Perdas e novos riscos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Perdas e novos riscos"

Transcrição

1

2

3 editorial Perdas e novos riscos O mercado de seguros mundial atravessa uma fase interessante nos últimos dez anos. Apesar de assistir o crescimento da gravidade e da frequência de riscos ligados às mudanças climáticas, ele também viu sua participação na economia mundial diminuir. O que está acontecendo? Serão as crises econômicas ao redor do mundo que estão diminuindo o investimento em prevenção e aumentando as perdas financeiras? Muitos fatores influenciam neste resultado, mas uma coisa todos sabem: o mercado de seguros global precisa inovar. Durante o seminário da International Insurance Society tivemos a oportunidade de conversar com pessoas que sabem que o dia de amanhã não será tão romântico quanto a maioria imagina, principalmente no Brasil, que passa por um período econômico favorável. Temos que nos preparar para enfrentar os riscos ligados à longevidade, para saber quem vai bancar a aposentadoria dos idosos que viverão mais tempo e com mais qualidade de vida. Há também os riscos inerentes ao aumento do uso da tecnologia para absolutamente tudo em nosso cotidiano. As seguradoras e resseguradoras deverão pesquisar muito para encontrar formas de diminuir os riscos e aceitar aqueles que hoje são declinados. Afinal, uma máxima que aprendemos na área de seguros é a de que há cobertura para tudo, desde que se esteja disposto a pagar um prêmio alto. Discutimos estes pontos em várias matérias neste número. O presidente da Chubb Seguros, Acácio Queiroz, fala sobre os desafios do futuro e como podemos nos preparar para enfrentá-los. A cobertura do evento da IIS mostra o que de principal foi discutido no Rio de Janeiro, além da assinatura de adesão aos Princípios de Sustentabilidade em Seguros. Aliás, este é o tema do artigo da jornalista Denise Bueno, que mostra que a sustentabilidade precisa, antes de tudo, encontrar reflexos na prática, ultrapassando a barreira dos discursos. O especial desta edição é sobre a região Centro-Oeste brasileira e o estado de Minas Gerais. Abordamos três aspectos econômicos relevantes para a região: indústria farmacêutica, agronegócios e mineração. Mostramos os produtos e coberturas existentes para estas importantes fontes de divisas para nosso País. Boa leitura! Diretora de Redação Mande suas dúvidas, críticas e sugestões para Ano 17 - nº 164 Julho 2012 Esta revista é uma publicação independente da Correcta Editora Ltda e de público dirigido Diretora de Redação: Kelly Lubiato - MTB Diretor Executivo: Francisco Pantoja Repórter: Jamille Niero Redatora: Gabriela Ferigato Executiva de Negócios: Graciane Pereira Diagramação e Arte: Paloma Bessa Articulistas: Denise Bueno J. B. Oliveira Richard Hessler Furck Thaís Ruco Tiragem: exemplares Circulação: Nacional Periodicidade: Mensal CORRECTA EDITORA LTDA Administração, Redação e Publicidade: CNPJ: / Rua Loefgreen, cj. 133 V. Clementino Cep São Paulo/SP Telefones (11) / Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva de seus autores, não representando, necessariamente, a opinião desta revista. Acesse nosso site Siga nosso twitter.com/revistaapolice Curta nosso Revista Apólice

4 sumário especial CO e MG 06 entrevista Acácio Queiroz, presidente da Chubb Seguros há oito anos, fala sobre as tendências dos riscos e como o mercado se prepara para enfrentá-los 24 opinião panorama Sindicatos, seguradoras e corretoras que atuam na região apostam na diversidade de negócios e no crescimento da economia farmacêutica Para mitigar os riscos deste segmento, setor oferece produtos que cobrem todas as etapas envolvidas A jornalista Denise Bueno mostra que a maioria das pessoas ainda não percebe a função social do setor, apesar de muito se falar em sustentabilidade internacional Durante o 48º Seminário da International Insurance Society (IIS), 33 seguradoras e entidades aderiram aos Princípios de Sustentabilidade gestão O coworking, nova modalidade de trabalho, aparece como uma boa alternativa para os corretores que desejam abandonar o home office 10 painel 18 painel eventos 22 gente 43 regulação agronegócio Segmento ainda precisa de mais incentivos do governo e maior consciência a respeito dessa forma de proteção mineração Mineradoras brasileiras compreendem a importância da apólice como proteção financeira e aprendem a gerenciar seus riscos massificados conferência corretora economia digital negociação comunicação e expressão 4

5

6 Foto: Rafael Potenza entrevista Acácio Queiroz De olho no futuro do mercado Presidente da Chubb Seguros há oito anos, Acácio Queiroz, é um formador de opinião que procura estar sempre atualizado com as novas tendências, sejam elas ligadas a tecnologia, sustentabilidade ou novos canais de distribuição 6 APÓLICE: Quais são os novos riscos aos quais o Brasil está exposto? Acácio Queiroz: Os riscos sempre existiram. O que acontece agora é que o aquecimento global está agravando ou aumentando a frequência destes acidentes naturais em relação ao passado. Catástrofes naturais como inundação ou furacão, como o Catarina, que assolou o Sul do País há dez anos. O aquecimento começa a trazer riscos porque muda as condições climáticas, agravando e deslocando as chuvas, por exemplo. Há também os riscos que surgem por conta da modernidade, como de redes sociais, de internet, que não existiam no passado. Hoje, temos determinadas exposições que não haviam antes, por exemplo, novos meios de transporte como o trem bala, que é novidade no Brasil. APÓLICE: Os riscos antigos estão agravados? Acácio Queiroz: Como exemplo, podemos falar do seguro aeronáutico, cujas características também mudaram. Antes, havia meia dúzia de aeronaves em operação, agora, helicóptero é como mosca. Cada vez que se adiciona mais veículos ao tráfego, seja marítimo, terrestre ou aéreo, aumenta a exposição do risco. O aquecimento global, a modernidade e o desenvolvimento de novos meios de comunicação acabam criando novos riscos. APÓLICE: Como vocês se preparam para os novos riscos? Acácio Queiroz: No caso específico da Chubb, os passos que o Brasil dá agora já desenvolvemos há muito tempo. Para nós, evidentemente, sempre mol-

7 dando à realidade brasileira, são riscos que temos em nosso banco de dados. Temos informações que nos permite fazer a análise do risco baseada em casos concretos ocorridos no resto do mundo, o que possibilita a precificação e subscrição de forma adequada a estas novas modalidades de risco. Isso não descarta a possibilidade de ter muito bem mapeado o Brasil, no que diz respeito ao aumento da frequência de risco. APÓLICE: Neste caso, entram as peculiaridades locais? Acácio Queiroz: Sim. Neste caso você tem tido um volume maior de inundações em Santa Catarina. Isso não vem de fora. Quando estou precificando um risco nestas localidades, tenho que levar em conta o mapa da região. APÓLICE: Como você vê a atuação do mercado e da Chubb frente à uma nova realidade econômica, com taxas de juros cada vez mais baixas? Acácio Queiroz: O mercado vai se ajustar às novas condições da economia. Você tem, por um lado, a diminuição dos juros e, por outro lado, o aumento da taxa de sinistralidade, seja pelo aquecimento global, pelo aumento da violência etc. O mercado já está se preparando para esta nova realidade. Talvez haja muitas empresas ainda com reservas lastreadas em papéis de longo prazo. Para elas, os juros não vão cair imediamente, o que lhes dá algum fôlego. Outras, que não gostam de correr muitos riscos, optam por papéis de curto prazo. Estas têm que se preparar e cada uma tem a sua estratégia. Nós, desde o ano passado, fizemos um ajustamento de portfolio, com cancelamento que ultrapassou R$ 100 milhões, numa operação de limpeza de portfolio. Fizemos também um trabalho grande de ajuste de despesas e de tarifas. O grande esforço foi fazer a readequação do portfolio, a otimização das despesas e verificar distorções que poderiam existir em relação às condições tarifárias. Certamente, teremos um resultado melhor que no ano passado. APÓLICE: Vocês já têm os números desta operação? Acácio Queiroz: Ainda não, mas tenho certeza de que os resultados serão melhores. APÓLICE: Como as mudanças na economia impactam o mercado? Acácio Queiroz: De várias formas. A primeira é no seguro de vida, impulsionado pelos trabalhadores com carteira assinada. O crescimento vertiginoso acabou. A mesma coisa acontece com o seguro de automóvel, que teve um avanço recente por conta da diminuição do IPI; se não fosse isso, continuaria andando de lado. O seguro de transporte viu o aumento do dólar esfriar o seguro de transporte internacional. APÓLICE: A Chubb passa uma imagem de seguradora classe A. Vocês continuam a investir neste público? Acácio Queiroz: Nós somos uma seguradora que atua em todas as linhas de negócios, menos saúde, previdência e capitalização. Entretanto, operamos com segmentos distintos e vamos continuar atuando assim. Mas, a bandeira mundial da Chubb está relacionada com produtos para as classes A e B. Isso representa 50% da nossa produção. Por outro lado, 20% desta mesma produção vem de produtos massificados, com aproximadamente 5 milhões de segurados. Uma empresa não pode ser constituída de apenas um negócio. APÓLICE: Como você acredita que será a comunicação com o consumidor no futuro? Acácio Queiroz: Você tem vivos nas seguintes gerações: a tradicional, a baby boomers, a X, a Y (que agora completa 33 anos) e a Z (que está fazendo 18 anos). Eu, que sou um baby boomer, não vou comprar nada pela internet. A Y e a Z já consomem varejo pela internet. A geração Z vai ter o seu corretor, mas ele estará diretamente ligado às redes sociais. Os consumidores serão mais exigentes, conhecedores de direitos, cada vez mais conectados à internet, cada vez mais capazes de cotar seus produtos. APÓLICE: Como está o interesse internacional pelo Brasil? Acácio Queiroz: A Chubb brasileira é a terceira operação internacional mais importante da companhia e, nestes últimos oito anos, reinvestimos tudo que lucramos aqui. APÓLICE: O Brasil continua como bola da vez? Acácio Queiroz: Em termos de economia, o Brasil, hoje, em relação aos emergentes, está atrás dos outros países, crescendo menos que China, Índia e Rússia. Porém, tudo isso está atrelado à crise na Europa e nos Estados Unidos. Eu acho que como opção de investimento, vários segmentos (inclusive de seguros) continuarão colocando capital por aqui. É claro que há alguns desafios, como o fato de cada vez mais o Brasil interagir e entrar na economia global. APÓLICE: Quais são os principais desafi os para o mercado brasileiro? Acácio Queiroz: O principal é continuar formando pessoas. Já deveríamos ter mais cabeças novas, apesar dos esforços da Funenseg, CNseg etc. Outro desafio é implantar no jovem a cultura do seguro, para que ele entenda que está protejendo o futuro dele. Outro, é preparar as companhias para obter resultado técnico e a retenção de talentos. O setor privado também deve colaborar com o governo no sentido de frear a infração, pois ela inibe a comercialização de produtos de seguro, como acontecia no passado. 7

8 painel educação 1 Cursos online O Grupo Aplub lançou um produto desenvolvido para facilitar o acesso ao estudo e incentivar a busca de conhecimento benefício para estudantes e profissionais, realizado em parceria com o Inteligência em Educação e Sistemas de Ensino IESDE, que oferece educação a distância. Para estimular o público a conhecer a novidade, os primeiros usuários terão acesso gratuito por 15 dias pelo site São mais de oito mil livros digitais e videoaulas, distribuídas em mais de 700 cursos online, abrangendo vários temas - aulas de reforço para o ensino médio e fundamental, cursos de idiomas e preparatórios para vestibular, provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O Aplub Educação oferece ainda cursos livres em diversas áreas, como Administração, Direito, Economia, Informática, Pedagogia e Marketing, que promovem a profissionalização e o aprimoramento para o mercado. incentivo Campanha para promover seguros de vida A Liberty Seguros lançou a Campanha Artilheiros Vida. A iniciativa para os corretores tem o objetivo de promover os produtos da linha Vida: Liberty API, Liberty Vida Perfil, Liberty Vida Especial e Liberty Vida Mais Tranquila. Para a premiação, a seguradora conta com parceiros como a agência de viagens CVC, os sites Pandora e Compra Fácil. Os produtos variam entre eletrodomésticos, viagens, jogos, artigos esportivos etc. A campanha continua até outubro e poderá ser estendida de acordo com a demanda dos corretores. Os pontos adquiridos são cumulativos e podem ser resgatados até o dia 30/11/2012. Para mais informações, visite A ação tem a seguinte dinâmica: cada corretor participante tem uma meta baseada nos resultados obtidos no mesmo período da campanha em Para os novos corretores, a meta mínima estipulada foi de R$1.500,00 por mês. A cada 100,00 reais em prêmio emitido, acima da meta estipulada, o corretor ganha 10 Gols (G$), a moeda oficial da campanha, que podem ser trocados por prêmios escolhidos por meio de um catálogo disponível na área restrita aos corretores, no site Liberty Web. educação 2 Programa de Inserção Profissional O Programa de Inserção Profissional (PIP), desenvolvido pelo Grupo BB e Mapfre, capacitou sua primeira turma de alunos em parceria com a CNseg. Formado por 22 participantes, entre jovens e adultos, o grupo recebeu aulas sobre o mercado, entendeu o que é sinistro, por que devemos fazer seguros, quais os tipos existentes, entre outras informações sobre o setor. Duas novas turmas estão sendo formadas. Um dos grupos é composto por 27 pessoas com deficiência (PCDs) física do Lar Escola São Francisco (LESF). Conhecido por incluir mais de 70% de seus participantes no mercado de trabalho, o Projeto de Inserção Profissional (PIP) já formou mais de 800 pessoas desde o lançamento, em A CNseg passa a administrar as aulas sobre o mercado de seguros, uma das disciplinas do programa. A parceria com a CNseg é muito relevante para o programa, que sempre visou criar oportunidades de trabalho e desenvolvimento para todas as pessoas. Acreditamos e respeitamos a seriedade e a abrangência de toda atuação da CNseg em disseminar os conceitos de seguros para a sociedade, comenta Fátima Lima, superintendente de sustentabilidade do Grupo BB e Mapfre. A elegibilidade para participar do programa também ficou mais flexível. Antes destinado a jovens com idade entre 18 e 25 anos com ensino médio completo e a adultos com idade entre 50 e 55, o PIP agora recebe inscrições de interessados com qualquer idade (entre 18 e 55 anos), além de Pessoas Com Deficiência (PCDs). 8

9

10 painel rastreamento Polícia localiza dois desmanches Espaço GR Impactos da lei Nº /2012 O Grupo Tracker levou a polícia a dois desmanches no mês passado, em menos de 48 horas. Em uma das ocorrências, cinco pessoas foram presas. Nos dois casos, as vítimas foram abordadas por homens armados e obrigadas a entregar o bem. O dono do caminhão ficou sob poder dos bandidos por mais de sete horas. A primeira ocorrência foi no dia 13 de junho. O dono do Stilo ano 2008, avaliado em cerca de R$ 36 mil foi rendido no bairro de São Mateus, zona Leste de São Paulo, por volta das 19 horas. Meia hora depois, ele acionou a equipe de pronta resposta da Tracker, que iniciou as buscas. No final da noite, o Tracker Auto reportou sinal de dentro de um desmanche, no bairro do Tucuruvi, zona Norte de São Paulo. A polícia foi avisada e invadiu o galpão na manhã seguinte. O Stilo foi encontrado desmontado e sem identificação. No mesmo local foram encontrados outros oito veículos, alguns já em processo de desmanche. Cinco pessoas foram detidas. Um dia depois, por volta das 21 horas, o motorista de um Volvo FH 440 6x2 Diesel avaliado em R$ 325 mil e equipado com o Tracker Caminhão foi rendido por três homens armados, quando trafegava pela Rodovia BR-376, na altura de Tijucas do Sul, no Paraná. Os bandidos mantiveram a vítima sob sequestro em uma mata, até as quatro horas da manhã. Só então ele pode avisar o Comando de Operações da Tracker sobre a ocorrência. As antenas dos estados do Paraná e Santa Catarina foram acionadas imediatamente e, menos de três horas depois, o sinal do veículo foi capturado. A polícia foi informada e invadiu o desmanche, no bairro Cidade Industrial, em Curitiba. O Volvo já estava com a parte interna desmontada. Ninguém foi preso. O delegado-geral da Polícia Civil do estado do Paraná, Marcos Vinicius Michelotto, reconhece a importância das empresas de rastreamento no combate ao crime organizado. O uso de tecnologias tem sido fundamental para dar agilidade ao trabalho da polícia. O rastreamento para localização de automóveis é mais uma ferramenta importante no combate a quadrilhas de roubo e furto de veículos, afirma. Aplicada para todo território nacional, a nova lei conhecida como lei dos motoristas, surge com o apelo de regulamentação das atividades do motorista de cargas e pessoas. Nela, surgem duas novas figuras jurídicas, tempo de direção que determina a parada de meia hora para cada quatro horas de direção ininterruptas, e jornada de trabalho de oito horas, podendo exceder duas horas extras neste tempo que o motorista fica a disposição da empresa; além de estabelecer que para cada 24 horas trabalhadas é obrigatório uma hora para refeição e 11 horas de descanso. A fiscalização está a cargo dos órgãos trabalhistas e de trânsito. No campo trabalhista é complementar a CLT para motoristas empregados e aplicada também para motoristas autônomos, concomitantemente com as leis de trânsito, ou seja, bem complicado. Considerando que esta lei crie a aderência necessária e os órgãos fiscalizadores consigam êxito em suas ações, daremos os primeiros passos na redução de acidentes por motivo de estresse dos motoristas, mas, por outro lado, aumentaremos a exposição dos veículos a roubo, pois o governo implantou a parte que fiscaliza e penaliza garantindo a ele mais um canal de arrecadação. A parte de investimento do governo na construção de locais seguros para descanso do motorista foi desprezada. A mistura de motoristas contratados pelo regime CLT com motoristas autônomos, órgãos fiscalizadores do trabalho e trânsito, somadas a bases de informações desvinculadas do motorista e do veículo, como tacógrafo e papeletas, torna a aplicação das penalidades totalmente discutível, e pode diminuir a frota disponível em razão do acúmulo de multas de trânsito, criando um ambiente fértil para os advogados nas discussões jurídicas. Como podemos perceber, embora muito discutida antes da sua implantação, mais uma vez nossos governantes despejam no mercado transportador uma lei polêmica que gerará problemas e desafios para motoristas, empresas e órgãos fiscalizadores. Resta às gerenciadoras de riscos, principalmente nas cargas rastreadas, incluir procedimentos que controlem os veículos dentro dos parâmetros legais de circulação. Resultado: além de gerenciar riscos contra roubos agravados em razão da lei, acidentes e fluxo logístico, as gerenciadoras terão que controlar também os riscos de penalidades de trânsito e trabalhistas. Abraços a todos! Eliel Fernandes Diretor Comercial Buonny Projetos e Serviços 10

11

12 painel entidade CVG s discutem a criação de uma representação nacional Os presidentes dos CVG s de São Paulo, Paraná, Minas Gerais e Rio de Janeiro se reuniram, em São Paulo, no dia 24 de maio, para discutir a criação de uma entidade nacional. O Brasil viverá nos próximos cinco a dez anos um crescimento muito grande em todas as carteiras. Como os seguros de pessoas têm pouca penetração, atualmente, espera-se que este seja o ramo de maior crescimento no período, afirma o presidente do CSP-MG, Hélio Loreno, o mais entusiasmado com a proposta de uma entidade representativa. Nosso propósito é que o mercado cresça e distribua os benefícios para todos os envolvidos, justifica. O presidente do CVG-SP, Osmar Bertacini, anfitrião da segunda reunião a primeira foi realizada no Rio de Janeiro - concorda com o dirigente mineiro. Em termos de faturamento, o ramo de pessoas já é o maior do mercado. Por isso, o momento é este. A economia está crescendo, a distribuição de renda aumentando e vem aí o microsseguro, que, não tenho dúvida, deverá enveredar para o seguro de pessoas, diz. Segundo os dirigentes, aumentar a representatividade dos CVG s seria o principal objetivo da nova entidade. Os CVG s têm muita força, mas estão divididos, porque cada um faz o seu trabalho de forma individual. Uma entidade nacional poderia somar iniciativas e agregar valor aos órgãos do mercado, como CNseg, FenaPrevi, Susep e outros, diz o presidente do CVG-RJ, Danilo Sobreira. Para o presidente do CVG-PR, Paulo Castro, um CVG nacional poderia ajudar a disseminar a cultura do seguro de pessoas. Precisamos criar cultura, treinar as pessoas e mostrar aos segmentos, tanto de seguradores quanto de corretores, a importância do seguro de pessoas no contexto geral. Além disso, queremos contribuir nas discussões de legislações envolvendo o seguro de pessoas. Porque algumas decisões tomadas sem a nossa participação, às vezes não eram aquelas que entendíamos como melhor solução, afirma. Hélio Loreno enxerga múltiplas funções para a nova entidade. Não podemos ficar à margem das discussões que antecedem o grande crescimento esperado para o setor, como os novos produtos, a remuneração de corretores, o microsseguro, novas regras etc. Um mercado bem ordenado fará com que todos se satisfaçam e se realizem, diz. A fundação de uma entidade nacional é um desejo antigo dos CVG s. Segundo Danilo Sobreira, desde a década de 80, os dirigentes do CVG-RJ da época já discutiam essa possibilidade. Estamos resgatando essa ideia e aproveitando o momento atual e o entusiasmo dos presidentes atuais para construir algo novo no mercado, que agregue valor, diz. Entretanto, ele reconhece que a tarefa não será fácil. Não sou pessimista, sou realista. Nenhum dos CVG s dispõe de muitos recursos para gastar. Por isso, temos de ter o pé no chão e fazer algo bem feito. Creio que vamos conseguir, senão agora, talvez na próxima gestão ou no próximo ano, porque, sem dúvida, essa entidade é necessária, avalia. A Vila Velha Seguros anunciou a compra de 51% de participação societária da Plenodonto, com o objetivo de ampliar seu portfolio de negócios, incorporando um novo segmento de mercado e de consumidores. Fundada em 1996 pelos dentistas João Bosco Muniz Simon e Eduardo Rodrigues Ferreira Marques, a Plenodonto oferece soluções em assistência odontológica para seus clientes, que incluem pessoas físicas e empresas de vários setores. Os atuais executivos e equipes de profissionais permaneconsolidação Corretora adquire 51% da Plenodonto cem na empresa, que transferiu sua sede do bairro da Lapa para o centro paulistano, na Avenida Ipiranga, 337 6º andar. Segundo João Bosco Muniz Simon, diretor administrativo da Plenodonto, essa transação é considerada um marco para a nossa empresa. Estávamos à procura de um parceiro sólido e estamos confiantes de que encontramos a empresa certa na Vila Velha Seguros. Nosso relacionamento profissional e de parceria com a Plenodonto sempre foi baseado na mais plena integridade e confiança. Com a equipe da Plenodonto, vamos marcar efetivamente a entrada da Vila Velha no mercado de assistência odontológica, aportando recursos de uma expertise que agregarão valor aos serviços prestados aos clientes, afirma João Alzani Filho. 12

13

14 painel produto 1 Seguro para falhas de computação em nuvem A Marsh anunciou o lançamento de um produto que protege segurados dos possíveis danos financeiros devido às falhas em sistemas de computação em nuvem (cloud computing). Dentro dos contratos de prestadores de serviços em nuvem não há indenização suficiente para as possíveis perdas, decorrentes de uma interrupção de serviço. O CloudProtect protege as empresas contra perdas de receitas e despesas extras no caso do seu provedor de serviços sofrer um ataque cibernético, entrar em insolvência ou ser impedido de prestar os serviços contratados, de acordo com a corretora sediada em Nova York. O novo produto, desenvolvido em conjunto com seguradoras de risco cibernéticos, também cobre os custos de aquisição de novos contratos de serviços de cloud computing. A computação em nuvem permite uma computação muito mais eficiente centralizando o armazenamento, memória, processamento e largura de banda, mas também pode levar a perdas de rendimento caso ocorram interrupções na rede, afirma Robert Parisi, líder de segurança de rede e prática de privacidade da Marsh. A solução CloudProtect ajuda a mitigar esse risco, oferecendo proteções adicionais que não são devidamente abordadas nas apólices de seguros tradicionais. produto 2 Exigências do CDC estimulam a procura por seguro profissional O aumento das responsabilidades dos prestadores de serviço, determinadas pelo Código de Defesa do Consumidor, está estimulando a busca por seguros de responsabilidade civil profissional para diversas categorias, sejam autônomos, profissionais liberais ou executivos de empresas, independente do porte. Em abril deste ano, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Rio de Janeiro, contratou a modalidade para proteger profissionais e escritórios de eventuais erros e omissões na prestação de serviços de assistência jurídica. Este foi o primeiro seguro de responsabilidade civil profissional feito para a classe no País. A legislação exige que o fornecedor do serviço responda, independente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados pela prestação de serviço, ou por informações insuficientes ou inadequadas sobre seu usufruto e risco. Neste sentido, o proprietário da Senzala 14 Corretora de Seguros, André Coutinho, acredita que o seguro de responsabilidade civil profissional oferece maior tranquilidade. Com a contratação desse seguro, o profissional acaba trabalhando com menos pressão, diminuindo o risco de perder todo o seu patrimônio que, muitas vezes, demorou anos para construir, destaca. A apólice tem vigência de um ano, sem renovação automática. A sua cobertura é determinada pelo próprio profissional, no caso de pessoa física. Para pessoa jurídica, o segurado também pode vir a arbitrar um valor inicial, porém a importância segurada a ser aceita futuramente pela companhia vai depender de uma análise do ramo de atuação e de fatores financeiros, como lucro e patrimônio líquido. Também entram na avaliação número de funcionários e de clientes, além da frequência de ações judiciais e os custos médios de indenização da companhia. O valor do prêmio na apólice pode variar para profissionais da mesma atividade em função do faturamento e do patrimônio líquido da empresa, quesito que implica num maior ou menor risco de sinistro, observa Coutinho.

15

16 painel eventos aniversário SindsegSC comemora 22 anos de fundação Marco Cabañero, Rudolf Clebsch, Paulo Lückmann e Rogério Spézia O SindsegSC comemorou, no dia 5 de junho, 22 anos de criação e 88 anos da fundação do Comitê Mixto Paranaense e Santa Catharinense de Seguros. O dia foi marcado por eventos que reuniram os principais formadores de opinião do mercado de seguros no estado, juntos na confraternização organizada pelo SindsegSC em Blumenau. Participaram desta festa os membros da diretoria, comissões, grupos de trabalho, profissionais das seguradoras associadas, além de Marizeli Boldo, representante da Escola Nacional de Seguros, e Lauro Faria, coordenador do portal Tudo Sobre Seguros. O vice-presidente do SindsegSC e coordenador da Comissão de Automóveis, Marco Cabañero, comentou sobre a importância e a qualidade das palestras. Foi muito proveitoso para todos os presentes estas palestras numa data tão especial. Além de celebrarmos, tivemos a oportunidade de aprender muito mais nesta troca de informações com os senhores Lauro Faria e Rudolf Clebsch, afirma. À noite, toda a diretoria do SindsegSC e demais convidados participaram de um jantar oferecido pela entidade no Tabajara Tênis Clube. Foi sem dúvida alguma um dia muito especial, repleto de atividades tão interessantes para todos que fazem parte da história do SindsegSC. É gratificante receber em nossa sede, e mais tarde no jantar, tantos amigos e tantos nomes de importância para o mercado de seguros catarinense. Um dia de festa, confraternização e aprendizado para todos nós, afirmou o presidente do SindsegSC, Paulo Lückmann. capitalização Primeiro passo para a educação financeira A capitalização não é um investimento nem uma loteria, mas um instrumento diferenciado, que permite ao consumidor dar o primeiro passo para se disciplinar financeiramente e entender a importância de se proteger. Com isso, as pessoas passam a compreender melhor outras formas de proteção e investimento, com conceitos e mercados mais complexos. Se montarmos um quebra-cabeça, entendemos que o título junta vários conceitos. Permite a disciplina financeira, entender e planejar objetivos, com o benefício de concorrer a premiação via sorteio e é instrumento flexível, observou o presidente da Fenacap, Marco Antônio Barros, durante workshop para jornalistas promovido pela entidade no dia 3 de julho, no Rio de Janeiro. O consultor Gustavo Cerbasi concordou. A capitalização é uma poupança estimulada, pois há sentimento de recompensa pela possibilidade de ganhar o sorteio. Há cerca de 40 milhões de consumidores de capitalização no Brasil. Entre janeiro e abril deste ano, o setor faturou R$ 5,06 bilhões, crescimento de 22,43% em relação ao mesmo período de 2011, segundo dados da Fenacap. O volume total de reservas alcançou R$ 20,4 bilhões, expansão de 13,3% em comparação com o ano passado. A expectativa de crescimento para 2012 é de 20 a 25%, previu Barros. Atualmente, são comercializadas quatro modalidades Marco Barros, Tatiana Pinheiro, economista do Santander, Gustavo Cerbasi e o jornalista Guto Abranches de títulos de capitalização (tradicional, popular, incentivo e compra programada). Recentemente, porém, foi autorizada pela Susep a comercialização do microsseguro premiável, destacou Barros. De acordo com ele, mercados fortes e crescentes precisam que todos os agentes (vendedores e consumidores, inclusive) conheçam o segmento. O executivo ainda apontou que a capitalização é uma forma de proteger as pessoas de possíveis oscilações na economia, evitando, assim, que a população que avançou de classe social não volte à condição anterior. 16

17

18 painel eventos seguro transporte Mercado ganha Clube de Seguros de Transportes O Cist irá constituir diretorias especializadas, lideradas por representantes dos agentes envolvidos na cadeia logística dos seguros de carga, como: técnica, sinistro, GR, resseguro, sinistro, jurídica, vistoriadores etc. O Clube foi fundado por 28 representantes dos mais diversos setores envolvidos na carteira de seguro de transporte. Segundo Silva, assim que o estatuto estiver pronto, iniciam-se efetivamente as atividades da entidade. Em junho, foi empossada a primeira diretoria do Clube Internacional de Seguros de Transportes. O objetivo da entidade é capacitar profissionais da cadeia logística da indústria dos seguros de transporte. De acordo com o presidente da entidade, o corretor José Geraldo da Silva, o Cist pretende colaborar com os órgãos de classe para que estes se posicionem e opinem sobre legislações do tema de seguros de transporte. Diretoria Executiva: Jose Geraldo da Silva - Presidente Salvatore L. Junior - 1º vice-presidente Aparecido Mendes Rocha - 2º vice-presidente Odair Negretti - 3º vice-presidente Carlos Zuppi Zanini - 1º Secretário Carlos José de Paiva - 2º Secretário Francisco Carlos Gabriel - 1º Tesoureiro Walter Venturi - 2º Tesoureiro segurança viária Brasil mostra avanço em sistemas de proteção infantil As cadeirinhas previnem entre 50% e 90% de todas as lesões graves e mortais, dizem especialistas. Com a aprovação da lei que torna obrigatório o uso da cadeirinha para transporte de crianças de até sete anos e seis meses em carros de passeio, o Brasil avançou na prevenção de mortes e lesões graves em crianças em acidentes de trânsito. É um dos poucos países que mostra tecnicismo homologado e completo, avaliou Julio Laria Del Vas, diretor do Instituto de Segurança Viária da Fundación Mapfre Espanha e autor de um estudo que avaliou como a população de países da América Latina e Caribe utiliza o item para transportar crianças. A pesquisa foi apresentada no dia 27 de junho, em São Paulo. Considerando o número de mortes por milhão de habitantes, o Brasil tem uma taxa relativamente baixa: são 32 mortes de crianças por cada milhão de habitantes, em uma escala que vai de 15 a 95 mortes por milhão de habitantes. Na União Europeia, a taxa media é de 11 mortes por milhão de habitantes. Na Ibero América, a taxa é de 42. O Brasil é um dos poucos países da América Latina que conta com legislação técnica específica para sistemas de proteção infantil. Não precisamos investir muito em infraestrutura, o que precisamos são campanhas e legislação mais específica, que são ações de baixo custo. Se conseguíssemos reduzir as taxas, a cada ano salvaríamos a vida de 5 mil crianças, complementou o especialista. esporte Jogos Olímpicos para colaboradores O clima de euforia que antecede as Olimpíadas está incentivando funcionários de empresas privadas a praticarem esportes. Organização de campeonatos, formação de equipes e de times agora fazem parte da rotina de muitas companhias preocupadas com a qualidade de vida de seus colaboradores. Exemplo dessa postura empresarial é a Brasilcap, que promoveu no dia 30 de junho os III Jogos Olímpicos Brasilcap, no Colégio Militar do Rio de Janeiro. Mas o esporte não é o único foco dos Jogos Olímpicos Brasilcap. A inclusão social também faz parte dessa ação e, para colocá-la em prática, todo o valor arrecadado com os convites vendidos para familiares maiores de 10 anos será revertido para o Projeto Tênis na Lagoa. No evento oito modalidades foram praticadas: atletismo, futebol, queimado, vôlei, xadrez, pingue-pongue, totó e cabo de guerra, todas escolhidas pelos próprios colaboradores. As equipes estavam divididas em quatro bandeiras: verde, amarela, azul e branca. Mais de 60% do quadro funcional da empresa participou do evento. 18

19

20 gente Country Manager para o Brasil A Assist-Card anunciou a saída de Renato Spadafora, que está deixando a companhia para poder se dedicar a um novo projeto profissional. Em seu lugar ficará outro executivo da própria empresa, Daniel Prieto, que acumulará as funções de Country Manager e diretor administrativo e financeiro. O principal desafio do novo executivo está na manutenção da taxa de crescimento da companhia, que acumulou mais de 60% nos últimos 24 meses. É uma enorme satisfação poder dar continuidade a este projeto. Como havia um alinhamento muito grande nas decisões tomadas por toda diretoria, na prática, não haverá mudanças no rumo das nossas ações, garante o executivo. Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade La Plata (Argentina) e com pós-graduação na Escola de Negócios pela Universidade Austral (Argentina), Prieto possui mais de 20 anos de experiência em empresas multinacionais de grande porte. Nos últimos 15 anos, liderou equipes de trabalho em vários países da América do Sul, como Argentina, Brasil, Chile, Uruguai, Peru, Bolívia e Colômbia. Diretor seguros de pessoas e benefícios Dando continuidade à reestruturação organizacional de suas operações no Brasil, a Generali apresentou Valter Hime como novo diretor seguros de pessoas e benefícios, cargo em que será responsável pelo desenvolvimento da estratégia de crescimento da empresa no segmento. O executivo é formado em Engenharia Civil, com pós-graduação em Marketing, MBA em Finanças e especializado em Seguros e Planejamento Estratégico. Possui experiência em gestão e na área de seguros, tendo atuado como diretor executivo na Medial Saúde e AON, vice-presidente executivo do ABN-AMRO Real Seguradora e diretor para América Latina da Divisão Accident & Health da AIG. Departamento comercial A Ameplan Assistência Médica comunica que, desde o dia 1º de julho, Rubens Seppi se desligou da empresa e Laureci Zeviani assumiu a recém-criada diretoria comercial, unificando as áreas de PJ, PME e PI. Diretor comercial Paulo Castro é o novo diretor comercial da Previsul. O executivo, que conta com mais de 30 anos no mercado de seguros e é especialista em gestão de pessoas, será responsável pelo treinamento e qualificação da equipe comercial, além de aprimorar o relacionamento com os corretores e analisar as tendências do mercado para expandir e modernizar alguns produtos e serviços da Previsul. Gerente de marketing e comunicação Sheila Oliveira assumiu a gerência de marketing e comunicação da Capemisa. Publicitária, com pós-graduação em Marketing, atua há 15 anos na área de comunicação e marketing de agências e grandes empresas. Ela ingressa na Capemisa após sete anos de atuação em produtos, portfolio e marketing do Citibank. 20

Expoente de negócios. especial CO - MG panorama

Expoente de negócios. especial CO - MG panorama Expoente de negócios Com uma economia bastante diversificada, o Centro-Oeste do Brasil e o estado de Minas Gerais atraem indústrias e demais empreendedores, que enxergam boas oportunidades de crescimento

Leia mais

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a

Todo início de ano é a mesma coisa: fazemos a Entre nós www.marinhodespachantes.com Novas oportunidades! de todos nossos clientes, parceiros, amigos e colaboradores em 2012 e renovar nosso contrato de amizade para 2013 Elza Aguiar Presidente Todo

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE

PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGURO 2014 GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE O modelo de Gestão da Sustentabilidade do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE é focado no desenvolvimento de

Leia mais

PRÊMIO BANDEIRANTE 2015. XVI Edição. Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é?

PRÊMIO BANDEIRANTE 2015. XVI Edição. Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é? PRÊMIO BANDEIRANTE 2015 XVI Edição Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é? Idealizado pelo Sindicato dos Corretores e das Empresas Corretoras de Seguros, de Capitalização e de Previdência Privada

Leia mais

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome.

Apresentação. Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. Apresentação Queremos lhe dar as boas-vindas à San Martin Corretora de Seguros um negócio seguro até no nome. História A empresa foi fundada no ano de 1995 na cidade paulista de São José do Rio Preto e

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

Gestão de Benefícios

Gestão de Benefícios Gestão de Benefícios 2EASY GESTÃO DE BENEFÍCIOS A 2Easy Benefícios é uma unidade de negócios da 2Easy Solutions, reconhecida pelo seu know how em Soluções para Gestão de Pessoas. A 2Easy Benefícios nasceu

Leia mais

História 1882 Thomas Chubb Nova York The Chubb Corporation Argos Fluminense 33 países 130 escritórios

História 1882 Thomas Chubb Nova York The Chubb Corporation Argos Fluminense 33 países 130 escritórios História Em 1882, Thomas Chubb estabeleceu uma companhia de seguros marítimos na área portuária da cidade de Nova York. Nascia, naquele momento, o que hoje é a holding The Chubb Corporation, uma das maiores

Leia mais

Título de Capitalização

Título de Capitalização Título de Capitalização O QUE VOCÊ PRECISA SABER Agosto de 2015 Livreto.indd 1 31/08/2015 15:08:39 Livreto.indd 2 31/08/2015 15:08:39 Sumário Título de Capitalização 4 Um pouco de história 5 A Capitalização

Leia mais

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

Corretora do Futuro. A sua revista. Abril/2014 Ano 2014/ Ed. nº 6. Revista Corretora do Futuro 1

Corretora do Futuro. A sua revista. Abril/2014 Ano 2014/ Ed. nº 6. Revista Corretora do Futuro 1 Corretora do Futuro A sua revista Abril/2014 Ano 2014/ Ed. nº 6 Revista Corretora do Futuro 1 LOJACORR S.A. Saiba as novidades sobre O Café da Manhã com a Lojacorr S.A. Durante a apresentação do novo Diretor

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

etta Corretora de Seguros AGILIDADE INOVAÇÃO TRANSPARÊNCIA CONFIANÇA

etta Corretora de Seguros AGILIDADE INOVAÇÃO TRANSPARÊNCIA CONFIANÇA A Jetta Corretora de Seguros foi criada a partir da identificação de uma demanda do mercado por serviços especializados em seguros, atuamos nas áreas de consultoria, assessoria e corretagem de seguros

Leia mais

COMO A GIR NA CRI $E 1

COMO A GIR NA CRI $E 1 1 COMO AGIR NA CRI$E COMO AGIR NA CRISE A turbulência econômica mundial provocada pela crise bancária nos Estados Unidos e Europa atingirá todos os países do mundo, com diferentes níveis de intensidade.

Leia mais

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Vamos agora iniciar a sessão de perguntas e repostas. Nossa primeira pergunta vem do Senhor do Bradesco. Por favor, você pode ir em frente.,

Leia mais

Anderson Geraldo da Silva Faculdade Maurício de Nassau Caruaru-PE

Anderson Geraldo da Silva Faculdade Maurício de Nassau Caruaru-PE Anderson Geraldo da Silva Faculdade Maurício de Nassau Caruaru-PE 1. Diagnóstico Empresarial 2. Definição e Gestão da Estrutura Organizacional 2.1. Administração Estratégica 2.1.1. Processos 2.1.2. Resultados

Leia mais

A palavra é eficiência

A palavra é eficiência A palavra é eficiência A redução de juros está no radar da indústria global de seguros. Compensar negócios mal precificados com ganhos financeiros já não é mais possível em um cenário de taxas em queda.

Leia mais

Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro

Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro Presidente da Terra Brasis faz críticas às mudanças na regulamentação do resseguro Por Paulo Botti, presidente da Terra Brasis, resseguradora local Nascido em 2008 após árduo trabalho e amplo diálogo entre

Leia mais

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica Rogério Reis Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica CRESCIMENTO ECONÔMICO DA REGIÃO SUL IMPULSIONA MERCADO PARANAENSE POR ADRIANE DO VALE redacao@cipanet.com.br FOTOS

Leia mais

O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org.

O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros. Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org. O Mercado Brasileiro de Seguros Gerais em Evolução: o Papel do Corretor de Seguros Paulo Marraccini paulo.marraccini@fenseg.org.br Seguros Gerais Segmento de Danos (SUSEP) Automóvel 8 ramos Patrimonial

Leia mais

Mercado Segurador em 2015 - Uma Visão Executiva

Mercado Segurador em 2015 - Uma Visão Executiva Mercado Segurador em 2015 - Uma Visão Executiva Francisco Galiza www.ratingdeseguros.com.br Maio/2009 Sumário 1) Situação Atual 2) Mercado Segurador em 2015?? (1ª Pesquisa Dezembro/2008) 3) Mercado Segurador

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência 1 Brasil Entre as Maiores Economias do Mundo Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência O Mundo do Seguro e Previdência Desafios

Leia mais

Clube Vida em Grupo CVG

Clube Vida em Grupo CVG Clube Vida em Grupo CVG Edward Lange Agosto, 2013 Agenda 1 2 3 4 Allianz SE Allianz Brasil Estratégia Vida e Saúde 1 Allianz SE Concorrentes Globais Prêmio Emitido Líquido EUR Bi Allianz 52,3 46,9 99,2

Leia mais

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes.

Agora sua máquina da Cielo passa os cartões Diners Club. Informativo. Ou seja, o seu ponto de venda acaba de ganhar vários pontos com os clientes. A número 1 em vendas. NADA SUPERA ESSA MÁQUINA. Informativo EDIÇÃO 2 TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A CIELO PARA O SEU NEGÓCIO. Palavra do presidente Prezado cliente, A Cielo atua no cenário multibandeira

Leia mais

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros Apresentação Comercial Generali Brasil Seguros O GRUPO GENERALI Liderança, a, solidez e presença a global Assicurazioni Generali SPA., fundada em 1831 em Trieste Itália. 85.000 funcionários no mundo e

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy

23/02/2010. Tarcísio José Massote de Godoy 23/02/2010 Tarcísio José Massote de Godoy Agenda Grupo Segurador Brasil e Mercado Segurador Mundial Mercado de Seguros na América Latina Mercado de Seguros, Previdência e Capitalização Seguros e Previdência

Leia mais

Entrevista CADERNOS DE SEGURO

Entrevista CADERNOS DE SEGURO Entrevista 6 Marco Antonio Rossi Presidente da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg) POR Vera de Souza e Lauro Faria

Leia mais

guia prático volume I finanças

guia prático volume I finanças guia prático volume I finanças Manter-se bem informado para gerenciar seu consultório ou clínica da melhor maneira possível é fundamental para o sucesso. Dessa forma, além de obter um resultado final mais

Leia mais

Pessoas que cuidam de pessoas

Pessoas que cuidam de pessoas Pessoas que cuidam de pessoas Agenda Cenário Econômico Mundial Ranking PIB 2012 15,68 8,22 5,96 3,40 2,60 2,44 2,39 2,02 2,01 1,82 Estados Unidos China Japão Alemanha França Reino Brasil Rússia Itália

Leia mais

NEWS. Curitiba Cincinnati. Centauro e Ohio National anunciam operação conjunta no Brasil. Centauro anuncia associação com empresa norte-americana.

NEWS. Curitiba Cincinnati. Centauro e Ohio National anunciam operação conjunta no Brasil. Centauro anuncia associação com empresa norte-americana. CENTAURO Seguros para viver NEWS Ano VI N.º 32 - julho/agosto 2014 Curitiba Cincinnati Centauro e Ohio National anunciam operação conjunta no Brasil. Centauro anuncia associação com empresa norte-americana.

Leia mais

Apresentação Institucional Junho 2013

Apresentação Institucional Junho 2013 Apresentação Institucional Junho 2013 BB Seguridade Maior Companhia de Seguros, Previdência e Capitalização da América Latina Rápido Crescimento com Alta Rentabilidade Maior Corretora de Seguros da América

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel

seu dinheiro Consórcio ou financiamento? #103 Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel #103 seu dinheiro a sua revista de finanças pessoais Saiba qual é a melhor opção na hora de comprar um automóvel Consórcio ou financiamento? Poupança com ganho real Investimento volta a superar a inflação

Leia mais

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS

GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE PRINCÍPIOS PARA SUSTENTABILIDADE EM SEGUROS 2015 E m um período de profundas mudanças socioambientais, torna-se ainda mais estratégico incluir a sustentabilidade

Leia mais

Itaú Seguros Princípios para Sustentabilidade em Seguros

Itaú Seguros Princípios para Sustentabilidade em Seguros Itaú Seguros Princípios para Sustentabilidade em Seguros Relatório 2014-2015 Itaú Seguros Perfil Desde 1921, a seguradora do Itaú atua no setor de seguros atendendo a empresas e pessoas físicas, disponibilizando

Leia mais

Resseguros sem fronteiras

Resseguros sem fronteiras Resseguros sem fronteiras Ernesto Borges do Rio O dia 17 de abril já entrou para a história do setor de seguros no Brasil. Depois de 70 anos de monopólio estatal, o segmento de resseguros foi finalmente

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO OUROCARD (2007/2008)

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO OUROCARD (2007/2008) DEFINIÇÕES a) BANCO: Banco do Brasil S.A. b) TITULAR: é o portador titular dos cartões de crédito e de múltiplas funções, emitidos para pessoa física, pelo BANCO. c) PARTICIPANTE: é o TITULAR inscrito

Leia mais

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar.

Guia do uso consciente do crédito. O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Guia do uso consciente do crédito O crédito está aí para melhorar sua vida, é só se planejar que ele não vai faltar. Afinal, o que é crédito? O crédito é o meio que permite a compra de mercadorias, serviços

Leia mais

Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking

Especialista questiona ascensão de bancos brasileiros em ranking Veículo: Valor Online Data: 13/04/09 Especialista questiona "ascensão" de bancos brasileiros em ranking A crise global colocou os bancos brasileiros em destaque nos rankings internacionais de lucro, rentabilidade

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR

CONDIÇÕES GERAIS RESERVE CLUBCAR Seja bem-vindo à Blue Service Assistance, a opção mais vantajosa em assistência e clube de vantagens. É uma enorme satisfação ter você como nosso associado. A Blue Service Assistance está cada vez mais

Leia mais

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS

A sua empresa em contato com o mundo. Ferramenta de envio de SMS A sua empresa em contato com o mundo Ferramenta de envio de SMS A Talktelecom Líder na América Latina em telefonia computadorizada Compete no mercado desde 1992 com soluções em telecomunicações Em plena

Leia mais

PROJETO GOIÁS ASSOCIAÇÃO DOS JOVENS EMPREENDEDORES E EMPRESÁRIOS DE GOIÁS

PROJETO GOIÁS ASSOCIAÇÃO DOS JOVENS EMPREENDEDORES E EMPRESÁRIOS DE GOIÁS PROJETO GOIÁS PROJETO AGROJOVEM AJE-GOIÁS CONTEXTO Uma das principais preocupações da agricultura na atualidade é a sucessão nas propriedades rurais, não somente aqui no Brasil, mas como em grandes países

Leia mais

Nori Lermen Quer Revolução no ATM

Nori Lermen Quer Revolução no ATM Nori Lermen Quer Revolução no ATM Em entrevista exclusiva à Relatório Bancário, o novo presidente da ATP, Nori Lermen, revelou as intenções da empresa brasiliense em ir além do fornecimento de serviços

Leia mais

Produtos e Serviços. Convênio. Banco do Brasil S.A. e FENACAT

Produtos e Serviços. Convênio. Banco do Brasil S.A. e FENACAT Produtos e Serviços Convênio Banco do Brasil S.A. e FENACAT 2 Prezadas Associadas, As informações aqui tratadas orientam sobre como obter os benefícios e utilizar os produtos e serviços descritos nesta

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 1T12

Reunião Pública dos Analistas 1T12 Reunião Pública dos Analistas Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados em 2011 Principais Realizações e

Leia mais

Somos uma das empresas que mais crescem no país

Somos uma das empresas que mais crescem no país ed. 3 / ano 1 / outubro 2013 J. Fonseca conquista novos segmentos Segurança em primeiro lugar Somos uma das empresas que mais crescem no país editorial Crescendo, mas sem esquecer da segurança A terceira

Leia mais

Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades

Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades 13 de novembro, 2013 Gabriel Portella O mercado está em constante mudança... Desenvolvimento tecnológico Mudança

Leia mais

Release de Resultados do 1T10

Release de Resultados do 1T10 Release de Resultados do 1T10 Fale com R.I Relações com Investidores Tel: (11) 3366-5323 / 3366-5378 www.portoseguro.com.br, gri@portoseguro.com.br Porto Seguro S.A. Alameda Ribeiro da Silva, 275 1º andar

Leia mais

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Questões Onde queremos chegar? Como vamos chegar? Onde estamos? Como estamos indo? 2 Mercado Segurador Brasileiro Expanção Geográfica: Oportunidade de Crescimento Queremos

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 4T11

Reunião Pública dos Analistas 4T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 4T11 Porto Seguro Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Porto Seguro Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados

Leia mais

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS

11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1 ATIVO 1 11 CIRCULANTE 111 DISPONÍVEL 1111 CAIXA 11111 CAIXA 1112 VALORES EM TRÂNSITO 11121 VALORES EM TRÂNSITO 11122 CHEQUES EMITIDOS 1113 BANCOS CONTA DEPÓSITOS 11131 BANCOS CONTA DEPÓSITOS - MOVIMENTO

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen

Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen Sicoob Credicampo. Benefícios para sua empresa, desen desenvolvimento reg para nossa região. Credicampo Credicampo o Sicoob Credicampo é comprometido com o desenvolvimento dos seus associados. O Sicoob

Leia mais

Soluções. para sua Empresa

Soluções. para sua Empresa Atendimento Outras Soluções Investimentos Soluções para Parceiros e Empregados Soluções para sua Empresa Linhas de Crédito Seguros e Cartões Soluções em Recebimentos Soluções em Pagamentos Soluções sob

Leia mais

Ações promocionais do CORRESPONDENTE nas universidades no período de matrículas e volta às aulas - 2010

Ações promocionais do CORRESPONDENTE nas universidades no período de matrículas e volta às aulas - 2010 Ações promocionais do CORRESPONDENTE nas universidades no período de matrículas e volta às aulas - 2010 Contexto: No cenário atual, é grande o desafio das empresas prestadoras de serviços em apresentar

Leia mais

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL?

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? 8 REVISTA RI Setembro 2013 É o mercado de capitais brasileiro que precisa das pequenas e médias

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio.

Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Seja um parceiro Xact Tecnologia e ofereça ao mercado nossas soluções, voltadas para gerenciamento total dos processos críticos do negócio. Participe da rede de distribuição dos produtos exclusivos da

Leia mais

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE

GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE GUIA ATS INFORMÁTICA: GESTÃO DE ESTOQUE SUMÁRIO O que é gestão de estoque...3 Primeiros passos para uma gestão de estoque eficiente...7 Como montar um estoque...12 Otimize a gestão do seu estoque...16

Leia mais

REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO.

REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO. REGULAMENTO E QUESTIONÁRIO DE AVALIÇÃO PARA PREMIAÇÃO. A Revista Motoboy Magazine tem o prazer de realizar o Prêmio Motoboy Magazine Top Motofrete 2013, a fim de prestigiar o trabalho de empresas em prestação

Leia mais

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br

EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW. A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome. www.fispaltecnologia.com.br EDIÇÃO COMEMORATIVA POST SHOW 2014 A maior feira da indústria de alimentos e bebidas tem UM nome www.fispaltecnologia.com.br Fispal Tecnologia, a 30ª edição! Se tem uma edição da Fispal Tecnologia que

Leia mais

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história

vencido Desafio Tradição, superação e vontade Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história Desafio Atuação concisa e certeira, capacitação e união foram aspectos importantes de uma história de recuperação, tradição e sucesso no varejo de material de construção mineiro. O único caminho a seguir,

Leia mais

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio.

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Separadas, XL e Catlin eram duas empresas fortes e inovadoras. Juntas, somos ainda mais fortes. Conteúdo Conheça a XL Catlin Pessoas

Leia mais

Fundos de Investimento - FIP Característica RSA

Fundos de Investimento - FIP Característica RSA Nome BB Referenciado DI Social 50 BB Multimercado Balanceado LP Jovem BB Ações ISE Jovem Nome Fundos de Investimento - RSA 50% da taxa de administração é repassado à Fundação Banco do Brasil 20% da taxa

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 3T11

Reunião Pública dos Analistas 3T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 3T11 Porto Seguro História e Posição A empresa se desenvolveu e atingiu posição de liderança em Auto e Residência, e conta com forte estrutura operacional e de distribuição

Leia mais

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015 Operadora: Bom dia. Sejam bem-vindos à teleconferência da TOTVS. Estão presentes os senhores Laércio Cosentino, CEO e Membro do Conselho da Administração, Rodrigo Kede, Diretor-presidente, e Gilsomar Maia,

Leia mais

Microsseguros e Seguros Populares Almoço no CVG-RJ. Eugênio Velasques Rio de Janeiro, 27 de outubro de 2011

Microsseguros e Seguros Populares Almoço no CVG-RJ. Eugênio Velasques Rio de Janeiro, 27 de outubro de 2011 Microsseguros e Seguros Populares Almoço no CVG-RJ Eugênio Velasques Rio de Janeiro, 27 de outubro de 2011 BANCÁRIA 3 4 EDUCACIONAL TECNOLÓGICA/ DIGITAL INCLUSÕES 5 2 HABITACIONAL SECURITÁRIA 6 1 SOCIAL

Leia mais

CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA

CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA Central de Cases CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA www.espm.br/centraldecases Central de Cases CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA Preparado pelo Prof. Marcus S. Piaskowy, da ESPM SP. Recomendado para a área de Administração

Leia mais

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG C o n g r e s s o d e S e g u r o s Horário Atividades Descrição Informações Importantes 13h às 22h Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG Ônibus sairá

Leia mais

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015

Recupere a saúde financeira e. garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Recupere a saúde financeira e garanta um futuro tranquilo Reitoria da UNESP, 13/05/2015 Objetivo geral Disseminar conhecimento financeiro e previdenciário dentro e fora da SP-PREVCOM buscando contribuir

Leia mais

CLIENTES VALORES PERMANENTES

CLIENTES VALORES PERMANENTES CLIENTES VALORES PERMANENTES Nos últimos cinco anos, a base de correntistas passou de 12 milhões para 16 milhões, um aumento de quase 35%. A filosofia de manter portas abertas para todos os usuários do

Leia mais

Programa Credivisa de Formação Técnica SEGUROS

Programa Credivisa de Formação Técnica SEGUROS Programa Credivisa de Formação Técnica Módulo Específico SEGUROS Informações Iniciais Desde 01/05/2010 Atuação em todos os ramos de seguros Abrangência das coberturas: Patrimoniais Transporte Riscos Pessoais

Leia mais

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ.

CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. Ano VII Nº 37 Outubro/Dezembro 2015 CONHEÇA O NOVO CENTAURO-ON NEWS. MAIS MODERNO E VERSÁTIL, PARA VOCÊ. LEIA TAMBÉM 2015: Ano de grandes realizações Pág. 02 Seguro Vida Individual: Tranquilidade para

Leia mais

Como preparar minha empresa para o esocial?

Como preparar minha empresa para o esocial? 1 Como preparar minha empresa para o esocial? SUMÁRIO Introdução Você sabe o que é o esocial? Como está sua empresa? Os pontos mais importantes para se adequar 3.1 - Criar um comitê 3.2 - Mapear os processos

Leia mais

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca

Orientação ao mercado de trabalho para Jovens. 1ª parte. Projeto Super Mercado de Trabalho 1ª parte Luiz Fernando Marca Orientação ao mercado de trabalho para Jovens 1ª parte APRESENTAÇÃO Muitos dos jovens que estão perto de terminar o segundo grau estão lidando neste momento com duas questões muito importantes: a formação

Leia mais

Você sabe onde quer chegar?

Você sabe onde quer chegar? Você sabe onde quer chegar? O Ibmec te ajuda a chegar lá. Gabriel Fraga, Aluno de Administração, 4º periodo, Presidente do Ibmex, Empresa Jr. Ibmec. Administração Ciências Contábeis Ciências Econômicas

Leia mais

MAIS QUE UMA FRANQUIA, UM NEGÓCIO DE FUTURO.

MAIS QUE UMA FRANQUIA, UM NEGÓCIO DE FUTURO. MAIS QUE UMA FRANQUIA, UM NEGÓCIO DE FUTURO. Quem nunca sofreu um furto ou conheceu alguém que teve seu veículo furtado? Quem já passou por esse transtorno sabe como é importante investir na segurança

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA Exercício 2008 RELATÓRIO FINANCEIRO & CLASSIFICAÇÃO DE RISCO Exercício 2008 GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL Relatório 1. Institucional

Leia mais

INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO

INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO INOVAÇÃO como DIFERENCIAL ESTRATÉGICO Março/2010 A empresa A Empresa nasceu em março de 1977, como uma farmácia de manipulação, no centro de Curitiba. Durante seus 32 anos, evoluiu por diferentes cenários,

Leia mais

PRÊMIO DE INOVAÇÃO ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA BRAGA

PRÊMIO DE INOVAÇÃO ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA BRAGA 2012 PRÊMIO DE INOVAÇÃO ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA BRAGA CASE: Projeto Campanha de Combate à Dengue CATEGORIA: Comunicação FUNCIONÁRIO: Adriana Boscov e Aline Gislene de Oliveira Sumário INTRODUÇÃO... 3

Leia mais

Entendendo custos, despesas e preço de venda

Entendendo custos, despesas e preço de venda Demonstrativo de Resultados O empresário e gestor da pequena empresa, mais do que nunca, precisa dedicar-se ao uso de técnicas e instrumentos adequados de gestão financeira, para mapear a situação do empreendimento

Leia mais

Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com outros associados. Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com fornecedores

Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com outros associados. Conflito de Interesses - Relacionamento pessoal com fornecedores Conflito de Interesses Geral Conflito de Interesses - Investimentos Financeiros Conflito de Interesses - Brindes e Gratificações Conflito de Interesses - Emprego paralelo ao Walmart Conflito de Interesses

Leia mais

BRADESCO MINICARD VISA NACIONAL

BRADESCO MINICARD VISA NACIONAL BRADESCO MINICARD VISA NACIONAL Ele foi criado para lhe oferecer um conjunto de benefícios e facilitar seu dia-a-dia, especialmente nos momentos em que você mais precisa de um Cartão. Para o Bradesco,

Leia mais

GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL

GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL Ano XVI Nº 157 2015 R$ 20,00 GRUPO CGSC INVESTE FORTE NO BRASIL Fábio Basilone Presidente da CGSC para o Brasil Especial: saiba tudo sobre o 4º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro reuniu mais de 500

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA VENDA DE SEGUROS EM ORGANIZAÇÕES VAREJISTAS 18/03/2014 Manual de Boas Práticas para Venda de Seguro em Organizações Varejistas 1. Introdução A estabilização da economia nacional,

Leia mais

Serviços Inovadores Fidelizam Clientes e Aumentam sua Lucratividade!

Serviços Inovadores Fidelizam Clientes e Aumentam sua Lucratividade! Serviços Inovadores Fidelizam Clientes e Aumentam sua Lucratividade! WeCare Auto. Mais cuidado para o carro. Mais tempo para o cliente! www.wecareauto.com.br Origem da ideia... 12% Dos acidentes por falta

Leia mais

SOMOS UM FIQUE DE OLHO NA PRÓXIMA EDIÇÃO. Unidade de Negócios Centro Norte (SP) realiza apresentação na Funenseg

SOMOS UM FIQUE DE OLHO NA PRÓXIMA EDIÇÃO. Unidade de Negócios Centro Norte (SP) realiza apresentação na Funenseg Assessoria de Comunicação Lojacorr S.A. 7ª Edição, Ano 2014. Comunicação Interna Ana Clara Baptistella Assessoria de Imprensa Prisma Comunicação Diagramação Rafael Martins Email: comunicacao@lojacorr.com.br

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

INSTITUTO ADM&TEC SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA 2015

INSTITUTO ADM&TEC SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA 2015 INSTITUTO ADM&TEC SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA 2015 DISCIPLINA: PORTUGUÊS PROVA DE 2ª FASE FUNDOS IMOBILIÁRIOS Os Fundos de

Leia mais

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online.

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online. Prezado Corretor, Kit de Cálculo Online 0310K1 Este é o novo Kit de Cálculo Online 0310K1, com novidades e alterações para facilitar o seu dia-a-dia. Leia atentamente este Informe Técnico para entender

Leia mais

Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento

Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Longo Prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Longo prazo, Poupança das Famílias e os Fundos de Investimento Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional SulAmérica e a Indústria SULAMÉRICA - MODELO DE NEGÓCIOS Maior seguradora independente do Brasil Modelo multilinha One-stop shop e forte cross selling de produtos Subscrição

Leia mais

Cartilha. Ourocap Fiador

Cartilha. Ourocap Fiador Faz diferença ter Ourocap Fiador na hora de alugar um imóvel. Cartilha Ourocap Fiador O Ourocap Fiador* é o título de capitalização que funciona como uma garantia de aluguel, facilitando sua vida na hora

Leia mais

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1

Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C. 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Pesquisa Hábitos do Consumidor da Classe C 2014 Copyright Boa Vista Serviços 1 Índice Objetivo, metodologia e amostra... 03 Perfil dos Respondentes... 04 Principais constatações sobre os hábitos de consumo

Leia mais