reflexão: Abordagem ao domínio da matemática, comunicação oral e escrita na Educação de Infância

Reflexão: Abordagem ao domínio da matemática, comunicação oral e escrita na Educação de Infância 1 Reflexão: Abordagem ao domínio da matemática, comunicação oral e escrita na Educação de Infância Mariana Atanásio, Nº 2036909. Universidade da Madeira, Centro de Competência das Ciências Sociais, Departamento

Leia mais

Aula 1 (3 períodos): Convidando os alunos a participarem do projeto

Aula 1 (3 períodos): Convidando os alunos a participarem do projeto Disponibilizo aqui os planos de aula por mim elaborados, colocados em prática e reestruturados naquilo que percebi necessário, para futura utilização por professores que se interessarem em trabalhar utilizando

Leia mais

JOGOS PARA O ENSINO MÉDIO1

JOGOS PARA O ENSINO MÉDIO1 JOGOS PARA O ENSINO MÉDIO1 Marli Teresinha Quartieri Márcia Rehfeldt Ieda Maria Giongo Algumas reflexões iniciais O jogo tem sido tema de estudos e investigações de pesquisadores, educadores e psicólogos,

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 1º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 1º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Matemática Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 1º 1 - Ementa (sumário, resumo) História, contexto e aplicações da matemática.

Leia mais

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EAD NOS CURSOS DE PEDAGOGIA DE SANTA CATARINA

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EAD NOS CURSOS DE PEDAGOGIA DE SANTA CATARINA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA ATUAÇÃO EM EAD NOS CURSOS DE PEDAGOGIA DE SANTA CATARINA Zuleide Demetrio Minatti 1 Nilson Thomé 2 UNIPLAC. Resumo: Na atualidade observa-se o crescimento da demanda por cursos

Leia mais

ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA

ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA ATIVIDADE WEBQUEST COMO ABORDAGEM DIDÁTICA Renato dos Santos Diniz renatomatematica@hotmail.com Adelmo de Andrade Carneiro adelmomatematico@yahoo.com.br Wesklemyr Lacerda wesklemyr@hotmail.com Abigail

Leia mais

A EXTENSÃO EM MATEMÁTICA: UMA PRÁTICA DESENVOLVIDA NA COMUNIDADE ESCOLAR. GT 05 Educação Matemática: tecnologias informáticas e educação à distância

A EXTENSÃO EM MATEMÁTICA: UMA PRÁTICA DESENVOLVIDA NA COMUNIDADE ESCOLAR. GT 05 Educação Matemática: tecnologias informáticas e educação à distância A EXTENSÃO EM MATEMÁTICA: UMA PRÁTICA DESENVOLVIDA NA COMUNIDADE ESCOLAR GT 05 Educação Matemática: tecnologias informáticas e educação à distância Nilce Fátima Scheffer - URI-Campus de Erechim/RS - snilce@uri.com.br

Leia mais

METODOLOGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS EXATAS

METODOLOGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS EXATAS METODOLOGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS EXATAS GT 06 Formação de professores de matemática: práticas, saberes e desenvolvimento profissional Maria Madalena Dullius, Univates, madalena@univates.br Angélica

Leia mais

A TEORIA E A PRÁTICA NO CURSO DE PEDAGOGIA: O LIMITE DO POSSÍVEL

A TEORIA E A PRÁTICA NO CURSO DE PEDAGOGIA: O LIMITE DO POSSÍVEL V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 A TEORIA E A PRÁTICA NO CURSO DE PEDAGOGIA: O LIMITE DO POSSÍVEL Celeida Belchior Cintra Pinto 1 ; Maria Eleusa Montenegro

Leia mais

A FORMAÇÃO DO PEDAGOGO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA

A FORMAÇÃO DO PEDAGOGO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA A FORMAÇÃO DO PEDAGOGO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA Luciana Pereira de Sousa 1 Carmem Lucia Artioli Rolim 2 Resumo O presente estudo propõe discutir o contexto da formação dos pedagogos para o ensino da

Leia mais

SÓLIDOS DE PLATÃO COM ORIGAMI MODULAR - UMA INTRODUÇÃO AOS POLIEDROS REGULARES

SÓLIDOS DE PLATÃO COM ORIGAMI MODULAR - UMA INTRODUÇÃO AOS POLIEDROS REGULARES SÓLIDOS DE PLATÃO COM ORIGAMI MODULAR - UMA INTRODUÇÃO AOS POLIEDROS REGULARES Edmar Luiz Gomes Júnior 1 Anita Lima Pimenta 2, Amanda da Paixão B. Magalhães 3, Dra. Eliane Scheid Gazire 4 1 IFMG Ouro Preto,

Leia mais

O Papel dos Jogos na Promoção da Aprendizagem Significativa. Adamantina São Paulo 2014

O Papel dos Jogos na Promoção da Aprendizagem Significativa. Adamantina São Paulo 2014 O Papel dos Jogos na Promoção da Aprendizagem Significativa Adamantina São Paulo 2014 O Papel dos Jogos na Promoção da Aprendizagem Significativa. Ana Paula Tarifa Jayny Bibiani Queiroz Siomara A. L. Marinho

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA: UTILIZAÇÃO DE CALCULADORA CIENTÍFICA MODELO CASIO fx-82ms.

PROJETO DE PESQUISA: UTILIZAÇÃO DE CALCULADORA CIENTÍFICA MODELO CASIO fx-82ms. FUNDAÇÃO UNIVERSITARIA FEDERAL DO TOCANTINS UFT CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE PALMAS PROJETO DE PESQUISA: UTILIZAÇÃO DE CALCULADORA CIENTÍFICA MODELO CASIO fx-82ms. Autores: Prof. Paulo Alexandre Oliveira Acad.

Leia mais

Um espaço colaborativo de formação continuada de professores de Matemática: Reflexões acerca de atividades com o GeoGebra

Um espaço colaborativo de formação continuada de professores de Matemática: Reflexões acerca de atividades com o GeoGebra Um espaço colaborativo de formação continuada de professores de Matemática: Reflexões acerca de atividades com o GeoGebra Anne Caroline Paim Baldoni Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho,

Leia mais

TERNOS PITAGÓRICOS: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DO TEOREMA DE PITÁGORAS

TERNOS PITAGÓRICOS: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DO TEOREMA DE PITÁGORAS TERNOS PITAGÓRICOS: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DO TEOREMA DE PITÁGORAS Georgiane Amorim Silva 1 Universidade Federal do Rio Grande do Norte /PPGEd georgianeamor@hotmail.com Resumo: Considerando

Leia mais

ESTRATÉGIAS GRÁFICAS NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ARITMÉTICOS RESUMO. Palavras-Chave: Resolução de problemas; Estratégias gráficas; Problemas aritméticos

ESTRATÉGIAS GRÁFICAS NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ARITMÉTICOS RESUMO. Palavras-Chave: Resolução de problemas; Estratégias gráficas; Problemas aritméticos ESTRATÉGIAS GRÁFICAS NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS ARITMÉTICOS Rogéria Gaudencio do Rêgo (DM/CCEN/UFPB) Maria Alves de Azeredo (DME/CE/UFPB) RESUMO Este estudo tem por objetivo discutir sobre as diferentes

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA

FORMAÇÃO DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA FORMAÇÃO DE PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA Fabiana de Jesus Oliveira União de Ensino do Sudoeste do Paraná fabiana@unisep.edu.br Diversas são as pesquisas que têm mostrado que o ensino encontra-se

Leia mais

REALIZAÇÃO DE TRABALHOS INTERDISCIPLINARES GRUPOS DE LEITURA SUPERVISIONADA (GRULES)

REALIZAÇÃO DE TRABALHOS INTERDISCIPLINARES GRUPOS DE LEITURA SUPERVISIONADA (GRULES) REALIZAÇÃO DE TRABALHOS INTERDISCIPLINARES GRUPOS DE LEITURA SUPERVISIONADA (GRULES) 1 APRESENTAÇÃO Este manual é um documento informativo visando orientar a comunidade acadêmica quanto ao processo de

Leia mais

tido, articula a Cartografia, entendida como linguagem, com outra linguagem, a literatura infantil, que, sem dúvida, auxiliará as crianças a lerem e

tido, articula a Cartografia, entendida como linguagem, com outra linguagem, a literatura infantil, que, sem dúvida, auxiliará as crianças a lerem e Apresentação Este livro tem o objetivo de oferecer aos leitores de diversas áreas do conhecimento escolar, principalmente aos professores de educação infantil, uma leitura que ajudará a compreender o papel

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PROJETO MUNDO ENCANTADO DOS NÚMEROS SÉRIE: PRÉ I PROFESSORAS:

Leia mais

ENSINAR E APRENDER GEOMETRIA PLANA COM E A PARTIR DO USO DO SOFTWARE GEOGEBRA UMA VIVÊNCIA NO CONTEXTO ESCOLAR

ENSINAR E APRENDER GEOMETRIA PLANA COM E A PARTIR DO USO DO SOFTWARE GEOGEBRA UMA VIVÊNCIA NO CONTEXTO ESCOLAR ENSINAR E APRENDER GEOMETRIA PLANA COM E A PARTIR DO USO DO SOFTWARE GEOGEBRA UMA VIVÊNCIA NO CONTEXTO ESCOLAR Por: André Forlin Dosciati - UNIJUÍ Vanessa Faoro - UNIJUÍ Isabel Koltermann Battisti UNIJUÍ

Leia mais

POTENCIALIDADES DO SOFTWARE GEOGEBRA NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA: UM EXEMPLO COM ENSINO E APRENDIZAGEM DE TRIGONOMETRIA

POTENCIALIDADES DO SOFTWARE GEOGEBRA NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA: UM EXEMPLO COM ENSINO E APRENDIZAGEM DE TRIGONOMETRIA POTENCIALIDADES DO SOFTWARE GEOGEBRA NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA: UM EXEMPLO COM ENSINO E APRENDIZAGEM DE TRIGONOMETRIA Maria Maroni Lopes Universidade Federal do Rio Grande do Norte marolopes@hotmail.com

Leia mais

Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica

Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica Pavão, Antonio, C.¹, Rocha, Claudiane, F..S.², Silva, Ana, P.³ Espaço Ciência - www.espacociencia.pe.gov.br pavao@ufpe.br¹,

Leia mais

O SOFTWARE EUCLIDEAN REALITY AUXILIANDO NA CONSTRUÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS

O SOFTWARE EUCLIDEAN REALITY AUXILIANDO NA CONSTRUÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS O SOFTWARE EUCLIDEAN REALITY AUXILIANDO NA CONSTRUÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS Vânia de Moura Barbosa Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco vanibosa@terra.com.br Introdução Um dos primeiros questionamentos

Leia mais

Formação, desafios e perspectivas do professor de música

Formação, desafios e perspectivas do professor de música Formação, desafios e perspectivas do professor de música João Alderlei Leite da Silva email: joaoderlei17@hotmail.com Lucas Roberto Guedes email: lucasrobertoguedes@gmail.com Verônica Agnelli Chiarelli

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CLAINES KREMER GENISELE OLIVEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: POR UMA PERSPECTIVA DE RELAÇÕES ENTRE

Leia mais

Estado da Arte: Diálogos entre a Educação Física e a Psicologia

Estado da Arte: Diálogos entre a Educação Física e a Psicologia Estado da Arte: Diálogos entre a Educação Física e a Psicologia Eixo temático 1: Fundamentos e práticas educacionais Telma Sara Q. Matos 1 Vilma L. Nista-Piccolo 2 Agências Financiadoras: Capes / Fapemig

Leia mais

DESCOBRINDO ALTURAS POR MEIO DO TEOREMA DE TALES. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais

DESCOBRINDO ALTURAS POR MEIO DO TEOREMA DE TALES. GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais DESCOBRINDO ALTURAS POR MEIO DO TEOREMA DE TALES GT 01 Educação Matemática no Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais Vanessa Faoro UNIJUÍ - vanefaoro@yahoo.com.br Kelly Pereira Duarte UNIJUÍ kelly_duartee@yahoo.com.br

Leia mais

ATUAÇÃO DO PIBID NA ESCOLA: (RE) DESCOBRINDO AS PRÁTICAS LÚDICAS E INTERDISCIPLINARES NO ENSINO FUNDAMENTAL

ATUAÇÃO DO PIBID NA ESCOLA: (RE) DESCOBRINDO AS PRÁTICAS LÚDICAS E INTERDISCIPLINARES NO ENSINO FUNDAMENTAL ATUAÇÃO DO PIBID NA ESCOLA: (RE) DESCOBRINDO AS PRÁTICAS LÚDICAS E INTERDISCIPLINARES NO ENSINO FUNDAMENTAL Adriana do Nascimento Araújo Graduanda Pedagogia - UVA Francisca Moreira Fontenele Graduanda

Leia mais

Multiplicando Ideias EE Profa. Clorinda Tritto Giangiacomo Sala 12 Sessão 1

Multiplicando Ideias EE Profa. Clorinda Tritto Giangiacomo Sala 12 Sessão 1 Multiplicando Ideias EE Profa. Clorinda Tritto Giangiacomo Sala 12 Sessão 1 Professoras Apresentadoras: Carla Janaina Bravo Rosilene Maria de Melo Realização: Foco A sequência didática de Matemática, Multiplicando

Leia mais

Trabalhando multiplicação e divisão até a lei do 5

Trabalhando multiplicação e divisão até a lei do 5 PPGECE Trabalhando multiplicação e divisão até a lei do 5 Maria Madalena Dullius Adriana Belmonte Bergmann Fernanda Eloisa Schmitt Gabriele Born Marques Geovana Luiza Kliemann Marli Teresinha Quartieri

Leia mais

ATIVIDADES COM MATERIAIS CONCRETOS PARA O ENSINO DAS OPERAÇÕES ARITMÉTICAS

ATIVIDADES COM MATERIAIS CONCRETOS PARA O ENSINO DAS OPERAÇÕES ARITMÉTICAS ATIVIDADES COM MATERIAIS CONCRETOS PARA O ENSINO DAS OPERAÇÕES ARITMÉTICAS Maria da Conceição Alves Bezerra mcabst@hotmail.com Universidade Federal da Paraíba UFPB VIRTUAL RESUMO: Este minicurso tem como

Leia mais

FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM LOGO: APRENDIZAGEM DE PROGRAMAÇÃO E GEOMETRIA * 1. COSTA, Igor de Oliveira 1, TEIXEIRA JÚNIOR, Waine 2

FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM LOGO: APRENDIZAGEM DE PROGRAMAÇÃO E GEOMETRIA * 1. COSTA, Igor de Oliveira 1, TEIXEIRA JÚNIOR, Waine 2 FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM LOGO: APRENDIZAGEM DE PROGRAMAÇÃO E GEOMETRIA * 1 COSTA, Igor de Oliveira 1, TEIXEIRA JÚNIOR, Waine 2 Palavras-CHAVE: formação de professores, programação, Logo Introdução As

Leia mais