1)Campanha Pré-Calamidade

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1)Campanha Pré-Calamidade"

Transcrição

1

2 1)Campanha Pré-Calamidade A Cruz Vermelha de São Paulo, no cumprimento de sua missão de ajuda humanitária e de auxiliar as comunidades carentes, que sofrem com as enchentes e desabamentos provocados pelas tempestades de verão, está realizando a Campanha Préuma campanha só é Calamidade. Normalmente, realizada depois das ocorrências, o que nos deixa comprometidos quanto ao tempo de socorro. Antecipando as ações, temos mais tempo para o preparo de cestas básicas e kits de higiene. Solicitamos alimentos não perecíveis, produtos de preparo instantâneo, leite longa vida, materiais de limpeza doméstica, produtos de higiene pessoal e água. Doações recebidas em dinheiro são utilizadas para transportar e manter voluntários, comprar produtos necessários não doados e em fretes. As doações podem ser realizadas através do Banco Itaú, agência 6480, conta corrente Enchente no Vale do Ribeira No mês de fevereiro, a Cruz Vermelha de São Paulo auxiliou as vítimas das enchentes de Cajati, no Vale do Ribeira, com alimentos, leite e itens de higiene pessoal que foram distribuídos para as famílias dos afetados através do Centro Social de Solidariedade local. 2) Incêndios Comunidade do Moinho No dia 22 de dezembro, um incêndio de grandes proporções atingiu, por causas desconhecidas, a Comunidade do Moinho,, no Centro de São Paulo. Na ocasião, 380 famílias ficaram desabrigadas e duas pessoas faleceram. Cumprindo sua missão de amenizar o sofrimento dessas famílias, a Cruz Vermelha de São Paulo continuou auxiliando os afetados com doações de alimentos e itens de higiene pessoal. Foto: GCM Press

3 Favela do Corujão No dia 05 de fevereiro, a Favela do Corujão,, na Vila Guilherme, Zona Norte de São Paulo sofreu com um incêndio. Duas pessoas morreram e 60 barracos foram destruídos com as chamas. Buscando auxiliar aos desabrigados, a Cruz Vermelha de São Paulo disponibilizou alimentos e leite para 300 pessoas. Foto: Site UOL 3) Doações Nas épocas em que não ocorrem emergências, a Cruz Vermelha de São Paulo auxilia diversas creches, instituições e comunidades com doações de alimentos, itens de higiene pessoal e itens de limpeza. Esses locais são cadastrados e recebem visitas constantes da instituição. No mês de fevereiro, realizamos doações para os seguintes locais: Creche Imaculado Coração de Maria do Jardim Princesa: O complexo de creches Imaculado Coração de Maria do Jd. Princesa está localizado na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo, e mantém 580 crianças da comunidade. No mês de fevereiro, a Cruz Vermelha de São Paulo colaborou com sapatos, roupas, água e itens de higiene pessoal. Uma Nova História: Casa de apoio para jovens com dependência química e alcoolismo, localizada na Zona Sul de São Paulo. No mês de janeiro, doamos 30 kg de itens de higiene pessoal. Lar Batista de Crianças: Abrigo localizado no bairro da Aclimação, Centro de São Paulo. Em janeiro, colaboramos com a doação de 350 kg de roupas e itens de higiene pessoal. Novo Concerto: Auxilia famílias carentes da Vila Rosário, Zona Sul de São Paulo. Em janeiro, a Cruz Vermelha de São Paulo doou 140 kg de roupas e itens de higiene pessoal. Liga Esportiva de Guaianases: Instituição que trabalha com famílias carentes de Guaianases, Zona Leste de São Paulo. Oferece aos seus beneficiados iados cursos de artesanato e incentivo a prática esportiva entre jovens de 06 e 16 anos. No mês de janeiro, doamos 300 kg de roupas e itens de higiene pessoal. Rede Social do Centro: Rede composta por instituições e órgãos públicos que visam auxiliar com ações de saúde, cidadania e educação, moradores de rua do Centro de São Paulo. Por intermédio da rede, doamos 400 kg de alimentos a instituições que oferecem vagas gratuitas para recuperação de dependentes químicos.

4 4) Visitas institucionais A Cruz Vermelha de São Paulo desenvolve ações que causam transformações positivas nas comunidades carentes, visando transmitir conhecimentos úteis para a população, com a temática de saúde, cidadania e educação. Pensando em amenizar a falta dessas informações, a Cruz Vermelha de São Paulo colocou em prática o projeto de acompanhamento das instituições cadastradas a fim de levantar suas principais pais necessidades e adequá-las às propostas da instituição, além de aperfeiçoar o seu trabalho buscando referências em instituições que são exemplo. No mês de fevereiro, realizamos as seguintes visitas s e pontuamos a atuação necessária na segunda fase do projeto: Data 2/2/2012 Instituição Limiar Associação de Apoio a Criança e Família Substituta (Casa Limiar) Região Atividade em parceria Ações Previstas Zona Sul Capacitações na área da saúde para os colaboradores da instituição. Capacitação em Primeiros Socorros em 10/03. 6/2/2012 Liga Esportiva de Guaianases & Adjacências Zona Leste Capacitação em primeiros socorros para os colaboradores da instituição e palestras de saúde para a comunidade. Capacitação em Primeiros Socorros em 10/03. Palestras a partir de junho. 9/2/2012 Associação Cultural e Comunitária Sorriso do Futuro (Sorriso Do Futuro) Zona Sul Capacitação em primeiros socorros para os colaboradores da instituição e palestras de saúde para a comunidade. 10/2/2012 Apat- Associação Para Pesquisa e Assistência em Transplante Centro Palestras na área da saúde, higiene pessoal e diversos. 16/2/2012 Centro Scalabriniano de Promoção do Migrante (Cesprom) Zona Oeste Palestras de saúde para a comunidade. 29/2/2012 Núcleo Social Reluz Zona Sul Capacitação em primeiros socorros para os colaboradores da instituição e palestras de saúde para a comunidade.

5 Denise, assistente social da Cruz Vermelha e Visita Casa Limiar: voluntário Claúdio Lanza, Denise Andréia, coordenadora da APT e assistente social da casa 5) Dia Clube 25 de Doação de Sangue O Clube 25 é o projeto da Cruz Vermelha de incentivo à doação voluntária de sangue. Teve início em 1989, no Zimbábue, na África. Inicialmente denominado Compromisso 25, contemplava a formação de clubes de doadores de sangue, nos quais os jovens assumiam o compromisso de realizar 25 doações de sangue depois de terminar o ensino médio. O Clube 25,, além de orientar quanto à importância da doação de sangue, ainda propõe discussões sobre questões relacionadas à saúde e estilos de vidas saudáveis, trabalhando a informação, a conscientização e a responsabilidade social. Com esses objetivos, a Cruz Vermelha de São Paulo esteve dos dias 14 a 24 de fevereiro na Universidade Presbiteriana a Mackenzie, entregando folders aos alunos e incentivando-os os a realizar o ato solidário. Divulgação do Clube 25 na Universidade Mackenzie

6 No dia 25 de fevereiro, a Cruz Vermelha de São Paulo realizou o Dia Clube 25 de Doação de Sangue,, evento destinado ao encontro dos membros do Clube e captação de novos integrantes. Nesse dia, alunos da Universidade Mackenzie e do Centro Formador da Cruz Vermelha compareceram à Fundação Pró-Sangue e à Santa Casa de São Paulo para exercitar a cidadania, através da doação de sangue. 6) Divulgação dos Princípios da Cruz Vermelha A Cruz Vermelha tem como um de seus objetivos a propagação de seus princípios e a divulgação de seu trabalho voluntário no Brasil. Além de palestras na área da saúde, o Voluntariado esclarece a população em geral sobre a importância da responsabilidade social e a necessidade de ajuda humanitária. No dia 6 de fevereiro realizamos a integração para os novos alunos dos cursos técnicos de enfermagem e estética do Centro Formador da Cruz Vermelha, apresentando a história, missão, atividades e sensibilizando-os os para o trabalho voluntário. Em 28 de fevereiro, cerca de 60 pessoas do CONSEG Campo Belo (Conselho Comunitário de Segurança Pública) conheceram a história, missão e atividades da Cruz Vermelha. 7) Gestão de Voluntários Processo seletivo No mês de fevereiro, a Cruz Vermelha de São Paulo iniciou o processo seletivo para novos voluntários. Esse processo é composto por quatro etapas, todas com presença obrigatória. A primeira etapa aconteceu no dia 01 de fevereiro, com a apresentação da Cruz Vermelha contendo história, missão, princípios, emblemas, composição e filiais. O segundo encontro, realizado nos dias 08 e 09 de fevereiro, tratou sobre a história do voluntariado no Brasil e no mundo, a lei do voluntariado, benefícios efícios do trabalho voluntário, ética e postura esperadas dos voluntários. A terceira etapa, realizada nos dias 15 e 16 de fevereiro, mostrou as áreas de atuação dos voluntários na filial São Paulo, as ações realizadas em 2011 e o planejamento para O próximo passo é participar do treinamento prático e teórico sobre Primeiros Socorros.

7 Concluídas as formações iniciais, o voluntário é entrevistado pela psicóloga e coordenadora de voluntários da Cruz Vermelha de São Paulo.. Juntos, eles definem a função que o voluntário vai desempenhar e, em seguida, formalizam a atividade voluntária através de um contrato com vigência de um ano. As Formações Específicas acontecem em seguida, de acordo com a função do voluntário, que pode atuar nas seguintes áreas: Socorro e Desastre, Prevenção e Promoção à Saúde, Programa Comunitário Integrado e Incentivo à Doação de Sangue. Capacitações de voluntários Método START A Cruz Vermelha de São Paulo continuou os treinamentos da equipe de Socorro e Desastre,, no dia 04 de fevereiro. Nessa ocasião, foi ministrado o treinamento de Método START (Simple Triage And Rapid Treatment), processo utilizado em situações onde o número de vítimas supera a capacidade de atendimento. É utilizado para alocar recursos e hierarquizar o acolhimento de vítimas de acordo com prioridades, de forma a possibilitar o atendimento e transporte rápido do maior número possível de pessoas vitimadas. Voluntários participam de treinamento e realizam simulações de acidentes 8) Documentação Estrangeira No mês de fevereiro, a Cruz Vermelha de São Paulo realizou 19 atendimentos referentes ao reconhecimento de Documentação Escolar Estrangeira.

1)Campanha Pré-Calamidade

1)Campanha Pré-Calamidade 1)Campanha Pré-Calamidade A Cruz Vermelha de São Paulo, no cumprimento de sua missão de ajuda humanitária e de auxiliar as comunidades carentes, que sofrem com as enchentes e desabamentos provocados pelas

Leia mais

Imagem do incêndio na comunidade de Tribo e famílias recebendo doações da Cruz Vermelha de São Paulo

Imagem do incêndio na comunidade de Tribo e famílias recebendo doações da Cruz Vermelha de São Paulo 1) Socorro e Desastre Incêndio na Brasilândia No dia 26 de setembro, a comunidade conhecida como Tribo, localizada na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo, sofreu com um incêndio ocasionado por uma explosão

Leia mais

1 Campanha do Agasalho

1 Campanha do Agasalho 1 Campanha do Agasalho A Cruz Vermelha de São Paulo encerrou, no dia 31 de julho, a Campanha do Agasalho 2011, que beneficiou quatro comunidades de São Paulo: Vila Brasilândia, Jardim Pantanal, Parelheiros

Leia mais

1) Campanha do Agasalho

1) Campanha do Agasalho 1) Campanha do Agasalho A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o inverno. Neste ano, além da arrecadação e

Leia mais

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde 1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável

Leia mais

1) Socorro e Desastre Itaóca

1) Socorro e Desastre Itaóca 1) Socorro e Desastre Itaóca A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo deslocou um grupo de voluntários para prestar ajuda aos moradores da cidade de Itaóca, localizada no interior do estado,

Leia mais

1) Socorro e Desastre Taquarituba

1) Socorro e Desastre Taquarituba 1) Socorro e Desastre Taquarituba Em 22 de setembro, um tornado atingiu a cidade de Taquarituba (328 km a oeste de São Paulo) e destruiu quase completamente o centro da cidade e outros dois bairros - Jardim

Leia mais

1) Campanha do Agasalho

1) Campanha do Agasalho Junho 2014 1) Campanha do Agasalho Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2014, os locais

Leia mais

1)Campanha Pré-Calamidade

1)Campanha Pré-Calamidade 1)Campanha Pré-Calamidade A Cruz Vermelha de São Paulo, no cumprimento de sua missão de ajuda humanitária e de auxiliar as comunidades carentes, que sofrem com as enchentes e desabamentos provocados pelas

Leia mais

1) Simulado Exército Brasileiro

1) Simulado Exército Brasileiro 1) Simulado Exército Brasileiro A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo participou pelo segundo ano consecutivo, dos dias 23 ao dia 27 de novembro, do Exercício Agulhas Negras Operação

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Março/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Março/2015 Março/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Comunicação 09. Juventude 09. Filiais

Leia mais

1) Campanhas de Saúde

1) Campanhas de Saúde 1) Campanhas de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável a fim de melhorar

Leia mais

1) Campanha do Agasalho 2013

1) Campanha do Agasalho 2013 1) Campanha do Agasalho 2013 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2013, os locais beneficiados

Leia mais

1) Campanhas de Saúde

1) Campanhas de Saúde 1) Campanhas de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável a fim de melhorar

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre Maio 2014 1) Socorro e Desastre Missão Paz Uma equipe composta de 40 voluntários esteve, nos dias 03 e 04 de maio, na Missão Paz, no Glicério, Região Central da cidade, a fim de ajudar na organização e

Leia mais

1) Dia Mundial da Cruz Vermelha

1) Dia Mundial da Cruz Vermelha 1) Dia Mundial da Cruz Vermelha No dia 08 de maio comemora-se o Dia Mundial da Cruz Vermelha, que marca o aniversário de seu fundador, Henry Dunant. O Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre Abril 2014 1) Socorro e Desastre Rondônia A Cruz Vermelha Brasileira organizou a Operação Rio Madeira com o objetivo de prestar apoio e capacitação para população afetada pelas chuvas em Porto Velho, Rondônia.

Leia mais

1) Mutirão de Dermatologia

1) Mutirão de Dermatologia 1) Mutirão de Dermatologia A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, em parceria com o ISMD - Instituto Superior de Medicina e Dermatologia, realizou a 2 edição do Mutirão de Consultas

Leia mais

1) Campanha do Agasalho 2014

1) Campanha do Agasalho 2014 Fevereiro 2014 1) Campanha do Agasalho 2014 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2014,

Leia mais

1) Jornada Mundial da Juventude

1) Jornada Mundial da Juventude 1) Jornada Mundial da Juventude A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo participou da Jornada Mundial da Juventude, maior evento internacional da Igreja Católica. Este ano, o Rio de Janeiro

Leia mais

1) Simulado Exército Brasileiro

1) Simulado Exército Brasileiro 1) Simulado Exército Brasileiro A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo participou, dos dias 01 a 04 de novembro, do Exercício Agulhas Negras Operação Paraibuna, organizado pela 2 Divisão

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Abril/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Abril/2015 Abril/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Comunicação 10. Juventude 10. Filiais

Leia mais

http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/sptv-1edicao/t/edicoes/v/campanha-da-cruzvermelha-de-sp-beneficia-comunidades-carentes/2537201/

http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/sptv-1edicao/t/edicoes/v/campanha-da-cruzvermelha-de-sp-beneficia-comunidades-carentes/2537201/ 1) Campanha do Agasalho 2013 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2013, os locais beneficiados

Leia mais

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto?

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto? Projetos Sociais da Faculdade Campo Real A promoção da cidadania é qualidade de toda instituição de ensino consciente de sua relevância e capacidade de atuação social. Considerando a importância da Faculdade

Leia mais

1) Campanha do Agasalho 2014

1) Campanha do Agasalho 2014 Março 2014 1) Campanha do Agasalho 2014 Todo ano a Cruz Vermelha de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o frio do inverno em nossa região. Em 2014, os

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015 Jan Fev/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Juventude 09. Voluntariado 09. Expediente

Leia mais

1) 7 de Setembro. Voluntários participam do desfile de 7 de Setembro, representando a Cruz Vermelha

1) 7 de Setembro. Voluntários participam do desfile de 7 de Setembro, representando a Cruz Vermelha Setembro 2014 1) 7 de Setembro A Cruz Vermelha de São Paulo esteve presente no Desfile Cívico-Militar que aconteceu no Sambódromo do Anhembi, no dia 7 de setembro, em comemoração aos 192 anos da independência

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

1) Natal Mágico Cruz Vermelha

1) Natal Mágico Cruz Vermelha 1) Natal Mágico Cruz Vermelha O Natal Mágico Cruz Vermelha proporcionou momentos os de diversão e alegria a 600 crianças carentes/excepcionais de oito instituições, orfanatos, comunidades e creches de

Leia mais

1) Mutirões em Comemoração ao Centenário da Cruz Vermelha de São Paulo

1) Mutirões em Comemoração ao Centenário da Cruz Vermelha de São Paulo 1) Mutirões em Comemoração ao Centenário da Cruz Vermelha de São Paulo Em comemoração aos seus 100 anos, a Cruz Vermelha de São Paulo realizou mutirões em parques e escolas, em parceria com o Instituto

Leia mais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais Relatório de Ações 2012-2013 Socioambientais O compromisso com o investimento em ações sociais foi sempre uma prática do Grupo 7COMm e de seus colaboradores. Com a expansão de suas atividades e a modernização

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre 1) Socorro e Desastre Cubatão A forte chuva que assolou o município de Cubatão, em São Paulo, nos meses de fevereiro e março deixou cerca de 200 pessoas desabrigadas. A Cruz Vermelha de São Paulo, buscando

Leia mais

1) Socorro e Desastre

1) Socorro e Desastre 1) Socorro e Desastre Carnaval Cerquilho Entre os dias 08 e 12 de fevereiro, durante as comemorações do Carnaval na cidade de Cerquilho, 21 voluntários realizaram 30 atendimentos pré-hospitalares em casos

Leia mais

1 Socorro e Desastre. Associação Cultural e Assistencial da Liberdade

1 Socorro e Desastre. Associação Cultural e Assistencial da Liberdade 1 Socorro e Desastre No dia 11 março de 2011, um terremoto seguido de tsunami atingiu o Japão, deixando 147 mil pessoas desabrigadas, mais de 10 mil mortas e 15 mil desaparecidas. As províncias mais afetadas

Leia mais

Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania

Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania R e s g a t e M i r i m Comunitário Projeto de Capacitação de Crianças e Adolescentes sobre Socorrismo, prevenção de acidentes, Defesa Civil e Cidadania 1 B E L O H O R I Z O N T E, S A N T A L U Z I A

Leia mais

Programa Viver é Melhor. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Programa Viver é Melhor. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Programa Viver é Melhor Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Legião da Boa Vontade (LBV) Cidade: Londrina/PR

Leia mais

NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG

NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG NÚCLEO CONSTRUÇÃO E CIDADANIA DO SICEPOT-MG SICEPOT-MG CONSTRUINDO UM MUNDO MELHOR O Núcleo Construção e Cidadania foi criado em 1995 para coordenar, planejar e executar as ações de Responsabilidade Social

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Trote Solidário INTRODUÇÃO

Trote Solidário INTRODUÇÃO 1 Trote Solidário Ana Claudia Muniz Douglas Ramos Teixeira Maria Marlene Antunes de Oliveira Marina de Fátima Batista Renata Chenchi 1 Maria Eliza Zandarim 2 Sumário: Introdução. 1. O Que é Trote Solidário.

Leia mais

O Projeto Projeto Social COM PORÇÕES DE BE

O Projeto Projeto Social COM PORÇÕES DE BE O Projeto Social COM PORÇÕES DE BEM Princípios A transformação do assistido em assistente. O foco na família. O respeito às diretrizes governamentais de assistência social. E i i é d i l t d Ensinar a

Leia mais

O Projeto Ações Sociais AMO-RS nasceu do desejo de mudar realidades, incentivar, potencializar e criar multiplicadores.

O Projeto Ações Sociais AMO-RS nasceu do desejo de mudar realidades, incentivar, potencializar e criar multiplicadores. O Projeto Ações Sociais AMO-RS nasceu do desejo de mudar realidades, incentivar, potencializar e criar multiplicadores. Estamos desenvolvendo um exercício de cidadania, pois envolve as pessoas para além

Leia mais

Igreja Adventista do 7º Dia - Central de Vitória Av. Carlos Moreira Lima, 1200 Ilha de Monte Belo CEP 29.050-650 Vitória, ES, Brasil Tel.

Igreja Adventista do 7º Dia - Central de Vitória Av. Carlos Moreira Lima, 1200 Ilha de Monte Belo CEP 29.050-650 Vitória, ES, Brasil Tel. Projeto de Acompanhamento de famílias Consiste no acompanhamento de famílias em situação de vulnerabilidade social e realização de ações visando auxiliar a família a melhorar sua qualidade de vida e aumentar

Leia mais

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC Resumo da ONG O CADI Palhoça é uma instituição não governamental cujo objetivo é executar, articular e fomentar ações e projetos que facilitem o desenvolvimento de comunidades. Desenvolve projetos em 6

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

PARCERIA Município Cidadão

PARCERIA Município Cidadão PARCERIA Município Cidadão 1. Introdução O Hemoce é a instituição responsável pela execução da política de sangue do Ministério da Saúde no Estado do Ceará, que consiste essencialmente na coleta, no processamento

Leia mais

Relatório: Campanha Ajuda à Serra

Relatório: Campanha Ajuda à Serra Relatório: Campanha Ajuda à Serra De janeiro a junho de 2011 Sumário Introdução pág. 3 Origem das Doações pág. 4 Destino das Doações pág. 5 Atuação Move Rio pág. 6 Vale do Cuiabá, Petrópolis pág. 6 Santa

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

1 Socorro e Desastre Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo Doador

1 Socorro e Desastre Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo Doador 1 Socorro e Desastre No dia 11 março de 2011, um terremoto seguido de tsunami atingiu o Japão, deixando 147 mil pessoas desabrigadas, mais de 10 mil mortas e 15 mil desaparecidas. As províncias mais afetadas

Leia mais

Histórico Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) agosto de 2010 no Recife Transformando a sociedade a partir da igreja local

Histórico Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) agosto de 2010 no Recife Transformando a sociedade a partir da igreja local Histórico Esta campanha tem sua origem no contexto do V Encontro Nacional da Rede Evangélica Nacional de Ação Social (RENAS) em agosto de 2010 no Recife PE. Nessa ocasião, o enfoque do evento foi: Transformando

Leia mais

Guia sobre Voluntariado Instituto Lina Galvani

Guia sobre Voluntariado Instituto Lina Galvani Guia sobre Voluntariado Instituto Lina Galvani Sumário Conceito de voluntário... 3 O que é e o que não é voluntariado... 3 Lei do voluntariado... 4 Voluntariado no Brasil... 4 Benefício do Voluntariado...

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Paraná Núcleo de Pastoral da Universidade Fone: (41) 3271-1397 E-mail: pastoral.ctba@pucpr.br

Pontifícia Universidade Católica do Paraná Núcleo de Pastoral da Universidade Fone: (41) 3271-1397 E-mail: pastoral.ctba@pucpr.br Pontifícia Universidade Católica do Paraná Núcleo de Pastoral da Universidade Fone: (41) 3271-1397 E-mail: pastoral.ctba@pucpr.br REGULAMENTO DO TROTE SOLIDÁRIO DA REALIZAÇÃO Art. 1º. O Trote Solidário

Leia mais

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO

Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos. Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Indicadores Quantitativos Programa de Fortalecimento Institucional, Participação e Controle Social Barro Alto - GO Relatório Consolidado Programa de Fortalecimento e Barro Alto -

Leia mais

1) Natal Mágico Cruz Vermelha

1) Natal Mágico Cruz Vermelha 1) Natal Mágico Cruz Vermelha O Natal Mágico Cruz Vermelha proporcionou momentos de diversão e alegria a 400 crianças carentes/excepcionais de diversas instituições, orfanatos, comunidades e creches de

Leia mais

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Atuando com responsabilidade para colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Compromisso com um futuro melhor. Com o nosso trabalho, somos parte da solução para uma agricultura mais sustentável.

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

Programa Voluntários Bradesco

Programa Voluntários Bradesco 18ª Audiência de Sustentabilidade Programa Voluntários Bradesco Agosto / 2009 Banco Bradesco Um dos maiores Bancos Privados da América Latina 22 Maior Banco no Mundo (Forbes Global 2000) Maior Seguradora

Leia mais

Projeto Nosso Cuiabá

Projeto Nosso Cuiabá Projeto Nosso Cuiabá O INSTITUTO DA CRIANÇA O Instituto da Criança é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público que incentiva o empreendedorismo social através de atividades que visam

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES O Parecer do CNE/CES nº 492/2001, assim define as atividades complementares:

Leia mais

Nunca duvide que um pequeno grupo de pessoas conscientes e engajadas possa mudar o mundo. De fato, sempre foi assim que o mundo mudou.

Nunca duvide que um pequeno grupo de pessoas conscientes e engajadas possa mudar o mundo. De fato, sempre foi assim que o mundo mudou. Brasília 201 4 1 Nunca duvide que um pequeno grupo de pessoas conscientes e engajadas possa mudar o mundo. De fato, sempre foi assim que o mundo mudou. Margaret Mead 2 O que é a F4TP? O INSTITUTO FIGHT

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

RESPONSÁVEIS RELAÇÕES

RESPONSÁVEIS RELAÇÕES Para a Patrus Transportes, atuar de forma responsável significa valorizar as pessoas. Essa relação começa no ambiente interno e se estende a todos os stakeholders da empresa, como clientes, fornecedores,

Leia mais

Transformando o presente, construindo o amanhã.

Transformando o presente, construindo o amanhã. Transformando o presente, construindo o amanhã. Primeira sede em 1988 História No dia 23 de novembro de 1988, a Fundação Belgo-Mineira foi oficialmente constituída, a fim de promover ações de marketing

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ESTADO: GOIÁS COORDENADOR: HENRIQUE RICARDO BATISTA PERÍODO DO RELATÓRIO: Ano de 20 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO DAS AÇÕES DO PVCC ATIVIDADE DATA N o DE HORAS LOCAL (Município) OBJETIVO N o PART RESULTADO/

Leia mais

MANUAL DO VOLUNTÁRIO

MANUAL DO VOLUNTÁRIO MANUAL DO VOLUNTÁRIO Dentre todas as coisas que se pode doar a alguém, existe uma que é a mais valiosa: o tempo. E é isso que um voluntário faz. Disponibiliza seu tempo e sua energia para ajudar o próximo,

Leia mais

Nº 3 - Nov/14 TRABALHO COMUNITÁRIO

Nº 3 - Nov/14 TRABALHO COMUNITÁRIO ! Nº 3 - Nov/14 o ã ç n e t a A T S PRE TRABALHO COMUNITÁRIO Apresentação Esta nova edição da Coleção Presta Atenção! apresenta pontos importantes para a implantação de projetos e programas de base comunitária.

Leia mais

(UNIDADE CEBRAC BOTUCATU)

(UNIDADE CEBRAC BOTUCATU) CAMPANHA MAIS CIDADÃO (UNIDADE CEBRAC BOTUCATU) APRESENTAÇÃO Nossa Missão: Desenvolver o potencial das pessoas e formar o cidadão profissional para atuar com brilhantismo no mercado de trabalho Estar sintonizados

Leia mais

VOLUNTÁRIO TIME ESPERANÇA HUMANO CARIDADE UNIÃO AJUDA AMIZADE TIME CUIDADO FELICIDADE UNIÃO MANUAL DO SERVIÇO PESSOAS PESSOAS AJUDA DOAÇÃO DOAÇÃO

VOLUNTÁRIO TIME ESPERANÇA HUMANO CARIDADE UNIÃO AJUDA AMIZADE TIME CUIDADO FELICIDADE UNIÃO MANUAL DO SERVIÇO PESSOAS PESSOAS AJUDA DOAÇÃO DOAÇÃO MANUAL DO VOLUNTÁRIO CARIDADE T I M E C O M U N I D A D E UNIÃO GRUPO AMIZADE PESSOAS G R U P O AJUDA T I M E TRABALHO FELICIDADEPESSOAS GRUPO SERVIÇO UNIÃO ESPERANÇA A J U D ASERVIÇO COMUNIDADE G R U

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus

Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus Resumo da ONG O é uma iniciativa da sociedade civil organizada que tem por objetivo fortalecer a cidadania e a democracia participativa, tendo por base a sustentabilidade e o monitoramento social. O age

Leia mais

Ponto de Partida do Projeto Doar Escola do Futuro

Ponto de Partida do Projeto Doar Escola do Futuro Relatório Projeto Doar Objetivo: Envolver os alunos em Projetos Sociais, estimulando-os a colocar em prática os traços de caráter Cristão ensinados na Instituição. Potencializar a responsabilidade social,

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013 Relatório Despertar 2013 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de:

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2014 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo (Escola Superior de Propaganda e Marketing) Apresentação: Prof. Ismael Rocha Prof. Carlos Frederico Lucio São Paulo, julho de 2011 Indicadores

Leia mais

Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo

Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo Início Notícias Viva Rio lança trabalho socioambiental que contempla Nova Friburgo Iniciativa é parte do projeto Rios da Serra. Sede provisória da organização é montada no Prado TERÇA FEIRA, 19 DE MAIO

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES A (LAAET), fundada em 23 de Setembro de 2011, afiliada à Universidade Federal do Acre, Grupo HEPATO, Central

Leia mais

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul

Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Núcleo Regional de Rio Branco do Sul Municípios participantes Adrianópolis Bocaiúva do Sul Cerro Azul Doutor Ulysses Rio Branco do Sul Tunas do Paraná Itaperuçu Campo Magro Colombo Almirante Tamandaré

Leia mais

ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO

ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO 1 IDENTIFICAÇÃO Título: ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO Data de realização: Local de realização: IESUR Horário: será definido conforme cronograma Carga horária: definido conforme

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

Região Serrana do Rio de Janeiro CARE Brasil Novembro/ 2011 a Janeiro/2012

Região Serrana do Rio de Janeiro CARE Brasil Novembro/ 2011 a Janeiro/2012 Região Serrana do Rio de Janeiro CARE Brasil Novembro/ 2011 a Janeiro/2012 MOBILIZAÇÃO, RESULTADOS E PERSPECTIVAS FUTURAS Há um ano a CARE Brasil vem atuado na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

MOC 10. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES - COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA

MOC 10. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES - COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA 10. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES - COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA EIXO Macroação ATIVIDADES Compor a equipe técnica com experiências no trabalho de desenvolvimento de comunidade. Identificar

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO?

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? Apresentação Ir para a escola, passar um tempo com a família e amigos, acompanhar as últimas novidades do mundo virtual, fazer um curso de inglês e praticar um esporte são

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PREFEITURA DE JUIZ FORA SECRETARIA DE SAÚDE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO PARA A SAÚDE PET SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PREFEITURA DE JUIZ FORA SECRETARIA DE SAÚDE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO PARA A SAÚDE PET SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA PREFEITURA DE JUIZ FORA SECRETARIA DE SAÚDE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO PARA A SAÚDE PET SAÚDE UAPS INDUSTRIAL Construindo planejamento em saúde JUIZ DE FORA

Leia mais

ÍNDICE. 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6. 2013 Demarest Advogados www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados

ÍNDICE. 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6. 2013 Demarest Advogados www.demarest.com.br Todos os Direitos Reservados ÍNDICE 1. Responsabilidade Social 360º 1 2. Campanhas realizadas em 2013 6 1. RESPONSABILIDADE SOCIAL 360º RESPONSABILIDADE SOCIAL 360º A Responsabilidade Social se apresenta como um tema cada vez mais

Leia mais

FUNDAÇÃO DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL

FUNDAÇÃO DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL FUNDAÇÃO DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL SUBSÍDIOS DE RECUPERAÇÃO APÓS CATÁSTROFES - PROGRAMA PILOTO para as Áreas Jurisdicionais I, III e V NOvAS OPçõeS De FINANCIAmeNTO, CrITérIOS e requisitos PArA SOLICITAçãO

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR GABINETE DO COMANDO COORDENAÇÃO GERAL DO PROJETO VERÃO LIMPO

ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR GABINETE DO COMANDO COORDENAÇÃO GERAL DO PROJETO VERÃO LIMPO ESTADO DE RONDÔNIA SECRETARIA DE SEGURANÇA, DEFESA E CIDADANIA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR GABINETE DO COMANDO COORDENAÇÃO GERAL DO PROJETO VERÃO LIMPO Relatório da Etapa Vale do Guaporé (Zona da Mata)

Leia mais

Histórico da organização

Histórico da organização Fevereiro, 2014 Histórico da organização Fundação da Cyrela em São Paulo Início do Programa de alfabetização Construindo Pessoas Abertura de capital. Passa a se chamar Cyrela Brazil Realty S.A. Início

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES.

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. ANA LUCIA MESQUITA DUMONT; Elisa Nunes Figueiredo. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SMSA-BH (Atenção Básica)

Leia mais

PROJETO BOQUINHA ALEGRE

PROJETO BOQUINHA ALEGRE PROJETO BOQUINHA ALEGRE IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A instituição Casas Lares Humberto de Campos é uma entidade, na modalidade de associação, sem fins lucrativos, mantida pelo Grupo Educacional e Assistencial

Leia mais

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral,

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral, Fundação Itaú Social Por uma educação integral, integrada e integradora Visão Itaú Ser o banco líder em performance e perene reconhecidamente sólido e ético, destacando-se por equipes motivadas, comprometidas

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE SOCIAL ESF - BAURU - Outubro 2013

EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE SOCIAL ESF - BAURU - Outubro 2013 EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ASSISTENTE SOCIAL ESF - BAURU - Outubro 2013 A SORRI BAURU, por meio de sua Diretoria Executiva convoca os interessados a participar do processo seletivo para a contratação

Leia mais

ATENDIMENTO PARA TODA COMUNIDADE PÁGINA 06

ATENDIMENTO PARA TODA COMUNIDADE PÁGINA 06 INFORMATIVO NOVEMBRO 2010 APRENDIZES JOVENS COM O 1 O EMPREGO Programa de aprendizagem capacita adolescentes para o primeiro emprego. PÁGINA 04 LINHA DA VIDA ATENDIMENTO PARA TODA COMUNIDADE PÁGINA 06

Leia mais

PROTEÇÃO E ASSISTÊNCIA EM SÃO PAULO

PROTEÇÃO E ASSISTÊNCIA EM SÃO PAULO PROTEÇÃO E ASSISTÊNCIA EM SÃO PAULO UNHCR ACNUR QUEM SOMOS ACNUR O ACNUR foi criado para proteger e assistir às vítimas de perseguição, da violência e da intolerância. Desde então, já ajudou mais de 50

Leia mais

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que:

2.2 São considerados passíveis de concorrer aos recursos (brinquedoteca e capacitação) desta Chamada Pública, as instituições que: 1. APRESENTAÇÃO 1.1 O projeto Recrear defende a importância do Brincar para o desenvolvimento infantil. Por meio da brincadeira, uma criança aprende e desenvolve seu corpo, suas habilidades sociais, de

Leia mais

Sud Mennucci (São Paulo), Brazil

Sud Mennucci (São Paulo), Brazil Sud Mennucci (São Paulo), Brazil Relatório do progresso local sobre a implementação do Quadro de Ação de Hyogo (2013-2014) Prefeito: Prefeito - Julio Cesar Gomes Nome do ponto focal: Maricleia Leati Organização:

Leia mais